Você está na página 1de 8

PROBLEMA DE PESQUISA

Todo TCC depende da construção de uma solução para um Problema de Pesquisa que é


montado por quem está escrevendo. Item fundamental de uma monografia, o problema
tem a função de delimitar o tema e a pesquisa do trabalho ao apresentar.

De forma clara, deve se apresentar qual será a pergunta a ser respondida pelo seu TCC.

ESTRUTURANDO O PROBLEMA
Transformar o tema do TCC em um problema a ser resolvido pode parecer uma tarefa
complicada num primeiro momento, mas é possível fazer isso com alguns
direcionamentos.

Primeiro, você precisa ter em mente que o problema do seu trabalho deve atender à 4
requisitos básicos:

1. Ser claro e preciso;


2. Empírico, isto é, ser observável na realidade;
3. Delimitado;
4. E ser passível de solução.

Os quatro itens acima podem ser utilizados como um filtro para que você possa verificar a
consistência e validade da sua problematização.

RECOMENDAÇÕES GERAIS
o Ao definir um problema de pesquisa, procure ser o mais específico possível.
o Não deixe margem para dúvidas sobre qual questão sua pesquisa vai procurar
responder.
o Lembre-se de não levantar problemas que você não pretende investigar.
o O problema de pesquisa é uma pergunta a ser respondida pelo trabalho, e
portanto deve ser redigida como tal.

OBJETIVOS
OBJETIVO GERAL
O objetivo geral deve apresentar a ideia central de um trabalho acadêmico. Assim, deve
descrever de forma sucinta e objetiva a finalidade pela qual você está realizando o estudo
e qual meta busca ser atingida.

Ele deve conter a hipótese ou o problema que será investigado no trabalho, assim como a
delimitação do tema.

Nele, o sujeito pode explicar o que procura obter com o estudo. Além de realizar uma
proposta que solucione um problema que queira resolver, explorar uma oportunidade,
propor a análise de uma solução, entre outros.

OBJETIVO ESPECIFICO
Os objetivos específicos se relacionam diretamente com os objetivo gerais. Isto porque
detalham os processos necessários para a sua realização. Dessa forma, os objetivos
específicos servem como um guia do conteúdo que será abordado no trabalho.
Os objetivos específicos devem apresentar de forma mais detalhada as ideias do projeto.
Assim, relacionar o objeto estudado com suas particularidades e identificar mais
propriamente quais são os resultados desejados.

DESCRIÇÃO DOS OBJETIVOS


O ideal é sempre utilizar verbos no infinitivo no início do enunciado dos objetivos, isto é,
verbos terminados em: ar, er ou ir, pois facilitam a compreensão do que se busca alcançar
no trabalho e podem ser classificados nas seguintes categorias:

o Verbos de Conhecimento: Associar; calcular; citar; classificar; definir; descrever;


distinguir; enumerar; especificar; enunciar; estabelecer; exemplificar; expressar;
identificar; indicar; medir; mostrar; nomear; registrar; relacionar; relatar;
selecionar.
o Verbos de Compreensão: Concluir; descrever; distinguir; deduzir; demonstrar;
discutir; explicar; identificar; ilustrar; inferir; interpretar; localizar – relatar; revisar.
o Verbos de Aplicação: Aplicar; estruturar; ilustrar; interpretar; organizar; relacionar.
o Verbos de Análise: Analisar; classificar; categorizar; combinar; comparar;
comprovar; contrastar; correlacionar; diferenciar; discutir; detectar; descobrir;
discriminar; examinar; experimentar; identificar; investigar; provar; selecionar.
o Verbos de Síntese: Combinar; compor; criar; comprovar; deduzir; desenvolver;
documentar; explicar; organizar; planejar; relacionar.
o Verbos de Avaliação: Avaliar; concluir; constatar; criticar; interpretar; julgar;
justificar; padronizar; relacionar; selecionar; validar; valorizar.

INTRODUÇÃO
A introdução da monografia apresenta o conteúdo que o leitor encontrará nas páginas
seguintes. Ela é considerada a porta de entrada para que o leitor se interesse pelo seu
texto. É sua função apresentar o tópico e contexto que será discutido, descrever a
proposta do trabalho e explicar brevemente o problema que tentará solucionar ou até
mesmo a abordagem utilizada.

