Você está na página 1de 195

REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO

500 QUESTÕES COMENTADAS

Querido aluno (a), este material foi elaborado com muito carinho e o objetivo é melhorar os teus resultados
nas provas. Faça um bom proveito. Desistir não é opção de gabarito!

01. (AOCP - EBSERH - Assistente Administrativo) A figura abaixo representa a dupla atribuição do
planejamento.
Assinale a alternativa que substitui corretamente os números romanos.

Assinale a alternativa correta.

a) I = Definição das tarefas e II = Definição das pessoas


b) I = Definição dos planos e II = Definição dos objetivos
c) I = Definição das pessoas e II = Definição das tarefas
d) I = Definição dos objetivos e II = Definição dos planos
e) I = Definição dos resultados e II = Definição dos objetivos

GABARITO: ITEM D
Comentário:
A questão não é difícil de responder, só precisamos nos concentrar, preste atenção:
O item I corresponde a objetivos ou metas, correspondem àquilo que se pretende alcançar. O objetivo é
qualitativo e mais abrangente e a meta é quantitativa e mais detalhada.

O Item II nada mais é que o plano, planejamentos ou programas. Segundo Oliveira(2013), o planejamento é
composto por um conjunto de planos e os planos são compostos por um conjunto de estratégias.

02. (IADES - EBSERH - Administrador) A gestão estratégica organiza os contributivos que as diversas áreas têm
de dar à organização, servindo como linha orientadora à integração dos esforços demandados pelos respectivos
profissionais. Em relação a esse assunto, assinale a alternativa correta quanto aos elementos que integram o
planejamento estratégico.

a) Visão; missão; objetivos; análise do microambiente exclusivamente; e, cadeia de valor


b) Visão; missão; análise do macroambiente exclusivamente; objetivos; e, processos mapeados e descritos.
c) Missão; objetivos; metas; análise SWOT; e, cadeia de suprimentos, que diz respeito à análise de ameaças e
oportunidades.

d) Visão; missão; objetivos estratégicos; análise SWOT (ameaças, oportunidades, forças e fraquezas); e, metas
a serem cumpridas, com seus respectivos prazos e responsáveis.
e) Missão; objetivos; análise SWOT (que diz respeito à ameaças e oportunidades apenas); cadeia de valor e de
suprimentos; e, metas.

GABARITO: ITEM D
Comentário:
Vamos ver item por item.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

a) Visão; missão; objetivos; análise do microambiente exclusivamente; e, cadeia de valor. Falso. A palavra
“exclusivamente’’ deixa o item incorreto, pois é necessário analisar também o macroambiente, cadeia de
valor também não faz parte do planejamento estratégico.

b) Visão; missão; análise do macroambiente exclusivamente; objetivos; e, processos mapeados e descritos.


Falso. A palavra “exclusivamente’’ novamente deixa o item incorreto, pois é necessário analisar também o
microambiente, processos mapeados é algo detalhado, está relacionado com o nível operacional.

c) Missão; objetivos; metas; análise SWOT; e, cadeia de suprimentos, que diz respeito à análise de ameaças e
oportunidades.
Falso. A expressão “cadeia de suprimento” deixa o item incorreto, não faz parte do planejamento estratégico.

d) Visão; missão; objetivos estratégicos; análise SWOT (ameaças, oportunidades, forças e fraquezas); e, metas
a serem cumpridas, com seus respectivos prazos e responsáveis.
Verdadeiro. Os elementos citados integram o planejamento estratégico, inclusive correspondem às suas
etapas que são:
1. Definição de Missão, Visão e Valores
2. Estabelecimento de objetivos e metas
3. Analise da situação atual (diagnóstico – Análise SWOT)
4. Definição e escolha de estratégias
5. Implementação e avaliação de resultados.
6.
e) Missão; objetivos; análise SWOT (que diz respeito à ameaças e oportunidades apenas); cadeia de valor e de
suprimentos; e, metas.
Falso. A palavra “apenas’’ deixa o item incorreto, pois é preciso analisar também os pontos fortes e fracos
quando é feita a análise SWOT, cadeia de valor e de suprimentos também não fazem parte do Planejamento
estratégico.

03. (UFBA - UFSBA - Assistente Administrativo) Qual função administrativa é responsável pela definição dos
objetivos da organização e escolha prévia dos melhores cursos de ações para alcançá-los?

a) Planejamento
b) Organização
c) Direção
d) Controle

GABARITO: ITEM A
Comentário:
Essa questão foi dada de presente, a função Planejamento é a função responsável pela definição dos objetivos
da organização e escolha prévia dos melhores cursos de ações para alcançá-los, ela reduz a incerteza, previne,
programa as atividades, define e estabelece objetivos e metas também.

04. (AOCP - EBSERH - Analista Administrativo) Considerando-se os principais processos administrativos, é


correto afirmar que são algumas das principais finalidades do planejamento:

a) a gerência de conflitos internos; o reconhecimento do esforço dos trabalhadores e estabelecimento de


recompensas; o processo de comunicação interna.
b) a definição de objetivos para a empresa; o desenvolvimento de premissas sobre condições futuras; a
identificação de meios adequados para alcance dos objetivos.
c) a divisão e agrupamento das atividades na empresa; a designação de pessoas para as respectivas tarefas.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

d) a garantia de qualidade dos processos na empresa; a institucionalização de padrões de comportamento no


trabalho; a adequada gestão dos recursos físicos, econômicos e humanos da empresa.
e) o monitoramento e a mensuração do desempenho dos empregados; a adoção de medidas corretivas para
assegurar o alcance de objetivos desejados.

GABARITO: ITEM B
Comentário: Questão muito básica, mas qualquer deslize pode fazer você errar e não alcançar o seu sonho, e
não é isso que queremos.

a) a gerência de conflitos internos; o reconhecimento do esforço dos trabalhadores e estabelecimento de


recompensas; o processo de comunicação interna.
Falso. Correspondem à função Direção. Todas as atividades relacionadas com integração, motivação e
orientação de pessoas diz respeito a coordenação e liderança, ou seja, direção.

b) a definição de objetivos para a empresa; o desenvolvimento de premissas sobre condições futuras; a


identificação de meios adequados para alcance dos objetivos
Verdadeiro. Correspondem à função Planejamento. Como vimos anteriormente, definir objetivos e metas,
estabelecer diretrizes e estratégias, correspondem a função planejamento.

c) a divisão e agrupamento das atividades na empresa; a designação de pessoas para as respectivas tarefas.
Falso. Correspondem à função Organização, estruturar, dividir, agrupar, ordenar, são palavras chave dessa
função.

d) a garantia de qualidade dos processos na empresa ; a institucionalização de padrões de comportamento no


trabalho; a adequada gestão dos recursos físicos, econômicos e humanos da empresa. Falso. O enunciado está
pedindo atividades relacionadas com o Planejamento, o especificado no item está mais relacionado com a
função Direção e Controle.
e) o monitoramento e a mensuração do desempenho dos empregados; a adoção de medidas corretivas para
assegurar o alcance de objetivos desejados.
Falso. Todas essas atividades correspondem à função Controle.

Acredito que com os comentários as questões ficam muito mais fáceis. Você não acha isso?

05. (FGV - ALERJ - Analista Legislativo) Em termos de abrangência, os planos de um planejamento podem ser
estratégicos, táticos e operacionais.
Nesse sentido, a definição de metas para atividades específicas dentro de uma organização e a forte orientação
para o contexto da economia local em que está inserida essa organização dizem respeito, respectivamente, aos
níveis:

a) estratégico e tático;
b) estratégico e operacional;
c) tático e estratégico;
d) tático e operacional;
e) operacional e estratégico.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
A definição de metas para atividades específicas dentro de uma organização acontece no nível operacional. Já
a forte orientação para o contexto da economia local em que está inserida essa organização ocorre no nível
estratégico, visto que o nível estratégico é aquele que se preocupa com as interferências do ambiente externo
e analisa a empresa como um todo. A frequência na resolução de questões vai fazer você ficar experto(a) nas
palavras chaves, até o final do curso você tirará administração de letra.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

06. (COMPERVE - 2016 - UFERSA - Assistente em Administração) Organizações são entidades sociais
deliberadamente criadas para atingir metas específicas e possuem, dentre outras, as seguintes características:

a) coordenação de atividades e sistema fechado.


b) estrutura organizacional permanente e pouca mobilidade nos cargos.
c) tempo de encerramento definido e valores compartilhados.
d) agrupamento de pessoas e interesses comuns.

GABARITO: ITEM D
Comentário:
a) coordenação de atividades e sistema fechado.
Falso. Hoje sabe-se que todas as empresas são sistemas abertos e que o ambiente externo interfere na
empresa, assim como a empresa interfere no ambiente que ela se encontra.

b) estrutura organizacional permanente e pouca mobilidade nos cargos.


Falso. A palavra “permanente” deixa o item incorreto, a tendência hoje é que as estruturas organizacionais
sejam orgânicas, vivas e flexíveis, assim como é falso afirmar que há pouca mobilidade nos cargos, pois
depende da situação e tipo de empresa.

c) tempo de encerramento definido e valores compartilhados.


Falso. A existência de valores compartilhados é caraterística das organizações, porém tempo de encerramento
definido é uma caraterísticas dos projetos, os quais possuem começo, meio e fim e não de organizações.

d) agrupamento de pessoas e interesses comuns.


Verdadeiro. Agrupamento de pessoas com interesses comuns corresponde a uma definição de organização. O
conceito mais completo seria, um conjunto de pessoas unidas compartilhando esforços e recursos para
alcançar objetivos e interesses em comum. Não esqueça, pois esse conceito é importante.

07. (CCV-UFC - 2016 - UFC - Auxiliar em Administração) São componentes do planejamento:

a) Diagnóstico, metas e políticas.


b) Políticas, divisão do trabalho e objetivos.
c) Integração de esforços, diagnóstico e comunicação.
d) Divisão do trabalho, metas e integração de esforços.
e) Programa, padrão de desempenho e integração de esforços.

GABARITO: ITEM A
Comentário:

a) Diagnóstico, metas e políticas.


Verdadeiro. Diagnóstico, metas e políticas são componentes do planejamento. Vale ressaltar que as políticas
são definidas no nível tático, as diretrizes no nível estratégico e os procedimentos e métodos no nível
operacional.

b) Políticas, divisão do trabalho e objetivos.


Falso. Políticas e objetivos são definidos na função Planejamento, mas a divisão do trabalho ocorre na função
Organização. Essa divisão do trabalho leva a especialização e a departamentalização.

c) Integração de esforços, diagnóstico e comunicação.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Falso. O diagnóstico é feito durante o Planejamento, mas a função responsável por integração de esforços e
comunicação é a Direção.

d) Divisão do trabalho, metas e integração de esforços.


Falso. As metas são definidas na função Planejamento, mas a divisão do trabalho ocorre na função Organização
e a integração de esforços na função Direção.

e) Programa, padrão de desempenho e integração de esforços.


Falso. Programas são feitos no Planejamento, mas a definição de padrões de desempenho é feita no Controle,
inclusive é uma das etapas e a integração de esforços na Direção.

OBS: Tudo que está relacionado com motivação, liderança, gerenciamento de conflitos, integração, orientar
pessoas corresponde a função Direção. A Direção é uma função exclusiva da gestão de pessoas.

08. (FCM - 2016 - IFF - Assistente Administrativo) Para que sejam atingidos os objetivos da empresa, as quatro
funções básicas da administração são

a) planejamento, controle, influência e interação.


b) sobrevivência, organização, estima e controle.
c) segurança, sobrevivência, aceitação e interação.
d) planejamento, organização, influência e controle.
e) planejamento, interação, segurança e sobrevivência.

GABARITO: ITEM D
Comentário:
As quatro funções básicas da administração são conhecidas como: planejamento, organização, direção e
controle. Como a função Direção corresponde a coordenação e a liderança de pessoas, pode-se considerar que
a influência faz parte dela. Logo, o item que está mais próximo de corresponder às quatro funções é o item D.

Pode vir na sua prova também; Planejamento, organização, execução, liderança e controle. Preste atenção nos
sinônimos, existem diversas doutrinas sobre o mesmo assunto e podem usar palavras parecidas.

09. (UFMA - 2016 - UFMA - Administrador) No planejamento estratégico, ao definir a razão de ser da
organização, temos:

a) A visão da organização
b) O cenário estratégico
c) A missão da organização
d) A estratégia organizacional
e) Os objetivos organizacionais

GABARITO: ITEM C
Comentário:
A razão de ser da organização, o propósito, a contribuição para a sociedade corresponde a sua missão.
A visão é como a organização pretende ser vista no futuro, onde ela pretende chegar.
A estratégia organizacional é o caminho traçado para alcançar os objetivos, é o que vai ser feito para alcançar
o que se deseja.
Os objetivos organizacionais são os resultados que a organização deseja alcançar, que tem como
características; reais, alcançáveis, tem prazo, são hierárquicos, específicos e claros.

10. (CESPE - 2017 - SEDF - Administrador) A respeito de aspectos de planejamento nas organizações, julgue o
item subsequente.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Pensar estrategicamente significa tomar decisões e agir para formular e implementar estratégias que
proporcionarão competitividade às organizações frente aos seus ambientes.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
Pensar estrategicamente é tomar decisões que permitirão que a empresa seja mais competitiva, e ter
capacidade de se manter e inovar. O nível estratégico vai buscar um equilíbrio entre o ambiente interno e
externo, preparando a empresa para os possíveis riscos que ela pode enfrentar e aproveitar as oportunidades
que surgirão, além disso a abordagem é sistêmica (envolve a empresa como um todo) e no longo prazo.

11. (CESPE - 2017 - SEDF - Administrador) A respeito de aspectos de planejamento nas organizações, julgue o
item subsequente.
Estratégias competitivas de diferenciação enfatizam atuação flexível com sólida autoridade central e forte
coordenação entre as unidades de negócio da organização.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: FALSO
Comentário:
A palavra autoridade “central” deixa o item incorreto, visto que para se obter produtos diferenciados não é
preciso centralizar. A tendência hoje em dia é descentralizar. Vale ressaltar que Michael Porter estabeleceu 3
estratégias competitivas genéricas:

✓ Diferenciação;
✓ Enfoque e
✓ Liderança em custo.

12. (CESPE - 2017 - SEDF - Administrador) A respeito de aspectos de planejamento nas organizações, julgue o
item subsequente.
Estratégias não associadas à alocação de recursos organizacionais fazem que a gestão por objetivos e incentivos
do balanced scorecard se caracterize como barreira ao alinhamento estratégico e à competividade da
organização.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: FALSO
Comentário:
A alocação de recursos não associada às estratégias é uma barreira. O erro da questão é que a informação está
invertida, visto que primeiro se faz a estratégia e depois a alocação do recurso. Além disso, da maneira como
a informação está redigida, estratégias dissociadas da alocação de recursos poderiam ser uma barreira ao
alinhamento estratégico, mas não seriam uma barreira à competitividade da organização. O Balanced
Scorecard (BSC) estabelece indicadores de desempenho associados a clientes, processos internos, aprendizado
e crescimento e financeiros. Esses indicadores auxiliam no acompanhamento da execução do planejamento
estratégico.

13. (IBFC - 2017 - EBSERH - Pedagogo) Porter (1986) descreve acerca de uma estratégia genérica que consiste
em diferenciar o produto ou o serviço oferecido pela empresa, criando algo que seja considerado único, no
âmbito de toda a indústria. Nesse sentido, os métodos para obter a diferenciação são vários, dentre eles:

I. Projeto ou imagem da marca.


II. Tecnologia.
III. Serviços sob encomenda ou rede de fornecedores.
IV. Peculiaridades.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Assinale a alternativa correta.

a) I apenas
b) II apenas
c) III apenas
d) IV apenas
e) I, II, III, IV

GABARITO: ITEM E.
Comentário:
Todos os itens correspondem a métodos que podem levar à diferenciação do produto. A imagem da marca
bem reconhecida no mercado, um projeto específico, tecnologia avançada, serviços sob encomenda, rede de
fornecedores bem qualificados e ainda peculiaridades do produto, todos podem agregar valor ao produto e
servir como método de diferenciação, para que o produto seja visto como único no mercado.

14. (IBFC - 2017 - EBSERH - Pedagogo) Porter (1986) afirma que a estratégia de diferenciação apresenta riscos
inerentes para a empresa. Nesse sentido, analise as proposições a seguir quanto aos possíveis riscos citados por
Porter:

I. O diferencial de custos entre os concorrentes de baixo custo e a empresa diferenciada torna-se muito grande
para que a diferenciação consiga manter a lealdade à marca.
II. Os compradores sacrificam, assim, algumas das características, serviços ou imagem da empresa diferenciada
em troca de grandes economias de custos.
III. A necessidade dos compradores em relação ao fator de diferenciação diminui. Isto pode ocorrer à medida
que os compradores se tornem mais sofisticados.
IV. A imitação reduz a diferenciação percebida, mas é uma ocorrência incomum quando o setor amadurece.

Estão corretas as afirmativas:

a) I, III apenas
b) II, IV apenas
c) I, II, III, IV
d) I, II, III apenas
e) III, IV apenas

GABARITO: ITEM D
Comentário:
Os itens I, II, III e IV relatam riscos que se corre ao adotar a estratégia de diferenciação. O erro do item IV está
em afirmar que a imitação é uma ocorrência INCOMUM quando o setor amadurece, pois esta é uma ocorrência
bastante COMUM.

Não é fácil explicar mas vamos lá.


Item I, correto- Digamos que você gosta muito do produto X, mas o produto Y que tem a mesma finalidade e
uso do produto X é muito, mas muito barato. Será que você vai continuar leal ao consumo do produto X?
Possívelmente não, você vai começar a consumir o produto Y, pois não vale a pena continuar pagando muito
por algo que tem o seu substituto mais barato.

Item II, correto – Ele está completando o que está escrito no item I. Como o produto X é muito mais caro, o
cliente prefere sacrificar a marca e a imagem para pagar menos.

Item III, correto– A medida que o consumidor se torne mais exigente, os fornecedores começam a produzir
produtos muito parecidos, o que faz com que o produto “original” não seja tão diferenciado em si.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Item IV, errado – A medida que o mercado amadurece, surgem muitos concorrentes com produtos parecidos,
a cópia e a imitação são muito comuns.

15. (IBFC - 2017 - EBSERH - Pedagogo) A diferenciação, se alcançada, é uma estratégia viável para se obter
retornos acima da média em um setor, pois ela cria uma posição de defesa para evitar as cinco forças
competitivas, mas de forma diferente da liderança de custos (PORTER, 1986). Desse modo, leia as proposições a
seguir atribua valores Verdadeiro (V) ou Falso (F).

( ) A diferenciação pode proporcionar isolamento contra os concorrentes.


( ) A diferenciação pode proporcionar isolamento contra os concorrentes devido à lealdade dos consumidores
com relação à marca, como também à menor sensibilidade a preço.
( ) A lealdade resultante dos consumidores já serve também como um barreira à entrada de novos entrantes.
( ) A diferenciação também permite margens maiores, com as quais se pode lidar com o poder dos
fornecedores, e também ameniza o poder dos compradores, devido à falta de alternativas comparáveis.
( ) A empresa que se diferencia para obter lealdade não estará, necessariamente, mais bem posicionada em
relação aos substitutos, até por que não é difícil ou impossível substituir o que é diferenciado.

Assinale a alternativa que apresenta, de cima para baixo, a sequência correta.


a) F, V, V, V, F
b) V, V, V, V, F
c) F, F, F, V, V
d) V, F, F, V, V
e) V, V, F, F, F

GABARITO: ITEM B
Comentário:
(V) A diferenciação pode proporcionar isolamento contra os concorrentes.
Se um produto é diferenciado torna-se mais difícil que a concorrência o reproduza e afete as suas vendas.

(V) A diferenciação pode proporcionar isolamento contra os concorrentes devido à lealdade dos consumidores
com relação à marca, como também à menor sensibilidade a preço.
Se um produto é diferenciado, o consumidor torna-se mais leal e menos sensível a preços, pois são poucos ou
únicos os locais em que pode encontrar aquele determinado produto.

(V) A lealdade resultante dos consumidores já serve também como um barreira à entrada de novos entrantes.
Como o produto é diferenciado torna-se mais difícil a reprodução de similares e, portanto, o consumidor se
torna mais leal, fazendo com que seja mais arriscado para que novas empresas entrem no mercado.

(V) A diferenciação também permite margens maiores, com as quais se pode lidar com o poder dos
fornecedores, e também ameniza o poder dos compradores, devido à falta de alternativas comparáveis.
Pelo produto ser diferenciado e os consumidores leais, a empresa detém maior poder para lidar com seus
fornecedores e compradores.

(F) A empresa que se diferencia para obter lealdade não estará, necessariamente, mais bem posicionada em
relação aos substitutos, até por que não é difícil ou impossível substituir o que é diferenciado.
Falso. A empresa estará sim em uma posição melhor, justamente por ser difícil copiar o que é diferenciado.

16. (IF-PE - 2017 - IF-PE - Administrador) Uma das perspectivas de desempenho do BSC (Balanced Scorecard)
diz respeito à orientação ao aperfeiçoamento de processos críticos através da qual as organizações buscam a
excelência, a partir de indicadores como a qualidade de serviços, medidas de garantia e índices de produtividade,
entre outros. Que perspectiva é a descrita?

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

a) Perspectiva dos Processos Internos.


b) Perspectiva dos Clientes.
c) Perspectiva de Aprendizado e Crescimento.
d) Perspectiva da Excelência.
e) Perspectiva Financeira.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
Produtividade, excelência, qualidade dos serviços dizem respeito à perspectiva dos processos internos.
Observação: Balanced Scorecard (BSC) estabelece indicadores de desempenho associados a:

✓ Aprendizado e crescimento
✓ processos internos, aprendizado
✓ clientes
✓ financeiro

OBS: Esaf e Cespe consideram que o BSC serve também como ferramenta de análise, pois permite
diagnosticar a situação atual da empresa e de controle, pois avalia e compara a atuação da empresa
com o planejado.

(IF-PE - 2016 - IF-PE – Administrador- adaptada) Em relação a administração estratégica, assinale a alternativa
INCORRETA:

17. No processo de diagnóstico estratégico pode ser utilizada a Matriz de SWOT para obter uma análise do
ambiente interno e externo da organização.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
A função da Matriz SWOT corresponde à análise do ambiente interno e externo da organização de forma a
auxiliar o processo de diagnóstico. A análise SWOT pode ser também chamada de FOFA, fortalezas,
oportunidades, fraquezas e ameaças. Fortalezas e fraquezas são variáveis internas e controláveis,
oportunidades e ameaças são variáveis externas e incontroláveis.

18. O Balanced Scorecard (BSC) é uma metodologia de gestão de desempenho desenvolvida por Robert Kaplan
e David Norton. O BSC possui algumas dimensões ou perspectivas, a saber: financeira, clientes, processos
internos, aprendizado e crescimento.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
Balanced Scorecard (BSC) foi sim desenvolvido por Robert Kaplan e David Norton e possui como dimensões ou
perspectivas: financeira, clientes, processos internos, aprendizado e crescimento, inclusive mencionamos isso
anteriormente.

19. A Administração estratégica não lida com as incertezas, já que por meio de seu planejamento, visa criar
condições para permanecer no mercado capitalizando oportunidades de negócios.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: FALSO
Comentário:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

O planejamento visa criar condições para permanecer no mercado capitalizando oportunidades e evitando
ameaças, porém ele jamais eliminará as incertezas, de forma que a administração precisa sim lidar com elas.
A empresa identifica as oportunidades para aproveitá-las a tempo antes de seu concorrente e se prepara para
as ameaças, para que quando ela surja a empresa não sofra com o impacto.

20. O Planejamento Estratégico refere-se ao plano que a organização pretende aplicar à estratégia para se
alcançar os objetivos desejados, que é elaborado a partir da formulação dos objetivos organizacionais, análise
interna e externa do ambiente organizacional e da formulação de alternativas estratégicas.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
O item está perfeito, correspondendo às principais etapas do Processo de Planejamento, veja só:

1. Definição da Missão, Visão e Valores


2. Estabelecimento de objetivos e metas
3. Análise da situação atual
4. Definição de estratégias
5. Implementação e avaliação de resultados

21. O Plano Estratégico é pertinente à organização como um todo, enquanto os Planos Táticos estão
relacionados com as diversas áreas da organização.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
O nível estratégico é responsável por analisar a organização como um todo e fazer o seu planejamento.
Já o nível tático corresponde aos departamentos ou áreas da organização e estes fazem o seu próprio
planejamento, chamado de planejamento tático, o qual corresponde ao desdobramento do planejamento
estratégico, para concluir o planejamento operacional refere-se a uma atividade ou tarefa especifica, ele é
minucioso e detalhado.

22. (CESPE - 2016 - FUB - Engenheiro Civil) Julgue o item que se segue, relativo aos processos de gerenciamento
de riscos em projetos.
A matriz SWOT pode ser utilizada como técnica para a identificação de riscos em projetos.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
Através da Matriz SWOT, é possível analisar as oportunidades, ameaças, fortalezas e fraquezas, a palavra riscos
nada mais é do que o sinônimo de ameaças na Analise SWOT.

23. (IBFC - 2016 - EBSERH - Analista Administrativo) Analise as afirmações abaixo sobre Planejamento
Estratégico e assinale a alternativa correta.

I. Planejamento estratégico é o processo de definir objetivos e formas de realiza-lo.


II. Planos estratégicos definem objetivos para toda a organização e sua relação pretendida com o ambiente.
III. A responsabilidade pela definição dos planos estratégicos é da alta administração.

a) Todas as afirmações estão corretas


b) Nenhuma das afirmações está correta
c) Somente a afirmação I está correta
d) Somente a afirmação II está correta

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

e) Somente a afirmação III está correta

GABARITO: ITEM A
Comentário:
O planejamento (estratégico, tático ou operacional) corresponde ao processo de definir objetivos e as formas
de realiza-los (estratégias). Quando esses planos definem objetivos para toda a organização e analisam a sua
relação com o ambiente, serão chamados de planos estratégicos, pois ocorrem no nível estratégico e são de
responsabilidade da alta administração.

24. (IBFC - 2016 - EBSERH - Analista Administrativo) A situação estratégica de uma empresa tem vários focos
de análise. Assinale a alternativa que não contém um desses focos.

a) Missão, negócio e visão


b) Clientes e Mercados
c) Produtos e Serviços
d) Vantagens Competitivas
e) Qualidade

GABARITO: ITEM E
Comentário:
A função responsável por definir padrões, conferir e executar as ações corretivas para assegurar a qualidade é
o Controle. A situação estratégica da empresa é analisada no Planejamento e tem como foco missão, visão,
negócio, clientes e mercados, produtos e serviços e vantagens competitivas, entre outros.

25. (IBFC - 2016 - EBSERH - Analista Administrativo) Em linhas gerais, um plano estratégico define três
elementos do comportamento de uma empresa no futuro, são eles os que estão na alternativa:

a) Missão, objetivos e estratégias


b) Missão, visão e organograma
c) Organograma, estratégias e visão
d) Vantagem, desempenho e qualidade
e) Qualidade, estratégia e vantagem

GABARITO: ITEM A
Comentário:
Dentre os elementos expostos nos itens, aqueles definidos no planejamento estratégico e que direcionam o
comportamento da empresa no futuro são: a missão da empresa, os objetivos a serem perseguidos e as
estratégias para alcança-los.

O organograma é apenas a representação gráfica da estrutura organizacional, na qual é possível visualizar


linhas de comando, departamentos e níveis hierárquicos.

Desempenho e qualidade são observados na função Controle e são mais voltados para o nível operacional que
para o estratégico.

A visão corresponde à maneira como a empresa pretende ser vista no futuro e também é um elemento
definido no planejamento estratégico e que direciona o comportamento da empresa, porém, como está junto
a organograma nos itens em que consta, estes se tornam falsos.

Vantagem é um termo muito genérico e insuficiente para fazer afirmações.

26. (FCM - 2016 - IFF - Assistente Administrativo) Relacione os conceitos do planejamento estratégico nas
empresas às suas respectivas características:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

1- Ameaça
2- Visão
3- Valores
4- Missão
5- Propósitos
6- Cenários

( ) limite que os principais responsáveis pela empresa enxergam dentro de um período de tempo mais longo.
( ) corresponde à explicitação dos setores de atuação dentro da missão em que a empresa já atua.
( ) representam situações, critérios e medidas para a preparação do futuro da empresa.
( ) conjunto de princípios, crenças e questões éticas fundamentais de uma empresa.
( ) força ambiental incontrolável pela empresa, que cria obstáculos à sua ação estratégica.
( ) determinação do motivo central da existência da empresa, de quem é atendido com seus produtos.

A sequência correta é

a) 1, 5, 2, 3, 6, 4.
b) 2, 5, 6, 4, 1, 3.
c) 2, 6, 5, 3, 1, 4.
d) 1, 2, 6, 5, 4, 3.
e) 2, 5, 6, 3, 1, 4.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
Esse tipo de questão é excelente para você estudar conceitos. Na hora de fazer a questão você não é obrigado a
saber de tudo, mas sim acertar, então procure marcar aqueles itens que você tem certeza, marcando uns 3 você
já encontra o gabarito.

(2) Visão - limite que os principais responsáveis pela empresa enxergam dentro de um período de tempo mais
longo.
(5) Propósitos - corresponde à explicitação dos setores de atuação dentro da missão em que a empresa já
atua.
(6) Cenários - representam situações, critérios e medidas para a preparação do futuro da empresa.
(3) Valores - conjunto de princípios, crenças e questões éticas fundamentais de uma empresa.
(1) Ameaça - força ambiental incontrolável pela empresa, que cria obstáculos à sua ação estratégica.
(4) Missão - determinação do motivo central da existência da empresa, de quem é atendido com seus
produtos.

27. (FCM - 2016 - IFF - Assistente Administrativo) Quando o ambiente e a empresa estão em situação
inadequada, deve ser adotada a estratégia de

a) inovação.
b) crescimento.
c) manutenção.
d) sobrevivência.
e) desenvolvimento.

GABARITO: ITEM D
Comentário:
Se o ambiente e a empresa estão em situação INADEQUADA, de acordo com a Matriz de Stevenson, a empresa
estaria sofrendo com ameaças (análise do ambiente) e pontos fracos (análise da empresa), de forma que a
estratégia a ser adotada seria a de sobrevivência.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

MATRIZ DE STEVENSON
ANÁLISE EXTERNA ANÁLISE INTERNA ESTRATÉGIA IDEAL
OPORTUNIDADES PONTOS FORTES DESENVOLVIMENTO
OPORTUNIDADES PONTOS FRACOS CRESCIMENTO
AMEAÇAS PONTOS FORTES MANUTENÇÃO
AMEAÇAS PONTOS FRACOS SOBREVIVÊNCIA

28. (FCM - 2016 - IFF - Administrador) A respeito do processo de Administração Estratégica, descrito por Daft
(MIGLIATO, 2003), relacione a segunda coluna de acordo com a primeira.

COLUNA I

1. Análise da situação atual


2. Implementação de estratégias
3. Análise Externa
4. Análise Interna

COLUNA II

( ) Fase essencial para uma administração estratégica eficiente.


( ) Inicia-se com a análise da indústria na qual a empresa está inserida.
( ) Envolve avaliar os pontos fortes e fracos da empresa, ou seja, uma visão geral de suas habilidades e
recursos.
( ) As ferramentas que os gerentes têm para desenvolver essa etapa são: liderança, projeto estrutural, sistemas
de controle e informações e recursos humanos.
( ) Inicia-se quando os dirigentes procuram avaliar a missão, metas e estratégias atuais da empresa

A sequência correta é

a) 2, 1, 4, 2, 3.
b) 1, 4, 2, 3, 2.
c) 3, 2, 3, 4, 1.
d) 4, 3, 2, 1, 3.
e) 2, 3, 4, 2, 1.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
(2) Fase essencial para uma administração estratégica eficiente.
Várias fases podem ser consideradas essenciais, a depender do autor e da banca organizadora. Recomenda-se
deixar este item por último e analisar as opções de gabarito pelos outros itens.
(3) Inicia-se com a análise da indústria na qual a empresa está inserida.
A análise externa se inicia com o ambiente no qual a empresa se insere.
(4) Envolve avaliar os pontos fortes e fracos da empresa, ou seja, uma visão geral de suas habilidades e
recursos.
Corresponde a análise interna. Lembrando: pontos fortes e fracos - microambiente; oportunidades e ameaças
- macroambiente.
(2) As ferramentas que os gerentes têm para desenvolver essa etapa são: liderança, projeto estrutural, sistemas
de controle e informações e recursos humanos.
Para a implementação de estratégias, são necessários sistemas de controles e informações, recursos humanos,
liderança e um projeto.
(1) Inicia-se quando os dirigentes procuram avaliar a missão, metas e estratégias atuais da empresa

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

A missão, metas e estratégias atuais da empresa são informações obtidas dentro do ambiente organizacional,
portanto, correspondem à análise interna.

29. (FCM - 2016 - IFF - Administrador) O planejamento estratégico é ferramenta necessária e indispensável a
uma organização a fim de prevenir as incertezas por meio de técnicas e de processos administrativos que
permitem o planejamento do seu futuro, a elaboração de objetivos, estratégias, métodos e ações.
Analise as afirmativas abaixo.

I- O planejamento estratégico significa o ponto de partida na administração estratégica das organizações,


independente de seu tamanho e tipo.
II- A partir do processo de planejamento estratégico, a organização identificará as oportunidades e as ameaças
em um mercado globalizado e competitivo como o atual.
III- O planejamento está relacionado ao alto nível da organização, é ele que estabelece a melhor direção a ser
seguida.
IV- O principal auxílio para a alta administração é o planejamento estratégico que orienta as decisões tomadas
sem levar em conta a alta margem de erro do planejamento.

Estão corretas as afirmativas

a) I e III.
b) II e IV.
c) I, II e III.
d) I, III e IV.
e) I, II, III e IV.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
I- O planejamento estratégico significa o ponto de partida na administração estratégica das organizações,
independente de seu tamanho e tipo.
Verdadeiro. Sempre se começa pelo planejamento, visto que é a primeira função administrativa, e sempre se
inicia pelo longo prazo que é o estratégico, já que ele define a razão de existência da empresa e onde ela
pretende chegar.
II- A partir do processo de planejamento estratégico, a organização identificará as oportunidades e as ameaças
em um mercado globalizado e competitivo como o atual.
Verdadeiro. Durante o planejamento estratégico, analisam-se as oportunidades e ameaças.
III- O planejamento está relacionado ao alto nível da organização, é ele que estabelece a melhor direção a ser
seguida.
Verdadeiro. Sabemos que existe planejamento nos níveis estratégico, tático e operacional, mas não torna o
item falso, apenas incompleto.
IV- O principal auxílio para a alta administração é o planejamento estratégico que orienta as decisões tomadas
sem levar em conta a alta margem de erro do planejamento.
Falso. Todo planejamento deve levar em consideração a margem de erro, visto que as organizações são
sistemas abertos e sujeitos a incertezas.

30. (FCM - 2016 - IFF - Administrador) Planejamento estratégico pode ser a função determinante que antecipa
o que a organização deve fazer e quais os objetivos que devem ser atingidos. Assim,

a) o planejamento estratégico é uma ferramenta que surgiu com as novas tecnologias, visando ao futuro.
b) a partir do planejamento estratégico, a organização não terá que definir políticas empresariais e tomar
decisões.
c) pelo planejamento, podem-se ver as oportunidades e os problemas do futuro e explorá-los ou combatê-los
sem precisar traçar o futuro.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

d) o planejamento, apesar do mercado globalizado, não tem como objetivo nortear as ações gerenciais da
empresa com base no mercado externo.
e) a partir do processo de planejamento estratégico, a organização identificará as oportunidades e as ameaças
em um mercado globalizado e competitivo como o atual.

GABARITO: ITEM E
Comentário:

a) o planejamento estratégico é uma ferramenta que surgiu com as novas tecnologias, visando ao futuro.
Falso. O planejamento estratégico ocorre desde a década de 40.
b) a partir do planejamento estratégico, a organização não terá que definir políticas empresariais e tomar
decisões.
Falso. As políticas são definidas no nível tático. A partir do planejamento estratégico deve ser elaborado o
planejamento tático.
c) pelo planejamento, podem-se ver as oportunidades e os problemas do futuro e explorá-los ou combatê-los
sem precisar traçar o futuro.
Falso. O planejamento vai justamente traçar o futuro.
e) o planejamento, apesar do mercado globalizado, não tem como objetivo nortear as ações gerenciais da
empresa com base no mercado externo.
Falso. O “não” deixa o item incorreto, pois o planejamento tem como objetivo nortear as ações gerencias da
empresa com base no mercado externo e ambiente interno.
e) a partir do processo de planejamento estratégico, a organização identificará as oportunidades e as ameaças
em um mercado globalizado e competitivo como o atual.
Verdadeiro. A fase de diagnóstico que ocorre no planejamento estratégico engloba a análise externa,
identificando oportunidades e ameaças.

31. (FCM - 2016 - IFF - Administrador) “Não há consenso entre os diversos autores de Planejamento quanto à
sequência das etapas de elaboração de um planejamento estratégico organizacional”. Souza (2010) adota, em
sua publicação, as seguintes etapas na definição da identidade institucional: Missão, Visão e Valores
Institucionais.
Analise as afirmativas abaixo, sobre Missão, e marque (V) para verdadeiro ou (F) para falso.

( ) A missão define e se confunde com os produtos ou serviços ofertados pela Organização.


( ) A declaração da missão deve responder a seguinte questão: “ por que e para que existimos”.
( ) Nas organizações públicas, deve ser entendida como sua área de competência.
( ) Representa a razão da existência de uma organização, ou seja, o que ela faz, porque faz e para quem.
( ) A missão é estabelecida sobre os fins da instituição e corresponde à direção suprema que a organização
busca alcançar.

A sequência correta é

a) V, V, F, F, V.
b) F, F, V, V, V.
c) F, V, V, V, F.
d) F, F, V, V, F.
e) V, V, V, V, F.

GABARITO 31: ITEM C


Comentário:
(F) A missão define e se confunde com os produtos ou serviços ofertados pela Organização.
Falso. A missão define a área de atuação, ela estabelece de uma maneira geral com o que a empresa trabalha.
Pode até definir de maneira genérica os produtos ou serviços com os quais trabalha, mas jamais se confunde
com eles.
(V) A declaração da missão deve responder a seguinte questão: “ por que e para que existimos”.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Verdadeiro. A missão corresponde à razão de existência da empresa, respondendo, portanto, à pergunta “por
que e para que eu existo?”
(V) Nas organizações públicas, deve ser entendida como sua área de competência.
Verdadeiro. A missão pode definir a área de atuação da empresa, no âmbito da administração pública, sendo
a sua área de competência.
(V) Representa a razão da existência de uma organização, ou seja, o que ela faz, porque faz e para quem.
Verdadeiro. A missão corresponde à razão de existência da empresa, respondendo, portanto, à pergunta “por
que e para que eu existo?”.
(F) A missão é estabelecida sobre os fins da instituição e corresponde à direção suprema que a organização
busca alcançar.
Falso. A direção suprema que a organização busca alcançar é a visão.

32. (FCM - 2016 - IFF – Administrador adaptada) Tendo o Tribunal de Contas da União como exemplo de
Instituição a ser analisada, relacione as colunas abaixo.

1. Missão
2. Visão de Futuro
3. Valores

( ) Ser uma instituição de referência no Controle.


( ) Ética, efetividade, independência, justiça e profissionalismo.
( ) Assegurar a efetiva e regular gestão dos recursos públicos em benefício da sociedade.

A sequência correta é

a) 3, 1, 3.
b) 2, 1, 1.
c) 1, 2, 3,
d) 1, 3, 2.
e) 2, 3, 1

GABARITO: ITEM E
Comentário:

(2) Ser uma instituição de referência no Controle.


Corresponde à visão, ou seja, aquilo que a organização ainda não é, mas busca ser no futuro.
(3) Ética, efetividade, independência, justiça e profissionalismo.
Corresponde aos valores, os princípios que norteiam o comportamento das pessoas da organização.
(1) Assegurar a efetiva e regular gestão dos recursos públicos em benefício da sociedade.
Corresponde à missão da organização, a sua razão de existência, respondendo à pergunta “para que eu
existo?”.

33. (IFPI - 2016 - IFPI - Professor-Administração) Considerando que o ambiente externo está em constante
mutação, oferecendo oportunidades e ameaças, a estratégia é algo extremamente dinâmico, constituindo um
processo de constantes mudanças, adaptações e reformulações, com o objetivo de levar a empresa em frente,
em uma situação favorável. Nesse contexto, marque a alternativa INCORRETA.

a) A análise interna e externa da empresa deverá ser realista, integrada e contínua.


b) A visão da empresa, seus valores, a análise interna e externa são componentes do seu diagnóstico
estratégico.
c) O ambiente oferece à empresa oportunidades que deverão ser usufruídas e ameaças que deverão ser
evitadas.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

d) O diagnóstico estratégico deve levar em consideração o ambiente e suas variáveis relevantes no qual está
inserida a empresa.
e) O diagnóstico estratégico deve ter enfoque no momento atual, desconsiderando possíveis desafios ou
momentos futuros. Somente assim será possível a construção da dimensão crítica para o sucesso da empresa
analisada.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
A análise interna e externa deve sempre ser realista, integrada e contínua e, juntamente com a visão e os
valores, farão parte do diagnóstico estratégico. Nesse diagnóstico serão identificados: pontos fortes, que
devem ser explorados; pontos fracos, que devem ser melhorados; oportunidades, que devem ser
aproveitadas; e ameaças que devem ser evitadas. O diagnóstico é feito por meio da análise interna e externa,
logo, a externa considera o ambiente no qual a empresa está inserida, destacando as oportunidades e
ameaças. O erro está no item E, que afirma que o diagnóstico deve desconsiderar possíveis desafios ou
momentos futuros, o que é falso, pois o diagnóstico deve sempre considerar o futuro e preparar a empresa
para reagir a diversos cenários. Regra geral, a análise interna é tão importante quanto a análise externa. No
entanto, caso a questão dê a entender que a empresa precisa ser competitiva e ganhar do concorrente, a
análise externa será ainda mais importante que a análise interna.

34. (CESPE - 2016 - TCE-SC - Auditor de Controle Externo) No que diz respeito ao referencial estratégico das
organizações, julgue o item subsecutivo.
Na elaboração do diagnóstico institucional de uma empresa pública, a análise interna caracteriza-se por ser
restritiva e controlável e por identificar os pontos fortes e fracos da organização; a análise externa, apesar de ser
ampla e estar relacionada com o conhecimento de aspectos externos à organização, ainda lida com um ambiente
controlável.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: ITEM FALSO


Comentário:
A análise externa lida com um ambiente que não faz parte da organização, sendo, portanto, incontrolável.

35. (FCC - 2016 - ELETROBRAS-ELETROSUL - Superior) Suponha que determinada organização esteja iniciando
um processo articulado de definição de objetivos e escolha de meios para atingi-los, nos moldes tradicionais de
planejamento estratégico. Nesse diapasão, com base nas metodologias disponíveis e nos conceitos consolidados
na literatura especializada, uma etapa a ser percorrida consiste em

a) definir a visão, que expressa a própria razão de ser da organização, ou seja, sua essência.
b) estabelecer a missão da organização, o que corresponde ao consenso sobre os objetivos a serem atingidos.
c) criar cenários a serem perseguidos pela organização, representados por indicadores e metas.
d) realizar uma análise do ambiente externo da organização, identificando ameaças e oportunidades.
e) efetuar o diagnóstico institucional, que é restrito à identificação dos pontos fortes e fracos da organização.

GABARITO: ITEM D
Comentário:
a) definir a visão, que expressa a própria razão de ser da organização, ou seja, sua essência.
Falso. A razão de ser da organização é a missão.
b) estabelecer a missão da organização, o que corresponde ao consenso sobre os objetivos a serem atingidos.
Falso. Missão é a razão de existência.
c) criar cenários a serem perseguidos pela organização, representados por indicadores e metas.
Falso. A etapa de criação de cenários vem após a definição dos objetivos, o qual precede a elaboração de
indicadores e metas.
d) realizar uma análise do ambiente externo da organização, identificando ameaças e oportunidades.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Verdadeiro. Análise externa corresponde à identificação de ameaças e oportunidades.


e) efetuar o diagnóstico institucional, que é restrito à identificação dos pontos fortes e fracos da organização.
Falso. A palavra “restrito” torna o item falso, pois além da análise interna, que corresponde à identificação de
pontos fortes e fracos, o diagnóstico abrange a análise externa, a qual corresponde à identificação de
oportunidades e ameaças.

(FUNDEP - 2016 - IFNMG - Administrador) Analise as afirmativas a seguir sobre o processo de elaboração
do planejamento estratégico, assinalando com V as verdadeiras e com F as falsas.

36. Enquanto a estratégia empresarial se preocupa com “o como fazer” para atingir os objetivos empresariais
propostos, o planejamento estratégico volta-se para “o que fazer”.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: FALSO
Comentário:
Djalma afirma que o nível estratégico estabelece o “como fazer”, usando uma abordagem mais abrangente, e
o operacional, responsável pelas atividades, procedimentos e métodos, estabelece “o que fazer”, usando uma
abordagem detalhada.

37. O diagnóstico da situação atual da empresa face ao ambiente externo e a identificação das ameaças e
oportunidades constituem o ponto de partida para o estabelecimento dos objetivos empresariais, mesmo os de
curto prazo, e consequentemente para a formulação das alternativas estratégicas.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
Há divergência entre os autores sobre as primeiras etapas do planejamento. Regra geral, o planejamento se
inicia com a definição da missão, visão e valores, seguido pela definição dos objetivos e metas e depois o
diagnóstico. Porém, há uma minoria dos autores que defende que o diagnóstico deve ser realizado primeiro
para, em seguida, serem definidos os objetivos e as metas, tornando o item verdadeiro.

38. (CESPE - 2016 - FUB - Engenheiro) Acerca do processo administrativo, julgue o item que se segue.
A análise SWOT é uma importante ferramenta de apoio ao diagnóstico organizacional, que permite a uma
organização identificar pontos fracos para o alcance dos seus objetivos, como, por exemplo, detectar a
impossibilidade de acesso a matérias-primas disponíveis no mercado e necessárias à realização de seu negócio.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
Essa questão com certeza queria pegar você, mas espero que não tenha conseguido, se conseguiu só foi uma
falta de atenção e não falta de conhecimento, tenho certeza.
A análise SWOT é uma importante ferramenta de diagnóstico e identifica tanto os pontos fortes e fracos,
correspondendo à análise interna, como as oportunidades e ameaças, correspondendo à análise externa. A
detecção da impossibilidade de acesso a matérias-primas que estão disponíveis no mercado corresponde a um
ponto fraco da organização, pois é algo negativo e cuja impossibilidade de acesso parte da própria empresa,
já que as matérias primas estão disponíveis no mercado.

39. (ESAF - 2016 - ANAC - Analista Administrativo) Uma ferramenta bastante utilizada na formulação de
estratégias é a matriz SWOT (S ─ Strengths, W ─ Weaknesses, O ─ Opportunities e T ─ Threats). Nesse sentido,
assinale a opção que está correta.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

a) A matriz SWOT confronta as ameaças e as oportunidades do ambiente com as forças e as fraquezas da


organização, gerando insumos para as estratégias da organização.
b) O principal objetivo da matriz SWOT é permitir um olhar objetivo sobre as ameaças que compõem seu
negócio, isso possibilita que você possa desenvolver e firmar bem sua estratégia empresarial.
c) No processo de elaboração de estratégias competitivas, as empresas devem analisar, de forma secundária,
os aspectos relativos ao ambiente externo.
d) A oportunidade consiste em uma circunstância que, se bem explorada no ambiente organizacional, contribui
para a redução da competitividade estratégica.
e) A capacidade de inovação no ambiente organizacional é considerada uma ameaça à estratégia competitiva
de uma empresa, visto que desestabiliza as estratégias elaboradas.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
a) A matriz SWOT confronta as ameaças e as oportunidades do ambiente com as forças e as fraquezas da
organização, gerando insumos para as estratégias da organização.
Verdadeiro. É a correta definição da atuação da Matriz SWOT.
b) O principal objetivo da matriz SWOT é permitir um olhar objetivo sobre as ameaças que compõem seu
negócio, isso possibilita que você possa desenvolver e firmar bem sua estratégia empresarial.
Falso. O principal objetivo da matriz SWOT não é permitir um olhar objetivo sobre as ameaças e sim sobre
todos os aspectos internos e externos, englobando forças, fraquezas e oportunidades além das ameaças.
c) No processo de elaboração de estratégias competitivas, as empresas devem analisar, de forma secundária,
os aspectos relativos ao ambiente externo.
Falso. Regra geral, não há uma hierarquia de importância entre a análise interna e externa, mas quando se fala
em estratégias competitivas, primeiro se analisa o ambiente externo.
d) A oportunidade consiste em uma circunstância que, se bem explorada no ambiente organizacional, contribui
para a redução da competitividade estratégica.
Falso. A oportunidade bem explorada contribui para a o aumento da competitividade estratégica.
e) A capacidade de inovação no ambiente organizacional é considerada uma ameaça à estratégia competitiva
de uma empresa, visto que desestabiliza as estratégias elaboradas.
Falso. Quando se fala em ambiente organizacional, fala-se no ambiente interno. A capacidade de inovação no
ambiente organizacional é, portanto, considerada uma fortaleza a estratégia competitiva de uma empresa.

40. (CESPE - 2016 - TCE-SC - Auditor de Controle Externo) A respeito dos processos organizacionais de
planejamento e de tomada de decisões, julgue o item que se segue.
A matriz SWOT é uma ferramenta que possibilita ao gestor criar análises de cenário e embasar o planejamento
estratégico da organização, além de auxiliá-lo na verificação da posição estratégica da empresa, posição essa
que, segundo a matriz SWOT, pode ser classificada em manutenção, sobrevivência, crescimento ou
desenvolvimento.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
A Matriz SWOT é uma ferramenta usada no diagnóstico de forma a analisar o cenário interno e externo e
identificar oportunidades, ameaças, pontos fortes e fracos. Para auxiliar na formulação da estratégia ideal, é
usada a Matriz de Stevenson, que, com base na Matriz SWOT, estabelece 4 estratégias, sendo elas:
manutenção, sobrevivência, crescimento e desenvolvimento.

41. (CESPE - 2016 - TCE-PA - Auditor) A respeito de aspectos inerentes ao planejamento, julgue o próximo item.
Segundo a análise SWOT de um órgão público, a identificação de servidores altamente qualificados em seu
quadro de pessoal consiste em uma estratégia para influenciar positivamente o alcance de resultados.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

GABARITO: FALSO
Comentário:
A identificação de servidores altamente qualificados em seu quadro de pessoal é algo positivo que parte da
própria empresa, sendo assim uma fortaleza na análise da Matriz SWOT, e não uma estratégia. A estratégia é
a forma de aproveitar as oportunidades e fortalezas, eliminar as fraquezas e evitar as ameaças identificadas
no diagnóstico.

42. (CESPE - 2016 - TCE-PA - Auditor) Julgue o item que se segue, relativos a aspectos diversos do processo de
planejamento.
Em uma análise SWOT, a identificação de servidores desqualificados para o exercício das suas atribuições
caracteriza uma ameaça, porque o despreparo funcional pode influenciar negativamente o desempenho
almejado.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: FALSO
Comentário:
Semelhante à questão anterior, a identificação de servidores desqualificados para o exercício das suas
atribuições caracteriza algo negativo que parte de dentro da empresa, logo, corresponde a uma fraqueza na
análise da Matriz SWOT.

43. (FCC - 2016 - Copergás-PE - Analista) Considere que determinada entidade integrante da Administração
Indireta pretenda implementar planejamento estratégico, utilizando, como metodologia, o Balanced Scorecard –
BSC. Em sua etapa inicial, de diagnóstico institucional, foi utilizada a matriz SWOT, com o objetivo de identificar,
na análise dos aspectos externos da organização,

a) ameaças e oportunidades.
b) cenários otimistas e pessimistas.
c) desafios e competências requeridas.
d) fatores exógenos e endógenos.
e) variáveis críticas e neutras.

GABARITO 43: ITEM A


Comentário:
Na Matriz SWOT, ferramenta utilizada no diagnóstico, é feita a análise interna, que identifica pontos fortes e
fracos, e a análise externa, que identifica oportunidades e ameaças. A análise externa corresponde, portanto,
ao item A.

44. (CESPE - 2016 - TCE-PR - Analista) A respeito das ferramentas utilizadas para a elaboração do planejamento
estratégico e a definição de visão e missão, assinale a opção correta.

a) A ferramenta 5W2H corresponde a um formulário cuja finalidade é auxiliar no controle e execução das
tarefas da organização.
b) Na análise SWOT de um tribunal, a identificação da existência, no mercado, de cursos altamente
recomendados para capacitações em assuntos jurídicos representa uma oportunidade.
c) Inspirar, na sociedade, a certeza do controle dos recursos públicos caracteriza uma visão de futuro, por se
referir àquilo que determinado órgão almeja alcançar em um determinado período de tempo.
d) Na análise SWOT de um órgão, as forças do ambiente interno juntamente com as oportunidades do mercado
promovem uma situação de estabilidade, com predominância de crescimento.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

e) O aspecto tendência, na matriz GUT (gravidade, urgência e tendência), representa o potencial de


Comentário de um problema: atribui-se maior pontuação conforme seja grande a probabilidade de solucionar a
situação.

GABARITO: ITEM B
Comentário:
Observação:
A ferramenta 5W2H é uma ferramenta da gestão da qualidade:
Why? Porque?
Who?Quem?
Where?Onde?
What?O que ?
When?Quando?
How? Como?
How much?Quanto?

a) A ferramenta 5W2H corresponde a um formulário cuja finalidade é auxiliar no controle e execução das
tarefas da organização.
Falso. A 5W2H é uma ferramenta da gestão da qualidade cuja finalidade é auxiliar no planejamento
operacional.
b) Na análise SWOT de um tribunal, a identificação da existência, no mercado, de cursos altamente
recomendados para capacitações em assuntos jurídicos representa uma oportunidade.
Verdadeiro. A identificação de cursos altamente recomendados para capacitações em assuntos jurídicos é algo
positivo e que está localizado fora da organização, sendo, portanto uma oportunidade.
c) Inspirar, na sociedade, a certeza do controle dos recursos públicos caracteriza uma visão de futuro, por se
referir àquilo que determinado órgão almeja alcançar em um determinado período de tempo.
Falso. Inspirar, na sociedade, a certeza do controle dos recursos públicos está mais associada à missão.
d) Na análise SWOT de um órgão, as forças do ambiente interno juntamente com as oportunidades do mercado
promovem uma situação de estabilidade, com predominância de crescimento.
Falso. Na matriz de Stevenson, oportunidades juntamente a pontos fortes corresponde à estratégia de
desenvolvimento.
e) O aspecto tendência, na matriz GUT (gravidade, urgência e tendência), representa o potencial de
Comentário de um problema: atribui-se maior pontuação conforme seja grande a probabilidade de solucionar a
situação.
Falso. Atribui-se maior pontuação conforme a prioridade dos problemas e não a capacidade de Comentário.

45. (PREF. DO RIO DE JANEIRO - 2016 - PREF. DO RIO DE JANEIRO - Administrador) O subsecretário de
planejamento da SMTR solicitou ao administrador que fizesse uma análise do transporte público rodoviário
utilizando a matriz SWOT ou FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças). Ele constatou que, devido às
mudanças promovidas nas linhas de ônibus municipal, houve um aumento no número de reclamações dos
usuários registradas no Portal 1746. Essas reclamações representam para a Secretaria uma:

a) oportunidade de mudanças
b) força do usuário
c) fraqueza da Secretaria
d) ameaça às mudanças

GABARITO: ITEM D
Resoluções:
Reclamações de usuários são um ponto negativo que parte de fora da organização, sendo, portanto, uma
ameaça para a organização.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

46. (FGV - 2016 - IBGE - Analista) Neste momento duas organizações estão construindo os seus respectivos
planos estratégicos e optaram pela Matriz SWOT (Matriz FOFA, em português) como ferramenta para a análise
de seus ambientes de atuação. Ambas identificaram a variação cambial como fator que afeta ou poderá afetar
os seus ambientes de negócios. Sendo assim, a variação cambial pode ser considerada:

a) uma oportunidade ou uma fraqueza;


b) uma fraqueza ou uma ameaça;
c) uma força ou uma fraqueza;
d) uma oportunidade ou uma força;
e) uma ameaça ou uma oportunidade.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
Variação cambial é uma variável que parte de fora da empresa e pode ser considerada uma ameaça ou uma
oportunidade, dependendo da forma como a organização trabalhe.

