Você está na página 1de 7

AULAS ONLINE VIA SKYPE

afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com

ESTRUTURAS DE MADEIRA E AÇO – AULAS ONLINE VIA SKYPE

QUESTÃO 01

Realizar as possíveis combinações últimas normais (Estado Limite Último) para uma barra de treliça
constituída por perfil de aço sujeita a uma força axial de tração. Tal força é originada a partir das
seguintes ações:

Peso próprio da estrutura de aço: G1 = 25 kN

Carga acidental (de uso e ocupação): Q1 = 20 kN

Ação do vento de sobrepressão: Qv1 = 15 kN

Ação do vento de sucção : Qv2 = - 9 kN

Considerar que na construção não há predominância de pesos ou equipamentos que permanecem fixos
por longos períodos de tempo, nem de elevadas concentrações de pessoas. A partir das combinações
determinadas, qual valor obtido para o esforço normal de tração será utilizado nas verificações de
segurança quanto ao Estado Limite Último (ELU)?

Solução:

Dados :
G  25 kN Q  20 kN Qv  15 kN
 g  1,25  q  1,50  q,v  1, 40
Assim :
Nd    gi  G   q1  Q1   qi   0 j  Qj
Substituindo :
C arg a Acidental  Ação Pr incipal e Vento  Ação Secundária :
Nd1  1,25  25  1,50  20  1, 40  0, 6  15 kN  Nd1  73, 85 kN

Vento  Ação Pr incipal e Carga Acidental  Ação Secundária :


Nd2  1,25  25  1, 40  15  1,50  0,5  20 kN  Nd2  67,25 kN

AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/TELEGRAM: (62) 98618-3847 Página 1


AULAS ONLINE VIA SKYPE
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com

QUESTÃO 02

Determinar a combinação quase permanente (Estado Limite de Utilização) para uma barra de treliça de
aço submetida à solicitação axial de tração, cujo esforço é originado a partir das seguintes ações:
Peso próprio da estrutura de aço: G1 = 15,4 kN
Peso próprio de equipamentos fixos: G2 = 18,2 kN
Carga acidental (de uso e ocupação): Q1 = 14,5 kN
Ação do vento de sobrepressão: Qv1 = 15,6 kN
Ação do vento de sucção : Qv2 = - 15,1 KN

Considerar que, na construção, não há predominância de pesos e de equipamentos que permanecem


fixos por longos períodos de tempo, nem de elevadas concentrações de pessoas.
Solução:
Dados :
G1  15, 4 kN G2  18,2 kN Q  14,5 kN Qv1  15, 6 kN Qv2  15,1 kN
 g  1,25  q  1,50  q,v  1, 40
Assim :
Nd  G1  G2  1  Q   2  Qv1
Substituindo :
Nd  15, 4  18,2  0,3  14,5  0  15, 6 kN  Nd  37, 95 kN

AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/TELEGRAM: (62) 98618-3847 Página 2


AULAS ONLINE VIA SKYPE
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com

QUESTÃO 03
Efetuar as possíveis combinações últimas normais (Estado Limite Último) para uma barra de treliça
constituída por perfil de aço sujeita a uma força axial de tração. Tal força é originada a partir das
seguintes ações:
Peso próprio da estrutura de aço: G1 = 22 kN
Carga acidental (de uso e ocupação): Q1 = 15 kN
Ação do vento de sobrepressão: Qv1 = 13 kN
Ação do vento de sucção : Qv2 = - 6 kN
Considerar que na construção não há predominância de pesos ou equipamentos que permanecem fixos
por longos períodos de tempo, nem de elevadas concentrações de pessoas. A partir das combinações
determinadas, qual valor obtido para o esforço normal de tração será utilizado nas verificações de
segurança quanto ao Estado Limite Último (ELU)? Em caso de resposta decimal, considerar uma casa
após a vírgula.
Solução:
Dados :
G  22 kN Q  15 kN Qv  13 kN
 g  1,25  q  1,50  q,v  1, 40
Assim :
Nd    gi  G   q1  Q1   qi   0j  Q j

C arg a Acidental  Ação Pr incipal e Vento  Ação Secundária :


Nd1  1,25  22  1,50  15  1, 40  0, 6  13 kN  Nd  60, 92 kN

Vento  Ação Pr incipal e Catga Acidental  Ação Secundária :


Nd2  1,25  22  1, 40  13  1,50  0,5  15 kN  Nd  56, 95 kN

AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/TELEGRAM: (62) 98618-3847 Página 3


AULAS ONLINE VIA SKYPE
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com

QUESTÃO 04
Efetuar as possíveis combinações últimas normais (Estado Limite Último) para uma barra de treliça
constituída por perfil de aço, sujeita a uma força axial de tração. A força é originada a partir das seguintes
ações características:
Peso próprio da estrutura de aço: G = 20 kN
Carga acidental (de uso e ocupação): Q1 = 35 kN
Ação do vento de sobrepressão: Qv1 = 18 kN
Ação do vento de sucção: Qv2 = -11 kN
Considerar que na construção não há predominância de pesos ou equipamentos que permanecem fixos
por longos períodos de tempo, nem de elevadas concentrações de pessoas. A partir das combinações
determinadas, qual valor obtido para o esforço normal de tração será utilizado nas verificações de
segurança quanto ao Estado Limite Último (ELU)? Em caso de resposta decimal, considerar uma casa
após a vírgula.
Solução:
Dados :
G  20 kN Q  35 kN Qv  18 kN
 g  1,25  q  1,50  q,v  1, 40
Assim :
Nd    gi  G   q1  Q1   qi   0 j  Qj
Substituindo :
C arg a Acidental  Ação Pr incipal e Vento  Ação Secundária :
Nd1  1,25  20  1,50  35  1, 40  0, 6  18 kN  Nd1  92, 62 kN

