Você está na página 1de 39

PERÍCIA

JUDICIAL

Não há evolução se não houver dedicação

RODRIGO CIABATARI
jan/2020
SUMÁRIO

Introdução 1

Capítulo 01: Entenda o mercado

das perícias judiciais 9

Capítulo 02: Quem pode ser

Perito Judicial
17

Capítulo 03: Oportunidade de

trabalho triplicada 21
Capítulo 04: Autonomia do perito

judicial
26

Capítulo 05: Não requer

infreestrutura
31

Capítulo 06: Receba antecipado


33

@escola_de_perito

https://t.me/pjescoladeperito
INTRODUÇÃO

Infelizmente a forma de abordagem

dos "pseudogurus" da internet tem te

deixado um pouco assustado e até

desconfiado de tudo. É natural, afinal

de contas, na maioria das vezes, só

querem te empurrar cursos, produtos e

sabe-se lá o que mais.

Este e-book vem na contramão disso

tudo! Antes de te oferecer qualquer

curso ou produto, acho que você

merece conhecer um pouco mais sobre

o tema que vou te falar nas próximas

páginas.

Vou te mostrar muita coisa legal,

espero que te ajude, de alguma forma,

a evoluir seu conhecimento e, pelo

menos, te despertar a curiosidade

sobre o tema Perícia Judicial.

@escola_de_perito

1 https://t.me/pjescoladeperito
Quem sou eu para te

escrever um e-book

sobre Perícia Judicial?

Primeiro preciso te falar como era

meu mundo antes de trabalhar

com as Perícias Judiciais.

Primeiro me tornei Engenheiro

Civil, na verdade, fiz muita coisa

antes disso. Já vendi coxinha na

rua, trabalhei lavando rolamento

em uma oficina mecânica, fui

empacotador de supermercado e

muito mais, comecei cedo, aos 14

anos de idade.

Percebeu que não venho de berço

de ouro?

@escola_de_perito

2 https://t.me/pjescoladeperito
Eu tive que fazer muita coisa pra

conseguir me formar...

Mas eu não estou aqui pra contar

histórias motivacionais, não sou

coach.

Tenho uma frase que sempre anda

comigo "seja um eterno

insatisfeito", talvez um dia eu

tatue ela em meu corpo.

Com essa insatisfação pulsando

dentro de mim, eu vivia buscando

novos horizontes e oportunidades

de trabalho.

Então vou partilhar com você o

que eu fiz depois de formado até

o sucesso profissional com as

perícias.

@escola_de_perito

3 https://t.me/pjescoladeperito
Como todo universitário, ou pelo

menos a maioria deles, temos que

fazer um estágio para concluir o

curso.

Eu tive uma oportunidade de me

manter empregado após a minha

formatura, no mesmo local em que

estagiava.

Foi uma excelente escola, no

entanto, também como a maioria

dos recém-formados, fui

registrado com o cargo de

Auxiliar de Engenharia - péssimo

não é mesmo? mas eu precisava

do emprego.

Passei por mais duas


construtoras e comecei a
trabalhar com Avaliações
Imobiliárias nas horas vagas...
@escola_de_perito

4 https://t.me/pjescoladeperito
Fiquei nessa de trabalhar

registrado e fazer as avaliações

que apareciam "extra".

Até que um dia um amigo meu,

também engenheiro, me perguntou

se eu tinha interesse em trabalhar

com perícias judiciais.

Eu nunca havia ouvido falar sobre

isso, mas disse que sim se ele me

ajudasse a dar os primeiros

passos.

Naquela época não havia os

cadastros nos Tribunais de peritos

como há hoje - vamos falar sobre

isso mais pra frente.

E eu fui pesquisar e estudar o

tema...

@escola_de_perito

5 https://t.me/pjescoladeperito
As coisas se desenvolveram e hoje

sou sócio majoritário em um

escritório de Perícias Judiais.

Atendemos 16 grandes escritórios

de Advocacia em Minas Gerais e

outros em São Paulo, Rio de

Janeiro e Espirito Santo - nosso

planejamento deste ano é

avançar para Bahia e Paraná -

Estamos só no começo!

