Você está na página 1de 3

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS – BARREIRO

DISCIPLINA DE BIOLOGIA E GEOLOGIA


Ficha de Trabalho
Tema: A célula, biomoléculas e
10ºano
transporte.
Proposta de correção

1. A Teoria Celular tem três ideias principais:


Todos seres vivos, são formados por células. Portanto, as células são as unidades morfológicas dos seres vivos;
As atividades fundamentais que caracterizam a vida ocorrem dentro da célula. Portanto, as células são as unidades
funcionais ou fisiológicas dos seres vivos; Novas células formam-se pela reprodução de outras células pré-existentes, por
meio da divisão celular.
2. Célula, tecido, órgão, sistema de órgãos.
3.1. C. eucariontes
3.2. C. são microconsumidores
4.1.
1 – núcleo
5 – vacúolo
4 – membrana celular
9 – parede celular
6 – cloroplasto
3 – mitocôndria
7 – retículo endoplasmático liso (REL)
2 – retículo endoplasmático rugoso (RER)
8 – dictiossoma (sáculo do Complexo de Golgi)

4.2. C – eucariótica vegetal.

4.2.1. A célula é eucariótica porque apresenta núcleo


individualizado e organitos e é vegetal porque apresenta
cloroplastos, parede celular e vacúolos de grandes
dimensões.
4.3.1. Intervém na síntese de proteínas;
4.3.2. Controla as actividades celulares.
4.4. As células vegetais apresentam cloroplastos e parede
celular e as células animais não.

5.1.
Funções:
B – Respiração
A – Síntese proteica
D – Fotossíntese
C – Armazenamento e secreção
6. a) A célula é proveniente de tecido vegetal porque apresenta cloroplastos e parede celular,
estruturas exclusivas da célula vegetal.
b) Se esta célula estivesse em intensa atividade de síntese proteica estariam mais
desenvolvidas ou presentes em maior quantidade os Ribossomas e o Retículo
Endoplasmático Rugoso, uma vez que são as estruturas envolvidas na síntese de proteínas.
7. a) Quanto à função, os leucoplastos são plastos apigmentados, ou seja, incolores, cuja
função mais importante é armazenar substâncias de reserva, das quais a mais importante é o amido enquanto os

-1- Profª Isabel Lopes


Proposta de Correção da FT – A célula, Biomoléculas e Transporte

cromoplastos são um plastos com pigmentação. Há vários tipos de cromoplastos: xantoplastos (xantofila, com
pigmentos amarelos), eritroplastos (eritrofila, com pigmentos vermelhos) e cloroplastos (clorofila, com pigmentos
verdes). É graças a eles que os frutos têm vários tipos de cores.
b) O amiloplasto cuja substância de reserva é o amido, é um exemplo de leucoplasto e o cloroplasto com a clorofila é um
exemplo de cromoplasto.

8. C. a presença da luz é fundamental para que se forme a clorofila e para a organização dos cloroplastos.
9. D. as alternativas a, b e c são corretas;
10. C. os cloroplastos.
11. B. todos os vegetais apresentam cloroplastos com exceção de fungos, algas azuis, bactérias.
12.1. B – Denomina-se -hélice.
12.2. A – Possui glicose na sua constituição.
12.3. B. Intervêm nas reações químicas C. É reguladora da temperatura.
12.4. B – Não está presente nas células eucarióticas.
13. B. Um péptido possui sempre uma extremidade amina e uma extremidade carboxilo.
14. A. F; B. V; C. F; D. V
15.
A. Carbono central ligado a grupo amina, grupo carboxilo e átomo de hidrogénio
B. Dipéptido
C. Péptidica.

16.1. F - Contém ribose.


V - Contém, entre outras bases azotadas, adenina, guanina e timina.
V - Está presente no núcleo das células eucarióticas.
V - Pode formar uma cadeia dupla
V - Existe uma complementaridade entre bases azotadas.
F - Denomina-se ácido ribonucleico.
V - Apresenta fósforo na sua constituição
V - É um polímero de nucleótidos

TRANSPORTE NA CÉLULA

1. No gráfico seguinte, estão representadas as variações do tamanho do vacúolo, observadas em dois grupos
diferentes (A e B) de células da epiderme das pétalas de uma flor, que foram colocadas em diferentes meios de
montagem, durante os períodos indicados no quadro.

