Você está na página 1de 277

fi| ^ ^ ^ t f c f S T A N A

Luiz GONZÁGA DA SILVA LEME

EngcofieirtiCiTlJ^pe^Unsfirtiw £o1yícçKnicõf<Jç Rcnsselaer'dc Trpy

Me^bn> ^ S o c f c d « d c
jMei»6ro do Inanjutó HUtorlcode S P f V l o
v *
.Caralteírd.ík- Ôrdcm jfcjj&í C/cjorio MiçiwwpeU Sanfrf Sé

T l ã d õ JPâM
Tiítílo Leitres
TITULO PIRES

Transcrevemos de Pedro Taques, sobre a origem da fa-


mília Pires em S. Paulo, o seguinte:
«Grande variedade encontramos sobre a origem dos Pires
da capitania de S. Paulo. Segundo umas memórias de pais
a filhos, foi progenitor d'esta familia Salvador Pires, que
de Portugal trouxera dous filhos: Salvador Pires e Manoel
Pires; porém, o exame e lição dos cartórios nos levaram a
descobrir a verdade sobre o assumpto, que é a seguinte:
entre os nobres povoadores da villa de S. Vicente, que a
esta ilha chegaram com o fundador d'ella o fidalgo Martim
Affonso de Sousa em princípios do anno 1531, vieram João
Pires, chamado—o Gago—natural do Porto e seu primo
Jorge Pires que era cavalleiro fidalgo (n'aquelle tempo era
este foro o melhor) cujo alvará veiu ao nosso poder para
o lermos. Este João Pires trouxe comsigo da cidade do
Porto o filho Salvador Pires, o qual se casou (não se sabe
ao certb se em Portugal ou em S. "Vicente) com Maria
Rodrigues também natural do Porto, que veiu para S. Vi-
cente com seus irmãos, f. de Garcia Rodrigues e de Izabel
a

Velho. De S. Vicente passaram a Santo André da Borda


do Campo João Pires o Gago e seu filho Salvador Pires
com sua mulher Maria Rodrigues, e ficaram n'essa povoa-
ção que foi acclamada villa em 1553 em nome do donatá-
rio da capitania Martim Affonso de Sousa, sendo o dito
João Pires o Gago o l.o juiz ordinário d'esta villa. (Cam.
de S. Paulo cad. l.o, tit. 1553 da villa de Santo André).
Maria Rodrigues era já fallecida em 1579, porque em 1580
foi passada a seu marido quitação de haver cumprido com
as disposições testamentarías da defunta sua mulher pelo
prelado administrador, sendo escrivão da câmara ecclesias-
tica e visita Francisco de Torres. Por esta quitação se vê
4

TITÍ PIRES
que a família P i r e s teve seu principio tfeste Salvador P i r e s
c a s a d o com M a r i a Rodrigues, ambos natnraes do Porto, e
» à o em outro S a l v a d o r P i r e s , t ° d e s t e , o qual foi casado
com Mecia* F e r n a n d e s . . .'<
Salvador Pires; f.° de outro e de Maria Rodrigues, foi
Que S a l v a d o r P i r e s casado com M a r i a Rodrigues veiu casado com N de Brito e 2A vez com Mecia Fer-
d a cidade do Porto para a villa de S. Vicente consta de nandes (ou Mecia-ussú no idioma brasilico que quer dizer
uma c a r t a de sesmaria que em 1573 lhe concedeu Jeronimo Mecia grande) natural de S. Paalo, f> dê Antônio Fer-
L e i t ã o , capitão-mór governador loco-teuénte. do donatário nandes e de Antonia Rodrigues, por esta, neta de Antônio
Pedro Lopes de S o u s a ; d a qual também consta que pas- Rodrigues e da india baptisada pelo padre Anchieta com
sara d a v i l l a de S . Vicente para a de Santo André no o nome de Antonia Rodrigues, a qual foi filha de Pique-
anuo de 1553. e lhe foi dada meia légua de t e r r a s na roby, maioral dé Hururay. Vide Vol. l.o á pag. 47.
Tapera que tinha sido alojamento do indio Baibebú, par-
tindo pelo campo de Piratininga direito á serra, por sef > Teve Salvador Pires grandes lavouras mantidas por nu-
dito P i r e s lavrador potentado, que dava a v u l í a d a somma merosos trabalhadores que eram indios catechisados sob
sua administração. Foi pessoa principal no governo da re-
de alqueires de trigo ao dizimo, além d a colheita de outros publica e falleceu com testamento em 1592 em S. Paulo
frnctos todos os annos». na sua fazenda de cultura, situada acima da cachoeira —
Patuahy—no rio Tietê,- com uma légua de terra em quadro.
Em seguida diz Pedro Taques que Salvador Pires teve de Foi seu testamenteiro e curador de seus f.os Bartholomeu
Maria Rodrigues dous f.os: Manoel Pires e Salvador P i r e s : Bueno de Ribeira seu genro. Teve:
o i õ, segundo Taques, foi casado com M a r i a Bicudo e o 2.°
foi casado duas vezes sendo a 2 * vez com Mecia Fernandes. Da í.a
mulher:
Entretanto, nós discordamos de Pedro Taques em relação
ao casamento de Manoel P i r e s ; existe n a câmara ecclesias- Cap. I.° Beatriz Pires
tica d e S : Paulo o processo de dispensa de impedimento Cap. 2.o Diogo Pires
d e consangüinidade, requerido por Nuno de Campos Bicudo Cap. 3.° Amador Pires
em 1692, para casar com sua parenta M a r i a P i r e s da Silva Cap. 4.° Domingos Pires.
f* de Antônio Pedroso de Barros e de M a r i a Leite de Da" 2.» mulher:
Proenga; "nesse processo flcou firmado, por depoimento de Cap. 5.° Maria Pires
testemunhas juradas, que o dito Nuno de Campos, foi f.° Cap. 6.° Catharina de Medeiros
de .Margarida Bicudo, por esta, neto do capitão Manoel
Pires, por este, bisneto de Beatriz Pires, que foi irmá (por Cap. 7.° Anua Pires
pai) de Salvador Pires de Medeiros (o casado com <a ma- Cap. 8.° Izabel Fernandes
trona Ignez Monteiro); estes últimos foram pais de Maria Cap. 9.° Salvador Pires de Medeiros
Pires de Medeiros casada com Antônio Pedroso de Barros, Gap., 10.° João Pires
por Maria Pires, avós de Antônio Pedroso de Barros.(o Cap. 11.° Custodia Fernandes
tnoço) casado com Maria Leite dfc Proença, e bisavós da Cap. 12.° Antônio Pires.
oradora Maria Pires d a Silva supra, eram portanto . ò í
oradores parentes no 4.° gráo de consangüinidade. D'aqui CAP. l.o
concluímos que o capitão Manoel Pires foi f.O de Beatriz
(cujo marido se ignora), e por eUa, neto de Salvador Beatriz Pires (irmã, por pai, de Salvador Pires de Me-
*LH*A * * mulher (cujo .nome se ignora), 'bisneto da deiros Cap. 9.o) foi casada c o m ; . . Teve q. d.:
1*5?* ^ * *
t e
de Maria Rodrigues: se existiu um Ma- 1-1 Capitão Manoel Pires que foi-casado com Maria Bicudo
boel Firea, irmão de Salvador Pires de Medeiros, na-) foi f.a de Antônio Bicudo Carneiro e de Tzabel Rodrigues.
Q tafctito cí)m Maria Bicudo. Com geraçiio em Bicudos Gap, l.o § 3.0.
6
t I T . PIRES

t/f. PIBKS 7
CAP. 2.P
Diogo P i r e s casou-se coro Izabel de Brito e foi morador Rodrigues da Costa e de Anna dos Reis. Tit.
s u a s culturas em Juquery. Falleceu em 1650 e teve Freitas. Cap. 4.o n.° 1-2, 2-4, 3-3, 4-2, 5-8.
OS 7 f.OS; 3-3 Maria Pires foi casada com João Pires Rocha.
3-4 Izabel de Brito, f em 1771 em Parnahiba, casou em
|j$ 1-1 Francisco J P i r e s de Brito § 1.° 1724 n'essa villa com Jevonímo Rodrigues da Costa
1-2 Salvador Pires § 2.° f> de João Rodrigues da Costa e de Anna dos Reis.
1-3 Manoel Pires de Brito § 3° Com geração em Freitas.
1-4 Maria de Brito § 4.° 3-5 Francisca de Brito foi casada com João Antunes Rocha.
1-5 Margarida de Brito § 5.° 3-6 Escholastica de Brito casou em 1731 em Parnahiba
1-6 Beatriz Pires § 6.° com Lüítionço de Siqueira de Castilho f." de outro de
1-7 Maria de Brito § 7..° igual nome e de Maria Paes. da Cotia. Tit. Quadros.
Teve q. d.:
§l.o 4-1 Antônio Pires de Camargo casado em 1759 em
Santo Amaro com Josepha P. da Silva, natural de
1 - 1 Francisco Pires de Brito que casou em S. Paulo com Parnahiba, f. de Martinho Rodrigues Cubas e de
ft

M a r i a Furtado f. do Domingos de tíoes t em 1662


R Maria da Silva. Teve q. d.:
em Mogy das Cruzes e de Joanna Nunes f em 1645 5-1 Anna Maria casada em 1784 em Santo Amaro
n a mesma villa. Teve q. d.: com Vicente da Silva f.° de Roque da Silva de
Carvalho e de Josepha de Moraes.
2-1 João de Brito Furtado, t com 70 annos de idade 5-2 Leonardo Pires de Camargo casado em 1788
em 1735 em Parnahiba, foi l.o casado com Maria em Santo Amaro com Catoarina Maria f. dea

de L a r a f* de Francisco Martins Bonilha e de Roque da Silva de Carvalho do n.° precedente.


Anna dê Lara, em Tit. Martins Bonilhas; 2.a vez ca- 5-3 Antônio Pires da Silva casado em 1791 em
sou em 1696 em Parnahiba com Marianna de Lima, Santo Amaro com Gertrudes de Camargo f.a
t em 1726 n*essa villa, f.a de João Machado de de Jo&o Manoel DamoBCeno e de sua 2* mu-
Lima e de Maria Leme da Silva. V. l.o pag. 50. lher Filippa de Camargo. Tit. Furtados.
Teve (C. O. 8. Paulo): 5-4 Raphael Pires de Camargo casado em 1794 em
Da 1.* mulher. Santo Amaro com Anna Maria f.a de João Dias
3-1 Francisco de Sailes de Brito Domingues e de Rita Cardoso.
3-2 Anna de Lara 5-5 Ignacia Pires da Silva casada em 1798 em
Da 2.i* mulher Santo Amaro com Salvador Domingues f.° de
3-3 Maria Pires Francisco Vaz Domingues e âe Theresa Men-
3-4 Izabel de Brito des Tit. Tenorios.
3*5 Francisca de Brito 4-2 Izabel Afaria casou em 1760 com.Manoel Pires de
Assumpção, seu primo irmão, f.° de Jeronimo Ro-
3-6 Escholastica de Brito drigues da Costa e de Izabel de Brito n,° 34. Tit.
3-7 Ignez de Brito Freitas.
4-8 Marianna de Lima
3-1 Francisco de Salies de Brito. 4-3 Ignacio Pires de Camargo casou 1.°. com Ignacia
3-2 Anna de Lara, f em 1761 em Parnahiba, ahí casou Leme da Silva, 2.* vez em 1780 na Cotia com Luzia
em 1711 com Antônio Machado f.° de Francisco Ma- Pereira Domingues f.» de Onofre Pereira da Silva
chado e de Antonia da Rocha de Oliveira. Teve q. d.: . e de Marianna Vaz Domingues. Tit. Tenorios.
4-1 Catharina da Conceição casada em 1761 em Par- 3-7 Ignez de Brito, f.» de 2-1 e 2 * mulher, casou em 1728
nahiba com Bento Rodrigues da Costa f.° de João em Parnahiba com João Rodrigues da Costa f.° de
8 TIT: PtRGS

TIT. PIRES
outro de igual nome e de Anna dos Reis. Com gera- 9
ção em Tit. Freitas.
3-8 Marianna de Lima, ultima f.» de 2-1, ioi casada com §6.»
João Vieira Machado f.° de Manoel Vieira e de Anna
Ribeiro Soares. Com geração em Macieis. 1-fi Beatriz Pires foi casada com Custodio Nunes Pinto

§ 7.o
§?:° 1-7 Maria de Brito casou em 1638 em S. Paulo com Ma-
1-2 Salvador Pires, f.° do Cap. 2.°, falleceu solteiro. noel de Araújo de-Azevedo f.° de Francisco . . . . . de
Araújo e de Maria de Azevedo. Teve, pelo inventario
de Margarida de Brito § 5.° supra, os 2 f.« que re-
§ 3.o presentaram a sua mãe:
1-3 Manoel Pires de Brito, f em 1677, casou em 1637 em^ 2 1 João Pires de Araújo morador em Guaraünguetá,
S. Paulo com Catharina Dias f * de Paschoal Dias e em 1675 estava no sertào.
de Filippa Rodrigues. V. 1.° pag. 32. Teve (C. O. S. 2-2 Izabel de Brito, já fallecida, que foi casada com
Paulo) os seguintes f.o>: Simão Lopes Fernandes, f em 1670, (estando 2. a

2-1 Domingos de Brito j á casado em 1677 c o m . . . vez casado com Luzia de Ávila de Betencourt) f.«
2-2 Manoel Pires com 30 annos em 1677 de Manoel Fernandes e de Beatriz Gonçalves. Teve
2-3 José Alvares Izabel de Brito os seguintes f.o»:
2-4 João Pires 3 1 Manoel Lopes Fernandes morador em Taubaté
3-2 Simão Lopes Fernandes
2-5 Maria de Brito (maior) 3-3 Izabel de Brito casada com Simão Nogueira
2-6 Izabel de. Brito de Pazes. Deixou f.**,
2-7 Filippa Rodrigues 3-4 Beatriz Gonçalves em 1670 era viuva de
2-8 Catharina com 18 annos e estava morando, em Taubaté.
2-9 Marianna com 13 annos em 1677. 2-3 Izabel de Araújo, t em 1669, em Taubaté, que foi
casada com Antônio de Barros Freire. (C. O S.
Paulo) e (C. O. Taubaté). Teve a f.»:
3-1 Maria.
1-4 Maria de Brito, f. do Cap. 2.°, foi casada com Antô-
ft
i CAP. 3.o
nio Bicado f.<* de Antônio Bicudo Carneiro e de Izabel
Rodrigues. Com geração em Tit. Bicudos Cap. l.° § fco Amador Pires faíleceu solteiro.

§5.o CAP. 4>


1 h Margarida de Brito, f.« do Cap. 2.°, tíasou em S. Domingos Pires foi casado com... f> de Francisco Farei
Paulo com Luiz Machado Sande f.° de Manoel Saúde e de Beatriz Camacho. Sem geração.
de Vasconcellos e de Maria d e . . . Falleceu Margarida
CSD avançada idade em 1075 sem geração, sendo seus 5.°
CAP.
herdeiros os irmãos. Foi erradamente descripta por
Pedro Taques. T i t Bicudos, como filha de Antônio Maria Pires, f.» de Salvador Pires e 2.» mulher, casou
Bicudo e de Maria de Brito 8 4.o precedente. (0. O. em íõííp em S. Paulo com Bartholomeu Kueno de Ribeira
natural'de Sevilha. Com geração no l.o V. ã pag. 418.
TIT. PIRES

TIT. PIRES
11
CAP. 6.°
Catharina de Medeiros, f em 1629, foi casada em 1590 < sua fazenda, de Emboaçava em S. Paulo. Com
geração em Siqueiras Mendonças.
(segundo escreveu Pedro Taques, que descobriu a escriptura - 3*2 José Alvares de Figueredo foi casado com Anna
de dote outorgada por Mecia Fernandes, irmã de Antônio * Maria de Lima. Teve q. d.:
Fernandes, V. 1.° pag. 47) com Domingos Fernandes; se- \ 4-1 Ignacio* Alvares de Lima, natural da ilha
gnndo o mesmo Pedro Taques, foi Catharina de Medeiros : de S. Sebastião, f em 1760 em Itú, que
casada 2.* vez com Mathias Lopes, natural de Portugal e f foi l.o casado com Potência Pires e 2.a vez
em 1651 em S. Pauto, que foi sargento-mór da leva para o . em 1716 em Itú com Francisca Cubas, f
descobrimento das minas de prata e esmeraldas, e mampos- j em 1736, f> de Pedro Gonçalves Meira e
taro-mõt dos captivos em 1608. Teve Catharina de Medei- i de Maria Simões, em Tit. Cubas; 3.* vez
ros d este 2.° marido os 4 f.a» seguintes:
1
casou com Maria de Almeida Leme f.a de
Salvador de Anhaya e de Anna de Barros.
1-1 Antônio Lopes de Medeiros § 1.° Tit. Almeidas Castanhos Cap. 2.° § 4.o,
1-2 Maria de Medeiros § 2.° 2-1, 3-6, 4-11. Teve ( C G . Itú):
1-3 Mathias Lopes § 3.o Da IA mulher a ÍA única:
1-4 Zuzarte Lopes § 4.o 5-1 Maria de Lima Bicndo que foi a l, ft

mulher de Luiz Fernandes de Abreu,


f.o de Manoel Telles Freire e de Izabel
§ 1-° de Proença Ribeiro. Sem geração.
Da 2A mulher 8 f.o»:
1-1 Antônio Lopes de Medeiros foi ouvidor da capitania 5-2 Apolinario Alvares de Lima casado em
de S. Vicente e S, Paulo em 1659, e casou em 1642 1748 em Itú com Maria de Almeida
em S. Paulo com Catharina de Unhatte f.» de Chris- - Leme f.a de Miguel de Almeida Leme
tovam da Cunha de Unhatte e de Mecia Vaz Cardoso. e de Margarida de Proença, n. p. de Joflo
T i t Cunhas Gagos. Teve- q. d.: de Almeida Ferreira e 1 . ' mulher Izabel
2-1 Izabel de Unhatte que casou com Francisco de Oli- do Prado. Tit. Godoys Cap. 6.° § 7.°.
veira Preto f.o de Ignacio Preto e de Catharina Teve q. d.:
d'Horta. Com geração em Pretos. 6 1 Gertrades de Almeida Lima casada
2-2 Catharina de Unhate de Medeiros, segundo o que em 1766 em Itú com Francisco
escreveu Pedro Taques, foi 1.° casada com Sebas- Rodrigues de Mattos, viuvo de An-
tião Alvares de Figueredo, que foi morador na ilha gela Nobre Pereira, f.° de João
de S- Sebastião; entretanto, o testamento de Fran- Gonçalves de Aguiar e de Maria
cisco Alvares da Cunha, f.o deste casal, diz ser f.° Leite de Miranda. Tit. Alvarengas.
do dito Sebastião Alvares e de Izabel de Unhatte \ 6-2 Bernarda Alvares de Lima casada
2.» vez casou com Ignacio Moreira de Godoy f.°. em 1769 em Itú com Bento Dias de
do capitão Gaspar de Godoy Moreira e de sua 1.* Crasto f.o de Antônio de Crasto Pei-
mulher Anna de Alvarenga. Tit. Godoys. Teve q, d. xoto e de Maria Dias. Tit. Quadros.
Do 1.° marido: 6-3 Maria Bicudo de Lima casada em
1775 em Itú com Manoel Gomes de
3-1 Francisco Alvares da Cunha, natural de San- Magalhães f.° de Francisco Ribeiro
tos, t on 1770. casou 1.° em 1697 em Itú com e de Antonia Leme.
Anna Luiz do Passo f.* de Antônio Machado 6-3 Manoel Alvares de Lima casado e au-
do Passo e de Izabel da Costa; 2.* vez com sente em 1760
Anna Vidal de Siqueira moradora em 1773 tsin
Trr. PIRBS

TIT. J-IttES 13
5 4 José Alvares de Lima casado e ausen-
te em 1760
Vaz, natural' de Santo Amaro, f.° de
5-5 Filippe Gonçalves Lima solteiro em 1760 $ Cláudio Bicudo de Mendonça e de Maria
5-6 Anna de Lima casou em 1737 em Itú Pedroso, de Santo Amaro, Tit. Tenorios,
com Antônio Nobre P e r e i r a f.° de J o s é ahi a geração,
Nobre Pereira e de F r a n c i s c a Homem, à 5-3 Rosa Maria de Lima casada em 1764
5-7 Rita Cubas, f cm 1815 em Porto Feliz, 2 em Mogy-mirim cora Timotheo da Silva
foi casada com Ohristovam Corrêa de í de Moraes, de Taubaté. f.° de Mathias
Crasto f.° de João de Crasto Adorno Rodrigues Sobrinho e de Rosa de Senne
e de L u z i a ' L e m e . Com geração em Fer- " Cordeiro. Tit. Dias.
nandes Povoadores. 5-4 Ângelo Alvares de Figueredo casado em
5-8 Maria de Lima casada com Pedro de 175-i em Mogymirim com VictoriaMa-
Almeida Leme f.o de M i g u e l de Al- ria f.a de Vicente Adorno e de Anna
meida Leme do n.o 5-2 retro. Com g e - . Ribeiro, n. p. de José Adorno e de
ração em Godoys Cap. 6.o § 7.o. Luzia da Assumpção, da ilha de S. Se-
5 9 Escholastica Alvares de L i m a casou bastião, n. III. de Francisco Ribeiro e
em 1752 em Itú com J o ã o Bicudo de de Catharina do Prado.
Proença f.° de J o s é Ribeiro d a C o s t a I Do 2.o marido Ignacio Moreira teve Catharina de
e de M a r i a de Proença- Com geração ,
em Bicudos Cap. 1.°. Unhatte n.:° 2-2 os 9 f.os;
Da 3.* mulher teve o n.° 4-1 a g e r a ç ã o . 3-3.Antônio Lopes, f solteiro.
seguinte: (descripta em A l m e i d a Casta- 3 4 Gaspar de Godoy Moreira casado em 1724 em
nhos). Itú com Maria de Campos, viuva do capitao-mór .
Thoiné de Lara de Almeida, f." de Francisco
Cardoso e de Maria Bicudo de Campos. V. l.o
5-10 Albano de Almeida L i m a pag. 102. .
5-11-Alteres Manoel Alves d e L i m a 3.-5 Francisco de Godoy que foi carmelita calçado
5-12 Antônio Alvares de L i m a com o nome de frei Francisco de S. José.
5 1 3 João Bapüsta 3(5 Miguel'de Godoy Moreira que casou em 1714
5-14 Joanna de Almeida com sua parenta Maria Leite de Araújo f.a de
5-15 Luzia de Almeida L i m a Antônio Ferraz de Araújo e de Maria Pires.
4 2 Alferes José Alvares de Figueredo, natu- • (Cam. Ec. S. Paulo) Com geração em Lemes.
ral da ilha de S . Sebastião casou com He- Foi morador em Piudamonhangaba, onde sua
lena Rodrigues d e Oliveira f.» d e Domingos mulher falleceu em 1748.
Gonçalves de Oliveira natural de Santos,
;
3-7 José de Godoy
e de Izabel Rodrigues de F r e i t a s , natural 3-8 Catharina de Unhatte
de Mogy das Cruzes. Teve q. d.: 3-9 Anna Moreira de Godoy foi casada com o mes-
õ-l João Alvares de Figueredo; natural de tre de. campo Antônio Pires de A vila (Com
Moeyguaaú, casou em 1765 em Mogy- geração em Pires de Ávila).
mirím com Theresa Corrêa das Neves f* 3-lOCaUMiWim de Godoy de Medeiros, f em 1733 em
do capitão José Corrêa d e S i q u e i r a ede Mogy das Cruzo?, foi casada com Jorge de Cnn-
Maria de J e s u s Fragoso, de Mogy das dia de Abreu f.o de Sebastião de Candia e de
Cruzes. TH Lemes Cap. 3.o § 8.°, 2-1,8-6. 'Catharina Pimenta. Com geração no V. l . °
5-2 Suzana Alvares de Oliveira casada em pag- 42.
1702 em Mogyrairim com J o s é Bicudo 811 Serafina Moreira ultima f.a de 2-2.
li TIT. PIRES
TIT. PIRES

2-3 Manoel Lopes de Medeiros,, natural de S. Paulo


onde servia honrosos cargos, tendo sempre as ré- 2-1 Catharina do Prado casou-se em S. Paulo com
deas do governo civil e militar; foi por 14 annos Estevão Ribeiro Martins, fallecido em 1682, (') f°
capitão da ordenança de S. Paulo, sargenío-mór de Diogo Martins da Costa e de Izabel Ribeira.
dos auxiliares do terço do mestre de campo Domin- Com geração em Alvarengas Cap. 5.° § 1.° n.» 2-6.
gos da Silva Bueno, e em 1699 tomou posse do posto 2-2 Catharina de Medeiros (talvez a mesma do n.°
de sargento-mór da comarca, e foi nomeado prove- precedente casada 2.» vezj casou-se com Antônio
dor dos defuntos e ausentes, capellas e resíduos de Godoy Moreira e Mendonça, de quem foi a 1.»
mulher, f.o de Belchior de Godoy e de Catharina de
das capitanias de S. Vicente e de N. Senhora da Mendonça. Com geração em Godoys Cap. l.° § 3.°.
Conceição de Itanhaen, e finalmente em 1700 foi 2-3 Capitão João Lopes de Medeiros foi casado com
enviado por Àrtbur de Sá e Menezes ás minas de Marianna da Luz f,« de Innocencio Fernandes e
C&tagna/.es (Minas Geraes) para atalhar as desor-. de Catharina Cortes. Tit. Pretos. Falleceu em 16S6
dens n'aquellas minas, e repartir as terras míneraes. no seu sitio no bairro chamado Atibaia, e teve,
Foi casado com Maria Cabral Rendou f> de dom peio inventario em S. Paulo (Ç. O. S. Paulo), os 6
Pedro Matheos Rendou e Luna, e de Maria Mo- f.i» seguintes:
reira Cabral. Tit. Rendons. Teve 2 f. : os

3-1 Antonia de Medeiros Cabral que foi l.o casada 3-1 Anna Maria do Prado que foi casada em 1686
com Estevão Barbosa do Rego, em Tit. Bonilhas; com o capitão José Corrêa de Lemos f.° de
2.» vez com Floriano de Toledo Piza. Com ge-. Antônio Corrêa de Lemos e de Maria de Qua-
ração em Toledos Pizas. dros, por esta, neto de Bernardo de Quadros e
3-2 Antônio João de Medeiros casou em Gnyaba de Cecilia Ribeiro. Com geração em Quadros.
com Gertrudes de Almeida Campos, natural de 3-2 Maria do Prado casou-se em 1666em Nazaretii
Sorocaba, f a do capitao-mór Thomé de Lara e com Sebastião Fernandes Corrêa, natural de
Almeida, a qual era viuva do infeliz Lourenco; S. Paulo, f» de João Vaz Cardoso e de Anna
Leme da Silva, perseguido e executado pela' Ribeiro Rodovalho. Com geração em Toledos
Pizas Cap. 3." § 5.°.
justiça publica. Tit. Taques Cap. 3." § 4 o, 2-15. . 3-3 Catharina Cortes casou-se em 1686 em ííaza-
Com geração em Ouyabá. reth com Francisco Rodrigues do Prado f.o de
2-4 Padre Antônio Lopes de Medeiros. João Pinheiro fiarregam e de Catharina do
2-5 Maria Cardoso que foi casada com Gaspar da Cunha Prado. Com geração em Tit. Prados Cap. 6.° §
de Abreu f.° de Antônio da Cunha de Abreu e de 2.o, 2-12, 3-6.
Izabel da Silva. Com geração em Furquins. • 3-4 Marianna da Luz do Prado com 8 annos em
em l&tiS, faifeciaa em 1721, foi casada com o
capitâo-mór Antônio Corrêa de Lemos irmão do
§2.» capitão José Corrêa de Lemos do n.o 3-1 supra,
1-2 Maria de Medeiros casou-se no Rio de Janeiro com Com geração em Quadros.
Goncalo da Costa Ferreira. Com geração n'essa cidade. 3-5 Mathias Lopes de Medeiros casou-se com Mecia
Vaz Cardoso, natural dos Guarulhos, f.» de João
Rodrigues Lopes e de Francisca Cardoso. Tit.
§ 3.o Rodrigues Lopes. Teve q. d.:
1-8 Sargento-mór Mathias Lopes, f.» do Cap. 6.°, foi cs- j
gado com Catharina do Prado f." de João Gago d* I
Cunha e de Catharina do Prado. Tit. Prados Cap. 5."
§ 4.°. Teve: WS*$?T e o n r , m d i
» í * t a "o falecimento 1032 com a
TIT. PIRES

4 1 Anna V a z da Cunha que casou-se com Feliz 17


Pedroso Leme, que foi morador em Naza-
reth, f.° de Paulo Pereira de Avellar e j Ribeiro e de Fiundscu de Qóâoy.
de Rosa Maria de Siqueira. Com geração 3 V. \.° pag. õü.
em Prados Cap. 6 ° § J °, 2-1, 3-6, 4-1. i 6-2 Rosa baptisada em 1767 em Naza-
4-2 Filippe da Cunha Gago casou-se com An- reth.
gela da Fonseca f.a de Lucas da Fonseca § 4-3 Francisco Lopes de Medeiros, f.° de 3-5
Ribeiro e de Maria da Rocha. Teve q. d.:*| supra, casou-se com ^Marianna da Fonseca
5-1 Mathias Lopes casado em 17(51 em N a - J irma de Angela do n.o 4-2 supra Teve q. d.
zaretli com Rosa Cardoso f.« de Sebas- ; õ-l Domingos Lopes da Cunha casado em
tiao de Moraes do Prado e de FranciscaJi 1762 em Nazareth com Rosa de Moraes
Cardoso, n. p. de André S a r a i v a e de 5 n
f. de Domingos Nanes de Moraes e de
Luzia Rodrigues, n. rir. de Francisco•;- Josepha Ribeiro, n. p. de André Saraiva
Cardoso de Camargo e de Maria Sal- de Moraes e de Maria Nunes de Si-
vago Ribeiro Foram pais d e : queira, n. m. de Francisco Cardoso de
6-1 Iunocencio Lopes da Cunha casado Camargo e de Maria Sal vago Ribeiro.
em 17S4 em Nazareth com Izaber Teve q. d.:
Maria de Oliveira .f de Salvador
a
6*1 Raymundo
Gonçalves Bicudo e do Rita do 6-2 Felizardo
Prado, n. p. de Veríssimo Gonçalves "
e de Juliana Bicudo,, Tit. Godoys 6-3 Alexandre Lopes de Moraes casado
Cap. 1.° §,4.°, 2-5, 3-3, n. m. de em 1805 na villa de S. Carlos com
Maria Ortiz Bueno f.» de Antônio
Bartholomeu de Godoy Moreira e de Preto Cardoso e de Anna Ortiz de
Catharina do Prado; por Bartholo- Camargo.
meu de Godoy,, bisneta de Jorge
Moreira Gracez e de Adriana Mo- 5-2 Francisco Lopes da Cunha casado com
reira; por Catharina do Prado, bis- Maria de Oliveira filha de Manoel de
Pontes de Oliveira e de Catharina de
neta de José Fernandes do Prado Medeiros. Tit. Pretos Cap. 5.« § 3.°,
0

e de Anastácia Soares de Moraes. . 2-1, 3-6. Teve q. ã.;


5 2 Maria Cardoso, f.vdé 4-2, casou-se em ' 6-1 Rita Theresa casada em 1784 em
1762 em Nazareth com Bento cje Sonsa Nazareth com Francisco José de
f.° de' Manoel Borges de Sousa e de Azevedo £° de José de Azevedo
Theresa Martins, n. p. de Antônio Bor- Vieira e de Maria Telles de Mene-
ges de Sousa e de; Paula Ribeiro, n. m. zes. Tit Prados Cap. 6.0 § 2.0. 2-22,
de Manoel 23 unes Paes e j de Maria 3-1, 4 4 , 54.
Soares. Foram pais de. 6-2 Anna baptisada em 1766 em Na-
6-1 Maria Cardoso da Fonseca casada zareth.
em 1785 em Nazareth com Antônio
da Cunha de Godoy f.o de Antônio 5-3 Maria Lopes casada com Victoriano
da Cunha Pimentel e de Maria Jorge Nunes de Moraes £°'de Domingos Nu-
de Godoy, n. p. de Sebastião Ma- nes de Moraes e de Josepha Cardoso.
Teve q. d.:
chado de Lima e de Maria da Rocha
Pimentel, 11. m. de José da Cunha 6-1 Maria de Moraes casada em 1778
em Nazareth com Manoel Soares de
Almeida f.o de Jeronimo Nunes Pe-
droso e de Maria Corrêa de Almeida.
2
Rffiftff5B*:' J
TIT. PIRES
TIT. PIRES

6-2 Ignacia de Moraes casada em 2778


em Nazareth. com João Rodrigues Cruzes, f.° de Innocencío Fernandes e Catharina
de Almeida irmUo de Manoel Soares Cortes.
do n.° precedente. 2-5 Capitão Zuzarte Lopes de Medeiros, que foi inven-
4 4 Antônio Lopes de Medeiros, f.« de 3 5 , ca- tanante de seu irmão u.« 2*3 retro em 1686\ (oi
sou-se com Joanna de Medeiros f.a de Ma- casado com Lucrecia Moreira. Teve q. d.:
noel de Pontes Oliveira e de Catharina de 3 1 Mana Lopes, f em 1723 em Nazareth, casada
Medeiros. Teve q. d.: com João Telles Fogaça e leva /.os baptisados
5-1 Maria da Conceição casada em 1764 em Nazareth.
em Nazareth com Francisco de Góes §4.o
Maciel f.° de Antônio de Góes Maciel*
e de Maria Pinheiro, n. p. de Antônio; 1-4 Zuzarte Lopes, fallecido em 1635 no sertão dos Patos
de Góes Maciel e de Francfeca Machav na casa do principal de Aracambí, onde fez sen (esta-
do, de S. Paulo, n. m. de Estevão Vaz., mento, foi casado com Maria de Pontes f.a de Pedro
de Lima e de Catharina do Prado. Tit? Nunes e de sua terceira mulher Catharina de Pontes,
Alvarengas Cap. 6.° § 2-6. 3-1, esta viuva de Salvador de Lima, fallecido em 1612 no
4-1, 5*3. Com. geração. sertão sob as ordens do capitão Martim Rodrigues
4-5 Domingas Cardoso casou-se com Miguel de Tenorio. e f. de Bartíiolomeu Gonçalves o de Domin-
a

