Você está na página 1de 46

LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

DEDICATÓRIA
Este material nasceu por meio de três inspirações. Primeiro, pela confiança dos
pedagógicos em acreditar no meu trabalho. Para vocês, uma palavra: gratidão.
Segundo, por acreditar que este material será um diferencial na aprovação dos
nossos alunos. Por fim, agradeço à minha esposa e ao meu filho, que são fontes
de inspiração em todos os momentos. Para estes, uma palavra: amo vocês.

Gustavo Silva

2
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

SUMÁRIO
QUESTÕES QUADRIX

ACENTUAÇÃO GRÁFICA E ORTOGRAFIA OFICIAL...........................................................................................................................................4

MORFOLOGIA – CLASSES DE PALAVRAS VARIÁVEIS E INVARIÁVEIS...............................................................................................5

ANÁLISE SINTÁTICA – PERÍODO SIMPLES..............................................................................................................................................................6

INTERPRETAÇÃO TEXTUAL..................................................................................................................................................................................................7

REGÊNCIA VERBAL/CRASE/COLOCAÇÃO PRONOMINAL.........................................................................................................................11

QUESTÕES COMENTADAS COM OBJETIVIDADE..........................................................................................................................................16

QUESTÕES CESPE

CLASSES DE PALAVRAS......................................................................................................................................................................................................23

CONECTORES..............................................................................................................................................................................................................................25

ANÁLISE SINTÁTICA................................................................................................................................................................................................................27

PONTUAÇÃO................................................................................................................................................................................................................................30

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO............................................................................................................................................................................................32

QUESTÕES COMENTADAS COM OBJETIVIDADE..........................................................................................................................................39

3
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

QUESTÕES QUADRIX 9. (Quadrix / CRMV-AM 2020) Julgue a afirmativa


como C (CERTA) ou E (ERRADA). A palavra “útil” é
acentuada por se tratar de uma paroxítona que
ACENTUAÇÃO GRÁFICA E ORTOGRAFIA OFICIAL apresenta, na sílaba tônica, a vogal aberta u e
1. (Quadrix / CRM-AC Assistente Administrativo terminar em l.
2019) Julgue a afirmativa como C (CERTA) ou E
(ERRADA). Os vocábulos “saúde”, “País” e “Daí” são 10. (Quadrix / CRN – RS 2020) Julgue a afirmativa
acentuados graficamente de acordo com a mesma como C (CERTA) ou E (ERRADA). A mesma regra
regra de acentuação gráfica. explica a acentuação gráfica dos vocábulos “açúcar”,
“substância”, “óleo” e “técnicas”.
2. (Quadrix / CREA-GO Analista 2019) Julgue
a afirmativa como C (CERTA) ou E (ERRADA). 11. (Quadrix / CREFONO 2020) Julgue a afirmativa
Os vocábulos oxítonos “após”, “País” e “até” são como C (CERTA) ou E (ERRADA). Os vocábulos
acentuados graficamente de acordo com a mesma “diários”, “saúde” e “ruído” são acentuados
regra de acentuação gráfica. graficamente de acordo com a mesma regra de
acentuação gráfica a que se refere às vogais tônicas
3. (Quadrix / CREA-GO Assistente Administrativo que formam hiato com a sílaba anterior.
2019) Julgue a afirmativa como C (CERTA) ou E
(ERRADA). Fragmento do texto: “É uma oportunidade 12. (Quadrix / CFO-DF 2020) Julgue a afirmativa
para o mercado, são poucos os países do mundo que como C (CERTA) ou E (ERRADA). Os vocábulos
têm uma demanda tão expressiva”, diz Alexandre “invisíveis”, “países” e “superfície” são acentuados
Frankel, presidente da Vitacon. “Vemos um novo graficamente de acordo com a mesma regra de
ciclo se formando no setor e, se tudo correr bem na acentuação gráfica.
economia, os próximos dois anos podem ser de retorno
a um momento melhor do mercado imobiliário”. A 13. (Quadrix / CRBM 2019) Julgue a afirmativa como
acentuação gráfica da forma verbal “têm” justifica‐se C (CERTA) ou E (ERRADA). Os vocábulos “está” e
pela mesma razão da do vocábulo “também”. “transformá‐las” são acentuados graficamente de
acordo com a mesma regra de acentuação gráfica.
4. (Quadrix / CREA-GO Assistente Administrativo
2019) Julgue a afirmativa como C (CERTA) ou E 14. (Quadrix / CRF-ES 2019) Julgue a afirmativa como
(ERRADA). A acentuação gráfica dos vocábulos C (CERTA) ou E (ERRADA). Os vocábulos “reúne” e
“já”, “três” e “mês” justifica‐se pela mesma regra de “País” são acentuados graficamente de acordo com
acentuação gráfica. a mesma regra de acentuação gráfica.

5. (Quadrix / CRESS-GO Agente Fiscal 2019) Julgue 15. (Quadrix / CRA=PA 2019) Julgue a afirmativa
a afirmativa como C (CERTA) ou E (ERRADA). Os como C (CERTA) ou E (ERRADA). Os vocábulos
vocábulos “três” e “pé” são acentuados graficamente “indústria”, “disponíveis” e “indivíduo” são acentuados
de acordo com a mesma regra de acentuação gráfica. graficamente de acordo com a mesma regra de
acentuação gráfica.
6. (Quadrix / CRESS-GO Agente Administrativo 2019)
Julgue a afirmativa como C (CERTA) ou E (ERRADA).
A acentuação gráfica dos vocábulos “conteúdos” e GABARITO OFICIAL
“ódio” justifica-se porque ambos são paroxítonos
ACENTUAÇÃO GRÁFICA E ORTOGRAFIA OFICIAL
com a vogal tônica isolada em uma sílaba.
1. C 2. E 3. E 4. C 5. C
7. (Quadrix / Prefeitura de Canaã dos Carajás PA
2020) Julgue a afirmativa como C (CERTA) ou E 6. E 7. C 8. E 9. C 10. E
(ERRADA). Os vocábulos “água”, “áreas” e “prédios”
são acentuados graficamente de acordo com a 11. E 12. E 13. C 14. C 15. C
mesma regra de acentuação gráfica.

8. (Quadrix / CRMV-AM 2020) Julgue a afirmativa


como C (CERTA) ou E (ERRADA). As palavras
“pássaros”, “aquático” e “poluídas” são acentuadas de
acordo com a mesma regra de acentuação gráfica.

4
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

MORFOLOGIA – CLASSES DE PALAVRAS 27. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C


VARIÁVEIS E INVARIÁVEIS (CERTA) ou E (ERRADA). Em “As cáries são produzidas
quando a decomposição atravessa o esmalte”,
16. (Quadrix / 2020) Julgue a afirmativa como C
“quando” exerce a função de conjunção temporal.
(CERTA) ou E (ERRADA). A conjunção “portanto” tem
sentido conclusivo.
28. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C (CERTA)
17. (Quadrix / Prefeitura de Canaã dos Carajás PA ou E (ERRADA). Pode-se substituir “progressivamente”
2020) Julgue a afirmativa como C (CERTA) ou E por “gradualmente” sem prejuízo semântico.
(ERRADA). A forma verbal “provenham” corresponde
à flexão do verbo prover na terceira pessoa do plural 29. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C
do presente do subjuntivo. (CERTA) ou E (ERRADA). Pode-se substituir “contudo”
por “entretanto” sem prejuízo gramatical.
18. (Quadrix / 2020) Julgue a afirmativa como C
(CERTA) ou E (ERRADA). Em “uma metodologia de 30. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C
trabalho que propicie o acompanhamento da voz (CERTA) ou E (ERRADA). Em “Sendo, pois, certo que
[...] “A forma verbal “propicie” está flexionada no a palavra divina não deixa de frutificar por parte de
tempo futuro do modo subjuntivo. Deus...” O vocábulo “pois” indica conclusão.

19. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como


C (CERTA) ou E (ERRADA). O emprego das GABARITO OFICIAL
formas verbais “seja”, “batesse” e “dissesse” indica
acontecimento certo e presente. MORFOLOGIA – CLASSES DE PALAVRAS
VARIÁVEIS E INVARIÁVEIS
20. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C
(CERTA) ou E (ERRADA). No trecho “Já sou assim e 16. C 17. E 18. E 19. E 20. C
continuo a ouvir”, “e” é uma conjunção.
21. E 22. C 23. C 24. C 25. E

21. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C
(CERTA) ou E (ERRADA). No trecho “Eu era assim, e 26. E
27. C 28. C 29. C 30. C
já ouvia dizer”, “e” é uma preposição.

22. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como


C (CERTA) ou E (ERRADA). No trecho “O
impulsionamento mundial é liderado pela LDIW”,
“é” consiste em um verbo auxiliar.

23. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C


(CERTA) ou E (ERRADA). No trecho “mas o seu lixo,
se não for bem gerido, vai chegar lá”, “mas” é uma
conjunção que traduz sentido de oposição.

24. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C


(CERTA) ou E (ERRADA). É correto afirmar que o
vocábulo “principal”, em “A principal bactéria” (linha
22), exerce a função de adjetivo.

25. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C


(CERTA) ou E (ERRADA). Tanto em “O interior é
macio”, quanto em “à cavidade interior”, a palavra
“interior” exerce a função de adjetivo.

26. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C


(CERTA) ou E (ERRADA). Em “a decomposição
atravessa o esmalte e chega à cavidade interior do
dente”, “e” desempenha a função de preposição.

5
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

ANÁLISE SINTÁTICA – PERÍODO SIMPLES 40. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C
(CERTA) ou E (ERRADA). No período “O presidente
31. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C
foi eleito pelo povo” o sujeito é composto.
(CERTA) ou E (ERRADA). A forma verbal “fizeram” em
“do qual fizeram parte a aquisição de armas de fogo 41. (Quadrix / 2020) Julgue a afirmativa como C (CER-
e a de material.”, na terceira pessoa do plural, justifi- TA) ou E (ERRADA). “o cachorro” exerce função de ob-
ca-se por ser composto o sujeito da oração. jeto direto em “Aquele carro atropelou o cachorro”
32. (Quadrix / SEDF / 2018) Julgue a afirmativa como 42. (Quadrix / 2020) Julgue a afirmativa como C
C (CERTA) ou E (ERRADA). Considerando-se o trecho (CERTA) ou E (ERRADA). Há incoerência gramatical
" Uma análise de qualquer aspecto de qualquer das na frase: “Aquele carro lhe atropelou.”
língua consideradas primitivas revelará que as ra-
zões que levam a esse tipo de juízo não passam de 43. (Quadrix / 2020) Julgue a afirmativa como C
preconceito e/ou ignorância.”, não haveria prejuízo (CERTA) ou E (ERRADA). Em “José acredita na hu-
para a correção gramatical do texto caso as formas manidade” a forma “na humanidade” exerce função
verbais “levam” e “passam” estivessem flexionadas de sujeito da oração.
na terceira pessoa do singular, dada a previsão gra-
matical de concordância com o vocábulo “que”, em 44. (Quadrix / 2020) Julgue a afirmativa como C (CER-
“que levam”, cuja função é a de sujeito das orações TA) ou E (ERRADA). Na frase “Minha neta nasceu on-
expressas pelas referidas formas verbais. tem” o vocábulo “ontem” é complemento de “nasceu”.

33. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C 45. (Quadrix / 2020) Julgue a afirmativa como C
(CERTA) ou E (ERRADA). No trecho “Realizado por (CERTA) ou E (ERRADA). No período “Li o livro de Ma-
outra equipe de pesquisadores, um segundo estudo chado de Assis” o verbo ler é intransitivo.
sugere diferente”, a expressão “um segundo estudo”
exerce função de sujeito. 46. (Quadrix / 2020) Julgue a afirmativa como C
(CERTA) ou E (ERRADA). Em “A onça capturou o java-
34. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C li.” a forma “javali” exerce função sintática de sujeito.
(CERTA) ou E (ERRADA). Em “Ninguém se cura sem
cortar a causa do mal” o termo “ninguém” exerce 47. (Quadrix / 2020) Julgue a afirmativa como C
função sintática de sujeito. (CERTA) ou E (ERRADA). No período “Foi despedido
porque não obedeceu ao regulamento da empresa”
35. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C (CER- o verbo “desobedecer” é transitivo indireto.
TA) ou E (ERRADA). Em “As levas de imigrantes se su-
cederam, e aos poucos transformaram o perfil do Rio 48. (Quadrix / 2020) Julgue a afirmativa como C
Grande. Trouxeram a agricultura de pequena proprie- (CERTA) ou E (ERRADA). Há incoerência gramatical
dade e o artesanato.” A forma verbal “trouxeram” tem a seguir. “A modernidade verdadeira consiste em di-
como sujeito a expressão “As levas de imigrantes”. reitos iguais para todos.”

36. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C (CER- 49. (Quadrix / 2020) Julgue a afirmativa como C
TA) ou E (ERRADA). No período “Há vários estudos (CERTA) ou E (ERRADA). A frase a segui está correta.
que indicam um possível apocalipse.”, a forma “vários Eu vi ele na quadra jogando futebol.
estudos” exerce a função de sujeito do verbo haver.
50. (Quadrix / 2020) Julgue a afirmativa como C (CER-
37. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C TA) ou E (ERRADA). Considere ou não a assertiva. Ver-
(CERTA) ou E (ERRADA). Em “Marketing digital bos intransitivos necessitam de complemento verbal.
muda vidas e movimenta a economia.” A palavra “vi-
das” exerce a função sintática de sujeito da oração. GABARITO OFICIAL

38. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C ANÁLISE SINTÁTICA – PERÍODO SIMPLES
(CERTA) ou E (ERRADA). Em “Todo mundo, alguns
poucos, outros mais, faz esse tipo de coisa”, a forma 31. C 32. E 33 C 34. C 35. C
“todo mundo” exerce a função sintática de sujeito.
36. E 37. E 38.C 39. E 40. E
39. (Quadrix / 2019) Julgue a afirmativa como C
(CERTA) ou E (ERRADA). No trecho “às pessoas in- 41. C 42. C 43.E 44. E 45. E
teressa o êxito” a forma “às pessoas exerce a função 46. E 47. C 48.E 49. E 50. E
sintática de sujeito da oração.

6
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

INTERPRETAÇÃO TEXTUAL 56. (Quadrix / CREFONO-5° Região - Auxiliar


Administrativo 2020) A conjunção “portanto”
51. (Quadrix / CREFONO-5° Região - Auxiliar Adminis-
(linha 9) introduz, no período, oração coordenada
trativo 2020) Julgue o item no que se refere à correção
de sentido conclusivo em “A linguagem pode ser
gramatical e à coerência da proposta de reescrita para
entendida como um conjunto de símbolos com
cada um dos trechos destacados do texto.
significado usados socialmente com o intuito de
“A linguagem pode ser entendida como um conjunto veicular a comunicação, portanto toda criança (...)”.
de símbolos com significado” (linhas 7 e 8): Pode‐
se entender a linguagem como um conjunto de 57. (Quadrix - CRN - 9 - Assistente Administrativo
símbolos com significado. – 2019) Acerca da estruturação linguística do texto,
julgue o item.
52. (Quadrix / CREFONO-5° Região - Auxiliar Admi-
nistrativo 2020) Julgue o item no que se refere à cor- “A organização e produção de alimentos saudáveis
reção gramatical e à coerência da proposta de reescri- por mulheres camponesas tem permitido
ta para cada um dos trechos destacados do texto. intensificar qualitativamente a luta pela soberania e
pela segurança alimentar e nutricional (..)”.
“A aquisição e o desenvolvimento da linguagem são
determinados tanto neurobiologicamente quanto Manteriam a correção gramatical, mas prejudicariam
socialmente e estão estreitamente relacionados ao os sentidos originais do texto, a inserção do elemento
desenvolvimento da aprendizagem” (linhas de 1 a 4): “a” antes de “produção” (linha 40) e a flexão, no plural,
A aquisição e o desenvolvimento da linguagem, da forma verbal “tem” (linha 41) — têm.
determinados tanto neurobiologicamente quanto
socialmente, estão estreitamente relacionados ao 58. (Quadrix - CRN - 9 - Assistente Administrativo
desenvolvimento da aprendizagem. – 2019) Acerca da estruturação linguística do texto,
julgue o item.
53. (Quadrix / CREFONO-5° Região - Auxiliar Admi-
nistrativo 2020) Acerca da correção gramatical e da “... mas também porque é dela a responsabilidade
coerência das substituições propostas para vocábulos pelas tarefas domésticas e o cuidado com as
e trechos destacados do texto, julgue o item. crianças.”

“há” (linha 36) por possui, em “... desenvolvimento Fica mantida a correção gramatical do texto se o
infantil de uma forma global e, principalmente, vocábulo “o” (linha 33) for substituído por pelo, caso
na aprendizagem da leitura e da escrita, pois há em que haverá alteração das referências textuais.
comprovações de influência das alterações (...)”.
59. (Quadrix - CRN - 9 - Assistente Administrativo
54. (Quadrix / CREFONO-5° Região - Auxiliar Admi- – 2019) Acerca da estruturação linguística do texto,
nistrativo 2020) Acerca da correção gramatical e da julgue o item.
coerência das substituições propostas para vocábu-
los e trechos destacados do texto, julgue o item. “A mulher camponesa é, em geral, a provedora de
alimentos da família(...)”.
“com o intuito de” (linhas 8 e 9) por com o propósito
de em “A linguagem pode ser entendida como um Na linha 30, mantém a correção gramatical e os
conjunto de símbolos com significado usados so- sentidos originais do texto a substituição da palavra
cialmente com o intuito de veicular a comunicação.” “provedora” por produtora.

55. (Quadrix / CREFONO-5° Região - Auxiliar 60. (Quadrix - CRN - 9 - Assistente Administrativo
Administrativo 2020) Em relação ao texto e a – 2019) Acerca da estruturação linguística do texto,
seus aspectos linguísticos, julgue o item. Em “Por julgue o item. Em “(...) reconhecidas, formalmente,
esse motivo, os profissionais que atuam, direta ou pela sociedade, o que faz com que a jornada cotidiana
indiretamente, com crianças precisam conhecer das mulheres no meio rural seja subestimada
cada etapa do desenvolvimento infantil, para detectar pela sociedade.”, a supressão do elemento “com”
os possíveis percalços que ocorram nesse processo e do trecho onde está inserido mantém a correção
minimizar...”, estariam mantidas a correção gramatical gramatical do texto.
e a coerência do texto caso se substituísse a vírgula
empregada após “infantil” (linha 44) por ponto final,
feito o devido ajuste de minúscula/maiúscula na letra
inicial do vocábulo “para”.

7
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

61. (Quadrix - CRN - 9 - Assistente Administrativo “A falta de antibióticos eficazes é uma ameaça
– 2019) Acerca da estruturação linguística do texto, de segurança tão séria como um surto de doença
julgue o item. Em “a agricultora familiar é vista súbita e mortal”.
como auxiliar e, normalmente, recebe menor
remuneração.”, sem prejuízo para a correção 69. (Quadrix – CRMV - Assistente Administrativo
gramatical, o termo “auxiliar” (linha 18) pode ser – 2019) Considerando a correção gramatical e
substituído por titular. a coerência das substituições propostas para
vocábulos e trechos destacados do texto, julgue o
62. (Quadrix - CRN - 9 - Assistente Administrativo – item. “reduzindo seu uso desnecessário em animais”
2019) Acerca da estruturação linguística do texto, julgue (linha 4) por por meio da redução desnecessária de
o item. Em “o trabalho da mulher camponesa não seu uso em animais.
tem visibilidade e evidencia assimetrias importantes,
quando comparado ao trabalho masculino, as quais “a eficácia dos antibióticos importantes para a
reservam aos homens o reconhecimento público(...)”, medicina humana reduzindo seu uso desnecessário
o segmento “as quais reservam” (linhas 12 e 13) em animais.”
poderia ser flexionado no masculino singular, caso
em que passaria a se referir ao antecedente “trabalho
masculino” (linha 12), sem que isso provoque mudança 70. (Quadrix – CRMV - Assistente Administrativo
dos sentidos originais do texto. – 2019) No que se refere ao texto e a seus aspectos
linguísticos, julgue o item.
63. (Quadrix - CRN - 9 - Assistente Administrativo Estariam mantidas a correção gramatical e a
– 2019) Acerca da estruturação linguística do texto,
coerência do texto caso fosse inserido, na linha 16, o
julgue o item. Em “Historicamente, o trabalho da
mulher camponesa não tem visibilidade e evidencia vocábulo caso imediatamente após o conector “se”.
assimetrias importantes, quando comparado “Animais saudáveis só devem receber antibióticos
ao trabalho masculino(...)”, mantém a correção
para prevenir doenças se elas tiverem sido
gramatical e os sentidos originais a substituição
de “quando comparado ao” (linha 12) por em diagnosticadas (...)”.
comparação com o.
71. (Quadrix – CRMV - Assistente Administrativo
66. (Quadrix – CRMV - Assistente Administrativo – 2019) No que se refere ao texto e a seus aspectos
– 2019) Considerando a correção gramatical e a linguísticos, julgue o item.
coerência das substituições propostas para vocábulos Estaria mantida a correção gramatical do texto caso
e trechos destacados do texto, julgue o item. fosse inserida uma vírgula após o termo “humanos”
Em “A evidência científica demonstra que o (linha 7), dada a extensão do sujeito da oração.
uso excessivo de antibióticos em animais pode “O uso excessivo e indevido de antibióticos em
contribuir para o aparecimento de resistência a animais e seres humanos está contribuindo(...)”.
esses medicamentos”, a substituição de “que” (linha
18) por onde.
72. (Quadrix - CREFONO - 9ª Região - Auxiliar Ad-
ministrativo - 2019) No que concerne à estruturação
67. (Quadrix – CRMV - Assistente Administrativo linguístico‐gramatical do texto, julgue o item. Em
– 2019) Considerando a correção gramatical e a “... guiado pelo mercado, com escopo global e flexi-
coerência das substituições propostas para vocábulos bilidade na sua habilidade de entregar valor supe-
e trechos destacados do texto, julgue o item. rior a ele, cujas preferências e expectativas mudam
“fortemente” (linha 14) por com veemência. continuamente(...)”, a palavra “cujas” (linha 29) reto-
ma “ele” (linha 29), que, por sua vez, faz referência a
“A OMS recomenda fortemente uma redução “mercado” (linha 27).
global no uso de todas as classes de antibióticos de
importância médica(...)”. 73. (Quadrix - CREFONO - 9ª Região - Auxiliar Ad-
ministrativo - 2019) No que concerne à estruturação
68. (Quadrix – CRMV - Assistente Administrativo linguístico‐gramatical do texto, julgue o item.
– 2019) Considerando a correção gramatical e a
coerência das substituições propostas para vocábulos Em “Quando há a satisfação do cliente (...)”, o
e trechos destacados do texto, julgue o item. elemento “Quando” (linha 15) introduz uma oração
com sentido locativo.
“como” (linha 11) por quanto.