1.1.1. O meio de montagem era isotónico m relação ao suco vacuolar


1.1.2. O meio de montagem era hipotónico em relação ao suco vacuolar
1.2. O meio de montagem era hipertónico em relação ao suco vacuolar, e por isso saiu água por osmose do vacúolo para
o exterior da célula (a favor do gradiente de concentração), levando à diminuição do seu tamanho.
1.3. O grupo de células que sofreu plasmólise foi o B,
1.3.1. Uma vez o gráfico mostra que ocorreu a diminuição do tamanho dos seus vacúolos, o que pode ser explicado pela
saída de água a favor do gradiente de concentração.
1.4.1. O meio 2 era hipotónico.
1.4.2. O meio 3 era hipertónico.

-2- Profª Isabel Lopes


Proposta de Correção da FT – A célula, Biomoléculas e Transporte

2.1.1. Cálcio, Magnésio, Sódio, Sulfato


2.1.2. Potássio, (Cloreto)
2.1.3. Potássio, (Cloreto)
2.1.4. Cálcio, Magnésio, Sódio, Sulfato

3.1. Modelo do mosaico fluido.


3.2. 1- Glicolípido; 2- Glicoproteína; 3- Glicído; 4- Fosfolípido
3.3. Os fosfolípidos são moléculas anfipáticas, isto é, possuem uma cabeça
constituída pelo grupo fosfato que é polar ou hidrofílica (tem afinidade
por água) e uma cauda constituída pelas cadeias de ácidos
gordos apolar ou hidrofóbica, isto é, que repele a água. Assim, numa solução
aquosa, moléculas anfipáticas tendem a agrupar-se para que as suas partes
apolares não estejam, tanto quanto possível, em contacto directo com as
moléculas de água, assim, surge a organização em bicamada, ou seja,
formando uma "sanduíche" em que as "cabeças" polares dos fosfolípidos se
encontram em contacto com o meio externo (aquoso) e as "caudas" apolares
se refugiam entre as duas camadas formadas pelas "cabeças".

4.1. Foi a célula B.


4.2. A água tende a mover-se dos meios hipotónicos para os meios hipertónicos. A célula B apresenta um vacúolo
mais reduzido do que a célula A, que se explica pelo movimento de água para o exterior (meio mais concentrado),
logo hipertónico.
4.3. Célula B.

5. Ao polvilharmos a fruta com açúcar, estamos a criar do lado de fora um meio hipertónico em relação
ao interior das células, que irá provocar o movimento da água por osmose para fora das células, daí o
consequente aparecimento de sumo.

6. a) A concentração da solução salina no recipiente I era hipertónica em relação ao suco celular das células,
enquanto no recipiente II a solução salina era isotónica em relação ao suco celular desse tecido?
b) Significa que ocorreu uma retração do volume da célula devido à perda de água por osmose. Isto acontece
quando a célula é colocada num meio hipertónico relativamente ao seu conteúdo celular.

7. a) hipotónica, em relação à concentração do seu suco celular;


8. gráfico b)
(A velocidade/taxa aumenta é tanto maior, quanto maior for a diferença de concentração entre os
dois meios. O que significa que a taxa/velocidade é maior no inicio, quando a diferença é maior, e
depois, com o passar do tempo, à medida que se vai aproximando do equilíbrio, vai diminuindo.

9. C. a concentração de I é menor que II

10. C. … existência de parede celulósica nas células vegetais;


11. B. túrgida
12. E. O sal difunde-se pela batata, diminuindo sua concentração.
13. E. J é um meio isotónico em relação à linhagem celular testada.
14. B. diferença de pressão osmótica;
15. I – E; II – D; III – B; IV – B; V – D; VI - D

Exercícios adaptados de:


Geologia 10/11 - caderno de apoio ao professor. Areal Editores
http://www.coladaweb.com/exercicios-resolvidos/exercicios-resolvidos-de-biologia/osmose-e-absorcao
http://www.coladaweb.com/exercicios-resolvidos/exercicios-resolvidos-de-biologia/celula-vegetal
http://www.infoescola.com/biologia/osmose/exercicios/

-3- Profª Isabel Lopes