Você está na página 1de 19

Prezados Pais,

A Secretaria Municipal de Educação, considerando a Resolução da Secretaria de


Estado de Educação de Minas Gerais nº 4.310 de 17 de abril de 2020, as
recomendações das autoridades responsáveis pelas medidas de afastamento social por
causa da pandemia COVID-19, o Parecer do Conselho Nacional de Educação CP
5/2020, vem oferecendo semanalmente Blocos de Atividades Pedagógicas para os
estudantes da Rede Municipal de Educação por acreditar que neste momento é preciso
dar aos alunos a possibilidade da continuidade do processo de desenvolvimento
cognitivo e proporcionar a retomada de atividades educacionais, mesmo que sejam fora
do convívio escolar.
As ações foram pensadas na perspectiva de que o estudante é o centro do processo
e, por isso, a necessidade de se propor alternativas que garantam sua aprendizagem
nos diferentes níveis de ensino, contribuindo para que a educação chegue em cada
domicílio do município e não haja ampliação das desigualdades educacionais.
A partir de agora, as unidades escolares municipais deverão utilizar-se,
preferencialmente, dos diferentes recursos oferecidos pelas Tecnologias de Informação
e Comunicação (TIC) e, em casos excepcionais, providenciar a impressão dos materiais
e assegurar que sejam disponibilizados a todos os estudantes.
Os Blocos de Atividades Pedagógicas abarcam um conjunto de atividades semanais
que contemplam as habilidades e objetos de aprendizagem de cada ano de escolaridade
e de cada componente curricular, respeitando a carga horária.
O material foi construído de acordo com o Currículo Referência de Minas Gerais
(CRMG), instituído ao sistema estadual de ensino pela Resolução CEE 470/2019. É de
extrema importância que as ações pedagógicas previstas sejam trabalhadas uma vez
que, no retorno às atividades presenciais, a avaliação diagnóstica a ser aplicada aos
alunos considerará as habilidades e objetos de aprendizagem abordados no material. O
objetivo será detectar as aptidões não desenvolvidas pelos estudantes durante o período
de atividades não presenciais para assim planejar a retomada dos conteúdos e a
necessidade de reforço escolar.
Para que o estudante tenha acesso ao material produzido, é imprescindível que todas
as normas e orientações da Organização Mundial da Saúde, do Ministério da Saúde, da
Secretaria Estadual de Saúde e da Secretaria Municipal de Saúde sejam respeitadas. A
aglomeração,o contato físico e quaisquer outras ações que aumentem o risco de
contágio pelo vírus não devem ser adotadas.
A Secretaria Municipal de Educação viabilizará para os estudantes a disponibilização
por meio do hotsite https://www.itabirito.mg.gov.br os Blocos de Atividades
Pedagógicas, semanalmente. Além disso, as unidades escolares farão a oferta dos
Blocos de Atividades Pedagógicas por meio de grupos criados no aplicativo WhatsApp.
Para os estudantes que não possuem acesso à internet, a escola deverá fazer a
impressão dos Blocos e definir a melhor forma de garantir que o material chegue ao
estudante.
Nesse momento, contamos com o apoio das famílias uma vez que é fundamental, para
que nossos estudantes mantenham sua rotina de estudos.

IRACEMA ANA D’ARC PEDROSA MAPA


Secretária Municipal de Educação
Prefeitura Municipal de Itabirito
(31) 3563-1869//(31) 3561-4000
www.itabirito.mg.gov.br
PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABIRITO
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Bloco de Atividades Pedagógicas
4º Ano – Ensino Fundamental

Escola:

Aluno (a):

