Você está na página 1de 9

PARTE ADMINISTRATIVA, SECRETARIADO, E TESOURARIA

A igreja em sua estrutura carecera sempre de pessoas que possam tratar dela
espiritualmente, financeiramente e socialmente. Nossa visão no alfa de zoe, é
sermos uma igreja que consiga responder essas perguntas.
Por isso nossa maneira de liderança deve ser horizontal e não vertical, não
poderá haver entre nós o manda chuva, aliás, visão deve ser mais honrada do
que as pessoas, de modo que quem não faz como na visão, não servira para
servir, liderar e influenciar a organização.

visionário
Dir, de tesouraria»»»líder do centro»»líder adjunto»»»»»Dir.
administrativo»»»secretaria»»»»»Dir. Adm. Adjunto»»»»»»»vice-
secretaria»»»»
a) Esta linha de liderança é responsável por fazer cumprir todos os
alvos da igreja espalhados entre departamentos, ministérios,
células e pessoas. porem a igreja também é uma organização, uma
vez que, perante a lei dos homens tem que ser organizada em pessoa
jurídica, com estatutos, sede, diretoria e outras exigências legais. Deve
ter uma denominação, patrimônio, regimento interno e existência física.
b) Do seu patrimônio físico constam: Construções, móveis, instrumentos,
veículos, telefones, etc. Os símbolos: sua bandeira, papel timbrado,
cartões de membros e credenciais de lideranças, logotipos de caracter
diferentes para os distintos departamentos. Seus estatutos e regimentos
internos que expressam seus padrões de doutrinas e cultura acrescenta-
se ainda seu capital social e, capital intelectual, seus bens tangíveis e
contas bancárias e cartões de credito corporativo.
c) Administração Eclesiástica tem como objetivo principal prover os
subsídios para uma gestão moderna e embasada na Legislação
nacional, sem, contudo, perder o foco da atividade principal da Igreja: a
expansão do Reino de Deus por meio da pregação do Evangelho, o que
chega a ser uma despesa mais elevada. Mateus 20:27,28.

ALFA DE ZOE | manual de liderança e visão do ministério


Exemplos de gestão na bíblia: Quando não podia organizar pessoalmente as
igrejas, Paulo delegava essa tarefa, dando instruções claras quanto aos
requisitos espirituais necessários para se ocupar os cargos.
O administrador alinhado com a liderança cristã, ou seja, bispos, pastores e
apóstolos e profetas, proporcionam a organização ―visível religiosa um
caminho transparente e seguro para o exercício de suas atividades.
Uma igreja forte na área espiritual, digo, seus dons e ministérios operando livre
sem embaraço e na área administrativa por meio do seu planeamento
estratégico dinâmico e atualizado, colhendo resultados de acordo com a visão
e missão antes proposta por esta comunidade. Como organização a igreja
expressa o seu lado social, pois a mesma é estabelecida em espaço geográfico
e seus integrantes como cidadãos possuem deveres, obrigações e direitos. E
muito destes direitos passa pelo financeiro aos obreiros engajados só no
assunto da igreja(tempo integral)

Entendemos que a administração é um dom de Deus, e enxergamos que esse


dom está entre aqueles que são indispensáveis para o bom funcionamento de
qualquer equipe de ministério e principalmente de toda uma igreja.
O ministério de todo pastor será muito mais frutífero e bem sucedido se ele
puder dedicar-se integralmente ao ministério da palavra, oração e visitaçao, ao
invés de administração. A única maneira de um pastor evitar as muitas
distrações da vida e permanecer firme durante toda a sua vida e ministério, é
saber o que Deus realmente chamou o pastor a fazer . por isso devemos dividir
as varias missões da igreja, para tirar os pesos e os super man da
organização.

"Pastoreai o rebanho de Deus que há entre vós, não por


constrangimento, mas espontaneamente, como Deus quer; nem por
sórdida ganância, mas de boa vontade; nem como dominadores dos que
vos foram confiados, antes, tornando-vos modelos do rebanho. Ora, logo
que o Supremo Pastor se manifestar, recebereis a imarcescível coroa da
glória. (1 Pedro 5.2-4)".