47. (FCC - 2016 - PREF. DE TERESINA-PI - Superior) Dentre as diversas etapas para o desenvolvimento de uma
adequada sistemática de planejamento financeiro de longo prazo encontra-se a

I. seleção de uma técnica confiável de projeção de demonstrações financeiras.


II. adoção de metodologia de adaptação dos planos às variáveis externas não controláveis.
III. análise SWOT, para identificação de pontos fortes, fraquezas, oportunidades e ameaças.

Está correto o que consta em

a) I, apenas.
b) I e II, apenas.
c) II e III, apenas.
d) III, apenas.
e) I, II e III.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
Todos os itens estão corretos. Estão dentre as etapas para o desenvolvimento de um adequado planejamento
financeiro a seleção de uma técnica confiável de projeção de demonstrações financeiras, adaptar os planos às
variáveis externas não controláveis e realizar análise SWOT para identificar forças, fraquezas, oportunidades
e ameaças.

48. (FUNRIO - 2016 - IF-BA - Administrador) O governo da Índia promoveu uma discussão sobre a infraestrutura
educacional do país, com o propósito de estabelecer os requisitos para a sociedade do conhecimento do ano
2020 e definir um plano de ação para a área. Para tanto, será necessário analisar o posicionamento competitivo
da educação na Índia, o que foi feito com a utilização da análise SWOT. A relação de itens levantados foi a
seguinte:

A. Universidades bem estabelecidas;


B. Falta de motivação de professores e de estudantes;
C. Importância crescente dos trabalhadores do conhecimento;
D. Competição de outros países, como China, Rússia, Irlanda e Filipinas;
E. Educação superior pode não ser acessível a crianças pobres;
F. Uso de internet para serviços e comercialização de softwares, levando alunos a criar escolas modelos na
educação;
G. Educação centralizada na avaliação;
H. Custos aceitáveis na educação;

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

I. Língua inglesa como meio de educação;


J. Fracos vínculos entre educação e academia.

(Projeto EDRKS – Resultado da análise SWOP conforme Chowdary, 1998, citado em Tarapanoff 2001)

Qual das alternativas apresenta a análise SWOT correta?

a) Pontos Fortes: A, H e I; Pontos Fracos: B, G e J; Oportunidades: C e F; Ameaças: D e E.


b) Pontos Fortes: A, H e I; Pontos Fracos: G e J; Oportunidades: B, C e F; Ameaças: D e E.
c) Pontos Fortes: A e H; Pontos Fracos: B, G e J; Oportunidades: C e F; Ameaças: D, E e I.
d) Pontos Fortes: A e I; Pontos Fracos: G e J; Oportunidades: C e F; Ameaças: B, D e E.
e) Pontos Fortes: A, H e J; Pontos Fracos: B, G e I; Oportunidades: C e F; Ameaças: D e E.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
A. Universidades bem estabelecidas; (Fortaleza)
B. Falta de motivação de professores e de estudantes; (Fraqueza)
C. Importância crescente dos trabalhadores do conhecimento; (Oportunidade)
D. Competição de outros países, como China, Rússia, Irlanda e Filipinas; (Ameaça)
E. Educação superior pode não ser acessível a crianças pobres; (Fraqueza)
F. Uso de internet para serviços e comercialização de softwares, levando alunos a criar escolas modelos na
educação; (Fortaleza)
G. Educação centralizada na avaliação;
H. Custos aceitáveis na educação; (Fortaleza)
I. Língua inglesa como meio de educação; (Fortaleza)
J. Fracos vínculos entre educação e academia. (Fraqueza)

(FUNRIO - 2016 - IF-BA – Administrador - adaptada) Avalie as afirmativas e indique se são falsas ou
verdadeiras no que se refere às ferramentas de análise ambiental quando da realização do planejamento
estratégico:

49. Matriz SWOT – insere-se no campo da análise do ambiente e é comumente empregada em processos de
planejamento estratégico para avaliação do posicionamento da organização e sua capacidade de competição;
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
Faz-se a análise SWOT para avaliar como é que a empresa está e para que ela seja mais competitiva. É feita
durante o planejamento, na etapa de diagnóstico.

50. Balanced Scorecard – sistema de gerenciamento estratégico que monitora as estratégias da organização por
meio de mecanismos de mensuração;
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
O BSC avalia como a empresa está trabalhando em função do planejamento estratégico, por meio de
indicadores, auxiliando na correta implementação da estratégia.

51. (UFBA - 2017 - UFSBA - Secretário Executivo) Auxiliando no processo de análise estratégica de uma
universidade pública em que trabalha, um Secretário Executivo utilizou como uma das ferramentas a análise
SWOT. Marque a alternativa que apresenta um elemento das potenciais oportunidades que pode estar presente
na análise realizada.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

a) Infraestrutura de qualidade
b) Quadro de servidores capacitados
c) Acervo bibliográfico amplo e atualizado
d) Alta demanda por cursos superiores na região

GABARITO: ITEM D
Comentário:
Alta demanda por cursos superiores na região é algo positivo e que está fora da organização, sendo, portanto,
uma oportunidade. Infraestrutura de qualidade, quadro de servidores capacitados e acervo bibliográfico
amplo e atualizado são pontos positivos, porém que estão dentro da organização, sendo, portanto, pontos
fortes.

52. (FCC - 2015 - TRT-PR - Analista Judiciário) Uma das etapas relevantes do planejamento estratégico é o
diagnóstico institucional ou estratégico, que, por seu turno, comporta uma análise interna e uma análise
externa:

I. a primeira, restrita e controlável, identifica os pontos fortes e fracos da organização.


II. a segunda, ampla, identifica as ameaças e oportunidades.
III. ambos, conjugadas, conduzem à identificação da missão e da visão da instituição.

Está correto o que se afirma APENAS em

a) I e III.
b) III.
c) II.
d) I.
e) I e II.

GABARITO: ITEM E.
Comentário:
Os itens I e II estão corretos, pois correspondem corretamente à análise interna e externa, sendo a interna
restrita e controlável, identificando pontos fortes e fracos, e a análise externa ampla, incontrolável,
identificando ameaças e oportunidades. Porém, a análise interna e a externa, conjugadas, NÃO conduz à
identificação da missão e da visão da instituição, tornando o item III falso, pois, regra geral, a definição da
missão, visão e valores é a primeira etapa do planejamento. Há uma divergência entre os autores a respeito
das primeiras etapas do planejamento, mas somente a minoria destes afirma que o diagnóstico seria a primeira
etapa.

53. (FCC - 2015 - TRE-SE - Analista Judiciário) Uma Secretaria Estadual de Saúde elaborou um plano, que definiu
as forças e fraquezas da política estadual de saúde. Essa metodologia de planejamento refere-se a:

a) Planejamento tático.
b) Planejamento setorial.
c) Balanced Scorecard.
d) Análise SWOT.
e) Mapa estratégico.

GABARITO: ITEM D
Comentário:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

A análise que define forças, fraquezas, oportunidades e ameaças é a análise SWOT. Planejamento tático e
setorial são sinônimos, ambos correspondem ao planejamento a nível departamental. Balanced Scorecard
(BSC) é uma metodologia de gestão de desempenho desenvolvida por Robert Kaplan e David Norton, que
defendem que é necessário acompanhar o desempenho da organização em relação a quatro perspectivas, ou
dimensões, sendo estas: financeira, clientes, processos internos e aprendizado e crescimento. Mapa
estratégico é a representação visual da estratégia de uma organização.

54. (CESPE - 2015 - TCU - Auditor de Controle) Julgue o item a seguir, que tratam de ferramentas utilizadas pela
administração pública.
A matriz SWOT auxilia na análise de oportunidades e ameaças, aspectos relacionados ao ambiente externo à
organização, e na análise de forças e fraquezas, relacionadas a seu ambiente interno.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: VERDADEIRO
Comentário:
Item correto, corresponde perfeitamente ao conceito da Matriz SWOT, que é uma ferramenta de diagnóstico
que identifica pontos fortes e fracos na análise interna e oportunidades e ameaças na análise externa.

55. (FGV - 2015 - PREFEITURA DE CUIABÁ-MT - Especialista em Saúde) A metodologia de análise SWOT é um
modelo que utiliza a prospecção dos ambientes interno e externo da organização em busca de maior
compreensão da própria empresa e da concorrência para a formulação, execução e gerenciamento da estratégia.

Nesse sentido, analise as afirmativas a seguir.

I. A análise do ambiente externo da organização permite ao planejador avaliar a força de trabalho da sua
organização.
II. A análise do ambiente externo da organização permite ao planejador avaliar a capacidade gerencial da
diretoria.
III. A análise do ambiente externo da organização permite ao planejador avaliar a influência da legislação no
seu negócio.

Assinale:

a) se somente a afirmativa I estiver correta.


b) se somente a afirmativa II estiver correta.
c) se somente a afirmativa III estiver correta.
d) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
I. A análise do ambiente externo da organização permite ao planejador avaliar a força de trabalho da sua
organização.
Falso. A análise do ambiente INTERNO da organização permite ao planejador avaliar a força de trabalho da sua
organização.
II. A análise do ambiente externo da organização permite ao planejador avaliar a capacidade gerencial da
diretoria.
Falso. A análise do ambiente INTERNO da organização permite ao planejador avaliar a capacidade gerencial da
diretoria.
III. A análise do ambiente externo da organização permite ao planejador avaliar a influência da legislação no
seu negócio.
Verdadeiro. A legislação é uma influência externa à organização, portanto é avaliada na análise externa.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

56. (FGV - 2015 - PREFEITURA DE CUIABÁ-MT - Especialista em Saúde) Com relação à análise SWOT, assinale a
afirmativa correta.

a) Pontos fortes são aqueles criados pelo planejamento estratégico.


b) Pontos fracos são aqueles criados pelo processo de competição.
c) Pontos fortes facilitam a formulação estratégica em ambiente de oportunidades.
d) Pontos fortes e pontos fracos são funções relativas ao ambiente externo.
e) Pontos fracos podem ser utilizados para minimizar investimentos.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
a) Pontos fortes são aqueles criados pelo planejamento estratégico.
Falso. Pontos fortes podem até ser criados pelo planejamento estratégico, mas não necessariamente. Podem
existir mesmo sem um planejamento.
b) Pontos fracos são aqueles criados pelo processo de competição.
Falso. Pontos fracos não são necessariamente criados por um processo de competição, podem existir mesmo
sem haver competição.
c) Pontos fortes facilitam a formulação estratégica em ambiente de oportunidades.
Verdadeiro. A existência de pontos fortes auxilia no aproveitamento de oportunidades, devendo ser adotada,
segundo a Matriz de Stevenson, a estratégia de desenvolvimento.
d) Pontos fortes e pontos fracos são funções relativas ao ambiente externo.
Falso. Pontos fortes e pontos fracos são funções relativas ao ambiente interno.
e) Pontos fracos podem ser utilizados para minimizar investimentos.
Falso. Pontos fracos em geral aumentam a necessidade de investimentos. Já os pontos fortes podem ser usados
para minimizá-los.

57. (ESAF - 2015 - ESAF - Analista) A análise SWOT (Strengths, Weaknesses, Opportunities and Threats) é
utilizada para identificar os pontos fortes e fracos de uma organização, assim como as oportunidades e ameaças
às quais a mesma está exposta. Associe cada um dos quatro exemplos de indicadores abaixo com o respectivo
elemento SWOT, considerando uma empresa que exporta mais de 80% de sua produção.

Indicador

I - Necessidade de capacitação da equipe


II - Desvalorização cambial
III - Valorização cambial
IV - Diferencial competitivo do produto

Elemento SWOT
S – Força
W – Fraqueza
O – Oportunidade
T – Ameaça

Assinale a opção que contém a associação correta.

a) I-W; II-T; III-O; IV-S


b) I-W; II-O; III-T; IV-S

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

c) I-O; II-W; III-S; IV-T


d) I-O; II-T; III-S; IV-W
e) I-O; II-W; III-T; IV-S

GABARITO: ITEM B
Comentário:
I - Necessidade de capacitação da equipe (Elemento interno negativo - Fraqueza)
II - Desvalorização cambial (Elemento externo positivo - Oportunidade)
III - Valorização cambial (Elemento externo negativo - Ameaça)
IV - Diferencial competitivo do produto (Elemento interno positivo - Fortaleza)

58. (ESAF - 2016 - ANAC - Especialista em Regulação) Segundo PORTER (1996), é uma ameaça para a empresa,
a possibilidade da entrada de novos concorrentes capazes de brigar para ganhar maior participação no mercado.
Como meio de defesa, uma empresa precisa estar, constantemente, analisando o mercado e implantando
barreiras de entrada, para reduzir essa ameaça. Segundo o autor, temos oito tipos de barreira de entrada. Sobre
as barreiras e seus significados, assinale a opção incorreta.

a) Desvantagem de custo independente da escala – redução de custo unitário à medida que aumentamos a
quantidade produzida, forçando o concorrente a produzir em larga escala e tornando, para ele, uma operação
de alto risco.
b) Diferenciação do produto – a empresa que já está atuando no mercado possui uma marca mais consolidada,
e, muitas vezes, já ganhou fidelidade ou lealdade dos consumidores, gerando para o concorrente custos
adicionais com publicidade e ações para passar a fase da experimentação e quebrar o vínculo criado com a marca
existente.
c) Necessidades de capital – torna-se uma barreira de entrada quando é necessário grande investimento para
iniciar o negócio.
d) Acesso aos canais de distribuição – a empresa concorrente precisa criar seus próprios canais de distribuição
para que seu produto chegue ao consumidor.
e) Retaliação prevista – os concorrentes já existentes podem responder com rigor ao novo concorrente, com
ações do tipo baixa no preço, por exemplo.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
a) Desvantagem de custo independente da escala – redução de custo unitário à medida que aumentamos a
quantidade produzida, forçando o concorrente a produzir em larga escala e tornando, para ele, uma operação
de alto risco.
Falso. A afirmação “Desvantagem de custo independente da escala” está incorreta, pois, quando se quer
oferecer produto de baixo custo, é preciso que se produza em grande escala para se obter a chamada economia
de escala.

59. (FGV - 2015 - PREF. DE CUIABÁ-MT - Especialista em Saúde) Segundo Porter, cinco forças competitivas
regem as relações entre os diversos players de um determinado ramo de negócios e determinam algumas
condições gerais que devem ser conhecidas pelos administradores para que o seu processo de planejamento e
gestão possam obter bons resultados.
Nesse sentido, analise as afirmativas a seguir.

I. Novos entrantes são organizações determinadas a ocupar espaço num mercado já estabelecido.
II. Barreiras à entrada podem ser geradas por políticas governamentais.
III. A necessidade de economia de escala é uma das barreiras à entrada.

Assinale:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

a) se somente a afirmativa I estiver correta.


b) se somente a afirmativa II estiver correta.
c) se somente a afirmativa III estiver correta.
d) se somente as afirmativas l e II estiverem corretas.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
I. Novos entrantes são organizações determinadas a ocupar espaço num mercado já estabelecido.
Verdadeiro. A definição de novos entrantes está correta.
II. Barreiras à entrada podem ser geradas por políticas governamentais.
Verdadeiro. Se políticas governamentais tornam custoso ou arriscado entrar em determinado mercado,
representarão uma barreira à entrada de novas empresas.
III. A necessidade de economia de escala é uma das barreiras à entrada.
Verdadeiro. Para obter economia de escala é preciso comprar em grandes quantidades, o que necessita de
capital de giro, funcionando como uma barreira para empresas que não o possuem.

Observação: 5 Forças competitivas de Porter


-Poder do consumidor
-Poder do fornecedor
-concorrentes atuais
-novos entrantes
-produtos/serviços substitutos

60. (FGV - 2015 - PREF. DE CUIABÁ-MT - Especialista em Saúde) Segundo Porter, as organizações devem analisar
o ambiente competitivo no qual se insere e que é determinado por 5 forças.
Nas opções a seguir estão listadas algumas dessas forças, à exceção de uma. Assinale-a.

a) Rivalidade entre os concorrentes.


b) Domínio da tecnologia.
c) Ameaça de novos entrantes.
d) Poder de barganha dos fornecedores.
e) Ameaça de produtos ou serviços substitutos.

GABARITO: ITEM B
Comentário:
Domínio de tecnologia não está entre as 5 Forças de Porter.
Observação: 5 Forças competitivas de Porter
-Poder do consumidor
-Poder do fornecedor
-concorrentes atuais
-novos entrantes
-produtos/serviços substitutos

61. (IF-SC - 2015 - IF-SC - Professor) Michel Porter identificou cinco forças competitivas que determinam a
atratividade intrínseca, no longo prazo, de um mercado ou segmento de mercado. A alternativa CORRETA que
define essas cinco forças.

a) Concorrentes, substitutos, compradores, novos compradores potenciais e defensores.


b) Concorrentes, substitutos, compradores, novos compradores potenciais e fornecedores.
c) Concorrentes, novos concorrentes potenciais, fornecedores, defensores e compradores.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

d) Concorrentes, parceiros, defensores, compradores e fornecedores.


e) Concorrentes, novos concorrentes potenciais, substitutos, compradores e fornecedores.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
As 5 forças de Porter são: Concorrentes, ameaça de novos entrantes, produtos substitutos, poder de barganha
dos compradores e poder de barganha dos fornecedores. O item que melhor resume estes elementos é o item
E.

62. (IDECAN - 2015 - INMETRO - Analista) A intensidade da concorrência em uma indústria não é uma questão
de coincidência ou de má sorte. Ao contrário, a concorrência em uma indústria tem raízes em sua estrutura
econômica básica e vai além do comportamento dos atuais concorrentes. De acordo com Porter, o grau de
concorrência em uma indústria depende

a) apenas da capacidade financeira


b) somente da sofisticação tecnológica.
c) do conjunto das forças competitivas.
d) da reputação dos produtos no mercado.
e) significativamente do poder de negociação dos compradores.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
O grau de concorrência em uma indústria depende, dentro outro fatores, do conjunto das forças competitivas.
Nos demais itens, palavras como “apenas”, “somente” e “significativamente” os tornam incorretos.

63. (IDECAN - 2015 - INMETRO - Analista) “Uma parcela grande das vendas é adquirida por um determinado
comprador, aumentando sua importância nos resultados. Para Porter, essa situação integra o conjunto das cinco
forças competitivas básicas." Assinale a alternativa que identifica corretamente qual força o trecho anterior se
refere.

a) Ameaça de novos entrantes.


b) Poder de negociação dos compradores.
c) Poder de negociação dos fornecedores.
d) Rivalidade entre as empresas existentes.
e) Ameaça de produtos ou serviços substitutos.

GABARITO: ITEM B
Comentário:
“Uma parcela grande das vendas é adquirida por um determinado comprador, aumentando sua importância
nos resultados.” Essa situação representa justamente o poder de negociação dos compradores, pois quando
apenas um determinado comprador adquire grande parcela das vendas ele detém um alto poder de barganha,
deixando a empresa a sua mercê.

64. (CCV-UFC - 2012 - UNILAB - Administrador) O Modelo das Cinco Forças de Michael Porter pressupõe que
uma estratégia empresarial é decorrente do grau de competitividade da indústria (setor da economia) em que
esta empresa opera. Sobre estas cinco forças, assinale a alternativa correta.

a) O poder de barganha dos fornecedores advém da possibilidade da oferta de novos produtos pelos
concorrentes.
b) Altas barreiras de entrada levam a uma desconcentração em uma indústria e a uma redução do seu grau de
rivalidade.
c) A ameaça de entrada de novos concorrentes é ampliada em uma indústria com altos custos de investimento
inicial.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

d) A ameaça de produtos substitutos é mais intensa quando há uma elevada oferta de fornecedores com
produtos a preços competitivos.
e) O poder de barganha de compradores leva os fornecedores a uma redução do nível de preços ou a um
aumento do serviço agregado oferecido.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
a) O poder de barganha dos fornecedores advém da possibilidade da oferta de novos produtos pelos
concorrentes.
Falso. O item cita 2 informações independentes.
b) Altas barreiras de entrada levam a uma desconcentração em uma indústria e a uma redução do seu grau de
rivalidade.
Falso. Altas barreiras de entrada levam a uma concentração em uma indústria ou poucas indústrias.
c) A ameaça de entrada de novos concorrentes é ampliada em uma indústria com altos custos de investimento
inicial.
Falso. A ameaça de entrada de novos concorrentes é reduzida em uma indústria com altos custos de
investimento inicial.
d) A ameaça de produtos substitutos é mais intensa quando há uma elevada oferta de fornecedores com
produtos a preços competitivos.
Falso. A ameaça de produtos substitutos não tem relação com os fornecedores. O item ficaria correto dessa
forma: A concorrência atual é mais intensa quando há uma elevada oferta de concorrentes com produtos a
preços competitivos.
e) O poder de barganha de compradores leva os fornecedores a uma redução do nível de preços ou a um
aumento do serviço agregado oferecido.
Verdadeiro. Quando os compradores detêm um alto poder de barganha, a empresa fica a sua mercê,
precisando reduzir preços ou aumentar o nível do serviço para manter a sua receita.

65. (FGV - 2015 - FUNARTE - Administrador) O modelo de estratégias genéricas proposto por Michael Porter
permite identificar duas vantagens competitivas para a empresa, que podem ser desdobradas segundo um
escopo amplo ou focado. Usando esse modelo para analisar um evento histórico, o desenvolvimento da linha de
montagem por Henry Ford, é possível relacionar o uso dessa linha de montagem com empresas que buscam
posicionar-se estrategicamente por:

a) diferenciação no nicho;
b) liderança no custo total na indústria;
c) foco no cliente;
d) liderança no nicho do setor relativo;
e) diferenciação por customização do produto.

GABARITO: ITEM B
Comentário:
Michael Porter desenvolveu três estratégias genéricas: diferenciação, foco e liderança em custo. O
desenvolvimento da linha de montagem por Henry Ford buscava oferecer produtos a um preço bastante
reduzido, porém sem muita diferenciação ou personalização. Caracteriza-se, portanto, uma estratégia de
liderança em custo.

66. (PREF. DO RIO DE JANEIRO - 2016 - PREF. DO RIO DE JANEIRO - Administrador) Em outubro de 2015, foi
aprovada na Câmara o projeto de lei que autoriza a circulação do Uber na cidade. Ao realizar uma análise das
Cinco Forças de Mercado, ferramenta proposta por Porter, e amplamente utilizada na década de 80, o
administrador identificou o Uber, em relação ao sistema municipal de transporte, como um:

a) usuário

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

b) novo entrante
c) concorrente tradicional
d) fornecedor

GABARITO: ITEM B
Comentário:
O uber seria um novo entrante no mercado de transporte em carros particulares. Por muito tempo houve
somente táxis oferecendo esse serviço, porém o Uber percebeu a oportunidade de entrar no mercado
oferecendo serviços e preços melhores.

67. (FGV - 2016 - CODEBA - Administrador) Com relação às estratégias competitivas genéricas, postuladas por
Michael Porter para o enfrentamento das forças competitivas, analise as afirmativas a seguir.

I. As estratégias competitivas genéricas são liderança de custo, de diferenciação e de foco.


II. A adoção da estratégia de liderança de custo deve abranger todo o mercado.
III. A estratégia de foco permite a diferenciação em determinado nicho de mercado.

Assinale:

a) se somente a afirmativa I estiver correta.


b) se somente a afirmativa II estiver correta.
c) se somente a afirmativa III estiver correta.
d) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
Todos os itens estão corretos. As 3 estratégias genéricas apresentadas por Michael Porter são: liderança em
custo, diferenciação e foco. Quando se utiliza uma estratégia de liderança em custo ou diferenciação, é preciso
abranger todo o mercado. A única que abrange apenas uma parte será a estratégia de foco, que permite a
diferenciação um determinado nicho de mercado.

68. (FGV - 2016 - CODEBA - Analista) Entre os fatores que devem ser considerados, quando se estabelecem
estratégias de expansão para uma organização, estão os mercados a serem explorados e os produtos em
desenvolvimento. Igor Ansoff, considerado o precursor da gestão estratégica, criou a Matriz Ansoff na qual
apresenta uma distribuição 2X2 que combina tipos de produtos e de mercados para formular as estratégias
adequadas. Assinale a opção que apresenta a estratégia que inclui a combinação, de acordo com a Matriz Ansoff,
de mercados novos e produtos tradicionais.

a) Desenvolvimento de produto.
b) Diversificação de produtos e mercados.
c) Desenvolvimento de mercado.
d) Penetração de mercado.
e) Penetração de produto.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
De acordo com a Matriz Ansoff, a combinação de mercados novos e produtos tradicionais apresenta a
estratégia de Desenvolvimento de mercado.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

69. (FUNCAB - 2015 - CRF-RO - Administrador) A ferramenta conhecida como “produto versus mercado”, que
em um mercado específico, auxilia o gestor na avaliação das oportunidades de crescimento de uma determinada
unidade de negócio, é conhecida como:

a) matriz de Ansoff.
b) brainstorming.
c) análise SWOT.
d) ciclo PDCA.
e) benchmarking.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
A ferramenta conhecida como “produto versus mercado” que, em um mercado específico, auxilia o gestor na
avaliação das oportunidades de crescimento de uma determinada unidade de negócio, é conhecida como
matriz de Ansoff.

70. (FUNCAB - 2015 - SEPLAG-MG - Gestão Pública) A matriz Ansoff classifica as estratégias empresariais em
quatro categorias. Aquela que corresponde a uma estratégia de explorar novos mercados com novos produtos é
conhecida como:

a) diversificação.
b) desenvolvimento de mercado.
c) penetração no mercado
d) desenvolvimento de produto.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
De acordo com a Matriz Ansoff, a combinação de novos mercados com novos produtos é conhecida como
Diversificação.

71. (UFMT - 2015 - UFMT - Administrador) A Universidade Federal de Mato Grosso, ao lançar um novo curso, o
de Engenharia de Controle e Automação, em um novo Campus em Várzea Grande, está desenvolvendo uma
Estratégia baseada na Matriz de Igor Ansoff denominada

a) Desenvolvimento de mercado.
b) Desenvolvimento de produto.
c) Diversificação.
d) Penetração de mercado.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
De acordo com a Matriz Ansoff, a combinação de novos mercados com novos produtos é conhecida como
Diversificação.
72. (CESGRANRIO - 2014 - BNDES - Superior) A matriz de Ansoff é uma ferramenta de análise e definição de
estratégias, que classifica as estratégias empresariais em quatro categorias.
Associe as categorias às suas características.

I. Desenvolvimento de mercado
II. Desenvolvimento de produto
III. Diversificação

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

IV. Penetração no mercado

P– Estratégia de explorar novos mercados com novos produtos.


Q– Estratégia de explorar um mercado novo com produtos tradicionais.
R– Estratégia de explorar produtos tradicionais em um mercado tradicionais.
S– Estratégia de explorar mercados tradicionais com produtos novos.
T– Estratégia da estabilidade.

As associações corretas são:

a) I - P , II - Q , III - R , IV - S
b) I - P , II - R , III - S , IV - T
c) I - P , II - S , III - R , IV - T
d) I - Q , II - S , III - P , IV - R
e) I - Q , II - P , III - S , IV - R

GABARITO: ITEM D
COMENTÁRIO:
P – Estratégia de explorar novos mercados com novos produtos. III
Q – Estratégia de explorar um mercado novo com produtos tradicionais.I
R – Estratégia de explorar produtos tradicionais em um mercado tradicionais.IV
S – Estratégia de explorar mercados tradicionais com produtos novos.II
T – Estratégia da estabilidade. (Não é de Ansoff.)

QUSTÕES 73 A 150 - ORGANIZAÇÃO

73. (IBFC - 2017 - EBSERH - Analista Administrativo) Leia a afirmação a seguir e assinale a alternativa que
preenche corretamente a lacuna. ________________ significa a distribuição de tarefas entre os indivíduos ou
grupos sociais, de acordo com a posição que cada um deles ocupa na estrutura social e nas relações de
propriedade.

a) Divisão do trabalho
b) Organograma
c) Cargo
d) Função
e) Atribuição

GABARITO: ITEM A
Comentário:
Distribuir tarefas entre os indivíduos de uma organização corresponde à divisão do trabalho que ocorre na
função Organização. A divisão do trabalho tem como consequência a especialização.

Observações:

Cargo é o conjunto de funções.


Função é o conjunto de atiividades.
Atribuição é a mesma coisa de distribuição.

• Características da Organização Formal


-Divisão do trabalho
-Especialização

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

-Descentralização/Centralização
-Responsabilidade
-Autoridade
-Departamentalização
-Hierarquia
-Cadeia de comando
-Estrutura organizacional

74. (IBFC - 2017 - EBSERH - Analista Administrativo) Assinale a alternativa que apresenta uma característica
marcante da Escola de Administração Científica.

a) Divisão do trabalho.
b) Forma da organização.
c) Abordagem sistêmica.
d) Meritocracia.
e) Interação com o meio ambiente.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
• Características da Administração Científica (Taylor)
-Estudo de tempos e movimentos
-Padronizar
-Divisão do trabalho
-Produtividade
-Especialização
-Remuneração adequada

• Princípios da Administração Científica:


-Planejamento
-Preparação dos trabalhadores
-Execução
-Controle

a) Divisão do trabalho. (Científica)


b) Forma da organização. (Estruturalista)
c) Abordagem sistêmica. (Teoria geral dos sistemas)
d) Meritocracia. (Burocracia)
e) Interação com o meio ambiente. (Teoria geral dos sistemas)

75. (QUADRIX - 2017 - CRB - Auxiliar Administrativo) Cada organização tem uma estrutura organizacional em
função de seus objetivos, de seu tamanho, da conjuntura que atravessa e da natureza dos produtos que fabrica
ou dos serviços que presta. Apesar de todas as diferenças, foram definidos três tipos tradicionais de organização:
organização linear, organização funcional e organização linha-staff. Na organização linha-staff coexistem órgãos
de linha (órgãos de execução) e de assessoria (órgãos de apoio) mantendo relações entre si. Os órgãos de linha
caracterizam-se pela autoridade linear e pelo princípio escalar, enquanto os órgãos de staff prestam assessoria
e serviços especializados. As quatro principais funções do staff são:

a) divisão do trabalho; especialização, amplitude administrativa; racionalismo.


b) serviços; consultoria e assessoria; monitorização; planejamento e controle.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

c) serviços; consultoria e assessoria; hierarquia; amplitude administrativa.


d) divisão do trabalho; especialização; hierarquia; racionalismo.
e) comando; centralização de decisões; hierarquia; especialização técnica.

GABARITO: ITEM B
Comentário:
Órgãos de staff não “mandam” em ninguém, eles auxiliam, prestam assessoria e serviços especializados. As
quatro principais funções do staff são: serviços; consultoria e assessoria; monitorização; planejamento e
controle.

76. (AOCP - 2016 - CASAN - Administrador) O Administrador na CASAN precisa desempenhar determinadas
tarefas específicas que podem ser caracterizadas, dentre outros aspectos, pela separação dos poderes. Qual é o
princípio de administração proposto por Fayol que descreve essa atuação do Administrador da CASAN?

a) Ordem.
b) Disciplina.
c) Centralização.
d) Divisão do trabalho.
e) Unidade de comando.

GABARITO: ITEM D
Comentário:
Dentre os 14 princípios de Fayol, aquele que consiste na designação de tarefas específicas é o da divisão do
trabalho.

• 14 Princípios de Fayol
-Ordem
-Disciplina
-Subordinação dos interesses individuais aos organizacionais
-Divisão do trabalho
-Centralização
-Remuneração Adequada
-Hierarquia
-Princípio escalar
-Unidade de comando
-Unidade de direção
-Treinamento
-Espírito de equipe
-Autoridade
-Equidade

77. (FUNDEP - 2016 - IFN-MG - Administrador) A teoria clássica de Fayol caracteriza-se pelo seu enfoque
eminentemente prescritivo e normativo: como o administrador deve se conduzir em todas as situações através
do processo administrativo e quais os princípios gerais que deve seguir para obter a máxima eficiência. Nesse
contexto, o princípio de administração, proposto por Fayol, que consiste na designação de tarefas específicas a
cada um dos órgãos que compõe a organização empresarial é denominado:

a) autoridade e responsabilidade
b) coordenação.
c) departamentalização.
d) divisão do trabalho.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

GABARITO: ITEM D
COMENTÁRIO:

Dentre os 14 princípios de Fayol, aquele que consiste na designação de tarefas específicas a cada um dos órgãos
que compõem a organização empresarial é o da divisão do trabalho.

78. (IESES - 2016 - BAHIAGÁS - Administrador) A respeito da departamentalização e divisão do trabalho, julgue
os itens a seguir assinalando a alternativa correta:

a) A adoção de uma estrutura matricial pressupõe violar o clássico princípio da unidade de comando.
b) O modelo de departamentalização funcional estabelece como regra de composição das partes da estrutura de
uma organização as necessidades do nicho de mercado.
c) Podemos conceituar departamentalização como à adequada descentralização das atividades, delegando
atribuições e maior autonomia aos colaboradores de cada posto de trabalho da organização.
d) A departamentalização geográfica (territorial) reúne funções comuns ou atividades semelhantes para formar
uma unidade organizacional e apresenta a vantagem de ser adaptável a uma clientela em particular.
e) O modelo de departamentalização por produto se vale das características das tarefas realizadas nos setores
para então definir as partes componentes da estrutura organizacional.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
a) A adoção de uma estrutura matricial pressupõe violar o clássico princípio da unidade de comando.
Verdadeiro. Ao adotar uma estrutura matricial passam a existir duas fontes de comando a que os subordinados
devem obedecer: a autoridade funcional e a autoridade de projetos; assim, ocorre a quebra do princípio da
unidade comando, que só ocorre efetivamente na estrutura linear.
b) O modelo de departamentalização funcional estabelece como regra de composição das partes da estrutura de
uma organização as necessidades do nicho de mercado.
Falso. O modelo de departamentalização por cliente estabelece as estruturas da organização de acordo com
os nichos de mercado.
c) Podemos conceituar departamentalização como a adequada descentralização das atividades, delegando
atribuições e maior autonomia aos colaboradores de cada posto de trabalho da organização.
Falso. Departamentalização é a forma como a organização tem as suas atividades distribuídas em
departamentos, podendo ser estabelecida de acordo com funções, clientes, produtos, processos, regiões ou
projetos. Não possui relação com os conceitos de descentralização e de delegação.
d) A departamentalização geográfica (territorial) reúne funções comuns ou atividades semelhantes para formar
uma unidade organizacional e apresenta a vantagem de ser adaptável a uma clientela em particular.
Falso. Corresponde à descentralização funcional.
e) O modelo de departamentalização por produto se vale das características das tarefas realizadas nos setores
para então definir as partes componentes da estrutura organizacional.
Falso. Corresponde à descentralização funcional.

79. (Pref. de Fortaleza - 2016 - Pref. de Fortaleza - Analista) Um subcampo fundamental dentro da perspectiva
clássica é conhecido como a abordagem dos princípios administrativos. Dentre os contribuintes dessa
abordagem, encontra-se Henry Fayol, que discutiu 14 princípios gerais da administração, vários dos quais são
parte da filosofia atual da administração. São eles:

a) unidade de comando, unidade de direção e divisão de trabalho.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

b) unidade de comando, força de trabalho homogênea e espírito de equipe.


c) unidade de direção, espírito de equipe e desempenho eficiente.
d) divisão de trabalho, unidade de direção, força de trabalho homogênea.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
Os 14 princípios de Fayol são: ordem, disciplina, subordinação dos interesses individuais aos organizacionais,
divisão do trabalho, centralização, remuneração adequada, hierarquia, princípio escalar, unidade de comando,
unidade de direção, treinamento, espírito de equipe, autoridade, equidade.

80. (COMPERVE - 2016 - UFRN - Assistente) Do ponto de vista formal, uma organização consiste em um conjunto
de encargos funcionais e hierárquicos, orientados para o objetivo de produzir bens ou prestar serviços. Algumas
das principais características da organização formal são:

a) hierarquia, divisão do trabalho e cultura organizacional.


b) racionalismo, especialização e relações sociais espontâneas.
c) especialização, hierarquia e autoridade não sujeitas ao controle da direção.
d) divisão do trabalho, especialização e distribuição da autoridade.

GABARITO: ITEM D
Comentário:
Divisão do trabalho, especialização e distribuição da autoridade. As características da Organização Formal são:
divisão do trabalho, especialização, descentralização/centralização, responsabilidade, autoridade,
departamentalização, hierarquia, cadeia de comando, estrutura organizacional.

Observação: A cultura é gerenciada na organização formal e é visualizada na organização informal. As


características da organização informal são: poder, cultura, clima, relações interpessoais/conflitos.

81. (IF-CE - 2016 - IF-CE - Administrador) É característica da teoria das relações humanas, exceto:

a) acentuada divisão do trabalho.


b) equalização do poder.
c) organização como grupo de pessoas.
d) sistemas de psicologia e sociologia.
e) liberdade e autonomia do empregado.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
Acentuada divisão do trabalho é caracterítica das Teorias Cientifíca e Clássica.

82. (IBFC- 2016 - EBSERH - Analista) A organização, enquanto processo de gestão, possibilita o uso racional de
recursos para o alcance de objetivos, de maneira eficiente e eficaz. Sendo assim, os principais tópicos para que
isso aconteça estão na divisão do trabalho e na delegação de responsabilidades e de autoridade. A divisão do
trabalho tem como primeiro resultado a departamentalização. Assinale a alternativa que não contém uma forma
de como ocorre a departamentalização.

a) Segundo a convergência em função da área territorial de ação


b) Segundo a convergência em função dos clientes

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

c) Segundo a convergência de uma estrutura vertical e híbrida


d) Segundo a natureza das atividades desempenhadas
e) Segundo a convergência em função de um processo produtivo

GABARITO: ITEM C
Comentário:
a) Segundo a convergência em função da área territorial de ação (Geográfica)
b) Segundo a convergência em função dos clientes (Por cliente)
c) Segundo a convergência de uma estrutura vertical e híbrida
d) Segundo a natureza das atividades desempenhadas (Funcional)
e) Segundo a convergência em função de um processo produtivo (Por processo)

83. (AOCP- 2016 - CASAN - Administrador) Além de objetivos e recursos, as organizações têm dois outros
componentes importantes:

a) recrutamento e seleção e treinamento de pessoal.


b) prospecção de mercados e expansão territorial.
c) processos de transformação e divisão do trabalho.
d) planejamento e controle dos recursos financeiros.
e) eficiência e eficácia organizacional.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
De acordo com Maximiano (2004) pág.26, os componentes da organização são: objetivos, recursos, processo
de transformação, divisão do trabalho, produtos e serviços. Não confundir componentes da organização com
elementos da estrutura organizacional.
a) recrutamento e seleção e treinamento de pessoal. (funções de gestão de pessoas)
b) prospecção de mercados e expansão territorial. (estratégias competitivas)
c) processos de transformação e divisão do trabalho.
d) planejamento e controle dos recursos financeiros. (funções financeiras)
e) eficiência e eficácia organizacional. (indicadores de desempenho)

84. (AOCP - 2017 - EBSERH - Assistente Administrativo) Assinale a alternativa correta quanto à caracterização
da autoridade hierárquica.

a) É tipificada como autoridade tradicional e, portanto, é baseada em aceitação da dignidade própria da pessoa
que exerce a autoridade.
b) Decorre de afinidade pessoal dos liderados em relação ao ocupante do cargo, o que a caracteriza como sendo
carismática.
c) Tem base em atributos pessoais de quem a desempenha como a extroversão e, portanto, baseia-se no
relacionamento pessoal.
d) É tipificada como autoridade racional-legal e, portanto, está baseada na ocupação de um cargo regido por
normas formais e regras estatuídas.
e) É tipificada como sendo baseada na capacidade de gerência e também liderança ou influência de quem a
exerce.

GABARITO: ITEM D
Comentário:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Tipos de Autoridade: Tradicional, Burocrática, Carismática.


Tipos de Poder: coercitivo, especialização, recompensa, legítimo, de referência, persuasão, expertise, conexão.

a) É tipificada como autoridade tradicional e, portanto, é baseada em aceitação da dignidade própria da pessoa
que exerce a autoridade. (Falso. Patrimonial)
b) Decorre de afinidade pessoal dos liderados em relação ao ocupante do cargo, o que a caracteriza como sendo
carismática. (Falso. Carismática)
c) Tem base em atributos pessoais de quem a desempenha como a extroversão e, portanto, baseia-se no
relacionamento pessoal. (Falso. Carismática)
d) É tipificada como autoridade racional-legal e, portanto, está baseada na ocupação de um cargo regido por
normas formais e regras estatuídas.
e) É tipificada como sendo baseada na capacidade de gerência e também liderança ou influência de quem a
exerce. (Falso.Carismática)

85. (UFBA - 2017 - UFSBA - Assistente Administrativo) Qual é o processo de transferência de autoridade e
responsabilidade para posições inferiores na hierarquia?

a) Fluxogramação
b) Retroação
c) Delegação
d) Automação

GABARITO: ITEM C
Comentário:
Delegação é o processo de transferência de autoridade e responsabilidade para posições inferiores na
hierarquia.

86. (IBFC - 2017 - EBSERH - Assistente Administrativo) Cada gestor deve utilizar intensamente a autoridade como
alavancador indispensável para proporcionar o empowerment em sua equipe, entendendo autoridade como:
Assinale a alternativa correta.

a) Fomentar o acesso à informação ao longo de todas as fronteiras. Criar condições para disseminar a informação
e torná-la útil e produtiva para as pessoas no sentido de facilitar a tomada de decisões e a busca de novos e
diferentes caminhos e soluções

b) Proporcionar incentivos compartilhados que promovam os objetivos organizacionais. Um dos mais fortes
motivadores é a recompensa pelo trabalho bem-feito. A recompensa funciona como reforço positivo e como um
sinalizador do comportamento que a organização espera de seus participantes. Reconhecimento é fundamental

c) Dar poder às pessoas para que elas possam tomar decisões independentes sobre ações e recursos. Nesse
sentido, o gestor reparte e delega autoridade às pessoas para que elas possam trabalhar de acordo com o que
aprendem e dominam. Isso significa dar autonomia e liberdade às pessoas

d) Ajudar as pessoas a aprender e a desenvolver as habilidades e capacidades para utilizar amplamente a


informação e a autoridade. É assim que se criam talentos dentro da organização: definindo as competências de
que a organização precisa para alcançar seus objetivos e criando condições internas para que as pessoas
aprendam e desenvolvam tais competências da melhor maneira possível

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

e) Burocracia

GABARITO: ITEM C
Comentário:
Autoridade é o direito de mandar que é dado aos funcionários para que possam tomar decisões. O item A
refere-se à gestão do conhecimento; o item B refere-se à gestão de pessoas ao falar de incentivo,
reconhecimento e recompensas; o item D refere-se à gestão por competências; o item E corresponde a Teoria
da Burocracia, que tem como pilares formalização, meritocracia e impessoalidade.

87. (AOCP - 2017 - EBSERH - Assistente Administrativo) A autoridade formal é o direito legal que os chefes ou
gerentes têm de dirigir ou comandar o comportamento dos integrantes de sua equipe. Qual é a contrapartida da
autoridade?

a) Administração.
b) Coordenação.
c) Delegação.
d) Departamentalização.
e) Responsabilidade.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
A contrapartida da autoridade é a responsabilidade. Sempre que se recebe autoridade para exercer
determinada função, recebe-se junto a responsabilidade por aquela execução.

88. (UFBA - 2017 - UFSBA - Assistente Administrativo) Em uma instituição pública do tipo linear, qual princípio
rege que cada pessoa tenha apenas um único e exclusivo chefe?

a) Unidade de direção
b) Centralização da autoridade
c) Cadeia escalar
d) Unidade de comando

GABARITO: ITEM D
Comentário:
O princípio que determina que cada pessoa tenha apenas um único chefe é o Princípio da Unidade de
Comando. Não confundir com linha de comando, que é a relação entre chefe e subordinado que pode ser
visualizada no organograma, ou com cadeia de comando, que o conjunto de linhas de comando que existem
na organização. Lembrando que a única estrutura organizacional que respeita o princípio da unidade de
comando é a estrutura linear.

89. (CESPE - 2017 - SEDF - Administrador) A respeito dos princípios de organização, julgue o item subsecutivo. A
localização da autoridade de decisão gerencial próxima dos níveis hierárquicos do topo é um princípio da
centralização de estruturas organizacionais.

(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: Verdadeiro
Comentário:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Quando a organização opta por centralizar o poder de decisão, ele será concentrado próximo aos níveis
hierárquicos do topo. Quando se descentraliza o poder de decisão, ele estará próximo dos níveis hierárquicos
da base.

90. (COMVEST - 2016 - UFAM - Assistente Administrativo) O ato pelo qual uma autoridade superior confere a
outra autoridade de nível hierárquico mais baixo uma autoridade específica para a execução de certa tarefa é

a) descentralização
b) desconcentração
c) deliberação
d) delegação
e) desafetação

GABARITO: ITEM D
Comentário:
O ato pelo qual uma autoridade superior confere a outra autoridade de nível hierárquico mais baixo uma
autoridade específica para a execução de certa tarefa é delegação. Descentralização não é o mesmo que
delegação, pois para ocorrer a descentralização, é preciso delegar para VÁRIAS pessoas. Quando se delega,
nem sempre é para mais de uma pessoa, portanto, nem sempre haverá descentralização. Lembrando que, em
administração, desconcentrar é sinônimo de descentralizar, ao contrário do que acontece no Direito
Administrativo, apesar de que o termo consolidado entre os autores é realmente descentralização.

91. (IFB - 2016 - IFB - Nível Fundamental) A ______________ e a ______________ são aspectos que podem ser
transferidos a outras pessoas para realizar atividades específicas. Sua delegação à pessoa que as recebe
representa uma declaração de confiança da chefia imediata, devendo ficar explícito que o subordinado passa a
ter condições de cumprir as determinações de seu superior hierárquico.

Assinale a alternativa que preenche CORRETAMENTE as lacunas do parágrafo acima, respectivamente.


a) liderança; autoridade
b) autoridade; responsabilidade
c) responsabilidade; legalidade
d) confiança; legitimidade
e) legitimidade; liderança

GABARITO: ITEM B
Comentário:
Quando se transfere a um subordinado a execução de determinada tarefa, para que ele tenha condições de
cumprir as determinações do seu superior, o principal aspecto a ser transferido é a autoridade, pelo fenômeno
da delegação e, juntamente com a autoridade, o subordinado recebe a responsabilidade pela execução da
atividade, logo, a responsabilidade é a contrapartida da autoridade.

92. (COSEAC - 2016 - PREF. NITERÓI-RJ - Administrador) Administrar é alcançar resultados por meio de pessoas,
aplicando o chamado processo básico da Administração. Mas para que se tenha o poder de administrar e
mobilizar os recursos organizacionais é fundamental a existência de outro tipo de recurso que assegure ao
administrador capacidade de decidir e mobilizar funcionários. Este atributo especial é conhecido como:

a) liderança.
b) autoridade.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

c) investidura.
d) mandado.
e) delegação.

GABARITO: ITEM B
Comentário:
Autoridade é poder legítimo, dado ao administrador pelo cargo que ocupa, para ter a capacidade de tomar
decisões e mobilizar os funcionários. A liderança é a capacidade de inspirar os integrantes de um grupo e
motivá-los no exercício de suas funções. Geralmente o líder de uma equipe possui também autoridade, mas
os termos não se confundem.

93. (QUADRIX - 2016 - CRM-PI - Assistente Administrativo) Nas organizações – seja em indústrias, comércio,
organizações de serviços públicos, hospitais, universidades, instituições militares, seja em qualquer outra forma
de empreendimento humano –, a eficiência e a eficácia com que as pessoas trabalham em conjunto para
conseguir objetivos comuns dependem diretamente da capacidade daqueles que exercem a função
administrativa (CHIAVENATO, 2003, p. 26). Controle como função administrativa tem a finalidade de assegurar
que os resultados do que foi planejado, organizado e dirigido se ajustem aos objetivos previamente
estabelecidos. Verifica-se que a ideia de controle está ligada ao princípio administrativo da delegação de
___________ e, por esse aspecto, objetiva o registro, a comparação, o confronto e a inspeção; na verdade um
processo de comparação e segurança. A lacuna é corretamente preenchida por:

a) autoridade
b) competência
c) planejamento
d) integridade
e) direção

GABARITO: ITEM B
Comentário:
Conceito de Blênio César Severo Peixe no livro Finanças Públicas – Controladoria governamental: “Verifica-se
que a ideia de controle está ligada ao princípio administrativo da delegação de competência e, por este
aspecto, objetiva o registro, a comparação, o confronto e a inspeção, na verdade um processo de comparação
e segurança” (PEIXE, 2002).

94. (FUNRIO - 2016 - IF-PA - Auxiliar Administrativo) A linha contínua de autoridade que se estende do topo até
a base da organização e que evidencia quem se subordina a quem denomina-se

a) cadeia de comando.
b) delegação.
c) centralização.
d) descentralização.
e) atribuição indireta.

GABARITO: ITEM A
Comentário:
A linha contínua de autoridade que se estende do topo até a base da organização e que evidencia quem se
subordina a quem denomina-se cadeia de comando.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

95. (EXATUS - 2016 - CERON-RO - Administrador) Um dos Princípios Gerais da Administração, segundo Fayol,
que diz: “cada empregado deve receber ordens de apenas um superior”, é o princípio da:

a) Disciplina.
b) Autoridade e responsabilidade.
c) Unidade de comando.
d) Unidade de direção.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
O princípio que estabelece que cada empregado recebe ordem de apenas um superior é o Princípio da Unidade
de comando. A única estrutura organizacional que respeita esse princípio é a estrutura linear.

96. (COMPERVE - 2016 - UFRN - Assistente Administrativo) O processo de Organização é composto de decisões
que precisam ser tomadas em relação à divisão do trabalho, à atribuição de responsabilidades, à definição de
autoridade e ao desenho da estrutura organizacional. A definição de autoridade diz respeito
a) ao processo por meio do qual uma tarefa é dividida em partes, cada uma das quais é atribuída a uma pessoa
ou grupo de pessoas.
b) ao direito legal que os chefes ou gerentes têm de dirigir ou de comandar o comportamento dos integrantes
de sua equipe.
c) às obrigações ou deveres das pessoas (ocupantes de um cargo) quanto à realização de tarefas ou atividades.
d) à divisão do trabalho em unidades ou blocos, de acordo com os critérios que sejam mais apropriados.

GABARITO: ITEM B
COMENTÁRIO:
a) ao processo por meio do qual uma tarefa é dividida em partes, cada uma das quais é atribuída a uma pessoa
ou grupo de pessoas.
Falso. Corresponde ao conceito de divisão do trabalho.
b) ao direito legal que os chefes ou gerentes têm de dirigir ou de comandar o comportamento dos integrantes
de sua equipe.
Verdadeiro. Conceito de autoridade.
c) às obrigações ou deveres das pessoas (ocupantes de um cargo) quanto à realização de tarefas ou atividades.
Falso. Conceito de responsabilidade.
d) à divisão do trabalho em unidades ou blocos, de acordo com os critérios que sejam mais apropriados.
Falso. Conceito de departamentalização.

97. (QUADRIX - 2016 - CREF-DF - Auxiliar Administrativo) No desenvolvimento de uma estrutura organizacional,
devem-se considerar seus componentes, condicionantes, níveis de influência e níveis de abrangência. São três os
componentes da estrutura organizacional: sistema de responsabilidades, sistema de autoridades e sistema de
comunicações. A autoridade é o direito estabelecido de se designar o que – e, se necessário, como, por quem,
quando e por quanto – deve ser realizado em sua área de responsabilidade na empresa. Sobre autoridade, leia
as seguintes afirmativas.
I. A autoridade formal representa a estabelecida pela estrutura hierárquica da empresa, e pode ser delegada pelo
superior hierárquico imediato.
II. A autoridade informal é uma espécie de “autoridade adquirida” a qual é desenvolvida por meio de relações
informais entre as pessoas da empresa, que o fazem voluntariamente e por deferência à sua posição ou status.
III. A autoridade informal serve para modificar a autoridade formal na determinação do quanto esta terá de
aceitação por parte dos vários subordinados nos diferentes níveis hierárquicos da empresa.

Pode-se afirmar que:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

a) somente I está correta.


b) somente II está correta.
c) somente III está correta.
d) há apenas duas afirmativas corretas.
e) todas estão corretas.

GABARITO: ITEM E
Comentário:
I. A autoridade formal representa a estabelecida pela estrutura hierárquica da empresa, e pode ser delegada pelo
superior hierárquico imediato.
Verdadeiro. A autoridade formal deriva da posição na estrutura hierárquica da empresa.
II. A autoridade informal é uma espécie de “autoridade adquirida” a qual é desenvolvida por meio de relações
informais entre as pessoas da empresa, que o fazem voluntariamente e por deferência à sua posição ou status.
Verdadeiro. A autoridade informal é adquirida por meio das relações informais, de forma que as pessoas a
reconhecem voluntariamente e não por decorrência de uma posição hierárquica.
III. A autoridade informal serve para modificar a autoridade formal na determinação do quanto esta terá de
aceitação por parte dos vários subordinados nos diferentes níveis hierárquicos da empresa.
Verdadeiro. Se há uma pessoa a quem os funcionários percebem mais como autoridade que aquela definida
pela estrutura hierárquica, esta última terá menos aceitação.

Observação:
Sistema de responsabilidade inclui departamentalização, linha e assessoria e especialização.
Sistema de autoridades inclui níveis organizacionais, amplitude, distribuição de poder, delegação e
centralização/descentralização.
Sistema de comunicação inclui “o que comunicar”, ”quando” e “como” e “onde”.

98. (FUNIVERSA - 2016 - IF-AP - Administrador) A liderança é diferente da autoridade formal, que é uma das
bases das organizações e um atributo dos cargos gerenciais. Ambas diferem, pois
a) autoridade formal é ilimitada no espaço organizacional.
b) os limites da liderança extrapolam a área de influência do líder.
c) um agente público que exerce poder de polícia não precisa exercer liderança informal para o cumprimento de
suas tarefas.
d) a liderança tem duração que extrapola a utilidade do líder para o grupo de seguidores.
e) em uma associação informal o exercício da liderança informal requer a existência de um cargo com autoridade
formal.

GABARITO: ITEM C
Comentário:
a) autoridade formal é ilimitada no espaço organizacional.
Falso. A autoridade formal é limitada ao espaço, às circunstância e ao tempo, pois esta é devido ao cargo.
Quem é ilimitada é a liderança e o poder.
b) os limites da liderança extrapolam a área de influência do líder.
Falso. O correto seria dizer que a liderança extrapola o espaço organizacional.
c) um agente público que exerce poder de polícia não precisa exercer liderança informal para o cumprimento de
suas tarefas.
Verdadeiro. O poder de polícia dispensa o exercício de liderança informal.
d) a liderança tem duração que extrapola a utilidade do líder para o grupo de seguidores.
Falso. O erro dessa alternativa é a palavra “extrapola”, visto que a liderança dura a utilidade do líder.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

e) em uma associação informal o exercício da liderança informal requer a existência de um cargo com autoridade
formal.
Falso. Nenhuma liderança informal precisa do cargo, pode-se ter o cargo e não ter liderança ou ter liderança e
não ter o cargo.

99. (CESPE - 2016 - DPU - TAE) Na organização funcional, a autoridade centraliza as decisões aos postos mais
altos da hierarquia.
(  ) Verdadeiro (  ) Falso

GABARITO: FALSO
Comentário:
Na organização linear, a autoridade centraliza as decisões aos postos mais altos da hierarquia. Na organização
funcional, a autoridade descentraliza as decisões para os departamentos de acordo com a função exercida.

100. (AOCP - 2016 - EBSERH - Assistente Administrativo) Na estrutura organizacional das empresas, qual é o
conceito que apresenta a hierarquia à qual todos estão submetidos, segundo princípios de cadeia escalar,
autoridade e comando?
a) Conceito de staff.
b) Conceito de linha.
c) Conceito de setores.
d) Conceito de departamentos.
e) Conceito de horizontalização.

GABARITO: ITEM B
Comentário:
O conceito que mostra a hierarquia é o de linha, chamado de cadeia de comando.

