Você está na página 1de 2

SURREALISMO – Prof.

Moisaniel - ARTE
Copie e responda as questões em seu caderno. Ao terminar, devolva esta apostila ao professor.

O surgimento do Surrealismo foi na França, no início do século XX, mais precisamente em 1924, fruto das teses
de Sigmund Freud, criador da Psicanálise, e do contexto político indefinido que marcou este período. O marco oficial da
criação deste movimento é o lançamento do Manifesto do Surrealismo, em outubro desse mesmo ano, por André Breton,
que também o subscreveu. Este documento tinha o propósito de criar uma nova expressão artística acessível através do
resgate das emoções e do impulso humano.
Para os surrealistas, a obra de arte não é o resultado das manifestações racionais e lógicas do consciente. Ao
contrário, são manifestações do subconsciente, absurdas e ilógicas, como as imagens dos sonhos e das alucinações, que
produzem as criações artísticas mais interessantes. Às vezes, as obras surrealistas representam alguns aspectos da
realidade com excesso de realismo, mas eles aparecem sempre associados a elementos inexistentes na natureza, criando
conjuntos irreais.
Salvador Dalí foi um dos mais importantes pintores do movimento artístico denominado surrealismo, movimento
fortemente influênciado pelas teorias psicanalíticas de Sigmund Freud, que enfatizava o papel do inconsciente na atividade
criativa.
Apesar da semelhança e influência do mestre Chirico, as pinturas de Dalí são originais, povoadas por alegorias
metafísicas e sexuais, em um mundo onírico. Os representantes mais importantes do surrealismo foram os artistas plásticos
René Magritte, Max Ernst e Miró, pintor catalão que convenceu Salvador Dalí a transferir-se para París e aderir o movimento
surrealista. A maioria dos artistas plásticos surrealistas, são originados do movimento Dadaísmo. Salvador Dalí foi alvo de
duras críticas por parte dos artistas surrealistas e esteve envolvido em várias polêmicas, comandada por André Breton, o pai
do movimento surrealista. Breton acusou Salvador Dalí de ser "Ávido por dólares". Dalí foi expulso do movimento surrealista,
pois no momento da guerra civil espanhola, apoiou o regime autoritário de Francisco Franco. Expulso do movimento, em
resposta, disse: "Sou o próprio Surrealismo".
Na biografia de Salvador Dalí, consta que ele era uma pessoa que gostava exageradamente de chamar a atenção, a
ponto de causar desagrado a quem estava perto. Mas, polêmicas a parte, Dalí é sem dúvida nenhuma um dos grandes
gênios do surrealismo e suas obras não deixam dúvidas. Salvador Dalí (1904-1989) é um dos artistas mais conhecidos do
século XX. Nasceu, em 1904, na cidade catalã de Figueiras e morreu, em 1989. Foi um autêntico showman, e seu rosto
moreno, com os olhos espantados e os longos bigodes levantados nas pontas, tornou-se uma espécie de ícone da
irreverente arte de vanguarda do século XX. A partir de 1927 aproximou-se cada vez mais do surrealismo, tendo
desenvolvido um método a que chamou "paranoia crítica", que envolvia várias formas subjetivas de associações de ideias e
imagens.
Ainda que suas imagens fossem fantásticas, eram sempre pintadas com uma incrível técnica acadêmica e precisão
fotográfica.
Dedicou-se a várias atividades profissionais, mas destacou-se, sem dúvida, como pintor, tendo deixado algumas obras que já
se incorporaram ao imaginário da cultura ocidental, como, por exemplo, a pequena tela intitulada "A persistência da memória"
e "A Ceia".
A pintura surrealista desenvolveu duas tendências: a figurativa e a abstrata.
Entre os pintores de tendência figurativa estão Salvador Dali e Marc Chagall (1887--1985).
Já entre os de tendência abstrata estão Joan Miró (1893-1983) e Max Ernest (1891-1976).

Pintura de Vladimir Kush

Esta escola artística e literária se insinua no interior dos movimentos de vanguarda


modernistas, englobando antigos adeptos do Dadaísmo – linhagem cultural nascida em Zurique, em
1916, que primava pela irracionalidade, pela censura a toda atitude moderada e era marcada por
uma descrença total e um negativismo radical.
A teoria freudiana tem um grande peso na constituição do ideário surrealista, que valoriza
acima de tudo o desempenho da esfera do inconsciente no processo da criação. O surrealismo
procura expressar a ausência de racionalidade humana e as manifestações do subconsciente. Além
dos dadaístas, ele se inspira também na arte metafísica de Giorgio de Chirico.

A persistência da Memória (Salvador Dali – 1931)

Os surrealistas deslizam pelas águas mágicas da irrealidade,


desprezando a realidade concreta e mergulhando na esfera da absoluta
liberdade de expressão, movida pela energia que emana da psique. Eles
almejam alcançar justamente o espaço no qual o Homem se libera de toda a
repressão exercida pela Razão, escapando assim do controle constante do
Ego.
Os adeptos do Surrealismo se valem dos mesmos instrumentos que a
Psicanálise, o método da livre associação e a investigação profunda dos
impulsos oníricos, embora se esforcem para adaptar este manancial de
recursos aos seus próprios fins. Desta forma eles objetivavam retratar o
espaço descoberto por Freud no interior da mente humana, o inconsciente, através da abstração ou de imagens simbólicas.

Crianças Geopoliticas Assistindo ao Nascimento do Novo Homem – 1943

Após a segunda guerra mundial, imaginava-se que o mundo seria outro e que nasceria
um novo homem dessa experiência traumática que é a guerra. Mas a visão de Dalí não
demonstra este otimismo. A criança que assiste ao nascimento está assustada e a
mulher que aponta para o acontecimento, a saída do homem do ovo - mundo, é ao
mesmo tempo esquelética e
musculosa. É uma atmosfera de
ameaça e não de alegria. O ovo é o
próprio mundo, com uma casca
mole, onde os continentes são moles e estão derretendo:
misteriosamente, a África ocidental deixou cair uma lágrima. Há uma
gota de sangue escorrendo da abertura de onde sai o homem.

Espanha - 1938

Espanha, pátria de Dalí,


devastada pela guerra, está
representada por uma mulher cuja
cabeça e dorso superior podem também ser percebido como grupos de homens lutando; os
lábios dela correspondem a túnica vermelha de uma dos combatentes, os seios, as cabeças
de dois cavaleiros. Tanto o rosto, quanto os combatentes estão pintados no estilo de
Leonardo da Vinci.

EXERCÍCIOS

1) Quando e onde surgiu o Surrealismo?


2) O surrealismo foi fruto das teses de quem?
3) Quem foi Sigmund Freud?
4) Qual foi o marco oficial da criação deste movimento e por quem?
5) Qual era o propósito desse manifesto?
6) Para os surrealistas as obras de arte são as manifestações do quê?
7) Como algumas obras surrealistas representam alguns aspectos da realidade?
8) Fale sobre o artista Salvador Dalí.
9) Que artista influenciou as obras de Dalí?
10) Quem são os artistas mais importantes do surrealismo?
11) Que artista disse “Sou o próprio Surrealismo”?
12) Quais foram as duas tendências do surrealismo?
13) Cite o nome de dois artistas que criaram obras com tendência abstrata.
14) Descreva o que você está vendo na tela “Espanha – 1938”.
15) Reproduza em tamanho grande a tela de Vladimir Kush

Você também pode gostar