Você está na página 1de 6

Proposta de teste diagnóstico Oo

Nome da Escola Ano letivo 20 - 20 Matemática | 9.º ano

Nome do Aluno Turma N.º Data

Professor - - 20

1. Na figura seguinte, o segmento de reta [AK] está representado numa


reta real e está dividido em dez segmentos de reta iguais pelos pontos:
B, C, D, E, F, G, H, I e J.

1 3
Admite que as abcissas de A e K são, respetivamente, 6 e 2 .
Qual é a abcissa do ponto D ?
1 8 17 7
(A) 5 (B) 15 (C) 30 (D) 10

2. Qual das frações seguintes representa o número dado pela dízima periódica 3,(4) ?
3 7 18 31
(A) 4 (B) 3 (C) 5 (D) 9

3. Qual dos seguintes números é irracional?

1 2

(A) 49 (B) 0, 49 (C) 4, 9 (D) 3

25
1
, na forma de potência de base 2 , sabendo que a  2 ?
6 3
4. A que é igual a
(A) 23 (B) 2–3 (C) 28 (D) 2–8

5. Considera os seguintes números:


a  3, 21 103 b  0, 032  105 c  3 313 000  10 3 d  32 110  101
Qual dos números anteriores é maior do que 3212?
(A) a (B) b (C) c (D) d

x2
2  x   1 x 
6. Qual dos seguintes números é solução da equação 3 ?
(A) 2 (B) 1 (C) –1 (D) –2

7. Relativamente a dois números naturais diferentes de 1 , a e b (a < b), sabe-se que:


m.d.c. (a, b) = 1 e m.m.c. (a, b) = 6 .
Qual dos pares de números seguintes são, respetivamente, a e b ?
(A) 1 e 6 (B) 2 e 4 (C) 2 e 3 (D) 2 e 12

Página 1 augustaneves@portoeditora.pt
Proposta de teste diagnóstico Oo

O conjunto-solução da equação 3 x  1  0 é:
2
8.

 1 1   1 1  1 
 ,   ,   
(A)  3 3 
(B)  3 3  (C) { }
3
(D)  

9. Um ângulo externo de um polígono regular tem 20° de amplitude.


Quantos lados tem esse polígono?
(A) 10 (B) 12 (C) 18 (D) 20

10. Na figura seguinte, está representado o trapézio retângulo [ACDE] , decomposto no quadrado
[ABDE] e no triângulo [BCD] , retângulo em B. A medida da área do quadrado é 23,04 m2 e a
medida da hipotenusa do triângulo é 6 m .

A medida da área do trapézio [ACDE] é igual a:


(A) 34,56 m2 (B) 31,2 m2 (C) 30,05 m2 (D) 31,68 m2

11. Na figura ao lado, pode ser observado o triângulo [ABC] e o seu


transformado  A B C  por uma homotetia de centro P .
  

Qual é a razão da homotetia que transforma [ABC] em  A B C  ?


  

1
(A) 2 (B) 3
(C) 4 (D) 2

12. Na figura ao lado, todos os triângulos são equiláteros e o triângulo [ABC] tem 10
cm2 de área.
Tendo em conta a situação apresentada, apenas uma das afirmações seguintes é
verdadeira. Qual é?
(A) A área colorida da figura é de 70 cm2 .
(B) A área colorida da figura é de 90 cm2 .
(C) A área não colorida da figura é de 50 cm2 .
(D) A área colorida da figura é de 160 cm 2 .

Página 2 augustaneves@portoeditora.pt
Proposta de teste diagnóstico Oo

13. Observa a figura ao lado.


Qual das afirmações seguintes é verdadeira?
     
13.1. (A) AB  HK  AH (B) EH  JG  0
     
(C) IH  HI  LJ (D) AB  CG  AE
 
13.2. (A) A  EG  E (B) F  JG  I
 
(C) H  GD  D (D) B  CJ  H

14. Um castiçal é constituído por um recipiente de vidro, com a forma de cubo com
12 cm de aresta no qual foi colocada uma vela de diâmetro 12 cm .
O volume mais próximo do cubo não ocupado pela vela é:
(A) 370,8 cm3 (B) 370,9 cm3
(C) 3,7 cm3 (D) 3,8 cm3

15. Qual dos seguintes gráficos representa graficamente a função definida por y   x  1 ?
(A) (B)

(C) (D)

16. Considera a sequência cujos termos são:


1 10 19 28 37 82
, , , , , a6 , a7 , a8 , a9
3 3 3 3 3 e 3
A média dos últimos quatro termos da sequência é igual a:
238 137 219 657
(A) 12 (B) 6 (C) 4 (D) 9

17. A tabela seguinte mostra o número de irmãos dos 30 alunos do 9.º B.

Número de irmãos 0 1 2 3 4 5
Frequência absoluta 2 13 7 4 3 1

A mediana do número de irmãos é:


