Você está na página 1de 4

PORTUGUÊS 10º ANO

Ficha de trabalho

1. Completa o esquema, indicando os tipos de orações que constituem as frases complexas.

FRASE

Simples Complexa

Integra um só verbo principal ou copulativo Integra dois ou mais verbos principais ou copulativos
(combinado ou não com verbos auxiliares) (combinados ou não com verbos auxiliares)

Pode ser articulada por meio de processos de

Coordenação Subordinação
(oração/elemento subordinante + oração subordinada)
 sindética (com recurso
a conjunções)
 assindética (sem
recurso a conjunções) Tipos de
orações subordinadas

Tipos de orações
coordenadas Adverbiais Substantivas Adjetivas

 _____________  _____________
Relativas
 _____________  _____________  _____________
 _____________  _____________
 _____________  _____________
 _____________  _____________  _____________
 _____________  _____________  _____________
 _____________

Podem ser finitas e não finitas


 finitas (verbo conjugado num tempo finito - indicativo, conjuntivo,
condicional)
 não finitas (verbo conjugado num tempo não finito):
 não finitas infinitivas (verbo conjugado no infinitivo)
 não finitas gerundivas (verbo conjugado no gerúndio)
 não finitas participais (verbo conjugado no particípio)
2. Lê o texto.

Os gladiadores tomavam bebidas energéticas


Os atletas modernos muitas vezes usam bebidas energéticas para melhorar o
desempenho, mas os gladiadores também o faziam. Um estudo de restos ósseos de
gladiadores num cemitério em Éfeso, na Turquia, revelou que, depois do combate, tomavam
uma bebida de vinagre, água e cinza, que lhes daria uma dose extra de estrôncio para
fortalecer os ossos.
Quero Saber, 54, março de 2015 [p. 12]

2.1. Transcreve do texto:


a. uma oração coordenada adversativa;
_____________________________________________________________________________

b. duas orações subordinadas adverbiais finais;


_____________________________________________________________________________

c. uma oração subordinada substantiva completiva;


_____________________________________________________________________________

d. uma oração subordinada adjetiva relativa explicativa.


_____________________________________________________________________________

Orações coordenadas

3. Lê o texto.

Os combates dos gladiadores terão tido origem religiosa e, inicialmente, realizavam-se em


funerais, mas, durante o Império, tornaram-se um desporto sangrento. Na sua maior parte, os
gladiadores ou eram escravos ou eram criminosos, logo, se sobrevivessem, ficavam famosos e
podiam alcançar a liberdade. A vida dos gladiadores era considerada tão fascinante que, em
Pompeia, alguém escreveu a carvão numa parede, em relação a um gladiador trácio: “O
homem por quem as mulheres suspiram”. Até havia gladiadores voluntários e o imperador
Cómodo chocou Roma, pois lutou ele próprio na arena. No entanto, para muitos destes
assassinos treinados, a vida era brutal e curta. Havia diversos tipos de gladiadores, cada um
deles tinha armas próprias.
Texto inspirado em Simon James, Roma Antiga, Lisboa, Verbo (1999) [p. 30]

3.1. Indica se o conteúdo das seguintes afirmações é verdadeiro ou falso, corrigindo as


afirmações falsas.

V F
a. A primeira frase do texto é constituída por duas orações.
b. As orações “ou eram escravos ou eram criminosos” classificam-se como
coordenadas conclusivas.
c. A oração introduzida por “logo” é “logo, se sobrevivessem”.
d. A oração introduzida por “logo” classifica-se como coordenada conclusiva.
e. A palavra “que” (em “que, em Pompeia, alguém escreveu…”) é uma
conjunção coordenativa explicativa.
f. A oração “pois lutou ele próprio na arena” classifica-se como coordenada
adversativa.
g. A penúltima frase do texto é uma frase simples.
h. A última frase do texto é articulada por meio de um processo de
coordenação assindética.

Orações subordinadas adverbiais, adjetivas e substantivas

1. Associa a oração sublinhada (Coluna A) à respetiva classificação (Coluna B).


Coluna A Coluna B
1. Sei que os gladiadores eram corajosos. a. subordinada adverbial temporal
2. Os gladiadores que eram corajosos tornaram-se b. subordinada adverbial final
famosos. c. subordinada adverbial
3. Muitos gladiadores morriam na arena, mesmo que concessiva
fossem combativos. d. subordinada adverbial
4. Os gladiadores eram aplaudidos sempre que venciam comparativa
um combate. e. subordinada adverbial
5. Os gladiadores eram tão aguerridos que lutavam consecutiva
ferozmente. f. subordinada substantiva
6. Os gladiadores eram mais aguerridos do que os outros completiva
homens. g. subordinada adjetiva relativa
7. Os gladiadores lutavam aguerridamente para que restritiva
pudessem sobreviver. h. subordinada adjetiva relativa
8. Em Roma, os que eram corajosos, por vezes, explicativa
tornavam-se gladiadores. i. subordinada substantiva relativa
9. Os gladiadores, que eram corajosos, lutavam
aguerridamente.

_____________________________________________________________________________

2. Lê o excerto de uma crítica ao filme Gladiator (Ridley Scott).

Dentro do estilo cinematográfico de Ben-Hur ou


Spartacus, Gladiator apresenta-nos uma história
recheada de elementos dramáticos e épicos que
enaltecem um herói improvável, um homem outrora
grandioso que perdeu tudo e todos mas que regressa
para desafiar aquele que o traiu. O argumento relata
uma autêntica saga de vingança e perseverança que
culmina numa trágica e emotiva conclusão, que confere
ao valoroso herói uma despedida digna e ao ganancioso vilão uma despedida humilhante. Os
diálogos apelam ao epicismo e dramatismo da história, sempre poéticos e aguerridos,
aclamam constantemente ideais de justiça e vingança que endurecem a narrativa.
João Lopes, Portal Cinema [em linha, consult. 30-03-2016]

2.1. Completa o quadro, transcrevendo do texto as orações indicadas.

Orações subordinadas
adverbiais substantivas adjetivas