Você está na página 1de 86

Finanças Públicas - xProvas.com.

br

Questão: 400551 Ano: 2016 Banca: ESAF Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 1

1- A diversificação dos objetivos da intervenção governamentalna atividade econômica requer um esforço organizadode
planejamento e organização. Tais objetivos podemser agrupados em quatro grandes categorias, exceto:
a) satisfação das necessidades coletivas.
b) aumento da carga tributária.
c) manutenção da estabilidade econômica.
d) promoção do crescimento econômico.
e) melhoria na distribuição de renda.

Questão: 400552 Ano: 2016 Banca: ESAF Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 1

2- Com base na Teoria das Finanças Públicas, identifique aúnica característica que não pertence a um bem público.
a) É um bem não rival.
b) O consumo do bem é coletivo.
c) É um bem indivisível.
d) São bens tangíveis e intangíveis.
e) São bens sujeitos ao princípio da exclusão.

Questão: 400553 Ano: 2016 Banca: ESAF Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 1

3- Do ponto de vista dos impostos, é incorreto afirmar que


a) um imposto geral sobre a riqueza é aquele que incide sobre um determinado tipo de ativo.
b) a característica básica do imposto fixo é a de que ele é cobrado por unidade de produto.
c) impostos indiretos são os tributos para os quais os contribuintes podem transferir total ou parcialmente o ônus da
contribuição para terceiros.
d) o imposto sobre a renda é um imposto direto.
e) o imposto regressivo é o imposto cujo percentual do imposto a ser pago diminui com o aumento do nível de renda.

Questão: 400554 Ano: 2016 Banca: ESAF Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 1

4- Os governos são necessários, da mesma forma queas instituições, para regular o funcionamento de umasociedade. Com
relação ao papel do Estado na economia,assinale a opção incorreta.
a) O livre funcionamento do sistema de mercado não soluciona problemas como a existência de altos níveis de desemprego e
inflação.
b) O Estado moderno desempenha o papel econômico fundamental de institucionalizar os mercados e de promover o
desenvolvimento.
c) A busca de novas formas de solidariedade social, sustentadas em parcerias do Estado com a sociedade, pode reduzir a
necessidade de mobilização compulsória de recursos pelo Estado.
d) A aferição do tamanho do Estado é uma tarefa trivial, uma vez que sua forma de atuação e os instrumentos que utiliza não
variam ao longo do tempo.
e) A parte mais visível da intervenção do Estado é a representada pelo montante de tributos que arrecada.

Questão: 400555 Ano: 2016 Banca: ESAF Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 1

5- A principal função das receitas públicas é a de financiar osgastos públicos. Identifique a classificação correta, sob aótica da
captação de recursos, para o financiamento dasdespesas governamentais.
a) Receita patrimonial.
b) Receita tributária.
c) Receitas de contribuições.
d) Receita de transferências.
e) Receita industrial.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 1/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400556 Ano: 2016 Banca: ESAF Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 1

6- Segundo os princípios teóricos de tributação, indique qualo objetivo do princípio da neutralidade fiscal.
a) Atribuir a cada indivíduo um ônus equivalente aos benefícios que usufruem dos programas governamentais.
b) Igualar o preço unitário do serviço ao benefício marginal que ele recebe pela sua produção.
c) Facilitar a operacionalização da cobrança do tributo.
d) Garantir a verticalidade e a horizontalidade do ônus tributário.
e) Otimizar a tributação de forma que interfira o mínimo possível na alocação dos recursos da economia.

Questão: 400557 Ano: 2016 Banca: ESAF Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 1

7- Com relação ao Federalismo Fiscal, assinale a opçãoincorreta.


a) Na distribuição legal de competência exclusiva ou privativa, o poder é conferido a uma esfera de governo, ficando este
automaticamente vedado às demais esferas de governo.
b) A função alocativa do setor público está diretamente associada à questão da descentralização.
c) Quanto maior for a área do território nacional, menores tendem a ser os ganhos de eficiência com a descentralização.
d) Do ponto de vista econômico financeiro, a manutenção do equilíbrio federativo depende da capacidade d os governos
subnacionais contarem com recursos suficientes para garantir o atendimento de preferências e a preservação das identidades
regionais.
e) Na distribuição de recursos, competência concorrente é aquela exercida, simultaneamente, pelas diferentes esferas de
governo.

Questão: 400558 Ano: 2016 Banca: ESAF Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 1

8- Assinale o tributo cuja receita não é submetida a nenhumarepartição constitucional.


a) Imposto sobre operações de crédito, câmbio e seguro, ou relativas a títulos ou valores mobiliários incidentes sobre o ouro
definido em lei como ativo financeiro ou instrumento cambial.
b) Imposto sobre a importação de produtos estrangeiros.
c) Imposto sobre a propriedade territorial rural.
d) Imposto sobre as operações relativas à circulação de mercadorias, serviços de transporte interestadual e intermunicipal e
de comunicação.
e) Imposto sobre a propriedade de veículos automotores.

Questão: 400559 Ano: 2016 Banca: ESAF Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 1

9- A ação do governo por meio da política fiscal abrange trêsfunções básicas: a função alocativa, a função distributivae a
função estabilizadora. Com relação às políticasalocativa, distributiva e estabilizadora do governo, assinalea opção incorreta.
a) A alocação dos recursos pelo governo tem como objetivo principal a oferta de determinados bens e serviços, que são
necessários e desejados pela sociedade e não são providos pelo setor privado.
b) A política distributiva altera a distribuição de renda ditada pelos mercados na medida em que se torna socialmente
inaceitável.
c) A política estabilizadora busca a equidade.
d) A ação distributiva da renda é feita por meio de oportunidades educacionais, pagamentos em dinheiro e gastos públicos
sociais.
e) As medidas de estabilização dizem respeito às grandes variáveis macroeconômicas, cujo desempenho afeta a economia
em uma dimensão nacional.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 2/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400560 Ano: 2016 Banca: ESAF Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 1

10- A política fiscal é um dos instrumentos de políticaeconômica do governo. Com relação à política fiscal, nãose pode dizer
que
a) os gastos e as receitas públicas são instrumentos que o governo utiliza para atender as metas alocativas e distributivas.
b) os aumentos dos gastos do governo aumentam o gasto agregado e a renda nacional por meio do processo multiplicador.
c) a política fiscal discricionária consiste de mudanças deliberadas no gasto e na tributação do governo para fins de
estabilização.
d) nos impostos sobre a renda pessoal, é possível, teoricamente, definir a priori a forma como se distribui a carga tributária do
imposto por classes de renda dos contribuintes.
e) os gastos de transferências apresentam um impacto inicial direto sobre a demanda e referem-se, basicamente, a
pagamentos com as despesas de consumo.

Questão: 400561 Ano: 2016 Banca: IF-PE Instituição: IF-PE Cargo: Contador

11- Um importante avanço na área das finanças públicas foi a edição da Lei de ResponsabilidadeFiscal (LRF), que
estabeleceu para toda a Federação, direta ou indiretamente, limites de dívidaconsolidada, garantias, operações de crédito,
restos a pagar e despesas de pessoal, dentreoutros, com o intuito de propiciar o equilíbrio das finanças públicas e instituir
instrumentos detransparência da gestão fiscal. Assinale abaixo a alternativa CORRETA.
a) Para a União, a despesa total com pessoal não poderá exceder 60% da receita corrente líquida.
b) Não serão computadas como despesas de pessoal para atendimento ao limite de gasto, aquelas relativas a incentivos à
demissão voluntária.
c) Para os Estados, a despesa total com pessoal não poderá exceder 50% da receita corrente líquida.
d) Considera-se obrigatória de caráter continuado a despesa corrente derivada de lei, medida provisória ou ato administrativo
normativo que fixem para o ente a obrigação legal de sua execução por um período superior a três exercícios.
e) A criação, expansão ou aperfeiçoamento de ação governamental que acarretem aumento da despesa serão
acompanhados apenas, de estimativa do impacto orçamentário-financeiro no exercício em que deva entrar em vigor e nos dois
subsequentes.

Questão: 400562 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

12- A Secretaria da Fazenda do Governo do Estado do Piauí adquiriu uma geladeira. O processamento dessa despesa
ocorreu daseguinte forma: empenhamento em 10/12/13; recebimento da geladeira em 30/12/13; pagamento da despesa em
10/01/14. Acontabilização da aquisição da geladeira atendeu as normas previstas na Lei n 4.320/64. Assim, essa despesa foi
registrada em31/12/13 como
a) dívida fundada.
b) restos a pagar com prescrição interrompida.
c) despesas de exercícios anteriores.
d) restos a pagar não processados.
e) restos a pagar processados.

Questão: 400563 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

13- Um dos principais instrumentos da transparência fiscal, que deve conter um comparativo com os limites relacionados
àsoperações de crédito, inclusive por antecipação de receita, e que deverá ser assinado pelo controle interno, é o
a) Demonstrativo de Receita e Despesa por categoria econômica.
b) Anexo de Metas Fiscais.
c) Anexo de Riscos Fiscais.
d) Relatório de Gestão Fiscal.
e) Relatório Resumido da Execução Orçamentária.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 3/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400564 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

14- A teoria econômica utiliza o termo trade?off para explicar a tomada de decisões por parte das pessoas. Segundo a teoria,
toda adecisão requer a comparação entre custos e benefícios dentre variadas possibilidades alternativas de ação. O
trade?offenfrentado pelo agente econômico implica um custo
a) de oportunidade.
b) marginal.
c) de transação.
d) de eficiência.
e) de equidade.

Questão: 400565 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

15- A taxa de crescimento do produto potencial da economia pode ser calculada com base na metodologia da função de
produção.Assim, a função de produção é dada como:
Yt = At F(ut Kt, Ht Lt)
Onde:
Y é o produto agregado; A é a produtividade total de fatores; u é o índice de utilização da capacidade instalada; K é o estoque
de capital físicodisponível na economia; H é o capital humano por trabalhador e L é o número de horas trabalhadas.uK pode
ser definido como sendo o total de
a) serviços produtivos do capital utilizado na produção.
b) atividades produtivas do capital humano disponível.
c) utilização do capital fixo na formação bruta da produção.
d) produtividade da capacidade instalada no produto agregado.
e) elasticidade do produto em relação ao capital fixo disponível.

Questão: 400566 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: MPE-PB Cargo: Analista Ministerial - Auditor de Contas Públicas

16- Sobre a despesa pública é correto afirmar que


a) é vedada sua realização sem prévio empenho, salvo no sistema de suprimento de fundos.
b) é vedado o empenhamento por estimativa.
c) a liquidação somente ocorrerá após realizado o regular pagamento.
d) não se fará adiantamento de numerário a servidor em alcance nem se já responsável por um adiantamento.
e) em casos especiais previstos na legislação específica, é dispensada a emissão da nota de empenho.

Questão: 400567 Ano: 2015 Banca: CESPE Instituição: MPU Cargo: Analista - Especialidade: Finanças e Controle

17- Se, no estudo de viabilidade de determinado projeto,verificar?se que a taxa interna de retorno calculada é menorque o
retorno exigido, será correto propor?se como alternativao parcelamento do investimento inicial necessário sem prejuízodo
fluxo de receitas esperado, ou, na impossibilidade doreferido parcelamento, concentrar?se o fluxo de receitas,antecipando?se
o seu recebimento.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400568 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

18- Um dos pilares da boa política fiscal é o planejamento por meio da especificação de metas. Nos termos da LRF, se
verificadoque a realização da receita poderá não comportar o cumprimento das metas de resultado nominal ou primário,
deverão seradotadas medidas relacionadas
a) ao congelamento das contas públicas.
b) à flexibilização dos limites constitucionais para saúde e educação.
c) à flexibilização das regras para realização de operação de crédito.
d) à limitação de empenho e de movimentação financeira.
e) à utilização de recursos dos fundos de previdência.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 4/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400569 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

19- Uma das funções do Analista do Tesouro Estadual é acompanhar e controlar as dívidas flutuantes e fundadas interna e
externado Estado do Piauí, devendo saber que integram a dívida fundada os
a) restos a pagar, processados e não processados.
b) serviços da dívida a pagar, salvo os relacionados aos setores da educação e saúde.
c) depósitos.
d) débitos de tesouraria.
e) compromissos de exigibilidade superior a doze meses para atender desequilíbrio orçamentário.

Questão: 400570 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

20- Em razão das regras previstas na LRF para o planejamento público, é obrigatória a elaboração de um demonstrativo
daestimativa e compensação da renúncia de receita e da margem de expansão das despesas obrigatórias de caráter
continuado.Esse demonstrativo é parte integrante do
a) Plano Plurianual.
b) Relatório de Gestão Fiscal.
c) Anexo de Metas Fiscais.
d) Anexo de Riscos Fiscais.
e) Relatório Resumido da Execução Orçamentária.

Questão: 400571 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

21- Considere um diagrama no qual representa?se uma reta de demanda por um bem em um mercado qualquer. O preço do
bem émedido no eixo y e a quantidade demandada, no eixo x. O intercepto da reta no eixo y é dado pelo ponto A.
Admitindo?se que Brepresenta o ponto de equilíbrio de mercado em que o preço P1 está associado a uma quantidade
demandada Q1, encontramoso excedente do consumidor por meio da área do triângulo ABC. Portanto, quando o preço cai de
P1 para P2, a quantidadedemandada aumenta de Q1 para Q2, e o excedente do consumidor é dado pela área do triângulo
ADE. Alternativamente,quando o preço sobe de P1 para P3, a quantidade demandada diminui de Q1 para Q3, e o excedente
do consumidor éencontrado pela área do triângulo AFG. Sobre o excedente do consumidor é correto afirmar:
a) Uma queda do preço de mercado implica uma diminuição do excedente do consumidor (área BCGF) e se dá em parte
porque os consumidores já existentes agora pagam menos e em parte porque novos consumidores entram no mercado ao
preço mais baixo.
b) Uma elevação do preço de mercado gera uma elevação do excedente do consumidor (área BCED) se dá em parte porque
os consumidores já existentes agora pagam mais e em parte porque novos consumidores entram no mercado ao preço mais
alto.
c) Um aumento do preço de mercado gera uma redução no excedente do consumidor (área BCGF), em parte porque os
consumidores já existentes agora pagam mais e em parte porque novos consumidores entram no mercado ao preço mais alto.
d) Um aumento do preço de mercado gera uma redução no excedente do consumidor (área BCGF) porque demanda se
tornou mais elástica em relação à renda.
e) A queda do preço de mercado implicará uma diminuição do excedente do consumidor (área BCED) proporcionalmente
maior quanto menor for a elasticidade?preço da demanda por esse bem.

Questão: 400572 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: MPE-PB Cargo: Analista Ministerial - Auditor de Contas Públicas

22- Nos termos da Constituição Federal de 1988, a fiscalização externa da execução dos orçamentos, inclusive do
MinistérioPúblico, deve ser feita pelo Poder Legislativo com o auxílio
a) do Poder Executivo.
b) do Poder Judiciário.
c) do Conselho Nacional de Justiça.
d) dos Tribunais de Contas.
e) da Procuradoria Geral do Estado.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 5/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400573 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

23- A Constituição Federal veda a realização de operação de crédito que exceda o montante das despesas de capital,
disposiçãoconhecida como ?Regra de Ouro?. A própria Constituição prevê uma exceção e as suas condições, desde que seja
autorizada
a) por Decreto do Legislativo.
b) mediante crédito extraordinário.
c) mediante crédito suplementar ou especial.
d) por Decreto do Executivo.
e) por Lei Delegada.

Questão: 400574 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

24- A transparência das contas públicas ganhou força com o advento da LRF. Tanto isso é fato que essa lei foi alterada
justamentepara o aprimoramento das regras de transparência. Uma dessas modificações foi a exigência de disponibilização a
qualquerpessoa física ou jurídica de dados quanto à despesa pública, que deve ocorrer
a) no momento de sua realização.
b) em até 24 horas de sua realização.
c) em até 48 horas de sua realização.
d) em até 10 dias de sua realização.
e) em até 30 dias de sua realização.

Questão: 400575 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

25- Conforme a teoria microeconômica, o conceito de elasticidade define a sensibilidade de uma variável dependente a
mudançasem variáveis que influenciam o seu comportamento. No caso da demanda, variações no preço do bem e na renda
doconsumidor afetam a quantidade demandada do produto no mercado sob análise. Sobre o conceito da elasticidade é
corretoafirmar que a
a) elasticidade?renda da demanda pode ser positiva, nula ou negativa, ao passo em que a elasticidade?preço da demanda é
sempre negativa (fora do módulo) devido à lei geral da demanda.
b) demanda é sensível em relação ao preço quando a elasticidade ? em módulo ? é menor que 1, de modo que a quantidade
varia proporcionalmente mais do que a mudança no preço.
c) demanda é perfeitamente elástica ao preço quando a elasticidade?preço da demanda é igual a 0, de modo que a
quantidade varia proporcionalmente mais do que o preço.
d) demanda é perfeitamente inelástica à renda quando a elasticidade?renda da demanda converge ao infinito.
e) demanda é elástica ao preço quando a elasticidade ? em módulo ? é menor que 1, de forma que a quantidade varia
proporcionalmente menos do que o preço.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 6/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400576 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

26- Considere que a condição de equilíbrio da relação Dívida Pública/PIB, seja igual a fórmula:
h = d . [(i ? y) / (1 + y)] ? s
Onde:
h = superávit primário do setor público, expresso como proporção do PIB
d = relação Dívida Pública/PIB
y = taxa de variação nominal do PIB
i = taxa nominal de juros
s = relação de senhoriagem/PIB
Essa fórmula indica que, em termos algébricos, o superávit primário como proporção do PIB, requerido para estabilizar a
relaçãodívida/PIB, é uma função
a) inversa da própria relação dívida/PIB e da taxa de juros nominal e uma função direta do crescimento nominal da economia
e da senhoriagem negativa.
b) direta da própria relação dívida/PIB e da taxa de juros real e uma função inversa do crescimento nominal da economia e da
razão senhoriagem negativa.
c) direta da própria relação dívida/PIB e da taxa de juros nominal e uma função inversa do crescimento nominal da economia
e da razão senhoriagem/PIB.
d) inversa da própria relação dívida/PIB e da taxa de juros nominal e uma função direta do crescimento nominal da economia
e da razão senhoriagem/PIB.
e) inversa da própria relação dívida/PIB e da taxa de juros real e uma função direta do crescimento nominal da economia e da
senhoriagem negativa.

Questão: 400577 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: TCM-GO Cargo: Auditor Conselheiro Substituto

27- É INCORRETO afirmar que


a) a receita corrente líquida desconsidera a alienação de bens móveis e imóveis.
b) desde que se estenda por mais de dois anos e seja criada por lei, a despesa de capital é considerada obrigatória de
caráter continuado.
c) Restos a Pagar são despesas empenhadas e não pagas até 31 de dezembro, estejam elas liquidadas ou não liquidadas.
d) anulada no próprio exercício financeiro, o valor da despesa reverte à dotação respectiva.
e) é considerada dependente a empresa estatal que, do Tesouro Central, recebe dinheiro para adquirir máquinas e
equipamentos.

Questão: 400578 Ano: 2015 Banca: UFPR Instituição: COPEL Cargo: Administrador Júnior

28- Com relação às Finanças Públicas e os assuntos correlatos, identifique as alternativas a seguir como verdadeiras (V )ou
falsas (F ):( ) O aumento de oferta de moeda aumenta a disponibilidade de dinheiro, o que induz a queda de juros.( ) A
diferença entre a despesa orçamentária e a receita orçamentária, quando positiva, é o superávit público.( ) Das receitas
orçamentárias do estado, as receitas de capital são geradas através de empréstimos e vendas debens.( ) A carga tributária é
calculada através da relação entre a arrecadação tributária e o Produto Interno Bruto (PIB).Assinale a alternativa que
apresenta a sequência correta, de cima para baixo.
a) V ? V ? F ? F.
b) V ? F ? V ? F.
c) F ? V ? F ? V.
d) F ? V ? V ? V.
e) V ? F ? V ? V.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 7/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400579 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: MPE-PB Cargo: Analista Ministerial - Auditor de Contas Públicas

29- O orçamentista de uma Prefeitura do Estado da Paraíba recebeu orientação para consignar no orçamento dotação para
programaespecial de trabalho que, por sua natureza, não poderia cumprir-se subordinadamente às normas gerais de
execução dadespesa. Assim, esse programa foi consignado em dotação global, classificado como despesa de capital. Esse
fato representouuma exceção legal ao princípio orçamentário da
a) clareza.
b) especificação.
c) exclusividade.
d) não-vinculação.
e) universalidade.

Questão: 400581 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

30- O sítio eletrônico do Tesouro Nacional define a dívida pública como aquela contraída pelo Governo para financiar o
déficitorçamentário, incluindo o refinanciamento da dívida pública. Nos termos previstos na Lei de Responsabilidade Fiscal ?
LRF, aatualização monetária do principal da dívida pública refinanciada não poderá superar a variação do índice de preços
previsto nalegislação específica ou
a) na Lei Orçamentária Anual.
b) na Lei de Diretrizes Orçamentárias.
c) no Plano Plurianual.
d) no Demonstrativo das Despesas por Função.
e) no Relatório Resumido da Execução Orçamentária.

Questão: 400582 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

31- A LRF dedicou atenção especial à renúncia de receitas e estabeleceu regras rígidas para sua realização. Nesse sentido,
durantea execução do orçamento do Governo do Estado do Piauí ocorreram os seguintes fatos: 1 ? anistia; 2 ? remissão; 3 ?
concessãode isenção em caráter geral; 4 ? subsídio; 5 ? cancelamento de débito cujo montante era inferior ao do respectivo
custo decobrança. Configuram renúncia de receita os eventos de número
a) 1, 3 e 5.
b) 1, 2 e 5.
c) 2, 3 e 4.
d) 1, 2 e 4.
e) 3, 4 e 5.

Questão: 400583 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

32- A estática comparativa descreve os ajustamentos de preço e quantidades sofridos por um mercado em resposta a uma
mudançaem alguma das variáveis que afetam seu funcionamento. Partindo?se de uma posição inicial de equilíbrio entre o
preço e aquantidade, um mercado atinge seu novo equilíbrio quando:
I. um aumento autônomo da quantidade demandada desloca a curva de demanda para a direita, aumentando tanto o preçode
equilíbrio quanto a quantidade de equilíbrio.
II. um acontecimento que reduza a quantidade ofertada desloca a curva de oferta para a esquerda, ocasionando a elevaçãodo
preço de equilíbrio e da quantidade de equilíbrio.
III. uma queda da renda dos consumidores diminui a quantidade demandada desloca a curva de demanda para a esquerda,de
forma que tanto o preço de equilíbrio quanto a quantidade de equilíbrio aumentam.
IV. um aumento da quantidade ofertada a qualquer preço dado desloca a curva de oferta para a direita. O preço de
equilíbriodiminui e a quantidade de equilíbrio aumenta.
Está correto o que se afirma APENAS em
a) I e II.
b) II e III.
c) II e IV.
d) I e IV.
e) III.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 8/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400584 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

33- De acordo com as contas do Balanço de Pagamentos, a Necessidade de Financiamento Externo ? NFE é obtida por meio
a) do saldo da conta capital menos o saldo da conta financeira.
b) do saldo da balança comercial menos empréstimos ao exterior de residentes no país de origem.
c) do saldo da conta de transações correntes líquido dos investimentos estrangeiros diretos.
d) das rendas de serviços não fatores menos investimento estrangeiro em carteira.
e) das transferências unilaterais menos empréstimo intercompanhia.

Questão: 400585 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

34- Considere a elasticidade?preço da demanda e da oferta de um bem qualquer e as formas de incidência tributária na
economia deum país:
I. Quando a oferta de um bem é mais elástica à variação do preço do que a demanda (preço?inelástica), a incidênciatributária
recai mais pesadamente sobre os produtores do que sobre os consumidores.
II. Quando a oferta de um bem é mais elástica à variação do preço do que a demanda (preço?inelástica), a incidênciatributária
recai mais pesadamente sobre os consumidores do que sobre os produtores.
III. Quando a demanda por um bem é mais elástica à variação do preço do que a oferta (preço?inelástica), a
incidênciatributária recai mais pesadamente sobre os consumidores do que sobre os produtores.
IV. Quando a demanda por um bem é mais elástica à variação do preço do que a oferta (preço?inelástica), a
incidênciatributária recai mais pesadamente sobre os produtores do que sobre os consumidores.
Está correto o que se afirma APENAS em
a) I e II.
b) I e III.
c) II e III.
d) II e IV.
e) I e IV.

Questão: 400586 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

35- Dentre os tipos de despesa pública está a obrigatória de caráter continuado. Nos termos da LRF, essa despesa fixa para
o entea obrigação legal de sua execução por um período superior a
a) um exercício.
b) dois exercícios.
c) três exercícios.
d) quatro exercícios.
e) cinco exercícios.

Questão: 400587 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

36- A teoria econômica define as estruturas de mercado de acordo com o grau de homogeneidade dos bens comercializados,
onúmero de compradores e vendedores e sua influência sobre a quantidade transacionada de bens e serviços e os seus
preços,e a presença de barreiras à entrada e saída etc. Nesse sentido, considere:
I. os bens ofertados para a venda são homogêneos entre si.
II. um único comprador influencia o preço de mercado e a quantidade demandada do bem ou serviço.
III. um pequeno grupo dominante de vendedores determina a quantidade a ser ofertada no mercado.
IV. numerosos vendedores competem nesse mercado e buscam auferir provisoriamente lucros de monopólio por meio
dediferenciações em relação a seus concorrentes, os quais conseguem copiar tais inovações com baixo custo após umcurto
período.
V. informações sobre as condições de mercado são completas e perfeitas.
É correto afirmar, em relação aos itens acima, que
a) I e II refletem um mercado em concorrência monopolística e III reflete um oligopólio.
b) I e V exprimem traços da concorrência perfeita; IV descreve adequadamente a concorrência monopolística.
c) I, II e V representam um monopólio.
d) I, III e IV descrevem um oligopsônio; IV e V delimitam, por sua vez, a concorrência perfeita.
e) III, IV e V descrevem os mesmo tipo de mercado.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 9/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400588 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PI Cargo: Analista do Tesouro Estadual - Conhecimentos Específicos

37- Refere?se à Contabilidade Nacional:


I. O balanço de pagamentos, o qual registra o movimento financeiro externo de um país e suas relações com os demaispaíses.
II. O orçamento público federal e também o orçamento público nos estados e municípios apresentam os dados relativos
àsreceitas e despesas de cada um dos níveis de governo de um país.
III. As contas operacionais correspondem aos fatos geradores de recebimentos, deduzidas as transferências de recursos
aoexterior. A conta de caixa registra o movimento dos meios de pagamento internacionais à disposição do país.
IV. As receitas da União, do Distrito Federal, Estados e Municípios são os impostos, as taxas e contribuições
recebidos,descritos no Código Tributário Nacional ? CTN e em leis Complementares. As despesas são todos os gastos
públicosefetivamente pagos de conformidade com o previsto no orçamento público.
Está correto o que se afirma APENAS em
a) I e II.
b) I e III.
c) II e III.
d) II e IV.
e) III.

Questão: 400589 Ano: 2015 Banca: FCC Instituição: MPE-PB Cargo: Analista Ministerial - Auditor de Contas Públicas

38- É o ato da repartição competente que verifica a procedência do crédito fiscal e a pessoa que lhe é devedora e inscreve o
débitodesta. Trata-se
a) do planejamento.
b) do recolhimento.
c) do lançamento.
d) do registro.
e) da cobrança.

Questão: 400590 Ano: 2014 Banca: FUNIVERSA Instituição: SEAP-DF Cargo: Auditor de Controle Interno - Finanças e Controle

39- Quanto às disposições constitucionais sobre as FinançasPúblicas, assinale a alternativa correta.


a) O orçamento da seguridade social, compatibilizado com o Plano Plurianual, terá entre suas funções a de reduzir
desigualdades inter?regionais, segundo critério populacional.
b) É constitucionalmente dispensável, segundo o STF, a apreciação prévia, por parte de comissão mista do Congresso
Nacional, de medida provisória que verse sobre matéria orçamentária.
c) Conquanto a iniciativa das leis financeiras seja privativa do presidente da República, essa regra é mitigada pelo fato de os
projetos por ele apresentados poderem ser livremente emendados pelos membros do Congresso Nacional.
d) É permitido aos estados e ao Distrito Federal vincular a programa de apoio à inclusão e promoção social até cinco décimos
porcento de sua receita tributária líquida.
e) Foi recentemente promulgada a lei complementar que dispõe sobre a vigência, os prazos, a elaboração e a organização do
Plano Plurianual (PPA), da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e da Lei Orçamentária Anual (LOA), razão pela qual
deixaram de ser aplicáveis as respectivas disposições do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT).

Questão: 400591 Ano: 2014 Banca: CEPERJ Instituição: Rioprevidência Cargo: Especialista em Previdência Social - Finanças Públicas

40- As Necessidades de Financiamento do Setor Público (NFSP) são apuradas pelos governos federal, estadual e municipal.
E indicam o montante de recursos que o setor público necessitou captar junto ao sistema financeiro privado e ao resto do
mundo para a realização de suas despesas. O resultado nominal corresponde:
a) à diferença entre as receitas financeiras e não financeiras
b) ao resultado primário acrescido da variação monetária
c) à diferença entre as receitas estimadas e as receitas efetivamente realizadas pelo governo
d) à diferença entre as receitas totais e os gastos totais do governo
e) ao resultado primário acrescido do valor líquido dos juros nominais

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 10/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400592 Ano: 2014 Banca: CEPERJ Instituição: Rioprevidência Cargo: Especialista em Previdência Social - Finanças Públicas

41- Na China, o índice de Gini registrou 41,5 em 2007 e 48 em 2009. Na Índia, este mesmo índice registrou 37,8 em 1997 e
36,8 em 2004. Então, abstendo-se do fato dos períodos examinados serem diversos, pode-se afirmar:
a) A Índia apresentou uma piora na distribuição de renda enquanto a China apresentou uma melhora para os respectivos
períodos observados.
b) A distribuição de renda na Índia é melhor, posto que a área de plena igualdade é maior.
c) A distribuição de renda na China é pior, posto que a área de plena desigualdade é maior.
d) Se traçadas num mesmo gráfico, a curva de Lorentz da China (2009) será superior à da Índia (2004).
e) A China apresentou uma piora na distribuição de renda enquanto a Índia apresentou uma melhora para os respectivos
períodos observados.

Questão: 400593 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PE Cargo: Auditor Fiscal do Tesouro Estadual - Conhecimentos Gerais

42- No processo orçamentário brasileiro,


a) os Créditos Adicionais Extraordinários são aqueles destinados a despesas para as quais não haja dotação orçamentária
específica e terão sua validade para mais de um exercício financeiro.
b) a Programação Financeira diz respeito a atividades relativas ao orçamento de caixa, compreendendo a previsão do
comportamento da receita, a consolidação dos cronogramas de desembolso e o estabelecimento do fluxo de caixa, sem,
contudo, ter preocupação com seu equilíbrio.
c) o Plano Plurianual, a Lei de Diretrizes Orçamentárias e a Lei Orçamentária Anual devem ser propostas pelo Poder
Legislativo, sendo posteriormente apreciadas e aprovadas pelo Poder Executivo.
d) as Receitas Patrimoniais são classificadas como Receitas de Capital e as despesas relativas à aquisição de imóveis, ou de
bens de capital já em utilização como Despesas de Capital, na categoria econômica de investimentos.
e) as receitas públicas e as despesas públicas possuem três estágios cada: o lançamento, a arrecadação e o recolhimento,
no caso das receitas, e o empenho, a liquidação e o pagamento, no caso das despesas.

