Você está na página 1de 1

O QUE É INTELIGÊNCIA EMOCIONAL?

Metaforicamente, podemos imaginar que o cérebro é dividido em duas áreas:


hemisfério esquerdo e hemisfério direito. A metáfora da neurociência diz que o hemisfério
esquerdo é o racional, matemático, lógico, cognitivo, cartesiano, analítico, crítico, talvez
até meio chato. Esse hemisfério, na verdade não é de fato o esquerdo, e sim todo o cérebro,
mas para ficar didático e compreensivo vamos tratar dessa maneira. Já o hemisfério direito é
o lado da intuição, das emoções, dos sentimentos, da compreensão subjetiva da vida, não
da compreensão lógica, mas de uma compreensão emocional do mundo. Então, o que é
Inteligência Emocional? É quando conseguimos ter e captar o mundo por meio dos estímulos,
usando bem os dois hemisférios. É necessário usar o hemisfério esquerdo, racional, crítico,
lógico, mas também usar uma compreensão emocional e subjetiva do mundo. E quando se vê
tudo pelos dois hemisférios, o mundo fica muito mais realista, porque o esquerdo só vê
letras e números, fatos e dados; e o lado direito vê a subjetividade, as intenções e as emoções.
Se tivermos uma pessoa extremamente guiada pelo hemisfério esquerdo, ela se torna crítica,
lógica, analítica, que prefere lidar com números e com a realidade, não acreditando em nada
que não tenha uma referência muito clara ao passado. E isso não é tão bom, porque não
podemos ser puramente racionais. Uma pessoa guiada pelo hemisfério direito é emocional,
acredita em todo mundo, é romântica, se entrega, busca, pular no vazio, busca o desconhecido
e é boa (quando não está sozinha). O equilíbrio entre esses dois hemisférios é que vai fazer o
seu sucesso e lhe promover a patamares mais elevados. Vale destacar que todos nós temos um
lado que manda mais, ou o esquerdo racional ou o direito emocional.

Inteligência Emocional é a combinação de dois pilares. O primeiro são as


competências emocionais sociais: a capacidade de se conectar com o próximo e com a
sociedade. E o segundo são competências emocionais pessoais: a capacidade de se conectar
de forma harmônica e amorosa consigo. A Inteligência Emocional é necessária para gerar
crescimento no ambiente de trabalho de forma harmônica. É necessária para ter saúde e
para trabalhar, mas trabalhar nem pouco e nem muito para não se desgastar. Inteligência
Emocional diz respeito ao equilíbrio produtivo positivo, um equilíbrio que te faz produzir,
mas de forma positiva e não que desgaste sua vida como um todo.