Você está na página 1de 24

Atuadores Elétricos

Soluções Integradas em Automação de Válvulas


Soluções Integradas em
Automação de Válvulas
Há 45 anos desenvolvendo tecnologia de ponta e soluções inovadoras garantem a
qualidade e segurança dos produtos e serviços COESTER.
Nosso maior compromisso é o sucesso dos seus empreendimentos.

• Atuadores Elétricos • Gateways


• Redutores • Integrações de Sistemas
• Redes Industriais - Fieldbus • Engenharia de Aplicação
• Software de Controle • Instalação e comissionamento

. saneamento . gás

2 Coester Automação
Sumário

Sumário

Atuadores Elétricos................................................................................................4
Atuadores Elétricos - Linha CSRM.........................................................................5
Diagrama Funcional - Linha CSR 12/25/50 M........................................................6
Atuadores Elétricos - Linha CSM - 1/4 de Volta Direto..........................................7
Diagrama Funcional - Linha CSM 15.....................................................................8
Especificações Técnicas - Linha CSRM e CSM.....................................................9
Especificações Técnicas...................................................................................... 11
Tabelas de Torque................................................................................................12
Opções de Controle.............................................................................................14
Atuadores Inteligentes..........................................................................................16
Redes Industriais..................................................................................................18
Contact Free.........................................................................................................23

. energia . indústria

3
Atuadores Elétricos

Tubo protetor da haste

Volante para
acionamento manual

Atuador elétrico

Painel de comando local

Forma de acoplamento

Haste

Atuadores Elétricos são


equipamentos eletromecânicos
que permitem motorização de
válvulas, dampers, comportas e
outros equipamentos similares.
O atuador elétrico pode ser
acoplado através de unidades
Válvula de adaptação ou redutores. Sua
principal função é o controle do
movimento da haste da válvula.

4 Coester Automação
Linha CSRM

Atuadores Elétricos
Linha CSRM

As soluções da linha CSRM se aplicam


a válvulas, tipo gaveta, globo e outros
equipamentos similares. O movimento
de saída primário dos atuadores é
de múltiplas voltas podendo atingir
torques até 650 Nm. A combinação com
CSR 12/25 M redutores de 1/4 de volta proporciona
torques até 50.000 Nm. Os redutores
multivolta proporcionam torques de
saída até 5.000 Nm.

Nota: Aplicações mais pesadas sob consulta

Painel Rotativo (360º)


e destacável

CSR50M

5
Linha CSR 12/25/50 M
Diagrama Funcional

9
2
11
7

6
10

4 8

1. Motor Elétrico: alto torque e baixa inércia para magnéticas não intrusivas à carcaça, display digital e
regimes de serviços severos em carga plena. Diversas interface de comunicação.
opções de alimentação.
7. Placa de Comunicação: flexibilidade através de
2. Cadeia Mecânica: sistema de transmição várias opções de protocolos para redes abertas/
diferencial extremamente robusto sem embreagem ou proprietárias ou modem para celular/rádio.
desacoplamento.
8. Indicador Mecânico de Posição: permite maior
3. Operação Manual: volante totalmente independente segurança com a visualização da posição mesmo em
da ação do motor. Sistema diferencial garante recurso caso de falta de energia e operação manual.
manual mesmo em caso de travamento mecânico.
9. Sensor Eletrônico de Torque: célula de carga para
4. Acoplamento de Saída: manga com chaveta para medição dinâmica e real do torque de saída aplicado.
hastes rotativas ou unidade de empuxo independente Totalmente em estado sólido proporciona precisão e alta
com bucha roscada para hastes ascendentes. Flange repetibilidade (patente requerida).
padrão ISO5210.
10. Sensor Eletrônico de Posição e Movimento: alta
5. Invólucro: IP68 certificado para submersão a 5,5 precisão mesmo com operação manual. Referência de
metros e 144 horas. Certificado para atmosferas posição absoluta e independente da memória eletrônica
explosivas Ex ‘di’ IIC T6 IP68. ou bateria.
6. Unidade de Controle: eletrônica embarcada com alto 11. Terminal de Bornes: acesso independente ao
grau de imunidade para ambientes agressivos. Botoeiras compartimento que aloja toda parte de conexão do
atuador.

