Você está na página 1de 20

Shuvanni Rhose de Souza

Facilitadora, Oraculista e Diretora


Universidade HolÍstica
Carmem Romani Sunacai

www.carmemromani.com
www.carmemromanionline.com
www.carmemromaniwebradio.tk
Facebook: carmemromani
Funpage: universidadeholisticacarmemromanisunacai
Twiter: carmemromani
Instagram: carmemromanisunacai
TÓPICOS:

I – ORIGEM DO BARALHO CIGANO


II – SIGNIFICADO DAS CARTAS
III – MÉTODOS DE INTERPRETAÇÃO
I - ORIGEM DO BARALHO CIGANO

Existem diversas lendas e versões sobre a origem do baralho cigano.


Primeiramente devemos esclarecer que o mesmo não foi criado pelo povo
cigano e sim divulgado por eles.

A primeira versão sobre a origem do Baralho Cigano, este baralho


composto de 36 cartas, foi criado por Anne Marie Adelaide Lenormand.

Mademoiselle Lenormand ficou famosa pela precisão de suas


previsões, atendendo a figuras ilustres da realeza da França, esta jovem
mulher, acompanhada de seu gato preto, espalhava sobre a mesa, as cartas
do seu baralho e previa o futuro de seus nobres consulentes. Ela atendia
figuras da alta sociedade da época e grandes líderes, como Robespierre e o
Imperador Napoleão Bonaparte.

Mademoiselle Lenormannd era astróloga, numeróloga, ocultista e tinha


muitos outros conhecimentos como geomancia e cafeomancia. Ela tinha
contato constante com ciganos europeus, aprendendo com eles a arte de
interpretar as cartas, mas estas cartas eram do Tarô (Oráculo composto por
78 Cartas), muito famoso em toda a Europa no século XVII, e durante a
passagem dos Ciganos pelo Egito, estes conheceram o Tarô, que somente os
sacerdotes egípcios tinham o domínio, os ciganos associaram e
compreenderam que ter em mãos um material que pudesse ser manipulado
e mostrado para as pessoas seria mais uma forma de suas mulheres
trabalharem com os seus dons de vidência, e assim geraria uma credibilidade
nos consulentes.

Mademoiselle Lenormand conheceu os ciganos nas feiras de rua da


França e um cigano em particular fez a leitura da sua mão e viu que esta
tinha os dons da clarividência, assim como as ciganas tem. E com o convívio
com os ciganos e com o conhecimento das cartas do Tarô que Mademoiselle
Lenormannd fez uma adaptação para o baralho usado por ciganos para a
nossa realidade não cigana, e foi tão boa esta adaptação das figuras
representadas por nosso cotidiano e introduzindo nestas cartas, as figuras do
baralho de naipes, que estas cartas passaram a ser utilizadas não somente
pelos que não eram ciganos, mas também pelas mulheres ciganas.

Atualmente existem diversos tipos de Baralhos Ciganos no mercado,


assim como um vasto material sobre cartas que poderão ser muito úteis
àqueles que se interessarem e desejam se aprofundar no assunto.

Mademoiselle Lenormannd revolucionou o conhecimento da


Cartomancia, na época, até os dias de hoje utilizando flores, ervas e talismãs
junto com seu jogo de cartas. Com seu desencarne, em 25 de junho de 1843,
muita desta sabedoria desapareceu. Somente cinqüenta anos depois, alguns
manuscritos de Lenormannd foram recuperados e mais tarde divulgados.
Na segunda versão, o Baralho Cigano, teria sido descoberto e
propagado por este povo mágico que são os Ciganos. Através do seu modo
singular de vida nômade, eles popularizaram seu jogo de cartas com figuras
singelas e de fácil entendimento. Foi desse mesmo modo, que este povo nos
presenteou com a expansão de muitas outras artes divinatórias, como a
Quiromancia, por exemplo, originária da Índia.