LÍNGUA PORTUGUESA

ATIVIDADE 1

PINÓQUIO

Era uma vez um velhinho muito pobre, chamado Gepeto. Ele


vivia num quartinho escuro. Gepeto ganhava a vida fabricando
brinquedos. Mas os negócios iam mal e ele não tinha dinheiro.
Não podia nem comprar lenha para a lareira, apesar de fazer
muito frio. Um amigo, carpinteiro, lhe deu um pedaço de madeira.
Em vez de queimar a madeira, Gepeto resolveu usá-la para fazer
um boneco. Quem sabe, pensou, eu posso usá-lo como
marionete e ganhar algum dinheiro.
Mesmo antes de começar a fazer o boneco. Gepeto lhe deu
um nome. Ele se chamaria Pinóquio. Fez o cabelo, o rosto e os
olhos. Logo que terminou os olhos, Gepeto sentiu que eles o
fitavam. Fez o nariz, fez a boca. Antes mesmo de a boca estar
terminada, ela riu. Pare de rir, falou Gepeto. A boca parou de rir,
mas pôs a língua para fora, Gepeto fez as mãos. Elas lhe deram
um tapa na cabeça. Os pés e as mãos ficaram prontos. Gepeto
levou um chute.
O fabricante de brinquedos ficou triste. Seu boneco era muito
mal - educado. Mesmo assim, Gepeto o tratou como um filho.
Fazia frio, mas ele vendeu o casaco. Com o dinheiro, comprou
roupas e livros para que Pinóquio pudesse ir à escola. Pinóquio,
porém não queria ir à escola. No caminho, fugiu e se juntou a um grupo de teatro de bonecos.
Passado algum tempo, o dono do teatro lhe deu cinco moedas de ouro como pagamento e pediu
que as entregasse a seu pai.
Um gato e uma raposa tentaram roubar o dinheiro de Pinóquio. Ele pôs as moedas sob a
língua e fechou bem a boca. O gato e a raposa não conseguiram abri-la. Penduraram Pinóquio
de cabeça para baixo numa árvore. Quando ele estiver morto, pensaram, voltamos, abrimos a
boca dele e pegamos o dinheiro. Pinóquio foi salvo por uma fada.
A fada perguntou como ele fora parar ali. Pinóquio contou a
história. Então a fada perguntou: Onde está o dinheiro? Pinóquio,
mentindo, disse que tinha perdido as moedas. O nariz de madeira
do boneco cresceu. A fada perguntou: Onde você perdeu o
dinheiro? Na floresta, respondeu Pinóquio. O nariz cresceu mais
um pouco. Vamos encontrar as moedas, disse a fada. Pinóquio,
assustado, disse: Não, não, agora eu me lembro, engoli o dinheiro.
Seu nariz cresceu tanto que ele nem conseguia andar.
A fada riu muito dele. Pinóquio, zangado, perguntou do que ela
estava rindo. De suas mentiras, disse a fada. Ele ficou
envergonhado. Prometeu que nunca mais voltaria a mentir. A fada
ficou com pena dele, bateu palmas e chamou um bando de pica-
paus. As aves picaram o nariz de Pinóquio até que ele voltou ao tamanho normal. Pinóquio voltou
para casa, para alegria de Gepeto. Passou a se comportar bem e a ir à escola. Nunca mais
mentiu. Pudera. Cada vez que pensava em mentir, sentia uma comichão e seu nariz ameaçava
crescer. No fim, foi recompensado. Transformou-se num menino tão ajuizado que a fada lhe deu
um grande presente: transformou Pinóquio num menino de verdade.
Adaptado de Pinóquio, de Carlo Collodi

1) Responda de acordo com o texto.

A) Quais as personagens principais da história?


EF15LP03 – Localizar informações explícitas em textos.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
B) Por que Gepeto não usou a madeira que ganhou para fazer fogo e se aquecer?
EF15LP03 – Localizar informações explícitas em textos.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
C) O que aconteceu com Pinóquio que o fez mudar de atitude e passar a se comportar bem?
EF15LP03 – Localizar informações explícitas em textos.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
D) Como a fada resolveu o problema do nariz do Pinóquio?
EF15LP03 – Localizar informações explícitas em textos.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
E) Qual foi o presente que a fada deu ao Pinóquio?
EF15LP03 – Localizar informações explícitas em textos.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2) Em qual parágrafo foi narrado cada fato abaixo.
EF35LP09 – Organizar o texto em unidades de sentido, dividindo-o em parágrafos segundo as normas gráficas e de acordo
com as características do gênero textual.