6/3/17-

G
101. (FCM - 2016 - IF FARROUPILHA-RS - Assistente Administrativo) Dar poder, autoridade e
responsabilidade às pessoas para torna-las mais ativas e proativas, dentro da organização, é o significado de

a) coacher.
b) liderança.
c) empowerment.
d) descentralização.
e) comprometimento.

Gabarito: Item C
Comentário:

“Empowerment” ou “emponderamento” é dar poder e autoridade às pessoas, tornando-as mais proativas e


motivadas. Não confundir com descentralização, que é dar poder aos NÍVEIS inferiores, não necessariamente
às pessoas.

102. (AOCP - 2017 - EBSERH - Assistente Administrativo) Assinale a alternativa que apresenta a categoria de

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

poder resultante da posição ocupada na hierarquia da empresa.

a) Poder coercitivo.
b) Poder de recompensa.
c) Poder de referência.
d) Poder legítimo.
e) Poder pessoal.

Gabarito: Item D
Comentário:

O poder que deriva do cargo que o indivíduo ocupa é o poder legítimo. Poder coercitivo é aquele derivado da
intimidação, do uso do medo e da força. Poder de recompensa está relacionado com a capacidade de oferecer
algo em troca. Poder de referência está relacionado ao apelo, à imagem. Poder pessoal é similar ao poder de
referência.

103. (UFCG - 2016 - UFCG - Administrador) O poder representa a capacidade de influenciar subordinados e
colegas por meio do controle dos recursos organizacionais. O exercício do poder é algo inerente à posição da
liderança. Entre os tipos de poder organizacional, há um que é inerente à estrutura organizacional, do tipo
que, se o indivíduo deixa de ocupar o cargo, o poder permanece com a posição e não o acompanha, trata-se
do:

a) Poder legítimo.
b) Poder premiador.
c) Poder coercitivo.
d) Poder de referência.
e) Poder estrutural.

Gabarito: Item A
Comentário:

O poder que está atrelado à posição ou ao cargo é o poder legítimo. Poder premiador é sinônimo de poder de
recompensa. Poder coercitivo é aquele atrelado à intimidação. Poder de referência é o poder baseado no
apelo, na imagem. Poder estrutural não existe.

104. (FUNDEP - 2016 - IFN-MG -Tecnólogo) São as bases do Poder Pessoal no âmbito das organizações, EXCETO:

a) Poder de talento
b) Poder de referência
c) Poder de coerção
d) Pode de carisma

Gabarito: Item C
Comentário:

Todos são formas de poder, mas o poder de coerção não é base para o exercício do Poder Pessoal, de liderança.

105. (FGV - 2016 - CODEBA - Apoio Administrativo) Liderança é a capacidade de um administrador


impulsionar a atuação de outros membros da organização.
Assinale a opção que apresenta os três elementos que definem liderança de forma correta.

a) Pessoas, poder e recursos.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

b) Pessoas, capacidades e influência.


c) Poder, capacidades e influência.
d) Pessoas, poder e influência.
e) Capacidades, recursos, e poder.

Gabarito: Item D
Comentário:

Liderança é a capacidade de influenciar as pessoas pelo uso do poder. Portanto, os três elementos que definem
liderança são: pessoas, poder e influência.

106. (COMPEVE - 2016 - UFRN - Assistente Administrativo) As relações interpessoais na organização são
muito influenciadas pelo tipo de poder exercido pelos chefes ou superiores. No poder de competência, os
liderados

a) percebem que o fracasso em atender às exigências do líder poderá levá-los a sofrer algum tipo de
punição.
b) identificam o líder como alguém que detém certos conhecimentos ou que domina certos conceitos
que excedem os seus.
c) esperam ganhar alguma recompensa, incentivo, elogio ou reconhecimento pelo seu trabalho.
d) admiram o líder por alguns traços de sua personalidade e pelo carisma que possuem.

Gabarito: Item B
Comentário:

Poder de competência é o mesmo que poder de perito e de especialização. O indivíduo consegue influenciar
por ter conhecimento sobre o assunto. Logo, o líder é aquele que detém certos conhecimentos. O item A traz
o poder coercitivo, o item C traz o poder de recompensa e o item D traz o poder carismática ou de referência.

107. (CCV - 2016 - UFC - Assistente Administrativo) O poder do tipo coercitivo é aquele que pode ser
caracterizado da seguinte forma:

a) Fundamentado na atuação e no apelo.


b) Baseado no temor de sofrer algum tipo de punição ou penalidade.
c) Advém da especialidade, das aptidões ou do conhecimento técnico da pessoa.
d) Procede da esperança de alguma recompensa, incentivo, elogio ou reconhecimento.
e) Decorre do cargo ocupado pelo indivíduo no grupo ou na hierarquia organizacional.

Gabarito: Item B
Comentário:

O poder coercitivo é aquele baseado na intimidação, logo, no temor de sofrer alguma punição. O item A se
refere ao poder de referência ou carismático. O item C se refere ao poder de especialização, de perito ou de
conhecimento. O item D se refere ao poder de recompensa. O item E refere-se ao poder legítimo.

108. (IBFC - 2017 - EBSERH - Assistente Administrativo) De acordo com o conceito de departamentalização, a
figura abaixo representa a:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

a) Departamentalização funcional
b) Departamentalização por processo
c) Departamentalização por produto
d) Departamentalização por cliente
e) Departamentalização Geográfica

Gabarito: Item E
Comentário:

A figura representa a departamentalização Geográfica, pois a faz por regiões: Manaus, Buenos Aires e Rio de
Janeiro.

109. (UFBA - 2017 - UFSBA - Assistente Administrativo) O agrupamento e interação de tarefas, atividades e
funcionários em unidades organizacionais, de acordo com critérios racionais, denomina-se:

a) Verticalização.
b) Departamentalização.
c) Estudos dos tempos e movimentos.
d) Clima organizacional.

Gabarito: Item B
Comentário:

Agrupar atividades, tarefas ou funcionários em blocos é departamentalizar. Existem diferentes tipos de


departamentalização, dependendo do critério racional utilizado.

110. (FCC - 2017 - TRT-AM - Analista) As características estruturais se relacionam com o formato básico e
com a aparência da hierarquia de uma organização. O formato de uma hierarquia é determinado por sua
verticalização, sua amplitude de controle e

a) seu tipo de departamentalização.


b) seus objetivos comerciais.
c) seu número de servidores.
d) seu estilo de liderança.
e) seu formato comunicativo.

Gabarito: Item A
Comentário:

Características estruturais: verticalização, departamentalização e amplitude administrativa.

111. (CESPE - 2017 - SEDF- Administrador) Pessoas agrupadas em departamentos com base na aplicação
simultânea de duas cadeias de comando é exemplo de departamentalização por abordagem funcional

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

vertical.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

Quando há dupla cadeia de comando é a abordagem matricial. Não há abordagem funcional vertical.

112. (CESPE - 2017 - SEDF- Administrador) Pessoas agrupadas em departamentos com base em produto
comum, programa ou região geográfica é exemplo de departamentalização por abordagem matricial.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

A abordagem matricial ocorre quando há a junção de duas abordagens. A questão cita apenas um tipo,
referindo-se à abordagem divisional.

113. (CESPE - 2017 - SEDF - Administrador) Um exemplo de departamentalização por abordagem divisional
consiste em agrupar pessoas com habilidades comuns em departamentos onde se exercem idênticas
atividades de trabalho.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

Agrupar pessoas com base em habilidades, tarefas ou atividades em comum é a departamentalização


funcional.

114. (IBFC - 2017 - EBSERH - Assistente Administrativo) Assinale a alternativa que apresenta corretamente o
conceito de departamentalização que leva em conta a especialização técnica dos ocupantes dos cargos e
seus conhecimentos. Exemplos: Departamento financeiro, departamento de vendas, departamento de
contabilidade, etc.

a) Departamentalização funcional
b) Departamentalização por processo
c) Departamentalização por produto
d) Departamentalização por cliente
e) Departamentalização Geográfca

Gabarito: Item A
Comentário:

A departamentalização que leva em conta a especialização técnica e conhecimentos é a funcional.

115. (EXATUS - 2016 - CERON-RO - Administrador) A departamentalização, que consiste no agrupamento das
atividades e tarefas com as funções principais desenvolvidas dentro da empresa, denomina-se:

a) Departamentalização por produtos.


b) Departamentalização por funções.
c) Departamentalização por processos.
d) Departamentalização por clientela.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito: Item B
Comentário:

Falou-se em atividades, tarefas ou funções, será departamentalização funcional.

116. (FUNIVERSA - 2016 - IF-AP - Gestão Pública) Uma desvantagem da departamentalização por projeto é

a) a baixa flexibilidade, pois a equipe não pode ser alterada.


b) possuir uma capacidade de coordenação mais difícil.
c) limitar a ação do gestor.
d) a descontinuidade, o que pode acarretar prejuízos materiais.
e) aumentar o poder de determinados gerentes.

Gabarito: Item D
Comentário:

a) a baixa flexibilidade, pois a equipe não pode ser alterada.


Falso. A departamentalização por projetos é altamente flexível, pois a equipe é formada para um período
específico, podendo ser alterada.
b) possuir uma capacidade de coordenação mais difícil.
Falso. A departamentalização que tem coordenação difícil será a funcional.
c) limitar a ação do gestor.
Falso. Pode ocorrer de ser limitada, mas não é uma característica da estrutura.
d) a descontinuidade, o que pode acarretar prejuízos materiais.
Verdadeiro. As equipes e a estrutura de projetos são temporárias, logo a descontinuidade pode acarretar
prejuízos.
e) aumentar o poder de determinados gerentes.
Falso. Não é desvantagem.

Observação: A estrutura por projetos é indicada para muitos projetos e de alta complexidade. Quando há
poucos projetos ou de menor complexidade, é indicada a estrutura matricial.

117. (SUGEP - 2016 - UFRPE - Auxiliar Administrativo) As unidades departamentais e os níveis da estrutura
de uma empresa são representadas graficamente em um

a) quadro de distribuição do trabalho.


b) cronograma.
c) organograma.
d) manual de descrição de cargos.

Gabarito: Item C
Comentário:

O organograma é a representação gráfica da estrutura organizacional, no qual, em uma análise vertical, é


possível visualizar níveis hierárquicos, e, em uma análise horizontal, é possível visualizar as unidades
departamentais.

118. (COMPERVE - 2016 - UFERSA - Assistente Administrativo) O organograma a seguir, que representa
parcialmente a estrutura da Universidade Federal Rural do Semi-árido, servirá de base para a questão.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

O critério de departamentalização predominante no nível das pró-reitorias é

a) por produto.
b) por projeto.
c) geográfico.
d) funcional.

Gabarito: Item D
Comentário:

As Pró-reitorias estão dividas predominantemente por áreas ou funções (Administração, Planejamento,


Gestão de Pessoas, etc.), logo, a departamentalização é a funcional.

119. (CESPE - 2016 - FUNPRESP - Superior) A departamentalização em que se consideram as etapas ou


atividades estruturadas na produção é denominada de departamentalização por projetos.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

A departamentalização em que se consideram as atividades ou etapas da produção é a departamentalização


por processo.

120. (AOCP - 2016 - CASAN - Assistente Administrativo) Uma estrutura organizacional é uma forma de
atribuir tarefas e de especializar os blocos de trabalho da organização. Assinale a alternativa que apresenta a
base utilizada no processo de organizar as tarefas em blocos de trabalho.

a) Critérios de descentralização.
b) Critérios de terceirização.
c) Critérios de delegação.
d) Critérios de departamentalização.
e) Critérios de diferenciação.

Gabarito: Item D

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Comentário:

A base para organizar tarefas em blocos de trabalho são os critérios de departamentalização: por área
geográfica, por funções, por projetos, por processos, etc.

121. (CESPE - 2016 - TCE-SC - Auditor) Caso decida departamentalizar sua organização para aumentar a
cooperação interdepartamental e diminuir os níveis de especificidade do trabalho, o gestor deverá adotar,
primordialmente, a departamentalização funcional, na qual cada departamento corresponde a uma função
principal.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

A departamentalização funcional reduz a cooperação interdepartamental e aumenta os níveis de


especificidade.

122. (IBADE - 2016 - SEDUC-RO - Administrador) A especialização horizontal nas organizações é conhecida
por departamentalização. Existe um tipo de departamentalização que se caracteriza pela divisão interna do
trabalho por especialidade, possui auto-orientação e tem como desvantagem a tendência a pequena
cooperação interdepartamental. Esses aspectos referem-se ao tipo de departamentalização:

a) por processos.
b) territorial.
c) por clientela.
d) funcional.
e) por projetos.

Gabarito: Item D
Comentário:

Dividir o trabalho de acordo com as funções e pouca cooperação interdepartamental correspondem à


departamentalização funcional.

123. (IFB - 2016 - IFB - Superior) O desenho departamental ou departamentalização apresenta uma
variedade de tipos. Um deles, a departamentalização tem como desvantagens a descontinuidade e a
imprevisibilidade quanto à permanência das pessoas e dos recursos, o que gera angústia e preocupação.
Assinale a alternativa que preenche CORRETAMENTE a lacuna da frase acima.
a) por base territorial
b) por clientela
c) por processo.
d) por projeto
e) por produtos e serviços

Gabarito: Item D
Comentário:

A departamentalização que apresenta como desvantagens a descontinuidade e a imprevisibilidade quanto à


permanência das pessoas e dos recursos é a por projetos, pois estes são temporários. Essa imprevisibilidade
causa angústia e preocupação às pessoas pelo fato de não se saber se haverá um projeto para serem alocadas
após o término do projeto para o qual foram contratadas, logo, as pessoas podem ser dispensadas.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

124. (AOCP - 2017 - EBSERH - Assistente Administrativo) Quanto à relação entre estrutura organizacional e
ambiente organizacional, é correto afirmar que

a) quanto mais incerto for o ambiente, mais a estrutura organizacional deverá se aproximar de um
modelo funcional para obter bom desempenho.
b) estruturas burocráticas são inadequadas, de modo geral, em qualquer condição ambiental.
c) quanto mais instável for o ambiente, mais orgânica deverá ser a estrutura da organização para obter
bom desempenho.
d) os gestores conseguem anular o impacto das forças ambientais sobre suas organizações quando
elaboram estruturas organizacionais baseadas em cadeia de mando e subordinação.
e) estruturas organizacionais simples são mais adequadas em ambientes menos dinâmicos.

Gabarito: Item C
Comentário:

a) quanto mais incerto for o ambiente, mais a estrutura organizacional deverá se aproximar de um
modelo funcional para obter bom desempenho.
O modelo funcional é indicado para ambientes estáveis, pois é uma estrutura mecanicista.
b) estruturas burocráticas são inadequadas, de modo geral, em qualquer condição ambiental.
Em ambientes estáveis, as estruturas burocráticas são ideais.
c) quanto mais instável for o ambiente, mais orgânica deverá ser a estrutura da organização para obter
bom desempenho.
Verdadeiro. Quando o ambiente é instável é necessário flexibilidade para obter um bom desempenho, logo
a estrutura deve ser orgânica.
d) os gestores conseguem anular o impacto das forças ambientais sobre suas organizações quando
elaboram estruturas organizacionais baseadas em cadeia de comando e subordinação.
Eles conseguem diminuir os impactos das forças ambientais quando identificam oportunidades e ameaças e
adotam estratégias.
e) estruturas organizacionais simples são mais adequadas em ambientes menos dinâmicos.
Estruturas organizacionais simples são simples, pequenas, que não tem hierarquia verticalizada, poucos
funcionários e organização em equipe. As estruturas mecanicistas são adequadas para ambientes pouco
dinâmicos.

125. (IBFC - 2017 - EBSERH - Assistente Administrativo) A figura abaixo representa a:

a) Estrutura organizacional com a função de RH em posição de staff


b) Estrutura organizacional simples com a função de RH em nível intermediário
c) Estrutura organizacional simples com a função de RH em nível institucional
d) Estrutura organizacional em que a função de RH é descentralizada
e) Estrutura organizacional em que a função de RH é centralizada

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito: Item A
Gabarito:

A posição do departamento de RH está a posição de staff. O correto é que a linha que liga o staff à cadeia de
comando deveria ser tracejada, mas raramente isso ocorre em provas de concursos. Não torna o item errado.

126. (AOCP - 2017 - EBSERH - Assistente Administrativo) Quanto ao tipo de estrutura organizacional
denominada de estrutura divisional, assinale a alternativa correta.

a) Agrega as tarefas em unidades semiautônomas, com forte descentralização. Seu mecanismo


principal de coordenação é a padronização de resultados.
b) Agrega as tarefas com base na similaridade de funções. Seu mecanismo de coordenação principal é a
supervisão hierárquica, somada a regras e planos.
c) É um tipo de estrutura configurado a partir da especialização profissional. Seu mecanismo principal
de coordenação é a padronização de habilidades.
d) Agrega as tarefas com base na similaridade de funções. É também caracterizada por especialização
do trabalho, alto grau de formalização e padronização do comportamento.
e) É um tipo de estrutura baseado em equipes de trabalho. É também caracterizado por
descentralização e baixo grau de formalização do comportamento.

Gabarito: Item A
Comentário:

a) Agrega as tarefas em unidades semiautônomas, com forte descentralização. Seu mecanismo


principal de coordenação é a padronização de resultados.
Verdadeiro. Correspondem a características da estrutura divisional.
b) Agrega as tarefas com base na similaridade de funções. Seu mecanismo de coordenação principal é a
supervisão hierárquica, somada a regras e planos.
Falso. Estrutura funcional.
c) É um tipo de estrutura configurado a partir da especialização profissional. Seu mecanismo principal
de coordenação é a padronização de habilidades.
Falso. Estrutura funcional.
d) Agrega as tarefas com base na similaridade de funções. É também caracterizada por especialização
do trabalho, alto grau de formalização e padronização do comportamento.
Falso. Estrutura funcional.
e) É um tipo de estrutura baseado em equipes de trabalho. É também caracterizado por
descentralização e baixo grau de formalização do comportamento.
Falso. Estrutura em rede.

127. (AOCP - 2017 - EBSERH - Superior) Considerando-se a relação entre ambiente organizacional e
características estruturais das organizações, assinale a alternativa INCORRETA.

a) Em condições ambientais de alta incerteza, as estruturas organizacionais melhor adaptadas são


orgânicas, isto é, baseadas em trabalho de equipe.
b) Em condições ambientais de baixa incerteza, as estruturas organizacionais melhor adaptadas são
mecanicistas, isto é, formalizadas em elevado grau.
c) Estruturas organizacionais adhocráticas emergem em ambientes que são tanto dinâmicos quanto
complexos em elevado grau.
d) Em condições ambientais de alta incerteza, as estruturas organizacionais melhor adaptadas
apresentam menor diferenciação departamental e poucos papéis de integração.
e) Em condições ambientais de baixa incerteza, as estruturas organizacionais melhor adaptadas
apresentam maior cadeia de mando-subordinação e são mais centralizadas.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito: Item D
Comentário:
a) Em condições ambientais de alta incerteza, as estruturas organizacionais melhor adaptadas são
orgânicas, isto é, baseadas em trabalho de equipe.
Verdadeiro. Em condições de mutação (alta incerteza) é indicada a estrutura orgânica.
b) Em condições ambientais de baixa incerteza, as estruturas organizacionais melhor adaptadas são
mecanicistas, isto é, formalizadas em elevado grau.
Verdadeiro. Em condições de constância (baixa incerteza) é indicada a estrutura mecanicista.
c) Estruturas organizacionais adhocráticas emergem em ambientes que são tanto dinâmicos quanto
complexos em elevado grau.
Verdadeiro. Estruturas adhocráticas são estruturas bastante flexíveis, correspondem ao oposto da estrutura
burocrática e são indicadas em ambientes dinâmicos e complexos.
d) Em condições ambientais de alta incerteza, as estruturas organizacionais melhor adaptadas
apresentam menor diferenciação departamental e poucos papéis de integração.
Falso. Em condições ambientais de alta incerteza é preciso ter muitos papéis de integração.
e) Em condições ambientais de baixa incerteza, as estruturas organizacionais melhor adaptadas
apresentam maior cadeia de mando-subordinação e são mais centralizadas.
Verdadeiro. Em ambientes pouco dinâmicos (baixa incerteza) recomenda-se estruturas hierarquizadas e
centralizadas.

128. (AOCP - 2017 - EBSERH - Analista) Estrutura Organizacional é a forma pela qual as atividades
desenvolvidas por uma organização são divididas, organizadas e coordenadas. Assinale a alternativa que
apresenta a representação gráfica clássica de uma Estrutura Organizacional:

a) Anograma
b) Cronograma
c) Organograma
d) Icnograma
e) Pantograma

Gabarito: Item C
Comentário:

A representação gráfica da estrutura organizacional é o organograma. Cronograma diz respeito a atividades e


seu tempo de duração e é utilizado no planejamento operacional. Os demais itens não existem.
129. (IF-PE - 2017 - IF-PE - Administrador) A estrutura organizacional é o sistema de relações entre tarefas,
subordinação e autoridade que molda o trabalho de uma organização. O diagrama que apresenta todas as
pessoas, cargos, relações de subordinação e linhas de comunicação formal de um organização é o(a)
a) hierarquia Administrativa.
b) divisão do trabalho.
c) departamentalização.
d) organograma.
e) fluxograma.

Gabarito: Item D
Comentário:

O organograma é a representação gráfica da estrutura organizacional, no qual, em uma análise vertical, é


possível visualizar níveis hierárquicos, e, em uma análise horizontal, é possível visualizar as unidades
departamentais. Fluxograma é a representação gráfica das etapas de um processo. Hierarquia administrativa,
divisão do trabalho e departamentalização são elementos da estrutura organizacional e não diagramas.

130. (COMVEST - 2017 - UFAM - Assistente Administrativo) A menor unidade de competência integrante da

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

estrutura administrativa de uma organização é:


a) o setor
b) a divisão
c) o cargo
d) o departamento
e) a diretoria

Gabarito: Item C
Comentário:

A ordem da maior para a menor unidade de competência é: empresa, divisão (somente em estruturas
divisionais), diretoria, departamento, setor (opcional) e cargo.

131. (CESGRANRIO - 2017 - UNIRIO - Assistente Administrativo) Uma empresa do setor de serviços
apresenta as seguintes características: suas atividades são realizadas por tempo determinado e para um
propósito definido; as atribuições dos empregados são temporárias; o pessoal designado às tarefas é
realocado a outras atividades quando estas acabam; sua estrutura é simples e flexível e adaptável às
mudanças a cada novo contrato firmado; há unidade de comando.
Com base nessas características, verifica-se que a estrutura dessa empresa é
a) matricial
b) funcional
c) departamental
d) divisional geográfica
e) por projetos

Gabarito: Item E
Comentário:

Se as atividades são temporárias e há um propósito definido, sabemos que há uma estrutura por projetos na
organização, mas esta pode ser matricial, unindo funcional com projetos, ou puramente por projetos. Porém,
quando a questão fala em unidade de comando, a única Gabarito possível é a estrutura por projetos, pois na
estrutura matricial há duplicidade de comando.

132. (AOCP - 2017 - EBSERH - Assistente Administrativo) Na estrutura organizacional das empresas, qual é o
conceito que apresenta a hierarquia à qual todos estão submetidos, segundo princípios de cadeia escalar,
autoridade e comando?
a) Conceito de staff.
b) Conceito de linha.
c) Conceito de setores.
d) Conceito de departamentos.
e) Conceito de horizontalização.

Gabarito: Item B
Comentário:

A hierarquia à qual todos estão submetidos, segundo princípios de cadeia escalar, autoridade e comando, é
representada pelo conceito de linha.

133. (ESAF - 2017 - ANAC - Superior) A respeito do desenho organizacional, julgue as afirmativas a seguir
como verdadeiras
(V) ou falsas (F). Ao final, assinale a opção correta.

I. Em organizações planas, a amplitude de controle é estreita.


II. Em organizações altas, a amplitude de controle é estreita.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

III. Em organizações planas, a amplitude de controle é extensa.


IV. Em organizações altas, a amplitude de controle é extensa.

a) Apenas as afirmativas I e IV são verdadeiras.


b) Apenas as afirmativas II e III são verdadeiras.
c) Apenas a afirmativa I é verdadeira.
d) Apenas a afirmativa II é verdadeira.
e) Todas as afirmativas são verdadeiras.

Gabarito: Item B
Comentário:

Quando a amplitude de controle é estreita: poucos subordinados, funcionários irresponsáveis ou


desmotivados, trabalho complexo, estrutura verticalizada.
Quando a amplitude de controle é larga: muitos subordinados, funcionários responsáveis e motivados,
trabalho simples ou rotineiro, estrutura horizontalizada.

134. (CESPE - 2017 - SEDF - Administrador) Em termos de amplitude administrativa, uma estrutura alta se
refere à amplitude estreita e elevado número de níveis hierárquicos.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Uma estrutura alta quer dizer que há muitos níveis hierárquicos, logo, ela é verticalizada. É uma característica
de uma amplitude estreita.

135. (CS-UFG - 2017 - UFG - Auxiliar Administrativo) Em uma organização, um chefe deve supervisionar
pessoalmente sua equipe, agindo de maneira efetiva e adequada, observando o número limite de
subordinados. Essa prática é denominada:

a) amplitude de controle.
b) coordenação.
c) unidade de comando.
d) delegação.

Gabarito: Item A
Comentário:

A quantidade de subordinados que um chefe supervisiona corresponde à amplitude de controle.

136. (AOCP - 2017 - EBSERH - Assistente Administrativo) Quais são os conceitos fundamentais do processo
de atribuição de autoridade e que podem ser observados na figura a seguir?

a) Estratégia e fator humano.


b) Hierarquia e amplitude de controle.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

c) Formalização e estruturação de cargos.


d) Complexidade e estabilidade ambiental.
e) Políticas e avaliação de desempenho.

Gabarito: Item B
Comentário:

A figura representa uma parte do organograma. O que é possível visualizar é a hierarquia e a amplitude de
controle, pois é possível ver que o coordenador de pesquisa é superior em hierarquia aos pesquisadores,
analistas e redatores e é responsável pelo seu comando.

137. (IBGE - 2017 - PREF. DE RESENDE-RJ - Administrador) Acerca dos conceitos de amplitude administrativa,
também denominada amplitude de controle ou amplitude de comando, analise as assertivas abaixo e
assinale a alternativa correta:

I – A amplitude de controle menor é mais adequada para trabalhos rotineiros e previsíveis do que
amplitude de controle maior.
II – A amplitude de controle maior é mais adequada para trabalhos com necessidade de criatividade e
inovação.
III – A amplitude de controle maior é indicada para trabalhos que necessitem de supervisão e orientação
frequente.
IV – A amplitude de controle menor tem um custo administrativo menor, se comparada a uma amplitude
de controle maior.
V – A amplitude de controle menor implica na utilização de sistemas de apoio e suporte consistentes e
precisos, indispensáveis para a execução das atividades.

a) Todas as assertivas estão incorretas.


b) Todas as assertivas estão corretas.
c) Apenas as assertivas III e IV estão corretas.
d) As assertivas II e IV estão incorretas.
e) Apenas a assertiva I está correta.

Gabarito: Item A
Comentário:

Quando a amplitude de controle é estreita: poucos subordinados, mais chefes, maior custo, funcionários
irresponsáveis ou desmotivados, trabalho complexo, estrutura verticalizada.
Quando a amplitude de controle é larga: muitos subordinados, poucos chefes, menor custo, funcionários
responsáveis e motivados, trabalho simples ou rotineiro, estrutura horizontalizada.
I – A amplitude de controle menor é mais adequada para trabalhos rotineiros e previsíveis do que
amplitude de controle maior.
Falso. Se o trabalho é rotineiro e de baixa complexidade, é possível ter mais subordinados.
II – A amplitude de controle maior é mais adequada para trabalhos com necessidade de criatividade e
inovação.
Falso. Trabalhos que necessitam de criatividade e inovação necessitam de muita supervisão, portanto a
amplitude de controle deve ser estreita.
III – A amplitude de controle maior é indicada para trabalhos que necessitem de supervisão e orientação
frequente.
Falso. A amplitude de controle maior é indicada para trabalhos que necessitem de pouca supervisão e
orientação.
IV – A amplitude de controle menor tem um custo administrativo menor, se comparada a uma amplitude
de controle maior.
Falso. A amplitude de controle menor tem maior custo administrativo, pois é necessária uma maior
quantidade de chefes.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

V – A amplitude de controle menor implica na utilização de sistemas de apoio e suporte consistentes e


precisos, indispensáveis para a execução das atividades.
Falso. Se a amplitude de controle é menor, o chefe está próximo do funcionário, logo, não é necessário um
sistema de apoio e suporte consistentes e precisos.

138. (FUNRIO - 2017 - IF-PA - Auxiliar Administrativo) A amplitude administrativa representa o número de
empregados que se devem reportar a um administrador, ou seja, o quanto um administrador deve monitorar
estreitamente seus subordinados. Dessa forma, é correto afirmar que as organizações achatadas e
horizontalizadas possuem, dentre outras, a seguinte característica:

a) inúmeros níveis administrativos.


b) hierarquia alta.
c) base afastada do topo da organização.
d) comunicação lenta e com distorções.
e) níveis mais baixos próximos da cúpula.

Gabarito: Item E
Comentário:

Se a estrutura é achada, existem poucos níveis administrativos, hierarquia baixa, base próxima do topo da
organização, comunicação rápida e com poucas distorções e níveis mais baixos próximos da cúpula.

139. (IDECAN- 2016 - CÂMARA ARACRUZ-ES - Assistente Administrativo) Como é chamado o número de
subordinados de um chefe com autoridade de linha, conceito também conhecido como alcance de controle,
cuja expressão origina-se da tradução literal do inglês span of control?
a) Self-coaching.
b) Parametrização.
c) Controle estratégico.
d) Amplitude de supervisão.

Gabarito: Item D
Comentário:

O número de subordinados de um chefe é a amplitude de controle, também chamada de amplitude de


supervisão ou amplitude administrativa.

140. (FCC- 2017 - TRT-AM - Analista) As características estruturais se relacionam com o formato básico e com
a aparência da hierarquia de uma organização. O formato de uma hierarquia é determinado por sua
verticalização, sua amplitude de controle e
a) seu tipo de departamentalização.
b) seus objetivos comerciais.
c) seu número de servidores.
d) seu estilo de liderança.
e) seu formato comunicativo.

Gabarito: Item A
Comentário:

Características estruturais: verticalização, amplitude de controle e departamentalização.

141. (IBFC - 2017 - EBSERH - Analista Administrativo) A Organização linear de uma empresa se baseia nos
princípios relacionados abaixo, exceto o que está na alternativa:
a) Unidade de comando

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

b) Unidade de direção
c) Universalização direcional
d) Centralização da autoridade
e) Cadeia escalar

Gabarito: Item C
Comentário:

Não existe universalização direcional.

142. (QUADRIX - 2016 - CRO-PR - Auxiliar) Pode-se considerar as mudanças planejadas na estrutura
organizacional como um dos meios mais eficazes para melhorar o desempenho do sistema empresarial.
Qualquer empresa possui dois tipos de estrutura: a formal e a informal. Leia as seguintes informações,
identificando a qual tipo pertencem.

I. Objeto de grande parte de estudo das organizações empresariais, é deliberadamente planejada e


representada, em alguns de seus aspectos, pelo organograma.
II. Dá ênfase a posições em termos de autoridades e responsabilidades.
III. Uma de suas principais vantagens é proporcionar maior rapidez no processo decisório.
IV. Uma de suas principais desvantagens é provocar desconhecimento da realidade empresarial pelas
chefias.

A sequência correta está na alternativa:


a) formal; informal; informal; informal.
b) formal; formal; informal; informal.
c) formal; informal; informal; formal.
d) formal; informal; formal; informal.
e) informal; formal; informal; formal.

Gabarito: Item B
Comentário:

I. Objeto de grande parte de estudo das organizações empresariais, é deliberadamente planejada e


representada, em alguns de seus aspectos, pelo organograma.
Estrutura formal, pois é deliberadamente planejada e representada.
II. Dá ênfase a posições em termos de autoridades e responsabilidades.
Estrutura formal, pois é aquela que apresenta autoridades e responsabilidades.
III. Uma de suas principais vantagens é proporcionar maior rapidez no processo decisório.
Estrutura informal, pois é mais rápida por dispensar procedimentos formais.
IV. Uma de suas principais desvantagens é provocar desconhecimento da realidade empresarial pelas chefias.
Estrutura informal, pois, por não ser planejada e monitorada, provoca desconhecimento para as chefias.

143. (AOCP - 2017 - EBSERH - Assistente Administrativo) Referente ao conceito de empowerment, assinale a
alternativa correta.
a) É a arte de promover o feedback.
b) É a liderança autocrática.
c) É o taylorismo.
d) É o downsizing.
e) É a descentralização de poderes.

Gabarito: Item E
Comentário:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

“Empowerment”ou emponderamento é dar mais autonomia e mais poder ao subordinado.

144. (COPESE – 2017 – UFT – Administrador) Leia a afirmativa a seguir e assinale a alternativa que completa
CORRETAMENTE a frase. Na departamentalização, a descentralização é uma vantagem porque:
a) as decisões são tomadas pela alta administração que possui visão global da empresa.
b) aumenta a eficiência e a motivação, aproveitando melhor o tempo e aptidão dos colaboradores.
c) as decisões são mais consistentes com os objetivos empresariais globais.
d) elimina esforços duplicados de vários tomadores de decisão e reduz custos operacionais.

Gabarito: Item B
Comentário:

a) as decisões são tomadas pela alta administração que possui visão global da empresa.
Falso. Refere-se à centralização.
b) aumenta a eficiência e a motivação, aproveitando melhor o tempo e aptidão dos colaboradores.
Verdadeiro. É vantagem da descentralização.
c) as decisões são mais consistentes com os objetivos empresariais globais.
Falso. É vantagem da centralização.
d) elimina esforços duplicados de vários tomadores de decisão e reduz custos operacionais.
Falso. É vantagem da centralização.

145. (IESES - 2017 - CEGÁS - Assistente Administrativo) São consideradas desvantagens da Descentralização,
EXCETO:
a) Maior custo em virtude da maior exigência na seleção e treinamento de administradores de nível
médio.
b) As decisões são tomadas na cúpula por pessoas que estão distanciadas dos fatos e das circunstâncias.
c) As políticas podem variar enormemente entre os diversos departamentos.
d) Há o risco dos administradores se importarem mais com os objetivos departamentais do que com os
organizacionais.

Gabarito: Item B
Comentário:

a) Maior custo em virtude da maior exigência na seleção e treinamento de administradores de nível


médio.
Verdadeiro. Desvantagem da descentralização. Para descentralizar o poder de decisão é preciso treinar os
administradores dos níveis inferiores.
b) As decisões são tomadas na cúpula por pessoas que estão distanciadas dos fatos e das circunstâncias.
Falso. Desvantagem da centralização.
c) As políticas podem variar enormemente entre os diversos departamentos.
Verdadeiro. Se várias pessoas tomam decisões, pode haver variação entre as políticas.
d) Há o risco dos administradores se importarem mais com os objetivos departamentais do que com os
organizacionais.
Verdadeiro. Se cada departamento tem o poder de decidir, eles podem procurar tomar decisões mais
favoráveis para o seu departamento em lugar de pensar na empresa como um todo.

146. (FCC - 2016 - TRT-MT - Superior) Ligada à centralização e descentralização de atividades em


organizações, a margem ou amplitude de controle refere-se ao número de
a) tarefas que podem ser delegadas a um subordinado.
b) atividades que um funcionário pode assumir sem perder o foco de produção.
c) níveis hierárquicos de uma organização.
d) subordinados que um gerente consegue dirigir com eficácia e eficiência.
e) decisões que um gerente tem condições de tomar.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito: Item D
Comentário:

Amplitude de controle refere-se ao número de subordinados que um chefe pode orientar.

147. (CESPE - 2017 - SEDF - Superior) A centralização constitui um dos princípios fundamentais da
administração pública burocrática clássica; a descentralização, por sua vez, constitui elemento básico para
um modelo de administração pública gerencial.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

É característica da administração burocrática a desconfiança total, logo, tinha como princípio a centralização.
Já a administração gerencial quer que as decisões estejam mais próximas do cidadão e que sejam mais rápidas,
logo, ela descentraliza.

148. (COMVEST - 2016 - UFAM - Assistente Administrativo) O ato pelo qual uma autoridade superior confere
a outra autoridade de nível hierárquico mais baixo uma autoridade específica para a execução de certa tarefa
é
a) descentralização
b) desconcentração
c) deliberação
d) delegação
e) desafetação

Gabarito: Item D
Comentário:

Delegação consiste em transferir a um subordinado a autoridade e a responsabilidade para executar


determinada tarefa. Descentralizar consiste em delegar para várias pessoas, logo, descentralização e
delegação não são sinônimos. Lembrando que, em administração, descentralização e desconcentração podem
ser sinônimos, ao contrário do que ocorre no Direito Administrativo. Porém, a expressão consolidada entre os
autores é descentralização.

149. (IF-CE - 2016 - IF-CE - Tecnólogo) Agrupamento das decisões no topo da organização (nível institucional),
com rara ou nenhuma delegação para o nível intermediário. Este é o procedimento adotado pela
a) centralização.
b) diferenciação.
c) descentralização.
d) formalização.
e) integração

Gabarito: Item A
Comentário:

O agrupamento de decisões no topo da organização é chamado centralização.

150. (FUNIVERSA - 2016 - IF-AP - Administrador) Assinale a alternativa que apresenta uma das vantagens
proporcionadas pela descentralização do processo decisório.
a) atendimento dos requisitos legais ou regulatórios
b) uniformização em nível local das decisões tomadas
c) controle das influências interdepartamentais

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

d) agilidade do processo decisório


e) economias de escala

Gabarito: Item D
Comentário:

a) atendimento dos requisitos legais ou regulatórios


Falso. Associado à centralização.
b) uniformização em nível local das decisões tomadas
Falso. Associado à centralização.
c) controle das influências interdepartamentais
Falso. Associado à centralização.
d) agilidade do processo decisório
Verdadeiro. As decisões estão próximas da ação..
e) economias de escala
Falso. Vantagem da centralização.

QUESTÕES 151 A 204 – DIREÇÃO

151. (SUGEP - 2016 - UFRPE - Assistente Administrativo) A motivação para o trabalho é resultante de uma
interação complexa entre os motivos internos (MI) e os motivos externos (ME). Coloque, nos parênteses
abaixo, MI para os motivos internos e ME para os motivos externos.

( ) Necessidades
( ) Incentivos
( ) Estímulos
( ) Aptidões
( ) Valores

A sequência correta, de cima para baixo, é:

a) ME, MI, ME, MI, ME.


b) ME, MI, ME, ME, MI.
c) MI, ME, ME, MI, MI.
d) MI, ME, MI, MI, ME.
e) MI, ME, MI, ME, MI.

Gabarito: Item C
Comentário:

Incentivos e estímulos são fornecidos pelo ambiente no qual a pessoa está inserida, logo, são motivos
externos. Já necessidades, aptidões e valores não são fornecidos por ninguém, pois partem da própria pessoa.
Logo, são motivos internos.

152. (SUGEP - 2016 - UFRPE - Assistente Administrativo) De acordo com Maslow, as necessidades humanas são
divididas em categorias de necessidades:

a) de autorrealização, de estima, sociais, de segurança e básicas.


b) de autorrealização, de estima, de segurança e afetivas.
c) de segurança, básicas, de estima e sociais.
d) sociais, afetivas e psicológicas.
e) básicas, sociais e afetivas.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito: Item A
Comentário:

A Pirâmide de Maslow representa uma hierarquia entre as cinco necessidades definidas pelo teórico, sendo
elas da base para o topo: básicas ou fisiológicas, de segurança, sociais, de estima e de autorrealização. A
necessidade de autorrealização também pode ser chamada de Constante de Maslow, pois é a única
necessidade que nunca é plenamente satisfeita. Vale ressaltar que há também a divisão das necessidades em
duas categorias, sendo elas: básicas ou primárias, englobando necessidades fisiológicas e de segurança, e
complexas ou secundárias, englobando as demais. Logo, quando se fala em necessidades básicas, a questão
pode estar se referindo somente às necessidades fisiológicas, sendo expressões sinônimas, ou para o conjunto
de necessidades fisiológicas e de segurança.

153. (SUGEP - 2016 - UFRPE - Assistente Administrativo) A principal característica de uma equipe de trabalho
eficaz é o(a):

a) conhecimento.
b) comunicação.
c) organização.
d) criatividade.
e) sinergia.

Gabarito: Item E
Comentário:

Todos os itens representam características necessárias para uma equipe ser eficaz, porém a PRINCIPAL
característica para uma equipe ser eficaz é a sinergia, pois sem a devida integração e senso de coletividade não
há como existir uma equipe.

154. (SUGEP - 2016 - UFRPE - Assistente Administrativo) Há modelos de liderança que focalizam não a forma
como as decisões são tomadas, mas o tipo de recompensa que o líder oferece. Tais modelos são chamados de
liderança:

1) transacional.
2) democrática.
3) carismática.
4) situacional.
5) consultiva.

Estão corretas, apenas:

a) 1, 2 e 3.
b) 1 e 3.
c) 1, 4 e 5.
d) 2, 3 e 5.
e) 3 e 4.

Gabarito: Item B
Comentário:

As recompensas oferecidas pelo líder podem ser materiais ou social, logo, os modelos de liderança baseados
em recompensa são: transacional, na qual a recompensa na maioria das vezes é material, e carismática, na
qual a recompensa é social.

155. (SUGEP - 2016 - UFRPE - Administrador) Os denominados fatores motivacionais podem ser classificados,

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

de acordo com a Teoria Bifatorial, desenvolvida por Herzberg, em:

a) punição e recompensa.
b) fatores de higiene (extrínsecos) e fatores de motivação (intrínsecos).
c) financeiros e sociais.
d) reforço positivo e desestímulo a práticas indesejadas.
e) Compensação (fator de indução) e reconhecimento (fator de reforço).

Gabarito: Item B
Comentário:

O teórico Frederick Herzberg desenvolveu a Teoria Bifatorial, na qual os fatores motivacionais podem ser
classificados em fatores de higiene, também chamados de extrínsecos, exógenos ou de manutenção, e de
motivação ou motivacionais, também chamados de intrínsecos ou endógenos.

156. (FCC - 2016 - Copergás - Administrador) A literatura aponta entre as teorias sobre liderança a
denominada Teoria do Grid (ou grade) Gerencial, segundo a qual o gestor orienta a ação para dois aspectos
essenciais:

a) ênfase na produção e ênfase nas pessoas.


b) programa de incentivos e rol de punições.
c) alinhamento de objetivos e atingimento de metas.
d) colaboração e comprometimento com resultados.
e) foco no processo e visão de futuro.

Gabarito: Item A
Comentário:

A Teoria do Grid Gerencial de Blake e Mouton orienta a ação de acordo com a produção e com as pessoas.
Como sinônimos de produção, podem ocorrer expressões como: qualidade, trabalho, tarefa, resultados. Como
sinônimos de pessoas, podem ocorrer expressões como: motivação ou relacionamento.

157. (AOCP - 2015 - FUNDASUS - Assistente Administrativo) Dada a importância da qualidade das relações
interpessoais entre papéis nas organizações, é crucial que se disponha de uma estrutura por meio da qual a
qualidade dessas relações possa ser avaliada e melhorada. Qual é a estrutura que é definida como uma
teoria de intercâmbio social que descreve o processo pelo qual as pessoas definem se receberam tratamento
justo em suas relações?

a) Teoria da interdependência.
b) Teoria do tratamento interpessoal.
c) Teoria do comprometimento.
d) Teoria da socialização.
e) Teoria da equidade.

Gabarito: Item E
Comentário:

A teoria que fala em um intercâmbio social e em tratamento justo é a Teoria da Equidade de Stay Adams.

158.(CESPE - 2015 – TCU – TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO) O desempenho de qualquer papel gerencial, seja
na alta administração, seja nas gerências intermediária e operacional, depende de habilidades conceituais,
humanas e técnicas, sendo as habilidades técnicas as mais requeridas daqueles que ocupam cargos de alto

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

nível hierárquico.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso
Gabarito: Falso
Comentário:

As habilidades mais requeridas por aqueles que ocupam cargos de alto nível hierárquico são as habilidades
conceituais. As habilidades técnicas são mais requeridas pelos ocupantes do nível operacional. Quanto aos
ocupantes de cargos do nível tático, há divergências entre os autores, podendo ser as habilidades humanas ou
o equilíbrio entre as habilidades conceituais, humanas e técnicas.

159. (2013-CESPE-BACEN – TÉC SUPORTE ADM) O estilo de liderança autocrático, que enfoca as relações
humanas em detrimento da produção e permite a participação das pessoas na tomada de decisões, é próprio
de empresas em que há pessoas mais qualificadas que necessitam de precisão nas tarefas executadas.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

O estilo de liderança que enfoca as relações humanas em detrimento da produção e permite a participação
das pessoas na tomada de decisões é o líder democrático. Na liderança autocrática, o líder fixa as diretrizes
sem a participação do grupo.

160. (2013-CESPE-BACEN – TÉC SUPORTE ADM) A indefinição de atribuições, a falta de tolerância e a liderança
democrática são fatores que interferem negativamente no trabalho em equipe.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

A indefinição de atribuições e a falta de tolerância são fatores que interferem negativamente no trabalho em
equipe, porém a liderança democrática não. A liderança democrática permite a participação das pessoas nas
tomadas de decisões, tornando-as mais motivadas.

161. (2013-CESPE-TCE-RO-AGENTE ADM) De acordo com a teoria dos dois fatores, conforme proposta por
Herzberg, os fatores motivacionais intrínsecos, relacionados ao próprio trabalho, produzem satisfação e os
fatores extrínsecos, relacionadas com as condições de trabalho, apenas reduzem a insatisfação.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

De acordo com a Teoria Bifatorial de Herzberg, os fatores higiênicos ou extrínsecos estão relacionados com o
ambiente e com as condições do trabalho e apenas previnem a insatisfação. Já os fatores motivacionais ou
intrínsecos estão relacionados ao conteúdo do cargo, ao próprio trabalho, sendo capazes de gerar satisfação.

162. (2015-MSGAS –MSGAS – TÉC. ADM) A liderança pode ser definida como a capacidade de influenciar
pessoas para o alcance de objetivos. Os estilos de liderança podem ser Autoritário, Democrático ou Liberal.
Identifique a afirmação que melhor representa um líder Democrático:

a) Interage com a equipe de trabalho, estimulando, delegando e apoiando cada membro no alcance dos
objetivos da equipe.
b) Reúne os membros da equipe, define as atribuições e responsabilidades de cada membro e cobra
resultados.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

c) Define as metas e os objetivos e deixa a equipe decidir e resolver todos os problemas.


d) Interage com a equipe de trabalho e toma todas as decisões de forma centralizada.

Gabarito: Item A
Comentário:

a) Interage com a equipe de trabalho, estimulando, delegando e apoiando cada membro no alcance dos
objetivos da equipe.
Verdadeiro. Corresponde às características do líder democrático.
b) Reúne os membros da equipe, define as atribuições e responsabilidades de cada membro e cobra
resultados.
Falso. Quem cobra resultados é o líder autocrático, pois o líder democrático acompanha e auxilia.
c) Define as metas e os objetivos e deixa a equipe decidir e resolver todos os problemas.
Falso. O líder democrático apenas permite a participação da equipe na tomada de decisão, mas não deixa a
equipe decidir e resolver todos os problemas.
d) Interage com a equipe de trabalho e toma todas as decisões de forma centralizada.
Falso. O líder democrático não toma todas as decisões de forma centralizada, pois ele permite a participação
da equipe.

163. (2015-IF-PB –IF-PB – AUX. ADM) Quanto ao conceito de motivação, é CORRETO afirmar:

a) É proporcionar um motivo a uma pessoa, estimulando-a a agir de maneira desejada.


b) É retirar do trabalhador todo e qualquer estímulo.
c) É proporcionar motivos infinitos às pessoas, estimulando-as a agir sempre de maneira desejada no
ambiente de trabalho.
d) É a ausência do que fazer bem feito, levando as pessoas a praticarem ações desconexas de sua real
função no trabalho.
e) É ignorar a existência de problemas na ação dos colaboradores no ambiente organizacional.

Gabarito: Item A
Comentário:

Motivar é influenciar, estimular, incentivar, direcionar as atitudes de uma pessoa.

164. (2015-IF-PB –IF-PB – AUX. ADM) “A liderança é um meio de______". Marque a alternativa que completa
CORRETAMENTE esta afirmativa.

a) controle
b) produtividade
c) direção
d) planejamento
e) organização

Gabarito: Item C
Comentário:

A função direção é composta pela coordenação e pela liderança, que são formas de estimular e direcionar as
atitudes das pessoas. Logo, pode-se dizer que liderar é uma forma de direcionar as pessoas.

165. (2015-IF-PB –IF-PB – AUX. ADM) São considerados os três diferentes estilos clássicos de liderança:

a) tecnológico, demagogo e comportamental.


b) militar, submisso e pseudocrático.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

c) manipulador, impassível e flexível.


d) laissez-faire, autocrático e democrático.
e) metódico, situacional e sugestivo.

Gabarito: Item D
Comentário:

Os três estilos clássicos de liderança são: autocrático, democrático e liberal. O estilo liberal também é chamado
de laissez-faire.

166. (CESGRANRIO - 2015 - LIQUIGÁS - Profissional Júnior) Um funcionário de uma empresa procurou o
departamento de pessoal para informar que se encontra altamente insatisfeito. Ele alegou, principalmente,
não serem atendidos pela organização os fatores higiênicos, segundo a teoria de Hertzberg. Nesse sentido, o
fator que o funcionário indica refere-se à (ao):

a) realização pessoal
b) responsabilidade condizente com a tarefa
c) oportunidade de crescimento
d) remuneração adequada ao Mercado

Gabarito: Item D
Comentário:

O teórico Frederick Herzberg desenvolveu a Teoria Bifatorial, na qual os fatores motivacionais podem ser
classificados em fatores de higiene, também chamados de extrínsecos, exógenos ou de manutenção, e de
motivação ou motivacionais, também chamados de intrínsecos ou endógenos. A presença de fatores
motivacionais provoca a satisfação e a presença dos fatores higiênicos apenas previne a insatisfação. Se o
funcionário afirma estar insatisfeito, significa que algum fator higiênico não está sendo atendido, como a
questão informa. Dentre os itens, o único que exemplifica um fator higiênico é o item D, remuneração
adequada, pois, regra geral, remuneração não motiva. Realização pessoal, responsabilidade condizente com
a tarefa e oportunidade de crescimento são fatores motivacionais, pois são relacionados ao conteúdo do
cargo e intrínsecos.

167. (IF-SUL - 2014 - IF-SUL - Administrador) McGregor, na década de 1950, enunciou dois conjuntos de
proposições e premissas a respeito do homem na organização, os quais denominou Teoria X e Teoria Y. Essas
teorias englobam estilos opostos e antagônicos de administrar (CARAVANTES, 2008). De acordo com
MCGregor,

a) Na Teoria X as pessoas evitam a responsabilidade, a fim de se sentirem mais seguras, e precisam ser
controladas e dirigidas.
b) Na Teoria X as pessoas são esforçadas e gostam de ter responsabilidade.
c) Na Teoria Y as pessoas são ingênuas e sem iniciativas.
d) Na Teoria Y o ser humano médio é, por natureza, avesso ao trabalho.

Gabarito: Item A
Comentário:
a) Na Teoria X as pessoas evitam a responsabilidade, a fim de se sentirem mais seguras, e precisam ser
controladas e dirigidas.
Verdadeiro. Na teoria X, as pessoas são naturalmente preguiçosas e evitam desafios, de forma que precisam
ser controladas e dirigidas.
b) Na Teoria X as pessoas são esforçadas e gostam de ter responsabilidade.
Falso. Na teoria Y as pessoas são esforçadas e gostam de ter responsabilidade.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

c) Na Teoria Y as pessoas são ingênuas e sem iniciativas.


Falso. Na Teoria X as pessoas são ingênuas e sem iniciativas.
d) Na Teoria Y o ser humano médio é, por natureza, avesso ao trabalho.
Falso. Na Teoria Y o ser humano médio é, por natureza, avesso ao trabalho.

168. (FMP-RS - 2013 - MPE-AC - Administrador) Sobre as “Teorias X e Y" de Douglas McGregor, pode-se dizer que:

I – na Teoria X os executivos não confiam em seus subordinados, acreditando que os empregados não fazem um
bom trabalho, a não ser que sejam controlados de forma taylorista.
II – tanto na Teoria X como na Teoria Y executivos e subordinados estabelecem rotinas de controle mútuo
baseadas, principalmente, na ideologia organizacional hegemônica.
III – na Teoria Y a confiança dos executivos em seus trabalhadores é a grande responsável pelas metas e tarefas
mais globais, e não existem sistemas de controle e supervisão cerrados.

As alternativas corretas são:

a) somente I e II.
b) somente I e III.
c) somente II e III.
d) I, II e III.
e) somente II.

Gabarito: Item B
Comentário:

I – na Teoria X os executivos não confiam em seus subordinados, acreditando que os empregados não fazem um
bom trabalho, a não ser que sejam controlados de forma taylorista.
Verdadeiro. A Teoria X afirma que as pessoas são naturalmente indolentes e preguiçosas, logo, os líderes
precisam controla-las e dirigi-las, adotando formas autocráticas de liderança.
II – tanto na Teoria X como na Teoria Y executivos e subordinados estabelecem rotinas de controle mútuo
baseadas, principalmente, na ideologia organizacional hegemônica.
Falso. Não se fala em controle mútuo na Teoria X, apenas os subordinados são controlados pelos executivos.
III – na Teoria Y a confiança dos executivos em seus trabalhadores é a grande responsável pelas metas e tarefas
mais globais, e não existem sistemas de controle e supervisão cerrados.
Verdadeiro. Na Teoria Y, as pessoas são naturalmente esforçadas e gostam de trabalhar, logo, os chefes
confiam nos subordinados, não sendo necessários sistemas de controle e supervisão cerrados.

169. (AOCP - 2013 - Colégio Pedro II - Administrador) Dentre as teorias motivacionais, Douglas McGregor
desenvolveu Teoria X - Teoria Y com base em suposições a respeito da natureza humana e da motivação do
homem. Essa abordagem motivacional apresenta premissas específicas.

Nas afirmações a seguir, assinale número (1) para as premissas relacionadas com a Teoria X e número (2) para
as premissas relacionadas com a Teoria Y e assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.

( ) Despender esforço físico e mental no trabalho é tão natural quanto o lazer e o repouso.
( ) A maioria das pessoas deve ser coagida, controlada, dirigida ou ameaçada de punição para que se empenhe
rumo à consecução dos objetivos organizacionais.
( ) Na média, os seres humanos desejam evitar responsabilidade, possuem relativamente pouca ambição e,
sobretudo, querem segurança.
( ) As pessoas praticarão o autocomando e o autocontrole a serviço de objetivos com os quais se sentirem

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

envolvidas.
( ) Imaginação, inventividade, criatividade e capacidade para usar essas qualidades na solução de problemas
organizacionais são amplamente distribuídas entre as pessoas.
( ) A dedicação a objetivos é uma função das recompensas associadas à sua consecução.

a) 1 – 2 – 2 – 1 – 1 – 1.
b) 2 – 1 – 1 – 2 – 2 – 2.
c) 1 – 2 – 1 – 1 – 2 – 2.
d) 2 – 2 – 1 – 1 – 2 – 2.
e) 2 – 1 – 1 – 2 – 2 – 1.

Gabarito: Item B
Comentário:

A Teoria X afirma que as pessoas são naturalmente preguiçosas e indolentes, avessas ao trabalho. Logo,
precisam ser dirigidas e controladas acirradamente. Na Teoria Y, o trabalho é algo natural para as pessoas, que
gostam de desafios e de assumir responsabilidade. Logo, não precisam ser controladas e supervisionadas
acirradamente. Somente na Teoria Y as pessoas se dedicam mais a seus objetivos em função das recompensas,
pois na Teoria X, mesmo com recompensas, as pessoas tendem a ser preguiçosas. Como exemplo, podemos
citar o servidor público com salário altíssimo, mas que executa um serviço medíocre, pois o seu perfil é de uma
pessoa da Teoria X.

170. (FGV - 2015 - DPE-MT - Administrador) Douglas McGregor foi um autor behaviorista que se preocupou em
comparar dois estilos distintos de administrar, aos quais deu o nome de Teoria X e Teoria Y, e que levavam
em consideração o comportamento humano nas organizações.
Nesse sentido, analise as afirmativas a seguir.

I. O ser humano da Teoria X é indolente e egocêntrico. Falta-lhe ambição e trabalha o mínimo possível.
II. O ser humano da Teoria Y é naturalmente resistente às mudanças, mas tem potencial para assumir desafios.
III. Em ambos os casos (Teoria X e Teoria Y) o desempenho do ser humano varia em função dos incentivos
financeiros.

Assinale:

a) se somente a afirmativa I estiver correta.


b) se somente a afirmativa II estiver correta.
c) se somente a afirmativa III estiver correta.
d) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

Gabarito: Item A
Comentário:

I. O ser humano da Teoria X é indolente e egocêntrico. Falta-lhe ambição e trabalha o mínimo possível.
Verdadeiro. Corresponde ao pensamento da Teoria X.
II. O ser humano da Teoria Y é naturalmente resistente às mudanças, mas tem potencial para assumir desafios.
Falso. Característica da Teoria X.
III. Em ambos os casos (Teoria X e Teoria Y) o desempenho do ser humano varia em função dos incentivos
financeiros.
Falso. Apenas pessoas da Teoria Y podem ser motivadas em função dos incentivos financeiros, pois na Teoria
X, mesmo com recompensas, as pessoas tendem a ser preguiçosas. Como exemplo, podemos citar o servidor
público com salário altíssimo, mas que executa um serviço medíocre, pois o seu perfil é de uma pessoa da
Teoria X.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

171. (CCV - 2015 - UFC - Administrador) Frederick Herzberg propôs que as necessidades humanas:

a) estão agrupadas em Sistemas Sociais.


b) podem ser hierarquizadas em forma de pirâmide.
c) se dividem segundo dois fatores: higiênicos e motivacionais.
d) podem ser abordadas através de teorias antagônicas: Teoria X e Teoria Y.
e) possuem uma carga vertical (de profundidade) e uma carga horizontal (de amplitude).

Gabarito: Item C
Comentário:
O teórico Frederick Herzberg desenvolveu a Teoria Bifatorial, na qual os fatores motivacionais podem ser
classificados em fatores de higiene, também chamados de extrínsecos, exógenos ou de manutenção, e de
motivação ou motivacionais, também chamados de intrínsecos ou endógenos.

172. (FGV - 2014 - SEFAZ-MT - Auditor Fiscal) O conceito de poder no ambiente organizacional é um dos mais
amplamente discutidos e apresenta diversas tipificações. Uma das tipificações é a decorrente da posição
hierárquica detida, ou seja, da posse de autoridade formal.
A respeito do tipo de poder descrito, é correto afirmar que está relacionado ao conceito de poder

a) coercitivo.
b) legítimo
c) de recompensa.
d) carismático.
e) de competência.

Gabarito: Item B
Comentário:

O poder decorrente da posição hierárquica é chamado de poder legítimo.

173. (IBFC- 2013 - HEMOMINAS - Administrador) Considerando os estilos de liderança, um estilo que se caracteriza
pelo trabalho em conjunto ou participativo, sendo permitido ao grupo efetuar sugestões e participar nas
decisões, ao mesmo tempo em que a autoridade é exercida com subordinado, resultando em obediência
aprovada é denominado:

a) Liberal.
b) Autocrático.
c) Democrático.
d) Coercitivo.

Gabarito: Item C
Comentário:

Temos 3 estilos clássicos de liderança: autocrático, democrático e liberal. A liderança caracterizada pelo
trabalho participativo, no qual o líder aceita as sugestões do grupo e permita que participem das decisões, mas
sempre exercendo a sua autoridade na decisão final, é a liderança democrática.

174. (TJ-PR - 2013 - TJ-PR - Administrador) Sobre autoridade e poder nas organizações, é correto afirmar:

a) A autoridade refere-se à capacidade do indivíduo de influenciar os demais, independentemente de seu cargo


na hierarquia

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

b) Poder é determinado pelo nível hierárquico do indivíduo na organização e decorre de uma situação de
direito.
c) O poder pode vir de diferentes áreas e, de acordo com a sua base, pode se classificar em coercitivo, de
recompensa, legítimo, de especialização e de referência.
d) Para exercer poder dentro de uma organização, é preciso ter autoridade explicitada no cargo.

Gabarito: Item C
Comentário:

a) A autoridade refere-se à capacidade do indivíduo de influenciar os demais, independentemente de seu cargo


na hierarquia
Falso. A autoridade depende de cargo na hierarquia.
b) Poder é determinado pelo nível hierárquico do indivíduo na organização e decorre de uma situação de
direito.
Falso. Apenas o poder legítimo é determinado pelo nível hierárquico e decorre de uma situação de direito.
c) O poder pode vir de diferentes áreas e, de acordo com a sua base, pode se classificar em coercitivo, de
recompensa, legítimo, de especialização e de referência.
Verdadeiro. Corresponde corretamente às características e aos tipos de poder.
d) Para exercer poder dentro de uma organização, é preciso ter autoridade explicitada no cargo.
Falso. Somente para o poder legítimo é preciso ter autoridade explicitada no cargo.

175. (FCC - 2015 - TER-PB - Analista Administrativo) A palavra motivação refere-se ao impulso que leva à ação,
seja ele interno ou externo. Nesse sentido, em um ambiente de trabalho, pode-se identificar a motivação
intrínseca dos colaboradores, bem como a motivação extrínseca, sendo esta última gerada, na maioria dos
casos, por processos de:

a) identificação das necessidades individuais e do grupo.


b) interação e reconhecimento.
c) reforço e punição.
d) avaliação e capacitação.
e) mapeamento e neutralização de comportamentos adversos.

Gabarito: Item C
Comentário:

A motivação extrínseca é gerada, na maioria dos casos, por reforço e punição, que são reforços positivos ou
negativos externos ao indivíduo. Utiliza-se o reforço para promover a ocorrência de determinado
comportamento e utiliza-se a punição quando se deseja inibir determinado comportamento.

176. (CAIP-IMES - 2015 - Cons. Intermunicipal ABC - Gestor público) A hierarquia de necessidades de Abraham
Maslow é uma teoria clássica de motivação, composta pelas necessidades:

a) fisiológica, social, e autoconfiança apenas.


b) social, segurança e estima apenas.
c) fisiológica, segurança, social, estima e autorrealização.
d) segurança, autoconfiança e autorrealização apenas.

Gabarito: Item C
Comentário:

A Pirâmide de Maslow representa uma hierarquia entre as cinco necessidades definidas pelo teórico, sendo
elas da base para o topo: básicas ou fisiológicas, de segurança, sociais, de estima e de autorrealização. A

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

necessidade de autorrealização também pode ser chamada de Constante de Maslow, pois é a única
necessidade que nunca é plenamente satisfeita. Vale ressaltar que há também a divisão das necessidades em
duas categorias, sendo elas: básicas ou primárias, englobando necessidades fisiológicas e de segurança, e
complexas ou secundárias, englobando as demais. Logo, quando se fala em necessidades básicas, a questão
pode estar se referindo somente às necessidades fisiológicas, sendo expressões sinônimas, ou para o conjunto
de necessidades fisiológicas e de segurança.

177. (MOURA MELO - 2015 - ARSEP - Analista) De acordo com a "Teoria dos Dois Fatores", de Herzberg, o
conteúdo e o contexto de um cargo geram a motivação para trabalhar em uma empresa. Levando-se em
conta apenas o conteúdo do cargo, podemos dizer que este analisa o sentimento do funcionário:

a) Em relação a sua relação com o Supervisor.


b) Em relação aos seus benefícios e incentivos sociais.
c) Em relação ao seu salário.
d) Em relação ao trabalho em si.

Gabarito: Item D
Comentário:

Os fatores motivacionais de Frederick Herzberg são aqueles relacionados ao conteúdo do cargo, logo, ao
sentimento do funcionário em relação ao trabalho sem si. Benefícios, incentivos sociais, salário e o supervisor
são fatores do ambiente de trabalho, logo, serão fatores higiênicos. A maneira como o funcionário se sente
em relação ao seu trabalho é que pode ser motivadora se o trabalho for desafiador, relevante e fizer o
funcionário se sentir importante.

178. (IESES- 2015 - TRE-MA - Analista Administrativo) Uma das mais famosas teorias motivacionais que tratam dos
fatores que influenciam o comportamento das pessoas na organização foi desenvolvida pelo psicólogo
Abraham Maslow num artigo publicado em 1943 e que ficou conhecida como Teoria da Hierarquia das
Necessidades. Sobre ela é correto afirmar que:

a) Uma necessidade só constitui um fator de motivação quando as necessidades de um nível inferior estiverem
minimamente satisfeitas.
b) O comportamento individual é motivado exclusivamente por estímulos externos, sobretudo os de ordem
material.
c) As necessidades de autoestima se constituem como ponto de partida, ao passo que as necessidades fisiológicas
só servirão de fator motivador quando as demais estiverem saciadas.
d) São quatro os níveis de necessidades apontados por Maslow e eles concorrem simultaneamente como fatores
de motivação do indivíduo, portanto, quanto mais níveis estiverem sendo atingidos em um dado momento,
tanto melhor.

Gabarito: Item A
Comentário:

a) Uma necessidade só constitui um fator de motivação quando as necessidades de um nível inferior estiverem
minimamente satisfeitas.
Verdadeiro. A teoria se baseia em uma hierarquia, de forma que para uma necessidade passar a existir, as
necessidades de níveis inferiores devem estar satisfeitas ou minimamente satisfeitas.
b) O comportamento individual é motivado exclusivamente por estímulos externos, sobretudo os de ordem
material.
Falso. Segundo a Teoria da Hierarquia das Necessidades, o comportamento individual pode ser motivado por
estímulos internos e externos.
c) As necessidades de autoestima se constituem como ponto de partida, ao passo que as necessidades fisiológicas

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

só servirão de fator motivador quando as demais estiverem saciadas.


Falso. O ponto de partida serão as necessidades fisiológicas, ao passo que as necessidades de estima só
servirão de fator motivador quando as demais estiverem saciadas ou minimamente saciadas.
d) São quatro os níveis de necessidades apontados por Maslow e eles concorrem simultaneamente como fatores
de motivação do indivíduo, portanto, quanto mais níveis estiverem sendo atingidos em um dado momento,
tanto melhor.
Falso. São cinco níveis de necessidades e existe uma hierarquia entre eles, de forma que eles não concorrem
simultaneamente.

179. (FGV - 2015 - DPE-MT - Administrador) F. Herzberg formulou a Teoria dos Dois Fatores, na qual buscou explicar
a capacidade de influência destes na motivação do trabalhador e no seu comportamento, criando satisfação ou
insatisfação. A esse respeito, analise as afirmativas a seguir.

I. Fatores satisfacientes geram desmotivação quando retirados do ambiente de trabalho.


II. Essa teoria trata os fatores capazes de conferir satisfação ou insatisfação como elementos distintos.
III. Salário e reconhecimento são exemplos de fatores satisfacientes.

Assinale:

a) se somente a afirmativa I estiver correta.


b) se somente a afirmativa II estiver correta.
c) se somente a afirmativa III estiver correta.
d) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

Gabarito: Item B
Comentário:

I. Fatores satisfacientes geram desmotivação quando retirados do ambiente de trabalho.


Falso. Fatores insatisfacientes geram desmotivação quando retirados.
II. Essa teoria trata os fatores capazes de conferir satisfação ou insatisfação como elementos distintos.
Verdadeiro. A teoria separa os fatores motivacionais dos higiênicos.
III. Salário e reconhecimento são exemplos de fatores satisfacientes.
Falso. Salário, regra geral, não é um fator motivador ou satisfaciente, mas reconhecimento sim.

180. (MSCONCURSOS - 2014 - UFAC - Administrador) A teoria que se baseia no conceito de três grupos
de necessidades e de motivos que se desenvolvem socialmente é conhecida como Teoria da Motivação para
Realização de McClelland. Marque a alternativa que representa essas três necessidades:

a) Realização, criatividade e segurança.


b) Criatividade, persuasão e segurança.
c) Poder, segurança e filiação.
d) Persuasão, realização e criatividade.
e) Realização, filiação e poder.

Gabarito: Item E
Comentário:

A teoria também conhecida como Necessidades Adquiridas de David McClelland categorizou as necessidades
em: realização, que compreende a necessidade de competição; afiliação, que remete às necessidades de

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

relacionamento ou sociais; e poder, que é a necessidade de exercer influência.

181. (CEPERJ - 2013 - SEPLAG-RJ - Analista) O estudo da motivação busca entender quais são as forças que
movem as pessoas nas diferentes dimensões do comportamento. No campo da administração, as práticas
motivacionais compreendem todos os tipos de incentivos e recompensas que as organizações oferecem a
seus empregados, na tentativa de conseguir o desempenho que possibilite a realização de seus objetivos.
Contudo, as práticas motivacionais são dependentes dos pressupostos da teoria:

a) das necessidades humanas


b) dos fatores sociais
c) do desempenho
d) da hierarquia
e) da expectativa

Gabarito: Item E
Comentário:

A questão demanda que se pense no âmbito da administração. A teoria que defende que as práticas
motivacionais utilizadas pelas organizações dependerão da capacidade da empresa de proporcionar a
realização dos objetivos DOS EMPREGADOS é a Teoria da Expectativa ou Expectância de Victor Vrum. Esta
teoria afirma que a motivação dependerá: da existência de objetivos pessoais; da percepção pelo empregado
da relação entre o aumento da produtividade ou desempenho e a satisfação desses objetivos; e a percepção
da capacidade de influenciar o seu desempenho ou produtividade. Logo, a expressão chave para a Comentário
da questão é “realização de seus objetivos”.

182. (FUNDEP - 2013 - CODEMIG - Administrador) A motivação humana é um tema que vem polarizando as
atenções dos cientistas e estudiosos desde o início do século passado e foi tratado sob vários enfoques ou
abordagens. Com base nessa informação, numere a COLUNA II de acordo com a COLUNA I, considerando o
processo motivacional, autores e respectivas características:

COLUNA I

1. MASLOW
2. SKINNER
3. HERZBERG
4. Mc GREGOR
5. VROMM E ROTTER

COLUNA II

( ) O maior fator motivacional encontra-se no interior do próprio trabalho.


( ) Teoria X e Teoria Y.
( ) Movimento dialético-motivacional das satisfações.
( ) Reforço no comportamento.
( ) Valor da recompensa e o que se espera como recompensa.

A sequência CORRETA é

a) 2 4 1 3 5.
b) 1 4 3 2 5.
c) 2 4 3 5 1.
d) 3 4 1 2 5.

Gabarito: Item D

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Comentário:

( ) O maior fator motivacional encontra-se no interior do próprio trabalho.


Frederick Herzberg, na Teoria Bifatorial, classifica como fatores motivacionais aqueles relacionados ao
conteúdo do trabalho, ao trabalho em si.
( ) Teoria X e Teoria Y.
Douglas McGregor desenvolveu a Teoria X e Y, na qual a Teoria X descreve as pessoas como indolentes,
preguiçosas e avessas ao trabalho, enquanto que a Teoria Y descreve as pessoas como inteligentes, proativas
e capazes.
( ) Movimento dialético-motivacional das satisfações.
O movimento dialético a que a questão se refere está na Teoria da Hierarquia das Necessidades de Maslow,
na qual as necessidades não podem ser analisadas isoladamente, mas em conjunto, em “movimento”, pois
a existência de uma depende da satisfação da anterior, movimento tal que representa hierarquia a que
Maslow se refere.
( ) Reforço no comportamento.
A Teoria de Skinner afirma que comportamento depende do reforço fornecido e que um comportamento
reforçado tente a acontecer novamente e que um não reforçado tente a desaparecer.
( ) Valor da recompensa e o que se espera como recompensa.
A Teoria da Expectativa ou Expectância de Victor Vroom estabelece que a motivação depende da existência de
objetivos pessoais e da percepção que esforço gera desempenho, desempenho leva a uma recompensa e a
recompensa leva ao alcance de objetivos pessoais.

183. (FEPESA- 2013 - JUCESC - Analista Administrativo) No exercício da liderança, um líder inspirador,
transformador, revolucionário e agente de mudança, que leva os seguidores a transcenderem seus próprios
interesses e a trabalharem excepcionalmente para a concretização de objetivos, designa a liderança:

a) Carismática.
b) Transacional.
c) Autocrática.
d) Laissez-faire.
e) Democrática consultiva.

Gabarito: Item A
Comentário:

O líder inspirador, que leva seus seguidores a evoluírem e transcenderem seus próprios interesses, é o líder
carismático. A liderança transacional não inspira os liderados e não os leva a transcender seus interesses, pois
ela implica apenas em uma troca de interesses. A liderança autocrática é baseada apenas em comandos, pois
o líder define o que deve ser feito e cobra a execução, logo, não há inspiração e nem transformação. A liderança
laissez-faire é a liderança liberal, na qual o líder nem sequer participa, deixando seus liderados decidirem tudo.
Não há liderança democrática consultiva.

184. (IF-PE - 2017 - IF-PE - Administrador) Nos aspectos da teoria da motivação de Frederick Herzberg, são
identificados dois fatores que orientam o comportamento humano em situação de trabalho: Fatores
Motivacionais e Fatores Higiênicos. É CORRETO afirmar que os fatores higiênicos extrínsecos são
representados por

a) responsabilidade.
b) reconhecimento com os colegas.
c) relacionamento com os colegas.
d) crescimento profissional.
e) realização professional

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito: Item B
Comentário:

Os fatores higiênicos definidos na Teoria Bifatorial de Herzberg são aqueles que dizem respeito à condição do
trabalho, às condições físicas e ambientais, logo, relacionamento com os colegas é um fator higiênico, pois
depende de fatores externos ao empregado. Já os fatores motivacionais são aqueles que se referem ao
conteúdo do cargo, ao trabalho em si, além de serem intrínsecos ao funcionário, correspondendo a:
responsabilidade, reconhecimento, crescimento profissional e realização profissional.

185. (FCC - 2017 - TRE-SP - Analista) A motivação é um tema de suma importância na gestão organizacional e,
nesse sentido, diversas teorias buscam explicá-la. Entre as teorias denominadas de conteúdo, uma das mais
representativas é a Teoria das Necessidades Adquiridas, desenvolvida por David Mcclelland, segundo a qual

a) os fatores extrínsecos que geram a motivação não são passíveis de controle, podendo, contudo, ser
transformados em recompensas.
b) um dos motivos que orientam a dinâmica do comportamento é o desejo de relacionamentos interpessoais
amigáveis, denominado afiliação.
c) o que determina a motivação é a correlação estabelecida entre a tarefa e a recompensa para a sua
realização, denominada valência.
d) existem necessidades individuais cuja busca pela satisfação se sucede, hierarquicamente, sendo esse o cerne
do processo motivacional.
e) a busca de realização, representada pela luta pelo sucesso, é um fator secundário na dinâmica da motivação,
denominado expectância.

Gabarito: Item B
Comentário:

A Teoria das Necessidades Adquiridas de David McClelland classifica as necessidades em três tipos:
realização, afiliação e poder. Realização refere-se à necessidade de competição e de busca por sucesso,
afiliação à necessidade de relacionamento e poder à necessidade de exercer influência. O item B se refere à
fatores extrínsecos, da Teoria Bifatorial de Herzberg. O item C fala de valência e de correlação entre tarefa
e recompensa, correspondendo a Teoria da Expectativa ou Expectância de Victor Vroom. O item D fala da
existência de hierarquias e de necessidades individuais, logo, corresponde à Teoria da Hierarquia das
Necessidades de Maslow. Por fim, o item E mistura conceitos das Teorias de David McClelland e de Victor
Vroom.

186. (AOCP - 2017 - EBSERH - Assistente) Em relação às características importantes do estilo diretivo de liderança,
de acordo com a teoria do caminho- objetivo (ou, trajetória-meta), assinale a alternativa correta.

a) Envolve proporcionar apoio psicológico aos subordinados. O líder tende a ser amigável e acessível, mostra
preocupação com o status, as necessidades e o bem-estar dos funcionários.
b) Envolve a ênfase em comportamentos que incentivam os funcionários a atingirem o seu pico de desempenho.
O líder fixa metas desafiadoras e enfatiza a excelência, demonstrando também confiança na capacidade dos
subordinados para obter bons resultados.
c) Envolve atenção cuidadosa às necessidades das pessoas, buscando criar relacionamentos satisfatórios como
fonte de eficácia.
d) Envolve incentivar e facilitar o envolvimento dos subordinados, consultando-os, pedindo a eles sugestões e as
considerando seriamente antes de tomar decisões.
e) Envolve esclarecer os objetivos de desempenho, os meios para alcançá-los e os padrões de comparação de
desempenho. Inclui o uso sensato de recompensas e ações disciplinares.

Gabarito: Item E

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Comentário:

a) Envolve proporcionar apoio psicológico aos subordinados. O líder tende a ser amigável e acessível, mostra
preocupação com o status, as necessidades e o bem-estar dos funcionários.
Falso. Refere-se ao líder encorajador, também chamado de apoio.
b) Envolve a ênfase em comportamentos que incentivam os funcionários a atingirem o seu pico de desempenho.
O líder fixa metas desafiadoras e enfatiza a excelência, demonstrando também confiança na capacidade dos
subordinados para obter bons resultados.
Falso. Refere-se ao líder orientado para realização.
c) Envolve atenção cuidadosa às necessidades das pessoas, buscando criar relacionamentos satisfatórios como
fonte de eficácia.
Falso. Refere-se ao líder encorajador, também chamado de apoio.
d) Envolve incentivar e facilitar o envolvimento dos subordinados, consultando-os, pedindo a eles sugestões e as
considerando seriamente antes de tomar decisões.
Falso. Refere-se ao líder participativo.
e) Envolve esclarecer os objetivos de desempenho, os meios para alcançá-los e os padrões de comparação de
desempenho. Inclui o uso sensato de recompensas e ações disciplinares.
Verdadeiro. Refere-se ao líder diretivo.

187. (AOCP - 2017 - EBSERH - Assistente) Assinale a alternativa que apresenta o princípio da equidade, base para a
teoria de motivação que se intitula pelo mesmo nome, isto é, a teoria da equidade.

a) Todos no grupo deveriam receber os mesmos benefícios.


b) Pessoas com mais necessidade deveriam receber mais benefícios que as pessoas com menos necessidades.
c) As pessoas devem ser recompensadas na proporção de sua contribuição.
d) As pessoas devem receber de acordo com o valor produzido por suas atividades.
e) As pessoas devem ser recompensadas de acordo com sua capacidade de cumprir metas.

Gabarito: Item C
Comentário:

A Teoria da Equidade foi desenvolvida por Stacy Adams e afirma que o indivíduo compara seu esforço e as
recompensas que recebe com o esforço e a recompensa do outro. Logo, defende que aqueles que contribuem
mais devem receber mais.

188. (IESES - 2017 - Pref. de São José - Agente Administrativo) O precursor da Administração por Objetivos (APO)
foi:

a) Henry Mintzberg
b) Peter Drucker
c) Frederick Taylor
d) Henri Fayol

Gabarito: Item B
Comentário:

O precursor da Administração por Objetivos (APO) foi Peter Drucker. A APO defende uma gestão participativa,
na qual o gerente e o subordinado definem metas conjuntamente e trabalham juntos para alcança-las,
havendo uma compatibilização entre os objetivos do empregado e os da organização.

189. (IESES - 2017 - Pref. de São José - Agente Administrativo) Leia a afirmação a seguir e assinale a alternativa que

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

preenche corretamente a lacuna. A satisfação das necessidades dos indivíduos nem sempre é plenamente
alcançada. Pode existir uma barreira ou obstáculo que impeça a satisfação da necessidade. Toda vez que a
satisfação é bloqueada por uma barreira ocorre .
a) Frustração
b) Motivação
c) Compensação
d) Realização
e) Liderança

Gabarito: Item A
Comentário:

Quando a satisfação de uma necessidade é bloqueada gera-se um sentimento de frustração. Existem


necessidades: satisfeitas, frustradas e compensadas.

190. (IBFC - 2017 - EBSERH - Analista Administrativo) Os grupos estão sujeitos a lideranças. Elas podem ser
democráticas, autocráticas e liberais. O estilo liberal tem ênfase na alternativa:

a) Líder
b) Subordinado
c) Chefe
d) Operacional
e) Consultor

Gabarito: Item B
Comentário:

O líder liberal é aquele que nem sequer participa das decisões e deixa os subordinados totalmente livres, logo,
esse estilo tem ênfase no subordinado. Já a liderança autocrática tem ênfase no líder, pois é ele que decide
tudo, e a liderança democrática na equipe.

191. (IBFC - 2017 - EBSERH - Analista Administrativo) Leia a afirmação a seguir e assinale a alternativa que
preenche corretamente a lacuna. é o ambiente tal como visto, percebido e
interpretado pela pessoa e intimamente relacionado com suas necessidades.

a) Ciclo motivacional
b) Liderança democrática
c) Influência atrativa
d) Clima organizacional
e) Ambiente comportamental

Gabarito: Item E
Comentário:

O ambiente tal como é VISTO e relacionado com as necessidades é o ambiente comportamental. O clima é a
forma como o ambiente é SENTIDO.

192. (FGV - 2015 - Prefeitura de Cuiabá - Superior) Com relação à dinâmica das organizações, assinale V para a
afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) O empowerment surgiu como método do estilo de liderança “laissez faire”.


( ) A desmotivação pode ser revertida pela oferta de estímulos motivacionais.
( ) O carisma é um elemento que pode estar dissociado da liderança.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

As afirmativas são, respectivamente,

a) F, V e F.
b) F, V e V.
c) V, F e F.
d) V, V e F.
e) F, F e V.

Gabarito: Item E
Comentário:
O empowerment surgiu como método do estilo de liderança “laissez faire”.
Falso. O funcionário desenvolve suas tarefas com liberdade e autonomia quando líder adota o estilo liberal,
mas é algo que surge espontaneamente pela necessidade de realizar as tarefas e pela ausência do líder. O
emponderamento real é algo planejado e dado aos funcionários pelo líder com a devida supervisão e não algo
que simplesmente surge.
A desmotivação pode ser revertida pela oferta de estímulos motivacionais.
Falso. Caso a desmotivação seja causada por fatores intrínsecos, determinados estímulos motivacionais não
servirão.
O carisma é um elemento que pode estar dissociado da liderança.
Verdadeiro. O carisma surge espontaneamente e pode ser inspirado por alguém que não esteja em posição de
liderança.

193. (CCV - 2015 - UFC - Auxiliar Administrativo) Derivada do Latim MOTIVUS, a palavra Motivação significa “tudo
aquilo que se pode fazer mover”. Entretanto, a relação entre motivação e desempenho depende de fatores que
se interpõem como mediadores, ou elos. São fatores de mediação, dentre outros:

a) Ambiente e Poder.
b) Estilo Gerencial e Qualidade total.
c) Significado do trabalho e Qualidade total
d) Valores pessoais versus valores organizacionais e alta performance.
e) Valores pessoais versus valores organizacionais, e significado do trabalho.

Gabarito: Item E
Comentário:

Fatores mediadores são aqueles que levam o indivíduo da motivação ao desempenho. São fatores de
mediação: ambiente, significado do trabalho, valores pessoais, valores organizacionais e significado do
trabalho.

194. (FCC - 2015 - CNMP - Analista) O uso das teorias sobre Motivação é visto como saída para melhorar o
desempenho e a satisfação dos trabalhadores. Tendo em vista essa temática, é correto:

a) A teoria de 2 Fatores diferencia-se das demais por reconhecer a capacidade de planejamento do ser humano e
é aplicável na gestão compartilhada de carreiras.
b) O tema central da Teoria da Expectativa é definido pela razão entre o esforço e a recompensa que o indivíduo
percebe na situação profissional.
c) A Teoria de Equidade, que envolve o trinômio valência-expectativa-força, é considerada uma teoria de
processo, e não simplesmente de conteúdo, pois identifica relações entre variáveis dinâmicas que explicam o
comportamento humano das pessoas no trabalho.
d) A Hierarquia de Maslow afirma que todos os níveis de necessidades humanas atuam simultaneamente, o que
faz com que a falta de satisfação de uma necessidade aumente a importância das necessidades de níveis mais
baixos.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

e) Uma aplicação frequente da teoria de Edwin Locke pode ser encontrada no modelo de Administração por
Objetivos, pois possui implicações fortes em avaliações de desempenho e aferições de produtividade.

Gabarito: Item E
Comentário:

a) A teoria de 2 Fatores diferencia-se das demais por reconhecer a capacidade de planejamento do ser humano e
é aplicável na gestão compartilhada de carreiras.
Falso. A Teoria Bifatorial de Herzberg classifica a motivação em dois tipos: fatores motivacionais, que
motivam, e fatores higiênicos, que apenas previnem a insatisfação. Não fala em planejamento do ser humano
e de gestão compartilhada de carreiras.
b) O tema central da Teoria da Expectativa é definido pela razão entre o esforço e a recompensa que o indivíduo
percebe na situação profissional.
Falso. O tema central da Teoria da Expectativa de Victor Vroom é a existência de objetivos pessoais que
podem ser alcançados por meio das recompensas recebidas.
c) A Teoria de Equidade, que envolve o trinômio valência-expectativa-força, é considerada uma teoria de
processo, e não simplesmente de conteúdo, pois identifica relações entre variáveis dinâmicas que explicam o
comportamento humano das pessoas no trabalho.
Falso. A teoria que envolve o trinômio valência-expectativa-esforço é a Teoria da Expectativa de Victor
Vroom.
d) A Hierarquia de Maslow afirma que todos os níveis de necessidades humanas atuam simultaneamente, o que
faz com que a falta de satisfação de uma necessidade aumente a importância das necessidades de níveis mais
baixos.
Falso. A Teoria da Hierarquia de Maslow afirma que os níveis de necessidades humanas ocorrem de acordo
com uma hierarquia que vai de baixo para cima, e não simultaneamente.
e) Uma aplicação frequente da teoria de Edwin Locke pode ser encontrada no modelo de Administração por
Objetivos, pois possui implicações fortes em avaliações de desempenho e aferições de produtividade.
Verdadeiro. A Teoria da Definição de Objetivos e a Administração por Objetivos (APO) falam da importância
de os objetivos serem aceitos pelos funcionários e de serem atrativos para eles.

195. (CESGRANRIO - 2015 - PETROBRÁS - Profissional Júnior) Uma empresa do setor de serviços pretende adotar
algumas práticas gerenciais visando à motivação de seus empregados.
Uma boa prática para motivar os empregados é:

a) ter horário de trabalho fixo, estabelecido pelos superiores hierárquicos, porque isso faz com que o
empregado saiba exatamente o horário de seu expediente.
b) propor novos desafios nas atividades realizadas pelos empregados, porque isso demonstra a confiança da
empresa em sua capacidade.
c) definir equipes de trabalho, considerando os aspectos técnicos e ignorando os aspectos das afinidades,
porque, dessa forma, os empregados sabem que todos são igualmente capazes.
d) mudar constantemente prioridades, porque isso estimula o empregado a estar sempre atento às novas
formas de trabalho.
e) estabelecer atividades rotineiras, porque estas proporcionam maior segurança aos empregados.

Gabarito: Item B
Comentário:

a) ter horário de trabalho fixo, estabelecido pelos superiores hierárquicos, porque isso faz com que o
empregado saiba exatamente o horário de seu expediente.
Falso. O horário de trabalho representa um fator higiênico pela Teoria Bifatorial de Herzberg, logo não
motiva, apenas previne a insatisfação.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

b) propor novos desafios nas atividades realizadas pelos empregados, porque isso demonstra a confiança da
empresa em sua capacidade.
Verdadeiro. Pela Teoria Bifatorial de Herzberg, os fatores motivacionais são aqueles relacionados ao
conteúdo do cargo, como desafios, responsabilidade, reconhecimento.
c) definir equipes de trabalho, considerando os aspectos técnicos e ignorando os aspectos das afinidades,
porque, dessa forma, os empregados sabem que todos são igualmente capazes.
Falso. Na construção de uma equipe, ignorar aspectos de afinidade não contribui para motivar os
funcionários, pois na equipe é preciso haver sinergia.
d) mudar constantemente prioridades, porque isso estimula o empregado a estar sempre atento às novas
formas de trabalho.
Falso. A mudança constante de prioridades impede a continuidade do serviço, provocando frustração.
e) estabelecer atividades rotineiras, porque estas proporcionam maior segurança aos empregados.
Falso. Atividades rotineiras levam ao ócio, à queda na criatividade e na inovação.

196. (FCC - 2015 - DPE-RR - Administrador) Considere que determinada organização pretenda incrementar os
fatores motivacionais de sua equipe, utilizando, como base, a Teoria Bifatorial desenvolvida por Herzberg.
Nesse contexto, a elevação do salário dos seus colaboradores constituiria um fator

a) extrínseco, gerador de satisfação pelo reconhecimento da importância relativa do trabalho.


b) de motivação, associado a sentimentos positivos relacionados ao cargo.
c) intrínseco, ligado à autorrealização e crescimento profissional.
d) de higiene, que previne a insatisfação, mas não é considerado um fator de motivação.
e) endógeno, associado à satisfação de necessidades sociais.

Gabarito: Item D
Comentário:

De acordo com a Teoria Bifatorial de Herzberg, salário constitui um fator higiênico, portanto extrínseco e
insatisfaciente. Este não motiva, apenas previne a insatisfação.

197. (FCC - 2015 - CNMP - Analista) Segundo a Teoria de Herzberg, é considerado Fator Motivacional:

a) Melhorar os móveis e a decoração do ambiente de trabalho.


b) Conceder anualmente um aumento salarial para os empregados com melhor desempenho.
c) Desenvolver uma nova política de gestão na empresa.
d) Fornecer mais responsabilidade e maior autonomia para as pessoas no trabalho.
e) Aumentar a periodicidade de confraternizações na empresa.

Gabarito: Item D
Comentário:

De acordo com o teórico Frederick Herzberg na Teoria Bifatorial, os fatores motivacionais intrínsecos e são
relacionados com o conteúdo do cargo, correspondendo a novos desafios, responsabilidades,
reconhecimento. Já os fatores higiênicos ou extrínsecos são aqueles relacionados ao ambiente e que não
motivam o funcionário, apenas previnem a insatisfação, como: salário, decoração, horário de trabalho,
políticas, etc. Logo, fornecer mais responsabilidade e autonomia classifica-se como fator motivacional.

198. (UFPR - 2015 - COPEL - Administrador) Em relação à Teoria da Hierarquia de Necessidades de Maslow, é
correto afirmar:

a) Necessidade de alimentação, repouso e abrigo são citadas como necessidades de segurança.


b) Autoconfiança, respeito e aprovação social são necessidades de estima.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

c) Status, prestígio e estabilidade são necessidades de autorrealização.


d) Reprodução, família e perpetuidade são necessidades básicas.
e) Respeito, segurança e integridade física são necessidades básicas.

Gabarito: Item B
Comentário:

a) Necessidade de alimentação, repouso e abrigo são citadas como necessidades de segurança.


Falso. Alimentação e repouso são necessidades fisiológicas.
b) Autoconfiança, respeito e aprovação social são necessidades de estima.
Verdadeiro. São necessidades de estima.
c) Status, prestígio e estabilidade são necessidades de autorrealização.
Falso. Status e prestígio são necessidades de estima e estabilidade é necessidade de segurança.
d) Reprodução, família e perpetuidade são necessidades básicas.
Falso. Reprodução e perpetuidade são necessidades básicas/fisiológias e família é necessidade social.
e) Respeito, segurança e integridade física são necessidades básicas.
Falso. Respeito é necessidade é necessidade estima.

199. (CCV - 2015 - UFC - Administrador) A teoria sobre liderança que propõe considerar características do líder, dos
liderados e do clima organizacional, propostas por Tannenbaum e Schmidt, na avaliação de uma prática de
liderança é a:

a) Teria de Perfis de Liderança.


b) Teoria Situacional de Liderança.
c) Teoria da Hierarquia de Liderança.
d) Teoria Organizacional de Liderança.
e) Teoria dos Traços e Estilos de Personalidade de Liderança.

Gabarito: Item B
Comentário:
A teoria de liderança que considera o líder, o liderado e a situação é a Teoria Situacional.

200. (CCV - 2015 - UFC - Assistente) Em sua proposição de liderança situacional, Tannenbaum e Schmidt
propuseram três critérios para avaliar uma situação de liderança em uma tarefa. Estes critérios seriam:

a) O perfil do líder, o histórico do líder e o cargo do líder.


b) O próprio líder, os liderados e a situação da tarefa (clima organizacional, tempo).
c) Situação política do País, a situação econômica da organização e a situação salarial do líder.
d) A situação econômica da organização, a situação salarial do líder, a situação salarial dos liderados.
e) A posição hierárquica do líder, a situação econômica da organização, a situação econômica do País.

Gabarito: Item B
Comentário:

A Teoria Situacional considera o líder, o liderado e a situação para definir o estilo ideal de liderança.

201. (IADES - 2014 - CONAB - Assistente Administrativo) O estilo de liderança que utiliza a negociação como
principal ferramenta para a condução de uma equipe é a liderança

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

a) transacional.
b) transformacional.
c) carismática.
d) democrática.
e) autocrática.

Gabarito: Item A
Comentário:

A base da liderança transactional é a negociação, a barganha, a ameaça. Só há recompensa se houver o


desempenho. A liderança transformacional tem como base o crescimento de liderado. A liderança carismática
tem por base o sentimento de afinidade entre o líder e o liderado. A liderança democrática tem como base a
equipe. A liderança autocrática tem por base o poder coercitivo.

202. (CCV - 2015 - UFC - Assistente) Nos estudos sobre estilos de liderança há um contínuo de estilos de liderança,
com três estilos, dois extremos e um possível ao centro, relacionados com a participação dos liderados nas
decisões. Esses três diferentes estilos de liderança são usualmente denominados:

a) Familiar, Partidária e Popular.


b) Autocrática, Democrática e Liberal.
c) Tirana, Autocrática, Centralizadora.
d) Lassez-Faire, Liberal e Democrática.
e) Democrática, Demagógica e Popular.

Gabarito: Item B
Comentário:

Os três estilos clássicos de liderança são: autocrático, democrático e liberal.

203. (CCV - 2015 - UFC - Assistente) A capacidade de realçar a posição de uma pessoa, de construir uma base de
poder e de estabelecer as conexões certas, refere-se a:

a) Habilidade política.
b) Talento de liderança.
c) Habilidade emocional.
d) Estabilidade emocional.
e) Habilidade interpessoal.

Gabarito: Item A
Comentário:

Refere-se à habilidade política. Palavras chaves: posição, poder e conexões.

204. (CCV - 2015 - UFC - Auxiliar Administrativo) Liderança é o processo de influenciar e apoiar outras pessoas
para que elas se empenhem na obtenção de determinados objetivos. Para que exista sucesso é desejável que
o líder tenha habilidades gerenciais.
Dentre as habilidades gerenciais de um líder, é correto afirmar:

a) A habilidade técnica é a capacidade para trabalhar de forma saudável com as pessoas e desenvolver o
trabalho de equipe.
b) A habilidade humana refere-se ao conhecimento de uma pessoa com relação a qualquer tipo de processo
administrativo.
c) A habilidade conceitual é a capacidade de pensar em termos de modelos, estruturas e relações amplas, como
planejamentos de longo prazo.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

d) A habilidade primordial é a capacidade de pensar em termos de prioridades da organização e dos indivíduos


com formações específicas.
e) A habilidade assertiva é a capacidade de pensar em termos de modelos, estruturas e relações amplas
visando o maior número de ações assertivas.

Gabarito: Item C
Comentário:

a) A habilidade técnica é a capacidade para trabalhar de forma saudável com as pessoas e desenvolver o
trabalho de equipe.
Falso. Habilidade humana.
b) A habilidade humana refere-se ao conhecimento de uma pessoa com relação a qualquer tipo de processo
administrativo.
Falso. Habilidade conceitual.
c) A habilidade conceitual é a capacidade de pensar em termos de modelos, estruturas e relações amplas, como
planejamentos de longo prazo.
Verdadeiro. Habilidade conceitual.
d) A habilidade primordial é a capacidade de pensar em termos de prioridades da organização e dos indivíduos
com formações específicas.
Falso. Habilidade técnica.
e) A habilidade assertiva é a capacidade de pensar em termos de modelos, estruturas e relações amplas
visando o maior número de ações assertivas.
Falso. Habilidade conceitual.

QUESTÕES 205 A 268 – CONTROLE, EQUIPE E COMUNICAÇÃO

205. (CESPE - 2016 - FUNPRESP-EXE - ANALISTA) Orientação estratégica para resultados, flexibilidade, clareza e
objetividade são características do controle organizacional.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

O controle deve ser orientado para resultados, precisa ser flexível para realizar as ações corretivas, deve ser claro
para ser compreendido e deve ser objetivo, para não se desviar da sua finalidade.

206. (CESPE - 2016 - FUNPRESP-EXE - ANALISTA) Estabelecer objetivos, mensurar o desempenho e adotar
medidas corretivas para sanar possíveis desvios e anormalidades são procedimentos relativos às etapas do
processo de controle.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

As etapas do processo de controle são: identificar objetivos e metas (relativos ao controle); estabelecer padrão
de medida; obter informações sobre o desempenho atual; comparar o padrão de medida com o desempenho
atual; identificar erros e corrigi-los. Lembrando: estar incompleto não significa que o item esteja falso. É preciso
estar atento também se a questão exige que os itens estejam em ordem lógica ou não.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

207. (CESPE - 2016 - FUNPRESP-EXE - ANALISTA) O demonstrativo de lucros e perdas constitui um tipo de
controle estratégico que possibilita uma visão ampla acerca dos lucros alcançados por uma organização.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Demonstrativo de lucros e perdas abrange a empresa toda, portanto, é um tipo de controle estratégico. O controle
de custos de um departamento seria um tipo de controle estratégico e o orçamento de uma tarefa seria um tipo
de controle tático. É preciso interpretar a questão e identificar quão abrangente é o controle.

208. (CESPE - 2016 - TRT-AP-PA - ANALISTA) Os processos de planejamento, direção, comunicação, controle e
avaliação são integrantes do processo administrativo ou organizacional. Acerca desses processos, assinale a
opção correta.

A) O processo de avaliação de desempenho possibilita a verificação da eficiência, da eficácia e da


efetividade organizacional, visa ao aperfeiçoamento da gestão e tem foco prospectivo.
B) Atividades de acompanhamento e monitoração do trâmite dos processos judiciais de um tribunal são
inerentes ao processo de planejamento do órgão.
C) O processo de direção em uma instituição está vinculado ao ordenamento das tarefas, possui foco na
execução dos processos e tem caráter impessoal por se referir aos padrões técnicos estabelecidos.
D) São necessários grandes avanços tecnológicos para que a comunicação se concretize por meio das
soluções tecnológicas, pois estas ainda estão restritas à transmissão de informações.
E) No processo de planejamento, a análise do cenário presente é preponderante em relação às
perspectivas futuras, pois a etapa mais importante do planejamento é a identificação da situação atual.

Gabarito: Item A
Comentário:

A) O processo de avaliação de desempenho possibilita a verificação da eficiência, da eficácia e da


efetividade organizacional, visa ao aperfeiçoamento da gestão e tem foco prospectivo.
Verdadeiro. São resultados da avaliação de desempenho, dentre outros. Permite verificar o
desempenho da organização através da avaliação de cada funcionário; permite melhorar onde são verificados
pontos fracos; e permite ver o que pode ser feito em relação a aspectos futuros.
B) Atividades de acompanhamento e monitoração do trâmite dos processos judiciais de um tribunal são
inerentes ao processo de planejamento do órgão.
Falso. Acompanhamento e monitoração se referem a controle.
C) O processo de direção em uma instituição está vinculado ao ordenamento das tarefas, possui foco na
execução dos processos e tem caráter impessoal por se referir aos padrões técnicos estabelecidos.
Falso. O item se refere à função controle. Além disso, a existência de caráter impessoal não se deve ao
estabelecimento de padrões técnicos e sim ao fato de que existe um planejamento.
D) São necessários grandes avanços tecnológicos para que a comunicação se concretize por meio das
soluções tecnológicas, pois estas ainda estão restritas à transmissão de informações.
Falso. A tecnologia existente já permite a comunicação.
E) No processo de planejamento, a análise do cenário presente é preponderante em relação às perspectivas
futuras, pois a etapa mais importante do planejamento é a identificação da situação atual.
Falso. Não se pode afirmar que a identificação da situação atual é a etapa mais importante. O objetivo

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

principal do planejamento é a definição de estratégias, mas todas as etapas seriam igualmente importantes.

209. (CESPE - 2016 - TCE-PA - AUDITOR) Julgue o próximo item, relativo a BSC (balanced scorecard), a
administração por objetivos e a características e tipos de controle.
O controle do tipo feedback baseia-se nas seguintes quatro etapas: estabelecimento de padrões de desempenho;
mensuração do desempenho; comparação do desempenho com os padrões estabelecidos; e elaboração da
informação acerca dos desvios ou da distância entre o desempenho medido e os padrões estabelecidos.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

O controle do tipo de feedback é o controle de resultados, a posteriori. A questão está falsa, pois há a repetição
de uma etapa do controle e a omissão de outra. Comparação do desempenho com os padrões estabelecidos e
elaborar informações acerca dos desvios entre o desempenho medido e os padrões estabelecidos são a mesma
coisa e a última etapa omitida é a correção dos desvios.

210. (CESPE - 2016 - TCE-PA - AUDITOR) Julgue o próximo item, relativo a BSC (balanced scorecard), a
administração por objetivos e a características e tipos de controle.

Situação hipotética: Após o planejamento, determinada organização elaborou e divulgou políticas e normas de
funcionamento das ações organizacionais como forma de balizar a atuação de seus funcionários.
Assertiva: Nessa situação, a organização implantou o controle do tipo preliminar.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

O controle do tipo preliminar é aquele que ocorre antes mesmo de ocorrer qualquer ação, portanto, quando uma
organização estabelece políticas e normas de funcionamento, ela está exercendo uma forma de controle
preliminar, de forma a reduzir a probabilidade da ocorrência de desvios.

211. (CESPE - 2016 - FUB - AUXILIAR) Nas organizações, eficiência e eficácia são indicadores de desempenho
monitorados pela administração no exercício da função denominada controle.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

São indicadores de desempenho monitorados na função controle: eficiência, eficácia, efetividade,


economicidade, execução e excelência. Esses são os 6E’s, que se dividem em indicadores de resultado e de
esforço.

212. (CESPE - 2016 - FUNPRESPE-EXE - ANALISTA) Ações disciplinares positivas ou negativas são medidas que
podem causar mudanças significativas no comportamento de um indivíduo, resultando, inclusive, em
melhor desempenho de suas atividades.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Ações disciplinares positivas podem resultar no reforço de um comportamento adequado e ações disciplinares
negativas podem inibir um comportamento inadequado. Logo, ambas as ações podem resultar em um melhor
desempenho das atividades.

213. (CESPE - 2016 - MPOG - SUPERIOR) Os mecanismos de controle formal, social e técnico são exercidos
sobre as pessoas para que se alcancem sistemas de controle eficazes.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabaritos: Verdadeiro
Comentário:

Controle formal refere-se a regras; controle social refere-se à boa convivência; e controle técnico refere-se à
produção. São formas de controle que contribuem para um sistema de controle eficaz.

214. (CESPE - 2016 - TRE-GO - ANALISTA) A discussão acerca da forma e do grau de centralização ou
descentralização da autoridade de tomada de decisões está ligada à função da administração controle.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

A forma e o grau de centralização ou descentralização da autoridade para tomada de decisões estão ligadas à
função organização.

215. (CESPE - 2016 - FUB - ADMINISTRADOR) Para assegurar a realização de objetivos organizacionais, o
processo de controle deve comparar resultados alcançados com resultados esperados.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro.
Comentário:
Corresponde a uma das etapas do processo de controle comparar o resultado obtido com o resultado esperado
de forma a corrigir desvios.

216. (CESPE - 2016 - TCU - AUDITOR) O ciclo PDCA compõe-se das seguintes etapas: planejamento, execução,
controle ou verificação e ação corretiva.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

O ciclo PDCA também é chamado de Ciclo de Deming, Ciclo de Shewhart e Ciclo da Melhoria Contínua. É uma
ferramenta da Gestão da Qualidade e típica do nível operacional. Suas iniciais correspondem às atividades citadas
na questão, mas em inglês: Plan (planejar); Do (executar); Check (checar, verificar); e Act (agir corretivamente).

217. (CESPE - 2016 - TRE-GO - ANALISTA) De acordo com Feigenbaum, a qualidade está associada à possibilidade
de se disponibilizar para o cliente o melhor produto a despeito do preço de venda.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

De acordo com Feigenbaum, um dos gurus da qualidade, qualidade é o que cliente quer, é aquilo que atende a
necessidade do cliente.

218. (CESPE - 2016 - TRE-GO - ANALISTA) A organização que utilize um sistema de medição de desempenho
organizacional como o balanced scorecard deverá considerar que as medidas financeiras estão relacionadas
diretamente com os objetivos estratégicos específicos que irão prover vantagem competitiva sustentável.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

As medidas financeiras são muito abrangentes para promover uma vantagem competitiva, além que é
incongruente afirmar que um objetivo é, ao mesmo tempo, estratégico e específico, pois os objetivos estratégico
são abrangentes e generalizados.

219. (CESPE - 2015 - STJ - ANALISTA) Embora não exista uma metodologia universalmente aceita, é muito
utilizado o planejamento estratégico em quatro fases básicas, quais sejam: elaboração do diagnóstico
estratégico; definição da missão da empresa; determinação de instrumentos prescritivos e quantitativos; e
controle e avaliação.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

São etapas do processo de planejamento: definição da missão, visão e valores; estabelecer objetivos e metas;
realizar o diagnóstico; elaborar estratégias; implementar e avaliar. Determinar instrumentos prescritivos e
quantitativos refere-se ao estabelecimento de objetivos e metas e controle e avaliação refere-se à etapa de
avaliar a implementação das estratégias adotadas pelo planejamento.

220. (CESPE - 2015 - CGE-PI - AUDITOR) Eficácia, definida como grau de alcance das metas programadas em
determinado período de tempo, é uma das dimensões aferidas por meio dos indicadores de desempenho.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

São indicadores de desempenho de acordo com os resultados: eficiência, eficácia e efetividade. Eficiência diz
respeito ao uso dos recursos, eficácia ao alcance de resultados (metas, objetivos) e efetividade ao impacto gerado.

221. (CESPE - 2010 - DETRAN-ES - ADMINISTRADOR) Organizações que adotam cultura individualista têm como
principal forma de controle o controle externo.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

O controle externo é adotado por culturas interacionistas.

222. (CESPE - 2010 - MPU - TÉCNICO ADMINISTRATIVO) De acordo com um dos princípios da
departamentalização, as atividades de controle devem estar separadas das que serão objeto de controle.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Para o controle alcançar seu objetivo, aquela pessoa que faz o controle não pode ser a mesma que exerce a
atividade normalmente, pois haveria grandes chances de o resultado não corresponder à realidade.

223. (CESPE - 2013 - FUB - ADMINISTRADOR) Controle formal, controle social e controle técnico constituem os
três grupos de controles que agem sobre o comportamento das pessoas.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso
Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Controle formal refere-se a regras; controle social refere-se à boa convivência; e controle técnico refere-se à
produção. São formas de controle que contribuem para um sistema de controle eficaz.

224. (CESPE - 2010 - MPU- ANALISTA) A distribuição do trabalho entre os departamentos faz parte do
processo de controle.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

A distribuição do trabalho entre departamentos faz parte do processo de organização.

225. (CESPE - 2010 - MPU- ANALISTA) No processo de capacitação de servidores de uma organização, os conteúdos
programáticos, o número de servidores capacitados, bem como as notas obtidas pelos servidores na avaliação
são dados utilizados pelo analista administrativo para, com base nas normas de avaliação e treinamento e no

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

regulamento interno sobre capacitação da empresa, emitir o certificado e o histórico dos servidores egressos.
Considerando essas informações, julgue os próximos itens, relativos à gestão de processos.
O regulamento interno sobre capacitação configura- se como exemplo de controle.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Estabelecer normas, regras, políticas que irão regular o comportamento das pessoas é uma forma de controle que
ocorre previamente à ação. O controle prévio tem como objetivo reduzir a probabilidade da ocorrência de
desvios.

226. (CESPE - 2010 - MPU- TÉCNICO) Paulo, novo diretor de uma organização pública, pretende desenvolver
um sistema de controle capaz de apontar erros cometidos durante a execução dos serviços. Para a
consecução de seu objetivo, definiu novas formas de controle com base em informações que coletou
pessoalmente, ao interagir com colaboradores de todos os setores da instituição, sem se restringir aos
métodos tradicionais de obtenção de dados.

Considerando essa situação hipotética, julgue os seguintes itens, que dizem respeito ao processo organizacional.

A definição de novas formas de controle resulta do processo de planejamento.


( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

A questão aborda a forma de controle prévio, o qual é definido no planejamento de forma a reduzir a
probabilidade de ocorrerem desvios, através da definição de normas, políticas, regras ou requisitos antes mesmo
de qualquer ação.

227. (CESPE – 2013 - TCE-RO - AGENTE ADMINISTRATIVO) Nas organizações, são considerados os níveis de
controle estratégico, operacional e administrativo. No controle administrativo, o foco recai sobre as
atividades e o consumo de recursos.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

No controle operacional, o foco sobre atividades e consume de recursos.

228. (CESPE - 2016 - TCE-SC- AUDITOR) Em consonância com o posicionamento de Max Weber, a teoria de
administração clássica valoriza a burocracia e preza pela eficiência e pelo atendimento humanizado às
demandas do cidadão.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito: Falso
Comentário:

A burocracia não tem preocupação com o atendimento humanizado às demandas do cidadão e sim com a
eficiência e controle rígido dos processos.

229. (CESPE - 2016 – FUNPRESP - SUPERIOR) Na perspectiva contingencial, alcança-se eficiência organizacional
pela racionalização dos processos produtivos e pelo controle das ações dos indivíduos por meio de
parâmetros científicos.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

Na perspectiva TRADICIONAL, alcança-se a eficiência pela racionalização dos processos e controle das ações dos
indivíduos por meio de parâmetros científicos. Na perspectiva atual, que é a contingencial, a tendência é pela
descentralização, autonomia e controle dos resultados.

230. (CESPE - 2016 – FUB – AUXILIAR DE ADMINISTRAÇÃO) Eficácia se refere ao grau de atingimento de uma
meta ou propósito organizacional.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro.
Comentário:

São indicadores de desempenho de acordo com os resultados: eficiência, eficácia e efetividade. Eficiência diz
respeito ao uso dos recursos, eficácia ao alcance de resultados (metas, objetivos) e efetividade ao impacto gerado.

231. (CESPE - 2015 - TCU - TÉCNICO DE CONTROLE) A teoria da burocracia, proposta por Max Weber,
sustentada pelo tripé racionalidade, impessoalidade e profissionalismo, tem como principais objetivos a
eficiência, a eficácia e a efetividade dos processos organizacionais.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

A Teoria da burocracia, proposta por Max Weber, tem como principais objetivos a eficiência, mas a preocupação
com a eficácia e a efetividade só surgiu a partir da Administração Gerencial.

232. (CESPE - 2015 - CGE-PI - AUDITOR) Acerca de conceitos relacionados ao planejamento estratégico e aos
indicadores de desempenho, julgue o item subsequente.

Eficácia, definida como grau de alcance das metas programadas em determinado período de tempo, é uma das
dimensões aferidas por meio dos indicadores de desempenho.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

São indicadores de desempenho de acordo com os resultados: eficiência, eficácia e efetividade. Eficiência diz
respeito ao uso dos recursos, eficácia ao alcance de resultados (metas, objetivos) e efetividade ao impacto gerado.

233. (CESPE - 2010 - DPU - TAE) Nas organizações, a otimização do uso de seus recursos na produção de
resultados refere-se a

A) eficiência.
B) efetividade.
C) qualidade total.
D) eficácia.
E) excelência.

Gabarito: Item A
Comentário:

São indicadores de desempenho de acordo com os resultados: eficiência, eficácia e efetividade. Eficiência diz
respeito ao USO DOS RECURSOS, eficácia ao alcance de resultados (metas, objetivos) e efetividade ao impacto
gerado.

234. (CESPE - 2010 - CNJ - ANALISTA JUDICIÁRIO) A busca pela eficiência, eficácia e efetividade é um exemplo
de como as gestões pública e privada convergem em termos de filosofia de gestão e prestação de
serviços na atualidade.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito : Verdadeiro
Comentário:

A gestão pública e a privada diferem em vários aspectos, porém ambas buscam a eficiência, eficácia e a
efetividade, de forma que, nesse aspecto, há convergência entre os pensamentos.

235. (CESPE - 2014 - CADE - AGENTE ADMINISTRATIVO) Caso a organização busque alcançar eficiência e
eficácia em suas atividades, a gestão de pessoas terá papel primordial na geração das condições
necessárias para o sucesso organizacional em parceria com as demais áreas da organização.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Se a empresa quer utilizar bem seus recursos e alcançar seus objetivos, a função de gestão de pessoas, sendo
função de staff, é responsável por integrar todos os departamentos ao auxiliar os gerentes na gestão de seus
funcionários de forma que estes utilizem seus recursos de forma eficiente e alcance as metas departamentais e

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

organizacionais.

236. (CESPE - 2012 - MCT - ANALISTA EM CIÊNCIA) Além da dimensão de resultado composta por eficiência,
eficácia e efetividade, o desempenho governamental é medido pela dimensão de esforço, que engloba
economicidade, excelência e execução. A união de todos esses elementos ficou conhecida como os 6 és
(6E) do desempenho.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso
Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

São indicadores de desempenho monitorados na função controle: eficiência, eficácia, efetividade,


economicidade, execução e excelência. Esses são os 6E’s, que se dividem em indicadores de resultado e de
esforço.

237. (CESPE – 2016 - DPU - AGENTE ADMINISTRATIVO) A formação de equipes nem sempre progride sem
turbulências, o que pode gerar discussões entendidas como destrutivas.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

É conhecido como uma das etapas da formação das equipes a tormenta ou turbulência. Vale ressaltar que, na
visão tradicional, o conflito costumava ser considerado algo ruim e que deveria ser evitado. Porém, na visão
humanista, o conflito é visto como algo natural e que pode trazer efeitos positivos e negativos, e na visão
interacionista é algo que deve ser estimulado, pois aumenta a competitividade. Logo, algumas discussões podem
ser construtivas, mas outras podem ser destrutivas. Note que a questão diz “PODE gerar discussões entendidas
como destrutivas”, ou seja, não necessariamente o conflito será destrutivo, mas é uma possibilidade.

238. (CESPE - 2016 - DPU - AGENTE ADMINISTRATIVO) Em uma equipe de trabalho existem mais informações
disponíveis para a tomada de decisão do que em uma área em que as pessoas tenham sido reunidas para
executar determinadas tarefas.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Na equipe existe a responsabilidade coletiva e o compartilhamento de informações. Em um grupo não


necessariamente existe o compartilhamento de informações.

239. (CESPE - 2016 - DPU - ANALISTA) Um dos problemas comuns em equipes de trabalho heterogêneas refere-
se à tendência de haver maior identificação das pessoas com suas equipes anteriores do que com a equipe
a que atualmente pertencem.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Comentário:

Equipes de trabalho heterogêneas são equipes em que as pessoas trabalham em áreas ou tarefas diferentes.
Como a diferenciação é um fator gerador de conflito, é mais fácil que um membro se identifique com uma equipe
na qual as pessoas trabalham de forma semelhante que com uma equipe que trabalha de forma diferente.

240. (CESPE - 2016 - FUNPRESP - SUPERIOR) Inovação, promoção, desenvolvimento, organização, produção,
inspeção e manutenção são competências necessárias ao bom desempenho da equipe.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Margerison e McCann definiram 9 fatores de desempenho de equipes: assessoria, inovação, promoção,


desenvolvimento, organização, produção, inspeção, manutenção e ligação

241. (CESPE - 2016 - FUB - ASSISTENTE) A formação de equipes de trabalho é uma solução apropriada para
problemas de desempenho na medida em que essa modalidade de trabalho tende a despender menos
recursos que a modalidade de trabalho individual e a reduzir os conflitos entre os funcionários.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Só há motivo para formar uma equipe se houver sinergia entre os membros, ou seja, se o todo for maior que a
soma das partes. Assim, só se forma uma equipe se dessa maneira a produtividade for maior que se os membros
trabalhassem isoladamente. Porém, existem livros que, comparando grupos e equipes, dizem que o grupo é mais
eficiente e a equipe é mais eficaz, mas, no geral, a equipe será eficiente.

242. (CESPE - 2016 - FUB - ASSISTENTE) Ao criar equipes, o órgão se beneficia porque, nelas, há maior número
de perspectivas das demandas, bem como de diferentes abordagens que podem estar disponíveis para se
resolver determinado problema.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Ao criar uma equipe, há responsabilidade coletiva e compartilhamento de informações, logo, a equipe é mais
capaz de encontrar soluções para o problema. Só se cria uma equipe quando se percebe que, trabalhando juntas,
as pessoas são mais eficazes que trabalhando isoladamente.

243. (CESPE - 2016 - FUNPRESP-JUD - SUPERIOR) Para um novo projeto nas organizações, os profissionais são
escolhidos com base nas habilidades que possuem de contribuir para o sucesso da atividade planejada e
passam a compor uma equipe de projeto, que se dissolverá após o término da tarefa para a qual tenha sido
criada.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Um projeto é um empreendimento temporário, portanto, a equipe formada para um projeto também será
temporária e se dissolverá com o fim do projeto.

244. (CESPE - 2016 - STJ - ANALISTA) A efetividade da equipe refere-se ao conjunto de comportamentos
relevantes para que a meta de trabalho seja atingida, ao passo que o desempenho da equipe corresponde
ao grau em que os resultados do trabalho da equipe se aproximam das metas especificadas.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

A análise do alcance de metas e do grau de resultados próximo das metas especificadas refere-se à eficácia.

245. (CESPE - 2016 - STJ – ANALISTA) O ciclo de desenvolvimento das equipes de trabalho é definido pelas
etapas de formação, conflito, normatização, desempenho e desintegração. Na etapa de desintegração,
tem-se o início de um processo de ajuste ou de negociação, com a finalidade de estabelecer o que será
realizado, por quem e de qual maneira.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

O início de um processo de ajuste ou de negociação refere-se à etapa de normatização ou de aquiescência. A


desintegração é a etapa em que a equipe é desfeita, no caso de equipes temporárias.

246. (CESPE - 2016 - STJ - ANALISTA) Os grupos de trabalho têm como características o esforço individual, a
responsabilidade por resultados individuais e o objetivo de trabalho individual; já as equipes de trabalho
são caracterizadas por esforço coletivo, objetivos de trabalho compartilhados e responsabilidade
compartilhada pelos resultados.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Em um grupo de trabalho, há responsabilidade, esforço e objetivos individuais. Já em uma equipe de trabalho, a


responsabilidade, o esforço e os objetivos são coletivos.

247. (CESPE - 2014 - MPU - TÉCNICO) Na pseudoequipe, prioriza-se a individualidade, já que nesse tipo de
grupo não há preocupação com o desempenho coletivo apreciável.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Comentário:

Na pseudo-equipe é definido um trabalho para ser realizado, mas não há preocupação com o desempenho
coletivo, pois prevalece a individualidade.

248. (CESPE - 2015 - TJ-DFT - ANALISTA) A composição de equipes de trabalho nas organizações modernas
busca combinar competência técnica homogênea com características de personalidade e
comportamentais complementares para aumentar o desempenho coletivo das equipes.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

A composição de equipes trabalho pode buscar pessoas com competências técnicas homogêneas (habilidades
iguais) ou heterogêneas (habilidades diferentes), mas ambas precisam de pessoas com habilidades
complementares. Portanto, não se pode afirmar que a equipe SEMPRE busca competências técnicas homogêneas.

249. (CESPE - 2015 - FUB - TÉCNICO) Características associadas à identificação ou afiliação podem ser
reconhecidas quando os empregados de uma equipe respeitam os valores organizacionais e se sentem
orgulhosos de pertencer à organização.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Se os funcionários respeitam os valores organizacionais e se sentem orgulhosos de pertencer à organização, há


um sentimento de identificação e de afiliação, que é o senso de pertencer a um grupo.

250. (CESPE - 2015 - FUB - ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO) É considerada multifuncional para cumprimento
de tarefas específicas a equipe em que as pessoas realizam trabalhos muito relacionados ou
interdependentes e assumem as responsabilidades de seus chefes anteriores.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

A equipe multifuncional é aquela que reúne pessoas de diferentes níveis e diferentes áreas. O conceito fornecido
pela questão corresponde ao conceito de equipe auto-gerenciável.

251. (CESPE - 2010 - TRT-RN - TÉCNICO JUDICIÁRIO) O trabalho em equipe gera despersonalização dos
indivíduos.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

O trabalho em equipe elimina o individualismo e gera o senso de coletividade, mas não gera a despersonalização
necessariamente, pois é possível fazer parte de uma equipe e respeitar as diferenças de cada um desde que os
objetivos estejam alinhados com os da equipe. Se a questão afirmasse que “o trabalho em equipe PODE gerar
despersonalização dos indivíduos”, a assertiva estaria correta.

252. (CESPE – 2012 - ANCINE - TÉCNICO ADMINISTRATIVO) Pessoas motivadas e convencidas a permanecer em
uma equipe constituem exemplo de coesão das equipes de trabalho.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Pessoas motivadas e convencidas a permanecer na equipe mostra coesão.

253. (CESPE - 2010 - DETRAN-ES - AGENTE DE TRÂNSITO) Deve-se evitar que o relacionamento entre os
membros da equipe confira ao trabalho um caráter lúdico, visto que isso compromete o envolvimento da
equipe com o trabalho.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

O caráter lúdico não compromete o envolvimento da equipe do trabalho, podendo até contribuir para ele.
Algumas grandes empresas promovem o caráter lúdica em suas organizações para aumentar a inovação e a
criatividade.

254. (CESPE - 2010 - DPU - AGENTE ADMINISTRATIVO) Com relação ao trabalho em equipe, assinale a opção
correta.

A) O trabalho em equipe inevitavelmente gera estresse nos seus membros em virtude da complexidade
das relações entre eles.
B) A efetividade do trabalho em equipe é garantida, de maneira completa, pela qualidade do
relacionamento interpessoal entre os seus membros.
C) O trabalho em equipe também gera conflitos de relações interpessoais denominados conflitos
disfuncionais.
D) O trabalho em equipe gera a dissolução da identidade de cada membro.
E) Um trabalho em equipe será tanto menos produtivo quanto mais o chefe do serviço definir os
objetivos e as metas, uma vez que essa conduta reduz a criatividade do grupo.

Gabarito: Item C
Comentário:

A) O trabalho em equipe inevitavelmente gera estresse nos seus membros em virtude da complexidade das
relações entre eles.
Falso. O trabalho em equipe pode ou não gerar estresse nos seus membros.
B) A efetividade do trabalho em equipe é garantida, de maneira completa, pela qualidade do

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

relacionamento interpessoal entre os seus membros.


Falso. Não é possível garantir de forma completa a efetividade do trabalho em equipe somente pelo
relacionamento interpessoal entre os seus membros.
C) O trabalho em equipe também gera conflitos de relações interpessoais denominados conflitos
disfuncionais.
Verdadeiro. Os conflitos podem ser benéficos ou disfuncionais.
D) O trabalho em equipe gera a dissolução da identidade de cada membro.
Falso. O trabalho em equipe PODE gerar a dissolução da identidade de cada membro, mas não necessariamente.
E) Um trabalho em equipe será tanto menos produtivo quanto mais o chefe do serviço definir os objetivos
e as metas, uma vez que essa conduta reduz a criatividade do grupo.
Falso. A liderança autocrática é conhecida como a mais produtiva, mas em curto prazo. Além disso, não se pode
afirmar que SEMPRE acontecerá dessa forma, pois depende da situação.

255. (CESPE - 2013 - STF - TÉCNICO JUDICIÁRIO) A mudança de opinião com vistas à manutenção da harmonia da
equipe constitui exemplo de comportamento conciliatório na equipe de trabalho.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Mudar de opinião para manter a harmonia na equipe é uma forma de comportamento conciliatório, o que em
Gestão de Conflitos, é conhecido como “acomodação”.

256. (CESPE - 2010 - MPU - TÉCNICO DE APOIO) A existência de líderes nas equipes de trabalho é imprescindível
para que os objetivos do trabalho sejam alcançados.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

Nem sempre o líder é imprescindível nas equipes de trabalho, nas equipes autogerenciáveis, por exemplo, o líder
não é necessário.

257. (CESPE - 2013 - SERPRO - ADMINISTRADOR) A eficácia das equipes de trabalho depende, inicialmente, do
contexto organizacional, que condiciona tamanho, papéis, composição e tipo de configuração das equipes
de trabalho.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Não há uma receita de bolo, a eficácia das equipes depende da situação.

258. (CESPE - 2012 - MCT - TÉCNICO) A utilização do trabalho em equipe não se caracteriza como um advento
recente nas organizações.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

O trabalho em equipe é difundido desde a Administração Clássica, por Henry Fayol.

259. (CESPE - 2013 - STF - TÉCNICO JUDICIÁRIO) No trabalho em equipe, duas ou mais pessoas interagem e
coordenam o trabalho para atingir uma meta específica que beneficiará a todos os envolvidos.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

Uma equipe deve ser formada por duas ou mais pessoas que buscam alcançar um mesmo objetivo.

260. (CESPE - 2010 - DETRAN-ES - AGENTE DE TRÂNSITO) Os membros de uma equipe devem responsabilizar-
se por seu próprio trabalho, não se atendo ao que é realizado pelos colegas. Tal comportamento
contribui para o bom andamento do trabalho e para a eficácia do relacionamento entre os membros da
equipe.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

Na equipe há responsabilidade coletiva, logo cada membro se preocupa com o trabalho dos outros, pois o
resultado é da equipe e não de cada um.

261. (CESPE - 2016 - FUNPRESP-JUD - SUPERIOR) Por meio da comunicação, a liderança exerce poder ao criar
ou reforçar uma realidade organizacional.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

A liderança se manifesta por meio da comunicação.

262. (CESPE - 2010 - MPU - ANALISTA) Um dos obstáculos à comunicação no processo organizacional é a
avaliação prematura da mensagem pelo receptor.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro.
Comentário:

É um obstáculo que ocorre no receptor e que é muito comum.

263. (CESPE - 2012 - MCT - ANALISTA) A comunicação organizacional constitui o processo por meio do qual a

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

informação se movimenta e é intercambiada entre pessoas de uma organização.


( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

A comunicação é a transmissão de mensagens entre pessoas e setores.

264. (CESPE - 2010 - DETRAN-ES - ADMINISTRADOR) As redes de comunicação formais prevalecem no


ambiente organizacional, razão por que as redes informais de comunicação devem ser desconsideradas
como fontes de informação.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

As redes de comunicação INFORMAIS prevalecem no ambiente organizacional e NÃO devem ser desconsideradas.
A tendência hoje é incentivar a comunicação informal, pois ela é mais rápida.

265. (CESPE - 2015 - FUB - TECNÓLOGO) Um empregado, ao realizar a modificação de uma orientação para
acesso às dependências da empresa, gera uma barreira ao processo de comunicação denominada
distorção.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

A modificação foi na ORIENTAÇÃO do acesso, que se confusa, gera distorção na informação.

266. (CESPE - 2014 - ANATEL - ADMINISTRADOR) O silêncio — ausência de palavras ou ruídos — pode ser
reconhecido como uma forma de comunicação organizacional em diferentes situações, como, por
exemplo, quando um executivo, para sinalizar descontentamento com seu subordinado, evita-o ou
ignora-o.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Verdadeiro
Comentário:

O silêncio PODE ser reconhecido como uma forma de comunicação.

267. (CESPE - 2014 - ANATEL - ADMINISTRADOR) No sistema formal da comunicação organizacional do tipo
“cadeia”, os membros se comunicam ativamente uns com os outros e há um líder forte que age como
condutor central do processo.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Comentário:

Não há um líder como condutor central do processo no sistema tipo “cadeia”. Neste tipo a comunicação é
somente ascendente e descendente.

268. (CESPE - 2004 - POLÍCIA FEDERAL - AGENTE DE POLÍCIA) No contexto organizacional, a percepção seletiva
não constitui barreira para a comunicação eficaz.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito: Falso
Comentário:

Percepção seletiva é a tendência do indivíduo de interpretar e analisar as informações de acordo com as suas
experiências, vivências e conhecimentos e constitui sim uma barreira para a comunicação eficaz.

QUESTÕES 269 A 394 – GESTÃO DE PESSOAS

269. (CESPE - 2016 - FUNPRESP - SUPERIOR) Expansão do capital intelectual, renovação da cultura organizacional,
aumento da interação da equipe da organização e identificação de possíveis melhorias são algumas das vantagens
atribuídas ao recrutamento interno.

Gabarito: Errado
Comentário:
Expansão do capital intelectual, renovação da cultura organizacional e identificação de possíveis melhorias são
vantagens do recrutamento externo, pois este proporciona novos olhares sobre as práticas da organização por meio
dos novos integrantes que chegam à empresa sem vícios. Porém, é muito relativo afirmar que o recrutamento
externo aumenta a interação da equipe, pois existe a possibilidade de a equipe se sentir frustrada pela chegada de
novos membros que mudam a rotina da empresa.

Vantagens do recrutamento interno


• motiva;

• incentiva o desenvolvimento profissional;

• barato;

• rápido;

• mais confiável, pois já se conhece a pessoa e suas características;

• permite manter a cultura organizacional.

Vantagens do recrutamento externo:


• enriquece o patrimônio intelectual;

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

• experiências novas;

• renovar;

• permite identificar vícios;

• atrai aprendizado novo.

270. (CESPE - 2016 - FUNPRESP - SUPERIOR) Embora recrutamento interno, externo e misto sejam as formas de
recrutamento mais difundidas e comumente utilizadas nas empresas, novas modalidades para a busca de talentos
vêm sendo adotadas, a exemplo do recrutamento on-line.

Gabarito: Errado
Comentário:
Temos apenas 3 tipos de recrutamento (interno, externo e misto). Como métodos/técnicas de recrutamento
teremos jornais, revistas, indicação, agências, headhunters (caçadores de talentos) e on-line. O erro da questão é
misturar tipos de recrutamento com métodos de recrutamento.

271. (CESPE - 2016 - FUNPRESP - SUPERIOR) O recrutamento é um processo comparativo de decisão e escolha que
visa encontrar o profissional certo para, no momento oportuno, ocupar determinado cargo.

Gabarito: Errado
Comentário:
O recrutamento é um processo de atração de candidatos para determinado cargo. A seleção é que é um processo
de comparação e decisão (perfil do candidato que eu preciso versus perfil do candidato que eu tenho). A questão
trouxe o conceito de seleção e afirmou ser o de recrutamento.

272. (CESPE - 2016 - TCE-PA - AUDITOR) As transferências de pessoal dentro da organização, as promoções e os planos
de carreira são modalidades de recrutamento interno.

Gabarito: Certo
Comentário:

Para realizar o recrutamento interno pode-se utilizar transferências de pessoal, promoções e planos de carreira.
Observação uma desvantagem do recrutamento interno é o Princípio de Peter, o qual versa sobre promover um
indivíduo até a máxima da sua incompetência. Para minimizar a ocorrência do Princípio de Peter é utilizada a
carreira em Y, na qual o funcionário pode progredir na carreira administrativa ou técnica.

273. (CESPE - 2016 - TCE-PA - AUDITOR) O recrutamento externo em um órgão público é sempre mais vantajoso que
o recrutamento interno porque propicia a aquisição de novas experiências e o enriquecimento dos recursos humanos
existentes.

Gabarito: Errado
Comentário:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Não se pode afirmar que o recrutamento externo é sempre mais vantajoso que o recrutamento interno,
depende da situação.

274. (CESPE - 2016 - TCE-PA - AUDITOR) Do ponto de vista de aplicação, as organizações devem recorrer ao
recrutamento externo, uma vez que o mercado de recursos humanos dispõe de candidatos mais capacitados para
atuarem nas empresas.

Gabarito: Errado
Comentário:

Não se pode afirmar que o mercado de recursos humanos dispõe de candidatos mais capacitados para exercer
um cargo do que o ambiente interno.

275. (CESPE - 2016 - TCE-PA - AUDITOR) A introdução de novos profissionais nas organizações é entendida como uma
desvantagem do processo de recrutamento externo, uma vez que novos contratados tendem a desestabilizar culturas
organizacionais consolidadas.

Gabarito: Errado
Comentário:

Não se pode afirmar isso, depende da situação, do objetivo. Por exemplo, caso se deseje mudar a cultura da
organização, já nao seria uma desvantagem e sim uma vantagem.

276. (IF-RS - 2016 - IF-RS - AXILIAR DE ADMINISTRAÇÃO) Avalie as afirmativas abaixo e marque a INCORRETA sobre
recrutamento e seleção de pessoal.

a) A seleção de pessoal é responsável por selecionar os profissionais mais adequados para suprir as necessidades da
empresa ou organização.

b) O recrutamento de pessoal é responsável por captar candidatos a emprego para vagas em aberto em uma empresa
ou organização.

c) A seleção de pessoal tem por finalidade escolher, dentre os candidatos a emprego, os mais adequados para atender
às necessidades da empresa ou organização.

d) Todo o processo de seleção baseia-se na análise comparativa entre as exigências do cargo e as características do
candidato.

e) O recrutamento de pessoal é responsável por selecionar os profissionais mais adequados para suprir as
necessidades da empresa ou organização.

Gabarito: Item E
Comentário:

O recrutamento não seleciona candidatos e sim atrai.

277. (FGV - 2016 - IBGE - ANALISTA) Uma empresa de porte médio, fabricante de janelas de alumínio, recebeu uma
grande encomenda e precisa contratar rapidamente cinco pessoas para o cargo de auxiliar de operações, para

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

trabalharem sob supervisão dos técnicos mais experientes. O cargo exige que os ocupantes tenham, como
qualificação, educação profissional técnica de nível médio e seis meses de experiência comprovada. Nessa situação,
é recomendável que o processo de seleção priorize:

a) prova escrita e teste de personalidade;

b) dinâmica de grupo e entrevista;

c) dinâmica de grupo e testes psicológicos;

d) prova de realização e teste de personalidade;

e) prova de realização e entrevista.

Gabarito: Item E
Comentário:

A questão quer avaliar qualificação e experiência, então é recomendável que o processo de seleção priorize a prova
de realização e a entrevista. As técnicas de seleção são: teste de personalidade, testes psicométricos (avaliar o
comportamento do indivíduo), técnica de simulação (grupo), entrevistas, provas/testes. Os tipo de entrevistas são:
estruturada (perguntas padronizadas), diretivas (informações desejadas), não-diretiva (informal, aleatória),
descrição comportamental (avaliar habilidades, experiências). Os tipos de provas/testes são: de realização/prática
e teóricas, com questões objetivas ou discursivas, oral, escrita, conhecimentos gerais, conhecimentos específicos.

278. (FGV - 2016 - IBGE - ANALISTA) Um gerente de marketing precisa selecionar um candidato para uma vaga na sua
equipe. Recebeu, por indicação, quatro currículos com nível de formação adequado e experiência compatível com o
cargo. O gerente resolveu marcar uma entrevista, “uma conversa para conhecer melhor os candidatos”, para escolher
o mais adequado à vaga.
Esse tipo de entrevista desestruturada, como instrumento de seleção, tem como desvantagem:

a) tende a gerar informações desnecessárias e pessoais;

b) consomem muito tempo do entrevistador e do entrevistado;

c) focam no candidato como pessoa, não nos seus conhecimentos técnicos;

d) não permite avaliar o comportamento do candidato;

e) não acrescentam informações relevantes às contidas nos currículos e testes.

Gabarito: Item A

Comentário:

Entrevista desestruturada é sinônimo de não-diretiva . Nesse tipo de entrevista não se faz planejamento, podendo
surgir informações desnecessárias. Os demais itens também podem ocorrer em uma entrevista desestruturada,
mas não necessariamente. Dentre os erros de avaliação estão: efeito Halo, a tendência de beneficiar o indivíduo
por permitir que uma amizade ou uma simpatia interfira; efeito Horn, a tendência de prejudicar o indivíduo por
permitir que uma inimizade ou antipatia interfira.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

279. (FGV - 2016 - CODEBA - ADMINISTRADOR) Com referência aos processos de recrutamento, analise as afirmativas
a seguir.
I. O processo de recrutamento interno apresenta como vantagens, ser mais rápido, econômico e manter a motivação
do grupo.
II. A desvantagem de se adotar o recrutamento interno como política está explicitada pelo princípio de Peter.
III. A maior desvantagem do recrutamento externo é o aporte de pessoas com ideias novas e práticas exógenas ao
grupo.

Assinale:

a) se somente a afirmativa I estiver correta.

b) se somente a afirmativa II estiver correta.

c) se somente a afirmativa III estiver correta.

d) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.

e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

Gabarito: Item D

Comentário:

Item I) Verdadeiro. São vantagens do recrutamento interno a rapidez, a economicidade e a manutenção da


motivação da equipe.

Item II) Verdadeiro. Uma desvantagem do recrutamento interno é o Princípio de Peter, que consiste na promoção
do indivíduo internamente até o máximo de sua incompetência. Para minimizá-lo utiliza-se a carreira em Y.

Item III) Falso. Trazer pessoas com ideias novas é uma vantagem do recrutamento externo e não uma desvantagem.

280. (FUNCAB - 2015 - CRF-RO - ADMINISTRADOR) O modelo de seleção de pessoas que se caracteriza por existirem
vários candidatos para cada vaga e várias vagas para cada candidato é denominado:

a) colocação.

b) estágio único.

c) conhecimento.

d) entrevista.

e) classificação.

Gabarito: Item E

Comentário:

Classificação : várias vagas/vários candidatos. Os modelos de Seleção são: colocação, no qual há 1 candidato para
1 vaga; seleção, no qual há 1 vaga para vários candidatos; classificação, no qual há várias vagas para vários
candidatos.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

281. (FUNCAB - 2015 - CRF-RO - ADMINISTRADOR) A técnica de seleção de pessoas cuja característica é a aplicação
de provas com conteúdo geral ou específico é conhecida como:

a) teste psicológico.

b) prova de conhecimento.

c) teste de personalidade.

d) técnica de simulação.

e) teste padronizado.

Gabarito: Item B

Comentário:

A técnica de seleção de pessoas cuja característica é a aplicação de provas com conteúdo geral ou específico é
conhecida como prova de conhecimento. As técnicas de seleção são: teste de personalidade (avalia características
natas e adquiridas), testes psicométricos (avalia o comportamento do indivíduo em relação a um padrão), técnica
de simulação (dinâmicas de grupo), entrevistas, provas/testes. Os tipos de provas/testes são: de realização/prática
e teóricas, com questões objetivas ou discursivas, oral, escrita, conhecimentos gerais, conhecimentos específicos.

282. (FGV - 2015 - TJ-RO - PEDAGOGO) O mercado de trabalho (MT) refere-se às oportunidades de emprego e vagas
existentes nas empresas e o mercado de recursos humanos (MRH) refere-se ao número de candidatos a emprego. O
MRH pode estar total ou parcialmente contido no MT. Considera-se que o MRH é de oferta quando há abundância de
candidatos e que ele é de procura quando há escassez de candidatos. São comportamentos comuns das organizações
no MT em oferta:

a) competição entre empresas para obter candidatos e redução dos investimentos em recrutamento;

b) redução das exigências aos candidatos e redução dos investimentos em treinamento;

c) políticas de fixação do pessoal e ênfase no recrutamento interno;

d) redução dos investimentos em benefícios sociais e redução do recrutamento externo;

e) orientação para o trabalho e políticas de substituição de pessoal.

Gabarito: Item C

Comentário:

Mercado de trabalho em oferta é quando há abundância de empregos (vagas), logo, é uma vantagem para os
candidatos. Nesse caso de mercado de trabalho em oferta, as empresas oferecem salários mais altos, mais políticas
de retenção, há maior investimento em treinamento, políticas de promoção e retenção para evitar que o
funcionário busque outros empregos, o absenteísmo e a rotatividade são maiores, a empresa é menos exigente, há
competição entre empresas pelos melhores candidatos e é preciso haver maior investimento em recrutamento.
Portanto:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

a) competição entre empresas para obter candidatos e redução dos investimentos em recrutamento; (Falso. Aumento
de investimentos em recrutamento)
b) redução das exigências aos candidatos e redução dos investimentos em treinamento; (Falso. Aumento dos
investimentos em treinamento)
c) Item correto
d) redução dos investimentos em benefícios sociais e redução do recrutamento externo; (Falso. Aumento dos
investimentos em benefícios sociais)
e) orientação para o trabalho e políticas de substituição de pessoal.(Falso. Políticas de retenção de pessoal)

283. (FCM - 2016 - IF-RS - ADMINISTRAÇÃO) Treinamento é um processo sistemático para promover a aquisição de
habilidades, conceitos e atitudes que busquem a melhoria da adequação entre características dos empregados e as
exigências dos papéis funcionais (LIMONGI FRANÇA, 2008).

NÃO complementa a ideia do processo de treinamento:

a) É também objetivo do treinamento suprir o desenvolvimento de gestores.

b) O objetivo do processo de treinamento é exclusivamente preparar pessoas para novas atividades e ocupações.

c) O planejamento prévio de treinamento é importante para garantir a eficácia dos resultados de recursos humanos.

d) Os processos de treinamento devem atuar de forma integrada juntamente aos outros órgãos e atividades de
recursos humanos.

e) A maioria das atividades de treinamento são operacionais, apesar de esse subsistema ter enfoque estratégico
dentro da empresa.

Gabarito: Item B

Comentário:

Incorreto, o termo “exclusivamente” torna o item falso. Características do treinamento: prepara o indivíduo para
o cargo e é um programa de curto prazo. Características do desenvolvimento: prepara o indivíduo para a
carreira/cargos futuros e é um programa de médio prazo. Capacitação: prepara para exercer atividades futuras.

284. (CESPE - 2016 - FUNPRESP - SUPERIOR)

Treinamento refere-se a um processo de aperfeiçoamento que visa aprimorar o desempenho do profissional no cargo,
ao passo que capacitação consiste no processo de disseminação de novas técnicas para o desenvolvimento de
competências voltadas à progressão e à obtenção de novas responsabilidades ou atribuições na organização.

Gabarito: Certo

Comentário:

Conceitos corretos de treinamento e capacitação. Ambos são de curto prazo, porém o treinamento volta-se para
atividades do cargo ocupado e a capacitação para atividades futuras que possam vir a ser executadas pelo
empregado.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

285. (FGV - 2016 - IBGE - ANALISTA) A evolução teórico-metodológica da área de educação corporativa levou a uma
proliferação de conceitos relacionados à área. A aquisição sistemática de atitudes, conceitos, conhecimentos, regras
ou habilidades que resultem na melhoria do desempenho no trabalho é a definição de:

a) saber;

b) informação;

c) aprendizagem;

d) educação;

e) treinamento.

Gabarito: Item E

Comentário:

Se é para melhorar o desempenho no trabalho é treinamento. Se é para melhorar a preparação para a carreira é
desenvolvimento.

286. (UFMT - 2016 - TJ-MT - ANALISTA) Treinamento é um processo pelo qual as pessoas são preparadas para
desempenhar de maneira excelente as tarefas específicas do cargo que ocupam. Assinale a alternativa que apresenta
as mudanças de comportamento que podem ocorrer devido ao treinamento.

a) Transmissão de informação, desenvolvimento de habilidades, de atitude e de conceitos.

b) Processo educacional, pró-atividade, motivação e liderança.

c) Comprometimento, liderança e empowerment.

d) Apropriação da técnica, execução perfeita, motivação e absorção da cultura organizacional.

Gabarito: item A

Comentário:

São os objetivos do treinamento: transmitir informações, desenvolver conhecimentos e desenvolver


comportamentos e atitudes.

287. (IESES - 2016 - BAHIAGÁS - ANALISTA) No levantamento das necessidade de Treinamento (LNT) diversas técnicas
de coleta de dados podem ser aplicadas, dentre elas o Questionário. Quais as vantagens do Questionário:

a) Não requer planejamento para a aplicação; Permite esclarecer dúvidas durante a aplicação.

b) Possibilita padronizar as Gabaritos; Permite explorar com profundidade os temas.

c) Menor tempo de aplicação; Permite coletar informações de rotinas complexas.

d) Possibilita atingir um maior número de respondentes de forma simultânea; Menor custo.

e) Permite explorar com profundidade os temas; Assegura o anonimato.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito: Item D

Comentário:

a) Não requer planejamento para a aplicação; Permite esclarecer dúvidas durante a aplicação.
Falso. Requer planejamento para aplicação e não permite esclarecer dúvidas durante a aplicação.

b) Possibilita padronizar as Gabaritos; Permite explorar com profundidade os temas.


Falso. O método que permite explorar com profundidade os temas é a entrevista.

c) Menor tempo de aplicação; Permite coletar informações de rotinas complexas.


Falso. O método que permite coletar informações de rotinas complexas é a entrevista.

d) Item correto

e) Permite explorar com profundidade os temas; Assegura o anonimato.

Falso. O método que permite explorar com profundidade os temas é a entrevista.

288. (CESPE - 2016 - FUNPRESP - ANALISTA)


Na rotação de cargos, o colaborador é transferido lateralmente para outros cargos, passa a desempenhar diferentes
funções e, consequentemente, adquire ampla variedade de habilidades que podem contribuir com seu
desenvolvimento pessoal.

Gabarito: Certo
Comentário:

A rotação de cargos é intencional com o objetivo de aumentar o aprendizado do indivíduo. Não confundir com
rotatividade, que é a relação entre o número de contratados e demitidos ou que pediram demissão.

289. (CESPE - 2016 - DPU - PSICÓLOGO)

No processo corporativo de aprendizagem, o conhecimento tácito do colaborador, por ser subjetivo, complexo e
pessoal, deve ser substituído pelo conhecimento explícito, que se caracteriza por ser formal, sistemático e de fácil
transmissão.

Gabarito: Errado

Comentário:

Os conceitos de conhecimento tácito e explícito abordados pela questão estão corretos, o erro da questão está em
afirmar que um DEVE ser substituído pelo outro. O conhecimento tácito é o conhecimento pessoal, devidos às
nossas experiências, complexo, informal. O conhecimento explícito é formal, já está exposto nas regras, normas e
livros, é um conhecimento oficial.

Observação: Espiral do conhecimento


• Tácito-explícito: externalização
• Explícito-tácito: internalização

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

• Explícito- Explícito: combinação


• Tácito- Tácito: socialização

290. (CESPE - 2016 - DPU - PSICÓLOGO)

Os sistemas de educação corporativa dispensam o mapeamento das competências organizacionais e, após serem
implantados, servem de base para a definição das diretrizes estratégicas do negócio, das competências individuais e
das competências empresariais da organização.

Gabarito: Errado

Comentário:

O erro da questão está em afirmar o mapeamento das competências organizacionais é dispensado e também em
afirmar que servem de base para definição das diretrizes estratégicas, pois o que se faz primeiro é a definição dos
objetivos estratégicos. Mapeamento de competências é definir quais são as competências que a empresa tem e
quais são as competências que a empresa precisa. (Identificar os objetivos estratégicos, identificar as competências
necessárias, identificar as competências existentes, identificar as lacunas (gaps), programa de desenvolvimento).

291. (CESPE - 2016 - DPU - PSICÓLOGO).

As competências essenciais, também denominadas core competence, referem-se aos conhecimentos, às habilidades
e às atitudes dos colaboradores para realizarem seus trabalhos com sucesso.

Gabarito: Errado

Comentário:

A questão se refere às competências humanas, que são relacionadas aos conhecimentos (saber), habilidades (saber
fazer) e atitudes (querer fazer). Os tipos de competências são: essenciais (core competences), aquelas que fornecem
um diferencial competitivo, também chamadas de básicas; de gestão, capacidade da empresa de administrar,
planejar, organizar, dirigir e controlar; humanas, relacionadas aos conhecimentos (saber), habilidades (saber fazer)
e atitudes (querer fazer); e organizacionais, capacidade de inovar, criar, melhorar,desenvolver.

292. (CESPE - 2016 - DPU - PSICÓLOGO)

A educação corporativa, fundamentada no desenvolvimento de competências, promove a reformulação das práticas


pedagógicas tradicionais e exige dos docentes uma revisão constante de suas práticas de ensino.

Gabarito: Certo

Comentário:

No contexto do ensino, a educação corporativa promove a constante atualização dos docentes em relação às suas
práticas de ensino.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

293. (CESPE - 2015 - TRE-RS - ANALISTA) Com relação às características do processo de treinamento e
desenvolvimento de pessoal, assinale a opção correta.

a) A aprendizagem é compreendida como um processo de mudança provocado por estímulos diversos e mediado por
emoções que podem provocar mudanças no comportamento do funcionário.

b) Treinamentos deveriam dar suporte à direção estratégica da organização, e os objetivos deles devem estar
alinhados com os objetivos das equipes e das pessoas.

c) Treinamento e desenvolvimento são caminhos semelhantes para a melhoria das competências nas organizações,
pois utilizam técnicas similares e almejam os mesmos objetivos.

d) A educação pode ser definida como uma somatória de processos gerais de aprendizagem que viabilizam o
crescimento do funcionário, e cujo objetivo principal é o preparo desse indivíduo para desempenhar um trabalho mais
operacional.

e) Desenvolver pessoas significa proporcionar-lhes conhecimentos e habilidades para o adequado desempenho de


suas tarefas, por meio de um processo que envolve componentes diferentes do processo educativo.

Gabarito: Item A

Comentário:

a) Item correto

b) Treinamento está voltado ao contexto operacional.

c) Treinamento almeja a melhorar execução de tarefas do cargo e desenvolvimento almejam a preparação para a
carreira.

d) Não se pode afirmar que a educação prepara o indivíduo para a parte operacional.

e) Desenvolvimento está voltado para a carreira. Treinamento está voltado para o cargo.

Aprendizado Organizacional: é um processo de mudança, de acúmulo de experiências, de inovação, de melhoria


geral. Só há aprendizado organizacional quando a teoria se transforma em prática (transformação do conhecimento
em ação), de forma que a valorização da experiência, treinamento e desenvolvimento deve ser um processo
constante.

294. (CESPE - 2015 - TELEBRAS - ANALISTA)

No processo de elaboração de treinamentos, a primeira etapa é a avaliação da ação, a qual representa o levantamento
e a análise de necessidades e oferece subsídio à próxima etapa, que será a execução do treinamento.

Gabarito: Errado

Comentário:

A primeira etapa é o levantamento de necessidades, que dá subsídio para a programação do treinamento. Etapas
do Processo de Treinamento: levantamento das necessidades do treinamento; programação do treinamento
(Quem fará, qual o conteúdo, onde ocorrerá, quanto tempo irá durar, quanto vai custar); implementação e

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

execução; avaliação (Reação: avalia a estrutura, o material; Aprendizado: feito quando o treinamento acaba, avalia
se a informação transmitida foi compreendida; Comportamento: avalia se a informação transmitida foi
transformada em ação, aqui o indivíduo já está no seu posto de trabalho; Resultado: avalia se valeu a pena o
investimento do treinamento).

295. (CESPE - 2015 - TELEBRAS - ANALISTA)

Todos os treinamentos em vendas visam à mudança de orientação da empresa, que deixa de ser orientada para o
produto e passa a ser orientada para o mercado, e a melhoria do relacionamento entre cliente e empresa.

Gabarito: Errado

Comentário:

Não se pode afirmar que todo treinamento visa essa mudança de orientação da empresa.

296. (CESPE - 2015 - STJ - TÉCNICO JUD)

O ensino a distância, como opção de aperfeiçoamento educacional, surgiu com o uso de equipamentos
tecnológicos, como o computador e a Internet.

Gabarito: Errado

Comentário:

O ensino a distância existe desde 1748, época em que se dava por correspondências.

297. (CESPE - 2015 - STJ - TÉCNICO JUD)

Antes da definição de um modelo pedagógico para a criação de um curso a distância, é essencial que se realize uma
avaliação diagnóstica dos cursos presenciais da organização, de forma a evitarem-se discrepâncias entre os modelos
que possam desqualificar as ações educacionais.

Gabarito: Certo

Comentário:

O curso a distância deve oferecer as mesmas oportunidades aos alunos na medida do possível.

298. (CESPE - 2015 - STJ - ANALISTA)

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Blended learning é uma modalidade de ensino que combina a aprendizagem face a face com a aprendizagem mediada
pela Internet. Adoção dessa modalidade de aprendizagem requer o redesenho de cursos e a redução do tempo gasto
em sala de aula. Tais cursos não eliminam completamente a sala de aula, apenas reduzem a sua ocorrência.

Gabarito: Certo

Comentário:

A questão traz o conceito correto de Blended Learning.

299. (FGV - 2015 - TCM-SP - ADMINISTRADOR) A diretora de RH de uma instituição de ensino e pesquisa vai formular
as estratégias de treinamento e desenvolvimento da instituição para o ano de 2016 e 2017. Tendo em vista o alto
custo do treinamento e desenvolvimento dos profissionais da instituição, especialmente dos professores e dos
pesquisadores, a diretora quer fazer um levantamento amplo das necessidades de treinamento, considerando os
níveis de análise organizacional, dos recursos humanos e da estrutura de cargos, apoiada em vários indicadores.

São indicadores de necessidades de treinamento:

a) implantação de remuneração variável, alta rotatividade, baixa produtividade;

b) análise de cargos, avaliação de desempenho, revisão do plano de carreiras;

c) aumentos salariais, adoção de novas tecnologias de trabalho, melhoria da infraestrutura de trabalho;

d) aumento do número de funcionários, revisão de layout, mudança da estrutura salarial;

e) redução do número de empregados, mudanças nos programas de trabalho, comunicação deficiente.

Gabarito: Item E

Comentário:

a) implantação de remuneração variável não é um indicador;

b) revisão do plano de carreiras não é um indicador;

c) aumentos salariais não são indicadores;

d) revisão de layout e mudança da estrutura salarial não são indicadores;

e) redução do número de empregados, mudanças nos programas de trabalho, comunicação deficiente.

300. (CESPE - 2015 - TCU - TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO)


Os indivíduos com elevada autoeficácia prescindem da participação em programas de treinamento e
desenvolvimento.

Gabarito: Errado

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Comentário: A palavra “prescindem” torna o item incorreto. O indivíduo que tem autoeficácia precisa participar de
programas de treinamento e desenvolvimento como os demais. Vale ressaltar que a autoeficácia em excesso pode
ser um obstáculo ao aprendizado.

301. (CESPE - 2015 - FUB - TECNÓLOGO)

O processo de aprendizagem é influenciado pela relação professor/aluno, a qual é pautada no entrosamento entre os
diferentes atores envolvidos, no domínio de conteúdo e na capacidade didática do professor.

Gabarito: Certo

Comentário:

A relação professor/ aluno é uma variável que influencia o aprendizado. Afirmativa correta.

302. (CESPE - 2015 - FUB - TECNÓLOGO)

Os investimentos em treinamento nas organizações geram retorno tanto para as pessoas quanto para a organização,
por meio de ganho de competência e de produtividade.

Gabarito: Certo

Comentário:

Tanto o funcionário como a empresa ganham com os investimentos em treinamento. Afirmativa correta.

303. (VUNESP - 2015 - CÂMARA MUNICIPAL ITATIBA-SP - ANALISTA) Quando o treinamento está vinculado ao
preenchimento das lacunas entre as competências existentes e aquelas necessárias à organização ou ao cargo que a
pessoa ocupa, a ação deve ser iniciada pelo

a) planejamento das ações de treinamento.

b) diagnóstico das necessidades de treinamento.

c) desenho do programa de treinamento.

d) estabelecimento de metas de atendimento aos objetivos.

e) desenvolvimento de um plano de ação de educação continuada.

Gabarito: Item B

Comentário:

A primeira etapa do processo de treinamento é o levantamento das necessidades de treinamento, comparando as


competências de que a organização precisa para atingir seus objetivos e aquelas que ela já possui, de modo a
identificar as lacunas ou gaps, que servem de insumo para determinar quais as necessidades de treinamento.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

304. (AOCP - 2015 - EBSERH - PEDAGOGO) O Treinamento na empresa envolve as seguintes etapas:

a) aplicação e diagnóstico.

b) diagnóstico, elaboração do programa de treinamento, aplicação ou implementação, avaliação e acompanhamento.

c) aplicação e avaliação.

d) diagnóstico da realidade, aplicação e, por fim, o acompanhamento.

e) diagnóstico, avaliação e acompanhamento.

Gabarito: Item B

Comentário:

Etapas do Processo de Treinamento: levantamento das necessidades do treinamento; programação do treinamento


(Quem fará, qual o conteúdo, onde ocorrerá, quanto tempo irá durar, quanto vai custar); implementação e
execução; avaliação (Reação: avalia a estrutura, o material; Aprendizado: feito quando o treinamento acaba, avalia
se a informação transmitida foi compreendida; Comportamento: avalia se a informação transmitida foi
transformada em ação, aqui o indivíduo já está no seu posto de trabalho; Resultado: avalia se valeu a pena o
investimento do treinamento).

305. (FUNIVERSA - 2015 - UEG - ANALISTA) A capacitação de pessoal tem como foco estruturar e operacionalizar um
programa para otimizar o desempenho dos recursos humanos da organização. Nesse sentido, é particularmente
relevante

a) considerar atividades futuras que o funcionário possa realizar.

b) estabelecer critérios subjetivos, que deverão ser adotados para análise das realizações esperadas.

c) adotar um programa comum e uniforme para todos os funcionários.

d) manter um cadastro de capacitação interna para avaliar se os funcionários têm o perfil adequado para a
organização.

e) reavaliar o nível de capacitação para excluir os funcionários que não se adaptarem às diretrizes superiores.

Gabarito: Item A

Comentário:

Capacitação tem relação com atividades futuras.

306. (CESPE - 2015 - FUB - ASSISTENTE) Com relação a recrutamento, seleção, treinamento e desenvolvimento de
pessoas e benefícios sociais, julgue o item.

A avaliação de aprendizagem será empregada em uma organização caso os profissionais de RH realizem avaliações

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

periódicas dos programas de treinamento, utilizando instrumentos que medem como as condições disponibilizadas
para realização das ações foram percebidas por treinandos.

Gabarito: Errado

Comentário:

A realização das avaliações tem de ser constantes.

307. (CESPE - 2015 - FUB - ASSISTENTE)

A análise organizacional para fins de levantamento de necessidades de treinamento de pessoal na organização avalia
a eficácia da organização e o seu sucesso em alcançar objetivos, com o propósito de determinar quais habilidades,
conhecimentos, experiências e comportamentos são apropriados para a realização do trabalho e a consecução de
desempenhos de excelência.

Gabarito: Certo

Comentário:

Para levantar as necessidades de treinamento é relevante avaliar a eficácia da organização, ou seja, a sua
capacidade de alcançar seus objetivos. Se sua eficácia é baixa, mostra que é necessário identificar as competências
que faltam para que ela aumente.

308. (CETAP - 2015 - MPCM - TÉCNICO ADM.) Em Junho de 1998, a revista Exame publicou uma matéria cujo o
destaque eram as vultosas quantias de investimentos em treinamento no Brasil e o alto grau de insatisfação com os
resultados obtidos. A percepção de ineficácia de alguns programas colaborou para a crescente preocupação das
empresas em não desperdiçar recursos com atividades que não gerem resultados mensuráveis. Para evitar que isto
ocorra, é importante que:

a) a definição dos conteúdos dos programas de treinamento seja de responsabilidade limitada da área de recursos
humanos.

b) os indicadores de medição dos resultados dos programas de treinamento priorizem a reação dos treinandos.

c) sejam priorizados pela área de RH “cardápios prontos oferecidos para a maioria das empresas.

d) sejam estabelecidas estratégias de agregação das competências desenvolvidas durante o treinamento ao trabalho
cotidiano de cada empregado.

e) sejam utilizados indicadores que medem a participação dos empregados nos programas de treinamento.

Gabarito: Item D

Comentário:

a) a definição dos conteúdos dos programas de treinamento seja de responsabilidade limitada da área de recursos
humanos.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Falso. A responsabilidade não pode ser limitada. Deve ser compartilhada entre a gerência e o departamento de RH.

b) os indicadores de medição dos resultados dos programas de treinamento priorizem a reação dos treinandos.

Falso. Deve-se priorizar a avaliação de resultados e não avaliação de reação.

c) sejam priorizados pela área de RH “cardápios prontos oferecidos para a maioria das empresas.

Falso. Em lugar de ‘’cardápios prontos’’ agora se levantam as necessidades de treinamento e faz-se treinamento
constante.

d) sejam estabelecidas estratégias de agregação das competências desenvolvidas durante o treinamento ao trabalho
cotidiano de cada empregado.

Item correto. Para que os recursos não sejam desperdiçados, é preciso garantir que as competências adquiridas no
treinamento sejam utilizadas no cotidiano dos empregados.

e) sejam utilizados indicadores que medem a participação dos empregados nos programas de treinamento.

Somente medir a participação dos empregados nos programas não garante que as competências serão utilizadas
na rotina dos empregados e trarão os resultados esperados.

309. (FCC - 2015 - TRE-RR - ANALISTA) Os testes aplicados, antes e após a conclusão dos treinamentos, têm como
objetivo medir

a) o desenvolvimento.

b) a reação.

c) o comportamento.

d) o resultado.

e) o aprendizado.

Gabarito: Item E

Comentário: Avaliação de Aprendizado, pois compara o nível do empregado antes e após a conclusão dos
treinamentos, com o objetivo de avaliar se o conhecimento foi adquirido.

310. (VUNESP - 2015 - PREF. DE CAIEIRAS-SP - ASSISTENTE) Quanto aos conceitos de treinamento e desenvolvimento,
é correto afirmar que

A) desenvolvimento está vinculado ao aqui e agora, capacitando o trabalhador para a função que ocupa.

B) as ações de treinamento devem ser voltadas, basicamente, para o comportamento das pessoas na organização.

C) desenvolvimento é uma ação que vislumbra o futuro do trabalhador dentro da organização.

D) quando se fala em ações para a capacitação do trabalhador a fim de galgar posições futuras de uma carreira na
empresa, elas são, fundamentalmente, ações de treinamento.

E) desenvolvimento é um processo de assimilação cultural no curto prazo, que objetiva repassar ou reciclar
conhecimentos, habilidades ou atitudes relacionados diretamente à execução de tarefas ou à sua otimização no
trabalho.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito: Item C

Comentário:

A) desenvolvimento está vinculado ao aqui e agora, capacitando o trabalhador para a função que ocupa.

Falso. O TREINAMENTO é que está vinculado ao aqui e ao agora.

B) as ações de treinamento devem ser voltadas, basicamente, para o comportamento das pessoas na organização.

Falso. As ações de DESENVOLVIMENTO devem ser voltadas para o comportamento das pessoas na organização.

C) desenvolvimento é uma ação que vislumbra o futuro do trabalhador dentro da organização.

Verdadeiro. O desenvolvimento está voltado para a carreira do trabalhador.

D) quando se fala em ações para a capacitação do trabalhador a fim de galgar posições futuras de uma carreira na
empresa, elas são, fundamentalmente, ações de treinamento.

Falso. Refere-se a ações de DESENVOLVIMENTO.

E) desenvolvimento é um processo de assimilação cultural no curto prazo, que objetiva repassar ou reciclar
conhecimentos, habilidades ou atitudes relacionados diretamente à execução de tarefas ou à sua otimização no
trabalho.

Falso. Refere-se a TREINAMENTO.

311. (FDC - 2015 - AGERIO - ANALISTA) Os treinamentos podem proporcionar diversos benefícios para a organização.
Um exemplo de benefícios externo que a empresa pode obter é a:

A) maior competitividade organizacional;

B) melhor qualidade de vida no trabalho

C) inovação nas relações trabalhistas;

D) eficácia nos resultados;

E) maior produtividade.

Gabarito: Item A

Comentário:

O único benefício que depende do ambiente externo é a competitividade, pois depende da existência de um
concorrente. Melhor qualidade de vida no trabalho, inovação nas relações trabalhistas, eficácia nos resultados e
maior produtividade são benefícios internos.

312. (CESPE - 2016 - CESPE - Agente Administrativo) Quanto à organização no trabalho, às prioridades e às relações
humanas, julgue os itens que se seguem.

Definir objetivos, conceber estratégias, formular linhas de orientação, planejar tarefas e fixar alvos são instrumentos
fundamentais para o estabelecimento de prioridades.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito: Verdadeiro

Comentário:

Para estabelecer prioridades é preciso, antes de tudo, definir objetivos e, a partir deles, estabelecer estratégias,
linhas de orientação e planejar as tarefa de forma a priorizar as atividades que foram estabelecidas

313. (CESPE - 2015 - TRT - Analista Judiciário) Julgue os itens a seguir, acerca da gestão de pessoas.

Entre os resultados possíveis de um mapeamento de competências, o principal deles é a lacuna de competências. A


partir desse resultado, podem-se estabelecer as prioridades da gestão de pessoas.

Quando há lacunas grandes de competências e não há mão de obra qualificada disponível, recomenda-se o
desenvolvimento e a capacitação das pessoas. Porém, quando há lacuna de competência, mas há mão de obra
qualificada disponível, pode-se priorizar a seleção ou a movimentação nas organizações.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito: Verdadeiro

Comentário:

Se há mão de obra qualificada disponível, recruta-se essas pessoas. Porém, quando não há mão de obra qualificada
disponível, busca-se qualificar desenvolver e capacitar a mão de obra existente na organização.

314. (CESPE - 2008 - HEMOBRÁS - Técnico em Almoxarife) No ambiente profissional, as pessoas exercem diferentes
papéis: chefe, subordinado, colega. É importante, em cada um dos papéis citados, saber se relacionar, destacando-se
a habilidade de dar retorno sobre o comportamento do outro. À luz dessa premissa, julgue os itens a seguir.

As características positivas das pessoas devem ser ressaltadas em uma situação de aperfeiçoamento do serviço
prestado, o que evitaria sentimentos de desqualificação.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito: Verdadeiro

Comentário:

Se, ao dar um feedback negativo, forem ressaltadas também as características positivas das pessoas, é possível
minimizar ou evitar sentimentos de desqualificação.

315. (CESPE - 2016 - TRE- Analista Judiciário) A respeito de comportamento organizacional e de gerenciamento de
conflitos, julgue os itens subsequentes.

Se determinado gestor público se destaca pela sua capacitação e pela experiência adquirida em 20 anos de serviços
prestados ao órgão, esse gestor possui competência conceitual para o exercício de suas funções.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito: Falso

Comentário:

Experiência adquirida em 20 anos de serviços refere-se a competência técnica. Um mestrado, um doutorado, uma
especialização referem-se a conhecimentos conceituais.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

316. (IBFC - 2017 - EBSERH - Pedagogo) Competências integram um conjunto denominado CHA, respectivamente
composto por conhecimentos, habilidades e atitudes. A esse respeito, assinale a alternativa correta que refere-se a
dimensão de conhecimentos.

A) Capacidade de gerenciar projetos

B) Autocontrole

C) Boa comunicação

D) Domínio do inglês

E) Bom relacionamento interpessoal

Gabarito: Item D

Comentário:

Capacidade de gerenciar projetos, autocontrole, boa comunicação e bom relacionamento interpessoal são atitudes.
A única alternativa que se refere a conhecimento é o domínio do inglês.

317. (IBFC-2017-EBSERH-Pedagogo) Sobre competências individuais, assinale a alternativa incorreta.

A) Estão intimamente relacionadas às habilidades, traços, qualidades, ou seja, características que farão com que o
profissional tenha um desempenho adequado nas atividades que lhe são designadas

B) Estão relacionadas estritamente ao fazer de cada profissional-colaborador

C) Advém da análise dos processos organizacionais ou das responsabilidades que são esperadas em cada cargo

D) São observadas a partir dos conhecimentos, habilidades e atitudes

E) Devem ser identificadas para cada cargo, antes mesmo do processo de recrutamento e seleção para preenchimento
da vaga

Gabarito: Item B

Comentário:

As competências estão relacionadas a: conhecimentos (saber), habilidades (saber fazer) e atitudes (fazer). Portanto,
o item B está falso ao afirmar que as competências individuais estão relacionadas estritamente ao fazer de cada
profissional-colaborador.