E também sou fundador da Escola

de Perito, instituição que tem por

objetivo tornar os interessados na

área nos melhores peritos do

mercado.

Já formamos mais de 600


peritos no Brasil em 10 estados
brasileiros.

@escola_de_perito

6 https://t.me/pjescoladeperito
Ah, não menos importante, me

especializei muito para isso,

educação é essencial para o

crescimento profissional.

Fiz:

Pós Graduação em Avaliações e

Perícias de Engenharia;

Pós Graduação em Ciências

Forenses;

Pós Graduação em Engenharia

de Segurança do Trabalho;

Pós Graduação em Estruturas

de Concreto Armado, e

Pós Graduação em Engenharia

de Segurança Contra Incêndio

e Pânico

@escola_de_perito

7 https://t.me/pjescoladeperito
Esse sou eu. Te contei um

pouquinho da minha história,

assim a gente se comunica

melhor.

Vou te falar de uma jornada que

não é fácil, em nenhum momento

vou te dizer que é fácil, mas é


para qualquer profissional que
tenha nível superior e esteja
disposto a sair da sua zona de
conforto - e m b o r a e s t a z o n a
tenha nome de conforto - é o pior

lugar onde se possa estar, confie

em mim.

Hoje, fora os rendimentos do

escritório, só de nomeações em

meu nome faturo mais de 800 mil

reais por ano, confie em mim, é

uma área de atuação boa e pouco

concorrida.

@escola_de_perito

8 https://t.me/pjescoladeperito
Capítulo 01 
Entenda o Mercado
das Perícias
Judiciais
Antes de te falar propriamente

das perícias tenho que te explicar

o porquê delas existirem.

Tudo começa com um processo

judicial, é óbvio.

Geralmente em um processo

judicial se tem duas pessoas

discutindo um direito, as vezes

até mais. Aliás, elas só estão ali

discutindo porque uma acha que a

outra não tem razão, e vice e

versa.

Com essa informação de conflito

eu tenho que instruir o conceito

de LIDE , você vai me ouvir usar

muito essa palavra daqui pra

frente.

@escola_de_perito

10 https://t.me/pjescoladeperito
A palavra lide, muito utilizada no

âmbito judicial, é o mesmo que

conflito, oposição.

Sempre que nós, enquanto perito,

nos depararmos com tal

nomenclatura, temos que ter em

mente que se trata do assunto

principal que se discute no

processo, ou, na linguagem

jurídica - nos autos do processo.

As perícias judiciais existem para

que o juiz tenha uma pessoa com

conhecimentos técnicos e

científicos, que o auxilie em um

assunto que ele não tenha

conhecimento. Vou te explicar...

@escola_de_perito

11 https://t.me/pjescoladeperito
O juiz não sabe de tudo, aliás,

ninguém sabe.

Vou te contar uma história para

que você entenda melhor:

É uma história real em que fui o

perito.

Havia dois vizinhos em lide por

causa de um muro de divisa que

havia desabado.

De um lado, vou chamar de

vizinho A, havia sido retirado uma

árvore grande, e o vizinho B

alegava que o muro havia caído

porque o vizinho A havia

derrubado a tal árvore.

Foram para a justiça!

@escola_de_perito

12 https://t.me/pjescoladeperito
Imagine você, como o juiz

vai ter certeza de que

realmente o muro caiu

devido ao corte da

árvore???

Não tem jeito, é impossível

determinar, neste caso, é

necessário que o profissional,

para este processo, um

engenheiro, se desloque até o

local e faça os estudos

necessários.

Resumindo, não foi a árvore

que derrubou o muro, havia

um vazamento no quintal do

vizinho B. Veja, ele acusou o

vizinho A sem saber que a

culpa era dele mesmo

@escola_de_perito

13 https://t.me/pjescoladeperito
O mesmo ocorre em ações que

envolvam assuntos de:

Contabilidade;

Medicina;

Odontologia;

Administração;

Meio Ambiente;

Segurança e medicina do

trabalho...

De forma geral, em todos os

seguimentos que se discuta algo

em que ultrapasse a disciplina do

Direito, há perícia.

@escola_de_perito

14 https://t.me/pjescoladeperito
A prova pericial é considerada

uma das melhores provas a serem

produzidas, tendo em vista que é

produzida por técnico que tem

pleno conhecimento acerca do

assunto discutido.