Questão: 400594 Ano: 2014 Banca: FUMARC Instituição: Prefeitura de Belo Horizonte - MG Cargo: Técnico de Nível Superior - Economista

43- Com relação aos conceitos de déficit público e dívida pública, analise as afirmativas abaixo, tendo como referênciaa
Teoria das Finanças Públicas.I.O método de mensuração do déficit público denominado ?acima da linha" expressa esse
conceito tendocomo base a execução orçamentária das entidades que o geram.II.A importância do conceito de déficit primário
reside no fato de separar o esforço fiscal das variações nastaxas de juros e câmbio.III.No conceito de setor público não
financeiro, exclui-se o sistema público de Previdência Social.IV.Se o déficit público for maior que zero, o governo estará
contribuindo para reduzir a demanda agregada.Está CORRETO apenas o que se afirma em:
a) I.
b) I e III.
c) II, III e IV.
d) IV.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 11/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400595 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Auditor Fiscal da Receita Estadual - Prova 2

44- Sobre as políticas e critérios de distribuição de receitas e encargos entre as esferas de governo no Brasil, considere:

I. A mobilidade da base tributável e a economia de escala na administração de tributos são critérios que justificam a
inadequação da cobrança de impostos sobre a renda pelos municípios.

II. O Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS), o Imposto sobre Transmissão de Bens
Imóveis Inter vivos (ITBI) e o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) são de competência dos Estados.

III. A dependência dos municípios de pequeno porte por transferências financeiras intergovernamentais se deve ao
desequilíbrio vertical.

IV. O critério da economia de escala deve ser considerado para a configuração de redes de atenção à saúde, justificando a
não prestação de serviços de alta complexidade por todos os municípios.

Está correto o que se afirma APENAS em


a) I e III.
b) I e IV.
c) II e III.
d) I, III e IV.
e) II e IV.

Questão: 400596 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Auditor Fiscal da Receita Estadual - Prova 2

45- Considere os dados extraídos do Balanço Orçamentário de uma entidade pública referente ao exercício financeiro de
2012:

Dotação Atualizada da Despesa: R$ 690.000,00

Despesas Empenhadas: R$ 685.000,00

Despesas Liquidadas: R$ 670.000,00

Despesas Pagas: R$ 640.000,00

Um fornecedor de material de informática entregou à entidade pública, em fevereiro de 2013, dentro do prazo acordado com o
gestor público, mercadorias no valor de R$ 3.000,00, cujo empenho foi anulado no encerramento do exercício de 2012.

Com base nestas informações, o valor inscrito em restos a pagar não processados, no exercício, foi,
a) R$ 48.000,00.
b) R$ 30.000,00.
c) R$ 18.000,00.
d) R$ 20.000,00.
e) R$ 15.000,00.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 12/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400597 Ano: 2014 Banca: FAFIPA Instituição: UFFS Cargo: Economista

46- Considere V (verdadeiro) e F (falso). Sobre aclassificação de receitas e despesas nas FinançasPúblicas, pode-se afirmar
que:( ) Entende-se por despesas todos os gastoscom a manutenção dos órgãos e dasentidades e a prestação de
serviçospúblicos (chamadas despesas correntes)e com a realização de obras e compra deequipamentos (chamadas de
despesas decapital), além da concessão deempréstimos, constituição de empresas edo pagamento de serviços da
dívida,quando houver.( ) Despesas correntes são aquelas quecontribuem para a formação ou aquisiçãode bem de capital ou
de produtos pararevenda, além da concessão deempréstimos e amortização de dívida.( ) As receitas podem ser classificadas
pelanatureza em Receitas Correntes eReceitas de Capital.( ) As Receitas Correntes são compostaspor: receita tributária, de
contribuições,patrimonial, agropecuária, industrial,serviços, transferências correntes eoutras receitas correntes.A sequência
CORRETA, de cima para baixo, é:
a) V, V, F, F.
b) V, F, V, V.
c) F, V, V, F.
d) V, V, V, V.
e) F, F, F, F.

Questão: 400598 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PE Cargo: Auditor Fiscal do Tesouro Estadual - Conhecimentos Gerais

47- Sobre a evolução recente da economia brasileira, considere:I. Os recorrentes superávits operacionais das contas públicas
são explicados pela necessidade de se pagar elevadas taxas de juros referentes à dívida externa brasileira.II. A elevação da
taxa de juros doméstica propiciou a troca da dívida pública externa por dívida pública interna, inclusive porque houve forte
entrada de capitais estrangeiros para aplicação no mercado financeiro brasileiro.III. A Política Fiscal brasileira tem como
principal meta zerar o déficit público em seu conceito primário, pois dessa forma será recuperada a confiança dos investidores
internacionais.IV. A elevação da dívida interna brasileira é um dos fatores que limita a capacidade de investimento do setor
público, visto requerer superávits primários cada vez maiores para o pagamento de seus juros.Está correto o que se afirma
APENAS em
a) II e IV.
b) I e III.
c) I e II.
d) II e III.
e) III e IV.

Questão: 400599 Ano: 2014 Banca: CEPERJ Instituição: Rioprevidência Cargo: Especialista em Previdência Social - Finanças Públicas

48- Entre as funções a seguir, não compete à Lei de Diretrizes Orçamentárias ? LDO, segundo a Constituição Federal:
a) a apuração dos limites de gastos com pessoal
b) estabelecer as metas e prioridades da Administração Pública Federal para o exercício financeiro seguinte
c) orientar a elaboração da Lei Orçamentária Anual ? LOA
d) alteração da legislação tributária
e) estabelecer a política de aplicação das agências financeiras oficiais de fomento

Questão: 400600 Ano: 2014 Banca: CEPERJ Instituição: Rioprevidência Cargo: Especialista em Previdência Social - Finanças Públicas

49- Considere que o país A apresente uma inflação de 25% e o país B uma infl ação de 10%. A taxa de câmbio é defi nida
como o número de unidades monetárias de A necessárias para a compra de uma unidade monetária de B. O percentual de
apreciação/ depreciação da moeda de A face à moeda de B para que haja a manutenção da competitividade deverá:
a) se depreciar em 13,64%
b) se apreciar em 13,64%
c) se depreciar em 12%
d) se apreciar em 12%
e) se depreciar em 15%

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 13/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400601 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: ICMBIO Cargo: Analista Administrativo

50- O gerenciamento do processo orçamentário é papel exclusivo da Secretaria de Orçamento Federal.


a) Certo
b) Errado

Questão: 400602 Ano: 2014 Banca: CONSULPLAN Instituição: MAPA Cargo: Técnico de Contabilidade

51- Estágios da Receita Pública são as etapas consubstanciadas nas ações desenvolvidas e percorridas pelos órgãos e
repartições públicas encarregados de executá-las. Assinale a alternativa que apresenta o estágio completo da receita pública
orçamentária.
a) Receita corrente e de capital.
b) Regime de competência e de caixa.
c) Empenho, liquidação e pagamento.
d) Previsão, lançamento, arrecadação e recolhimento.

Questão: 400603 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Auditor Fiscal da Receita Estadual - Prova 2

52- No dia 02/09/2013, uma entidade da Administração indireta estadual fez o empenho das despesas com Equipamentos e
Material Permanente no valor de R$ 35.000,00 e com Serviços de Terceiros - Pessoa Jurídica no valor de R$ 2.000,00
referentes, respectivamente, a aquisição de um equipamento médico e serviços necessários para a sua instalação. Em
16/09/2013, o fornecedor entregou o equipamento e, neste mesmo dia, houve a liquidação desta despesa, cujo pagamento
ocorreu em 10/10/2013. No dia 04/10/2013, foi realizada a instalação do equipamento e liquidada a despesa com Serviços de
Terceiros - Pessoa Jurídica e, no dia 31/10/2013, houve o pagamento referente a esta prestação de serviços para a entidade
pública. Considerando o enfoque patrimonial e que a vida útil estimada do equipamento era de 5 anos, a contabilidade deveria
reconhecer
a) uma variação patrimonial diminutiva de R$ 37.000,00 em outubro de 2013.
b) um passivo circulante de R$ 37.000,00 em setembro de 2013.
c) uma variação patrimonial diminutiva de R$ 2.000,00 em setembro de 2013.
d) uma variação patrimonial qualitativa de R$ 35.000,00 em setembro de 2013.
e) um passivo permanente de R$ 2.000,00 em outubro de 2013.

Questão: 400604 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: TCE-SP Cargo: Auditor do Tribunal de Contas

53- É característica dos bens públicos:


a) Princípio da exclusão do consumo.
b) Externalidades negativas.
c) Consumo não rival.
d) Custo marginal próximo a zero.
e) Deseconomias de escala em sua produção.

Questão: 400605 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista em Planejamento, Orçamento e Finanças Públicas - Prova 2

54- É correto afirmar:


a) O que diferencia os bens públicos dos bens privados é a natureza jurídica da entidade que os produz.
b) No conceito de déficit público nominal também são contabilizados os juros e a correção monetária da dívida pública.
c) Impostos indiretos são aqueles cujo responsável pelo recolhimento é o agente que fez sua retenção.
d) Um imposto é dito progressivo se com o passar do tempo é ampliada sua base de contribuintes.
e) A existência de um superávit primário é suficiente para garantir a redução da dívida pública.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 14/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400606 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: Prefeitura de São Paulo - SP Cargo: Auditor Fiscal do Município - Gestão Tributária -
Prova 4

55- Município institui o Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) sobre serviço advocatício com valor de R$
1.500,00 por ano. A fixação do ISSQN, nestes termos, é inconstitucional por violar o princípio da
a) anterioridade.
b) capacidade contributiva.
c) irretroatividade da lei tributária.
d) legalidade.
e) uniformidade geográfica.

Questão: 400607 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PE Cargo: Auditor Fiscal do Tesouro Estadual - Conhecimentos Gerais

56- Com respeito ao Orçamento Público, é correto afirmar:


a) A gerência por objetivos, a fixação de metas e o acompanhamento físico-financeiro dos programas não são características
presentes no Orçamento Programa.
b) A estimativa de receitas e fixação das despesas poderá ser feita para o período de março de um ano até fevereiro do ano
seguinte, sem desrespeito ao Princípio da Anualidade do Orçamento.
c) No Orçamento de Base-Zero deve ser feita a análise, revisão e avaliação apenas das despesas que ultrapassam o nível de
gasto já existente.
d) Para que o Orçamento Público seja considerado encerrado, é necessário que ele tenha percorrido suas três fases:
elaboração, aprovação e execução.
e) De acordo com o Princípio da Universalidade, todos os entes públicos devem possuir orçamento, ainda que seja elaborado
um orçamento para custeio e outro para investimentos.

Questão: 400608 Ano: 2014 Banca: CEPERJ Instituição: Rioprevidência Cargo: Especialista em Previdência Social - Finanças Públicas

57- Como tributos extrafiscais compreende-se que são:


a) exigências fiscais que possuem características de tributos, como a compulsoriedade, mas cuja capacidade tributária é
delegada a um ente que disponha de personalidade jurídica própria, que não se confunde com o governo, ainda que o integre
indiretamente
b) tributos instituídos com a principal finalidade de regulação de atividades econômicas específicas, e não propriamente de
gerar recursos para compor o caixa do governo e cobrir suas despesas
c) aqueles que, numa situação de elevação da carga tributária, determinam um aumento da atividade econômica
d) tributos destinados à cobertura de custo de obras públicas de que decorra valorização imobiliária, tendo como limite total a
despesa realizada e como limite individual o acréscimo de valor que da obra resultar para cada imóvel beneficiado
e) aqueles cobrados mediante contraprestação pelo Estado de um serviço ou bem e não têm caráter compulsório nem podem
ser exigidos ao arbítrio do estado

Questão: 400609 Ano: 2014 Banca: CEPERJ Instituição: Rioprevidência Cargo: Especialista em Previdência Social - Finanças Públicas

58- Suponha que um empregado paga 10% de contribuição ao INSS - Instituto Nacional do Seguro Social, e seu empregador,
outros 20%. Suponha também que uma reforma previdenciária fosse proposta de forma a transformar a contribuição de seu
empregador em aumento do salário bruto do empregado. O aumento de alíquota na contribuição do empregado para que
houvesse a manutenção da receita ao INSS deveria ser de:
a) 10%
b) 15%
c) 20%
d) 25%
e) 30%

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 15/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400610 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área IX

59- A adoção do princípio da não exclusão no consumo dos bens públicos impede a existência das falhas de mercado.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400611 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Auditor Fiscal da Receita Estadual - Prova 2

60- As transferências realizadas por um governo estadual para os municípios referentes a convênios celebrados para a
construção de prédios onde funcionarão escolas técnicas são transferências
a) incondicionais.
b) do Fundo de Participação dos Municípios.
c) constitucionais.
d) legais.
e) voluntárias.

Questão: 400612 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: TC-DF Cargo: Analista de Administração Pública - Arquivologia

61- Cabem ao Banco Central a emissão de moeda, a função de depositário das disponibilidades de caixa da União e a
atribuição de conceder empréstimos ao Tesouro Nacional.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400613 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Auditor Fiscal da Receita Estadual - Prova 2

62- As receitas previstas e as despesas fixadas no projeto Lei Orçamentária Anual, referente a 2014, de um governo estadual
foram as apresentadas no quadro a seguir (valores expressos em milhões de reais):

Com base nessas informações, a Regra de Ouro, estabelecida no art. 167, inciso III, da Constituição Federal, foi
a) observada, pois o montante previsto para a Alienação de Bens é maior do que aquele fixado para as despesas com
Inversões Financeiras.
b) observada, pois o montante previsto para as Operações de Crédito é menor do que aquele fixado para as Despesas de
Capital.
c) desrespeitada, pois o montante previsto para as Receitas de Capital é maior do que aquele fixado para as Despesas de
Capital.
d) desrespeitada, pois o montante previsto para as Operações de Crédito é maior do que aquele fixado para as despesas
com Investimentos.
e) desrespeitada, pois o montante previsto para as Operações de Crédito é maior do que os montantes fixados para as
despesas com Investimentos e Inversões Financeiras, em conjunto.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 16/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400614 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Auditor Fiscal da Receita Estadual - Prova 2

63- De acordo com a Lei Complementar nº 131/2009, os Estados que não assegurarem a transparência mediante liberação
ao pleno conhecimento e acompanhamento da sociedade, em tempo real, de informações pormenorizadas sobre a execução
orçamentária e financeira, em meios eletrônicos de acesso público, não poderão
a) receber transferências voluntárias.
b) obter garantia direta de outro ente.
c) obter garantia indireta de outro ente.
d) contratar operações de crédito que visem à redução da despesa com pessoal.
e) contratar operações de crédito por antecipação da receita orçamentária.

Questão: 400615 Ano: 2014 Banca: CEPERJ Instituição: Rioprevidência Cargo: Especialista em Previdência Social - Finanças Públicas

64- O PPA ? Plano Plurianual é o instrumento:


a) de planejamento que explicita o modo como o governo enxerga e procura construir o desenvolvimento do Estado
b) que garante o gerenciamento anual das origens e aplicações de recursos; é nele que se defi nem os montantes de
recursos aplicados
c) de formulação e adaptação de leis, normas e regulamentos e instruções para aquisição de bens e serviços durante a
vigência de um governo
d) de reconhecimento dos passivos contingentes do ente público dos quais fazem parte os processos judiciais que envolvem
o governo
e) de planejamento que objetiva definir e ampliar a participação privada na formação do produto nacional

Questão: 400616 Ano: 2014 Banca: CEPERJ Instituição: Rioprevidência Cargo: Especialista em Previdência Social - Finanças Públicas

65- A reavaliação da expectativa de arrecadação, assim como o ajuste da limitação de empenho em conformidade com o
artigo 9o da Lei de Responsabilidade Fiscal, LRF, deverá ser efetuada a cada:
a) mês
b) bimestre
c) trimestre
d) quadrimestre
e) semestre

Questão: 400617 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PE Cargo: Auditor Fiscal do Tesouro Estadual - Conhecimentos Gerais

66- No Federalismo Fiscal brasileiro,


a) a estratégia da União de aumento de sua arrecadação por meio da elevação de alíquotas e ampliação das bases de
cálculo das contribuições sociais foi benéfica na geração de recursos para Estados e Municípios, tendo em vista que sua
vigência requer a observância apenas da noventena constitucional e não do princípio da anualidade.
b) aos Estados compete aplicar até 25% de sua arrecadação de impostos no financiamento da educação, atuando
prioritariamente no ensino superior, fundamental e na educação infantil, e de forma suplementar no ensino profissionalizante,
que é prioridade dos Municípios.
c) a transferência de recursos fiscais de regiões mais desenvolvidas para regiões menos desenvolvidas tem por um de seus
objetivos permitir o custeio de serviços públicos pelas últimas, sem que essas tenham que impor maior ônus tributário a sua
população.
d) os Fundos de Participação dos Municípios ? FPM são exemplos de transferências incondicionais devolutivas que têm por
finalidade a redistribuição regional de recursos, arrecadados dentro de uma mesma unidade da federação, além de promover
a redução do hiato fiscal.
e) às unidades da federação das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, a União entrega mais de um quarto de sua
arrecadação por intermédio do Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal ? FPE e de suas instituições
financeiras de caráter regional, estando estes recursos vinculados à promoção do desenvolvimento do setor produtivo.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 17/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400618 Ano: 2014 Banca: CESPE Instituição: Câmara dos Deputados Cargo: Analista Legislativo - Consultor Legislativo Área IX

67- A função distributiva atribui ao Estado a responsabilidade pela distribuição dos recursos existentes na economia quando,
pela livre iniciativa de mercado, esta distribuição não ocorrer.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400619 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-PE Cargo: Auditor Fiscal do Tesouro Estadual - Conhecimentos Gerais

68- Com base na Lei de Responsabilidade Fiscal, considere:I. O projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias deverá conter
Anexo de Metas Fiscais, em que sejam estabelecidas metas anuais, em valores correntes e constantes, relativas a receitas,
despesas, resultados nominal e primário e montante da dí-vida pública, para o exercício a que se referir e para os dois
seguintes, além de avaliação do cumprimento das metas relativas ao exercício anterior.II. A adoção de medida tributária da
qual decorra renúncia de receita deverá necessariamente ser acompanhada de estimativa do impacto orçamentário-financeiro
nos exercícios de sua vigência e de medidas de compensação provenientes daelevação de alíquotas, ampliação da base de
cálculo, majoração ou criação de tributo ou contribuição. III. São transferências voluntárias as entregas de recursos correntes
ou de capital a outro ente da Federação, a título de cooperação, auxílio ou assistência financeira, que não decorra de
determinação constitucional ou legal, exceto os destinados aoSistema Único de Saúde, podendo ser utilizados pelos
beneficiários para qualquer finalidade, independentemente do cumprimento de qualquer exigência.IV. Em iniciativa que
contribui para a transparência das contas públicas, até o final dos meses de maio, setembro e fevereiro de cada ano, o Poder
Executivo demonstrará e avaliará o cumprimento das metas fiscais de cada quadrimestre, em audiênciapública nas casas do
Poder Legislativo da União, dos Estados ou dos Municípios.Está correto o que se afirma APENAS em
a) I e III.
b) I e IV.
c) I e II.
d) II e III.
e) III e IV.

Questão: 400620 Ano: 2014 Banca: CEPERJ Instituição: Rioprevidência Cargo: Especialista em Previdência Social - Finanças Públicas

69- Correspondem às três fases de realização da despesa pública:


a) licitação, ordenação e liquidação
b) licitação, empenho e penhora
c) licitação, empenho e liquidação
d) empenho, liquidação e pagamento
e) adjudicação, empenho e pagamento

Questão: 400621 Ano: 2014 Banca: CEPERJ Instituição: Rioprevidência Cargo: Especialista em Previdência Social - Finanças Públicas

70- Com relação a equidade e progressividade, o imposto sobre consumo tem sua aplicação:
a) recomendada, haja vista que este tipo de tributação é neutra em termos de eficiência econômica
b) recomendada para beneficiar os estados produtores e propiciar maiores investimentos
c) não recomendada, tendo em vista que não discrimina as contribuições de acordo com a capacidade de pagamento do
indivíduo
d) recomendada no contexto da chamada globalização que orienta a harmonização internacional dos sistemas tributários
nacionais
e) não recomendada, pois poderá afetar a competitividade na indústria em função de suas diferentes alíquotas

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 18/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400622 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Auditor Fiscal da Receita Estadual - Prova 2

71- Considere as despesas, a seguir, referentes ao Poder Executivo de um governo estadual e ao exercício financeiro de
2012 (valores expressos em milhares de reais):

A Receita Corrente Líquida no exercício de 2012 foi R$ (mil) 1.000.000,00. Em 2012, com base na Lei de Responsabilidade
Fiscal, o Poder Executivo Estadual
a) não ultrapassou o limite pelo qual deveria ser alertado pelo Tribunal de Contas (limite de alerta).
b) ultrapassou o limite máximo de despesa total com pessoal em R$ (mil) 9.000,00.
c) ultrapassou o limite prudencial de despesa total com pessoal em R$ (mil) 19.500,00.
d) gastou R$ (mil) 49.000,00 a menos do que o limite máximo de despesa total com pessoal.
e) gastou R$ (mil) 71.000,00 a menos do que o limite prudencial de despesa total com pessoal.

Questão: 400623 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Auditor Fiscal da Receita Estadual - Prova 2

72- No Anexo de Metas Fiscais, na avaliação do cumprimento da meta de resultado primário do exercício anterior, um dos
motivos que justificam o NÃO cumprimento de tal meta é
a) o aumento da dívida fundada pelas variações desfavoráveis da taxa cambial.
b) a redução da arrecadação da receita referente a juros de aplicações financeiras em decorrência do decréscimo dos
rendimentos.
c) o aumento da despesa realizada com a amortização da dívida fundada.
d) a arrecadação de tributos menor do que a previsão em decorrência do crescimento econômico menor do que aquele
esperado para o período.
e) o aumento da despesa realizada com juros e encargos sobre a dívida.

Questão: 400624 Ano: 2014 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Auditor Fiscal da Receita Estadual - Prova 2

73- O aumento de remuneração dos professores do ensino médio da rede pública estadual, servidores da Administração
direta que atuam na manutenção das atividades de ensino,
a) deve ser classificado em Reservas para Contingências na Lei Orçamentária Anual.
b) aumenta a despesa de capital.
c) deve ter autorização específica na Lei de Diretrizes Orçamentárias.
d) impacta o orçamento de investimentos das autarquias.
e) impacta o orçamento da seguridade social.

Questão: 400640 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista Executivo - Perfil 2

74- O imposto calculado a partir de uma alíquota existente sobre o resultado da renda total do contribuinte, deduzida do total
de abatimentos, é denominado:
a) contribuição previdenciária
b) imposto de renda
c) imposto sobre o patrimônio
d) imposto sobre as vendas
e) imposto em cascata

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 19/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400641 Ano: 2013 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

75- A receita pública derivada ou de economia pública é caracterizada pelo constrangimento legal para sua arrecadação. Sob
esta classifi cação, identifi que a única opção correta.
a) Receitas de tributos.
b) Receita de vendas de bens intermediários.
c) Receita de prestação de serviços públicos.
d) Receita de venda de bens fi nais.
e) Receita de depósitos de terceiros.

Questão: 400642 Ano: 2013 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

76- Na crise fi nanceira mundial iniciada em 2008, os refl exos mais perceptíveis no Brasil foram relacionados à incerteza em
relação ao cenário global, à piora nas condições de fi nanciamento das empresas e à aversão ao risco por parte dos
investidores. Nesse cenário fez-se necessária a ação de uma política fi scal anticíclica, no sentido de atenuar os efeitos da
crise. Indique a opção incorreta com relação à crise.
a) No caso do Brasil, é consenso que o impacto foi signifi cativo, principalmente se a base de comparação for as crises que
afetaram a economia brasileira, nas décadas de 1980 e 1990.
b) No lado real da economia, observou-se uma rápida desaceleração, interrompendo o ritmo de crescimento que vinha sendo
observado há vários trimestres.
c) É importante ressaltar a difi culdade de respostas rápidas a variações na demanda agregada via política fi scal,
principalmente em função da anualidade do orçamento e da rigidez orçamentária.
d) A resposta da política fi scal à crise ocorreu tanto pelo lado da receita, quanto da despesa, com o objetivo de estímulo à
demanda agregada.
e) Do lado da despesa foram tomadas medidas, entre elas, o reajuste do salário mínimo, o pacote da habitação, a extensão
dos prazos e elegibilidades do seguro-desemprego e o reajuste do bolsa família.

Questão: 400643 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental -
Conhecimentos Gerais

77- Com respeito à despesa e receita pública, a alternativa correta é:


a) nenhuma despesa ou receita poderá ser realizada sem prévio empenho
b) a receita e a despesa públicas classifi cam-se igualmente por categoria econômica
c) todas as receitas devem passar pelo estágio da liquidação antes da arrecadação
d) os ingressos podem ser considerados como receitas e despesas orçamentárias
e) o empenho da despesa independe autorização do ordenador

Questão: 400644 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental -
Conhecimentos Gerais

78- Nos termos mais simples possíveis, podemos conceituar Finanças Públicas como ?o estudo do papel do governo na
economia?. Esta defi nição envolve quatro questões básicas das fi nanças públicas. A alternativa mais correta sobre tais
questões é:
a) O governo deve intervir na economia quando eventualmente existem falhas de mercado e necessidade de redistribuição,
ou seja, a transferência de recursos de alguns grupos da sociedade a outros.
b) A forma de intervenção do governo se faz através do crédito público e dos subsídios aos empresários e agricultores.
c) Ao realizar a intervenção, o governo deve determinar comportamentos obrigatórios aos indivíduos e às empresas.
d) A motivação da intervenção geralmente opera de forma que afeta perigosamente os indivíduos .
e) A segurança pública funciona como elemento de ajuda governamental.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 20/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400645 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental -
Conhecimentos Gerais

79- Superávit primário é o resultado positivo das contas do governo. Considerando-se a sua composição, podemos dizer que
o referido superávit, pode se transformar em défi cit quando eventualmente se apresentar a seguinte posição:
a) superávit primário R$ 200,00 juros R$ 35,50
b) superávit nominal R$ 250,00
c) superávit primário R$ 150,75 juros R$ 155,50
d) juros R$ 10,00 superávit primário R$ 83,50
e) juros R$ 25,00 superávit primário R$ 35,00

Questão: 400646 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista Executivo - Perfil 2

80- Em relação às receitas públicas, veri?ca-se que a classi?cação mais aceita é a que desdobra as receitas ordinárias em
outras duas receitas:
a) originárias e derivadas
b) originárias e marginais
c) derivadas e marginais
d) totais e marginais
e) totais e médias

Questão: 400647 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista Executivo - Perfil 2

81- A alternativa incorreta sobre os objetivos do plano plurianual (PPA) no Brasil é:


a) formular as diretrizes para as ?nanças públicas no período do plano.
b) identi? car e avaliar os recursos disponíveis para o desenvolvimento de ações a cargo da administração pública.
c) orientar a ação governamental, objetivando alcançar crescimento econômico.
d) alocar os recursos públicos de modo e?ciente e racional, com base nas modernas técnicas de planejamento.
e) ordenar e disciplinar a execução de despesas com investimentos que se reverterão em benefício para a sociedade.

Questão: 400648 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista Executivo - Perfil 2

82- A relação existente entre a arrecadação tributária e as alíquotas marginais dos impostos na economia é expressa na
literatura através do seguinte conceito:
a) curva de Phillips
b) curva de Pareto
c) curva de oferta agregada
d) curva de demanda agregada
e) curva de Laffer

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 21/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400649 Ano: 2013 Banca: INSTITUTO CIDADES Instituição: MinC Cargo: Técnico de Nível Superior

83- Considerando as grandes mudanças advindas com a aprovação da Lei de Responsabilidade Fiscal (Lei Complementar nº
101/2000), que traz implicações para o Estado ou Município que deixa de cumprir as exigências constantes daquela norma, e,
por consequência, prejuízos à comunidade, vez que os entes da Federação ficarão impedidos, entre outras, de receber
transferências voluntárias, e, ainda, levando-se em conta a oportunidade da posse dos chefes do executivo municipal em
janeiro de 2001, o Tribunal preparou esta publicação sob o título TRANSFERÊNCIAS DE RECURSOS - Orientações
Fundamentais, com a finalidade eminentemente pedagógica, que objetiva orientar os gestores em geral quanto a regular
aplicação dos recursos públicos federais descentralizados e de sua correta prestação de contas. Em relação a transferências
de recursos, marque a opção INCORRETA.
a) Transferência voluntária é a entrega de recursos correntes ou de capital a outro ente da Federação, a título de cooperação,
auxílio ou assistência financeira, que não decorra de determinação constitucional, legal ou os destinados ao Sistema Único de
Saúde (Lei Complementar nº 101/2000, art. 25).
b) Durante a execução do objeto, ou seja, na fase em que são desenvolvidas as atividades previstas para a consecução do
produto final previsto no instrumento de transferência, o gestor não pode (IN STN nº 01/1997): celebrar convênio ou contrato
de repasse com mais de um órgão para o cumprimento do mesmo objeto, exceto quando se tratar de ações complementares,
o que deve ser consignado no respectivo instrumento, delimitando-se as parcelas referentes de disponibilidade deste e as que
devam ser executadas à conta do outro instrumento.
c) O gestor público é obrigado a prestar contas dos recursos recebidos, sob pena de aplicação de sanções previstas em lei, e
de comprometer o fluxo de recursos, mediante suspensão de transferências. Assim, ao término da vigência do instrumento
que efetuou a transferência de recursos, deve o responsável pela aplicação dos recursos adotar as medidas cabíveis com
vistas à apresentação das contas.
d) Convênio é qualquer instrumento que discipline a transferência de recursos públicos e tenha como partícipe órgão da
administração pública federal direta, autárquica ou fundacional, empresa pública ou sociedade de economia mista que estejam
gerindo recursos dos orçamentos da União, visando à execução de programas de trabalho, projeto, atividade ou evento de
interesse recíproco com duração certa, em regime de mútua cooperação (IN 01/97 STN, art. 1º, caput, e § 1º, I).
e) Não é possível efetuar transferências de recursos da União por intermédio de instituições e agências financeiras oficiais
federais, celebrando um contrato de repasse.

