Você está na página 1de 8

Formação de palavras médicas

Raiz: é o elemento nuclear primitivo da palavra que imprime seu significado ou idéia central.
Prefixos: elementos ou partículas que precedem o radical, modificando seu significado. A
maioria são preposições ou advérbios.
Sufixos: elemento ou partículas que são adiados para as derivações formadoras de radicais da
mesma palavra. Eles podem ser nominais (substantivos e adjetivos) ou verbais.

Raiz
Lembre-se de que os tecidos, órgãos e partes do corpo humano são sempre raízes. Começaremos
aprendendo como as palavras são formadas. Todas as palavras têm uma raiz que é sua base.
Vamos ver exemplos:
Trans (movimento) / planta / ar (acção) im (introdução) / planta / ar su (derrubar) / planta / ar
A base ou raiz dessas palavras é planta

amígdalas / itis amígdalas / ectomia


A base ou raiz é amígdal (amígdala)

Definimos raiz como o núcleo comum das diferentes formas de uma palavra. Em alguns casos, a
raiz pode ter duas ou mais formas. Vamos ver exemplos:
aden - adeno (nó)
Na palavra adenite, a raiz é aden
Na palavra adenopatia, a raiz é adeno

Também podemos encontrar palavras que têm mais de uma raiz, asas que chamamos de palavras
compostas. Vejamos palavras compostas:
a) gastroenterite - (inflamação do estômago e intestino delgado)
b) rinofaringe - (porção da faringe que se comunica com o nariz [narinas])
a) gastro (estômago) e enter (intestino delgado) são raízes.
b) rino (nariz) e faringe (ducto) são raízes.

Podemos alterar o significado de uma palavra adicionando partículas que são colocadas na frente
ou atrás da raiz.
Prefixos
Prefixos são termos curtos, uma ou duas sílabas. Geralmente, são preposições ou advérbios que
são colocados antes de a palavra mudar de significado. Chamamos de prefixos as partículas que
são colocadas na frente da raiz. Vamos ver alguns exemplos:
Pós-natal. Pós (depois) + natal (raiz que significa nascimento).
Hemitórax. hemi (metade) + tórax (raiz que significa porção superior do tronco).

Sufixos
Um sufixo é uma letra ou sílaba terminal que adicionada a uma raiz modifica ou amplia seu
significado. Se o sufixo começar com uma consoante e a raiz terminar em uma consoante, uma
vogal de conexão deve ser adicionada, geralmente - o. Chamamos de sufixos as partículas por
trás da raiz. Vamos ver exemplos nas seguintes palavras:
Otite. ot - oto (é raiz e significa ouvido) + ite (inflamação).
Gastralgia. gastr (raiz que significa estômago) + algia (dor).

Lembre-se de que na terminologia médica as palavras não são tão simples, você também pode
encontrar:
Palavras que incluem mais de um prefixo:
an (negação) + iso (igual) + coria (pupila) Anisocoria: desigualdade no tamanho das pupilas.

Palavras que incluem um prefixo e um sufixo:


pan (tudo) + seio (seios) + ite (inflamação) - Pansinusite: inflamação de todos os seios.
dis (difícil) + meno (mês) + rrea (fluxo) - Dismenorreia: menstruação difícil ou dolorosa.

Palavras que incluem um prefixo atrás da raiz:


arterio (artéria) + escler (endurecido) + osis (condição degenerativa). Arteriosclerose:
endurecimento das paredes arteriais.

Palavras que incluem um sufixo na frente da raiz:


Odino (dor) + fagia (comer). Odinofagia: dor ao engolir ou comer
Sistema cardiovascular
A cardiologia estuda os órgãos e ductos nos quais circula sangue e linfa, a saber: coração, vasos
sanguíneos - artérias, capilares, veias - e vasos e gânglios linfáticos. O movimento do sangue
dentro das cavidades circulatórias é realizado em humanos, graças à ação de um órgão central
localizado na cavidade torácica, o coração, que é essencialmente um músculo especializado
fornecido em quatro cavidades, quais dois são colocados no lado direito e formam a metade
direita do referido órgão – hemicárdio/a direito/a -, enquanto os outros dois, no lado esquerdo,
constituem a metade esquerda ou hemicárdio/a esquerdo/a. Enquanto no embrião as cavidades
superior direita e esquerda e as inferiores se comunicam, a partir do momento do nascimento elas
são normalmente isoladas e somente quando há erros de congestão congênitas elas continuam a
ter intercomunicação; em vez disso, as cavidades de cada metade permanecem intimamente
associadas por toda a vida. As cavidades superiores são chamadas de átrios; os inferiores,
ventrículos. Se os átrios estão relacionados ao restante do sistema circulatório através de
aberturas estendidas pelas veias, os ventrículos fazem o mesmo pelas artérias.