6 Coester Automação
Linha CSM - 1/4 de Volta Dreto

Atuadores Elétricos
Linha CSM - 1/4 de Volta Direto

A linha de atuadores CSM foi projetada


para atuar válvulas tipo esfera, borboleta
e outros equipamentos com movimento de
1/4 de volta. A linha CSM utiliza um novo
conceito de atuação direta, sem redutores
intermediários, para torques até 250Nm,
proporcionando um custo extremamente
competitivo para o conjunto válvula/
atuador. A velocidade do motor pode ser
programada eletronicamente, permitindo
velocidades de 25 a 60 segundos.

7
Linha CSM 15
Diagrama Funcional
5

6
1

10

7
9
11

2
3
8

1. Motor Elétrico: alto torque e baixa inércia para magnéticas não intrusivas à carcaça, display digital e
regimes de serviços severos em carga plena. Diversas interface de comunicação.
opções de alimentação.
7. Placa de Comunicação: flexibilidade através de
2. Cadeia Mecânica: sistema de transmição várias opções de protocolos para redes abertas/
extremamente robusto com desacoplamento automático proprietárias e modem para celular/rádio.
do comando manual.
8. Indicador Mecânico de Posição: permite maior
3. Operação Manual: volante totalmente independente segurança com a visualização da posição mesmo em
da ação do motor. Sistema diferencial garante recurso caso de falta de energia e operação manual.
manual mesmo em caso de travamento mecânico.
9. Sensor Eletrônico de Torque: célula de carga para
4. Acoplamento de Saída: manga com chaveta para medição dinâmica e real do torque de saída aplicado.
hastes rotativas ou unidade de empuxo independente Totalmente em estado sólido proporciona precisão e alta
com bucha roscada para hastes ascendentes. Flange repetibilidade (patente requerida).
padrão ISO5211.
10. Sensor Eletrônico de Posição e Movimento: alta
5. Invólucro: IP68 certificado para submersão a 5,5 precisão mesmo com operação manual. Referência de
metros e 144 horas. Certificado para atmosferas posição absoluta e independente da memória eletrônica
explosivas Ex ‘d’ IIC T6 IP68. ou bateria.
6. Unidade de Controle: eletrônica embarcada com alto 11. Terminal de Bornes: acesso independente ao
grau de imunidade para ambientes agressivos. Botoeiras compartimento que aloja toda parte de conexão do
atuador.

8 Coester Automação
Linha CSM 15

Especificações Técnicas
Linha CSRM e CSM

Características Construtivas
Modelos CSR 12/25/50M
• Invólucro: carcaça em alumínio “Cooper Free”. Sistema de transmissão mecânica autoblocante para operação
elétrica tipo coroa sem-fim. Engrenagens paralelas e sistema de transmissão diferencial para operação manual
com volante externo em alumínio. Proteção IP68 (144h – 5,5 m)

Modelos CSM15
• Invólucro: carcaça e tampa em alumínio. Cadeia cinemática de transmissão com lubrificação permanente em
banho de graxa. Operável em qualquer ângulo, volante com manopla para operação manual.

• Botoeiras não intrusivas: sistema de botoeiras de comando magnéticas não intrusivas, o que garante a
estanqueidade do invólucro e a vida útil dos contatos.

• Interface de operação: constituída de botoeiras para comando abrir/fechar/parar, chave seletora para as funções
de comando remoto/desliga/local. Visores luminosos protegidos por vidros temperados de alta espessura.
Indicador mecânico de posição, display digital e interface de configuração.

• Entrada de cabos: duas roscas de 1” NPT para controle e alimentação, protegidas por bujões ou prensa cabos de
1” NPT. Sistema duplo de vedação.

• OPCIONAL: Duas roscas de 1/2” NPT para controle e uma de 1”NPT para alimentação ou roscas métricas M20
e M32.

• Lubrificantes: lubrificação permanente em banho de graxa ou óleo.

• Pintura padrão: epoxi alta espessura na cor cinza munsell N6,5. Outras cores sob consulta.

