CONTABILIDADE

AVAN ÇADA

AVALIA ÇÃO DE

INVESTIMENTOS

) Instrução CVMDeliberação CVM Deliberação CVM n° 247/96 .285/98 319/99 . Ferreira Manual de Contabilidade das S.A.AVALIAÇÃO DE INVESTIMENTOS TEXTO. V. é a intenção da investidora com relação ao prazo previsto para a permanência da posso de tais ativos. a título de participação societária. Classificação: Investimentos Temporários Investimentos Permanentes Investimentos Temporários: São aplicações efetuadas com a intenção de revenda e tendo.349/01 n° n° 183/95 n° 26/86 INVESTIMENTOS EM PARTTCIPAÇÕES SOCIETÁRIAS São aplicações de recursos efetuados por sociedade (denominada de investidora) na aquisição de ações ou quotas do capital de outra pessoa jurídica (denominada investida) CLASSIFICAÇÃO CONTÁBIL DOS INVESTIMENTOS O que irá orientar a correta classificação contábil dos investimentos efetuados em outras sociedades. Autores: Sérgio de ludícibus. Gelbcke. www.cvm. COMENTÁRIOSE EXERCÍCIOSEXTRAÍDOS DOS LIVROS: • • • Contabilidade Avançada Autores: Silvério da Neves e Paulo E. Ricardo J. Podem ser classificados no Ativo Circulante (AC) ou Ativo Realizável a Longo Prazo (ARLP) .gov. geralmente.320/99 . A.br • • • • Lei 6404/76-(S. caráter especulativo. Eliseu Martins e Ernesto R.Viceconti Contabilidade Avançada e Intermediária Autor.

Comentários: Adota-se o método do custo de aquisição para a avaliação e contabilização dos investimentos societários efetuados: • em caráter "temporários". não permanente. pelo custo de aquisição. representando. Os dividendos em excesso deverão ser . • em caráter permanente. Cabe ressaltar que o valor contábil do investimento avaliado pelo método do custo deverá ser alterado nas seguintes hipóteses: • Dividendos distribuídos em excesso aos lucros após a data da aquisição do investimento. uma extensão da atividade econômica da investidora. quando este perda comprovada como estiver permanente. mas em investidas que não sejam nem controladas nem coligadas ou equiparadas. portanto. 183 (Lei 6404/76) No balanço.Investimentos Permanentes: São aplicações efetuadas com a intenção de continuidade. deduzido da provisão para perdas prováveis na realização do seu valor. pelo custo de aquisição. Os dividendos declarados pela investida são contabilizados como receita na investidora. A investidora deve registrar o investimento com base no valor efetivamente desembolsado. devem ser classificados no Ativo Permanente (AP) FORMAS DE AVALIAÇÃO DOS INVESTIMENTOS: Investimentos Temporários: Investimentos Permanentes: Método do custo de aquisição Método do custo de aquisição Método da equivalência patrimonial MÉTODO DO CUSTO DE AQUISIÇÃO: Art. que não sejam controladas e coligadas.Os investimentos em participação no capital social de outras sociedades. ou seja. Comentários A investidora não altera o valor contábil do investimento em função da investida ter apurado lucro ou prejuízo. ou seja. os elementos do ativo deverão ser avaliados segundo os seguintes critérios: III .

no método de custo não importa a geração efetiva dos lucros ou reservas. concordata. a curto prazo ou longo prazo. portanto. esses investida (falência. mas sim. dividendos na realidade representam recuperação do capital inicial investido. no grupo de contas Investimentos em outras empresas. a investidora deverá constituir uma provisão para perdas prováveis na realização do investimento. A intenção da investidora não é revender. adquiriu em 20/037x4. Custo com Base de Valor ajustado ao valor de mercado quando este for menor. EXEMPLOS DE CONTABILIZAÇÃO DE PARTICIPAÇÃO SOCIETÁRIA AVALIADA PELO CUSTO DE AQUISIÇÃO.00 (7% x R$ 500. A classificação correta.00 Bancos C/.) Comentários: Por ocasião do encerramento das demonstrações contábeis.A. recebeu dividendos no valor de R$ 35. as datas e os atos formais de sua distribuição. • Perdas comprovadas como permanentes na sociedade ou seja. Ativo Permanente Investimentos Part.00 de dividendos aos seus acionistas.000. tal investimento. prejuízos substanciais com projetos baixados e com sinistros não cobertos por seguros etc. Ativo Circulante 1. se houver necessidade. é no Ativo Permanente. princípio este válido na maioria dos países.000.00.000.00 . para atender ao Princípio Fundamental de Contabilidade. Como a investidora possui 7% de participação.A.contabilizados na investidora como redução do investimento..A investidora Petrus S. 7% das ações da Empresa Marlim S. desembolsando R$ 1. Lançamento contábil na empresa Investidora: Deb. Assim. Movimento Declaração de Dividendos A investida distribuiu R$ 500. 01) . Societária Cred. deixa-se de reconhecer na empresa investidora os lucros e reservas gerados e não distribuídos pela investida.00} 1. Desta forma.