Raízes, Prefixos e Sufixos dos Termos do Sistema Cardiovascular


Raízes dos Termos do Sistema Cardiovascular
a) Em relação ao coração:
cardi, cardia, cardio (Grego) - coração
Cordi (Latim) - coração
Arritmia (Grego) – batimentos cardíacos irregulares
b) Em relação às artérias, capilares e veias:
Angio (Grego) – vaso/canal
Vasi, vaso (Latim) – vaso/canal
Hemangi (Grego) - vaso sanguíneo
arter, arterio, arteria (Latim) - artéria
Vena (Latim) - veia
Fleb, flebo (Grego) – veia
Aorta (Grego) - artéria principal do organismo

Prefixos dos Termos do Sistema Cardiovascular


Hipo (Grego) – acima do normal, superiormente
Híper (Grego) – abaixo, posição inferior
Megalo (Grego) – grande
Bradi (Grego) – lento, pesado, vagaroso
Peri (Grego) – em volta
Eco (Grego) – repetição
Des (grego) – separação, afastamento
Em/En (Latim) – introdução, oposição
Endo (Grego) – interno, dentro
Eritro (Grego) – vermelho
Poli (Grego) – vários, muitos
Electr/o (Grego) – eletricidade, ondas ou correntes elétricas
Mio (Grego) – menor, musculo, contração
Taqui (Grego) – rapidez, velocidade, aceleração
Trombo (Grego) – coágulo
Orto (Grego) – recto, direito, correto, exacto
Veni (Latim) – veia
Aort/o (Grego) -
Sufixos dos Termos do Sistema Cardiovascular
Ite (Grego) – inflamação
Grafia (Grego) – escrita, registo, descrição, ecografia, radiografia.
Megália (Grego) – grande
Algia (Grego) - dor
Tensão (Grego) – pressão exercida pelo sangue nas artérias; pressão arterial
Tomia (Grego) – corte, incisão, secção
Pneia (Grego) – respiração
Plastia (Grego) – operação cirúrgica para reparação de um órgão ou região

Etimologia dos Termos usuais em Cardiologia


Angite - inflamação de um vaso.
Angiectomia - ressecção de um vaso.
Angiocardiografia - método de exploração das câmaras cardíacas, usando meio de contraste
injetado nas artérias ou veias.
Angiodiastase - retração das extremidades cortadas de um vaso.
Angiografia - visualização radiográfica de vasos com meio de contraste.
angióide - como vidro.
Angiologia - soma de conhecimentos sobre vasos.
Angioma - tumor caracterizado por hiperplasia do tecido vascular do sangue, hemangioma ou
linfangioma linfático.
Angioplastia - procedimento angiográfico para dilatar áreas de estreitamento nos vasos
sanguíneos.
Angiorrafia - sutura de um vaso.
Angiosclerose - endurecimento das paredes vasculares em geral.
Angiospasmo - contração espasmódica da túnica muscular dos vasos sanguíneos.
Angiotomia - tônus ou tensão vascular.
Aorta - artéria principal do organismo: origina-se no coração e origina-se no caminho de todas
as outras artérias.
Aortite - inflamação da aorta.
Aortografia - radiografia da aorta com injeção de meio de contraste.
Aparelho valvular - conjunto constituído pelos folhetos e o anel para as válvulas aórtica e
pulmonar e, além disso, pilares e cordões tendinosos para as válvulas mitral e tricúspide.
Arteriografia - raio x de uma artéria que injeta um material de contraste.
Arteriosclerose - endurecimento das artérias; Ocorre ao longo da vida e é mais pronunciado em
pessoas com herança a esse respeito, bem como em diabéticos e quando há pressão alta.
Arteriovenosa - afetando tanto uma artéria quanto uma veia.
Arterite - inflamação de uma artéria devido a várias causas: pode produzir circulação arterial
defeituosa e, em casos muito graves, pode levar a gangrena.
Bradicardia - batimento cardíaco lento, com pulso lento. bradifigmia - lentidão anormal do
pulso.
Cardíaco - em relação ao coração.
cardioaórtica - pertencente ao coração e aorta.
Cardiologia - tratamento ou estudo do coração e circulação, suas funções, condições e
tratamento.
cardiomegalia - aumento do coração.
Cardiorrenal - relacionado ao coração e rim.
Cardiovascular - relacionado ao coração e vasos sanguíneos em geral.
Cardite - inflamação do coração.
Desfibrilação - um procedimento médico aplicado para alcançar um ritmo cardíaco normal, seja
por meio de medicamentos ou por choque elétrico direto no peito.
Dextrocardia - situação do coração no lado direito da cavidade torácica.
Ecocardiografia - registro gráfico da posição e movimento das estruturas cardíacas usando ecos
de ondas de ultrassom.