Questão: 400650 Ano: 2013 Banca: INSTITUTO CIDADES Instituição: MinC Cargo: Técnico de Nível Superior

84- Em relação à classificação do Orçamento, marque a opção INCORRETA.


a) O orçamento pode ser classificado em tradicional ou clássico e em orçamento-programa ou moderno.
b) O orçamento tradicional é o processo de elaboração do orçamento em que é enfatizado o objeto de gasto. Trata- se
apenas de um detalhamento das receitas a arrecadar e das despesas a executar.
c) O orçamento programa pode ser entendido como sendo o plano de trabalho do governo no qual são especificadas as
posições concretas que se pretende realizar durante o ano financeiro.
d) As principais características do orçamento tradicional são: integração planejamento-orçamento; quantificação de objetivos
e fixação de metas; relações insumo-produto; alternativas programáticas; acompanhamento físico- financeiro; avaliação de
resultados.
e) O orçamento tradicional representa um Plano de Governo que vincula o orçamento ao planejamento.

Questão: 400651 Ano: 2013 Banca: INSTITUTO CIDADES Instituição: MinC Cargo: Técnico de Nível Superior

85- O instrumento utilizado pela administração pública para materializar o empenho, ou seja, para formalizar o registro do
comprometimento total ou parcial de dotação em favor de determinado credor é denominado de nota de empenho. Em relação
à nota de emprenho, marque a opção CORRETA:
a) Empenho global é destinado a atender despesa quantificada e liquidável de uma só vez. É utilizado nos casos em que se
conhece o valor do bem ou serviço a ser adquirido e o pagamento ocorre de uma única vez.
b) Empenho por estimativa é destinado a atender a despesa de valor não quantificável durante o exercício. É utilizado nos
casos em que não se possa determinar o montante da despesa.
c) Empenho ordinário é o estágio que consiste na verificação do direito do credor tendo por base os títulos e documentos
comprobatórios do respectivo crédito.
d) Liquidação destina-se a atender despesa determinada e quantificada e a ser liquidada e paga parceladamente, em geral
em cada mês.
e) Toda despesa poderá ser realizada sem o competente empenho prévio, é o que estabelece o Artigo 60 da Lei 4.320/64, e
complementando em seu Parágrafo 1º diz que "em casos especiais previstos na legislação específica será dispensada a
emissão da nota de empenho".

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 22/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400652 Ano: 2013 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

86- Com base na Teoria das Finanças Públicas, assinale a única opção incorreta.
a) Os bens indivisíveis são aqueles para os quais não se podem estabelecer preços via sistema de mercado.
b) Um produto é chamado de bem público se seu uso ou consumo é não rival e excludente.
c) Os bens indivisíveis são classifi cados como bens públicos puros.
d) A função redistributiva do governo está associada à provisão de determinados bens e serviços não oferecidos
adequadamente através do sistema de mercado.
e) Há rivalidade no consumo de um bem se o consumidor desse bem por parte de uma pessoa aumenta a disponibilidade do
mesmo para as outras.

Questão: 400653 Ano: 2013 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

87- A Lei de Responsabilidade Fiscal procurou aperfeiçoar a sistemática traçada pela Constituição de 1988 atribuindo novas e
importantes funções à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). Indique a única opção que não corresponde às novas
atribuições da LDO.
a) Estabelecimento de metas fi scais.
b) Estabelecimento de ações de médio prazo, coincidindo com a duração de um mandato do Chefe do Executivo.
c) Fixação de critérios para a limitação de empenho e movimentação fi nanceira.
d) Avaliação de riscos fi scais.
e) Publicação da avaliação fi nanceira e atuarial dos regimes geral de previdência social e próprio dos servidores civis e
militares.

Questão: 400654 Ano: 2013 Banca: CESPE Instituição: Polícia Federal Cargo: Perito Criminal Federal - Ciências Contábeis, Econômicas

88- Uma das características que tornam atraente a transferência de recursos financeiros das unidades econômicas
superavitárias para as deficitárias é a divisibilidade, que consiste na possibilidade de o intermediário financeiro atuar com
inúmeros agentes e grandes volumes de recursos, reunindo poupanças e dividindo investimentos.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400655 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental -
Conhecimentos Gerais

89- De acordo com a Portaria o 42, de 14 de abril de 1999, que alterou a estrutura e a classificação dos códigos, que era
anteriormente utilizada nos orçamentos governamentais, desmembrado um deles e suprimindo outro, temos respectivamente:
a) programa e atividade
b) subprogramas e projeto
c) função e subprograma
d) atividade e operações especiais
e) projetos e atividades

Questão: 400656 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental -
Conhecimentos Gerais

90- Uma das características das Finanças Públicas é seu caráter intervencionistas, que se manifesta através da utilização dos
tributos e por sua personalização, fazendo com que cada indivíduo contribua conforme a sua capacidade econômica, o que dá
início ao:
a) período clássico
b) período moderno das finanças públicas
c) período do estado regulador
d) ciclo orçamentário
e) orçamento público

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 23/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400657 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista Executivo - Perfil 2

91- O princípio orçamentário que permite ao Poder Legislativo o controle racional e direto das operações ?nanceiras de
responsabilidade do Executivo é denominado:
a) princípio da anualidade
b) princípio da demanda efetiva
c) princípio da universalidade
d) princípio da unidade
e) princípio do equilíbrio

Questão: 400658 Ano: 2013 Banca: INSTITUTO CIDADES Instituição: MinC Cargo: Técnico de Nível Superior

92- As fases da execução das Despesas Orçamentárias, conforme a doutrina contábil, menciona que os estágios da despesa
pública são: programação, licitação, empenho, liquidação e pagamento. Marque a opção que representa a licitação:
a) A fase final do processo de despesa pública somente poderá ser efetuada quando ordenada após sua regular liquidação.
b) A fase que ocorre após a publicação da lei orçamentária, quando o setor competente, por meio de decretos, estabelece um
programa de utilização dos créditos orçamentários aprovados para o exercício.
c) O ato emanado de autoridade competente que cria para o Estado obrigação de pagamento, pendente ou não de
implemento de condição. Representa a garantia de que existe o crédito necessário para a liquidação de uma dívida assumida.
É um dos mais importantes estágios da despesa pública.
d) É o ato emanado de autoridade competente que cria para o Estado obrigação de pagamento pendente ou não de
implemento de condição" (Art. 58 da Lei 4.320/64).
e) O procedimento administrativo destinado a escolher, entre fornecedores previamente habilitados e qualificados, aquele que
apresentar proposta mais vantajosa. Destina- se a garantir a observância do princípio constitucional da isonomia e a
selecionar a proposta mais vantajosa para a administração.

Questão: 400659 Ano: 2013 Banca: INSTITUTO CIDADES Instituição: MinC Cargo: Técnico de Nível Superior

93- A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) é um código de conduta para os administradores públicos de todo o país, que
passa a valer para os três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), nas três esferas de governo (federal, estadual e
municipal). De acordo com a LRF, marque (V) para as afirmativas verdadeiras e (F) para as faltas e, em seguida, marque a
opção correta.

( ) O objetivo da LRF é melhorar a administração das contas públicas no Brasil. Com ela, todos os governantes passarão a ter
compromisso com orçamento e com metas, que devem ser apresentadas e aprovadas pelo respectivo Poder Legislativo.

( ) Na LRF, não há limites de gastos com pessoal, como percentual das receitas, para os três Poderes da União, dos Estados,
do Distrito Federal e dos Municípios.

( ) A LRF determina o estabelecimento de metas fiscais trienais. Isso permite que o governante consiga planejar as receitas e
as despesas, podendo corrigir os problemas que possam surgir no meio do caminho. É como conduzir um barco: quando tem
um rumo é possível planejar as manobras necessárias para se chegar até lá, mesmo que algumas sejam difíceis e tenham
que ser corrigidas ao longo do caminho.

( ) A LRF representa um importante instrumento de cidadania para o povo brasileiro, pois todos os cidadãos terão acesso às
contas públicas, podendo manifestar abertamente sua opinião, com o objetivo de ajudar a garantir sua boa gestão.
a) V, F, V, V
b) V, V, F, F
c) F, V, F, V
d) F, F, V, F
e) V, V, V, V

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 24/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400660 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental -
Conhecimentos Gerais

94- Na concepção do sistema orçamentário brasileiro, são instrumentos de planejamento governamental: o plano plurianual,
as diretrizes orçamentárias e os orçamentos anuais. Assim sendo, o orçamento é considerado instrumento essencial para os
governantes, que precisam conseguir:
a) os recursos financeiros para tornar seus planos operacionais
b) a reavaliação periódica obrigatória dos seus valores
c) a adaptação dos instrumentos de planejamento governamental à estrutura do orçamento
d) os objetivos para os anos posteriores
e) sempre receitas de empréstimos

Questão: 400661 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental -
Conhecimentos Gerais

95- O Estado, para sobreviver, necessita dos meios indispensáveis ao atendimento de sua organização e do cumprimento de
suas fi nalidades, ou seja, para se sustentar, o Estado precisa de:
a) empréstimos
b) tributos
c) despesa
d) orçamento
e) receita

Questão: 400662 Ano: 2013 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

96- Com relação ao papel do Estado e as Finanças Públicas, identifi que a única opção incorreta.
a) Cabe ao Estado a responsabilidade de viabilizar o funcionamento dos serviços públicos essenciais demandados pela
coletividade.
b) É função do Estado a realização de forma direta e exclusiva das necessidades de natureza essencial, tais como
saneamento e transporte.
c) O objeto precípuo das fi nanças públicas é o estudo da atividade fi scal, ou seja, aquela desempenhada pelos poderes
públicos com o propósito de obter e aplicar recursos para o custeio dos serviços públicos.
d) Historicamente, pode-se dizer que a maior intervenção do Estado na economia brasileira teve como seu principal objetivo a
complementação da ação do setor privado com vistas ao desenvolvimento do país.
e) A atividade fi nanceira do Estado desenvolve-se em quatro áreas afi ns: receita pública, despesa pública, orçamento
público e crédito público.

Questão: 400663 Ano: 2013 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

97- Entre as opções abaixo, indique a despesa que não corresponde à classifi cação das Despesas Correntes, segundo a
classifi cação orçamentária brasileira.
a) Salário-família.
b) Serviços de consultoria.
c) Amortização da dívida pública interna.
d) Juros e encargos da dívida pública externa.
e) Aquisição de material de consumo.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 25/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400664 Ano: 2013 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

98- Segundo a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), indique a opção que não é pertinente.
a) Na elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias, foi introduzido o Anexo de Metas Fiscais, para três anos, contendo
metas para receita, despesa, resultado primário e nominal e dívida pública.
b) Nenhum governante poderá criar uma nova despesa continuada por prazo superior a dois anos sem indicar sua fonte de
receita ou a redução de outra despesa.
c) A lei orçamentária não consignará dotação para investimento com duração superior a um exercício fi nanceiro que não
esteja previsto no plano plurianual ou em lei que autorize a sua inclusão.
d) A instituição, previsão e a efetiva arrecadação de todos os tributos são requisitos essenciais da responsabilidade na gestão
fi scal.
e) A despesa total com pessoal, em cada período de apuração e em cada ente da Federação, não poderá exceder os
percentuais da receita de transferência voluntária.

Questão: 400625 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista Executivo - Perfil 2

99- Os princípios orçamentários se apresentam como as premissas básicas de ação a serem cumpridas na elaboração da
proposta orçamentária. Não é considerado um princípio orçamentário:
a) exclusividade
b) periodicidade
c) universalidade
d) legalidade
e) regressividade

Questão: 400626 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental -
Conhecimentos Gerais

100- O ato de ?criar? dinheiros para o atendimento das diferentes necessidades públicas é faculdade dos governos, confi
gurando-se na maioria dos países como mecânica normal de suprimento dos cofres públicos, através de:
a) empréstimos
b) bens públicos
c) déficit
d) superávit
e) bens privados

Questão: 400627 Ano: 2013 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

101- Necessidade de Financiamento do Setor Público (NFSP) representa a necessidade do governo em fi nanciar-se. Assim,
no que diz respeito à NFSP e ao défi cit público, não se pode afi rmar que:
a) o défi cit primário é apurado pela diferença entre as receitas não fi nanceiras e os gastos não fi nanceiros.
b) a NFSP corresponde ao conceito de défi cit nominal apurado pelo critério “acima da linha”.
c) um ponto importante a ser destacado em relação ao défi cit público e seu fi nanciamento é o comportamento da variável
dívida ao longo do tempo.
d) na NFSP no conceito operacional, são deduzidas as despesas com as correções monetária e cambial pagas sobre a
dívida.
e) na apuração do défi cit público sob o conceito de competência, as despesas são consideradas como tendo ocorrido no
momento ou período em que são de fato pagas.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 26/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400628 Ano: 2013 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

102- Identifi que o conceito de receita pública que não é pertinente à sua defi nição.
a) A multa é uma receita de caráter não tributário.
b) As taxas são receitas tributárias.
c) As receitas correntes aumentam a disponibilidade fi nanceira do Estado, com efeito positivo no patrimônio líquido.
d) Quanto às fontes de recursos, as receitas são classifi cadas em corrente e capital.
e) As receitas de capital aumentam as disponibilidades do Estado, mas não provocam efeito sobre o patrimônio líquido.

Questão: 400630 Ano: 2013 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

103- Um dos princípios básicos da teoria da tributação é o da equidade. De acordo com o princípio da equidade, identifi que a
única opção correta.
a) A equidade refere-se à não interferência sobre as decisões de alocação de recursos.
b) A produtividade de um tributo na ótica de sua contribuição para receita fi scal pode ser avaliada com base na identifi cação
de coefi cientes de elasticidade da receita em relação à renda, para diferentes alternativas de tributação.
c) O critério do benefício estabelece que cada indivíduo deve contribuir para a produção de serviços governamentais, de
forma a igualar o preço unitário do serviço ao benefício marginal que ele recebe com a sua produção.
d) A aplicação do princípio da equidade supõe que a situação vigente no instante anterior à imposição de um tributo confi
gure uma solução efi ciente do ponto de vista do critério de efi ciência de Pareto.
e) A tributação proporcional de pessoas que se encontram em iguais posições de renda ou bem-estar é conhecida como
equidade vertical.

Questão: 400631 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental -
Conhecimentos Gerais

104- Ações de obter, gerir, criar e despender, em sentido amplo, conceituam a:


a) política fiscal do Estado
b) política orçamentária
c) atividade financeira do Estado
d) receita pública
e) política tributária

Questão: 400632 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental -
Conhecimentos Gerais

105- Na execução orçamentária, a grande preocupação dos governos é não gastar além do que se arrecada para evitar o défi
cit. Assim, temos 3 tipos de défi cit, e um deles é o:
a) consentido
b) burocrático
c) globalizado
d) unitário
e) operacional

Questão: 400633 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista Executivo - Perfil 2

106- Não é considerado exemplo de tributo indireto no Brasil:


a) imposto sobre a propriedade territorial urbana (IPTU)
b) imposto sobre produtos industrializados (IPI)
c) imposto sobre circulação de mercadorias e serviços (ICMS)
d) imposto sobre serviços (ISS)
e) imposto de importação (II)

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 27/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400634 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista Executivo - Perfil 2

107- A forma mais e?ciente de tributação sobre vendas é o chamado:


a) imposto em cascata
b) imposto direto
c) subsídio
d) imposto sobre o valor adicionado
e) imposto sobre o consumo

Questão: 400635 Ano: 2013 Banca: INSTITUTO CIDADES Instituição: MinC Cargo: Técnico de Nível Superior

108- Dentre as várias limitações à atividade administrativa impostas pela LRF, encontra-se a que veda o gestor público
contrair obrigação de despesa que não possa ser cumprida integralmente dentro de seu mandato, "ou que tenha parcelas a
serem pagas no exercício seguinte sem que haja suficiente disponibilidade de caixa para este efeito" (art. 42). Estas
obrigações, denominadas "restos a pagar", têm como raízes a organização da atividade financeira do Estado em ciclos e a
impossibilidade do cumprimento de determinadas despesas dentro de um ciclo. Em relação a restos a pagar, analise as
afirmativas abaixo e, em seguida, assinale a alternativa correta.

I. Restos a pagar são somente as despesas liquidadas e não pagas até 31 de dezembro.

II. No Balanço Financeiro, os restos a pagar do exercício serão computados na receita extra orçamentária, para compensar
sua inclusão na despesa orçamentária.

III. Na inscrição de restos a pagar, as despesas processadas são distinguidas das não processadas.
a) Apenas as afirmativas I e II são verdadeiras.
b) Apenas as afirmativas I e III são verdadeiras.
c) Apenas as afirmativas II e III são verdadeiras.
d) Todas as afirmativas são verdadeiras.
e) Todas as afirmativas são falsas.

Questão: 400636 Ano: 2013 Banca: INSTITUTO CIDADES Instituição: MinC Cargo: Técnico de Nível Superior

109- As despesas orçamentárias são classificadas, por natureza, em Despesas Correntes e Despesas de Capital, conforme o
disposto no art. 12 da Lei nº 4.320/64. Acerca do assunto, marque a opção INCORRETA.
a) Despesas Correntes são também definidas como Despesas Efetivas, pois reduzem proporcionalmente ao seu valor o
patrimônio do ente público que realiza o gasto, são os dispêndios realizados com pessoal e encargos sociais, juros e encargos
da dívida e outras despesas.
b) Enquanto as Despesas de Capital sempre representam a diminuição no patrimônio público realizado ou compromisso
assumido, as Despesas Correntes proporcionam mutações patrimoniais também em valores equivalentes aos desembolsos
realizados ou compromissos assumidos, representadas por diminuições no ativo ou no passivo.
c) Despesas de Capital, ou Despesas por Mutações Patrimoniais, são aquelas que, em nada afetam o patrimônio do ente
público que as realiza, pois elas se constituem em investimentos, inversões financeiras, amortização da dívida e outras
Despesas de Capital.
d) As Despesas Orçamentárias integram os orçamentos cuja execução deve observar o programa anual de trabalho aprovado
pela LOA.
e) A Despesa Orçamentária não depende de autorização legislativa para ser realizada e pode ser efetivada sem a existência
de crédito orçamentário que a corresponda suficientemente.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 28/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400637 Ano: 2013 Banca: INSTITUTO CIDADES Instituição: MinC Cargo: Técnico de Nível Superior

110- A elaboração, execução e controle dos orçamentos fiscal, de investimentos das empresas e da seguridade social,
integrantes da LOA, devem observar princípios básicos, de natureza técnica, política e jurídica, encontrados na teoria clássica
das finanças públicas, na Constituição Federal e na Lei nº 4.320/64. Em relação a estes princípios, marque V para as
verdadeiras, F para as falsas e assinale a opção que indica a sequência correta.

( ) Unidade o orçamento deve se constituir em uma única peça, abrangendo as receitas e despesas do exercício com a
finalidade de apresentar, pelo confronto dos totais delas se há equilíbrio, saldo ou déficit.

( ) Universalidade também denominado de periodicidade, preconiza que as previsões da receita e da despesa devem sempre
se referir a um período limitado de tempo.

( ) Anualidade todas as receitas e despesas devem ser incluídas no orçamento.


a) V, F, F
b) V, V, V
c) F, V, F
d) F, V, V
e) F, F, F

Questão: 400638 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista Executivo - Perfil 2

111- O comentário correto sobre o conceito de dé?cit primário encontra-se na seguinte alternativa:
a) É representado pela soma do resultado primário com as despesas com juros reais
b) Representa o dé?cit total do setor público, em que são regisradas todas as despesas e receitas.
c) São incluídas nele todas as receitas, mas excluído, na parte das despesas, o pagamento de juros
d) Registra os gastos primários e o pagamento de juros reais.
e) É o conceito operacional mais utilizado em termos internacionais, pois facilita as comparações internacionais.

Questão: 400639 Ano: 2013 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista Executivo - Perfil 2

112- Em países de in?ação crônica, a defasagem de tempo ocorrida entre o fato gerador do tributo e sua efetiva arrecadação
aos cofres públicos tende a deteriorar a arrecadação tributária em termos reais. Esse fenômeno é denominado:
a) Efeito Deslocamento
b) Efeito Tanzi
c) Ótimo de Pareto
d) Lei de Say
e) Curva de Laffer

Questão: 400665 Ano: 2012 Banca: FCC Instituição: Prefeitura de São Paulo - SP Cargo: Auditor Fiscal do Município - Gestão Tributária -
Prova 4

113- Se houver o aumento de um ponto percentual (1%) na alíquota do ICMS sobre um determinado produto, no sistema de
concorrência perfeita este aumento
a) será totalmente refletido nos preços e o consumidor arcará com o seu custo, por ser o ICMS um imposto indireto.
b) deverá ser incorporado no custo operacional, sem repasse ao consumidor final, porque o ICMS é um imposto direto.
c) corresponderá ao dobro para o consumidor final, ou seja, dois pontos percentuais, em virtude da tributação indireta.
d) acarretará um reflexo assimétrico nos preços, não podendo haver repasse ao consumidor final por tratar-se de tributação
direta.
e) proporcionará, na prática, uma redução do preço final ao consumidor, com efeito regressivo, por ser o ICMS um imposto
indireto.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 29/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400666 Ano: 2012 Banca: CESPE Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 2

114- No que se refere a financiamento do setor público, tributação, orçamento e finanças públicas, julgue os itens a seguir

A lei de diretrizes orçamentárias (LDO) compreende as diretrizes, os objetivos e as metas da administração pública federal
quanto às despesas de capital e às despesas decorrentes das despesas de capital, além de estabelecer a política de
aplicação das agências financeiras oficiais de fomento.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400667 Ano: 2012 Banca: CESPE Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 2

115- Acerca das funções do Estado, dos objetivos da política fiscal e do déficit público, julgue os itens seguintes.

A dívida líquida do setor público é a soma das dívidas interna e externa do setor público com o setor privado, incluindo a base
monetária e excluindo os ativos do setor público, tais como as reservas internacionais e os valores das privatizações.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400668 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental

116- No mercado de concorrência perfeita, a perda de eficiência alocativa que resulta da imposição de um imposto sobre
vendas é conhecida como:
a) excedente do consumidor
b) excedente do produtor
c) arrecadação tributária
d) elasticidade-renda da tributação
e) peso morto da tributação

Questão: 400669 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista de Planejamento e Orçamento

117- A alternativa que não pode ser considerada exemplo de transferência de capital é:
a) amortização da dívida pública
b) auxílio em obras públicas
c) auxílios para inversões financeiras
d) auxílios para equipamentos e instalações
e) pagamentos a inativos e pensionistas

Questão: 400670 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista de Planejamento e Orçamento

118- Os bens que, embora possam ser explorados economicamente pelo setor privado, devem ou podem ser produzidos pelo
Governo, para evitar que a população de baixa renda seja excluída do consumo, denominam-se:
a) bens meritórios
b) riscos pesados
c) estabilizadores automáticos
d) monopólios naturais
e) bens de capital

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 30/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400671 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental

119- A sentença que não configura um objetivo do plano plurianual no Brasil é:


a) orientar a ação governamental, objetivando alcançar o desenvolvimento econômico.
b) ordenar e disciplinar a execução das despesas com investimentos que se reverterão em benefícios para a sociedade.
c) definir diretrizes que deverão nortear a elaboração do orçamento fiscal e de investimentos, possibilitando a redução das
desigualdades regionais e sociais.
d) orientar o planejamento, em sintonia com a programação e o orçamento do Poder Executivo, obedecendo aos princípios de
regionalização da economia.
e) estabelecer as prioridades e metas da administração pública federal e as disposições sobre alterações na legislação
tributária da União.

Questão: 400672 Ano: 2012 Banca: FEMPERJ Instituição: TCE - RJ Cargo: Analista de Controle Externo - Administração em Saúde

120- O SIOPS ? Sistema de Informação do Orçamento Público em Saúde:


a) não leva em consideração a participação no orçamento, segundo a Emenda 29/2000;
b) contém o indicador Despesa ?per capita" (por habitant(E) com Saúde;
c) não leva em consideração a Receita com Impostos na Receita Total;
d) contém restrições de acesso às informações, por questões de segurança;
e) tem sua utilização condicionada pela adesão ao Pacto pela Vida.

Questão: 400673 Ano: 2012 Banca: CESPE Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 2

121- No que se refere a financiamento do setor público, tributação, orçamento e finanças públicas, julgue os itens a seguir.

As finanças públicas voltam-se à gestão das operações relacionadas à receita, à despesa, ao orçamento e ao crédito público,
bem como se orientam à obtenção, à distribuição, à utilização e ao controle dos recursos financeiros.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400674 Ano: 2012 Banca: CESPE Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 2

122- Acerca das funções do Estado, dos objetivos da política fiscal e do déficit público, julgue os itens seguintes.

O déficit nominal resulta da diferença entre os gastos totais e as receitas totais, enquanto o déficit primário resulta da diferença
entre os gastos não financeiros e as receitas não financeiras.
a) Certo
b) Errado

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 31/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400675 Ano: 2012 Banca: FCC Instituição: Prefeitura de São Paulo - SP Cargo: Auditor Fiscal do Município - Gestão Tributária -
Prova 4

123- Sobre os tipos de tributos, considere:

I. Tributo que não admite vinculação de receita a órgão, despesa ou fundo, salvo algumas exceções constitucionais, tais como
a vinculação de recursos destinados a ações e serviços públicos de saúde.

II. A concessão de alvará ou permissão pode ser remunerada por esta espécie de tributo.

III. Tem receita vinculada para custear atividades de assistência social, saúde e previdência social.

IV. Pressupõe que, em virtude de uma obra pública, haja valorização imobiliária para que se configure o seu fato gerador.

Os itens I, II, III e IV caracterizam, respectivamente,


a) taxa, imposto, taxa e contribuição de melhoria.
b) contribuição social para seguridade social, taxa, contribuição de melhoria e imposto.
c) imposto, contribuição de melhoria, contribuição social para seguridade social e imposto.
d) contribuição de melhoria, imposto, contribuição social para seguridade social e taxa.
e) imposto, taxa, contribuição social para seguridade social e contribuição de melhoria.

Questão: 400676 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental

124- A política fiscal pode se manifestar diretamente através da variação dos gastos públicos ou indiretamente através das
alíquotas de impostos, que alteram a renda disponível do setor privado. Em uma situação recessiva, o governo deve promover
o seguinte ajuste:
a) redução de seus gastos em consumo
b) redução de seus gastos em investimento
c) aumento da alíquota de impostos
d) redução da alíquota de impostos
e) aumento da taxa básica de juros

Questão: 400677 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista de Planejamento e Orçamento

125- Os gastos do Governo são divididos em duas grandes categorias econômicas:


a) despesas de custeio e transferências correntes
b) despesas de custeio e investimentos
c) transferências correntes e transferências de capital
d) despesas correntes e despesas de capital
e) inversões financeiras e investimentos

Questão: 400678 Ano: 2012 Banca: CESPE Instituição: TCE-ES Cargo: Auditor de Controle Externo - Tecnologia da Informação

126- A provisão pública direta de bens e serviços é uma forma tradicional de intervenção do governo no sistema econômico,
sendo, economicamente, os bens públicos definidos como os que possibilitam rivalidade e exclusão de algum indivíduo do
consumo.
a) Certo
b) Errado

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 32/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400679 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental

127- O princípio orçamentário segundo o qual o conteúdo orçamentário deve ser divulgado por veículos oficiais de
comunicação, para conhecimento da sociedade, é o:
a) do equilíbrio
b) da universalidade
c) da publicidade
d) da legalidade
e) da exclusividade

Questão: 400680 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista de Planejamento e Orçamento

128- Em países de inflação crônica, a defasagem de tempo ocorrida entre o fato gerador do tributo e a sua efetiva
arrecadação aos cofres públicos tende a deteriorar a arrecadação tributária em termos reais. Esse fenômeno é chamado:
a) Efeito-Tanzi
b) Ótimo de Pareto
c) Lei de Say
d) Princípio da Demanda Efetiva
e) Curva de Laffer

Questão: 400681 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista de Planejamento e Orçamento

129- Não pode ser considerado imposto federal no Brasil:


a) imposto de importação
b) imposto de exportação
c) imposto de renda
d) imposto sobre produtos industrializados
e) imposto sobre circulação de mercadorias e serviços

Questão: 400682 Ano: 2012 Banca: FCC Instituição: TRE-PR Cargo: Analista Judiciário - Contabilidade

130- O federalismo fiscal trata da repartição da carga tributária entre os três níveis de governo de um estado federado: União,
Estados e Municípios. No Brasil, o Imposto
a) Territorial Rural é de competência exclusiva da União, que não reparte sua arrecadação com nenhum outro ente da
federação.
b) sobre a Propriedade de Veículos Automotores é de competência estadual, mas sua alíquota é determinada pelo Senado
Federal e é uniforme em todo o país.
c) de Renda das Pessoas Físicas e Jurídicas é de competência exclusiva da União, que reparte sua arrecadação apenas com
os Estados, aos quais cabem 50% do total arrecadado.
d) sobre Produtos Industrializados é de competência da União, que reparte sua arrecadação apenas com os municípios, aos
quais cabem 25% do total arrecadado.
e) sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços é um imposto de competência dos Estados e do Distrito Federal, que
repassam 25% de sua arrecadação aos municípios situados em sua jurisdição.

Questão: 400683 Ano: 2012 Banca: CESPE Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 2

131- No que se refere a financiamento do setor público, tributação, orçamento e finanças públicas, julgue os itens a seguir.

De acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal, devem ser apurados os resultados fiscais primário e nominal.
a) Certo
b) Errado

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 33/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400684 Ano: 2012 Banca: CESPE Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 2

132- Acerca das funções do Estado, dos objetivos da política fiscal e do déficit público, julgue os itens seguintes.

O déficit operacional é uma unidade de medida utilizada em períodos de inflação estável.


a) Certo
b) Errado

Questão: 400685 Ano: 2012 Banca: CESPE Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 2

133- Acerca das funções do Estado, dos objetivos da política fiscal e do déficit público, julgue os itens seguintes.

A necessidade de financiamento do setor público (NFSP) corresponde ao conceito de déficit nominal, referindo-se à variação
da dívida fiscal líquida entre dois períodos de tempo.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400686 Ano: 2012 Banca: AOCP Instituição: BRDE Cargo: Analista de Projetos - Jurídica

134- De acordo com a Constituição Federal, no que se refere às Finanças Públicas, analise as assertivas e assinale a
alternativa que aponta a(s) correta(s).

I. A competência da União para emitir moeda será exercida exclusivamente pelo banco central.

II. Tendo em vista a inexistência de previsão específica, a fiscalização financeira da administração pública direta e indireta é
matéria de norma geral a ser tratada por Lei Ordinária.

III. É vedado ao banco central comprar e vender títulos de emissão do Tesouro Nacional, ainda que com o objetivo de regular
a oferta de moeda ou a taxa de juros, haja tratar-se de medida essencialmente mercantilista.

IV. É vedado ao banco central conceder, direta ou indiretamente, empréstimos ao Tesouro Nacional e a qualquer órgão ou
entidade que não seja instituição financeira.
a) Apenas I.
b) Apenas II e III.
c) Apenas I e IV.
d) Apenas I, III e IV.
e) I, II, III e IV.