Pontes de Oliveira, fallecido em 1811, t.0| gas Rodrigues. V. l.o pag. 25. Deixou Zuzarte Lopes
de Manoel de Pontes de Oliveira e de Ca- • (pôr nascer) a f.a única:
tharina de Medeiros. Com geração em Pretos: 2-1 Catharina de Medeiros qae foi casada com Diogo
4-6 Maria da Luz, f. de 3-5, casou-se com João
a .Furtado f de Leonel Furtado e de Gracia Men-
0

da Fonseca Ribeiro f.° de Lucas da Fon- ; des. Tit. Furtados. Teve q. d. 3 £ $ :


seca Ribeiro e Maria da Rocha do n.° 4-2 3*2 Joanna de Medeiros
3-2 Zuzarte Lopes
retro. Teve q. d.: 3-3 Domingos Furtado de Medeiros
31 Joanna de Medeiros, f. de Catharina de Medeiros n.°
rt

5-3 Anna Prancisca Cardoso casada era . 2-1 supra, falleceu em 1735 com testamento em Naza-
1785 em Nazareth com Pedro Bicudo reth com 80 annos de idade, e declarou ser £• de
Cardoso, viuvo do Angela de Camargo. \ Diogo Fartado e de Catharina de Medeiros. Foi ca-
5-2 Mecia Vaz Cardoso casada em 3790 sada l.o com José Lopes Fernandes, faliecido em 1725
em Nazareth com Francisco Paes da em Nazareth com 70 annos de idade; segunda vez.
Silva fallecido em 1800, viuvo de Anna quando falleceu, estava casada com José Freire Car-
Gonçalves (C. O. Atibaia) Sem geração. doso. Teve q. d.;
3-6 João Lopes Cortes, ultimo f.o de João Lopes Do h" mando
de Medeiros n.° 2-3, casou-se em 1692 em Tau-
baté com Maria Pedroso f.« do capitão João 4-1 José Lopes Fernandes (o moço) f&tieciào em 1734
Vaz da Cunha e de Anna Ribeiro Rodovalho. com testamento em Nazareth com 60 annos de
dispensados do parentesco no 4.? gráo. Teve 3 idade, e foi l.o casado em 1709 n'essa freguezia
f. que são:
w
com Maria Gonçalves do Rosário f> de Salvador
Gonçalves Murziíío. f em 1761 (C. O. S. Paulo) e de
4-1 Innocencío da Fonseca sua i « mulher Catharina de Lemos; em Tit. Siqneiras
4-2 João Lopes casado em S; Paulo com.. - Mendonças e no V. 1.» pag. 8; 2.» vez com Maria de
, 43 Sousa Borges. Falleceu a 1.» mulher Maria Gonçal-
24 (Na duvida) Isabel Lopes do Prado casada com ves em 1732 em Nazareth, e José Lopes (o moço)
Mathias Fernandes Preto, f em 1710 em Mogy das
TIT. OPIRBS

^ ^ 4 na mesma freguezía. Teve (C. O.S. Paulo)


1 7 TIT. PSRBS 21
D a l . mulher:*
a

õ-l Salvador Lopes da Cunha vez eásou-se com Anna Maria de Almeida e falle-
5-2 J o s é Lopes da Cunha ceu em 1808 na villa de S. Carlos, onde foi morador,
5-3 Francisco Lopes da Cunha e teve: (O. O. Campinas) os seguintes filhos;
5-4 Antônio Gonçalves da Cunha Da I mulher, baptisados em Nazareth;
a

5-5. M a r i a Gonçalves da Cnnha 7-1 Feltsberto Gonçalves com 40 annos em 1808


5-6 Catharina Gonçalves da Cunha casado com . .
5-7 Joanna Gonçalves da Cunha 7-2 Salvador Gonçalves, baptisado em 1766 em Na-
5-8 R i t a Gonçalves da Cunha zareth, casou-se em 1788 «'essa freguezía com
5-9 Paschoa Gonçalves, solteira Gertrudes Maria de Jesus f. de Lonrenço fio-
B

Da 2. mulher a f. única:
ft a drigues de Camargo e de Maria de Moraes da
5-10 Branca Cnnha. Tit, Rodrigues Lopes. Teve q. d.;
8-1 Anna baptisada em 1790 em Nazareth.
Salvador Lopes da Cunha, f.o de 4-1, casou-se em 1735 8-2 Manoela baptisada em 1791 em Atibaia.
em Nazareth com Escholastica Pinheiro Cardoso f. a 7 3 Manoela Pinheiro, SUta de 6*1 supra, casou-se
de José Pinheiro Cardoso e de Messía Corrêa de Oli- em 1793 na freguezía das Campinas (mais tarde
veira, V. l.o pag. 89. Teve q. d.: villa de S. Carlos) com José da Q&iwgò SoVè$
6-1 Rita Pinheiro Cardoso casada com Ignacio Agosti- filho de Francisco Pires Garcia e de Mecia
nho Preto filho de Manoel Preto Rodrigues e de Boeno de Camargo. Com geração «'este Tit.
Leonor de Siqueira de Moraes. Com geração em Cap. 10.° § 2.°.
Tit. Pretos Cap. 4.° § l.<\ 7-4 Izabel Pinheiro casou-se em 1794 na freguezía
6-2 Antônio Pinheiro Cardoso casou-se em 1771 em supra com Ignacio José de Moraes, natural de
Nazareth, f.° de Ângelo Munhoz de Pontes e
.Santo Amaro com Anna Maria filha de Antônio de Maria de Moraes. Tit. Prados. Teve, pelo
Bicudo de Brito e de Francisca Vieira dâr Silva, por inventario de Ignacio José de Moraes em 1821
esta, neta do capitào Ignacio Vieira Antunes e im na villa de S. Carlos, os 6 f°* seguintes:
Maria da Silva Ferreira. Tit. Bicudos Cap. l.o § l.°/
;
8 1 Maria Francisca casada em 1809 na villa
í José Lopes da Cunha, f.o de 4-1, casou-se l.o em 1735 de S. Garfos com Antônio Joaquim da Silva
em Nazareth com Izabel Bicudo de Siqueira filha de tf; de Antônio de Siqueira Lima e de Ger-
0

Luiz Antunes de Siqueira e de Anna Teixeira, n. p. trudes Maria,


Francisco Bicudo e de Anna Marig. da L u z ; segunda 8-2 Anna Francisca casada em 1812 na villa
vez casou-se com Izabel Corrêa da Cunha f.a de Es- supra coin Francisco José Villela que falle-
tanisláu Corrêa Marques e de Gertrudes Rodrigues da. ceu em 1831, e teve (G. O. Campinas) 3 ÍM
Cunha. José Lopes da Cunha foi inventariado em Jun- 9-1 Joaquina casada com Miguel Pedroso.
diahy em 1792 e sua l. mulher em 1774 em Alibaia.
ft 9-2 Joaquim
E teve (C. O. Jundiahy). 9-3 Antônio
Da 1.* mulher: 8-3 Albina de Moraes casada em 1818 na mesma
villa com José Gomes de Lima f.? de An-
6 1 Antônio Gonçalves Teixeira que foi l.o casado tônio de Siqueira Lima e de Gertrudes
com Esperança Pinheiro, inventariada em Atibaia Bueno de Camargo.
• em 1785. filha de Jpsé Pinheiro Cardoso e de Mes-
sia Corrêa de Oliveira, V. í . ° pag. 89 \2. vez ca*
l
a
84 Polyearpo José de Moraes com 21 annos
sou-se com Custodia Rodrigues da Cunha filha de em 1821
Lourenço Rodrigues, de Camargo e d e Maria de
1
8-5 Maiiano com 19 annos em 1821
Moraes da Cunha, em Tit. Rodrigues Lopes; terceira 8-6 Gertrudes com 11 annos em 1821,
XRT, PIRES
TIT. PIRES 23
7-5 Maria Francisca Pinheiro, f. de Antônio Gon-
ft

çalves Teixeira n.° 6-l> casoti em 1802 na mesma 4 7-3 Joaquim Ignacio de Godoy casado em 1792 em
villa com Antônio Gonçalves Barbosa f.° de I • Atibaia com Anna Franco f.a de Antônio de
ontro de igual nome e.de Anna Barbosa de Lima. Siqueira Lima. e de Maria Franco de Oliveira.
. Tit. Prados Cap. 5:° § 6.0 n.o 2-3.; Tit. Prados Cap. 4 . § 1.°, 2-2, 3 1 , 4-1, 6-6.
0

7-4 João Lopes solteiro em 1792.


7-6 José Teixeira de Oliveira casou em 1807 na 7-5 Maria Leme de Godoy casada com ....
mesma villa com Gertrudes Theodora de Al- j-6 Ignacia
meida f.a de José do Rego de Almeida e de;. 6-5 Maria Gouçalves, já f em 1774, foi casada com
Apollonia Marinha de Jesus. Bentp Corrêa Marques f.° de Joáo Corrêa Marques
7-7 Mecia Pinheiro fallecida solteira e de Maria de Miranda Silva. Teve 3 f.os :

7-8 Manoel Gonçalves 7-1 Izabel Corrêa casada com Joaquim de Oliveira
Da 2.a mulher teve Antônio'Gonçalves Teixeira a d'Horta.
f.* única; 7-2 Escholastiea Corrêa da Cunha casada com Ma-
noel Pedroso.
•7*9 Gertrudes 7-3 Ignacio fallecido solteiro.
Da 3> mulher teve 3 f.os:
Da 2.» mulher teve José Lopes da Cunha n.° 5-2 os
7-10 Antonia Maria Teixeira que casou-se em 1806 . seguintes f.o*:
em S. Carlos* com Manoel Joaquim de Godoy. 6-6 Gertrudes casada em 1796 na freguezía das Cam-
f.o de José Ribeiro de Siqueira e de Maria pinas com Antônio Alvares da Silva, de Mqgy-
t
Francisca do Rosário. mirim, f.o de Manoel Alvares de Oliveira e de
7-H Floriano Gonçalves Teixeira casado em 1810 Anna Maria de Jesus.
na villa supra com Ignacia de Siqueira f. de
a
6-7 José
Ângelo Cordeiro do Amaral e de Eseaolasfcicaí 6-8 Antônio José Gonçalves, nutural de Bragança,
Ortiz de Camargo. Tit. Garcias Velhos. casado em- 1800 na villa de S. Carlos com sua
7.12 Maria com 5 annos em 1808. parenta Caetana Maria do Prado, de Bragança, f. B

&2 Francisca Gonçalves da Cunha, f..- de 5-2 e 1 ^


a
de Francisco Pedroso de Lima e de Anna Maria
mulher, casou-se em 1764 em Nazareth com Igna- do Prado. Tit. Prados "Cap, 4 § L°, 2-2; 3-1,
o

cio de Godoy Moreira (ou Ignacio das Neves) f.° 6-9 Maria da Conceição casada em 1800 em S. Carlos
^.íe, Jorge Moreira Gracez e de Anna das Neves, , com Antônio Rodrigues de Oliveira, de Nazareth,
de Moraes, por esta, neto de'' Lourençó .Corrte.djf. f.° de Salvador Roàrlgues àe Pontes e de sua 2.a
Moraes e de Maria Freire de Godoy. Com geração mulher Gertrudes Maria. Tit. Prados Cap. 5.o §
em Godoys Cap 4.° § l.o :h 2 3, 3-3.
0
1.°, 2-8,
6-3 Rita Gonçalves da Cunha, j á fallecida era 1792, 6-10 Manoel
casou em 1701 \C. Ec. S. Paulo) com José Pinheiro 5-3 Francisco Gonçalves da Cunha, f.° de 4-1. casou em
Cardoso f.° de outro de igual nome e de Messis ; 1766 em Nazareth com Catharina Corrêa f> de Esta*
Corrêa de Oliveira, V. L° pag. 87. Com geração. nislàu Corrêa Marquês e de Gertrudes Rodrigues da
6 4 Felíx Lopes da Cunha, inventariado em 1785 ein Cunha, n. p. de Joào Corrêa Marques e de Maria de
Atibaia, casou em 1764 em Nazareth com Anna de Miranda Silva. Teve a f.a única:
Godoy Moreira f.* de José Moreira César e de 6-1 Maria
Catharina de Godoy Moreira. Tit. Garcias Velhos 5-4 Antônio Gonçalves da Cunha casou com Joanna Nunes
Tevês de Siqueira f.* de Vicente Nunes de Siqueira e de
Messia Ribeiro de Siqueira Teve q. d.:
7'1 Salvador Lopes casado com
7-2 Antônio Lopes casado com . .
TIT. PIRES

TIT. PIRKS 25
6-1 Felisberta Gonçalves casada em 1788 em Atibaia
com J o s é Carlos de Menezes, viuvo de Agueda 6-1 Maria Gonçalves da Cunha casada com Vicente do
Féliciana, f.o de Valentim Pedroso Bueno e de Prado Leme f.° de Domingos do Piado Leme e de
J o a n n a do Prado. Tit. Cunhas Gagos Cap. 4.° § Mnria de Lima. Teve Q. d.;
4.°, 2-7, 3-3. 7-1 Joaquim Gonçalves da Cunha casado em 1798
6-2 M a r i a Francisca da Cunha casada com Antônio- na freguezía de Camandocaia com Josepha Maria
J o s é Rodrigues f.° de Lourenço Rodrigues de Ca- de Almeida f.« de José Pedroso e de Custodia
margo e de Maria de Moraes da Cunha. Com géV Corrêa.
raçilo em Rodrigues Lopes. 7-2 Francisca Mana de Lima casada em 1806 na
6-3 Anna Gonçalves casada em 1770 em Atibaia com mesma freguezía com João Pedro Furtado f.o
Alexandre Machado de Carvalho, natural do Porto, de Antônio Pereira, de Itú. e de Gertrudes
6-4 Alferes José Gonçalvos da Cunha casado em 1800 Maria, de Parnahiba.
em Bragança com Escholastiea M a r i a f." de Fran- 6-2 Rita Gonçalves casada em 1765 em Nazareth com
cisco de Lima Bueno e de Rosa Domingues. Tit Miguel Rodrigues de Pontes f-° de Salvador Ro-
Prados Cap. 4.° § l.o. Teve 2 f.os; drigues de Pontes e da 2.* mulher Maria Corroa
7-1 Capitão Francisco José Gonçalves casado em 1843: Marques. Com geração em Tit. Prados Cap. 5.° §
no Amparo com Ursnlá Iria de Campos f. de a
l.o, 2-1.
Pantaleão Pedroso da Cunha e de Maria Josepha 5-7 Joanna Gonçalves da Cunha foi casada com Gaspar
de Almeida. Com geração no 1.° V. á pag. 337. Vaz da Cunha f.° de Antônio Rodrigues da Cunha e
7-2 Joaquim Gonçalves que foi casado com... Teve:-: . de Ignez Corrêa de Lemos. Tit. Rodrigues Lopes. Com
8-1 Francisca Domingues que casou 1.° com: geração.
Francisco Domingues de Oliveira f.° do 5-8 Rita Gonçalves da Cunha casou com Antônio Corrêa
alferes João Domingues de Oliveira e de Marques f.° de João Corrêa Marques e de Maria de
sua 2. mulher Francisca Emilia. do Espi-
n
Miranda Silva; falleceu em 1792 e foi inventariada
em Jundiahy, e seu marido Antônio Corrêa falleceu
rito Santo; 2. vez está. casada com
a
9 na villa de S. Carlos em 1799, estando 2.« vez casado
Machado. Com geração do 1.° marido eifc com Maria Antonia de Jesus. Teve Rita Gonçalves os
Prados Cap. 4.o § 1.6. seguintes f. »:
0

8-2 Miguel Gonçalves casou com Carolina Do-


mingues, irmã de Francisco Domingues de* 6-1 Maria Gonçalves da Cunha casada em 1772 em
Oliveira do. n.o precedente. Com geração. Nazareth com Francisco Bueno de Moraes f.° de
8-3 Davi d Gonçalves Balthazar da Costa e Moraes e.de Messia Franco de
8-4 Zefiríno Gonçalves t /Camargo. Com geração em Moraes Cap. 3.° § 1.°,
•8-5 •2-5. 3-2, 4-3, 5-2.
X> . . . . . ; 6-2 Francisco Gonçalves da Silva estava ausente em 1799.
8-7 . . . . . . 6-3 Annà Corrêa (demente) solteira.
5-5 Maria Gonçalves da Cunha, i> de 4-1, foi casada com- 6 4 Maria Gertrudes da Silva casou em 1786 na fregue-
José Nogueira Cardoso f. de outro de igual nome
u zía das Campinas (depois villa de S. Carlos) com
t de Anna de Gtíes de Siqueira. Com geração no V. Bento Machado de Lima. de Araritaguaba, f.o de
1° pag. 105. Sebastião Machado de Lima e de Rita do Prado.
5-6 Catharina Gonçalves da Cunha casou em 1734 na fre- Tit. Campos Cap. 4 § 6.°, 2-1, 3 4 . Com geração abi.
O

guezía de Nazareth com Antônio Bicudo de Siqueira 6-5 Izabel Corrêa da Cunha casou em 1781 em Naza-
£* de Luiz Antunes de Èiqneira c de Anita Teixeira. reth com Antônio Alvares de Crasto. f em 1 S 1 4
v e q. d.:
Tfc
na villa de S. Carlos, f.o de Ignacio Alvares de
TIT. PIRES

Crasto e de Antonia Cardoso. Tit. Cunhas Gagoa T. PIRES


Cap. 4.° S l.o, 2-4, 3-2, 4-1, 5 1 . Teve (C. O. Cam-
pinas) 6; tos; Mana de Oheira f> de Bento Pereira da
7-1 Maria Antonia de Oliveira que casou com. Silva e de Clara Gomes.
7-2 José Alves ausente no Sul em 1814 7-2 José Lopes de Godoy.
7-3 Filippe José de Crasto 6-3 João Lopes de Medeiros casado em 1766 na
freguesia de Jaguarv (Bragança) com Isabel de
7-4 Joaquim Antônio de Oliveira casado em 18Í.6 Siqueira Oanlofio, viuva de Pedra fiaptista, r>
na villa de S. Carlos com Tírsula Maria de de Antomo de Lima do Prado o de Francisca de
Camargo f.a de Bento Domingues Rocha e de Siqueira. Tit. Pretos Cap. 6 ° §8.°. Teve q. d.;
Anna Maria de Camargo. 7-1 Antônio de Oliveira casado em 1796 na
7-5 Pedro freguezía supra com Izabel Nogueira f.* de
7-6 Francisco Geraldo Fernandes Nogueira o de Maria
6-6 José Corrêa da Silva casou 1.° com Maria Rodri- Ribeiro. Tit. Araun.
gues de Oliveira, e 2. vez em 1798 cora Anna
a
7-2 Gertrudes Maria de Oliveira casada em
Bueno, viuva da Francisco Xavier de Camargo, í» 1805 em 'Bragança com José Domingues
de João Franco Bueno e de Josepha Bueno Car- de Oliveira f.» de José Machado de Oliveira
doso, V. l.° pag. 506. e de Francisca Franco da Silva,
5.-9 Paschoa Gonçalves era solteira. 7-8 Francisco de Oliveira Preto casado em 1796
na freguesia de Jaguary (Bragança) com
Do 2.o casamento teve o u.° 4-1 a f. única:
a
Anna Nogueira, irmã de Izabel Nogueira
5-10 Branca do n, 7-1 supra.
0

4-2 Gaspar Lopes de Medeiros, f.° de 3-1, foi casado i.° 7-4 Izabel de Oliveira casada em 1802 em
em 1694 em Nazareth com... 2.a vez com Catharina Bragança com Antônio Domingues de Oli-
Cortes Teve q. d.: veira, irmão de José Domingues do i\,9 7-2
Da 2.* mulher: supra.
5-1 José Lopes de Medeiros casado l.o com Leonor da
Cunha, natural de Mogy das Cruzes, f.a de Antônio 6-4 Pedro Lopes de Medeiros casou em 1765 em
Atibaia com Maria Cardoso f> de José Gomes
Ferreira Lobo, de Santos, e de Filippa da Cunha; Ferreira e de Francisca de Moraes Cardoso, u.
2 a vez casou em 1781 em Nazareth com Maria p. de João Gomes Ferreira, natural de Portu-
Soares de Almeida, viuva de Jeronimo Nunes Pe- gal, e de Maria da Fonseca Pinto. Tft. Macieis
droso. Teve q. d : Cap. 4.° § l.o. Teve o. d.: .
Da 1» mulher: 71 José de Siqueira Cardoso casado em 1788
6 1 Felix Lopes de Medeiros casado em 1760 em em Nazareth com Marianna de Oliveira f*
Atibaia com Ànna Ribeiro f. de Alberto Bi-
a
de Aleixo Leme de Oliveira e de Anua
beiro, natural de Parnahiba, e de Domingas Pedroso. Com geração em Lemes Cap. 3.°
Nunes Machado, por esta, neta dê João Nunes
Serrano e de Joanna Machado, de Mogy das
Cruzes. 7:2 João Pinto Cardoso, f em 1821, foi natural
da freguezía de Jaguary. e casou em 1789
6-2 Antônio Lopes de Medeiros casado em 1759 ero em Nazareth com Escholastiea de Oliveira
Atibaia com Anna Moreira de Godoy f. de a
f.a do alferes João de Oliveira Leme e de
Domingos Rodrigues de Góes e de Maria José Josepha Alvares, n. p. de Manoel de Oli-
de Jesus. Teve q. d.: veira Mattosinhos e de Bemarda de Oliveira,
7-1 Manoel Cardoso de. Godoy casado em 1788 de Mogy das Cruzes. Tit. Lemes. Teve pelo*
na freguezía de Camandocaia com Narcto* seu inventario (C. O. Atibaia) 10 f.os;
TIT PIRES
TIT. PIRES
8-1 Anua casada com Manoel da Cunha de
Macedo n. p. de Sebastião de Candia e de Maria da
8-2 José casado. Cunha. Tit. Vaz Guedes.
8-3 Maria casada com Francisco Machado. 6 4 Rosa de Sousa da Silva casada em 1770 em
8 4 Antônio com 20 annos em 1821. Atibaia com Salvador Cardoso do Prado f.o de
S-5 Ignacio Manoel Gomes Maldonado e de Escholastiea de
8-6 João Lima, n. p. de João Cardoso e de Maria Gomes.
8-7 Leonor Da 2.* mulher teve q. d.:
8-8 Delphina 6-5 Maria Rodrigues de Lima casada em 1775 em
Atibaia com Pedro Vaz Pinto t° de Antônio
8-9 Camilla Gomes Ferreira e de Escholastiea Nogueira.
8-10 Antonia Alves de Oliveira casada em ] Tit. Arzam.
1829 em Atibaia com João Corrêa Aran-; 6-6
tes f.o do capitão J o s é Corrêa Arantes. 3 João Lopes de Medeiros, f.» de 4-2. foi 1.° casado
e de Francisca Rosa, n. p. do capôáo I- com Luzia Corrêa Paes f.° de José Martins de
Domingos José Duarte Passos e de Es- • Alvarenga e de sua l.a mulher Joanna Paes Maciel
cholastíca Maria. Tit. Martins Boni-; . em Tit. Alvarengas Cap. 4,° § único, 2-8, 3-1; 2.*
lhas Cap. 2,° § 2.*\ 2 2 , 3-7. vez em 1753 em Atibaia com Margarida Pedroso
7-3 Francisca Cardoso casada em 1795 na ire-.j f d e João Jorge e de Anna da Silva. Teve q. d.:
guezia de Jaguary com José de Oliveira Da 1.* mulher;
Preto f.° de Antônio de Lima do Prado e 6-1 Miguel Dias Cortes que casou em 1768 em
de Francisca de Siqueira. Tit- Pretos, j£ Atibaia com Maria Domingues f* de Justo
-2 Francisco Lopes de Medeiros casou 1 -° com Rosa Domingues Maciel e de Maria da Cunha. Tit.
de Sousa f> de José de Sousa, natural de Portugal,: Macieis Cap. 4.° § 2.o, 2-2,3-3, 4-9. Teve qU,:
e de Anna Maciel da Gama; 2 . vez em 1753 em
a
7-1 Maria Cecília casada em 1797 em Atibaia
Atibaia com Izabel Ribeiro da Costa f. de Estevão
R com Joaquim José de Oliveira f.o de 8im-
Ribeiro de Alvarenga e de Maria Rodrigues de plicio Alvares da Cunha e de sua mulher
Lima Tit. Alvarengas Cap. 5.o § - l . ° . Teve q d. Marcella de Oliveira. Tit. Cunhas Gago»
Da 1.* mulher: Cap. 4.o § 1.°.
7-2 Manoel baptisado em 1764 em Atibaia
6-1 Manoel de Sousa que em 1779 requeren dís 7-3 Joanna » 1767 > > •/
pensa de impedimento de affinidade (Cam. Ec. 6-2 Clara Lopes casada • em 1763 era Atíbaia com
de S. Paulo) para casar com Anna M a r i a Bueno, j Florentino Gomes 1° de Antônio Gomes Ferreira
viuva de Domingos de Rodrigues Leme, f.a de B&l- e de Escholastiea Nogueira. Tit. Arzam. Teve
thazar da Costa e Moraes e de Messia Franco
de Camargo. Tít. Moraes Cap. 3.o á l.o. 2-6, '
82;AA 5-2, 6-3. 7-1 Joanna Maria, natural de Atibaia, casada
S
em 1787 na freguezía de Jaguary com Ma-
6-2 Escholastiea de Medeiros, casou em 1763 eu» noel Preto de Oliveira L° de Sebastião
Atibaia com Antônio de Siqueira L ° de Fran- Preto e de Maria Magdalena. Tit. Pretos.;
cisco de Siqueira e de Maria Gonçalves, n. p 7-2 Bento Gomes casado em 1788 em Atibaia
de Francisco de Siqueira e de Magdalena Ri com Manoela Vaz f.* de Domingos Vaz" de-
beiro, n. m. de Salvador Gonçalves. Com gerarão- Lima e de Marianna do Prado de Siqueira,
6 3 Maria de Sonsa casou em 1765 em Atibaia com I n. p. de Manoel Vaz de Lima e de Luzia
Vicente Ferreira de Candia f.° de Salvador de I Pedroso, ri. m. de João Pinto Guedes e de--
Cftndía Bodngnés e de Joanna Leite Ferreira |
TIT PIRRS
Sebasüana do Prado. Tit. Alvarengas Cap.
Cap. 5,° § I A 2-6, 3 1 , 4 4 . 5-2. Teve q / ®
8-1 Antonia Pinto casada em 1817 em Ati- Fernandes Tenorio e de Izabel Paes da Siíva, n.
p. de Domingos Fernandes Tenorio. Tit. Tenorios.
baia com Ignacio de Sonsa Arruda f.° Teve q. d. :
de José de Sousa A r r u d a e de Dorothéa 6 1 Anna Lopes casada em 1760 em Nazareth com
de Góes Maciel, por esta, neto de An- Domingos Ribeiro do Prado f.° de Antônio
tônio de Góes Maciel e de Maria Pi- Machado Leme e de Antonia da Fonseca Ri-
nheiro. Tit. Alvarengas Cap. 5 . ° § 1.°. beiro. Teve q. d.:
8-2 Jacintha Vaz de Lima casada em 1823 7-1 João Lopes da Silva casado em 1809 na fre-
em Atibaia com Florentino José da guesia de Camandocaia com Manoela Cardoso,
. Cruz f.° de Antônio da Cruz e de Joa- natural de Bragança f. de Luciano José de
a

quina-Maria. Araújo e de Anna Cardoso, de Bragança,


8-3 Gertrudes Vaz de Lima casada em n. m.de Bento Pereira e de Clara Gomes.
1824 em Atibaia com Mariauo Antônio 6-2 José Lopes da Silva casado em 1761 em Na-
Corrêa f.° de Francisco J o s é de Oli- zareth com Anna Maria Pinheiro f> de Ignacio
veira e de Ignacia Maria, n p . d e Domin- da Silva e de Sebastiaua Nunes de Siqueira.
gos Pereira do Castilho e de Francisca Tit. Prados Cap. 6.° § 2 A 2-12, 3-1, 4-4.
de Medeiros, u. m. de Francisco Nunes 6-3 Maria Lopes casada em 1761 em Nazareth com
de Moraes e de Catharina Corrêa. E t Ignacio da Fonseca Ribeiro f.° de Antônio
Prados Cap. (>.° § l.o, 2-1, 3-6 Machado Leme do n.° 6-1 supra.
6-4 Marianna Lopes de Siqueira foi casada com
3-4 Senhorínha Vaz de Lima casada em José Nunes Pinheiro f.o de Matheus Pinheiro
1824 em Atibaia com Fortunato Tava- do Prado e de Izabel Nunes de Siqueira. Com
res f.° de Antônio T a v a r e s da Fonseca"; geração em Piados supra,
e de Magdalena Maria. U-5 Peàro Lopes casou em 1773 em Nazareth com
8-5 Jacintho Gomes Pinto casado em 1839 Anna Cardoso f > de José Machado e de Maria
em Atibaia com M a r i a Joaquina dè' Cardoso.
Oliveira f> de José Pereira de Oliveira 6-6 João Lopes da Silva casou em 1771 em Naza-
e de Gertrudes Maria de Lima. m reth com Escholastiea Maria da Silva f> de
Bicudos Cap. l.o § l.o. José de Azevedo Vieira e de Maria Telles de
8 6 José baptisado em 1 7 9 1 em Atibaia Menezes. Tit. Prados Cap. 6.o § 2.o supra.
8-7 João • > > 1793 • '> Teve q. d.:
8-8 Manoela > > 1797 » 33 7-1 José Vieira da Silva casado em 1808 na
7-3 Francisco Gomes Ferreira, f.° de 6-2, casou freguezía de Camandocaia com Joanna Ma-
com Rícarda de Oliveira. Com geração em ria, natural de Bragança, f. de José Lopes
a

