Você está na página 1de 10

mapas FILOSOFIA

mentais BERNARDO MONTALVÃO


A CONDUTA HUMANA EM
CARLOS CÓSSIO
INTERFERÊNCIA SUBJETIVA

O QUE O
PRINCIPAL DIREITO
AUTOR ESTUDA?

4 CONCEITOS O QUE É
FUNDAMENTAIS A NORMA?

FATO JURÍDICO I PRESTAÇÃO AJUÍZO LÓGICO DISJUNTIVO, DIVIDIDO


JURÍDICA I ILÍCITO I SANÇÃO EM ENDONORMA E PERINORMA
SE I (ILÍCITO) ENTÃO
KELSEN DEVE-SER S (SANÇÃO).

SE FJ (FATO JURPIDICO)
ENTÃO DEVE-SER
carlos P (PRESTAÇÃO);
CÓSSIO SE N-P (NÃO PRESTAÇÃO),
DEVE-SER S (SANÇÃO).
jusnaturalismo
moderno
HÁ LACUNA
FONTE
AUTOR CONTRIBUIÇÃO NO DIREITO
DO DIREITO
NATURAL

KANT RAZÃO SISTEMA NÃO


JURÍDICO
MAIOR EXPOENTE
CONTRÁRIO A DO UTILITARISMO. DEFENSOR DA
COMMON LAW. CODIFICAÇÃO.

jeremy benthan
principais contribuicoes
PRINCÍPIO QUE
SUSTENTA UMA TESE: MAIS FUNDAMENTA SUA
ÉTICA OBJETIVA. FELICIDADE PARA ÉTICA: PRINCÍPIO DA
MAIORIA DA UTILIDADE.
SOCIEDADE.
fontes
do direito
ESCOLA
REALISMO ESCOLA DE
HISTÓRICA
JURÍDICO EXSEGESE
DO DIREITO

OS COSTUMES A JURISPRUDÊNCIA A LEI


DOS TRIBUNAIS
o que e
a norma?
TÉRCIO NIKLAS CARLOS
BOBBIO KELSEN
SAMPAIO LUMANN COSSIO

JUÍZO IMPERATIVO COMUNICAÇÃO PROGRAMA JUÍZO


HIPOTÉTICO CONDICIONAL DISJUNTIVO
KELSEN COERCIBILIDADE

qual a MIGUEL
REALE
BILATERALIDADE ATRIBUTIVA

diferenca p/ HERBERT
HART
ÂMBITO DA CONDUTA EXTERNA

o direito CARLOS
CÓSSIO
INTERFERÊNCIA INTERSUBJETIVA

e a moral? TÉRCIO
FERRAZ
PUBLICAÇÃO E DELIBERAÇÃO

KANT HETERONOMIA
escola historica
do direito
AUTOR FONTE GRANDE CODIFICAÇÃO
PRINCIPAL DO DIREITO RIVAl

É CRITICADA
SAVINY COSTUMES THIBAUT PELA ESCOLA
HISTÓRICA
principais causas para
o surgimento da
escola de exegese
1 2 3 4 5

O CÓDIGO CIVIL A DOUTRINA DA A PRESSÃO A MENTALIDADE O PRINCÍPIO DA


FRANCÊS DE 1804 TRIPARTIÇÃO DOS NAPOLEÔNICA DOS JURISTAS CERTEZA
(CÓDIGO DE PODERES
NAPOLEÃO) (MONTESQUIEU)

Você também pode gostar