ESTRUTURA DA INTRODUÇÃO
BLOCO 1
1º e 2º Parágrafos – Contextualização: Aqui deve conter o tema e fazer uma
contextualização de tudo que será abordado no seu trabalho. O tema de pesquisa é o
assunto a ser desenvolvido no seu TCC, então apresente o cenário relativo ao assunto que
você escolheu, para fazer isso situe o leitor no contexto do assunto relativo ao projeto que
você está desenvolvendo.

Normalmente se começa conceituando o tema estudado, como você pode ver no exemplo
abaixo, o trabalho foi sobre Marketing e por esse motivo, começa com seu conceito.
Busque conceituar com suas palavras o tema, mas lembre-se de sempre seguir tudo que já
vem sendo dito ou será dito na sua pesquisa.

BLOCO 2
Neste bloco faça uma descrição geral sobre o seu tema, você poderá começar esse bloco
com: De forma geral… Desta forma… Da mesma forma… Em sua totalidade… Comumente
isso acontece porque… De forma generalizada… Sua abrangência é… A forma mais popular
de interpretar o…

BLOCO 3
Problema de Pesquisa: Aqui você expõe o problema de pesquisa (pergunta problema) de
seu TCC. Antes de lançar no ar qual a pergunta problema que se deseja responder ao longo
da pesquisa, faça um breve resumo para levantar o problema.

Por exemplo, caso você tenha que falar para alguém que perdeu um dia todo de produção
em uma indústria, você não vai chegar e dizer ao seu chefe: “Perdemos um dia todo de
produção”, no mínimo você começará dizendo: “Lembra daquela maquina que vinha
dando problema todo mês ? Pois bem, aconteceu o pior…”, essa é…

…a melhor maneira de começar a introduzir o cenário do problema, então procure neste


bloco introduzir o problema e só depois faça a pergunta.

Este bloco pode ter mais de 7 linhas.

BLOCO 4
4º Parágrafo – Objetivo Geral e Específicos: Aqui são apresentados os objetivos do
trabalho. Tanto o geral, quanto os específicos. Use em torno de 4 a 5 linhas.

BLOCO 5
5º Parágrafo – Justificativa: Apresentam-se as justificativas do trabalho. A justificativa do
trabalho é a importância do mesmo. Aqui apresentamos o porquê de o trabalho ser
importante? Qual a importância do trabalho para a sociedade, comunidade científica,
pessoal etc? Você pode começar introduzindo sua justificativa com umas 4 linhas e depois
descrevê-la.

BLOCO 6
6º Parágrafo – Metodologia: Apresenta qual a metodologia adotada pelo trabalho.
Pesquisa bibliográfica, pesquisa de campo? Depois de especificar qual tipo de pesquisa
você escolheu, lembre-se de que especificar os procedimentos.

Se for uma pesquisa de bibliografia, o que será feito? Resposta exemplo: resumo e
fichamento dos livros lidos, etc.

A mesma coisa com qualquer tipo de pesquisa, também é oportuno, neste parágrafo,
apresentar os principais autores que embasarão a pesquisa. Lembre-se que este
parágrafos pode se estender para mais de 1.

Este bloco deve ser bem explicado, por esse motivo, pode ter muitas linhas, considere
mais de 5 linhas neste bloco.

RESUMO
Resumo é a versão precisa, sintética e seletiva do texto do documento, destacando os
elementos de maior importância. Deve evidenciar os principais objetivos, métodos
empregados, resultados e conclusões, permitindo ao leitor decidir sobre a conveniência da
leitura do texto na íntegra.
ESTRUTURA DO RESUMO
A redação deve ser feita com frases curtas e objetivas, organizadas de acordo com a
estrutura do trabalho, dando destaque a cada uma das partes abordadas, assim
apresentadas: Introdução - Informar, em poucas palavras, o contexto em que o trabalho
se insere, sintetizando a problemática estudada. Objetivo - Deve ser explicitado
claramente. Métodos - Destacar os procedimentos metodológicos adotados com
informações sobre população estudada, local, análises estatísticas utilizadas, amostragem,
entre outros. Resultados - Destacar os mais relevantes para os objetivos pretendidos. Os
trabalhos de natureza quantitativa devem apresentar resultados numéricos, assim como
seu significado estatístico. Conclusões - Destacar as conclusões mais relevantes, os
estudos adicionais recomendados e os pontos positivos e negativos que poderão influir no
conhecimento.