Condições Ambientais
• Temperatura de armazenagem: -10º a 85º C. protegido contra poeiras e imersão temporária
• Temperatura de operação: 0º a +70º C. (144h – 5,5m).
• Vibração: 0,5g de 10 a 200 Hz. • Atmosfera explosiva:
• Submersão: grau de proteção IP68, totalmente Ex ‘d’ IIC T6 e T4 e Ex ‘di’ IIC T6.

9
Eletrônica Embarcada
• Temperatura operação: 0º a 70º C conforme • Estática: conforme IEC-61000-4-2 nível 3;
IEC-60068-2-14 teste NB; • Transientes: conforme IEC-61000-4-5 nível 3;
• Poluentes: conforme IEC-60068-2-42 SO2 a 0,5 ml/m3; • Transientes rápidos: conforme IEC-61000-4-5 nível 2;
• Umidade: 0 – 95% conforme IEC-60068-2-3 teste AC; • Imunidade eletromagnética: conforme IEC-61000-4-3
• Vibração: 0,5g 10 a 200hz conforme IEC-60068-2-3 nível 3.
teste FC;

Formas de Acoplamento
• Flanges conforme norma ISO 5210 / 5211, para interface do atuador com a válvula. Manga com chaveta para
eixos rotativos ou unidade de empuxo independente com bucha roscada para hastes ascendentes.

Operação Manual Ergometria


Modelos CSR 12/25/50M - CSM15
Mecanismo diferencial que dispensa uso de alavancas para engate do comando manual, volante para
acionamento manual sempre ativo, possibilitando operação simultânea com o motor, sem risco para o operador.

Opcionais
• Transmissor de posição 4-20mA (TAM);
• Posicionador 4-20mA;
• Microchaves para paradas fim de curso e intermediárias;
• Reles de alarme 24VCC 110/220VCA nas opções NA ou NF;
• Interface por PDA (IrDA ou Bluetooth) para configuração e histórico do atuador.

Relação de Redução Manual


Multivoltas Torque máx. ø do volante nº voltas volante Força Máx. Manual

CSR 12M 120Nm 450mm 2 voltas 26kgf

CSR 25M 250Nm 450mm 2 voltas 55kgf

CSR 50M 650Nm 375mm 21,71 voltas 32kgf

1/4 Volta Torque máx ø do volante nº voltas volante Força Máx. Manual

CSM 15 150Nm 122mm 12 voltas 18 kgf

10 Coester Automação
Especificações Técnicas

Especificações Técnicas
Motorização
Linha CSRM
• Tipo Construtivo: totalmente fechado, não ventilado, tipo gaiola de esquilo, com mancais em rolamentos,
classe de isolamento “F”, com termostato de proteção nos enrolamentos;
• Tensão: trifásico 220, 380, 440, 460 ou 480V/60Hz. Também disponível na frequência de 50Hz.
• Regime de Operação s4: tipo intermitente (30%);
• Fator de Serviço: mínimo de 1,1.

Linha CSM
• Tipo Construtivo: motor universal incorporado ao invólucro da carcaça do atuador. Não ventilado;
• Tensão: monofásico 110 ou 220V/60Hz, bifásico 220 ou 380V/60Hz, trifásico 220, 380, 440, 460 ou 480V/60Hz.
Também disponível na frequência de 50Hz;
• Corrente contínua sob consulta;
• Regime de Operação s4: tipo intermitente (30%);
• Fator de Serviço: mínimo de 1,1.

Proteções/Segurança
• Chave de torque; • Grau de proteção IP68 (5,5m - 144h);
• Auto travamento; • Interface de operação amigável;
• Sensor térmico do motor; • Comando de operação manual sempre ativo.
• Proteção contra inversão ou falta de fase; • Visores com vidro temperado.

Sensor de Torque
• Célula de carga eletrônica que mede o torque efetivo aplicado na haste da válvula com precisão melhor do que 5%;
• Sensoriamento inclusive após o desligamento do motor;
• O torque pode ser configurado por software, em unidades de engenharia (Nm), dispensando a abertura do invólucro.

Sensor de Posição
Resistivo absoluto, independente de memória ou bateria, precisão melhor do que 0,1%.

