Você está na página 1de 4

Descrição dos cubículos típicos

Derivação com chave Derivação com chave Derivação com chave Derivação sem
seccionadora (aterramento seccionadora (aterramento seccionadora-fusível equipamento de
na derivação) no barramento) manobra
Dimensões em mm
Largura (*)
RK
375
RK E
375 375
TR K
375
SIMOSEC
Profundidade
Altura
1080
1750
1080
1750
1080
1750
1080
1750
Distribuição de Energia até 24 kV
Sistema Modular Compacto

Derivação com disjuntor Derivação com disjuntor Cubículo de Cubículo de


a vácuo removível a vácuo fixo aterramento de medição do
barramento barramento
Dimensões em mm LS11 LS10 SE1 ME3
Largura 750 750 375 375
Profundidade 1080 1080 1080 1080
Altura 1750 1750 1750 1750

Acoplamento com Acoplamento com Acoplamento com Cubículo de


disjuntor a vácuo disjuntor a vácuo chave seccionadora medição
removível fixo
Dimensões em mm LT11 LT10 LT2 ME1
Largura 750+375 = 1125 750+375 = 1125 750 750
Profundidade 1080 1080 1080 1080
Altura 1750 1750 1750 1750
Componentes tracejados *) Válido para derivações com até um cabo por
são opcionais fase. Acima disso, favor nos consultar

Transmissão e Distribuição de Energia


Produtos e Sistema em Média Tensão
Rua Coronel Bento Bicudo, 111 Aprovado no ensaio
05069-900 São Paulo/SP contra arcos
Tel.: (11) 3833.4304 elétricos internos
Fax: (11) 3833.4391
e-mail: mediatensao@siemens.com.br com 25 kA por
www.siemens.com.br/energia
1 segundo
Siemens Ltda. Devido a constante evolução técnica de nossos produtos, as informações
contidas neste impresso estão sujeitas a alterações sem prévio aviso.
PTD M/2000-FO
Impresso em Março 02
SIMOSEC – SIMOSEC –
Painel modular para tensões até 24 kV Compactação em sistema de distribuição de energia
e correntes até 1250 A

