Você está na página 1de 1

Lista – Sistemas Térmicos II

1. Uma central de potência a vapor apresenta pressão máxima igual a 3 MPa e temperatura de
60°C no condensador. Uma turbina de condensação é empregada, mas o título nessa turbina
não deve ser menor do que 90%, em qualquer ponto da turbina. Para uma potência de 8 MW
gerada pela turbina, determine os valores de trabalho e de as transferências de calor em todos
os componentes do ciclo e seu rendimento. 3,03 kJ/kg; 3.178,4kJ/kg; 1.058,8 kJ/kg; 2.123 kJ/kg;
0,332

2. Uma pequena central de potência produz vapor a 3 MPa, 600°C na sua caldeira. A água do
oceano é empregada para resfriamento, retirando 10 MW de calor do condensador, mantido a
45°C. A primeira seção da turbina expande o vapor até 500 kPa, sendo que a saída desse estágio
da turbina é reaquecida para, então, ser enviada ao estágio de baixa pressão a turbina.
Determine a temperatura de reaquecimento necessária para que a turbina de baixa pressão
descarregue vapor saturado. Para esse nível de reaquecimento determine a potência total na
turbina e a transferência de calor na caldeira. 529°C; 6,49MW; 16,48MW

3. Considere um ciclo a vapor ideal com reaquecimento no qual vapor entra na turbina de alta
pressão a 3 MPa, 400°C e, então, é expandido até 0,8 MPa. Nesse momento, o vapor é
reaquecido a 400°C e expandido até 10 kPa no estágio de baixa pressão da turbina. Calcule o
rendimento térmico e o título do vapor que deixa a turbina de baixa pressão. 0,3527; 0,923

4. Uma planta de potência a vapor apresenta temperatura no condensador de 45°C, pressão


máxima de 5 MPa e temperatura de saída da caldeira de 900°C. A planta conta com um
aquecedor de mistura operando a 1 MPa. Determine a fração de vapor extraído na turbina, os
valores de trabalho específico nas duas bombas e o trabalho específico por unidade de massa
na turbina. 0,1661; 1 kJ/kg; 4,5 kJ/kg; 1.809,6 kJ/kg

5. Uma planta de potência a vapor d’água opera com uma vazão mássica na saída da caldeira de
20 kg/s de vapor a 2 MPa e 600°C. O condensador do ciclo opera a 50°C, sendo resfriado pela
água de um rio a 20°C. O ciclo conta com um aquecedor de mistura e a pressão na extração da
turbina é 600 kPa. A saída do aquecedor de mistura é líquido saturado. Calcule a vazão mássica
na seção de extração da turbina. Determine a vazão mássica de água de refrigeração no
condensador (proveniente do rio), sabendo que o máximo aumento de temperatura permissível
dessa água é 5 °C. 3 kg/s; 1.836 kg/s

6. Um ciclo Rankine que utiliza água como fluido de trabalho tem pressão e temperatura na
saída do superaquecedor do gerador de vapor iguais a 3 MPa e 500 °C. O condensador opera a
100 °C e todos os componentes são ideais, com exceção da turbina, que apresenta um estado
de saída medido de vapor saturado a 100°C. Calcule o rendimento térmico com (a) uma turbina
ideal; (b) com uma turbina real. 0,271; 0,256;

Você também pode gostar