Sistema de Qualidade
• Certificação ISO 9001 - BR TÜV / INMETRO - TÜV CERT / DAR
• Atmosfera explosiva - CEPEL / LABEX / INMETRO

Manutenção
• Facilidade de acesso a todos os componentes; • Led’s de sinalização em todas as saídas e entradas;
• Auto diagnose por software; • Acesso independente à placa de bornes e quadro
• Manutenção preditiva das válvulas a partir de de potência.
histórico das curvas de torque;

11
Tabelas de Torque
Atuadores Elétricos Coester / Multivoltas
440V / 60Hz / Trifásico - On-Off

Forma de Acoplamento
ISO - 5210/1
Torque
Empuxo Rotação Potência Rotação Corrente Corrente
Máx. Flange
Modelo (A) (B)* (E) Máximo Saída Motor Motor Nominal Bloqueio
On-Off Acopl.
ø Máximo ø Máximo ø Máximo (ton) (RPM) (kW) (RPM) (A) (A)
(Nm)
Haste Eixo Eixo
(mm) (mm) (mm)

130 195 1,5 1800 3,1 19,8


180 146 1,5 1800 3,1 19,8
150 82 0,75 1800 1,5 11,0
CSR12M 42 65 30 6 F14
170 60 0,55 1800 1,5 8,3
170 40 0,37 1800 1,1 5,5
180 20 0,37 1800 1,1 5,5

190 195 2,2 1800 4,4 30,0


250 146 2,2 1800 4,4 30,0
260 82 1,1 1800 2,2 17,1
CSR25M 42 65 30 12 F14
260 60 1,1 1800 2,2 17,1
260 40 0,75 1800 1,5 11,0
260 20 0,55 1800 1,5 8,3

360 195 3,7 1800 7,0 53,0


650 97 3,7 1800 7,0 53,0
650 80 3,7 1800 7,0 53,0
CSR50M 52 80 40 15 F16
650 60 3,7 1800 7,0 53,0
650 40 1,5 1800 3,1 19,8
650 20 1,5 1800 3,1 19,8

12 Coester Automação
Tabelas de Torque

Linha CSRM - Atuadores Elétricos


Coester / Multivueltas
440V / 60Hz / Trifásico - On-Off

Forma de Acoplamento
ISO - 5210/1
Torque Em- Flan- Po-
Rotação Rotação Corrente Corrente
Máx. puxo ge tência
Modelo (A) Saída Motor Nominal Bloqueio
On-Off (B)* (E) Máximo Aco- Motor
ø Máximo (RPM) (RPM) (A) (A)
(Nm) ø Máximo ø Máximo (ton) pl. (kW)
Haste
Eixo (mm) Eixo (mm)
(mm)

850 37 2,2 1800 4,4 30


CSR25M 880 15 / 21 1,1 1800 2,2 17,1
60 80 70 15 F16
+RR10 880 10 0,75 1800 1,5 11,0
880 5 0,55 1800 1,5 8,3

1300 24 2,2 1800 4,4 30,0


1700 18 2,2 1800 4,4 30,0
CSR25M
1750 70 85 70 25 - 8 / 10 1,1 1800 2,2 17,1
+RR20
1750 5 0,75 1800 1,5 11,0
1750 2,5 0,55 1800 1,5 8,3

2400 24 3,7 1800 7,0 53,0


CSR50M
3000 52 80 40 40 - 8 / 10 / 12 3,7 1800 7,0 53,0
+RR20
3000 2,5 / 5 1,5 1800 3,1 19,8

CSR50M 4400 8 / 10 / 12 3,7 1800 7,0 53,0


80 85 80 50 -
+RR40 4400 2,5 / 5 1,5 1800 3,1 19,8

CSR50M 4400 8 / 10 / 12 3,7 1800 7,0 53,0


80 85 80 60 -
+RR40E 4400 2,5 / 5 1,5 1800 3,1 19,8

Linha CSM - Atuadores Elétricos Coester /


1/4 de volta
440V / 60Hz / Trifásico - On-Off

Torque Máx. ø Eixo Tempo Flange Potência Rotação Corrente Corrente


Modelo
On-Off (Nm) (mm) Operação (s) Acopl Motor (kW) Motor (RPM) Nominal (A) Bloqueio (A)