RECOMENDAÇÕES GERAIS
o O resumo deve começar com uma frase que contenha o essencial do documento
original, evitando repetir as palavras do título.
o Deve incluir unicamente os pontos significativos, ser claro e conciso, evitando
comentários periféricos e generalidades.
o Deve ser redigido em um único parágrafo, com frases simples, coerentes, e com
continuidade (começo, meio e fim). Não deve consistir de um amontoado de
sentenças desconexas, cada uma referindo-se a um tópico.
o O resumo não deve conter citações bibliográficas, tabelas, quadros, esquemas.
o Dar preferência ao uso dos verbos na 3ª pessoa do singular. Tempo e verbo não
devem dissociar-se dentro do resumo.
o Evitar ouso de expressões como "O presente trabalho trata ...", "Nesta tese são
discutidos....", "O documento conclui que....", "aparentemente é...." etc.

CONCLUSÃO ou CONSIDERAÇÕES FINAIS


Esta é a parte final da pesquisa. Nesta seção, o autor deverá realizar uma síntese dos
elementos constantes no texto do trabalho, unindo ideias e fechando as questões
apresentadas na introdução do trabalho. Ela deverá responder se a pesquisa resolveu o
problema inicialmente proposto, se ampliou a compreensão sobre o mesmo ou se foram
descobertos outros problemas. O autor deverá esclarecer, também, se os objetivos gerais
e específicos foram alcançados, se a bibliografia correspondeu às expectativas, além de
demonstrar, também, sua posição diante do tema, após ler, analisar, comparar e sintetizar
diferentes autores. Aqui, também é possível dar sugestões e recomendações de como lidar
com o problema estudado.

Também deve-se citar autores e textos que envolvam a temática do trabalho,


identificando se tais dados confirmam ou se não estão de acordo com os dados obtidos
nos ensaios do trabalho. Procure elaborar um texto que represente a conclusão mesmo.
Vá direto ao assunto e não seja enfadonho!
RECOMENDAÇÕES GERAIS
o Certifique-se que sua conclusão está embasada pelos resultados do estudo.
o Não conclua nada que seus dados ou revisão bibliográfica não permitam concluir.
o A conclusão é geralmente uma só. Você pode ter concluído outras coisas, mas dê o
destaque à principal, geralmente o desfecho que fará a diferença para leitores.
o Certifique-se de que existe relação entre o título, o conteúdo, os objetivos e a
conclusão final do trabalho.

o _________________________
o

ESTRUTURA DO ARTIGO CIENTÍFICO


1. Título
2. Autor (es)
3. Epígrafe (facultativa)
4. Resumo e Abstract
5. Palavras-chave;
6. Conteúdo (Introdução, desenvolvimento textual e conclusão),
7. Referências.