Questão: 400687 Ano: 2012 Banca: CESPE Instituição: TCE-ES Cargo: Auditor de Controle Externo - Tecnologia da Informação

135- Proibir a produção ou consumo de um bem considerado nocivo a terceiros é uma forma comum de intervenção da
administração pública na economia. Segundo o Teorema de Coase, em condições ideais, esse tipo de intervenção não seria
necessária no caso de haver externalidades negativas, sendo suficientes, nesse caso, a definição clara dos direitos de
propriedade e a possibilidade de livre negociação entre as partes afetadas pelo consumo do bem.
a) Certo
b) Errado

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 34/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400688 Ano: 2012 Banca: FCC Instituição: Prefeitura de São Paulo - SP Cargo: Auditor Fiscal do Município - Gestão Tributária -
Prova 4

136- Determinado Município instituiu, por lei, Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), com as
sequintes características: o fato gerador é a propriedade, posse ou domínio útil de bem imóvel localizado na zona urbana do
Município; o sujeito passivo é o proprietário, possuidor ou titular do domínio útil; a base de cálculo é o valor venal do imóvel; a
alíquota é estipulada em faixas de valor, variando de 0,25% a 1,5%, na medida em que aumenta a base de cálculo. Quanto às
alíquotas, este IPTU pode ser classificado como
a) fixo.
b) proporcional.
c) progressivo.
d) regressivo.
e) seletivo.

Questão: 400689 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental

137- O déficit público é financiado, coeteris paribus, pelo excesso da poupança bruta sobre o investimento privado e pela
poupança do resto do mundo de acordo com a ótica:
a) da renda
b) do produto
c) da despesa
d) da contabilidade nacional
e) financeira

Questão: 400690 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental

138- A alternativa que indica um imposto estadual no Brasil é:


a) Imposto sobre Produtos Industrializados
b) Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores
c) Imposto sobre a Propriedade Territorial Urbana
d) Contribuição Social sobre o Lucro Líquido
e) Imposto sobre a Renda

Questão: 400691 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental

139- Das alternativas abaixo, a única que representa uma transferência corrente é:
a) concessão de empréstimos
b) juros da dívida pública
c) aquisição de imóveis
d) obras públicas
e) amortização da dívida pública

Questão: 400692 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista de Planejamento e Orçamento

140- O princípio orçamentário que representa uma regra de técnica administrativa, segundo a qual a lei do orçamento
somente pode veicular matéria de natureza financeira, expurgando conteúdo que não verse sobre a receita e a despesa, é o
da:
a) unidade
b) anualidade
c) universalidade
d) exclusividade
e) legalidade

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 35/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400693 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista de Planejamento e Orçamento

141- A elasticidade-renda de um imposto é definida como:


a) a variação percentual da quantidade demandada dividida pela variação percentual do preço.
b) a variação percentual da arrecadação de imposto dividida pela variação percentual do preço.
c) a variação percentual da quantidade demandada dividida pela variação percentual da renda.
d) a variação percentual da arrecadação de imposto dividida pela variação percentual da renda.
e) a variação percentual da quantidade ofertada dividida pela variação percentual da renda.

Questão: 400694 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista de Planejamento e Orçamento

142- O tributo cobrado devido à execução de obras públicas, que tenham como decorrência a valorização imobiliária do
patrimônio das pessoas, denomina-se:
a) sujeito passivo da obrigação tributária
b) imposto
c) taxa
d) contribuição de melhoria
e) estabilizador automático

Questão: 400695 Ano: 2012 Banca: FCC Instituição: TRE-PR Cargo: Analista Judiciário - Contabilidade

143- Existem várias teorias que procuram explicar o aumento histórico dos gastos públicos nas sociedades contemporâneas.
A teoria elaborada pelos economistas Peacock e Wiseman é que
a) os gastos do setor público aumentam devido a fatores exógenos à economia, tais como guerras, revoluções e depressões
e depois se estabilizam nesse novo patamar.
b) a demanda global dos bens produzidos pelo governo tem elasticidade-renda maior que a unidade.
c) o setor público cresce sempre que o nível de renda do país diminui, porque a carga tributária aumenta em função da
retração do PIB.
d) o setor público absorve muito lentamente inovações tecnológicas, de modo que a produtividade do funcionário público é
menor que a dos trabalhadores em empresas privadas.
e) os contribuintes subestimam o verdadeiro valor que pagam de impostos (ilusão fiscal) e aceitam passivamente aumentos
da carga tributária.

Questão: 400696 Ano: 2012 Banca: AOCP Instituição: BRDE Cargo: Analista de Projetos - Jurídica

144- De acordo com as Normas gerais de direito financeiro (Lei nº 4.320/64), as Receitas provenientes da realização de
recursos financeiros oriundos de constituição de dívidas e da conversão, em espécie, de bens e direitos, são consideradas
a) Receitas Correntes.
b) Receitas de Capital.
c) Receita Patrimonial.
d) Receita Tributária.
e) Receita de Contribuição.

Questão: 400697 Ano: 2012 Banca: CESPE Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 2

145- No que se refere a financiamento do setor público, tributação, orçamento e finanças públicas, julgue os itens a seguir.

A lei orçamentária anual (LOA), dispõe sobre o exercício financeiro, a vigência, os prazos, a elaboração e a organização do
plano plurianual da lei de diretrizes orçamentárias e da proibição para abertura de créditos extraordinários.
a) Certo
b) Errado

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 36/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400698 Ano: 2012 Banca: CESPE Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 2

146- Acerca das funções do Estado, dos objetivos da política fiscal e do déficit público, julgue os itens seguintes.

A garantia de um controle tributário responsável e a promoção de uma gestão centralizada, por meio da intensificação da
arrecadação de tributos, consistem objetivos da política fiscal.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400699 Ano: 2012 Banca: CESPE Instituição: TCE-ES Cargo: Auditor de Controle Externo - Tecnologia da Informação

147- A oferta de bens e serviços públicos é financiada basicamente por meio de impostos. Ao saber que não poderá ser
excluído do consumo de determinado bem público, o indivíduo tem poucos incentivos para contribuir voluntariamente com seu
financiamento, o que gera um problema denominado carona e justifica, economicamente, a necessidade de cobrança
compulsória.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400700 Ano: 2012 Banca: AOCP Instituição: BRDE Cargo: Analista de Projetos - Jurídica

148- De acordo com as Normas gerais de direito financeiro (Lei nº 4.320, de 17 de março de 1964), analise as assertivas e
assinale a alternativa que aponta a(s) correta(s).

I. A Lei do Orçamento conterá a discriminação da receita e despesa de forma a evidenciar a política econômica financeira e o
programa de trabalho do Governo, obedecidos os princípios de unidade, universalidade e anualidade.

II. Todas as receitas e despesas constarão da Lei de Orçamento pelos seus totais, vedadas quaisquer deduções.

III. As cotas de receitas que uma entidade pública deva transferir a outra incluir-se-ão, como despesa, no orçamento da
entidade obrigada a transferência e, como receita, no orçamento da que as deva receber.

IV. A Lei de Orçamento poderá conter autorização ao Executivo para realizar, em qualquer mês do exercício financeiro,
operações de crédito por antecipação da receita, para atender a insuficiências de caixa.
a) Apenas I.
b) Apenas II e III.
c) Apenas I e IV.
d) Apenas I, III e IV.
e) I, II, III e IV.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 37/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400701 Ano: 2012 Banca: FCC Instituição: TRE-PR Cargo: Analista Judiciário - Contabilidade

149- A disciplina da ciência econômica que estuda as relações econômicas do Governo com a sociedade é conhecida
modernamente como Economia do Setor Público. Dentro dos paradigmas atuais dessa teoria, considere as afirmações a
seguir, relativas às funções que o Governo deve desempenhar em relação ao sistema econômico:

I. Se a economia estiver passando por um ciclo de expansão que está pressionando a estabilidade dos preços, o Governo
deve diminuir os impostos ou aumentar os gastos, ou ainda adotar uma combinação dessas duas medidas.

II. O Governo deve atuar na correção das desigualdades da distribuição de renda da economia, através de medidas que
aumentem a progressividade do sistema tributário e ampliando as despesas que beneficiam as classes de renda mais baixa.

III. O Governo dever prover a produção de bens públicos, cujo fornecimento pelo mecanismo tradicional de mercado é
impossível, uma vez que as pessoas que não querem pagar por eles não podem ser excluídas de seu consumo.

IV. O Governo deve abster-se de produzir bens semi-públicos, tais como educação e saúde, mesmo que sejam bens que
apresentam grandes externalidades positivas.

Está correto o que se afirma APENAS em


a) I e II.
b) II e III.
c) I e III.
d) I e IV.
e) II e IV.

Questão: 400702 Ano: 2012 Banca: FCC Instituição: Prefeitura de São Paulo - SP Cargo: Auditor Fiscal do Município - Gestão Tributária -
Prova 4

150- Determinado ente, diante da insuficiência de caixa no início do exercício financeiro para cumprir com as despesas
destinadas à segurança pública, atendendo a todos os requisitos exigidos na Lei de Responsabilidade Fiscal, realiza operação
de crédito por antecipação de receita, contraindo empréstimo com instituição financeira. Esta medida adotada pelo ente é
considerada
a) crédito adicional extraordinário.
b) receita derivada.
c) receita originária.
d) entrada provisória.
e) empréstimo compulsório.

Questão: 400703 Ano: 2012 Banca: CESPE Instituição: ANAC Cargo: Analista Administrativo - Área 2

151- Acerca das funções do Estado, dos objetivos da política fiscal e do déficit público, julgue os itens seguintes.

O déficit público de pleno emprego corresponde à diferença entre as receitas e os gastos estimados em um contexto
econômico de níveis normais de desemprego e de utilização da capacidade produtiva.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400704 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental

152- A alternativa correta quanto o cálculo do déficit operacional é:


a) São incluídas todas as receitas, mas excluído, na parte das despesas, o pagamento de juros
b) É representado pela soma do resultado primário com as despesas com juros reais.
c) É representado pela soma do resultado primário com as despesas com juros nominais.
d) Não registra os gastos primários e o pagamento de juros reais.
e) Representa o déficit total do setor público, em que são registradas todas as despesas e receitas.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 38/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400705 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental

153- De acordo com a teoria da tributação, pelo conceito de simplicidade:


a) cada contribuinte deve contribuir com uma parcela justa para cobrir os custos do governo.
b) quem recebe mais renda deve pagar uma proporção maior de impostos relativamente às pessoas de baixa renda.
c) o sistema tributário não deve provocar uma distorção da alocação de recursos, prejudicando a eficiência do sistema.
d) relaciona-se à facilidade da operacionalização da cobrança do tributo.
e) a oferta agregada cria sua própria demanda.

Questão: 400706 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental

154- O período de tempo em que se processam as atividades típicas do orçamento público, desde sua concepção até sua
apreciação final, denomina-se:
a) plano plurianual
b) lei de diretrizes orçamentárias
c) processo orçamentário
d) processo inflacionário
e) lei orçamentária anual

Questão: 400707 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista de Planejamento e Orçamento

155- No caso da existência de um alto nível de infiação, decorrente de um excesso de demanda agregada, o Governo deverá
agir em termos de política fiscal, promovendo a seguinte decisão:
a) redução da alíquota de impostos
b) aumento de seus gastos em consumo
c) aumento de seus gastos em investimentos
d) desvalorização cambial
e) aumento da alíquota de impostos

Questão: 400708 Ano: 2012 Banca: CEPERJ Instituição: SEPLAG-RJ Cargo: Analista de Planejamento e Orçamento

156- Um instrumento fiscal adequado para o ajustamento da distribuição de renda é a (o):


a) tributação regressiva
b) tributação progressiva
c) tributação proporcional
d) aumento da taxa de juros
e) valorização cambial

Questão: 400709 Ano: 2012 Banca: CESPE Instituição: TJ-RO Cargo: Analista Judiciário - Economia

157- Assinale a opção correta, a respeito das relações comerciais efinanceiras do Brasil com outros países.
a) Apesar da importância da China no comércio internacional, o Brasil ainda não conseguiu ter aquele país como um
importante destino de suas exportações.
b) A Associação Latino-Americana de Livre Comércio (ALALC) tem o objetivo de estabelecer o livre comércio entre os países
da América Latina, por intermédio de um acordo de eliminação de barreiras comerciais firmado em 1988.
c) A Associação Latino-Americana de Integração (ALADI) foi um acordo firmado em 1960, mas sofreu os obstáculos do
desenvolvimento da maior parte dos países latino americanos.
d) Sob a ALADI, firmou-se um acordo de eliminação de barreiras comerciais e de criação de uma tarifa externa comum entre
oBrasil e a Argentina.
e) Uma mudança importante nas relações comerciais brasileiras com outros países foi a criação do MERCOSUL. Entretanto,
esse acordo não dinamizou as relações comerciais entre Brasil e Argentina

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 39/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400711 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

158- Em relação aos bens públicos é correto afirmar que:


a) o seu uso é indivisível, que é praticamente impossível se excluir um indivíduo do seu usufruto e que os consumidores não
fazem lances que revelem suas preferências por tais bens.
b) são bens rivais e que é impossível se excluir um indivíduo do seu usufruto.
c) o seu uso é indivisível, e que, entretanto, os consumidores fazem lances revelando as suas preferências por eles.
d) é possível se excluir um indivíduo do seu usufruto, mas que os consumidores não fazem lances que revelam suas
preferências por eles.
e) são usufruídos por consumidores caronas que, ao fazê-lo, excluem outras pessoas do seu consumo.

Questão: 400712 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

159- Segundo Aliomar Baleeiro, o crédito público inclui-se entre os vários processos de que o Estado pode lançar mão para
obtenção de fundos, como método fiscal, ou para outros fins extrafiscais. Não se equipara a uma operação de crédito:
a) a captação de recursos a título de antecipação de receita de tributo ou contribuição cujo fato gerador ainda não tenha
ocorrido.
b) o recebimento antecipado de valores de empresa em que o Poder Público detenha, direta ou indiretamente, a maioria do
capital social com direito a voto, salvo lucros e dividendos, na forma da legislação.
c) a assunção de obrigação entre pessoas jurídicas (administração direta, fundos, autarquias, fundações e empresas estatais
dependentes) integrantes do mesmo Estado, Distrito Federal ou Município.
d) a assunção direta de compromisso, a confissão de dívida ou operação assemelhada, com fornecedor de bens,
mercadorias ou serviços, mediante emissão, aceite ou aval de título de crédito.
e) a assunção de obrigação, sem autorização orçamentária, com fornecedores para pagamento a posteriori de bens e
serviços.

Questão: 400713 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

160- Assumindo que a proporcionalidade faça com que as pessoas com capacidade contributiva distinta paguem impostos
pela mesma alíquota, está correto afirmar que:
a) a progressividade não se confunde com proporcionalidade.
b) a progressividade faz com que bases de cálculo diferentes sofram incidência de alíquota de mesma percentagem.
c) no caso de regressividade, a razão entre o imposto cobrado e o objeto da incidência (patrimônio, renda ou atividade) seja
crescente.
d) a regressividade implique a imposição de alíquotas idênticas sobre contribuintes de capacidade contributiva distinta.
e) no caso de progressividade, a razão entre o objeto da incidência (patrimônio, renda ou atividade) e o respectivo imposto
cobrado seja crescente.

Questão: 400714 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

161- O artigo 24 da Constituição Federal trata da legislação concorrente entre os entes da Federação. Em relação ao direito
financeiro é correto afirmar que:
a) todos os entes da federação têm competência para a emissão de normas gerais.
b) a emissão de normas gerais pelo ente de maior grau da Federação exclui a competência de outros entes sobre o assunto.
c) inexistindo legislação federal, os estados passam a ter competência plena em legislação financeira.
d) no caso de legislação federal concorrente posterior à estadual, esta última não perde a sua eficácia.
e) no âmbito da legislação concorrente, a competência da União não se limita somente à emissão de normas gerais.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 40/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400715 Ano: 2011 Banca: CESGRANRIO Instituição: BNDES Cargo: Profissional Básico - Economia

162- Uma economia cresce sem inflação. A razão Dívida Pública ÷ Produto Interno Bruto (D ÷ PIB) aumentará continuamente
se não houver um valor mínimo de Superavit Primário (S) do setor público, expresso em relação ao Produto Interno Bruto (S ÷
PIB).

Não ocorrendo alteração nas demais variáveis relevantes, esse valor mínimo de S ÷ PIB será menor se o(a)
a) grau de abertura para o exterior da economia for menor.
b) valor inicial da relação D ÷ PIB for maior.
c) consumo privado em relação ao PIB for menor.
d) taxa de juros da economia for menor.
e) taxa de crescimento do PIB real da economia for menor.

Questão: 400716 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

163- A discriminação das rendas pelo produto da arrecadação na forma da transferência do Fundo de Participação dos
Municípios, dado que suas regras sejam observadas, pode ser classificada como:
a) constitucional, discricionária e indireta.
b) constitucional, obrigatória e indireta.
c) constitucional, voluntária e indireta.
d) constitucional, obrigatória e direta.
e) constitucional, voluntária e direta.

Questão: 400717 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

164- O desempenho de um programa de combate à desnutrição infantil do Município X é monitorado e avaliado por meio de
um indicador que aponta o número de crianças com desnutrição grave ou modera, entre 3 e 59 meses. Esse indicador de
incidência declinou de 1,5% da população ao final do primeiro ano para 1,3% ao final do segundo ano. Entretanto execução da
despesa orçamentária com as ações desse programa foi igual nos dois exercícios financeiros. A redução no indicador foi
alcançada graças à seleção mais adequada dos beneficiários e à melhoria na sua logística. Considerando as informações
acima, pode- se afirmar que o programa foi:
a) eficiente, eficaz e efetivo.
b) apenas eficiente e eficaz.
c) apenas eficiente e efetivo.
d) apenas efetivo e eficaz.
e) apenas eficiente.

Questão: 400719 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

165- A Constituição Federal de 5 de outubro de 1988 inovou quando introduziu em seus dispositivos orçamentários:
a) a Lei de Diretrizes Orçamentárias.
b) o princípio da universalidade.
c) a possibilidade de a Lei Orçamentária conter autorização para operações de crédito por antecipação da receita.
d) a impossibilidade de concessão de créditos ilimitados.
e) o elenco de hipóteses para abertura de créditos extraordinários.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 41/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400720 Ano: 2011 Banca: CESGRANRIO Instituição: BNDES Cargo: Profissional Básico - Economia

166- Suponha que o governo crie um novo imposto de R$ 10,00 por unidade vendida no mercado do bem Y. Os vendedores
vão fazer a coleta fiscal para o governo.

A figura abaixo mostra as curvas de demanda (D) e de oferta (S) do bem Y, antes do imposto; a oferta é totalmente inelástica.

Após a vigência do imposto, o preço pago pelos compradores aos vendedores e a receita obtida pelo governo com o imposto,
ambos expressos em reais, serão, respectivamente,
a) 90 e 200
b) 90 e 210
c) 100 e 200
d) 110 e 190
e) 110 e 200

Questão: 400721 Ano: 2011 Banca: IADES Instituição: PG-DF Cargo: Analista Jurídico - Administração

167- QUE CORTE?

Mesmo com o ajuste orçamentário de 50 bilhões de reais anunciado na semana passada, o orçamento para este ano segue
mais inflado que o de 2010.
Revista Veja. Ed. 2204, pág. 70, de 16 de fevereiro de 2011.

De acordo com o Ministério do Planejamento e o Ministério da Fazenda, o Governo Federal realizará um corte no orçamento.
Qual é o objetivo prioritário do corte?
a) Diminuir despesas primárias, consecutivamente os juros.
b) Cobrir o déficit previdenciário anunciado no início deste governo.
c) Diminuir o superávit primário.
d) Controlar a inflação.
e) Diminuir os impostos.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 42/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400722 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

168- Em relação às condições para que um município receba Transferências Voluntárias de outro ente da Federação,
considere as seguintes afirmativas.
I. A existência de dotação específica.

II. A aplicação, por parte desse Município receptor, no mínimo, de 25 % receita resultante de impostos, compreendida a
proveniente de transferências, na manutenção e desenvolvimento do ensino.

III. A aplicação, por parte desse Município receptor, no mínimo, de 12% do da arrecadação dos impostos a que se refere o
artigo 156 e dos recursos de que tratam os artigos 158 e 159, inciso I, alínea b e §3º, anualmente, em ações e serviços
públicos de saúde.

IV. A comprovação, por parte desse Município receptor, da observância dos limites das Dívidas Mobiliária e Consolidada.

V. A comprovação, por parte desse Município receptor, de previsão orçamentária de contrapartida.


Estão corretas as afirmativas:
a) I, II, III e IV.
b) II, III, IV e V.
c) I, II, IV e V.
d) I, II, III e V.
e) I, III, IV e V.

Questão: 400723 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

169- Em relação às disposições constitucionais sobre controle interno, observe as seguintes afirmativas:
I. Em caso de irregularidade comprovada, os responsáveis pelo controle interno poderão ser responsabilizados solidariamente.
II. O controle interno deve apoiar o controle externo no exercício de sua missão institucional.
III. Os partidos políticos não são partes legítimas para, na forma da lei, denunciar irregularidades ou ilegalidades perante o
Tribunal de Contas da União.
IV. O controle interno deve avaliar o cumprimento das metas previstas no Plano Plurianual.
V. O controle interno deve exercer o controle das operações de crédito, avais e garantias, bem como dos direitos e haveres.
Estão corretas as alternativas
a) I, II, III e IV.
b) II, III, IV e V.
c) I, II, IV e V.
d) I, II, III e V.
e) I, III, IV e V.

Questão: 400724 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

170- Dentre as alternativas a seguir, a que melhor explica as decisões de crescimento dos gastos públicos de acordo com os
diferenciais de produtividade é a que afirma que:
a) se assumindo o eleitor mediano como o economicamente mais fraco, ele procurará maximizar a sua renda, ainda que
indiretamente.
b) o crescimento dos gastos se dá muito mais em função das possibilidades de obtenção de recursos do que dos fatores que
explicam o crescimento da demanda.
c) à medida que cresce o nível de renda dos países industrializados, o setor público cresce sempre a taxas mais elevadas.
d) o governo aproveita a ocorrência de perturbações sociais e econômicas para expandir seus gastos.
e) se a produtividade evolui mais rapidamente no setor privado, a manutenção na oferta de bens públicos, então
tecnologicamente defasados, demandaria ainda mais investimentos, tornando-o mais caro.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 43/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400725 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

171- São princípios constitucionais da ordem econômica, conforme o artigo 170 da Carta Magna:
a) a soberania nacional, a propriedade privada e a prestação de contas .
b) a moralidade, a livre concorrência e a defesa do consumidor.
c) a redução das desigualdades regionais e sociais; a capacidade contributiva e a função social da propriedade.
d) a eficiência, a livre concorrência e a defesa do meio ambiente.
e) a defesa do meio ambiente, a livre concorrência e a soberania nacional.

Questão: 400726 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

172- De acordo com o Plano Diretor de 1995 do Ministério da Administração e Reforma do Estado, não era um objetivo da
Reforma do Aparelho do Estado:
a) aumentar a governança do Estado.
b) limitar a ação do Estado àquelas funções que lhe são próprias.
c) transferir da União para os estados e municípios as ações de caráter local.
d) dar continuidade ao processo de privatização pelo Conselho de Desestatização.
e) suspender os contratos de gestão nas empresas que não pudessem ser privatizadas.

Questão: 400727 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

173- Considerando o modelo de avaliação do Plano Plurianual (PPA) do Governo Federal para o período 2008-2011, a
alternativa que expressa, de modo mais completo, o conteúdo que os relatórios anuais de avaliação devam evidenciar é:
a) programas com indicadores que descrevam a situação no início do PPA, chamados de linhas de base são seguidos por
indicadores de referência, os quais expressem a situação mais recente do problema e sua data de apuração e projetem,
mediante seus índices previstos para o final do período do PPA, os resultados de uma intervenção na realidade.
b) programas com indicadores que descrevam a situação no início do PPA, chamados de linhas de base são seguidos por
indicadores de referência, os quais expressem a situação mais recente do problema demonstrando assim, os resultados de
uma intervenção na realidade.
c) programas com indicadores de referência expressem a situação atual do problema e sua data de apuração e projetam,
mediante seus índices previstos para o final do período do PPA, os resultados de uma intervenção na realidade.
d) programas com as chamadas linhas de base expressam a situação mais recente do problema e sua data de apuração e
projetam, mediante seus índices previstos para o final do período do PPA, os resultados de uma intervenção na realidade.
e) programas com indicadores que descrevam a situação inicial, chamados de linhas de base são seguidos por indicadores
de referência, os quais expressem a situação mais recente do problema e sua data de apuração.

Questão: 400728 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

174- Assinale a opção que contém apenas receitas correntes:


a) receita tributária, receita de operações de crédito, receita de contribuições, receita patrimonial e receita agropecuária.
b) receita tributária, receita de contribuições, receita da alienação de bens, receita agropecuária, receita de serviços e receita
de transferências correntes.
c) receita de contribuições, receita patrimonial, receita agropecuária, receita de serviços e receita de transferências correntes.
d) receita de contribuições, receita da alienação de bens, receita de serviços, receita de transferências correntes e receita da
amortização de empréstimos.
e) receita tributária, receita de contribuições, receita patrimonial, receita agropecuária, receita de serviços, receita de
transferências correntes e receita da amortização de empréstimos.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 44/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400729 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

175- A Constituição Federal fundamenta a ordem econômica:


a) na valorização do trabalho humano e na iniciativa privada.
b) no fortalecimento do Estado e na valorização da iniciativa privada.
c) no planejamento econômico racional por meio da burocracia estatal para a correção de possíveis falhas de mercado.
d) na valorização da iniciativa privada e do Estado como seu complemento.
e) no equilíbrio e na universalidade.

Questão: 400732 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

176- Para a constituição de um título executivo extrajudicial, no caso uma Certidão da Dívida Ativa, são necessários graus
sucessivos de eficiência da obrigação, com exceção:
a) da ocorrência do fato gerador.
b) da determinação da matéria tributável e do montante devido.
c) da identificação do sujeito passivo.
d) da cobrança amigável.
e) do vencimento do prazo.

Questão: 400733 Ano: 2011 Banca: FMP-RS Instituição: TCE-RS Cargo: Auditor Público Externo - Economia

177- O sistema de custos na administração pública está fundamentado no artigo 99 da Lei nº 4.320/ 1964, no artigo 79 do
Decreto-Lei 200/ 1967 e no artigo 50 da Lei Complementar 101/ 2000. Apesar disso, foi a partir do Acórdão nº 1.078/ 2004 do
TCU que a União passou a empreender esforços mais concretos na consecução de tal sistema, e, em 2005 foi criada a
Comissão Interministerial de Custos. Entre 2008 e 2010 foi desenvolvido o Sistema de Custos do Governo Federal. Analise as
afirmativas abaixo:
I. Enquanto a contabilidade governamental não utilizar plenamente o regime de competência serão necessários ajustes para
se apurarem os custos.

II. A despesa liquidada é a variável a partir da qual se devem realizar os ajustes conceituais necessários para se chegar à
informação de custos.

III. No setor público, a distinção entre o custo dos produtos e serviços e a despesa do período é irrelevante já que o objetivo é
apurar o custo dos serviços públicos prestados no período e o pressuposto é a inexistência de estoques de serviços ou
produtos.

IV. Os gastos com obras de conservação e adaptação de bens imóveis, que geram benefícios por mais de um exercício
financeiro, que são classificados como despesas de custeio, não necessitam de reclassificação para a apuração dos custos
dos serviços prestados.

V. Os gastos com pessoal do quadro da entidade, mesmo quando aplicados em investimento, estarão sempre classificados no
grupo das despesas correntes, sendo, portanto, necessário identificá-los e reclassificá-los.
Em relação ao sistema de custos do governo federal estão corretas as afirmativas:
a) I, II, III e IV.
b) I, II, III e V.
c) I, II, IV e V.
d) II, III, IV e V.
e) I, III, IV e V.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 45/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400734 Ano: 2010 Banca: FEPESE Instituição: SEFAZ-SC Cargo: Analista Financeiro - Parte II

178- Tratando-se das Finanças Públicas, identifique os itens abaixo como Permitido ( P ) ou Vedado ( V ).

( ) Concessão ou utilização de créditos ilimitados.

( ) Lei complementar sobre Dívida pública externa e interna, incluída a das autarquias, fundações e demais entidades
controladas pelo Poder Público.

( ) Lei complementar sobre emissão e resgate de títulos da dívida pública.

( ) Transposição, o remanejamento ou a transferência de recursos de uma categoria de programação para outra ou de um


órgão para outro, sem prévia autorização legislativa.

( ) Utilização, sem autorização legislativa específica, de recursos dos orçamentos fiscal e da seguridade social para suprir
necessidade ou cobrir déficit de empresas, fundações e fundos, inclusive dos mencionados no art. 165, § 5º.

Assinale a alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo.


a) V-V-P-P-P
b) P-P-P-P-V
c) V-P-P-V-V
d) P-V-P-V-P
e) V-P-V-P-V

Questão: 400735 Ano: 2010 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista em Planejamento, Orçamento e Finanças Públicas - Prova 2

179- Um país adota o regime de câmbio fixo, permite livre movimentação de capitais estrangeiros e está enfrentando déficit
em seu balanço de pagamentos. Para restabelecer o equilíbrio externo, ele deve promover a
a) redução dos gastos do governo.
b) elevação da base monetária.
c) redução da taxa de reservas compulsórias.
d) venda de títulos públicos.
e) elevação da tributação.

Questão: 400736 Ano: 2010 Banca: PUC-PR Instituição: COPEL Cargo: Administrador Júnior - Curitiba

180- Os irmãos Luciana e Mário são candidatos inscritosem um concurso público. Como estudaramindividualmente e têm
aptidões diferentes, suasprobabilidades de aprovação são, respectivamente,40% e 30%.Com base nessa informação, é
CORRETO afirmarque:
a) A probabilidade de que ambos sejam aprovados é 70%.
b) A probabilidade de que apenas um deles seja aprovado corresponde a 46%.
c) A probabilidade de que ambos sejam aprovados é 10%.
d) A probabilidade de que apenas Luciana seja aprovada é 18%.
e) A probabilidade de que apenas Mário seja aprovado é 28%.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 46/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400737 Ano: 2010 Banca: PUC-PR Instituição: COPEL Cargo: Administrador Júnior - Curitiba

181- Considere as tabelas abaixo para responder àsquestões referentes ao INSS e ao Imposto de Renda,relativos a
segurados empregados, inclusivedomésticos e trabalhadores avulsos, durante o anode 2009:
I.O valor máximo de INSS descontado para umfuncionário

de uma empresa privada com umsalário de R$ 9.000,00 é de R$ 354,08.II.O valor exato de INSS descontado para
umfuncionário de uma empresa privada com umsalário de R$ 9.000,00 é de R$ 990,00.III.Para o cálculo do Imposto de Renda
de umfuncionário que ganha um salário de R$3.400,00, deve-se primeiro deduzir R$ 483,84 edepois aplicar a alíquota de
22,5%IV.Um funcionário que ganha um salário de R$1.434,59, não paga Imposto de Renda nemINSS
a) Apenas as assertivas I, II e III estão corretas.
b) Apenas as assertivas I e II estão corretas.
c) Todas as assertivas estão corretas.
d) Apenas a assertiva I está correta.
e) Apenas a assertiva II está correta.