Cred.00 Contabilização da recebimento dos dividendas pela Investidora: Deb.Lançamento contábil na investidora: Deb.00. (R$ 9.00) Como o ativo da investidora está registrada pelo custo de aquisição.00. p/ perdas ( = ) Valor Líquido do invest.000.00 R$ 630.00 ENCERRAMENTO DO EXERCÍCIO.000. Em 31/12/x5.00 PERDAS. R$1.00. Ativo Circulante Bancas C/. concluí-se que há necessidade de construir uma provisão para perdas de R$ 370. Resultado Ativo Permanente Investimento (-) Prov. Ativo Circulante Dividendos a receber Outras receitas operac. Cred. POR OCASIÃO DO 35. que foi de R$ 1. e o valor R$ 630.00. (Redução por prejuízo).00 O registro contábil é feito da seguinte forma: Déb. que é a diferença entre o custo de R$ 1000.00 R$ 370.00 x 7% = R$ 630. o valor do Patrimônio Líquido da investida é de R$ 9. Cred.00 35.000. Movimento Ativo Circulante Dividendos a receber CONSTITUIÇÃO DA PROVISÃO PARA 35. A investidora possui 7% deste patrimônio. p/.00 370.00 . perdas investira Demonstração do Balanço Patrimonial da Investidora: Ativo Permanente Investimentos (-)Prov. 35.00 R$ 370.000.

a obrigatoriedade da adoção do método da equivalência patrimonial de avaliação dos investimento. somente para "os investimento relevantes em sociedades coligadas. em contrapartida com receita ou despesa no resultado da sociedade investidora. é. . Portanto. independentemente de serem ou não distribuídos. por direito. O saldo contábil constante da empresa investidora deverá refletir um valor equivalente ao que ela representa no Patrimônio Líquido da investida. e não como receita de dividendos ( método do custo). será sempre equivalente ao valor contábil do Patrimônio Líquido na proporção de sua participação acionária. Portanto. são considerados como redução do investimento na sociedade investidora. Esse método será aplicado. caberá a ela. Este método fundamenta-se no fato de que o Patrimônio Líquido Contábil representa a riqueza real de uma entidade avaliada de acordo com os princípios contábeis. Nesta direção.A. conforme o aumento ou diminuição do Patrimônio Líquido (PL) da investida. ocorrendo qualquer variação no Patrimônio da empresa coligada ou controlada. sobre cuja administração tenha influência ou de que participe com 20% ou mais do capital social. o valor contábil do investimento efetuado pela empresa investidora na coligada ou controlada. 30% do Patrimônio Líquido dessa entidade.MÉTODO DA EQUIVALÊNCIA PATRIMONIAL EQUIVALÊNCIA PATRIMONIAL CONCEITO: É a alteração do valor contábil dos investimentos registrados no Ativo Permanente ( AP). O artigo 248 da Lei 6. o conceito da equivalência patrimonial é baseada no fato de que os resultados e quaisquer variações patrimoniais de uma controlada ou coligada devem ser reconhecidos (contabilizados) no momento de sua geração. o seu resultado deverá ser reconhecido de imediato na empresa investidora. o Método isto da Equivalência Patrimonial consiste basicamente que.404/76 estabelece para as S. Logo se uma entidade possui 30% de outra entidade. todavia. por este método. pela investidora. o valor de aquisição de investimentos avaliado pelo método de equivalência patrimonial é ajustado pêlos lucros ou prejuízos apurados pela sociedade investida. e ern sociedades controladas. Os dividendos declarados pela sociedade investida.