A) A fada riu de Pinóquio e ele ficou zangado. Parágrafo __________

B) O gato e a raposa não conseguiram roubar Pinóquio. Parágrafo _________

C) Gepeto ganhou uma madeira e fez um boneco de pau. Parágrafo _________

D) A fada transformou Pinóquio em menino de verdade. Parágrafo __________

E) Pinóquio mentiu e seu nariz cresceu. Parágrafo ____________

F) Gepeto tratou o boneco como se fosse seu filho. Parágrafo ____________


ATIVIDADE 2
GUARÁS, CHAUÁS E MICOS-LEÕES

Na época em que o Brasil foi descoberto, havia um lugar, no litoral do Paraná, povoado por belíssimas
aves vermelhas. Os animais garbosos e emplumados eram chamados de guarás pelos índios. Foram
essas aves as responsáveis pelo batismo deste deslumbrante pedaço do mundo como Guaraqueçaba,
que significa “muito guará”. Quinhentos anos depois, isso é tudo o que resta delas por aqui. Um a um,
os guarás foram abatidos, vitimados pela própria beleza. Primeiro, as plumas rubras compunham
adornos indígenas. Depois, foram cobiçadas pelos brancos, o que determinou o extermínio da espécie
no sul do Brasil.
Séculos mais tarde, este mesmo lugar serve de abrigo para duas raras espécies de animais
gravemente ameaçados de extinção: o mico-leão-de-cara-preta e o papagaio chauá, também conhecido
como papagaio-de-cara-roxa. Foi exatamente o isolamento da região que possibilitou a sobrevivência
do chauá. A ave, que já ocupou todo o leste brasileiro, atualmente sobrevive apenas em alguns pontos
entre o sul do estado de São Paulo e o norte de Santa Catarina. E é em Guaraqueçaba que se encontra
uma população considerável, com centenas de chauás.
Ali, os grandes inimigos dessas aves são a miséria e a ignorância. Pressionados pela falta de
perspectivas econômicas, moradores da região ainda caçam chauás, sob encomenda, para entregá-los
a contrabandistas de animais silvestres. Apesar da ação intensiva da Sociedade de Pesquisa em Vida.
Selvagem – SPVS, entidade ambientalista com sede em Curitiba, muitas aves vêm sendo mortas a
cada ano. O pior de tudo é que os chauás são monogâmicos e, quando um casal é separado pela ação
dos caçadores, dificilmente o parceiro sobrevivente volta a unir-se a outro e reproduzir-se, diminuindo
ainda mais as chances de sobrevivência da espécie.
Fonte: Revista Horizonte Geográfico, ano 13, nº 71, pág. 84
1) Após a leitura do texto responda ao que se pede. Dê respostas completas.
A) O texto faz referência a um lugar do Brasil. Que lugar é esse?
EF15LP03– Localizar informações explícitas em textos.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
B) No texto aparece a origem do nome desse lugar. Qual é a origem?
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2) Volte ao texto e localize a frase abaixo:
EF35LP05- Inferir o sentido de palavras ou expressões desconhecidas em textos, com base no contexto da frase ou do texto.
“Quinhentos anos depois, isso é tudo o que resta delas por aqui. ”
A) O que significa a expressão “quinhentos anos depois”?
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
B) A palavra “delas” está se referindo a quem?
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
3) Qual a causa do desaparecimento dos guarás no sul do Brasil?
EF04LP14 - Identificar, em notícias, fatos, participantes, local e momento/tempo da ocorrência do fato noticiado.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4) O texto que você leu aponta a miséria e a ignorância como os grandes inimigos do
papagaio chauá. Explique essa afirmativa usando argumentos do próprio texto.
EF04LP14 - Identificar, em notícias, fatos, participantes, local e momento/tempo da ocorrência do fato noticiado.
ATIVIDADE 3
Leia o texto a seguir para resolver às questões.

Disponível em:<http://turmadamonica.uol.com.br/>. ACESSO


1) No terceiro quadrinho, o uso do sinal de interrogação em cima da cabeça do Cascão
representa:
(EF15LP14) - Construir o sentido de histórias em quadrinhos e tirinhas, relacionando imagens e palavras e interpretando
recursos gráficos (tipos de balões, de letras, onomatopeias).
( A ) alegria.
( B ) dúvida.
( C ) informação.
( D ) lamento.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2) Cascão, ao imitar o Cebolinha no último quadrinho, demonstrou:
(EF15LP14) - Construir o sentido de histórias em quadrinhos e tirinhas, relacionando imagens e palavras e interpretando
recursos gráficos (tipos de balões, de letras, onomatopeias).
( A ) achar que se tratava de uma ideia inteligente para economizar os sapatos.
( B ) acreditar que deve imitar cobras e morcegos por serem os animais mais inteligentes.
( C ) aprovar a ideia de Cebolinha, que havia convencido a Mônica de que sofria da coluna.
( D ) não compreender o truque de Cebolinha e imitá-lo por medo de apanhar da Mônica.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
3) Que sentimento melhor revela a expressão de Mônica no último quadrinho?
EF15LP18 – Relacionar texto com ilustrações e outros recursos gráficos.
( A ) alegria: ela não queria brigar com o Cebolinha porque ele estava doente.
( B ) decepção: com Cebolinha com desvio de coluna, ela não poderia brigar.
( C ) raiva: ela perdeu a oportunidade de bater com o coelho no Cebolinha.
( D ) tristeza: ela sentiu pena pelo problema na coluna do Cebolinha.
ATIVIDADE 4
Leia e responda as questões abaixo:

a) Quem são os personagens?


