Você está na página 1de 3

1 AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

1.1 Expansão da Educação

Este material tem o objetivo de facilitar a compreensão do funcionamento de


uma instituição de ensino. Para isto será estudado várias situações tais como a
relação com órgãos de regulação, os instrumentos necessários e o relacionamento
com as comissões de credenciamento.

Vamos começar o estudo da gestão e magistério de educação à distância


com as metas do Plano Nacional de Educação , para entendermos um pouco sobre
a situação da educação superior no Brasil, vamos ver a meta do PNE como está
descrito abaixo.

Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014 - Plano Nacional de Educação (PNE).

Metas referentes ao ensino superior:


Meta 12: elevar a taxa bruta de matrícula na educação superior para 50% e a
taxa líquida para 33% da população de 18 a 24 anos, assegurada a qualidade
da oferta e expansão para, pelo menos, 40% das novas matrículas, no
segmento público;
Meta 13: elevar a qualidade da educação superior e ampliar a proporção de
mestres e doutores do corpo docente em efetivo exercício, no conjunto do
sistema de educação superior, para 75%, sendo, desse total, no mínimo, 35%
doutores;
Meta 14: elevar gradualmente o número de matrículas na pós-graduação
stricto sensu, de modo que se atinja a titulação anual de 60.000 mestres e
25.000 doutores.
Em relação á meta 12, podemos entender que o Estado propõe aumentar de
18% de alunos de 18 a 24 anos que estão fazendo Faculdade, para um percentual
de 33%, ou seja a cada 3 adultos um esteja estudando ou tenha formação superior.
Já foram realizadas várias iniciativas que levam nesta direção tais como :
- criação dos cursos superiores de tecnologia ;
- criação de formas de financiamento ou redução dos custos de formação tais
como Prouni e FIES;
- liberação de recursos para universidades públicas com a obrigação de
ampliação de vagas;
- liberação de novas Instituições de Ensino Superior IES;
- liberação de impostos federais para IES que ofertarem Prouni.

De todas estas iniciativas as que tiveram maior resultado, foram as que


incentivaram a expansão da criação de vagas nas faculdades particulares que hoje
representam 76% dos alunos.
A meta 13 vai no mesmo sentido, ou seja a expansão de alunos certificados,
porém esta formação esta voltada para o “stricto sensu” ou seja a ampliação do
quadro de mestres e doutores. Esta expansão esbarra nas diretrizes das
Universidades que tem uma oferta limitada de vagas para pessoas que queiram
ingressar nestes cursos e a barreira para convalidação dos certificados de cursos
realizados no exterior.

Estes materiais têm como objetivo de mostrar que é intensão do estado


ampliar a educação e o esforço que uma instituição de ensino faz neste sentido está
alinhado com o Estado.