Você está na página 1de 5

 O POUCO TEMPO QUE NÓS PASSAMOS PARA NOS

PREPARAR PARA A ETERNIDADE MOSTRA ESSE É UM


ASSUNTO SECUNDÁRIO.
 EM MÉDIA NÃO GASTAMOS 15 MINUTOS POR DIA ORANDO
E LENDO A PALAVRA DE DEUS, MAS ACHAMOS QUE
ESTAMOS PREPARADOS.
Aqui Jesus dá outra PARÁBOLA sobre a necessidade da
vigilância (ver 24:43, 45-51).
objetivo A parábola das dez virgens é dada PARA MOSTRAR A
IMPORTÂNCIA DE ESTARMOS PREPARADOS PARA O
ENCONTRO COM CRISTO.
 Um casamento judaico consistia de três partes, a primeira das
quais foi o noivado, geralmente um acordo entre as famílias.
As fases do Depois, o noivo e seus amigos iam até à casa da noiva buscá-la.
casamento
Em terceiro, a noiva e noivo voltavam para a casa do noivo onde
era realizada a festa de casamento.
 As virgens aqui são ACOMPANHANTES do casamento.
A ESTRUTURA DO TEXTO:
A estrutura do texto V. 1-5 – AS DAMAS DE HONRA
v. 6-12 – A CHEGADA DO NOIVO
V.13 – O ALERTA

TEMA: A RELEVANCIA DE PREPARARMOS PARA A


ETERNIDADE! (Mt 25)
1º - A RELEVÂNCIA NÃO ESTÁ NO COMEÇAR BEM E SIM NO
TERMINAR.
“Então, o reino dos céus será semelhante a dez virgens que,
tomando as suas lâmpadas, saíram a encontrar-se com o noivo”
(v.1)
A. O TEXTO FALA DE VIDAS DISPOSTAS A PARTICIPAR DO
REINO. “Então, o reino dos céus será semelhante a dez virgens
que, tomando as suas lâmpadas, saíram a encontrar-se com o
noivo”.
 As dez virgens de honra representam seguidores de
Seguidores sensatos Cristo, que dizem amar a perspectiva de sua
Seguidores insensatos manifestação e que demonstram exterior prontidão para
a entrada no Seu reino.
Algumas observações

B. ESTAVAM VESTIDAS DE FORMA ADEQUADA E TINHAM


LAMPADAS
As dez virgens dessa parábola estavam esperando o cortejo
nupcial que ia da casa da noiva à casa do noivo.
Como o cortejo era feito à noite, eram necessárias lâmpadas
para iluminar o caminho.