(EF15LP03) – Localizar informações explícitas em textos
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
b) Onde se passa a história?
(EF15LP18) – Relacionar texto com ilustrações e outros recursos gráficos.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
c) Sobre o que Horácio e seu amigo estavam conversando?
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
d) Em quais situações Horácio ajuda o amigo?
(EF15LP14) - Construir o sentido de histórias em quadrinhos e tirinhas, relacionando imagens e palavras e interpretando
recursos gráficos (tipos de balões, de letras, onomatopeias).

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
e) O amigo percebe a ajuda que recebe de Horácio? Justifique.
(EF15LP03) – Localizar informações explícitas em textos
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
f) E você, concorda com a opinião de que ser generoso e bonzinho não vale a pena?
Justifique.
(EF15LP13) – Identificar finalidades da interação oral em diferentes contextos comunicativos (solicitar informações,
apresentar opiniões, informar, relatar experiências, etc.).
ATIVIDADE 5
PRA DAR NO PÉ
Pedro Antônio de Oliveira

Da varanda lá de casa, eu a avistava: linda exuberante e charmosa. Nela moravam: bem-


te-vi, pintassilgo, pombo, juriti, marimbondo e formiga alpinista. Papagaio de seda também!
Desses do mês de julho que, em vez de ficar requebrando no céu, decidem embaraçar a rabiola
nos galhos mais altos e ficar por ali mesmo. Teve um que gostou tanto de morar na árvore que
nunca mais foi embora.
No meio do ano, começavam a aparecer pequenas flores naquele pé de manga. Os frutos
só chegavam em meados de dezembro. As chuvas do fim de tarde, muitas vezes, aprontavam:
jogavam no chão as suculentas frutas. Umas se esborrachavam feio na lama. A dona Tina, na
manhã seguinte, distribuía tudo entre a vizinhança. Era bom...
Um dia, surgiu uma notícia que não agradou a molecada. Iriam derrubar o pé de manga. E,
no lugar, construir uma casa. Achei um absurdo! Será? Os bichos ficariam sem lar, o ar sem
oxigênio e eu sem as minhas mangas! Ora, onde já se viu um negócio desses?!
Corri como foguete pra chamar a turma. Fomos pra debaixo da mangueira. Criamos grito
de guerra e tudo, só pra tentar salvar a árvore. Improvisamos cartazes e fizemos o maior auê.
Logo conseguimos mais adeptos para a manifestação. A rua inteira ficou tomada de gente.
Vieram tevê, rádio, jornal... Eu não parava de dar entrevistas. Fiz discurso inflamado, precisava
ver, com direito a lágrimas e voz rouca pra causar emoção. O pior foi quando me empolguei.
Estava agradando tanto, que comecei a dirigir adjetivos pouco delicados à dona Tina. Ela que
não deixasse cortar a árvore!
Mas o tiro saiu pela culatra. Nós nunca mais chupamos mangas daquela mangueira. Nunca
mais mesmo! Dona Tina ficou irritada com as coisas que eu disse a respeito dela durante o
protesto. Berrou para a vizinhança toda ouvir que se arrependeu amargamente de ter plantado a
mangueira e falou ainda que, se pudesse, plantaria a mão era na minha orelha!
A notícia boa é que o pé de manga não foi derrubado. Os bichos não ficaram sem lar, o ar
não perdeu oxigênio... A ruim é que tudo não passou de boato. Ninguém jamais quis destruir a
árvore. Dá pra acreditar? Veja que mico. Ah, por falar nisso, tem mesmo um mico morando lá nas
alturas. O danado vive bem. Chupa manga que só vendo! Quem sabe não pinta uma amizade e
ele arremessa de lá umas frutinhas pra gente?! Porque manga, de agora em diante, só assim.
Descobri que espírito ecológico não combina com fofoca.
(Fonte: Revista Ciência Hoje das Crianças – ano 21 – nº 197 – dezembro de 2008)

1) Explique o significado das expressões destacadas de acordo com o seu sentido no texto.
EF35LP05 - Inferir o sentido de palavras ou expressões desconhecidas em textos, com base no contexto da frase ou do texto.
A) Improvisamos cartazes e fizemos o maior auê.