Seja qual for a verdadeira origem, é fácil notar que a origem da maioria
dos oráculos ao qual temos acesso hoje, geralmente é deficiente, visto que a
humanidade já passou por vários períodos de repressão, tendo assim, perdido
muito conhecimento no campo do ocultismo. Se não fosse a persistência e a
coragem de diversos mestres da filosofia esotérica, não poderíamos desfrutar
hoje deste e de outros maravilhosos jogos de cartas.

O Baralho Cigano, assim como qualquer jogo de cartas, através dos


seus arquétipos, envia mensagens que muitas vezes estão bloqueadas em
nosso inconsciente. Extremamente valioso para o nosso dia-a-dia, como se
fosse um amigo, um confidente, pode nos orientar para decisões mais
acertadas e também nos prevenir dos perigos que nos cercam.

Felizmente muitas pessoas já conhecem e fazem uso do Baralho Cigano


para ter informações e orientações sobre seu lado profissional, espiritual e
afetivo. Através dele teremos uma visão ampla do que está se passando na
vida do consulente.

O momento atual, o que levou a esta situação e acontecimentos


vindouros; mas lembrando sempre que cada um de nós tem o livre arbítrio e
que, com atitudes corretas no presente, poderemos plantar um futuro
melhor.

Para todos que desejam aprender esta arte de interpretar o "Oráculo"


se faz necessário conhecer os significados das cartas. Ao ler as cartas
estamos utilizando dos processos mediúnico, intuição e canalização. Portanto
nos requer desenvolvê-los cada vez mais através de exercícios de meditação
e outros que nos serão muito úteis no momento da leitura.

Lidar com estas cartas é algo muito sério, pois estamos lidando com
energia, magia, alquimia, mente, pessoas e suas futuras escolhas. Praticar
bastante e ter antes de tudo amor pelo que se propõe a fazer, são posturas
fundamentais para quem deseja trabalhar com as cartas.

Devemos sempre agradecer e valorizar estes ensinamentos que nos


foram deixados pelo Povo Cigano, que abrindo as portas do "conhecimento"
de seu povo e de sua "magia", nos permitiu também fazer uso deste
magnífico oráculo que são as Cartas Ciganas. É muito importante observar
atenciosamente as combinações entre as cartas para obter a interpretação
correta. Usar bons métodos de jogos e praticar bastante.
II – SIGNIFICADO DAS CARTAS CIGANAS

Madame Lenormand tinha a sua interpretação e visão sobre as Cartas


Ciganas e as Ciganas, a sua interpretação por suas vivências e ponto de vista
da vida. Madame Lenormand vivia na corte francesa e as Ciganas nas ruas
de Paris, mas ambas apresentavam através dos Oráculos, caminhos a todos
que pediam um conselho, até o Rei consultava os Oráculos para tomar uma
decisão e ambas eram as portadoras e conselheiras dos caminhos de vida das
pessoas, somente conselheiras. E desta vivência foi gerado o significado das
cartas para a decodificação do inconsciente coletivo. Trazer uma resposta,
um caminho de resolução dos problemas apresentados pelas pessoas que as
procuravam, desta vivência e estudos, seguem os significados das cartas
ciganas.

LINHA DO AR

1 – Cavalheiro, O Mensageiro

Esta carta faz parte da linha do Ar e significa ação através do


pensamento. O que o consulente deseja chegará até ele, pela força do desejo.
O que desejamos e queremos, tudo é desenhado no nosso mental, e
este mental é a força atratora da realização dos nossos desejos, e quando
estamos alinhados com esta força do pensamento, alcançamos o que
desejamos.

2 – Pedras ou Trevos

Esta é a segunda carta da linha do Ar, e traz como significado, que


devemos superar medos e inseguranças, porque esta forma de pensamento
constrói os obstáculos que atrapalham o caminho. Muitas vezes não existem
os obstáculos físicos, mas o medo e a insegurança constroem e aparece a
dificuldade onde não existe, porque está no mental e a nossa mente cria
tudo.