A nova linha SIMOSEC representa uma Aplicações SIMOSEC – Benefícios ao Cliente Estanqueidade por toda vida útil
grande inovação em modularidade e com- O cubículo compacto SIMOSEC é utilizado
pactação para painéis de distribuição de principalmente para distribuição de energia Segurança pessoal O gás SF6 destaca-se como um excelente
energia em média tensão, combinando as em indústrias e concessionárias de energia. isolante elétrico, possuindo uma capacidade
• Painel metal-enclosed aprovado no ensaio pelo menos 3 vezes melhor do que o ar
ótimas propriedades isolantes do gás SF6 A ins-talação é abrigada e pode ser aplicado contra arcos elétricos internos com
com as excelentes características da ex- em sistemas radiais ou em anel. Sua estrutura como dielétrico sob as mesmas condições.
25 kA por 1 segundo; Através de um processo de solda a laser do
tinção da corrente elétrica no vácuo. modular proporciona uma grande economia • Todas as operações são feitas com a
Os cubículos são divididos basicamente de espaço, podendo ser utilizado em diversas invólucro e da ausência de pontos de
porta frontal fechada; vedação, é garantida a mínima difusão de
em três compartimentos de média tensão aplicações, tais como: • Os fusíveis são acessíveis somente com
• Compartimento de barras: na parte supe- • S u b e s t a ç õ e s t r a n s fo r m a d o r a s ; gás durante a operação (inferior a 5.10-6
a derivação aterrada; mbar.l/seg) e a impossibilidade de entrada
rior, onde se situa o barramento trifásico; • Subestações de distribuição interna; • Intertravamentos mecânicos lógicos;
• Invólucro do gás SF6: integrando a chave • Painel de transferência; de outros elementos para dentro deste .
• Sistema de detecção de tensão capa-
seccionadora; • Grandes edifícios públicos, como centros citivo (opcional).
• Compartimento de saída de cabos: na comerciais, hospitais, estações de metrô, Disjuntor a vácuo
parte inferior, onde estão os compo- etc; Confiabilidade (segurança operacional) Para a interrupção de correntes elétricas
nentes e onde conectam-se os cabos • Usinas geradoras de energia. com valores até 630 A, são utilizados disjun-
para entrada/derivações. • Uso de componentes com ampla expe- tores a vácuo, cujos pólos são montados
Características específicas riência no mercado, como disjuntor a
Ainda há um compartimento separado des- A linha SIMOSEC é formada por cubículos removíveis no compartimento de cabos ou
vácuo e chave seccionadora de três opcionalmente fixos dentro do invólucro de
ses três, onde se instalam os componentes modulares compactos metal-enclosed, apro- posições;
vados no ensaio contra arcos elétricos inter- Vista em corte do invólucro de SF6 SF6. Nos dois casos, o acionamento está
de baixa tensão (relés, medidores, botões, • Invólucro metálico aterrado na parte integrando a chave seccionadora
etc.). nos. São montados e testados na fábrica da situado na parte frontal do cubículo. O siste-
externa e no invólucro de SF 6 ; ma de extinção da corrente elétrica no vácuo
Siemens (possuindo todos os protocolos de • Chaves de três posições isoladas com Carro de extração do disjuntor 3AH6
O painel SIMOSEC utiliza como equipamen- ensaio de tipo), e são destinados à distri- associado ao uso de proteção digital utilizado no cubículo LS11
tos de manobra: gás em invólucros metálicos hermetica- secundária garantem a mais moderna tec-
buição de energia trifásica seguindo a norma mente lacrados através de solda metálica
IEC 298. nologia para interrupção de corrente elétrica.
• Chave rotativa de três posições: a mes- em todas as suas extremidades, na
ma utilizada nas linhas de painéis 8DJ e Suas principais características são: filosofia “sealed for life”;
8DH da Siemens, desde 1983 no mer- • Disposição das fases em série (uma atrás • Mecanismo de operação acessível pelo
cado; da outra); lado externo;
• Disjuntor a vácuo, da já conhecida linha • Barramento montado na parte superior; • Diagrama mímico para indicação da
3AH. A Siemens tem uma experiência • Compartimentos de barras e de conexão posição das chaves;
de fabricação seriada de câmaras a vácuo de cabos isolados a ar, demandando • Intertravamentos mecânicos lógicos.
desde 1971 na fábrica de Berlim. baixa manutenção;
• Uso de chave seccionadora rotativa dentro Economia
Com o objetivo de compactação e visando do invólucro metal-enclosed, preenchido
alta imunidade às condições ambientais, o com gás SF6; Baixo tempo de retorno de investimento,
painel possui um invólucro de aço inoxidável • Disjuntor a vácuo modelo 3AH5 instalado através de:
preenchido com o gás isolante SF6 (hexaflu- dentro do invólucro de gás (versão fixa); • Economia de espaço na instalação;
oreto de enxofre). Esse invólucro contém a • Disjuntor a vácuo modelo 3AH6 instalado • Baixíssimos níveis de manutenção,
chave seccionadora de três posições, poden- no compartimento de através do uso de disjuntor a vácuo e
do conter também as câmaras do disjuntor, cabos (versão removível); chave seccionadora em invólucro
no caso da versão com disjuntor fixo. Quando hermeticamente lacrado; Características elétricas
• Dispositivos de alívio de pressão direcio-
o disjuntor é removível, as câmaras ficam nados para trás e para cima; • Facilmente expansível devido à modula- Nível de isolamento Tensão Nominal 7.2 kV 12 kV 15 KV 17.5 kV 24 kV
fora do invólucro, no compartimento de saída • Compartimento de cabos com conexões ridade;
de cabos. Nas duas versões, o mecanismo convencionais, via muflas. • Elevada vida útil do painel. Tensão aplicada à freqüência
de acionamento do disjuntor e da chave As características demandadas para o painel industrial (1 min.) 20 kV 28 kV 35 kV 38 kV 50 kV
seccionadora ficam igualmente acessíveis de média tensão, tais como segurança pes-
pela parte frontal do cubículo. Tensão nominal
soal, confiabilidade e economia, são comple- de impulso 60 kV 75 kV 95 kV 95 kV 125 kV
tamente satisfeitas (veja “principais benefícios
ao cliente” ao lado). Corrente nominal do barramento principal máx. 1250 A
Corrente nominal Cubículo com chave seccionadora máx. 630 A
das derivações
Cubículo com chave seccionadora
e fusível máx. max. 200 A (dependendo do fusível utilizado)
Cubículo com disjuntor máx. 630 A
Cubículo de medição máx. 630 A
Corrente suportável Cubículo com tK =1 sec máx. 25 kA 25 kA 25 kA 25 kA 20 kA
de curto-circuito
Cubículo com tK =3 sec máx. 20 kA 20 kA 20 kA 20 kA 20 kA
Corrente de pico suportável máx. 63 kA 63 kA 63 kA 63 kA 50 kA
Corrente de estabelecimento máx. 63 kA 63 kA 63 kA 63 kA 50 kA
Corrente máxima de interrupção nos disjuntores máx. 25 kA 25 kA 25 kA 25 kA 20 kA
SIMOSEC – SIMOSEC –
Painel modular para tensões até 24 kV Compactação em sistema de distribuição de energia
e correntes até 1250 A