C. EXISTE UMA AÇÃO SINCERA AQUI – “saíram”. Nós temos


aqui pessoas saindo de um lugar indo para outro.
D. EXISTE UM ALVO EM VISTA – “saíram a encontrar-se com o
noivo”.
E. EXISTE UM FINAL TRÁGICO: “Tarde demais, tarde demais,
não mais podeis entrar. ”
1º. CHEGARAM TARDE - “e fechou-se a porta”(v.10).
2º. FICARAM DE FORA - “abre-nos a porta”
Aplicação: Quantas pessoas começarem bem e hoje estão longe de
Cristo?
“Porque Demas, tendo amado o presente século, me abandonou e
se foi para Tessalônica; Crescente foi para a Galácia, Tito, para a
Dalmácia”( 2 Tm 4.10)
 Muitas pessoas professas naquele dia ouvirão um não de
Cristo.
2º - A RELEVÂNCIA NÃO ESTÁ NA CAMINHADA EM SI MAS NA
OBEDIÊNCIA.
“As néscias, ao tomarem as suas lâmpadas, não levaram azeite
consigo” (v.2)
NÃO PODEMOS NEGAR ALGUMAS VERDADES:
a) ESTAVAM BEM INTENCIONADAS - “saíram a encontrar-se
com o noivo” (v.1)
1º. ELAS TENCIONAVAM ENCONTRAR O NOIVO E
ESCOLTÁ-LO AO LUGAR ONDE AS FESTIVIDADES
Boas intenções DEVERIAM SE REALIZAR.
2º. POSSUÍAM LÂMPADAS.
3º. ESTAVAM ESPERANDO O NOIVO CHEGAR ANTES
QUE CHEGASSE UM NOVO DIA.
4º. ELAS ESPERAVAM TOMAR PARTE NA FESTA
NUPCIAL.
b) ESTAVAM NO CAMINHO – “saíram” (v.1),
“Não levaram azeite consigo”(v.3),
“e, tardando o noivo, foram todas tomadas de sono e
adormeceram”(v.5)
“Mas, à meia-noite, ouviu-se um grito: Eis o noivo! Saí ao seu
encontro!” (v.6)
c) ESTAVAM DESPREPARADAS – “As néscias, ao tomarem as
suas lâmpadas, não levaram azeite consigo”(v.3)
 “no entanto, as prudentes, além das lâmpadas, levaram azeite
nas vasilhas”(v.4).
“Então, se levantaram todas aquelas virgens e prepararam as
suas lâmpadas. E as néscias disseram às prudentes: Dai-nos
do vosso azeite, porque as nossas lâmpadas estão-se
apagando.” (v.7-8)
O azeite  O QUE É ESSE AZEITE AQUI?
AZEITE REFORÇA O CONCEITO DE QUE É PRECISO
ESTAR PREPARADO.
A falta de azeite significa não estar preparado, revestido de fé
e de poder espiritual para a volta de Cristo.
Ao meu ver, esse óleo em particular também parece simbolizar
a Palavra de Deus. A Igreja deveria estar "preservando a
Palavra da vida" neste mundo cruel e tenebroso (Fp 2:12-16)
(Warren Wiersbe)
d) ESTAVAM EQUIVOCADAS – “Mas ele respondeu: Em
verdade vos digo que não vos conheço”(v.12).
“Elas possuíam lâmpadas, mas não óleo. Eram descuidadas,
negligêntes, míopes, desatentas”.

Aplicação – O que legitima a nossa salvação não é andar na igreja.


 Não é fazer parte de um rol de membros.
 Pois melhor lhes fora nunca tivessem conhecido o caminho da
justiça do que, após conhecê-lo, volverem para trás, apartando-
se do santo mandamento que lhes fora dado. (2. Pedro 2.21)
 O alerta aqui é para aquelas pessoas que seguem Jesus Cristo
O alerta
religiosamente, intelectualmente, e sem dúvida
emocionalmente. Mas que não estão comprometidas com Ele
em seus corações.
3º- A RELEVÂNCIA ESTÁ EM ANDAR PREPARADO E CHEGAR
A PRESENÇA DO NOIVO.
“ E, saindo elas para comprar, chegou o noivo, e as que estavam
apercebidas entraram com ele para as bodas; e fechou-se a
porta”(v.10).
A. MOSTRA A IMPORTANCIA DE ANDARMOS PREPARADOS
- Elas sempre estiveram preparadas para esse momento.
“Mas, à meia-noite, ouviu-se um grito: Eis o noivo! Saí ao seu
encontro! Então, se levantaram todas aquelas virgens e
prepararam as suas lâmpadas. E as néscias disseram às
prudentes: Dai-nos do vosso azeite, porque as nossas
lâmpadas estão-se apagando”(v.6-8).
 A preparação é essencial, pois vem o tempo quando já
não será possível preparar- se; a porta estará fechada.
B. MOSTRA A IMPORTANCIA DE CONHECER O NOIVO - “Mas
ele respondeu: Em verdade vos digo que não vos
conheço”(v.12).
 “Não as reconheço como pertencentes ao número daqueles
dos quais me agrada chamar meus”.
C. MOSTRA A IMPORTÂNCIA DA VIGILANCIA – “Vigiai, pois,
porque não sabeis o dia nem a hora”(v.13).
Aplicação: “Portanto, assim te farei, ó Israel! E, porque isso te farei,
prepara-te, ó Israel, para te encontrares com o teu Deus”. (Amós
4:12)

CONCLUSÃO:
 A VIDA CRISTÁ É UM CONSTANTE DESEJO DE CHEGAR
BEM NOS CÉUS.
 A VIDA CRISTÃ É UMA LONGA OBEDIÊNCIA NA MESMA
DIREÇÃO.
 A VIDA CRISTÃ É UMA CONTINUA PREPARAÇÃO PARA O
ENCONTRO COM CRISTO.

Você também pode gostar