Você está na página 1de 6

CULTURA, LÍNGUA E COMUNICAÇÃO

FICHA DE TRABALHO | CURSOS EFA Avaliação:


UFCD 6 | Culturas de urbanismo e mobilidade ___________
RA 3 | Identifica sistemas de administração territorial e respetivos
funcionamentos integrados.
___________________
Formadora: Carla Chagas da Silva Data: ___/___/_______

Nome: Emilly Almeida


Turma: S25

ADMINISTRAÇÃO, SEGURANÇA, TERRITÓRIO

 Equipamentos culturais
As redes de equipamentos e atividades culturais permitem a descentralização da vertente
cultural e formam os públicos.
Em Portugal existe uma Rede de Leitura Pública (Rede Nacional de Bibliotecas Públicas e Rede
de Bibliotecas Escolares), uma Rede Nacional de Teatros e Cineteatros (Rede Municipal de
Espaços Culturais), uma Rede de Museus e uma Rede de Arquivos.
Para pertencer a uma rede é necessário avaliar cuidada e regularmente o cumprimento de
obrigações de serviço público, entre os quais, a formação de públicos. Todos os equipamentos
devem proporcionar planos educativos dirigidos a públicos diversos (crianças, jovens, adultos e
idosos).

Ano letivo 2020/2021 | 1


Biblioteca Nacional, Teatro de S. João, Museu Nacional de
Lisboa Porto Literatura, Porto

Arquivo Nacional da Teatro Tivoli, Lisboa


Torre do Tombo,
Lisboa

 Museus
A Rede Portuguesa de Museus é baseada na adesão voluntária e visa a descentralização e a
cooperação entre museus. Tem por objetivos a valorização e a qualificação da realidade
museológica nacional, a cooperação institucional, a descentralização de recursos, o planeamento
e a racionalização dos investimentos, a difusão da informação e a promoção do rigor das práticas
museológicas e das técnicas museográficas.

 Arquivo
A Rede Nacional de Arquivos é coordenada pela Direção Geral de Arquivos, cujas principais
atribuições são: promover a execução da política arquivística nacional, salvaguardar e valorizar o
património arquivístico nacional enquanto fundamento da memória, fator de identidade
nacional e como fonte de investigação científica, promover a qualidade dos arquivos, a eficácia
dos serviços públicos e salvaguardar os direitos do Estado dos cidadãos, consubstanciados nos
arquivos à sua guarda.

 Biblioteca
A Rede de Leitura Pública é coordenada pela Direção Geral do Livro e das Bibliotecas. Compete-
lhe assegurar o desenvolvimento de uma política do livro não escolar, da leitura e das
bibliotecas. Promover a leitura e estimular a pesquisa e a elaboração dos estudos, planear e
executar a difusão dos autores portugueses no estrangeiro e intensificar a exportação para os
países de língua portuguesa, acompanhar a evolução da sociedade de informação e promover a
qualidade dos serviços das bibliotecas.

 Teatros e Cineteatros

Ano letivo 2020/2021 | 2


A Rede Nacional de Teatros e de Cineteatros é coordenada pela Direção Geral das Artes e visa
promover o alargamento da oferta cultural qualificada, incentivando a diversidade na criação
cultural e proporcionando as condições adequadas ao seu crescimento; assegurar a
diversificação e descentralização da criação e da difusão das artes; promover a captação e
formação de públicos, proporcionando-lhes a fruição e compreensão dos fenómenos artísticos;
contribuir para a melhoria dos equipamentos culturais e promover a dignificação e valorização
profissionais dos criadores, produtores e outros agentes culturais.

 Assinale com um V as afirmações verdadeiras e com um F as falsas.

As várias redes de equipamentos culturais são coordenadas por Direções


F Gerais.
V A descentralização de recursos é um objetivo comum da Rede de Museus e da
Rede Nacional de Teatros e Cineteatros.
V O património arquivístico nacional é parte integrante da memória coletiva e
individual e fator de identidade nacional.
F A promoção da igualdade de acesso às produções artísticas é uma das
atribuições da Rede de Museus.
F Assegurar o desenvolvimento de uma política do livro escolar é uma das
responsabilidades da Direção Geral do Livro e das Bibliotecas.
V A salvaguarda e garante dos direitos do Estado e dos cidadãos é uma das
funções da Direção Geral de Arquivos.
V As assimetrias regionais e os desequilíbrios sociais e culturais podem ser
corrigidos pela promoção da igualdade de acesso às produções artísticas.