A nova linha SIMOSEC representa uma Aplicações SIMOSEC – Benefícios ao Cliente Estanqueidade por toda vida útil
grande inovação em modularidade e com- O cubículo compacto SIMOSEC é utilizado
pactação para painéis de distribuição de principalmente para distribuição de energia Segurança pessoal O gás SF6 destaca-se como um excelente
energia em média tensão, combinando as em indústrias e concessionárias de energia. isolante elétrico, possuindo uma capacidade
• Painel metal-enclosed aprovado no ensaio pelo menos 3 vezes melhor do que o ar
ótimas propriedades isolantes do gás SF6 A ins-talação é abrigada e pode ser aplicado contra arcos elétricos internos com
com as excelentes características da ex- em sistemas radiais ou em anel. Sua estrutura como dielétrico sob as mesmas condições.
25 kA por 1 segundo; Através de um processo de solda a laser do
tinção da corrente elétrica no vácuo. modular proporciona uma grande economia • Todas as operações são feitas com a
Os cubículos são divididos basicamente de espaço, podendo ser utilizado em diversas invólucro e da ausência de pontos de
porta frontal fechada; vedação, é garantida a mínima difusão de
em três compartimentos de média tensão aplicações, tais como: • Os fusíveis são acessíveis somente com
• Compartimento de barras: na parte supe- • S u b e s t a ç õ e s t r a n s fo r m a d o r a s ; gás durante a operação (inferior a 5.10-6
a derivação aterrada; mbar.l/seg) e a impossibilidade de entrada
rior, onde se situa o barramento trifásico; • Subestações de distribuição interna; • Intertravamentos mecânicos lógicos;
• Invólucro do gás SF6: integrando a chave • Painel de transferência; de outros elementos para dentro deste .
• Sistema de detecção de tensão capa-
seccionadora; • Grandes edifícios públicos, como centros citivo (opcional).
• Compartimento de saída de cabos: na comerciais, hospitais, estações de metrô, Disjuntor a vácuo
parte inferior, onde estão os compo- etc; Confiabilidade (segurança operacional) Para a interrupção de correntes elétricas
nentes e onde conectam-se os cabos • Usinas geradoras de energia. com valores até 630 A, são utilizados disjun-
para entrada/derivações. • Uso de componentes com ampla expe- tores a vácuo, cujos pólos são montados
Características específicas riência no mercado, como disjuntor a
Ainda há um compartimento separado des- A linha SIMOSEC é formada por cubículos removíveis no compartimento de cabos ou
vácuo e chave seccionadora de três opcionalmente fixos dentro do invólucro de
ses três, onde se instalam os componentes modulares compactos metal-enclosed, apro- posições;
vados no ensaio contra arcos elétricos inter- Vista em corte do invólucro de SF6 SF6. Nos dois casos, o acionamento está
de baixa tensão (relés, medidores, botões, • Invólucro metálico aterrado na parte integrando a chave seccionadora
etc.). nos. São montados e testados na fábrica da situado na parte frontal do cubículo. O siste-
externa e no invólucro de SF 6 ; ma de extinção da corrente elétrica no vácuo
Siemens (possuindo todos os protocolos de • Chaves de três posições isoladas com Carro de extração do disjuntor 3AH6
O painel SIMOSEC utiliza como equipamen- ensaio de tipo), e são destinados à distri- associado ao uso de proteção digital utilizado no cubículo LS11
tos de manobra: gás em invólucros metálicos hermetica- secundária garantem a mais moderna tec-
buição de energia trifásica seguindo a norma mente lacrados através de solda metálica
IEC 298. nologia para interrupção de corrente elétrica.
• Chave rotativa de três posições: a mes- em todas as suas extremidades, na
ma utilizada nas linhas de painéis 8DJ e Suas principais características são: filosofia “sealed for life”;
8DH da Siemens, desde 1983 no mer- • Disposição das fases em série (uma atrás • Mecanismo de operação acessível pelo
cado; da outra); lado externo;
• Disjuntor a vácuo, da já conhecida linha • Barramento montado na parte superior; • Diagrama mímico para indicação da
3AH. A Siemens tem uma experiência • Compartimentos de barras e de conexão posição das chaves;
de fabricação seriada de câmaras a vácuo de cabos isolados a ar, demandando • Intertravamentos mecânicos lógicos.
desde 1971 na fábrica de Berlim. baixa manutenção;
• Uso de chave seccionadora rotativa dentro Economia
Com o objetivo de compactação e visando do invólucro metal-enclosed, preenchido
alta imunidade às condições ambientais, o com gás SF6; Baixo tempo de retorno de investimento,
painel possui um invólucro de aço inoxidável • Disjuntor a vácuo modelo 3AH5 instalado através de:
preenchido com o gás isolante SF6 (hexaflu- dentro do invólucro de gás (versão fixa); • Economia de espaço na instalação;
oreto de enxofre). Esse invólucro contém a • Disjuntor a vácuo modelo 3AH6 instalado • Baixíssimos níveis de manutenção,
chave seccionadora de três posições, poden- no compartimento de através do uso de disjuntor a vácuo e
do conter também as câmaras do disjuntor, cabos (versão removível); chave seccionadora em invólucro
no caso da versão com disjuntor fixo. Quando hermeticamente lacrado; Características elétricas
• Dispositivos de alívio de pressão direcio-
o disjuntor é removível, as câmaras ficam nados para trás e para cima; • Facilmente expansível devido à modula- Nível de isolamento Tensão Nominal 7.2 kV 12 kV 15 KV 17.5 kV 24 kV
fora do invólucro, no compartimento de saída • Compartimento de cabos com conexões ridade;
de cabos. Nas duas versões, o mecanismo convencionais, via muflas. • Elevada vida útil do painel. Tensão aplicada à freqüência
de acionamento do disjuntor e da chave As características demandadas para o painel industrial (1 min.) 20 kV 28 kV 35 kV 38 kV 50 kV
seccionadora ficam igualmente acessíveis de média tensão, tais como segurança pes-
pela parte frontal do cubículo. Tensão nominal
soal, confiabilidade e economia, são comple- de impulso 60 kV 75 kV 95 kV 95 kV 125 kV
tamente satisfeitas (veja “principais benefícios
ao cliente” ao lado). Corrente nominal do barramento principal máx. 1250 A
Corrente nominal Cubículo com chave seccionadora máx. 630 A
das derivações
Cubículo com chave seccionadora
e fusível máx. max. 200 A (dependendo do fusível utilizado)
Cubículo com disjuntor máx. 630 A
Cubículo de medição máx. 630 A
Corrente suportável Cubículo com tK =1 sec máx. 25 kA 25 kA 25 kA 25 kA 20 kA
de curto-circuito
Cubículo com tK =3 sec máx. 20 kA 20 kA 20 kA 20 kA 20 kA
Corrente de pico suportável máx. 63 kA 63 kA 63 kA 63 kA 50 kA
Corrente de estabelecimento máx. 63 kA 63 kA 63 kA 63 kA 50 kA
Corrente máxima de interrupção nos disjuntores máx. 25 kA 25 kA 25 kA 25 kA 20 kA
Descrição dos cubículos típicos