ALFA DE ZOE | manual de liderança e visão do ministério


Por isso, necessitamos que na equipe pastoral de liderança tenha uma pessoa
(ou mais) com esse dom,(administrar) que possa tirar toda sobrecarga do
pastor no que diz respeito às responsabilidades administrativas. Paulo
demonstra na carta a Tito, que não era apenas pregador, ensinador e doutor
dos gentios, mas, também, um administrador eclesiástico de larga visão
ministerial.

Foi A. W. Tozer quem disse que ―o homem que se opuser a toda


organização na igreja ignora completamente os fatos da vida. A arte é a
beleza organizada; a música é o som organizado; a filosofia, o
pensamento organizado; a ciência, o conhecimento organizado; o
governo não passa de sociedade organizada, e assim, também, a igreja
se expressa por meio do ministério organizado.

O Planeamento estratégico
.
Atitudes Administrativas que uma Igreja deve conhecer, ajudam a perceber o
quanto que essa atividade é importante na vida de uma igreja.
→Planejamento Estratégico: Igrejas bem administradas sabem para onde
estão indo. Elas possuem uma declaração de visão e missão, têm estratégias e
valores centrais claramente definidos, um cronograma que norteia suas
atividades com objetivos e alvos a curto, médio e longo prazo, e um
organograma que permite a todos visualizarem como a igreja está estruturada
dentro da visão.
→Liderança Descentralizada: Igrejas bem administradas investem tempo e
recurso no treinamento de liderança e formação de equipes, para que os
diversos serviços (ministérios) sejam realizados de forma eficiente, sem haver
sobrecarga para uma minoria e principalmente para o pastor.
→Formação de Administradores: Igrejas bem administradas tem a
preocupação de descobrir pessoas com o dom de administração, para serem
capacitadas e distribuídas nas mais diferentes equipes de ministério da igreja.
→Orçamento Financeiro: Igrejas bem administradas trabalham dentro de um
orçamento financeiro anual. Sua receita não é gasta de forma improvisada,
momentânea e irresponsável.

ALFA DE ZOE | manual de liderança e visão do ministério


→Prestação de relatórios: Igrejas bem administradas desenvolvem uma
cultura de prestação de contas através de relatórios simples e fáceis de serem
preenchidos.
→Reuniões Facilitadoras: Igrejas bem administradas ensina sua liderança
para fazerem reuniões objetivas, bem elaboradas com princípios, técnicas e
dinâmicas facilitadoras.
→Contabilidade: É impossível obter boa e legal administração sem uma
contadoria bem elaborada.
rganização)?

Obs. Em suma, o administrativo supervisiona a missão dos lideres, para ver o


que esta a faltar, e também para avaliar o passo de conclusão de projetos. o
administrativo entra no jogo quando haver uma falha para junto de tal sector ou
situação se criar a saída. Ainda fica também por sua responsabilidade suprir a
incapacidade de pessoal, finanças, e material dos departamentos a fim.

Assim, após as reuniões de acerto de programas mensais, trimestrais ou


anuais, todos os departamentos funcionem dentro dos limites de autonomia
que tem, e no final todos devem passar relatórios de conclusões a área
administrativa para asseguramento de que as coisas correram bem, e este por
sua vez, submeter seus resultados ao líder e a liderança da igreja para se
avaliar o progresso da congregação.
O administrativo é ainda o responsável ultimo de todas as consequências que
advirem do mau uso dos materiais da igreja, visto que sua gestão passa
escrupulosamente por sua autororizaçao.
O administrativo deve ainda ser o primeiro e o ultimo a se ausentar da igreja,
porem isto não quer dizer que tem de ser a sua pessoa, mas sim um elenco
que serve ao seu redor em administrar, porem as responsabilidades serão
sempre cobradas a ele.
O administrativo deve ser aquele que incomoda os lideres de departamentos
para avançarem com os serviços da igreja quando estes estiverem destraidos,
ou no confort zone, onde deixam de servir, mas ficam com as regalias de
liderança.