8 0,078 4800 0,08 0,30


10 f05/ 0,12 3600 0,37 1,93
CSM15 150 Máx. 22
20 F07 0,09 1800 0,45 1,50
35 0,37 4800 0,08 0,30

13
Linha CSRM - Atuadores Elétricos
Coester / 1/4 de volta
440V / 60Hz / Trifásico - On-Off

Tempo Corrente
Torque Máx. ø Eixo Flange Potência Rotação Corrente
Modelo Operação Bloqueio
On-Off (Nm) (mm) Acopl Motor (kW) Motor (RPM) Nominal (A)
(s) (A)

12 / 16 1,5 1800 3,1 19,8


Min. 48 29 0,75 1800 1,5 11,0
CSR12M+RS600 6000 F16
Máx.75 40 0,55 1800 1,5 8,3
60 / 120 0,37 1800 1,1 5,5

9000 12 2,2 1800 4,4 30,0


11800 16 2,2 1800 4,4 30,0
Min.75
CSR25M+RS1825 13000 28 / 38 F25 1,1 1800 2,2 17,1
Máx. 110
13000 57 0,75 1800 1,5 11,0
13000 115 0,55 1800 1,5 8,3

15500 35 1,5 1800 3,1 19,8


18000 47 1,5 1800 3,1 19,8
Min.75
CSR12M+RS1825G 17900 84 F25 0,75 1800 1,5 11,0
Máx. 110
18000 115 0,55 1800 1,5 8,32
18000 172 / 344 0,37 1800 1,1 5,5

Min.75 35 2,2 1800 4,4 30,0


CSR25M+RS1825G 18000 F25
Máx.110 84 1,1 1800 2,2 17,1

25500 49 1,5 1800 3,1 19,8


30000 65 1,5 1800 3,1 19,8
Min.124
CSR12M+RS3030G 29500 116 F30 0,75 1800 1,5 11,0
Máx 160
30000 159 0,55 1800 1,5 8,3
30000 238 / 477 0,37 1800 1,1 5,5

27000 16 3,7 1800 7,0 53,0


Min.124
CSR50M+RS3030 30000 33 / 40 / 53 F30 3,7 1800 7,0 53,0
Máx. 160
30000 80 / 160 1,5 1800 3,1 19,8

74 / 99 2,2 1800 4,4 30,0


Min.124 176 / 240 1,1 1800 2,2 17,1
CSR25M+RS5035G 50000 F35
Máx. 160 360 0,75 1800 1,5 11,0
720 0,55 1800 1,5 8,3

40000 25 3,7 1800 7,0 53,0


Min.124
CSR50M+RS5035 50000 49 / 60 / 80 F35 3,7 1800 7,0 53,0
Máx. 160
50000 120 / 240 1,5 1800 3,1 19,8

14 Coester Automação
Opções de Controle

Opções de Controle
Standard
Painel e Contatora

Chaves de Controle

Alimentação
Comando

Compostos basicamente pelo conjunto mecânico, motor e sensores. Toda a parte de controle é realizada
externamente através do CLP ou painel de comando, incluindo as contatoras de potência do motor. Permite
somente comando remoto.

Integral
CLP Atuador

Chaves de Controle Alimentação

Comando

Equipamento com interface de comando local configurável eletronicamente sem a abertura do invólucro. Todos
os elementos de controle são montados no interior do invólucro do equipamento. O comando remoto, quando
necessário, é realizado através da duplicação de contatos e direcionado pela chave seletora do atuador.

15
Modulante

CLP Atuador

Chaves de Controle
Alimentação

4 - 20mA Comando

Versão integral, para controle proporcional (0–100%) através de sinal analógico de 4 – 20mA / 0 – 20mA.
Projetados para motorização de válvulas e dampers de controle de fluxo.
Regimes de operação:

Classe II
O motor AC e o conjunto mecânico foram dimensionados para trabalhar em regimes de até 1200 partidas por hora
e precisão de posição melhor que 2%.
Classe III
O motor AC foi dimensionado para até 1200 partidas por hora e o conjunto mecânico é recomendado para efetuar
até 360 partidas por dia em média, ou seja, uma partida a cada 4 minutos.