Vento  Ação Pr incipal e Carga Acidental  Ação Secundária :


Nd2  1,25  20  1, 40  18  1,50  0,5  35 kN  Nd2  76, 45 kN

AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/TELEGRAM: (62) 98618-3847 Página 4


AULAS ONLINE VIA SKYPE
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com

QUESTÃO 05
Realizar as possíveis combinações últimas normais (Estado Limite Último) para uma barra de treliça
constituída por perfil de aço sujeita a uma força axial de tração. Tal força é originada a partir das
seguintes ações:
Peso próprio da estrut ura de aço: G1 = 19 kN
Carga acidental (de uso e ocupação): Q1 = 17 kN
Ação do vento de sobrepressão: Qv1 = 12 kN
Ação do vento de sucção : Qv2 = - 7 kN
Considerar que na construção não há predominância de pesos ou equipamentos que permanecem fixos
por longos períodos de tempo, nem de elevadas concentrações de pessoas. A partir das combinações
determinadas, qual valor obtido para o esforço normal de tração será utilizado nas verificações de
segurança quanto ao Estado Limite Último (ELU)? Em caso de resposta decimal, considerar uma casa
após a vírgula.
Solução:
Dados :
G  19 kN Q  17 kN Qv  12 kN
 g  1,25  q  1,50  q,v  1, 40
Assim :
Nd    gi  G   q1  Q1   qi   0 j  Qj
Substituindo :
C arg a Acidental  Ação Pr incipal e Vento  Ação Secundária :
Nd1  1,25  19  1,50  17  1, 40  0, 6  12 kN  Nd1  59,33 kN

Vento  Ação Pr incipal e Carga Acidental  Ação Secundária :


Nd2  1,25  19  1, 40  12  1,50  0,5  17 kN  Nd2  53,30 kN

AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/TELEGRAM: (62) 98618-3847 Página 5


AULAS ONLINE VIA SKYPE
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com

QUESTÃO 06
Determinar as combinações de ações para uma diagonal de uma treliça de um telhado sujeito aos
seguintes esforços normais oriundos de diferentes causas:
● Peso próprio da treliça e cobertura metálicas (G) Ng = 1,00 kN
● Vento de sobrepressão (V1) (Q) Nv1 = 1,50 k N
● Vento de sucção (V2) ( Q) Nv2 = -3,00 k N
● Sobrecarga variável (Q) Nq = 0,50 kN
Considerar que, na construção, há predominância de pesos que permanecem fixos por longos períodos
de tempo. A partir das combinações efetuadas, definir o valor crítico (ou valores críticos) para o esforço
normal solicitante de projeto.
Solução:
Dados :
G  1, 00 kN Q1  1,50 kN Q2  0,50 kN Qv1  12 kN Qv2  3, 00 kN
 g  1,25  q  1,50  q,v  1, 40

Assim :
Nd    gi  G    q1  Q1   qi   0j  Q j
Substituindo :
C arg a Acidental  Ação Pr incipal e Vento  Ação Secundária :
Nd1  kN  Nd1  kN

Vento  Ação Pr incipal e Carga Acidental  Ação Secundária :


Nd2  kN  Nd2  kN

AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/TELEGRAM: (62) 98618-3847 Página 6


AULAS ONLINE VIA SKYPE
afonsocarioca@gmail.com / afonsocarioca@hotmail.com

QUESTÃO 01
Calcular a força a partir de combinação de longa duração (Estado de Limite Último), para uma viga de
madeira sujeita a um carregamento verticalmente distribuído (“q”), originado a partir das seguintes ações
características:
Peso próprio da estrutura de madeira: G = 3,5 kN (grande variabilidade)
Carga acidental (de uso e ocupação): Q = 5,0 kN
Ação do vento de sobrepressão: Qv1 = 4,2 kN
Considerar que, na construção, não há predominância de pesos e de equipamentos que permanecem
fixos por longos períodos de tempo, nem de elevadas concentrações de pessoas.
A partir das combinações determinadas, qual valor obtido para o carregamento verticalmente distribuído
que será utilizado nas verificações de segurança quanto ao Estado Limite Último?
a) Fd = 4,5 kN. b) Fd = 4,0 kN. c) Fd = 6,0 kN. d) Fd = 5,0 kN. e) Fd = 5,5 Kn
Solução:
Dados :
G  3,5 kN Q  5, 0 kN Qv1  4,2 kN 2  0,2
Assim :
Fd  G  
i Qj
2j

Substituindo :
Fd  G  
i Q j  Fd  3,5  0,2  5, 0 kN  4,5 kN  Fd  4, 5 kN
2j

AFONSO CARIOCA – WHATSAPP/TELEGRAM: (62) 98618-3847 Página 7

Você também pode gostar