Questão: 400738 Ano: 2010 Banca: PUC-PR Instituição: COPEL Cargo: Administrador Júnior - Curitiba

182- Sobre Finanças Públicas, indique a única alternativaINCORRETA.


a) O déficit primário do governo é uma medida de resultado fiscal que representa a ampliação da dívida do governo em
decorrência de execução de despesas primárias em montante superior ao valor das receitas primárias.
b) A finalidade do conceito de Resultado Primário é indicar se os níveis de gastos orçamentários dos entes federativos são
compatíveis com sua arrecadação, ou seja, se as Receitas Primárias são capazes de suportar as Despesas Primárias.
c) Resultado nominal é a diferença entre todas as receitas arrecadadas e todas as despesas empenhadas, incluindo os juros
e o principal da dívida e ainda acrescentando as receitas financeiras.
d) No cálculo do resultado primário são consideradas as receitas financeiras.
e) No cálculo do resultado primário não são consideradas as receitas financeiras.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 47/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400739 Ano: 2010 Banca: PUC-PR Instituição: COPEL Cargo: Administrador Júnior - Curitiba

183- O tema Liderança tem ocupado espaço significativono contexto atual, tanto no ambiente acadêmicoquanto no ambiente
empresarial, uma vez querepresenta a capacidade de influenciar ocomportamento de pessoas em direção ao alcancede
objetivos. Nesse contexto, vários autoresdedicaram esforços para explicar, por meio deteorias, como os líderes obtêm sucesso
na busca porresultados organizacionais.Considerando que o estudo da liderança está muitoligado ao entendimento dos
mecanismos dainfluência entre líderes e seguidores, avalie asseguintes teorias e estilos gerenciais:I.Líderes transacionais são
aqueles que conduzemou motivam seus seguidores na direção dasmetas estabelecidas por meio do esclarecimentodos papéis
e das exigências das tarefas.II.Líderes transformacionais são aqueles queoferecem consideração individualizada e
estímulointelectual a seus liderados, além de possuíremcarisma.III.Líderes carismáticos são perceptivos em relaçãoàs
capacidades dos outros, mas têm dificuldadespara fazer avaliações realistas das limitaçõesambientais e dos recursos
necessários para arealização da mudança.IV.A liderança visionária é a capacidade de tornar aMissão da empresa e suas
competênciasessenciais em ações concretas no presente.
a) Apenas as assertivas I e II estão corretas.
b) Apenas as assertivas I, II e III estão corretas.
c) Apenas a assertiva I está correta.
d) Todas as assertivas estão corretas.
e) Apenas a assertiva II está correta.

Questão: 400740 Ano: 2010 Banca: PUC-PR Instituição: COPEL Cargo: Administrador Júnior - Curitiba

184- Dadas as assertivas abaixo escolha a alternativaCORRETA.I.A racionalização taylorista do trabalho prejudica
aaprendizagem nas organizações.II.A aprendizagem organizacional implicaquestionamentos e mudança dos padrões eformas
de comportamento nas organizações,gerando inovação.III.As organizações em aprendizagem devempromover a análise
crítica de seus procedimentose de seus pressupostos de base.IV.As organizações em aprendizagem devemestabelecer regras
rígidas de procedimentostécnicos e administrativos.
a) Apenas as assertivas I e IV estão corretas.
b) Apenas a assertiva I está correta.
c) Apenas as assertivas I, II e III estão corretas.
d) Apenas a assertiva II está correta.
e) Todas as assertivas estão corretas.

Questão: 400741 Ano: 2010 Banca: PUC-PR Instituição: COPEL Cargo: Administrador Júnior - Curitiba

185- São princípios jurídicos incidentes nas licitações:


a) Legalidade, impessoalidade, moralidade, igualdade e publicidade.
b) Legalidade, improbidade administrativa, moralidade, autodeterminação e publicidade.
c) Impessoalidade, igualdade, irretroatividade, anterioridade e autodeterminação.
d) Impessoalidade, improbidade administrativa, publicidade, legalidade e anterioridade.
e) Legalidade, anterioridade, moralidade, isonomia e capacidade contributiva.

Questão: 400742 Ano: 2010 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista em Planejamento, Orçamento e Finanças Públicas - Prova 2

186- Em 2009, o Governo Federal promoveu a reestruturação da tabela de faixas de rendimentos e alíquotas do imposto de
renda das pessoas físicas, em resposta à crise financeira internacional. Em relação a essa medida de política tributária, é
correto afirmar que
a) o governo utilizou um instrumento de política econômica visando cumprir sua função estabilizadora.
b) o princípio da progressividade foi temporariamente deixado em segundo plano, em favor da recuperação da atividade
econômica.
c) a medida não foi eficaz, pois como se destinou às pessoas físicas, não conseguiu estimular a expansão ou manutenção do
nível de emprego.
d) a medida não produziu efeitos anticíclicos porque a renda pessoal disponível da economia permaneceu a mesma.
e) o governo utilizou um instrumento visando cumprir sua função alocativa, induzindo as empresas a produzirem mais bens
de consumo não duráveis.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 48/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400743 Ano: 2010 Banca: CESPE Instituição: ABIN Cargo: Agente Técnico de Inteligência – Área de Contabilidade

187- As externalidades positivas ou negativas são os efeitos diretos e indiretos sobre determinados agentes do sistema
econômico e decorrem de transações sobre as quais esses agentes não exercem controle.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400744 Ano: 2010 Banca: NCE-UFRJ Instituição: UFRJ Cargo: Contador

188- Para o desenvolvimento das funções do Estado, é necessário obter os meios necessários, o que é denominado
atividade fnanceira do Estado.
Essa atividade fnanceira é:
a) toda a atividade de administração da receita frente às despesas, seguindo normas constitucionais, administrativas,
contábeis, orçamentárias e específcas de direito fnanceiro;
b) a aplicação de certa quantia, em dinheiro, por parte da autoridade competente, com autorização legislativa, para execução
de função ou atividade estatal;
c) a atuação estatal voltada para obter, gerir e aplicar os recursos fnanceiros necessários à consecução das fnalidades do
Estado;
d) o controle detalhado de entrada e saída de recursos nos cofres públicos;
e) o planejamento que envolve o quanto se espera arrecadar de receitas públicas, o quanto se pretende aplicar em despesas
públicas.

Questão: 400745 Ano: 2010 Banca: PUC-PR Instituição: COPEL Cargo: Administrador Júnior - Curitiba

189- Conforme estabelece a Lei Complementar n° 101, de04 de maio de 2000, sobre normas de finançaspúblicas voltadas
para a responsabilidade na gestãofiscal, analise as assertivas a seguir:I.Essa lei está amparada em dispositivos
daConstituição Federal.II.A responsabilidade na gestão fiscal pressupõe aação planejada e transparente, em que seprevinem
riscos e corrigem desvios capazes deafetar o equilíbrio das contas públicas, medianteo cumprimento de metas de resultados
entrereceitas e despesas e a obediência a limites econdições no que tange à renúncia de receita,geração de despesas com
pessoal, daseguridade social e outras, dívidas consolidada emobiliária, operações de crédito, inclusive porantecipação de
receita, concessão de garantia einscrição em Restos a Pagar.III.A criação, expansão ou aperfeiçoamento de
açãogovernamental que acarrete aumento da despesaserá acompanhado de: estimativa do impactoorçamentário-financeiro no
exercício em quedeve entrar em vigor e nos dois subseqüentes;declaração do ordenador da despesa de que oaumento tem
adequação orçamentária efinanceira com a lei orçamentária anual,em comocompatibilidade com o plano plurianual e com alei
de diretrizes orçamentárias.É CORRETO o que se afirma em:
a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas III.
d) I e II.
e) I, II e III.

Questão: 400746 Ano: 2010 Banca: PUC-PR Instituição: COPEL Cargo: Administrador Júnior - Curitiba

190- Dadas as assertivas abaixo escolha a alternativaCORRETA.I.O Manual de Organização é o documento formaldas
atividades e do respectivo organograma daempresa.II.Organograma é a representação gráfica dealguns aspectos da estrutura
da empresa.III.Departamentalização é o agrupamento, deacordo com um critério específico dehomogeneidade, das atividades
ecorrespondentes recursos ? humanos,financeiros, tecnológicos, materiais eequipamentos ? em unidades
organizacionais.IV.A departamentalização territorial apresenta comodesvantagem a diminuição de instalações e depessoal, se
não houver um planejamento muitoefetivo.
a) Apenas as assertivas I, II e III estão corretas.
b) Apenas a assertiva I está correta.
c) Apenas a assertiva IV está correta.
d) Apenas as assertivas I e III estão corretas.
e) Todas as assertivas estão corretas.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 49/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400747 Ano: 2010 Banca: NCE-UFRJ Instituição: UFRJ Cargo: Contador

191- De acordo com Professor Lino Martins da Silva (2009), para cumprir duas finalidades, o Estado contemporâneo
desempenha algumas funções, que compreendem:
a) função normativa, função disciplinadora e função executiva;
b) função normativa, função conciliadora e função executiva;
c) função legislativa, função mediadora e função administrativa;
d) função legislativa, função administrativa e função conciliadora;
e) função mediadora, função administrativa e função jurisdicional.

Questão: 400748 Ano: 2010 Banca: CESPE Instituição: ABIN Cargo: Agente Técnico de Inteligência – Área de Contabilidade

192- A ação do governo por meio da política fiscal abrange as funções alocativa, distributiva e fiscalizadora.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400749 Ano: 2010 Banca: ESAF Instituição: SUSEP Cargo: Analista Técnico - Prova 2 - Atuária

193- A estrutura a termo de taxas de juros vigente no mercado em um momento qualquer deve ser construída com o uso dos
seguintes dados, para títulos com o mesmo grau de risco de crédito:
a) taxas de juros de mercado de títulos de curto, médio e longo prazo de vencimento.
b) taxas de juros contratadas de títulos de curto, médio e longo prazo de vencimento.
c) taxas de desconto estimadas de títulos do tipo zero coupon.
d) taxas de juros de mercado de títulos de curto prazo, negociados com desconto do valor de face.
e) taxas de juros de mercado de títulos com durations curtas, médias e longas.

Questão: 400750 Ano: 2010 Banca: PUC-PR Instituição: COPEL Cargo: Administrador Júnior - Curitiba

194- Dadas as assertivas abaixo escolha a alternativaCORRETA.I.A área de operações é a responsável pormaterializar, por
meio da gestão do processo detransformação de insumos e recursos emprodutos e serviços concretos, as necessidades eos
desejos dos clientes.II.A área de operações é exclusiva de ambientesindustriais.III.A área de operações de um ambiente
industrialproduz bens tangíveis e duráveis na maior partedo tempo.IV.A área de operações de um ambiente industrialproduz
bens intangíveis e descartáveis na maiorparte do tempo.
a) Apenas as assertivas I e III estão corretas.
b) Apenas a assertiva I está correta.
c) Apenas a assertiva II está correta.
d) Apenas as assertivas I e II estão corretas.
e) Todas as assertivas estão corretas.

Questão: 400751 Ano: 2010 Banca: PUC-PR Instituição: COPEL Cargo: Administrador Júnior - Curitiba

195- A lei de responsabilidade fiscal (lei complementar n°101/2000) determina que a despesa total compessoal, em cada
período de apuração e em cadaente da federação, NÃO DEVE EXCEDER OSpercentuais da receita corrente líquida (RCL) a
seguirdiscriminados:
a) União (50% da RCL); Estados (50% da RCL) e Municípios (50% da RCL).
b) União (60% da RCL); Estados (50% da RCL) e Municípios (50% da RCL).
c) União (60% da RCL); Estados (60% da RCL) e Municípios (60% da RCL).
d) União (50% da RCL); Estados (60% da RCL) e Municípios (60% da RCL).
e) União (40% da RCL); Estados (50% da RCL) e Municípios (60% da RCL).

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 50/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400753 Ano: 2010 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista em Planejamento, Orçamento e Finanças Públicas - Prova 2

196- Em um país de economia fechada foi feito o diagnóstico de que a dívida interna está crescendo devido a sucessivos
déficits primários nas contas públicas. Para sanar esse problema, o governo decidiu reduzir seus gastos de custeio. Neste
caso, mantendo-se todas as demais políticas constantes, é de se esperar que
a) a dívida pública continue se elevando, pois ocorrerá um aumento da taxa de juros da economia.
b) o produto se expanda, pois ocorrerá um decréscimo da taxa de juros da economia.
c) o produto e o emprego se elevem, pois a iniciativa privada ocupará o espaço deixado pelo governo.
d) a dívida pública decline, pois a taxa de juros da economia se tornará negativa.
e) o desemprego e a diminuição de renda ocorram, apesar da retração da taxa de juros da economia.

Questão: 400754 Ano: 2010 Banca: FCC Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista em Planejamento, Orçamento e Finanças Públicas - Prova 2

197- O principal instrumento de ação estatal na economia é o orçamento público, cujas funções, coincidentes com as próprias
funções do Estado, classicamente, são divididas em alocativa, distributiva e estabilizadora. Sobre este assunto, considere:

I. A atividade estatal na alocação de recursos justifica-se naqueles casos em que não houver a necessária eficiência por parte
do mecanismo da ação privada, como no caso de investimentos em infraestrutura econômica.

II. O sistema de mercado não tem a mesma eficiência na provisão de bens públicos, como na de bens privados, daí a
necessidade de atuação do Estado na prestação de serviços de segurança pública, por exemplo.

III. A manutenção de elevado nível de emprego e a estabilidade nos níveis de preços configuram o campo de ação da função
distributiva.

IV. Os tributos progressivos sobre as classes de renda mais elevada e as transferências de recursos paras as classes de
renda mais baixa são mecanismos fiscais para viabilização das políticas públicas de distribuição de renda.

Está correto o que se afirma APENAS em


a) I, II e IV.
b) I, III e IV.
c) II, III e IV.
d) II e IV.
e) III e IV.

Questão: 400755 Ano: 2010 Banca: PUC-PR Instituição: COPEL Cargo: Administrador Júnior - Curitiba

198- Dadas as assertivas abaixo escolha a alternativaCORRETA.I.Produtividade mede a diferença entre aquantidade
produzida no ano X e no ano X+1.II.Produtividade é a relação entre os recursosutilizados e os resultados
obtidos.III.Produtividade é sinônimo de produção.IV.Produtividade não se aplica a organizações semfins lucrativos.
a) Apenas as assertivas III e IV estão corretas.
b) Apenas as assertivas I e II estão corretas.
c) Apenas a assertiva I está correta.
d) Apenas a assertiva II está correta.
e) Todas as assertivas estão corretas.

Questão: 400756 Ano: 2010 Banca: PUC-PR Instituição: COPEL Cargo: Administrador Júnior - Curitiba

199- Sobre o sistema PRICE para empréstimos efinanciamentos podemos AFIRMAR:


a) Os juros do sistema Price são crescentes.
b) As amortizações do sistema Price são decrescentes.
c) As prestações do sistema Price são crescentes.
d) As prestações do sistema Price são constantes.
e) O saldo devedor do sistema Price é constante.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 51/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400757 Ano: 2009 Banca: CESPE Instituição: ANTAQ Cargo: Analista Administrativo - Ciências Contábeis

200- Considere que o relatório resumido da execução orçamentária do governo federal tenha registrado, em 31 de dezembro
de 2008, R$ 17,6 bilhões de restos a pagar não processados referentes aos últimos exercícios, ainda não pagos. Nessa
situação, esse valor se justifica por meio de despesas autorizadas, referentes a serviços que ainda não foram prestados,
materiais ainda não entregues ou obras ainda não concluídas, ou a credores que ainda não se habilitaram devidamente, entre
outras situações similares.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400758 Ano: 2009 Banca: CESPE Instituição: ANTAQ Cargo: Analista Administrativo - Ciências Contábeis

201- O amplo rol de responsáveis nos processos de contas sujeitos ao julgamento do Tribunal de Contas da União (TCU)
compreende, no caso de autarquias, os responsáveis pela aprovação das prestações de contas de recursos concedidos
mediante convênio ou instrumentos afins.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400759 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: Receita Federal Cargo: Auditor Fiscal da Receita Federal - Prova 3

202- Com relação à descentralização fiscal no Brasil, indique a opção falsa.


a) Em meados dos anos 1990, o processo de descentralização fiscal foi aprofundado com a criação do Fundo de
Estabilização Fiscal (FEF).
b) O processo de descentralização, iniciado nos anos 1980 e aprofundado com a Constituição de 1988, teve basicamente
uma motivação política.
c) Com o agravamento da crise econômica e o processo de redemocratização do país ao fim dos anos 1970, as esferas
subnacionais de governo começaram sua luta pela descentralização tributária.
d) A partir da Constituição de 1988, a combinação de maiores receitas, com assunção de responsabilidades que inicialmente
eram da União, levou a soma de estados e municípios a ter uma participação crescente no total do gasto público do país.
e) A federação brasileira é marcada por expressivas disparidades sócio-econômicas que se refletem em diferentes
capacidades fiscais.

Questão: 400760 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista de Finanças e Controle - Prova 2

203- Os diversos bens existentes na economia são agrupados de acordo com dois critérios: exclusividade e rivalidade.
Segundo esses critérios, assinale a opção incorreta.
a) Bens públicos puros possuem duas características: a não rivalidade e a impossibilidade de exclusão de seu consumo.
b) Quando um bem é excludente mas não rival, diz-se que existe um monopólio natural para esse bem.
c) Os benefícios derivados dos bens semipúblicos, somente em parte se submetem ao princípio da exclusão e apenas
parcialmente são divisíveis.
d) A oferta de determinados bens, por meio do orçamento público, torna-se necessária quando eles são rivais ou se para
esses bens se aplica o princípio da exclusão.
e) Os bens privados são bens cujo consumo é rival, de maneira que o consumo desses bens, por um indivíduo, impossibilita
que outro indivíduo também os consuma.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 52/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400761 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista de Finanças e Controle - Prova 2

204- O objetivo da Contabilidade Nacional é fornecer uma aferição macroscópica do desempenho real de uma economia em
determinado período de tempo: quanto ela produz, quanto consome, quanto investe, como o investimento é fi nanciado, quais
as remunerações dos fatores de produção. Assim, baseado nos conceitos de Contas Nacionais, não se pode dizer que:
a) a Renda Nacional é igual ao Produto Nacional Líquido, a preço de mercado.
b) o Investimento corresponde ao acréscimo de estoque físico de capital, compreendendo a formação de capital fi xo mais a
variação de estoques.
c) a Renda Disponível do Setor Público corresponde ao total da arrecadação fi scal, deduzidos os subsídios e as
transferências ao setor privado.
d) a diferença entre a renda líquida enviada ao exterior e o saldo das importações e exportações de bens e serviços
não-fatores é chamada de Poupança Externa (Se).
e) o Produto afere o valor total da produção da economia em determinado período de tempo.

Questão: 400762 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista de Finanças e Controle - Prova 2

205- Assinale a opção falsa com relação aos Princípios Teóricos da Tributação.
a) Do ponto de vista do princípio do benefício, os impostos são vistos como preços que os cidadãos pagam pelas
mercadorias e serviços que adquirem por meio de seus governos, presumivelmente cobrados de acordo com os benefícios
individuais direta ou indiretamente recebidos.
b) A neutralidade, na ótica da alocação de recursos, deveria ser complementada pela equidade na repartição da carga
tributária.
c) O princípio da capacidade de pagamento sugere que os contribuintes devem arcar com cargas fiscais que representem
igual sacrifício de bem-estar, interpretado pelas perdas de satisfação no setor privado.
d) Não existem meios práticos que permitam operacionalizar o critério do benefício, por não ser a produção pública sujeita à
lei do preço.
e) A equidade horizontal requer que indivíduos com diferentes habilidades paguem tributos em montantes diferenciados.

Questão: 400763 Ano: 2009 Banca: FGV Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Fiscal de Rendas - Prova 1

206- Uma das mais importantes distorções do monopólio é derivada da capacidade de a empresa monopolista definir o preço
de mercado. Essa distorção é medida pela perda de bem estar social.
A respeito do texto acima, analise as afirmativas a seguir:

I. A perda de bem estar social é a diferença entre o bem estar sob o preço de equilíbrio num mercado competitivo e o
bem-estar sob o preço de monopólio.

II. A perda de bem estar social é tão maior quanto menor a elasticidade-preço do consumidor.

III. É possível que a perda de bem-estar social não decresça com a elasticidade-preço do consumidor.

Assinale:
a) se somente a afirmativa I estiver correta.
b) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.
c) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
d) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 53/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400764 Ano: 2009 Banca: FGV Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Fiscal de Rendas - Prova 1

207- O Estado, com o objetivo da tributação ótima, deve arrecadar uma dada receita tributária ao menor custo para a
sociedade. Como os contribuintes com maior capacidade contributiva terão como estratégia serem vistos como contribuintes
de menor capacidade contributiva e como os custos de fiscalização e punição são importantes, a tributação ótima
caracteriza-se por:
a) não se deixar pautar por estratégias de contribuintes que visam burlar o sistema tributário.
b) propor somente impostos tipo lump-sum (ou transferências fixas).
c) propor somente impostos sobre o consumo.
d) propor uma combinação de impostos tipo lump-sum (ou transferências fixas) com impostos sobre o consumo.
e) propor impostos uniformes para todos os consumidores.

Questão: 400765 Ano: 2009 Banca: CESPE Instituição: ANTAQ Cargo: Analista Administrativo - Ciências Contábeis

208- O pagamento dos tributos devidos pelos contribuintes constitui o estágio do recolhimento da receita. A arrecadação
realiza-se com a transferência desses recursos para a conta única de cada ente, em prazos definidos contratualmente, com
cada instituição.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400766 Ano: 2009 Banca: CESPE Instituição: ANTAQ Cargo: Analista Administrativo - Ciências Contábeis

209- O controle exercido por meio do julgamento de tomadas e prestações de contas é um instrumento de controle
predominantemente a priori e concomitante, iniciado pelos órgãos de controle interno que informam e orientam o gestor sobre
os procedimentos a serem tomados e as providências a serem adotadas.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400767 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: MPOG Cargo: Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental - Prova 2

210- Com relação ao Déficit Público, uma das afirmações a seguir é falsa. Identifique-a.
a) O governo pode financiar seu déficit por meio de recursos extrafiscais.
b) O déficit de caixa omite as parcelas do financiamento do setor público externo e do resto do sistema bancário, bem como
de fornecedores e empreiteiros.
c) No cálculo do déficit público, segundo o conceito operacional, incluem-se as despesas com a correção monetária e cambial
pagas sobre a dívida.
d) O déficit total indica o fluxo líquido de novos financiamentos, obtidos ao longo de um ano pelo setor público não financeiro,
nas três esferas de governo e administrações.
e) A apuração do déficit pelo método "abaixo da linha" mede o tamanho do déficit pelo lado do financiamento.

Questão: 400769 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista de Finanças e Controle - Prova 2

211- A definição de meios de pagamento corresponde ao conjunto de ativos utilizados para liquidar transações. Com o
avanço do sistema financeiro e do processo de inovações fi nanceiras, desenvolveram-se novas medidas de meios de
pagamento. Identifi que, entre os agregados monetários abaixo mencionados, aquele que sofre todo impacto da infl ação
(monetização ou desmonetização).
a) M2.
b) M4.
c) M2+quotas de fundo de renda fi xa+operações compromissadas registradas no SELIC.
d) M1.
e) M3.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 54/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400770 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista de Finanças e Controle - Prova 2

212- Por política fi scal, entende-se a atuação do governo no que diz respeito à arrecadação de impostos e aos gastos
públicos. Com relação à tributação, não é correto afi rmar:
a) os tributos específicos e ad valorem são exemplos clássicos de impostos diretos.
b) o sistema tributário é dito progressivo quando a participação dos impostos na renda dos indivíduos aumenta conforme a
renda aumenta.
c) o sistema tributário é considerado proporcional quando se aplica a mesma alíquota do tributo para os diferentes níveis de
renda.
d) a aplicação de um sistema de imposto regressivo afeta o padrão de distribuição de renda, tornando-a mais desigual.
e) conforme aumenta a renda dos indivíduos e a riqueza da sociedade, aumenta a arrecadação de impostos diretos.

Questão: 400771 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: Receita Federal Cargo: Auditor Fiscal da Receita Federal - Prova 3

213- Considere o modelo IS/LM sem os casos clássico e da armadilha da liquidez. É incorreto afirmar que:
a) quanto maior a taxa de juros, menor a demanda por moeda.
b) um aumento da base monetária reduz a taxa de juros.
c) uma política fiscal expansionista reduz a demanda por moeda.
d) quanto maior a renda, maior a demanda por moeda.
e) um aumento dos gastos do governo eleva a taxa de juros.

Questão: 400772 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: Receita Federal Cargo: Auditor Fiscal da Receita Federal - Prova 3

214- Na despesa pública do Brasil, a rubrica OCC (Outras Despesas Correntes e de Capital) corresponde - ressalvadas
certas contas de menor importância - ao valor das despesas do Governo Central, excetuados quatro grandes itens. Indique o
item não pertinente.
a) Pessoal.
b) Benefícios previdenciários.
c) Amortização da dívida interna.
d) Juros da dívida pública.
e) Transferências constitucionais.

Questão: 400773 Ano: 2009 Banca: FGV Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Fiscal de Rendas - Prova 1

215- Considere uma estrutura de mercado oligopolista, composto por duas empresas que interagem, estrategicamente, num
mercado de produtos homogêneos.

Assuma que a demanda é bem comportada e as estruturas de custos das empresas são iguais, com retornos constantes de
escala.

Com relação à implicação sobre a intensidade da concorrência ao se adotar o modelo de concorrência em preço (à la
Bertrand) no lugar de concorrência em quantidades (à la Cournot), assinale a afirmativa correta.
a) A concorrência em preços é mais suave que a concorrência em quantidades, com preços de equilíbrio iguais aos custos
marginais.
b) A concorrência em preços é mais intensa que a concorrência em quantidades, com preços de equilíbrio iguais aos custos
marginais.
c) Ambas as formas de interação estratégica sempre exibirão mesmo efeito sobre a intensidade da concorrência.
d) A concorrência em preços é mais suave que a concorrência em quantidades, com preços de equilíbrio superiores aos
custos marginais.
e) A concorrência em preços é mais intensa que a concorrência em quantidades, com preços de equilíbrio superiores aos
custos marginais.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 55/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400774 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista de Finanças e Controle - Prova 2

216- Com relação à Dívida Pública, Défi cit Público e Necessidade de Financiamento do Setor Público, identifi que a opção
falsa.
a) Uma medida muito utilizada para avaliar a capacidade de pagamento do setor público é a relação dívida / PIB.
b) A diferença entre as receitas totais e os gastos totais é chamada de défi cit primário, pelo conceito "acima da linha".
c) O déficit operacional é uma medida bastante requisitada em períodos de infl ação elevada.
d) Os vários conceitos de défi cit público podem ser apurados por dois critérios: o de competência e o de caixa.
e) No longo prazo, o crescimento da dívida pública ocupa o espaço que seria destinado à formação de capital (efeito crowding
- out), por meio da redução de investimentos.

Questão: 400775 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista de Finanças e Controle - Prova 2

217- A classifi cação programática é considerada a mais moderna classifi cação orçamentária de despesa pública. A portaria
n. 42/99, do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, propôs um elenco de funções e subfunções padronizadas para
a União, Estados e Municípios. Assim, de acordo com a referida Portaria, a despesa que não se inclui na nova classificação é
a despesa por:
a) Função.
b) Projeto.
c) Subprograma.
d) Atividade.
e) Subfunção.

Questão: 400776 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: Receita Federal Cargo: Auditor Fiscal da Receita Federal - Prova 3

218- Em matéria de tributação, não se pode afirmar que:


a) a carga tributária de um país é considerada progressiva quando é realizada, principalmente, por meio de impostos
incidentes sobre a produção industrial.
b) os impostos em cascata são cobrados indistintamente de todos os agentes, nas transações intermediárias, somando-se ao
preço dos insumos e do produto final.
c) segundo o princípio da neutralidade, as decisões sobre alocação de recursos baseiam-se nos preços relativos
determinados pelo mercado.
d) os impostos de renda são progressivos e, portanto, mais justos ou equânimes do ponto de vista fiscal.
e) um imposto proporcional sobre a renda seria neutro, do ponto de vista do controle da demanda agregada, pois a renda
total, a renda disponível e o gasto em consumo crescem às mesmas taxas.

Questão: 400777 Ano: 2009 Banca: CESPE Instituição: ANTAQ Cargo: Analista Administrativo - Ciências Contábeis

219- Suponha que a ANTAQ, de acordo com o orçamento aprovado, efetue uma transferência para determinada unidade da
Federação, com vistas à realização, por essa unidade, de investimentos no setor aquaviário. Nesse caso, a transferência
efetuada constitui uma despesa orçamentária de capital efetiva.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400778 Ano: 2009 Banca: CESPE Instituição: Instituto Rio Branco Cargo: Diplomata*****2ª Etapa - VERMELHO

220- Considerando a contabilidade do balanço de pagamentos do Brasil e das contas nacionais, julgue (C ou E) os itens
seguintes.

Os juros registrados na conta de renda de transações correntes superavaliam os encargos da dívida externa brasileira, porque
incorporam todos os gastos relacionados ao pagamento desses juros.
a) Certo
b) Errado

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 56/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400779 Ano: 2009 Banca: FCC Instituição: PGE-RJ Cargo: Técnico Superior de Análise Contábil

221- A intervenção do Estado na economia, concretizada basicamente por meio dos orçamentos públicos, pode ser
classificada, quanto às suas atribuições econômicas, em três categorias, quais sejam:
a) de planificação, orçamentária e de controle.
b) alocativa, distributiva e estabilizadora.
c) alocativa, distributiva e de planificação.
d) distributiva, estabilizadora e de controle.
e) distributiva, estabilizadora e orçamentária.

Questão: 400780 Ano: 2009 Banca: FGV Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Fiscal de Rendas - Prova 1

222- O preço internacional de uma cesta de produtos siderúrgicos é de R$ 1.500,00 a tonelada e o preço em uma economia
fechada (autarquia) é de R$ 2.000,00 a tonelada. A demanda no país por produtos siderúrgicos é alta e o produtor nacional
desses produtos é pequeno em relação ao mercado internacional.

Sobre o impacto de políticas que afetam o fluxo de comércio, assinale a alternativa correta.
a) Impor uma tarifa de R$ 500,00 a tonelada não gera prejuízo para os consumidores.
b) Impor uma tarifa de R$ 500,00 a tonelada protege o consumidor doméstico das perdas geradas pela concorrência desleal.
c) Impor uma tarifa de R$ 500,00 a tonelada protege o produtor doméstico da concorrência internacional, em detrimento dos
consumidores, tanto os intermediários como os finais.
d) Impor uma cota de importação zero combinada, necessariamente, com uma tarifa de R$ 500,00 a tonelada evita a entrada
dos produtos internacionais mais competitivos.
e) Impor uma cota de exportação zero coibe importações.