ALFA DE ZOE | manual de liderança e visão do ministério


Administração é a voz de motivação maxima para o bom proresso da igreja,
tudo vai depender daqui, administração é o motor da organização.

SECRETARIADO

Secretário da igreja tem um dos importantes cargos da igreja, de cuja


administração apropriada muito depende o eficiente funcionamento da igreja.
Assim como todos os outros oficiais da igreja, o secretário é eleito pelo período
de um ou dois anos, segundo for determinado pela igreja local; mas, devido a
importantes funções especializadas de seu cargo, convém escolher alguém
que possa ser reeleito para repetidos períodos de serviço, a fim de que haja
continuidade no sistema de registros e envio de relatórios.
A grandeza desta atividade é sentida em todo o seu esplendor quando o
secretário, além de cuidar dos pertences da secretaria, é o maior responsável
pelo programa de conservação daquilo que é o mais precioso para a igreja -
seus membros, almas por quem Jesus derramou o Seu próprio sangue. Ao
secretário cabe conhecer a todos e dar o "grito de alerta" quando descobrir que
alguns deles não estão partilhando do convívio da Igreja.

QUALIFICAÇÕES PARA O SECRETÁRIO DE IGREJA

1.Aptidão moral;
2. Aptidão religiosa;
3. Amor ao trabalho e à salvação de almas;
4. Espírito de equipe e unidade;
5. Respeito à obra de Deus, aos ministros, aos oficiais de igreja e a todos os
membros;
6. Boa Caligrafia;
7. Organização;
8. habilidade de leitura e detalhe de boa aparência
9. ser espiritual
SUAS FUNÇÕES CONSISTEM EM:
1. Registrar

ALFA DE ZOE | manual de liderança e visão do ministério


2. Informar
3. Administrar
4. Conservar
SUAS RESPONSABILIDADES BÁSICAS CONSISTEM EM:
1. Manter em dia os registros de membros;
2. Providenciar as transferências, cartas de recomendações,
3. Cuidar das atas da Igreja;
4. providenciar relatórios de fim do mês sobre
UM SECRETÁRIO RESPONSÁVEL PRECISA:
1. Manter sigilo dos dados, relatórios e atas.
2. Conhecer todos pelo nome, inclusive onde moram, contactos telefónicos,
onde trabalham, seus negócios.
3. Rececionar os membros para conhecê-los melhor.
4. Apresentar os membros novos aos oficiais, ajudar a se ambientarem na
Igreja.
5. Ser organizado: arquivo, pastas, dados completos.
6. Para cada coisa um lugar e cada coisa em seu lugar.
7. Ser pontual: comissões, casamentos, etc.
8. Não jogar nada da Secretaria fora: Atas, boletins, fichas, borderons
bancários, (verificar com o pastor).
Lista dos membros sempre revisadas:
1. O secretário deve zelar para que os registros sejam precisos.
2. Corrigir nomes errados e incompletos.
3. Mulheres casadas, podem mudar o sobrenome.
4. Dados gerais da ficha.
5. Revisar trimestralmente a lista de membros.
6. Pedir ajuda de irmãos que conheçam os membros.
7. Identificar aqueles que não frequentam a igreja com frequencia e
providenciar para que sejam visitados.
8. Descobrir aqueles que mudaram de residência.
9. Comparar com cartões de decisão; os membros que estão faltando podem
estar esfriando na fé e precisam ser visitados com urgência.

