Você está na página 1de 3

Certamente uma das coisas mais incomodas que existem em um relacionamento, são os diversos

joguinhos psicológico e a dissimulação que algumas mulheres têm para controlar o parceiro.
Entre esses jogos, a arma mais comumente usada é o ciúme. Mas porque as mulheres escolhem o
ciúme como arma principal? Como exatamente elas costumam fazer ciúmes? Como reagir?

Ciúmes, um jogo de manipulação.

Já citamos sobre como o equilíbrio de poderes de uma relação funciona. A confiança de um Vs a


confiança do outro. Sendo que a pessoa que tiver menos confiança e mostrar mais dependência
se torna menos atraente, portanto mais facilmente manipulável.

O ciúme é uma reação normal do corpo. É a resposta a quando uma crença inconsciente é
quebrada (o efeito se chama dissonância). No caso, o desejo de exclusividade (que é o motivo de
buscarmos uma relação monogâmica em vez de poliamor). Todavia, o corpo das mulheres por
ser mais sexualizado que os dos homens, é mais fácil pras mulheres causar essa sensação de não
exclusividade nos homens. Bastando meramente uma roupa ou estar rodeado de homens (já que
todos sabem, que no fundo eles querem sexo com ela).

O que ocorre, é que quando uma mulher faz ciúmes em um homem, e a jogada funciona. Ao
demonstrar ciúmes ele demonstra medo de perdê-la. Isso faz com que ela se sinta mais poderosa
(no sentido de ‘’Eu não tenho medo de perder ele, mas ele tem medo de me perder, logo eu
posso fazer qualquer coisa com ele, e ele vai acatar’’). Então quando um homem sofre por
ciúmes, a mulher se diverte. Ela vai querer testar os limites dele. Fazer mais ciúmes pra ver o
quão dependente ele é, o quão desesperado ele fica. Ela vai se preocupar menos em agradá-lo
porque sabe que mesmo se o tratar mal ele virá atrás dela, vai estar segura disso. Em
contrapartida, justamente por ele ser dependente, ele se torna menos atraente sexualmente. E
como ele se torna menos atraente, vira um loop onde ele fica menos interessante, ela sente uma
necessidade menor de agradá-lo e outros homens mais confiantes se tornam mais interessantes.
Além disso, justamente por ele querer barrar ela tão desesperadamente por medo de perdê-la,
mais ela se sente livre para flertar com outros. Então, quanto mais você prende, mais solta ela
fica. Quando mais reclamar, mais satisfeita ela fica com suas reclamações e mais vai querer te
provocar para testar seus limites. Quanto mais medo de perder, mais capacho você se torna.

Ah, não espere ser capaz de proibir ela. Se você o fizer, mesmo ela obedecendo o problema se
mantêm. Ela percebeu seu medo de perder ela. Isso já deu o poder que precisava. Além disso, é
improvável que ela obedeça. Mulheres são boas em agrumetar distorcendo a lógica para ela ter
razão. Há até mesmo um termo (quase uma ciência inteira) sobre isso na filosofia: Dialética.
Fora que com os movimentos de hoje. E fácil para a mulher soltar qualquer bordão do tipo ‘’meu
corpo minhas regras’’ e ainda ser apoiada , o que também é uma técnica baixa de dialética (essa
em especial, nitidamente hipócrita, sendo que ela está em uma relação monogâmica justamente
para ter controle do parceiro).

Bom, como agir então?

Se por um lado, demonstrar os ciúmes causa todos esses efeitos citados. Não ser atingido por ele
faz com que a mulher se sufoque com as próprias armadilhas. Ou seja, o efeito inverso. Se ela vê
que você não tem medo algum de perder ela. E ainda passar segurança e sociabilidade. Ela vai
perceber que é ela que depende. Você está seguro, você pode conseguir outra mulher a qualquer
momento. Logo, ela não vai querer pisar na bola com você. Vai tentar te agradar. Porque sabe
que você poderia ter outra a qualquer momento. Além disso, pelo simples fato de não ser
atingido pelo medo de perdê-la, você se torna mais atraente sexualmente. Logo, ela não vai
querer perder um homem atraente. Isso mantêm a fidelidade.

Por exemplo, se ela comprar um presente e mandar uma foto pra você dizendo que recebeu de
um admirador secreto. E sim, não é raro mulheres fazer esse tipo de coisa. Você poderia
responder com ‘’É chocolate? Se for, guarda pra mim’’ ou ainda mais ousado a ponto que deixe
ela desconfortável com o quanto você não tem medo de perdê-la. ‘’Ora, ora, será que seu
admirador gosta de menage? Ou de assistir?’’

Se ela perguntar se uma roupa tá curta. Beije ela na boca e diz que ela tá bem gata e poderia até
diminuir. Poderia dizer que os caras iam ficar com inveja. Ou ate dizer algo como ‘’você vai
fazer inveja todas as minhas ex’’ (e ela vai sentir que saiu pela culatra).

Você até pode provocar ela até se sentir desconfortável. Para que ela pense:‘’eu só planejava
fazer ciúmes… ele tá indo muito longe...droga!’’. Todavia, se ela realmente ficar confortável
usando roupas cada vez mais curtas saindo flertando realmente com outros homens (não apenas
conversar), etc. Talvez você devesse rever o caráter da sua parceira.

Se ela dizer por exemplo que um ator é bonito. Principalmente elogiando algo que você não tem,
como o corpo. Você pode dizer algo como ‘’É mesmo, acho que eu pegaria’. Ela vai te olhar
torto, mas ciúmes por ciúmes, de homem vale também.

Você ainda pode ter os mesmos comportamentos que ela têm. Se está tentando de fazer ciúmes
com amigos. Saia com suas amigas. Ela vai vir com dez pedras na mão, argumentos de dialética
pra te manipular e um ‘’é diferente’’ que nunca faz sentido. Mas até ela vai ter que admitir que é
a mesma situação. Mas nunca deixe passar que você se incomoda dela sair com os amigos. É ela
que está se incomodando de você sair com as suas (ela que é a possessiva e tem medo de te
perder, não você). Então você diz que não se importa, mas quer garantir os mesmos direitos…
Se ela pode fazer X coisa você também pode. Logo, ela vai repensar a estratégia de te fazer
ciúmes. Porque você não o sente, mas ela sim. Então ela está perdendo.

Dicas finais:

- o corpo do homem não é sexualizado como os das mulheres. Logo, temos menos poder na
relação. É bom ter um corpo malhado pra ter as mesmas armas que ela se for o caso.
Dificilmente uma mulher vai tentar fazer ciúmes em um homem que só com o corpo desperta
desejo.

- Seja sociável, tenha opções no caso de realmente deixá-la. O ‘’não ter medo de perdê-la’’ não
deve ser um blefe. Então seja sociável e saiba que você tem capacidade pra conseguir outra
mulher antes de entrar numa relação.
- Se a mulher também não sente ciúmes, ela se torna mais dissimulativa ainda, pois não tem
medo de perder. Se você não gosta de ser sufocado pode ser um bom relacionamento porque os
dois são livres. Mas se você tem ciúmes, é melhor sim uma mulher ciumenta. Quanto mais
ciumenta menos manipulativa ela provavelmente se torna. A convivência fica fácil. Porque
qualquer coias é só agir da mesma forma que ela vai sentir na pele o que está fazendo.

- Tendo ou não ciúmes, não o demonstre. Seja não reativo e deixe ela se frustrar com as próprias
manipulações.