Preto». de Godoy e de Custodia Maria, de Atibaia,


7-4 Jo*é, baptiaado em 1 7 0 4 em Atibaia n. p. de Antônio Lopes de Medeiros e de
7-5 Anna » • 1772 » »^ Anna Morara de Godoy (esta de Mogy das
7$ Joio * * 1774 > » Cruzes e seu marido de Atibaia) u- m de
7-7 Izabel Pinto casada com Joaé Lopes de João Gomes da Silva e de Maria da Cunha,
Lima. Com geração, de Atibaia.
5 4 Sebastião Lopes de Medeiros, í.° de Gaspar Lopes 7-2 Gertrudes Maria, natural de Santa Anna
4-2 e 2." mulher, casou ein 1 7 2 7 em Xnzaresb de Sapucahy. casou em 1800 em Camando-,
caia com Custodio Fernandes f.° de Antônio
com j&ncJiofasiica Fernandes Tenorio f* de Pedro
TIT. PIRES
TIT. PIRES 33
Fernandes, natural da villa de Monção,
Braga, e de Rita Cardoso, de Mogy das.
Crases. 6-4 Martinho Bicudo que foi casado com Maria
Ribeiro, e teve q. d.:
7-3 Anna Jacintha de Azeredo casada em 1795 7-1 Francisco Bicudo de Siqueira casado em
em Camandocaia com Francisco Fernandes, • 1768 em Atibaia cora Josepha Pinheiro
natural da freguezía de Jaguary, f.° de Cardoso f." de Gabriel Fernandes e de Iza-
Antônio Fernandes do ».° 7-2 precedente, bel da Cunha, por esta, neta de Paulo da
o-! Escholastiea Lopes de Siqueira foi casada com: Cunha e de Andreza Pinheiro.
José Cardoso i." de Sebastião de Moraes do 5-6 Anna Maria da Luz, f.« de Gaspar Lopes n.° 4-2,
Prado e de Francisca Cardoso. Teve q. d.: foi casada com Antônio de Lima do Prado f.o de
7-1 Anna Cardoso casada em 1772 em Nazareth ontro de igual nome e de Maria Antunes. Tit.
com João Rodrigues Fróes, de Atibaia, f.o Prados Cap. 4.° § l.o. 2-2, 3-1, 4-3. Sem geração.
de Antônio Rodrigues Fróes e de Catharina 5-7 Anua baptisada em 1706 em Nazareth.
Bueno da Luz. Tit. Boniihas. Com geração. | 4-3 Rosa de Medeiros, f." de Joanna de Medeiros n.° 3-1,
9-9 Domingos Lopes de Medeiros, f.o de 4-2, foi ca- foi casada com Antônio Forão de Pontes f.° de ontro
sado com Luzia Pedroso de Moraes ffl de Gaspar de igual nome e de Anna de Oliveira. Com geração
João Barreto e de Francisca de Moraes. Tit. Frei- em Pretos Cap. 5." § 3 A
tas. Tere q. d.: 4-4 Catharina de Medeiros que foi casada com Manoel de
Pontes Oliveira f.° de Antônio Forao de Pontes e de
6-1 João Manoel de Siqueira, saturai de Atibaia;)* Anna de Oliveira. Cora geração em Pretos Cap. 5.° §
casado em 17Tõ na freguezía de Jaguary com,! 3.o, 2 1 , 3 6 .
Maria de Jesus f.* de Antônio José Pereira è 4-5 Salvador Lopes de Medeiros, f.° de 3-1, foi casado com
de Catharina de Freitas, por esta, neta de J r a Josepha Corrêa dc Oliveira f.a de Francisco Corrêa
nsario Dias de Figueiredo e de Joanna de Lima ' de Oliveira e de Luzia de Orens Palha. Tit. Macieis
do Prado. Tit. Prados Cap. 4.» § 1.«, 2-2,3-4, 4-5. Cap. 4.o § 1.° n.° 2-1, 3 1 . Falleceu Salyador Lopes
6-2 Pedro Lopes de Moraes casou com Marta Car-1 em 1756 no bairro da Cachoeira, Nazareth, e teve (O.
doso de Almeida f> de Antônio de Sousa de O. S. Paulo) os 9 f.os;
Almeida e de Agueda Cardoso. Teve q. d.: \ 5-1 Maria Lopes, já f em 1774, casou em 1733 em
7-1 Bapbael Lopes de Moraes casado em 1791 Nazareth com Bento da Cunha Maciel f." de Joio
na freguezia de Jaguary com Josepha Cor- da Cunha Maciel e de Maria de Sousa. Com 3 f.os
rêa Bueno f.' de Antônio Corrêa de Moraes em Cunhas Gagos Cap. 4.o § l.o n.o 2-4, 3-2, 4-1.
e de Anna de Lima do Prado. Tit. Moraes. 5-2 Felix Corrêa de Oliveira, f em 1800, que casou em
7-2 Francisca Cardoso casada em 1795 na mesma 1764 em Atibaia com Joanna Bueno de Camargo,
freguezia com José- de Oliveira Preto f." viuva de Manoel da Costa Vieira, f.* de Pedro de
de Antônio de Lima de Siqueira e de Fran- Camargo Pimentel e de Leonor da Rocha. Com ge-
cisca de Siqueira Cardoso. ração no l.o V. á pag. 329.
7-3 Maria Cardoso casada em 1796 na mesas "'. 5-3 Francisco Lopes Corrêa que foi morador na fre-
freguezia com Manoel Joaquim de Montas -' guezia de Camandocaia (hoje cidade de Jaguary,
Sul de Minas), casou em 1766 em Atibaia com
de Bento de Siqueira Cardoso e de Ma- Maria Francisca Leal í * de Francisco Ribeiro Leal
ria do Prado de Moraes. e de Catharina Franco de Almeida. Com geração
74 Aaiw baptissoa em 1782 em Atibaia. no l.o V á pag. 442.
W (iupu Lopta. dê 6-5, cama em 1762 em 5 4 Escholastiea Corrêa de. Oliveira, f em 1794 em
Atibck «om Riu í'«* f.« de Antônio Paes da* Atibaia, ahi casou a l.n vez com Antônio Franco
seres, de Santo Amaro, e de Joanna do Prado- |
TIT. PIRES

de Brito, f era 1754, f.o de Manoel Franco de Brito


TIT. PI B B S 35
e de Maria da Rocha do Canto, em Tit. Pretos; 2.»
vez casou Escholastiea Corrêa com Jeronimo da Cintra f.° do f barão de Ja-
Rocha de Camargo. Sem geração d'este, porém, teve guara, Antônio de Ulhôa Cintra
do l.o: (C. O. Atibaia). e 1.» mulher.
10-2 Sebastiana.
6-1 Ângelo Franco Corrêa casado com Josepha 9-7 João Baptista de Vasconcellos Ta-
Rodrigues da Cunha f* de Lowenço Rodrigues vares casado em Itapira com Helena
de Camargo e de Anna Maria de Moraes. Tit. Pereira, irmã de José Pereira da
' Rodrigues Lopes. Teve: Silva, supra. Com geração,
7-1 Angela solteira em 1804. 8-2 Padre Benedicto Tavares
7-2 Maria Gertrudes do Carmo que foi 1.° ca- 8-3 Manoel Baptista Tavares, já f, casou
sada coro o capitão Manoel Barbosa de em 1840 em Bragança com Maria Leo-
Lima f.° do capitão Antônio Barbosa de poldina f." de Luiz Alvares da Cruz e
Lima e de Apollonia Maria do Filiar é de Maria Joaquina da Piedade. Teve:
Vasconcellos, em Tit. Siqueiras Mendonças; 9-1 José Baptista Tavares residente era
2.» vez em 1810 em Atibaia com o ajudante Bragança casado com sua prima...
Antônio Teixeira Bastos, natural de Portu- Com geração.
gal. Com geração do 1.° marido: são ascen- 9-2 Maria Salonié ou Carolina Tavares
dentes dos Barbosas da Cunha, de Atibaia. que foi casada l.o com Cândido
7-3 Anna Rodrigues da Conceição casou em Rocha e 2." vez com o capitflo Por-
1604 em Atibaia com João Baptista Tava- firio Franco Bueno de Aguiar. Com
res, natural de Portugal, e teve q. d.: geração de ambos.
9-3 Hyppolito Oassiano Tavares
8-1 João Baptista Tavares, f em Bragança, 94 Augusto Baptista Tavares.
onde casou com Leonor Nardy de Vas- 8 4 Albino Tavares, f.° do n.» 7-3 retro.
concellos (irmã do major Salvador Nardy 74 Josepha Maria f," de 6-1, casou em 1811
de Vasconcellos, também f em Bragança) em Atibaia com o alferes José Antônio
f. do capitão José Marcellino de Vas-
os
Pedroso f. de Jeronimo de Godoy Moreira
4

concellos e de Francisca Leoniza. Tit. e de sua 1." mulher Maria Joaquina Pedroso.
Alvarengas Teve: Tit. Godoys Cap. 1.» §8.°, 2-3, 3-1, 4-1.
9-1 Salvador Nardy, f em Itapira 7-5 Gertrudes Maria do Patrocínio casada em
9-2 Fabricia, f em Itapira 1819 em Atibaia com José Rodrigues Bueno,
9-3 Carolina casada com José Pereira viuvo de Anna Joaquina de Oliveira, f.o
de Bartholomeu Bueno de Azevedo e de
da Silva, viuvo d e . . . Anna Rodrigues Fortes, sua 1.' mulher.
9-4 Flora, t solteira 1.° V. á pag. 395. Teve q. d.:
9-5 Francisca casada com... 8-1 José Rodrigues Bueno casado em 1850
9-6 Francisco Octaviano de Vasconcel- em Atibaia cora Maria Salomé da Rocha
los Tavares, fazendeiro no municí- f." de Lourenço Franco da Rocha Bneno
pio de Itapira, casado com Anna e de Maria Magdalena Rodrigues. Tit
Godoys.
Izabel Pereira, irmã de José Pereira
da Silva do n.° 3-9. Tem 2 f.»a;
10-1 Maria de TJlhôa Cintra casada 8-2 Maria das Dores casada com Antônio
com o dr. Adalberto de Ülhôa José Caetano f.o de José Caetano Vil-
Ias Boas, natural de Portugal. Foram
36 TO. PIBBS
TIT. PIRES 37
moradores em Santo Antônio da Ca-
choeira Teve: f> de Francisco Pires Garcia e de Messia
9-1 José Caetano VíIIas Boas Bueno de Camargo. Teve (O O. Campinas):
9-2 João Baptista Franco, tenente coro- Da 1.» mulher:
nel, casado com sua sobrinha f> de 7-1 Ignacio Franco de Brito casado em 1807
Luiz Antônio Gonçalves e de 9-7 na villa de S. Carlos com Rita Pedroso
abaixo. f* do alferes Francisco Xavier da Rocha
e de Gertrudes Furquim. Com geração em
9-3 Joaquim Antônio Baptista casado Furquins.
com...
94 Anna Leopoldina Franco foi casada 7-2 Antônio Franco casado e morador em Mogy-
mirim
com Cândido Mathias. 7-3 Maria Joaquina casada com Cláudio Do-
9-5 Gertrudes Theodora Franco foi ca- mingues dos Santos. Teve (C. O. Campinas):
sada com José Joaquim Gonçalves 8-1 Hygina Maria dos Santos.
de Oliveira f.° do professor Joaquim 8-2 José Ignacio.
Gonçalves de Oliveira V. l.o pag. 529. 7-4 Salvador f solteiro.
9-6 Maria da Conceição casada com Da 2." mulher:
Joaquim José da Silveira Campos 7-5 Custodio José Bueno casado em 1812 na
(o Juca Felizardo). villa de S. Carlos com Gertrudes Maria
9-7 que foi casada com Luiz An- Pedroso f.» de Joio Pedroso do Prado e
tônio Gonçalves V. 1.° pag. 528. de Maria Rodrigues.
7-6 Maria Magdalena Rodrigues, f.a de Ângelo 7-6 Joanna Bueno de Camargo casada em 1808
Franco n.° 61, casou em 1814 cm Atibaia na mesma villa com João de Brito Leme,
com o capitão Lourenço Franco da Rocha viuvo de Maria Pedroso.
Bueno f.° de Jeronimo de Godoy Moreira 7-7 Anna Joaquina da Luz casada em 1812 na
e de Maria Joaquina Pedroso. Com gera- mesma villa com José de Almeida Pires,
ção em Godoys. viuvo de Izabel Monteiro.
7-7 José 7-8 Ignacia Bueno de Camargo casada em 1804
na mesma villa com Francisco da Silva
7-8 Manoel José Rodrigues, ultimo f.o de 6-1, Leme, t em 1831 em' S. Carlos, natural de
casou em 1820 em Atibaia com Maria Po- S. João de El-Rei, f.° de José da Silva
lycarpa Franco f. do capitão-mór José de
&
Leme e de Maria Ferreira. Teve: (C. O.
Siqueira Franco e de Francisca Margarida Campinas).
Pedroso. Teve q. d.;
8-1 Delpbina Franco casada em 1843 em 8-1 José Joaquim de Lima casado em 1826
Bragança com Joaquim Pessanha Falcão na mesma villa de S. Carlos com Anna
Barbosa t> de Joaquim de Camargo
f.o de João Pessanha Falcão e de Anna Neves e de Gertrudes Barbosa. Em
Maria Franco. Com geração no Cap. 1831 estava ausente em lugar ignorado.
7.o § 3." d'este Tit. 8-2 Vicente da Silva de Camargo casado
6-2 João Franco de Brito, f.o de 54, casou 1.° em em 1825 em S. Carlos com Gertrudes
1771 em Atibaia com Francisca Leite Cardoso Baldnina f.a de Bento Ortiz do Amaral
f.a de Antônio Leite Cardoso e de Maria Leme e de Theresa Francisca; foi morador
da Silva, em Tit. Bicudos; 2> vez em 1785 na em Jundiahy.
mesma villa com Joanna Bueno de Camargo 8-3 João, solteiro em 1831
8 4 Antônio TIT. PIRES 39
- 8-5 francisca
8-6 Balthazar Moraes f.o do capitão Roque de Sousa
8-7 Anna de Moraes. Tit Freitas Cap. 6." S3.o,
... .8-8 Maria 2-3, 3-1. 4-2, 5 1 .
8-9 Pedro 8-2 Rosa Bueno casada em 1820 em Bra-
8-10Benedicto gança com Ignacio de Sousa de Oliveira
7-9 Antônio Mariano de Camargo casado em f.° de Braz Estevês Ramalho e de Ger-
1818 na villa de S. Carlos com Maria trudes Cardoso de Oliveira. Tit. Freitas
Joaquina f.° de Aleixo Antônio de Godoy supra.
e de Luzia da Fonseca Pinto. 8 3 Manoela Emilia da Conceição casada
7-10 Yicencia solteira em 1817 , em 1824 em Bragança com Luiz de
6-3 Maria Franco, f.« de Escholastiea Corrêa e 1.° Sousa Pinto, irmão de Ignacio de Sousa
marido Antônio Franco de Brito, era j á falle- de Oliveira do n.° precedente.
cida em 1794, e casou-se em 1769 em Atibaia 8 4 Christina Maria do Sacramento casada
com Antônio de Siqueira Lima f.° de Antônio em 1820 em Bragança com José Pe-
Pedroso de Alvarenga e de Anna de Lima do droso Leme de Moraes f.° de José Pe-
Prado. Com geração em Prados Cap. 4.° § 1.°, droso de Moraes e de Anua Leme da
2-2, 3-1, 4-1, 5-6. Silva. Tit. Moraes Cap. 1." § 2.°, 2-5,
6 4 Izabel (demente). 3-12, 4-9. Com geração.
8-5 Francisco
Do 2.o mando, Jeronimo da Bocha, teve Escholas- 8-6 José
tiea Corrêa n.° 5 4 os seguintes f.os: 8-7 José do Espirito Santo
8-8 Emerenciana Emilia casada em 1837 em
6-5 Lonrenço da Rocha casado c o m . . . Bragança com José Camíllo Ramalho
6-6 Bento de Oliveira Cardoso casado c o m . . . f.o de Camillo José Ramalho e de Maria
6-7 José com 30 annos (demente). Leme da Silva Tit. Moraes supra.
5 5 Marcello Corrêa de Oliveira (morador em Jnndiahy) 8-9 Gertrudes
foi casado com Escholastiea... S-lOBdaarda
5 6 Bento Lopes Corrêa, já fallecido em 1774, foi ca- 8-11 Jacintha
sado em 1745 em Atibaia com Rita Bueno de Ca- 8-12 Anna.
margo f.a de Pedro de Amores de Camargo e de 5-7 Branca Corrêa de Oliveira, já f em 1774, casoo-se
Izabel Bueno de Moraes. Tit. Siqueiras Mendonças com Diogo Gonçalves César f.° de Francisco César
Cap. 7.o § l.o. Teve: Moreira e de Izabel João Maciel. Com geração em
6-1 Izabel Bueno, cora 20 annos em 1774. Garcias Velhos.
6-2 Rosa Bneno de Oliveira casada em 1774 em 5-8 Maria Magdalena Corrêa, já f, foi casada com o
Atibaia com Lourenço Rodrigues de Siqueira capitão Antônio Alvares Cardoso f.° do capitão do
L° de Gonçalo Rodrigues e de Rosa Vieira mesmo nome e de Anna de Ribeira Bueno, 1.° V.
Sardinha. Teve q- d.: pag. 462; abi a geração.
7-1 Francisca Emilia de Cássia Bueno que ca- 5-9 Ignacio Corrêa de Oliveira, fallecido em 1774, e
sou com o ajudante Thoodoro Rodrigues inventariado em Atibaia. Sem geração. Foram her-
Tavares, f em 1824 em Bragança, e teve deiros os seus irmãos supra.
12 f.oi: Anna Maria Lopes de Medeiros casada em 1707 em
8-1 Theodora Emilia casada em 1620 em «azarctli com Estevão Bicudo Preto. Teve pelo inven-
Bragança com Zacharias Franco de tario do f.o Pantaleão Bicudo n.° 5-1!
131. PIRKS

M Pantaleuo Bicudo Preto f em 1755 (O. O. 8. Pau ,


foi l.° casado com Anna de Lemos f .* de Manoel I casar-se com Helena Rodrigues f.» de Sebastião Gil, o
de Lemos do Prado e de Leonor J o r g e de Godoy moço, neta de Sebastião Gil, o velho, era irmão deste ultimo;
em T i t Siqueiras Mendonças Cap. 1.° § l.o, 2-2, J pelo que o parentesco foi classificado no 3.° grão de direito
3-1; 2.» vez com Angela de Godoy f > de J o ã o de Godoy canonico. E' verdade que entre a dita Anua Pires e Helena
Moreira e de Antonia Furtado. Tit. Rodrigues Lo- Rodrigues havia parentesco de consangüinidade uo3.o gráo
pes Cap. l.° n.o M , 2-2. Esta Angela de Goãoy t por outra linha; pois que Helena Dias, mãe de Anna Pires, era
viuva de Pantaleão Bicudo, casou 2.° vez em 1762 f.» de Francisco Dias e de Custodia Gonçalves, e n. p. do
em Nazareth com Antônio de Godoy Moreira 1° de leigo jesuita Pedro Dias e de Antonia Gomes da Silva,
Barthoiomeu de Godoy Moreira. Tit. Godoys Cap. como se vê no § l.o seguinte; e Feliciana Dias, avó paterna
4.o§l.o, 2-3,3*5,4-1. Falleceu Pantale&o Bicudo sem de Helena Rodrigues, era irmã de Francisco Dias, e f.a
geração e foram herdeiros seus irmãos que seguem: também do mesmo leigo J e s u i t a Pedro Dias e de Antonia
5-2 Catharina Bicudo que casou-se em 1737 com João Gomes como se vê em Tit. Dias. Entretanto nfto foi este
da Cunha Maciel f> de ontro de igual nome e de 0 parentesco allegado como impedimento e sim o 1.° men-
Maria de Sousa Carneiro. Tit. Cunhas Qagos Cap. cionado. Esta relação de parentesco entre Francisco de
§ l.o 24, 3-2, 4-1.
t Siqueira, o velho, e Sebastião Gil, o velho, justifica o ap-
5-3 José Bicudo Preto casou-se com Antonia Pinheiro pellido de Siqueira tomado pelos descendentes (Teste ultimo.
Cardoso f.» de Francisco Pinheiro e de Joanna da Anna Pires teve de Francisco de Siqueira 5 f.ot:
Cunha de Siqueira, com geração no l.o V . pag. 91. l - l Francisco Pires de Siqueira § J-°
54 Manoel Bicudo Preto. 1-2 Antônio de Siqueira § 2.°
1-3 Mecia de Siqueira § 3.°
5-5 Juliana Bicudo casada com Veríssimo Gonçalves 1-4 Maria de Siqueira §4.°
de Godoy f.o de Salvador Gonçalves Murzillo e 2,» 1-5 Anna Maria de Siqueira § 5.°
mulher Domingas Moreira. Tit. Godoys Cap. l.° §
4.o. Com geração.
3-2 Zuzarte Lopes, baptisado em 1650 em S . Paulo. § l-o
3-3 Domingos Furtado de Medeiros, fallecido em 1725 em 1 -1 Francisco Pires de Siqueira, foi cidadão de S. Paulo
S. Paulo, casado com Maria Affonso de Arzam f.* de e oecupou os cargos da republica. Falíeceu em 167!
Manoel Rodrigues de Arzam e de M a r i a Affonso de com testamento, e casou-se em 1640 em S. Paulo com
Azevedo. Com geração em Tit. Arzam Cap. 2.° § S.°. Helena Dias f> de Francisco Dias e de Custodia Gon-
çalves, n. p. do leigo jesuita Pedro Dias (que foi des-
CAP. 7.° ligado dos votos por Santo Ignacio de Loyola para
casar-se a 1.& vez com Maria da Grã, 2 * f.» do caci-
Anna Pires de Medeiros, fallecida em 1668 com testa- que Tebiriçá) e de sua 2.» mulher Antonia Gomes da
mento em S. Paulo, (diz Taques) foi 1.° casada com Antô- Silva, J> de Pedro Gomes e de Maria Affonso, V. l.°
nio Bicudo f.° de Vicente Bicado e de Anna Luiz, em Tit pag. 9, n. m. de Gonçalves Penedo e de Helena
Bicudos; segunda vez casou-se em 1629 com Francisco Gonçalves. Tit. Dias Cap. 4.° § 7.°. Teve 3 f.°*:
de Siqueira, natural da villa de Caminha. 2-1 Francisco Dias de Siqueira (o Apuçá. ou surdo)
Este Francisco de Siqueira, segundo se v ê de uns autos capitão-mór. A' seu respeito escreveu Pedro Taques:
de dispensa de parentesco de affinidade requeridos por •Este paulista penetrou com sua tropa o sertão
Manoel Garcia, viuvo de Anna Pires n.° 8-3 adeante, para em 1692 até a cidade do Maranhão, e nas aldêas
dos índios catholicos d'aquelle Estado fez varias
ClI Ha conforto em Pedro Taques quanto a esta 1.° casamento, poi* extorsões, cujos impulsos se nfto atreveu a castigar
a. mnU com Antônio Bicudo foi a toMnba denta do mesmo nos* o governador e (Velles deu conta ao rei D. Pedro II»
1» de fialrador Pira» • da Ignez Monteiro. Cap. 9.*.
T I T . PIRES
WT. PIRKS 43
Segundo o mesmo Pedro Taques, o capitâo-mór
Francisco Dias illudiu ao governador Antônio de 2-2 Anna Maria de Siqueira, f.a do § 1.°, foi casada
Albuquerque Coelho de Carvalho, insinuando que com Manoel da Silva de Vasconcellos.
levava ordens do seu governador para fazer a 2-3 Anna Pires foi a 1." mulher de Manoel Garcia
communicãção com esse sertão; pelo que recebeu Velho, que 2 * vez casou em 1673 em Taubaté com
do governador Antônio de Albuquerque mantimen- Helena Rodrigues, parenta de sua 1.* mulher, e 3."
tos e munições. Chegados estes fados ao conheci- vez com Maria Fragoso f.» do capitão Sebastião
mento do rei ordenou elle que fosse infligido se- de Freitas. Foi Manoel Garcia Velho f.o de outro
vero castigo ao dito capitâo-mór afim de servir deI de igual nome e de Maria Moniz da Costa (Cam.
exemplo aos que pretendessem commetter eguaes Ec. de S. Paulo) Tit Garcias Velhos Cap. 9." §
insultos. O capitão- mór Francisco Dias de Siqueira 1.°, 2-7, 3-5.
foi casado com Joanna Corrêa, natural de Santos,
fallecida com testamento em 1714 em S. Paulo, § 2.o
(irmã de Antonia Comia mulher de Francisco Cor- 1-2 Antônio de Siqueira, f.o do Cap. 7.°, casou em 1630
rêa de Figueiredo (o Pinxa) natural da Bahia, irma em S. Paulo com Maria Affonso f.a de Paschoal Dias
de Catharina Corrêa de Faria que casou na ilha e de Filippa Rodrigues. V. l.o pag. 31. Falleceu em
de S. Sebastião, da qual descendeu o concgo Antô- 1648 em S. Paulo e teve 8 f.os:
nio Nunes de Siqueira, f em 1758 em S. Paulo) 2-1 Anna Pires que casou com Salvador Francisco de
f> de Simão Rodrigues Henriques, f em 1656 em Oliveira Lobo f.° de Manoel Francisco Pinto, na-
S. Paulo, e de Joanna Corrêa, natural da Bahia, tural de Guimarães, e de Jalianna de Oliveira. Com
onde casou e veiu para S. Paulo, e aqui falleceu com geração em Tit. Oliveiras Cap. 5 . ° § l.o, 2-2, 3-4.
testamento e declarou ser f. de Gaspar Soares e
B
2-2 Mana de Siqueira
de Ignez de Azevedo, natural da Bahia. 2-3 João Pires Affonso
2 4 Francisco
O capitâo-mór Francisco Dias falleceu na Bahia 2-5 Antônio de Siqueira Affonso, t solteiro em 1675
para onde se recolheu depois da guerra e conquista 2-6 Sebastião de Siqueira foi o 1.° marido de Maria
dos bárbaros gentios do Rio Grande e Sicará, de Ribeiro Antunes f." de Estevão Ribeiro Bayam
que foi capitão João Amaro Maciel, e mestre de governador da guerra do sertão da Bahia, e de
campo governador o tenente-general Mathias Car- Maria Antunes. Tit. Macieis. Teve o f.° nnico:
doso de Almeida em Tit. Prados Cap. 6 § 3°> o 3-1 Estevão Ribeiro Bayam
2-3. e deixou n'essa cidade um grande cabedal que 2-7 Filippa
se apurou pelo juiso dos ausentes, e se remetteu » 2-8 Salvador
Lisboa ao tribunal da mesa de consciência e ordens. §3.»
Teve f." única natural de S. Paulo:
3-1 Joanna Corrêa que foi casada com Garcia Ro- 1-3 Mecia de Siqueira, f em 1648 em S. Paulo, foi casada
drigues Paes Betim, f era 1719 em Pitanguy, com Pedro Vidal, natural de S. Paulo, f.° de Alonso
f.° de João Paes Rodrigues e de Anna Mari* Peres Calhamares, natural de Castella, e de Maria
Rodrigues Garcia, por esta, neto de Garcia Affonso. V. 1.° pag. 12. Teve (C. O. S. Paulo) 8 f.o»:
Rodrigues Velho e de Maria Betimk (')• Com 2-1 Mana Vidal
geração em Tit. Tenorios Cap. 3.o § 5 . 0 . 2-2 Joanna de Siqueira
2-3 Maria de Siqueira
(') Betimk, escreveu Pedro Taqnes; nós escrevemos Betting, ((»' 2-4 Alonso Peres Vidal de Siqueira
lavra que está boje corrompida em Betim) pois assim vimos eecript* 2-5 João Vidal
em autos antigos s aesignatura de Geraldo Betting progonitor d'esl» 2-6 Pedro Vidal
44 TIT. PI11ES m P1RBB 46
2-7 Francisco do Siqueira casou em ISlõ em Camandocaia com
2-8 Manoel de Siqueira Bernardo José Borges, de Atibaia,
2-1 Maria Vidal, f em 1687 em S. Paulo com testamento, f.o de Manoel Borges de Almeida
foi l.o casada em 1638 em S. Paulo com Francisco e da Theresa Francisca. Teve q. d.:
Baldaya f.° de Miguel Sobrinho e de Maria da Veiga; 6-1 Maria Gabriella de Almeida ca-
2. vez casou com Pedro Casado Vilias Boas f.° tk
tt sada em 1831 em Camandocaia
Jofto Fernandes Casado e de Catharina Gonçalves com Antônio Ferreira Goyos f.o
Vidas Boas. Teve: do sargento-mór José Ferreira
Do 1.° marido: Goyos e de Theresa Maria de
Almeida.
3-1 Salvador Baldaya f solteiro 7 2 José
3-2 Margarida
3-3 Francisco Baldaya que foi casado com Izabel Ta 6*2 Francisco de Araújo Chaves occunou o
vares da Silva. Teve q. d.: cargo de juiz de orphàos em Atibaia,
4-1 Maria Baldaya, f em 1756 em Atibaia, foi 1. e casou em 1766 em S. Paulo com
casada com Francisco de Araújo Chaves, j em Cyprlana Maria Rodrigues f em 1792
1725 em Atibaia, (C O. S. Paulo) f° de Do em Atibaia. Falleceu Francisco de Araújo
mingos de Araújo Chaves; 2.» vez casou com em Atibaia e teve ( 0 . 0 . Atibaia) 9 f.os:
Bartholomeu Corrêa Bueno, f em 1753, f-°dfi 7-1 Gertrudes de Araújo casada em
Francisco Corrêa de Lemos e de Joanna Baptista 1788 em Atibaia com Antônio de
Bueno. Sem geraçAo d'este 2.° marido, porém Araújo Prado, viuvo de Maria
teve do 1.° os 4 i'. seguintes:
os
Bueno, f.° de José de Araújo Prado,
5 1 Marina de Chaves que foi casada com Ba! de Parnahiba, e de sua 2, mulher
&

Éhazar de Lemos e Moraes, f em 1752 em Izabel de Siqueira de Almeida. Tit.


Atibaia. (C. O. S. Paulo) Sem geração. Prados Cap. 4.° § l.o, 2-1.
5-2 João de Araújo Chaves (demente) f solteiro 7-2 Ursula com 23 annos (demente).
em 1759 em Atibaia. 7-3 Leoiior de Araújo casada com Ma-
5 3 Ignacio de Araújo Chaves, f em 1788 ea noel Antônio.
Atibaia, onde foi casado com Theresa Bi 7 4 Victorino
beiro de Macedo, f em 1783 na mesma villa. 7-5 Joaquim
Teve (C 0. Atibaia) os 7 f. :
oa 7-6 Marcellino
6-1 Antônio de Araújo Cardoso que casou 7-7 Aleixo
l.a vez em 1792 em Atibaia com Maria 7-8 Modesto
Gabriella f.* de Caetano Furquim de 7-9 Christina
Campos e de sua 1.» mulher Izabel So- 6-3 Escholastiea Maria Cardoso era solteira
brinha de Almeida, em Tit. Furquinsj
2* vez casou em 1801 na mesma viB* com 33 annos.
com Anna Gordiana Franco f.a to 6-4 Maria Pires Cardoso estava casada com...
Ignacio Alvares do Amaral e de Mari* 6-5 Rita Pires Cardoso casou em 1796 em
Franco da Cunha. V. i.° pag. 460 a ti Atibaia com José Antônio da Silva,
mulher, o pag. 465 a 2.*. Teve (C. O- viuvo de Ursula Maria da Conceição, f.°
Atibaia); de Henrique Delgado e de Maria Leme,
Da 1.& mulher 2 f.os: de Mogy das Cruzes, Teve geraçfto.
6-6 Anna Pires Cardoso com 23 annos sol-
7*1 Anna Gabriella de Almeida qtf* teira em 1788.
TXT. PIRKS

TIT. PIRKS
Rosa Mana Pires casou em 1 7 7 3 ENI 47
Atibaia com Salvador d a Silva ^ I
f o de Francisco da Fonseca de Araui! Silveira Cardoso; n/este Tit
e de Maria Bueno. Falleceu Salvado? I Cap. 10.° § 2.°.
da Süva em 1819 em Atibaia, teve e
8-5 Bento da Silva casado em 1834
(C. O. Atibaia) 7 f. : os em Atibaia com Joanna de Oli-
7-1 Ignacio Xavier Bueno casado com veira f." de José Joaquim de
Oliveira e de Anna de Oliveira.
Rosa Rodrigues f. - de. Marcelli
a
no
1H. Pretos Cap. 5 o § 30
da Gama e de Catharina Ribeiro,
Com geração.
7 4
ÍJKS d a S i l v a
casado em
B u e n o

1809 em Aübaia com Escholastiea


7-2 Manoel da S i l v a Bueno casado em Luiza f> de Pedro Baeno de Mo-
1797 era Atibaia com Esmeria Car. r w s e de Maria Leite de Araújo,
doso de Oliveira f.a de João Cardoso l i t . Cunhas Gagos Cap. 4.° § 4.0,
de Oliveira e de A n n a de Sousa 2-7, 3-3, 4-1, 5-2. Com geração.
de Moraes. Tit. F r e i t a s Cap. 6.0 § 7-5 Joaquim da Silva Bueno, viuvo de
3.o, 2-3, 3-1, 4-3. T e v e q. d.: Manoela de Jesus, deixou geração.
8 1 Maria Violante de Oliveira ca- 7-6 Anna Rosa da Silva casou em 1797
sada em 1814 em Atibaia com em Atibaia com Anastácio Alves
João Antônio Nogueira, natural de Moraes f.° de João Cardoso de
de Bragança. Oliveira e de Anna de Sousa do
n.o 7-2 supra. Com geração. Tit.
7-3 Lourenço da S i l v a Bueno casou em Freitas Cap. 6.° S 3.°.
1805 em Atibaia com M a r i a Anto- 7-7 Maria Gabriella da Silva casou em
nia f. de Francisco Pereira Pacheco
ft
1806 em Atibaia com Marcellino de
e de Anna Rosa. Y . 1.° pag. 397. Godoy Bueno f.° de Manoel Cardoso
Teve q. d.: de Oliveira e de Antonia de Godoy
Bueno. Tit Pretos Cap. 5.° § 3.o.
8-1 Escholastiea M a r i a casada em Teve q. d.:
1829 em Atibaia com Joaquim 8-1 Maria de Godoy Bueno casada
de Godoy Bueno f.o de Vicente em 1831 no Befem (hoje Itatiba)
de Godoy e de M a r i a Gertrudes com Joaquim Bueno da Silva,
de Oliveira. Tit. Pretos Cap - 5
viuvo de Anna de Sonsa.
§ 3 . 0 . 2-1, 3-5. 4-1, 5-2, 6-8. 5 4 Maria de Araújo Chaves, i> de 4-1. casou
8-2 Maria das Dores casada em em 1749 em Atibaia com Ignacio Pedroso
1835 era Atibaia com seu P* de Moraes f.° de Gaspar João Barreto e
rente José da S i l v a Bueno 1 de Francisca de Moraes. Com geração em
7-5 adeante. ffl
Tit. Freitas Cap. 6,0 § 3 °.
3-4 Anna Maria de Siqueira, f.a de 2-1, foi casada com
8
José Pereira Bueno casado em
3
João de Siqueira Ferrão, natural de Portugal, e
1835 em Atibaia com W a n
foram moradores na Conceição dos Guarnlhos em
Francisca t> de Adriano ^ suas culturas com muitos índios de sua administra-
. fernandes e de Anna F r a n c » ^
R ção. Falleceu João de Siqueira Ferrão era 1725 e
8*4 Manoel da Silva Bueno casa* teve (C. O. S. Paulo) os õ f.os seguintes:
em 1824 em Atibaia com tf* 4-1 Capitão Ignacio de Siqueira Ferrão
Izabel Cardoso f .* de Vra^Z
ttodngues Leme e de I z a bel
48
TIT. PIRES

TIT. PIRES 49
4-2 Maria de Siqueira
4-3 Luiza de Siqueira Sobrinha Alvares Cardoso e de Maria de Qodov. V. l.o oair.
4-4 Joanna de Siqueira 491. Teve q. d.:
4-5 Maria de Siqueira. 8-1 Ignacio baptisado em 1789 em Atibaia
4 4 Capitão Ignacio de Siqueira Ferrão, f em 1748 e se- H-2 Antônio Alves Barbosa casado em 1811 em
pultado na matriz de Atibaia, foi 1.° casado cora Oao Atibaia com Maria Francisca f.a de Antônio
tharina Pereira, viuva de José Peres Calhamares, f.» Bueno de Camargo e de Luciana Maria.
de Jo&o Pereira de Avellar e de Maria Leme do Prado 8-3 Joaquim Antônio de Siqueira que casou em
emTít. Prados Cap. 6.° § 1-°, 2-4, 3 5 ; 2.» vez casou 1811 em Atibaia com Maria Jacintha Cardoso
com Catharina Franco do Prado, viuva do coronel An- f- de Antônio de Almeida de Oliveira e de
a

tônio da Bocha Pimentel. f.« do capitão Lourenço Franco Joanna Ortiz de Camargo. Teve geração no V.
l.o pag. 328..
Viegas e de Izabel da Costa Santa Maria. T i t Lemes
Cap. 1.° § 9 . ° . Teve (C. O. S. Paulo). Segunda vez casou Jeronima Maria n.° 7-1 em 1815
Da 1 > mulher: em Atibaia com Jorge de tal f.o de Bento Pires
do Prado e de Izabel de Siqueira.
7-2 Aleixo, f.° de 6 1 supra, era solteiro em 1800.
7-3 Alferes João Barbosa de Siqueira casou em 1808 *
6-3 Maria, já t no anno do inventario . em Atibaia com Ignacia Maria f.a de Manoel de
Da 2> o f.° único: J Camargo Pimentel e de Maria Franco de Sonsa.
5-4 Lucas de Siqueira Franco, o 1.° capitão-mór de V. 1.° pag. 357. Teve q. d.:
Atibaia, baptisado em 1710 n'essa villa, casou com 8-1 Maria Jacintha que casou em 1832 em Atibaia
Izabel da Silveira e Camargo f> do capit&o Fran-. com Francisco José de Camargo 1 ° de José
cisco de Camaigo Pimentel e de Izabel da Silveira Ferreira da Silva e de Antonia Francisca da
Cardoso. V. l.o pag. 345. Teve os 13 f.°* seguintes: : Cunha. V. l.o pag. 352.
8-2 José Barbosa de Camargo casou em 1851 em
6-1 Ignacio de Siqueira Pimentel Atibaia com Benedicta Leite do Espirito Santo
6-2 João de Siqueira Pimentel f. de Francisco José Leite e de Antonia Ce-
a

6-3 Antônio de Siqueira Franco rina do Carmo.