Questão: 400781 Ano: 2009 Banca: FGV Instituição: TJ-PA Cargo: Juiz

223- O Estado Moderno é caracterizado pelas finanças funcionais, ou seja, pela atividade financeira do Estado orientada no
sentido de influir sobre a conjuntura econômica.

Prova desse fato é:


a) o mix tributário diversificado dos Estados.
b) a criação de multas elevadas no âmbito fiscal.
c) a extrafiscalidade marcante de alguns tributos.
d) o tabelamento de preços, em situações de crise.
e) a despersonalização dos impostos.

Questão: 400782 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista de Finanças e Controle - Prova 2

224- Os indicadores sociais fornecem informações que dizem respeito diretamente à qualidade de vida da população de um
país. Com relação a esses indicadores, não se pode dizer que:
a) o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é um índice que varia de zero a um, sendo que quanto mais próximo da
unidade, mais desenvolvido é considerado o país.
b) o Índice de Gini ou coefi ciente de Gini é uma medida de desigualdade utilizada para calcular a desigualdade na
distribuição de renda entre os indivíduos de uma economia.
c) o IDH é um índice resultante da média aritmética de três indicadores: um indicador de renda, um indicador de saúde e um
indicador de educação.
d) o Índice de Gini mostra que quanto mais próximo da unidade, menor será a concentração de renda do país.
e) o IDH é um índice criado pela Organização das Nações Unidas, com o objetivo de buscar uma medida que retrate o
desenvolvimento social dos países.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 57/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400783 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista de Finanças e Controle - Prova 2

225- A Lei n. 4.320/64 estabelece dois sistemas de controle da execução orçamentária: interno e externo. Segundo a
Constituição Federal de 1988, não é objetivo do sistema de controle interno:
a) fi scalizar a aplicação de quaisquer recursos repassados pela União, mediante convênio, acordo, ajuste ou outros
instrumentos congêneres, a Estado, Distrito Federal ou a Município.
b) apoiar o controle externo no exercício de sua missão institucional.
c) avaliar a execução dos programas de governo e dos orçamentos da União.
d) exercer o controle das operações de crédito, avais e garantias, bem como dos direitos e haveres da União.
e) avaliar o cumprimento das metas previstas no plano plurianual.

Questão: 400784 Ano: 2009 Banca: FCC Instituição: TRE-PI Cargo: Analista Judiciário - Contabilidade

226- Stiglitz (1988) conceitua bens públicos puros como aqueles para os quais não existe rivalidade no consumo e a exclusão
do consumo é impossível. Na prática, existem situações mistas de várias espécies em que a visão polarizada entre bens
privados e bens públicos não prevalece, dando origem aos chamados bens mistos, tais como:
a) educação e defesa nacional.
b) saúde e previdência.
c) defesa nacional e segurança pública.
d) saneamento e justiça.
e) transporte e emissão de moeda.

Questão: 400785 Ano: 2009 Banca: CESPE Instituição: ANTAQ Cargo: Analista Administrativo - Ciências Contábeis

227- Na descentralização de créditos, a execução da despesa orçamentária realiza-se por meio de outro órgão ou entidade,
não se alterando a classificação funcional e a estrutura programática.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400786 Ano: 2009 Banca: CESPE Instituição: ANTAQ Cargo: Analista Administrativo - Ciências Contábeis

228- O cartão de pagamento do governo federal é um instrumento de pagamento emitido em nome do servidor beneficiário,
operacionalizado pela instituição financeira onde esse servidor tiver conta, podendo o cartão ser utilizado por outro servidor,
desde que com a mesma finalidade e para o mesmo período.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400787 Ano: 2009 Banca: CESPE Instituição: ANTAQ Cargo: Analista Administrativo - Ciências Contábeis

229- Suponha que, na execução de um contrato, firmado nos últimos quatro meses do exercício, tenha havido divergência na
aplicação de suas cláusulas entre a administração e a empresa contratada. O empenho correspondente foi cancelado,
revertendo-se o crédito à respectiva dotação, cujo saldo foi baixado ao final do exercício. Nesse caso, esclarecida a situação,
no exercício seguinte, e reconhecido o direito do credor, a administração deverá quitar a obrigação à conta de despesas de
exercícios anteriores.
a) Certo
b) Errado

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 58/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400788 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista de Finanças e Controle - Prova 2

230- A atuação do governo na economia tem como objetivo eliminar as distorções alocativas e distributivas e de promover a
melhoria do padrão de vida da coletividade. Tal atuação pode se dar das seguintes formas, exceto:
a) complemento da iniciativa privada.
b) compra de bens e serviços do setor público.
c) atuação sobre a formação de preços.
d) fornecimento de bens e de serviços públicos.
e) compra de bens e serviços do setor privado.

Questão: 400789 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista de Finanças e Controle - Prova 2

231- As contas do Balanço de Pagamentos contêm os fl uxos de moeda para dentro e para fora de um país e fornecem
informações sobre as relações comerciais entre os países. Com relação ao Balanço de Pagamentos, indique a opção falsa.
a) O Balanço Comercial corresponde ao saldo das exportações sobre as importações.
b) O Balanço de Transações Correntes, quando superavitário, indica que o país está recebendo recursos que podem ser
utilizados no pagamento de compromissos assumidos anteriormente.
c) O Balanço de Serviços e Rendas representa as negociações internacionais dos chamados bens invisíveis e os
rendimentos de investimentos e do trabalho.
d) Os principais fatores que determinam o saldo do Balanço Comercial são: o nível de renda da economia e do resto do
mundo, a taxa de câmbio e os termos de troca.
e) As transações do Balanço de Serviços e Rendas são as transações que afetam diretamente a Renda Nacional.

Questão: 400790 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista de Finanças e Controle - Prova 2

232- No que diz respeito à Política Monetária, identifi que a opção incorreta.
a) De acordo com a teoria da preferência pela liquidez, a taxa de juros se ajusta para equilibrar a oferta e a demanda por
moeda.
b) A curva de demanda agregada mostra a quantidade de bens e serviços demandada a cada nível de preços.
c) Se a taxa de juros estiver acima da taxa de equilíbrio, haverá excesso de oferta da moeda, forçando a queda na taxa de
juros.
d) A taxa de juros real corresponde à taxa de juros nominal recebida, descontada a perda de valor da moeda, isto é, a infl
ação no período de aplicação.
e) Estabilizadores automáticos são alterações da política monetária que estimulam a demanda agregada quando a economia
entra em recessão sem que os formuladores de políticas públicas tenham que tomar qualquer ação deliberada.

Questão: 400791 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: SEFAZ-SP Cargo: Analista de Finanças e Controle - Prova 2

233- A realidade que surge da atuação do Estado moderno exige a adoção de novos enfoques de avaliação orçamentária do
setor público. A avaliação também é instrumento de promoção do aperfeiçoamento dos processos relacionados à gestão de
recursos humanos, fi nanceiros e materiais utilizados na execução dos programas. Uma das opções abaixo é incorreta. Identifi
que-a.
a) O teste da efi ciência, na avaliação das ações governamentais, busca considerar os resultados obtidos em face dos
recursos disponíveis.
b) Efetividade é a medida do grau de atingimento dos objetivos que orientaram a constituição de um determinado programa,
expressa pela sua contribuição à variação alcançada dos indicadores estabelecidos pelo Plano.
c) Eficácia é a medida do grau de atingimento das metas fixadas para um determinado projeto, atividade ou programa em
relação ao previsto.
d) Efi ciência é a medida da relação entre os recursos efetivamente utilizados para a realização de uma meta para um projeto,
atividade ou programa, frente a padrões estabelecidos.
e) A incorporação de custos, estimativos (no orçamento) e efetivos (na execução), auxilia as avaliações da eficácia.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 59/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400792 Ano: 2009 Banca: ESAF Instituição: Receita Federal Cargo: Auditor Fiscal da Receita Federal - Prova 3

234- Os principais pontos da reforma da Previdência Social brasileira, entre outros, são os seguintes, exceto:
a) teto do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) também para os futuros servidores públicos, desde que seja
constituída a sua previdência complementar.
b) aplicação de teto remuneratório geral (federal, estadual e municipal).
c) nova regra permanente de cálculo de aposentadoria e pensões, alinhada com a regra do Regime Geral.
d) idade de referência para os atuais servidores sobe de 50/55 (H/M) para 65/70 (H/M), incluindo-se regras que desestimulam
a aposentadoria precoce.
e) contribuição solidária de aposentados e pensionistas à estabilidade do Regime Próprio de Previdência Social.

Questão: 400793 Ano: 2009 Banca: FGV Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Fiscal de Rendas - Prova 1

235- Os impostos progressivos têm como característica:


a) a taxa marginal de imposto sobre a renda mais alta que a taxa média para todo o nível de renda dos contribuintes, sem
efeitos perversos sobre o incentivo de aumentar a renda.
b) o efeito perverso direto sobre a capacidade de arrecadação do Estado.
c) a taxa marginal de imposto sobre a renda menor que a taxa média para todo o nível de renda dos contribuintes.
d) o efeito perverso sobre os incentivos marginais dos agentes econômicos cuja renda ultrapassa certo nível.
e) a redução do seu montante com o nível de renda do agente tributado.

Questão: 400794 Ano: 2009 Banca: FGV Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Fiscal de Rendas - Prova 1

236- Seja C(q) uma função de custos totais de uma empresa para a quantidade q produzida. A respeito do comportamento
das curvas de custos marginais e fixos, analise as afirmativas a seguir:

I. Se C(q) = F + cq onde F e c são constantes positivas, então custos marginais são crescentes em relação a q, exceto quando
q é zero e os custos médios, maiores que o custo marginal.

II. Se C(q) = F + aq onde F e a são constantes positivas, então custos marginais são crescentes em relação a q e a curva de
custo médio é decrescente até determinado nível de produção q* positivo, passando a constante a partir de então.

III. Curvas de custo marginal crescentes para toda quantidade q positiva implicam custos médios decrescentes para toda
quantidade q positiva.

Assinale:
a) se nenhuma afirmativa estiver correta.
b) se somente a afirmativa I estiver correta.
c) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
d) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.
e) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.

Questão: 400795 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-SP Cargo: Auditor do Tribunal de Contas

237- As dimensões do setor público no Brasil vêm aumentando nas últimas décadas. Uma das possíveis explicações é a
chamada Lei de Wagner, a qual estabelece que
a) o setor público cresce sempre que o nível de renda do país diminui.
b) a demanda global dos bens e serviços produzidos pelo governo tem elasticidade-renda maior que a unidade.
c) os gastos do setor público aumentam devido a fatores exógenos à economia (efeito-translação).
d) o crescimento das despesas do setor público se dá porque o nível do produto per capita real da economia diminui.
e) os gastos com a defesa nacional aumentam menos proporcionalmente do que o produto.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 60/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400796 Ano: 2008 Banca: FGV Instituição: Senado Federal Cargo: Consultor de Orçamento

238- Sobre o Sistema Financeiro Nacional, é correto afirmar que:


a) o Sistema Financeiro Nacional é composto, no Brasil, por órgãos normativos, como o Conselho Monetário Nacional (CMN),
entidades supervisoras, como a Secretaria de Previdência Complementar (SPC), e operadores, como as Sociedades de
Capitalização.
b) o Conselho Monetário Nacional (CMN) é o órgão responsável por expedir diretrizes gerais para o bom funcionamento do
Sistema Financeiro Nacional, por fixar as diretrizes e normas da política de seguros privados e por regular, normatizar e
coordenar as atividades das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (fundos de pensão).
c) as Instituições Financeiras Captadoras de Depósitos À Vista incluem, entre outros, os Bancos Comerciais, a Caixa
Econômica Federal e as Associações de Poupança e Empréstimo.
d) o Conselho Monetário Nacional tem, entre suas competências, autorizar o funcionamento das instituições financeiras.
e) o Conselho Monetário Nacional é integrado pelo Ministro da Fazenda, o Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, o
Presidente do Banco Central do Brasil e o Presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.

Questão: 400797 Ano: 2008 Banca: FGV Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Fiscal de Rendas - Prova 1

239- A respeito da atuação das firmas nos diferentes ambientes de concorrência, analise as afirmativas a seguir:

I. Firmas que atuam em mercados de concorrência perfeita maximizam o lucro ofertando a quantidade em que a receita
marginal iguala o custo marginal.

II. Firmas monopolistas maximizam o lucro ofertando a quantidade em que a receita marginal iguala o custo marginal.

III. Na competição monopolística as firmas maximizam o lucro ofertando a quantidade em que a receita marginal iguala o custo
marginal.

Assinale:
a) se somente a afirmativa I estiver correta.
b) se somente a afirmativa II estiver correta.
c) se somente a afirmativa III estiver correta.
d) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

Questão: 400798 Ano: 2008 Banca: CESPE Instituição: HEMOBRÁS Cargo: Analista de Gestão Corporativa - Contador

240- As isenções, anistias, remissões, subsídios e benefícios de natureza financeira, tributária e creditícia somente entrarão
em vigor depois de regularmente autorizadas pela lei orçamentária anual.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400799 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

241- No que se refere à tributação, o conceito de eqüidade remete à idéia de justiça social, ou seja, os indivíduos pagarão
mais ou menos tributos conforme suas características. Nesse contexto, é incorreto afirmar:
a) o princípio do benefício defende que a carga tributária deve ser diretamente proporcional ao benefício que o agente aufere.
De maneira simples, quanto maior for a utilidade atribuída ao bem público, maior será a propensão em pagar os tributos.
b) verticalmente, os impostos podem ser progressivos quando a proporção de tributos sobre a renda aumenta à medida que a
renda se eleva.
c) a idéia de tributar, segundo a capacidade de contribuição, refere-se a tributar cada indivíduo de acordo com sua renda,
mantendo o princípio da eqüidade.
d) verticalmente, os impostos podem ser regressivos quando os contribuintes, com a mesma capacidade de pagamento,
arcam com o mesmo ônus fi scal.
e) existe eqüidade horizontal quando os indivíduos que possuem a mesma renda pagam a mesma quantidade de tributos. Por
sua vez, existe eqüidade vertical quando quem ganha mais paga mais.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 61/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400800 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Econômico-Financeira

242- Quanto às políticas monetárias e fi scais, pode-se afi rmar que:


a) a ampliação do prazo determinado pelo Banco Central dos pagamentos das assistências fi nanceiras à liquidez é uma
política monetária considerada restritiva.
b) a elevação dos depósitos compulsórios é considerada uma política monetária restritiva.
c) a ampliação da carga tributária é considerada uma política fi scal expansionista.
d) a venda de títulos públicos em poder do Banco Central é uma política monetária considerada expansionista.
e) a ampliação dos gastos públicos é considerada uma política fiscal restritiva.

Questão: 400802 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-CE Cargo: Analista de Controle Externo - Auditoria Governamental

243- Segundo a teoria econômica convencional, o imposto que melhor atende ao princípio da neutralidade em relação aos
mercados de produção, de consumo e de fatores de produção é um imposto
a) sobre vendas com alíquotas uniformes.
b) sobre o consumo com alíquotas fixas.
c) seletivo sobre produtos industrializados.
d) progressivo sobre a renda das pessoas físicas e jurídicas.
e) de valor uniforme fixo para todos os contribuintes.

Questão: 400803 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-CE Cargo: Analista de Controle Externo - Auditoria de Obras Públicas

244- Considere as definições das siglas a seguir:


C = Consumo privado
I = Investimento privado
G = Gastos totais do Governo
X = Exportação de bens e serviços
M = Importação de bens e serviços
A demanda agregada da economia, supondo-se que a oferta agregada seja infinitamente elástica, é representada pela
seguinte expressão:
a) C + I + G (?) X + M
b) C + I + G + X (-) M
c) C + I (-) G (?) X + M
d) C+I+G+X+M
e) (C + I + G) (?) (X + M)

Questão: 400804 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-CE Cargo: Analista de Controle Externo - Auditoria Governamental

245- Sobre os princípios teóricos da tributação, é correto afirmar que


a) o critério do benefício estabelece que cada indivíduo deve contribuir para o financiamento dos gastos públicos na medida
de sua capacidade econômica.
b) o critério da eqüidade horizontal estabelece que indivíduos desiguais devem ser tributados de forma distinta.
c) o argumento de que a eqüidade vertical na tributação implica distribuição progressiva na carga tributária está baseado na
premissa de que a utilidade marginal da renda é decrescente.
d) a aplicação do critério da capacidade de contribuição encontra um campo particularmente fértil na área de serviços
públicos divisíveis.
e) o critério da eqüidade vertical consiste em dar o mesmo tratamento aos indivíduos considerados iguais.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 62/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400805 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-CE Cargo: Analista de Controle Externo - Auditoria de Obras Públicas

246- É uma medida que reduz o déficit primário do setor público:


a) empréstimo tomado por antecipação da receita orçamentária.
b) aumento da base monetária.
c) construção de pontes e viadutos.
d) redução da taxa de juros incidente sobre a dívida pública.
e) alienação de bens imóveis do setor público.

Questão: 400806 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

247- Assim entendida como a atuação do governo no que diz respeito à arrecadação de impostos e aos gastos públicos, a
política fiscal possui como objetivos, exceto:
a) prestação de serviços públicos (atendimento de necessidades da comunidade.
b) redistribuição de renda (bem?estar social).
c) estabilização econômica, que corresponde ao controle da demanda agregada (C+I+G+X?Z) no curto prazo.
d) promoção do desenvolvimento econômico, que corresponde ao estímulo da oferta agregada.
e) controle da moeda nacional em relação a outras moedas.

Questão: 400807 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Econômico-Financeira

248- Em relação à apuração das necessidades de fi nanciamento do setor público, é correto afi rmar que:
a) elas são integralmente apuradas pelo conceito de competência.
b) elas são integralmente apuradas pelo conceito de caixa.
c) elas são apuradas pelo conceito de caixa, exceto pelas despesas de juros apuradas pelo conceito de competência.
d) elas são apuradas pelo critério de competência, exceto pelas despesas com inativos apuradas pelo conceito de caixa.
e) elas são apuradas pelo critério de caixa, exceto pelas despesas com pessoal e encargos sociais apuradas com o conceito
competência.

Questão: 400808 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Econômico-Financeira

249- Quanto às privatizações conduzidas nas gestões Fernando Collor, Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso, é
correto afi rmar que:
a) houve grande interesse do capital estrangeiro nas privatizações dos setores de telecomunicações e bancário; nesses
setores, foram privatizadas empresas como a Embratel e a Caixa Econômica Federal.
b) durante a gestão de Fernando Collor, o Plano Nacional de Desestatização foi considerado prioritário e na sua gestão,
assim como na de Itamar Franco, os principais setores privatizados são o siderúrgico, petroquímico e de fertilizantes.
c) pode-se defi nir o processo de privatização brasileiro em fases, tendo-se iniciado pelas privatizações dos setores de
energia e telecomunicações, já que são concessões públicas.
d) entre as justifi cativas para a privatização, estão alterações tecnológicas em alguns setores os quais, a partir dessas
transformações, passaram a ser considerados monopólios naturais.
e) evitou-se a privatização dos setores de petróleo e gás e petroquímico por se tratar de setores considerados estratégicos.

Questão: 400809 Ano: 2008 Banca: CESGRANRIO Instituição: BNDES Cargo: Profissional Básico - Especialidade - Economia

250- No estabelecimento de um sistema tributário, o clássico Princípio da Equidade sugere que


a) um imposto que incida mais de uma vez sobre uma atividade produtiva não é adequado.
b) os tributos devem incentivar os investimentos e o crescimento da economia.
c) os impostos devem corrigir as distorções na alocação de recursos causadas pelas imperfeições de mercado.
d) a capacidade individual de contribuição é um critério importante para a escolha dos tributos.
e) a política fiscal deve ser usada para a estabilização da economia.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 63/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400810 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: Prefeitura de Natal - RN Cargo: Auditor do Tesouro Municipal - Prova 1

251- A dívida ativa, no Brasil, é regulada pelos arts. 201 a 204 do Código Tributário Nacional. O artigo 202 enumera os
requisitos que devem conter o termo de inscrição da dívida ativa, autenticado pela autoridade administrativa competente. Entre
os requisitos obrigatórios, não se inclui:
a) o nome do devedor e, sendo o caso, o dos coresponsáveis, bem como, sempre que possível, o domicílio ou a residência
de um ou de outros.
b) a quantia paga sem o acréscimo de juros de mora.
c) a origem e a natureza do crédito, mencionada especifi - camente a disposição da lei em que seja fundado.
d) a data em que foi inscrita.
e) sendo o caso, o número do processo administrativo de que se originar o crédito.

Questão: 400812 Ano: 2008 Banca: CESPE Instituição: HEMOBRÁS Cargo: Analista de Gestão Corporativa - Contador

252- Apesar da vedação constitucional que lhe é imposta, para a concessão, direta ou indireta, de empréstimos ao Tesouro
Nacional, o Banco Central do Brasil pode comprar títulos emitidos diretamente pelo Tesouro Nacional, desde que envolvam
operações de refinanciamento a dívida mobiliária federal que estiver vencendo na sua carteira.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400813 Ano: 2008 Banca: FGV Instituição: Senado Federal Cargo: Consultor de Orçamento

253- Analise as seguintes afirmativas:

I. Em um regime federativo como o brasileiro, um Imposto sobre o Valor Adicionado deveria ser instituído idealmente em nível
estadual, para evitar o fenômeno de guerra fiscal.

II. A classificação dos tributos segundo a incidência do ônus de pagamento (diretos ou indiretos) é particularmente relevante
para a análise da eqüidade, segundo o qual os tributos devem distribuir seus ônus de maneira justa entre os indivíduos.

III. Freqüentemente, impostos indiretos são arrecadados em vários estágios do processo de produção e venda e seus efeitos
sobre o consumidor final não são claros, já que dependem de fatores exógenos ao sistema tributário.

Assinale:
a) se apenas a afirmativa II estiver correta.
b) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas.
c) se apenas a afirmativa I e II estiverem corretas.
d) se apenas a afirmativa III estiver correta.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

Questão: 400814 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: Prefeitura de Natal - RN Cargo: Auditor do Tesouro Municipal - Prova 1

254- Com relação à classifi cação da Receita da Administração Pública, não se pode dizer que:
a) as receitas, quanto à natureza, são divididas em orçamentárias e extraorçamentárias.
b) a receita originária é proveniente do exercício da competência ou poder de tributar os rendimentos ou patrimônio da
coletividade. É caracterizada pelo constrangimento legal para a sua arrecadação.
c) as receitas, quanto à afetação patrimonial, são divididas em receitas efetivas e receitas por mutações patrimoniais.
d) as receitas, quanto à regularidade, podem ser desdobradas em ordinárias e extraordinárias.
e) a receita, quanto ao poder de tributar, é dividida conforme a discriminação constitucional das rendas: Federal (quando de
competência da União), Estadual (quando de competência do Estado) e Municipal (quando de competência do Município).

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 64/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400815 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: Prefeitura de Natal - RN Cargo: Auditor do Tesouro Municipal - Prova 1

255- De acordo com a Lei n. 3.882, de 11 de dezembro de 1989, que aprovou o Código Tributário do Município de Natal,
identifi que o tributo cuja arrecadação não é de competência do Município.
a) Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana.
b) Imposto sobre a Transmissão Inter Vivos, a qualquer título, por ato oneroso, de bens imóveis, por natureza ou acessão
física, e de direitos reais sobre imóveis, exceto os de garantia, bem como cessão de direito a sua aquisição.
c) Contribuição de Melhoria, decorrente de obras.
d) Imposto sobre Transmissão Causa Mortis ou Doação de Bens e Direitos.
e) Imposto sobre as Vendas a Varejo de Combustíveis Líquidos e Gasosos, exceto óleo diesel.

Questão: 400816 Ano: 2008 Banca: FGV Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Fiscal de Rendas - Prova 1

256- A respeito do sistema de tributação, assinale a afirmativa incorreta.


a) Um sistema eficiente nem sempre é eqüitativo.
b) Para reduzir o impacto da tributação sobre a economia, devem-se taxar mais bens com elasticidade baixa.
c) A introdução de impostos sobre valor agregado eleva a ineficiência devido ao efeito cascata.
d) A introdução de impostos pode reduzir os efeitos de externalidades negativas.
e) Um sistema tributário eficiente deve minimizar o peso morto e os encargos administrativos.

Questão: 400817 Ano: 2008 Banca: FGV Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Fiscal de Rendas - Prova 1

257- A respeito das empresas monopolistas, é correto afirmar que:


a) a firma monopolista maximiza o seu lucro igualando o custo marginal com a receita marginal.
b) a empresa monopolista escolhe o preço do produto de forma que o preço seja igual ao custo médio.
c) a curva de receita marginal está acima da curva de demanda.
d) a maximização do lucro por parte das empresas monopolistas maximiza o bem-estar da sociedade devido aos maiores
lucros gerados.
e) do ponto de vista do bem-estar total da economia, a discriminação de preços eleva o excedente do monopolista, mas reduz
a eficiência medida pelo excedente total (consumidor + produtor).

Questão: 400818 Ano: 2008 Banca: FGV Instituição: Senado Federal Cargo: Consultor de Orçamento

258- A respeito dos sistemas de tributação, avalie as seguintes afirmativas:

I. Pode-se dizer que um sistema tributário é progressivo se sua alíquota média for uma função crescente com relação à renda,
ou seja, sua elasticidade-renda é menor do que a unidade.

II. A aplicação de sistemas tributários progressivos ou regressivos não altera o padrão de distribuição de renda, já que as
alíquotas utilizadas dependem do nível de renda.

III. Um sistema tributário em que todos pagam uma mesma porcentagem de sua renda como imposto caracteriza um sistema
proporcional.

Assinale:
a) se apenas a afirmativa I estiver correta.
b) se apenas a afirmativa II estiver correta.
c) se apenas a afirmativa III estiver correta.
d) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas.
e) se nenhuma afirmativa estiver correta.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 65/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400819 Ano: 2008 Banca: FGV Instituição: Senado Federal Cargo: Consultor de Orçamento

259- Sobre o conceito de Dívida Fiscal Líquida (DFL), não é correto afirmar que:
a) o Déficit Público corresponde à variação da DFL.
b) o conceito de DFL foi introduzido no Brasil em 1996 com a justificativa de que o crescimento da Dívida Líquida do Setor
Público não estaria propriamente relacionado a um desajuste fiscal do governo, mas sim ao reconhecimento e à absorção de
déficits quase-fiscais do passado.
c) a DFL é a Dívida Bruta do Setor Público com ajustes patrimonial e metodológico, de forma que sua variação seja igual ao
Déficit Nominal do Setor Público consolidado.
d) o ajuste patrimonial inclui as receitas de privatizações e a incorporação de passivos contingentes (chamados esqueletos).
e) o ajuste metodológico corresponde à diferença entre a variação da Dívida Externa Líquida em reais, convertida pela taxa
de câmbio do final de período, e às necessidades de financiamento externas, convertidas pela taxa média de câmbio.

Questão: 400820 Ano: 2008 Banca: CESGRANRIO Instituição: BNDES Cargo: Profissional Básico - Especialidade - Economia

260- A paulatina redução da dívida do setor público no Brasil, em relação ao PIB do país, tende a
a) encurtar o prazo médio para vencimento da dívida pública.
b) reduzir a participação percentual das despesas com juros nos gastos totais do governo.
c) aumentar a taxa de juros paga pelos títulos públicos.
d) aumentar a arrecadação fiscal obtida com o Imposto de Renda sobre as aplicações financeiras.
e) aumentar os lucros do setor bancário.

Questão: 400821 Ano: 2008 Banca: CESGRANRIO Instituição: BNDES Cargo: Profissional Básico - Especialidade - Economia

261- A participação intensa do setor privado, em parceria com o setor público, nos investimentos de infra-estrutura, por
exemplo, depende, em grande parte, das condições listadas abaixo, EXCETO uma. Indique-a.
a) Credibilidade do governo.
b) Marco regulatório estável.
c) Facilidades ou subsídios fiscais.
d) Mercado de capitais desenvolvido.
e) Estabilidade macroeconômica.

Questão: 400822 Ano: 2008 Banca: CESPE Instituição: HEMOBRÁS Cargo: Analista de Gestão Corporativa - Contador

262- Uma lei ordinária que autorize o poder Executivo federal a criar, por decreto presidencial, um fundo destinado a financiar
as ações em nível municipal de combate a proliferação da dengue deve ser considerada inconstitucional.
a) Certo
b) Errado

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 66/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400823 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-CE Cargo: Analista de Controle Externo - Auditoria de Obras Públicas

263- O índice geral de preços de uma determinada economia apresentou o seguinte comportamento em um período de dez

anos: Assumindo-se que este índice represente adequadamente o nível geral de preços da

economia, a taxa de inflação


a) foi estritamente crescente no período 1998-2000.
b) de 2006 foi a mais alta do período.
c) de 2003 foi a menor do período.
d) foi estritamente decrescente no período 2003-2007.
e) acumulada no período foi superior a 50%.

Questão: 400824 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-CE Cargo: Analista de Controle Externo - Auditoria Governamental

264- Uma causa de falha de mercado muito comum é a denominada informação assimétrica. É exemplo de mercado em que
a informação assimétrica implica a seleção adversa dos produtos ofertados:
a) casas pré-fabricadas.
b) utilidades domésticas, com garantia, vendidas em lojas de departamentos.
c) automóveis usados.
d) restauração de móveis antigos e objetos de arte.
e) refrigerantes de marcas consagradas.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 67/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400825 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-CE Cargo: Analista de Controle Externo - Auditoria Governamental

265- O Governo, ao instituir impostos sobre vendas, altera a eficiência alocativa dos mercados. Essa falha na eficiência
alocativa, denominada peso morto da tributação, corresponde à soma das perdas dos excedentes do consumidor e do
produtor que é superior aos benefícios prestados pelos bens e serviços produzidos pelo governo com os recursos do imposto.
Abaixo, o gráfico representativo do equilíbrio de um mercado de concorrência perfeita antes e depois da incidência de um

imposto específico sobre vendas. O chamado peso morto da tributação

corresponde, nesse gráfico, à área do


a) retângulo ODEF.
b) triângulo HEB.
c) trapézio ADEB.
d) trapézio GABH.
e) retângulo OGHF.

Questão: 400826 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Econômico-Financeira

266- A Constituição brasileira atribui ao Poder Executivo a responsabilidade pelo planejamento e orçamento por meio de três
instrumentos principais o PPA (Plano Plurianual), a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) e a LOA (Lei Orçamentária Anual);
em relação a essa estrutura é correto afi rmar:
a) O PPA deve ser enviado pelo Poder Executivo ao Poder Legislativo no primeiro ano de mandato apenas para seu
conhecimento e tem duração até o fi nal do mandato.
b) O Executivo envia conjuntamente os projetos da LDO e da LOA para o Poder Legislativo, os quais devem ser votados em
conjunto antes do término do ano a fi m de serem executados no ano seguinte.
c) Enquanto o PPA é um planejamento para os quatro anos seguintes, incluindo o primeiro ano do mandato subseqüente, a
LDO estabelece as metas e prioridades para o exercício fi nanceiro seguinte.
d) O Poder Executivo envia para o Legislativo inicialmente a LOA, depois de a LOA aprovada e com base nela, o executivo
envia ao legislativo a LDO, que estabelece a programação fi nanceira e o cronograma mensal de desembolso.
e) O Legislativo só deve aprovar a LDO, pois o PPA é um indicativo das metas do executivo e a LOA é apenas um
cronograma de despesas.