O que não quer dizer que não

haja péssimos peritos por ai!

Recentemente, no Rio de Janeiro,

foi preso um perito judicial por

receber propina para alterar suas

conclusões no laudo em prol de

uma das partes, lamentável!

@escola_de_perito

15 https://t.me/pjescoladeperito
Você pode estar se

perguntando, por

quê eu nunca ouvi

falar sobre perícia

judicial na

faculdade?

Eu gosto de dizer que a faculdade

é apenas a ponta do iceberg. Não

há como te mostrar tudo em

apenas 4 ou 5 anos, o profissional

deve sempre estar em busca de

algo novo, de potencializar sua

atividade.

Lembra que eu falei da

insatisfação?

@escola_de_perito

16 https://t.me/pjescoladeperito
Capítulo 02 
Quem pode ser
Perito Judicial.
Todos os profissionais de nível

superior - exceto advogados.

Sim, direto ao ponto. Se você tem

nível superior em qualquer área

tem chance de ser perito judicial,

não vou mentir pra você, algumas

áreas tem mais demanda que

outras, vou listar abaixo as

profissões que tem as maiores

demandas por peritos judiciais:

@escola_de_perito

18 https://t.me/pjescoladeperito
Todas as Engenharias, com

maires demandas para Civil,

Agronômica, Ambiental e

Elétrica e de Segurança do

Trabalho;

Medicina;

Contabilidade;

Administração;

Informática/TI

Áudio-visual (pode ser

qualquer profissão de nível

superior);

Documentoscopia -

Grafotécnica (pode ser

qualquer profissão também)

@escola_de_perito

19 https://t.me/pjescoladeperito
Para as profissões que

possuem conselho

(CREA, CRM, CRC) é

obrigatório que o

profissional esteja

inscrito no respectivo

conselho e que esteja

regular com sua

anuidade.

Tal obrigação não vale para

profissionais que não tenham

conselho, Grafotécnico, por

exemplo!

@escola_de_perito

20 https://t.me/pjescoladeperito
Capítulo 03
Oportunidade de
trabalho triplicada
Para cada processo

que demanda

perícia as

possibilidades são

multiplicadas por 3.

Até agora eu te falei um

pouquinho do Perito Judicial, mas

não é só ele o profissional que

tem demanda nesta esfera

judicial.

Sempre que ocorre a nomeação

de um perito, por Lei, deve ser

aberto prazo para que as partes

(autor e Réu) indiquem assistentes

Técnicos

@escola_de_perito

22 https://t.me/pjescoladeperito
Até agora eu te falei um

pouquinho do Perito Judicial, mas

não é só ele o profissional que

tem demanda nesta esfera

judicial.

Sempre que ocorre a nomeação

de um perito, por Lei, deve ser

aberto prazo para que as partes

(autor e Réu) indiquem assistentes

Técnicos

@escola_de_perito

23 https://t.me/pjescoladeperito
A previsão legal não obriga que

as partes envolvidas no processo

indiquem Assistentes Técnicos,

mas, é cada vez maior a

contratação destes profissionais,

tendo em vista que auxiliam e

fiscalizam o trabalho do Perito

Judicial para que não hajam erros

que prejudiquem seu cliente.

Eu digo seu cliente porque o

Assistente Técnico é contratado

pelas partes e não tem nenhum

tipo de relação com a justiça,

diferentemente do perito judicial.

Que tipo de

profissional é o

Assistente Técnico?

@escola_de_perito

24 https://t.me/pjescoladeperito
Recomenda-se que seja da mesma

área de formação do Perito

Judicial, não faz sentido em uma

pericia de Odontologia ser

indicado um Engenheiro para ser

Assistente Técnico.

O trabalho do Assistente Técnico

é relativamente mais simples que

o do Perito, tendo em vista que

ele busca, assim como o

advogado, apontar elementos que

favoreçam o cliente - parte - que

o contratou.

O trabalho deste profissional se

resume a:

- Elaborar Quesitos;

- Acompanhar o Perito na

diligência local;

- Elaborar Parecer Técnico sobre

o laudo do perito.