L. direta ou indiretamente. que é mais forte que a de coligação. Notas: • A coligação é sempre direta. A lei define que tais coligadas também serão avaliadas pelo método da equivalência patrimonial nos casos em que "sobre cuja administração tenha influência". direta ou indiretamente. surge a relação de controle. DEFINIÇÃO DE SOCIEDADE CONTROLADORA. que é denominada controlada. Fica portanto. mais 50% de do capital votante de uma sociedade investida. o método da equivalência patrimonial se aplicará para todos os investimentos. ou seja. da investidora. aquelas em que se tenha entre 10% e 20% do capital. RELEVÂNCIA E INFLUÊNCIA DO INVESTIMENTO: RELEVANTE: • O investimento em coligada ou controlada será relevante. desde que relevantes. o que abrange todas as controladas e todas as coligadas de que se tenha mais de 20% de participação no capital. SOCIEDADE CONTROLADORA:A investidora. COLIGADAS E RELEVÂNCIA / INFLUÊNCIA DO INVESTIMENTO. Ou . CONTROLADA. • Quando a investidora possuir mais de 50% do capital votante da investida. independente do tipo de açãode e direito a voto. através de outras sociedades controladas. investidora É a participa com 10% ou mais do capital social da investida. não existe coligação indireta. de modo permanente. • Empresa investidora é aquela que detiver. de SOCIEDADE COLIGADA: a sociedade em que. é titular de diretos de sócio que lhe assegurem. sem haver controle. como pode acontecer com o controle.Dessa forma. a decisão sobre os investimentos em coligadas das quais se tenha menos de 20%. preponderância nas deliberações sociais e poder de eleger a maioria dos administradores. quando o seu valor isoladamente for igual ou superior a 10% do P. em empresas de que se participe com 20% ou mais do capital social. do capital.

L.00. .- investimento em coligada ou controlada será relevante. se tivermos investimentos que forem individualmente inferiores a 10% do patrimônio líquido da investidora. R$ 1." Importadora e Exportadora adquiriu à vista.A.000. em 13/Jan/19x1. Portanto. mas é responsável pela administração e finanças.. ambos na data do balanço de encerramento. mas é ela que fornece a tecnologia de produção e designa o diretor industrial ou responsável pela área de produção. 56% do capitail social. mas que. "MCLC.00 em ações da empresa "MAC" Indústria e Comércio S. • A investidora tem só 15% de participação. a determinação da relevância dos investimento é feita pela relação percentual entre o valor contábil dos investimentos no ativo da investidora e o valor do patrimônio líquido da própria investidora.680. logicamente. são considerados relevantes todos os investimentodesde que. quando o seu montante for igual ou superior a 15% do P. da investidora. Desta forma. quando o seu valor for igual ou superior 20% do capital da investida. cujo capital social é de R$ 3. A Cia. EXEMPLOS DE CONTABILIZAÇÃO DA EQUIVALÊNCIA PATRIMONIAL a). representando a referida aquisição. ou seja: nomeia pelo menos um dos administradores da investida. sejam em controladas ou em coligadas. forem iguais ou superiores a 15% do patrimônio líquido da investidora. em sociedade coligada de que participe com 20% ou mais do capital social. • Em sociedade coligada sob cuja administração a investidora tenha influência. INFLUÊNCIA: São considerados influentes os investimentos: • O investimento em coligada ou controlada será considerado influente. em sociedade controlada. sendo a área de produção de responsabilidade dos outros acionistas. Exemplos: A empresa investidora tem só 15% do capital. no seu conjunto.

Ativo Permanente Part. Perda de Invest. Como a investidora possui 56% de participação.00 R$ 560. Ativo Circulante Bancos C/. a empresa "MAC" fnd.00 Investimentos Ao término do exercício social do ano de 1.240.00.680. b). Ativo Permanente Investimentos Par. Patrim.) R$ 560. Equival. (aumento por Caso a empresa controlada apresentasse uma diminuição em seu património líquido.000. Cred.A. lucro) Ajuste contábil na empresa investidora.. A investida distribuiu R$ 500.00 R$2. (redução por prejuízo) a investidora fará o seguinte ajuste contábil: Lançamento contábil: Deb.680. Societária Cred.00 R$ 1.00 de dividendos aos seus acionistas. Societária d). receberá dividendos no valor de R$ 280. Mov.00 (56% x R$ 500. Societária Cred.00 R$ 560. (despesa) Ativo Permanente Part.00 R$ 1.000. Com.00) R$ xxxxxx R$ xxxxxx Investimentos .00 x 56% (-) Valor Investimento ( = ) Ajuste Lançamento contábil: deb.680. R$4. (Receita Oper.00 R$ 1. Declaração de Dividendos pela Investida. c). apresentou um Património Líquido no valor de R$ 4.Lançamento contábil na empresa investidora: deb.9x1. S.

00 * * * * * * * * * * .00 Ativo Permanente Part. Cred. Ativo Circulante Bancos Cl.00 280.Contabilização dos dividendos na Investidora: Lançamento contábil: Deb.00 Dividendos a receber Investimentos Contabilização do recebimento dos dividendos pela Investidora: Lançamento contábil: Deb. Movimento Ativo Circulante Dividendos a receber 280. Ativo Circulante 280. Cred. Societária 280.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful