Você está na página 1de 1

I – CRISTO DESFEZ A INIMIZADE ENTRE OS HOMENS

1. A parede de separação entre os homens.


• Na primeira esplanada entravam todas as pessoas, até os não judeus (gentios, povo);
• Mas, uma vez dentro, uma nova barreira avisava com letreiros em latim e grego que os não-
judeus não podiam avançar sob pena de morte.
• As autoridades romanas, em respeito à religião judaica, autorizava a pena de morte para
quem ultrapasse os limites estabelecidos no templo, inclusive para os próprios cidadãos
romanos.
• Passada a barreira um outro muro separava o lugar das mulheres e dos homens. Chamado
pátio das mulheres; e o pátio de Israel, reservado aos homens, separado, por uma
balaustrada, do pátio dos sacerdotes.
• E Paulo estava sendo acusado de permitir um grego ultrapassar essa barreira.
• Mais na verdade em nenhum momento essa era a intenção e Paulo;
• Mais aqui percebemos que existia extremismo judaico contra os gentios.

2. A derrubada da parede da separação.


• Paulo ele vai dizer que, essa separação que existia entre os judeus e os gentios, já não existia
mais, por que Cristo havia desfeito na cruz;
• E por intermédio da morte de Jesus, Ele nos reconciliou com Deus, e hoje, aquele que esta
em Cristo, faz parte da família de Deus, seja judeu ou gentio;

• E essa realizada é tão tremenda que, três, dos quatro relatos bíblicos do evangelho de Jesus,
vai registrar um acontecimento histórico na hora da sua morte;
• Mateus, Marcos e Lucas nos diz que quando Jesus entregou o seu espírito: o véu do
santuário rasgou-se em duas partes, de alto a baixo”
• E isso tem um significado profundo irmãos, pois era Deus mostrando a todos que agora
todos teriam acesso a Ele por intermédio de Jesus;
• Mais uma vez voltamos naquela passagem linda que vimos na aula passada, referente a
esperança do crente:
Hb 6:19A qual temos como âncora da alma, segura e firme, e que penetra até ao interior
do véu,
• O crente em Jesus, ele tem uma esperança tão firme que, o leva até ao interior daquele
véu, ou seja, até a presença do Todo-Poderoso, e é naquele lugar que a âncora da nossa
alma esta fincada e nossa esperança não é abalada;
• Tendo esse entendimento, olha o que o escritor ao hebreus vai dizer:
Hb 10:19,20 Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus,
Pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne,

3. O conceito de lei dos mandamentos

Você também pode gostar