Você está na página 1de 2

Disciplina: Bases Biológicas Do Comportamento

Modelo de Prova: Roteiro de Estudos

Tipo de Prova: RE

Versão da Prova: 1

Código da Prova: 7610

Resposta
Questão Gabarito Comentado
correta

O acúmulo de tecido adiposo é consequência tanto dos hábitos


alimentares como também de outros fatores, como o estilo de vida,
alterações metabólicas, neuroendócrinas e dos componentes hereditários.
Os genes controlam a manutenção do peso e da gordura corporal estáveis
ao longo do tempo, pois participam do controle da produção de
1 D
substâncias como a leptina. Os genes também estão envolvidos na síntese
de neurotransmissores, de hormônios, como a insulina, por exemplo. O
balanço final entre a energia ingerida e gasta, depende em torno de 40%
da herança genética, afetando tanto na ingestão quanto no gasto e 60%
depende dos fatores ambientais.

Os ácidos nucleicos DNA e RNA apresentam diferenças. O açúcar


presente no DNA é a desoxirribose, já o açúcar do RNA é a ribose. As
bases nitrogenadas do DNA são adenina, timina, citosina e guanina. As
2 B
bases nitrogenadas do RNA são Adenina, uracila, citosina e guanina. O
DNA é formado por duas fitas, antiparalelas que formam a dupla-hélice; o
RNA é constituído por uma única fita.

As indicações mais comuns para encaminhamento à consultoria


genética são casais consanguíneos, abortos repetidos ou
infertilidade, idade materna avançada (acima de 35 anos existe risco
aumentado de prole afetada) ou qualquer malformação encontrada
3 E no feto, exposição a teratógeno durante a gestação, tal como drogas
ocupacionais, medicamentos e álcool, filho anterior com múltiplas
anomalias congênitas, deficiência mental ou má formação isolada, tal
como defeito de tubo neural, fenda labial e palatina.

A primeira afirmação está errada, pois, se a mulher for heterozigota


para a doença, ela pode doar um alelo recessivo para o filho e ele não
manifestará a doença. A segunda afirmação está correta, pois,
mesmo a mulher sendo heterozigota para a doença, todas as filhas
terão o alelo dominante e manifestarão a doença. A terceira afirmação
também está correta, pois em um casal que a somente a mulher
4 B
possui o gene dominante da doença, mesmo ela sendo heterozigota,
metade dos seus filhos serão normais, e a outra metade terão a
doença. E a ultima afirmação está errada, pois um homem que possuí
o gene dominante para a doença passará o mesmo para todas as
suas filhas, e todas manifestarão a doença.

A amniocentese consiste na obtenção do líquido amniótico que banha o


feto através da punção da cavidade amniótica. As células fetais presentes
no líquido amniótico podem ser analisadas ou cultivadas por alguns dias
5 B para a realização de estudos cromossômicos através de cariótipo. A
biópsia de vilosidades coriônicas pode ser obtida por via transabdominal a
partir de 10-11 semanas de gestação. Após a biópsia é realizado o estudo
dos cromossomos através de cariótipo.

Você também pode gostar