Inteligente
Atuador

Alimentação

Estação Mestra

Rede de
Comunicação

Comando
Atuador

Inclui todos os recursos do modelo integral. Adicionalmente dispõe de unidade de processamento local, sensores
eletrônicos e sistema de auto-diagnose. Pode ser conectado diretamente a redes de comunicação para controle
remoto.

16 Coester Automação
Atuadores Inteligentes

Atuadores Inteligentes
Os atuadores inteligentes COESTER disponibilizam os mais avançados recursos para
controle de processos. Além da motorização precisa e segura, o equipamento traz
informações extremamente úteis ao usuário e potencializa a redução de perdas na
manutenção da planta.

Controle e informação são facilmente disponibilizados através de interfaces abertas


de comunicação com os mais avançados barramentos de campo (FIELDBUS).
Esta tecnologia multiplica as alternativas de aplicação com a necessária agilidade e
flexibilidade.

Curva de Torque e Manutenção Preditiva


A monitoração de torque em tempo real é uma poderosa ferramenta para reduzir o tempo de parada não
programada do processo. O histórico de curvas do software Navegador proporciona diagnoses precisas a respeito
do funcionamento da válvula ou equipamento controlado.

Principais Recursos
• Controle automático de fase; • Bancos de dados;
• Controle de rede a dois fios; • Shut down de emergência configurável (ESD);
• Configuração eletrônica sem a abertura do invólucro; • Posicionamento proporcional (0-100%);
• Recursos avançados de informação; • Curvas de torque;
• Diagnose avançada de falhas; • Inibir comando local;
• Intertravamento; • Memória de dados (Live Mem);
• Registro de operações (5000 curvas de torque / • Montagem de painel à distância (destacável);
10000 eventos) • Temporizador programável (Timing Control).
• Configuração de torque sem bancada;
• Reversão automática;

17
Configuração e comissionamento
• Local: Painel de comando do atuador.
• Remoto: Software navegador e barramento de campo.
• Local: PDA (IrDA ou Bluetooth).

Protocolos
• Profibus DP/DPV1; • DeviceNet;
• Modbus RTU; • Interbus-S;
• Modbus PLUS; • Ethernet;
• Foundation Fieldbus; • Flex LC;
• ControlNet; • Outros sob consulta.

Meios de Comunicação
• Par trançado;
• Fibra ótica;
• Rádio;
• Frequência;
• Linha telefônica/celular;
• Cabo Coaxial.

Informações e Alarmes
• Modo de operação (local/remoto); • Sobreaquecimento do motor;
• Fim de curso (aberto/fechado/meio curso); • Temperatura interna;
• Posição instantânea (0-100%); • Calendário;
• Atuador em movimento • Tempo de percurso;
(abertura/fechamento/ parado); • Parada por sobretorque;
• Acionamento manual; • Detecção de válvula travada;
• Torque instantâneo; • Falta de fase.

PDA
Configuração e histórico do atuador por PDA (IrDA ou Bluetooth).
Permite a coleta de dados para posterior transferência e análise.

18 Coester Automação
Redes Industriais

Redes Industriais
A Coester disponibiliza o mais completo conjunto de soluções de conectividade para controle de atuadores elétricos
e equipamentos similares.

Redes Industriais normalizadas


Os atuadores e soluções COESTER foram projetados de forma modular, permitindo compatibilidade e
conectividade com os principais padrões de comunicação utilizados em automação industrial. Os equipamentos
COESTER dispõe de interfaces para redes Profibus-DP/DPV1, DeviceNet, ControlNet, Foundation Fieldbus,
Ethernet, Modbus, Asi, Interbus, entre outras.

PLC Atuador Atuador


Rede Flex RF Rede Flex RF

Profibus-DP/DPV1

DeviceNet

ControlNet

Modbus Plus

Comunicação
Rádio aprox. 100m

Gateway NetMaster RF

Modbus RTU

Atuador

19
Rede Flex
Em determinadas configurações, as redes normalizadas não representam uma solução técnica adequada, em
função de limitações de distância, recursos de redundância e capacidade de endereçamento em um mesmo
barramento. A rede FlexNet é baseada no padrão Modbus RTU e proporciona as seguintes vantagens técnicas:

• Capacidade de redundância em anel;


• Isolamento entre segmentos do barramento;
• Tolerância a curto-circuitos, aterramento e rompimento do barramento;
• Capacidade de endereçamento de 250 nós;
• Velocidade de comunicação de até 115 Kbps;
• Realimentação do sinal a cada nó da rede.