8
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

74. (Quadrix - CREFONO - 9ª Região - Auxiliar Ad- 80. (Quadrix - CREFONO - 9ª Região - Fiscal – 2019)
ministrativo - 2019) No que concerne à estruturação No que concerne aos aspectos linguístico‐grama-
linguístico‐gramatical do texto, julgue o item. ticais do texto, julgue o item. Em “Todos esses nú-
meros são comportados e silenciosos: apenas eu
Em “o ponto de partida do marketing como filosofia e o Oceano Atlântico fazemos algum ruído (...)”, no
organizacional fundamenta‐se neste fato: os clientes contexto em que foi empregado, nas linhas 20 e 21,
apresentam necessidades a serem atendidas(...)”, o termo “apenas” intensifica a exclusão do persona-
o vocábulo “neste” (linha 10) retoma um elemento gem‐narrador em relação aos demais moradores do
anteriormente citado no texto. prédio, além de denotar uma fina ironia ao falar de
si mesmo e dos motivos das reclamações do vizinho.
75. (Quadrix - CREFONO - 9ª Região - Auxiliar Ad-
ministrativo – 2019) No que concerne à estrutura- 81. (Quadrix - CREFONO - 9ª Região - Fiscal – 2019)
ção linguístico‐gramatical do texto, julgue o item. Em No que concerne aos aspectos linguístico‐gramati-
“Logo, para ser executado, requer o prévio conheci- cais do texto, julgue o item. Em “e a sua veemente
mento do ambiente, das necessidades da clientela. reclamação verbal.”, a palavra “veemente” (linha 6) é
De posse desse conhecimento, é possível desenvolver empregada com o mesmo sentido de frenética.
estratégias corporativas para que essas necessidades
possam ser atendidas.”, os termos “desse” (linha 5) e
82. (Quadrix - CREFONO - 9ª Região - Fiscal –
“essas” (linha 7) referem‐se, respectivamente, a “prévio
2019) No que concerne aos aspectos linguístico‐
conhecimento do ambiente” (linhas 4 e 5) e “necessi-
gramaticais do texto, julgue o item. Em “Recebi
dades da clientela” (linha 5).
outro dia, consternado, a visita do zelador, que me
mostrou a carta em que o senhor reclamava do
76. (Quadrix - CREFONO - 9ª Região - Auxiliar barulho(...)”, na linha 3, o elemento “consternado”
Administrativo – 2019) No que concerne à
e as duas vírgulas que o encerram podem ser
estruturação linguístico‐gramatical do texto, julgue o
item. Em “No final dos anos 1990, teve início o debate deslocados para depois de “zelador”, sem que isso
acerca do futuro do marketing(...)”, sem prejuízo para configure prejuízo para a correção gramatical e para
a correção gramatical e para os sentidos originais os sentidos originais do texto.
do texto, o segmento “teve início” (linha 1) pode ser
substituído por deu‐se início. 83. (Quadrix - CREFONO - 9ª Região - Fiscal – 2019)
No que concerne aos aspectos linguístico‐gramati-
77. (Quadrix - CREFONO - 9ª Região - Auxiliar Ad- cais do texto, julgue o item. Em “Quem fala aqui é o
ministrativo – 2019) No que concerne à estrutura- homem do 1.003.” e “em que um homem batesse à
ção linguístico‐gramatical do texto, julgue o item. porta do outro e dissesse”, as expressões “o homem”
Em “No final dos anos 1990, teve início o debate acer- (linha 2) e “um homem” (linha 36) referem‐se ao nar-
ca do futuro do marketing(...)”, o trecho “No final dos rador‐personagem.
anos 1990” (linha 1) pode ser substituído por No fim
da década de 90 do século passado, sem que isso 84. (Quadrix – CREA-TO - 9ª Auxiliar de Serviços
prejudique o sentido original do texto. Gerais – 2019) No que se refere aos aspectos linguís-
ticos e gramaticais do texto, julgue o item. Em “e ge-
78. (Quadrix - CREFONO - 9ª Região - Fiscal – rente, no Rio de Janeiro, do Projeto Meros do Brasil,
2019) No que concerne à estruturação linguístico‐ uma das iniciativas responsáveis por organizar as
gramatical do texto, julgue o item. Em “Mas que ações em cidades brasileiras.”, o trecho “uma das ini-
me seja permitido sonhar com outra vida e outro ciativas responsáveis por organizar as ações em ci-
mundo, em que um homem batesse à porta do dades brasileiras” (linhas 19 e 20) refere‐se a “Projeto
outro e dissesse(...)”, no último parágrafo do texto, Meros do Brasil” (linha 18), explicando do que se trata
o emprego das formas verbais “seja” (linha 35),
esse projeto.
“batesse” (linha 36) e “dissesse” (linha 37) indica
acontecimento certo e presente.
85. (Quadrix – CREA-TO - 9ª Auxiliar de Serviços
Gerais – 2019) No que se refere aos aspectos
79. (Quadrix - CREFONO - 9ª Região - Fiscal – 2019) linguísticos e gramaticais do texto, julgue o item. Em
No que concerne aos aspectos linguístico‐gramaticais “Este é um dos assuntos presentes em discussões
do texto, julgue o item. No trecho “nós dois apenas nos propostas por instituições ambientalistas de diversos
agitamos e bramimos ao sabor da maré, dos ventos e países, que realizaram, no dia 21 de setembro de
da Lua” (linhas de 21 a 23), a forma verbal “bramimos” 2019, o World Cleanup Day ou, simplesmente, Dia
pode ser substituída por fazemos forte barulho. Mundial da Limpeza, como o evento é chamado em

9
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

português. Tivemos neste dia, em todo o mundo fato de que a(...)”, a supressão de “a” em “chama a
mutirões para limpeza(...)”, o termo “neste dia” atenção” mantém a correção gramatical e o nível de
refere‐se ao dia 21 de setembro de 2019. formalidade do texto.

86. (Quadrix – CREA-TO - 9ª Auxiliar de Serviços 92. (Quadrix – CRP-PR - 9ª Auxiliar Administrativo
Gerais – 2019) No que se refere aos aspectos Financeiro – 2019) No que se refere aos aspectos
linguísticos e gramaticais do texto, julgue o item. linguísticos e gramaticais do texto, julgue o item. Em
Em “Os chamados microplásticos vêm gerando “Em pleno século XXI, são grandes as batalhas por
preocupações na comunidade científica, em mudanças, cujo foco é a mentalidade preconceituosa
parte porque pouco se sabe acerca dos possíveis das pessoas que são influenciadas(...)”, desde que
impactos na saúde humana. Este é um dos assuntos feitas as devidas adaptações de letras iniciais e de
presentes em discussões propostas por instituições pontuação, a expressão “Em pleno século XXI”
ambientalistas de diversos países(...)”, o termo “Este” (linha 7) pode ser deslocada para depois de “foco”
é um pronome demonstrativo que se refere a Dia (linha 8), sem prejuízo para a correção gramatical e
Mundial da Limpeza. os sentidos originais do texto.

87. (Quadrix – CREA-TO - 9ª Auxiliar de Serviços 93. (Quadrix – CRP-PR - 9ª Auxiliar Administrativo
Gerais – 2019) No que se refere aos aspectos lin- Financeiro – 2019) No que se refere aos aspectos
guísticos e gramaticais do texto, julgue o item. Em linguísticos e gramaticais do texto, julgue o item.
“por uma pessoa em fragmentos imperceptíveis no Em “Diante das experiências humanas do dia a dia”,
copo”, a palavra “imperceptíveis” pode ser correta- sem prejuízo para a correção gramatical e para os
mente substituída por impercebíveis por se tratar sentidos originais do texto, a expressão “do dia a
de seu sinônimo. dia” (linha 1) pode ser substituída por cotidianas.

88. (Quadrix – CRP-PR - 9ª Auxiliar Administrativo 94. (Quadrix – CRB 6ª Região – Bibliotecário Fiscal
Financeiro – 2019) No que se refere aos aspectos lin- – 2019) No que se refere aos aspectos linguísticos
guísticos e gramaticais do texto, julgue o item. Em “há e gramaticais do texto, julgue o item. Em “O novo
falta de sensibilidade e empatia quando pessoas estágio do capitalismo e da sociedade burguesa
não deficientes estacionam em vagas reservadas a exigia um produtor do conhecimento engajado no
pessoas com deficiências, e o fazem mesmo correndo seu tempo, preocupado com a sua inserção social e
o risco de serem multadas.”, o elemento “o” (linha 36) com a utilidade daquilo que fazia.”, as formas “exigia”
retoma o segmento “falta de sensibilidade e empatia”. (linha 25) e “fazia” (linha 26) retomam o mesmo
referente, ou seja, “um produtor do conhecimento”
89. (Quadrix – CRP-PR - 9ª Auxiliar Administrativo (linha 25).
Financeiro – 2019) No que se refere aos aspectos lin-
guísticos e gramaticais do texto, julgue o item. Em “Às 95. (Quadrix – CRB 6ª Região – Bibliotecário Fiscal
vezes, a pessoa com deficiência fica até sem jeito de – 2019) No que se refere aos aspectos linguísticos
aceitar o assento e pede para que o idoso permaneça e gramaticais do texto, julgue o item. Em “A figura
no seu lugar, mas ele insiste em cedê‐lo.”, o vocábu- que surge como outro modelo de identidade, no
lo “‐lo”, em “cedê‐lo” (linha 19) tanto pode se referir a Ocidente, para se referir àquele que se dedicava ao
“lugar” (linha 18) quanto a “assento” (linha 17). trabalho de produção de sentidos, de produção de
símbolos, às atividades do pensamento e das artes,
90. (Quadrix – CRP-PR - 9ª Auxiliar Administrativo é a do intelectual, identidade que passa a circular a
Financeiro – 2019) No que se refere aos aspectos partir do ocaso do século XIX.”, o termo “intelectual”
linguísticos e gramaticais do texto, julgue o item. A (linha 17) é usado como adjetivo qualificativo para
oração “pede para que o idoso permaneça no seu nomear o sujeito do conhecimento no Ocidente,
lugar” (linhas 17 e 18) pode ser reescrita, sem prejuízo entre o final do século XIX e o início do século XX.
para a correção gramatical, como pede para o idoso
manter‐se nele. 96. (Quadrix – CRP-PR - 9ª Auxiliar Administrativo
Financeiro – 2019) No que se refere aos aspectos
91. (Quadrix – CRP-PR - 9ª Auxiliar Administrativo linguísticos e gramaticais do texto, julgue o item. Em
Financeiro – 2019) No que se refere aos aspectos “Quando se aborda a acessibilidade nos transportes
linguísticos e gramaticais do texto, julgue o item. públicos coletivos, chama a atenção o fato de que
Em “Quando se aborda a acessibilidade nos as pessoas que mais cedem lugar a um usuário
transportes públicos coletivos, chama a atenção o com deficiência são os mais velhos, e não os jovens.

10
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

Às vezes, a pessoa com deficiência fica até sem


GABARITO OFICIAL
jeito de aceitar o assento e pede para que o idoso
permaneça no seu lugar, mas ele insiste em cedê‐ INTERPRETAÇÃO TEXTUAL
lo. Outro exemplo de falta de acessibilidade ocorre
em(...)”, o segmento “Outro exemplo” (linha 20) 51. C 52. C 53. E 54. C 55. E
relaciona‐se, no texto, ao trecho “Quando se aborda
a acessibilidade nos transportes públicos coletivos” 56. C 57. E 58. C 59.E 60.C
(linhas 13 e 14), que é o primeiro exemplo citado.
61.C 62.E 63.C 64.C 65.C
97. (Quadrix – CRB 6ª Região – Bibliotecário Fiscal 66. E 67.C 68.C 69.E 70.E
– 2019) No que se refere aos aspectos linguísticos e
gramaticais do texto, julgue o item. Em “Entretanto, 71. E 72.E 73.E 74.E 75.C
entre os finais do século XIX e a primeira década do
século XX, a erudição e o erudito vão desaparecendo.”, 76.E 77.C 78.E 79.C 80.C
Ficam mantidos a correção gramatical e os sentidos
81. E 82.E 83.E 84.C 85.C
originais do texto caso a expressão “entre os finais do
século XIX e a primeira década do século XX” (linha 86.E 87.C 88.E 89.C 90.C
12) seja substituída por entre fins do século XIX e
meados do século seguinte. 91. E 92.E 93.C 94.E 95.E

96.C 97.E 98.C 99.C 100.E


98. (Quadrix – CRB 6ª Região – Bibliotecário Fiscal
– 2019) No que se refere aos aspectos linguísticos e
gramaticais do texto, julgue o item. As expressões REGÊNCIA VERBAL/CRASE/COLOCAÇÃO PRONO-
“finais do século XIX” (linha 12) e “ocaso do século MINAL
XIX” (linha 18) são correspondentes no texto, ou seja, 101. (Quadrix - CREFONO-5° Região - Auxiliar
fazem referência ao mesmo período temporal. Administrativo – 2020) Acerca da correção
gramatical e da coerência das substituições
99. (Quadrix – CRB 6ª Região – Bibliotecário Fiscal propostas para vocábulos e trechos destacados do
– 2019) No que se refere aos aspectos linguísticos texto, julgue o item.
e gramaticais do texto, julgue o item. Em “ele não “a sua volta” (linha 12) por à sua volta.
era um especialista, tinha o olhar direcionado mais
para a extensão do que para a profundidade do
102. (Quadrix - COREN - AC - Assistente
conhecimento que procurava.”, o deslocamento do Administrativo – 2019) Acerca das estruturas
vocábulo “mais” para antes de “do que” mantém a linguístico‐gramaticais do texto, julgue o item. Em
correção gramatical, ainda que haja a alteração dos “mas um cuidado que visa promover a saúde de toda
sentidos originais do texto. a família e comunidade”, a inserção de acento grave
indicativo de crase no “a” anterior a “saúde” (linha 17)
100. (Quadrix – CRB 6ª Região – Bibliotecário Fiscal manteria a correção gramatical devido à presença
– 2019) No que se refere aos aspectos linguísticos e da forma verbal “visa”, que exige o elemento “a” –
gramaticais do texto, julgue o item. Em “O erudito visa a –, e do termo feminino definido – “saúde”.
caracterizava‐se por possuir um saber vasto e
transitava por diferentes áreas do conhecimento”, 103. (Prova Quadrix - CRMV - RN - Agente
manteria a correção gramatical e os sentidos Administrativo – 2019) No que se refere ao texto e a
originais do texto a inserção do vocábulo “‐se” após seus aspectos linguísticos, julgue o item. Em “Alguns
a forma verbal “transitava”, devido à presença desse tipos de bactérias que causam infecções graves em
mesmo elemento na forma verbal “caracterizava‐se”. humanos já desenvolveram resistência à maioria ou
a todos os tratamentos disponíveis”, o emprego do
acento indicativo de crase em “à maioria” justifica‐
se pela regência do termo “resistência” e pela
anteposição de artigo definido ao termo “maioria”.

104. (Quadrix - CREFONO- 9° Região - Auxiliar


Administrativo – 2019) No que concerne à
estruturação linguístico‐gramatical do texto, julgue
o item. Em “um produto ou serviço que atenda
integralmente às carências e expectativas dos seus

11
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

clientes efetivos e potenciais.”, a supressão do acento 110. (Quadrix - Prefeitura de Canaã dos Carajás - PA
indicativo de crase em “às” (linha 23) mantém a - Analista Administrativo – Administração -2020)
correção gramatical e os sentidos originais do texto. Considerando o texto e seus aspectos linguísticos,
julgue o item. Em “O modelo de desenvolvimento
sustentável tem como objetivo reverter os danos à
105. (Quadrix - CRBM 5º Região - Bibliotecário
natureza gerados pelos seres humanos”, o emprego
Fiscal – 2019) No que se refere ao texto e a seus
do acento indicativo de crase em “à natureza” justi-
aspectos linguísticos, julgue o item. Em “é fonte para
fica-se pela regência do verbo “reverter” e pela ante-
o desenvolvimento de projetos, serviços e produtos
posição de artigo definido ao substantivo “natureza”.
variados, dando apoio às ações institucionais.”, o
emprego do sinal indicativo de crase em “às ações
institucionais” (linhas 31 e 32) justifica‐se pela 111. (Quadrix - CREA-TO - Analista de Sistemas – 2019)
regência da forma verbal “dando” (linha 31) e pela No que se refere ao texto e a seus aspectos linguísticos,
presença do artigo definido que determina “ações julgue o item. Em “propriedades que adotaram
institucionais” (linha 32). técnicas de sistemas de produção que associam a
criação de gado à agricultura”, o emprego do acento
indicativo de crase em “à agricultura” justifica‐se pela
106. (Quadrix - CRB 6º Região - Bibliotecário Fiscal regência da forma verbal “associam” e pela anteposição
– 2019) Julgue o item no que se refere às estruturas de artigo definido ao termo “agricultura”.
linguístico‐gramaticais do texto. Em “a erudição e o
erudito vão desaparecendo, para dar lugar a outra 112. (Quadrix - CRF-ES - Técnico de Nível Superior
figura de sujeito do conhecimento.”, mantém a – Administração – 2019) A respeito do texto e de
correção gramatical a inserção de acento grave seus aspectos linguísticos, julgue o item. Em “do
indicativo de crase no “a” que integra o segmento relacionamento entre o profissional de saúde e o
“para dar lugar a” (linha 13). paciente envolve transmitir segurança e confiança
para a adesão a qualquer intervenção em saúde
107. (Quadrix - CRESS-PR - Agente Fiscal – 2018) No e, consequentemente, às condutas descritas na
que se refere ao texto e a seus aspectos linguísticos, receita.”, o emprego do sinal indicativo de crase em
“às condutas” (linha 24) justifica‐se pela regência
julgue o item a seguir. Em “além de serem falsamente
do termo “adesão” (linha 23) e pela anteposição de
difamados como ameaças às sociedades dos países artigo feminino ao substantivo “condutas”.
para onde se deslocam, acrescentou.”, o emprego
do acento indicativo de crase em “às sociedades”
113. (Quadrix - CRO-DF - Fiscal I – 2020) Quanto à
justifica‐se pela regência do termo “ameaças” e pela
correção gramatical e à coerência das substituições
presença do artigo definido feminino plural que se
propostas para vocábulos e trechos destacados
antepõe a “sociedades”.
do texto, julgue o item. Em “e adaptando‐a à sua
realidade.”, substituição de “à sua realidade” (linha 6)
108. (Quadrix - CRESS-PR - Assistente Administra- por a sua realidade.
tivo – 2018) Em relação ao texto e a seus aspectos
linguísticos, julgue o item a seguir. Em “As mulhe-
114. (Quadrix - CRO-DF - Fiscal I – 2020)
res negras estão expostas à violência direta, que as
Considerando a tipologia do texto, as ideias nele
vitima fatalmente nas relações afetivas, e à indireta,
expressas e seus aspectos linguísticos, julgue o
aquela que atinge seus filhos e pessoas próximas.”,
item. Em “proporcionou o acesso mais dinâmico à
o emprego do acento indicativo de crase em “e à in-
informação e a troca de conhecimento em todo o
direta” (linha 24) justifica‐se pela regência do termo
mundo.”, o emprego do acento indicativo de crase
“expostas” (linha 23) e pela presença de artigo defi-
em “à informação” justifica‐se pela regência da
nido feminino, empregado para determinar o termo
forma verbal “proporcionou” e pela anteposição de
“violência” (linha 24), que está omitido no segmento.
artigo definido ao substantivo “informação”.
109. (Quadrix - Prefeitura de Canaã dos Carajás
115. (Quadrix - CRMV-AM - Serviços Gerais – 2020)
- PA - Fiscal Municipal de Obras – Fiscalização –
No que se refere à correção dos trechos apresentados
2020) Considerando a tipologia do texto, as ideias
quanto ao emprego do acento indicativo de crase,
nele expressas e seus aspectos linguísticos, julgue o
julgue o item. “A moça passava seus dias à cantar”.
item. Em “Adaptar as cidades à mudança climática,
eliminando ou minimizando o risco de desastres
por deslizamentos”, o emprego do acento indicativo 116. (Quadrix - CRMV-AM - Serviços Gerais – 2020)
de crase em “à mudança climática” justifica‐se pela No que se refere à correção dos trechos apresentados
regência do verbo “Adaptar” e pela anteposição de quanto ao emprego do acento indicativo de crase,
artigo definido ao substantivo “mudança”. julgue o item. “Contamos à ela o que aconteceu”.