318. (CESPE - 2010 - MPS - Agente Administrativo) Uma organização do trabalho embasada em atividades
individualizadas e especializadas elimina a possibilidade de conflitos no trabalho.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito: Falso

Comentário:

A especialização não elimina a possibilidade de conflitos no trabalho, pode apenas reduzi-la.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

319. (CESPE - 2016 - TCE-PA - Auditor de Controle Externo) A avaliação de conhecimentos, habilidades e atitudes é
suficiente para alinhar uma gestão de desempenho de pessoas por competências aos objetivos organizacionais.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 319: Falso

Comentário:

Somente a avaliação de conhecimentos, habilidades e atitudes não é suficiente para alinhar uma gestão de
desempenho por competências aos objetivos organizacionais. É preciso também identificar os objetivos
organizacionais, identificar as competências necessárias para alcança-los, compara-los com as competências
existentes e traçar um plano de ação para adquirir as competências que faltam.

320. (CESPE - 2016 - TCE-PA - Auditor de Controle Externo) A gestão por competências contribui para manter a rigidez,
o isolamento e a estabilidade de cada departamento.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 320: Falso

Comentário:

A gestão por competência procura flexibilizar e integrar os departamentos, o que é a tendência nas organizações
atuais.

321. (CESPE - 2016 - TCE-PA - Auditor de Controle Externo) A gestão por competências, modelo estratégico de gestão
de pessoas, estabelece o alinhamento das políticas e práticas de administração de recursos humanos com as diretrizes
das organizações.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 321: Verdadeiro

Comentário:

A gestão por competência busca identificar e suprir as lacunas entre as competências existentes na organização e
as competências necessárias para alcançar os objetivos.

322. (UFRN–2016) As relações interpessoais na organização são muito influenciadas pelo tipo de poder
exercido pelos chefes ou superiores. No poder de competência, os liderados:

A) percebem que o fracasso em atender às exigências do líder poderá levá-los a sofrer algum tipo de punição.

B) identificam o líder como alguém que detém certos conhecimentos ou que domina certos conceitos que
excedem os seus.

C) esperam ganhar alguma recompensa, incentivo, elogio ou reconhecimento pelo seu trabalho.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

D) admiram o líder por alguns traços de sua personalidade e pelo carisma que possuem.

Gabarito 322: Item B


Comentário:

A) percebem que o fracasso em atender às exigências do líder poderá levá-los a sofrer algum tipo de punição.
Falso. O medo de sofrer algum tipo de punição refere-se ao poder coercitivo.
B) identificam o líder como alguém que detém certos conhecimentos ou que domina certos conceitos que
excedem os seus.
Verdadeiro. O poder de competência ocorre quando se influencia as pessoas por deter conhecimento.
C) esperam ganhar alguma recompensa, incentivo, elogio ou reconhecimento pelo seu trabalho.
Falso. Refere-se ao poder de recompensa.
D) admiram o líder por alguns traços de sua personalidade e pelo carisma que possuem.
Falso. Refere-se ao poder carismático.

323. (UFRN – 2016) A comunicação entre os membros de uma organização é um processo ou fluxo que vai do
emissor ao receptor da mensagem. Sobre esse processo, analise as afirmativas a seguir:

Em um processo de comunicação eficaz, são consideradas


I barreiras, as diferenças de linguagem, maus hábitos de
escuta e diferenças de percepção, entre outros.
Para um processo de comunicação eficaz, nem sempre é
II preciso que o receptor emita um feedback da mensagem
recebida.
Na escuta ativa, o emissor envia uma mensagem
suficientemente clara, e o emissor, provavelmente,
III
entenderá a maior parte do que o emissor está tentando
comunicar.
O feedback voltado para a melhoria do trabalho deve ser
IV impessoal e descritivo, em vez de ser crítico ou
avaliativo.

Estão corretas apenas as afirmativas presentes nos itens:


A) I e IV.

B) II e IV.

C) I, II e III.

D) II, III e IV.

Gabarito 323: Item A


Comentário:

I. Em um processo de comunicação eficaz, são consideradas barreiras, as diferenças de linguagem, maus hábitos
de escuta e diferenças de percepção, entre outros.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Verdadeiro. Correspondem a barreiras na comunicação.


II. Para um processo de comunicação eficaz, nem sempre é preciso que o receptor emita um feedback da mensagem
recebida.

Falso. Sempre é preciso que o receptor emita um feedback para que a comunicação seja eficaz.
III. Na escuta ativa, o emissor envia uma mensagem suficientemente clara, e o emissor, provavelmente, entenderá
a maior parte do que o emissor está tentando comunicar.

Falso. Na escuta ativa o emissor envia uma mensagem e o RECEPTOR provavelmente entenderá a maior parte.
IV. O feedback voltado para a melhoria do trabalho deve ser impessoal e descritivo, em vez de ser crítico ou
avaliativo.

Verdadeiro. O feedback deve sempre ser impessoal e descritivo.

324. (UFMT - 2013 - UFMT - Superior) A comunicação interpessoal nas organizações envolve sistema de
comunicação e seus vários componentes como: fonte, transmissor, canal, receptor, destinatário, além da
retroalimentação e os prováveis ruídos. A respeito de uma situação de comunicação entre pessoas em
determinada organização, assinale a afirmativa correta.

A) O e-mail é o receptor que decodifica mensagem fornecida pelo chefe aos funcionários da seção.

B) O telefone é o transmissor que codifica mensagem do gerente de pessoal enviada aos empregados.

C) A intranet pode ser um canal de comunicação entre os funcionários de um departamento da organização.

D) A retroalimentação envia mensagem emitida pelo gerente comercial aos vendedores da loja.

Gabarito 324: Item C


Comentário:

A) O e-mail é o receptor que decodifica mensagem fornecida pelo chefe aos funcionários da seção. (Falso. O e-
mail é o canal que transmite a mensagem.)

B) O telefone é o transmissor que codifica mensagem do gerente de pessoal enviada aos empregados. (Falso. O
telefone é o canal que transmite a mensagem e a voz é o transmissor que a codifica.)

C) A intranet pode ser um canal de comunicação entre os funcionários de um departamento da organização.


(Verdadeiro. A intranet é um canal de comunicação restrito aos funcionários de uma empresa ou departamento.)

D) A retroalimentação envia mensagem emitida pelo gerente comercial aos vendedores da loja. (Falso. A
retroalimentação é a Gabarito que volta ao emissor.)

325. (CESGRANRIO - 2016 - UNIRIO - Assistente em Administração) Através da avaliação de desempenho, uma
empresa detectou que precisa treinar alguns de seus empregados, tendo em vista os resultados apresentados na
avaliação, ao longo do tempo. Um dos objetivos do treinamento é o(a)

A) desenvolvimento do indivíduo, independente da melhoria da sua qualificação para o exercício das atividades

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

na empresa.

B) ampliação do nível de conhecimento dos funcionários em assuntos de seu interesse para ações de longo prazo
em sua carreira profissional.

C) diminuição do número de funcionários que executam determinadas funções na empresa em função da


especialização obtida.

D) preparação dos funcionários para a execução imediata das diversas tarefas que estão sob sua responsabilidade
na empresa.

E) mudança dos conceitos e valores do funcionário para que ele possa adquirir visão estratégica de curto prazo.

Gabarito 325: Item D


Comentário:

A) desenvolvimento do indivíduo, independente da melhoria da sua qualificação para o exercício das atividades
na empresa.

Falso. O desenvolvimento do indivíduo DEPENDE da melhoria da sua qualificação.


B) ampliação do nível de conhecimento dos funcionários em assuntos de seu interesse para ações de longo prazo
em sua carreira profissional.

Falso. Deve ser ampliado o nível de conhecimento dos funcionários em assuntos DO INTERESSE DA EMPRESA.
C) diminuição do número de funcionários que executam determinadas funções na empresa em função da
especialização obtida.

Falso. O treinamento visa ao AUMENTO do número de funcionários que executam determinadas funções.
D) preparação dos funcionários para a execução imediata das diversas tarefas que estão sob sua responsabilidade
na empresa.

Verdadeiro. O treinamento visa à preparação dos funcionários para as tarefas que exercem.
E) mudança dos conceitos e valores do funcionário para que ele possa adquirir visão estratégica de curto prazo.

Falso. O treinamento tem visão de curto prazo. Além disso, não exige visão estratégica de curto prazo, pois tudo o
que é estratégico é de longo prazo.

326. (IESES - 2016 - BAHIAGÁS - Analista) A etapa de Avaliação de uma Programa de Treinamento contempla os
níveis de Avaliação de Reação, Avaliação de Aprendizagem, Avaliação do Comportamento no Cargo, e Avaliação do
Resultado. Qual(is) dos níveis de avaliação melhor justifica o investimento realizado.

A) Avaliação de Reação.

B) Avaliação do Comportamento no Cargo.

C) Avaliação de Aprendizagem.

D) Avaliação de Reação e Avaliação de Aprendizagem.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

E) Avaliação do Resultado.

Gabarito 326: Item E


Comentário:

A avaliação de reação identifica a primeira impressão do funcionário a respeito do treinamento. A avaliação de


aprendizagem identifica se o conteúdo foi aprendido. A avaliação de resultado é aquela que identifica se o
treinamento valeu a pena.

327. (FGV - 2015 - PGE-RO - Administrador) Em uma empresa de médio porte, a avaliação de desempenho
envolve os gerentes de linha e um especialista em avaliação, da área de RH. São realizadas entrevistas entre o
especialista e os gerentes de linha para, em conjunto, avaliarem o desempenho dos funcionários. A partir das
entrevistas com cada gerente, o especialista preenche um formulário para cada funcionário avaliado que servirá de
base para o planejamento das ações e acompanhamento de resultados relativos à avaliação de desempenho. O
método de avaliação de desempenho utilizado na empresa é conhecido como:

A) incidentes críticos;

B) escolha forçada;

C) pesquisa de campo;

D) escala gráfica;

E) avaliação por objetivos.

Gabarito 327: Item C


Comentário:

O método de avaliação de desempenho no qual um especialista entrevista o gerente para juntos realizer o
planejamento das ações para promover melhorias no desempenho do funcionário é a pesquisa de campo.

328. (CESPE - 2015 – MPOG – ANALISTA TÉCNICO - ADMINISTRATIVO) A entrevista é um instrumento de coleta
de dados organizacionais cujos resultados não podem ser considerados conclusivos sem a confirmação dos dados de
outro instrumento de análise.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 328: Falso


Comentário:

Os resultados de uma entrevista podem sim ser considerados conclusivos.

329. (CESPE - 2015 – MPOG – ANALISTA TÉCNICO - ADMINISTRATIVO) A entrevista, quando aplicada em forma
de conversa informal não sistematizada, é o instrumento de levantamento de dados organizacionais mais indicado
para minimizar possíveis resistências dos pesquisados, pois permite que estes verbalizem o que lhes pareça mais

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

importante, independentemente de um roteiro predefinido pelo pesquisador.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 329: Falso


Comentário:

Quando a entrevista é aplicada em forma de conversa informal não sistematizada tende a ser um método ineficaz.

330. (CESPE - 2015 – TCU – TÉCNICO DE CONTROLE EXTERNO) A era da informação é corresponsável por
mudanças na gestão de pessoas e apresenta o conceito de competência com base em três pilares fundamentais —
conhecimento, habilidade e atitude —, os quais servem de embasamento para a alocação de recursos e a tomada de
decisão.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 330: Verdadeiro


Comentário:

O conceito de competência tem base no tripé conhecimento, habilidade e atitude e a gestão por competências é
um conceito recente aplicado na gestão de pessoas.

331. (COVEST 2013) É a informação de feedback sobre o desempenho de cada pessoa ou do grupo:

A) recuperação.

B) regulação.

C) retroação.

D) regeneração.

E) reparação.

Gabarito 331: Item C


Comentário:

A Gabarito que volta ao emissor é chamada de retroação, feeback, retroalimentação ou ainda retroinformação.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

332. (COVEST - 2013) O conflito é um processo que começa quando uma parte percebe que uma outra parte
afetou, ou está perto de afetar, negativamente algo pelo qual a primeira parte se interessa. Usando duas dimensões
– cooperatividade (o grau em que uma parte tenta satisfazer os interesses da outra parte) e assertividade (o grau
em que uma parte tenta satisfazer seus próprios interesses) –, cinco intenções de lidar com o conflito podem ser
identificadas. De posse destas noções identifique a partir do quadro abaixo as cinco intenções preenchendo cada
lacuna por uma dimensão específica e, a seguir, marque a única sequência capaz de preencher corretamente as
lacunas.

A) competição; colaboração; evitação; acomodação e compromisso.

B) compromisso; acomodação; evitação; colaboração e competição.

C) evitação; colaboração; competição; acomodação e compromisso.

D) acomodação; evitação; colaboração; competição e compromisso.

E) colaboração; acomodação; competição; evitação e compromisso.

Gabarito 332: Item A


Comentário:

A questão se refere aos estilos de gestão de conflitos, que variam de acordo com a assertividade e a cooperação
entre os conflitantes.
ASSERTIVIDADE X
ESTILO EU OUTRO
COOPERATIVIDADE
É assertivo e não é
COMPETIÇÃO GANHO PERDE
cooperativo

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Ninguém é nem assertivo e


EVITAÇÃO PERDE PERDE
nem cooperativo
Não é assertivo, mas é
ACOMODAÇÃO PERDE GANHA
cooperativo
Os dois são meio assertivos
COMPROMISSO MEIO TERMO MEIO TEMO
e meio cooperativos
Os dois são assertivo e os
COLABORAÇÃO GANHA GANHA
dois são cooperativos

333. A avaliação de desempenho de pessoas que trabalham em organizações deve utilizar critérios de equidade
e de justiça. A técnica de incidentes críticos permite identificar desempenhos positivos e negativos. É considerado
aspecto não desejável pela técnica a(o)

A) facilidade de trabalhar em equipe

B) facilidade de argumentação

C) apresentação de ideias inovadoras

D) foco exclusivo na tarefa em execução

E) espírito altamente empreendedor

Gabarito 333: Item D


Comentário:

São aspectos desejáveis por qualquer método de avaliação de desempenho, de forma geral, (tudo depende da
situação): facilidade de trabalhar em equipe, facilidade de argumentação, apresentação de ideias inovadoras e
espírito altamente empreendedor. No geral, não é desejado o foco exclusivo na tarefa em execução.

334. Ao realizar as avaliações de desempenho de seus colaboradores, uma empresa constatou que são
superficiais, generalistas e subjetivas. Para eliminar essas tendências, implantou um método que utiliza um bloco de
frases descritivas, que focalizam determinados aspectos do comportamento, cabendo ao avaliador escolher a frase
que mais representa o desempenho de cada empregado. Esse procedimento caracteriza o seguinte método:

A) escalas gráficas

B) escolha forçada

C) lista de avaliação

D) incidentes críticos

E) pesquisa de campo

Gabarito 334: Item B

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Comentário:

O método de avaliação de desempenho que consiste em um bloco de frases descritivas, que se referem ao
comportamento do empregado e em que o avaliador escolhe a que mais representa o desempenho é o método da
Escolha Forçada. O método das Escalas Gráficas consiste em um formulário de dupla entrada com os fatores
avaliados e a graduação (0,1,2,3 ou excelente, bom, regular...). Incidentes Críticos é um método que classifica o
funcionário em dois extremos, positivo e negativo, não tomando em consideração comportamentos
intermediários. Pesquisa de campo é um método no qual um especialista entrevista o gerente para fazer a avaliação
e juntos estabelecem um plano de ação para melhorar o desempenho do empregado. A lista de avaliação seria
apenas uma lista de fatores que podem estar presentes ou não no funcionário.

335. Na administração de conflitos, considere o fato de ambas as partes não alcançarem aquilo que pretendiam,
continuando intactas e latentes as razões do conflito. Esse estilo de solução de conflitos caracteriza-se como:

A) de evitação

B) competitivo

C) colaborativo

D) de acomodação

E) de compromisso

Gabarito 335: Item A


Comentário:

Se ambas as partes não alcançam aquilo que pretendiam, continuando intactas e latentes as razões do conflito, o
estilo utilizado foi a EVITAÇÃO, no qual não se toma atitude nenhuma e o conflito permanece.

336. A rede de comunicação formal da empresa em que a transmissão de mensagens de níveis mais altos ou
mais baixos ocorre em diferentes departamentos é conhecida como:

A) descendente

B) ascendente

C) horizontal

D) diagonal

E) paralela

Gabarito 336: Item D


Comentário:

Se a comunicação entre níveis diferentes e departamentos diferentes, é chamada de transversal ou diagonal.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

337. A Avaliação 360º é um método

A) que se baseia no fato de que, no comportamento humano, existem certas características extremas capazes de
levar a resultados positivos (sucesso) ou negativos (fracasso).

B) que consiste na utilização de retornos que incluem diversas fontes que tentam captar o maior número de
canais e direções.

C) que enfatiza o desempenho futuro, ou melhor, as potencialidades ou as características do avaliado as quais


facilitarão que amanhã este assuma tarefas e atividades que lhe serão atribuídas por vários canais e direções.

D) que se baseia na comparação periódica entre os resultados fixados (ou esperados) para cada funcionário e os
resultados efetivamente alcançados.

E) desenvolvido com base em entrevistas com o superior hierárquico. É amplo e permite, além de um diagnóstico
do desempenho do empregado, a possibilidade de planejar juntamente com o supervisor seu desenvolvimento.

Gabarito 337: Item B


Comentário:
Item A) Método dos Incidentes Críticos
Item B) Avaliação 360°
Item C) Pesquisa de Campo
Item D) Comparação Binária
Item E) Pesquisa de Campo

338. A gestão de pessoas baseia-se em três aspectos fundamentais. As pessoas como seres humanos; como
atividades inteligentes de recursos organizacionais e:

A) Como gerentes.

B) Como empregados individuais.

C) Como parceiros da organização.

D) Como mão-de-obra fundamentais.

E) Como engrenagem da máquina

Gabarito 338: Item C


Comentário:

Chivenato, em seu livro Gestão de Pessoas: O novo papel dos recursos humanos nas organizações, afirma que a
gestão de pessoas se baseia em alguns aspectos fundamentais:
• Pessoas como seres humanos;

• Pessoas como ativadores de recursos organizacionais;

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

• Pessoas como parceiras da organização;

• Pessoas como talentos fornecedores de competências;

• Pessoas como capital humano.

339. Em relação à abordagem quanto à administração de conflitos, marque o item que apresenta as três
abordagens à disposição do gerente.

A) Espera, tensão e Comentário.

B) Estrutural, mista e de processo.

C) Impasse, vitória-derrota e conciliação.

D) Ganhar/perder, perder/perder e ganhar/ganhar.

E) Diferenciação de grupos, recursos compartilhados e interdependência de atividades.

Gabarito 339: Item B


Comentário:

As três abordagens da gerência na gestão de conflitos são: estrutural, de processo e mista. A abordagem estrutural
age sobre os fatores da empresa, preexistentes ao conflito, e utiliza: reagrupamento de indivíduos, sistemas de
recompensas e estabelecimento de objetivos em comum. A abordagem de processo atua no objeto do conflito,
promovendo a desativação do conflito, reuniões de confrontação e colaboração. A abordagem mista integra as
duas abordagens anteriores e envolve a adoção de regras, terceiras partes e o papel integrador do gerente.
Lembrete: não confunda ABORDAGENS da gestão de conflitos e ESTILOS de gestão de conflitos. São conceitos
diferentes.

340. Em relação aos métodos de avaliação do desempenho, segundo Chiavenato (1989), é considerada uma
vantagem do Método de Pesquisa de Campo:

A) permitir aos avaliadores um instrumento de avaliação de fácil entendimento e aplicação simples.

B) proporcionar pouco trabalho ao avaliador no registro de avaliação, simplificando-o enormemente.

C) ser um método fundamentalmente comparativo e discriminativo.

D) proporcionar resultados mais confiáveis e isentos de influências subjetivas e pessoais, pois elimina o efeito da
estereotipação.

E) ser o método mais completo de avaliação.

Gabarito 340: Item B


Comentário:
O método da Pesquisa de Campo é um método complexo, completo e que reduz a subjetividade devido ao olhar

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

do especialista, além de possibilitar a construção de um plano de ação para desenvolver o funcionário. Portanto, é
considerado o método mais completo de avaliação.

A) permitir aos avaliadores um instrumento de avaliação de fácil entendimento e aplicação simples.

Falso. A aplicação desse método é complexa e aplicada por especialistas.


B) proporcionar pouco trabalho ao avaliador no registro de avaliação, simplificando-o enormemente.

Falso. É um método complexo.


C) ser um método fundamentalmente comparativo e discriminativo.

Falso. Não é comparativo e nem discriminativo.


D) proporcionar resultados mais confiáveis e isentos de influências subjetivas e pessoais, pois elimina o efeito da
estereotipação.

Falso. Não é possível dizer que o método está isento de influências subjetivas e pessoais.
E) ser o método mais completo de avaliação.

Verdadeiro. Por permitir uma análise profunda e a elaboração de um plano de ação, é considerado o método mais
completo.

341. O problema de avaliar o desempenho dentro das organizações conduziu a soluções que se transformaram
em métodos de avaliação bastante populares. Associe os métodos listados a seguir às suas vantagens e
desvantagens de utilização.

I - Escolha forçada: avalia o desempenho dos indivíduos por intermédio de frases descritivas de alternativas de
tipos de desempenho individual.

II - Escalas gráficas: avaliam o desempenho dos indivíduos através de fatores de avaliação previamente definidos
e graduados.

III - Pesquisa de campo: avalia o desempenho com base em entrevistas de um especialista em avaliação com o
superior imediato.

IV - Incidentes críticos: baseiam-se no fato de que no comportamento humano existem características extremas
capazes de levar a resultados positivos e negativos.

P - Proporciona resultados confiáveis e isentos de influências subjetivas e pessoais, pois elimina o efeito de
generalização, mas sua elaboração e montagem são complexas, exigindo um planejamento cuidadoso e demorado.
Q - É um processo simples, mas pouco eficiente, recomendado apenas quando os avaliadores não têm condições de
usar métodos mais apurados de avaliação.
R - Proporciona um relacionamento proveitoso com o especialista em avaliação, permite uma avaliação profunda,
imparcial e objetiva de cada funcionário, localizando causas de comportamento e fontes de problemas, mas tem custo
operacional elevado.
S - Permite uma visão integrada e resumida dos fatores de avaliação, ou seja, das características de desempenho mais
realçadas pela empresa; mas permite flexibilidade ao avaliador que deve ajustar-se ao instrumento, e não este às
características do avaliado.
T - Não se preocupa com as características situadas dentro do campo da normalidade, focalizando as exceções no
desempenho das pessoas.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

As associações corretas são:

A) I - P , II - Q , III - T , IV - R

B) I - P , II - Q , III - S , IV - T

C) I - P , II - S , III - R , IV - T

D) I - Q , II - P , III - S , IV - R

E) I - R , II - T , III - S , IV – Q

Gabarito 341: Item C


Comentário:

P - Proporciona resultados confiáveis e isentos de influências subjetivas e pessoais, pois elimina o efeito de
generalização, mas sua elaboração e montagem são complexas, exigindo um planejamento cuidadoso e demorado.
(Escolha forçada. A sua complexidade isenta o método de subjetividade.)
Q - É um processo simples, mas pouco eficiente, recomendado apenas quando os avaliadores não têm condições de
usar métodos mais apurados de avaliação. (Pode se referir à comparação binária ou ao relatório)
R - Proporciona um relacionamento proveitoso com o especialista em avaliação, permite uma avaliação profunda,
imparcial e objetiva de cada funcionário, localizando causas de comportamento e fontes de problemas, mas tem custo
operacional elevado. (Pesquisa de Campo. Envolve a presença de um especialista, permite uma avaliação profunda
e com a elaboração de um plano de ação, por isso é caro.)
S - Permite uma visão integrada e resumida dos fatores de avaliação, ou seja, das características de desempenho mais
realçadas pela empresa; mas permite flexibilidade ao avaliador que deve ajustar-se ao instrumento, e não este às
características do avaliado. (Escalas Gráficas. Formulário de dupla entrada no qual são listadas as características
realçadas pela empresa e permite que o avaliador identifique o grau de variação no qual o funcionário se encontra
em relação à característica.)
T - Não se preocupa com as características situadas dentro do campo da normalidade, focalizando as exceções no
desempenho das pessoas. (Incidentes Críticos. Não leva em consideração os comportamentos intermediários,
apenas os extremos positivos e negativos.)

342. (IF-PA - 2015 - IF-PA - Professor) Qual dentre as opções a seguir Não apresenta uma vantagem da avaliação
de desempenho.

A) identificar aqueles empregados que precisam de aperfeiçoamento.

B) descobrir novos talentos na organização.

C) facilitar o autodesenvolvimento dos empregados.

D) fornecer o feedback aos empregados.

E) definir a gestão estratégica e orientar o uso de recursos organizacionais.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito 342: Item E


Comentário:

Através das avaliações de desempenho é possível identificar funcionários que se destacam por um bom
desempenho e com isso descobrir talentos ou fornecer um feedback positivo. Também é possível identificar
funcionários com um desempenho ruim e fornecer o treinamento adequado, oferecer um feedback construtivo e
permitir o seu autodesenvolvimento. Também é possível orientar o uso dos recursos humanos, designando
funcionários para tarefas nos quais têm um bom desempenho. Porém, definir a gestão estratégica não é algo que
vem da avaliação de desempenho, é algo que é definido antes dela.

343. (FUNIVERSA - 2015 - SECRET. DA CRIANÇA-DF - Técnico) No que se refere à gestão de desempenho,
assinale a alternativa correta.

A) O método 360 graus é o mais indicado para a avaliação de desempenho, uma vez que não expõe a pessoa
avaliada, trazendo maiores benefícios para a organização e para o funcionário.

B) O método da escolha forçada consiste em utilizar análises comparativas entre duas pessoas da organização ou
entre a organização e o grupo. O confronto das avaliações fornece padrões desejáveis e indesejáveis de
desempenho.

C) O método dos padrões de trabalho prioriza o estabelecimento de metas pelos próprios funcionários.

D) O método dos incidentes críticos utiliza uma ideia simplista de avaliação quando avalia as atitudes das pessoas
de forma extrema, sem se preocupar com alguns traços de personalidade. A preocupação central é com os
extremos, deixando o meio para um segundo plano.

E) A avaliação de desempenho deve proporcionar benefícios para a organização e para as pessoas, concentrando-
se em uma análise subjetiva do desempenho atual nas atividades.

Gabarito 343: Item D


Comentário:

A) O método 360 graus é o mais indicado para a avaliação de desempenho, uma vez que não expõe a pessoa
avaliada, trazendo maiores benefícios para a organização e para o funcionário.

Falso. O método expõe a pessoa avaliada a todos aqueles com quem ela tem contato: chefe, subordinados, colegas
de trabalho, clientes e fornecedores.
B) O método da escolha forçada consiste em utilizar análises comparativas entre duas pessoas da organização ou
entre a organização e o grupo. O confronto das avaliações fornece padrões desejáveis e indesejáveis de
desempenho.

Falso. Refere-se ao método da Comparação aos Pares ou Comparação Binária.


C) O método dos padrões de trabalho prioriza o estabelecimento de metas pelos próprios funcionários.

Falso. Refere-se à Avaliação por Objetivos (APO).


D) O método dos incidentes críticos utiliza uma ideia simplista de avaliação quando avalia as atitudes das pessoas
de forma extrema, sem se preocupar com alguns traços de personalidade. A preocupação central é com os
extremos, deixando o meio para um segundo plano.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Verdadeiro. Não leva em consideração comportamentos intermediários, classificando os funcionários de acordo


com dois extremos, positivo e negativo.
E) A avaliação de desempenho deve proporcionar benefícios para a organização e para as pessoas, concentrando-
se em uma análise subjetiva do desempenho atual nas atividades.

Falso. A avaliação de desempenho deve concentrar-se em uma análise objetiva do desempenho.

344. (IF-PB - 2015 - IF-PB - Administrador) Dentre os Métodos Tradicionais de Avaliação de Desempenho, tem-se
aquele que avalia o desempenho das pessoas através de fatores de avaliação previamente definidos e graduados.
Geralmente se utiliza de três, quatro ou cinco graus de variação (ótimo, bom, regular, sofrível e fraco) para cada
fator. Intitula-se esse Método de Avaliação de Desempenho de

A) escalas gráficas.

B) avaliação de 360 graus.

C) escolha forçada.

D) lista de verificação.

E) incidentes críticos.

Gabarito 344: Item A


Comentário:

O método das Escalas Gráficas consiste na aplicação de um formulário de dupla entrada com os fatores de avaliação
definidos como necessários pela organização e o grau de variação de cada.

345. (CCV - 2015 - UFC - Auxiliar Administrativo) Avaliação de desempenho é um instrumento gerencial que
permite mensurar os resultados obtidos por um indivíduo ou por um grupo. Assinale a alternativa correta sobre
Avaliação de Desempenho.

A) São métodos de avaliação de desempenho: ensaio-erro, método 360 graus, escolha forçada e avaliação total.

B) São métodos de avaliação de desempenho: escalas gráficas, incidentes críticos, método comparativo e
avaliação 360 graus.

C) O efeito Halo e o efeito tendência central são atitudes inconscientes do avaliador que podem comprometer o
resultado final da avaliação.

D) No método de 360 graus o avaliador concentra-se em determinar os pontos fortes e fracos de quem está sendo
avaliado apontando comportamentos extremos sem analisar traços de personalidade.

E) No método de escolha forçada, o avaliado é analisado por praticamente todos os elementos que tenham
contato com ele: subordinados, superiores, pares, clientes internos e externos e fornecedores.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito 345: Item C


Comentário:

A) São métodos de avaliação de desempenho: ensaio-erro, método 360 graus, escolha forçada e avaliação total.

Falso. Ensaio-erro e avaliação total não são métodos de avaliação de desempenho.


B) São métodos de avaliação de desempenho: escalas gráficas, incidentes críticos, método comparativo e avaliação
360 graus.

Falso. Método comparativo não é um método de avaliação de desempenho.


C) O efeito Halo e o efeito tendência central são atitudes inconscientes do avaliador que podem comprometer o
resultado final da avaliação.

Verdadeiro. São desvios de avaliação que ocorrem de forma inconsciente e que podem prejudicar os resultados da
avaliação.
D) No método de 360 graus o avaliador concentra-se em determinar os pontos fortes e fracos de quem está sendo
avaliado apontando comportamentos extremos sem analisar traços de personalidade.

Falso. Corresponde ao método dos Incidentes Críticos.


E) No método de escolha forçada, o avaliado é analisado por praticamente todos os elementos que tenham contato
com ele: subordinados, superiores, pares, clientes internos e externos e fornecedores.

Falso. Refere-se à Avaliação 360°.

346. (FCC - 2015 - TRE-RR - Analista) Sobre a Avaliação de Desempenho − AD é INCORRETO afirmar:

A) Um sistema formal de AD tem como um dos objetivos validar ferramentas de seleção, por exemplo, um
programa de testes.

B) O método Escala Gráfica é caracterizado pela comparação entre um e outro empregado ou entre o empregado
e o grupo em que ele atua.

C) Uma das desvantagens nos sistemas de avaliação de desempenho é a subjetividade aplicada pelos avaliadores,
ocasionando erros no preenchimento das avaliações.

D) Um dos efeitos provocados nos modelos de AD é chamado de Tendência Central, caracterizado por um erro, ou
vício, do avaliador em avaliar todos na média.

E) O método Escolha Forçada consiste em avaliar o desempenho por meio de frases positivas ou negativas que
descrevem os aspectos do comportamento do avaliado.

Gabarito 346: Item B


Comentário:
O item B refere-se ao método da Comparação aos Pares, também chamado de Comparação Binária.

347. (CCV - 2015 - UFC - Administrador) Ao escolher um método de avaliação de desempenho de uma função,
em uma organização, uma das premissas da avaliação de desempenho é:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

A) Contratar um único avaliador externo.

B) Desconsiderar qualquer aspecto jurídico.

C) Manter em segredo os padrões de desempenho.

D) Definir os padrões sem nenhuma análise relacionada com o cargo.

E) Documentar cuidadosamente o processo de avaliação de desempenho.

Gabarito 347: Item E


Comentário:

A) Contratar um único avaliador externo.

Falso. Não é uma premissa a existência de apenas um avaliador e nem que ele deva ser externo.
B) Desconsiderar qualquer aspecto jurídico.

Falso. Aspectos jurídicos devem ser considerados.


C) Manter em segredo os padrões de desempenho.

Falso. Os padrões de desempenho devem ser conhecidos por todos para que sejam alcançados.
D) Definir os padrões sem nenhuma análise relacionada com o cargo.

Falso. Os padrões de desempenho devem ser relacionados a cada cargo existente.


E) Documentar cuidadosamente o processo de avaliação de desempenho.

Verdadeiro. Todo o processo deve ser documentado.

348. (CCV - 2015 - UFC - Assistente) O que é uma equipe de trabalho multifuncional?

A) Equipe de profissionais da mesma área que realizam as mesmas funções.

B) Equipe de profissionais da mesma área com o objetivo de realizar funções distintas.

C) Equipe de profissionais de nível hierárquico diferentes com o objetivo de realizar as mesmas funções.

D) Consiste em funcionários de diferentes níveis hierárquicos, mas da mesma área de trabalho na organização,
reunidos para realizar uma tarefa específica.

E) Consiste em funcionários de mesmo nível hierárquico, mas de diferentes áreas de trabalho na organização,
reunidos para realizar uma tarefa específica.

Gabarito 348: Item E


Comentário:

A equipe multifuncional envolve funcionários de mesmo nível hierárquico, mas de diferentes áreas. A equipe

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

funcional envolve funcionários de mesmo nível hierárquico e mesma área. A equipe transversal envolve
funcionários de diferentes níveis hierárquicos e diferentes áreas.

349. (CCV - 2015 - UFC - Auxiliar) As equipes de trabalho temporárias após o seu nascimento passam por
diferentes fases. São elas:

A) Formação, desempenho, reformação, normalização.

B) Formação, normalização, desempenho e degeneração.

C) Formação, normatização, desempenho e desintegração.

D) Preparação, crescimento, desenvolvimento e reformação.

E) Preparação, desempenho, avaliação e descredenciamento.

Gabarito 349: Item C


Comentário:

Segundo Stephen Robbins, os estágios de desempenho das equipes são: formação, normatização, desempenho e
desintegração.

350. (FGV - 2015 - DPE-MT - Assistente Administrativo) Com o advento e progresso das tecnologias de
comunicação, bem como em função dos negócios globais de algumas corporações, algumas empresas adotam
modelos de equipe em que seus membros residem em países diferentes e se comunicam e compartilham trabalhos
por meio de ferramentas tecno-informacionais. Nesse sentido, assinale a opção que indica esse modelo de equipe.

A) Ad Hoc

B) Autogerenciada

C) Força-tarefa

D) Funcional cruzada

E) Virtual

Gabarito 350: Item E


Comentário:

Ad Hoc vem da palavra adhocracia, que corresponde ao oposto da burocracia. Equipes ad hoc são equipes
cooperativas, inovadoras, orgânicas e antiburocrácias. A equipe autogerenciável ou autogerenciada é uma equipe
autônoma e que, portanto, não precisa de um líder. A equipe força-tarefa é uma equipe que foi formada para
encontrar uma solução para um determinado problema e que é desfeita após encontrada a solução. A equipe
funcional cruzada corresponde a equipes formadas por pessoas de diferentes funções/áreas e que ocorre em
estruturas em rede, nas quais não é possível visualizar uma hierarquia. E, por fim, a equipe virtual é aquela na qual

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

as pessoas estão separadas fisicamente, mas unidas pela tecnologia.

No DPF, unidade do Distrito Federal. No exercício do cargo, Lúcio deve manter contatos com seus pares, com
técnicos de nível superior e com autoridades de alto nível hierárquico. Além disso, deve supervisionar trabalhos
relacionados às áreas de pessoal, orçamento, organização, métodos e material. Essas atribuições exigem que ele
seja competente na comunicação interpessoal.

Em face da situação hipotética apresentada acima, julgue os itens seguintes, relativos ao processo de comunicação
humana nas relações internas e públicas de trabalho.

351. Lúcio deve levar em conta que os canais de comunicação diferem quanto à capacidade de transmitir
informações.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 351: Verdadeiro


Comentário:

Para uma comunicação eficaz é preciso adequar o canal à informação a ser transmitida. Uma informação curta e
simples pode ser transmitida pessoalmente ou por telefone. Já uma informação muito extensa e complexa pode
ser transmitida por um e-mail, para que possa ser decodificada e analisada com calma.

352. Sendo Lúcio, na sua organização, responsável por contatos tanto horizontais quanto verticais, ele deve usar
a mesma linguagem em todas as situações.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 352: Falso


Comentário:

A linguagem deve ser adaptada ao receptor. A comunicação não será eficaz se Lúcio utilizar uma linguagem técnica
de finanças com o os funcionários da área de pessoal.

353. Para enviar a seus superiores informações relativas à publicação de nova legislação pertinente ao trabalho
do DPF, Lúcio poderá fazer uso de e-mail, que é um canal de comunicação apropriado para esse fim.

( ) Verdadeiro ( ) Falso
Gabarito 353: Falso
Comentário:

Para informar seus superiores a respeito de uma nova legislação, Lúcio deve fazer uso da comunicação oficial.

354. Quando Lúcio se comunica com seus pares utilizando terminologia especializada ou linguagem específica de
seu grupo profissional, ele está-se valendo de um jargão.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito 354: Verdadeiro


Comentário:

Jargão corresponde à terminologia técnica utilizada por um grupo específico.

355. Considere que, ao se comunicar com seus superiores, Lúcio manipule a informação para que ela seja
recebida de maneira mais favorável. Nesse caso, Lúcio cria uma barreira à comunicação eficaz.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 355: Verdadeiro


Comentário:

Uma manipulação à informação pode fazer com que ela seja incorretamente compreendida, constituindo, portanto,
uma barreira à comunicação eficaz.

356. A comunicação de Lúcio será descendente toda vez que ele estiver mantendo contato com autoridades.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 356: Falso


Comentário:

Se Lúcio se comunica com autoridades, ou seja, com pessoas em nível hierárquico mais elevado, a comunicação
será ascendente.

357. As redes de comunicação interpessoal utilizadas por Lúcio no DPF são caracterizadas como redes informais
de comunicação, pois ele conhece as pessoas com as quais se comunica.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 357: Falso


Comentário:

As redes de comunicação interpessoal utilizadas por Lúcio são caracterizadas como formais, devido ao aspecto
planejado da comunicação. Porém, se Lúcio conversa com algum de seus subordinados, colegas ou superiores sobre
assuntos que não possuem relação com o trabalho, a comunicação será informal.

Para escolher como será feita a avaliação de desempenho de uma organização, foram propostos cinco possíveis
métodos, abaixo relacionados, julgue-os.

358. Escalas gráficas - é simples, permite uma visão integrada e resumida dos fatores de avaliação, mas não
permite flexibilidade ao avaliador, que deve se ajustar ao instrumento, e não este às características do avaliado.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito 358: Verdadeiro


Comentário:

É um método que consiste em um formulário de dupla entrada no qual constam as características consideradas
necessárias pela empresa e o grau de variação (excelente, bom, regular, ruim, etc). É considerado um método
simples e que exige que o avaliador se ajuste ao instrumento.

359. Escolha forçada - consiste em avaliar o desempenho dos indivíduos por intermédio de frases descritivas de
alternativas de tipos de desempenho individual, proporcionando resultados confiáveis e isentos de influências
subjetivas e pessoais, mas de aplicação complexa, pois exige preparo prévio dos avaliadores.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 359: Falso


Comentário:

A ELABORAÇÃO do formulário utilizado é complexa, mas a sua APLICAÇÃO é simples.

360. Pesquisa de campo - baseia-se em entrevistas de um especialista em avaliação com o superior imediato, e
permite, além de um diagnóstico do desempenho do empregado, a possibilidade de planejar com este superior seu
desenvolvimento no cargo e na organização, mas tem um custo operacional elevado.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 360: Verdadeiro


Comentário:

A Pesquisa de Campo utiliza como método entrevistas com o gerente ou supervisor por um especialista que executa
uma avaliação profunda sobre o empregado e permite a elaboração de um plano para o desenvolvimento dele. Por
exigir a contratação de um especialista e por exigir tempo para a sua execução, tem um custo elevado.

361. Incidentes críticos - não se preocupa com características do comportamento humano situadas dentro do
campo da normalidade, registrando os fatos excepcionalmente positivos que devem ser realçados e mais utilizados
no desempenho dos indivíduos, e os excepcionalmente negativos que devem ser corrigidos e eliminados.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 361: Verdadeiro


Comentário:

Avalia o funcionário em dois extremos, positivo e negativo, e desconsidera comportamentos intermediários.

362. Comparação aos pares - é um processo simples e pouco eficiente, que compara dois a dois empregados de
cada vez, permitindo o registro daquele que é considerado melhor quanto ao desempenho.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 362: Verdadeiro

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Comentário:

Compara os empregados dois a dois, sendo considerado um método ineficaz, que só deve ser utilizado quando não
houver outra opção.

(2013-UFES – UFES – ASSIST. ADM - ADAPTADA)


Em relação ao trabalho em equipe e aos relacionamentos interpessoais, JULGUE OS ITENS A SEGUIR:

363. O desenvolvimento de uma equipe é um processo de aprimorar as competências dos integrantes de um


grupo, com a finalidade de torná-los um grupo de alto desempenho.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 363: Verdadeiro


Comentário:

Desenvolver uma equipe é desenvolver as competências de cada integrante e promover a sinergia entre eles, de
modo a elevar o desempenho da equipe.

364. Fatores como percepção, apatia, desafio e afinidade com os colegas contribuem para a clareza de objetivos.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 364: Falso


Comentário:
Apatia não é um fator que contribui para a clareza dos objetivos.

365. A principal característica de uma equipe eficaz é a sinergia, a capacidade de seus integrantes trabalharem
coletivamente, produzindo um resultado maior que a simples soma de suas contribuições individuais.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 365: Verdadeiro


Comentário:

Para ser formada uma equipe, é preciso que seus membros preencham uma série de requisitos, porém, a principal
característica de uma equipe é, sem dúvidas, a sinergia, que corresponde à integração entre seus membros, fazendo
com que os resultados trabalhando juntos sejam maiores que se cada membro trabalhasse sozinho. Se não houver
sinergia, não há como se formar uma equipe.

366. Um grupo de alto desempenho também tem como características a clareza de objetivos, a coesão, a
organização e a comunicação, chamadas de fatores críticos de desempenho.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 366: Verdadeiro


Comentário:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Fatores críticos de desempenho são fatores indispensáveis para o bom funcionamento da equipe. Para qualquer
equipe ter um bom desempenho é preciso haver objetivos em comum, organização, comunicação e coesão, dentre
outras características. Lembrando que há uma diferença entre grupo e equipe, neste caso a questão deveria falar
em equipe de alto desempenho.

367. Em uma equipe coesa, os integrantes percebem-se como partes do mesmo conjunto de pessoas e têm
interesse em continuar assim.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 367: Verdadeiro


Comentário:

Coesão significa unidade de pensamento, conexão, harmonia entre elementos. É indispensável que haja coesão
entre os membros de uma equipe para que possam agir como um conjunto e pensar coletivamente.

368. (2013-UFES – UFES – ASSIST. ADM) Sobre as dificuldades que podem comprometer o desempenho de
uma equipe, marque a alternativa INCORRETA:

A) Os membros não conseguem ou não querem trocar informações relevantes.

B) Cada um dos membros trabalha para si, mas também pode ocorrer de a equipe tornar-se refratária a ideias
alheias.

C) Pode ocorrer uma conformidade social, ou seja, os membros concordam automaticamente com uma
proposição, se percebem que um colega já concordou.

D) Os membros dividem e coordenam tarefas.

E) Os membros acham-se melhores que seus chefes e se rebelam contra eles.

Gabarito 368: Item D


Comentário:

A questão fala em dificuldades que podem comprometer o desempenho de uma equipe e solicita a incorreta, logo,
aquilo que NÃO compromete o desempenho da equipe. Dividir e coordenar tarefas é algo que auxilia a equipe e
que melhora o seu desempenho.

369. (2013-UFES – UFES – ASSIST. ADM) A respeito da comunicação e das relações interpessoais nas
organizações, marque a alternativa correta:

A) Linguagem corporal transmite significados, sendo o principal meio de comunicação nas relações interpessoais.

B) O feedback significa retroalimentação, o retorno da informação para o emissor e, em seguida, o retorno da


informação para o receptor.

C) A comunicação para baixo geralmente tem caráter diretivo. Ela vai dos níveis superiores para os níveis

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

inferiores da hierarquia.

D) O processo de comunicação é sujeito a interferências, que são apenas a desatenção por parte do receptor e as
dificuldades de expressão por parte do emissor.

E) A capacidade de ouvir eficazmente não é relevante ao cotidiano de trabalho nas organizações.

Gabarito 369: Item C


Comentário:

A) Linguagem corporal transmite significados, sendo o principal meio de comunicação nas relações interpessoais.

Falso. A linguagem verbal é o principal meio de comunicação nas relações interpessoais.


B) O feedback significa retroalimentação, o retorno da informação para o emissor e, em seguida, o retorno da
informação para o receptor.

Falso. Feedback significa apenas o retorno da informação para o emissor.


C) A comunicação para baixo geralmente tem caráter diretivo. Ela vai dos níveis superiores para os níveis
inferiores da hierarquia.

Verdadeiro. A comunicação para baixo, descendente, vai dos níveis superiores para os inferiores e tem, geralmente,
caráter de comendo, ordem.
D) O processo de comunicação é sujeito a interferências, que são apenas a desatenção por parte do receptor e as
dificuldades de expressão por parte do emissor.

Falso. A palavra “apenas” torna o item falso, pois existem várias formas de interferência na comunicação.
E) A capacidade de ouvir eficazmente não é relevante ao cotidiano de trabalho nas organizações.

Falso. A capacidade de ouvir eficazmente é totalmente relevante ao cotidiano de trabalho nas organizações.

370. (FGV - 2015 - DPE-RO - Analista Administrativo) Na empresa Alfa, a avalição de desempenho é feita
conjuntamente pela área de recursos humanos e pelas áreas funcionais. Os especialistas da área de recursos
humanos reúnem-se com os gerentes de linha para entrevistá-los e assim, em conjunto, avaliam o desempenho dos
empregados – bem como planejam as ações futuras para melhoria do desempenho. O método de avaliação de
desempenho utilizado pela empresa Alfa é do tipo:

A) pesquisa de campo;

B) avaliação participativa por objetivos;

C) avaliação 360 graus;

D) escolha forçada;

E) incidentes críticos.

Gabarito 370: Item A


Comentário:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Se há a presença de um especialista que entrevista um gerente e o planejamento de ações futuras para melhorar o
desempenho, a questão se refere ao método de avaliação chamado de Pesquisa de Campo.

371. (AOCP - 2015 - EBSERH - Pedagogo) Em que consiste a remuneração por competência ou habilidade?

A) Consiste em uma nova estratégia para administrar os cargos e os salários da empresa, como uma das formas
mais adequadas para remunerar o profissional que realiza atividades que reflitam diretamente, ou de forma
acentuada, no alcance das metas organizacionais.

B) Em uma estratégia que privilegia, em primeiro lugar, o cargo e, em segundo lugar, o trabalhador(a).

C) Em tornar a empresa mais atraente para o cliente, através da remuneração por cargo.

D) Na forma mais tradicional utilizada pelas empresas para recompensar seus empregados pelo trabalho
realizado.

E) Em fazer com que o trabalhador adquira mais habilidades com a finalidade de aumento de salário em
detrimento à sua qualidade de vida.

Gabarito 371: Item A


Comentário:

A) Consiste em uma nova estratégia para administrar os cargos e os salários da empresa, como uma das
formas mais adequadas para remunerar o profissional que realiza atividades que reflitam diretamente, ou de forma
acentuada, no alcance das metas organizacionais.

Verdadeiro. A remuneração por competência visa remunerar os funcionários de acordo com a sua competência, ou
seja, a sua capacidade de trabalhar para alcançar os objetivos organizacionais.
B) Em uma estratégia que privilegia, em primeiro lugar, o cargo e, em segundo lugar, o trabalhador(a).

Falso. A estratégia da gestão por competência privilegia o alcance das metas.


C) Em tornar a empresa mais atraente para o cliente, através da remuneração por cargo.

Falso. A remuneração é por competência.


D) Na forma mais tradicional utilizada pelas empresas para recompensar seus empregados pelo trabalho
realizado.

Falso. É uma forma moderna de recompensar os empregados.


E) Em fazer com que o trabalhador adquira mais habilidades com a finalidade de aumento de salário em
detrimento à sua qualidade de vida.

Falso. A gestão por competência não despreza a qualidade de vida.

372. (CESGRANRIO - 2015 - LIQUIGÁS – Profissional Júnior) Um funcionário de uma empresa procurou o
departamento de pessoal para informar que se encontra altamente insatisfeito. Ele alegou, principalmente, não
serem atendidos pela organização os fatores higiênicos, segundo a teoria de Hertzberg. Nesse sentido, o fator que o
funcionário indica refere-se à(ao):

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

A) realização pessoal
B) responsabilidade condizente com a tarefa
C) oportunidade de crescimento
D) remuneração adequada ao mercado

Gabarito 372: Item D


Comentário:

Os fatores higiênicos explicitados na Teoria Bifatorial de Herzberg correspondem ao ambiente de trabalho, fatores
que não estão relacionados ao trabalho em si e que são externos ao funcionário. Além disso, quando os fatores
higiênicos estão ausentes, o funcionário fica insatisfeito e quanto estão presentes o funcionário fica apenas não-
insatisfeito. Já os fatores motivacionais são intrínsecos e quando presentes deixam o funcionário satisfeito.
Realização pessoal, responsabilidade e oportunidade de crescimento referem-se a fatores motivacionais e
remuneração refere-se a fatores higiênicos.

373. (IESES - 2015 - IFC-SC - Professor) Dois grupos de atividades integram a provisão de pessoas na
organização. São eles:

A) Treinamento e acompanhamento de pessoas.


B) Avaliação de desempenho e modelagem de cargos.
C) Desenho da estrutura organizacional e descrição de cargos.
D) Recrutamento e seleção de pessoas.

Gabarito 373: Item D


Comentário:

Para prover a organização de pessoas, a Gestão de Pessoas faz uso do processo de agregar pessoas, que corresponde
a recrutamento e seleção.

374. (UFPR - 2015 - COPEL - Administrador) A descrição de cargos, segundo Chiavenato (2003):

A) é narrativa e expositiva e faz o detalhamento das exigências do cargo.


B) determina requisitos qualitativos e quantitativos acerca do cargo.
C) procura determinar quais os requisitos físicos e mentais que o ocupante do cargo deve possuir.
D) propõe aumento na produtividade e nas taxas de rotatividade.
E) é atribuição da gerência e da diretoria, com divulgação controlada.

Gabarito 374: Item A


Comentário:

A descrição do cargo refere-se a tarefas, funções e responsabilidades, portanto é narrativa e expositiva, detalhando

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

o que é necessário ser feito para exercer o cargo corretamente. Determinar requisitos faz parte da Análise de
Cargos.

375. (FGV - 2016 - CODEBA - Administrador) As opções a seguir listam subsistemas que compõem a
administração de recursos humanos, à exceção de uma. Assinale-a.

A) Subsistema de desenvolvimento.
B) Subsistema de monitoramento.
C) Subsistema de manutenção.
D) Subsistema de alocação.

Gabarito 375: Item D


Comentário:
Os subsistemas da administração de recursos humanos são: provisão, aplicação, desenvolvimento, manutenção e
monitoração.

376. (FGV - 2016 - CODEBA - Administrador) A Administração de Recursos Humanos está relacionada à
formulação e à aplicação de sistemas formais de alocação do talento humano. As opções a seguir listam atribuições
da Administração de Recursos Humanos no nível tático, à exceção de uma. Assinale-a.

A) Recrutamento e seleção.
B) Treinamento e desenvolvimento.
C) Controle de horários.
D) Avaliação de desempenho.
E) Sistemas de remuneração.

Gabarito 376: Item C


Comentário:

Controle de horários é responsabilidade do nível operacional, ou seja, do supervisor da equipe, e não uma função
de staff.

377. (ESAF - 2016 - ANAC - Analista) A antiga administração de recursos humanos cedeu lugar a uma nova
abordagem, a gestão de pessoas. Nessa nova concepção, os dirigentes e suas equipes devem estar atentos às novas
perspectivas e tendências que afetam as organizações como um todo. Nesse sentido, as organizações devem
promover determinadas atitudes, exceto:

A) ênfase em agregar valor às pessoas e à organização.


B) aprimoramento pessoal, como parte da melhoria de qualidade de vida das pessoas.
C) adequação das práticas de capacitação de acordo com as competências de cada indivíduo.
D) ênfase em técnicas grupais e solidárias
E) utilização de mecanismos de motivação e de realização pessoal.

Gabarito 377: Item C

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Comentário:

Capacitação deve ser para todos de acordo com a atividade a ser desenvolvida.

378. (FUNRIO - 2016 - IFPA - Auxiliar de Administração) As equipes de trabalho são constituídas por pessoas
com habilidades complementares que atuam com propósito de conjunto visando alcançar determinado objetivo
comum, possuindo, dentre outras, as seguintes características:

A) sinergia neutra e responsabilidade individual.


B) relacionamento informal e sinergia positiva.
C) responsabilidade coletiva e relacionamento coeso.
D) habilidades variadas e responsabilidade pessoal.
E) relacionamento firme e sinergia negativa.
Gabarito 378: Item C
Comentário:

A) sinergia neutra e responsabilidade individual.


Falso. Sinergia POSITIVA e responsabilidade COLETIVA.
B) relacionamento informal e sinergia positiva.
Falso. Relacionamento FORMAL.
C) responsabilidade coletiva e relacionamento coeso.
Verdadeiro.
D) habilidades variadas e responsabilidade pessoal.
Falso. Responsabilidade COLETIVA.
E) relacionamento firme e sinergia negativa.
Falso. Relacionamento COLETIVO e sinergia POSITIVA.

379. (FCC - 2016 - TRF - Analista Judiciário) Considere que, em uma abordagem acerca da motivação verificada
em determinado ambiente de trabalho, um dos aspectos considerados sejam os denominados fatores de higiene.
Referida abordagem diz respeito à Teoria

A) Bifatorial, preconizada por Herzberg, na qual tais fatores são insatisfacentes, ou seja, previnem a insatisfação.

B) X e Y, de Macgregor, que sustenta a concepção negativa da natureza humana, segundo a qual o homem
precisa ser forçado a trabalhar.

C) da Hierarquia das Necessidades Humanas, criada por Maslow, que aloca tais fatores no topo da pirâmide.

D) ERC, defendida por Clayton Alderfer, fundada no reforço positivo e negativo dos comportamentos padrão.

E) das Necessidades Adquiridas, defendida por Mcclelland, na qual o principal fator a ser considerado é a
recompensa envolvida em determinada ação.

Gabarito 379: Item A


Comentário:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

A teoria que classifica a motivação em dois tipos de fatores, os higiênicos e os motivacionais, é a Teoria Bifatorial
de Frederick Herzberg.

380. A análise e descrição de um cargo deve ser um processo ordenado das tarefas ou atribuições inerentes ao
mesmo, sintetizando as informações recebidas do recrutamento e da seleção.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 380: Falso


Comentário:
A análise e descrição do cargo devem ser feitas antes do recrutamento e da seleção.

381. A avaliação de desempenho é um poderoso instrumento para avaliar problemas de desempenho e da baixa
qualidade do trabalho executado. Entretanto, não se deve esperar que avaliação de desempenho levante problemas
a respeito de possíveis carências de treinamento ou de adequação da pessoa ao cargo que ocupa.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 381: Falso


Comentário:

A avaliação de desempenho pode sim levantar problemas a respeito de possíveis carências de treinamento ou de
adequação da pessoa ao cargo, sendo um dos seus benefícios.

382. O empregado avaliado, o superior hierárquico, o subordinado e a equipe de trabalho são exemplos de
participantes do processo de avaliação de desempenho.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 382: Verdadeiro


Comentário:

Na avaliação 360° fazem parte: avaliado, chefe, subordinados, fornecedores e clientes.

383. Escalas gráficas, escolha forçada, pesquisa de campo e feedback são métodos de avaliação de
desempenho.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 383: Falso


Comentário:

Feedback não é um método de avaliação de desempenho.