ARTIGOS CIENTÍFICOS E SUA ESTRUTURA DETALHADA


 Título: deve conter os conceitos-chave
 Autor(es): deve vir indicado do centro para a margem direita. Caso jaha mais de um, deverão vir
em ordem alfabética. Caso tenham titulações diferentes, estar devem seguir a ordem da maior para a
menor. Demais dados sobre a titulação devem ser indicadas em nota de rodapé.
 Epígrafe: elemento opcional é um pensamento referente ao conteúdo central do artigo
 Resumo: texto breve onde o objetivo do artigo, a metodologia e os resultados alcançados devem
ser expostos
 Palavras-chave: características do tema que sirvam para indexar o artigo. Use até 6 palavras.
CORPO DO ARTIGO:
1. Introdução: tem como objetivo situar o leitor no tema pesquisado e oferecer uma visão global do
estudo. Deve esclarecer as delimitações feitas pelo autor, os objetivos e as justificativas que levaram
o autor até o objeto de estudo.
É importante apontar as questões de pesquisa para as quais o autor buscará respostas. Também deve-se
destacar a Metodologia que foi utilizada. Uma boa introdução responde às perguntas “o quê” (problema de
estudo), “para quê” (objetivos do estudo) e “como” (metodologia utilizada).
2. Desenvolvimento e Demonstração de Resultados: aqui deve ser feita uma revisão da literatura
e expor como ela foi aproveitada pelo leitor. Deve ser feito uma exposição e uma discussão das
teorias utilizadas para entender e esclarecer o problema de pesquisa. É necessário analisar as
informações publicadas sobre o tema até o momento da redação final do trabalho; isso demonstrada
teoricamente.
É importante também expor os argumentos de forma explicativa ou demonstrativa, através de proposições
desenvolvidas na pesquisa, onde o autor demonstra, assim, ter conhecimento da literatura básica, do
assunto.
3. Conclusão: ela deve fechar o trabalho respondendo às hipóteses que foram levantadas
anteriormente. Lembre-se de se ater aos objetivos enunciados na Introdução pois este momento não
deve conter dados novos sobre o trabalho.
4. Referências Bibliográficas: uma listagem de tudo que foi utilizado para a confecção do artigo.
As publicações utilizadas devem ter sido mencionadas no texto do trabalho e devem obedecer às
Normas da ABNT 6023/2000.
APRESENTAÇÃO GRÁFICA DOS ARTIGOS CIENTÍFICOS
 Fonte: deve ser Times New Roman ou Ariel, tamanho 12;
 Margens: Superior: 3,0 cm. da borda superior da folha Esquerda: 3,0 cm da borda esquerda da
folha. Direita: 2,0 cm. da borda direita da folha; Inferior: 2,0 cm. da borda inferior da folha
 Numeração: deve ser colocada no canto superior direito, a 2 cm. da borda do papel com
algarismos arábicos e tamanho da fonte menor, sendo que na primeira página não leva número, mas
é contada.
 Espaçamento: O espaçamento entre as linhas é de 1,5 cm. As notas de rodapé, o resumo, as
referências, as legendas de ilustrações, eventuais tabelas e as citações textuais de mais de três linhas
devem ser digitadas em espaço simples de entrelinhas.
 Destaques: os termos em outros idiomas devem constar em itálico, sem aspas. Exemplos: a
priori, on-line, savoir-faires, know-how, apud, et alii, idem, ibidem, op. cit.  Para dar destaque a
termos ou expressões deve ser utilizado o itálico. Evitar o uso excessivo de aspas que “poluem”
visualmente o texto;
COMO CITAR EM ARTIGO CIENTÍFICO
 Citação Direta: transcrita entre aspas quando ocuparem até três linhas impressas. Devem constar
ao final, o autor, a data e a página.
Exemplo:
 “A ciência, enquanto conteúdo de conhecimentos, só se processa como resultado da articulação do lógico
com o real, da teoria com a realidade”.(SEVERINO, 2002, p. 30).
As citações de mais de um autor serão feitas com a indicação do sobrenome dos dois autores separados
pelo símbolo &.
Exemplo:
Siqueland & Delucia (1990, p. 30) afirmam que “o método da solução dos problemas na avaliação ensino-
aprendizagem apontam para um desenvolvimento cognitivo na criança”.
Quando a citação ultrapassar três linhas, deve ser separada com um recuo de parágrafo de 4,0 cm, em
espaço simples no texto, com fonte menor:
Exemplo:
Severino (2002, p. 185) entende que:
A argumentação, ou seja, a operação com argumentos, apresentados com objetivo de comprovar uma tese,
funda-se na evidência racional e na evidência dos fatos. A evidência racional, por sua vez, justifica-se pelos
princípios da lógica. Não se podem buscar fundamentos mais primitivos. A evidência é a certeza manifesta
imposta pela força dos modos de atuação da própria razão.
Note que após uma citação direta você deve comentar o texto do autor citado de forma a nunca concluir
uma parte do texto com uma citação.
 Citação Indireta: Também chamada de “conceitual” reproduz ideias da fonte consultada mas
sem transcrever o texto, sendo dessa forma uma transcrição livre do texto do autor consultado. Essa
citação deve ser apresentada por paráfrase que, no entanto deve deixar clara que é de outra autoria
ou seja, logo no começo colocar o nome do autor e demais informações no rodapé
Exemplo:
Segundo Paulo Freire…
 Citação de citação: A citação de citação deve ser indicada pelo sobrenome do autor seguido da
expressão latina apud (junto a) e do sobrenome da obra consultada, em minúsculas,
Exemplo:
Freire apud Saviani (1998, p. 30).
Notas de Rodapé: para fazer a chamada das notas de rodapé, usam-se os algarismos arábicos, na
entrelinha superior sem parênteses, com numeração progressiva nas folhas. São digitadas em espaço
simples em tamanho 10.
-__________