6 4 Francisco da Silveira Franco 7-4 Maria, baptisada em 1779 em Atibaia
6-5 Lucas da Silveira Franco 7 5 Izabel Francisca cason em 1809 em Atibaia com
6-6 Joaquim de Siqueira Franco
6-7 Anna Franco Cardoso Francisco de Godoy. Com geração.
6*8 José de Siqueira Franco 7-6 Antonia de Siqueira Franco. f. de 6-1. casou em
tt

6-9 Escholastiea Franco 18(3 em Atibaia com Antônio de Siqueira Franco f.o
6-10 Maria Gertrudes Franco de Antônio Bueno Franco e de Maria da Silveira, n.
6-llMessia de Siqueira p. de Domingos Bueno Franco e de Escholastiea
6*12 Gertrudes Franco Ortiz V. 1 o pag. 444; ahi a geração.
6-13 Antonia Franco. 7-7 Gertrudes Franco cason em 1813 em Atibaia com
Manoel João de Siqueira.
6-1 Ignacio de Siqueira Pimentel, f.o do capitâo-mór Lucas 7-8 José Barbosa de Siqueira, f.o de 6-1 supra, casou
n.° 5-4, casou com Maria Barbosa Pires f.a de Joso a l . vez em 1815 em Atibaia com Anna Fran-
a

Barbosa Pires e de Meaaia de Siqueira. Tit. Bonübas cisca Soares f.a de Francisco Soares de Lima e de
Teve q. d. pelos casamentos em Atibaia: Gertrudes Maria da Luz, n. p. de Victor Soares e
T-l Jeronfma Maria que casou a l , vez em 1788 em
1 de Joanna de Godoy, em Tit. Pretos Cap. 6.o § 3.°,
Atibaia com Manoel Alves Cardoso f.° de Ignacto u. m. de Antônio Cardoso da Silva e de Angela
50 TIT. PIRES

TIT. PIRES
Maria de Camargo; 2 * vez casou em 1840 em 51
Atibaia cora Anna Gabriella de Campos f *
Ignacio Caetano da Silveira e de Delpbina da Sil- também os Francos de Andrade, de Campinas e os
veira Campos, n.° 7-12 de 6-4 adeante. Francos Barbosas de Sorocaba,, como se vê em Tit
6-2 Jofto de Siqueira Pimentel, baptisado em 1742 em Cubas e Tit. Pedrosos Barros. Falleceu o capitão-mór
Francisco da Silveira Franco em 1801 em Atibaia com
Atibaia, e r a solteiro em 1775. 58 annos de idade e sua mulher Maria Cardoso em 182Õ
6-3 Antônio de Siqueira Franco, filho do 1.° capitão-mór na mesma villa. Teve:
Lucas de Siqueira Franco n.° 5-5. foi baptisado em 7-1 José
Atibaia em 1746. e casou-se em 1782 na mesma villa 7-2 Alferes Lourençõ Franco da Rocha
com M a r i a Esmeria da Assumpção filha d e Manoel de 7-3 Maria Francisca Cardoso
Mattos Bueno e de sua mulher M a r i a de Godoy Bueno. 7 4 Capitão-mór Lucas de Siqueira Franco
V . l.° pag. 421. Teve q. dl: 7-5 Anna Francisca Cardoso
7-1 Justina Rosa da Silveira que casou 1.° em 1810 7-6 Alferes Antônio da Silveira Cardoso
em Bragança cora João Pires de Godoy, f em 1818, 7-7 Theodoro José da Silveira
f.° de Pedro Vaz Pires e de A n n a Joaquina it 7-8 Francisco da Silveira Franco
Godoy, com 2 f.oa em Tit. Macieis Cap, 4.° § 2.°, 7-9 João Baptista da Silveira
7-10 Jacintha Antonia da Silveira
2-5, 3-3, 4-6, 5-3; 2 . vez casou J u s t i n a Rosa com
a
7-11 Ajudante Felisberto José da Silveira
Bento Ortiz de Godoy, f em 1827 em Bragança 7-12 Ajudante (mais tarde capitão) Ignacio
Sem geração d'este 2.° marido. * Caetano da Silveira
7-2 Ignacio, f.° de 6-3, falleceu em 1799 com 14 aunos! 7-1 José falleceu com 2 annos de idade.
de idade. 7-2 Alferes Lourençõ Franco da Rocha, mais tarde capitão,
7-3 Maria, baptisada em 1795 em Atibaia. foi baptisado em 1769 em Atibaia e ahi casou-se em
7-4 Anna » > 1798 > . » 1789 com Rita de Cássia de Moraes, irmã do alferes
6-4 Francisco da Silveira Franco, segundo capitao-mór da Jacíntho. de Atibaia, filhos âo capitão Francisco Lou-
villa de S. João de Atibaia casou-se na villa de rençõ Cintra, natural de Estombar, do Algarve, reino
Santa Anna de Parnahiba em 1766 com Maria Car- de Portugal, e de Helena de Moraes, natnral de Pi-
doso de Oliveira filha de Lourençõ Franco da Rocha, tanguy, Minas Geraes. Teve 17 filhos que são:
natural de Atibaia e morador na villa de Parnahiba. 8-1 Antônio Luiz da Rocha, baptisado em 1790 que
e de Francisca Margarida Pedroso; neta paterna do casou-se em 1817 em Atibaia com sua prima Maria
Angélica Bueno, filha de Antônio Pereira de Moraes
capitão Bartholomeu da Rocha Pimentel e de Drsolt e de Gertrudes Antonia Bueno, n. p. de Sebastião
Franco de Oliveira, V. 1.° pag. 517, n. m. de Gaspar Cubas Pereira e de Helena Leite de Moraes, n. m.
Vaz da Cunha e de Maria Pedroso. Tit. Cunhas Gagos- de Bartholomeu Bueno e de Narciza Bueno. Tit.
O capiiAo-mor Francisco da Silveira era parente de Moraes. Teve q, d :
sua mulher Maria Cardoso no 4.° gráo de ' consangoi- 9 1 Rita Bueno casada com JoAo Bueno.
mdade, pois que eram bisnetos de dons irmãos, a saber: 9-2 Lourençõ.
o capitào-mór Francisco da Silveira bisneto do capitão
Lourençõ Franco Viegas, e Maria Cardoso bisneta de 9-8 casada com André Bueno (morou em
J ° J ° Franco Viegas. De Lonrenço Franco da Rocto Brotas).
e de Francisca Margarida Pedroso supra descende» 9 4 Anna casada com Lourençõ de tal.
8-2 Leonor f.a do n.° 7-2 falleceu em menoridade.
(•) Pre«U*u Juramento «m U de JULHO «le 1788 CM 8. Paulo o* 8-3 Anna Theresa da Conceição, baptisada em 1793
Mn^u? Kovernmdor, capiUo-CENCRAL da capitania Francisco <U Cua* em Atibaia, ahi casou-se com João José da Silveira,
52 •JS^^^ "3i;
i r TIT. PIRKS ^^Bjf^-^^B^^B
sen parente, f.o do alferes Francisco A l v e s Car- TIT. PIRKS
53
doso e de Anna Franco Cardoso, com geração no
V, 1.° pag. 490. 10-2 Joaquim de Araújo Cintra casado com
8 4 Francisco falleceu em menoridade. Etelvina de Almeida Cintra.
8-5 Maria Lourença dc Moraes, baptisada em 1796; 10-3 Antônio de Araújo Cintra casado com Cân-
casou-se em 1824 em Atibaia com o alferes Joa- dida f. de Francisco Antônio Leite (de
a

Araras).
quim Franco de Camargo, viuvo de M a r i a Rosa de \
Oliveira» f.° do capitão Ignacio Franco de Camargo 104 Maria Cintra da Silveira casada com Fran-
e de sua l.« mulher Gertrudes P i r e s de Godoy . cisco Antônio de Paula-
10-5 Anna Cintra da Silveira casada com Fran-
Teve grande geração descripta em Tit. L e m e s Cap,I cisco da Silveira Franco f.° de Francisco
1.° § 9 a tfeste V. 2.o. Franco (de Pirassuuuuga).
8-6 Helena Franco da Silveira, baptisada em 1791 em 10-6 Francisca da Silveira Cintra casada com
Atibaia, casou-se em 1820 nessa v i l l a com o pro- Christiano Silva.
fessor Ignacio Ubaldino de Abreu. E teve q. d.: 9-3 Pedro da Silveira Franco, f.° de João da Sil-
9*1 Martinho Franco de Abreu casado com sua. veira Franco n.° 8-9, casou-se com Maria da
prima Maria Rita f. do n.° 8-15 adeante.
a Silveira filha de Elias da Silveira Leite. Teve:
9-2 Francisco Amancio de Abreu 10-1 Balbina casada com Antônio Garcia Si-
9-3 Maria casada c o m . . . mões.
9 4 Juliana casada com Miguel F r a n c o s e u parente. 10-2 Maria casada com o coronel Sebastião...
9-5 Beatriz casada com . . (com geração). 10-3 Antônio casado com... f.° dc José Simões
8-7 José Lourençõ da Silveira, f.o do alferes Loureuço 104 João I .
Franco da Rocha n.° 7-2, foi baptisado em 1799 10-5 í solteiros
em Atibaia, e casou-se com Mathiide Franco f>do 9 4 Luiz da Silveira Franco casado com Sabinada
alferes Joaquim Franco de Camargo e de sua 1* Silveira f.a de Francisco Antônio da Silveira.
mulher Maria Rosa de Oliveira. T e v e f.° único: Teve:
9-1 Cândido 10-1 Sabina solteira
8-8 Francisco, falleceu em menoridade 10-2 Rosalia casada com Sebastião (em Araras)
8-9 João da Silveira Franco, baptisado em 1801, ca- 10-3 solteira.
sou-se em 1824 em Atibaia com M a r i a Theresa 9-5 Barbara casou-se com Manoel Bueno do Ama-
Cardoso filha de José Bueno do Amaral e de Brigida ral. E teve:
Maria Cardoso. V. I • pag. 465 f ) . E teve 7 f.o*: 10-1 Jacintho (fallecido)
9-i Lourençõ Francisco da Silveira, morador em 102 Anna (fallecida)
Araras. 10-3 Virginia casada com... (natural de Itália)
9-2 Tenente-coronel Jacintho José de Araújo Cin- 1 0 4 João casado com.
tra, fazendeiro com cultura de café no municí- 9-6 Rita casou-se com Cândido Ayres e teve:
pio de B. Carlos do Pinhal, casou com Maria 10-1 Anna (fallecida)
Angélica da Silveira Cintra f> de Antônio José 10-2 Antônio (fallecido)
de Almeida o de Anna da Silveira Leite. Teo 10-3 . . casada cora João Hennqne
moradores em H. Carlos do Pinhal, 0 t>»: 9-7 Maria casou-se com Francisco Xavier de Lima
101 José de Araújo Cintra canado com Ana» e teve 3 f.os:
;M Mattos Almeida Cintra. 10-1 José casado e morador na Limeira
10-2 João casado.
J0-3 Pedro casado
TIT. PIRES
TIT. PIRES 55
8-10 Gertrudes Francisca Cardoso, f.a do alferes Loa.
reoço Franco n.o 7-2, baptisada era 1803 em Ati- 9-4 Anna casada com Floriano...
baia, ahi casou-se em 1820 com J o ã o Franco de 9-5 Cabina da Silveira casada com seu primo Luiz
Camargo, irmão do alferes Joaquim Franco don.° da Silveira Franco ii.o 9-4 de 8-9 retro.
8-5 supra, filhos do capitão Ignacio Franco de 9*6 João Gonçalo da Silveira
Camargo e l . mulher Gertrudes P i r e s de Godoy.
a • 9 7 Manoel Antônio da Silveira (no Rio de Janeiro)
Tit. Lemes Cap. l.° § 9.o, n'este V . 2.°. Teve 8*15 Lourençõ Frauco da Silveira, f.° do alferes Lourençò
Franco n.° 7 2, casou-se com R i t a . . . (com geração).
duas filhas: 8-16 Jacintho Francisco da Silveira casou-se com Anna
91 Mathilde que foi casada cora seu parente José . Clara (com geração).
da Silveira Franco f.o do alferes Joaquim 8 17 Antônio falleceu em menoridade.
Prauco de Camargo e de sua 2.a- mulher Maria 7-3 Maria Francisca Cardoso, filha do capitàomôr Fran-
Lourença n.° 8*5 supra. cisco da Silveira Franco n.° 6 4 , casou-se em 1785 em
9-2 Atibaia com o alferes Jacintho Ferraz de Araújo Cin-
8-llDelphina Franco de Moraes, f em Í847 ua Limeira, tra, natural da Conceição dos Guarulhos, irmão de Rita
filha de 7-2, foi baptisada em 1804 em Atibaia e de Cássia do n.<» 7-2 e de Ignacio de Loyola mencio-
ahi casou-se em 1819 com seu parente Ignacio 4$ nado no n.o 8-11 de 7-2 retro, filhos do capitão Fran-
Loyola Cintra f.o de outro do i g u a l nome (irmã* cisco Lourençõ Cintra, natural do Algarve, e de Helena
de Rita de Cássia e do alferes Jacintho menciona- de Moraes, de Pitanguy, n. rn. de Antônio Ferraz de
dos no n.° 7-2 supria) e de Anna F r a n c i s c a Cardoso. Araújo e de Leonor de Siqueira de Moraes. Com grande
Com geração em Tit. Lemes Cap. 5.° § 5.°, 2-8, geração em Tit Lemes Cap. 5.° § 5.°, 2-8, 3-2, 4-5,
5 5 , (5-1. Weste V 2.°.
neste V. 2.°; ahi a geração. 7 -4 Lucas de Siqueira Franco, f.° do capitão-mór n.° 6 4,
8-12 Rita Maria da Silveira, f.a de 7-2, casou-se m foi o ultimo capitão-mór de Atibaia. baptisado em 1773,
em U>22 em Atibaia com Joaquim Pires de Ca- e ahi casou-se em 1794 com Anna Gabriella de Campos
margo f o de João Pires Pimentel o de Maria e Vasconcellos filha do guarda-mór Fructuoso Furquim
Antonia, com geração descriptano V . 1.° pag. 401, de Campos e de sua 1.» mulher Apollouia Maria do
e 2,a vez com Theodoro de Andrade de Toledo, e Pilar e Vasconcellos, neta paterna de Estauisláu Fur-
teve deste 3 f.os. quim Pedroso (natural de Parnahiba) e de Anna de
9-1 Christiano Franco de Andrade casado. Com Campos. Tit. Furquins. Falleceu o capitão-mór Lucas
3 toi
;
em .1866 em Atibaia com 93 annos de idade, deixando
9-2 Mariano fallecido sem geração já, em sua vida cerca de 400 descendentes. Teve 11
V>-3 Marianna fallecida sem geração. filhos dos quaes 3 falleceram em tenra idade e os 8
8-13Maria do Carmo casou-se com Antônio da Silveira sobreviventes foram:
Franco filho do capitão Orispiin da Silva Franco
e de sua 3.» mulher Gertrudes Franco. Tit. Lemes 8-1 Tenente Fructuoso José de Campos, baptisado em.
Cap. L° § 9.o n'este V. 2.° e são pais de: 1795 em Atibaia,. ahi casou-se em 1824 com Anna
9-1 Cândido da Silveira Franco casado com sua Luiza Caetana de Mello f.a do alferes Manoel
prima Benedicta Franco f. de 8-11 supra.
a Caetano de Mello e de Anna Francisca Cardoso,
8-14 Francisco Antônio da Silveira, f.° do alferes Lou- n.° 7-5 adeante. Teve:
rençõ Franco n.° 7-2, casou-se com Maria Julto 9-1 Cândida de Mello casada em 1843 em Atibaia
(vai na duvida este nome). E teve 7 f.os; com José Corrêa da Silva f.° de João Corrêa
9-1 Lourençõ fallecido em Pirassununga da Silva e de. Gertrudes Luiza de Moraes, qne
foram moradores em Araraquara. Com geração
9-2 casada com João LopeH em Tit. Godoys Cap. 2.° § lO.o.
9-3 Rita casada com Fulauo Nogueira
$ 3 liaria de Campos casada em 1843 com Manoel
Caetano da Cunha, já f, f.° do tenente Fran- 9-1 Maria Rosa de Campos casou a I.* vez em 1827
em Atibaia com o sargentomòr Antônio João
cisco da Cnnha Ramos e de Maria Metildes de
Carlos Barbosa f;° do sargentomòr Nicoláu Soa-
Mello. Tit. Cunhas Gagos. Com geração extincta. res de Fugas Duque, natural de Portugal, e de
§-3 Lucas Furquim vive em Campo Largo de Aft Maria Archangela Barbosa, por esta* neto do
baia. casado com Maria Gertrudes da Silveira, capitão Antônio Barbosa de Lima e de Apollo-
sua prima, filha do capitão Ignacio Caetano da nia Maria do Pilar e Vasconcellos; 2* vez casou
Silveira n.o 712 adeante, e de sua mulher e em 1832 na mesma villa com o major Albino
sobrinha Delphina da Silveira Campos n.° 8-5 Barbosa de Vasconcellos f.o do capitão Manoel
adeante. Tem 3 f.a«: Barbosa de Lima e de Maria Gertrudes do
10-1 Sophia } Carmo. Com geração dos dous maridos em Tit.
10-2 Theresa > solteiras Siqueiras Mendonças Cap. l.° § 2.°, 2 1 , 3-3,
10-3 Sebastiana J 4-2, 5-1.
9 4 Pedro Nolasco da Silveira Mello casou-se 1.° 9-2 Anna Francisca de Campos casou em 2830 em
cora Christiua f, do alferes Joaquim de Siqueira
a
Atibaia com Miguel Archanjo Barbosa f.° do
Frauco (ou Joaquim Antônio da Silveira) e de sargentomòr Francisco Barbosa de Vasconcellos
Rita de Cássia do n.° 6-7 adeante, n. p. do e de • Gertrudes Maria Aranha. Com geração
capitão José de Siqueira Franco e de Francisca em Tit. Siqueiras Mendonças retro.
Margarida Pedroso (vide a descendência do ».° 9-3 Delphina Bneno de Aguiar casou em 1834 em
6-8 adeante); segunda vez casou-se com... Atibaia com o alferes .José da Silveira Campos
de Pio Papo. Com geração dos 2 casamentos. (o José Lucas) seu tio n.° 8-7 da pag.62; ahi
9 5 Gertrudes foi casada com Lúcio Flóro da Cunha, a geração.
já ti f-° do tenente Francisco da Cunha Ramos 9-4 Paulino Bueno,' f sem geração.
e de Maria Metildes de Mello. Com geração. 9-5 João Francisco Bueno de Aguiar casou com
9-6 José Fructnoso de Campos, f sem geração. sua sobrinha Elisa Bueno de Campos f. do a

8-2 Anna Cardoso de Campos, f , do ultimo capitâo-mór


tt
alferes José da Silveira Campos n.o 8-7 adeante.
Lucas e de Anna Gabriella, foi baptisada em Ati- Teve f.° único:
baia em 1798 e ahi casou-se em 1?13 com seu'pa- 10-1 Siropjjcio Bueno de Aguiar, solteiro,
rente Antônio Luiz da Rocha filho do capitão 9-6 José Bueno de Campos casou em 1840 em Ati-
Joaquim de Siqueira Franco e de Gertrudes Fran- baia com Constança Josephina de Araújo f.a do
cisca Pedroso n.° 6-6 adeante. A h i a geração. tenente-coronel Jacintho José Ferraz de Araújo
8-3 Maria Cardoso de Campos, f. do ultimo capitão-
tt
e de Rosa Maria de Campos, em Tit. Lemes,
mór Lucas, foi baptisada em 1800 em Atibaia e Cap. 5.° § 5.°, 2-8, 3-2, 4 5 ; foi morador em
ahi casou em 1812 com o capitão Francisco Rodri- sua lavoura de café no município de Itapira
gues Bueno de Aguiar f.° do capitão Francisco onde falleceu deixando os f.o* seguintes:
Bueno de Aguiar e Castro e de Maria Rosa Ro- 10>l Qhristina solteira
drigues de Assumpcào, natural de .Nazareth, 8 10% Francisco Bueno, já f, foi casado com sua
Paulo; n. p. de Diogo Bneno de Camargo, natural par eu tu Escholastiea f.* do capitão Bento
de Atibaia, e de Maria de Moraes de Aguiar, na* José de Araújo Cintra e de Anna Jacintha.
tarai da Conceição dos Gnarulhos; n. m. de José Tit. Lemes Cap 5.° § 5.o, 2-8, 3-2, 4-5;
de Moraes Franco, natural de Lisboa e de Helena sem geração.
Rodrigues Bueno, natural da Conceição dos Gwt- 10-3 Jacintho Bueno reside em Itapira onde
rulhoB. V. l.o pag. 534. Teve os 13 f.
os
seguintes: está casado com sua parenta Leopoldina
58 TIT. PIRES

TIT. PIRES
n
f. do f Francisco de Assis Araújo Cintra
e de Leopoldina de Campos. Sem geração. Da I.a mulher nm f.°:
104José Bueno casado c o m . . . v i u v a de José 11-1 Valeriano. solteiro.
Xavier de Oliveira. Da 2*:
10-5 Joaquim Bueno 11-2 Marietta Bueno da Rocha casada com
10-6 Cesarino Bueno casado com Rosa Fernandes. Pedro de Aguiar Pessanha f.o de João
Sem geração. Pessanha Franco Corrêa.
10-7 Umbellina Bueno casada com Joaquim Ro- 11-H Maria Emilia casada com Manoel Leite
drigues de Siqueira Bastos. Com geração^ f.° de Jacintho Manoel Leite e d e . . .
10-8 Artlmr Bueno casado com. - . Com geração. 11-4 João Bneno da Rocha, solteiro.
10-9 Felicio Bueno. 10-3 Iria Bueno da Rocha, f.a de 9-11, casou
10 10Pedro Bueno casado c o m . . . com seu tio Joaquim Franco da Bocha, irmão
10-11 Eulalia Bueno casada com Manoel d e . . ; de João Baptista 'da Rocha do n.° 911.
Com geração. Teve:
9-7 Capitão Tbeodoro Bueno de A g u i a r casou em 11-1 Maria Bueno da Rocha, j á f, foi casada
1K41 em Atibaia com sua sobrinha Anna Bar- com ízaias Antônio da Silveira f.° de
bosa f> de 9-1 retro e l.o marido. Teve q. d.: Antônio Ivo Bueno do Moraes e de
104 Constança casada com Antônio de Paduá Gertrudes Theresa Leite. V. l.o pag. 476.
Leite (o Totó Dionizio) f.o de Dionizio 11-2 Juvencio Bueno da Rocha casado com
Francisco Leite e de M a r i a Balbina Pa- Anna f.° de Thomé de Siqueira Frauco.
checo. Tit. Lemes j á citado. Com geração.
10-2 . . . . 11-3 Leonidia Bueno da Rocha casada com
José de Aguiar Pessanha f.° de João
9-8 Francisco Bueno de Aguiar e Castro, f solteiro
no Sul. Pessanha Franco Corrêa e de
9-9 Gertrudes Bueno de Campos, t solteira. Bneno de Aguiar, por esta, neto de
9-10CaroHna Bueno dc Campos foi casada com Feliciano Bueno de Aguiar. Sem ge-
Joaquim Antônio Gonçalves. Teve uma f a: ração.
10-1 Amélia casada com sen parente Lucas 114 Leopoldo Bueno da Rocha casado com
Barbosa de Assis Gonçalves f.o do major Estephania f.a do dr. Manoel Jacintho
Francisco de Assis Gonçalves e de Leo- de Araújo Ferraz. Com geração,
poldina Barbosa de Campos. Tit. Siqueiras 11-5 Antonia Bueno da Rocha, solteira.
Mendonças Cap. l.° § 2.°. 11-6 Leopoldina Bueno da Rocha casada com
9-11 Jacintha Bueno de Campos casou em 1833 em João Pessanha f.° de Jacintho Pereira
Atibaia com João Baptista da Rocha Franco Pessanha. Com geração.
f.o do capitão Lourençõ Franco da Rocha Bueno 11-7 João Bueno da Rocha, solteiro.
e de Maria Magdalena Rodrigues. Tit. Godoys 10-4 Elisa da Rocha Franco, f. de 9-11, foi
a

Cap. 1° § 8.°, 2-3, 3 1 , 4 1 , 5 3. Teve os 5 1 . :


05 casada com Tbeodoro Bueno da Silveira
1 0 1 Escholastiea, f solteira. Campos, j á f, f.o do tenente José da Silveira
1 0 2 Capitão Porfirio Franco Bueno de Aguiar Campos n.o 8-7 adeante; com geração ahi.
foi l.° casado com Francisca Pessanha 1* 10-5 Valeriano Bueno da Rocha, f solteiro.
de Joaquim Pessanha Falcam é de Delphina 9-12Maria Paula, j á f, f.a de 8-3, foi l.o casada em
Franco; 2.» vez casou com Carolina Tava- 1840 em Atibaia com Justiniano José de Oli-
res f.» de Manoel Baptista Tavares. Teve: veira f.° de Manoel José de Mattos e de Jo-
sepha Joaquina de Santa Rosa; 2.» vez em
60 TI-T. PXRfiS
TIT, PIRKS
61
1844 na mesma villa com Pedro Antônio de do capitão José Gonçalves Pereira e de Maria
Oliveira, natural de Portugal, que exercia a Salomé de Campos, naturaes de Bragança. Tit.
profissão de cirurgião. Sem geração. Godoys Cap. 4.° § 1.°, 2-3, 3-3. Foram resi-
9-lãTobias Bueno de Aguiar casou em Taubaté dentes em sua fazenda de òaíé no município do
com Francelina 1> de Manoel Cardoso. Amparo ou Serra Negra. Teve:
8 4 Alteres Francisco da Silveira Campos, f.° do ultimòj 10-1 Felicio Furquim de Campos, fazendeiro no
capitão-mór Lucas de Siqueira Franco n.° 7 4 , foi Amparo, está casado com Herminia Cantinho
bapdsado em 1801 em Atibaia e ahi casou em 1824 É* do f coronel Gabriel Marques Cantinho.
CM Escholastiea de Araújo Cintra f.a do alferes Tit. Quadros. Com um f.° menor.
Jadmho e de Maria Francisca Cardoso. Tit. Lemes, 10-2 Maria t solteira.
Bege V. 2.o. Teve os 6 f.os: 9-5 Helena da Silveira, f.a de 84, casou-se com o
9-1 Maria Francisca de Campos que casou em 1841 coronel Pedro Nolasco da Silveira, seu primo,
e s Atibaia com Antônio Desiderio Pinto, jà f, f.o do capitão Ignacio Caetano da Silveira e de
seu primo irmão ^que mais tarde s e chamou Antô- Delphina de Campos. Com geração no n.o 7-12
nio Pinto de Araújo Cintra) f.° do alferes José adeante.
Desiderio Pinto e de Antonia Bernardina. Com 9-6 Tenente-coronel Francisco Bazilio de Campos
geração no V. i.° pag. 117. Cintra, j á f, foi casado com sua prima Maria da
93 Anua Gabriella casou em 1847 em Atibaia com Conceição f.a do capitão Ignacio Caetano da
seu parente Tristào da Silveira Campos, t em Silveira do n.o precedente. Foi a principio mo-
19üü no Amparo, f." do capitão Ignacio Caetano rador no município de Atibaia, e depois mudou-se
da Silveira e de Delphina da S i l v e i r a Campos. para o município do Amparo. Teve õ f. : os

Com geração no n.o 7-12 adeante. 10-1 Baphaela de Campos casada com seu primo
9-3 Lucas da Silveira Campos Cintra reside no João Lucas Cintra n.° 10-3 de 9-3 retro.
Amparo, onde tem sua fazenda de café, casado 10-2 Francisca de Campos casada com Antônio
com Jacintha da Silveira Campos, sua parenta, Pinto Freire f.° de Eduardo da Cunha Freire
f-° do capitão Ignacio Caetano da Silveira e e de Francisca Cintra. Tit. Siqueiras Men-
de Delphina de Campos. T e m : donças Cap. l.o § l.o, 2-2, 3-3. 4 2, 5 I, 67.
10-1 Leopoldina, já f- que foi casada com Affonso 10-3 Escholastiea de Campos casada com Arthur
Carlos da Silva Telles f.° do dr. João Car- de Campos Freire f.° de Leopoldo Augusto
los da Silva Telles. -Com geração. da Cunha Freire e/de Christina da Silveira
10-2 Virgílio, j á t, foi casado com Helena, j á f £* Campos. Tit. Siqueiras Mendonças Cap. 1.°
;

de Antônio Desiderio Pinto (ou Antônio Pinto § l.o supra.


de Araújo Cintra, como se chamou depois) 104Francisco Bazilio de Campos Cintra t sol-
e de Maria Francisca de Campos. V. 1/ teiro.
pag. U8. Sem geração. 10-5 Delphina de Campos casada com Alfredo
10-3 João Lucas Cintra casado com sua prima Barbosa de Barros
Baphaela de Campos f. do tenente-coronel
a
8-5 Delphina da Silveira Campos, f. do ultimo capitào-
ft

Francisco Bazilio de Campos Cintra n.° 9 6 :


mür Lucas de Siqueira Franco n.° 7-4, foi baptisada
adeante. Com geração. em 18J)5 em Atibaia e ahi casou em 1819 com seu
104 José \ solteiro. tio paterno o ajudante (mais tarde capitão) Ignacio
lO&Octavíano f solteiro. Caetano da Silveira no 7-12 adeante; ahi a geração.
94 EataoislAa Parquím de Campos Cintra, j á f, foi 8-6 Gertrudes da Silveira Campos, f.* de 7-4, foi bapti-
casado com Gertrudes Theresa de Camnos f* sada em 1807 em Atibaia e ahi casou ein 1824 com
TIT, PIRES

TIT. PIRES
Manoel Jorge Ferraz f.° do alferes Jacintho José
de Araújo Cintra e de Maria Francisca Cardoso. Gabriella de Campos e Vasconcellos. casou em 1824
Foram residentes em Atibaia onde falleceram e em Atibaia com o ajudante (mais tarde tenente-
deixaram a geração descrípta em Tit. Lemes Cap. . coronel) Jacintho .José Ferraz de Araújo f.° do
5.o § õ.°, tf este V. 2 A alferes Jacintho José de Araújo Cintra e de Maria
8-7 Tenente José da Silveira Campos (o José Lucas) Francisca Cardoso. Com geração em T i t Lemes
foi baptisado em 1808 em Atibaia, em cujo muni- Cap. 5.° § 5.», 2-8, neste V- 2.«.
cípio teve sua fazenda de culturas, e ahi casou em 7-5 Anna Francisca Cardoso, f.a do capitâo-mór Francisco
1834 com sua sobrinha Delphina Bneno de Aguiar da Silveira Franco e de Maria Cardoso de Oliveira,
f.« do capitão Francisco Rodrigues Bueno de Aguiar foi baptisada em Atibaia em 1774 e alii casou-se em
e de Maria Cardoso de Campos, pag. 57 d'este. Tere 1791 pela l.a ver. com Ignacio de Loyola Cintra, irmão
naturaes de Atibaia: do alferes Jacintho, fco» do capitão Francisco Lourençõ
Cintra (de Estombar, Algarve) e de Helena de Moraes
9-1 Elisa Bueno de Aguiar que casou com seu tio Araújo (de Pitanguy). Falleceu Ignacio de Loyola com
materno João Francisco Bueno de Aguiar da 26 annos de idade em 1799 em Atibaia deixando 4
pag. 57-, com o f.o único ahi mencionado. | f.°s, e a viuva passou a 2,ns nupcias na mesma villa com
9-8 Constança Bneno de Campos que casou com o Manoel Caetano de Mello, natural de Ouro-Preto, f.°
tenente eorene! Josá Ignacio da Silveira, sen do capitão Baptista Caetano de Mello e de Maria
primo, f em 1903 f.° do capitão Ignacio Caetano Escholastiea do Sacramento, (elle do Porto e ella de
da Silveira n.° 7-12 adeante. Ahi a geração. Ouro-Preto). Teve:
9-3 Theodoro Bueno da Silveira Campos, já f, foi Do l.o marido Ignacio de Loyola os seguintes f.° : 8

casado com Elisa da Bocha Franco, soa parenta, 8-1 Francisca i


O de Joio Baptista da Rocha Franco e de 8-2 Joaquim Cintra da Silveira I descnptos no Cap. o"§
Jacintha Bneno, pag. 59 d este. Teve a f. ; .1
a

8-3 Daniel Cintra da Silveira | 5.o n.o 2-8,3-2 do Tit.