12
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

117. (Quadrix - CRMV-AM - Serviços Gerais – 2020) 123. (Quadrix - CRN - 2° Região (RS) - Nutricionista
No que se refere à correção dos trechos apresentados Fiscal – 2020) No que concerne às estruturas
quanto ao emprego do acento indicativo de crase, linguísticas e gramaticais do texto, julgue o item. Em
julgue o item. “Estamos em casa desde às 12 h.”. “O consumo de arroz, feijão, milho, mandioca, batata
e vários tipos de legumes, verduras e frutas tem como
118. (Quadrix - CRMV-AM - Assistente Administra- consequência natural o estímulo da agricultura
tivo – 2020) Com relação a aspectos linguísticos e familiar e da economia local, favorecendo, assim,
gramaticais do texto, julgue o item. Em “a primeira formas solidárias de viver e produzir e contribuindo
coisa que vem à cabeça quando se pensa na Austrá- para promover a biodiversidade e reduzir o
lia talvez seja a perigosa fauna que habita ali.”, o em- impacto ambiental da produção e distribuição dos
prego do sinal indicativo de crase em “à cabeça” jus- alimentos.”, a forma verbal “contribuindo” pode ser
tifica‐se pela regência da forma verbal “vem” e pela flexionada no infinitivo — contribuir —, caso em que
presença do artigo feminino que define “cabeça”. passaria a se relacionar com “formas solidárias de
viver e produzir”.
119. (Quadrix - 2020 - CREFONO-5° Região -
Assistente Administrativo) Considerando a 124. (Quadrix - CRMV-AM - Serviços Gerais – 2020)
tipologia do texto, as ideias nele expressas e seus A respeito da correção dos trechos apresentados
aspectos linguísticos, julgue o próximo item. Em quanto à regência nominal e verbal, julgue o item.
“prestando serviço à comunidade e prevenindo “Esse modo de vida é contrário à saúde.”
problemas de saúde posteriores.”, o emprego do
acento indicativo de crase em “à comunidade” 125. (Quadrix - CRMV-AM - Serviços Gerais – 2020)
(linha 11) justifica‐se pela regência do verbo prestar, A respeito da correção dos trechos apresentados
empregado na forma nominal de gerúndio – quanto à regência nominal e verbal, julgue o item.
“prestando” (linha 10), e pela anteposição de artigo “O professor é afável para com os seus alunos.”
definido ao substantivo “comunidade”.
126. (Quadrix - CRMV-AM - Serviços Gerais – 2020)
120. (Quadrix - CFO-DF - Agente Operacional – 2020) A respeito da correção dos trechos apresentados
Considerando o texto e seus aspectos linguísticos, quanto à regência nominal e verbal, julgue o item.
julgue o item. Em “a porta de entrada para bactérias “Esqueci do meu material.”
e outros microrganismos prejudiciais à saúde.”,
o emprego do acento indicativo de crase em “à 127. (Quadrix - CRMV-AM - Serviços Gerais – 2020)
saúde” deve‐se ao emprego da preposição “para” e à A respeito da correção dos trechos apresentados
anteposição de artigo definido ao substantivo “saúde”. quanto à regência nominal e verbal, julgue o item.
“Queria muito a seus irmãos.”
121. (Quadrix - CODHAB-DF - Assistente - Técnico
em Edificações – 2018) Julgue o item seguintes, 128. (Quadrix - CRMV-AM - Serviços Gerais – 2020)
relativos ao texto e a seus aspectos linguísticos. Em
A respeito da correção dos trechos apresentados
“incentivarem mais investimentos do setor privado
para aumentar a oferta de habitações adequadas quanto à regência nominal e verbal, julgue o item.
e a preços acessíveis, conclui um novo estudo “Sempre assistiu pessoas mais velhas.”
do Banco Interamericano de Desenvolvimento
(BID).”, a expressão “um novo estudo do Banco 129. (Quadrix - CRMV-AM - Serviços Gerais – 2020)
Interamericano de Desenvolvimento (BID)” (linhas A respeito da correção dos trechos apresentados
5 e 6) completa o sentido da forma verbal “conclui” quanto à regência nominal e verbal, julgue o item.
(linha 5), empregada como transitiva. “Visamos ao sucesso de todos.”

122. (Quadrix - CREFONO - 1ª Região - Agente 130. (Quadrix - CRMV-AM - Serviços Gerais – 2020)
Fiscal – 2020) Julgue o item quanto à correção A respeito da correção dos trechos apresentados
gramatical dos trechos apresentados e à adequação quanto à regência nominal e verbal, julgue o item.
da linguagem à correspondência oficial. “Obedeça a seu pai.”
Informamos que a proposta de compra que nos foi
encaminhada por vocês de equipamentos e ma-
teriais permanentes não foram priorizados e nem
publicada em portaria e a mesma caiu em impedi-
mento técnico, podendo ser requerida novamente.

13
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

131. (Quadrix - CREFONO-5° Região - Assistente 136. (Quadrix - CRP - PR – Jornalista – 2019) Com
Administrativo – 2020) Considerando a tipologia relação aos aspectos estruturais do texto, julgue o
do texto, as ideias nele expressas e seus aspectos item. Em “Políticas nacionais de saúde mental não
linguísticos, julgue o próximo item relativo. Em se devem ater apenas aos transtornos mentais”,
“além de uma ferramenta para a captação do ruído há preservação da correção gramatical caso se
ambiental, que avisa ao usuário se aquele está em desloque o elemento “se” (linha 38) para depois da
um nível aceitável ou prejudicial à voz.”, a forma forma verbal “ater” (linha 39), como se segue: ater‐se.
verbal “avisa” está flexionada na terceira pessoa do
singular porque concorda com “ruído ambiental”, 137. (Quadrix - Prefeitura de Canaã dos Carajás - PA
antecedente ao qual o pronome relativo “que” se - Fiscal Municipal de Obras – Fiscalização – 2020)
reporta. Com relação à correção gramatical e à coerência das
substituições propostas para vocábulos e trechos
132. (Quadrix - CRBM 6º Região - Auxiliar destacados do texto, julgue o item. Em “Essas
Administrativo – 2018) A respeito das estruturas cidades com vários centros se estruturam como
linguísticas e das ideias do texto, julgue o item. sistemas altamente integrados”, substituição de “se
Em “segundo estudiosos, o exame do campo da estruturam” (linha 25) por estruturam‐se.
prática biomédica evidencia alguns problemas:
a insatisfação de pacientes e médicos, os custos 138. (Quadrix - CFO-DF - Agente Operacional – 2020)
crescentes de tratamentos e exames, a formação Com relação à correção gramatical e à coerência das
inadequada de recursos humanos, o mercantilismo substituições propostas para vocábulos e trechos
e a competição entre os próprios profissionais”, a destacados do texto, julgue o item. Em “Quem usa
supressão do elemento “a” anterior à “competição” aparelho ortodôntico deve se preocupar mais com
mantém a correção gramatical e os sentidos a limpeza dos dentes”, substituição de “deve se
originais do texto. preocupar” (linha 10) por deve preocupar‐se.

133. (Quadrix - CONRERP 2ª Região - Assistente 139. (Quadrix - CRO-MT - Analista Administrativo
Administrativo – 2019) Julgue o item quanto às – Compras – 2018) Considerando a correção
estruturas linguísticas do texto. Em “olhando em
gramatical e a coerência das substituições propostas
direções opostas, também o conflito de valores
com que o profissional de relações públicas vive” e para vocábulos e trechos destacados do texto, julgue
“das necessidades dos clientes e dos interesses dos o item que se segue. Em “O corpo da publicidade
profissionais com que se relacionam”, o vocábulo não nos fala diretamente.”, substituição de “nos fala”
“com” que antecede “que” (linhas 13 e 24) pode ser (linha 19) por fala-nos.
suprimido, em ambas as ocorrências, por ser um
elemento enfático. 140. (Quadrix - CRO-MT - Assistente Administrativo
Fiscal – 2018) Considerando a correção gramatical
134. (Quadrix - CRM-AC - Analista Administrativo e a coerência das substituições propostas para
– 2019) Considerando a correção gramatical e vocábulos e trechos destacados do texto, julgue
a coerência das substituições propostas para o item subsequente. Em “Ser autônomo se torna
vocábulos e trechos destacados do texto, julgue possível por um jogo de interdependências”,
o item. Em “Um especialista em educação pela
substituição de “se torna possível” (linha 17) por
Universidade de Brasília ressalta que pessoas lidam,
todos os dias, com “injeções tecnológicas” — vídeos, torna-se possível.
fotos, animações e mensagens que bombardeiam
a mente quase 24 horas por dia.”, substituição de 141. (Quadrix - CRF-BA - Analista de Documentação
“que”, em “que bombardeiam” (linha 8), por o qual. – 2019) Quanto à correção gramatical e à coerência
das substituições propostas para vocábulos e
135. (Quadrix - CRESS-GO - Agente Fiscal – 2019) No trechos destacados do texto, julgue o item. Em “As
que se refere ao texto e a seus aspectos linguísticos, nanopartículas também têm‐se mostrado uma
julgue o item. Em “Essas conclusões mostram o que alternativa de grande potencial”, substituição de
aparece nas discussões nacionais nos EUA a cada “têm‐se mostrado” (linha 29) por têm mostrado‐se.
evento traumático como o da escola do Colorado:
as consequências nefastas do porte legal de arma 142. (Quadrix - CREA-GO – Analista – 2019) Quanto à
de fogo a que os cidadãos habilitados têm direito e correção gramatical e à coerência das substituições
o acesso fácil”, o emprego de preposição em “a que propostas para vocábulos e trechos destacados do
os cidadãos habilitados têm direito” justifica‐se pela texto, julgue o item. Em “Mesmo com iniciativas
regência da expressão “porte legal de arma de fogo”. do governo federal, como o programa Minha

14
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

Casa Minha Vida, o problema tem se acentuado.”, Em “Em setembro, os Estados-membros da ONU
substituição de “tem se acentuado” (linha 22) por se encontrarão em Nova Iorque para a Reunião de
tem acentuado‐se. Alto Nível das Nações Unidas”, substituição de “se
encontrarão” (linha 3) por encontrarão-se.
143. (Quadrix - CRESS-GO - Agente Administrativo
– 2019) Quanto à correção gramatical e à coerência 149. (Quadrix - CODHAB-DF - Analista – Adminis-
das substituições propostas para vocábulos e tração – 2018) Considerando a correção gramatical
trechos destacados do texto, julgue o item. Em e a coerência das substituições propostas para vocá-
“Assim, o australiano de 28 anos de idade Brenton bulos e trechos destacados do texto, julgue o item
Tarrant, que foi acusado formalmente de homicídio, subsequente. Em “O estudo recomenda que a polí-
se transformou no mais recente exemplo de um tica habitacional não deve se limitar à produção de
ataque a tiros”, substituição de “se transformou” unidades para a venda”, substituição de “não deve
(linha 5) por transformou‐se. se limitar” (linhas 42 e 43) por não deve limitar‐se.

144. (Quadrix - CREF - 20ª Região (SE) - Assistente 150. (Quadrix - CRM-PR - Técnico em Tecnologia
Administrativo - 2019) Julgue o item a seguir no da Informação – 2018) Julgue o próximo item, no
que se refere à correção gramatical e à coerência que se refere à correção gramatical e à coerência
da proposta de reescrita para cada um dos trechos da proposta de reescrita para cada um dos trechos
destacados do texto. Em “Os cientistas começam a destacados do texto. Em “Podem ter família, amigos
se interessar por essas questões neuropsicológicas”, ou um grande círculo de seguidores nas redes
substituição de “começam a se interessar” (linha 4): sociais, mas não se sentem verdadeiramente em
começam a interessar‐se. sintonia com ninguém.”, “mas não se sentem” (linha
10): mas não sentem-se.
145. (Quadrix - CRP - SC - Psicólogo Assistente
Técnico – 2018) Julgue o item a seguir, considerando
a correção gramatical e a coerência com as ideias do
texto das substituições propostas para os vocábulos GABARITO OFICIAL
e segmentos destacados. Em “para os quais não se
REGÊNCIA VERBAL/CRASE/COLOCAÇÃO
verificam alterações anatomopatológicas que os
PRONOMINAL
justifiquem”, substituição de “que os justifiquem”
(linha 11) por que justifiquem-os. 101. C 102. E 103. C 104. C 105. C

146. (Quadrix - CRP - SC - Auxiliar Administrativo 106. E 107. C 108. C 109.C 110.E
– 2018) Considerando a correção gramatical e
111. C 112. C 113. C 114. E 115. E
a coerência das substituições propostas para
palavras e expressões destacadas do texto, julgue 116. E 117. E 118.C 119. C 120. E
o item que se segue. Em “Emoções como estresse,
tristeza, decepção e frustração podem se converter 121. E 122. E 123. E 124. C 125. C
em enxaquecas, gastrite, doenças”, substituição
de “podem se converter” (linha 3) por podem 126. E 127. C 128. C 129. C 130.C
converterem-se. 131. E 132. E 133. E 134. E 135. E

147. (Quadrix - CRQ 4ª Região-SP – Jornalista – 2018) 136. C 137.C 138.C 139.E 140.C
Considerando a correção gramatical e a coerência
das substituições propostas para vocábulos e trechos 141.E 142. E 143.C 144.C 155. E
destacados do texto, julgue o item. Em “Com essa
146. E 147.C 148. E 149.C 150.E
técnica, muitas promessas da terapia genética –
como a correção de doenças hereditárias – devem se
tornar realidade”, substituição de “devem se tornar”
(linha 9) por devem tornar‐se.

148. (Quadrix - CRM-PR – Contador – 2018)


Considerando a correção gramatical e a coerência
das substituições propostas para vocábulos e
trechos destacados do texto, julgue o item a seguir.

15
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

QUESTÕES COMENTADAS COM OBJETIVIDADE. 12. Errado. Os vocábulos “invisíveis” e “superfície”


são acentuados em decorrência da regra das
1.Certo. Todas as palavras são acentuadas em paroxítonas terminadas em ditongo. Entretanto,
a palavra “países” está dentro dos critérios do
decorrência da regra do hiato.
hiato.
2. Errado. Apenas os vocábulos “após” e “até”
13. Certo. Veja as justificativas: es-tá (=oxítona
são acentuados em decorrência da regra das terminada em -a, última sílaba tônica);
oxítonas. A palavra “País” recebe acento gráfico transformá‐las (=trans-for-má= não levamos em
pela regra do hiato. conta o pronome oblíquo átono; temos, também,
uma oxítona terminada em -a).
3. Errado. No período “são poucos os países do
mundo que têm uma demanda tão expressiva” 14. Certo. Ambas recebem acento gráfico por
o acento no verbo “têm” é chamado de acento conta da regra do hiato.
diferencial, pois ele marca a concordância entre
o verbo ‘têm” e o sujeito “os bancos”. Já a palavra
15. Certo. Todas estas palavras são paroxítonas
“também” é acentuada em decorrência da regra
terminadas em ditongo.
das oxítonas terminadas em “em”.
16. Certo. O conectivo “portanto” tem sentido
4. Certo. Todas estes vocábulos recebem a conclusivo.
mesma justificava de acentuação gráfica –
são monossílabos tônicos. Vale frisar que os
monossílabos tônicos terminados em A,E,O 17. Errado. Provenham corresponde à flexão
(seguidos ou não de S) são acentuados. do verbo "provir", o verbo "prover" (que eles
provejam"). Vale frisar que o modo subjuntivo é
o modo das hipóteses/incertezas/possibilidades.
5. Certo. As palavras “três” e “pé” são monossílabos
tônicos terminados em E.
18. Errado. O verbo está conjugado no presente
do modo subjuntivo (=que ela propicie); o futuro
6. Errado. As justificativas são distintas, já que
“conteúdos” é um hiato e “ódio” é uma paroxítona do subjuntivo é "quando ela propiciar".
terminada em ditongo.
19. Errado. Os verbos estão flexionados no
7. Certo. Os vocábulos “água”, “áreas” e “prédios” pretérito imperfeito do modo subjuntivo, modo
são acentuados em decorrência da regra das que denota hipótese, incerteza ou dúvida
paroxítonas terminadas em ditongo.
20. Certo. O conectivo “e” é uma conjunção
8. Errado. As palavras “pássaros” e “aquático” são coordenativa aditiva e tem valor semântico de
proparoxítonas. Já o vocábulo “poluídas” é um soma/adição.
hiato. Assim, elas recebem regras distintas.
21. Errado. Conforme eu disse na aula bônus 22 –
9. Certo. Para alguns gramáticos este item decore as conjunções. Sabemos que o conectivo
estaria errado, mas não entraremos no mérito. “e” é uma conjunção coordenativa aditiva.
De modo geral, leve apenas isto: a palavra
“útil” é acentuada em decorrência da regra das 22. Certo. Temos a locução verbal “é liderado”, em
paroxítonas terminadas em L. que o verbo “é” (verbo ser) foi empregado como
verbo auxiliar dentro desta construção.
10. Errado. Veja as justificativas: Açúcar -
Paroxítona terminada em R; Substância 23. Certo. Mais uma vez, decore as conjunções.
- Paroxítona terminada em ditongo; Óleo - O conectivo “mas” é adversativo e tem valor
Paroxítona terminada em ditongo; Técnicas- de oposição. Vamos recordar os principais
proparoxítona. Portanto, são regras distintas. conectivos adversativos: contudo, entretanto,
porém, todavia, não obstante, mas.
11. Errado. Os vocábulos “saúde” e “ruído” são
de fatos acentuados por conta da regra do 24. Certo. Neste caso, “principal” caracteriza/
hiato. Todavia, a palavra “diários” recebe acento qualifica o substantivo “bactéria”. Vale frisar que
gráfico em decorrência da regra das paroxítonas o adjetivo é a classe de palavra variável que tem
terminadas em ditongo. a função de caracterizar o substantivo.

16
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

25. Errado. Na primeira ocorrência, “O interior é 37. Errado. Quem é que muda vidas? O Marketing
macio” a palavra “interior” é um substantivo, já Digital muda vidas. Assim, o sujeito é a forma
que está definida por um artigo que a antecede. “Marketing Digital”. Agora, quem muda, muda
No segundo caso, em “à cavidade interior”, o algo, muda alguém ou muda alguma coisa. Muda
vocábulo interior é um adjetivo, pois qualifica o o quê? Muda vidas. (Vidas = objeto direto)
substantivo “cavidade”.
38. Certo. Quem é que faz esse tipo de coisa? Todo
26. Errado. O conectivo “e” une duas orações mundo faz. Para encontrar o sujeito da oração,
coordenadas entre si. Por isso, ele é um conectivo basta perguntar ao verbo. (Quem?)
aditivo.
39. Errado. Não existe sujeito preposicionado na
27. Certo. A palavra “quando” é uma conjunção Língua Portuguesa.
subordinativa temporal. Decore as conjunções!
40. Errado. Quem foi eleito pelo povo? O presidente
28. Certo. Os termos "gradualmente" e foi eleito. Como há somente um núcleo, o sujeito
"progressivamente" são advérbios e têm o mesmo é simples.
sentido: algo que ocorre de maneira progressiva,
de forma gradual, de forma gradativa. 41. Certo. O verbo atropelar é transitivo direto,
pois quem atropela, atropela alguém, atropela
29. Certo. Os conectivos “contudo” e “entretanto” alguma coisa. Vale frisar que o objeto direto é o
são equivalentes, já que são classificadas como complemento verbal não preposicionado.
conjunções coordenativas adversativas.
42. Certo. De fato, há incoerência gramatical
30. Certo. O vocábulo “pois” pode ser: causal, no período. Sabemos que o verbo atropelar é
explicativo ou conclusivo. No período, ele está transitivo direto e que o pronome LHE não pode
acompanhado por vírgulas e antecedido por substituir objeto direto. Assim, a frase correta
verbo, característica do seu uso conclusivo. Para seria: “Aquele carro o atropelou”. Neste caso,
ratificar esta afirmação, troque-o por Portanto. temos o pronome oblíquo “o” com função de
objeto direto do verbo atropelar. Para além disso,
31. Certo. A melhor forma de encontrar o sujeito o pronome “lhe” só pode retomar: objeto indireto,
é perguntando ao verbo por meio da pergunta adjunto adnominal e complemento nominal –
“QUEM? “. Assim, por haver dois núcleos jamais objeto direto.
(aquisição), o sujeito é composto.
43. Errado. Esta questão está errada por dois
32. Errado. O pronome relativo "que" assume a motivos: primeiro porque não existe sujeito
função de sujeito da oração. Como ele retoma "as preposicionado. Segundo, quem acredita,
razões", o verbo deve flexionar-se no plural para
acredita em algo ou em alguém; o verbo acreditar
concordar em número com o sujeito.
é transitivo indireto. Logo, “na humanidade”
exerce função de objeto indireto. (Objeto indireto
33. Certo. Quem é que sugere? Um segundo sempre será preposicionado.)
estudo sugere. Se houve concordância com o
verbo, só pode ser sujeito.
44. Errado. O verbo “nasceu” é intransitivo. (Não
pede complemento). A forma “ontem” exerce
34. Certo. Quem é que se cura? Ninguém se cura. função sintática de adjunto adverbial de tempo.
Portanto, “ninguém” é o sujeito, já que concorda
com a forma verbal “cura”.
45. Errado. Quem ler, ler algo, ler alguma coisa.
O verbo ler pede complemento verbal direto,
35. Certo. Quem é que trouxeram a agricultura? sendo, portanto, um verbo transitivo direto.
As levas de imigrantes trouxeram a agricultura.
46. Errado. Quem captura, captura algo, alguma
36. Errado. O verbo haver em “Há vários estudos...” coisa ou alguém. O verbo capturar é transitivo
é um verbo impessoal, já que foi empregado no direto. Por isso, “javali” exerce função sintática
sentido de existir. Assim, este verbo não tem de objeto direto.
sujeito. Para saber mais, “vários estudos” exerce
a função sintática de objeto direto.