(A) 1 (B) 2 (C) 2,5 (D) 1,5

Página 3 augustaneves@portoeditora.pt
Proposta de resolução do teste diagnóstico

Cotações
13.1 13.2
1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 14. 15. 16. 17.
. .
6 5 5 6 5 6 6 6 5 5 6 5 5 5 6 6 6 6

Resolução

3 1 9 1 8 4 x2
     4 2  x   1 x  
2 6 6 6 6 3 AK  6. 3
 3  3
1. x 2
4 4 1 4 2 2  x  1 x 
: 10     3
3 3 10 30 15
 6  x  2  3x  3  3x 
2
AB  BC  CD  ...  JK 
15   x  3 x  3 x  3  6  2 
1 1
 AD   3  AB   7 x  7  x 1
A abcissa de D é 6 6
Resposta: (B)
1 2 1 6 1 2 5 12 17
  3       
6 15 6 15 6 5 30 30 30 7. a e b são diferentes de 1 , logo, exclui-se a
 5   6

Resposta: (C) opção (A)


m.d.c. (2 , 3) = 1 ; m.m.c. (2 , 3) = 2 3  6
2. 9  3, 444... m.d.c. (2 , 12) = 2
Resposta: (C)
10  3, 444...  3, 444...
34, 444...  3, 444...  31 1
 x2  
31 8. 3 x 2  1  0  3x 2  1 3
9  3,  4   31 3,  4  
Logo, , ou seja, 9 .
1 1
Resposta: (D) x x
3 3
Resposta: (A)
1 1

3. 49 7 Número racional 9. 360º : 20º = 18
0, 49  0, 7 O polígono regular tem 18 lados.
Número racional
Resposta: (C)
49 49 7
4, 9   
10 10 10 Número irracional 23, 04  4, 8 BD  4, 8
10. m
1 Pelo teorema de Pitágoras, tem-se que:

3 Número racional 2 2 2
BC  BD  CD
Resposta: (C)
Assim:
2 2
BC  4, 82  6 2  BC  6 2  4, 8 2
4. a3  21
2
 BC  12, 96
a a
6

3 2
2 
1 2
2 2

Como BC é a medida, em metros, de um


25 25 3
6
 2 2 comprimento, BC  12, 96  3, 6 .
Logo, a 2 . A área, em metros quadrados, do triângulo
Resposta: (A)
BC  BD 3, 6  4, 8
A BCD    8, 64
3212  3, 212  10 3
[BCD] é 2 2 (m2).
5.
Logo, a área, em metros quadrados, do trapézio
a  3, 21 10 3
A  23, 04  8, 64  31, 68
b  0, 032  105  3, 2  103 [ACDE] é  ACDE  (m2).
Resposta: (D)
c  3 313 000  103  3, 313  103
d  32 110  10 1  3, 211 103 11. A razão da homotetia que transforma [ABCD]
Somente c > 3212 .
AC  6
Resposta: (C) r  2
em
 ABCD é AC 3 .

augustaneves@portoeditora.pt
Proposta de resolução do teste diagnóstico
Resposta: (D)

Página 5 augustaneves@portoeditora.pt
Proposta de resolução do teste diagnóstico

12. Sabemos que: 15.


A ABC   10 y   x 1
• cm2
A A  4  10 –1 + 1 = 0
•  DFI   DGE 
cm2 = 40 cm2 –0 + 1 = 1
A área colorida da figura é:
Resposta: (A)
 2  40  10  cm2 = 90 cm2 e a área da parte não

colorida é
 40  3  10  cm2 = 70 cm2. 16. Trata-se de uma sequência aritmética em que a
9
Resposta: (B) 3
diferença entre termos consecutivos é 3 .
    
13.1. AB  HK  AB  BE  AE
     1 10 19 28 37 46 55 64 73 82
EH  JG  EH  HE  O , , , , , , , , ,
3 3 3 3 3 3 3 3 3 3
  
IH  HI  O 
9

9

9

9
     3 3 3 3
AB  CG  AB  BH  AH
A média dos últimos quatro termos da sequência
Resposta: (B)
é
  55 64 73 82 274
  
13.2. A  EG  A  AE  E 3  3  274  137
  x 3 3 3
F  JG  F  FA  A 4 4 12 6
  Resposta: (B)
H  GD  H  HE  E
 
B  CJ  B  BK  K 17. Como o número de dados é 30 (par), a mediana
Resposta: (A) é igual à média dos dois valores centrais.
30 : 2  15
Vcubo  123  1728 x  x16 1 2
14. Volume do cubo: (cm3) x  15   1, 5
V   6  12  432
2 2 2
Volume da vela: vela (cm3) Resposta: (D)
O volume do cubo não ocupado pela vela é
V  1728  432  370, 8 (cm3)
Resposta: (A)

Página 6 augustaneves@portoeditora.pt

Você também pode gostar