384. No que diz respeito à avaliação de desempenho, o método de avaliação de 360 graus é inadequado para as
empresas em geral, visto que o empregado é avaliado pelas diferentes pessoas com as quais mantém contato mais
direto, com exceção de seu chefe imediato.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 384: Falso


Comentário:

Na avaliação 360 graus fazem parte: avaliado, chefe, subordinados, fornecedores e clientes. Portanto, o chefe
também participa. Além disso, sobre a avaliação 360 graus ser inadequada, depende do contexto da empresa.

385. A avaliação de desempenho de 360 graus, muito utilizada nas empresas atuais, restringe a avaliação de
desempenho do empregado a seus chefes e colegas na empresa.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 385: Falso


Comentário:

Na avaliação 360° fazem parte: avaliado, chefe, subordinados, fornecedores e clientes. Portanto, não está restrita
ao chefe e colegas.

386. Na avaliação de desempenho, uma das principais vantagens do método da escolha forçada é o de ele ser de
simples aplicação.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 386: Verdadeiro


Comentário:

O método da Escolha Forçada é de complexa elaboração, mas de fácil aplicação.

387. As características de determinado indivíduo estão diretamente relacionadas ao desempenho que ele tem
em sua função na organização, devendo então ser mais enfatizadas em uma avaliação de desempenho que o seu
comportamento.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 387: Falso


Comentário:

O comportamento deve ser mais avaliado.

388. O método de escalas gráficas consiste em avaliar o desempenho ou a atuação dos indivíduos por meio de
frases descritivas de determinado tipo de desempenho do empregado quanto às tarefas que lhe foram atribuídas.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito 388: Falso


Comentário:

O método das Escalas Gráficas corresponde a um formulário de dupla entrada no qual constam os fatores avaliados
e a escala de variação para ser preenchido pelo avaliados. É considerado simples, de fácil aplicação e fácil
elaboração, mas generalizado.

Considere a seguinte situação hipotética.

389. Paulo vem executando com extrema rapidez as tarefas relacionadas ao seu cargo que lhe são confiadas, e
vem apresentando produtividade acima da média da equipe. Nessa situação, para adequar o cargo às características
de Paulo, é correto utilizar o enriquecimento horizontal do cargo.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 389: Verdadeiro


Comentário:

Se Paulo está executando com rapidez tarefaz relacionadas ao seu cargo, o enriquecimento do cargo deverá ser
horizontal, de forma a manter as atividades com a mesma complexidade. Se Paulo executasse tarefas de cargos
acima do seu na hierarquia da empresa, o enriquecimento do cargo seria vertical, pois abordaria atividades de
níveis de complexidade diferentes.

390. Título do cargo, sumário das atividades e responsabilidades do cargo são itens da descrição de cargos.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 390: Verdadeiro


Comentário:

A descrição do cargo corresponde às tarefas e funções a serem desenvolvidas e responsabilidades características


do cargo. Portanto, título do cargo, sumário das atividades e responsabilidades são informações que constam na
descrição do cargo.

391. Um método moderno de avaliação de desempenho deve considerar o estabelecimento consensual de


objetivos entre gerente e subordinados, o compromisso dos empregados para o alcance dos objetivos, a alocação
adequada de recursos e meios necessários para a realização das tarefas e a monitoração constante dos resultados
alcançados em comparação com os resultados esperados.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 391: Verdadeiro


Comentário:

A questão refere-se à Avaliação por Objetivos, na qual gerente e subordinados, conjuntamente, definem metas e
recursos necessários e acompanham o desempenho.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

392. Na avaliação de desempenho, deve-se evitar avaliar o comportamento do individuo no ambiente de


trabalho, por ser uma questão tratada no âmbito disciplinar.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 392: Falso


Comentário:

A avaliação de desempenho deve acontecer também e principalmente o comportamento no próprio ambiente de


trabalho.

393. No processo de avaliação de desempenho, o fornecimento de feedback a um empregado com


desempenho abaixo do esperado deve ser evitado, para que ele não fique constrangido.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 393: Falso


Comentário:

O feedback em casa de desempenho abaixo do esperado deve ser estimulado, desde que ocorra de forma impessoal
e descritiva, de forma a auxiliar o empregado a identificar suas fraquezas e fornecer os meios para que ele a supere.

394. A avaliação de desempenho, uma atribuição exclusiva da administração de RH, fornece informações para
planejamento de treinamento, planejamento de carreira e promoções.

( ) Verdadeiro ( ) Falso

Gabarito 394: Falso


Comentário:

A avaliação de desempenho não é exclusiva da área de RH. Deve ser feito pelo gerente da área na qual o funcionário
trabalha, com o apoio do departamento de RH. Por isso se diz que a gestão de pessoas é responsabilidade de linha
e função de staff (assessoria).

QUESTÕES 395 A 548 – ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

395. (MSCONCURSOS - 2017 - PREF. DE PIRAÚBA-MG - AGENTE FISCAL) Com relação aos modelos de
Administração Pública, assinale a alternativa correta.

A) O alicerce da Administração Pública burocrática é o princípio da eficiência, o qual foi inserido no caput
da Constituição Federal por meio da Emenda Constitucional n.º 19, de 1998.
B) A Administração Pública gerencial, em face de seu formalismo exagerado e preocupação excessiva com
controles, torna a administração pública rígida, engessada e pouco eficiente.
C) Na Administração Pública patrimonialista, verifica-se que o aparelho do Estado é utilizado em benefício
do próprio governante e de terceiros por ele favorecidos. Este modelo é caracterizado pela não

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

distinção entre o que é patrimônio público e o que é patrimônio privado. Em outros termos, a res
publica (coisa do povo) se confundia com a res principis (coisa do príncipe).
D) O contrato de gestão é técnica típica da Administração Pública patrimonialista. Esse tipo de contrato
pode ser firmado pela Administração Direta com entidades não pertencentes à administração pública,
como, a exemplo, as fundações públicas.

Gabarito 395: Item C


Comentário:

A) O alicerce da Administração Pública burocrática é o princípio da eficiência, o qual foi inserido no caput
da Constituição Federal por meio da Emenda Constitucional n.º 19, de 1998.
Falso. O alicerce da Administração Pública burocrática consiste em: impessoalidade, formalismo e
profissionalismo.
B) A Administração Pública gerencial, em face de seu formalismo exagerado e preocupação excessiva com
controles, torna a administração pública rígida, engessada e pouco eficiente.
Falso. Consistem em disfunções da burocracia, não características.
C) Na Administração Pública patrimonialista, verifica-se que o aparelho do Estado é utilizado em benefício
do próprio governante e de terceiros por ele favorecidos. Este modelo é caracterizado pela não
distinção entre o que é patrimônio público e o que é patrimônio privado. Em outros termos, a res
publica (coisa do povo) se confundia com a res principis (coisa do príncipe).
Correto.
D) O contrato de gestão é técnica típica da Administração Pública patrimonialista. Esse tipo de contrato
pode ser firmado pela Administração Direta com entidades não pertencentes à administração pública,
como, a exemplo, as fundações públicas.
Falso. O contrato de gestão é técnica típica da Administração Pública Gerencial. Além disso, as fundações públicas
pertencem à administração pública e a questão afirma o contrário.

396. (IBFC - 2017 - EBSERH - ANALISTA ADMINISTRATIVO) Leia as afirmações abaixo sobre formas de
Administração Pública e assinale a alternativa correta.
I. Administração pública patrimonialista tem como princípios orientadores de seu desenvolvimento a
profissionalização a ideia de carreira, a hierarquia funcional, a impessoalidade, o formalismo, em
síntese, o poder racional legal.
II. Administração pública burocrática funciona como uma extensão do poder soberano e seus auxiliares
servidores possuem status de nobreza real.
III. Administração pública gerencial tem como pontos essenciais a eficiência da administração pública, a
necessidade de reduzir custos e aumentar a qualidade dos serviços.

A) Nenhuma das afirmações está correta


B) Todas as afirmações estão corretas
C) Somente a afirmação I está correta
D) Somente a afirmação III está correta
E) Somente a afirmação II está correta

Gabarito 396: Item D


Comentário:
I. Administração pública patrimonialista tem como princípios orientadores de seu desenvolvimento a
profissionalização a ideia de carreira, a hierarquia funcional, a impessoalidade, o formalismo, em
síntese, o poder racional legal.
Falso. Refere-se à Administração Burocrática.
II. Administração pública burocrática funciona como uma extensão do poder soberano e seus auxiliares
servidores possuem status de nobreza real.
Falso. Refere-se ao patrimonialismo.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

III.Administração pública gerencial tem como pontos essenciais a eficiência da administração pública, a
necessidade de reduzir custos e aumentar a qualidade dos serviços.
Verdadeiro.

397. (CESPE - 2016 - FUB - AUXILIAR ADMINISTRATIVO) Com relação à administração pública, julgue o item
que se segue.
No modelo de administração pública patrimonial, os bens do Estado são administrados de forma pessoal, como
se pertencessem ao próprio governante.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 397: Verdadeiro


Comentário:

É característica da administração pública patrimonial a confusão entre os bens públicos e os bens privados.

398. (CESPE - 2016 - FUB - AUXILIAR ADMINISTRATIVO) Com relação à administração pública, julgue o item
que se segue.
As práticas patrimonialistas, que consistem em administrar bens públicos como se fossem bens próprios, fazem
parte do modelo gerencialista, defendido pela Nova Administração Pública.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 398: Falso


Comentário:

As práticas patrimonialistas pertencem à Administração Pública Patrimonial.

399. (IBFC - 2016 - SES-PR - ADMINISTRADOR) Leia as afirmações abaixo sobre Modelo Patrimonial de
Administração Pública e assinale a alternativa correta.

I. A compreensão do modelo patrimonial de administração pública requer a retomada de um


fundamento da dominação tradicional: a piedade pessoal.
II. Na dominação tradicional, a reverência ao soberano garante a legitimidade das regras instituídas por
ele. Prevalece entre os subjugados a noção de que tal autonomia não é limitada por forças
concorrentes, o que possibilita o exercício pessoal e arbitrário do poder.

A) Todas as afirmações estão corretas.


B) Nenhuma das afirmações está correta.
C) Somente a afirmação I está correta.
D) Somente a afirmação II está correta.

Gabarito 399: Item A


Comentário:

Ambas as alternativas estão corretas.


I – A piedade pessoal refere-se ao patrimonialismo pelo fato de que o governo não tinha obrigação nenhuma com
a população, de forma que o soberano fazia com o patrimônio público aquilo que bom entendia, pois os bens
públicos confundiam-se com os bens privados. Assim, quando algo era feito em prol do povo, não era por
obrigação, mas por favor/piedade do rei.
II – Quando se fala em “dominação tradicional”, se fala em Administração Patrimonial. Assim, realmente não há
a necessidade de nenhum processo para fazer valer as regras instituídas pelo rei, a determinação dele era
suficiente. A questão também está correta ao falar que não existem forças concorrentes, pois o único poder
existente era o do rei, por isso se falava em monarquia.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

400. (ESAF - 2016 - ANAC - TÉCNICO) Assinale a opção que indica as formas de administração pública no Brasil,
que se sucedem no tempo, sem que, no entanto, qualquer uma delas seja inteiramente abandonada.

A) A Administração Pública Patrimonialista, a Burocrática e a Gerencial.


B) A Administração Pública Patrimonialista, a Burocrática e a Contingencial.
C) A Administração Pública Patrimonialista, a Burocrática e a Clássica.
D) Administração Pública Patrimonialista, a Burocrática e a Pós-Burocrática.
E) A Administração Pública Patrimonialista, a Burocrática e a Empreendedora.

Gabarito 400: Item A


Comentário:

As três formas de administração pública existentes no Brasil foram: Administração Pública Patrimonial,
Burocrática e Gerencial. Porém, vale ressaltar que houve apenas duas reformas: Burocrática, que foi a transição
do patrimonialismo para a burocracia, e Gerencial, que foi a transição da administração burocrática para
gerencial.

401. (COSEAC - 2016 - UFF - ASSISTENTE) Os modelos de gestão pública aplicados no Brasil conceituam-se em
Patrimonialista, Burocrático e Gerencial. Sobre eles é INCORRETO afirmar que

A) na Administração Pública Burocrática, são necessários controles rígidos dos processos, como por
exemplo na admissão de pessoal.
B) em 1995, foi lançado o Plano Diretor da Reforma do Estado, e o Ministério do Planejamento foi órgão
responsável para executar a reforma.
C) as Agências Reguladoras e Executivas foram criadas com o Plano Diretor da Reforma do Estado.
D) um dos objetivos a médio prazo do Plano Diretor da Reforma do Estado foi tornar a administração
pública mais eficiente e moderna, voltada ao atendimento dos cidadãos.

Gabarito 401: Item B


Comentário:

O órgão responsável pela Administração Gerencial por meio do lançamento do Plano Diretor de Reforma do
Estado foi o MARE (Ministério de Administração da Reforma do Estado) e não o Ministério do Planejamento como
a questão afirma, tornando o item incorreto.

402. (CESPE - 2016 - TCE-PA - AUDITOR) Com relação às diferentes abordagens da administração e à evolução da
administração pública no Brasil, julgue o item a seguir.
Com a implantação da reforma da gestão pública em 1995, os elementos patrimonialistas e clientelistas foram
extintos da cultura administrativa brasileira.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 402: Falso


Comentário:

Os elementos patrimonialistas e clientelistas jamais foram extintos da cultura administrativa brasileira. O


clientelismo também pode ser reconhecido como uma disfunção da Burocracia.

403. (INST. CIDADES - 2015 - PREF. SOBRAL - TÉCNICO LEGISLATIVO) Quando o aparelho do Estado é uma
espécie do poder do soberano, havendo a confusão entre a coisa pública e privada, onde os interesses
particulares ou de uma minoria estão acima dos interesses da sociedade, temos nesse caso, um Estado
essencialmente:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

A) Burocrático
B) Corrupto
C) Patrimonialista
D) Assistencialista

Gabarito 403: Item C


Comentário:

A forma de administração pública na qual existe uma confusão entre os bens públicos e os bens privados e que
prioriza os interesses particulares sobre os interesses da sociedade é a Administração Pública Patrimonialista.

404. (FGV - 2015 - DPE-RO - ANALISTA) As reformas administrativas no Brasil, em grande medida, mostraram-se
voltadas à eliminação do patrimonialismo. Em relação ao patrimonialismo, é correto afirmar que:

A) o quadro administrativo é formado por pessoas com vínculo de fidelidade pessoal;


B) os processos e controles são centrais ao funcionamento das organizações;
C) a impessoalidade nas relações é uma característica fundamental;
D) a periferia operacional é separada do núcleo estratégico;
E) os serviços são moldados como quasi- mercados.

Gabarito 404: Item A


Comentário:

A) o quadro administrativo é formado por pessoas com vínculo de fidelidade pessoal;


Verdadeiro. Característica do patrimonialismo.
B) os processos e controles são centrais ao funcionamento das organizações;
Falso. Característica da burocracia.
C) a impessoalidade nas relações é uma característica fundamental;
Falso. Característica da burocracia, respeitada pela administração gerencial.
D) a periferia operacional é separada do núcleo estratégico;
Falso. Na monarquia só existia um poder, ou seja, não havia separação nenhuma.
E) os serviços são moldados como quasi- mercados.
Falso. Característica da Administração Gerencial.

Julgue os itens a seguir, relativos a administração.

405. Segundo a concepção burocrática de administração pública, o modo mais seguro de evitar o nepotismo e
a corrupção no serviço público é por meio do controle rígido dos processos e procedimentos.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 405: Verdadeiro


Comentário:

Segundo a Teoria Burocrática de Max Weber, por meio do controle rígido dos processos seria possível eliminar a
corrupção e o nepotismo. Porém, já foi constatado que isso não ocorreu e, além de não evitar a corrupção e o
nepotismo, tornou a administração pública lenta e cara.

406. A reforma administrativa iniciada pelo Departamento Administrativo do Serviço Público (DASP) instituiu o
Estado moderno no Brasil, com vistas ao combate ao patrimonialismo e à burocracia estatal.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 406: Falso


Comentário:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

O erro da questão está em afirmar que a reforma administrativa iniciada pelo DASP visava combater a burocracia
estatal, enquanto que, na realidade, o DASP foi o responsável por implementá-la.

407. As grandes reformas administrativas do Estado brasileiro, ocorridas após 1930, foram do tipo
patrimonialista, burocrática e gerencial.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 407: Falso


Comentário:

O patrimonialismo não foi uma reforma, mas uma forma de gestão que surgiu sem planejamento. Só houve 2
reformas no Brasil: a reforma Burocrática, que foi a transição do patrimonialismo para a burocracia, e a reforma
Gerencial, que foi a transição da burocracia para a administração gerencial.

Com referência à evolução da administração pública no Brasil após 1930, julgue os itens a seguir.

408. O Decreto-lei n.º 200/1967 impôs novos rumos para a administração pública brasileira, tendo
proporcionado a expansão da administração indireta por intermédio da criação de empresas estatais e
da autonomia de gestão.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 408: Falso


Comentário:

O Decreto-lei n°200/67 foi responsável por dar mais autonomia para a administração indireta, flexibilizando,
especificando funções e regulamentando. Não se fala em criação, pois as empresas estatais já existiam.

409. A estrutura administrativa implantada pelo governo de Getúlio Vargas previa uma administração
desburocratizada.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 409: Falso


Comentário:

A estrutura implantada pelo governo e Getúlio Vargas previa uma administração BUROCRATIZADA.

410. O DASP, implantado em 1936 com o objetivo de suprir a administração patrimonialista até então existente,
foi extinto no governo de Juscelino Kubitschek.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 410: Falso


Comentário:

O DASP foi extinto na década de 80, durante o governo de José Sarney, com a criação do Ministério da
Desburocratização.

Com referência à Reforma da Gestão Pública do Brasil em 1995, julgue os itens que se seguem.

411. A primeira reforma da administração pública do Brasil foi a reforma burocrática.


( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 411: Verdadeiro

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Comentário:

A primeira REforma da administração pública do Brasil foi a reforma burocrática, que foi a transição do
patrimonialismo para a burocracia e se deu em 1936 e com a criação do DASP (Departamento Administrativo de
Serviço Público) em 1938.

412. A reforma em questão teve início com a publicação do Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado
(PDRAE).
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 412: Verdadeiro


Comentário:

A reforma em questão a que se refere a assertiva é a Administração Gerencial, pois está no comando dado antes
das questões “Com referência à Reforma da Gestão Pública do Brasil em 1995, julgue os itens que se seguem”.
Assim, a reforma que ocorreu em 1995 foi a reforma Gerencial, que foi a transição da burocracia para a
administração gerencial e teve início com o PDRAE.

413. Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado (PDRAE) veio em Gabarito à crise generalizada do Estado
brasileiro.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 413: Verdadeiro


Comentário:

A crise do Estado iniciou em 1970 com a crise fiscal, a obsolescência da burocracia e o esgotamento das formas
de intervenção. Em 1985 houve a redemocratização do Estado, na qual os políticos eleitos lotaram a máquina
pública com os seus amigos e familiares. Em 1988, veio a Constituição Federal que deu estabilidade a mais de 400
mil servidores e aboliu a flexibilidade dada à administração indireta pelo decreto-lei 200/67, engessando a
máquina pública e gerando uma situação insustentável. Por isso a CF/88 é considerada um retrocesso na busca
pela administração gerencial. Em Gabarito a essa situação, foi implementada em 1995, durante o governo de
Fernando Henrique Cardoso, a Administração Gerencial.

414. O Brasil foi um dos últimos países em desenvolvimento a iniciar a sua reforma na gestão pública.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 414: Falso


Comentário:

O Brasil foi um dos primeiros países em desenvolvimento a iniciar a reforma gerencial. Entre os países
desenvolvidos, a administração gerencial foi implementada 1979 na Inglaterra, com Margaret Thatcher, e em
1981 nos Estados Unidos, com Ronald Reagan.

415. O modelo da administração pública gerencial tem como um dos seus pressupostos a centralização das
decisões e funções do Estado.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 415: Falso


Comentário:

A Administração Gerencial tem como um de seus pressupostos a DESburocratização. A centralização é


característica da administração burocrática.

416. A criação do Departamento Administrativo do Serviço Público (DASP) foi o primeiro movimento de reforma

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

administrativa do país.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 416: Verdadeiro


Comentário:

O patrimonialismo foi a primeira forma de gestão pública que surgiu no Brasil devido às práticas da monarquia.
Porém, a primeira REforma administrativa foi a burocrática, que foi a transição do patrimonialismo para a
burocracia. Pode ser dito que ela teve início em 1936 ou em 1938, com a criação do DASP (Departamento
Administrativo do Serviço Público).

417. No que diz respeito à administração dos recursos humanos, a criação do Departamento Administrativo do
Serviço Público (DASP) representou uma tentativa de formação da burocracia nos moldes weberianos,
baseada no princípio do mérito profissional.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 417: Verdadeiro


Comentário:

Pode ser afirmado que a burocracia surgiu em 1936 ou em 1938, quando houve a criação do DASP. Este foi o
responsável por implementar formalismo, profissionalismo e impessoalidade na gestão e por iniciar a forma de
gestão da forma que Max Weber idealizou, visando eliminar a corrupção e o nepotismo. A questão traz a palavra
“tentativa” pelo fato de que nunca se foi capaz de implementar a burocracia da forma como Weber a idealizou,
pois com a sua implementação surgiram diversas disfunções, como por exemplo: lentidão, exagerada
especialização, rigor excessivo, rigidez na gestão e o abandono do cidadão e do servidor. Assim, pode-se dizer que
a burocracia foi implementada, mas nunca consolidada.

418. O modelo burocrático tradicional, priorizado pela CF e pelo direito administrativo brasileiro, baseia-se no
formalismo, no excesso de normas e na flexibilidade de procedimentos.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 418: Falso


Comentário:

Formalismo é uma característica do modelo burocrático tradicional, mas excesso de normas é uma disfunção.
Além disso, a burocracia prezava pelo rigor nos procedimentos. A flexibilidade é uma característica da
administração gerencial.

419. Os princípios da administração burocrática clássica foram introduzidos na administração pública brasileira
por meio do Decreto-lei n.º 200/1967, o que marca o fim da hegemonia do modelo patrimonialista.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 419: Falso


Comentário:

Os princípios da administração burocrática clássica foram introduzidos por meio do DASP (Departamento
Administrativo do Serviço Público). O Decreto-lei n.º200/67 foi a primeira tentativa de implementar a
administração gerencial. Além disso, o modelo patrimonialista nunca foi totalmente eliminado, logo, não se pode
falar em um fim desse modelo.

420. A primeira tentativa de reforma gerencial da administração pública brasileira ocorreu em 1936, com a
criação do Departamento Administrativo do Serviço Público (DASP).

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 420: Falso


Comentário:
O Decreto-lei n.º200/67 foi a primeira tentativa de reforma gerencial da administração pública brasileira.

421. O governo autoritário de Vargas investiu na modernização da máquina administrativa do Estado por meio
da difusão dos paradigmas burocráticos de Max Weber.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 421: Verdadeiro


Comentário:

Foi durante o governo de Getúlio Vargas que foi criado o DASP (Departamento Administrativo do Serviço Público),
que foi o responsável pela introdução da burocracia da forma difundida por Max Weber. Para os padrões da
época, a burocracia representava uma modernização.

422. A administração pública burocrática representou uma tentativa de substituição das práticas
patrimonialistas, originárias das monarquias absolutistas, em que inexistia clara distinção entre a res
pública e a res privada.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 422: Verdadeiro


Comentário:

O patrimonialismo foi marcada pela confusão entre os bens públicos (res public) e os bens privados (res privada),
ou seja, o monarca gerenciava os bens públicos como se fossem seus. Assim, a burocracia foi implementada como
uma tentativa de eliminar a corrupção e o nepotismo característicos do patrimonialismo.

Em relação às reformas administrativas empreendidas no Brasil nos anos de 1930 a 1967, julgue os itens a
seguir.

423. Nesse período, a preocupação governamental direcionava-se mais ao caráter impositivo das medidas que
aos processos de internalização das ações administrativas.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 423: Verdadeiro


Comentário:

O período a que a questão se refere está no comando logo acima, o período de 1930 a 1967, ou seja,
aproximadamente o período no qual foi implementada a burocracia. No Brasil, esta surgiu durante o governo de
Getúlio Vargas, um governo autoritário e intervencionista. Portanto, foi uma característica desse período a
imposição de normas, seguindo os princípios da burocracia (formalismo, impessoalidade e profissionalismo) em
detrimento da internalização, do entendimento das ações administrativas pela população. A primeira reforma
que toma em consideração o debate popular foi a Gerencial.

424. Entre os anos 1950 e 1960, o modelo de gestão administrativa proposto estava voltado para o
desenvolvimento, especialmente para a expansão do poder de intervenção do Estado na vida econômica
e social do país.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 424: Verdadeiro


Comentário:

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Em 1945 foi instituído o Estado do Bem-estar Social. No Brasil, veio na forma do Estado Desenvolvimentista, que
pretendia desenvolver 50 anos em 5 e foi implementado em 1956 no governo de Juscelino Kubitschek. Esse
posicionamento necessitava de uma posição intervencionista para desenvolver o país e oferecer um padrão de
vida mínimo para a população.

425. (FCC - 2015 - DPE-SP - ADMINISTRADOR) Considerando os três modelos teóricos de Administração pública,
patrimonialista, burocrático e gerencial, é correto afirmar:

A) O gerencialismo inclui a interpermeabilidade entre os patrimônios públicos e privados.


B) Uma das disfunções da burocracia refere-se à busca excessiva por resultados.
C) Em relação à utilização de normas escritas e não escritas, não há uma diferença clara entre os três
modelos.
D) O patrimonialismo pode ser exercido por meio do nepotismo e da corrupção.
E) A divisão do trabalho, na burocracia, é feita por meio de cargos e de pessoas.

Gabarito 425: Item D


Comentário:

A) O gerencialismo inclui a interpermeabilidade entre os patrimônios públicos e privados.


Falso. Interpermeabilidade entre patrimônios públicos e privados é característica do patrimonialismo.
B) Uma das disfunções da burocracia refere-se à busca excessiva por resultados.
Falso. A busca por resultados se dá no gerencialismo, na burocracia ocorre o excesso de regras e normas.
C) Em relação à utilização de normas escritas e não escritas, não há uma diferença clara entre os três
modelos.
Falso. A burocracia enfatiza o uso do formalismo, logo prioriza as normas escritas em detrimento das não escritas.
D) O patrimonialismo pode ser exercido por meio do nepotismo e da corrupção.
Verdadeiro. Nepotismo e corrupção são características do patrimonialismo.
E) A divisão do trabalho, na burocracia, é feita por meio de cargos e de pessoas.
Falso. A divisão do trabalho, na burocracia é feita por meio de tarefas (especialização).

426. (PR-4 UFRJ - 2015 - UFRJ - ASSISTENTE) Os conceitos de administração direta e indireta foram criados no
âmbito do Decreto Lei Federal N° 200/67. Segundo o ex-ministro Bresser Pereira, dado o conjunto de ações
visando a sua implementação, surgiu naquele momento uma série de consequências indesejadas para a
administração pública. Dentre elas, destaca-se:

A) a ampliação da pré-existente rigidez excessiva da administração indireta e a obtenção de menor


eficiência da administração direta.
B) a facilitação do patrimonialismo na administração indireta por meio de contratações sem concurso
público, ocasionando nepotismo.
C) a manutenção de relações entre poderes, visando a facilitar a aprovação dos orçamentos submetidos
pelo Executivo ao Congresso.
D) a influência da expansão de órgãos da administração direta, concentrando nesta a maior parte dos
investimentos do governo federal
E) o fortalecimento do núcleo estratégico do Estado, por meio do desenvolvimento de carreiras de altos
administradores na administração indireta.

Gabarito 426: Item B


Comentário:

A) a ampliação da pré-existente rigidez excessiva da administração indireta e a obtenção de menor


eficiência da administração direta.
Falso. O decreto veio para flexibilizar a administração indireta e aumentar a eficiência.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

B) a facilitação do patrimonialismo na administração indireta por meio de contratações sem concurso


público, ocasionando nepotismo.
Verdadeiro. Na prática, a tentativa de flexibilizar levou o país de volta à corrupção e ao nepotismo.
C) a manutenção de relações entre poderes, visando a facilitar a aprovação dos orçamentos submetidos
pelo Executivo ao Congresso.
Falso. O decreto não menciona alterações nos poderes, apenas aumentou a autonomia e flexibilizou a
administração indireta.
D) a influência da expansão de órgãos da administração direta, concentrando nesta a maior parte dos
investimentos do governo federal.
Falso. Não houve a expansão dos órgãos da administração direta, houve a FLEXIBILIZAÇÃO da administração
INdireta.
E) o fortalecimento do núcleo estratégico do Estado, por meio do desenvolvimento de carreiras de altos
administradores na administração indireta.
Falso. O decreto veio flexibilizar e dar autonomia para a administração indireta. Ao falar em fortalecimento do
núcleo estratégico do Estado, está-se falando em centralização, enquanto que o objetivo do decreto foi
descentralizar.

427. (FCC - 2015 - DPE-RR - ADMINISTRADOR) Na Administração pública,

A) o Gerencialismo Puro é um dos modelos gerenciais, que busca o aumento da participação social a
partir da utilização de instrumentos de transparência.
B) a burocracia é caracterizada pelo controle de procedimentos, que alinha os objetivos da organização
aos resultados a serem alcançados.
C) o Public Service Orientation é um dos modelos burocráticos, que busca o fortalecimento do controle
de procedimentos e da meritocracia.
D) o patrimonialismo é caracterizado pela interpermeabilidade entre os patrimônios público e privados
de líderes carismáticos.
E) o Consumerism é um dos modelos gerenciais, que busca a qualidade e a efetividade dos serviços
públicos.

Gabarito 427: Item E


Comentário:

A) o Gerencialismo Puro é um dos modelos gerenciais, que busca o aumento da participação social a
partir da utilização de instrumentos de transparência.
Falso. Características do PSO – Public Service Orientation.
B) a burocracia é caracterizada pelo controle de procedimentos, que alinha os objetivos da organização
aos resultados a serem alcançados.
Falso. Na burocracia, não há alinhamento entre objetivos e resultados, há apenas o foco nos processos.
C) o Public Service Orientation é um dos modelos burocráticos, que busca o fortalecimento do controle
de procedimentos e da meritocracia.
Falso. O PSO é uma evolução do modelo gerencial e não um modelo burocrático e não busca fortalecer o
controle de procedimentos, mas respeita o princípio da meritocracia.
D) o patrimonialismo é caracterizado pela interpermeabilidade entre os patrimônios público e privados
de líderes carismáticos.
Falso. No patrimonialismo não havia líderes carismáticos e sim autoridades tradicionais, pois havia reis que
estavam nessa posição apenas pela família em que nasceram.
E) o Consumerism é um dos modelos gerenciais, que busca a qualidade e a efetividade dos serviços
públicos.
Verdadeiro. O Consumerism é uma das evoluções do modelo gerencial e introduz os conceitos de qualidade e
a busca pela efetividade dos serviços.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

428. (CEPERJ - 2014 - FSC - TÉCNICO) O patrimonialismo se caracterizava por apresentar:

A) foco na eficiência administrativa


B) manifestação da dominação tradicional
C) reação à ausência de profissionalismo
D) privilégio à meritocracia
E) formalismo exagerado

Gabarito 428: Item B


Comentário:

A) foco na eficiência administrativa


Falso. Características da burocracia e do gerencialismo.
B) manifestação da dominação tradicional
Verdadeiro. Característica do patrimonialismo.
C) reação à ausência de profissionalismo
Falso. Havia ausência de profissionalismo, mas não havia nenhuma reação.
D) privilégio à meritocracia
Falso. Característica da meritocracia.
E) formalismo exagerado
Falso. Disfunção da burocracia.

429. (FEPESE - 2014 - MPE-SC - ANALISTA) A administração pública gerencial tem como características
conceituais:

1. eficiência e eficácia.
2. competitividade.
3. patrimonialismo.

Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.

A) É correta apenas a afirmativa 1.


B) É correta apenas a afirmativa 2.
C) São corretas apenas as afirmativas 1 e 2.
D) São corretas apenas as afirmativas 2 e 3.
E) São corretas as afirmativas 1, 2 e 3.

Gabarito 429: Item C


Comentário:

Eficiência, eficácia e competitividade são características do gerencialismo, já patrimonialismo é um outro modelo


de gestão que existia nos primórdios. Vale ressaltar que, apesar da evolução nos modelos de gestão pública, não
se pode dizer que o patrimonialismo foi eliminado, pois as suas características permanecem.

430. (CEPERJ - 2014 - RIOPREVIDENCIA - ESPECIALISTA PREVD. SOCIAL) Segundo alguns estudiosos que
refletem sobre a administração pública brasileira, estaria havendo um processo de retorno ao
patrimonialismo, no bojo do discurso antiburocrático. A dominação patrimonial é definida como apoiada:

A) na existência de um quadro administrativo puramente pessoal, formado por companheiros ou


súditos, recrutados por critério de afetividade, lealdade e confiança.
B) nas condições materiais dos dirigentes públicos, cujo patrimônio elevado e o apoio financeiro aos
políticos nos processos eleitorais lhes concede o direito aos postos e cargos.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

C) na crença de que algumas pessoas por sua qualificação e prestígio têm o direito de assumir os cargos
públicos e conduzi-los de acordo com seu próprio entendimento acerca das questões que lhe são
colocadas para apreciação e decisão.
D) em processos de escolha em que o soberano faz a indicação de pessoas para os cargos públicos do
reino de acordo com critérios de conhecimento, sabedoria e grande discernimento, demonstrados no
convívio da corte.
E) nos setores armados da sociedade feudal, em particular nos senhores feudais, que indicam os servos
mais judiciosos para os cargos públicos, de acordo com processos abertos e convites do próprio
soberano.

Gabarito 430: Item A


Comentário:

A) na existência de um quadro administrativo puramente pessoal, formado por companheiros ou


súditos, recrutados por critério de afetividade, lealdade e confiança.
Verdadeiro. Características do patrimonialismo.
B) nas condições materiais dos dirigentes públicos, cujo patrimônio elevado e o apoio financeiro aos
políticos nos processos eleitorais lhes concede o direito aos postos e cargos.
Falso. Consiste no nepotismo, que é uma das características do patrimonialismo, mas neste não havia processo
eleitoral.
C) na crença de que algumas pessoas por sua qualificação e prestígio têm o direito de assumir os cargos
públicos e conduzi-los de acordo com seu próprio entendimento acerca das questões que lhe são
colocadas para apreciação e decisão.
Falso. Prestígio é um ponto que leva a escolha de ocupantes de cargos públicos durante o patrimonialismo, mas
a qualificação não é levada em consideração.
D) em processos de escolha em que o soberano faz a indicação de pessoas para os cargos públicos do
reino de acordo com critérios de conhecimento, sabedoria e grande discernimento, demonstrados no
convívio da corte.
Falso. Não há critérios de conhecimento, sabedoria e discernimento no patrimonialismo, há critérios de lealdade
e relação pessoal.
E) nos setores armados da sociedade feudal, em particular nos senhores feudais, que indicam os servos
mais judiciosos para os cargos públicos, de acordo com processos abertos e convites do próprio
soberano.
Falso. Não é uma forma de administração pública.

431. (CEPERJ- 2013 - SEPLAG-RJ - ESPECIALISTA POLÍTICA PÚBLICA) O patrimonialismo é uma prática condenável
porque significa a apropriação privada de recursos e/ou bens públicos, sob as mais variadas maneiras. É o
tratamento da coisa pública como se ela fosse patrimônio privado do gestor. A iniciativa mais diretamente
oposta ao patrimonialismo, adotada na administração pública, é:

A) o gerencialismo
B) o new public management
C) o neoliberalismo
D) a burocracia
E) a organização social

Gabarito 431: Item D


Comentário:

A forma de gestão que teve como objetivo PRINCIPAL eliminar o patrimonialismo no Brasil foi a burocracia. Não
quer dizer que a administração gerencial não quisesse isso também, mas a administração gerencial teve outros
objetivos considerados principais, como a flexibilização, a eficiência, a eficácia, a efetividade por meio do

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

atendimento do cidadão, entre outros objetivos.

432. (CESPE - 2013 - FUB - ADMINISTRADOR) Em relação à evolução da administração pública no Brasil após
1930, às reformas administrativas e à nova gestão pública, julgue os itens que se seguem.
A crise do nacional-desenvolvimentismo e as críticas ao patrimonialismo e ao autoritarismo do Estado brasileiro
estimularam a emergência de um consenso político de caráter liberal que se embasou na articulação entre
estratégia de desenvolvimento independente e associado, as estratégias neoliberais de estabilização econômica
e as estratégias administrativas dominantes no cenário de reformas orientadas para o mercado.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 432: Falso


Comentário:

Questão considerada difícil, porém pode ser considerada falsa por falar em liberalismo, pois não houve
liberalismo no Brasil. O liberalismo pode ser associado à burocracia, porém somente nos países desenvolvidos.
No Brasil, a burocracia foi implementada em plena ditadura, enquanto o governo se apoderava do setor
produtivo. Por isso, pode-se dizer que não houve liberalismo no Brasil, o que houve foi o neoliberalismo em 1995,
podendo ser associado com a implementação da Administração Gerencial.

433. (CESPE - 2012 - ANAC - ANALISTA) De acordo com o modelo patrimonialista, o gestor público deve ter
autonomia para gerir os recursos humanos, materiais e financeiros colocados à sua disposição, a fim de
que os objetivos contratados e a finalidade pública sejam atingidos.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 433: Falso


Comentário:

A questão traz características da Administração Gerencial e não do patrimonialismo.

434. (CEPERJ - 2012 - SEDUC-RJ - DIRETOR) Um Diretor quer colocar nos quadros administrativos da escola
dois amigos de sua mulher e sua própria mulher. Do ponto de vista das análises que procuram interpretar
características da formação cultural do Brasil, em face da democracia, cidadania e burocracia, este
comportamento é conhecido como:

A) patrimonialismo
B) autoritarismo
C) mandonismo
D) personalismo
E) individualism

Gabarito 434: Item A


Comentário:

Colocar amigos e familiares em quadros administrativos é um comportamento conhecido como nepotismo,


característica da gestão patrimonialista e que continua presente nos dias de hoje devido à formação cultural do
Brasil, que nunca conseguiu eliminar totalmente o patrimonialismo.

435. (CESPE - 2012 - PRF - TAE) Os desafios da administração pública contemporânea relacionam- se
diretamente à quebra de paradigmas e conceitos preestabelecidos sobre a gestão organizacional. A
constante troca de conhecimento entre a esfera pública e privada é essencial para garantir a constante
evolução dos sistemas organizacionais. Com relação a esse assunto, julgue os itens a seguir.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

A erradicação do patrimonialismo no Brasil aconteceu com a reforma administrativa de 1930, que instituiu o modelo
de administração burocrática na gestão governamental brasileira.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 435: Falso


Comentário:
O patrimonialismo NUNCA foi erradicado no Brasil, pois as práticas de corrupção e nepotismo permanecem na
gestão pública. Por esse motivo se diz que a burocracia foi implementada, mas nunca foi consolidada, pois ela
surgiu com o objetivo de eliminar o patrimonialismo e isso nunca ocorreu.

436. (CESPE - 2012 - TJ-RO - ADMINISTRADOR) As características da administração pública patrimonialista


incluem

A) gestão por resultados, poder racional-legal e tecnicismo.


B) nepotismo, clientelismo e não separação entre público e privado.
C) não separação entre público e privado, tecnicismo e paternalismo.
D) poder racional-legal, hierarquia funcional e formalismo.
E) paternalismo, patrimonialismo e formalismo.

Gabarito 436: Item B


Comentário:

A) gestão por resultados, poder racional-legal e tecnicismo.


Falso. Gestão por resultados vem do gerencialismo e poder racional legal e tecnicismo da burocracia.
B) nepotismo, clientelismo e não separação entre público e privado.
Verdadeiro. Nepotismo é o favorecimento de parentes e amigos próximos, clientelismo é a troca de favores e não
separação entre público e privado significa que os bens públicos são administrados como bens privados. Todos
são características do patrimonialismo.
C) não separação entre público e privado, tecnicismo e paternalismo.
Falso. Não separação entre público e privado e paternalismo são características do patrimonialismo, mas o
tecnicismo é uma característica da burocracia, respeitada pela administração gerencial.
D) poder racional-legal, hierarquia funcional e formalismo.
Falso. São todas características da burocracia. Poder racional-legal é o poder legítimo, conhecido como
autoridade. Hierarquia funcional deriva da estrutura hierarquizada e formalismo é a imposição de regras e
normas.
E) paternalismo, patrimonialismo e formalismo.
Falso. Formalismo é característica da burocracia.

437. (FUNCAB-2016-SEGEP-MA - AGENTE PENITENCIÁRIO) A assertiva “a Administração Pública deve atender os


interesses do governante, que faz uso do poder que emana do povo em seu favor, é relacionada à(ao):

A) Estado empreendedor.
B) Administração Pública gerencial.
C) patrimonialismo.
D) burocracia.
E) governança pública.

Gabarito 437: Item C


Comentário:

Se a administração deve atender aos interesses do governante, está-se falando de patrimonialismo, no qual o
objetivo da administração é satisfazer o rei.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

438. (IBFC - 2016 - SES-PR - ADMINISTRADOR) Assinale a alternativa que preenche corretamente a lacuna a
seguir. , lógica gerencial que dá forma à dominação racional-legal, apoia-se em
competências oficiais, ordenadas por leis ou regulamentos administrativos que são instituídos por
autoridades.

A) Democracia.
B) Autocracia.
C) Burocracia.
D) Livre Poder.

Gabarito 438: Item C


Comentário:

Dominação racional-legal ou poder racional-legal é o poder legítimo, também conhecido como autoridade, que
surge em função do cargo que se ocupa, o que surgiu a partir da burocracia. Além disso, apoiar-se em
competências oficiais, leis e regulamentos consiste no formalismo, que é a adoção de regras e normas. Portanto,
todos são características da burocracia.

439. (IBFC - 2016 - EBSERH - ANALISTA) A Teoria da Burocracia de Max Weber traz para as organizações, e
também para as públicas, o conceito de burocracia. Essa burocracia tem uns princípios básicos. Assinale a
alternativa que não contém um desses princípios.

A) Formalização – existem regras definidas que serão protegidas da alteração arbitrária ao serem
formalizadas por escrito
B) Divisão do trabalho – cada elemento do grupo tem uma função específica, de forma a evitar conflitos
na atribuição de competências
C) Propriedade e administração – os burocratas não se limitam a administrar os meios de produção,
também os possuem
D) Completa previsibilidade do funcionamento – todos os funcionários deverão se comportar de acordo
com as normas e os regulamentos da organização, a fim de que esta atinja a máxima eficiência
possível
E) Competência técnica e meritocracia – a escolha dos funcionários e cargos dependem,
exclusivamente, de seus méritos e suas capacidades, o que leva à necessidade da existência de
formas de avaliação objetivas

Gabarito 439: Item C


Comentário:

Atenção! A questão pede a alternativa que NÃO contém um princípio básico da Burocracia. Sabemos que os
pilares da burocracia são: formalismo, impessoalidade e profissionalismo. Logo, a alternativa correta será
aquela que não tiver relação com esses princípios.

A) Formalização – existem regras definidas que serão protegidas da alteração arbitrária ao serem
formalizadas por escrito
Falso. Formalismo é um dos princípios orientadores da burocracia.
B) Divisão do trabalho – cada elemento do grupo tem uma função específica, de forma a evitar conflitos
na atribuição de competências
Falso. Divisão do trabalho tem a ver com formalismo, pois impõe limites ao trabalho das pessoas.
C) Propriedade e administração – os burocratas não se limitam a administrar os meios de produção,
também os possuem
Verdadeiro. A não separação entre os bens públicos e privados é característica do PATRIMONIALISMO, logo,
não tem relação com a burocracia e é o gabarito da questão.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

D) Completa previsibilidade do funcionamento – todos os funcionários deverão se comportar de acordo


com as normas e os regulamentos da organização, a fim de que esta atinja a máxima eficiência
possível
Falso. Comportar-se de acordo com normas e regulamentos diz respeito a formalismo e impessoalidade,
características da burocracia.
E) Competência técnica e meritocracia – a escolha dos funcionários e cargos dependem,
exclusivamente, de seus méritos e suas capacidades, o que leva à necessidade da existência de
formas de avaliação objetivas
Falso. Meritocracia é um dos princípios da burocracia.

440. (IBADE - 2016 - SEDUC-RO - ADMINISTRADOR) A instituição administrativa do Estado, que usa como
método de combate à corrupção e ao nepotismo a adoção de princípios de um serviço público
profissional e de um sistema administrativo, formal e racional, é denominado(a):

A) burocracia.
B) persecução jurisdicional.
C) constitucionalismo.
D) arcabouço jurídico.
E) democracia.

Gabarito 440: Item A


Comentário:

A burocracia foi a forma de gestão que surgiu com o objetivo de eliminar a corrupção e o nepotismo do país, para
isso adotou princípios como formalismo, impessoalidade e profissionalismo.

441. (ESAF - 2016 - FUNAI - TODOS OS CARGOS) No setor público, a gestão da mudança pelas reformas
administrativas deriva de agendas explícitas de reorientação política e (re)estruturação institucional em
governos e organizações públicas. Uma modernização do setor público baseado no paradigma da
burocracia inclui, entre outros aspectos:

A) uma gestão pública empreendedora, orientada por instrumentos de contratualização de resultados.


B) um gerenciamento público de tipo ideal weberiano, marcado pela formalidade e pelo
corporativismo.
C) uma administração pública racional-legal, guiada pela impessoalidade e pela meritocracia.
D) uma administração pública anti- patrimonialista, pautada pelo sistema de patronagem.
E) uma gestão pública eficiente e tecnopolítica, organizada em aneis burocráticos e com foco
relacional.

Gabarito 441: Item C


Comentário:

A) uma gestão pública empreendedora, orientada por instrumentos de contratualização de resultados.


Falso. Característica da administração gerencial.
B) um gerenciamento público de tipo ideal weberiano, marcado pela formalidade e pelo
corporativismo.
Falso. É uma DISFUNÇÃO da burocracia.
C) uma administração pública racional-legal, guiada pela impessoalidade e pela meritocracia.
Verdadeiro. Características da burocracia.
D) uma administração pública anti- patrimonialista, pautada pelo sistema de patronagem.
Falso. Patronagem é característica do patrimonialismo.
E) uma gestão pública eficiente e tecnopolítica, organizada em anéis burocráticos e com foco
relacional.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Falso. O item não tem nenhuma relação com o assunto Administração Pública.

442. (FCC – 2015 – TCE – CE – TÉCNICO DE ADMINISTRAÇÃO) A redução dos trâmites necessários para
exportações e importações entrou no rol das reformas que o Ministério da Fazenda está desenvolvendo para
elevar a competitividade do Brasil e aumentar o crescimento da economia. Uma pesquisa mostra que o
exportador precisa preencher o CNPJ em 17 documentos diferentes e a nomenclatura da mercadoria deve
ser registrada em 13 papéis oficiais. Ao todo, há 27 órgãos que tratam de exportações e boa parte deles tem
exigências semelhantes, o que faz com que o empresário tenha que repetir procedimentos para fazer uma
única transação. Isso gera custo elevado para as companhias exportadoras.
Estudo feito pelo professor Lucas Ferraz a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI) indica que, se o tempo
necessário para apresentar documentos cair dos 13 dias atuais para 8 dias, a elevação do Produto Interno Bruto
(PIB) pode chegar a 1,19%, o que equivaleria a US$ 23,8 bilhões, em 2016.
(BASILE, Juliano. Para estimular crescimento, Fazenda quer menos burocracia na exportação. Valor Econômico,
23/04/2015)

Com base no fragmento de texto acima e na literatura sobre Administração burocrática, considere as afirmações a
seguir:

I. O fornecimento de informações precisas e detalhadas, inclusive para mais de um órgão, garante o


controle dos procedimentos e o cumprimento das regras e legislações, gerando a segurança necessária
para aumentar a competitividade dos exportadores e importadores brasileiros.
II. O excesso de procedimentos constitui obstáculo à eficiência da economia brasileira.
III. O excesso de trâmites, uma das disfunções do modelo burocrático, aumenta os custos, reduzindo a
competitividade do setor de exportação brasileiro.

Está correto o que se afirma em

A) I, apenas.
B) II e III, apenas.
C) I e II, apenas.
D) III, apenas.
E) I, II e III.

Gabarito 442: Item B


Comentário:

I. O fornecimento de informações precisas e detalhadas, inclusive para mais de um órgão, garante o


controle dos procedimentos e o cumprimento das regras e legislações, gerando a segurança necessária
para aumentar a competitividade dos exportadores e importadores brasileiros.
Falso. O controle não aumenta a competitividade, pelo contrário, o excesso de procedimentos torna o processo
lento, reduzindo a competitividade.
II. O excesso de procedimentos constitui obstáculo à eficiência da economia brasileira.
Verdadeiro. O excesso de procedimentos torna o processo lento.
III. O excesso de trâmites, uma das disfunções do modelo burocrático, aumenta os custos, reduzindo a
competitividade do setor de exportação brasileiro.
Verdadeiro. Se o excesso de procedimentos torna o processo lento, os custos são mais elevados e com isso a
competividade é reduzida.

443. (FCC - 2015 - TCE-CE - TÉCNICO DE ADMINISTRAÇÃO) A Administração pública burocrática

A) caracteriza-se pelo controle rígido, exercido prioritariamente por indicadores de gestão.


B) baseia-se no princípio do mérito profissional e enfatiza a definição de metas para a atuação dos

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

servidores públicos e, consequentemente, a sua progressão na carreira.


C) baseia-se no princípio do mérito profissional e enfatiza a importância do cumprimento de regras e
procedimentos rígidos.
D) baseia-se no princípio do mérito profissional e atribui grau limitado de confiança aos servidores e
políticos, recomendando, para isso, o contrato de gestão.
E) foi adotada em substituição à Administração patrimonial, que distinguia o patrimônio público do
patrimônio privado.

Gabarito 443: Item C


Comentário:

A) caracteriza-se pelo controle rígido, exercido prioritariamente por indicadores de gestão.


Falso. O responsável por introduzir indicadores de gestão foi a administração gerencial.
B) baseia-se no princípio do mérito profissional e enfatiza a definição de metas para a atuação dos
servidores públicos e, consequentemente, a sua progressão na carreira.
Falso. A definição de metas e objetivos foi introduzida com a administração gerencial.
C) baseia-se no princípio do mérito profissional e enfatiza a importância do cumprimento de regras e
procedimentos rígidos.
Verdadeiro. Características da burocracia.
D) baseia-se no princípio do mérito profissional e atribui grau limitado de confiança aos servidores e
políticos, recomendando, para isso, o contrato de gestão.
Falso. A burocracia tem uma desconfiança total em seus servidores e políticos, por isso o excesso de regras e
normas. A forma de gestão que demonstra confiança limitada é a administração gerencial.
E) foi adotada em substituição à Administração patrimonial, que distinguia o patrimônio público do
patrimônio privado.
Falso. A burocracia foi sim adotada em substituição ao patrimonialismo, mas este não distinguia o patrimônio
público do privado, logo os gestores administravam os bens públicos como se fossem seus.

444. (CCV - 2015 - UFC - ASSISTENTE) A burocracia propicia às organizações públicas:

A) O retrabalho.
B) O acúmulo de papel e de assinaturas.
C) A divisão do trabalho de forma inadequada.
D) A profissionalização das atividades e das pessoas.
E) A escolha de pessoas, não por mérito ou competência.

Gabarito 444: Item D


Gabarito:

Retrabalho e acúmulo de papel e de assinaturas são DISFUNÇÕES da burocracia, não são características. Divisão
do trabalho inadequada também não é uma característica, pois a divisão do trabalho deve ser adequada. Além
disso, a escolha das pessoas DEVE ser por mérito. Assim, o item correto é a profissionalização das atividades e
pessoas.

445. (CEPERJ - 2015 - PREFEITURA SAQUAREMA-RJ - GESTOR PÚBLICO) O órgão responsável pela reforma
administrativa brasileira inspirada no modelo weberiano de burocracia foi:
A) BNDES.
B) DIP.
C) DASP.
D) DENOCS.
E) DAP.

Gabarito 445: Item C

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Comentário:

O órgão responsável por introduzir o modelo burocrático de Max Weber na gestão pública brasileira foi o DASP
(Departamento Administrativo do Serviço Público).

446. (ESAF - 2015 - ESAF - ANALISTA) Acerca do papel da Burocracia no processo de formulação e
implementação de políticas públicas, bem como de sua relação com o universo político, é incorreto afirmar
que:

A) considerando a tendência de os formuladores políticos tomarem decisões muito genéricas, ambíguas


ou até contraditórias, é natural que uma boa parte da decisão repouse no domínio da burocracia.
B) embora detentores de interesses próprios e corporativos, os agentes burocráticos são neutros,
incapazes de mobilizar recursos políticos e a atenção da sociedade organizada.
C) como forma de enfrentar as dificuldades e desafios do processo de implementação de políticas
públicas, é comum observar a burocracia modificar seu trabalho, ajustando os objetivos do programa
aos recursos disponíveis.
D) a burocracia é capaz de atuar no cenário político de forma autônoma e direta, dispensando o concurso
dos políticos, seja para formular demandas, definir preferências, manejar recursos de poder, seja para
mobilizar o apoio de diferentes atores em sustentação às suas iniciativas.
E) a burocracia é capaz de controlar a implementação das decisões e de conquistar legitimidade por
vários meios, entre os quais se destaca o argumento da competência técnica.

Gabarito 446: Item B


Comentário:

Os políticos não são neutros, pois possuem interesses próprios e corporativos que influenciam suas decisões.
Logo, o item B está falso e é o gabarito da questão.

447. (CS-UFG - 2015 - AL-GO - ASSISTENTE) A administração e a Administração Pública apropriaram-se dos
conceitos da teoria weberiana de burocracia, adaptando-a aos pressupostos organizacionais
administrativos. Faz parte das características da organização burocrática a

A) especialização da administração, a meritocracia e a completa flexibilidade do funcionamento.


B) hierarquia da autoridade, a subjetividade nas relações e o caráter formal das comunicações.
C) impessoalidade nas relações, a hierarquia da autoridade, a competência técnica e a meritocracia.
D) previsibilidade completa do funcionamento, o caráter informal das comunicações e a meritocracia.

Gabarito 447: Item C


Comentário:

A) especialização da administração, a meritocracia e a completa flexibilidade do funcionamento.


Falso. Flexibilidade é característica da Administração Gerencial. A burocracia preza pela rigidez dos processos.
B) hierarquia da autoridade, a subjetividade nas relações e o caráter formal das comunicações.
Falso. A burocracia deseja a objetividade nas relações por meio do princípio da impessoalidade.
C) impessoalidade nas relações, a hierarquia da autoridade, a competência técnica e a meritocracia.
Verdadeiro. São características da burocracia.
D) previsibilidade completa do funcionamento, o caráter informal das comunicações e a meritocracia.
Falso. O caráter das relações deve ser informal.

448. (CESPERJ - 2015 - PREF. SAQUAREMA-RJ - GESTOR PÚBLICO) A moderna administração pública,
principalmente com o advento da República, trata com muito rigor o que é bem público e o que é bem
privado. O servidor público não pode usar qualquer recurso público sob seu controle para atender sua

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

necessidade privada. Isto tem relação direta com uma característica da burocracia, em especial:

A) a imparcialidade no trato com as pessoas.


B) a publicidade de tudo que constitui ato administrativo.
C) a formalidade exigida no trato dos bens públicos.
D) a hierarquia entre os dirigentes e os auxiliares.
E) a separação entre a propriedade e a gestão.

Gabarito 448: Item E


Comentário:

A expressão chave para Comentário da questão é: “O servidor público não pode usar qualquer recurso público sob
seu controle para atender sua necessidade privada”. Isso tem relação exatamente com a separação entre
propriedade e gestão, ou seja, os bens administrados NÃO se confundem com bens próprios.

449. (AOCP - 2015 - TRE-AC - TÉCNICO) A estruturação da máquina administrativa no Brasil passou por
reformas que provocaram mudanças e impactos nas estruturas administrativas do setor público. Dentre
essas reformas, surgiu o Plano Diretor da Reforma do Estado para modificar a burocracia pública
brasileira, dividindo as atividades estatais em dois segmentos. Quais são esses segmentos?

A) Atividades de legislação pública e atividades de formulação de políticas públicas.