17
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

47. Certo. O verbo desobedecer é tradicionalmente 59. Errado. Os termos “provedora” e “produtora”
transitivo indireto, com regência verbal da possuem sentidos distintos, por isso a
preposição a, ou seja, desobedecemos a alguém substituição de um por outro não alteraria a
ou a alguma coisa. correção gramatical, mas sim o sentido original
do texto.
48. Errado. Não há incoerência. O verbo consistir
é transitivo indireto e pede preposição em. 60. Certo. A supressão do elemento “com”
mantém a correção gramatical do texto, uma vez
49. Errado. O pronome pessoal do caso reto “ele” que a forma verbal aceita as duas estruturas: faz
não pode ocupar lugar de objeto. O correto seria: que ou faz com que. A retirada do elemento não
Eu o vi na quadra jogando futebol. implica incorreção gramatical.

50. Errado. Verbos intransitivos são aqueles que 61. Certo. Os termos não são sinônimos, portanto
não necessitam de complemento verbal, pois a substituição entre eles geraria alteração no
eles têm o sentido completo.
sentido do texto, porém não haveria prejuízo para
a correção gramatical.
51. Certo. A primeira oração apresenta a estrutura
verbo SER + particípio (ser entendida) e a
62. Errado. Com a alteração de “as quais
segunda oração apresenta a estrutura VTD + SE.
reservam” para “o qual reserva” haveria mudança
A substituição entre as orações não provoca erro
de referente, ocasionando alteração no sentido
gramatical e nem altera o sentido pretendido.
original do texto.

52. Certo. A transcrição da oração não alterou o


63. Certo. A substituição das estruturas manteria
sentido original da mensagem. O verbo “são” foi
a correção gramatical e o sentido original do
eliminado e a oração ligada a ele anteriormente
texto, uma vez que o verbo comparar rege as
foi isolada por vírgulas.
duas preposições: com ou a.

53. Errado. O verbo “haver”, no sentido de existir,


64. Certo. O termo “essa produção” retoma o
é impessoal. Já o verbo “possuir” é transitivo
objeto do verbo produzir. A agricultura familiar
direto. Além disso, o verbo “há” equivale a existir.
brasileira produz o que? Produz a grande
percentagem dos alimentos básicos (...).
54. Certo. As duas expressões são equivalentes,
pois indicam finalidade.
65. Certo. A expressão “No Brasil” é um adjunto
adverbial de lugar e pode ser deslocado, desde
55. Errado. A substituição separaria a oração que isolado por vírgulas. A movimentação do
subordinada adverbial final de sua oração termo não ocasionaria prejuízo para a correção
principal, ou seja, a finalidade da forma verbal gramatical do texto.
“conhecer” seria perdida (conhecer para
detectar...).
66. Errado. O emprego do pronome “onde” é
inadequado, pois esse pronome somente refere-
56. Certo. Nesse trecho temos uma conjunção se a lugar.
conclusiva.
67. Certo. A substituição de termos não ocasionaria
57. Errado. A inserção do elemento “a” manteria erro gramatical ou mudança de sentido, uma vez
a correção gramatical e os sentidos originais do que “fortemente” é um adjunto adverbial que
texto. O núcleo passaria de um elemento para dois exprime força, intensidade e a expressão “com
elementos, configurando um sujeito composto. veemência” possui ideia similar.

58. Certo. O referente seria alterado, porém a 68. Certo. A substituição entre os termos mantém
correção gramatical é mantida. A responsabilidade a correção gramatical e o sentido original do
dela continua sendo pelas tarefas domésticas e texto, uma vez que “tão... como” e “tão...quanto”
pelo cuidado com as crianças. são expressões subordinativas comparativas.

18
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

69. Errado. A substituição implica alteração 80. Certo. O termo “apenas” exclui o personagem-
no sentido original do texto, pois na primeira narrador da totalidade da expressão “Todos
construção, o uso é desnecessário. Já na segunda esses números são comportados e silenciosos”.
construção, a redução é que é desnecessária. A expressão “apenas” equivale semanticamente
a “com exceção”.
70. Errado. A inserção do termo prejudicaria a
coerência do texto. O termo “se” já desempenha 81. Errado. O sentido dos termos são distintos. O
a função de conjunção subordinativa condicional termo “veemente” denota a ideia de intensidade,
e a inserção de “caso” geraria uma redundância animação. Já o termo “frenética” remete à ideia
no sentido. de exaltação, inquietude.

71. Erado. A inserção de vírgula logo após 82. Errado. O deslocamento do termo não geraria
“humanos” separaria o sujeito “O uso excessivo incorreção gramatical, porém prejudicaria o
e indevido de antibióticos em animais e seres sentido original do texto, uma vez que o referente
humanos” da forma verbal “está contribuindo”. do adjunto adverbial seria alterado.

72. Errado. Seriam as preferências e expectativas 83. Errado. O primeiro termo “o homem”
dele. O pronome demonstrativo retoma o refere-se ao narrador-personagem, porém, o
pronome “ele”, fazendo referência a preferências segundo termo “um homem” refere-se a alguém
e expectativas. indefinido, um homem qualquer e não o narrador
personagem.
73. Errado. Nesse contexto, o termo “Quando”
introduz uma oração de sentido temporal, e não 84. Certo. A vírgula após a expressão “Projeto
locativo. Meros do Brasil” introduz um aposto explicativo.

74. Errado. O termo “neste” desempenha a 85. Certo. O termo “neste” refere-se à data
função catafórica, pois indica um termo a ser próxima, mencionada no período anterior.
mencionado posteriormente, o termo “fato”.
86. Errado. O pronome demonstrativo “Este”
75. Certo. Tanto o termo “desse” quanto o faz referência à preocupação dos impactos dos
termo “essas” desempenham função anafórica, microplásticos à saúde humana.
retomando a termos mencionados anteriormente.
87. Certo. Por mais que a expressão “impercebível”
76. Errado. O erro está na regência verbal. O não seja tão usual quanto a expressão
primeiro verbo “ter” é transitivo direto, já o “imperceptível”, ela é reconhecida no vocabulário
segundo verbo “dar” é bitransitivo, exigindo oficial da Língua Portuguesa. A substituição entre
a preposição a. A substituição adequada seria os termos não prejudicaria a correção gramatical
“Deu-se início a”. e não alteraria o sentido original do texto, pois as
expressões são sinônimas.
77. Certo. A substituição das estruturas pode
ser feita sem que haja incorreção gramatical ou 88. Errado. Nesse contexto, o termo “o”
alteração do sentido original do texto. desempenha a função de “isso”. O termo retoma
a expressão “pessoas não deficientes estacionam
78. Errado. Todas as formas verbais estão em em vagas reservadas a pessoas com deficiências”.
tempos do modo subjuntivo, que remetem à ação
hipotética. As estruturas indicam ações incertas 89. Certo. O prono oblíquo átono “-lo” funciona
e não acontecimentos certos e presentes. como objeto direto e pode se referir tanto ao
termo “lugar”, quanto ao termo “assento”.
79. Certo. A substituição do termo “bramimos”
por “fazemos forte barulho” não prejudicaria 90. Certo. As formas verbais no infinitivo, como
a correção gramatical do texto e nem alteraria “manter”, admitem tanto a próclise quanto a
seu sentido original, uma vez que as expressões ênclise. Pode-se formar as estruturas “se manter”
possuem ideias afins. ou “manter-se”.

19
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

91. Errado. A retirada do termo “a” alteraria a 101. Certo. A substituição entre os termos não
correção gramatical do texto. Ao se retirar o termo alteraria a correção gramatical, pois diante
“a”, deve-se acrescer a preposição “a” antes o de pronome possessivo feminino, a crase é
artigo “o” (chama atenção ao fato de que...). facultativa.

92. Errado. O deslocamento da expressão 102. Errado. O termo “saúde” está relacionado à
forma verbal principal “promover”, que não exige
adverbial não alteraria a correção gramatical,
a preposição “a”. O termo “saúde” desempenha a
porém implicaria mudança no sentido original função de objeto direto do verbo transitivo direto
do texto, uma vez que a ideia temporal passaria a “promover”.
estar relacionada a “foco” e não mais a “batalhas
ocorridas por mudanças”.
103. Certo. A forma verbal “resistência” exige a
preposição “a”, pois se trata de resistir a algo.
93. Certo. A substituição de “do dia a dia” Além disso, tem-se o substantivo feminino
por “cotidianas” não prejudicaria a correção “maioria”, que admite o artigo “a”.
gramatical e nem alteraria o sentido original do
texto, uma vez que as duas expressões possuem 104. Certo. A supressão do acento indicativo de
a ideia de algo rotineiro. crase não prejudicaria a correção gramatical ou
alteraria o sentido original do texto, uma vez que
94. Errado. A forma verbal “exigia” está o verbo “assistir” pode funcionar como verbo
relacionada a “O novo estágio do capitalismo e transitivo direto ou verbo transitivo indireto.
da sociedade burguesa”. O termo “um produtor
do conhecimento” desempenha a função de 105. Certo. Os termos “apoio” e “ações
objeto direto. institucionais” são complementos da forma
verbal “dando”. O verbo “dar” é bitransitivo, pois
95. Errado. Trata-se de um caso de derivação trata-se de dar algo (objeto direto) a alguém
imprópria. O adjetivo desempenha a função de (objeto indireto).
substantivo. “A figura que surge é a (figura) do
intelectual...). 106. Errado. A inserção do sinal indicativo de crase
prejudicaria a correção gramatical, uma vez que
96. Certo. O primeiro parágrafo começa apontando não ocorre crase diante de pronomes indefinidos.
um problema relacionado à acessibilidade, logo,
o termo “Outro exemplo” inicia um período que 107. Certo. A forma verbal “ameaça” reivindica a
menciona outra situação relacionada ao mesmo preposição “a” em sua regência. Trata-se de uma
assunto. ameaça a alguma coisa. Além disso, tem-se o
substantivo feminino no plural “sociedades”, que
97. Errado. Essa questão envolve apenas leitura. requer o emprego do artigo “as”.
Os termos “finais” e “meados” expressam ideias
totalmente diferentes. Final da década e meados 108. Certo. A forma verbal “expostas” requer
da década são períodos distantes. o emprego da preposição “a” e, em seus
complementos, tem-se as expressões “violência
98. Certo. Para responder a essa questão, o direta” e “violência indireta”, sendo que, no
candidato precisa conhecer o termo “ocaso”, segundo caso, o termo “violência é omitido”. Em
que equivale a “final” e é geralmente atribuído seus dois complementos, há o emprego do artigo
o fenômeno pôr do sol. O termo em questão é “a”, por isso a ocorrência da crase.
sinônimo de decaimento.
109. Certo. A forma verbal “adaptar” requer o
emprego da preposição “a”. Trata-se de adaptar
99. Certo. O deslocamento da expressão provoca
a algo. Além disso, tem-se a estrutura “mudança
mudança no sentido original do texto, mas não
climática”, que admite o artigo feminino “a”.
prejudica a correção gramatical.
110. Errado. O substantivo “danos” requer o
100. Errado. A partícula “se” tem valor apassivador. emprego da preposição “a” em sua regência
Sua inserção à forma verbal “transitava” nominal. Trata-se de danos a alguma coisa. Além
prejudicaria a correção gramatical, uma vez que disso, tem-se o substantivo feminino “natureza”,
o verbo em questão não possui valor passivo. que admite o artigo feminino “a”.

20
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

111. Certo. A forma verbal “associam” requer o “a”; prejudicial a alguém. Além disso, tem-se
emprego da preposição “a” em sua regência. o substantivo feminino “saúde”, que admite o
Trata-se de associar algo a alguém/alguma emprego do artigo “a”.
coisa. Além disso, tem-se o substantivo feminino
“agricultura”. 121. Errado. A expressão “um novo estudo do
Banco Interamericano de Desenvolvimento
112. Certo. A forma verbal “adesão” requer o (BID)” desempenha a função de sujeito simples
emprego da preposição “a”, aderir a algo. Além do verbo intransitivo “conclui”.
disso, tem-se o complemento feminino “conduta”,
que admite o artigo feminino “a”. 122. Errado. Há um erro de concordância verbal
em “não foram priorizados”, pois a expressão não
113. Certo. Trata-se de um caso de crase facultativa. concorda com o referente “a proposta de compra
Diante de pronomes possessivos femininos pode- de equipamentos e materiais permanentes”.
se ou não empregar sinal indicativo de crase. Além disso, o termo “a mesma” foi empregado
de forma inadequada para retomar o elemento
114. Errado. O emprego do sinal indicativo de “proposta”.
crase ocorre com base no termo “acesso”, que
requer a presença da preposição “a”, além do 123. Errado. Mesmo com a mudança da forma verbal
substantivo feminino “informação”, que admite para sua forma infinitiva, o termo “contribuindo”
o artigo feminino “a”. estaria relacionado a seu referente “O consumo
de arroz, feijão, milho, mandioca, batata e vários
115. Errado. O sinal indicativo de crase foi tipos de legumes, verduras e frutas”.
empregado de forma equivocada, uma vez que
os verbos não admitem a anteposição de artigos 124. Certo. O termo “contrário” exige o emprego
definidos. (A moça passava os dias a cantar.). da preposição “a”; além disso, tem-se o termo
feminino “saúde”, que admite o artigo feminino
116. Errado. O sinal indicativo de crase foi “a”.
empregado de forma equivocada, uma vez
que apesar da forma verbal “contar” requer a 125. Certo. O adjetivo “afável” requer a preposição
preposição “a”, não se admite o artigo “a” antes “com” ou a locução prepositiva “para com” em
do pronome pessoal “ela”. sua regência nominal.

117. Errado. Nesse caso tem-se algumas 126. Errado. A forma verbal “esquecer” exige o
ponderações. É fato que não ocorre crase diante emprego de pronome. A expressão adequada
de numeral, exceto quando este indicar horas, seria “Esqueci-me do meu material”. Vale
conforme a frase em análise. Contudo, quando salientar que, quando não há emprego de
esse tipo de estrutura vier acompanhado de preposição, também não haverá emprego de
preposições como “desde”, não se emprega o pronome (Esqueci o material).
sinal indicativo de crase.
127. Certo. Nesse contexto, a forma verbal “querer”
118. Certo. A forma verba “vem”, variação do funciona como verbo transitivo direto e indireto,
verbo “ir” requer o emprego da preposição “a”; logo, requer os complementos “muito” e “a seus
quem vai, vai a algum lugar. Além disso, tem-se irmãos” (objeto indireto).
o substantivo feminino “mente”, que admite o
emprego do artigo feminino a”. 128. Certo. A forma verbal “assistir”, quando
empregada no sentido de dar assistência,
119. Certo. A forma verbal “prestar” é bitransitiva, admite o empregou ou não de preposição. Nesse
ou seja, requer um objeto preposicionado e outro contexto, o verbo pode funcionar como transitivo
não preposicionado. Trata-se de prestar serviço direto ou transitivo indireto.
(objeto direto) à comunidade (objeto indireto).
129. Certo. A forma verbal “visar”, quando
120. Errado. Para ocorrer crase, é imprescindível o empregada no sentido de pretender algo,
emprego da preposição “a” e do artigo feminino desempenha a função de verbo transitivo
“a”, e nunca a preposição “para”. O termo indireto, exigindo o emprego da preposição “a”.
“prejudiciais” requer o emprego da preposição

21
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

130. Certo. A forma verbal “obedecer” desempenha 140. Certo. A substituição no posicionamento do
a função de verbo transitivo indireto e requer o pronome não prejudica a correção gramatical
emprego da preposição “a”. Contudo, o emprego do texto, uma vez que, quando não existe fator
de artigo diante de pronome possessivo quando provocador de próclise obrigatória, o pronome
este substitui um substantivo. Nesse contexto, pode ser posicionado depois do verbo (ênclise).
o substantivo está explícito (pai), portanto o
emprego do artigo “o” é facultativo. 141. Errado. Na estrutura “têm mostrado” há uma
locução verbal formada por um verbo auxiliar e
um verbo principal no particípio, portanto pode-
131. Errado. A forma verbal “avisa” está flexionada se promover ênclise no verbo auxiliar (têm-se
na terceira pessoa do singular porque concorda mostrado) próclise no verbo auxiliar (se têm
com o termo “uma ferramenta para captação”. mostrado).

132. Errado. A supressão do artigo “a” que 142. Errado. O deslocamento do pronome provoca
antecede o termo “competição” geraria uma incorreção gramatical, uma vez que, em caso de
quebra no paralelismo sintático, uma vez que estruturas formadas por verbos no particípio, a
todos os outros elementos são antecedidos de ênclise não é admitida.
artigos.
143. Certo. O deslocamento do pronome
133. Errado. Na primeira ocorrência, a preposição não prejudica a correção gramatical, pois o
substantivo não é um atrativo de próclise. Assim
“com” é exigida pela regência do verbo “viver”.
sendo, pode-se empregar a ênclise.
Por se tratar de uma exigência relacionada à
regência, a preposição não possui valor somente
enfático e não pode ser suprimida. 144. Certo. O deslocamento do pronome não altera
a correção gramatical, pois quando não há fator
atrativo de próclise, pode-se promover a ênclise.
134. Errado. A substituição pelo termo “o qual” Além disso, quando diante de verbo no infinitivo,
prejudicaria a concordância das orações. A a ênclise sempre é admitida, independente da
substituição adequada do termo “que” seria pela existência de fator atrativo de próclise.
expressão “os quais”, que retomaria todos os
elementos mencionados anteriormente. 145. Errado. O deslocamento do pronome implica
incorreção gramatical, uma vez que a ênclise não
135. Errado. O emprego da preposição “a” se dá é admitida, pois o pronome relativo “que” é fator
pela exigência requerida pelo termo “direito”; atrativo de próclise.
direito a alguma coisa.
146. Errado. Em caso de locução verbal, apenas o
verbo auxiliar pode sofrer variação.
136. Certo. Apesar da presença do pronome
“não”, a ênclise após verbo no infinitivo (ater) é
admitida, não ocasionando prejuízo à correção 147. Certo. O deslocamento do pronome não
ocasiona incorreção gramatical, pois em caso
gramatical.
de estruturas com verbo no infinitivo, pode-se
empregar tanto a próclise quanto a ênclise.
137. Certo. Nesse contexto, a ênclise é admitida,
pois não há nenhum fator provocador de 148. Errado. Nesse contexto, a ênclise não
próclise obrigatória, como palavras negativas e é admitida. Tem-se um verbo no futuro do
interrogativas, por exemplo. indicativo, além da partícula “se”, caso em que
pode empregar a próclise (se encontrarão) ou a
mesóclise (encontrar-se-ão).
138. Certo. A substituição no posicionamento
do pronome não provoca prejuízo na correção 149. Certo. Em caso de locuções formadas por
gramatical, uma vez que, quando o verbo verbo no infinitivo, mesmo quando há palavra
principal está em sua forma infinitiva, a ênclise atrativa, a ênclise (pronome após o verbo) é
é admitida. admitida.

139. Errado. Nesse contexto, a ênclise (pronome 150. Errado. Nesse contexto, a ênclise (pronome
após o verbo) não é aceita, pois a pronome “não” oblíquo átono depois do verbo) não é admitida,
é elemento atrativo do pronome oblíquo átono pois o pronome “não” atrai o pronome oblíquo
“nos”. “se”.

22
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

7. (CESPE/2019) Mas e antes dos sensores, como é


QUESTÕES CESPE que se fazia? Imagino que algum funcionário trepava
na antena mais alta no topo do maior arranha-céu
CLASSES DE PALAVRAS e, ao constatar a falência da luz solar, acionava um
interruptor, e a cidade toda se iluminava.
1. (CESPE/2017) Mesmo sem insistir em tal ou
qual ação secundária das novas condições de vida A correção gramatical e os sentidos do texto seriam
física e social e de contato com os indígenas (e mantidos caso se suprimisse o trecho “é que”, em
posteriormente com os africanos), é obvio que a “como é que se fazia”.
língua popular brasileira tinha de diferençar-se
inelutavelmente da de Portugal, e, com o correr dos 8. (CESPE/2018) Essa estranha “margem de
tempos, desenvolver um coloquialismo. manobra”, ou, em melhores palavras, essa interseção
entre um profundo pessimismo e a utopia de se
construir um mundo melhor, é que mobiliza os
Os vocábulos “africanos” e “correr”, originalmente homens para a ação.
pertencentes à classe dos adjetivos e dos verbos,
respectivamente, foram empregados como
substantivos no texto. Seria mantida a correção gramatical do último
período do texto caso o trecho “é que” (ℓ.2-3) fosse
suprimido.
2. (CESPE/2018) Maus hábitos cotidianos muitas
vezes são, na verdade, práticas antiéticas e até ilegais,
que devem, sim, ser combatidas. 9. (CESPE/2019) Mas e antes dos sensores, como é
que se fazia? Imagino que algum funcionário trepava
na antena mais alta no topo do maior arranha-céu
Os termos “antiéticas”, “ilegais” e “combatidas” e, ao constatar a falência da luz solar, acionava um
qualificam a palavra “práticas”. interruptor, e a cidade toda se iluminava.

3. (CESPE/2018) [...] Em primeiro lugar, deve-se ter A substituição da locução “a cidade toda” por
em mente o aspecto que se está comparando e, em “toda cidade” preservaria os sentidos e a correção
segundo, deve-se considerar que essa relação não é gramatical do período.
nem homogênea nem constante. Julgue o item.
10. (CESPE/2019) Ninguém poderia ficar impassível
O vocábulo “constante” foi empregado para diante de uma mudança dessa envergadura. Por
qualificar o termo “aspecto”. isso a sensação mais difundida é a desorientação.

