Você está na página 1de 4

1

Cura e libertação da alma


O que você faria se uma manada de porcos sujos entrasse na sala de visita
de sua casa, tomando conta do lugar? Você ficaria com os braços cruzados,
sem ligar para eles, esperando que saíssem por sua própria vontade? Você
faria uma limpeza logo que eles sujassem o chão? Nada disso. Você os
mandaria embora o mais rápido possível, sem qualquer cerimônia! E é esta
que deve ser nossa atitude para com os espíritos imundos. Logo que a
presença deles seja percebida, devem ser expulsos.

"Acaso não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito


Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois
de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois,
glorificai a Deus no vosso corpo." (1 Coríntios 6:19, 20.)

Os espíritos demoníacos podem invadir e habitar corpos humanos. Esse é


seu objetivo. Habitando numa pessoa eles ganham uma vantagem maior no
controle dessa pessoa do que se tivessem de operar do lado de fora. Quando
os demônios habitam no corpo humano, diz-se que a pessoa "tem" espíritos
imundos, que "está" com espíritos imundos ou que está "possuída" por
demônios.

A Bíblia fala que a libertação é uma parte muito importante do ministério de


Cristo na vida de cada pessoa. Jesus liberta da condenação, do pecado e
da influência do diabo. Somente na libertação de Jesus encontramos
verdadeira liberdade (João 8:36).

A Bíblia fala sobre muitos tipos de libertação: libertação da escravidão e da


opressão de outros pessoas ou povos, libertação espiritual e libertação de
doenças físicas. A libertação é um tema central da Bíblia. A opressão surgiu
como resultado da maldição do pecado no mundo. A libertação vem de Deus.

Libertação espiritual

Assim como uma pessoa pode ser oprimida e escravizada por outra
pessoa, também pode ser escravizada pelo pecado e, em consequência, pelas
forças do diabo (João 8:34). O pecado nos torna escravos do diabo. Não
conseguimos nos libertar sozinhos (Romanos 7:18-20). Precisamos de alguém
mais forte que nós. Precisamos de Jesus. O senhor Jesus veio para nos
libertar da opressão do inimigo. Na cruz, ele venceu o pecado, a morte e o
diabo! Agora, quem aceita Jesus como salvador fica livre!

Através de Jesus, ficamos livres da condenação do pecado (Romanos 8:1-


2). Não vamos mais ser castigados no inferno, junto com o diabo! Temos a
promessa da vida eterna, com Jesus no Céu. Já não somos mais escravos do
3

diabo, ele não tem direito sobre nossas vidas. Mas, mesmo assim precisamos
lutar contra o pecado e a influência do diabo.

Enquanto ainda vivemos nessa terra, vamos enfrentar tentações, que podem
causar muitos problemas em nossa vida espiritual. Quando descobrimos que
estamos presos ao pecado ou à influência do diabo em alguma área de nossa
vida, devemos procurar a libertação que Jesus oferece.

Como ser liberto

O primeiro passo para ser liberto é crer em Jesus e o aceitar como seu
salvador (Romanos 10:9-10). Isso significa reconhecer que você tem pecado,
que precisa e quer mudar e que acredita que Jesus lhe pode salvar e libertar.
Quando isso acontece, Jesus lhe salva e você fica liberto da escravidão ao
pecado. Agora você pertence a Jesus, não ao diabo!

Quem é salvo por Jesus poderá precisar de libertação em áreas específicas


ao longo de sua vida. Para ser liberto, é importante:

• Reconhecer o problema – admitindo que você precisa da ajuda de Jesus para


ser liberto – Tiago 4:8-10
• Pedir e oferecer perdão – pedir perdão no caso de pecado seu e oferecer
perdão no caso de pecado de outras pessoas – Mateus 6:14-15
• Se submeter a Jesus – declarando Jesus como o Senhor dessa área de sua
vida, o único com autoridade sobre você – Tiago 4:7
• Renunciar ao pecado e à influência do diabo – rejeitando sua influência e
suas mentiras, escolhendo crer na verdade da Bíblia – João 8:31-32
• Lutar contra a tentação – resistir à tentação sempre que chegar, declarando
que Jesus lhe salvou – 1 Coríntios 10:13

• Lucas 11:23-26 23 Quem não é comigo, é contra mim; e quem comigo não
ajunta, espalha. Ora, havendo o espírito imundo saindo do homem, anda por
lugares áridos, buscando repouso; e não o encontrando, diz: Voltarei para minha
casa, donde saí. E chegando, acha-a varrida e adornada. Então vai, e leva
consigo outros sete espíritos piores do que ele e, entrando, habitam ali; e o
último estado desse homem vem a ser pior do que o primeiro.

Atenção! Libertação não é brincadeira. É bom procurar sempre a ajuda e o


apoio de um pastor ou líder de confiança nessas situações. Não lute sozinho.

Cura e libertação

Em algumas situações, uma doença física pode estar associada a alguma


influência maligna. Nessas situações, para haver cura, é necessário tratar do
lado espiritual, procurando libertação. Como em toda libertação espiritual, a
oração é muito importante no processo de cura (Tiago 5:14-16).
( Atenção! Nem toda doença é resultado de influência maligna. Muitas doenças têm
causas físicas ou psicológicas, sem um lado espiritual. Para encontrar o melhor tratamento,
procure sempre encontrar as causas verdadeiras da doenças.
4

Questionário de perguntas
(Assinale a resposta correta)

1 Se você encontrar uma manada de porcos na sua sala . . . ?


a( ) Servirá um suco a eles. b( ) piscará para eles c( ) expulsará todos eles de sua sala.

2 Da mesma forma, quando você percebe demônios agindo como


espírito contrario a sua volta, ou na sua vida, pela revelação dada no
discernimento vivido pelo Espírito Santo, o que você deve fazer... ?

a( ) Os saldará com a paz do Senhor b( ) expulsar todos, em nome Jesus.


c( ) os convidará para tomar um refresco. d( ) Bater um papo com eles.

3 Através de Jesus, ficamos livres da condenação do. . . ?

a( ) Ficar sozinho. b( ) Pecado c( ) Frio d ( ) Chorar.

Você também pode gostar