10-1 Maria Theresa casada com José Francisco 84 Ignacio de Loyola I Lemes,d"esteV. 2.°.
de Campos Boeno f.° do tenente-coronel José
Al vim de Campos Bneno, no V. 1.° pag. 318. Do 2.o q. d. 5 f.° que silo:
s

9-4 Manoel Fnrqnim de Campos, j á t, bacharel em 8-5 Maria Metildes de Mello que casou-se em 1613 em
direito, foi casado com Olympia Fernandes, na- Atibaia, com o.tenente Francisco da Cunha Ramos
tural de Santos, f.a de José Domingues Fer- (mais tarde sargentomòr) f.° de Bento da Cunha
nandes, natural de Portugal, que foi comraissario Gago e de Anna de Jesus Moraes (de Mogy das
de café na praça de Santos. Teve 2 f.«*i Cruzes) n. p. de Salvador da Cunha Gago e de
Maria de Siqueira (de Mogy das Cruzes) n. m. de
10-1 Benedicto Furquim de Campos casado com- Ângelo Fernandes Nogueira e de Josepha de Mo-
J02Benjsmin Furquim de Campos solteiro. raes Pinto. Tit. Cunhas Gagos Cap. 4." § 7.«, ahi
95 Eduardo Furquim de Campos, f solteiro. a descendência.
96 Anos Bueno de Campos reside em Atibaia u» 8 6 Baptista Caetano de Mello, cremos ter faüeeido no
estado de viuva do tenente-coronel Pedro Bar- município do Amparo.
bos* de VaMoncellos Cnnha f." do capit&o An- 8-7'Anna Luiza CueUnâ de Mello foi baptisada em
tônio José da Cnnha e de Maria Eufrosiim d* ]80õ em Atibaia e ahi casou-se em 1824 com o
Vasconcellos. Com geração em Tit. 8iqneirM tenente Fructuoso José de Campos, seu primo irmão,
Mendonça* Cap. 1." § Eram parentes tio 3.' f.o do ultimo capitâo-mór Lucas e de Anna Ga-
gráo de con&angnínfdadtt. briella. Com geração já descripta no n.« 3-1 de
9ê BOM Maria 4> Campo», ultima f." do ultimo capita 0,
7-4 retro. f

méf Laca* de Siqueira Franco o." 7 4 e de Ana*


8-8 Antônio Caetano de Mello casou-se em 1831 com TIT. PIRES
65
sua sobrinha Cândida Eugenia da Cunha f.» do
sargento-mór Francisco da Cnnha Ramos e de Ma-; 11-2 José Manoel Pupo I b jt j,. .
ria Metildes de Mello n.° 8-5 supra, com geração} 11-3 Eliza
0

(
P rit
e , o s

8-9 João Bernardo de Mello que casou-se em 1826 em 10 3 Anna da Silveira Pupo casada com sen tio
Bragança com Maria Joaquina de Oliveira 1> do paterno José da Silveira Pupo f.o do alfe-
alferes Francisco José de Oliveira e de Anna Bosa res José Corrêa Pupo
de Assumpçao, com geração. 4 10-4 Maria Pupo da Silveira, casada com Fmygdio
-6 Alferes Antônio da Silveira Cardoso, f.° do capitão- da Silva Leite 1'.» de João Baptista da Silva
mor Francisco da Silveira Franco e de Maria Cardoso Leite e de Maria Justina Leite, esta 1> de
de Oliveira, foi baptisado em 1776 em Atibaia e ca- Dionizio Francisco Leite. Tit. Lemes Cap.
sou se ahi com Dionizia Vieira de Oliveira, f em 1826,. 5.° § 5.° n'este V. 2.o Com geração.
10-5 Olympia da Silveira, já f, foi casada com
t* do alferes Vicente Vieira de Oliveira e de Maria Eliseu de Campos Pinto f.° de Antônio
Domingues. Tit. Garcias Velhos Cap. 2.o § 2.°. Teve: Pinto da Araújo Cintra e de Maria Franco
8-1 Joaquim Antônio da Silveira, baptisado em Atibaia de Campos. V. l.o pag. 118. Cora geração.
em 179S e ahi casado em 1819 com Escholastiea da lOOBrazilia, casada com...
Silveira Franco, sua prima, f> de Francisco da 10-7 Joaquim Pedro de Alcântara Pupo casado
Silveira Franco e de sua l.a mulher Anna Gertrudes com Olympia da Silveira.
de Campos, n. p. do capitão mor Francisco da Sil- 108Francisco da Silveira Pupo casado com.
veira Frauco e de Maria Cardoso de Oliveira, n. irmã de Olympia do n.o precedente.
m. de Amaro Leite de Moraes e da l.a mulher Ger- 10-9Estanisláu da Silveira Pupo casado com...
trndes Maria de Almeida. Com geração no n.° 8-2 f. de Bernardino Franco de Godoy e de
n

de 7-8 adeante Salomé de Godoy. Tit. Godoys Cap. 1.° §


8-2 Francisco da Silveira César, baptisado em 1800 em 8.°, 2-3, 3-2, 4-1, 5-6, 6 1 .
Atibaia, ahi casou-se em 1828 com Anna Francisca 10-10 Crescendo da Silveira Pupo, casado.
filha de Ignacio de Oliveira Cardoso e de Maria 10-11 Evaristo da Silveira Pupo, casado.
Gertrudes de Moraes. V. l.o pag. 115, onde foi omit- 8 4 Gertrudes Maria de Odoladar, baptisada em 1807
tida a f.« Anna Francisca n.o 6-8. éin Atibaia, casou-se com José Rodrigues Penteado,
83 Anna da Silveira, baptisada em 1802 em Atibaia, seu parente, f.° de Bernardino José Leite Penteado
«asou-se com o alferes José Corrêa Pupo. Teve: e de Ursula Cândida de Moraes, n. p. de Lucas
9-1 Floreucio Corrêa Pupo casado com Escholastiea da Silveira Franco e de Maria Rodrigues Pen-
Leopoldina f.« do capitão Ignacio Caetano dl teado ; com geração n.° 6-5 adeante.
silveira e de Delphina de Campos n.° 7 li 8-5 Delphina da Silveira César casou-se em 1824 em
adeante. E teve moradores no Amparo: Atibaia com Joaquim Frauco do Amaral f.° de
10-1 José Ignacio da Silveira Pupo, solteiro. Bartholomeu Franco de Azevedo e de Gertrudes
102 Ignacio da Silveira Pupo, fazendeiro em S. Cordeiro, n. p. de João Franco Viegas e de Maria
Manoel, casado com Maria Marcolina de de Sousa, n. m. de Raplmel Cordeiro do Amaral e
Umpos t> de José Manoel Cintra e de de Anna Ribeiro Cardoso. Com geraçfto no V. l.o .
Uinstança de Campo». V. l.o pag. n 6 . Te»" pag. 484.
1 1 1
Yat *' Silveira, casada com Gustavo
a Theodoro José da Silveira, f.° do capitao-môr Fran-
da Silveira Vasconcellos f.» DE l» cisco da Silveira Franco e de Maria Cardoso de Oli-
(«IDTEO D A Silveira Vasconcellos. Tit
veira, foi baptisado em 1784 em Atibaia e casou-se em
ALVARENGAS Cap h.° íj 8.».
1806 em Camandocaia (hoje cidade de Jaguary, Sul de
%

Minas) com Anna Francisca filha de Francisco Martins


TIT. PIRES

V
TIT. PIBBS 67
da Silva e de Anna Bernardiua d e M e l l o , esta f.a |( 0

capitão Baptista Caetano de Mello, n a t u r a l do Porto


e de Escholastiea do Sacramento, d e Ouro-Preto. Esta de Miranda Noronha e de Francisca de
Anna Bernardina é a mesma que, e n v i u v a n d o passou a Paula da Silveira Noronha, n.o 9-1 de 8-7
adeante:
2.** nopcias em Camandocaia em 1796 com o alferes
10-2 Andradina da Silveira casada com Manoel
(mais tarde capitâo-mór) Manoel F u r q u i m de Almeida Antônio de Moraes, com 3 f.os.
e foram pais de Baptista Caetano, do d r . Caetano For- 9-5 Francisca, t> de Manoel Theodoro n.o 8 3 , solteira.
quim, de Anreliano Furquim e outros q u e mudaram-se 9-6 Amélia casou-se com Lourençõ de tal, natural
para Minas Geraes, onde tem g e r a ç ã o , era T i t Fur- da Itália e tem 9 f>s.
quins. Theodoro José da S i l v e i r a foi morador em Ca- 8-4 Constança casou-se em 1833 em Camandocaia com
mandocaia. onde deixou pelo i n v e n t a r i o d e sua mie Felix José de Miranda, natural de Barbacena, f.° de
Maria Cardoso de Oliveira (pois j á e r a fallecido em 1825, Felix José de Noronha e de Francisca de Paula
epocha do inventario de sua mãe) os 9 seguintes filhos: de Miranda. Com geração.
8-1 Fortunato José da Silveira, com 17 a n n o s cm 1825, 8-5 Anna Cândida, com 3 annos em 1825, casou-se em
1844 em Camandocaia com Polycarpo Rodrigues da
falleceu solteiro, porém deixou u m a filha natural > Silveira. Teve 8 f.oa-
reconhecida:
8-6 Francisca Carolina da Silveira casou-se 1.° em 1828
9-1 Francisca Fortunata da Silveira que 1.° foi em Camandocaia com seu primo-irmao Francisco da
casada com Augusto Machado Bueno, e 2.» vez em Silveira: Franco f.o de outro de egual nome e de
1853 com Manoel Caetano de Mello f de Joio
0
Anna Gertrudes de Campos, moradores no Amparo,
Bernardo de Mello. e 2." vez casou-se com Marcellino de Moraes. Cora
8-2 Theodoro José da Silveira Franco, f.° de 7-7, tinha geração.
15 annos em 1825, e falleceu solteiro; porém, deixo»
3 filhos naturaes reconhecidos que sfto: 8-7 Maria Salomé da Silveira casou-se em 1833 em Ca-
9-1 Maria casada com Ladisláu V a z de Camargo. mandocaia com Antônio de Miranda Noronha, neto
9-2 Fortunato, solteiro do barfto de Congonhas, filho do capitào Felix José
de Noronha e de Francisca de Paula de Miranda
9-3 Manoel, solteiro Teve 9 f.o§:
8-3 Manoel Theodoro da Silveira Franco casou-se em
Pindamonhangaba com Gertrudes Marcondes de 9-1 Antônio Theodoro de Miranda Noronha casou-se
Godoy f* de Claro Monteiro do Amaral e dè Fran- em 1860 em Camandocaia com Francisca de
cisca de Paula Oliveira Godoy. T i t Costas Cabraes. Paula da Silveira Noronha f> de João Evange-
Cap. 2.° § l.« 2-8, 3 7 , 4-1, 6-6, 6-9. Teve 6 ÉS
f
lista de Noronha e de Iria Carolina da Silveira
moradores em Camandocaia, que s ã o : do n.o 8 9 abaixo. Teve 10 f > : ,
9 1 Claro da Silveira Franco, solteiro 1 0 1 Antônio viuvo, de Zulmira...
9-2 Lueas da Silveira Franco casou-se com Maria 10-2 João casado com B r a u l i n a . . .
10-3 José casado com Qni teria de Almeida.
Valentia* Pereira; sem geração. 10-4 Júlio, solteiro.
9-3 Theodoro José da Silveira que casou-se com Ma- 10 5 Francisco, solteiro.
rianna da Silveira; com geração. 10-6 Anna da Silveira Noronha casada com Eu-
9 4 Anna Francisca casou se em 1861 em Caman- gênio Franco n.o 10-1 de 9-4 de 8-3 supra.
docaia com Baptista Caetano de Moraes f.« 4* 10-7 Marianna casada com Antônio Roberto do
Manoel Ãe Moraes Barbosa e de Caetana Maria Nascimento; com 6 f.os.
de Almeida. E teve 2 f.'**: 10-8 Bemvinda ]
10-1 Eogenio Franco caaado com Anna da Sil- ' 10-9 Amélia } Solteiras.
veira de Noronha f> de Antônio Theodott 10-10 Virgínia j
TJT. PIRES

9«2 Locas de Miranda Noronha TIT; PIRES 69


9*3 João
9-4 Manoel } Solteiros Ferreira de Moraes, professor normalísta;
9 5 Theodoro
9 6 Maria com geração.
10-2 Raquel da Silveira, professora normalista,
9-7 Francisca de Paula da Silveira casou-se em casada com Guilherme..., de Portugal.
em Camandocaia com Luiz Marcondes 10-3 Astoípho Guilherme, já f, foi casado com.
natural de Pindamonhangaba, f.° de Bunedi$ 10-4 Claudiana, j á f, solteira.
de Oliveira César e de Benedieta César de 0| 9-7 Marra Cândida da Silveira Ramos casou-se em
veira. (Moradores no Oeste de S- Paulo ca 1860 em Camandocaia com o major Antônio Fer-
f. e netos). Tit. Costas Cabraes.
os reira Góyos, já t-
9 8 Marianna casada com José Ferreira Góyos f.o
9-8 Anna Francisca da Silveira casou-se em 1SÍ de Antônio Ferreira Góyos; com 13 f.os.
em Camandocaia com Manoel Marcondes Gear 9-9 Francisca Romeiro da Silveira casou se em 1864
irmão de Luiz Marcondes do n.° precedente em Camandocaia com Jo&o de Arantes Bueno
(Moradores no Oeste). f.° de Vicente da Costa e de Umbellina de
9-9 Maria Magdalena casada com Manoel Montara Arantes Bneno. Tem 3 f.os.
com 6 f.°V 9-10 Rosa casou-se com Luiz de Campos. Tem 6 f.°».
S-8 Olatidiána Jesatna da Silveira casou-se em 1833 é 9-11 Claudiana .lesuina da Silveira casou-se em 1862
em Camandocaia com Francisco de Assis Fer-
Camandocaia com o major Joaquim de Araújo Ra» reira Pinto (de quem foi 2.a mulher) f.° do te-
f,o do alferes Francisco Ramos da Silva e de Fm nente-coronel Manoel Ferreira de Carvalho, t
cisca Romeiro de Araújo. Tit. Bicudos Cap: 1. em Bragança, e de sna J . mulher Anna Fran-
n

1.°, 2 1 , 3 4 . 4-10, 5-2, 6-1. Teve 11 f os


que» cisca de Paula Ferreira. Teve 3 f.o* que sao:
9-1 Antônio I o^I. - 10-1 Júlio Ferreira Ramos casado com Maria
9-2 Joaquim f W t o r o i Saloiné Tavares f. do capitão PorÜrio
n

9 3 Theodoro Cândido da Silveira Ramos casõu-s Franco e de Carolina Tavares, a pag. 59


d'este. (Esta filiação vai na duvida).
em -í8SÁ em Camandocaia com Iria Zefcm 10-2 Francisca casada com Antônio Ferreira.
Ferreira £* de Antônio de Padua Ferreira, e* 10-3 Urbana casada com Emygdio de Paiva
irmão do tènente-cqronel Manoel Ferrara t Bueno. V. l.° pag. 433.
Carvalho, que falleceu em Bragança. Teve õfc 8 9 Iria Carolina da Silveira, ultima f* de Theodoro
9 4 BeojamJn casado com Anna Gabriella, cora 81* José da Silveira n 7-7, casou-se em 1833 em Ca-
9-5 José casado com Anna Clemente, com 7 f.<* mandocaia com João Evangelista de Noronha f.°
9 6 Aoaa Francisca foi casada com João 'Guilhen* do capitão Felix José de Noronha e de Francisca
f.° de Guilherme Christiano e de Carlofa .1 de Paula de Miranda. B teve 6 f.°s que sao:
naturaes de AHemanha, e que falleceram era &* 9-1 Coronel Jo&o Theodoro da Silveira Noronha
gança onde eram moradores. João tíuilbtf* foi l.o casado com Marianna Ferreira f.» do
tenente-coronel Manoel Ferreira de Carvalho e
que falleceu em Camandocaia onde foi morai* de Anna Francisca de Paula Ferreira* sna 1.*
era irmão de José Guilherme Christiano, fi* mulher; segunda vez cason-se com Anna Bernar-
rato e professor, que manteve, com grande fi* diua de Almeida f> de Antônio Ferreira Góyos.
de educador da mocidade. um collegio em flf* Teve f.o» da l. . e 2 *" mulher.
tt

gança, vindo á fallecer em 1897. De Anna Fr* " 9-2 Felix Evangelista de Noronha casou-se com
cisca n;o 9 - 6 descendem 4 f>* que sao; Maria Angélica Marcondes f.n de Domingos
1 0 1 Cario te Qaüherme da Si/veira, já t í j j
íèssóra nornmlista casada cora £og??
TIT. PHCfí
TIT. PIRES 7j
Marcondes Machado, de Pindamonhangahi J
da l.a mulher Anna Monteiro de Godoy. <jjA 9 4 Balduina.
Costas Cabraes Cap. 2*>§ 2-8, 3-2, 4 2 , w Escholastiea da Silveira Franco, natural de Ati-
Teve: baia, foi l.o casada em 1819 na mesma villa com
Joaquim Antônio da Silveira, seu primo irmão, f.°
10-1 Anna Claúdina casada com Luziano Carl* de Antônio da Silveira Cardoso e de Dionizia Vieira
ü e Toledo Ribas T i t Toledos Pizas CajJ de Oliveira n.° 7-6 retro; segunda vez casonse
l.o § 4.°, 2-0. 3-2. .4 S. em 1837 no Selem de Jundiahy (Itatiba), com An-
10-2 João Marcondes de Noronha casado codl tônio da Silva Franco, f.° de Joaquim da Silva
10-3 Virgínia casada com Manoel Gomes & Franco e de Maria Gonçalves dos Santos em Tit
Escohar. j Lemes Cap. l.o § 9.0; ahi residio até 1880, anuo
1 0 4 Domingos Marcondes Machado de Noronk de seu fallecimento. Teve:
9-3 Maria, solteira. Do l.° maiiâo 2 ( M :
9 4 Anna da Silveira Noronha foi a 1.* mulher fe 9-1 Maria casada com o capitão Joaquim de Oli-
Francisco de Asais Ferreira Pinto f.° do te- veira residentes em Piracicaba, onde deixaram
nente-coronel Manoel Ferreira, o mesmo aa> descendentes.
cionado no n.° 9 11 de 8 8 supra Teve um £*.
1 0 1 José Augusto Ferreira. 9-2 Gertrudes casada l.o com Antônio Franco Pom-
9-5 Francisca casada com Antônio Theodoro (a* peu e 2.* vez com o commendador Joaquim da
10 f.«). Silva Franco f.° de Joaquim Silva Franco e
de Maria Gonçalves dos Santos. Teve:
9-6 Constança casada com Símplicio Ferreira (tts Do 2.o 2 ! • » :
13 f.° ).
5

Francisco da Silveira Franco. f.° do capitão mor o IO-(Maria casada com seu primo irmão Antô-
mesmo nome e de Maria Cardoso de Oliveira, casos* nio Chateaubriand Joly f.o de Eugênio Joly
2.° em 175)7 em Atibaia com Anna Gertrudes de Cs* e de Maria Carolina n.° 9-9 adeante*
pos. f» de Amaro Leite de Moraes, natural da Ayurufo 10-2 Anna casada com seu primo irmão Eugênio
Minas, e de soa l.a mulher Gertrudes Maria de 11 Joly Júnior, irmão do precedente.
BMÍda, SL p. de Amaro das Neves de Moraes, ase si 9-3 Anna Jacintha da Silveira casada em 1837 no
g u a r d a m o r das minas de Ayuraóca. e de Maria Le* Belém com Joaquim de Oliveira Bneno f.o do
de Araajo, natural de Pitanguy. n. in. de Caetis capitão João de Oliveira Cardoso e de Gertru-
Pvrqmm d> Campos, natural de S. Paulo, e de des de Siqueira.
Sobrinha d e A l m e i d a ; s e g u n d a vez casou-se com As* Do 2.o consórcio com Antônio da Silva Franco
Frasco ta de Modesto de Godoy Moreira e de Ge deixou Escholastiea os seguintes f.o»:
trndes Moreira Franco. Foi Francisco da Silveira Fria» 9 4 Antônio da Silva Franco casado com Theresa
dos 1.** povoadores do Amparo onde fixou resida Ferreira, de quem foi 1.° marido, filha de José
da e ieve,pelo inventario de soa l.a mulher em lí* Vicente Ferreira e de Theresa de Paula. Deixou
a s Meajmirum, os 14 f . « que seguem: 4 f.o» em Tit Moraes.
M José é s Silveira, caçitao da» forças do sul, * 9.5 José da Silveira Franco casado e fallecido em
COMSMB com Maria Jacob, natural de Monte*** Itatiba, deixou 2 f.«».
9-6 Francisco àa Silveira Franco t solteiro.
M J s i s da Silveira Franco, f solteiro. 9-7 Joaquim da Silveira Franco casou-se com sua
M José da Silveira Castro, U t , foi casado 2 prima irmã Maria Rosa da Silveira f.* do ca-
pitão José Lourençõ Gomes. Falleceu em 1897
deixando os seguintes f.os;
TIT. PtRES
TIT. PIRES
10-1 Escholastiea casada com o major Francisco
Alves Cardoso Pimentel, tabelii&o no Amparo do Amaral Pinto, i> de Antônio José do Amaral
em 1899, f.° de Antônio Alves Cardoso e e de Sabina da Silveira. Com geração d'esta 2*
2.* molhei* Gertrudes Pimentel, e viuvo de mulher no V. l.° pag. 480.
Francisca Carolina Penteado Alves f. de a
Da 1.* teve q. d.:
Pedro Soares Penteado e de M a r i a da GIOÍ* 9-1 Ludovino da Silveira Franco casado com Maria
Y. l.° pag. 494. Com geração. Sabiua da Silveira. Com geração no V. 1.» pag. 483.
10-2 Henninia da Silveira casou-se em 1898 COJD 8-7 Joaquim da Silveira Franco casado duas vezes.
Américo Ribeiro de Brito. Tem um f.° em SSJosè da Silveira Frauco Júnior casonse em 1841
1901: no Amparo com . sua sobrinha f • de João Xavier
11-1 Américo de. Oliveira e de Maria Jacintha da Silveira.
103Marietta da Silveira Pimentel casou-se com 8-9 Maria Rosa da Silveira casada em 1832 no Amparo
Lima Alves Pimentel f.° do major Fran- com José Joaquim Franco da Rocha f.° do ajudante
cisco Alves Cardoso Pimentel e 1.» mulüer Daniel da Rocha Franco, de Atibaia. Com geração
em T i t Godoys Cap. l.° § 8.°, 2-3, 3-1.
V. i.° pag. 4 9 4 8-10 Francisco da Silveira Franco casou-se com sua
104 Joanna da Silveira casou-se com Ângelo prima irmã Francisca da Silveira, natural de Ca-
Martins. Com geração. mandocaia, f> de Theodoro José da Silveira. Cre-
10-õBenedicto da Silveira Franco. mos que deste casal é f.«:
9-8 Maria Carolina Joly casou-se com o major Eu- 9-1 Gertrudes Franco casada com Francisco Cons-
gênio Joly f.° de Carlos Júlio Joly, natural da tantino, que teve:
França, e de Maria Miquelína Dnltra. Com ge- 10-1 Maria casada com Antônio Soares Moniz
ração no V. 1.° pag. 492. f.o de outro de igual nome e de Christina
8-3 Maria fallecida com 14 aunos em 1838. de Brito Leme
8 4 Antônio da Silveira Franco casado em 1825 en 8-11 Gertrudes da Silveira Franco foi casada com o
Bragança com Izabel da Silveira Franco f." do alferes Manoel Martins Ferraz de Oliveira. Teve:
capitão Lourençõ Antônio Leme e de Anna Jacin- 9-1 Maria da Gloria que casou em 1847 no Amparo
tha de Oliveira- Teve entre outros: com seu tio n.° 8*14 adeante, á pag. 79.
9-1 Lourençõ Antônio da Silveira, j á f, casado com 9-2 Balbina, vinva de Francisco Thoraé Passos.
Emerenciana, sem geração. Teve f.° único:
9-2 Antonia da Silveira Frauco casada em I8ôí 10-1 Benedicto que esta casado com...
no Amparo com José Cordeiro Alves. 9-3 Fraucisco Martins, escrivão de itatiba.
9-3 Anna Franco da Silveira casada em 1851 no 9-4 Manoel Martins, influencia política em Santa
Amparo com José Joaquim do Amaral f.° do Rita do Passa Quatro.
José Mariano do Amaral e de Maria Joaquin* 9-5 Antônio.
Leite. 8-12 Anna da Silveira Franco casada em 1833 no Am-
94 paro com o capitão José Lourençõ Gomes, natural
8-5 João da Silveira Franco, capit&o da guarda nacio- de Portogal, viavo de Joanna Leme Teve pelos
nal, natural de Atibaia. casou-se em 1831 no Am- livros de casamentos e por informações colhidas de
paro com Rosa Maria de Sousa, dè Mogy-miríoi, de seus descendentes os seguintes t : o s

f.» do capitão Pedro José Ferreiro. 9-1 Francisca Lourenca da Silveira casada em 1856
8-6 Cândido da Silveira Franco foi casado duas vezes: no Amparo com José de Camargo Moreira, já f»
a i * com Francisca Maria de Oliveira, e a 2.* f.° de José Antônio de Camargo Moreira e de
com Delphina da Silveira, irma de José JacinÜto Ignacia Maria de Jezus ff. Tem:
TIT, PIRES

TIT. PIRKS
101 Anna BraziHna da Silveira, viuva deüjQ
doro Ferreira Polycarpo. Teve (por HM 10-5 Francisco de Campos Netto casado com
mações): Amai ia Domingues de Oliveira. Teve:
111 Noeiina, falecida ll-l Leonina
11-2 Alzira, fallecida 11-2 Alzira
11-3 Roemiâ) Êillecida 10-ti Joào Camargo Moreira casado com Olympia
114 Ataliba Pereira. Teve:
•Jl-5 Alila l l - l Gracinda
11-6 Joaquina 11-2 Otilia
11-7 Virginio 11-3 Virgilia
10-2 Theophífo de Camargo Moreira casado ca . e um fallecido.
Antonia Alves da Silveira. Teve: ]0-7Porfírio de Camargo Moreira casado com
11-1 Benta Ermelinda Rodrigues. Teve:
11-2 João 11-1 Sebastiflo
lOSJununnn da Silveira l.o casada com Ma-
11 3 Ãnna \ Fallecidos noel Luiz Calvin e 2.* vez está casada com
114 Antônio Manoel dos Santos Fonseca. Teve:
11-5 Lnpercio Do l . o :
11-6 Joaquim
11-1 Sebastiana, fallecida
11-7 Sebastiana 11-2 Manoel, fallecido
11-8 José Do 2.°:
11-9 Patrício 11-3 Conceição
11-10 Pedro e 3 fallecidos.
11-11 Conceição 109 Maria Augusta da Silveira casada com Al-
10-3 Amélia da Silveira casada com Auto berto dos Santos Corrêa. Teve:
Alves Garrido. T e v e : 11-1 Egas Moniz
11-1 Antônio 11-2 Affonso Henrique.
11.2 Oscar 11-3 Pedro Alvares Cabral
11-3 Maria e um fallecido.
1 1 4 Zulmira 10-10 Clotilde Augusta da Silveira casada com
11-5 Aristides Antônio Bueno Filho. Teve:
11-6 Adalberto 111 Raul
11-2 Tardia
11-7 Guiomar 1J-3 Alcibiades
11-8 Rita 114 José
11-9 Palmira
e 5 fallecidos. M e uma fallecida.
104Lydia da Silveira casada com José* 10-11 Izaura Augusta da Silveira casada com
Garrido. Teve: Napoleào Poeta Cerqueira. Sem geração.
11-1 Luso 10-12 Benedicto fallecido.
Marcos Lourençõ Gomes, f.o de 8-12 retro, ca*
11-2 Lucillo soo-se em 1856 NO Amparo com Luiza Franco
11-3 Lúcia da Cunha f.a de JoAo Pedro de Godoy Moreira
114 Ibero e de Anna Franco da Cunha FT- Vive com 66
115 Maria
e mais 7 fallecidos.
TIT. PIRKS
TIT. PFRKS

annos de idade em 1901 na cidade do Amparo. 104 Balbina Gomes Ribas, já j\ foi casada com
V- l.o pag.361. Teve: Manoel Ribas Filho.
10 1 Fileto da Silveira Gomes casado com Ur- lO-5Laura da Silveira Gomes f.
salina Bueno da Silveira f* de Antônio- 10-6 José Elias Gomes, solteiro.
Bueno de Camargo Silveira o de Anna de 10-7 Jnlietta solteira (recolhida no convento).
Salles Bueno. Teve: • 9-4 Ermelinda da Silveira vive no estado de viuva
11-1 José \& de Luiz Victorino de Souza e Silva f.o do al-
11-2 Maria feres Manoel Joaquim Leme da Silva, natural
21-3 Antônio da ireguezia de Jaguary (hoje Bragança) e de
11-4 Marcos sua â.a mulher Gertrudes Maria da Assumpçao,
10-2 Áurea da Silveira Martins casada com Mar n. p. do sargentomòr Antônio Leme da Silva
coliuo Antônio Martins f.° de Joaquim An- (um dos povoadores da cidade de Bragança que
tônio Martins e de Escholastiea Pires de em 1765 foi elevada á freguezia com o nome
Godoy f. Teve: de N. Senhora da Conceição de Jaguary, e
111 Raul o l.° juiz ordinário e de orpháos em 1798,
11-2 Maria | quando foi elevada á villa com o nome de Nova
10 3 Ve&aDcio ds Silveira Gomes casado com Baí- Bragança) e de sua 1.* mulher Anua Esmeris
bina do Amaral Gomes f.a de João Mendes da Assumpçao, n. m. de Alexandre de Souza
do Amaral, já f* e de Maria do Amaral. Tear. Brito (este irmão da- 2. mulher do dito sargen-
il

11.1 Benedicto to-mór Antônio Leme da Silva), e de Gertrudes


11-2 Josué Maria da Annunciação. Tit. Dias. Cap. 5.°Teve:
104 Benedicto da Silveira Gomes, solteiro com 10-1 Leonina da Silveira casada em 1887 no
20 annos de idade em 1901. Amparo com o major Jacintho José de
9-3 Elias I/rarenço Gomes, já fallecido, foi casado Araújo Cintra, f em 1902 n'essa cidade, f.°
em 185S em Amparo com Amalia Eugenia Pinto do major José Jacintho de Araújo Cintra e
Ferraz f> do major José Alves Cordeiro e de de Maria da Conceição, j á f. Com geração
Francisca Engeniã Pinto Ferraz FF. T i t Le-
mes Cap. 3.o § 8.° n'este V. 2 ° . Teve: no Cap. 5.° do Tit. Lemes.
10-1 Antlo Lourençõ Gomes casado com An- 10-2 Maria Victorina de Souza Rebellocasada com
tonia Pereira Gomes f * de Joaquim Pereira João Pereira Rebello natural de Portugal.
Cardoso e de Constança Maria Cardoso Tem:
Com 5 Issc • 11-1 Celeste
I M Octariano 11-2 João
11-2 Sebastião 11-3 Aurélio
11-$ Acacio 114 Antônio
114 Jorge 10-3 Antouina da Silveira Cintra casada com fíer-
11-6 Carlos culano de Araújo Cintra, viuvo de Helena, f.o
10-2 Anna da Silveira Gomes casada com JÓàn do major José Jacintho de Araújo Cintra e de
. Gnaíberto de Souza Camargo T° de Fran- Maria da Conceição do n.° 101 supra. Com
cisco de Pasls Souza Camargo e de Maria geração em Tit Lemes Cap. 5.°§5.*\ íVeste
Fausta ds Camargo. V. 1 • pag. 289; V. 2A
Í É T E I K I da Silveira Gomes casada cos
José A t a r * ds Godoy tf. 104 Anna Eliza casada com José Maurício de
Oliveira. Teve:
' TIT. PXBGS

ll-l Maria TIT. PIRKS 79


11-2 Genesia
11-3 Ermelinda 8-13 Jacintha ds Silveira f> de Francisco da Silveira
114 Clarice Franco, n.° 7-8, e 1.* mulher, casou-se em 1837
no Amparo com Joaquim Caetano Leme, natural
11-5 Sebastião de Campinas, f.o do capitão Ignacio Caetano Leme
11-6 João e de Maria Francisca de Campos. Com geração
lO-5Altemira da Silveira Duarte casada cot no n.o 7-4 de 6-10 adeante.
Joào Francisco Duarte. 8-14 Manoel da Silveira Franco, fallecido em 1897 no
Jahú, onde possuiu uma importante fazenda com
10-6 Esther da Silveira de Godoj' casada cota graude escravatura, casou-se l.° em 1847 no Am-
Frederico de Godoy. paro com sua sobrinha Maria da Gloria da Sil-
10-7 Gracilio de Sousa e Silva, veira f.» do alferes Manoel Martins Ferraz de Oli-
9-5 José Lourençõ da Silveira casou-se com Antu veira e de Gertrudes da Silveira Franco, n.° 8-11
de Moraes í> de Marcellino Lúcio de Moraes da pag 73; segunda vez casou se com Gertrudes do
e de Francisca Marcellina da Silveira. Teve um Amaral Franco f. de Antônio Franco do Amaral
a

casal de filhos: e de Francisca de Camargo Penteado. V. l.° pag.