Eletrocardiógrafo - instrumento com o qual a eletrocardiografia é realizada, ou seja, o registro


gráfico das correntes elétricas produzidas pela atividade do coração.

Eletrocardiograma - um registro das ondas elétricas produzidas pelo coração.

Embolectomia - remoção cirúrgica ou por cateter de um êmbolo que obstrui um vaso.

Embolia - bloqueio repentino de um vaso, especialmente uma artéria, devido a um corpo puxado
pela corrente sanguínea destacada - se for um coágulo - de dentro do coração ou da túnica
vascular interna.

Endocárdio - membrana interna do coração.

Endocardite - inflamação do endocárdio.

Endocardite bacteriana - infecção do endocárdio, endocardite devido à ação bacteriana como


complicação de uma doença infecciosa ou um episódio de bacteremia.

Eritrocianose - vermelhidão e cianose, asfixia simétrica.

Eritromelalgia - condição caracterizada por crises dolorosas com vermelhidão das


extremidades, geralmente as inferiores; a dor, geralmente ardente, aumenta com o movimento e a
posição do membro inferior; Doença de Weir Mitchell.

Flebite - inflamação de uma veia.

Flebografia - visualização radiográfica do sistema venoso usando meio de contraste.


Flebólito - pedra ou concreção na veia; coágulo de fibrina embebido em sais calcários, às vezes
encontrados dentro de varizes.

Flebologia - soma de conhecimentos sobre veias.

Fleboplastia - reparo plástico de uma veia.

Fleborragia - sutura de uma veia. Flebosclerose - endurecimento de uma veia.

Flebostase - retardo na circulação sanguínea nas veias.

Flebotomia – incisão ou seção de uma veia.

Flebotrombose - inflamação das túnicas venosas com formação de trombo no lúmen do vaso.

hipercolesterolemia - aumento do colesterol no sangue.

Hiperglobulia - um aumento no número de glóbulos vermelhos.

Hipertensão - aumento da pressão arterial nas artérias.

Hipertrofia - crescimento devido ao desenvolvimento exagerado dos elementos anatômicos, por


exemplo, do coração.

Hiperventilação - aumento da frequência dos movimentos respiratórios.

Hipocalemia - baixa concentração de potássio no sangue.

Hipotensão - redução ou redução da pressão arterial.

Hipoventilação - redução da frequência dos movimentos respiratórios.

Miocárdio - camada muscular média do coração.

Miocardite - inflamação do miocárdio.

Ortopneia - dificuldade em respirar que diminui na posição vertical.

Ortostática - posição ereta, atitude corporal ereta.

Pericardiectomia - ressecção do pericárdio.


Pericárdio - túnica externa que circunda o coração.

pericardiotomia - abertura do pericárdio.

Pericardite - inflamação do pericárdio.

Taquiarritmia - arritmia rápida do coração.

Taquicardia - aceleração dos batimentos cardíacos.

Taquipneia - respiração rápida e geralmente superficial.

Taquifigmia - pulso rápido.

tromboangiite obliterante - vasculite de pequenos vasos; Doença de Buerger.

Tromboflebite - inflamação da íntima venosa com formação de coágulo.

Trombose - oclusão de um vaso sanguíneo por um coágulo.

Venissecção - seção de uma veia, flebotomia.

venisutura - sutura de uma veia, fleborragia.

venóclise - injeção de líquidos na veia.

Venodisecção - um procedimento cirúrgico menor que envolve a exposição de uma veia.

venografia - flebografia.

Punção venosa - perfuração da parede de uma veia com uma agulha hipodérmica, diretamente
quando exposto por venodissecção ou através da pele.

Venoso - em relação à veia.

Ventrículo - grandes câmaras inferiores do coração.

ventriculografia - um procedimento de diagnóstico que envolve a injeção de um meio de


contraste na cavidade ventricular, a fim de torná-lo visível aos raios X e, assim, estudar suas
características.

Você também pode gostar