4. (CESPE/2017) Auditoria consiste na análise, à luz Seria mantida a correção gramatical do texto se o
da legislação em vigor, do contrato entre as partes... trecho “diante de uma mudança” fosse alterado
para ante a uma mudança.
O sentido original e a correção gramatical do texto
seriam preservados caso a expressão “em vigor” 11. (CESPE/SEDF/2017) Qualquer língua, escrita ou
fosse substituída por vigente. não, tem uma gramática que é complexa. Do ponto
de vista naturalista, não faz sentido afirmar que há
5. (CESPE/2018) Quando nos referimos à supremacia gramáticas melhores e gramáticas piores.
de um fenômeno sobre outro, temos logo a
impressão de que se está falando em superioridade. A palavra “Qualquer” foi empregada no texto no
sentido de toda.
O vocábulo “logo” tem o sentido adverbial de
imediatamente. 12. (CESPE/2018) Aqui, neste escritório onde a
verdade não pode ser mais do que uma cara
6. (CESPE/SEDF/2017) sobreposta às infinitas máscaras variantes, estão os
costumados dicionários da língua e vocabulários, os
...Ver você me deu muito prazer. Morais e Aurélios, os Morenos e Torrinhas, algumas
gramáticas, o Manual do Perfeito Revisor, vademeco
...A menina está muito engraçadinha. de ofício [...].

Como modificadora das palavras “prazer” e Na linha 1, o emprego de “neste” decorre da presença
“engraçadinha”, a palavra “muito” que as acompanha do vocábulo “Aqui”, de modo que sua substituição
é, do ponto de vista morfossintático, um advérbio. por nesse resultaria em incorreção gramatical.

23
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

13. (CESPE/2018) Em 2016, foram registrados 19. (CESPE/2019) Raras vezes na história humana,
16 acidentes, com 303 vítimas fatais, e o último o trabalho, a riqueza, o poder e o saber mudaram
episódio, com um avião de passageiros de maiores simultaneamente.
proporções: a queda do Avro RJ85, operado pela
empresa LaMia, próximo de Medellín, na Colômbia. A coerência e a correção gramatical do texto seriam
O desastre, que completou um ano no último dia 28 preservadas se a forma verbal “mudaram” fosse
de novembro, matou 71 pessoas, em sua maior parte substituída por mudam.
atletas do time brasileiro da Chapecoense.
20. (CESPE/2017) As recorrentes menções a esse
Com relação a aspectos linguísticos do texto, tema (a economia informal) refletem as dificuldades
JULGUE O ITEM. A substituição do termo “que” por que as organizações, os indivíduos e o coletivo
o qual prejudicaria a correção gramatical do texto. social vêm enfrentando para superar, com as regras
legais vigentes ou com os procedimentos-padrão,
14. (CESPE/2019) Julgue a proposta de reescrita as mudanças estruturais econômicas, políticas e
para o trecho “Ainda hoje, em muitos rincões do sociais em andamento.
nosso país, são encontrados administradores
públicos cujas ações em muito se assemelham às de
Nabucodonosor, rei do império babilônico”. A correção e a coerência do texto seriam mantidas
caso a forma verbal “vêm enfrentando” fosse
substituída por têm enfrentado.
Muitos rincões do nosso país, ainda hoje, têm
administradores públicos cujas as ações muito
21. (CESPE/2018) É a época em que a burguesia, que
assemelham-se as ações do imperador babilônico assumira o poder havia pouco tempo, executava
Nabucodonosor. uma espécie de junção entre a moral e a natureza.
Julgue o item a seguir.
15. (CESPE/2018) [...] Daí que [eu] não pudesse
reduzir a alfabetização ao ensino puro da palavra, Com o emprego da forma verbal “assumira”,
das sílabas ou das letras. Ensino em cujo processo o exprime-se a anterioridade de uma ação em relação
alfabetizador fosse “enchendo” com suas palavras as a outra.
cabeças supostamente “vazias” dos alfabetizandos.
22. (CESPE/2019) A tributação, portanto, somente
A expressão “em cujo” poderia ser substituída, sem pode ser compreendida a partir da necessidade dos
indivíduos de estabelecer convívio social organizado
prejuízo para a correção gramatical do texto, pela e de gerir a coisa pública mediante a concessão
expressão no qual. de poder a um soberano. Em decorrência disso, a
condição necessária (mas não suficiente) para que o
16. (CESPE/2017) Julgue o item a seguir. poder de tributar seja legítimo é que ele emane do
Estado, pois qualquer imposição tributária privada
seria comparável a usurpação ou roubo.
Indireta ou representativa, a democracia, segundo
Kelsen, é aquela cuja a função legislativa é exercida
No trecho “seria comparável a usurpação ou
por um parlamento eleito pelo povo.
roubo”, a forma verbal “seria” expressa dúvida
quanto à possibilidade de concretização da referida
17. (CESPE/2018) O ano de 2017 foi o mais seguro
comparação.
da história da aviação comercial, de acordo com a
organização holandesa Aviation Safety Network
23. (CESPE/2018) O Juca era da categoria das
(ASN). Foram dez acidentes — nenhum deles
chamadas pessoas sensíveis, dessas a que tudo lhes
envolvendo linhas comerciais regulares... toca e tange. Se a gente lhe perguntasse: “Como vais,
Juca?”, ao que qualquer pessoa normal responderia
JULGUE O ITEM. O vocábulo “deles” remete à “Bem, obrigado!” — com o Juca a coisa não era assim
expressão “dez acidentes”. tão simples.

18. (CESPE/2016) A forma verbal “havia”, em “não Caso a forma verbal “era” fosse substituída por seria,
havia mais dúvidas”, poderia ser corretamente a correção gramatical e o sentido original do texto
substituída por existia. seriam preservados.

24
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

24. (CESPE/2018) Nesse futuro não tão remoto, Na linha 2, o termo “Contudo” foi empregado com o
teremos conquistado a utopia de uma verdadeira mesmo sentido de Porquanto.
justiça social. A substituição de “teremos
conquistado” por conquistaremos manteria os 29. (CESPE/2018) Sob o nome de crimes e delitos, são
sentidos originais do texto. sempre julgados corretamente os objetos jurídicos
definidos pelo Código. Porém julgam-se também as
25. (CESPE/2017) Sem a invenção dos caracteres paixões, os instintos, as anomalias, as enfermidades,
móveis de imprensa, no século XV, seria impossível as inadaptações, os efeitos de meio ambiente ou de
haver jornais. A forma verbal “seria” exprime uma hereditariedade.
ideia de hipótese dependente de uma condição.
A substituição de “Porém” (L.2) por Entretanto
GABARITO OFICIAL manteria a correção gramatical e os sentidos
originais do texto.
CLASSES DE PALAVRAS
30. (CESPE/SEE-DF/2017) A conjunção “Entretanto”
1. C 2. E 3. E 4. C 5. C tem, no período em que se insere, sentido conclusivo,
equivalendo, semanticamente, a Portanto.
6. E 7. C 8. C 9. E 10. E

11. C 12. C 13. E 14. E 15. E 31. (CESPE/2018) Tal perigo, porém, não é assim tão
grande.
16. E 17. C 18. E 19. C 20. C
A palavra “porém” poderia ser corretamente
21. C 22. C 23. C 24. E 25. C substituída por mas, sem alteração da coesão e dos
sentidos do texto.
CONECTORES
32. (CESPE/2019) Desse modo, o poder de tributar
26. (CESPE /SEDF/2017) Falamos não só de uma crise está na origem do Estado ou do ente político, a partir
ecológica, mas também de uma crise civilizatória da qual foi possível que as pessoas deixassem de
de amplas dimensões. Considerando as ideias e viver no que Hobbes definiu como o estado natural
estruturas linguísticas do texto, julgue o item a (ou a vida pré-política da humanidade) e passassem
seguir. a constituir uma sociedade de fato, a gerila mediante
um governo, e a financiá-la, estabelecendo, assim,
uma relação clara entre governante e governados.
A expressão “mas também” introduz no período em
que ocorre uma ideia de oposição.
No trecho “o poder de tributar está na origem do
27. (CESPE/2018) Em graus diferentes, todos fazemos Estado ou do ente político”, a substituição de “ou”
parte dessa aventura, todos podemos compartilhar por e prejudicaria a correção gramatical do texto.
o êxtase que surge a cada nova descoberta; se
não por intermédio de nossas próprias atividades 33. (CESPE/2018) Dir-se-á, no entanto, que nenhum
de pesquisa, ao menos ao estudarmos as ideias deles partilha realmente do direito de julgar; os
daqueles que expandiram e expandem as fronteiras peritos não intervêm antes da sentença para fazer
do conhecimento com sua criatividade e coragem um julgamento, mas para esclarecer a decisão dos
intelectual. juízes.

No trecho “se não por intermédio ... intelectual” (L.2-


A locução “no entanto” (L.1) introduz no período
4) as expressões “se não” e “ao menos” poderiam
ser substituídas, sem prejuízo para a correção uma ideia de conclusão; por isso, sua substituição
gramatical e os sentidos do texto, por não só e mas por portanto preservaria a correção gramatical e as
também, respectivamente. relações de sentido originais do texto.

28. (CESPE/2018) O sistema de aprendizagem de 34. (CESPE/2016) O fenômeno da corrupção, em


máquina diminui a ocorrência de falsos positivos virtude de sua complexidade e de seu potencial
e deve contribuir para cortes de gastos. Contudo, danoso à sociedade, exige, além de uma atuação
não podemos deixar de considerar uma pessoa que repressiva, também uma ação preventiva do Estado.
esteja por trás do sistema, pronta para lidar com Portanto, é preciso estimular a integridade no serviço
casos realmente duvidosos, que mereçam ser mais público, para que seus agentes sempre atuem, de
bem avaliados. fato, em prol do interesse público.

25
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

Seria mantida a correção gramatical do texto se 43. (CESPE/2019) Se prestarmos atenção à nossa
o vocábulo “Portanto” fosse substituído por “Por volta, perceberemos que quase tudo que vemos
conseguinte”. existe em razão de atividades do trabalho humano.
Os processos de produção dos objetos que nos
35. (CESPE/2017) julgue o próximo item. cercam movimentam relações diversas entre os
indivíduos, assim como a organização do trabalho
Sem prejuízo do sentido do texto, o termo “destarte” alterou-se bastante entre diferentes sociedades e
poderia ser substituído por contudo ou todavia. momentos da história.

36. (CESPE/2019) Se observarmos bem, essas ondas Com o emprego da expressão “assim como”,
longas da história, como as chamava Braudel, estabelece-se uma relação de comparação entre
tornaram-se cada vez mais curtas. Acabamos de
ideias expressas no período
nos recuperar da ultrapassagem da agricultura pela
indústria, ocorrida no século XX, e, em menos de
um século, um novo salto de época nos tomou de 44. (CESPE/2019) Se prestarmos atenção à nossa
surpresa, lançando-nos na confusão. volta, perceberemos que quase tudo que vemos
existe em razão de atividades do trabalho humano.
O sentido original e a correção gramatical do Os processos de produção dos objetos que nos
texto seriam mantidos se a palavra “como” fosse cercam movimentam relações diversas entre os
substituída por conforme. indivíduos, assim como a organização do trabalho
alterou-se bastante entre diferentes sociedades e
37. (CESPE/2018) Nesse caso, considera-se crime a momentos da história.
transgressão de regras socialmente preestabelecidas,
que variam de acordo com a sociedade e o contexto A locução “em razão de” (ℓ.2) expressa uma ideia de
histórico. causa.

A expressão “de acordo com” tem o mesmo sentido 45. (CESPE/2018) A existência da polícia se justifica
de conforme. pela imprescindibilidade dessa agência de
segurança para a viabilidade do poder de coerção
38. (CESPE/2015) Ao se substituir “De acordo com” estatal. Em outras palavras, como atestam clássicos
por Conforme, mantêm-se a correção gramatical e do pensamento político, a sua ausência culminaria
os sentidos do texto. na impossibilidade de manutenção de relações
pacificadas.
39. (CESPE/2018) Em “Para se vacinar, as pessoas
precisam de documento de identidade e carteiras Na linha 3, o termo “como” estabelece uma
do SUS e de vacinação”, a preposição “Para” exerce
comparação de igualdade entre o que se afirma no
o papel de conectivo e introduz uma oração que
primeiro período do texto e a informação presente na
expressa finalidade.
oração “a sua ausência culminaria na impossibilidade
de manutenção de relações pacificadas”.
40. (CESPE/2018) No trecho “se um de nós caía, a
dor doía ligeiro”, a substituição de “se” por caso não
46. (CESPE/2017) Porém, a proteção que lhes é
prejudicaria a correção gramatical do texto.
garantida baseia-se em um argumento puramente
utilitarista: os animais são protegidos com a
41. (CESPE/2017) Embora mais moço que ele, várias finalidade de garantir um hábitat saudável às atuais
vezes cheguei a sorrir aos seus entusiasmos. e futuras gerações humanas.

A conjunção “Embora” pode ser substituída por A correção gramatical e o sentido original do texto
Posto que, mantendo-se o sentido e a correção seriam preservados caso a conjunção “Porém” fosse
gramatical do texto. substituída por Mas.

42. (CESPE/2015) A substituição da locução “no 47. (CESPE/2018) No trecho “Pois, meus amigos, da
entanto” por “conquanto” preservaria a correção última vez que vi o Juca, o impasse continuava...”, o
gramatical e o sentido original do texto. elemento “Pois” introduz uma concessão.

26
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

48. (CESPE/SEE-DF/2017) As críticas à extrema ANÁLISE SINTÁTICA


confiança que demos à ciência como forma
única de conhecimento são muitas e espalham- 51. (CESPE/2014) Julgue o item a seguir. No trecho
se em diversas frentes. Embora não possamos “A maioria dos cientistas viajará de avião”, é opcional
desconsiderar o avanço científico a que os últimos
o emprego da forma verbal no plural ou no singular.
séculos assistiram — as revoluções consideráveis
no campo da medicina, da física, da química e
das próprias ciências sociais e humanas —, essa 52. (CESPE/2014) Sem dúvida alguma, haverá outras
ciência capitalista, androcêntrica e colonial não tem ondas de calor tão fortes quanto essa ou maiores
conseguido dar conta de resolver o problema que que ela ao longo das próximas décadas.
ela própria ajudou a construir.
Em relação ao texto acima, julgue o item a seguir.
O conectivo “Embora” introduz no período em que A substituição da forma verbal “haverá” por existirá
ocorre uma ideia de concessão. não prejudicaria nem o sentido nem a correção
gramatical do texto.
49. (CESPE/SEE-DF/2017) O universo da
comunicação vem se ampliando com maior 53. (CESPE/2014) As obras de dragagem objetivam
dinamismo, nos últimos anos, para atender à remover os sedimentos que se encontram no
demanda de seus usuários, nas mais diferentes
fundo do corpo d'água para permitir a passagem
situações de interatividade. Nele estamos inseridos,
das embarcações, garantindo o acesso ao porto.
exercitando nossa linguagem oral e escrita, até
mesmo na área digital. Por isso, necessitamos Na maioria das vezes, a dragagem é necessária
sempre assimilar novos conhecimentos e expressá- quando da implantação do porto, para o aumento
los com objetividade e competência. A substituição da profundidade natural no canal de navegação, no
de “Por isso” por “Por esse motivo” manteria a cais de atracação e na bacia de evolução. Também
correção e o sentido original do texto. é necessária sua realização periódica para o alcance
das profundidades que atendam o calado das
50. (CESPE/2017) Atente-se: a classe lucrativa embarcações.
tem conduta adversa ao estilo de vida da camada
dirigente, não obstante a explore, e viva, em grande Em relação ao texto acima, julgue o item
parte, de seus favores. subsequentes. Mantém-se a correção gramatical
do texto ao se reescrever o trecho “As obras de
A substituição de “não obstante” por contudo dragagem objetivam” da seguinte forma: As obras
preservaria a correção gramatical e o sentido original de dragagem têm o objetivo de.
do texto.

GABARITO OFICIAL 54. (CESPE/2014) “Atualmente, há duas Américas


Latinas.”
CLASSES DE PALAVRAS
A forma verbal “há” poderia ser corretamente
26. E 27. E 28. E 29. C 30. E
substituída por existem.
31. E 32. E 33. E 34. C 35. E
55. (CESPE/2012) No trecho “É verdade que a CE vem
36. C 37. C 38. C 39. C 40. E desenvolvendo novas formas políticas”, o emprego
41. C 42. E 43. C 44. C 45. E da forma verbal singular “É” justifica-se pelo fato de
essa forma verbal não ter sujeito explícito.
46. E 47. E 48. C 49. C 50. E
56. (CESPE/2014) Estaria mantida a correção
gramatical e o sentido original do primeiro período
do texto se ele fosse reescrito da seguinte forma:
Há cinquenta anos, um dos fatos mais marcantes
ocorreram na sociedade brasileira: inserção
crescente das mulheres na força de trabalho.

27
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

57. (CESPE/2014) Um dos principais desafios escrita quanto na falada, faz toda a diferença. Ser
para o Brasil é conhecer a Amazônia. Sua vocação capaz de redigir corretamente relatórios e textos é
eminentemente hídrica impõe, ao longo dos séculos, um atributo valorizado pelos empregadores. Hoje
a necessidade do deslocamento de seus habitantes em dia, saber lidar com os computadores também é
através dos rios. Em relação ao texto acima, julgue o um item essencial. Na maioria das empresas, saber
usar um processador de textos, acessar a Internet,
item a seguir.
enviar e receber emails, operar acessórios eletrônicos
inteligentes, são pré-requisitos necessários tanto
O pronome “Sua” refere-se ao antecedente para contratação quanto para permanência no
“Amazônia”. cargo, e, naturalmente, para eventuais promoções.

58. (CESPE/2015) “A originalidade e a capacidade de A forma verbal “é” está no singular porque concorda
enxergar o mundo sob diferentes perspectivas são, com “expressão verbal”.
sem dúvida, características dos maiores pensadores.”
62. (CESPE/2015) A autonomia da universidade,
O emprego da forma verbal “são” na terceira pessoa requisito para a realização da ideia de universalidade,
do plural justifica-se pela concordância com os não significa que a instituição se afasta do contexto
núcleos do sujeito da oração: “originalidade” e social no qual está inserida. A independência,
“capacidade”. como distanciamento crítico, possibilita, ao
contrário, que esse contexto possa ser pensado
como um polo de relações que não se confunde
59. (CESPE/2015) Após um ano de vigência da lei
com qualquer conjunto de interesses particulares,
que regulamentou o projeto, dados coletados pelo
sejam eles mercadológicos, empresariais ou
Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN)
políticos. O afastamento ocorreria precisamente
revelaram os hábitos de leitura nos presídios. Foram
se a universidade servisse imediatamente a
feitas 2.272 resenhas, sendo 1.967 aceitas, o que
determinados interesses, com exclusão de todos os
resultou em um total de 7.508 dias remidos. Entre os
outros que integram uma sociedade complexa e
dez livros mais lidos e resenhados estavam A Menina
contraditória.
que Roubava Livros, em primeiro lugar, e O Pequeno
Príncipe, em décimo.
A forma verbal “confunde” está no singular porque
concorda com “contexto”.
A forma verbal “Foram feitas” concorda em gênero
e número com o termo seguinte, “2.272 resenhas”,
que é o sujeito da oração em que se insere. 63. (CESPE/2015) A entrada da iniciativa privada no
ensino superior deu-se primeiramente por meio de
60. (CESPE/2015) Os condenados no Brasil são uma ampliação das atividades que os empresários
originários, na maioria das vezes, das classes menos da educação já exerciam na esfera do ensino básico.
favorecidas da sociedade. Esses indivíduos, desde a Assim, a mesma mentalidade organizacional que
mais tenra infância, são pressionados e oprimidos fez as empresas de ensino fundamental e médio
pela sociedade, vivem nas favelas, nos morros, expandirem e se consolidarem passou a reger
nas regiões mais pobres, em precárias condições as iniciativas privadas no ensino universitário. A
de vida, em meio ao esgoto, à discriminação ideia era trazer a eficiência empresarial, que já
social, à completa ausência de informações e de era comprovada no ensino básico, para o ensino
escolarização. universitário e marcar, também nesse nível, a
superioridade organizacional da empresa particular.
A forma verbal “são” está no plural porque concorda Julgue o próximo item, no que se refere aos sentidos
com “Esses indivíduos”.
e aos aspectos linguísticos do texto acima.
61. (CESPE/2015) De acordo com pesquisas realizadas
em vários países, inclusive no Brasil, especialistas A forma verbal “exerciam” está no plural porque
em recursos humanos identificaram os atributos concorda com “atividades”.
que um funcionário, ou candidato a emprego, deve
ter para agradar os superiores e ter sucesso em 64. (CESPE/2015) “Dessa forma, é imprescindível
sua carreira profissional. Excelência na escrita e na que haja provas acerca da possível existência de um
expressão verbal é obrigatório. Saber se comunicar fato criminoso e indicações razoáveis do sujeito que
de forma clara e precisa, tanto na modalidade tenha sido o autor desse fato.”

28
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

O sentido original do texto e a sua correção indevida de mecanismo de segurança e com o fim
gramatical seriam mantidos, se o período “Dessa de obter, adulterar ou destruir dados ou informações
forma, (...) o autor desse fato” fosse reescrito do sem autorização expressa ou tácita do titular do
seguinte modo: Assim, é imperioso que exista provas dispositivo, ou instalar vulnerabilidades para obter
acerca da possível existência de um fato criminoso e vantagem ilícita.
indicações sólidas de quem tenha sido o autor desse
fato. A forma verbal “trouxe” está no singular porque tem
de concordar com “Lei”.
65. (CESPE/2015) “Até Montesquieu, não eram
identificadas com clareza as esferas de abrangência 70. (CESPE/2016) Naquele novo apartamento da
dos poderes políticos: “só se concebia sua união nas rua Visconde de Pirajá pela primeira vez teria um
mãos de um só ou, então, sua separação; ninguém
escritório para trabalhar. Julgue o seguinte item, a
se arriscava a apresentar, sob a forma de sistema
respeito de aspectos linguísticos do texto.
coerente, as consequências de conceitos diversos”.

