Você está na página 1de 3

FACULDADE ESTÁCIO

CURSO DE LICENCIATUR
LICENCIATURA EM MATEMÁTICA

Giovanna Souza D’Errico

Políticas Públicas
blicas e Organização da Educação Básica

Trabalho realizado como parte da avaliação da


disciplina Práticas como componente curricular
(PCC), orientada pelo professor Antonio
Bonanoni Neto.

Camaçari, Ba
2020

Dentre as políticas publicas listada, não há como não escolher os três


suportes, que acredito ser do estudante do ensino publica do nosso país a ter
garantia de acesso as grandes universidades.

Sabemos das grandes dificuldades encontradas pro diversas famílias em


nosso Brasil, principalmente aqui na Bahia em particular na região de
Camaçari, a qual eu resido, onde milhares de jovens estudam em escolas
publicas, que apesar de todo esforço por partes de professores e demais
profissionais ainda continua defasada, não fornece um suporte adequado para
que este estudante possa disputar uma vaga nas grandes universidades com
estudantes de escolas privadas da nossa cidade, isto é fato!

Sendo assim, por vivenciar essa experiência no dia a dia pude perceber
a importância dessas três políticas publicas ( FIES, SISU, PROUNI), pros
jovens que antes não tinham chance de um futuro melhor, de lutar por uma
formação, de ter uma profissão de verdade .

Os estudantes de escolas públicas hoje podem tentar uma vaga


inicialmente com o Programa Universidade para Todos (Prouni) do Ministério
da Educação é um programa que oferece bolsas de estudo, integrais e parciais
(50%), em instituições particulares de educação superior, que so podem
concorrer realmente aqueles alunos carentes de baixa renda que realmente
necessita desse suporte, e isso deve ser comprovado renda familiar bruta
mensal, por pessoa, de até 1,5 salário mínimo. Para as bolsas parciais (50%),
a renda familiar bruta mensal deve ser de até 3 salários mínimos por pessoa.

Alem disso ele pode contar com o Sistema de seleção unificada (SISU)
que são vagas que este estudante pode concorrer em universidades publicas
do nosso país.

Ambos os programas, SISU e PROUNI, necessitam que o aluno tenha


realizado o exame nacional do ensino médio (ENEM) e tenha obtido uma nota
mínima de 450 pontos, ou seja não pode zerar a redação.

O Fies, terceira política publica escolhida, é o Fundo de Financiamento


Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC), instituído
pela Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001, que tem como objetivo conceder
financiamento a estudantes em cursos superiores não gratuitos. Pois caso, não
seja possível ingressar em dos dois programas acima descritos ele pode tentar
o financiamento estudantil e assim após formado, pagar de forma suave sem
desistir dos seus sonhos.