B) Atividades de reformas estruturais do Estado e atividades de reformas da administração pública.
C) Atividades exclusivas do Estado e atividades não exclusivas do Estado.
D) Atividades de criação e expansão de burocracias públicas e atividades de racionalização.
E) Atividades de gerencialismo na administração pública e atividades de descentralização.

Gabarito 449: Item C


Comentário:

O Plano Diretor de Reforma do Aparelho do Estado (PDRAE) divide as atividades em exclusivas e não exclusivas.
As exclusivas são aqueles que somente o Estado pode realizar, como a emissão de documentos, por exemplo.
Já as não exclusivas, empresas privadas podem exercer juntamente com o Estado, como saúde e educação.

450. (FUNRIO - 2015 - UFRB - TECNÓLOGO) Quando analisamos a evolução da história da Administração
Pública brasileira e a história da administração, em geral, encontramos as fases do patrimonialismo,
burocracia e gerencialismo. Administração Pública gerencial constitui um avanço, e, até certo ponto, um
rompimento com a Administração Pública burocrática. Isso não significa, entretanto, que negue todos os
seus princípios. Pelo contrário, a Administração Pública gerencial está apoiada na anterior, da qual
conserva alguns de seus princípios fundamentais. Nesse sentido, a diferença fundamental da
administração gerencial para a burocrática está

A) na forma de controle, que agora passa a ter foco nos resultados de acordo com o planejamento
institucional, que define metas, que o gestor seja um coordenador ou supervisor eficiente das
atividades organizacionais, tenha liderança e espírito colaborativo e foco na eficiência.
B) no foco gerencial, para que seja eficaz apenas na sua especialidade e na capacidade de comandar e
coordenar tarefas.
C) na realidade administrativa como algo racional, controlável ou imutável e passível de ser uniformizado.
D) na compreensão que as organizações são diferentes no tempo e no espaço e estão inseridas em
ambientes complexos e heterogêneos em ritmo de mudança acelerada, para isso requer foco na
avaliação institucional, intermediado ao Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização.
E) na supervisão de rotinas e lide com tecnologias específicas, ao mesmo tempo que adote ações de curto
prazo na busca de recursos de desenvolvimento gerencial, tais como informação, gestão organizacional

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

e processo decisório.

Gabarito 450: Item A


Comentário:

A) na forma de controle, que agora passa a ter foco nos resultados de acordo com o planejamento
institucional, que define metas, que o gestor seja um coordenador ou supervisor eficiente das
atividades organizacionais, tenha liderança e espírito colaborativo e foco na eficiência.
Verdadeiro. A burocracia tinha foco nos processos e a administração gerencial passou a ter foco nos resultados,
ou seja, em realmente beneficiar o cidadão. Ressalva: a questão fala em foco na eficiência, mas o foco da
administração gerencial é o cliente/cidadão. A eficiência foi o foco da administração burocrática, mas que é
respeitado pela gerencial.
B) no foco gerencial, para que seja eficaz apenas na sua especialidade e na capacidade de comandar e
coordenar tarefas.
Falso. A administração gerencial não deseja ser eficaz apenas na sua especialidade de comandar e coordenar
tarefas. Ela deseja beneficiar o cidadão, oferecer serviços com qualidade e transparência. Além disso, no
gerencialismo se fala em liderança e não em comando.
C) na realidade administrativa como algo racional, controlável ou imutável e passível de ser uniformizado.
Falso. O conceito de realidade administrativa como algo controlável, previsível e imutável é da burocracia.
D) na compreensão que as organizações são diferentes no tempo e no espaço e estão inseridas em
ambientes complexos e heterogêneos em ritmo de mudança acelerada, para isso requer foco na
avaliação institucional, intermediado ao Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização.
Falso. O foco da administração gerencial está nos resultados e não na avaliação institucional.
E) na supervisão de rotinas e lide com tecnologias específicas, ao mesmo tempo que adote ações de curto
prazo na busca de recursos de desenvolvimento gerencial, tais como informação, gestão organizacional
e processo decisório.
Falso. A principal diferença entre burocracia e gerencialismo não está na supervisão de rotinas e nem na lide com
tecnologias específicas. Além disso, o modelo gerencial tem preocupação de longo prazo e não de curto.

451. A instituição, em 1936, do Departamento de Administração do Serviço Público (DASP) teve como objetivo
principal suprimir o modelo patrimonialista de gestão.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 451: Verdeiro


Comentário:

O DASP foi o órgão responsável por implementar a burocracia de acordo com os moldes weberianos com o
objetivo de eliminar o patrimonialismo.

452. As tentativas de reformas ocorridas na década de 50 do século passado guiavam-se estrategicamente pelos
princípios autoritários e centralizados, típicos de uma nação em desenvolvimento.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 452: Falso


Comentário:

COSB (Comitê de Simplificação Burocrática) e SEMOI (Secretaria de Modernização) foram órgãos criados na
década de 50 com o objetivo de desburocratizar e são considerados tentativas de reforma. Lembrando que o
decreto-lei nº 200/67 é considerado a primeira tentativa de reforma gerencial. Além disso, centralização e
autoritarismo não são características de países em desenvolvimento.

453. Após a reforma ocorrida na década de 90 do século XX, o Estado brasileiro superou o paradigma
burocrático, adotando, com êxito, o modelo gerencial.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito 453: Falso


Comentário:

A burocracia foi implementada, mas nunca consolidada, pois ela foi implementada com o objetivo de eliminar o
patrimonialismo e isso ainda não ocorreu, pois as práticas patrimoniais permanecem até hoje na cultura
brasileira. Além disso, a reforma gerencial não superou a burocracia, apenas a aperfeiçoou, respeitando seus
pontos positivos, como impessoalidade, formalismo e meritocracia, e corrigindo seus pontos negativos, como o
esquecimento do cidadão, o excesso de normas, a rigidez exagerada, entre outros. Assim, não se pode falar que
superamos o paradigma burocrático, pois a burocracia ainda existe. Por fim, também não se pode falar que o
modelo gerencial foi adotado com êxito, pois este modelo ainda estamos em processo de transição.

454. O Decreto-lei n.º 200/1967 caracterizou-se como uma tentativa do governo federal de conferir maior
efetividade à ação governamental por meio de intensa centralização do aparelho estatal.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 454: Falso


Comentário:

O decreto promovia a descentralização, pois deu mais autonomia à administração indireta, flexibilizando parte
da máquina pública. Por isso, o decreto é considerada a primeira tentativa de reforma gerencial.

455. A reforma da administração pública empreendida na década de trinta do século passado representou, em
todos os seus aspectos, o fortalecimento da lógica patrimonialista de Estado.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 455: Falso


Comentário:

A reforma empreendida na década de 30 do século passado foi a Reforma Burocrática, que tinha como principal
objetivo eliminar o patrimonialismo.

456. Na administração pública burocrática, o combate à corrupção e ao nepotismo patrimonialista, por meio
do controle administrativo, é sempre a priori, visto que consiste em um princípio norteador desse tipo de
administração.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 456: Verdadeiro


Comentário:

A administração pública burocrática surgiu com a intenção de combater a corrupção e o nepotismo e assim
eliminar o patrimonialismo por meio do controle rígido dos processos. Logo, sendo um controle rígido, a
desconfiança nos servidores e políticas era total, portanto o controle era sempre a priori. A partir da
administração gerencial passou a existir uma confiança limitada, passando a adotar-se o controle a posteriori.

457. No patrimonialismo, a res publica diferencia-se completamente das res principis.


( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 457: Falso


Comentário:

No patrimonialismo, o patrimônio público (res publica) se confundia com o patrimônio privado (res principis), de
forma que os bens públicos eram administrados e usufruídos como se pertencessem ao gestor.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

458. Apesar de a administração pública burocrática ser, de uma forma geral, ineficiente, os serviços que
oferece aos cidadãos/clientes são referenciais de qualidade de prestação de serviço.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 458: Falso


Comentário:

Quem introduz os conceitos de qualidade e de cidadão/cliente é a administração gerencial. A burocracia não


conseguiu oferecer serviços públicos de qualidade.

459. As medidas adotadas entre os anos de 1995 e 1998 introduziram uma cultura gerencial na administração
pública brasileira e contribuíram para o fortalecimento de valores democráticos, tais como a
transparência, a participação e o controle social.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 459: Verdadeiro


Comentário:

Em 1995, surgiu o Plano Diretor de Reforma do Aparelho do Estado (PDRAE), que introduziu a administração
gerencial, em 1998, houve a Emenda Constitucional nº98. Ambos contribuíram para a reforma gerencial e
incentivaram valores como a transparência (accountability), participação e controle social.

460. O Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado não compreendeu entre seus princípios a necessidade
de ênfase na qualidade, na produtividade e na satisfação do cidadão.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 460: Falso


Comentário:

O PDRAE compreendeu sim entre seus princípios os conceitos de qualidadade e de preocupação com a satisfação
do cidadão, que passa a ser visto como um cliente e parceiro da administração e não mais como um mero
contribuinte.

461. Uma instituição que segue modelo organizacional fundamentado na teoria da burocracia caracteriza-se
por confusão, demora e falta de critérios objetivos para promoção e assunção de cargos de chefia.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 461: Falso


Comentário:

A questão traz disfunções da burocracia e afirma que são fundamentadas na TEORIA da burocracia, o que é falso.
Na teoria, o burocracia é eficiente por natureza. Na prática, isso não ocorreu porque ela não conseguiu ser
implementada da forma como foi idealizada por Max Weber.

462. Na administração do Estado moderno, reforma administrativa burocrática trata‐se

A) da orientação da transição do Estado burocrático para o Estado gerencial.


B) do processo de transição do Estado patrimonial para o Estado burocrático weberiano.
C) da gestão do processo de transição da Administração Pública tradicionalista para o Estado gerencial
patrimonial.
D) do processo de transição do Estado burocrático weberiano para o Estado patrimonial.
E) da reforma da gestão pública orientando o conjunto de atividades destinadas à execução de obras e
serviços, comissionados ao governo para o interesse da sociedade.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito 462: Item B


Comentário:

A Reforma administrativa burocrática trata da transição do patrimonialismo para o modelo burocrático


fundamentado na Teoria da Burocracia de Max Weber.

463. NÃO constitui característica do modelo de Administração Pública Burocrática, que tem entre seus principais
expoentes Max Weber,

A) ênfase na ideia de carreira e profissionalização do corpo funcional público.


B) estrutura hierárquica fortemente verticalizada, impessoalidade e formalismo.
C) rigidez do controle dos processos, com predominância do controle da legalidade como critério de
avaliação da ação administrativa.
D) rotinas e procedimentos segundo regras definidas a priori, em detrimento da avaliação por resultados.
E) utilização de critérios eminentemente políticos para contratação e promoção de funcionários, em
detrimento da avaliação por mérito.

Gabarito 463: Item E


Comentário:

A administração burocrática foi pautada em três princípios orientadores: impessoalidade, formalismo e


meritocracia ou profissionalismo. Assim, ela preza pelo controle a priori e rígido dos processos, apego a regras e
normas e ênfase na meritocracia e na especialização. Assim, o único item em desacordo com as características da
burocracia é o item E, que afirma que a contratação e promoção de funcionários é pautada em critérios
eminentemente políticos, em detrimento da avaliação por mérito. O que ocorre na burocracia é a contratação e
promoção por mérito.

464. Com relação à administração pública burocrática considere.

I. Surge na segunda metade do século XIX, na época do Estado liberal, com o objetivo de combater a
corrupção e o nepotismo patrimonialista.
II. Esse modelo de gestão possui como princípios orientadores a profissionalização, ou seja, a ideia de
carreira e hierarquia funcional, a impessoalidade e o formalismo.
III. Os pressupostos da administração burocrática são a confiança prévia nos administradores públicos e
nos cidadãos que a eles, administradores públicos, dirigem demandas.
IV. O controle pode transformar‐se na própria razão de ser do funcionário; voltando‐se para si mesmo,
perdendo a noção de sua missão básica, que é servir à sociedade.
V. A administração burocrática tem como principal qualidade a efetividade no alcance dos resultados; seu
foco central é a eficiência do Estado.

Está correto o que se afirma APENAS em


A) I e II.
B) I, II, III e V.
C) II, III e IV.
D) II e V.
E) III, IV e V.

Gabarito 464: Item A


Comentário:

I. Surge na segunda metade do século XIX, na época do Estado liberal, com o objetivo de combater a
corrupção e o nepotismo patrimonialista.
Verdadeiro. A burocracia NO MUNDO, surgiu na segunda metade do século XIX, na época do Estado liberal. NO

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

BRASIL, a burocracia surgiu na primeira metade do século XX, em plena ditadura. Se a questão não especificar o
local, considera-se no mundo.
II. Esse modelo de gestão possui como princípios orientadores a profissionalização, ou seja, a ideia de
carreira e hierarquia funcional, a impessoalidade e o formalismo.
Verdadeiro. Os pilares da burocracia são: impessoalidade, formalismo e meritocracia.
III. Os pressupostos da administração burocrática são a confiança prévia nos administradores públicos e
nos cidadãos que a eles, administradores públicos, dirigem demandas.
Falso. Na burocracia ocorre desconfiança total, já na administração gerencial existe a confiança prévia.
IV. O controle pode transformar‐se na própria razão de ser do funcionário; voltando‐se para si mesmo,
perdendo a noção de sua missão básica, que é servir à sociedade.
Falso. O controle pode transformar-se na própria razão de ser do ESTADO e não do funcionário. Além disso,
quando o Estado volta-se para si mesmo, perdendo a noção de sua missão básica, chama-se administração
autorreferida, que é uma DISFUNÇÃO da burocracia.
V. A administração burocrática tem como principal qualidade a efetividade no alcance dos resultados; seu
foco central é a eficiência do Estado.
Falso. A burocracia não tinha preocupação com a qualidade e a efetividade no alcance dos resultados; sua
principal preocupação é a eficiência nos processos e efetividade nas decisões.

465. O modelo de Administração Burocrática, que tem entre seus principais expoentes Max Weber,
caracteriza‐se

A) pela criação de uma estrutura própria e estável, imune à alternância dos governantes, submetida a
rígidos controles de resultado e de qualidade, sendo comumente criticada pelo excesso de
formalismo e falta de flexibilidade.
B) pela consolidação do patrimonialismo, fazendo com que o Aparelho do Estado atue como extensão
do poder dos governantes, sendo comumente criticada pelo clientelismo, nepotismo e ausência de
controles efetivos.
C) pelo fortalecimento do Aparelho do Estado, que passa a atuar de forma paralela e imune ao poder
dos governantes, sendo comumente criticada pelo inchaço dos quadros de servidores públicos e
ausência de eficiência na correspondente atuação.
D) pela ênfase na ideia de carreira, hierarquia funcional, impessoalidade e formalismo, sendo
comumente criticada pela rigidez do controle dos processos, de forma auto‐referenciada e sem
compromisso com os resultados para o cidadão.
E) como reação à Administração Pública patrimonialista, buscando instituir mecanismos de controle da
atuação dos governantes, com ênfase nos resultados, sendo comumente criticada pela ausência de
controles eficazes dos processos.

Gabarito 465: Item D


Comentário:

A) pela criação de uma estrutura própria e estável, imune à alternância dos governantes, submetida a
rígidos controles de resultado e de qualidade, sendo comumente criticada pelo excesso de
formalismo e falta de flexibilidade.
Falso. A burocracia não tem preocupação com resultados e com qualidade. Quem introduz esses conceitos é a
administração gerencial.
B) pela consolidação do patrimonialismo, fazendo com que o Aparelho do Estado atue como extensão
do poder dos governantes, sendo comumente criticada pelo clientelismo, nepotismo e ausência de
controles efetivos.
Falso. O objetivo da burocracia é a eliminação do patrimonialismo.
C) pelo fortalecimento do Aparelho do Estado, que passa a atuar de forma paralela e imune ao poder
dos governantes, sendo comumente criticada pelo inchaço dos quadros de servidores públicos e
ausência de eficiência na correspondente atuação.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Falso. Traz apenas disfunções da burocracia e não características da teoria.


D) pela ênfase na ideia de carreira, hierarquia funcional, impessoalidade e formalismo, sendo
comumente criticada pela rigidez do controle dos processos, de forma auto‐referenciada e sem
compromisso com os resultados para o cidadão.
Verdadeiro. Representa características e disfunções da burocracia.
E) como reação à Administração Pública patrimonialista, buscando instituir mecanismos de controle da
atuação dos governantes, com ênfase nos resultados, sendo comumente criticada pela ausência de
controles eficazes dos processos.
Falso. A burocracia tinha ênfase no controle dos PROCESSOS e não do resultados. Logo, havia sim controles
eficazes dos processos, mas não dos resultados.

466. O enfoque gerencial da Administração Pública costuma ser associado à ideologia neoliberal, em função de

A) as técnicas de gerenciamento serem quase sempre introduzidas ao mesmo tempo em que se realiza
um ajuste estrutural para combater o déficit fiscal.
B) ambas as abordagens defenderem o estado mínimo, com o governo atuando apenas no chamado
núcleo estratégico, sendo que, para tanto, afigura‐se necessário definir processos e recompensar o
mérito dos funcionários.
C) ter sido introduzido pela equipe do governo Thatcher, em 1979, como forma de diminuir o tamanho
do Estado na economia e reverter o processo de decadência econômica da Inglaterra.
D) ambas as abordagens defenderem a necessidade de servidores competentes, bem treinados e bem
pagos, com o objetivo de servir o cidadão.
E) terem em comum a premissa de que o Estado deve intervir diretamente no setor econômico, em
substituição à iniciativa privada, razão pela qual deve‐se aplicar aos servidores os métodos de gestão,
orientados para a obtenção de resultados.

Gabarito 466: Item A


Comentário:

As duas estratégias foram utilizadas para tentar salvar os estados da crise que ocorreu na década de 70.
A) as técnicas de gerenciamento serem quase sempre introduzidas ao mesmo tempo em que se realiza
um ajuste estrutural para combater o déficit fiscal.
Verdadeiro. Características tanto do gerencialismo como do neoliberalismo.
B) ambas as abordagens defenderem o estado mínimo, com o governo atuando apenas no chamado
núcleo estratégico, sendo que, para tanto, afigura‐se necessário definir processos e recompensar o
mérito dos funcionários.
Falso. Quando se fala em estado mínimo, se fala em neoliberalismo. O gerencialismo não busca o estado
mínimo.
C) ter sido introduzido pela equipe do governo Thatcher, em 1979, como forma de diminuir o tamanho
do Estado na economia e reverter o processo de decadência econômica da Inglaterra.
Falso. Característica apenas do gerencialismo.
D) ambas as abordagens defenderem a necessidade de servidores competentes, bem treinados e bem
pagos, com o objetivo de servir o cidadão.
Falso. Quem tem como objetivo servir o cidadão é o gerencialismo.
E) terem em comum a premissa de que o Estado deve intervir diretamente no setor econômico, em
substituição à iniciativa privada, razão pela qual deve‐se aplicar aos servidores os métodos de gestão,
orientados para a obtenção de resultados.
Falso. A administração gerencial não defende a intervenção direta do Estado e sabe que o governo não tem
capacidade para substituir a iniciativa privada O gerencialismo defende até que certas atividades sejam
executadas pelo setor privado com subsídio e/ou fiscalização governamental.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

467. O modelo de Administração Pública Gerencial tem como principais características

A) descentralização dos processos decisórios, redução dos níveis hierárquicos, competição administrativa
no interior das estruturas organizacionais e ênfase no cidadão‐cliente.
B) concentração dos processos decisórios, aumento dos controles formais de processos e ênfase no
cidadão‐cliente.
C) inversão do conceito clássico de hierarquia, com redução dos níveis superiores e aumento dos
inferiores, que passam a ser dotados de total autonomia decisória.
D) acentuação da verticalização das estruturas organizacionais, com aumento dos níveis hierárquicos
superiores, onde se concentra todo o poder decisório.
E) descentralização dos processos decisórios, horizontalização das estruturas organizacionais e supressão
dos mecanismos de controle de processos.

Gabarito 467: Item A


Comentário:

A) descentralização dos processos decisórios, redução dos níveis hierárquicos, competição administrativa
no interior das estruturas organizacionais e ênfase no cidadão‐cliente.
Verdadeiro. Corresponde à características do gerencialismo.
B) concentração dos processos decisórios, aumento dos controles formais de processos e ênfase no
cidadão‐cliente.
Falso. O gerencialismo não se concentra nos processos, e sim nos resultados. Além disso, aumento dos controles
formais é característica da burocracia.
C) inversão do conceito clássico de hierarquia, com redução dos níveis superiores e aumento dos
inferiores, que passam a ser dotados de total autonomia decisória.
Falso. O que se deseja na administração gerencial é a redução de todos os níveis, pois se deseja a horizontalização.
Além disso, não há autonomia total, o que existe uma confiança limitada.
D) acentuação da verticalização das estruturas organizacionais, com aumento dos níveis hierárquicos
superiores, onde se concentra todo o poder decisório.
Falso. Deseja-se a horizontalização.
E) descentralização dos processos decisórios, horizontalização das estruturas organizacionais e supressão
dos mecanismos de controle de processos.
Falso. Não se deseja a supressão dos mecanismos de controle de processos, apenas se deseja que o FOCO passe
a ser o resultado.

468. Sobre as características da administração pública gerencial considere:

I. No plano da estrutura organizacional tornam‐se essenciais a descentralização e a redução dos níveis


hierárquicos.
II. Tem como princípios orientadores do seu desenvolvimento o poder racional‐legal.
III. O cidadão é visto como contribuinte de impostos e como cliente dos seus serviços.
IV. Sua estratégia volta‐se para a definição precisa dos objetivos que o administrador público deverá atingir
em sua unidade.
V. Os cargos são considerados prebendas.

É correto o que consta APENAS em

A) I e V.
B) I e II.
C) II, III e IV.
D) I, III e IV.
E) II, III e V.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Gabarito 468: Item D


Comentário:

I. No plano da estrutura organizacional tornam‐se essenciais a descentralização e a redução dos níveis


hierárquicos.
Verdadeiro. Característica da administração gerencial.
II. Tem como princípios orientadores do seu desenvolvimento o poder racional‐legal.
Falso. Característica da burocracia.
III. O cidadão é visto como contribuinte de impostos e como cliente dos seus serviços.
Verdadeiro. Característica da administração gerencial.
IV. Sua estratégia volta‐se para a definição precisa dos objetivos que o administrador público deverá
atingir em sua unidade.
Verdadeiro. Característica da administração gerencial.
V. Os cargos são considerados prebendas.
Falso. Característica da administração patrimonial.

469. O indicador de desempenho que afere os impactos gerados pelos produtos e serviços, processos ou
projetos de um determinado sistema (organização, programa, política pública, rede) no beneficiário final,
é denominado indicador de

A) efetividade.
B) eficiência.
C) eficácia.
D) economicidade.
E) excelência.

Gabarito 469: Item A


Comentário:

O indicador de desempenho que mede impactos/efeitos é a efetividade. Esse indicador só foi introduzido na
administração pública a partir da administração gerencial, a qual passou a se preocupar com o cidadão como um
cliente a ser satisfeito e não apenas como um mero contribuinte.

470. O modelo de administração pública gerencial

A) prioriza o atendimento das demandas do cidadão.


B) identifica o interesse público com a afirmação do poder do Estado.
C) identifica o interesse da coletividade com o do Mercado.
D) baseia‐se na competência técnica dos servidores e na centralização da decisão.
E) enfatiza o controle dos processos formais, visando à punição exemplar dos incompetentes.

Gabarito 470: Item A


Comentário:

A administração gerencial tem como prioridade beneficiar o cidadão/cliente. A burocracia tem como prioridade
a eliminação do patrimonialismo por meio do controle rígido dos processos. O patrimonialismo tinha como
interesse apenas a satisfação do governante.

471. Em decorrência do processo de mudança para uma administração pública gerencial e da obtenção de
padrões elevados de desempenho e de excelência na gestão de serviços públicos, um dos princípios que
constitucionalmente deve nortear a atuação da administração pública é o da

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

A) desconcentração.
B) descentralização.
C) efetividade.
D) eficiência.
E) eficácia.

Gabarito 471: Item D


Comentário:

A palavra chave da questão é “CONSTITUCIONALMENTE”. O pedido da questão é o princípio CONSTITUCIONAL


que também norteia a administração pública. Lembre-se do LIMPE:
• legalidade
• impessoalidade
• moralidade
• publicidade
• eficiência
O único princípio constitucional que norteia a administração pública tanto na burocracia como no gerencialismo
é a EFICIÊNCIA.

472. A partir da segunda metade do século XX, começa a verificar‐se a erosão do modelo de Administração
Púbica Burocrática, seja em função da expansão das funções econômicas e sociais do Estado, seja em face
do desenvolvimento tecnológico e do fenômeno da globalização. Surge, então, o modelo da
Administração Pública Gerencial, cujas características são:

A) concentração dos processos decisórios, aumento dos controles de processos e ênfase no cidadão.
B) descentralização dos processos decisórios, redução dos níveis hierárquicos, competição
administrativa no interior das estruturas organizacionais e ênfase no cidadão.
C) inversão do conceito clássico de hierarquia, com redução dos níveis inferiores e aumento dos
intermediários, dando a estes mais poder decisório, com ênfase no controle dos processos internos.
D) acentuação da verticalização das estruturas organizacionais, com aumento dos níveis hierárquicos
superiores, onde se concentra o poder decisório, ênfase nos controles interno e externo da atuação
dos escalões inferiores.
E) descentralização dos processos decisórios, horizontalização das estruturas organizacionais,
substituição dos mecanismos de controle de processos por mecanismos de controle de resultados, com
foco no cidadão.

Gabarito 472: Item B


Comentário:

A) concentração dos processos decisórios, aumento dos controles de processos e ênfase no cidadão.
Falso. Burocracia.
B) descentralização dos processos decisórios, redução dos níveis hierárquicos, competição
administrativa no interior das estruturas organizacionais e ênfase no cidadão.
Verdadeiro. Gerencialismo.
C) inversão do conceito clássico de hierarquia, com redução dos níveis inferiores e aumento dos
intermediários, dando a estes mais poder decisório, com ênfase no controle dos processos internos.
Falso. O gerencialismo não deseja aumentar nenhum nível, ele deseja a horizontalização. Além disso, o
gerencialismo não tem ênfase no controle dos processos e sim dos resultados.
D) acentuação da verticalização das estruturas organizacionais, com aumento dos níveis hierárquicos
superiores, onde se concentra o poder decisório, ênfase nos controles interno e externo da atuação
dos escalões inferiores.
Falso. Burocracia, com exceção do controle externo que, se estiver referido ao controle social, será característica
do gerencialismo.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

E) descentralização dos processos decisórios, horizontalização das estruturas organizacionais, substituição


dos mecanismos de controle de processos por mecanismos de controle de resultados, com foco no
cidadão.
Falso. Não há substituição dos mecanismos de controle de processos, apenas há uma mudança no foco do controle
que passa a ser dos resultados.

473. Do ponto de vista do servidor público, a Administração Gerencial prioriza

A) o fortalecimento das carreiras formalmente estabelecidas, com garantia de ascensão por tempo de
serviço e manutenção de mecanismos de estabilidade.
B) o recrutamento por concurso público, para carreiras eminentemente técnicas, e por métodos de
seleção diferenciados, para profissionais que ocupem funções de liderança, instituição de técnicas de
motivação, treinamento e capacitação.
C) o recrutamento e a promoção por avaliação de desempenho, focada em sistema de controle de
resultados aliado à autonomia dos servidores.
D) o abandono de modelos clássicos de carreira, estruturada em níveis e com promoção por mérito e
antiguidade, por evolução funcional horizontal, com acréscimos salariais decorrentes de participação
nos resultados e gratificações por funções.
E) a remuneração por desempenho, a constante capacitação, o sistema de promoção por mérito em
carreiras estruturadas e a autonomia dos executores.

Gabarito 473: Item E


Comentário:
Atenção! A questão pede que se pense do ponto de vista do servidor!
A) o fortalecimento das carreiras formalmente estabelecidas, com garantia de ascensão por tempo de
serviço e manutenção de mecanismos de estabilidade.
Falso. Antigamente os planos de carreira se davam principalmente por tempo de serviço. Com a administração
gerencial, se dão pela competência, desempenho e produtividade.
B) o recrutamento por concurso público, para carreiras eminentemente técnicas, e por métodos de
seleção diferenciados, para profissionais que ocupem funções de liderança, instituição de técnicas de
motivação, treinamento e capacitação.
Falso. Não necessariamente precisa haver concurso, pois pode haver licitação para serviços eminentemente
técnicos.
C) o recrutamento e a promoção por avaliação de desempenho, focada em sistema de controle de
resultados aliado à autonomia dos servidores.
Falso. Não há recrutamento por avaliação de desempenho.
D) o abandono de modelos clássicos de carreira, estruturada em níveis e com promoção por mérito e
antiguidade, por evolução funcional horizontal, com acréscimos salariais decorrentes de participação
nos resultados e gratificações por funções.
Está incluso na letra E, que está mais completo.
E) a remuneração por desempenho, a constante capacitação, o sistema de promoção por mérito em
carreiras estruturadas e a autonomia dos executores.
Verdadeiro. Características da administração do ponto de vista dos servidores da forma mais completa.

474. São princípios da administração pública gerencial, segundo o Plano Diretor de Reforma do Aparelho de
Estado (1995):

I. A definição precisa dos objetivos que o administrador público deve alcançar.


II. O controle ou cobrança a priori dos resultados.
III. O deslocamento da ênfase nos resultados (fins) para os procedimentos (meios).
IV. A garantia de autonomia do administrador na gestão dos recursos humanos, materiais e financeiros
que lhe forem colocados à disposição para que possa atingir os objetivos contratados.

São verdadeiras APENAS as afirmativas

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

A) II e IV.
B) II e III.
C) I e III.
D) I e IV.
E) I e II.

Gabarito 474: Item D


Comentário:

I. A definição precisa dos objetivos que o administrador público deve alcançar.


Verdadeiro. Característica da administração gerencial.
II. O controle ou cobrança a priori dos resultados.
Falso. O controle a priori é feito na burocracia e ocorre nos processos. Na administração gerencial ocorre o
controle a posteriori dos resultados.
III. O deslocamento da ênfase nos resultados (fins) para os procedimentos (meios).
Falso. O deslocamento é da ênfase nos procedimentos para os resultados.
IV. A garantia de autonomia do administrador na gestão dos recursos humanos, materiais e financeiros
que lhe forem colocados à disposição para que possa atingir os objetivos contratados.
Verdadeiro. Característica da administração gerencial.

475. Na administração pública gerencial a estratégia fundamenta‐se

I. na definição precisa dos objetivos que o administrador público deverá atingir em sua unidade.
II. na garantia de autonomia do administrador na gestão dos recursos humanos, materiais e financeiros
que lhe forem colocados à disposição para que possa atingir os objetivos contratados.
III. no combate à corrupção e ao nepotismo patrimonialista tendo como princípios orientadores a
profissionalização, a ideia de carreira, a hierarquia funcional, a impessoalidade e o formalismo.
IV. na estrutura de controles rígidos dos processos da efetividade no controle dos abusos na prestação
de serviços ao cidadão.
V. no argumento de que a administração pública deve ser permeável à maior participação dos agentes
privados e/ou das organizações da sociedade civil e deslocar a ênfase dos procedimentos (meios)
para os resultados (fins).

É correto o que consta APENAS em

A) III e IV.
B) IV e V.
C) I ,II e III.
D) I, II e V.
E) II, III e IV.

Gabarito 475: Item D


Comentário:

I. na definição precisa dos objetivos que o administrador público deverá atingir em sua unidade.
Verdadeiro. Característica da administração gerencial.
II. na garantia de autonomia do administrador na gestão dos recursos humanos, materiais e financeiros
que lhe forem colocados à disposição para que possa atingir os objetivos contratados.
Verdadeiro. Característica da administração gerencial.
III. no combate à corrupção e ao nepotismo patrimonialista tendo como princípios orientadores a
profissionalização, a ideia de carreira, a hierarquia funcional, a impessoalidade e o formalismo.
Falso. Características da burocracia. Vale ressaltar que profissionalização, ideia de carreira, impessoalidade e

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

formalismo são aspectos respeitados pela administração gerencial. Apenas a hierarquia funcional que não, pois
o gerencialismo busca a redução dos níveis hierárquicos para alcançar a horizontalização.
IV. na estrutura de controles rígidos dos processos da efetividade no controle dos abusos na prestação
de serviços ao cidadão.
Falso. A administração gerencial busca a flexibilização dos processos.
V. no argumento de que a administração pública deve ser permeável à maior participação dos agentes
privados e/ou das organizações da sociedade civil e deslocar a ênfase dos procedimentos (meios)
para os resultados (fins).
Verdadeiro. Característica da administração gerencial, pois o governo percebe que não consegue atender às
necessidades dos cidadãos sozinho, logo, buscar fazer parcerias com agentes privados e outros governos.

476. Do ponto de vista do servidor público, a Administração Gerencial prioriza

A) o abandono de modelos clássicos de carreira, estruturada em níveis, por evolução funcional


horizontal, com acréscimos salariais decorrentes de participação nos resultados e gratificações por
funções.
B) o recrutamento por concurso público para carreiras eminentemente técnicas e por métodos
de seleção diferenciados para profissionais que ocupem funções de liderança.
C) o recrutamento e a promoção por avaliação de desempenho e o permanente controle de resultados
aliado à autonomia dos servidores.
D) a remuneração por desempenho, a constante capacitação e o sistema de promoção por mérito.
E) o fortalecimento das carreiras formalmente estabelecidas, com garantia de ascensão preferencial dos
servidores mais antigos.

Gabarito 476: Item D


Comentário:

A) o abandono de modelos clássicos de carreira, estruturada em níveis, por evolução funcional


horizontal, com acréscimos salariais decorrentes de participação nos resultados e gratificações por
funções.
Falso. Não houve o abandono dos modelos clássicos de carreira por evolução funcional horizontal, o que
ocorreu foi que a ascensão passou a levar em consideração aspectos como competência, desempenho e
produtividade em lugar do tempo de serviço como era feito na administração burocrática.
B) o recrutamento por concurso público para carreiras eminentemente técnicas e por métodos
de seleção diferenciados para profissionais que ocupem funções de liderança.
Falso. Não necessariamente precisa haver concurso, pode haver licitação para contratação de serviços
eminentemente técnicos.
C) o recrutamento e a promoção por avaliação de desempenho e o permanente controle de resultados
aliado à autonomia dos servidores.
Falso. Não há recrutamento por avaliação de desempenho.
D) a remuneração por desempenho, a constante capacitação e o sistema de promoção por mérito.
Verdadeiro. Características da administração gerencial.
E) o fortalecimento das carreiras formalmente estabelecidas, com garantia de ascensão preferencial dos
servidores mais antigos.
Falso. Na administração gerencial a ascensão dos servidores é preferencialmente pela competência, desempenho
e produtividade. Na administração burocrática é que costumava ser por tempo de serviço.

477. Vista como uma forma de organização que se baseia na racionalidade, na adequação dos meios aos
objetivos pretendidos como forma de se garantir a máxima eficiência possível, a Burocracia se caracteriza
por encampar os seguintes atributos, exceto:

A) impessoalidade nas relações.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

B) competência técnica e meritocracia.


C) informalidade das normas e regulamentos.
D) hierarquia da autoridade.
E) completa previsibilidade do comportamento.

Gabarito 477: Item C


Comentário:

A administração burocrática deseja: impessoalidade nas relações, competência técnica e meritocracia, hierarquia
de autoridade e completa previsibilidade do comportamento por meio do cumprimento de regras e normas.
Porém a administração burocrática não deseja INformalidade nas nos normas e regulamentos e sim a
FORMALIDADE.

478. Acerca do modelo de administração pública gerencial, é correto afirmar que:

A) admite o nepotismo como forma alternativa de captação de recursos humanos.


B) sua principal diferença em relação à administração burocrática reside na forma de controle, que deixa
de se basear nos processos para se concentrar nos resultados.
C) nega todos os princípios da administração pública patrimonialista e da administração pública
burocrática.
D) é orientada, predominantemente, pelo poder racional‐legal.
E) caracteriza‐se pela profissionalização, ideia de carreira, hierarquia funcional, impessoalidade e
formalismo.

Gabarito 478: Item B


Comentário:

A) admite o nepotismo como forma alternativa de captação de recursos humanos.


Falso. A administração gerencial não admite o nepotismo.
B) sua principal diferença em relação à administração burocrática reside na forma de controle, que deixa
de se basear nos processos para se concentrar nos resultados.
Verdadeiro. É uma das principais diferenças entre os modelos de gestão burocrático e gerencial.
C) nega todos os princípios da administração pública patrimonialista e da administração pública
burocrática.
Falso. A administração gerencial nega os princípios do patrimonialismo, mas não os da administração burocrática.
A administração gerencial respeita os princípios da burocracia como impessoalidade, formalismo e meritocracia,
corrigindo apenas as suas disfunções e acrescentando outros princípios.
D) é orientada, predominantemente, pelo poder racional‐legal.
Falso. Característica da burocracia.
E) caracteriza‐se pela profissionalização, ideia de carreira, hierarquia funcional, impessoalidade e
formalismo.
Falso. São características da burocracia que apenas são respeitadas pela administração gerencial.

479. Acerca dos modelos de gestão patrimonialista, burocrática e gerencial, no contexto brasileiro, é correto
afirmar:

A) cada um deles constituiu‐se, a seu tempo, em movimento administrativo autônomo, imune a injunções
políticas, econômicas e culturais.
B) com a burocracia, o patrimonialismo inicia sua derrocada, sendo finalmente extinto com a implantação
do gerencialismo.
C) o caráter neoliberal da burocracia é uma das principais causas de sua falência.
D) fruto de nossa opção tardia pela forma republicana de governo, o patrimonialismo é um fenômeno
administrativo sem paralelo em outros países.
E) com o gerencialismo, a ordem administrativa se reestrutura, porém sem abolir o patrimonialismo e

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

a burocracia que, a seu modo e com nova roupagem, continuam existindo.

Gabarito 479: Item E


Comentário:

A) cada um deles constituiu‐se, a seu tempo, em movimento administrativo autônomo, imune a injunções
políticas, econômicas e culturais.
Falso. Nenhum dos modelos é imune a injunções políticas.
B) com a burocracia, o patrimonialismo inicia sua derrocada, sendo finalmente extinto com a implantação
do gerencialismo.
Falso. O patrimonialismo nunca foi extinto, pois suas práticas permanecem vivas até hoje na cultura brasileira.
C) o caráter neoliberal da burocracia é uma das principais causas de sua falência.
Falso. A burocracia tem caráter liberal (no mundo).
D) fruto de nossa opção tardia pela forma republicana de governo, o patrimonialismo é um fenômeno
administrativo sem paralelo em outros países.
Falso. Houve patrimonialismo em vários países além do Brasil.
E) com o gerencialismo, a ordem administrativa se reestrutura, porém sem abolir o patrimonialismo e
a burocracia que, a seu modo e com nova roupagem, continuam existindo.
Verdadeiro. Características do gerencialismo, que realmente continua convivendo com o patrimonialismo e a
burocracia, de forma que os três modelos coexistem na atualidade.

480. Durante a crise do Estado dos anos 1980 e 1990, palavras e expressões foram forjadas para possibilitar o
entendimento de suas diferentes dimensões e propiciar a busca de soluções. Neste contexto, quando um
governo está preocupado em legitimar decisões e ações se diz que ele está buscando maior...

Complete a frase com a opção correta.

A) governabilidade.
B) efetividade.
C) governança.
D) accountability.
E) eficiência.

Gabarito 480: Item A


Comentário:

A legitimidade das decisões está relacionada com o conceito de governabilidade e a capacidade de executar
políticas públicas com a governança.

Julgue as frases a seguir verdadeiras (V) ou falsas (F).

481. Os conceitos de governabilidade e governança estão intimamente relacionados entre si e com a reforma
do Estado.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 481: Verdadeiro


Comentário:

Os 2 conceitos estão sim intimamente relacionados entre si porque a administração gerencial veio com o objetivo
de aumentar e recuperar governança e governabilidade. A legitimidade das decisões está relacionada com o
conceito de governabilidade e a capacidade de executar políticas públicas com a governança.

482. Por governança se entende a capacidade de governar derivada da legitimidade do Estado e do seu

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

governo com a sociedade civil.


( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 482: Falso


Comentário:

Conceito de governabilidade. A legitimidade das decisões está relacionada com o conceito de governabilidade e
a capacidade de executar políticas públicas com a governança.

483. Por governança se entende a capacidade técnica, financeira e gerencial de implementar políticas
públicas.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 483: Verdadeiro


Comentário:

Conceito de governança. Lembrando: a legitimidade das decisões está relacionada com o conceito de
governabilidade e a capacidade de executar políticas públicas com a governança.

484. Por accountability se entende a capacidade do Estado em formular e implementar políticas públicas e
atingir metas.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 484: Falso


Comentário:

Conceito de governance. Accountability refere-se à transparência e à responsabilização dos gestores, parceiros e


cidadãos.

485. A governabilidade diz respeito às condições sistêmicas e institucionais sob as quais se dá o exercício do
poder, tais como as características do sistema político, a forma de governo, as relações entre os poderes e o
sistema de intermediação de interesses.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 485: Verdadeiro


Comentário:

A governabilidade está relacionada à legitimidade das decisões, logo às condições sob as quais se dá o exercício
do poder.

486. As demandas recorrentes por políticas públicas são aquelas não resolvidas ou mal resolvidas. Quando se
acumulam sem uma solução satisfatória, dependendo de sua duração e gravidade, podem levar a crises de
governabilidade que, no limite, chegam a provocar rupturas institucionais.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 486: Verdadeiro


Comentário:

A governabilidade está relacionada com a legitimidade das decisões. Logo, quando questões não resolvidas se
acumulam, dependendo da gravidade, podem fazer com que a legitimidade das decisões do governante seja
questionada e, em situações extremas, levar à ruptura do governo.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

487. Levando em consideração o uso de controles e indicadores de produtividade em um programa de educação,


o percentual de crianças matriculadas e a avaliação da qualidade por meio de exames nacionais são,
respectivamente, exemplos de:

A) eficácia e eficiência.
B) eficiência e eficácia.
C) efetividade e eficiência.
D) efetividade e eficácia.
E) eficácia e efetividade.

Gabarito 487: Item E


Comentário:

Eficácia diz respeito ao alcance dos objetivos e metas; eficiência ao uso dos recursos; e efetividade ao impacto ou
o efeito do processo. A questão traz a situação de um programa de educação, no qual há um determinado
percentual de crianças matriculadas. Esse percentual diz respeito ao alcance de uma meta, por exemplo:
matricular 90% das crianças do município em 1 ano. Além disso, a questão traz uma avaliação de qualidade do
programa de educação por meio de exames nacionais. Qualidade diz respeito ao impacto, ao efeito da ação.
Portanto, está relacionada à efetividade.

488. As seis categorias de indicadores de desempenho estão relacionadas a algum dos elementos da cadeia de
valor (insumos, processos, produtos e impactos) e dividem‐se nas dimensões de

A) execução e excelência.
B) efetividade e esforço.
C) outputs e outcomes.
D) resultado e eficácia.
E) resultado e esforço.

Gabarito 488: Item E


Comentário:

Os indicadores de desempenho são classificados em dois tipos: resultado e esforço. Os indicadores de resultado
são: eficiência, eficácia e efetividade. Os indicadores de esforço são: economicidade, execução e excelência.

Com relação à passagem do modelo racional‐legal ao paradigma pós‐burocrático, considere as afirmativas abaixo.

489. Apesar da forte tendência de flexibilização, não houve ruptura com o modelo burocrático, tendo em vista
que a lógica de ação predominante nas organizações continua sendo voltada para o alcance de resultados,
associado à racionalidade formal.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 489: Verdadeiro


Comentário:

A administração gerencial respeita certos princípios da burocracia, de forma que ela continua a existir,
principalmente no setor do aparelho do estado chamado de núcleo estratégico. Neste núcleo, a burocracia é a
forma de gestão predominante. A questão diz a lógica da ação “continua sendo voltada para o alcance de
resultados”, dando a entender que a administração burocrática já seria voltada para resultados quando ela é
voltada para processos, porém, essa afirmação consta no Plano Diretor de Reforma do Aparelho do Estado
(PDRAE). Por isso, a assertiva foi considerada correta.

490. As organizações ditas pós‐burocráticas ainda estão vinculadas à autoridade racional-legal, base do modelo

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

criado por Max Weber.


( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 490: Verdadeiro


Comentário:

A administração gerencial pode também ser chamada de “Nova Administração Burocrática”, justamente por
ainda estar relacionada à burocracia. Isso acontece porque a administração gerencial respeita certos princípios
da burocracia, corrige suas disfunções e acrescenta outros princípios, mas de forma que a burocracia continua a
existir.

491. A organização pós‐moderna teria como principais características a centralização e a estruturação em


redes hierarquizadas conectadas pelas tecnologias de informação.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 491: Falso


Comentário:

A burocracia seria a organização moderna e a administração gerencial a pós-moderna. A questão já está falsa por
falar que a administração gerencial tem como principal característica a centralização, pois ela tende a
descentralizar e flexibilizar. Além disso, falar em redes hierarquizadas conectadas pela tecnologia de informação
(TI) não faz sentido, pois quando se fala em conexão pela TI a estrutura existente seria a em rede, que não é
hierarquizada.

492. A liderança nas organizações pós‐burocráticas é facilitadora e solucionadora de conflitos e problemas,


baseando‐se na abertura, participação, confiança e comprometimento.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 492: Verdadeiro


Comentário:

Quando se fala em organização pós-burocrática, fala-se em administração gerencial, a qual é pautada na


descentralização, flexibilidade, confiança limitada e participação da população.

493. O tipo organizacional pós‐burocrático é representado por organizações simbolicamente intensivas,


produtoras de consenso por meio da institucionalização do diálogo.
( ☺ ) Verdadeiro (  ) Falso

Gabarito 493: Verdadeiro


Comentário:

“Organizações simbolicamente intensivas” são instituições ativas e preocupadas com a imagem e


“institucionalização do diálogo” é a participação do diálogo. São característica da administração pós-burocrática
ou gerencial.

494. Com relação às características próprias da administração pública gerencial, considere:

I. As decisões tomadas pelo governo devem ser submetidas à aprovação dos beneficiários, por meio do
voto popular, antes de serem implementadas.
II. A gestão toma em consideração critérios de mérito e impessoalidade.
III. Um dos objetivos principais da administração pública gerencial é a autonomia gerencial, sendo o
contrato de gestão o instrumento de controle dos administradores públicos.
IV. A administração gerencial é orientada para a satisfação das demandas dos cidadãos.
V. A administração gerencial orienta‐se principalmente para a obtenção de resultados.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Está correto o que se afirma APENAS em

A) I e III.
B) I, II, III, IV.
C) II, III e V.
D) II, III, IV e V.
E) IV e V.

Gabarito 494: Item D


Comentário:

I. As decisões tomadas pelo governo devem ser submetidas à aprovação dos beneficiários, por meio do
voto popular, antes de serem implementadas.
Falso. A administração gerencial é a primeira forma de gestão a tomar em conta a participação social, mas
afirmar que todas as decisões devem ser submetidas à aprovação popular é algo que não é viável.
II. A gestão toma em consideração critérios de mérito e impessoalidade.
Verdadeiro. Característica da burocracia que é respeitada pela administração gerencial. Atenção ao fato que a
assertiva fala em “tomar em consideração”, o que é verdadeiro. Se a assertiva usasse um tom de que essas são
características da administração gerencial estaria falso, pois são características da burocracia.
III. Um dos objetivos principais da administração pública gerencial é a autonomia gerencial, sendo o
contrato de gestão o instrumento de controle dos administradores públicos.
Verdadeiro. A administração gerencial promove a autonomia dos gestores e parecerias com empresas privadas
por meio do contrato de gestão.
IV. A administração gerencial é orientada para a satisfação das demandas dos cidadãos.
Verdadeiro. O principal objetivo da administração gerencial é satisfazer o cidadão/cliente.
V. A administração gerencial orienta‐se principalmente para a obtenção de resultados.
Verdadeiro. Enquanto a burocracia orientava-se principalmente para processos, a administração gerencial
passou a orientar-se para resultados.

495. (FUNCAB - 2016 -SEGEP-MA - Agente Penitenciário) A Administração Pública gerencial compõe a(o):

A) Estado empreendedor.
B) governança pública.
C) patrimonialismo.
D) gerencialismo.
E) burocracia.

Gabarito 495: Item D


Comentário:

A administração gerencial também pode ser chamada de gerencialismo, administração pós-burocrática e nova
gestão pública. Estado empreendedor é apenas uma característica do Estado que adota o gerencialismo.

496. (FCC- 2012 - MPE-AP - Administrador) As chamadas organizações públicas enfrentam limites para a
atuação empreendedora e pontos de resistência à ação inovadora que, na maioria das vezes, impõe-se de
fora para dentro e por pessoas estranhas ao ambiente organizacional. Nesse sentido, o empreendedorismo,
como meio de atuação do gestor público, depara-se com fatores que devem ser combatidos para alcançar
patamares mais altos de qualidade na prestação de serviços públicos.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Os fatores que devem ser combatidos são:

A) hierarquia excessiva, paternalismo, burocracia e inflexibilidade.


B) crescimento da área pública, terceirização em áreas meio, patrimonialismo e baixa adesão ao e-gov.
C) hierarquia excessiva, gratificação por resultados, patrimonialismo e inflexibilidade.
D) crescimento da área pública, descontinuidade, burocracia e flexibilidade.
E) hierarquia excessiva, crescimento da área pública, patrimonialismo e baixa adesão ao e- gov.

Gabarito 496: Item A


Comentário:

A) hierarquia excessiva, paternalismo, burocracia e inflexibilidade.


Verdadeiro. São disfunções da burocracia que devem ser combatidas. Atenção à palavra “burocracia”, pois caso
esteja sendo usada no sentido teórico, deve ser respeitada pela administração gerencial; caso esteja sendo usada
no sentido prático, como sinônimo de lentidão, rigor excessivo e acúmulo de papéis, é uma disfunção que deve
ser eliminada.
B) crescimento da área pública, terceirização em áreas meio, patrimonialismo e baixa adesão ao e-gov.
Falso. O crescimento da área pública e a terceirização das áreas meio não devem ser combatidas.
C) hierarquia excessiva, gratificação por resultados, patrimonialismo e inflexibilidade.
Falso. A gratificação por resultados não deve ser combatida.
D) crescimento da área pública, descontinuidade, burocracia e flexibilidade.
Falso. Crescimento da área pública e flexibilidade não devem ser combatidos. Lembrando: atenção à palavra
“burocracia”, pois caso esteja sendo usada no sentido teórico, deve ser respeitada pela administração gerencial;
caso esteja sendo usada no sentido prático, como sinônimo de lentidão, rigor excessivo e acúmulo de papéis, é
uma disfunção que deve ser eliminada.
E) hierarquia excessiva, crescimento da área pública, patrimonialismo e baixa adesão ao e- gov.
Falso. Crescimento da área pública não deve ser combatido.

497. (CESPE- 2012 - TJ-AL - Técnico Judiciário) A respeito das reformas administrativas e da nova gestão
pública, assinale a opção correta.

A) A nova gestão pública reúne características positivas dos modelos patrimonial e gerencial de
administração pública.
B) A última reforma administrativa que se têm notícia no Brasil foi aquela baseada nos princípios
burocráticos estabelecidos pelo presidente Vargas.
C) A administração pública gerencial é multifuncional, define indicadores, mede e analisa resultados,
foca no cidadão e procura flexibilizar as relações de trabalho.
D) O modelo de administração pública burocrático é orientado para resultado, concentra-se no
processo, controla procedimentos e possui alta especialização.
E) A reforma administrativa resultante da independência do Brasil apresentou o patrimonialismo como
modelo de administração pública, que, apesar de superado, ainda revela grande importância no
governo do país.

Gabarito 497: Item C


Comentário:

A) A nova gestão pública reúne características positivas dos modelos patrimonial e gerencial de
administração pública.
Falso. Não há características positivas no patrimonialismo e tanto a burocracia quanto a administração
gerencial buscam eliminá-lo.
B) A última reforma administrativa que se têm notícia no Brasil foi aquela baseada nos princípios
burocráticos estabelecidos pelo presidente Vargas.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Falso. A última reforma administrativa no Brasil foi a reforma Gerencial em 1995 com o Plano Diretor de
Reforma do Aparelho do Estado (PDRAE) durante o governo de Fernando Henrique Cardoso. A reforma
burocrática foi a primeira a ocorrer.
C) A administração pública gerencial é multifuncional, define indicadores, mede e analisa resultados,
foca no cidadão e procura flexibilizar as relações de trabalho.
Verdadeiro. Características da Administração Gerencial.
D) O modelo de administração pública burocrático é orientado para resultado, concentra-se no
processo, controla procedimentos e possui alta especialização.
Falso. O modelo burocrático não é orientado para o resultado.
E) A reforma administrativa resultante da independência do Brasil apresentou o patrimonialismo como
modelo de administração pública, que, apesar de superado, ainda revela grande importância no
governo do país.
Falso. Não houve nenhuma reforma resultante da independência do Brasil, além de que o patrimonialismo
nunca foi superado.

498. (FMP-RS- 2012 - TCE-RS - Auditor) A respeito do termo patrimonialismo, assinale a alternativa
INCORRETA.

A) No patrimonialismo, o aparelho do Estado funciona como uma extensão do poder do soberano, e os


seus auxiliares, servidores, possuem status de nobreza real.
B) O patrimonialismo surge na segunda metade do século XIX, na época do Estado liberal, como forma
de combater a corrupção e o nepotismo.
C) O termo patrimonialismo é usado para se referir a formas de dominação política em que não existem
divisões nítidas entre as esferas de atividade pública e privada.
D) Uma diferença fundamental entre patrimonialismo e feudalismo é a maior concentração de poder
discricionário combinado com maior instabilidade nos sistemas patrimoniais.
E) A administração do Estado pré-capitalista era uma administração patrimonialista.

Gabarito 498: Item B


Comentário:

O item B refere-se à burocracia, que, no mundo, surgiu na segunda metade do século XIX, na época do Estado
liberal, como forma de combater a corrupção e o nepotismo.

499. (FUNIVERSA - 2011 - EMBRATUR - Administrador) Segundo o Prof. Renato Aldarvis, até 1936, a
administração pública brasileira foi, por herança do Império, eminentemente patrimonialista. Entretanto,
com a reforma promovida por Maurício Nabuco, foram substituídas as deletéreas práticas por uma
burocracia pública. Entre os benefícios trazidos pela burocracia, pode-se apontar

A) a profissionalização da administração.
B) a eliminação do nepotismo.
C) o foco dirigido para o usuário do serviço público.
D) a transparência do processo de análise do desempenho funcional.
E) o desenvolvimento de estratégias de longo prazo.

Gabarito 499: Item A


Comentário:

A) a profissionalização da administração.
Verdeiro. É uma das características positivas da burocracia.
B) a eliminação do nepotismo.
Falso. O nepotismo nunca foi eliminado.
C) o foco dirigido para o usuário do serviço público.

GIOVANNA CARRANZA
REVISAÇO DE ADMINISTRAÇÃO
500 QUESTÕES COMENTADAS

Falso. O foco da burocracia é o controle rígido dos processos e não o usuário.


D) a transparência do processo de análise do desempenho funcional.
Falso. A primeira forma de gestão a introduzir práticas de transparência foi a administração gerencial.
E) o desenvolvimento de estratégias de longo prazo.
Falso. Como a burocracia tinha foco no controle dos processos, ela não tinha uma visão de longo prazo e sim de
curto prazo.

500. (CEPERJ - 2011 - SEFAZ - Oficial da Fazenda) No Brasil, duas características importantes da burocracia,
segundo o tipo ideal, são também princípios constitucionais da Administração Pública, quais sejam:

a) Separação entre a propriedade e a gestão, e Formalidade


b) Moralidade e Publicidade
c) Legalidade e Impessoalidade
d) Legalidade e Publicidade
e) Formalidade e Hierarquia

Gabarito 500: Item C


Comentário:
A questão fala em princípios CONSTITUCIONAIS, deve-se lembrar do LIMPE:
• Legalidade;
• Impessoalidade;
• Moralidade;
• Publicidade;
• Eficiência.
Assim, os princípios constitucionais que também são orientadores da burocracia são: legalidade (formalismo,
adoção de regras e normas) e impessoalidade.

GIOVANNA CARRANZA