B) Estava agradando tanto, que comecei a dirigir adjetivos pouco delicados à dona Tina.

C) Mas o tiro saiu pela culatra.

D) Corri como um foguete para chamar a turma.


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2) De acordo com o texto responda as questões a seguir
EF15LP03 – Localizar informações explícitas em textos
A) Como dona Tina reagiu a tudo o que foi feito para salvar a árvore?

B) Se você estivesse no lugar dela, o que faria? Justifique.


PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABIRITO
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Bloco de Atividades Pedagógicas
4ºAno – Ensino Fundamental
Escola:

Aluno (a):

MATEMÁTICA

ATIVIDADE 1
Lucas foi a uma loja de instrumentos musicais com o seu pai. Ele gostou muito de alguns
instrumentos.
(EF04MA25A) Resolver problemas que envolvam situações de compra e venda e formas de pagamento, utilizando termos como troco
e desconto, enfatizando o consumo ético, consciente e responsável, utilizando o sistema monetário brasileiro.

Teclado Guitarra

9 x R$36,00 7 x R$45,00
Tamborim

5 x R$12,00

.
1) Quanto Lucas pagará se comprar a guitarra?
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2) Quanto ele pagará se comprar o tamborim?
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
3) Quanto ele pagará se comprar o teclado?
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4) Qual a diferença entre o produto mais caro e o mais barato?
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
5) Quanto Lucas pagaria se comprasse os três instrumentos?
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6) Numere a 2ª coluna de acordo com a 1ª conforme os sistemas de medidas.
EF04MA20) Medir e estimar comprimentos (incluindo perímetros), massas e capacidades, utilizando unidades de medida
padronizadas mais usuais, valorizando e respeitando a cultura local.
( 1 ) 1 hora e meia ( ) 200 + meio litro
( 2 ) Meio quilo ( ) 5.000 ml
( 3 ) 5 litros ( ) 250 centímetros
( 4 ) 4 metros ( ) 500 g
( 5 ) 700 g ( ) 400 cm
( 6 ) 2 metros e meio ( ) 90 minutos
ATIVIDADE 2
Você conhece o labirinto numérico? Por ele você deverá fazer cálculos para chegar à saída.
No labirinto abaixo, você deverá fazer o cálculo da adição, sempre somando 20. A entrada é no
quadriculado 30 e a saída, no 250. Cuidado para não se perder!
(Caso necessite, faça o quadro em seu caderno).
(EF04MA01X) Ler, escrever e ordenar números naturais até a ordem de centena de milhar.

1) Qual o resultado da soma dos números da última linha.


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2) Acrescente 1.000 ao resultado encontrado na questão anterior.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
3) Escreva por extenso o resultado encontrado na questão 2.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4) Decomponha o resultado encontrado na questão 3.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
5) Faça seus cálculos e complete a loteria matemática, marcando com um ( x ) a opção
correta.
(EF04MA30MG) Operar com os números naturais: adição, subtração, multiplicação e divisão. (Com e sem agrupamento
e desagrupamento)

Situações – problema Certo Errado Correção

O dobro de 548 é 274.

A soma dos valores absolutos


do número 749 é 30.

Cinco vezes o número 69 é


345.

O dobro do número 5.645 é


11.290.

Em multiplicação a ordem dos


fatores não altera o produto.

Em uma subtração o subtraendo


representa o maior número
ATIVIDADE 3
A ordem de chegada das ciclistas

Em uma corrida de bicicleta, sabemos que:


• Marina não chegou em primeiro lugar;
• Beatriz não chegou em último lugar;
• Marina chegou antes de Beatriz;
• Helena chegou antes de Gabriela;
• Núbia chegou antes de Beatriz e depois de Marina.

1) Qual foi a colocação das cinco ciclistas na corrida?