A flexão plural em “eram identificadas” decorre da A forma verbal “teria” (l.1) está flexionada na
concordância com o sujeito dessa forma verbal: “as terceira pessoa do singular, para concordar com
esferas de abrangência dos poderes políticos”. “apartamento” (l.1), núcleo do sujeito da oração em
que ocorre.
66. (CESPE/2012) Sempre se soube que um dos
principais entraves ao crescimento do Brasil é o 71. (CESPE/2016) Julgue o item que se segue: Sem
prejuízo do sentido original e da correção gramatical
gargalo educacional. Novas pesquisas, porém, do texto, o trecho “é necessário que haja a separação
revelam que o problema é muito mais grave do que das contas” poderia ser reescrito da seguinte forma:
se supunha. A mais recente, elaborada pelo Instituto é necessário que hajam contas separadas.
Paulo Montenegro e pela ONG Ação Educativa,
mostrou que 38% dos estudantes do ensino superior 72. (CESPE/2015) A penetração dos serviços de
no país simplesmente “não dominam habilidades telefonia — fixa ou móvel — só não foi maior devido
básicas de leitura e escrita”. Julgue o item que se ao irrisório crescimento da renda per capita no
período, agravado pela carga tributária incidente
segue, relativo às ideias e às estruturas linguísticas sobre serviços de telecomunicações
do texto acima. A forma verbal “mostrou” está no
singular porque concorda com a expressão “Instituto A flexão do termo “agravado” na forma feminina faria
Paulo Montenegro”. que esse termo passasse a concordar com “renda
per capita”, sem que isso resultasse em prejuízo para
67. (CESPE/2012) “O aumento da população, o a correção gramatical e para os sentidos do texto.
crescimento econômico e a sofisticação das relações
sociais requerem mais serviços públicos, de maior 73. (CESPE/2014) Há ainda outros mitos que fazem
qualidade e crescente complexidade...” Julgue o parte do comportamento do brasileiro. Entre eles,
próximo item, a respeito da organização das ideias destacam-se o conceito de que, para ser investidor,
e das estruturas linguísticas do texto acima. A flexão é preciso ter muito dinheiro disponível e a ideia de
que os produtos existentes no mercado financeiro
de plural em “requerem” justifica-se pelo emprego
são muito complexos.
do plural em “relações sociais”.
A forma verbal “Há” poderia ser substituída por
68. (CESPE/2016) Mantêm-se a correção gramatical Existe sem que houvesse prejuízo para a correção
e as informações originais do texto ao se substituir gramatical do período.
“Trata-se de normas indumentárias” por Situações
como essas se tratam de. 74. (CESPE/2016) “Mas ele nunca errava, e já nem
havia mais o que errar, uma vez que não havia mais
dúvidas” A forma verbal “havia”, em “não havia mais
69. (CESPE/2015) É importante destacar que o art.
dúvidas”, poderia ser corretamente substituída por
154-A do Código Penal (Lei nº 12.737/2012) trouxe para existia.
o ordenamento jurídico o crime novo de “invasão de
dispositivo informático”, que consiste na conduta 75. (CESPE/2018) Trata-se de uma visão
de invadir dispositivo informático alheio, conectado revolucionária, já que o convencional era fazer o
ou não à rede de computadores, mediante violação elogio da harmonia e da unidade.

29
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

Se a expressão “uma visão revolucionária” fosse Seriam preservados a correção gramatical e o sentido
substituída por ideias revolucionárias, seria original do texto caso os travessões empregados
necessário alterar a forma verbal “Trata-se” para no quarto parágrafo, para efeito de ênfase, fossem
Tratam-se, para se manter a correção gramatical do substituídos por parênteses ou por vírgulas.
texto.
80. (CESPE/2018) “No dia seguinte entrou a dizer de
GABARITO OFICIAL mim nomes feios, e acabou alcunhando-me Dom
Casmurro.”
ANÁLISE SINTÁTICA
A vírgula empregada na linha 15 indica a existência
51. C 52. E 53. C 54. C 55. E de uma relação de oposição entre as ideias dos
56. E 57. C 58. C 59. C 60. C trechos “No dia seguinte entrou a dizer de mim
nomes feios” (l.14 e 15) e “e acabou alcunhando-me
61. E 62. E 63. E 64. E 65. C Dom Casmurro” (l.15 e 16).
66. E 67. E 68. E 69. E 70. E
81. (CESPE/2018) “Devo ter aberto a porta com muito
71. E 72. E 73. E 74. E 75. E ímpeto, pois a babá, que estava sentada na ponta da
cama, se levantou num pulo.”

PONTUAÇÃO As vírgulas que isolam a oração “que estava sentada


na ponta da cama” (l. 11 e 12) foram empregadas para
76. (CESPE/2018) “Esse vírus se espalhou de forma dar ênfase às ideias do texto, por isso sua supressão
muito rápida em toda 16 a América do Sul e na não interferiria nos sentidos originais do trecho.
América Central e foi detectado em mais de 20
países.” 82. (CESPE/2018) “A inteligência artificial poderá
inferir, assim, que o adoçante é o responsável pela
O isolamento da expressão “de forma muito rápida” obesidade dos usuários, o que nós sabemos, pela
(ℓ.15) por vírgulas preservaria a coesão e a correção nossa inteligência humana, que não é bem assim.”
gramatical do texto.
Seria correto isolar a expressão “nós sabemos” (l.8)
77. (CESPE/2018) “Essas são as gentes da Conceição e entre vírgulas, para dar maior destaque às ideias do
do Vicente — que não envergavam e permaneceram trecho em que ela aparece.
porque o sertão mesmo diz: “Não me deixes”. É
assim, dona Rachel, a história que o jornal conta 83. (CESPE/2018) “Segundo um arquiteto de software
neste quarto ano de “seca encarrilhada”, no dizer do de uma empresa não participante do estudo, o
povo.” modo como a máquina aprende os padrões antes de
começar a analisar compras interfere diretamente
Nos trechos ‘Não me deixes’ (l.25) e ‘seca encarrilhada’ no registro de falsos positivos e fraudes reais.”
(l.27), as aspas foram empregadas com a mesma
finalidade. A inserção de vírgula imediatamente após a palavra
“diretamente” (l.29) não comprometeria a correção
78. (CESPE/2018) “Os olhos da moça se enchiam gramatical do texto.
de água, e comovidamente dona Inácia levantou os
óculos, passando o lenço pelas pálpebras.” 84. (CESPE/2018) “Se a cultura, no que tange a
valores e visões de mundo, é fundamental para nossa
A vírgula empregada imediatamente após “água” constituição enquanto indivíduos (servindo-nos
(l.19) é obrigatória, visto que tem a finalidade de como parâmetro para nosso comportamento moral,
introduzir uma justificativa para o que foi dito por exemplo), limitarmo-nos a ela, desconhecendo
anteriormente no período. ou depreciando as demais culturas(...)”

79. (CESPE/2018) “E aquele caso da cabra, em que — Na linha 4, a correção do texto seria prejudicada caso
Deus me perdoe! — pela primeira vez tinha botado a a vírgula empregada logo após o parêntese fosse
mão em cima do alheio...” substituída por ponto e vírgula.

30
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

85. (CESPE/2018) “A visão etnocêntrica caminha únicos, como o Fenway Park, de Boston, inaugurado
na contramão do processo de integração global em 1912: um dos últimos estádios norte-americanos
decorrente da modernização dos meios de que mantêm sua construção original, diz o Atlanta
comunicação como a Internet, pois é sinônimo de Journal Constitution.”
estranheza e 28 de falta de tolerância.”
Os sentidos originais do texto seriam preservados
A inserção de uma vírgula após “global” (ℓ.26) caso se inserisse uma vírgula imediatamente após
alteraria os sentidos originais do texto, mas não sua “norte-americanos” (l.9).
correção gramatical.
91. (CESPE/2018) “Desta vez, Arthur Frommer e
86. (CESPE/2018) “Basta pensarmos nas relações Holly Hugues elencam os 500 locais que precisamos
entre norte-americanos e latinos imigrantes, entre visitar antes que desapareçam (500 places to see
franceses e os povos vindos do norte do continente before they disappear).”
africano que buscam residência em países
estrangeiros, apenas como exemplos.”
A substituição do parêntese, na linha 4, por travessão
não comprometeria a correção gramatical do texto,
No penúltimo período do texto, a correção gramatical desde que o parêntese na linha 5 fosse suprimido.
estaria preservada se, logo após a forma verbal
“pensarmos” (ℓ.21), fosse inserida a expressão por 92. (CESPE/2018) “(...) em segundo, a única maneira
exemplo, desde que excluídas a expressão “apenas para que esse procedimento perca toda a sua
como exemplos” (ℓ.24) e a vírgula que a antecede. autoridade unívoca e para que se torne uma vitória
efetivamente obtida sobre o acusado, a única
87. (CESPE/2018) “Os mecanismos que reproduzem maneira para que a verdade exerça todo o seu
as desigualdades devem ser revelados de forma que poder, é que o criminoso assuma o seu próprio
se possibilite seu enfrentamento pela sociedade crime e assine aquilo que foi sábia e obscuramente
construído pela investigação.”
civil por meio da cidadania ativa, buscando-se o
aprofundamento da democracia e a garantia da
justiça de gênero, da igualdade racial e dos direitos A correção gramatical do texto seria preservada se
humanos.” o trecho “sábia e obscuramente” (l.16) fosse isolado
por vírgulas.
A introdução de uma vírgula imediatamente após
a palavra “revelados” (ℓ.16) manteria a correção 93. (CESPE/2018) “Como poeta e matemático,
gramatical do texto. raciocinaria bem; como mero matemático, não
raciocinaria de modo algum, e ficaria, assim, à mercê
do delegado.”
88. (CESPE/2018) “Devido a seu protagonismo
e sua importância na organização e garantia da
reprodução das normas legais, o Estado democrático A supressão da vírgula empregada logo após a
não pode abdicar dessa instituição.” palavra “algum” (l.59) manteria a correção gramatical
do texto.
A eliminação da vírgula logo após “legais” (ℓ.8)
prejudicaria a correção gramatical do texto. 94. (CESPE/2018) “E ambas as coisas. Como poeta
e matemático, raciocinaria bem; como mero
matemático, não raciocinaria de modo algum, e
89. (CESPE/2018) “Desta vez, Arthur Frommer e ficaria, assim, à mercê do delegado.”
Holly Hugues elencam os 500 locais que precisamos
visitar antes que desapareçam (500 places to see
before they disappear).” Feitas as devidas alterações de maiúsculas e
minúsculas, o ponto e vírgula empregado logo após
“bem” (l.58) poderia ser corretamente substituído
Seria incorreta a eliminação da vírgula empregada por ponto final.
logo após a expressão “Desta vez” (l.2), pois seu uso é
obrigatório naquele contexto.
95. (CESPE/2018) “Assim eram feitas as operações
de combate à pornografia infantil 4 pela Polícia
90. (CESPE/2018) “O livro traz lugares naturais e Federal até o dia em que peritos criminais federais
históricos, de antigos centros de culto a paisagens desenvolveram, no estado de Mato Grosso do Sul, o
em vias de extinção, assim como tesouros culturais Nudetective.”

31
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

A inserção de uma vírgula imediatamente após a A correção do texto seria mantida se as vírgulas
palavra “Assim” (l.2) alteraria os sentidos do texto. que isolam o trecho “dos grandes escritores
romanos e latinos e falado pelas classes romanas
96. (CESPE/2018) “Teorias científicas jamais serão mais abastadas” (l. 2 e 3) fossem substituídas por
travessões.
a verdade final: elas irão sempre evoluir e mudar,
tornando-se progressivamente mais corretas e
GABARITO OFICIAL
eficientes, sem chegar nunca a um estado final de
perfeição.” PONTUAÇÃO

Feitos os devidos ajustes de iniciais maiúsculas e 76. C 77. E 78. E 79. E 80. E
minúsculas e de pontuação, a oração “tornando-se
81. E 82. E 83. E 84. C 85. C
progressivamente mais corretas e eficientes” (l. 10
e 11) poderia ser deslocada para o início do período, 86. E 87. C 88. C 89. E 90. E
antes de “Teorias científicas” (l.9), sem prejuízo da
91. C 92. C 93. C 94. C 95. C
correção gramatical e dos sentidos originais do texto.
96. E 97. E 98. E 99. E 100. C
97. “Em graus diferentes, todos fazemos parte dessa
aventura, todos podemos compartilhar o êxtase que
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO
surge a cada nova descoberta;”

No fragmento “Em graus diferentes, todos fazemos (CESPE/2019) Julgue os itens a seguir.
parte dessa aventura, todos podemos compartilhar
(...)” (l. 18 e 19) as vírgulas poderiam ser substituídas Elas vão puxar os salários para baixo
por travessões, sem prejuízo gramatical para o texto.
Empresas vão sair no lucro e as mulheres terão
98. (CESPE/2018) “Dir-se-ia que não são eles que benefícios. Mas os homens jovens precisam se
são julgados; se são invocados, é para explicar os preocupar.
fatos a serem julgados e determinar até que ponto a
vontade do réu estava envolvida no crime.”
Por que as mulheres não têm as mesmas
oportunidades que os homens no mercado de
Sem prejuízo para o sentido original e a correção trabalho? Elas têm. Apenas ganham menos que
gramatical do texto, a oração “se são invocados” (l. 28
os homens. Ainda. Os salários femininos estão 35%
e 29) poderia ser deslocada para logo após a palavra
abaixo da média dos masculinos para funções
“crime” (l.31), desde que estivesse isolada por vírgulas.
equivalentes. Mas não é um fenômeno brasileiro.
Na Alemanha e na Inglaterra, a disparidade salarial
99. (CESPE/2018) “...o que ocorre na vida real quando
o assunto são as técnicas científicas: um cientista chega aos 25%. A situação muda quando avaliamos
forense da Universidade de Maryland estima que não dados estatísticos, mas a evolução da situação.
cerca de 40% do que é mostrado no CSI não existe. Em 1970, só 18% das brasileiras estavam no mercado
(...)Em Knoxville, Tennessee, um policial relatou: de trabalho. Hoje, esse número está perto de 50% e
“Estou com um homem cujo carro foi roubado.” bate os 55% na Grande São Paulo. Nas faculdades,
há mais mulheres matriculadas que homens. E
Os dois-pontos subsequentes a “técnicas científicas” um professor de uma universidade paulistana me
(l.27) e “relatou” (l.41) foram, ambos, empregados com forneceu um dado revelador: em média, os homens
o objetivo de introduzir um trecho que apresenta faltam a 17% das aulas. As mulheres, a 4%. Algo me
um esclarecimento diz que, aos poucos, as mulheres ocuparão cargos
mais altos e os salários vão se igualar, embora
100. (CESPE/2018) “Como se pode imaginar, não não do jeito que gostaríamos. Como elas serão
foi o latim clássico, dos grandes escritores romanos maioria no mercado de trabalho e continuarão
e latinos e falado pelas classes romanas mais aceitando salários menores, puxarão para baixo
abastadas, que penetrou na Península Ibérica e os salários masculinos de admissão. Isso será bom
nos demais espaços conquistados pelo Império para as empresas, porque o custo da mão de obra
Romano.” cairá. Será relativamente bom para as mulheres,

32
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

porque o salário delas subirá. Ao contrário do que a conglomerados, o futuro será povoado de empresas
situação presente parece mostrar, os jovens do sexo menores reunidas em torno de projetos em comum.
masculino é que deveriam estar mais preocupados. Os próximos anos também vão consolidar mudanças
(Disponível em: revistaepoca.globo.com) que vêm acontecendo há algum tempo: a busca
pela qualidade de vida, a preocupação com o meio
101. A palavra do texto que sugere que as mulheres ambiente, e a vontade de nos realizarmos como
terão, no futuro, seus salários equiparados aos dos pessoas também em nossos trabalhos. "Falamos
homens é “média”. tanto em desperdício de recursos naturais e energia,
mas e quanto ao desperdício de talentos?", diz o
102. “A situação muda quando avaliamos não dados filósofo e ensaísta suíço Alain de Botton em seu
estatísticos, mas a evolução da situação.” No texto, novo livro Os prazeres e as dores do trabalho, ainda
a frase acima se torna incoerente porque a análise inédito no Brasil).
da “evolução da situação” também implica analisar
dados estatísticos. 103. “Esqueça os escritórios, os salários fixos e a
aposentadoria. Em 2020, você trabalhará em
(CESPE/2019) Julgue os itens a seguir. casa, seu chefe terá menos de 30 anos e será uma
mulher.”
O futuro do trabalho
O fragmento parece se dirigir diretamente ao leitor
Esqueça os escritórios, os salários fixos e a do texto. Gramaticalmente, só NÃO contribui para
aposentadoria. Em 2020, você trabalhará em produzir esse efeito a presença de um pronome
casa, seu chefe terá menos de 30 anos e será uma possessivo com referência extratextual.
mulher.
104. Julgue os itens abaixo sobre uma comparação
Admita: você também não gosta de trabalhar. Passar entre os textos 1 e 2.
o dia inteiro sob luzes fluorescentes, tomando café
ruim, sentado em uma cadeira desconfortável e Os textos convergem no seguinte ponto: ambos
usando um computador velho certamente não faz acreditam que mudanças que irão impactar o
parte do seu sonho de infância. Admita. E não se sinta mercado de trabalho no futuro já estão em curso
culpado. Nossos ancestrais – que nem conheciam as atualmente.
torturas de um escritório – também não eram muito
chegados a essa história de trabalho. 105. Os textos convergem no seguinte ponto: ambos
acreditam que as mulheres terão, de alguma
Para gregos e romanos, colocar a mão na massa era maneira, uma participação maior ou mais relevante
considerado tarefa das classes inferiores e escravos. no mercado de trabalho no futuro.
Domenico de Masi, professor de Sociologia do
Trabalho na Universidade La Sapienza de Roma 106. Os textos convergem no seguinte ponto: ambos
e autor do livro O Ócio Criativo, que defende uma apresentam uma visão inteiramente otimista quanto
abordagem mais lúdica do trabalho, apontou um ao trabalho do futuro, uma vez que a qualidade de
ponto de convergência em todas as religiões: em vida será priorizada e os talentos não serão mais
nenhuma delas se trabalha no Paraíso. "Tenha o desperdiçados.
Paraíso sido criado por Deus, tenha sido inventado
pelos homens, se o trabalho fosse um valor positivo, 107. Tanto no texto 1 quanto no texto 2, é possível
no Paraíso se trabalharia", afirma. Ou seja, alguma inferir que as mudanças previstas não se referem
coisa está errada, e não é de hoje. especificamente ao mercado brasileiro, mas ao
mercado mundial.
Felizmente, nunca houve tantas ferramentas
disponíveis para mudar o modo como trabalhamos 108. O texto 2 enfatiza o ponto de vista do empregado,
e, consequentemente, como vivemos. E as ao passo que o texto 1 menciona tanto o ponto de
transformações estão acontecendo. A crise vista do empregado (o trabalhador, o funcionário)
despedaçou companhias gigantes tidas até então
quanto o do empregador (a empresa).
como modelos de administração. Em vez de grandes

33
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

(CESPE/2019) Julgue os itens a seguir 110. A forma “tão” se classifica como advérbio, na
medida em que modifica um verbo.
Profissões curiosas
111. Tanto em “os substituía” quanto em “os próprios
Sabia que já existiam depiladores na Roma do sapatos”, a forma sublinhada é um pronome com
século II? Essa e outras ocupações inusitadas da função anafórica.
antiguidade estão no livro “Meu Chefe é um Senhor
de Escravos”, de Vicki León (Ed. Globo), lançado no 112. Em “que até o convidado mais pobre levava com
Brasil este mês. ele uma sandaligerula”, a conjunção sublinhada
exprime valor semântico de causa.
1>>> Caçadores de fantasmas
113. Em “levava com ele uma sandaligerula”, a
Essa era a função dos psicopompos na Grécia, preposição sublinhada exprime valor semântico de
também chamados de condutores de almas. instrumento.
Espantavam fantasmas que atacavam seus clientes
e os orientavam ao repouso eterno. Durante a luta 114. A forma verbal “usara” indica fato passado
de dois gladiadores, o psicopompo representava anterior a outro fato também passado.
a figura do deus Hermes. Vestido de preto, ele
carregava um caduceu de bronze, o bastão com Gilberto Dimenstein:
duas serpentes que simbolizava o deus. Sua função
era demonstrar que as almas que conduzia estavam Proponho um brinde à lei seca
realmente mortas. Quando um lutador caía, o
condutor de almas queimava o infeliz com seu Merece um brinde --aliás, vários brindes. Desde que
caduceu em brasas para se certificar de que havia evidentemente não se volte dirigindo para casa.
passado desta para uma melhor.
Dados colhidos por Mônica Bergamo, da Folha,
2>>> Calçadora de sapatos a partir de relatórios oficiais, mostram que, desde a
implantação da lei que inibe o motorista de dirigir
A sandaligerula tinha uma função cobiçada entre os alcoolizado, a queda no número de atendimentos
escravos pelo esforço diminuto. Na Grécia e na Roma nos hospitais especializados em trauma, na cidade
antiga, as senhoras de respeito carregavam suas de São Paulo, foi de 55%.
sandaligerulas a festas e jantares. A escrava tirava os
sapatos que a ama usara na rua e os substituía por Isso em apenas três semanas. O efeito, de fato,
sapatilhas de festa. Tirar os próprios sapatos era uma não é da nova lei --já havia uma legislação que
tarefa tão humilhante que até o convidado mais obviamente proibia a combinação de bebida com
pobre levava com ele uma sandaligerula. (Disponível direção. Pesaram aqui a educação e, em especial, a
em: revistagalileu.globo.com) punição.

