Você está na página 1de 3

www.cers.com.

br 1
Proposta 6 de Exercícios
FUNDAÇÃO MISERICORDIOSA DO PERPÉTUO SOCORRO entidade de assistência social
sem finalidade lucrativa e como tal reconhecida, confecciona e fabrica produtos cujo lucro é totalmente
revertido para as suas finalidades sociais. Em 30 de novembro de 2018, a Fundação foi autuada pela
Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo, pretendendo o pagamento da quantia de R$
400.000,00 (quatrocentos mil reais) a título de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços
(ICMS), sobre as operações de venda dos produtos por ela fabricados, referentes ao período de janeiro
de 2012 a dezembro de 2017, além de multa, juros e correção monetária. Em 30 de março de 2020,
após citada, a Fundação foi intimada da penhora sobre bens de sua propriedade, em razão da
execução fiscal do débito, que tramita perante a 16ª Vara de Execuções fiscal da Seção Judiciaria do
Extado X.
QUESTÃO: Como advogado da Fundação Misericordiosa de São Paulo, ingresse com via judicial mais
adequada à defesa dos seus interesses.

QUESTÃO 1

A pessoa jurídica BETA GAMA, domiciliada no Município A, prestou serviços portuários no Município B,
onde se localiza o Porto de Anastácio. A pessoa jurídica não realizou o pagamento do Imposto sobre
Serviços de Qualquer Natureza – ISS, e os dois Municípios lavraram auto de infração visando à
cobrança do ISS.

A) Qual o Município competente para a cobrança do ISS? Justifique. (Valor: 0,60)


B) Qual a medida judicial mais adequada para dirimir, na hipótese, o conflito de competência tributária
relativo ao ISS? (Valor: 0,65)

QUESTÃO 2

A EDITORA DIGITAL BOOK LTDA. publica livros impressos e livros eletrônicos (e-books), além de
comercializar aparelhos eletrônicos especializados em leitura de obras digitais (e-readers). O sócio-
gerente dessa editora, diante da dúvida quanto à incidência de imunidade tributária objetiva sobre os
itens por ela publicados e comercializados, consulta Roberto, advogado tributarista, a respeito do tema.
Levando em conta a Constituição da República e a jurisprudência consolidada do Supremo Tribunal
Federal, comente a situação.

QUESTÃO 3

Leia a afirmativa a seguir. “Diz respeito à incidência progressiva de alíquotas na razão inversa da
essencialidade da mercadoria ou do serviço”.
A afirmativa diz respeito a qual POSTULADO em Direito Tributário?

QUESTÃO 4

A sociedade empresária QUE-SURPRESA ingressou com ação judicial para discutir a exigibilidade de
crédito tributário, sendo intimada, pelo juízo, a promover o depósito prévio do valor objeto de discussão,
o qual seria requisito de admissibilidade para o prosseguimento da demanda. Diante do quadro
apresentado, responda:

A) Está correta a exigência?


B) Caso se trate de determinação que afronte a ordem constitucional e a interpretação do STF, qual a
medida mais adequada à solução célere da questão, de modo a evitar que a dúvida persista por longos
anos até ser definitivamente julgada pela última instância competente?

www.cers.com.br 2
www.cers.com.br 3

Você também pode gostar