(EF04MA03A) Resolver problemas com números naturais envolvendo adição e subtração, utilizando estratégias diversas,
como cálculo, cálculo mental e algoritmos, além de fazer estimativas do resultado.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2) O irmão de Beatriz tem 250 figurinhas. Quer distribuir 125 para seus colegas e guardar 150.
A quantidade de figurinhas que ele tem é suficiente para fazer o que ele quer? Explique sua
resposta.
(EF04MA03A) Resolver problemas com números naturais envolvendo adição e subtração, utilizando estratégias diversas,
como cálculo, cálculo mental e algoritmos, além de fazer estimativas do resultado.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
3) Núbia tem 2.420 folhas brancas e adicionou 1.132 folhas amarelas. O resultado é maior ou
menor que 3.500? Justifique sua resposta.
(EF04MA03A) Resolver problemas com números naturais envolvendo adição e subtração, utilizando estratégias diversas,
como cálculo, cálculo mental e algoritmos, além de fazer estimativas do resultado.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4) O minuendo é 5.308, o subtraendo é 2.325. O resultado é mais próximo de 2.000 ou 3.000?
Por quê?
(EF04MA03A) Resolver problemas com números naturais envolvendo adição e subtração, utilizando estratégias diversas,
como cálculo, cálculo mental e algoritmos, além de fazer estimativas do resultado.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
5) Marina encontrou no seu quarto de brinquedos, quatro embalagens diferentes. Qual figura
geométrica não plana, cada embalagem representa?
(EF04MA17) Associar prismas e pirâmides a suas planificações e analisar, nomear e comparar seus

Nome da figura
geométrica
ATIVIDADE 4
1) Helena riscou no chão da varanda de sua casa um jogo para brincar com a multiplicação.
Ajude-a descobrindo quais os números estão faltando. Siga as setas.
(EF04MA30MG) Operar com os números naturais: adição, subtração, multiplicação e divisão. (Com e sem agrupamento e
desagrupamento)

FIM

2) Qual foi o número encontrado no final?

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
3) Dividindo o número encontrado no último quadrinho por 8, você saberá qual é a idade de
Helena. Quantos anos Helena tem?

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
4) Em um mês, a empresa onde o pai de Helena trabalha recolheu 55.559 kg de papel para a
reciclagem. No mês seguinte, recolheu 51.488 kg. Qual a diferença entre as quantidades
recolhidas de papel nesses 2 meses?
(EF04MA03A) Resolver problemas com números naturais envolvendo adição e subtração, utilizando estratégias diversas, como
cálculo, cálculo mental e algoritmos, além de fazer estimativas do resultado.
ATIVIDADE 5

Tabuleiro Matemático

Este é um jogo de tabuleiro diferente. Para vencê-lo você precisa resolver todos os desafios
propostos nas casas. Você poderá brincar com alguém da sua casa. Vocês podem começar
a partida, escolhendo no par ou ímpar, quem ganhar inicia a brincadeira e poderão ir marcando
as casas com tampinha de refrigerante, grãos de feijão ou de milho. Só preste atenção para
diferenciar os “peões” que irão representá-los no jogo. Vocês poderão jogar com um dado, se
tiverem ou então, registrar em cada pedacinho de papel os números de 1 a 6, dobrar e deixar
em um pacotinho, saquinho ou caixinha. Na vez de cada participante, ele deverá jogar o dado
ou tirar um papel e andar a quantidade de casas que saiu, e assim sucessivamente.
Lembrando-se de realizar cada desafio na casa que parou. Vence o jogo quem alcançar
primeiro o ponto de chegada.
(EF04MA30MG) Operar com os números naturais: adição, subtração, multiplicação e divisão. (Com e sem
agrupamento e desagrupamento)

PULE
ESTA
CASA
PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABIRITO
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Bloco de Atividades Pedagógicas
4ºAno – Ensino Fundamental
Escola:

Aluno (a):

UNIDADE TEMÁTICA: MÚSICA

OBJETOS DO CONHECIMENTO: Contexto e práticas

HABILIDADES: (EF15AR13) Identificar e apreciar criticamente diversas formas e gêneros de


expressão musical, reconhecendo e analisando os usos e as funções da música em diversos
contextos de circulação, em especial, àqueles da vida cotidiana.