Questão: 400827 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Econômico-Financeira

267- A década de 90 é uma década onde se procederam importantes reformas institucionais. Em relação a estas mudanças
institucionais, indique a afi rmação incorreta.
a) Na reforma parcial da Previdência, a Emenda Constitucional n. 20 de 1998 ampliou o tempo de contribuição para a
concessão de aposentadorias no regime geral de previdência social, mas não promoveu alteração no regime previdenciário
dos servidores públicos.
b) Pela Emenda Constitucional n. 9, o setor de petróleo deixou de ser prerrogativa exclusiva da atuação do Estado e abriu
caminho para a introdução da competição no setor de petróleo, mesmo com a manutenção do controle acionária da Petrobras
por parte da União.
c) A reforma administrativa promoveu uma alteração das regras de estabilidade do servidor público, exigindo, por exemplo
três anos de serviços e a avaliação de desempenho para a aquisição da estabilidade.
d) As alterações no tratamento do capital estrangeiro promovidas acabaram por abrir setores como o de mineração e energia
à possibilidade de exploração por parte do capital estrangeiro.
e) A introdução do chamado fator previdenciário pela Lei n. 9.876/99 desestimulou as aposentadorias precoces.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 68/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400828 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

268- Sob determinadas condições, os mercados privados não asseguram uma alocação efi ciente de recursos. Em particular,
na presença de externalidades e de bens públicos, os preços de mercado não refl etem, de forma adequada, o problema da
escolha em condições de escassez que permeia a questão econômica, abrindo espaço para a intervenção do governo na
economia, de forma a restaurar as condições de efi ciência no sentido de Pareto. Nesse contexto, é incorreto afirmar:
a) externalidades ocorrem quando o consumo e/ou a produção de um determinado bem afetam os consumidores e/ou
produtores, em outros mercados, e esses impactos não são considerados no preço de mercado do bem em questão.
b) consumidores podem causar externalidades sobre produtores e vice?versa.
c) a correção de externalidades, pelo governo, pode ser feita mediante tributação corretiva, no caso de externalidades
positivas, ou aplicação de subsídios, no caso de externalidades negativas.
d) um exemplo de bem público puro é o sistema de defesa nacional, cujo consumo se caracteriza por ser não?excludente e
não?rival.
e) falhas de mercado são fenômenos que impedem que a economia alcance o estado de bem?estar social, por meio do livre
mercado, sem interferência do governo.

Questão: 400831 Ano: 2008 Banca: FGV Instituição: Senado Federal Cargo: Consultor de Orçamento

269- Avalie as informações a seguir sobre a Dívida Líquida do Setor Público:

I. No Brasil, no cálculo da Dívida Líquida do Setor Público são incluídas as receitas de privatização e os valores
correspondentes às dívidas utilizadas na compra de empresas que são transferidas do setor público para o setor privado.

II. Ajustes cambiais não são fatores condicionantes das variações da Dívida Líquida do Setor Público, já que o conceito exclui
a dívida externa.

III. A Dívida Líquida do Setor Público não inclui a Dívida Líquida de Empresas Públicas.

Assinale:
a) se apenas a afirmativa I estiver correta.
b) se apenas a afirmativa II estiver correta.
c) se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas.
d) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas.
e) se nenhuma afirmativa estiver correta.

Questão: 400832 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: Prefeitura de Natal - RN Cargo: Auditor do Tesouro Municipal - Prova 1

270- A Constituição Federal de 1988, após outorgar competência tributária privativa para cada uma das entidades políticas,
prevê o mecanismo de participação de uma entidade no produto de arrecadação de impostos de outra entidade. De acordo
com o texto Constitucional, não pertence aos municípios:
a) o produto da arrecadação do imposto sobre a renda e proventos de qualquer natureza, incidente na fonte, sobre
rendimentos pagos, a qualquer título, por eles, suas autarquias e pelas fundações que instituírem e mantiverem.
b) cinqüenta por cento do produto da arrecadação do imposto da União sobre a propriedade territorial rural, relativamente a
imóveis neles situados.
c) cinqüenta por cento do produto da arrecadação do imposto do Estado sobre a propriedade de veículos automotores
licenciados em seus territórios.
d) cinqüenta por cento do produto da arrecadação do imposto da União sobre a Exportação, relativo às exportações por eles
realizadas.
e) vinte e cinco por cento do produto da arrecadação do imposto do Estado sobre operações relativas à circulação de
mercadorias e sobre a prestação de serviços de transporte interestadual e intermunicipal e de comunicação.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 69/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400833 Ano: 2008 Banca: FGV Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Fiscal de Rendas - Prova 1

271- A respeito das curvas de indiferença com relação aos bens X e Y, analise as afirmativas a seguir:
I. Caso os consumidores prefiram ter mais dos bens X e Y a ter menos, as curvas de indiferença mais afastadas da origem são
preferíveis às mais baixas.

II. As curvas de indiferença convexas em relação à origem indicam uma preferência dos consumidores com relação à
variedade de bens.

III. As curvas de indiferença possuem inclinação positiva indicando que o consumidor está disposto a substituir um bem por
outro.

Assinale:
a) se somente a afirmativa I estiver correta.
b) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
c) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.
d) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

Questão: 400834 Ano: 2008 Banca: FGV Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Fiscal de Rendas - Prova 1

272- A respeito dos custos de produção, analise as afirmativas a seguir:

I. O custo variável médio cruza a curva de custo total médio no mínimo.

II. Uma firma deve suspender a sua operação quando a receita total for inferior ao custo total médio.

III. A curva de custo marginal intercepta as curvas de custo total médio e custo variável médio no mínimo.

Assinale:
a) se somente a afirmativa III estiver correta.
b) se somente a afirmativa I estiver correta.
c) se somente a afirmativa II estiver correta.
d) se nenhuma afirmativa estiver correta.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

Questão: 400835 Ano: 2008 Banca: CESPE Instituição: HEMOBRÁS Cargo: Analista de Gestão Corporativa - Contador

273- Considere a seguinte situação hipotética. Em decorrência da proximidade das festas de final de ano, um prefeito
municipal decide liberar os recursos financeiros destinados à câmara de vereadores do seu município, referentes ao mês de
dezembro, no dia 10 do referido mês. Nessa situação, ele poderá ter suas contas recusadas pelo respectivo tribunal de contas,
por descumprimento de norma constitucional.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400836 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-SP Cargo: Auditor do Tribunal de Contas

274- É um gasto público classificado como despesa de capital:


a) Pagamento de juros sobre a dívida pública.
b) Subvenções para investimento em empresas estatais.
c) Aquisição de material de consumo.
d) Aquisição de imóveis usados para uso das repartições públicas.
e) Pagamentos a inativos e pensionistas.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 70/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400837 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-SP Cargo: Auditor do Tribunal de Contas

275- O imposto que menos afeta a eficiência dos mercados em concorrência perfeita, ou seja, aquele que melhor atende ao
princípio da neutralidade é o imposto
a) em que cada cidadão paga uma parcela fixa em unidades monetárias, qualquer que seja a sua renda.
b) que incide sobre a renda de cada cidadão de forma proporcional.
c) sobre vendas a varejo, com alíquotas fixas para todo o tipo de mercadoria.
d) sobre vendas a varejo, com alíquotas menores para os produtos considerados essenciais para a comunidade.
e) sobre o valor adicionado, do tipo multiestágio, com alíquotas fixas para cada setor da economia.

Questão: 400838 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

276- A aplicação das diversas políticas econômicas a fi m de promover o emprego, o desenvolvimento e a estabilidade, diante
da incapacidade do mercado em assegurar o atingimento de tais objetivos, compreende a seguinte função do Governo:
a) Função Estabilizadora.
b) Função Distributiva.
c) Função Monetária.
d) Função Desenvolvimentista.
e) Função Alocativa.

Questão: 400839 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

277- De acordo com o Manual Técnico do Orçamento, tanto na edição 2008 quanto na edição 2009 (1ª versão), sobre a
classificação de receitas e despesas públicas é correto afirmar:
a) receitas devem ser classifi cadas como Financeiras (F), quando seu valor é incluído na apuração do Resultado Primário no
conceito acima da linha, ou Primárias (P), quando seu valor não é incluído nesse cálculo.
b) a classifi cação funcional da despesa refl ete a estrutura organizacional e administrativa governamental e está estruturada
em dois níveis hierárquicos: órgão orçamentário e unidade orçamentária.
c) as receitas não?fi nanceiras são basicamente as provenientes de operações de crédito, de aplicações financeiras e de
juros.
d) despesas com o planejamento e a execução de obras, inclusive com a aquisição de imóveis considerados necessários à
realização destas últimas, e com a aquisição de instalações, equipamentos e material permanente, são classificadas como
inversões fi nanceiras.
e) as receitas provenientes dos tributos, contribuições, patrimoniais, agropecuárias, industriais e de serviços são classificadas
como primárias.

Questão: 400840 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Econômico-Financeira

278- Leia as afi rmações I, II e III e depois assinale a afi rmação correta.
I. O chamado orçamento de base zero é a base sobre a qual se aplica a idéia de planejamento plurianual.
II. O orçamento-programa propicia o controle político sobre as fi nanças públicas, mas não alinha as despesas dos diferentes
órgãos do governo com o plano de trabalho do governo, suas políticas e estratégias.
III. O orçamento desempenho é um avanço em relação ao orçamento tradicional ao buscar indicar os benefícios a serem
alcançados pelos diversos gastos e assim possibilita medir o desempenho organizacional.
a) I e III estão corretas.
b) II e III estão corretas.
c) I, II e III estão corretas.
d) Apenas II está correta.
e) Apenas III está correta.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 71/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400841 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Econômico-Financeira

279- Se tomarmos a evolução da Dívida Pública Federal (DPF), entre 2004 e 2007, podemos notar que a composição do seu
estoque sofreu importantes alterações. Entre as afi rmações abaixo, selecione a afi rmação correta em relação a evolução da
composição do estoque da Dívida Pública Federal (DPF).
a) Houve uma elevação da proporção de dívida com remuneração atrelada ao câmbio no período no total da DPF.
b) A proporção de títulos com remuneração atrelada à taxa SELIC, no total da DPF, sofreu elevação no período.
c) Apesar do total do estoque da dívida ter-se elevado no período, a sua distribuição em termos da forma como se
remuneram os títulos que a compõem não sofreu alterações.
d) Os títulos com remuneração prefi xada apresentaram elevação dentro da composição da DPF.
e) Os títulos com remuneração atrelada a índices de preços teve sua participação no total da DPF diminuída no período.

Questão: 400842 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-CE Cargo: Analista de Controle Externo - Auditoria Governamental

280- O mercado monopolista é um dos exemplos das falhas do mercado em alocar eficientemente os fatores de produção. A
razão disso é que o monopolista, em comparação com o mercado de concorrência perfeita (que é perfeitamente eficiente),
a) pratica preços menores que os concorrenciais, porque deseja açambarcar o mercado usando seu poder de barganha.
b) paga impostos maiores sobre vendas porque produz mais, repassando-os ao consumidor.
c) pode praticar o preço que quiser e a quantidade demandada será a mesma, uma vez que é o único produtor.
d) pratica um preço de venda superior ao custo marginal de produção.
e) vende quantidades menores porque seus custos de produção são mais altos do que o das empresas que operam em
concorrência perfeita.

Questão: 400843 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-CE Cargo: Analista de Controle Externo - Auditoria Governamental

281- Há alguns tipos de mercado em que ocorre o denominado risco moral (moral hazard), fato que prejudica também a sua
eficiência. São exemplos desse tipo de mercado:
a) seguro-saúde e seguro de carros.
b) raridades, como selos, moedas, livros e pinturas.
c) encanadores e eletricistas.
d) telefones celulares pré-pagos.
e) automóveis novos.

Questão: 400844 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-CE Cargo: Analista de Controle Externo - Auditoria de Obras Públicas

282- O Produto Interno Bruto de uma economia é igual ao somatório dos valores de produção de bens e serviços
a) dessa economia em uma determinada unidade de tempo.
b) finais dessa economia em uma determinada data no ano-calendário.
c) dessa economia em uma determinada data no anocalendário.
d) finais dessa economia em uma determinada unidade de tempo.
e) finais dessa economia, acrescido do valor das importações, em uma determinada unidade de tempo.

Questão: 400845 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-CE Cargo: Analista de Controle Externo - Auditoria de Obras Públicas

283- Sobre a taxa de desemprego de um país, é correto afirmar:


a) Se a economia apresentar essa taxa acima da taxa natural, o aumento da demanda agregada tenderá a diminuí-la.
b) O pensamento econômico predominante postula que entre essa taxa e a de inflação há correlação direta elevada.
c) Se essa taxa está aumentando, a taxa de crescimento da população ocupada é maior que a taxa de crescimento da
população.
d) Existe apenas uma única metodologia para definir quais são as pessoas que estão procurando emprego e aceitando os
salários vigentes na economia.
e) Essa taxa está inversamente correlacionada com o total da população economicamente ativa.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 72/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400846 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-SP Cargo: Auditor do Tribunal de Contas

284- De acordo com o Princípio da Eqüidade, um imposto sobre vendas com alíquota uniforme, incidindo sobre todas as
vendas de bens e serviços de forma nãocumulativa, é
a) justo, porque onera apenas os que têm maior nível de renda e de consumo de bens e serviços.
b) regressivo, porque os consumidores mais ricos contribuirão proporcionalmente menos em relação à sua renda que os
consumidores pobres.
c) progressivo, porque os consumidores que despendem mais pagarão um valor total de imposto superior aos que
despendem menos.
d) proporcional, porque todos os consumidores pagam uma percentagem uniforme sobre todas as compras.
e) neutro, uma vez que a alteração que provoca na alocação de recursos por parte do setor privado é muito grande.

Questão: 400847 Ano: 2008 Banca: FGV Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Fiscal de Rendas - Prova 1

285- Quando a renda líquida enviada ao exterior (RLEE) é deficitária, pode-se dizer que:
a) PNL > PIL.
b) PIL < PIB.
c) RNL < RD.
d) PNB > PIB.
e) PIB > PNB.

Questão: 400848 Ano: 2008 Banca: FGV Instituição: SEFAZ-RJ Cargo: Fiscal de Rendas - Prova 1

286- Uma seca no Centro-Oeste reduz a produção de soja. Ao mesmo tempo, é divulgado um estudo que mostra que o
consumo de derivados de soja eleva o risco de problemas cardíacos.

Com base nesses dois eventos, a respeito do preço e da quantidade de equilíbrio no mercado de soja, é correto afirmar que:
a) a quantidade diminuirá, e não é possível determinar o que ocorre com o preço.
b) o preço diminuirá, e não é possível determinar o que ocorre com a quantidade.
c) a quantidade aumentará, e não é possível determinar o que ocorre com o preço.
d) o preço aumentará, e não é possível determinar o que ocorre com a quantidade.
e) não é possível determinar o que ocorre com o preço e a quantidade com as informações do enunciado.

Questão: 400849 Ano: 2008 Banca: FGV Instituição: Senado Federal Cargo: Consultor de Orçamento

287- Analise as seguintes afirmativas:

I. Atualmente, no Brasil, a elevação ou a redução do estoque de títulos do Tesouro Nacional no mercado e, portanto, seu
endividamento, dependem essencialmente do resultado fiscal do Governo, possuindo, portanto, independência com relação à
política monetária.

II. O Tesouro Nacional e o Banco Central podem realizar negociações de títulos públicos em mercados primários e
secundários.

III. Embora a estratégia do Tesouro Nacional busque o alongamento do prazo da dívida, em contexto de elevação de taxas de
juros, essa estratégia tem sua eficácia limitada, pois aumenta o custo de rolagem dos títulos.

Assinale:
a) se apenas a afirmativa I estiver correta.
b) se apenas a afirmativa II estiver correta.
c) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas.
d) se apenas a afirmativa III estiver correta.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 73/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400850 Ano: 2008 Banca: FGV Instituição: Senado Federal Cargo: Consultor de Orçamento

288- A respeito das Necessidades de Financiamento do Setor Público, é correto afirmar que:
a) as Necessidades de Financiamento do Setor Público servem para apurar o montante de recursos que o setor público
financeiro e não-financeiro necessita captar com o setor financeiro interno e/ou externo, além de suas receitas fiscais, para
fazer face aos seus dispêndios.
b) a apuração do resultado acima da linha é feita a partir da variação líquida do estoque da dívida pública.
c) a apuração do resultado abaixo da linha parte da execução orçamentária, isto é, dos fluxos de receitas e despesas do
governo.
d) em nível federal, o resultado dos orçamentos fiscal e da seguridade social recebe o nome de "Necessidades de
Financiamento do Governo Central", enquanto o resultado do orçamento de investimentos recebe o nome de "Necessidades
de Financiamento das Empresas Estatais".
e) um dos principais problemas para a adequação dos resultados pelo método abaixo da linha e acima da linha no Brasil é a
não-inclusão, nas Necessidades de Financiamento do Setor Público segundo o resultado "acima da linha", das operações
primárias do Banco Central.

Questão: 400851 Ano: 2008 Banca: CESPE Instituição: HEMOBRÁS Cargo: Analista de Gestão Corporativa - Contador

289- Se o presidente da República enviar mensagem para propor modificação do projeto de lei orçamentária anual, antes que
a matéria seja votada na Comissão Mista de Orçamento, poderá indicar como fonte de recursos para os novos gastos
propostos a anulação de despesas previamente existentes, ainda que incidam sobre dotações de pessoal e serviço da dívida.
a) Certo
b) Errado

Questão: 400852 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

290- Sobre a Escola Clássica (Liberalismo) é correto afirmar:


a) trata?se de um sistema econômico baseado na livre? ?empresa, mas com acentuada participação do Estado na promoção
de benefícios sociais, com o objetivo de proporcionar padrões de vida mínimos, desenvolver a produção de bens e serviços
sociais, controlar o ciclo econômico e ajustar o total da produção, considerando os custos e as rendas sociais.
b) admite, por princípio, que a ação do Estado deve restringir?se ao mínimo indispensável, como a defesa militar, a
manutenção da ordem, a distribuição da justiça e pouco mais, pois a iniciativa privada faz melhor uso dos recursos públicos.
c) deu?se a partir das décadas de 1980 e 1990, a reboque da crise fi scal, do início do processo de globalização da economia
e da inefi ciência do Estado na produção de bens e serviços.
d) de caráter nacionalista e intervencionista, preconiza para o Estado uma política econômica e fi nanceira fundada na maior
posse de dinheiro e metais preciosos, acreditando que nisso reside a base da prosperidade.
e) corresponde fundamentalmente às diretrizes estatais aplicadas nos países desenvolvidos por governos social?
?democratas. Nos Estados Unidos, certos aspectos de seu desenvolvimento ocorreram, particularmente, no período de
vigência do New Deal.

Questão: 400853 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Conhecimentos Gerais - Todos os Cargos

291- Do ponto de vista fiscal, o défi cit público é medido a partir do Resultado Primário. Isso posto, é correto afi rmar:
a) o Resultado Primário corresponde à diferença entre receitas não?financeiras e despesas não?financeiras.
b) entende?se por receita não?fi nanceira: a receita orçamentária arrecadada, mais as operações de crédito, as receitas de
privatização e as receitas provenientes de rendimentos de aplicações financeiras.
c) entende?se por despesa não?fi nanceira: a despesa total, aí incluídas aquelas com amortização e encargos da dívida
interna e externa (amortização mais juros).
d) do ponto de vista fi scal, ou pelo critério “acima da linha”, ocorre défi cit público quando o total das receitas não? ?fi
nanceiras é superior às despesas não?fi nanceiras.
e) nos casos em que o total das receitas próprias de um ente público (sem considerar empréstimos) é inferior às despesas
realizadas, temos um superávit primário.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 74/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400854 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Econômico-Financeira

292- Em relação à política fi scal e aos conceitos de necessidade de fi nanciamento do setor público (NFSP), défi cit e dívida
pública, qual das afi rmações abaixo é correta, supondo que não existem juros nominais recebidos pelo governo.
a) Se os juros nominais pagos em função da dívida pública são superiores ao défi cit primário, então o governo possui
superávit nominal.
b) Se o governo apresenta défi cit primário, isto implica que a poupança do governo seja negativa.
c) Quando há défi cit nominal, os juros nominais pagos são necessariamente inferiores a um défi cit primário.
d) A existência de défi cit primário signifi ca que os investimentos governamentais (se existirem) não são fi nanciados na sua
integralidade por poupança do governo.
e) Quando se tem uma variação negativa da dívida pública e não existem variações patrimoniais relevantes no período como
privatizações ou reconhecimento de esqueletos, então o governo apresentou défi cit nominal no período.

Questão: 400855 Ano: 2008 Banca: ESAF Instituição: MF Cargo: Analista de Finanças e Controle - Econômico-Financeira

293- Em relação ao federalismo fi scal brasileiro, é correto afirmar que:


a) o Brasil possui um sistema federativo considerado aberto já que a Constituição deixa livre as bases tributárias sobre as
quais incidirão os impostos dos entes subnacionais do país.
b) as transferências de recursos entre os entes da federação (União, estados e municípios) só pode ocorrer da União para os
estados e destes para os municípios.
c) a legislação nacional faculta o direito de estabelecer operações de crédito entre os diferentes entes da federação.
d) os municípios brasileiros possuem bases tributárias importantes mas a administração destes tributos deve ser executada
pelos níveis estaduais e/ou federal, mesmo que o fruto da arrecadação pertença aos municípios.
e) o federalismo brasileiro é em parte constituído por transferências intergovernamentais estabelecidas na Constituição,
conferindo alguma segurança de receita para os entes subnacionais, porém não estão impedidas transferências autônomas
por parte do Governo Federal.

Questão: 400856 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-CE Cargo: Analista de Controle Externo - Auditoria de Obras Públicas

294- A teoria macroeconômica de determinação do nível de equilíbrio de renda, no curto prazo, postula que a economia está
em equilíbrio quando, em um determinado nível geral de preços, a
a) demanda agregada é igual à oferta agregada.
b) taxa de crescimento da oferta agregada é maior que a da demanda agregada.
c) oferta agregada é maior que a demanda agregada.
d) taxa de crescimento da demanda agregada é maior que a da oferta agregada.
e) demanda agregada é maior que a oferta agregada.

Questão: 400857 Ano: 2008 Banca: FCC Instituição: TCE-CE Cargo: Analista de Controle Externo - Auditoria Governamental

295- Considere as assertivas abaixo, relativas aos problemas suscitados pelo federalismo fiscal em nosso país.I. Para se
adequar à prática fiscal existente, na maioria dos países, de desonerar tributariamente todas as exportações, a União teve que
conceder uma fatia adicional da arrecadação do Imposto sobre a Renda (IR ) que é distribuída aos Estados, para que esses
isentassem a incidência do Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS ) sobre os produtos primários exportados.II. A
dificuldade de implantar uma reforma fiscal e tributária em nosso País consiste justamente em conciliar os interesses
divergentes entre os poderes tributantes e os contribuintes, bem como em medir as alterações de arrecadação que essa
reforma acarretaria.III. A partir da Constituição Federal de 1988, a União tem concentrado esforços em ampliar a base de
cálculo e as alíquotas das contribuições sociais e das contribuições sobre o domínio econômico, uma vez que estas não são
redistribuídas aos Estados e Municípios.IV. A chamada ?guerra fiscal" existente entre os Estados deriva do fato de seu
principal tributo, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços ( ICMS), ser cobrado no estado de destino do bem, em
vez de no estado produtor. Está correto o que se afirma APENAS em
a) I e II.
b) I e III.
c) I e IV.
d) II e III.
e) II e IV.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 75/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400858 Ano: 2007 Banca: ESAF Instituição: TCE-GO Cargo: Auditor

296- Todas as opções abaixo são importantes recomendaçõesacerca do planejamento da auditoria, excetouma. Aponte a
única opção falsa.
a) O planejamento e os programas de trabalho não devem ser revisados mesmo que novos fatos o recomendarem.
b) O programa de auditoria deve ser detalhado de forma a servir como guia e meio de controle do progresso dos trabalhos.
c) O planejamento pressupõe adequado nível de conhecimento sobre o ramo de atividade, negócios e práticas operacionais
da entidade.
d) O auditor deve documentar seu planejamento geral e preparar programa de trabalho por escrito, detalhando o que for
necessário à compreensão dos procedimentos que serão aplicados.
e) O planejamento da auditoria, quando incluir a designação de equipe técnica, deve prever a orientação e supervisão do
auditor, que assumirá total responsabilidade pelos trabalhos executados.

Questão: 400859 Ano: 2007 Banca: ESAF Instituição: TCE-GO Cargo: Auditor

297- Com relação ao preço público e a sua distinção coma taxa, pode-se afi rmar que
a) a tarifa é uma receita pública, retirada de forma coercitiva do patrimônio dos particulares.
b) a taxa visa ao lucro enquanto a tarifa visa ao ressarcimento.
c) o preço público é uma espécie de tributo, pois a sua exigência é compulsória e tem por base o poder fiscal do Estado.
d) a tarifa pode ser cobrada em razão do exercício do poder de polícia.
e) a tarifa é uma receita originária, proveniente da intervenção do Estado, por meio dos seus associados, permissionários, ou
concessionários, na atividade econômica.

Questão: 400860 Ano: 2007 Banca: CESPE Instituição: TSE Cargo: Analista Judiciário - Área Administrativa

298- Com relação aos aspectos macroeconômicos da análise do setor público, assinale a opção correta.
a) Na implementação das políticas fiscais, a existência de defasagens políticas e administrativas torna essas políticas mais
efetivas para a expansão da produção e do emprego.
b) Conforme estabelecido na curva de Laffer monetária, um aumento na taxa de crescimento do estoque monetário aumenta,
de modo inequívoco, a senhoriagem.
c) Ceteris paribus, um aumento na relação entre a dívida pública e o PIB requer um aumento do superávit primário para
impedir novos aumentos dessa relação.
d) Devido à existência de inconsistências temporais, a utilização de políticas monetárias discricionárias para combater a
inflação gera resultados ótimos e, por essa razão, essas políticas são fortemente recomendadas.

Questão: 400861 Ano: 2007 Banca: ESAF Instituição: TCE-GO Cargo: Auditor

299- Quanto ao aspecto legal, a despesa orçamentáriapode ser estudada de acordo com os enfoques jurídico,econômico e
administrativo-legal. Identifi quea única opção falsa no que diz respeito ao enfoqueeconômico.
a) A despesa orçamentária é dividida em duas categorias básicas, que são as despesas correntes e as despesas de capital.
b) As despesas de capital são despesas sem as quais a máquina administrativa e de serviços do Estado não funcionaria e,
neste item, são incluídas as despesas do governo relacionadas com o pagamento dos encargos da dívida pública.
c) Por meio das despesas por categorias econômicas, é possível apurar a capacidade de poupança do governo e o peso de
cada componente na estrutura de gastos.
d) As despesas correntes são as que se referem a desembolsos ou aplicações das quais não resulta compensação
patrimonial e, conseqüentemente, geram diminuição no patrimônio.
e) Os gastos governamentais por categorias econômicas são apresentados nos balanços gerais de cada unidade que
compõe a estrutura governamental.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 76/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400862 Ano: 2007 Banca: ESAF Instituição: TCE-GO Cargo: Auditor

300- A atual Constituição do Brasil diz que ?os PoderesLegislativo, Executivo e Judiciário manterão, deforma integrada, o
Sistema de Controle Interno?.Segundo o artigo constitucional de n. 74 não éfinalidade do Sistema de Controle Interno
a) avaliar o cumprimento das metas previstas no plano plurianual.
b) avaliar a gestão dos administradores públicos, utilizando como instrumentos a auditoria e a fiscalização.
c) verificar a probidade da Administração, a guarda e legal emprego dos dinheiros públicos e o cumprimento do orçamento.
d) exercer o controle das operações de crédito; avais e garantias.
e) avaliar a execução dos programas de governo e dos orçamentos.

Questão: 400863 Ano: 2007 Banca: ESAF Instituição: TCE-GO Cargo: Auditor

301- A Auditoria de Gestão cumpre o exame e a avaliaçãosobre sistemas políticos, critérios e procedimentosna sua área de
planejamento estratégico, táticoe, principalmente, no processo decisório. A auditoriade gestão tem como objetivo assessorar a
Administração,exceto quanto
a) ao estudo de alternativas estratégicas e táticas.
b) à qualidade e viabilidade dos planos, orçamentos e das políticas e diretrizes com alcance a todos os níveis gerenciais.
c) ao atingimento dos resultados em relação aos objetivos e planos estabelecidos e às alternativas disponíveis.
d) à verificação das causas de ineficiência e desperdícios.
e) aos estudos de reestruturação e qualidade global da empresa.

Questão: 400864 Ano: 2007 Banca: ESAF Instituição: TCE-GO Cargo: Auditor

302- O orçamento é um instrumento fundamental degoverno e seu principal documento de políticaspúblicas. Por meio dele,
os governantes selecionamprioridades, decidindo como gastar os recursosextraídos da sociedade e como distribuí-los
entrediferentes grupos sociais, conforme seu peso ouforça política. No que diz respeito a orçamento,indique a opção falsa.
a) Nas decisões orçamentárias, os problemas centrais de uma ordem democrática como representação estão presentes.
b) A Constituição de 1988 trouxe inegável avanço na estrutura institucional que organizou o processo orçamentário brasileiro.
c) A Constituição de 1988 não só introduziu o processo de planejamento no ciclo orçamentário, medida tecnicamente
importante, mas, sobretudo, reforçou o Poder Legislativo.
d) A Constituição de 1988 indica que, por iniciativa do Poder Legislativo, devem ser estabelecidas, além do Plano Plurianual
(PPA), a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA).
e) O Plano Plurianual é um instrumento de Planejamento no qual são apresentados, de quatro em quatro anos, os objetivos e
as metas governamentais.