3 – Navio

Está é a terceira carta da linha do Ar, e traz a geração dos desejos,


esta carta possibilita e traz como mensagem, que, o que desejamos está
sendo gerado e que por isso é tão importante manter o foco, porque mesmo
passando por adversidades o que desejamos conquistamos. Esta carta é a
combinação dos nossos desejos com a força de realização inerente e que
estrutura todas as pessoas, é a gestação para a realização, para a conquista.
Só precisa dominar as emoções e não sair da meta.
4 – Casa

Está é a quarta carta da linha do Ar, que nos traz a seguinte


mensagem, não importa em qual casa eu esteja, podemos estar na nossa
casa trabalho, nossa casa família, nossa casa espiritual ou na nossa casa
emocional, em todas as casas que eu estiver, tenho que me sentir:

Seguro e Equilibrado - É o mental, o mundo das ideias e o que me


proporciona este equilíbrio, posso estar ao lado de pessoas que querem o que
conquistei, não importa, se me sinto seguro, ando livre, posso ser eu mesmo,
sou dono das minhas ações e caminhos.

5 – Árvore

Está é a quinta carta da linha do Ar, esta é a carta da prosperidade


através dos conhecimentos, da sua base de família e da sua ancestralidade,
mas em todos os Baralhos esta carta tem uma linda copa, mas está sem
frutos, e o que isso significa?
Significa que temos o conhecimento para prosperar, temos todas as
ferramentas para vencer, mas não estamos usando os conhecimentos da
ancestralidade, o que aprendemos desde criança, e por isso o que seria para
ser pleno e só um pouquinho. O conselho desta carta é colocar em pratica
tudo que se aprendeu, este é o caminho para se prosperar, recordando os
conhecimentos que acompanham a sua família, a sua ancestralidade.

6 – Nuvens

A sexta carta da linha do Ar, nos traz a seguinte mensagem, não se


está vendo com clareza toda a situação, e por este motivo, é melhor não
tomar nenhuma atitude ou fazer escolhas, a indecisão faz parte deste
momento e o melhor é ficar quieto, aguardar um novo momento, que virá
em breve. Basta aguardar o tempo que vai melhorar.

7 – Cobra

A sétima carta da linha do Ar, todos acham que ela traz a traição como
principal mensagem, mas não, esta carta traz a mensagem de problemas de
comunicação entre as pessoas, que geram dificuldades nos relacionamentos,
geram inseguranças, e a comunicação que trará o restabelecimento na
relação. É aconselhável deixar o passado para traz, esta atitude traz o
crescimento emocional para as pessoas, é uma passagem, uma renovação.

8 – Caixão

Esta oitava carta da linha do Ar, traz o conselho de findar ciclos, para
um novo recomeço, diferente de romper, o findar é ter a certeza que algo
chegou ao fim, e pode ser uma situação, uma relação ou até um trabalho,
mas não significa romper, somente findar e fazer de uma forma diferente.
Fazendo desta forma, ocorrem as transformações, trazendo o crescimento.
9 – Ramalhete

A nona carta da linha do Ar, é a carta da Felicidade, nosso consulente


tem a certeza que será feliz para sempre, mas as vezes falta planejamento e
experiência, e assim entra–se em uma rotina e por isso se instala a
infelicidade, que na verdade só faltou planejamento.

RESUMO:

Tudo começa no mundo das ideias que inspiram e iniciam um movimento,


uma trajetória em busca da realização dos objetivos, para isso:

 Desenvolver uma ação requer planejamento;


 Não ter ideias limitantes;
 Tudo é uma geração e precisa de um tempo apropriado para que isso
ocorra;
 É importante se sentir seguro e equilibrado em todos os lugares e
momentos;
 Não esquecer o que trazemos de conhecimentos dos nossos pais e mais
velhos, que com sua sabedoria, sempre fizeram o seu melhor para nós;
 Às vezes não ver as coisas com clareza não é ruim, é somente um
período necessário para a reflexão e para organizar os sentimentos,
faz parte do nosso crescimento;
 Coloque em pratica a comunicação com boas palavras, o desgaste de
um relacionamento entre as pessoas é a comunicação e não a falta de
sentimentos, na maioria das vezes estes sentimentos existem, mas a
magoa se faz presente e paralisa toda a ação e construção de
relacionamentos, sejam relacionamentos entre casais, no trabalho ou
na família;
 Todos os ciclos têm começo meio e fim, e para se passar de fase e
transformar as coisas, precisa-se ocorrer os ciclos, não se faz
necessário os rompimentos somente a transformação, a renovação;
 Todos desejam encontrar a felicidade e ela existe, mas é preciso
sabedoria para vivê-la com plenitude e administrar o dia a dia, esta é
a verdade que vivemos, faz parte da vida.
LINHA DO FOGO

