Você está na página 1de 17

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ

CAMPUS DA UFC EM CRATEÚS


ENGENHARIA CIVIL

Fundações
FUNDAÇÕES DIRETAS - RECALQUE
PROF. MSC EDNO CERQUEIRA JR.
DAS (2014)
Recalque em fundações diretas
Definições iniciais

O recalque de uma sapata pode ser definido

como um deslocamento na direção vertical, para

baixo, sofrido pelo elemento estrutural em virtude

de deformações no solo subjacente


Recalque em fundações diretas
Definições iniciais

A partir do conceito apresentado, define-se os recalques: absoluto (DH); diferencial

(d ); diferencial específico ou distorção angular (d/l)

GARCIA E ALBUQUERQUE (2020)


Recalque em fundações diretas
Causas e danos

 Recalques diferenciais, especificamente as distorções angulares, sãos os tipos

de deslocamento que tendem a causar maiores danos às edificações, os quais

podem ser classificados da seguinte forma:

• Danos estruturais – afetam elementos estruturais (lajes, vigas e pilares)

• Danos arquitetônicos – Trincas em alvenarias de vedação, rupturas de painéis de

vidro, dentre outros, que causam desconforto estético aos usuários

• Danos funcionais – influenciam no uso da edificação, ex: emperramento de

esquadrias; ruptura de instalações hidrossanitárias, etc


Recalque em fundações diretas

Causas e danos

 Skempton e MacDonald apresentam os


seguintes valores como referências para
recalques diferenciais específicos

1:300 – evitar danos arquitetônicos

1:150 – evitar danos estruturais

 Segundo Garcia e Albuquerque (2020), os


autores também concluíram que danos
funcionais são mais sensíveis a recalques
GARCIA E ALBUQUERQUE (2020)
absolutos
Recalque em fundações diretas
Causas e danos
Limites para recalques dif. esp. (d/l) (Bjerrum, 1963)
Recalque em fundações diretas
Causas e danos

A aplicação de cargas no subsolo por meio das fundações em si causa recalques,


contudo, podem ser listadas situações que levam a ocorrência desses deslocamentos

 Rebaixamento de lençol freático  Efeitos dinâmicos provocados por

bate-estacas, rolos vibratórios, etc


 Solos colapsíveis
 Escavações de túneis
 Escavações próximas a fundações
independentemente do método
executivo
Recalque em fundações diretas
Pressões de contato

 Os recalques em fundações dependem da distribuição de tensões no solo

 A partir do carregamento uniforme de uma placa, que simula um elemento


estrutural, observasse que o desenvolvimento dessas pressões varia com tipo de
solo e rigidez da placa

Comportamento em solos arenosos


Recalque em fundações diretas
Pressões de contato

Comportamento em solos argilosos


Recalque em fundações diretas
Estimativa de recalques

 O recalque de uma sapata é composto de três parcelas: imediato; por


adensamento primário; e por adensamento secundário
𝑠 = 𝑠𝑒 + 𝑠𝑎 + 𝑠𝑐𝑠

 Recalque imediato se dá em curto intervalo de tempo, é mais relevante para


solos arenosos ou não saturados

 Recalques por adensamento primário ocorrem diferidos no tempo são


preponderantes em solos coesivos saturados

 Recalques por adensamento secundário ocorrem por rearranjo da estrutura do


solo, a tensão efetiva constante
Recalque em fundações diretas
 Acréscimos de tensões são Tensão de pré-adensamento

calculados por métodos que usam a


Cr
1
teoria da elasticidade (ex: Boussineq,
Newmark, Poulos e Davis) Cc

1
 Tensões estimadas são associadas a
teoria do adensamento

 Determinação de parâmetros através


do ensaio edométrico

 Magnitude depende do histórico de


tensões do material
Recalque em fundações diretas
RECALQUE IMEDIATO EM SOLOS GRANULARES E NÃO
SATURADOS

Método de Janbu; Bjerrum; Kjaernsli (1956)

 Proposta para estimativa de recalque imediato


em sapatas inseridas em maciços argilosos

 É considerada a espessura da camada de solo


de apoio, fatores de forma (m1) e de
embutimento (m0), além do módulo de
elasticidade do solo

 Pela consideração do embutimento, também é


aplicável a tubulões
Recalque em fundações diretas
RECALQUE IMEDIATO EM SOLOS GRANULARES E NÃO SATURADOS

Parâmetros de compressibilidade (Teixeira e Godoy, 1996)


Recalque em
fundações
diretas
SAPATAS

Estimar o recalque imediato em uma


sapata cujas dimensões da base são
1,5 m e 3 m. O maciço é de silte
argiloso, de consistência média. A
cota de assentamento é 1,5 m e o
topo rochoso encontra-se a 7,5 m de
profundidade.

Dados: Tensão de 250 kPa aplicada


na base da sapata
Recalque em fundações diretas

RECALQUE IMEDIATO EM SOLOS


GRANULARES E NÃO SATURADOS
Schmertmann (1970, 1978)
 Baseado em um fator de
influência (Iz) de recalque ao
longo do bulbo
 Profundidade do bulbo varia
com a geometria do
elemento de fundação 𝜎𝑣 − 𝑡𝑒𝑛𝑠ã𝑜 𝑔𝑒𝑜𝑠𝑡á𝑡𝑖𝑐𝑎 𝑛𝑎 𝑏𝑎𝑠𝑒

 Pode ser usado para tubulões 𝜎 − 𝑡𝑒𝑛𝑠ã𝑜 𝑙í𝑞𝑢𝑖𝑑𝑎 𝑎𝑝𝑙𝑖𝑐𝑎𝑑𝑎
𝐶1 −𝐸𝑚𝑏𝑢𝑡𝑖𝑚𝑒𝑛𝑡𝑜
𝐶2 −𝐹𝑎𝑡𝑜𝑟 𝑡𝑒𝑚𝑝𝑜 𝑐𝑜𝑚 𝑡 𝑒𝑚 𝑎𝑛𝑜𝑠
Recalque em
fundações diretas
RECALQUE IMEDIATO EM SOLOS
GRANULARES E NÃO SATURADOS

Schmertmann (1970, 1978)

 Subdivisão de camadas do solo ao


longo do bulbo

 Iz é o fator de influência
correspondente ao centro de cada
camada de espessura Dz

 O fator máximo ocorre para a


profundidade de ¼ do bulbo

 Izmáx deve ser uma interface de


camadas
Recalque em fundações diretas
SAPATAS

Estimar o recalque elástico de uma sapata


retangular de dimensões B = 2 m e L = 3 m,
conforme a figura ao lado

Dados:

Vida de útil de 25 anos e tensão aplicada pela


sapata de 400 kPa