10*1 José Lourençõ* da Silveira, com 58 annos 539 Com geração dos dous casamentos.
em 1901. 8-15 Maria Jacintha da Silveira foi casada com João
10-2 Anna Francisca de Moraes. Xavier de Oliveira f.° de Christovam Xavier do
9-6 Alexandrina Olympia da Silveira Godoy casada Prado, natural de Parnahiba, e de Anna Franco
com Bento Pedro de Godoy Moreira f.° de Jofc de Oliveira. V. 1.° pag. 533; ahi a geração.
Pedro de Godoy Moreira e de A n n a Franco da Da 2.* mulher Anna Franco, teve Francisco da Sil-
Cunha. Com geração no V. 1.° pag. 362. veira Franco n.° 7-8 os seguintes
9-7 Anna Francisca da Silveira é viuva de Fran- 8-16 Lucas da Silveira Franco casado com Anna Rosa
cisco Modesto da Cunha Franco, t era 1901. f.6 B
f. de Antônio Machado de Souza Campos.
de João Modesto da Cunha Franco e l.a mota 8-17 Francisca da Silveira casada com José de Miranda,
Maria Angélica. Tit. Godoys. Cap. 1 ° §S-° a» que deixou 2 í > :
8

2-3, 5-1, 4 2. Com geração. 9-1 F FR solteiro.


9-2 Benedicto casado na família Reinfrauk.
9-8 Maria Rosa da Silveira é viuva de Joaquim da 8-18 Deolinda casada com Bento de Oliveira Leme f.«
Silveira Franco f.° de Antônio da Silva Franco de Pedro Lourençõ Leme e 1.» mulher Emeren-
e de Escholastiea da Silveira Franco, de qaes ciana de Oliveira. Tit; Dias Cap. ô.° § 2.°," 2-4,
foi 2.° marido, t pag. 71 d'este. 3-1, 4-8. Com geração no Amparo.
9-9 Luiz Lourençõ, fallecido, foi casado com Fran 7-9 João Baptista d a Silveira, f.° de 6-4, baptisado em 1776
cisca de Moraes. Sem geração. em Atibaia, casou com Constança de Almeida, natural
9-lOOJympia da Silveira Franco foi casada l'.° com de Camandocaia, f> do capitão Manoel Furquim de
João Modesto da Cunha Franco, viuvo de Mari» Almeida e de Anna Bernardina de Mello. Tit. Furquins.
Angélica. t« de Modesto Antônio e de Otf Sem geração.
ijww* Maria Franco, em Tit. Godoys Gap. V 7-10 Jacintha Antonia da Silveira casou em 1806 em Atibaia
8
8 0
H 3 1 , ahi a geração; segunda v« com Francisco de Assis e Mello f.o de Baptista Cae-
com Antônio Ozorio da Silva, natnrsl tano de Mello e de Escholastiea do Sacramento, mora-
de Portugal. Deste 2.* marido teve 2 t**: dores era Camandocaia. Teve 2 f.as:
10-1 Jalietta
10-2 Anua l í Maria [feneceram solteira.
lAtedante Felisberto João da Silveira, f solteiro | TIT PIRKS 81
» annos em 1812 em Atibaia.
«Ajudante (mais tarde capitão) Ignacio Caetano dato Catharina Galeana Salinas. Com geração, em
reira, ultimo f.o de 64, foi baptisado em 1790 em AtibA Tit Dias Cap. 4.° § 6.°, 2-5, 3-3.
e ahi casou em 1819 com sua sobrinha Delphina* 9 4 Jacintho, j-, solteiro.
Silveira Campos f> de seu irmão o capitâo-mór w 9-5 Eiiíaüa casou com Joaquim Augusto Aranjo
de Siqueira Franco, n.° 7-4, natural de Atibaia. 1^ Campos, capitalista no Amparo, irmão de Mana
16 f.os seguintes, naturaes de Atibaia: Clara do n.° 9-1 supra. Com geração.
8-1 Anna Gabriella de Campos casada com José Barbo* 9-6 Maria da Conceição casada com Manoel de Aze-
de Siqueira f.° de Ignacio de Siqueira Pimenta vedo Mattos. Com geração.
Com geração á pag- õu d'este. 9-7 Anreliano da Silveira casado com.. Com geração.
8-2 Maria Ignacia da Silveira, j á f. foi casada com J«j 8 5 Constança Miqnelina da Silveira, jáf, foi casada com
Vicente Ferreira f.° do capitao-mór de Jundial; José Manoel Cintra f. do alferes José Desiderio
u

José Vicente Ferreira e de Maria Joaquina. Ga Pinto. Com geração no V. 1-° pag. 116.
8-6 Tenente-coronel Pedro Nolasco da Silveira casou
geração em Moraes. com Helena da Silveira f.a do alferes Francisco da
8-3 Rosa de Viterbo da Silveira, j á f, foi casada ca Silveira Campos, á pag. 61 d'este. Teve:
Francisco filias Pinto f.o do alferes José Desidei 9-1 Eduardo, f solteiro.
Pinto e de Antonia Bernardina. Com geraçàOE
V. 1.° pag. 119. 9-2 Delphina, j á f, foi casada com sen primo José
84 Tristao da Silveira Campos, f em 1900 no Ambmj Simão Pinto, jáf, f.° de Antônio Pinto de Araújo
Cintra. Com geração no V. l.o pag. 118.
casou em Atibaia em 1847 com sua prima AD 9 3 Anna, já f, foi casada com o dr. Francisco Moretz
Gabriella de Campos f.» do alferes Francisco u»S Soim—medico. Com geração.
veira Campos, á pag. 60 d'este. T e v e : 9-4 Maria Joanna, já f, foi casada com José Vicente
9-1 Ignacio Tristao da, Silveira, fazendeiro no» Ferreira f.° de outro igual nome e de Theresa
Dicipio de Serra Negra, casou com Maria Cto de Paula. Tit. Moraes Cap. 2.» § l.o, 2-1, 3-2,4-7.
f> do f capitão Francisco José Gonçalves^* 9-5 Izabel Ferreira reside em S. Paulo, casada com
Ursula Iria de Campos. V. 1.° pag. 338."' coronel Sebastião Ferreira, irmão de José Vicente
entre outros: do n.o precedente. Com 2 f.os em Tit. Moraes.
10 1 Laviuio da Silveira Campos, já f, casooa 9-6 Francisco Pedro de Campos, já f, foi casado com
1900 em Bragança com sua priroa-irmã Airf Minervina f. de Antônio Bueno. Com geração.
n

Ermelinda Gonçalves f. do major Fran*'


a
9-7 Lucas Nolasco da Silveira, solteiro.
8-7 José Ignacio da Silveira, coronel-commandante da
de Assis Gonçalves e de Antônio Fortia»" guarda nacional de Atibaia, foi residente em Campo
V- l.o pag. 338. Largo de Atibaia e casado com Constança Bueno
10-2 Olyropio da Silveira Campos, pharmaceiti' de Campos, f.» do tenente José da Silveira Campos,
diplomado, casado em 1903 em Br&gfi? á pag. 62 d'este. Falleceu em Outubro de 1903 em 8.
. com Amalia Ermelinda, viuva de Lífl * 5 Paulo. Teve:
n.° 10-1 precedente. 9-1 Delphina da Silveira Campos, viuva de seu primo
9-2 Francisco Tristao da Silveira, j á f. foi casado*] Pedro Ferreira da Silveira, f.° de 8-2, supra.
Anna Clara, irmã de Maria Clara do n.° P * 14
Com geração, em Tit Moraes.
dente. 9-2 José da Silveira Campos casado com Olga
Schmidt f.a do engenheiro militar Andréas Sch-
9-3 Anna da Silveira é viuva de Manoel Máxin"^ midt, natural de Aliemanha, e de Cornelia.... •
de Toledo'!" de José Bonifácio de Toledo e natural de Minas Geraes.
X1T. 1'IKKO
TIT. PIHHS

9-3 Maria da Silveira Campos casou com seu parente


Deodato Cintra I de Manoel Vicente de Araojo
o casamento de Lucas da Silveira Franco descendem os
Cintra e de sua' 1.* mulher, em Tit. Lemes. Cu. seguintes f.os, dos quaes, como se vê adeante, poucos
5.o § 5.°, 2-8, n'este V. 2.°. deixaram geração:
8-8 Escholastiea Leopoldina, j á f, foi casada com ilo- 7-1 Anna, baptisada em 1770 em Atibaia, falleceu na
rencio Corrêa Pupo f.° do alferes José Corrêa Pajj.: infância.
e de Anna da Silveira. Com geração, á pag. 64. 7-2 Manoela, baptisada em 1771 em Atibaia, falleceu
8-9 Francisco Ignacio da Silveira, fallecido solteiro com na infância.
47 annos. 7-3 Antônio, baptisado em 1773 em Atibaia, falleceu na
infância.
8-10 Maria Gertrudes da Silveira casou com Luas
Furquim de Campos f.» do tenente Fructuoso José 7 4 Lucas, baptisado em 1775 em Atibaia, falleceu oa *
de Campos. Com geração neste á pag. 56. infância.
8-11 Jacintha da Silveira Campos casada com seu prin» 7-5 João, baptisado em 1777 em Atibaia, falleceu na
infância.
Lucas da Silveira Campos Cintra f.o do alie»
.Francisco da Silveira Campos e de Escholastiea di 7-6 Antônio Rodrigues, baptisado em 1778 em Atibaia,
Araújo Cintra. Com geração a pag. 60 d'est& falleceu com 23 annos solteiro em 1801.
8-12 Maria da Conceição Silveira casou com o tenente 7-7 Lucas, baptisado em 1780 em Atibaia, falleceu com
coronel Francisco Bazilio de Campos Cintra, já j, 11 annos em 1791.
f.° do alferes Francisco da Silveira Campos doií 7-8 Bernardino José Leite Penteado casou-se com Ur-
precedente. Com geração á pag. 61. sula Cândida de Moraes em 1802 na freguezia de
N- S. do O', S. Paulo, f.» de Francisco Xavier
8 - 1 3 Joaquim Ignacio da Silveira casou com Anna Ber- Bueno e de Gertrudes Branco de Moraes, V. l.°
nardina de Campos f.a de José Manoel Cintra e pag. 524 Teve q. d.:
de Constança Miquelina, n.o 8-5 supra. V. 1."
pag. 116. 8-1 José Rodrigues Penteado, f na Limeira, o qual
8-14 Joio da Silveira Franco, f solteiro com 26 annos casou-se em 1823 em Atibaia com sua prima
8-15 Barbara da Silveira Campos, vive n'este anuo de Gertrudes Maria de Odoladar f. do alferes
a

1899 solteira. Antônio da Silveira Cardoso e de Dionizia


Vieira, n. p. do capitao-mór Francisco da Sil-
8-16 Christina da Silveira Campos, ultima f.* de 7-13, veira Franco e de Maria Cardoso de Oliveira
foi casada com o f Leopoldo Augusto da Conte (elle de Atibaia e esta de Parnahiba) n. m. do
Freire f.o de Joaquim Pedro da Cunha Freire e alferes Vicente Vieira de Oliveira e de Maria
de Umbellina Ignez de Vasconcellos. Com geraçJf Domingues, pag. 65 d'este. Teve 6 f. dentre
es

em Tit Siqueiras Mendonças. os quaes descobrimos:


6-õ Lucas da Silveira Franco, filho do 1.° cãpitão-inói
Lucas de Siqueira Franco e de Izabel da Silveira T 9-1 Antônio da Silveira Penteado, nascido em
Camargo, casou-se na villa de Parnahiba em 1767 co» Jundiahy em 1828 e fallecido na Limeira
Maria Rodrigues Penteado f.a de Antônio Rodrigo* em 1875, o qual casou-se na Limeira em
Penteado e de Rosa Maria da Lnz, n. p. de JoV 1848 com Anna Carolina, natural de Ca-
Corrêa Penteado e de Izabel Paes de Barros, n. * mandocaia, f." de Antônio Leonardo do
do capitão-mór Antônio Corrêa de Lemos e de Maria 4* Couto, de Portugal, e de Carolina Felix da
Loz do Prado. Vide a ascendência destes em Tit Prados Trindade, de Santos,, n. m. de Joaquim
e Penteados. Como se vê em Tit. Prados, Maria B» Dias Pinheiro e de Laura Felix da Trin-
drígoes Penteado casou-se 2.» vez em 1797 com •Io* dade, de Minas Geraes. £ teve 10 f.os;
qnim Bneno de Azevedo, viuvo de Messia Ferreira. W 101 Vicente da Silveira Penteado casou-se
, em 1875 na Limeira com Escholastiea
TIT. PIRES
TP. PIRES
85
Eliza de Barros t> de Sebastião
Barros Silva e de trertrudes da Silva Serra e de Maria Eleuteria
Branco. Com f.» única: de Campos. V. l.o pag. 259 Teve:
11-1 Vicencia daJIWEIRA Penteado ^ 11-1 José de Campos Penteado
11-2 Anna Carolina Penteado casada
cida em 1879 e casada em i»S com seu primo Francisco Antônio
na Limeira com Octaviano de Barros Penteado n.° 11-2 de
Rodrigues f> de Domingos M 10-2 supra.
Rodrigues Júnior, de Portugal* 11-3 Antônio da Silveira Penteado so-
de Anua Barbosa Guimarães & brinho f em 1896.
Limeira. 11-4 Francisco Serra Penteado
11-5 Cândido Serra f em 1884
10-2 Maria Augusta Penteado, f em 1885 11-6 Maria Cândida Penteado
na Limeira, ahi casou-se em 1868 CCB 11-7 Sebastiana Penteado
Manoel de Toledo Barros f.° de P i » 11-8 Vicente Rodrigues Penteado
cisco Antônio de Barros e de Gertra- 11-9 Rita de Cássia Penteado
11-10 Octaviano de Campos Penteado
des Eulalia de Toledo. Teve 12 f.w :
j em 1897.
11-1 Cândida Evangelina de Barre 104Etelvina Francisca Penteado casou se
casou-se em 1887 em Limeira COE na Limeira em 1874 com Bernardino
Antônio de Campos Serra, viuvo DE Alvares de Oliveira Penteado, da ire-
10-5 adeante, f.° de Cândido José guezia do O', F.» de João Baptista Alves
da Silva Serra e de Maria 0 » de Siqueira e de Escbolastica Franco
Penteado. Tem:
teria de Campos. V. 1.° pag. 269. 11-1 Cândida Alves Penteado
11-2 Francisco Antônio de Barros Pen- 11-2 Anna Cândida de Moraes
teado casou-se em 1897 com s» 11-3 José Alves da Silveira
prima Anua Carolina Penteai* 114 Rita Leite Penteado
n.° 11-2 de 10-3 adeante. 11-5 Sebastião Alves Penteado
11-3 Joaquim Augusto de Barros 11-6 Luiz Alves Penteado.
10-5 Cândida Penteado Serra, f em 1886 no
11-4 Antônio Augusto de Barros Descalvado, casou-se na Limeira em
U-5 Piaminio de Barros Penteado 1875 com Antônio de Campos Serra f.°
11-6 Manoel de Toledo Silva de Cândido José da Silva Serra e de
11-7 Maria de Barros Penteado Maria Eleuteria de Campos. E teve:
11-8 Sebastião de Toledo Barros 11 1 Antônio Penteado Sena
11-2 Maria Eleuteria Penteado
11-9 José Penteado de Barros 113 Cândido Penteado Serra.
11-10 Álvaro de Toledo Barros 10-6 Eliza Augusta Penteado casou-se em
1111 Olegario de Barros Penteado 1878 no Descalvado com Antônio de
iÁQ r A n n a
Carolina de Barros. „ Camargo Campos Bittenconrt f.° de
« « J o s é Rodrigues Penteado caso'W^ Antônio José de Assumpçao e de Ger-
£"n«ra em 1876 com Rita Anwny trudes Maria do Carmo. Tem:
11-1 Antônio de Campos Bittencourt
B»va Serra, de Campinas, Í-* jn>
« \ Campos Penteado e de P»«J* ^
quina de Andrade, n. p. do atfer* ^
f Campo, Penteado e d e R i W j ^ y
( l a
^"va Berra, n. m. de Candid 0
MT. mas
TIT. PIRES
11-2 Guiomar Torrasao Bittencourt I
11-3 Afundo Penteado Bittencourt
11-4 Gertrudes Maria do Carmo. 3j 101 Maria
11-5 Georgina Bittencourt 10-2Anna casada com...
11-6 Andando Bittencourt 10-3Escholastiea casada com.. -
11-7 Admar Bittencourt 304O)egario casado com. .
11-3 Arnaldo Bittencourt. JO-5Horacio
10-7 Antônio da Silveira Penteado, f et 100 ..
1889 na Limeira, onde casou-se em 18Sj 10-7 José
com Escholastiea de Campos Pacheco 9-2 Maria Francisca das Dores casou-se com
f.a de Manoel Ferraz Pacheco, de Pi- João Rodrigues de Siqueira (residente em
racicaba, e de Anna Cândida Pacheco, Santa Cruz de Pirassununga) e tem:
de It«. Deixou f. única:
a 10-1 Olegario casado...
ll-l Anna Caudida Ferraz Penteado. 102Francisco casado...
10-8 Bernardino José Leite Penteado ca- 10-3 Estevão Soares de Camargo, casado com
sou-se em 1890 na Limeira com Vices- sua prima Maria n.o IO-I de 9-6 infra.
tina de Almeida, natural do Rio de 10-4Paulo casado com...
Janeiro, f> de Antônio de Araújo. Ai- 10-5 Joào
meida, de Portugal, e de Idalia Vieira 100 Anna
de Almeida, do Rio de Janeiro. I 10-7 Maria
20-9 FiaBiinio dá Silveira Penteado casou se 10 8 Escholastiea
em 1891 no Descalvado com Josephiu 10-9 Françisa J .
Tolomelli, de Itália, que falleceu ca 9-3 Francisca Mana de Jesus casou-se com Za-
1896 na Limeira. Teve: charias Carlos de Camargo (de Campo Largo,
11-1 Anna Carolina da Silveira onde ella ainda vive). Teve:
11-2 José Tolomelli Penteado. 10-1 Vicente Carlos de Camargo casado com
10-10 Antônio Rodrigues Penteado casou-,* . . . e residente em S. Paulo.
na Limeira em 1896 com Sebastíauaè 10-2 Anselmo Carlos de Camargo, solteiro
Barros f.« de Sebastião de Barros Sito» (em Itatiba).
e de Gertrudes Alves Branco. Teta: 10-3 Generino casado com Anna (em Itatiba).
11-1 Zuieica de Barros Penteado. 104 João, solteiro, (em Campo Largo).
8-2 Anna Francisca, f> de Bernardino José Lei" 94 José Soares Penteado casado com Maria...
Penteado n.° 38, foi 1.° casada com Ester* (Nhala, de Limeira). E teve:
Soares de Camargo f.° (na duvida) de Miguel d* 10-1 Maria casada com Antônio.. .Sampaio
Camargo Ortiz e de Esmeris.. ; segunda rt> 9-5 João Franco de Camargo foi casado com
casonse em 1843 no Belém (hoje Itatiba) t* Constança filha de Jacintho Soares (de Campo
José Pires de Godoy, viuvo de Manoela Soar» Largo).
filho de Antônio Pires Pimentel e de Joaquim
líbella. Teve (por ínformaçOts): 9-6 Sabino Soares de Camargo casou-se I.° com
Do l.o: *^ Leopoldina f.» de Joio Pires de Camargo
(de Pirassnnnnga) e 2.° com Antonia da
Silveira Franco.
W Joaquim Antônio da Camargo casado oca Teve da l.a mulher:
Maria Franco (residente no Campo Lu? 10-1 Maria casada com seu primo Estevão
de Atibaia), Teve: Soares de Camargo n." 103 de 9-2 supra.
Da 2.a mulher:
TIT. PIRES 89

&&.}
1 0 4 Clara casada com Manoel Cabral dos j
10-1 José Luiz da Rocha casado com
f.a de João Afonso, de Araraquara.
Santos. 10-2 Elidia casada com Henrique de Godoy
10-6 João I Moreira (residente em Monte Alto —
Jauoticabal).
10-6Benedicto J solteiros. 10-3 Maria casada com João Affonso (na
10-7 casada com José EvangeJia» | Boa Esperança).
de Toledo. 10-4 Bertholino (solteiro)
10-8 Eugênio 10-5 Joaquim (solteiro)
10-9 Estevão 10 6 Malvina
10-lOJulia 10-7 Cândida
10-11 Julietta 1Õ-S Leonidia
10-12 Pedro. 10-9Belmira.
9-7 Gertrudes Maria Soares casada com Frul 9-12 Bernardina casada com Belarmino Bueno
cisco Franco de Camargo f.° de Francisni de Moraes, em Araras, com geração.
Pires, de Itatiba. Teve: 7-9 José, f.o de Lucas da Silveira Franco n.° 6-5. falleceu
10-1 Francisco casado com Francisca Pirei com 2 annos em 1785.
f.a de Francisco Pires. 7-10 Antônio Luiz Leite Penteado, ultimo f." de Lucas da
10-2 Estevão ) Silveira Franco, baptizado em 1785 em Atibaia, abi
10-3 Pedro > solteiros casou-se em 1805 com Anna Francisca Franco f.a de
104 João J João Pires Pimentel e de Maria Antonia. V.l.° pag.
105Joaquim casado com Francisca L*È 40. Teve <j. d.:
Joaquim Ânt.° de Camargo (de Itatib) 8-1 Maria Rosa Penteado casada em 1621 em Atibaia
10-6Maria casada c o m . . . (em CampiatA com Ignacio Franco Penteado f.o de Justiniauo
9-8 Escholastica da Silveira Franco foi casai Ortiz Leite e de Ignacia Maria, n. p. de Estevão
com José da Silveira Franco Í.° do a t o Ortiz da Rocha e de Maria Leite, de Parnahiba,
Joaquim Franco de Camargo e da 2.' w n. m. de Domingos Teixeira de Moraes e de Anua
lher Maria Lourença de Moraes (com F Franco, de Pitanguj, V. l.o pag, 525, com geração.
ração adeante). 8-2 Jacintha Franco de Jesus casada em 1823 em Ati-
Do 2.° casamento de Anna Francisca a.'C baia com João Francisco do Amaral f.o de Antônio
supra, com José Pires de Godoy, descende» Ortiz do Amaral e de Mariauna Ferraz de Araújo,
9-9 Antônio Pires Penteado casado com Ameu n. p. de João Ortiz de Camargo e de Ursula Bueno,
(.' de Sevèríno Antunes (de Pirassuoung») B. m. de Antônio Ferraz de Araújo e de Gertrudes
Teve: Corrêa. V. 1.» pag. 303.
10-1 João Augusto Penteado 8-3 Francisca de Paula casada em 1830 em Atibaia
lO-2Horacio Penteado com Antônio Franco Penteado f.° de Custodio de
Azevedo Neves e de Maria Rosa Penteado, esta
10-3 Juvenal Penteado f. de Antônio Franco de Camargo e de Rosa Maria
B

104 Octavio Penteado Leite. V. 1." pag. 344, onde foi ©mittida a f.« 4-12
10 5 Oscar e mais 6 meninas, Maria Rosa Penteado.
9-IOCbn8tança, solteira 8 4 Delphina Maria Franco casou-se em 1838 em Ati-
9-11 Maria desarma da Annunciaçào casada*| baia com Ignacio Pires de Camargo, viuvo de Ma-
8. Carlos do Pinhal com Jacintho Pires* !
1
ria Soares.
Rocha de Joio Pires, de Itatiba. AM
90 TIT. PIRES
TIT. PJBB8 91
8.5 Gertrudes Franco casou-se em 1848 em Atibaia cao Lima f.n de João de Godoy Lima e de Antonia
Firaiano Pires de Oliveira f.o de Salvador Pires Franco fsbelia. Tit Prados Cap. 4." § í." n."
de Oliveira e de Maria Bufrazia Franco. V. l.« 2-2, 3-1, 4-1 Teve:
pag. 343. 9-1 Francisco
6-6 Joaquim de Siqueira Franco, f.° do l.o capitão-mór 9-2 Ademar
Lucas n.o 5 4 de pag. 48, casou em 1775 em Parnahiln 9-3 . .
com Gertrudes Francisca Pedroso f.° de Loureoço Franco 9 4 Joaquina casada com Francisco da Silveira
da Rocba e de Francisca Margarida. V. l.° pag. 517, Leme, fazendeiro no município do Amparo,
Teve q. d.: f.° do capitão Francisco Antônio da Silveira
7-1 Francisca de Paula Pedroso, baptisada em 1776 em e de Gertrudes Theresa da Silveira. Neste
Atibaia, ahi casou em 1801 com Felisberto Franco Tit. n.o 6-10, 7-2 adeante.
de Camargo f.° de Lourençõ Franco de Camargo 7-8 Antônio Luiz da Rocha, baptisado em 1791 em
e de Anna Franco da Cunha. Com geração no V. Atibaia, ahi casou em 1813 com Anna Cardoso de
l.o pag. 336. Campos f.a do ultimo capitão-mór de Atibaia Lucas
7-2 Joaquina Pedroso da Silveira casou com Salvador de Siqueira Franco e de Anna Gabriella de Campos
do Nascimento Franco f.° do capitão Crispim da e Vasconcellos, á pag. 56 dVste. Teve q. d.:
Silva Franco e 2.» mulher Gertrudes Alvares. Com 8-1 Anna de Siqueira Campos casada em 1841 em
geração, em Tit. Lemes Cap. 1." § 9.©, n'ete V.2.". Atibaia com o coronel Camillo José Pires f.° de
7-3 Lucas, baptisado em 1780 em Atibaia. Tliomé Pires de Ávila e de Maria Franco Car-
7 4 Helena Francisca Cardoso casou em 1801 em Atibaia doso. Tit. Pires de Ávila. Teve:
9 1 Thomé Pires de Ávila Netto, bacharel em
com Estevão Soares da Bocha, viuvo de Uertrndes direito, já fallecido, foi casado com sua prima
Maria das Neves, f.o do tenente José de Godoy Mo- irmã f.» de Bento Pires e de sua l.a mulher.
reira e 2. mulher Anna Soares de Siqueira. Com
a
Sem geração.
geração, em Tit. Godoys Cap. 1.» § 8.o, 2-3, 31,4-8. 9-2 Escholastiea Pires de Ávila casou com José
7-5 Maria, baptisada em 1785 em Atibaia. Soares de Camargo, capitalista em Itatiba.
7-6 Escholastiea, baptisada em 1787 em Atibaia. Tit. Pretos.
7-7 Bento José da Silveira casou em 1833 no Belém 9-3 Maria da Silveira Campos casou com Fio-
(hoje Itatiba) com Gertrudes Franco Isbella f.» do riano Antônio de Moraes. Tem:
alferes Manoel Joaquim Leite e de Anua Pires Pi- 10-1 Jacintha de Moraes Ferreira que foi
mentel. V. l.o pag. 301. Teve: casada com Antônio de Moraes Ferreira.
8-1 Apollonia que casou com seu primo Joaquim Da- Tit. Moraes. Sem geração.
inasio f.o de Damasio Franco da Silveira e de 10-2 Camillo Antônio de Moraes casado com
Antonia Franco fsbelia. Com geração.
8-2 Gertrudes casou com Manoel Damasio, irmão de Juditli Guimarães. Com geração.
Joaquim Damasio do n.° precedente. 10-3 João Baptista de Moraes casado com
8-3 Maria casou com João Damasio, irmão dos pre- Anna Carolina de Godoy. Com geração.
cedentes. 10-4 Benedicta de Moraes, já f, foi casada
84 Anna casou com Manoel Bneno do Amaral. com Antônio Alexandre Pupo Nogueira
8-5 Escholastiea casou com João Alves. f.° de João Baptista Pupo de Moraes e
8-6 . casou com Joaquim (ou João) Soares do de Luiza Gabriella. Com geração no V.
Amaral. I.° pag. 234.
8-7 Clara casou com Rodrigo . . de Godoy. 10-5 Anna Luiza de Moraes casada com José
8-8 Joio de Siqueira Franco casou com Maria de Pires da Silveira. Com geração.
10-6 Floriano Antônio de Moraes Júnior
bacharel em direito, fazendeiro, depu- TIT. PIRES 93
tado ao congresso federal em 1900, foj
casado com Leonidia Alves, já t, f* do 7-11 José da Silveira Franco, baptisado em 1798 em
barão de Itapema, Francisco Alves Cv Atibaia, abi casou em 1824 com Delphina Theresa
doso, já f> e de Cândida, baroneza do Leite f.a do capitão Antônio de Padua Leite e de
mesmo titulo- Com 1 f.a menor em lÜQfc Bernardina Franco da Silveira. Com geração, em
11-1 Herminia Tit. Lemes.
10-7 Vitalina de Moraes Ferreira casada cou 7-12 Anna Francisca Pedroso casou em 1820 em Atibaia
Manoel de Queiroz Ferreira f.° do com. com Manoel Antônio Soares. Teve q. d.:
mendador Francisco Benodicto Ferreira. | "8-1 Maria Rosa casada em 1841 com João de Si-
Tit. Moraes. Com goraçao. queira Franco, n.o 8-1 de 7-10 supra.
10-SColleta de Moraes Godoy casada com I* 7-13 João Baptista da Silveira casou em 1826 em Atibaia
percio de Godoy. Com geração. com Gertrudes Maria de Godoy f.a do sargento
Marcellino de Godoy Bueno e de Maria GabrieUa
. casada com José Pires. da Silva.
9-4
9-5 Anna foi casada com seu tio paterno Benta |
Pires, 1-7 Anna Franco Cardoso, f.« de 54, casou em 1774 em
Atibaia com o alferes Francisco Alvares Cardoso f.»
9-6 Herlinda casada com o tenente-coronel Jul» I de Ignacio Alvares Cardoso (de S. Paulo) e de Maria
Joly Netto f.° do major Eugênio Joly et de Godoy Moreira (de Atibaia). Com geração no V. 1."
pag. 487.
Maria Carolina. V. 1 o pag. 492.
8-2 Lucas de Siqueira Campos, f.o de Antônio Luii I i-8 José de Siqueira Franco, f.o de 5-4, foi capitão-mòr de
n o 7-8, casou com Lydia, natural de Atibaia, Atibaia e falleceu em 1814; casou l.o em 1782 em
f.a do capitão Salvador Ribeiro de Toledo, já j,e| Atibaia com Helena de Moraes Araújo, viuva do ca-
pitão Francisco Lourenço Cintra, f em 1780 em S. Paulo,
de Umbellina Florisbina Franco. Teve £• única: em Tit. Lemes; 2.» vez casou em 1799 em Atibaia com
9-1 Benedicta, já f, que foi a 1 > mulher do doutor Francisca Margarida Pedroso, natural de Pavaaltiba,
Aflonso José de Carvalho que foi promoto f.» de Jeronimo de Godoy Moreira e de Maria Joaquina
publico da comarca de Atibaia, e n'esté ai» Pedroso. Sem geração da 1.»; porém, teve da 2.»:
de 1903 é juiz de direito de S. Bento dt 7-1 Alferes José de Siqueira Franco casado em 1828
Sapucahy-mirim. Cora geração. em Atibaia com Maria Generosa Leite f.a de João
7-9 Joaquim Antônio da Silveira, f.o de Joaquim de José da Silveira e de Anua Theresa da Conceição.
Siqueira Franco n.° 6-6, baptisado em 1798 • V. l.o pag. 491.
Atibaia, abi casou em 1820 com Francisca RomiM 7-2 Anna
f.» do alteres Jacintho José de Araújo Cintra ede 7-3 Maria Polycarpa Franco casada em 1820 em Atibaia
Maria Francisca Cardoso. Com geração, em Ti com Manoel José Rodrigues f.° de Ângelo Franco
Lemes Cap. 5.» § 5.« n.° 2-8, 3-2, 4-1. Corrêa e de Jnsepha Rodrigues da Cunha, á pag.
7-10 Antônio Manoel Silveira. f.° de 6-6, casou em 181» 36 creste.
em Atibaia com Maria Francisca f.a dJrFranòs* 74 Alferes Joaquim Antônio da Silveira casou em 1840
Soares de Lima e de Maria Cardoso de Oliven» em Atibaia com Rita de Cássia f.» de João José da
Tit. Pretos. Teve q. d.: Silveira do n.o 7-1. V- l.o pag. 491.
8-1 João de Siqueira Franco casado em 1841 1
7-5 Theodoro
Atibaia com Maria Rosa l a de Manoel A*| 7-6 Maria Caetana casou em 1834 era Atibaia com Fran-
tonio Soares e de Anna Francisca Pedro»). cisco Bueno da Cunha f.o de Aleixo José Bueno e
de Escholastica Ortiz de Camargo. Tit. Furquins.
7-7 Gertrudes
TIT. PIRES 95
6-9 Escholastiea da Silveira Franco, f.» de 5-4, falleceu eu 10-7 Maria Sarmento casada com João Ro-
testamento em Mogy das Cruzes e casou em 1788 coa drigues.
Antônio Bueno da Silva. V. 1.° pag. 605. Sem geraçfc 10-8 Cincinato Sarmento, pharmaceutico di-
6-10 Maria Gertrudes Franco, f.» de 5-4, falleceu com Oi plomado, já f.
annos em 1801, e foi casada com o guurda-mór I*» 10-9 João Sarmento, f solteiro.
renço Leme de Brito, natural. de Taubaté, t com ã 10-10 Elisa Sarmento Pimentel, já t. foi ca-
annos em 1796 em Atibaia, f.° do saigento-mór Loi, sada com João Pimentel. Com geração.
rençp de Brito Leme e de Christina Maria de Siquem. 9-2 Antônio Duarte do Rego.
de Taubaté. Tit. Siqueiras Mendonças. Teve 11 t « : 9-3 Joaquim Carlos Duarte.
7-1 Maria Gertrudes Franco que. casou em 1781 ei
Atibaia com o alferes Francisco Teixeira de T» Do 2.°, sem geração.
ledo, natural da villa da Campanha, £-° do capitei 8-5 Maria Angélica de Toledo foi moradora em Cam-
Manoel Teixeira Ribeiro e de Maria Rosa de TV pinas, no estado de solteira.
ledo (de S. João de El-Rei). Tit Toledos Pitas. 0 7-2 Capitão Lourençõ Antônio Leme, f.o de 6-10, casou-se
alferes Francisco Teixeira teve pelo inventario eis em 1796 em Atibaia com Anna Jacintha de Oli-
Campinas os 5 f.o» seguintes: veira f." do alferes Vicente Vieira de Oliveira, de
8 I Maria Rosa de Toledo que casou em 1801 es S. Paulo, e de Maria Domingues, de Atibaia, n. p.
Atibaia com João Ferreira dos Santos G» de Jorge Moreira e de Margarida Vieira, n. m. de
marães f.° de João da Costa Ferreira e de IT Caetano Domingues Paes, que foi juiz ordinário e
tonia Leme de Santa Rosa. * de orphãos em Atibaia. e de Joanna de Lima. Tit.
8-2 Theodoro José de Toledo, solteiro, morador ffl Garcias Velhos. O capitão Lourençõ Antônio Leme
termo da villa da Constituição (hoje Piracicaty mndon-se de Atibaia para o município dc Bragança
8-3 Cândido Xavier de Toledo casado e morador tu onde teve sua fazenda de cultura no bairro do Couto,
vindo a fallecer em 1820, depois de ter oecupado o
villa de Caxias. cargo de juiz de orphãos n'essa villa. Deixou os se-
8-4 Maria Perpetua Teixeira casada 1.° em 1814»» guintes filhos:
villa dc S. Carlos (hoje Campinas) com Anton»
Duarte do Rego f.° de José Duarte do Regot 8-1 Gertrudes Maria de Camargo Leme, baptisada
de Ursula Maria Bernardes, em Tit Prato .em 1802 em Bragança, ahi casou-se a 1.» vez
Cap. 6° § 3.°, 2.-2, 3 10; segunda vez casou» em 1817 com Francisco Antônio da Silva f.o
em 1830 em S. Carlos com Romfio Vidal (& de José Pedroso de Moraes e de Anna Leme
Hespanha). Teve do 1.": (O. O. Campinas) da Silva, em Tit. Moraes; segunda vez foi ca-
9-1.Anua Theresa Duarte casada em 1889 a' sada com Aleixo José de Godoy f.° de Pedro
em 3. Carlos com José Joaquim de Mon* Vaz Pires e de Anua Joaquina, n. p de João
Sarmento. Teve: Pires Pimentel e de Anua de Godoy. Tit. Macieis.
Gertrudes Maria sobreviveu á seus 2 maridos
10-1 Antônio Duarte de Moraes Sarmento e falleceu em avançada idade no bairro do Couto.
10-2 José Sarmento, capit&o reformado. Teve do t.° marido f.« anica:
10-3Joaquim Ulysses Sarmento. 9-1 Anna Francisca do Carmo que casou-se no
10-4 Luiz Gambetta Sarmento.. Belém (hoje Itatiba) em 1832 com João
IO-5 Bacharel em direito Alberto SARMETT* Alves Cardoso f.° de Joaquim Alves Car-
10-6 Josephina Sarmento casada com HEW doso e de sua l.a mulher Manoeia Mique-
PEIXOTO. Com } F.O» lina. Com geração no V. 1° pag. 496.
U-L Heitor Do 2.o marido teve:
TIT. PIRES
TIT. PIBKS 97
9-2 Antônio Aleixo, viuvo de Rosa... f , a