10 – Foice

A primeira carta da linha do Fogo, nos ensina a fazer escolhas, fazer


cortes para trazer curas na nossa vida, as escolhas são difíceis, mas
necessárias para o crescimento e renovação, e quando não fazemos escolhas,
a vida faz e nos tira o que temos mais apego, esta carta é o crescimento, o
preparo para as escolhas da vida.

11 – Chicote

A segunda carta da linha do Fogo, nos ensina a suportar as


contrariedades que temos no dia a dia, ficar em uma posição passível, se
submeter a suportar o que normalmente seria impossível sem retrucar, sem
agressividade, não deixar a raiva tomar conta e vir a cegar.

12 – Pássaros

A terceira carta da linha do Fogo, os Pássaros, esta carta nos ensina a


vivenciar os relacionamentos com leveza, nos ensina a compreender que as
relações podem começar e terminar sem magoas, esta carta nos ensina a se
desapegar e entender que tudo tem um tempo e que se faz necessário
aprender a lidar com leveza, aqui não cabe apego e magoas, aqui é vivenciar
que tudo tem um tempo e ao término se encerra com leveza, para se seguir
em frente.

13 – Crianças

A quarta carta da linha do Fogo, nos traz a seguinte mensagem, é ação


no dia a dia, que temos que manter nossa criança interior, manter nossa
alegria e leveza que toda criança tem. Rir de si e de bobagens cotidianas,
mas agir como um adulto com atitudes imaturas, esta atitude atrapalha
nossas conquistas e objetivos.

14 – Raposa

A quinta carta da linha do Fogo, a Raposa nos ensina a agir com


estratégia, sermos pacientes na construção para alcançar as metas que
desejamos, a estratégia é a marca desta carta, a destreza e a sabedoria
fazem o conjunto para a realização, mas aqui segue uma dica, a Raposa age
sozinha, então planejar as metas é o segredo da realização.

15 – Urso

A sexta carta da Linha do Fogo, nos ensina a controlar nossa ira, nossa
agressividade, mesmo em momentos em que a força seria a resposta
esperada, mas se controlar é o desafio necessário para manter a meta
desejada, o controle emocional também leva ao êxito.
16 – Estrela

A sétima carta da linha do Fogo, nosso brilho, nossa luz que ilumina
aonde passamos e estamos, este brilho precisa estar presente nas nossas
ações diárias, no nosso trabalho, nos relacionamentos, mas nossa luz precisa
estar plena, principalmente para nós, e para que esta luz sempre esteja
iluminando a tudo e a todos, precisamos estar harmônicos, felizes e com
certeza que estamos no caminho certo.

17 – Cegonha

A oitava carta da linha do Fogo, a carta das Novidades, a carta que traz
o novo para o caminho, mas para o novo entrar é preciso deixar o velho ir
embora, é viver sem apegos e ter a certeza que o melhor sempre vem para
nossas vidas.

18 – Cão

A nona carta da linha do Fogo, traz a mensagem de sermos fieis as


nossas ideias, nossos princípios e conceitos, sempre buscamos em quem
confiar e ser um amigo leal, um aliado, mas para se ter um companheiro fiel,
temos que ser fieis também, o cão representa esta lealdade e aceitação em
troca, o cuidado e o zelar pleno para a continuidade dos relacionamentos.

RESUMO:

A linha do Fogo, as ações que devemos executar, ações que constroem o


caminho, o dia a dia, e que permite que seja melhor.