INTRODUÇÃO

1- Contextualize o tema do seu trabalho acadêmico   É muito importante que você comece
a introdução do seu TCC com a contextualização do seu tema de TCC. Dessa forma, o leitor
terá um melhor entendimento a respeito do que será abordado. Falar sobre a história
dentro da qual esta temática está envolvida , qual a sua aplicação e dados estatísticos a
respeito do assunto são boas opções.   2- Faça uma descrição a respeito da delimitação do
tema   Na delimitação do seu tema de tcc você deve descrever até qual parte do contexto
abordado o seu tema se encaixa, ou seja, delimite a sua investigação científica. Se na parte
de contextualização você relatou como o seu tema se encaixa em uma esfera mundial, por
exemplo, este é o momento de especificar como é visto em uma região específica.   3-
Apresente o problema da pesquisa   O terceiro item a ser seguido para fazer a introdução
do TCC é saber que o seu problema de pesquisa deve ser uma questão clara,
individualizada, específica e original. É recomendado que você escolha um problema o
qual possa ser resolvido, mas a sua problemática de pesquisa não precisa ser
necessariamente algo ruim. O seu problema também precisa ser formulado como uma
pergunta, contudo é importante ressaltar que a resposta não deve ser apenas sim ou não,
deverá haver toda uma explicação acerca do estudo.     4- Descreva os objetivos gerais e
específicos do seu trabalho   Explique qual o objetivo geral, o que você pretende alcançar
com o seu projeto de pesquisa na introdução do seu TCC. Disserte também acerca dos
objetivos específicos relacionados ao tema escolhido. Este representa os resultados que
você deseja em cada etapa da sua pesquisa. Você pode tratar essa parte como todas as
etapas que o seu projeto precisa passar para alcançar o objetivo geral.   5- Justifique as
suas escolhas   Ao fazer um TCC é necessário que você justifique a escolha do seu
problema. Uma ótima maneira de se fazer isso é através da relevância do seu tema
perante a comunidade acadêmica e da sociedade. Então, o quinto passo de como fazer
uma introdução de tcc é justificar a sua escolha de tema e pesquisa com base no impacto
do seu projeto na área escolhida.   6- Descreva a metodologia adotada   Na sua introdução
do tcc é importante que você deixe claro para a banca e os demais leitores do seu projeto,
por qual tipo de pesquisa que você optou. Explique se foi uma pesquisa bibliográfica ou
uma pesquisa de campo, por exemplo. Também é interessante que você faça uma breve
dissertação a respeito dos resultados alcançados e dos demais métodos utilizados, como
os procedimentos realizados durante o estudo científico.   7- Descreva a estrutura dos
capítulos   Uma introdução de TCC completa também deve conter uma descrição de cada
capítulo do seu trabalho final. Logo, discorra de forma sucinta sobre o que o leitor pode
encontrar em cada etapa.

_______________________________________

RESUMO

Apresentando o Tema e o Contexto: Nesta parte deve ser explicado o contexto em que o
tema está inserido, imagine que o leitor não conhece da área então antes de explicar o
assunto específico que será abordado, você deve explicar aonde ele está inserido.
1. Delimitação do Tema: Aqui é explicado o tema dentro do contexto, qual a sua
delimitação e qual a importância de se aprofundar em determinado assunto.
2. O Problema: No fundo todo TCC ou Monografia visa responder a uma pergunta, ou
discutir um problema, chegando a algumas conclusões e considerações. Nesta
seção é explicado qual será o problema a ser respondido.
3. Objetivos e Metodologia do TCC: Explicar quais os objetivos da monografia, ou
seja quais itens serão analisados, por exemplo, identificar o motivo de
X, analisar as causas de Y, e etc. Em conjunto deve ser ser apresentado quais os
métodos utilizados para atingir esses objetivos.

Você também pode gostar