José Mathias. Teve: Francisca de Salles. Tit Macieis. Com


10-1 Francisco geração.
102 José 10-5 Amélia da Silveira Leme casou-se com
10-8 João Bernardo José da Sampaio, residente
104 Leopoldo no Amparo, f.° de Nicolau Augusto do
10-5 Octa via Amara! e de Gertrudes Maria de Sousa.
10-6 Joaquina Tit. Taques Cap. 6." § l.o. Com geração.
10 7 Francisca 10-6 Luiz da Silveira Leme.
10-8 Lcopoldina 10-7 Aninha, falleceu em menoridade.
9-3 José, falleceu solteiro. 9-6 Manoel José Ferreira da Silva, fallecido, foi
94 Gertrudes Guilliei mina Egydia de Carnais» casado com Jnstina de Andrade, f em 1902
já fallecida, baroneza de Juquery, foi I.i em Bragança- Teve 12 f.«':
casada com Ignacio Nogueira, e 2.« vez cos 10-1 Lydia, solteira.
o coronel Francisco de Assis Valle Juniw, 10-2 Jíilietra. solteira
barão de Juquery, residente em Braganp. 103 Manoel José Ferreira da Silva
Sem geração. 104 João Ferreira casado com Anna l> de
9-5 Francisco Antônio da Silveira, f em 1SS1, Delphim Franco de Godoy e de Maria
foi casado com Gertrudes Theresa da §3- Francisca do Carmo.
veira, natural de Bragança, f." do còroná 10-5 Maria casada com seu primo irmão José
Luiz Manoel da Silva Leme e de sua l 1

Gonzaga Cintra f.° do alferes Luiz Gon-


mulher Carolina Eufrasia de Moraes, n. j. zaga de Moraes e de Francisca Emilia
do sargento-mór Antônio Lome da Silva: da Silveira, 9-9 abaixo. Com geração.
de sua 2." mulher liosa Maria de S. José; 10-6 Justina casada com Aiziro Carneiro.
n. m. do capitão de milícias Luiz Gonzas Com geração.
de Moraes, e de Gertrudes Theresa da 83 10-7 Alzira casada com Ernesto de Assis
veira, naturaes de Atibaia. Teve: I Gonçalves f.o do major da guarda na
10-1 Francisco da Silveira Leme casado o* cional Francisco de Assis Gonçalves, de
Joaquina f.» de João de Siqueira Fnuw Bragança, e de Antonia Fortunata da
e de Maria de Lima, pag. 91 d'e* Annunciação Gonçalves. Sem geração.
Sem geração. Reside em sua fazenda*
Amparo. 10-8 Leonidia casada com Antônio Manoel
Gonçalves f.o de outro de igual nome
e da 1.* mulher.
10-2 Maria casada com Antônio Dias Nona 10-9 Antônio
j á j , £° do dr. João Novaes, faltai* 10-lOJoaquim
em S. Paulo, e do Maria Novaes. 0> 10-11 Francisco
geração. 10-12 José
10-8 Carolina da Silveira casada com J * -7 Lourenço Antônio da Silveira casou-se com
Pnpo Júnior f.o de João Baptista M Joaquina f> de João de Godoy Lima e de
de Moraes e de Lniza Gabríella 8* Antonia Franco Isbella. Tit Prados Cap. 4.o
gueíra. V. 1.° pag. 2 3 5 . Com gerai* § l.o. Teve 6 f.os :
10-4Carmeliiia casada com o capita» J*? 10-1 Antonia casada com Antônio Soares
de Salles Pupo, de Campinas, f° j Moniz Netto f.o de Florencio Soares
Luiz Henrique Pupo de Moraes ? Moniz.
TIT. PIRES

10-2 Sebastião TIT. PIRKS 99


10-3 Amélia casada com Florencio Soar*
Moniz £.° de outro supra. José da Silveira e de Gtiilhermina
104 João de Vasconcellos. Com geração em Tit
10-5 Aristides Alvarengas.
106 Ernestino 105 José Gonzaga Cintra, t em 1903 em
9-8 Joào Alves de Gotloy casou-se com Mam Bragança, foi casado com sua prima
f.* de Manoel Alves Cardoso e de Maria Alt» irmã Maria n.° 10-5 de 9-6 retro. Com
n. p. de Joaquim Alvos Cardoso e dc Joj! geração.
quina de Oliveira, n. m. de.Lourençõ A> 10-6 Luiz Gonzaga de Moraes Cintra está
tonio e de Anna Miquelina. V- 1." pag. 48- casado com Maria Theresa do Valle
Tem: f.i do capitão Francisco de Assis Valle,
101 Manoel Al eixo Alves. já f, e da 2." mulher Libania de Assis
Valle. Tit. Alvarengas. Tem f.os me-
10-2 Arthur Alves de Godoy casado ccq nores.
Maria Gomes Pinto de Godoy.
10 3 Elvira Alves de Aguiar casada« 10-7 Maria está casada com José Egydio
ÂffonsoBue.no de Aguiar. V. l.opag.4% Gonçalves, capitalista em Bragança,
10-4 Alice Alves de Godoy, solteira em 188, f.o do capitão Antônio Manoel Gon-
10-5 Leonidia Alves de Godoy. • çalves, e de Brandina , já falle-
106 Raul Alves de Godoy. í cidos. Com .geração.
10-7 Trajano Alves de Godoy. 10-8 Felicio Gonzaga Cintra está casado
10-8 Maria Luiza de Godoy. com sua prima Julia Iracema Gon-
9-9 Maria, falleceu solteira. çalves f." do major Francisco de Assis
9-10Francisca Emilia da Silveira, já fallecA, Gonçalves e de Antonia Fortunata da
foi casada com o alferes Luiz Gonzaga 4 Annunciação. Com geração, V. 1."
Moraes, já f, f.° capitão Luiz Gonzaga* pag. 337.
Moraes e de Gertrudes Theresa da Sdvár. 9-11 Jacintha de Brito Leme, já t, foi 1.° ca-
Tit Lemes Cap, 5.° § õ.°, n"este V. V sada com Antônio Moreira Lima, viuvo de
Teve: Constança Alves. f.° do capitão Francisco
10-1 Fldra casada com José Antônio ft] Jorge Antunes Lima, em Tit Moraes; 2.»
gundes. Com geração vez com João Baptista de Paiva Baracho, na-
10-2 Frederico Gonzaga Cintra, t em 1& tural de S. José dos Campos. Sem geração
foi casado c o m . . . . f. de Elias
a do 2.°; porém teve do l.o marido um casal
(de Uberaba) Com geração. de f.os:
10-3 Evaristo Gonzaga Cintra, já |, & 10-1 Antonia Moreira Lima casada com
casado com sua parente ChristóÇ Tranquillino Alves Galvao. V. 1.°
de José Ferraz de Siqueira Cintar pag. 499.
t, (o Nhonho Ferraz) e de Consto? 10-2 Jorge Moreira Lima.
de Moura. Teve um f.« estudante * *-~2 Christina de Brito Leme, f.a do capitão Lou-
Gymnasio Lamartine em 1903. rençõ Antônio n.° 7-2, casou em 1820 em Bra-
104 Francisca, f no l.o parto, foi e»sfi gança com Joaquim de Cerqueira César f.° do
com Daniel da Silveira VasconceV Sa
rgento-mór Joaquim Moreira César e de Maria
t» do t escrivão de Bragança, 0*^ Rosa Padilha, em Tit Garcias Velhos; 2.a vez ca-
sou em 1823 com Antônio Soares da Rocha f.o de
TÍT. P O T S TIT. PIRES
101
Estevão Soares da Rocha e de Gertrudes Mv P 7-3 José Mariano Leme. f.o de 6-10, foi baptisado em
via das Neves. Com geração do 2 . 0 marido e* I 1762 e casou em 1798 em Atibaia cora Francisca
Tit. Godoys Cap. l.o § 8.«* Xavier f.* de Ventura Simões Salgado, natural de
8-3 Jacintha Leme de Brito casou em 1822 $ Coimbra, e de Rosa Maria de Jesus.
Bragança com Antônio Moniz Penteado f.° 4 7-4 Capitão Ignacio Caetano Leme, f.o de 6-10, foi um
José Franco Penteado e de Maria Laizaft dos fundadores de Campinas, e teve sua lavoura
mentel. Teve: . em Reboaças (antigo Quilombo). Foi natural de
Atibaia e casou em 1799 na villa de S. Carlos com
9-1 Cândida de Cerqueira César casada $ Maria Francisca de Campos f.a de Pedro Gonçal-
1841 no Belém (Itatiba) com José de Cer- ves Meira, de Itú, e de Anna de Campos Penteado.
queira César f.° do capitão Manoel & Tit. Cubas Cap. ].« § 1.°. Falleceu o capitão Igna-
Cerqueira César e de Manoela dc Olivcin cio Caetano em avançada idade em meiado do
Tit. Garcias Velhos. século 19.o teve 8 f •>«:
e

8-4 Lourenço Antônio, f.o do capitão do mm 8-1 Joaquim Caetano Leme que casou 1.° no Am-
nome n.° 7-2, baptisado em 1803 em Braganfl paro em 1837 com sua prima Jacintha da Sil-
foi casado com Anna Miquelina DultrafH veira f. de Francisco da Silveira Franco, n'este
fl

Joaquim Alves Cardoso e de sua IA multe a pag. 79; 2 . vez casou com Maria f.» de Fe-
a

Manoela Miquelina. V. 1-° pag. 495. Faüeca lisberto Claro de fiscobar e de Theresa Gabriella
Lourenço Antônio em Belwni de Jundiahy (Iti de Barros n.° 8-8 adeante. Teve:
Da l . mulher:
a

tiba) e teve 2 f.a». 9-1 Caetano, casado


3.5 Izabel da Silveira Franco, í > de 7-2, casou e 9 2 Maria Jacintha I .
1825 em Bragança com Antônio da Sil^ 9-3 Anua / solteiras
Franco f.° de Francisco da Silveira Franca*
de Anna Gertrudes de Campos. Neste a pag ffl Da 2 * mulher:
8-6 Anna de Brito Leme casou com Lucas de $ 9 4 Theresa, casada com Cândido EUsea de S.
queira Franco t° de Estevão Soares da Bo* Paio, pharmaceutico em Santa Rita do
e de Helena Francisca Cardoso- Com ger# Passa Quatro.
era Tit. Godoys. 8 2 José Caetano de Camargo Leme casou com
8-7 Maria Izabel da Silveira casou em ,1829 * Maria Joaquina de Camargo f." de José Custo-
Bragança com Elias de Godoy Moreira f.°* dio Soares de Barros e de Maria Joaquina de
Camargo. Foi morador em Capivary. Sem gera-
Manoel Joaquim de Godoy Moreira e de At? ção. V 7 1.° pag. 220.
Joaquina das Neves. Com geração. 8-3 Diogo Antônio de Camargo Leme casou com
8-8 Maria Joanna casou em 183õ no Beleui (Hafl 1
Anna Cândida de Oliveira f." de Lourenço An-
com Francisco de Assis Valle, j á que foi itf* tônio Leme e de Escholastica de Oliveira; por
dor em Bragança, f.© do alferes Antônio JJJ esta, neta do capitão Raphael Cardoso de Oli-
do Valle, natural de Portugal, e de GeiW* veira, de Atibaia, e de Maria do Rosário n.o
Theresa de Jesus, natural de S. Paulo. ^ 7-5 adeante. Teve:
geraç&o em Tit. Alvarengas. 9 4 Ignacio Caetano Leme, morador em Santa
8-9 Anna Jacintha de Oliveira, f." de 7-2;.çasp)!Í Barbara, que foi.l.o casado com Josephina
1828 com Antônio de Cerqueira César l' de Camargo f> de Bento Barroso de Cam-
Joaquim Moreira César e de Maria JÜOSA.0* pos e de Mathilde...; 2.» vez com Theresa
geração em Tit, Garcias Velhos. de Arruda Campos f.« de Elias de Campos
8^10 Maria Gertrudes f em menoridade.
Bicudo, de Indaiatuba. Sem geração da 2* M T . PIRES
porém teve da l.a mulher os 7 f.os : I
10-1 Diogo 9-2 Luiza f
10-2 Bento 9-3 . . . casada com Bento Manoel Teixeira f."
10-3 Talgino do alferes Manoel Joaquim Teixeira No-
1 0 4 Anna Cândida gueira e de Anna Joaquina de Camargo.
10-5 Luiza V. 1.» pag. 231.
10-6 T . . . 9 4 Maria que casou com Domingos Franklin
10-7 Herculano. Teixeira, seu primo, f.° de Domingos Tei-
9-2 Amador Bueno de Camargo casado con xeira e de Maria Gertrudes n.o 8-6 adeante.
Joanna de Campos f.a de João de Campos Com 3 f.os:
e de Gertrudes Tem: 10-1 Maria
10-2 Olympia
1 0 1 Napoleão 10-3 Franklin Teixeira.
102 Nabôr 8 5 Anna Cândida de Campos foi l.o casada COM
10-3 Diogo o major Domingos da Costa Machado f.° do f
104 tenente do mesmo nome e de Maria Barbosa do
10-5 Rego, em Tit. Raposos Góes Cap. 7.° § 3.°;
9-3 Beinvinda casada com Pedro de Sousa Cam- 2.a vez casou com o dr. Francisco de Assis
pos f.o de Francisco de Sousa Campos e Papo de Moraes. Teve:
de Gertrudes... T e v e : Do 1.° marido os f.o»:
10-1 Francisca casada com Antônio Fer- 9-1 Ignacio Caetano da Costa Leme casado com
reira de Almeida. Clara f. de Felisberto de Escobar do n.o
a

10-2 Anna 8-8 adeante.


10-3 Antônio casado com Minervina 9-2 Theresa casada com Aquilíno Carlos de
9 4 Antonia casada com Antônio Carlos de Oliveira. Com 4 f.os.
Campos Machado f.° de João Machado de 9-3 Elisa casada com Antônio Benedicto Tei-
Toledo e de Francisca de Paula Leite. Con xeira. Com 6 f.os.
f.° único: 9 4 Lniza casada com José de Sousa Siqueira.
101 João Rogério de Campos M ACHADO Com 6 f.os.
casado com Anna Cândida de Campos " 9-5 Maria casada com Elias Teixeira de Esco-
f.a de Francisco Machado de Campo. bar. Com 3 f.os.
9-6 Anna.
e de Maria da Conceição. Tem: Do 2.° marido:
11-1 Maria
11-2 Benedicto 9-7 Querubins viuva de Carlos Vieira Martins.
Com 2 f.os.
11-3 Risoleta 9-8 Alfredo de Moraes Leme casado com
1 1 4 Francisco Com 5 f.o».
11-5 Annibal. 9-9 Juvenal Pupo de Moraes casado com
8 4 Antonia Carolina de Camargo, f. de 7 4 , caso"
a
Com 2 f.os.
em 1835 na villa de 8. Carlos com o capi* 8-6 Mar/a Qertraães Leme, f.a de 7 4, foi casada
Joaquim da Silva Leme £,° do capitão José* com Domingos Teixeira Nogueira f.° do sar-
, Silva Leme e de Maria do Rosário (de Q«<-! gento-mor Joaquim José Teixeira Nogueira e
foi o l.o marido) Teve; de Angela Izabel de Sousa Camargo. Com ge-
9-i Cândido, solteiro ração no V. 1.° pag. 232.
TIT. PIRES r i i . PIRBS

8-7 Cherubina Cândida, f> de 7-4, casou em . 8-2 Modesta casou l.o em 1807 na rifla oV S. Carlos
na villa de S. Carlos (Campinas) com Joà | com Francisco de Patifa Brito í> de Domingos
Carlos de Oliveira f.° do capitão Raphael Bicudo de Brito, n. p. de Manoel de Brito
doso de Oliveira e de Maria do Rosário u Leme; 2.* vez em 1815 na mesma villa com
7-5 adeante. Ahi a geração. com João Soares de Godoy i> de José de Godoy
8-8 Theresa Gabriella de Barros casou em Lima. Teve:
na tilla supra com Felisberto Claro de Escola I 9-1 Modesto Soares da Silva casado com Maria
f.° do alferes José Manoel Bueno e de Clanl Soares f.a de João Machado de Toledo e de
Pereira de Escobar. Teve: Francisca de Paula Leite. Tit. Alvarengas.
9-1 Elias Pereira de Escobar. 8-3 Raquel casou em 1807 na villa de S. Carlos
9-2 Antônio Pereira de Escobar casado com João Bueno da Silva, natural de Itn, f.°
Escholastica. de Alexandre Bueno da Silva e de Maria Ferraz
9-3 Ignacio Pereira de Escobar casado de Campos. Tit. Taques Cap. 3.° § 8.°, 2-5,3-3,
Maria. 4-í, 51. Teve:
9-4 Ermelinda. 9-1 Joâa Bernarào da Silva cmào em Jíf-ÍO na
9-5 Maria casou com seu tio materno Joaqiiii| mesma villa com Generosa Delia do Rosário
Caetano Leme n.° 8 1 supra. Salles f. do capitão Manoel Joaquim do Sa-
a

9 6 Anna cramento Mattos, natural de S;in(o Amaro,


97 Clara casou com seu primo Ignacio Caetael Tit. Macieis.
da Costa Leme f.° de 8-5 retro.
8-9 Lourenço, ultimo f.° de 7-4, era solteiro 9-2 Cândida foi casada com Daniel da Silveira
1816. Cintra, natural de Atibaia, f.° de Ignacio de
-5 Maria Theresa do Eosario, f,° de 6-10, madoi Loyola Cintra e de Anna Francisca Car-
para as Campinas em companhia de seu irmão ( doso. Tit. Lemes Cap. a." § 5.° n'este V. 2,o.
capitão Ignacio Caetano, e ahi casou l.o comofl- 9-3 Maria Theresa Bueno.
pitão José da Silva Leme, f em 1795, f.o deLiop 9-4 Joaquim
da Silva Rego e de Joanna Cardoso, em Tit. fiapo* 9-5 Francisca
Góes; 2.* vez casou em 1797 na fregueziadasC 9-6 Manoel
pinas {mais tarde .villa de S- Carlos e hoje cid: 9-7 José
de Campinas) com o capitão Raphael Cardoso i | 8 4 Theodoro da Silva Leme casou em 1815 na villa
. Oliveira, natural de Atibaia, f.° de João Gartej de S. Carlos com Mathilde de Moraes f.» do ca-
de Oliveira e de Anna de Sousa de Moraes. pitão José Francisco de Moraes e de Maria An-
Freitas. Teve: gélica. Tit. Moraes.
Do 1." marido. Do 2.o marido teve Maria Theresa do Rosário n.o
8-1 Capitão Joaquim da Silva Leme (o Fumaça) q*| 7-5 OS f.os;
foi 1.° casado com Joanna de Moraes Pedi^J 8-5 Antônio Luiz de Oliveira
f.» do Alferes José Francisco de Moraes e 1 8-6 Escholastica Maria casada em 1810 na villa de
Maria Angélica de Siqueira, em Tit. Mow&L S. Carlos com Lourenço Antônio Leme, natural
2.a vez casou em 1835 na villa de 8. Ca#l de Atibaia. Teve:
com Antonia Carolina de Camargo, sua pri*| 9-1 Antônio Luiz, solteiro.
irmã, f.a do capitão Ignacio Caetano Leme,*'] 9-2 Anna Cândida de Oliveira casada com seu
74 retro. Falleceu em 1847; com geracm primo Diogo Antônio de Camargo Leme f.o
Tit. Raposos Góes Cap. 7.» § 3.°. do çapitáo Ignacio Caetano n.o 7-4 e 2a
107

ftH rt
Uua
casada com José Teixeira.. •
L n , z a
8-1 Capitão Marciano Máximo Franco, foi natural
9 4 Carolina. casada. de Atibaia e por algum tempo morador em Bra-
9-5 Francisca, casada. gança, onde casou em 1833 com Gertrudes Eu-
8-7 João Carlos de Oliveira casou em 1835 na villa frosina; 2.a vez com Loiirença f.» de João Ne-
de S. Carlos com sua prima Querubina Cândida pomuceno. Passou a residir em Lorena onde fal-
f.« do capitão Ignacio Caetano n.° 74. Teve:' leceu em avançada idade em 1901. Sem geração
.9-1 Raphaelina, solteira. da 1.» mulher; porém, teve da 2.»:
9-2 Rapbael Carlos de Oliveira. 9-1 Francisco de Pauia Franco, bacharel em
9-3 Ignacio Carlos de Oliveira casado. Com ge- direito, advogado em Lorena, foi l.o casado
ração. com Carolina; 2. vez com Marianna Franco;
a

94 João Carlos de Oliveira, solteiro. 3." vez está casado com Mana de Alencar,
9-5 Aquilino Carlos de Oliveira casado com The- professora normalista. Teve da l.a, 4 f.»«:
resa, sua prima, f." de 8-5 de 74. 10-1 Cymodocéa casada com Joaquim Xa-
9-6 Ermelinda, f- vier, pbarmaceutico em Lorena.
8-8 Maria Gertrudes Franco casou com Antônio 10-2 Maria casada com... Vianna.
Leme Pinto. Teve 8 f.o»: 10-3 Ottilia casada com José...
9-1 Francisco 104 Mârci&üo Franco casado.
9-2 João Da 2.a mulher teve f.° único:
9-3 Theodoro 10-5 João Frauco
94 José Da 3.a tem os seguintes:
9-5 Cândido 10-6 José
9-6 Maria 10-7 Lidiiiéa
9-7 Anna 10-8 Burides
9-8 Antônio Franco Leme casou com Lúcia f.' 10-9 Pedro
de João Machado de Toledo e de Francisa 10 lOMaria de Lourdes
de Paula Leite. Tit: Alvarengas. 10-11 Uma recém-nascida em 1904.
7-6 Ajudante Lucas José Leme, f.o de 640, casou 1.' 9-2 Joanna Franco casada com Paulino Bastos.
em 1811 em Atibaia com Maria Rosa da Asxampcào Sem geração.
f.» do capitão Francisco Bueno de Aguiar e Castro 8-2 Maria Gertrudes Franco foi 1.° casada com seu
e de Maria Rosa da Assiimpção; 2. vez casou con
B
tio o ajudante Lucas José Leme, n.« 7-6 supra;
Maria Gertrudes Franco, sua sobrinha, f.» de José1
2.a vez em 1828 em Atibaia com José Joaquim
Joaquim da Cunha e de Joanna Máxima Franco, de Oliveira, viuvo de Gertrudes Franco n.o 7-11
n o 7-7 seguinte. Não descobrimos geração da 1' adeante. Tit. Pretos. Teve:
mulher; porém, teve da 2. a f> única:
B
Do l.o marido a f> já descripta.
81 Maria Blandina Franco que casou em 1844 e> Do 2.o teve:
Atibaia com Antônio José de Oliveira, viuro 9-1 Marinha Franco, já f, qnefoi casada com seu
de Gertrudes Maria de Oliveira. Foram mo-tf parente o capitão Beraldo de Oliveira, f em
no Espirito Santo do Pinhal. Bragança onde teve sna fazenda de café,
7-7 Joanna Máxima Franco, f.a de 6-10, baptisada et f.o de Francisco de Oliveira Preto e de Anna
1775 em Atibaia, ahi casou em 1794 com J<$ Rosa da Assumpção. Com geração, em Tit
Joaquim da Cunha f.° do alferes Antônio Con* Pretos.
da Cunha e de Maria de Lima de Jesus. Tit. Mora* 9-2 UmbeUina Florisbina Franco que casou em
1847 em Atibaia com o capitão Salvador
TIT. PIRES 109
Ribeiro de Toledo Santos f.° de Vicente %
retra de Toledo Santos c de Anna Therea 9-3 Capitão Francisco Augusto de Oliveira está
do Prado e Silva, de Mogy-mirim. Porão casado com.. professora normaiísta Com
moradores em Atibaia onde nasceram os iç geração em Atibaia.
f.os seguintes: 9 4 Cândido falleceu solteiro.
101 Maria Tbomazia, falleclda, foi casada 8-3 Padre Cândido Franco.
com o tenente Manoel Barbosa di • 8 4 Aurélio Justino Franco, f.o do n.° 7-7, foi ca-
Cunha. Tit. Siqneiras Mendonças. C«, sado com f." do ajudante Francisco , e
geração. teve f. que se recolheram ao convento.
u

10-2 Guilherme, falleceu solteiro. 8 Chrislina Maria Franco, f.» do giiarda-mór Lou-
10-3 í/vdia foi l.o casada com Lucas dt renço Leme de Brito e de Maria Gertrudes n.o
Siqueira Campos f.° de Antônio Lá 1 6-10 retro, foi i." casada em Atibaia com João
da Rocha e de Anna Cardoso Pessanha Falcão, natural de ftú; segunda vez ca-
Campos, á pag. 92 deste; 2.» vez ou I sou-se com o capitão José Antônio da Silva Coelho,
casada, com José Pires de Camargo tM natural de Portugal, viuvo de Maria da Conceição
de Joio Pires de Camargo e de Mim) Vellozo, f.° de Domingos Vicente e de Maurida
Joaquina da Conceição. V. 1.° pag. fü. I da Silva, em Tit. Macieis. Faileceu Chrislina Ma-
104 Puilornena. j á f, foi casada com Job| ria em 1791 e teve
Baptista Ribeiro. Do 1.° marido, f.° único:
10-5 Salvador casado c o m . . . 81 João Pessanha Falcão que casou-se em 1809
10-6 Theresa, j á f. foi casada com. em Atibaia com Anna Maria Franco f.» do
geração. capitão José Antônio da Silva Coelho, supra,
e de sua 3.» mulher Maria Gertrudes Franco,
10-7 Eulaíia, já f, foi casada com... CM] esta t> do capitão Antônio da Silva Ortiz e de
geração. Maria Franco de Godoy. V. l.° pag. 306. Teve:
10-8 João Baptista, j á f, foi casado com. 9-1 Joaquim Pessanha Falcão casado em 1843
Com geração. em Bragança com Delphina Franco f.» do
10-9 Anta está casada com o tenente Mama" alferes Manoel José Rodrigues e de Maria
Barbosa da Cunha, viuvo de 10-1 sopftj • Polycarpa Franco, esta f." do capitao-raór
10-10 Antônio casado c o m . . . Com geraçfe José de Siqueira Franco e de Francisca
10-11 Francisca, j á f. foi casada comJ* Margarida Pedroso, á pag. 93 deste. Teve:
Baptista Ribeiro, viuvo de 104. Oa 10-1 Francisca Pwsanlia, já f, foi casada
geração. com o capitão Porfirio Franco Bueno
10-12Benedícto, f. de Aguiar f.o de João Baptista da
10-lSAprígio de Toledo, solteiro 'em U*| Rocha Franco e de Jacintha Bueno
solicitador no foro de Atibaia de Campos, i pag. õS d'este.
10-14 Benedicto de Toledo, solteiro. 10-2 Gnilhermina
lO-l&OJecina, solteira em 1901. 10-3 Amélia
10-16 Davina de Toledo casada em lW*J 10 4 Eduardo
Atibaia com Joaquim Pires M i
margo £• de João Pires de CaV? I 10-5 José Pessanha Franco .casado com
e de Maria Joaquina da Conceiç^ Maria Salomé f.» de José Joaquim do
L * pag. 4 7 8 . Amaral Bueno e de Anua Jacintha.
9-2 Francisca casada em 1826 em Atibaia com
Antônio Pereira de Oliveira f.° de José
TIT. PIRES
TIT. PIRES 111
Pereira de Oliveira e de Gertrudes Marli 8-5 -Emerenciana da Silva Franco casou-se a 1,'
de Lima, n. p. do alferes Manoel Perei* vez em 1805 em Bragança com José de Lima
Padillia e de Anna Maria de Oliveira. 7 Bueno f.° de Francisco de Lima Bueno e de
Bicudos Cap. 1.» Maria de Oliveira Guedes, em Tit. Prados ; se-
9-3 Manoel Pessanha f solteiro. gunda vez casou-se com o sargento -mor Joaquim
94 João Pessanha. casado com Gertrudes Pinto Moreira César, f." de Jorge Moreira César e
Sem geração. de Margarida Vieira de Oliveira. Teve:
2.° marido (capitão José Antônio) teve Christias Do 1.°, 2 f.o»:
n.o 7-S os seguintes f.°s: 9-1 José Antônio casado com...
S-2 Cândida Maria da Silva, baptisada em 1783.ca 9-2 Lauriano José da Silva casado com...
Juquery e casada em 1805 em Bragança com Bem» Do 2.°, 4 t.°* em Garcias Velhos que são:
de Lima Bueno f.o de Francisco de Lima Bueoo 9-3 Joaquim
e de Maria de Oliveira Guedes. Tit. PraÃs. 9 4 Francisco
8-3 Manoela da Silva Coelho casada cm 1803 eu 9-5 Manoel)
Atibaia cora Salvador de Lima Bueno. f.o de 9-6 Maria ( g e m e o s