CLP 1 CLP 1

SW Navegador

ModBus RTU

RS-485/Ethernet

NetMaster II NetMaster II

Até 1000m entre cada


2 atuadores ModBus RTU

20 Coester Automação
Redes Industriais

Comunicação sem fio - wireless


As soluções de controle e comunicação de dados com tecnologia sem-fio – wireless – são particularmente
importantes em locais de difícil instalação de eletrodutos e cabos de comunicação. Também representam uma
solução muito econômica em instalações existentes onde barramentos de comunicação não foram previstos
originalmente. Tecnologias diponíveis:
• Rádio Spread Spectrum para comunicação ponto-a-ponto;
• Telefonia Celular (Rede de dados GPRS ou 1xRTT);
• IEEE 802.15.4 - Wireless Hart.

Atuador Rede Flex

NetMaster RF

Comunicação
Wireless

Estação mestre
Tem como função controlar a rede de comunicação e concentrar os dados do sistema. Funciona ainda como
UIC (Unidade de Interface de Campo), interface de operação remota e interface com sistemas de controle
supervisórios. Projetada para ambientes agressivos, é construída totalmente em estado sólido.

Estação mestre

21
Tela de navegador

Navegador
Software para configuração e controle dos atuadores para ambiente Windows 32 bits. Possui alarmes configuráveis
e permite diagnosticar falhas dos atuadores, da rede de comunicação e formatar bancos de dados operacionais.
Proporciona manutenção preditiva das válvulas a partir do histórico das curvas de torque.

IHM
É uma interface de comunicação com os atuadores COESTER com
capacidade de comandar até 10 atuadores em rede Modbus RTU. Facilita
a operação dos atuadores em locais de difícil acesso e diponibiliza a
visualização de status de posição, torque e todos os alarmes disponíveis
nos atuadores. No modo de comunicação remoto possibilita que a estação
mestre atue diretamente nos equipamentos.

Rede de Comunicação
Os atuadores COESTER utilizam interfaces para protocolos de comunicação abertos. As topologias são projetadas
conforme as particularidades de cada protocolo e as características da aplicação. Também possuímos gateways
para os principais protocolos proprietários utilizados em atuadores elétricos.

Supervisório
Software para configuração e controle dos atuadores para ambiente Windows 32 bits. Possui alarmes configuráveis
e permite diagnosticar falhas dos atuadores, da rede de comunicação e formatar bancos de dados operacionais.
Proporciona manutenção preditiva das válvulas a partir do histórico das curvas de torque.

22 Coester Automação
Contact Free

Contact Free

O CONTACT FREE é um
conector sem nenhum
contato eletromecânico para
redes industriais, certificado
para utilização em áreas
classificadas.

Principais Características
• Conexão / Desconexão a quente, inclusive em áreas classificadas
• Opticamente isolado, reduzindo o risco de descarga atmosférica na rede e circulação de corrente de terra
entre equipamentos, aumentando a confiabilidade e performance
• Zero Stub Lenght (Profibus-DP/DPV1)
• Utilização em soluções de cabeamento simples ou redundante

Vantagens
• Reduz número de entradas roscadas
• Substitui as caixas de derivação no campo
• Facilidade de manutenção, sem necessidade de abertura do invólucro para conexão / desconexão
• Nenhuma configuração necessária
• Sistema intrinsecamente seguro
• Permite montagem e teste da rede independente da presença do equipamento

23
www.coester.com.br

RIO GRANDE DO SUL


Rua Jacy Porto, 1157
São Leopoldo - RS - Brasil - CEP 93025-120
Fone: (+55 51) 4009 4200
Fax: (+55 51) 3592 5044
E-mail: info@coester.com.br

SÃO PAULO
Av. Macuco, 726/1601 - Moema
São Paulo - SP - Brasil - CEP 04523-001
Fone: (+55 11) 5054 0901
Fax: (+55 11) 5052 3978