 Os cortes e escolhas são necessários no caminho da evolução;


 As contrariedades fazem parte do dia a dia, e não deixar que
estraguem o dia e sensacional e não permitir que influencie no caminho
é melhor ainda;
 Compreender que tudo é passageiro e que tudo passa, faz com que a
vida siga com alegria;
 A nossa criança interior precisa viver sempre, mas um adulto birrento
é muito chato;
 As estratégias e planejamentos são as ferramentas para se ter êxito
na vida;
 Controlar o humor e a raiva, e sempre estar bem, perante os
caminhos;
 Todas as dicas anteriores fazem nosso brilho pessoal estar presente
em todos os momentos;
 E assim estaremos abertos para as novidades;
 A lealdade e fidelidade é um comportamento para a verdadeira nos
relacionamentos;
LINHA DA ÁGUA

19 – Torre

A primeira Carta da Linha da Água, nos mostra os medos e


inseguranças que precisam ser superados, são medos criados e vividos como
verdade, as crenças limitantes, é preciso superar estas dificuldades, estes
medos atrapalham o crescimento em todos os sentidos.

20 – Jardim

A segunda Carta da Linha das Águas, nos traz a seguinte mensagem:


“ O que se planta, se colhe “, e esta carta nos leva a uma reflexão, o que
desejo para a minha vida, e com a resposta, começar a plantar o que
desejamos colher, nada é um passe de mágica, é preciso plantar, esperar
crescer, colher e depois desfrutar da colheita.

21 – Montanha

A terceira carta da linha da Água nos mostra que temos que manter os
quatro principais equilíbrios: Equilíbrio físico, equilíbrio emocional, equilíbrio
financeiro e espiritual, e este quatro equilíbrios também são nossas
dificuldades diárias, por isso manter tudo em equilíbrio, é um desafio.
E quando nos desequilibramos no emocional e financeiro, afeta diretamente
o equilíbrio físico, e se não conseguimos nos equilibrar novamente, o
equilíbrio espiritual é que trará este equilíbrio aos quatro, mas para tudo
caminhar em harmonia, é preciso ficar sempre equilibrada, manter o foco, o
objetivo, veja como um desafio a se cumprir e com sabedoria e calma sempre
se supera as dificuldades.

22 – Caminho

A quarta carta da linha da Água nos mostra que sempre estamos com
os caminhos abertos e porque temos as vezes a impressão que nada dá certo
e que por isso nosso caminho está fechado. O que nos paralisa é o medo, e
o medo de errar é o pior de todos, e esta carta mostra sempre que todos os
caminhos estão abertos e livres, podemos caminhar, mudar a forma de
pensar te levará a um outro ponto, então mude a forma de pensar e siga em
frente.

23 – Rato

A quinta carta da linha da Água nos traz a mensagem dos desgastes e


perdas que muitas vezes deixamos acontecer no nosso caminho, e esta carta
pede exatamente para parar a forma como está lidando com as situações da
sua vida, porque este comportamento está levando a perdas e desgastes e
não a resolução dos fatos ocorridos. Esta carta é um alerta, um pedido de
mudança de comportamento, o rato entra na nossa vida e corrói a nossa
prosperidade, mas isso ocorre porque permitimos, se faz necessário mudar
forma de falar, forma de pensar e forma de agir, para assim afastar o rato da
sua prosperidade.

24 – Coração

A sexta carta da linha da Água nos traz a seguinte mensagem:


Os sentimentos são como gostar de Coca-Cola (refrigerante), ou é um
sentimento viciante que não vive sem, e está sempre viciando, até porque
quem é viciado em Coca-Cola não vive sem ela por nada, ou o gostar não é
prioridade, então se neglicencia a atenção, e sempre está com uma desculpa
para não estar presente e faz a outra pessoa pensar que não gosta dela, não
é isso, simplesmente não é prioridade e esta falta de atenção faz sofrer.

25 – Alianças

A sétima carta da linha da Água, nos traz as Alianças, a busca que


todas as pessoas fazem em suas vidas, conquistar, iniciar, manter e confirmar
que as alianças são sérias e assumidas, compromissos firmados, que não
precisam de papel para serem verdadeiras.

26 – Livros

A oitava carta da linha das Água, Livros, os bons segredos, o


conhecimento, os papeis que confirmam que o que desejamos é verdadeiro,
o conhecimento guardado através das palavras. E porque os Livros fazem
parte da linha da água, porque só colocamos em prática os conhecimentos
que ficaram guardados dentro do coração, se não tocar esquecemos.

