Você está na página 1de 1

Colégio Estadual Gumercindo Bessa.

08/09 A 11/09/2020
Aluno (a):
____________________________________________________________
Professora: Laura Ferreira Série: _____________Turma: ________________

ATIVIDADE DE ARTE

Diferença entre Cultura Material e Cultura Imaterial


A diferença entre esses dois modos de fazer-se cultura é simples e encontra-se nos próprios termos em
questão: cultura material compreende os fazeres culturais que são vistos, são tocados e existem numa
realidade material física. Cultura imaterial compreende tudo aquilo que faz parte de uma formação cultural,
mas não existe fisicamente ou não existe enquanto uma realidade material presente o tempo todo, sendo
“consumido” rapidamente.
Para entendermos melhor o sentido e a diferença dos dois termos, listamos alguns exemplos de cultura
material e cultura imaterial:
Cultura material
As obras de artes plásticas, em geral, compreendem elementos culturais materiais. Pinturas, esculturas,
artesanatos, arquitetura, paisagismo, fotografia, intervenções humanas na paisagem natural, literatura, entre
outras formas ou fazeres culturais que existem fisicamente, podem ser considerados elementos culturais
materiais.
Cultura imaterial
Tudo aquilo que faz parte da vasta gama cultural de uma sociedade, mas não existe concretamente, pode ser
considerado cultura imaterial. O idioma, as gírias e variações linguísticas, a religião, as festas populares, as
festas religiosas, a dança, a música, as lendas e crenças populares, e a culinária são manifestações culturais
que identificam determinadas sociedades e não existem materialmente.

Patrimônio cultural material e imaterial


A cultura de um povo deve ser preservada para que a identidade dele seja mantida. Nesse sentido,
a cultura é uma forma de coesão social, ou seja, ela é capaz de unir as pessoas de uma sociedade em torno de
um bem comum que é, justamente, a identificação dos membros daquela sociedade com a sua cultura.
O conjunto desses elementos culturais mantidos tradicionalmente pelas sociedades é chamado de
patrimônio cultural. Assim como a cultura, o patrimônio cultural pode ser classificado como material ou
imaterial.
Para que a cultura brasileira como um todo e de todas as regiões, etnias, povos e estados seja mantida,
existe no Brasil uma entidade pública chamada Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).
O Iphan é responsável por identificar elementos culturais tanto materiais quanto imateriais e cuidar para que
eles sejam mantidos intactos, além de promover a restauração do patrimônio cultural material.
Fazendo um trabalho parecido com o do Iphan, porém a nível mundial, a Organização das Nações Unidas
para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) também busca identificar, incentivar e preservar elementos
culturais materiais ou imateriais no mundo. Tanto a Unesco quanto o Iphan realizam intensos estudos sobre os
elementos que pretendem incluir nas suas listas de patrimônio que deve ser preservado, e essa inclusão é
chamada de “tombamento”.

ATIVIDADES
1. O que significa um tombamento?
2. Se eu comprar um sobrado tombado na cidade de Estância, eu posso alargar alguma porta ou retirar a janela de
madeira e substituí-la por uma de alumínio? Justifique.
3. Cite dois bens imateriais sergipanos e dois bens materiais de outro estado brasileiro.
4. Desenhe o “Barco de Fogo”, patrimônio cultural imemorial de Sergipe