 Equipamentos culturais, ordenamento e coesão do território


O Programa Nacional da Política de Ordenamento do Território (PNPOT), aprovado pela Lei nº
58/2007 “é um instrumento de desenvolvimento territorial de natureza estratégica que estabelece
as grandes opções com relevância para a organização do território nacional, consubstancia o quadro
de referência a considerar na elaboração dos demais instrumentos de gestão territorial e constitui
um instrumento de cooperação com os demais Estados membros para a organização do território
da União Europeia”.
O PNPOT pretende dinamizar uma rede de equipamentos culturais com o objetivo de aprofundar a
educação para a cultura e de reforçar a equidade de acesso e a participação da população nas
atividades culturais.

Ano letivo 2020/2021 | 3


PNPOT – medidas prioritárias
 Dar continuidade à recuperação e expansão da rede de equipamentos culturais em
parceria com autarquias e particulares.
 Apoiar iniciativas de itinerância cultural como forma de aproximar a oferta cultural das
populações.
 Realizar Planos Estratégicos de Desenvolvimento Cultural, com envolvimento de
autarquias, entre outros organismos, onde se articulem os objetivos do desenvolvimento
cultural, da coesão e do ordenamento do território.

 Estabeleça as correspondências corretas.

a) Através da implementação do PNOPT pretende-se…


b) Procura-se a valorização de identidades, patrimónios e formas de expressão artística
através da…
c) A itinerância cultural é valorizada por…
d) Uma das formas de reduzir as assimetrias regionais do desenvolvimento será…
C Uma organização do território nacional mais eficaz.
A A descentralização regional da atividade científica e tecnológica.
B Dinamização de redes e equipamentos culturais.
D Permitir a descentralização da cultura.

 Informação institucional – sinalização turístico-cultural

A corrente identificação e sinalização dos locais


de interesse turístico e cultural, muitos deles
pertencentes às redes de equipamentos
culturais, permitem a sua divulgação bem como
facilitam o acesso aos mesmos. A sinalização
turístico-cultural está regulamentada,
constando do Código da Estrada Português.

Ano letivo 2020/2021 | 4


 Associe as definições aos símbolos.

B E C F G A D

A. Património Mundial B. Monumento/Castelo C. Biblioteca


D. Aldeia Histórica E. Museu F. Monumento Pré-Histórico G. Teatro

 Informação institucional – legislação


Legislação Legística
Substantivo feminino A Legística estuda os modos de conceção e da
(do francês Législation) redação de atos normativos. É a arte de bem-fazer
 Coleção de leis de um país. leis, no sentido em que ela consubstancia um
 Direito de legislar. conjunto de normas – normas de legística – cujo
 Conjunto de preceitos legais que objetivo é contribuir para a elaboração das leis. A
regulam certa matéria. legística material tem por objetivo a conceção do
In Dicionário da Língua Portuguesa,
ato normativo – o planeamento, a necessidade, a
Porto Editora, 2008. efetividade e a harmonização com o restante do
ordenamento. A legística formal trata da sua
redação.

 Distinga Legislação de Legística.


Legislação - é um conjunto de leis que organiza um país, um conjunto de normas
jurídicas.
Legística - é um dos ramos da ciência da legislação, trata sobre a qualidade da norma
jurídica, normas legística, cujo objetivo é contribuir para a elaboração das leis.

 Identifique os tipos de legística e apresente os seus objetivos.


Os tipos de legística são: a legística material, que tem por objetivo a conceção do ato
normativo, o planeamento, a necessidade, a efetividade e a harmonização com o
restante do ordenamento. E a legística formal, que trata da sua redação.

 De acordo com a legenda, identifique as regras de legística formal presentes no excerto


sublinhando-as.

Artigo 16º
Direção Geral do Livro e das Bibliotecas

Ano letivo 2020/2021 | 5


1. A Direção Geral do Livro e das Bibliotecas, abreviadamente designada por DGLB, tem por
missão assegurar a coordenação e execução de uma política integrada do livro não
escolar, das bibliotecas e da leitura.
2. A DGLB prossegue as seguintes atribuições:
a) Assegurar o desenvolvimento de uma política do livro não escolar, da leitura e das
bibliotecas;
b) Promover a leitura, em articulação com os sectores público e privado;
c) Elaborar e implantar programas e projetos que contribuam para a consolidação de
uma economia sustentada do sector do livro. (…)

Decreto-Lei nº 215/2006, de 27 de outubro.

Verde Utilização do presente do indicativo.


Azul Utilização de siglas com prévia descodificação da mesma no próprio ato normativo.
Vermelh Utilização de maiúsculas na letra inicial da primeira palavra de epígrafes.
o

Ano letivo 2020/2021 | 6

Você também pode gostar