Derivação com chave Derivação com chave Derivação com chave Derivação sem
seccionadora (aterramento seccionadora (aterramento seccionadora-fusível equipamento de
na derivação) no barramento) manobra
Dimensões em mm
Largura (*)
RK
375
RK E
375 375
TR K
375
SIMOSEC
Profundidade
Altura
1080
1750
1080
1750
1080
1750
1080
1750
Distribuição de Energia até 24 kV
Sistema Modular Compacto

Derivação com disjuntor Derivação com disjuntor Cubículo de Cubículo de


a vácuo removível a vácuo fixo aterramento de medição do
barramento barramento
Dimensões em mm LS11 LS10 SE1 ME3
Largura 750 750 375 375
Profundidade 1080 1080 1080 1080
Altura 1750 1750 1750 1750

Acoplamento com Acoplamento com Acoplamento com Cubículo de


disjuntor a vácuo disjuntor a vácuo chave seccionadora medição
removível fixo
Dimensões em mm LT11 LT10 LT2 ME1
Largura 750+375 = 1125 750+375 = 1125 750 750
Profundidade 1080 1080 1080 1080
Altura 1750 1750 1750 1750
Componentes tracejados *) Válido para derivações com até um cabo por
são opcionais fase. Acima disso, favor nos consultar

Transmissão e Distribuição de Energia


Produtos e Sistema em Média Tensão
Rua Coronel Bento Bicudo, 111 Aprovado no ensaio
05069-900 São Paulo/SP contra arcos
Tel.: (11) 3833.4304 elétricos internos
Fax: (11) 3833.4391
e-mail: mediatensao@siemens.com.br com 25 kA por
www.siemens.com.br/energia
1 segundo
Siemens Ltda. Devido a constante evolução técnica de nossos produtos, as informações
contidas neste impresso estão sujeitas a alterações sem prévio aviso.
PTD M/2000-FO
Impresso em Março 02