COMISSÃO DA IGREJA

ALFA DE ZOE | manual de liderança e visão do ministério


1. Convocar e comunicar com bastante antecedência aos membros da
Comissão da Igreja, informando a data, local e hora da próxima reunião.
2. Colher com o pastor da Igreja e os responsáveis dos departamentos, os
itens que deverão compor a agenda a ser discutida na comissão.
3. Elaborar em conjunto com o pastor, a agenda a ser discutida na comissão.
Esta prévia pode ser feita algumas horas antes da reunião ou no dia anterior.
4. Preparar então a agenda propriamente dita e fornecer uma cópia para cada
membro da Comissão.
5. Cabe ao secretário informar ao presidente da Comissão se há quorum
suficiente para o início da reunião.
6. Apresentar a cada reunião, a leitura total da Ata anterior para aprovação da
redação.
7. Apresentar a lista dos afastados, doentes e fracos na fé para visitação.
8. Após a comissão da Igreja discutir, avaliar e estudar seus projetos e
recomendá-los à igreja a fim de que sejam votados ou não. A igreja tem o
poder último de decidir sobre os seus negócios.
9. Elaborar um completo relatório da comissão, contando o seguinte:
· Tipo de reunião
· Local, mês, dia e hora da reunião.
· Nome dos participantes.
· Quem presidiu.
· Quem orou no início e no final da reunião.
10. Só após a votação pela igreja, elaborar a Ata Oficial, constando
especificamente cada voto.
11. Enviar comunicados às pessoas atingidas por decisões na Comissão da
Igreja, e se necessário, fixar no quadro de anúncios tudo o que seja de
interesse geral da congregação.
12. Verificar que os votos tomados sejam cumpridos.
 

TESOURARIA
A tesouraria deve manter um saudável equilíbrio econômico e financeiro
através de registros contábeis de toda movimentação, estabelecendo critérios e

ALFA DE ZOE | manual de liderança e visão do ministério


controles a fim de proporcionar recursos para o desenvolvimento das
atividades da igreja e condições para que obreiros e líderes cumpram com a
missão de proclamar o evangelho.

RESPONSABLIDADES DA TESOURARIA

1- Envelopes de dízimos e ofertas.


2- Comprovante de entrega de dízimos e ofertas
3- Respeitar e Salvaguardar os Destinos das Ofertas
4- Coleta de ofertas públicas.
5- Cheques de doadores.
6- Emissão de Recibos.
7- Como Proceder Quando Errar ou Rasurar um Recibo.
8- Subvenções.
9- Certificar de que a igreja Não Pode Ter “Caixa Paralelo” sem o domínio
de tesouraria.
É da competência do tesoureiro fazer os depósitos das finanças na conta da
igreja, quando não for possível, enviar a secretaria. Os dados estatísticos das
ofertas são geridos pelo tesoureiro e a secretaria em cada dia de oferta, e no
final do mês fazerem os relatórios dos quais o pastor da congregação deve ter
contacto, para se levar a administração de auditoria.

O tesoureiro deve reservar 50% das ofertas semanais para planos de cobertura
de gastos da igreja, porém dos valores do dizimo em nada se movimenta,
deixando a gestão final com o líder, lembrar que destes valores do caixa de
dizimo e outras ofertas, 50 % será para pagar salario dos obreiros em tempo
integral no ministério, custear despesas de viagens missionarias, táxis, saldos
e alimentos.
Porém os 50% restante servirão para se fazer poupança de projetos futuros da
igreja. Gastos acima abaixo dos 6 mil kwanzas, não necessitam da autorização
do pastor, desde que se cubra a necessidade e em posterior se relatar por
escrito a secretaria ou ao administrativo.

ALFA DE ZOE | manual de liderança e visão do ministério


É da responsabilidade do tesoureiro, fiscalizar e receber todas as contribuições
feitas pelos departamentos, guardar os borderons e garantir a entrega do
mesmo sempre que os departamentos requisitarem em conformidade dos
valores que eles depositarão para as suas atividades. Assim como todas as
contribuições extras que possam decorrer para qualquer suprimento na igreja,
porém não será de sua responsabilidade, receber os valores de contribuição
para situações de casamentos, piqueniques, festas, óbitos, lanches de
convívio, pois que para isso o departamento de Evento será responsável.

ALFA DE ZOE | manual de liderança e visão do ministério

Você também pode gostar