INTERDISCIPLINARIDADE: Língua Portuguesa

“A Música alivia a ansiedade, promove o bom humor e ajuda a curar as dores emocionais”
Fonte: https://super.abril.com.br/comportamento/7-beneficios-inegaveis-de-se-ouvir-musica/
(14/05/2020)
Diante dessa afirmação sugerimos uma atividade com o envolvimento da família:
Ouça diferentes músicas e escolha aquela que mais tocou sua família de forma positiva, seja
pela melodia, forma, instrumentos, caráter expressivo, gênero ou letra da música.
Utilizando o material que você tiver disponível em casa, faça uma arte relacionada a essa
música, como por exemplo: desenho, colagem, pintura ou um cartaz em que você possa escrever
frases da música e até mesmo mensagens positivas de carinho para aquelas pessoas que estão
em isolamento, por fazer parte do grupo de risco. (Dica: produza sua arte enquanto estiver
ouvindo a música para se inspirar).
Tire uma foto sua com a arte feita. Peça autorização aos responsáveis e compartilhe conosco
pelo WhatssApp 3563-1869 colocando o seu nome, o nome da música escolhida e também o da
sua escola, para utilizarmos em vídeos institucionais da Secretaria Municipal de Educação.
Vamos espalhar positividade na família e no mundo, oferecendo o nosso carinho em forma de
arte, para que todos se sintam abraçados, acreditando que tudo vai ficar bem!
PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABIRITO
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Bloco de Atividades Pedagógicas
4º Ano – Ensino Fundamental

GABARITO/RESPOSTAS – 5º BLOCO DE ATIVIDADES (11/05 a 15/05)

LÍNGUA PORTUGUESA

ATIVIDADE 1
1. a) Utilização das máscaras como proteção.
b) Site
c) Texto 1

2. Porque impede que o vírus entre em contato com a boca e o nariz.

3. Devido à escassez das máscaras cirúrgicas no mercado e elas são reservadas para quem
trabalha em hospitais e serviços médicos. Máscaras feitas em casa.

4. Levar outra máscara limpa, pois ela só poder ser usada por até 2 horas.

5. Lavar com água e sabão.

6. Poder ser usada mais vezes por ser lavável, ter maior quantidade, podem ser feita em casa e
economizar dinheiro.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATIVIDADE 2
1. a) Porque foi o ano em que aconteceu a pandemia que deixou as pessoas em casa de quarentena
longe do convívio das pessoas, amigos, parentes, colegas, escola e trabalho.
b) Não poder sair de casa, ver seus familiares, brincar com os amigos, ir a parques e praças.
Dar um telefonema, mandar uma mensagem, fazer uma chamada de vídeo mandar uma
foto...

2. a) Sacos, plásticos, objetos, papéis, fotos e datas.


b) Pandemia e anotações.
c) Tampa - tampinha- tampão
Tempo – tempinho-tempão
Casa – casinha-casarão
Roupa – roupinha – roupão /
Papel - papelzinho – papelzão /
Foto- fotinha – fotão

3. Recipiente- Vaso, caixa, todo objeto que pode conter alguma coisa
Vasilhame –vasilha ,vaso
Infiltração - Passagem lenta de um líquido
Resistente – forte, Sólido, duro
Alternativa - opção,escolha
Umidade - levemente molhado
4. Cruzadinha
a. cápsula do tempo b. lembranças c. mexer d. resgatada e. Futuro f. lugar g. maleiro
h . papéis i . fotos
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATIVIDADE 3
1. Produção de texto. Pessoal.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATIVIDADE 4
1. a) Para que as crianças tenham sugestões de atividades para fazer em casa durante a
quarentena.
b) Em 3 partes: manhã, tarde e fim da tarde.
c) De manhã – A Visita Institucional ao Congresso Nacional está suspensa, mas sabia que
você pode visitar a Câmara virtualmente? É muito legal! Você pode fazer a visita ou, se
preferir, pode saber mais sobre todas as obras de arte espalhadas na Casa.
d) Desafio do dia 4

2) a) Fotos, esportes, bichos, animais,palavras e lendas.


b) Lista, turma, receita, ficha, família e peça.
c) Desenho - De-se-nho – trissílaba
Boneco- bo-ne-co – trissílaba
Livro - li-vro – dissílaba
Mundo - mun-do – dissílaba
Futebol - fu-te-bol – trissílaba
Papel - pa-pel – dissílaba .
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATIVIDADES 5
1. a) ( x) que não serve para nada
b) Porque a máscara que ele usa não protege do coronavírus.
c) O Batman estar com sua máscara de fantasia que não o protege.