27 – Carta

A nona carta da linha da Água, as notícias, a chegada do esperado,


anunciado através das mensagens, e a carta das palavras e dos recados, a
confirmação extra, as notícias chegarão, nem sempre são boas notícias, mas
aprendi que todas são notícias e que irão fazer parte do que planejei.

RESUMO:

 Os medos nos paralisam, nem tudo é como desejamos, mas tudo faz
parte da nossa vida, e superar é uma realidade;
 Colhemos o que plantamos, minha dica, escolha o que deseja colher,
para plantar com sabedoria, assim você reduz os sofrimentos
desnecessários;
 O equilíbrio que leva a plenitude, e aos caminhos da vida;
 Vida que tem os caminhos abertos para se caminhar, não esqueça que
são os medos que paralisam;
 Os desgastes do nosso dia a dia, tudo pode mudar conforme se
direciona o olhar, e muda as palavras, gestos e atitudes, um novo
sopro de vida;
 Os sentimentos, leva–se um 1 minuto para conhecer uma pessoa, 1
hora para se apaixonar e uma vida para esquecer, mas tudo é uma
questão de aceitar quem nem sempre se desperta a paixão que
enlouquece;
 Todos querem compromissos para uma vida, mas estes são um
caminho de vida, esta vida que precisa de muitas alianças e de todas
as formas, mesmo que esta aliança seja somente 1 minuto;
 Conhecimentos e segredos, que abrem muitas possibilidades, muitos
caminhos;
 E as notícias, recados que trazem alegrias e tristezas, não importa, o
que importa é que as notícias trazem movimento na vida.
LINHA DA TERRA

28 – Cigano

A primeira carta da Linha da Terra, traz o Cigano, como a


representação da forma masculina nas nossas vidas, esta carta pode
representar nosso Companheiro, nosso Pai ou Irmão, nosso Chefe no
ambiente de trabalho, e nosso Dirigente Espiritual no ambiente do nosso
caminho e encontro espiritual, mas esta força masculina traz também para
nosso consulente, seja qual forma a situação, é preciso manter razão, a total
lucidez sobre o assunto que está sendo abordado, e com esta atitudes todo
sentimento deve ser controlado para não ter influência sobre a decisão e
escolha que deverá ser tomada.

29 – Cigana

A segunda Carta na Linha da Terra, traz a Cigana como a representação


do sagrado feminino, a nossa consulente é aqui apresentada e definida nas
próximas tiragens e aplicação de métodos de interpretação, mas esta carta
também representa a Mãe da Consulente, a Irmã , a Chefe no trabalho, e a
Dirigente Espiritual no ambiente de estudo sobre a Espiritualidade escolhido
por nossa consulente, mas esta carta traz e orienta para controlar as emoções
para não se ter atitudes precipitadas que podem atrapalhar o caminho futuro.

30 – Lírios

A terceira Carta da Linha da Terra, esta carta traz como mensagem


que não importa aonde esteja é preciso se manter a paz e a conciliação no
ambiente, esta carta pede uma postura equilibrada, que fará a diferença no
caminho a frente, mas ela traz para nós a certeza que os sentimentos para
quem está sendo consultado são verdadeiros, esta carta traz esta mensagem
para a concretização dos caminhos e das escolhas, e aqui não cabe dúvidas.
Esta é a carta do Amor Verdadeiro.

31 – O Sol

A quarta Carta da linha da Terra, o Rei Sol, a carta do crescimento e


da certeza que tudo dará certo, porque o crescimento e o brilho do que foi
escolhido fazer para crescer, brilhará e a concretização e estabilidade virá
com o decorrer dos dias. Está é a carta dos crescimentos rápidos e acertados.