@escola_de_perito

25 https://t.me/pjescoladeperito
Na página anterior eu trouxe

algumas definições que você

talvez não conheça, ou melhor,

talvez não saiba o significado

delas perante a justiça.

Quesitos são as

perguntas que

cada parte elabora

para o perito

responder.

Por Lei, o perito deve dar uma

resposta conclusiva à todos os

quesitos propostos pelas Partes.

@escola_de_perito

26 https://t.me/pjescoladeperito
Capítulo 04
Autonomia do Perito
Judicial
Pra ser sincero,

esta foi a parte

que me atraiu para

a profissão.

Não há nada como você definir

seu próprio horário de trabalho.

Tem pessoas que rendem mais de

manhã, tem pessoas que rendem

mais à tarde ou à noite.

@escola_de_perito

27 https://t.me/pjescoladeperito
Além disso,

ninguém manda no

perito!

Na verdade, ninguém manda em

ninguém, eu optei por utilizar essa

frase forte para destacar a

autonomia que o perito judicial

tem em seu trabalho.

Ele que escolhe a metodologia

que será utilizada, desde que seja

uma metodologia aceitável pelo

meio acadêmico, ele que decide

quando e como vai fazer seu

laudo e assim por diante.

Nem mesmo o juiz pode exigir que

o perito faça o laudo usando

determinada medodologia.

@escola_de_perito

28 https://t.me/pjescoladeperito
O fator flexibilidade de horário é

muito importante, principalmente

no incio de carreira.

Com esta autonomia de

determinar o dia e a hora que

você - perito, vai trabalhar, você

pode tranquilamente dedicar

parcelas do seu dia para outras

atividades, ou até mesmo em sua

ocupação atual. Quanto eu

comecei eu fiz assim, lembra?

@escola_de_perito

29 https://t.me/pjescoladeperito
Outra coisa boa de ser perito

Veja o artigo 95 do CPC:

Art. 95. Cada parte adiantará a


remuneração do assistente técnico que
houver indicado, sendo a do perito
adiantada pela parte que houver
requerido a perícia ou rateada quando
a perícia for determinada de ofício ou
requerida por ambas as partes.

Além de ganhar bem

tem a certeza de que

vai receber. isso é

ótimo!

@escola_de_perito

30 https://t.me/pjescoladeperito
Capítulo 05
Não Requer
Infraestrutura
Quando comecei eu tinha um

computador Desktop antigo, nem

era um computador om e uma

impressora.

A impressora era indispensável,

naquela época a maioria dos

processos eram físicos, hoje são

eletrônicos.

Você não precisa de

uma sala, um ponto

comercial ou algo do

tipo, dependendo da

sua atividade, só o

computador.

@escola_de_perito

32 https://t.me/pjescoladeperito
Capítulo 06 
Receba Antecipado
O perito judicial pode

receber até 50% dos

honorários de forma

antecipada.

Como assim?

É previsto no Código de Processo

Civil que o juiz pode liberar até

50% dos honorários cobrados pelo

perito de forma antecipada, para

que o perito comece seu trabalho.

Essa é uma novidade ocorrida a

partir do CPC de 2015. ajudou

bastante, principalmente nas

perícias de grande valor.

@escola_de_perito

34 https://t.me/pjescoladeperito
Se você se interessou pelo tema

nos acompanhe nas redes sociais

e fique por dentro de tudo.

Temos uma das maiores e

melhores estruturas de ensino à

distância relacionado à Pericia

Judicial e Avaliação Imobiliária.

Nosso objetivo com o projeto

escola de perito é ensinar. E aqui

são peritos ensinando perito!

Acesse:

www.escoladeperito.com.br

Grupo de compartilhamento de

material gratuito:

https://t.me/pjescoladeperito

@escola_de_perito

35 https://t.me/pjescoladeperito
Espero, sinceramente, que você

tenha desfrutado do conteúdo, fiz

com todo o carinho pra você.

Escola de Perito - Somos


singulares porque ensinamos só
você!

Rodrigo Ciabatari

CEO - Escola de Perito

Diretor Técnico - Ciabatari

Perícias Judiciais

Palestrante

@escola_de_perito

36 https://t.me/pjescoladeperito

Você também pode gostar