2. a) (x) tirinha
b) Ponto de interrogação (?) ponto de exclamação ( ! ) e ponto final (.)
c) Mas que esforço todo é esse? Você já fica em casa o dia todo normalmente!
d) Porque ele disse que ele fica em casa o dia todo normalmente.
e) Porque os animais não transmitem o coronavírus.
PREFEITURA MUNICIPAL DE ITABIRITO
SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO
Bloco de Atividades Pedagógicas
4º Ano – Ensino Fundamental

GABARITO/RESPOSTAS – 5º BLOCO DE ATIVIDADES (11/05 a 15/05)

MATEMÁTICA

ATIVIDADE 1

1. a) 34 + 69 + 82 + 53 = 238 R - Ela produziu 238 máscaras aos todo.

b) Operação. 1  53 + 69 = 122
Operação. 2  122 x 2 = 244 R – Ela Recebeu R$ 240,00 por essas máscaras.

c) Operação 1 82 : 2 = 41
Operação 2  41 x 2 = 82 R – Ela lucrou R$ 82,00 .

d) 20 x 2 = 40 R – Ela lucrou com elas R$ 40,00 .

2. a) 19 – 28 – 3 – 150 – 25 – 10.000 – 2.200 - 10.300


b) 3 – 19 – 25 – 28 – 150 – 2.200 – 10. 000 – 10.300
c) Três, dezenove, vinte e cinco, vinte e oito, cento e cinquenta e dois mil e duzentos.
d) 3,19 e 25.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATIVIDADE 2
1. a)

b) 15:00 horas.
c) 4 dias X 1 hora por dia = 4 horas

2. a) 2.489 – 930 = 1.559


b) 2.489 – 1.536 = 953
c) 929 – 930 - 931
1.535- 1536 - 1.537
2.488 2.489 - 2.490
d) 900  900 + 30 ou 9 centenas + 3 dezenas
1.536  1.000 +500 + 30 + 6 ou 1 Unidade de Milhar + 5 centenas + 3 dezenas + 6 unidades
2.489  2.000+400+80+9 ou 2 unidades de milhar + 4 centenas + 8 dezenas + 9 unidades.
3. a) 930, 940, 950,960, 970, 980, 990 e 1.000.
b) 1.536, 1.538, 1.540,1. 542,1. 544,1. 546,1. 548 e 1.560
c) 930, 935, 940, 945, 950, 955, 960, 965, 970, 975, 980, 985, 990, 995 e 1.000
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATIVIDADE 3
1. a) Tik tok
b) 1 3.245 + 918 = 4.163
2 2.973 +1.562 = 4.535
3 918 + 2.973 = 3.891
4 3.245 - 918 = 2.327
5  2.973 - 1.562 = 1.411
c) Todos são ímpares
d) 1.562 e 918.
e) 1.562, 2.973 e 3.245.
f) Três mil duzentos e quarenta e cinco, dois mil novecentos e setenta e três, mil quinhentos e
sessenta e dois e novecentos e dezoito.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATIVIDADE 4
1. a) 23/04.
b) 3 semanas.
c) 5,12,19 e 26.
d)

e) No 1º semestre.

f) Julho, agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro.

g) Janeiro, março, maio, julho, agosto, outubro e dezembro.

h) É o ano em que o mês de fevereiro tem 1 dia a mais.

2. O segredo é somar os números por ele mesmo.


768 + 768 = 1.536
1.536 +1.536 = 3.072
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATIVIDADE 5
1. 1 centena e meia = 150
78 + 150 = 228.
R – Ela produziu ao todo 228 máscaras.

2. 11 +15 = 26
R – O jogo chegará no dia 26/05.
3. 1 dúzia = 12 2 dúzias = 12 + 12 = 24
24 x 9 = 216
R - Ela faz em 9 dias 216 máscaras

4. Meia centena é a metade de 100 = 50


Operação 1  612 - 50 = 562 Operação 1  612 + 562 = 1.174
R – Os dois juntos fizeram 1.174 pontos.

5. 1 década = 10 anos então 3 décadas = 30 anos


2.020 + 30 = 2.050
R - A cápsula de Lorena será aberta no ano de 2.050
.
6. 844: 4 = 211
R - Eles gastará 211 caixas para embalar todos os vidros que produziu.

7. 36 x 4 = 144
R – Eles organizaram 144 fotos.

8. 1.400 – 400 = 1000


1.000 : 5 = 200
R – O valor de cada prestação é R$ 200,00.

9. Segunda - 300
Terça - 300 – 50 = 250
Quarta - 100
Quinta - 100
Sexta – 100

300 + 250 + 100 + 100 + 100 = 850


R – Nessa semana o sítio teve 850 visitas.