32 – A Lua

A quinta carta da linha da Terra, traz a Lua, a senhora da Intuição, e a


certeza que tudo passará porque o que está acontecendo é somente uma
fase. Esta carta traz o caminho de seguir a intuição, porque esta será os olhos
para se ver além das aparências.
Esta carta traz também que acontecimentos ocultos, (acontecimentos que
estão sendo de forma escondida), serão revelados e não são boas coisas, mas
tudo ao final se resolverá porque é uma fase, um caminho de aprendizado
para uma nova fase.

33 – Chave

A sexta carta da linha da Terra, traz as escolhas, a certeza que tudo


está nas mãos da nossa consulente e será ela que escolherá o caminho, a
chave é a escolha que sempre está na mão.

34 – Peixes

A sétima carta da linha da Terra, a tão esperada prosperidade, a


realização financeira, a conquista dos bens desejados, a estabilidade
conquistada através do trabalho, mas para se prosperar, se faz necessário o
controle sobre as emoções, os peixes estão em cardumes, mas estão na água,
controle as emoções e com as escolhas feitas com a razão se alcançará a
estabilidade desejada.

35 – Âncora

A oitava carta da Linha da Terra, a Âncora com todas as suas funções,


a estabilidade está no movimento e não na estagnação, a Âncora tem a
função de dar estabilidade por um período, e após este tempo, esta é
recolhida, para ser trazer o movimento novamente, a estabilidade, sem este
movimento tudo fica estagnado, sem o crescimento necessário que traz a
estabilidade.

36 – Cruz

A nona carta da linha da Terra, a Cruz a carta da Vitória, terás


conquistas com muitas lutas e sofrimentos, mas se faz necessário manter o
foco, mesmo com muitas dificuldades, que podem dar a entender que não se
está no caminho certo, o caminho sempre está certo, desde que se entenda
que se está no seu destino, e assim a persistência leva a Vitória.

RESUMO:

Quando pensamos na Linha da Terra pensamos em estabilidade, mas a


razão faz parte de todo caminho e o conhecimento também.

 Usar a razão, se desvinculando das emoções é bastante difícil, mas


necessário para se tomar a decisão certa;
 Controlar as emoções, um desafio, mas necessário;
 E mantendo o controle das emoções para assim ter sempre paz e
conciliação, e também encontrar os sentimentos verdadeiros, a troca
verdadeira;
 Quando se traz a razão para a vida e controla a emoção, conseguimos
encontrar paz, conciliação e sentimentos verdadeiros, e com esta
harmonia, atraímos o crescimento que desejamos para nossas vidas;
 Mas também temos que aprender a conviver com as fases da vida, com
a intuição tão presente e que faz parte dos nossos instintos, e quando
aceitamos estes ciclos, nossa vida entra no ciclo da sabedoria e tudo
começa a ficar mais tranquilo;
 Temos as decisões nas nossas mãos, e a chave das soluções sempre
está nas nossas mãos;
 A prosperidade é para todos, mas se você deseja continuar
prosperando controle as emoções, o dinheiro foge das pessoas
pessimistas;
 Todos buscam estabilidade para assim ter um controle sobre a vida,
mas a estabilidade não está na estagnação e sim no movimento, se
você deseja estabilidade, tenha sempre movimento na sua vida;
 A Vitória, todos desejam conquistar as suas metas, mas a Vitória só
chega aos que persistem, os que não desistem do objetivo, não
colocam duvidas nas suas escolhas, e mesmo que o caminho esteja
difícil, continua seguindo porque tem certeza que está certo;
III - MÉTODOS DE INTERPRETAÇÃO

Método com 21 cartas, este método nos traz de forma abrangente as


respostas sobre as questões colocadas.
E este método pode ser interpretado da seguinte forma:

Método Peledan

1 – Momento Atual
2 – Consulente
3 – O que o Consulente não está vendo sobre a Pergunta
4 – Passado
5 – Resultado Final
Método 21 Cartas

1ª linha – Passado
2ª linha – Presente
3ª linha – Futuro
Método Madame Lenormannd

1ª Linha – Passado
2ª Linha – Presente
3ª Linha – O que está atrapalhando o Consulente
4ª Linha – Futuro 30 dias
5ª Linha – Conselho
Agradecimentos:

Santa Sara
Mestres Ciganos
Cigana Carmem Romani