109. “Quando um lutador caía, o condutor de almas O fato é que, neste momento, mexer
queimava o infeliz com seu caduceu em brasas para abruptamente na lei pode significar a tradução
se certificar de que havia passado desta para uma de que "liberou geral" e implicar imediatamente
melhor.” mortes.

No fragmento acima, a preposição “com” exprime É hora, agora, de avançar ainda num esforço de
valor semântico de companhia. também impedir a glamourização da bebida feita
pela publicidade.
Julgue os itens abaixo em relação ao fragmento
apresentado a seguir: “A escrava tirava os sapatos Em relação ao texto julgue os itens abaixo:
que a ama usara na rua e os substituía por sapatilhas
de festa. Tirar os próprios sapatos era uma tarefa tão 115. De acordo com o autor, a nova lei não trouxe
humilhante que até o convidado mais pobre levava nada de novo, pois a legislação já existia, ocorre que
com ele uma sandaligerula.” as pessoas hoje estão mais conscientes.

34
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

116. O autor afirma que a publicidade auxilia na da palavra latina cor, cordis, que significa coração.
conscientização dos efeitos maléficos da bebida. Portanto, o homem cordial não é uma pessoa
gentil, mas aquele que age movido pela emoção no
“Os livros de história sempre tiveram dificuldade em lugar da razão, não vê distinção entre o privado e o
falar de mulheres que não respeitam os padrões público, detesta formalidades, põe de lado a ética e
de gênero, e em nenhuma área essa limitação é a civilidade.
tão evidente como na guerra e no que se refere ao
manejo de armas. Em termos antropológicos, o jeitinho pode ser
atribuído a um suposto caráter emocional do
No entanto, da Antiguidade aos tempos brasileiro, descrito como “o homem cordial” pelo
modernos a história é fértil em relatos protagonizados antropólogo. No livro Raízes do Brasil, esse autor
por guerreiras. Com efeito, a sucessão política afirma que o indivíduo brasileiro teria desenvolvido
regularmente coloca uma mulher no trono, por uma histórica propensão à informalidade. Deve-se
mais desagradável que essa verdade soe.”. isso ao fato de as instituições brasileiras terem sido
concebidas de forma coercitiva e unilateral, não
117. Mantendo-se a correção e a lógica, sem que havendo diálogo entre governantes e governados,
qualquer outra alteração seja feita na frase, o mas apenas a imposição de uma lei e de uma ordem
segmento grifado acima pode ser substituído por consideradas artificiais, quando não inconvenientes
“embora”. aos interesses das elites políticas e econômicas de
então. Daí a grande tendência fratricida observada
na época do Brasil Império, que é bem ilustrada pelos
118. A palavra “desagradável" recebe acento gráfico
episódios conhecidos como Guerra dos Farrapos e
em decorrência da mesma regra que determina o
Confederação do Equador.
emprego de acento em amável e útil.
Na vida cotidiana, tornava-se comum ignorar as leis
119. “A atividade humana alterou os sistemas naturais em favor das amizades. Desmoralizadas, incapazes
da Terra a tal ponto e deixou marcas tão evidentes no de se impor, as leis não tinham tanto valor quanto,
registro geológico do planeta que, se os especialistas por exemplo, a palavra de um “bom” amigo. Além
assim decidirem, as gerações futuras não deverão ter disso, o fato de afastar as leis e seus castigos típicos
problemas em identificar o chamado Antropoceno, era uma prova de boa-vontade e um gesto de
a “era dos humanos”. confiança, o que favorecia boas relações de comércio
e tráfico de influência. De acordo com testemunhos
de comerciantes holandeses, era impossível fazer
A parte sublinhada desse segmento do texto, negócio com um brasileiro antes de fazer amizade
em relação ao trecho anterior, representa uma com ele. Um adágio da época dizia que “aos inimigos,
explicação. as leis; aos amigos, tudo”. A informalidade era – e
ainda é – uma forma de se preservar o indivíduo.
120. Julgue o item. A palavra gênero é uma
proparoxítona. Sérgio Buarque avisa, no entanto, que esta
"cordialidade" não deve ser entendida como caráter
pacífico. O brasileiro é capaz de guerrear e até
O jeitinho brasileiro e o homem cordial mesmo destruir; no entanto, suas razões animosas
serão sempre cordiais, ou seja, emocionais.
O jeitinho caracteriza-se como ferramenta típica
de indivíduos de pouca influência social. Em nada De acordo com o texto, julgue os itens abaixo:
se relaciona com um sentimento revolucionário,
pois aqui não há o ânimo de se mudar o status quo. 121. O jeitinho brasileiro é um comportamento típico
O que se busca é obter um rápido favor para si, às de indivíduos de pouca influência social e avessos a
escondidas e sem chamar a atenção; por isso, o formalidades.
jeitinho pode ser também definido como "molejo",
"jogo de cintura", habilidade de se "dar bem" em 122. A instituição do jeitinho tem origem, segundo
uma situação "apertada". os antropólogos, no comprovado caráter emocional
do brasileiro.
Sérgio Buarque de Holanda, em O Homem Cordial,
fala sobre o brasileiro e uma característica presente 123. A imposição de leis e de ordens tidas como
no seu modo de ser: a cordialidade. Porém, cordial, artificiais pode explicar a propensão do brasileiro
ao contrário do que muitas pessoas pensam, vem para driblar normas.

35
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

124. Na sociedade colonial, era comum observar É importante destacar que o art. 154-A do Código
que o brasileiro tendia a valorizar a amizade em Penal (Lei n.º 12.737/2012) trouxe para o ordenamento
detrimento da própria lei. jurídico o crime novo de “invasão de dispositivo
informático”, que consiste na conduta de invadir
dispositivo informático alheio, conectado ou não à
125. O indivíduo que utiliza a ferramenta do jeitinho rede de computadores, mediante violação indevida
age por emoção, ignorando os limites entre as de mecanismo de segurança e com o fim de
esferas pública e privada. obter, adulterar ou destruir dados ou informações
sem autorização expressa ou tácita do titular do
dispositivo, ou instalar vulnerabilidades para obter
126. O segundo parágrafo introduz o tema, vantagem ilícita. Quanto à culpabilidade, a conduta
discorrendo sobre a origem etimológica de jeitinho. criminosa do delito cibernético caracteriza-se
somente pelo dolo, não havendo a previsão legal
127. O quarto parágrafo apresenta um fato que da conduta na forma culposa.”.
busca explicar a disposição para a informalidade nas
relações comerciais. 131. Depreende-se das informações do texto que,
nos crimes cibernéticos chamados impuros ou
impróprios, o resultado extrapola o universo virtual e
128. O quinto parágrafo esclarece as diferenças entre atinge bens materiais alheios à informática.
as noções de cordialidade e passividade, que não
são sinônimas. 132. Infere-se dos fatos apresentados no texto que a
consideração de crime para os delitos cibernéticos foi
129. Deve-se isso ao fato de as instituições brasileiras determinada há várias décadas, desde o surgimento
da Internet.
terem sido concebidas de forma coercitiva e
unilateral. Tem significação oposta à do termo
“O termo justiça expressa o que se faz conforme
sublinhado o vocábulo “normativa”. o direito ou segundo as regras prescritas em lei.
Desse modo, o termo justiça como conformidade
“É preciso compreender que o preso conserva da conduta a uma norma é empregado para
os demais direitos (educação, integridade física, julgar o comportamento da pessoa humana
diante de uma norma, seja esta moral, seja de
segurança, saúde, assistência jurídica, trabalho
direito natural ou de direito positivo. Já o termo
e outros) adquiridos como cidadão, uma vez que justiça como eficiência de uma norma (ou de um
a perda temporária do direito de liberdade em sistema de normas), no sentido de se possibilitar as
decorrência dos efeitos de sentença penal refere-se relações entre os homens, é empregado para julgar
tão somente à liberdade de ir e vir. Isso, geralmente, a própria norma que regula o comportamento
não é o que ocorre. humano.”.

O que se constata é que, na prática, o cidadão preso 133. Conclui-se do texto que existem dois significados
perde muito mais do que sua liberdade. Perde sua principais do termo justiça, que se complementam,
dignidade, é submetido a humilhação e acaba se mas que, diretamente, não se equivalem.
sentindo um nada.”.
“Consta do preâmbulo da Constituição Federal que
a justiça é um dos valores supremos da sociedade,
130. Depreende-se das informações do texto que a tal qual a harmonia social e a liberdade. Nos demais
sentença penal deveria realmente limitar apenas o artigos da Carta Magna, esse termo costuma vir
direito de locomoção. associado à ideia de justiça social. Assim, o primeiro
inciso do artigo terceiro da Constituição estabelece
“Segundo a doutrina nacional, os crimes que a construção de uma sociedade que seja justa é
cibernéticos (também chamados de eletrônicos um objetivo fundamental da República Federativa
ou virtuais) dividem-se em puros (ou próprios) do Brasil. Ao circunscrever a justiça no espaço da
sociedade, o texto constitucional estabelece, em
ou impuros (ou impróprios). Os primeiros são
síntese, que a promoção da justiça na sociedade é
os praticados por meio de computadores e se
um fim do Estado brasileiro.”.
realizam ou se consumam também em meio
eletrônico. Os impuros ou impróprios são aqueles
em que o agente se vale do computador como 134. Deduz-se do texto, sob o ponto de vista
meio para produzir resultado que ameaça ou lesa semântico, que a promoção da justiça social constitui
outros bens, diferentes daqueles da informática. meta da República Federativa do Brasil.

36
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

No artigo 68 do Ato das Disposições Constitucionais instalação dos assentados aumentou. Os montantes
Transitórias, dispôs a Carta Magna de 1988: “Aos investidos passaram de R$ 191 milhões em 2016 para
remanescentes das comunidades dos quilombos R$ 871,6 milhões, empenhados em 2019.
que estejam ocupando suas terras é reconhecida
a propriedade definitiva, devendo o Estado emitir-
lhes os títulos respectivos.” Era o reconhecimento de 137. Considerando a sintaxe das orações e dos
um direito. Restava regulamentar a forma pela qual períodos, julgue se as duas primeiras orações do
esse direito seria garantido. Em novembro de 2003, o parágrafo classificam-se como absolutas, compondo
presidente da República assinou o Decreto n.º 4.877, ambas dois períodos simples.
que estabelece, em seu artigo 2.º: “Consideram-se
remanescentes das comunidades dos quilombos, Fragmento de texto: Era a elite intelectual e política
para os fins deste decreto, os grupos étnico-raciais,
do Brasil, composta de magistrados, membros
segundo critérios de autoatribuição, com trajetória
histórica própria, dotados de relações territoriais do clero, fazendeiros, senhores de engenho, altos
específicas, com presunção de ancestralidade negra funcionários, militares e professores. Desse grupo,
relacionada com a resistência à opressão histórica sairiam mais tarde 33 senadores, 28 ministros
sofrida.” de Estado, dezoito presidentes de província, sete
membros do primeiro conselho de Estado e quatro
E, logo em seguida, o parágrafo primeiro do regentes do Império.
mesmo artigo reafirma e esclarece: “Para os fins
deste decreto, a caracterização dos remanescentes 138. No trecho “Era a elite intelectual (...) quatro
das comunidades dos quilombos será atestada regentes do Império”, a organização dos elementos
mediante autodefinição da própria comunidade.” estruturais indica o predomínio da coordenação.

Essa regulamentação resultou naquilo que o professor Fragmento de texto: Em Roraima, municípios como
Denis Rosenfield descreveu como “ressemantização Normandia e Pacaraima deram alento ao cultivo
da palavra quilombo”; segundo ele, “o quilombo já de cereais. Também no Tocantins, no Maranhão,
não significaria um povoado formado por escravos no Ceará, em Pernambuco, na Bahia e no Piauí o
negros (...), mas uma identidade cultural.” agronegócio teve peso decisivo.

135. No primeiro parágrafo, os trechos entre aspas 139. As vírgulas logo após “Tocantins”, “Maranhão”,
são citações literais de texto de natureza jurídica. “Ceará” e “Pernambuco” justificam-se por isolarem
termos de mesma função sintática componentes de
Fragmento de texto: Mário de Andrade assim uma enumeração.
justificou a necessidade de aprofundar o estudo
etnológico: “Nós não precisamos de teóricos (...) Fragmento de texto: “Quando a gente não sabe
Precisamos de moços pesquisadores que vão à casa resolver um problema, não é preciso lutar, nem
recolher com seriedade e de maneira completa insistir, cansar-se bobamente. Basta entregá-lo à
o que esse povo guarda, e rapidamente esquece, alma, ela cuida de tudo”. Fiquei devendo à Vicentina
desnorteado pelo progresso invasor (...).” Correias essa pérola. Foi o Soledade que me ensinou,
ela disse. Engraçado, foi exatamente o que fiz, não
136. O emprego de aspas justifica-se por isolar uma por virtude, mas por fraqueza, quando parei de falar
citação. e pensar no dente. Ainda assim deu certo.

Fragmento de texto: Nesse período foram 140. No trecho “mas por fraqueza”, a conjunção
implantados 2.343 projetos de assentamento (PA). A “mas” estabelece uma relação de causalidade com
criação de um PA é uma das etapas do processo da a oração que a antecede.
reforma agrária. Quando uma família de trabalhador
rural é assentada, recebe um lote de terra para morar “É preciso ressaltar que, através dos tempos, as
e produzir dentro do chamado assentamento rural. pessoas reduziram Machado de Assis ao classificá-lo
A partir da sua instalação na terra, essa família passa com um rótulo de irônico muito restrito. Sua ironia
a ser beneficiária da reforma agrária, recebendo é algo maior, não se trata apenas de um jogo de
créditos de apoio (para compra de maquinários e palavras, de uma troca inteligente de colocações
sementes) e melhorias na infraestrutura (energia em um diálogo, por exemplo. Sua ironia está na
elétrica, moradia, água etc.), para se estabelecer e atmosfera na qual seus personagens e o próprio
iniciar a produção. O valor dos créditos para apoio à autor se movem. (...)

37
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

Machado pode ser considerado, no contexto 145. A forma verbal “têm” concorda com o núcleo
histórico em que surgiu, um espanto e um milagre, nominal “representantes”, flexionado no plural, o que
mas o que me encanta de forma mais particular é torna obrigatório o emprego do acento circunflexo
o fato de que ele estava, o tempo todo, pregando nessa forma verbal.
peças nos leitores e nele mesmo.”
146. Julgue o trecho subsequente quanto à correção
Foi assim que o mais importante crítico literário gramatical: Existe outras peças que chamam a
do mundo, o norte-americano Harold Bloom, 77, atenção...
classificou Machado de Assis quando elencou, em
Gênio — Os 100 Autores Mais Criativos da História da 147. Julgue o trecho subsequente quanto à correção
Literatura (Ed. Objetiva, 2002), os melhores escritores gramatical: Nesse ano, ocorreram votação
do mundo segundo seus critérios e gosto particular. eletrônica nas capitais e em 31 municípios com
mais de 200 mil eleitores.
141. No terceiro parágrafo do texto, a conjunção
“portanto” poderia substituir o termo “assim”, sem Fragmento do texto: Não há dúvida de que, no
prejuízo para a coesão e a coerência textuais. início do século XXI, os Estados Unidos da América
chegaram mais perto do que nunca da possibilidade
Fragmento de texto: Trata-se de assunto cuja de constituição de um “império mundial”.
importância e mesmo centralidade não podem
ser desprezadas: princípio basilar da democracia 148. Como o primeiro período do texto apresenta
representativa é o voto de cada pessoa ter o mesmo ideia relativa a um único país, o emprego do verbo
peso eletivo. “chegar” no singular — chegou — estaria de acordo
com as exigências de concordância da norma escrita
142. Dadas as relações de sentido do período, o culta, sem necessidade de outras alterações no texto.
sinal de dois-pontos poderia ser substituído pela
conjunção “porque”, sem prejuízo do sentido geral Fragmento de texto: Desse grupo, sairiam mais
do trecho. tarde 33 senadores, 28 ministros de Estado, dezoito
presidentes de província, sete membros do primeiro
143. Julgue a frase quanto à correção gramatical: conselho de Estado e quatro regentes do Império.
A multiplicidade de manifestações de insurgência
contra toda e qualquer disposição judicial, com 149. A forma verbal “sairiam” antepõe-se ao sujeito
invocação das garantias constitucionais de ampla da oração, que corresponde a um sujeito composto.
defesa e devido processo, fazem com que o exame
do mérito das causas seja adiado quase que Fragmento do texto: É sabido que, em se tratando
indefinidamente. de crimes que envolvam computadores como meio,
a coleta, a manipulação e o exame de provas sem
Fragmento de texto: De certo modo, a participação os devidos cuidados podem ocasionar a falta de
dos indígenas na disputa por vagas nos Poderes integridade da prova.
Legislativo e Executivo é apresentada no mesmo
tom de estranheza com que o jornalismo brasileiro 150. Se, no trecho “a coleta, a manipulação e o
descreve xinguanos paramentados com sandálias exame de provas sem os devidos cuidados podem
havaianas e calções adidas. ocasionar a falta de integridade da prova”, a forma
verbal pode substituísse “podem”, a construção do
144. A forma verbal “é” está flexionada no singular período permaneceria correta, porque os núcleos do
porque concorda com o nome “disputa”. sujeito podem ser interpretados como um conjunto.

Fragmento de texto: A primeira é a do mandato


livre e independente, isto é, os representantes,
ao serem eleitos, não têm nenhuma obrigação,
necessariamente, para com as reivindicações e os
interesses de seus eleitores.

38
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

6. Errado. A palavra muito, além de advérbio de


GABARITO OFICIAL
intensidade, pode ser, também, um pronome
INTERPRETAÇÃO DE TEXTO indefinido. Para diferenciar estes casos, quando
o muito estiver ligado a verbo, adjetivo ou
101. E 102. C 103. E 104. C 105. C advérbio, ele será advérbio de intensidade,
como em “A menina está muito engraçadinha”
106. E 107. C 108. C 109. E 110. E – (muito ligado a adjetivo). Por sua vez, quando
o muito estiver ligado a substantivo, ele será um
111. E 112. E 113. E 114. C 115. E pronome indefinido, como em “Ver você me deu
116. E 117. E 118. C 119. E 120. C muito prazer”.

121. C 122. E 123. C 124. C 125. C 7. Certo. Na frase “como é que se fazia”, a
expressão “é que” classifica-se como partícula
126. E 127. C 128. C 129. E 130. C expletiva. Sabemos que a partícula expletiva
ou o pronome de realce é o termo que pode ser
131. C 132. E 133. C 134. C 135. C
apagado sem prejuízo para o texto. Veja: “como
136. C 137 C 138. C 139. C 140. E é que se fazia”, ou seja, “como se fazia”. Perceba
que não houve prejuízo.
141. E 142. C 143. E 144. E 145. C
8. Certo. A expressão “é que” pode ser suprimida
146. E 147. E 148. E 149. C 150. C
(apagada) sem prejuízo para o texto.

9. Errado. A locução “a cidade toda” tem sentindo


QUESTÕES COMENTADAS COM OBJETIVIDADE de a cidade inteira, já “toda cidade” tem sentindo
de cidade qualquer. Conforme vimos no curso,
1.Certo. De forma isolada, a palavra “africanos” a palavra “toda” antes do substantivo será um
é um adjetivo, bem como o vocábulo “correr” é pronome indefinido.
um verbo. Todavia, no texto estas palavras estão
antecedidas por artigo, sendo, assim, palavras 10. Errado. O Crespe vem cobrando esta questão
substantivadas. Vale frisar que o artigo tem o com muita frequência. Saiba que após as
poder de substantivar as palavras. preposições “ante” e “perante”, preposições
indicativas de lugar, não se usa preposição “a”.
2. Errado. No texto, as palavras “antiéticas” A forma correta seria apenas: ante/perante uma
e “ilegais” de fato qualificam o substantivo mudança.
“práticas”, sendo, portanto, adjetivos. Entretanto,
o termo “combatidas” não é um adjetivo, pois faz 11. Certo. A palavra Qualquer, bem como a palavra
parte da locução verbal “devem ser combatidas”. Toda são pronomes indefinidos e tem o mesmo
sentido. Cuidado com esta questão, pois elas só
3. Errado. O vocábulo constante qualifica, na serão pronomes indefinidos quando estiverem
verdade, o substantivo “relação”. Veja: Relação antes do substantivo.
homogênea; Relação constante.
12. Certo. De fato, haveria prejuízo gramatical.
4. Certo. A substituição da locução adjetiva “em Veja a relação oficial: neste aqui; nesse aí. Logo, o
vigor” pelo adjetivo “vigente” preserva a correção correto seria “Nesse aí” e não “Nesse aqui”. Vale
gramatical. frisar uma grande dica: aqui = perto do falante;
aí = perto do ouvinte; ali = longe do falante e do
5. Certo. Esta questão explora o emprego da ouvinte.
palavra Logo como advérbio. Veja: “temos
logo a impressão de que se está falando em 13. Errado. Neste caso, é possível substituir o “que”
superioridade.”, ou seja, temos imediatamente por “o qual” já que ele é um pronome relativo e
a impressão de que se está falando em significa o antecedente “O desastre”.
superioridade. Lembre-se: o vocábulo logo
pode ser duas coisas: advérbio ou conjunção 14. Errado. O pronome relativo CUJO/CUJA (s) não
conclusiva. admite artigo posterior. Assim, a forma correta
seria: Muitos rincões do nosso país, ainda hoje,

39
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

têm administradores públicos cujas ações muito 25. Certo. A forma verbal “seria” exprime a ideia
assemelham-se as ações do imperador babilônico de hipótese/possibilidade.
Nabucodonosor. Para além do conhecimento,
o pronome cuja/cujo também não admite 26. Errado. A forma “mas também” exprime a
substituição.
ideia de adição e não oposição.