Questão: 400865 Ano: 2007 Banca: ESAF Instituição: TCE-GO Cargo: Auditor

303- O Setor Público tem uma participação significativana vida econômica brasileira. Essa participação émaior ainda se
considerarmos que as intervençõesdo setor público também influenciam a atividadeeconômica por meio das regulamentações.
Assinalea única opção incorreta quanto à intervenção doEstado na economia.das justificativas para uma ação mais direta do
Estado brasileiro.
a) As justificativas para a intervenção do Estado na economia estão basicamente centradas nas funções do setor público, que
são: alocativa, redistributiva e estabilizadora.
b) O fim do Estado produtor no Brasil é a marca mais evidente, do ponto de vista histórico, da reversão do papel do Estado na
atualidade.
c) Ao supor que as flutuações da economia decorrem de uma insuficiência ou excesso de demanda agregada, o controle da
demanda é a forma de intervenção do governo mais indicada para garantir a estabilidade do sistema econômico.
d) A necessidade de controle de áreas de recursos naturais escassos, como o setor petróleo, foi uma
e) A Constituição de 1988 determina que somente a União, mediante lei especial, poderá intervir no domínio econômico.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 77/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400866 Ano: 2007 Banca: ESAF Instituição: TCE-GO Cargo: Auditor

304- De acordo com o previsto na IN 01/2001 daSecretaria Federal de Controle, as atividades deauditoria executadas
diretamente por servidoresem exercício nos órgãos e unidades do Sistema deControle Interno do Poder Executivo Federal,
estãosubdivididas em
a) centralizada, descentralizada e integrada.
b) terceirizada, simplificada e compartilhada.
c) centralizada, compartilhada e terceirizada.
d) integrada, descentralizada e compartilhada.
e) simplificada, compartilhada e descentralizada.

Questão: 400867 Ano: 2007 Banca: ESAF Instituição: TCE-GO Cargo: Auditor

305- Entre as opções abaixo, que se referem a procedimentosde auditoria para a receita orçamentária, assinalea única falsa.
a) Estudar e identificar detalhadamente o fluxo das receitas orçamentárias que serão auditadas.
b) Verificar se o sistema de liquidação é realizado com critérios de competência e conhecimento dos tipos de serviços e de
bens que estão sendo adquiridos.
c) Verificar se o sistema de recolhimento de tributos e outras receitas favorecem a ocorrência de erros e fraudes.
d) Verificar se o sistema de lançamento de tributos e outras receitas favorecem a ocorrência de erros e fraudes.
e) Verificar se as receitas patrimoniais estão sendo regularmente realizadas.

Questão: 400868 Ano: 2007 Banca: ESAF Instituição: TCE-GO Cargo: Auditor

306- Identifique a opção falsa com relação ao CréditoPúblico.exercício financeiro subseqüente ao que foram contraídos.
a) O crédito público envolve tanto as operações em que o Estado toma dinheiro como aquelas em que fornece pecúnia.
b) O crédito público é de grande importância na vida financeira dos Estados modernos, pois constitui uma fonte regular de
obtenção de dinheiro para a consecução das finalidades públicas.
c) O crédito público compulsório é aquele obtido com a anuência do prestamista, visto que se assenta no ato de autoridade,
no poder de império do Estado, ou seja, nos princípios tributários.
d) O crédito público de curto prazo e de longo prazo é aquele cujo reembolso dá-se no mesmo ou no
e) O crédito público próprio é aquele que resulta da livre manifestação de vontade do credor (mutuante) e do devedor
(mutuário), necessariamente uma entidade pública ou órgão da administração.

Questão: 400869 Ano: 2006 Banca: ESAF Instituição: CGU Cargo: Analista de Finanças e Controle - Área - Auditoria e Fiscalização - Prova 3

307- No mundo real, mercados perfeitamente competitivos são raros, existindo falhas de mercado que justificam a
intervenção do governo. Identifique a opção falsa.
a) São exemplos de falhas de mercado a existência de bens públicos e de externalidades.
b) Os bens públicos puros possuem as características de não-rivalidade e de impossibilidade de exclusão de seu consumo.
c) O sistema de preços reflete apenas os custos e os benefícios privados, sendo necessária a presença do governo para
incorporar as externalidades ao custo privado, mediante, por exemplo, a tributação ou incentivo fiscal.
d) Diz-se que uma externalidade tem lugar quando a atividade econômica dos indivíduos, na produção, consumo ou troca,
não afeta e não interfere com o interesse dos outros indivíduos.
e) Há externalidades positivas que podem demandar a intervenção do governo para que não haja uma suboferta.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 78/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400870 Ano: 2006 Banca: FAURGS Instituição: SEFAZ-RS Cargo: Agente Fiscal do Tesouro do Estado - Bloco 1

308- Considere que a provisão de bens públicos seja escolhida pelo voto da maioria.

Assinale a afirmação correta.


a) Com preferências dos eleitores caracterizadas por pico único, a escolha pela maioria está sujeita a ciclos.
b) Pelo teorema do eleitor mediano, a escolha do dispêndio em um bem público, decidida pelo eleitor mediano em uma
votação pela regra da maioria, resulta necessariamente em uma provisão eficiente do bem.
c) Na presença de ciclos, a escolha coletiva pelo voto da maioria está sujeita a manipulação via estabelecimento de agenda
de votação, ou seja, a ordem pela qual os votos são efetuados.
d) A troca de votos (logrolling), entre representantes eleitos, para conquistar apoio a projetos, garante que o nível eficiente de
dispêndio público ocorra como resultado do voto da maioria.
e) Considere que a provisão de bens públicos seja escolhida pelo voto da maioria.

Questão: 400871 Ano: 2006 Banca: FAURGS Instituição: SEFAZ-RS Cargo: Agente Fiscal do Tesouro do Estado - Bloco 1

309- Quando um bem público é ofertado, ele pode ser consumido coletivamente, o que viola a hipótese da natureza privada
dos bens na economia competitiva tipo Arrow-Debreu. Portanto, no que diz respeito a bens públicos, é INCORRETO afirmar
que
a) a propriedade de não-exclusão implica que o consumo do bem não pode ser controlado eficientemente por um sistema de
preços, enquanto, da propriedade de não-rivalidade pode-se dizer que todos os agentes podem, se assim o desejarem,
consumir simultaneamente um nível do bem público equivalente à sua oferta total.
b) nos modelos convencionais de provisão privada de bens públicos, o equilíbrio de Nash não é Pareto eficiente e depende
da distribuição de renda e de mudanças exógenas na oferta do bem público.
c) O equilíbrio com preços personalizados, conhecido como Equilíbrio de Lindahl, é Pareto eficiente.
d) A Regra de Samuelson, da provisão eficiente de um bem público puro, estabelece que a provisão Pareto eficiente deste
ocorre quando a taxa marginal de transformação entre o bem público e cada bem privado é igual à soma, sobre todos os
agentes, das taxas marginais de substituição.
e) a provisão eficiente de bens públicos requer que não existam restrições sobre os instrumentos de taxação que podem ser
empregados pelo governo ou, equivalentemente, que o governo tenha completo controle sobre alocação de recursos.

Questão: 400873 Ano: 2006 Banca: ESAF Instituição: CGU Cargo: Analista de Finanças e Controle - Área - Auditoria e Fiscalização - Prova 3

310- Com base nas funções clássicas do Estado, assinale a única opção falsa.
a) As necessidades meritórias são aquelas que também são atendidas pelo setor privado e, portanto, não estão sujeitas ao
princípio da exclusão.
b) A função estabilizadora do governo concentra seus esforços na manutenção de um alto nível de utilização de recursos e de
um valor estável da moeda.
c) As necessidades meritórias e as necessidades sociais são atendidas, no Brasil, pelas três esferas de governo.
d) Na atual conjuntura brasileira, verifica-se atividade governamental no que se refere à distribuição de renda, via ações
compensatórias, tais como as transferências de renda por meio da distribuição de cestas básicas.
e) A função alocativa do governo está associada ao fornecimento de bens e serviços não oferecidos adequadamente pelo
sistema de mercado.

Questão: 400874 Ano: 2006 Banca: FAURGS Instituição: SEFAZ-RS Cargo: Agente Fiscal do Tesouro do Estado - Bloco 1

311- No que diz respeito às parcerias público-privada, no Brasil, assinale a alternativa correta.
a) A alta inflação dos anos 80 foi um dos motivos que originaram a proliferação de empreendimentos de project finance.
b) O project finance se destina primordialmente a casos de projetos de pequeno porte.
c) No caso conhecido como Buy-Build-Operate (BBO), a venda representa a transferência de propriedade de um ativo já em
operação, acompanhada da obrigação de operação e eventual expansão por parte dos novos controladores.
d) A possibilidade de quebra de contratos ou desapropriações por parte do governo, com prejuízos econômicos para as
partes, configura um risco de operação de projeto.
e) No caso conhecido como Build-Transfer-Operate (BTO), não há prazo final da concessão, ou seja, a empresa fica com
plenos direitos sobre o projeto, sem devolução posterior para o Estado.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 79/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400875 Ano: 2006 Banca: FAURGS Instituição: SEFAZ-RS Cargo: Agente Fiscal do Tesouro do Estado - Bloco 1

312- No que se refere ao Imposto sobre Valor Adicionado (IVA), considere o que segue:

I. É neutro; apresenta maior dificuldade de evasão.


II. Tem caráter autofiscalizador; afeta a competitividade de uma indústria.
III. Bens de produção podem ser fácil e totalmente isentos; é regressivo.

Quais são características deste imposto?


a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas III.
d) Apenas I e II.
e) I, II e III.

Questão: 400876 Ano: 2006 Banca: ESAF Instituição: CGU Cargo: Analista de Finanças e Controle - Área - Auditoria e Fiscalização - Prova 3

313- 1 A política fiscal é um instrumento importante que tem capacidade para afetar os quatro objetivos básicos da política
econômica, que são crescimento do Produto Interno Bruto, controle da inflação, equilíbrio externo e distribuição de renda. Em
relação à política fiscal, não se pode afirmar que
a) a curto prazo, a política fiscal interfere no nível de produção da economia, tanto por meio da ação direta do gasto público,
como indiretamente, via tributação.
b) a longo prazo, a política fiscal é importante no sentido de disponibilizar recursos para investimentos, que tanto podem ser
públicos como privados.
c) a política fiscal pode afetar a distribuição de renda do país de duas formas: do lado do gasto público, dirigindo-o
predominantemente às classes de menor poder aquisitivo e do lado da arrecadação, por meio de um sistema tributário
progressivo.
d) à medida que as importações de um país são determinadas pelo nível de demanda interna (entre outros fatores), a política
fiscal interfere no equilíbrio externo, atuando exatamente sobre o nível de demanda, ou seja, quanto maior o gasto público e
menor a tributação, maior será a demanda da economia, e portanto, maior o volume de importações.
e) quanto maior for o montante de poupança gerada no setor público, menor será a capacidade do país investir e maior será o
ritmo de crescimento da produção.

Questão: 400877 Ano: 2006 Banca: ESAF Instituição: CGU Cargo: Analista de Finanças e Controle - Área - Auditoria e Fiscalização - Prova 3

314- Entre as principais medidas implementadas e que tiveram impactos positivos com relação ao ajuste fiscal realizado pelo
governo federal para dar suporte às políticas macroeconômicas durante a segunda metade dos anos 90, identifi que a única
medida não-pertinente.
a) Um importante aumento das receitas arrecadadas no nível federal por meio de contribuições sociais não compartilhadas
por estados e municípios, as quais foram responsáveis pelo acentuado aumento da carga tributária.
b) Um pacto de governabilidade entre os partidos majoritários.
c) Um corte nos investimentos públicos, com conseqüências negativas importantes para a qualidade da infra-estrutura e dos
serviços públicos básicos.
d) Condições mais rígidas aplicadas à expansão da dívida pública estadual e municipal, após as renegociações realizadas em
1997/1998.
e) Implementação de um importante programa de privatização, que liberou o governo, dos subsídios a empresas estatais.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 80/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400878 Ano: 2005 Banca: ESAF Instituição: Receita Federal Cargo: Auditor Fiscal da Receita Federal - Área Tecnologia da
Informação - Prova 1

315- Os mecanismos da tributação afetam grande parte do sistema econômico. Com relação à teoria da tributação, identifi
que a afi rmativa correta.
a) Os efeitos da aplicação do imposto unitário podem afetar apenas o consumidor.
b) Uma curva de oferta perfeitamente elástica implicará no repasse parcial do ônus tributário aos consumidores via aumento
de preços.
c) Um imposto muito elevado resulta em um peso morto também muito elevado, mas a arrecadação do governo é pequena,
pois o imposto reduz sensivelmente o tamanho do mercado.
d) Em um mercado monopolista, o imposto ad-valorem propicia uma arrecadação de tributos menor do que aquela oriunda do
imposto unitário.
e) A aplicação dos impostos diretos, que admitem repasse, afeta a disposição de oferta dos proprietários de trabalho e
capital, na medida em que a incidência tributária valoriza o trabalho e a poupança e desvaloriza o consumo.

Questão: 400879 Ano: 2005 Banca: ESAF Instituição: Receita Federal Cargo: Auditor Fiscal da Receita Federal - Área Tecnologia da
Informação - Prova 1

316- Sabendo-se que um sistema tributário é um conjunto de normas constitucionais de natureza tributária, indique a opção
falsa com relação às mudanças no Sistema Tributário Brasileiro.
a) Na reforma tributária de 1964/67, entraram em vigor dois impostos sobre o valor adicionado (IVA): o Imposto sobre
Produtos Industrializados (IPI) e o Imposto sobre a Circulação de Mercadorias (ICM), respectivamente.
b) A Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), nos moldes atuais, foi sempre um tributo muito
importante para o fomento do setor produtivo.
c) Em 2001, foi instituída a contribuição de intervenção no domínio econômico (CIDE).
d) Houve um retrocesso na tributação sobre o valor adicionado, pois o IPI e o ICMS ficaram cada vez mais específicos e
complexos, perdendo os atributos típicos dessa classe de impostos.
e) Ao longo das décadas de 70 e 80, a tributação cumulativa foi gradualmente ampliada, por meio da criação do Programa de
Integração Social (PIS), do Fundo de Investimento Social (FINSOCIAL, atualmente COFINS) e na década de 90, o Imposto
Provisório sobre Movimentação Financeira (atualmente CPMF).

Questão: 400880 Ano: 2005 Banca: ESAF Instituição: Receita Federal Cargo: Auditor Fiscal da Receita Federal - Área Tributária e Aduaneira
- Prova 3

317- O sistema tributário brasileiro é bastante complexo, tanto pelo grande número de impostos que incidem sobre os mais
diversos fatos geradores como pela sua estrutura. Assinale a única opção falsa no que tange aos tipos e características dos
impostos no Brasil.
a) Os impostos específicos são aqueles cujo valor do imposto é fixo em termos monetários.
b) Os impostos ad valorem são pró-cíclicos.
c) Os impostos do tipo ad valorem são aqueles em que há uma alíquota de imposto e o valor arrecadado depende da base
sobre a qual incide.
d) O Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) é de competência da União e possui alíquotas bastante diferenciadas, de
acordo com critérios de essencialidade do bem e com objetivos de arrecadação e de política industrial.
e) O Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) corresponde ao antigo Imposto sobre Circulação de
Mercadorias (ICM), com a incorporação de novos itens como fatos geradores do imposto: transportes, energia elétrica,
combustíveis e telecomunicações.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 81/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400881 Ano: 2005 Banca: ESAF Instituição: Receita Federal Cargo: Auditor Fiscal da Receita Federal - Área Tecnologia da
Informação - Prova 1

318- Com relação às transações tipicamente fiscais, às Necessidades de Financiamento do Setor Público (NFSP) e à Dívida
Pública, identifique a única opção errada.
a) As transações tipicamente fiscais são aquelas que afetam diretamente o resultado da administração pública, especialmente
as que envolvem fluxos registrados nos orçamentos.
b) A Lei de Responsabilidade Fiscal exige que sejam apurados dois resultados fiscais: resultado primário e resultado
operacional.
c) No Brasil, as NFSPs (Necessidade de Financiamento do Setor Público) são medidas pelo conceito "acima da linha", a partir
de mudanças no valor do endividamento público.
d) Segundo a ótica de apuração da Dívida Líquida do Setor Público pelo conceito "abaixo da linha" identificam-se as posições
patrimoniais e suas alterações anuais.
e) As NFSPs correspondem à variação nominal do endividamento do setor público não financeiro junto ao sistema financeiro
e ao setor privado, doméstico ou do resto do mundo.

Questão: 400882 Ano: 2005 Banca: ESAF Instituição: Receita Federal Cargo: Auditor Fiscal da Receita Federal - Área Tributária e Aduaneira
- Prova 3

319- A diferença entre a arrecadação tributária e o gasto público leva a um dos conceitos mais discutidos na economia
brasileira nos últimos anos, que é o déficit público. Identifique a opção incorreta no que diz respeito a déficit público e finanças
públicas.
a) Para evitar distorções causadas pela inflação, é desejável se utilizar o conceito de déficit operacional do setor público,
onde, do lado da despesa, são excluídos os gastos com correção cambial e monetária das dívidas interna e externa.
b) O déficit público é equivalente à diferença entre o valor dos investimentos públicos e a poupança do governo em conta
corrente.
c) Ao financiar o déficit público com a colocação de títulos junto ao setor privado, o governo aumenta as pressões
inflacionárias do excesso de moeda e expande a dívida interna.
d) O governo pode financiar o déficit público por meio de emissão de moeda ou via colocação de títulos públicos junto ao
setor privado.
e) O conceito de déficit primário exclui, além dos pagamentos relativos à correção monetária, as despesas com juros reais
das dívidas interna e externa, refl etindo, na prática, a situação das contas públicas, caso o governo não tivesse dívida.

Questão: 400883 Ano: 2005 Banca: ESAF Instituição: Receita Federal Cargo: Auditor Fiscal da Receita Federal - Área Tributária e Aduaneira
- Prova 3

320- A Constituição de 1988 teve como objetivo o fortalecimento da Federação. Identifique qual a mudança provocada na
tributação pela mesma, que não é verdadeira.
a) Aumentou o grau de autonomia fiscal dos Estados e Municípios e descentralizou os recursos tributários.
b) Atribuiu competência a cada um dos estados para fixar autonomamente as alíquotas do seu principal imposto, o Imposto
sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), sucessor do Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICM).
c) Reduziu os recursos disponíveis da União, por meio do aumento das transferências tributárias e da limitação de suas
bases impositivas.
d) Obrigou o governo federal a criar novos tributos e elevar as alíquotas dos já existentes, em particular daqueles não sujeitos
à partilha com Estados e Municípios.
e) Obrigou à União a recompor sua receita utilizando outros tributos tecnicamente melhores do que o Imposto de Renda e o
Imposto sobre Produtos Industrializados, do ponto de vista da eficiência do sistema econômico como um todo.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 82/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400884 Ano: 2005 Banca: ESAF Instituição: Receita Federal Cargo: Auditor Fiscal da Receita Federal - Área Tecnologia da
Informação - Prova 1

321- Observando-se o comportamento das finanças públicas, no Brasil, a partir de 1999, não se pode afi rmar que:
a) houve profunda reversão do desempenho fiscal do governo, que passou a apresentar, a partir de então, superávits
primários expressivos.
b) o ajuste fiscal foi fortemente concentrado na elevação das receitas de impostos não-cumulativos.
c) a existência de superávits primários seria necessária para permitir a absorção de choques na economia, liberar a taxa de
juros para ser usada para fins de política monetária e permitir a redução da dívida pública ao longo do tempo.
d) houve a aprovação da Lei de Responsabilidade Fiscal, com a imposição de limites de gastos com pessoal para os três
níveis de governo.
e) o fator previdenciário, implementado em novembro de 1999, visou adequar o benefício ao tempo médio de recebimento do
benefício (expectativa de sobrevida), à idade e ao tempo de contribuição.

Questão: 400885 Ano: 2005 Banca: ESAF Instituição: Receita Federal Cargo: Auditor Fiscal da Receita Federal - Área Tributária e Aduaneira
- Prova 3

322- Os impostos são modalidades de tributos cuja cobrança tem por fato gerador situação independente de qualquer
atividade estatal específi ca, relativa ao contribuinte. Assim, indique qual opção que não condiz com a realidade referente ao
Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural.
a) Sua destinação legal é distribuída entre a União (50%) e os Estados (50%), onde os imóveis estiverem situados.
b) Tem suas alíquotas fixadas de forma a desestimular a manutenção de propriedades improdutivas.
c) É de competência da União.
d) São contribuintes o proprietário do imóvel, o titular de seu domínio útil, ou o seu possuidor a qualquer título.
e) Tem como fato gerador a propriedade, o domicílio útil ou a posse de imóvel localizado fora da zona urbana do município.

Questão: 400886 Ano: 2005 Banca: ESAF Instituição: Receita Federal Cargo: Auditor Fiscal da Receita Federal - Área Tributária e Aduaneira
- Prova 3

323- Com relação à incidência tributária de um imposto, assinale a única opção incorreta.
a) O peso morto é uma forma de ineficiência econômica que deve ser levada em consideração quando políticas são
elaboradas e implementadas.
b) A incidência de um imposto ou de um subsídio é, normalmente, compartilhada por produtores e consumidores, sendo que
a fração que cada um acabará pagando, dependerá das elasticidades da oferta e da demanda.
c) A intervenção governamental resulta, geralmente, em um peso morto.
d) Se o governo impõe um imposto sobre vendas de determinada mercadoria, esse imposto terá por efeito deslocar a curva
de demanda dessa mercadoria para cima.
e) Quando o governo cria um imposto ou subsídio, o preço geralmente não reflete elevação ou queda igual ao valor total do
imposto ou subsídio.

Questão: 400887 Ano: 2005 Banca: ESAF Instituição: Receita Federal Cargo: Auditor Fiscal da Receita Federal - Área Tecnologia da
Informação - Prova 1

324- Afi rma-se que o conceito de tributo, de forma resumida, é sempre um pagamento compulsório em moeda, forma normal
de extinção da obrigação tributária. No tocante ao conceito de tributo, no Brasil, aponte a única opção falsa.
a) O imposto é de competência privativa, atribuída pela Constituição Federal.
b) A taxa tem como fato gerador o exercício regular do poder de polícia ou sua utilização efetiva ou potencial de serviço
público, específi co e divisível, prestado ou colocado à disposição do contribuinte.
c) O imposto é considerado uma receita corrente e se origina da obrigação social dos cidadãos de contribuírem para a
manutenção da coisa pública.
d) A receita tributária é composta, exclusivamente, por impostos e taxas.
e) A taxa não pode ter base de cálculo ou fato gerador idênticos ao do imposto, nem ser calculada em função do capital das
empresas.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 83/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400888 Ano: 2005 Banca: ESAF Instituição: Receita Federal Cargo: Auditor Fiscal da Receita Federal - Área Tecnologia da
Informação - Prova 1

325- A Lei n. 4.320/64 classifica a receita segundo as categorias econômicas em receitas correntes e de capital e define as
fontes que compõem cada categoria. Posteriormente, face à necessidade de melhor identificação dos ingressos nos cofres
públicos, o esquema inicial foi desdobrado em subníveis que formam o código identificador de receita. Indique o
desdobramento não pertinente.
a) alínea
b) subalínea
c) rubrica
d) elemento
e) subfonte

Questão: 400889 Ano: 2004 Banca: ESAF Instituição: CGU Cargo: Analista de Finanças e Controle - Área - Auditoria e Fiscalização - Prova 3

326- Nos últimos anos, tem-se assistido a freqüentes manifestações sobre a necessidade de um novo pacto federativo, que
elimine a tensão que volta e meia se manifesta sob a forma de conflito nas relações intergovernamentais. Escolha a opção
incorreta relacionada à globalização, regionalismo e federação.
a) Em um novo pacto federativo, a autonomia deverá estar mais associada à flexibilidade no uso e à estabilidade dos
recursos financeiros do que a liberdade para tributar.
b) A harmonização da política tributária não afeta a autonomia dos entes federados, centrada na repartição das competências
impositivas e no mecanismo de repartição de receitas constitucionalmente definidos.
c) O período 1988-1998 sofreu influência de uma instável conjuntura econômica que afetou fortemente o campo fiscal e
acabou por reverter parte significativa dos avanços alcançados no rumo da descentralização.
d) A manutenção do federalismo requer a existência de instituições independentes em cada um dos níveis de governo.
e) Quando as desigualdades regionais são grandes, o equilíbrio entre repartição de competências e a autonomia federativa
depende de um eficiente sistema de transferências compensatórias.

Questão: 400890 Ano: 2004 Banca: ESAF Instituição: CGU Cargo: Analista de Finanças e Controle - Área - Auditoria e Fiscalização - Prova 3

327- Os modelos macroeconômicos procuram analisar o comportamento dos gastos públicos durante o tempo. Os modelos
que tentam associar o crescimento dos gastos públicos com os estágios de crescimento do país foram desenvolvidos por
a) Peacock , Wiseman e Wagner.
b) Adolpho Wagner.
c) Peacock, Wiseman e Herber.
d) Musgrave, Rostow e Herber.
e) Musgrave, Rostow e Kay.

Questão: 400891 Ano: 2004 Banca: ESAF Instituição: CGU Cargo: Analista de Finanças e Controle - Área - Auditoria e Fiscalização - Prova 3

328- É de conhecimento geral que, por várias razões históricas, o Estado assumiu em vários países de industrialização tardia
ou subdesenvolvidos uma função central na promoção do desenvolvimento econômico, inclusive no Brasil. Identifique a opção
falsa.
a) No Brasil, o Estado, para viabilizar o processo de industrialização, assumiu a incumbência de desenvolver o setor de bens
intermediários e gerar a infra-estrutura.
b) As empresas estatais, no período do II Plano Nacional de Desenvolvimento (II PND), conforme determinação
governamental, só podiam ter acesso ao crédito interno.
c) O Estado brasileiro atuou no desenvolvimento do setor siderúrgico, da exploração de petróleo, do setor petroquímico, entre
outros.
d) Além do grande esforço na tentativa de redirecionamento da poupança interna para os projetos do II PND, houve uma
grande participação de empréstimos externos no financiamento dos programas de investimentos.
e) Observou-se, ao longo do processo de desenvolvimento nacional brasileiro, a constituição de um setor produtivo que
ocupava os espaços que não estavam ao alcance do setor privado propriamente dito.

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 84/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

Questão: 400892 Ano: 2004 Banca: ESAF Instituição: CGU Cargo: Analista de Finanças e Controle - Área - Auditoria e Fiscalização - Prova 3

329- Para atingir os objetivos de política econômica, o governo dispõe de um conjunto de instrumentos. Entre eles estão a
política fiscal, monetária e cambial. Assinale a opção incorreta.
a) A política cambial corresponde a ações do governo que atingem diretamente as transações internacionais do país.
b) A política fiscal pode ser dividida em política tributária e política de gastos públicos.
c) Para controlar as condições de crédito, o governo utiliza a política monetária.
d) Quando o governo aumenta seus gastos, diz-se que a política monetária é expansionista e, caso contrário, é
contracionista.
e) Por meio da política cambial, o governo pode atuar no mercado de divisas de vários países.

Questão: 400893 Ano: 2004 Banca: ESAF Instituição: CGU Cargo: Analista de Finanças e Controle - Área - Auditoria e Fiscalização - Prova 3

330- Com base na Teoria das Finanças Públicas, assinale a única opção falsa.
a) Um bem público puro é caracterizado por ter seu consumo não rival e não excludente.
b) Bens privados são aqueles cujo consumo é tanto rival quanto excludente e são providos eficientemente em mercados
competitivos.
c) A exclusão permite que o produtor do bem privado possa ser pago sempre que um consumidor fizer uso do mesmo.
d) Um exemplo de bem público puro é segurança nacional.
e) Há rivalidade no consumo de um bem se o consumidor desse bem por parte de uma pessoa aumenta a disponibilidade do
mesmo para as outras.

Questão: 400580 Banca: FCC Instituição: MPE-PB Cargo: Analista Ministerial - Auditor de Contas Públicas

331- O instrumento de planejamento pelo qual devem ser previstos os objetivos, diretrizes e metas da Administração pública
para asdespesas relativas aos programas de duração continuada é o
a) Plano Plurianual.
b) Lei de Diretrizes Orçamentárias.
c) Lei Orçamentária Anual.
d) Plano Diretor.
e) Anexo de Riscos Fiscais.

GABARITO DAS QUESTÕES

1:B 2:E 3:A 4:D 5:D 6:E 7:C 8:B 9:C 10:E 11:B 12:E 13:D
14:A 15:A 16:E 17:C 18:D 19:E 20:C 21:C 22:D 23:C 24:A 25:A 26:C
27:B 28:E 29:B 30:B 31:D 32:D 33:C 34:D 35:B 36:B 37:D 38:C 39:D
40:E 41:E 42:E 43:A 44:D 45:E 46:B 47:A 48:A 49:A 50:E 51:D 52:D
53:C 54:B 55:B 56:B 57:B 58:B 59:E 60:E 61:E 62:B 63:A 64:A 65:B
66:C 67:C 68:B 69:D 70:C 71:C 72:D 73:C 74:B 75:A 76:A 77:B 78:A
79:C 80:A 81:C 82:E 83:E 84:D 85:B 86:D 87:B 88:C 89:C 90:B 91:D
92:E 93:A 94:A 95:E 96:B 97:C 98:E 99:E 100:A 101:E 102:D 103:C 104:C
105:E 106:A 107:D 108:C 109:B 110:A 111:C 112:B 113:A 114:E 115:C 116:E 117:E
118:A 119:E 120:B 121:C 122:C 123:E 124:D 125:D 126:E 127:C 128:A 129:E 130:E
131:C 132:E 133:C 134:C 135:C 136:C 137:D 138:B 139:B 140:D 141:D 142:D 143:A
144:B 145:E 146:E 147:C 148:E 149:B 150:D 151:C 152:B 153:D 154:C 155:E 156:B
157:D 158:A 159:C 160:A 161:C 162:D 163:B 164:B 165:A 166:C 167:D 168:C 169:C
170:E 171:E 172:E 173:A 174:C 175:A 176:D 177:B 178:C 179:D 180:B 181:D 182:D
183:A 184:C 185:A 186:A 187:C 188:C 189:E 190:A 191:A 192:E 193:C 194:A 195:D
196:E 197:A 198:D 199:D 200:C 201:C 202:A 203:D 204:A 205:E 206:B 207:D 208:E
209:E 210:C 211:D 212:A 213:C 214:C 215:B 216:B 217:C 218:A 219:C 220:E 221:B
222:C 223:C 224:D 225:A 226:B 227:C 228:E 229:C 230:B 231:E 232:E 233:E 234:D
235:D 236:A 237:B 238:A 239:E 240:E 241:D 242:B 243:E 244:B 245:C 246:E 247:E
248:C 249:B 250:D 251:B 252:C 253:B 254:B 255:D 256:C 257:A 258:C 259:C 260:B

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 85/86
Finanças Públicas - xProvas.com.br

261:C 262:C 263:C 264:C 265:B 266:C 267:A 268:C 269:A 270:D 271:B 272:A 273:E
274:D 275:A 276:A 277:E 278:E 279:D 280:D 281:A 282:D 283:A 284:B 285:D 286:A
287:D 288:D 289:C 290:B 291:A 292:D 293:E 294:A 295:D 296:A 297:E 298:C 299:B
300:C 301:D 302:D 303:E 304:A 305:B 306:C 307:D 308:C 309:B 310:A 311:C 312:D
313:E 314:B 315:C 316:B 317:B 318:C 319:C 320:E 321:B 322:A 323:D 324:E 325:D
326:D 327:C 328:D 329:C 330:A 331:A

Copyright © 2018 xProvas.com.br - Todos os direitos reservados.


Página 86/86