15. Errado. Cujo é um pronome relativo e não


27. Errado. A correlação aditiva “não só...mas
aceita substituição.
também” indica soma, acréscimo. Já a correlação
“se não” e “ao menos” indica uma ressalva, uma
16. Errado. O pronome relativo Cuja não admite
concessão, uma limitação de possibilidades.
artigo posterior. O correto seria: Indireta ou
representativa, a democracia, segundo Kelsen, é
aquela cuja função legislativa é exercida por um 28. Errado. Sabemos que a “contudo” é uma
parlamento eleito pelo povo. conjunção coordenativa adversativa. Por sua
vez, “porquanto” pode ser causal ou explicativo.
17. Certo. Veja: deles = dos dez acidentes. Neste Assim, são termos distintos.
caso, o pronome demonstrativo deles tem função
referencial e retoma a expressão dez acidentes. 29. Certo. Os termos “Porém” e “Entretanto” são
conjunções adversativas e poderiam ser trocadas
18. Errado. Na oração “não havia mais dúvidas”, uma pela outra sem erro ou mudança de sentido.
o verbo haver é impessoal e deve permanecer
no singular. Agora, a substituição de “há” por
30. Errado. A conjunção “entretanto” é sempre
“existia” está incoerente, já que o verbo existir
adversativa e tem sentido de oposição.
não é impessoal e deve concordar com “mais
dúvidas”. Então, o corretos seria “não existiam
mais dúvidas”. 31. Errado. Embora os dois conectores sejam
adversativos, a palavra “mas” é a única que não
19. Certo. A forma verbal “mudaram” está no admite vírgula posterior. (Exceção = expressão
pretérito perfeito simples do indicativo. A intercalada)
passagem desse tempo verbal para o presente
do indicativo “mudam” é o processo conhecido 32. Errado. Não prejudicaria a correção gramatical,
como presente histórico. o “ou” indica relação de sinonímia. A inserção do
“e” aditivo apenas mudaria o sentido.
20. Certo. Pode-se substituir “vêm enfrentando”
por têm enfrentado, já que ambas locuções 33. Errado. A locução “no entanto” é sempre
verbais exprimem fatos em andamento.
adversativa e não poderá, assim, ser substituída
por “portanto”, que é conclusivo.
21.Certo. A forma verbal “Assumira” está no
pretérito mais-que-perfeito simples do indicativo
e exprime a anterioridade de uma ação em 34. Certo. Sabe-se que “portanto” e “por
relação a outra, ou seja, o passado do passado. conseguinte” são conclusivos. Assim, a
substituição é possível.
22. Certo. A forma verbal seria, flexionada no
futuro simples do pretérito, exprime a ideia de 35. Errado. A conjunção “destarte” é conclusiva.
dúvida. Por sua vez, “contudo” e “todavia” são conectivos
adversativos.
23. Certo. As formas verbais “era” (pretérito
imperfeito) e “seria” (futuro do pretérito) 36. Certo. A palavra como pode ser três coisas:
exprimem, no contexto mencionado, a ideia de conjunção causal, comparativa ou conformativa.
possibilidade. Se observarmos bem, essas ondas longas da
história, conforme/consoante/segundo as
24. Errado. Os sentidos são diferentes. Veja: chamava Braudel, tornaram-se cada vez mais
teremos conquistado = certeza; conquistaremos curtas. Temos o emprego conformativo da
= hipótese. palavra como.

40
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

37. Certo. Questão direta! A locução “de 50. Errado. A locução “não obstante” pode ser
acordo com” expressa justamente o sentido classificada como “adversativa” ou “concessiva”.
de “conformidade”, por isso mesmo poderia Nesse caso, sabemos que é concessiva por causa
ser trocada por conjunções conformativas: do verbo, que está no modo subjuntivo: Atente-
“conforme”, “consoante”, “como”, “segundo”. se: a classe lucrativa tem conduta adversa ao
estilo de vida da camada dirigente, não obstante
38. Certo. “De acordo com” tem sentido (embora) a explore, e viva, em grande parte, de
conformativo e, logo, pode ser substituído seus favores.
sem prejuízo por conforme, segundo, como,
consoante.
51. Certo. Temos duas possibilidades de
concordância quando o sujeito é partitivo.
39. Certo. É imprescindível conhecer o valor
semântico das preposições. De forma direta, a Ou concordando com o núcleo do adjunto
preposição para exprime finalidade/propósito/ (cientistas), ou no singular concordando com o
objetivo. núcleo do sujeito (maioria).

40. Errado. Tenha muito cuidado com esta 52. Errado. O verbo existir é pessoal e deveria
questão. A substituição pediria um ajuste, para estar flexionado para concordar com o sujeito.
manter a adequada correlação verbal: Caso um Verbo no singular e sujeito no plural (não ocorreu
de nós “caísse”, a dor doeria ligeiro. Então, a concordância).
troca direta, sem esse ajuste, prejudicaria sim a
correção gramatical.
53. Certo. O verbo ter, quando na terceira pessoa
do plural, deve trazer um acento diferencial de
41. Certo. Atenção aqui! “Embora” e “Posto número: Eles têm.
que” são perfeitamente equivalentes, pois são
conectivos concessivos.
54.Certo. O verbo Haver é impessoal e invariável,
42. Errado. “No entanto” é uma locução fica no singular. Existir é pessoal e variável.
adversativa; já “conquanto” é uma conjunção Sempre que substituirmos haver por existir,
concessiva. A substituição iria gerar incoerência. este deve fazer a concordância com seu sujeito:
Existem duas Américas Latinas.
43. Certo. O cespe vem cobrando bastante
este caso. Leve apenas isso para a sua prova: a 55. Errado. O sujeito é a oração “que a CE vem
expressão “assim como” exprime comparação. desenvolvendo novas formas políticas”. Sujeito
oracional faz o verbo concordar no singular. Vale
44. Certo. Decore isto: em razão de exprime a frisar que o sujeito oracional também recebe
ideia de causa. O cespe cobra essa relação. Fique o nome de oração subordinada substantiva
atento! subjetiva.

45. Errado. No texto, a palavra como não indica 56. Errado. Quem ocorreram? Um fato. Que
comparação, e sim conformidade.
fato? Um dos fatos mais marcantes. Logo, a
concordância tem que ficar no singular, um fato
46. Errado. O termo “mas” é a única conjunção
adversativa que não admite vírgula posterior. “ocorreu”. Não confunda isso com o núcleo do
(Exceção = expressão intercalada) adjunto, pois “marcante” é um adjetivo, não pode
praticar ação.
47. Errado. No texto, a conjunção pois tem valor
explicativo (pois bem, ora pois...) 57. Certo. O referente é Amazônia.

48. Certo. Questão direta. “Embora” é a principal 58. Certo. Temos um sujeito composto, cujos
conjunção concessiva. núcleos são “originalidade” e “capacidade”.

49. Certo. Ambos são conclusivos. Questão 59. Certo. Sujeito no feminino plural, verbo no
prática e direta. Os principais conectivos plural, particípio também no feminino plural.
conclusivos são: portanto, logo, então, assim, por
isso, por esse motivo, destarte, dessarte, pois,
desse modo, dessa maneira, por conseguinte, por 60. Certo. A forma verbal “são” concorda com o
consequência, etc. sujeito “Esses indivíduos”.

41
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

61. Errado. Conforme vimos no curso, “na 74. Errado. O verbo existir é pessoal e deve
expressão verbal” não poderia ser o sujeito, pois concordar com o sujeito.
é um termo preposicionado.
75. Errado. Quando o SE for um índice de
62. Errado. A forma verbal “confunde” está no indeterminação do sujeito, o verbo ficará
singular para concordar com o pronome relativo obrigatoriamente no singular.
“que”, que substitui o nome “polo”, sendo sujeito
daquele verbo. 76. Certo. O isolamento da expressão “de forma
muito rápida” não alteraria a coesão e a correção
63. Errado. Na verdade, os empresários (sujeito) gramatical do texto, pois dentro desse contexto,
é que exercem as atividades: “atividades que os o emprego de vírgulas promoveria somente mais
empresários da educação já exerciam na esfera ênfase à expressão em questão.
do ensino básico”.
77. Errado. Na primeira ocorrência “Não me
64. Errado. O verbo existir é pessoal e deve deixes”, as aspas isolam a fala atribuída ao sertão.
concordar com o sujeito. (existam provas). Já na segunda ocorrência “seca encarrilhada”, as
aspas dão destaque a citação do termo usado
65. Certo. Basta aplicar a pergunta QUEM e você para se referir à seca.
encontrará o sujeito. (as esferas de abrangência
dos poderes políticos). 78. Errado. A vírgula nesse contexto não
é obrigatória, pois tem-se duas orações
66. Errado. O verbo está no singular para coordenadas com sujeitos diferentes. Além
concordar com pesquisa, não com instituto. disso, a segunda oração não é uma justificativa
da primeira, uma vez que a conjunção “e” possui
67. Errado. A concordância é com a terceira valor aditivo.
pessoa do plural, eles, e o verbo concorda com os
três núcleos, não com as “relações sociais”, que 79. Errado. Os travessões marcam o discurso
nem sequer pratica ação nenhuma, sendo um direto no texto e, em caso de discursos diretos,
adjunto adnominal do nome sofisticação.
os travessões somente podem ser substituídos
por aspas. As vírgulas e os parênteses não seriam
68. Errado. Tratar-se DE é invariável, porque
adequados.
configura sujeito indeterminado. A reescritura dá
entender que “situações como essas” é o sujeito
e, repito, o sujeito é indeterminado (VTI+SE) e o 80. Errado. O conectivo “e” tem a ideia de
verbo fica na terceira pessoa do singular. conclusão e poderia ser substituído por “logo”.
Nesse contexto não há uma relação de oposição
entre as orações.
69. Errado. Conforme visto em aula, para encontrar
o sujeito use a pergunta QUEM. Quem trouxe? O
artigo 154- A do Código Penal. É com ele que o 81. Errado. As vírgulas marcam uma explicação do
verbo concorda. Essa lei está entre parênteses, termo “babá”, isolando uma oração subordinada
é um termo acessório e não está fazendo adjetiva explicativa. A supressão das vírgulas
concordância com nenhum outro, podendo até
modificaria a oração em questão para oração
ser retirado sem prejuízo sintático.
subordinada adjetiva restritiva, alterando o
sentido original do texto.
70. Errado. Temos um caso de sujeito oculto, já
que o sujeito de teria está implícito “eu”.
82. Errado. Ao isolar a expressão “nós sabemos”,
71. Errado. O verbo haver é impessoal e deve a expressão “o que” também seria isolada e
permanecer no singular. destacada, porém ficaria sem função no texto. A
vírgula separaria o verbo de seu complemento.
72. Errado. Se a concordância fosse feita com
“renda per capita”, o sentido mudaria. 83. Errado. A inserção de vírgula logo após
“diretamente” separaria o verbo de seu
73. Errado. Veja que há erro claro de concordância, complemento, comprometendo a correção
sujeito no plural, verbo no singular. gramatical do texto.

42
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

84. Certo. Segundo a norma padrão, toda oração 93. Certo. A retirada da vírgula logo após o
subordinada adverbial condicional antecipada termo “algum” manteria a correção gramatical
(quando vem antes da oração principal) deve ser do texto. Trata-se de duas orações coordenadas
isolada por vírgula. Nesse caso, a substituição com o mesmo sujeito, ligadas pelo conectivo “e”
por ponto e vírgula comprometeria a correção do no sentido de adição, o que torna o emprego da
texto. vírgula facultativo.

85. Certo. A inserção de vírgula logo após “global”


94. Certo. A substituição de ponto e vírgula por
não alteraria a correção gramatical do texto,
mas alteraria seu sentido original, uma vez ponto final pode ser feita sem prejuízo gramatical
que, ao ser inserida, a vírgula transformaria a ao texto, pois trata-se de orações coordenadas
oração subordinada adjetiva restritiva em oração assindéticas. As orações coordenadas
subordinada adjetiva explicativa. assindéticas podem ser separadas tanto por
ponto final quanto por vírgula.
86. Errado. A expressão “por exemplo” deve ser
isolada por vírgulas obrigatoriamente. A simples 95. Certo. A inserção de vírgula logo após o termo
inserção da expressão, sem o acréscimo das “Assim” alteraria o sentido original do texto, uma
vírgulas, promoveria alteração na correção do vez que sem a vírgula, o termo possui sentido de
texto. modo, e com a inserção de vírgula, passa a ter
sentido de conclusão.
87. Certo. A introdução de uma vírgula logo após o
termo “revelados” manteria a correção gramatical
96. Errado. O deslocamento da oração “tornando-
do texto, uma vez que o termo é seguido de oração
subordinada adverbial consecutiva posposta à se progressivamente mais corretas e eficientes”
oração principal, situação em que o emprego da implicaria alteração do sentido original do texto,
vírgula é facultativo. uma vez que promove uma inversão na relação
de causa e consequência.
88. Certo. Nesse contexto temos uma oração
subordinada adverbial causal deslocada. 97. Errado. As vírgulas não podem ser substituídas
Segundo a gramática normativa, as orações por travessões, uma vez que, cada vírgula foi
adverbiais deslocadas devem ser isoladas por empregada por uma motivação diferente.
vírgula obrigatoriamente. Enquanto a primeira vírgula isola o termo adjunto
adverbial de modo deslocado, a segunda separa
89. Errado. O deslocamento de adjunto adverbial duas orações coordenadas assindéticas.
de pequena extensão não exige o isolamento
por vírgula. Nesse contexto, o adjunto adverbial 98. Errado. Quase todas as vezes em que a
é formado por apenas duas palavras, portanto o expressão é deslocada, o texto sofre alteração em
emprego da vírgula é facultativo. seu sentido original. Nesse contexto, ao deslocar
a oração subordinada adverbial condicional para
90. Errado. A inserção de vírgula logo após o o final da frase, tornaria o emprego de vírgula
termo “norte-americanos” alteraria o sentido facultativo e não obrigatório, já que a mudança
original do texto. Essa alteração seria provocada colocaria a oração em sua posição natural no
pela transformação de uma oração subordinada discurso direto.
adjetiva restritiva em oração subordinada
adjetiva explicativa. 99. Errado. Os dois-pontos foram empregados
por motivações diversas. Na primeira ocorrência,
91. Certo. A substituição dos parênteses por um os dois-pontos apontam para um esclarecimento
travessão não alteraria a correção gramatical do acerca dos assuntos relacionados a técnicas
texto. Diferentemente dos parênteses, a vírgula científicas. Já na segunda ocorrência, os dois-
e o travessão não precisam estar no início e no
pontos apontam para a citação da fala do policial.
final da oração.

100. Certo. Ao se substituir as vírgulas que isolam o


92. Certo. Trata-se de um adjunto adverbial
deslocado. Por ser de pequena extensão (duas termo por travessões a correção gramatical seria
palavras), o emprego de vírgula é facultativo. mantida, pois um termo explicativo intercalado
Portanto, o isolamento do termo por vírgulas pode ser isolado por vírgulas, travessões e até
manteria a correção gramatical do texto. mesmo parênteses.

43
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

101. Errado. No trecho: “Apenas ganham menos 115. Errado. O que pesou, de fato, foi a punição.
que os homens. Ainda.” Fica claro que a palavra
AINDA sugere a equiparação do salário feminino 116. Errado. Na verdade, a publicidade glamouriza
ao salário dos homens. a bebida.

102. Certo. Nos períodos seguintes, o autor


117. Errado. Não podemos trocar uma adversativa
confirma a incoerência ao mostrar dados
por uma concessiva sem que qualquer outra
estatísticos para mostrar a evolução da situação.
alteração seja feita na frase.
103. Errado. O pronome possessivo SEU faz
referência ao leitor. Por isso, uma referência 118. Certo. São todas paroxítonas terminadas em
extratextual. Ou seja, fora do texto. Cabe salientar L.
que o pronome possessivo faz referência ao
possuidor e concorda com a coisa possuída. 119. Errado. Existe uma relação de consequência.
Basta pensar no macete do TESÃO. (tanto, tão,
104. Certo. Os dois textos mostram o avanço tal, tamanho ... que).
feminino em curso.
120. Certo. A palavra gênero é proparoxítona. Vale
105. Certo. Os textos mostram que a participação frisar que todas as proparoxítonas devem ser
das mulheres está aumentando e que vão ocupar
acentuadas.
até funções de chefia.

106. Errado. A visão quanto ao trabalho do futuro 121. Certo. Isso fica claro no final do segundo
não é totalmente otimista. Para os homens, por parágrafo quando o autor afirma que o brasileiro
exemplo, é completamente pessimista. detesta formalidades.

107. Certo. No primeiro texto, a Alemanha e a 122. Errado. A instituição do jeitinho tem origem,
Inglaterra são mencionadas para mostrar que segundo os antropólogos, no SUPOSTO caráter
é um fenômeno global. No segundo texto, a
presença do italiano Domenico de Masi e do suíço emocional do brasileiro.
Alain de Botton demonstra que essas mudanças
estão além das fronteiras brasileiras. 123. Certo. Isso fica claro no seguinte trecho:
“No livro Raízes do Brasil, esse autor afirma que
108. Certo. Questão autoexplicativa. No primeiro o indivíduo brasileiro teria desenvolvido uma
texto, é possível perceber inclusive que as histórica propensão à informalidade. Deve-se
empresas levaram vantagem com as mudanças ISSO ao fato de as instituições brasileiras terem
do mercado.
sido concebidas de forma coercitiva e unilateral,
não havendo diálogo entre governantes e
109. Errado. Exprime valor semântico de
instrumento. governados, mas apenas a imposição de uma lei
e de uma ordem consideradas artificiais...”.
110. Errado. No texto, a forma TÃO modifica um
adjetivo. 124. Certo. Podemos observar isso no seguinte
trecho: “Na vida cotidiana, tornava-se comum
111. Errado. Apenas o primeiro termo é pronome ignorar as leis em favor das amizades.
com função anafórica. O segundo termo é artigo Desmoralizadas, incapazes de se impor, as leis
e acompanha o substantivo que aparece depois. não tinham tanto valor quanto, por exemplo, a
palavra de um “bom” amigo.”.
112. Errado. O termo sublinhado exprime valor
semântico de consequência.
125. Certo. Podemos perceber isso no seguinte
trecho: “...aquele que age movido pela emoção no
113. Errado. Exprime valor semântico de
companhia. lugar da razão, não vê distinção entre o privado e
o público...”
114. Certo. A forma verbal USARA é um pretérito
mais-que-perfeito. 126. Errado. Isso é feito no primeiro parágrafo.

44
LÍNGUA PORTUGUESA 300 QUESTÕES COMENTADAS

127. Certo. Podemos perceber isso no seguinte 142. Certo. A conjunção PORQUE indicaria o valor
trecho: “...o fato de afastar as leis e seus castigos causal/explicativo expresso pelo sinal de dois-
típicos era uma prova de boa-vontade e um gesto pontos.
de confiança, o que favorecia boas relações de
comércio e tráfico de influência...” 143. Errado. A frase apresenta erro de
concordância verbal. O verbo FAZER deve ficar no
128. Certo. Percebemos isso no seguinte trecho: singular para concordar com o núcleo do sujeito
“..."cordialidade" não deve ser entendida como MULTIPLICIDADE.
caráter pacífico...”
144. Errado. A forma verbal “é” está no singular
129. Errado. Coercitiva e normativa são sinônimas. para concordar com o nome “participação”.

130. Certo. Percebemos isso no trecho: “...uma vez 145. Certo. Questão autoexplicativa.
que a perda temporária do direito de liberdade
em decorrência dos efeitos de sentença penal 146. Errado. O verbo EXISTIR deve ficar no plural
refere-se tão somente à liberdade de ir e vir...” para concordar com o núcleo do sujeito PEÇAS.

131. Certo. Podemos perceber isso no trecho: “Os 147. Errado. O verbo OCORRER deve ficar no
impuros ou impróprios são aqueles em que o singular para concordar com o núcleo do sujeito
agente se vale do computador como meio para
VOTAÇÃO.
produzir resultado que ameaça ou lesa outros
bens, diferentes daqueles da informática.”.
148. Errado. Temos aqui um caso especial de
132. Errado. Podemos perceber isso no trecho: concordância verbal. Nomes próprios pluralizados
É importante destacar que o art. 154-A do precisam de um determinante para flexionar o
Código Penal (Lei n.º 12.737/2012) trouxe para o verbo. Assim seria ESTADOS UNIDOS CHEGOU ou
ordenamento jurídico o crime novo de “invasão OS ESTADOS UNIDOS CHEGARAM.
de dispositivo informático”.
149. Certo. Questão autoexplicativa.
133. Certo. Não se equivalem porque apresentam
conformidades diferentes, mas se complementam 150. Certo. O verbo pode ficar no singular ou no
no sentido mais amplo de justiça.
plural quando o sujeito composto possuir núcleos
sinônimos ou aproximados semanticamente.
134. Certo. Podemos perceber isso no trecho: “a Portanto, é um caso de concordância facultativa.
construção de uma sociedade que seja justa é um
objetivo fundamental da República Federativa do
Brasil”.

135. Certo. Questão autoexplicativa.

136. Certo. Questão autoexplicativa.

137. Certo. Primeiro temos uma LOCUÇÃO VERBAL


e depois o verbo SER.

138. Certo. O predomínio da coordenação fica


claro no processo de enumeração das vírgulas.

139. Certo. Questão autoexplicativa.

140. Errado. A conjunção “mas” estabelece uma


relação de oposição com a oração que a antecede.

141. Errado. A conjunção PORTANTO tem valor


conclusivo e o advérbio ASSIM, no texto, apresenta
valor modal.

45