Francisco de Lima Bueno c de Maria.de Oli- 8-6 Christina Maria Franco, f.a do capitão José
veira, com geração em Tit. Prados. Antônio da Silva Coelho e de sua 2.» mulher
84 Manoel Vicente da Silva, foi baptisado em 1788 Christina Maria Franco n.° 7-8, foi baptisada
em Juquery. e casonse em Atibaia em 1813 em 1791, e casou-se em 1806 em Atibaia com
com Anna Jacintha de Araújo f." do altere José Joaquim do Amaral f.° de Antônio Alva-
Jacintho José de Araújo Cintra e de Mim res do Amaral e de Anua Franco, com geração
Francisca Cardoso. Tit. Lemes Cap. 5.° § õ.« no l.o V. pag. 468.
n"este V. 2.°. Teve: 7-9 Anna Marinha Franco, f." do guarda-mór Lourençõ
9-1 José Vicente de Araújo e Silva foi casal» Leme de Brito e de Maria Gertrudes Franco, foi
com Gertrudes Leite f.a do capitão Antô- baptisada em 1769 e casou-se em 1792 em Atibaia
nio de Padua Leite e de Bernardina Fraoo) com o capitão Felisberto Corrêa da Cunha f.° do
da Silveira. Sem geração. alferes Antônio Corrêa da Cunha e de Maria de
9-2 Christina casou com Florencio de Aiauj) Lima de Jesus, mencionados no n.o 7-7 sopra. Com
Cintra f.° do alferes Jacintho, supra, com geração em Tit. Moraes.
geração no Tit. Lemes citado. 7-10Mecia Franco da Cunha casou-se em 1792 em
!'-3 Valeriana 2." mulher de Florencio de Aratrj. Atibaia com o capitão Joaquim Antônio da Cunha,
Cintra do n.° precedente, com geração. irmão inteiro do capitão Felisberto do n.° prece-
Maria Jacintha de Araújo foi casada CM dente. Teve q. d.:
o commendador João Baptista de Araoj) 8-1 Anna Franco do Espirito Santo casada em
Cintra f.° do alferes Jacintho já meie» 1830 em Atibaia com Joaquim Domingues Paes
nado, com geração em Tit. Lemes Cap. á* f.o de Antônio Domingues Paes e de Anna
§ 5.o citado. Josepha de Moraes. Tit. Cunhas Gagos Cap.
9-5 Maria da Conceição casou-se com o raajf 4.° § l.o.
José Jacintho de Araújo Cintra, t* ' 7-11 Gertrudes Maria Franco, ultima f." do guarda-mór
alferes Jacintho. Com geração em Tit. Lea* Lourençõ Leme de Brito, casou-se em 1795 a l.a
jâ citado. Â) vez em Atibaia com o capitão Pedro de Almeida
9-8 Barbara da Silveira casou-se com., Machado, de Mogy das Cruzes, viuvo de Theresa
deira, com geração. Metildes, filho de Antônio Machado Cardoso, de
S. Paulo, e de Catharina Corrêa de Almeida a, TIT. PIRES 113
Mogy das Cruzes, em Tit. Alvarengas Cap. 4 , ,
. único, 2-S, 3-3, 4-6; segunda vez foi casada Gero» 6-3 Escholastica Nunes Paes que casou com Fran-
cisco Pinto da Fonseca f.° de Sebastião da Fon-
des Maria Franco com José Joaquim de Oliveiiã seca Pinto e de Maria de Gusmão, de Taubatô.
em 1811 em Nazareth, f.° de Manoel de Oliveii» Teve q. d.:
Preto e de Joanna de Lima. Este José Joaquim 7-1 Genebra Maria da Fonseca que casou em
de Oliveira, enviuvando de Gertrudes n.o 1771 em Mogy-mirim com Francisco de
veio a casar-se com Maria Gertrudes n.o 82 dt Paula Brito, natural de Santa Cruz de Goyaz,
7-7 supra. Sem geração. f.o de José de Pontes de Andrade e de
6 1 1 Messia de Siqueira, í> do 1.° capitao-móv Lucas de Maria Bicudo Barbosa, de Guaratinguetá,
Siqueira Franco e de Izabel da Silveira e Camargo, por esta, neto de Francisco Lopes de Faria
e de Maria Pedroso.
falleceu solteira em 1769 em Atibaia. 5-2 Francisco Nunes Paes era solteiro com 35 annos
6-12 Gertrudes Franco, f.a do 1.° capitao-mór Lucas, casot em 1743.
se em 180-1 em Atibaia com Lourenço Franco de Ca- 5-3 Salvador Nunes Ferrão casou com Josepha Rodrigues
margo, viuvo de Anua Franco da Cunha. Sem geração. Barbosa, viuva de Joio do Prado de Siqueira, f em
6-13 Antonia Franco ultima £.» do 1.° capitao-mór Lues 1747, f.a de Antônio Rodrigues Lopes e de Maria
TB. 54 de pag. 48, falleceu solteira.
0
da Luz Maciel. Tit. Rodrigues Lopes. Teve a f.»
única:
4-2 Maria de Siqueira, f.a de Anna M a r i a de Siqueira v 6-1 Antonia Paes Barbosa, f em 1815 em Atibaia,
34, foi casada com Manoel de Siqueira de Mendonça. e casou em 1775 na freguezia de Nazareth com
4-3 Lulza de Siqueira Sobrinha, f 1746 na Conceição
e , n
seu parente José Lopes de Oliveira f.° de Miguel
dos Giiaraflios, foi casada com Domingos Nunes Paes de Pontes de Oliveira e de Domingas Cardoso.
f.° de Fernando Munhoz Paes e de Messia Nane (Cam. Ec. de S. Paulo). Teve (C. O. Atibaia)
Bicudo. Teve pelo inventario de Domingos Nunes a 7 f.os:
1743 em Jacarehy os 8 f.o* seguintes: 7-1 Maria com 40 annos em 1815, solteira.
õ-l Capitão Domingos Nunes Paes casado com Maria 7-2 Luiz casado com Maria Gertrudes.
de Godoy Cardoso f.» de Antônio de Godoy Moreira 7-3 José da Cruz, solteiro, soldado na legião do
e de Joanna Cardoso, da Conceição dos Gaarfilfe Sul.
Teve q. d.: 7-4 Joaquim com 34 annos, solteiro.
61 Antônio Nunes Paes casou em 1763 em MogJ- 7-5 Alexandre (insensato).
mirim com Escholastica da Silva t> de Mãnoa 7-6 Joaquina casada com Miguel Agostinho.
de Brito Leme e de Luzia da Fonseca Pà* 7-7 Jeremias com 21 annos em 1815, solteiro.
(esta de Mogy das Cruzes e seu marido de G* 5-4 Marcellino Nunes de Siqueira. f.° de 4-3, casou 1.°
ratinguetà), n. p. de Domingos Bicudo de Bifo em 1743 em Mogy das Cruzes com Branca das
de GnaraüBgueta, e de Anna de Almeida, * Neves, f em 1767 «'essa villa, f.a de Thomé Mo^
Parnabíba, n. m. de Manoel Dias Delgado e* reíra e de Branca das Neves, em Tit. Godoys Cap.
Lconor Jorge Moreira, de Taubató. Tit GofoJ 5 2.o S 6.°; 2." vez casou em 1770 na mesma villa com
Cap. 2.* § 107\ 2-8, 3-5. Maria da Silva f.» de Valerio da Silva e de Izabel
6-2 Maria Theresa de Godoy que casou em Nanes Nogueira. Tit. Lemes Cap. 3.o § 8.0, 2-1,
em Mogr-mirim com Bento Leme de Brito' 3-1, 4 2 . Teve:
Manoel de Brito Leme e de Luzia da Fon** Da l.a mulher 4 f.os:
Pinto do n.° precedente. 6-1 Domingos
s
TIT. PIRES 115
6-2 Anna Nunes casada em 1779 em Mogy das Cr»
zes com Siroao Nunes f.° de Valerio da Silva,
de Izabel Nunes Nogueira 5-1 Catharina Pacheco de Siqueira que casou com João
Francisco Lustosa, natural de Portugal, f em 1746
6-3 Nicolau em S. Paulo, e teve (C. O. S. Paulo) a f.» única:
6-4 José 6-1 Maria
Da 2.a mulher; - 5 Marianna de Siqueira, ultima f» de 34, foi casada com
6-5 Angela Nunes de Siqueira casada em 1792 eu Domingos Rodrigues dos Ouros, t em 1723, viuvo de
Mogy das Cruzes com Salvador de Góes f.o Maria de Godoy, f.° de Fabião Rodrigues Moreira e
Ângelo Vaz da Silva e de Maria da Silva T£ de Izabel Rod rigues. Teve (C. O S. Paulo) 6 f.oa.•
Alvarengas Cap. 4.° § único. 5-1 Francisco Jorge de Siqueira que casou com Fran-
5-5 Mecia Nunes de Siqueira, t. de 4-3, foi casada coa
a
cisca Leme de Brito f.a do sargento-môr Lourençõ
de Brito Lema e de Christina Maria de Siqueira,
o capitão Manoel de Moraes Ferreira, natural dt natural de Taubaté. Tit. Furquins e Bicudos. Teve
Portugal, t em 1756 na Conceição dos Guarolhai q- d.:
Teve (C. O. S. Paulo):
6-1 Luiza de SanfAnna que casou em 1750 na fe 6-1 Domingos Rodrigues Leme casado em 1765 em
ceição dos Guarulhos com Aleixo Leme de Fm Atibaia com Anna Maria Bueno. viuva de Mar-
f.° de José Pereira de Faro e de Ignez de & cellino de Camargo da Silveira, f.a de Balthazar
da Costa e Moraes e de Messia Franco. Tit.
queira Com geração, em Tit. Lemes Cap. 3.» Moraes. Domingos Rodrigues Leme era já fal-
§ 8 -
o
lecido em 1779 porque nesse anno a viuva Anna
6-2 Joanna da Assumpção casada com João da Cosa Maria Bueno requereu dispensa de parentesco
Pinto. de afinidade para casar com Manoel de Sousa,
6-3 Ignacio do Moraes Borges o qual era parente por consaguinidade de seu
6 4 José de Moraes Borges l.o marido Domingos Rodrigues Leme supra.
6-5 Manoel Francisco de Moraes casou em 118! 6-2 Marianna de Siqueira casou com Jeronimo da
em Nazareth com Maria Bicado de Moraes, SH Rocha Bueno f.o de João Paes das Neves e de
prima, f.a do capitão Marcello Pires de Morta Anna Leme do Prado. Com geração neste Tit.
e de Margarida Nunes de Siqueira. no Cap. 10.°.
6-6 Francisca Maria da Purificação 5-2 Domingos
6-7 Luiz Antônio de Moraes 5-3 Bartholomeu
6-8 Leonor de Jesus Moraes. 5-4 Jorge Rodrigues de Siqueira, f.° de 4-5, foi 1.° ca-
56 Joanna Nunes Bicudo, f. de 4-3, foi casada coa'
a sado com Orsula Franco f.» de Martinho Delgado
capitão Domingos Bicudo de Brito, «aturai de G» e de Izabel Franco da Costa, V. l.° pag. 371; 2.a
ratinguetã, f em 1753 em Jacarehy. Com gerac*] vez casou em 1757 com Maria de Godoy f.» de Fran-
em Tit. Bicudos. cisco de Godoy Moreira e de Marianna Corrêa de
5-7 Margarida Nunes de Siqueira casou em 1737 ewf; Moraes (Cam. Ec. de S. Paulo). Falleceu Jorge Ro-
drigues em 1783 e teve (C. O. de Atibaia)
carehy com o capitão Marcello Pires de Moraes f • jj Da l.a mulher 2 f. :os

Francisco Velho de Moraes e de Maria Bicado*' 6 1 Antônio Rodrigues Franco casado em 1775 em
Brito. Tit. Oliveiras, ahi a geração. Atibaia com Maria de Araújo e Silva f.« de
5-8 Catharina Paes de Siqueira, ultima f.* de 4-3, esta' 3
José de Araújo Prado e de Izabel de Siqueira.
casada com Seraflno Corrêa Boccarro. Tit. Prados. Teve q. d.:
4-4 Joanna de Siqueira f. de Anna Maria de Siqueira,'-
s
7-1 Lucas de Siqueira Franco casado em 1799
34, foi casada com Matberu Pacheco. Teve q. d.-' na villa de Bragança com Izabel de Lima
TIT. PIRES 117
Ribeiro f.a de Domingos de Lima Rife
de Anna de Oliveira. Teve q. d.: » !
de Godoy Moreira e Anna Franco da Silva. Com
8-1 Rosa. Cardoso de Lima casada em M geração em Tit. Lemes.
em Bragança com José Pereira. 6-2 Antônio Rodrigues casado em 1791 em Atibaia
8-2 Mariano Ribeiro de Siqueira F n J con) Escholastiea Bneno f.* de Antônio Pereira
casado em 1828 em Atibaia com Jnao&K- Padilha e de Marianna Bueno. Tit. Bicudos.
Furtado í.» de J o s é Rodrigues Bs$ 6-3 José Rodrigues Bueno casado em 1796 em
e de Anna Joaquina Bneno. Atibaia com Anna Joaquina Padilha f.a de
8-3 Anna Maria casada em 1840 em m Ignacio Bueno de Camargo e de Angela Maria.
gança com José Pinto de Ounovl Tit. Pedrosos de Barros. Teve:
de Braz José de Oliveira edeJatájl 7-1 José Rodrigues Bueno casado em 1819 em
Maria. Atibaia com sua parenta Joaquina Padilha
8-4 Cypriana Cardoso de Lima casta a f.a de José de Siqueira Lima e de Ursula
Maria Padilha. Tit. Prados.
1840 em Bragança com Francisco i 3-5 José Casado Villas Boas, f.° de Maria Vidal n.° 2 1 e
tonio f.° de Pedro Rodrigues e de 2.° marido, falleceu em 1749 em Nazareth e foi 1."
Generosa. casado em 1695 n'essa freguezia com Maria Ribeiro de
7-2 Gertrudes Franco da Silva, f.a de 6-1, Siqueira f.a de João Siqueira Caldeira e l.a mulher, em
em 1804 em Bragança com Vicente frfl Tit. Siqueiras Mendonças; 2." vez com Catharina de Mo-
de Lima f-° de Francisco de Camargo ftiji. raes da Fonseca, j em 178S em Atibaia, f> de Manoel
e da 3.» mulher Anna de Lima. F. da Fonseca Pinto e l . mulher Catharina de Moraes
a

pag. 363, Pedroso. Tit. Godoys. Sem geração da 1.* mulher,


6 2 Joanna Franco de Siqueira, j á t em 1783, òsf porém, teve da 2." os 5 f.»»:
em 1761 em Atibaia com Bento de Godoyi 4-1 José Casado Viiias Boas, f solteiro.
reira f.o de Balthazar de Godoy e de Ria 4-2 Iphigenia Maria Francisca, t em 1775 em Atibaia,
Rocha. Com geração em T i t Godoys Cap. i fbi casada com José Pinto Carassa f.° do capitão
8 8.°, 2-3. João da Cunha Pinto e de Rosa Freire de Godoy.
6-3 Domingas, f solteira. Com geração em Moraes.
5-5 Antônio Rodrigues dos O aros, natural de & P* 4-3 Marianna Casado Villas Boas casou 1.° em 1773
em Sorocaba com Domingos Fernandes Granja,
t em 1784 com 80 annos, foi 1.» casado em l? natural de Portugal; 2." vez com Antônio Gonçal-
em Atibaia com Francisca Leite da Fonseca l' ves Funtao; e 3. vez em 1784 em Nazareth com
a

Antônio da Fonseca de Araújo e de Maria IÃ'§e Manoel José Villaça, natural de Portugal, f.° de
de Araçaríguama, n. p. de José da Fona» Domingos José Villaça e de Maria Joaquina Pe-
Araújo, do Porto, e de Anna Borges da Sün. reira. Sem geração d'estes últimos e porém, teve do
6. Paulo; 2.* vez casoa em 1758 em Atibsii-' 1.° marido q. d.:
Maria de Oliveira do Amaral f.» de RapbaeK',
deiree deEeebolaatica de Camargo, no V. 5-1 Maria Fernandes Blaodina casada com Fernando
8 0 0 : 8 » vez casou em 1761 em Atibaia 1
José Dias Paes f.° de Ignacio da Costa Cintra.
Marianna Bueno de Camargo f.» de MareeDè* Tit. Lemes Cap. l.° § õ.o, 2-9, 34.
Almeida e Camargo e de Anna de Lima. Tit Oajl 4 4 Tenente Francisco de Sailes e Moraes, f em 1808,
Gagos, Sem geração da 1.» e 2.» mulher; porta*! casou em 1772 em S. Paulo com Ignacia Maria
da a » , S ! • * : Gonçalves de Oliveira f." do capitão José Gonçal-
6-1 Francisco Bodrignes Bueno casado m 1$ ves Coelho e de sua 1." mulher Izabel de Oliveira;
Atibaia c m Vicencto Franco f.» de Fra* 1 por ,esta, neta de Bernardo Sanches, de Taubaté-
TIT. PIRES 119
Foi inventariado em Atibaia e teve os 9 foi k

guintes: 4 5 Alferes Manoel Casado Villas Boas. t em 1810. foi


5-1 Alferes José Joaquim Gonçalves de Olíveia casado com Christina Maria da Silva f.a do alferes
casado em 1806 na Conceição dos Guando Manoel José da Silva e de Rosa Pinheiro Cardoso
com Escholastica de Cerqueira Oesar 1» 41 V. 1.° pag. 87. Foi inventariado em Atibaia e teve
tenente-coronel Matbeus da Silva Bueno e i 08 1 0 FOI seguintes:
Manoela da Piedade Soares. Tit. Garcias Velha 5-1 Maria da Silva de Moraes casada I.° em 1796
5-2 Capitão Luiz Antônio Gonçalves que casou a em Nazareth com Antônio Leite Cintra, f em
1808 em Nazareth com Catharina Caetamfc 1821. f.« de José Corrêa da Cunha e de Maria
Almeida f.° do capitão Domingos José Dua Leite de Siqueira. Tit. Rodrigues Lopes. Teve
Passos e da 2.» mulher Maria Lourença do lhas f.a única:
Carmello. Tit. Alvarengas Cap. 4." § uá>. 6-1 Senhorinha.
Teve 4 f.o»: 6-2 João José da Silva casou em 1804 em Nazareth
6-1 Maria Lourença Duarte Passos que ca», com Anna Jacintha de Oliveira, viuva de Bar-
com o capitão José Gonçalves de Oliva tholomeu Bueno de Azevedo. Sem geração.
f.° do capitão João Gonçalves de Oliva 5-3 José Antônio em 1812 estava ausente emlogar
e de Maria do Pilar Franco. Com gerajà incerto.
no 1.° V. pag. 528. 5 4 Manoela Antonia de Moraes casou em 1810 em
6-2 Catharina que foi a i . » mulher do tese* Nazareth com Mathias de Oliveira e Silva f.°
Jeremias Alvares de Almeida Ramos: de Cláudio de Moraes Navarro e Maria Rosa
do alferes José de AlmeidafiamosFÈ da Silva. V. l.o pag. 88. Mathias de Oliveira e
Brigida Maria de Crasto. Tit. Alvateos Silva estava ausente em Minas Geraes em 1812.
6-3 casada com J o s é Iunocencio, de & 5-5 Leonor casada com J 0 S 0 Damasceno.
rocaba. Com geração. 5-6 Antonto Casado Villas Boas ausente em Minas
6-4 Antônio Luiz Duarte Passos que casou l 1 Geraes em 1812.
com Cherubina f.» de João Joaquim è 5-7 Manoel José da Silva estava casado com
Almeida Passos; 2." vez cora Josejè" 5-8 Gertrudes Maria de Moraes casou em 1 8 1 1 em
Lange Adrien. Nazareth com Ignacio Cabral de Ornellas. Teve
5-3 Maria de Nazareth. f.a de 4-4, casou em l* 4 1»:
na freguezia de Nazareth com José Frai"' v
6-1 Maria
Cardoso, de Atibaia. viuvo de Anna Boa" 6-2 Antônio
Moraes, f.° de Ignacio de Siqueira Caídos; 6-3 Catharina
de Izabel Rodrigues de Camargo.' Tit Sa* 6-4 José.
ras Mendonça». São bisavós do dr. Josç 5-9 Custodia Maria da Silva casou em 1809 em
Rodrigues dos Santos, deputado estadoaL Nazareth com Joaquim Antônio de Oliveira f 4

5 4 Gertrudes Theresa Gonçalves. do capitão Manoel de Sousa Moniz e de Maria


5-5 Anna Theresa de Jesus, t solteira em 1824 de Moraes Franco. Tit. Martins Bonilhas.
B. Paulo. 5-IOCathariua, ultima f.a de 4-5, t solteira.
5-6 Maria Joanna da Cruz. •6 Antônio Casado Villas Boas, habilitado de generè.
5-7 Manoel Joaquim Gonçalves. 7 Messia de Siqueira. f.» de 21 e 2." marido, foi casada
5-8 João Francisco de Salles. com Marcellino Rodrigues da Gama f.° de Sebastião
6-9 Bento Francisco da , Annunclução, nltin*» da Gama e de Maria Gonçalves Martins. Tit. Bonilhas.
de 44. Teve 5 f.os;
120 TIT. PESES T I T . PIRKS 121

4-1 Catharina Casado que casou em 1729 em Atibaia . 5-4 Ignacio Pereira Pacheco, f.° de 4-2, casou em
com Manoel Pereira de Andrade, natural da villa 1764 em Sorocaba com Maria Bueno de Ca-
de Aronca, f.° de Guilherme Pereira de Andrade margo, natural de Atibaia, f.» de Antônio An-
e de Maria de Barros. (Cani. Bc. de S. Paulo). tunes de Moura e de Maria Bueno de Camargo.
4-2 Maria da Gama que foi 1.° casada com João Pe- V. 1.° pag. 310. Teve q. d.;
reira Pacheco, F em 1751, 2. vez com Manoel
a 6-1 Sargento José Pereira Bueno casado com
Francisco Pereira. Sem geração d'este; porém, teve Maria Clara da Annunciação f.a de Manoel
do 1." marido: Bueno de Azevedo e de Ciara Francisca.
5-1 Tenente Francisco Pereira Pacheco, f em 1808 Y. I." pag. 397. Teve q. d.:
em Atibaia com 86 annos, foi casado com Maria 7-1 Pedro Pereira Bueno casado em 1821
Francisca de Castro, natural de Itanhaen. Teve em Atibaia com sua parenta Maria
o, d.: Jesuina f' de Francisco Pereira Pacheco
6-1 Francisco Pereira Pacheco que foi l.o ca- e de sua 2." mulher Manoela Antonia.
sado com Anna Rosa f. de Manoel Bueoo
a
7-2 Francisco Pereira Bueno casado em 1819
de Azevedo e de Clara Francisca; 2.» vez em Atibaia com Izabel Maria f.» de
em 1808 em Atibaia com Manoela Antonia I Ignacio Alves de Godoy e de Gertru-
f.» de João Leite de Moraes e de Filippa des Maria de Araújo. V. l.o pag. 501.
de Godoy. Com geração da La mulher BO Com geraç&o ahi.
1.° V. pag. 396. 5-5 Marcellino Pereira, ultimo f.o de 4-2.
6-2 Gertrudes Maria da Conceição foi casada 4-3 Izabel de Siqueira casou em 1714 em Nazareth com
com o alferes João Pires de Oliveira f.* lnnocencio Preto de Oliveira f.o de Antônio Porão
de Manoel Pires Fragoso e de Maria de de Pontes e de Izabel Bicndo; por esta, neto de
Oliveira. V. l.o pag. 124. Manoel Bicudo de Mendonça e de Anna de Oliveira.
5-2 Mecia de Siqueira 1.° casada com João Bar- Tit. Siqueiras Meiidonças. Com geração em Pretos.
bosa Pires f.° de José Barbosa do Rego e de 4 4 Anna Maciel da Gama foi casada com José de
Izabel Ribeiro de Camargo; 2.* vez com José Sonsa, natnral de Lisboa viuvo de Catharina. ..,
Leite de Moura f> de Jeronimo Rodrigues de f.o de Filippe de Sousa e de Margarida Cordeiro.
Moura e de Serafina Leite. Com geração do J." José de Sdusa falleceu com testamento em 1742;
marido em Tit. Bonilhas, e do 2.° no 1;° V. não teve geração da 1.» mulher, porém, deixou de
pag. 147. Anna Maciel os 6 f.oa q seguem: (testamento na
Ue

Cam. Bc. de S. Paulo).


5-3 João Pires Pacheco casou em 1749 em Sorocaba
com Anua Corrêa da Lnz f> de Jeronimo fio- 5-1 Maria de Sousa casada com João Franco Vin-
drigoea de Moura e de Serafina Leite supra.
Teve pelo inventario de sua mulher em l?fi» gas f.° do capitão Lourenço Franco do Prado
em Sorocaba os seguintes 1°*: e de Anna Peres. Com geração em Tit Lemes
6>l Luciano Cap. l.o S 9.o.
6-2 Maria 5-2 Rosa de Sousa casou-se com Francisco Lopes
6-3 Maríanna de Medeiros f.° de Gaspar Lopes de Medeiros
e de Catharina Cortes. Neste V. d pag. 28. Com
64 Barbara Maria casada em 1773 em 8. Paulo geração.
com Joaquim Barbosa Pires f.« de Estevão 5-3 João de Sousa da Silva casou-se em 1743 em
Barbosa Pires e de Joanna Soares de Si- Santo Amaro com Maria Nnnes £* de Antônio
queira. Tit. Bonilhas. Gomes Corrêa f e de Anna Nunes. Tit. Arznm,
Teve q. d.:
TIT.
TIT. PIRES 123
6 1 Antônio Nunes casado em 1763 em- Santo
Amaro com Maria Domingues f. de Thomé
a
2-8 Manoel Vidal de Siqueira, fallecido em 1674, foi casaào
Domingues Requeixo e de Maria Pereha/ com Maria de Pinho e teve 3 f.o»:
n. p. de João Requeixo e de Magdalenà 3-1 Pedro
Fernandes. 3-2 Mecia
5-4 Margarida de Sousa casou-se em 1743 em Ati- 3-3 Anna.
baia com Antônio Pedroso de Moraes f.° de
Gaspar João Barreto e de Francisca de Mo- §*••
raes. Tit. Freitas. Com geração. 1-4 Maria de Siqueira, f. do Cap. 7.°.
a

5-5 Francisca de Sousa casou-se em 1745 em Ati-


baia com Francisco Bueno de Camargo f.o de §5.o
outro de igual nome e de Leonor Domingues.
V. 1.° pag. 417. 1-5 Anna Maria de Siqueira, ultima f.a do Cap. 7.o, casou-se
5-6 Rita de Sousa, ultima f. de Anna Maciel n.'
a
com o coronel João Raposo Boccarro f.° do cavalleiro
Antônio Raposo e de Izabel de Góes. Com geração
4-4, casou-se em 1746 em Atibaia com José em Tit. Raposos Góes.
Barreto de Moraes de Gaspar João Barreto
e de Francisca de Moraes. Com geração eu
Tit. Freitas CAP. 8.o
4-5 Alberto Rodrigues da Gama foi casado com Do- Izabel Fernandes foi casada com Henrique da Cunha
mingas Cardoso. Teve q. d.: Gago, o velho, de quem foi a l.a mulher. Com geração em
5-1 Anna da Gama casada cm 1749 em Atibaia Cunhas Gagos Cap. 4.°.
com Manoel da Silva da Fonseca f.° de Manoel
da Fonseca Pinto e de Maria Nunes de Si- CAP. 9.°
queira, de Mogy das Cruzes.
3-8 Catharina Casado Villas Boas, ultima f.a de 2-1, foi Salvador Pires de Medeiros. A seu respeito escreveu
casada com Simão Furtado f.« de João Fuitado e de Pedro Taques: «foi capitão da gente de S. Paulo pelos
Anna Teixeira da Cunha. Tit. Furquins. Falleceu Ca- annos de 1620 como pessoa das principaes da terra, que
assim se declara na sua patente registrada na câmara de
tharina em 1686 (C. O. de S. Paulo). S. Paulo. Foi grande Paulista abundante em cabedaes, es-
2-2 Joanna de Siqueira, f.* do § 3.», foi casada com Ma- tabelecido na serra ou sitio do Ajuhá, onde teve uma fa-
noel Pedroso. zenda de grandes culturas e uma dilatada vinha, da qual
2-3 Maria de Siqueira foi casada com João de Lima do todos os annos recolhia excedente vinho malvazia com muita
Prado f.» de Antônio de Lima, natural de Ponte a> abundância. Fundou a capella da gloriosa martyr Santa
Lima, e de Joanna do Prado. Com geração em Tit Ignez, cuja devoção tomou por ter este nome sua mulher.
Prados Cap. 4 ° § l.o, 2 2. Foi casado com D. Ignez Monteiro de Alvarenga, cogno-
2-4 Anna Peres Vidal de Siqueira casou-se com Manoel minada a matrona. Tit. Alvarengas Cap. 2.o, Este capitão
de Lima do Prado, irmão de João de Lima do n.o pre- Salvador Pires com sua mulher fez doação a Bartholomeu
cedente. Com geração em Tit. Prados. Bueno das terras que o dito Pires herdara de seus pais
2-5 João Vidal (cremos que foi o 2.° marido de Anna Tei- por escriptura de 1625». Teve de seu consórcio 10 f.os,
xeira da Cunha f.a de Gaspar da Cunha Coutinho. Tit naturaes de S. Paulo:
Furquins.
M Alberto Pires S 1.°
2-6 Pedro Vidal • 1 ignoramos o estado em 1-2 Maria Fernandes Pires § 2»
2-7 Francisco de Siqueira ( que falleeeram. 1-3 Antônio Pires de Medeiros § 3."
TtT. PIHBS
T I T . PIRES 125
1-4 Izabel Pires de Medeiros § 4.o
1-6 Maria Pires de Medeiros 8 5.o para que viesse entrudar; e» como é costume junta-
V6 Anua Pires de Medeiros 8 6.° rem-se os parentes em uma casa. onde sao banquetea-
1-7 Bento Pires de Medeiros | 7.° dos, se persuadiu que o convidado não faltava a esta
rogativa, ainda quando nfto era distante o lugar de
1-8 Maria Pires Fernandes § 8.o uma a outra casa. Fez Alberto Pires espera ao cunhado
1-9 Salvador Pires de Medeiros 8 9.° Antônio Pedroso em lugar occulto á entrada da fa-
V10 João Pires Monteiro § 10.° zenda, e emparelhando com o sitio da cilada, lhe fez
tiro com um bacamarte, que o tinha preparado (com
balas) para lhe nao errar fogo e para conseguir effectuar
§1° tao atroz insulto, e o matou. Conseguida esta barbara
1 -1 Alberto Pires casou-se em S. Paulo com Leonor de Ca- tyrannia, juntou a este cadáver o de sua mulher Leo-
margo Cabral f > de Estevão Gomes Cabral e de Gabriella nor Cabral no mesmo sitio onde executara o infame
Ortiz de Camargo, V. 1.° pag. 381. A respeito escreveu delicto. Mandou logo chamar aos seus parentes á toda
Taques o seguinte: «Deste matrimônio uâo tiàve (Alberto a pressa e acceleraçao, e, acudindo muitos, a estes
Pires\ tvttcto algum pela fatalidade que expomos. Foi publicou que em desaggravo de sua honra, matara os
Alberto Pires extremosainente amante de sua mulher. Em adúlteros que lhe offendiam a pureza do thalamo sa-
um dos dias de carnes toleudas, como chamam em Oastella, cramentai, cujos corpos estavam no mesmo logar onde
e de entrado, DO Brasil, quando Alberto Pires estava tinham commettido a torpeza
em brinquedos que o inveterado costume d'estes dias ia-
troduzío sem desculpa na maior parte dos Teinos da Sem preceder o mínimo accordo de reflexíío se arre-
Europa, succeden receber Leonor de Camargo Cabral bataram os ânimos enfurecidos dos parentes do aggres-
do próprio marido uma limitada pancada na fonte da sor Alberto Pires, que lhe applaudiram a insolencia.
parte esquerda, e cahiu no mesmo instante morta. Esta como acçilo briosa, com que lavava a mancha de sua
casualidade não teve testemunhas de vista que accre- deshonra no próprio sangue d'aquelles adúlteros. Porém
ditassem a innocência* do successo para ficar o marido a Divina Providencia quiz que a innocencia nao ficasse
livre da suspeita de homicida. Era Alberto Pires por
1 manchada, e se veio a descobrir a realidade do acon-
natureza rústico (porque n'elle nao lavrou o buril da tecido successo de Leonor Cabral, brincando com seu
discrição de seus pais com a policia em que criarão marido, e a suggestao, que n'elle produzira tanto desac-
os filhos, civüizando-os com a doutrina das escholas cordo. Então os irmãos dos mortos em numeroso corpo
dos pateos do collegio dos jesuítas de S. Paulo), e com de armas (cada partido solicitava o despique pela dôr
o repente da desgraça acontecida, destituído de pru- que lhe occupava) procuraram também lavar a offensa
dencial discurso, se encheu de funestas imagens, mais da sua magoa no mesmo sangue do author d'ella, ti-
filhas da ignorância que do temor, (se é que no mesmo randose-lhe a vida á ferro frio. A matrona D. Ignez
Ínterim se não deixou penetrar de diabólicas sngges- (já viuva), persuadida de seu grande respeito, se ca-
toes), e concebeu executar uma barbaridade para des- pacitou que segurava a vida de Alberto Pires, seu
mentir uma suspeita, sem o demover de tao maligno filho* recolhendoo a sua casa e protecção; e com este
intento o acordo de que na execução d'elle, primeiro conceito ficou a sua casa sendo sacrario, onde se jul-
maculava a própria honra, do que libertava a sua hv gava seguro, e bem occulto o insolente réo, a quem os
nocencia. Para cumprir a funesta idóa que tinha con- magoados e offendidos da família dos Camargos e da
cebido ftngio um convite simulado. Mandou chamar família dos Pedrosos Barros protestavam beber-lhe o san-
Antônio Pedroso de Barros seu cunhado (irmão de gue ou pelos fios do ferro ou pelas boccas das espingardas.
Fernao Paes de Barros e de Pedro Vaz de Barros e
outros da principal nobreza das famílias de 8. Paulo) Este vingativo e tumultuoso corpo, tendo certeza de
que Alberto Pires se homisiava nas casas da fazenda
de sua mãe Ignez Monteiro, no silencio da noite enca-
TIT. PIRES 127
minharara a sua deligencia para este sitio, e quebrando
os toros do respeito d'esta matrona, lhe puzeram a casa que occupava um campo com quasi meia légua em quadro,
em cerco; e, a vozes pediam, que entregasse o filho, ouJi que annualmente brotam depois que. nos mezesde Agosto
se lhe» arrasava a casa a fogo e sangue; porém, Ignez e Setembro, costumam lançar fogo aos campos, para do
Monteiro, com briosa resolução e catholico accordo, abriu jfl verdor d'elles terem os gados vaccuns e cavallaces abun-
as portas apresentando aos que as occupavam uma sagrada ij dância de pastos».
imagem de Christo crucificado, por cujas divinas chagas Neste ponto de sua narração Pedro Taques observa
pedia á vozes e com lagrimas qne não tirassem a vida que ella só tem por documento a memória dos velhos
a seu desgraçado filho Alberto P i r e s ; qne, pois que commnnicada de pais â filhos, se bem, diz elle, que a
a justiça tinha devassado das suas culpas, fosse esta prisão de Alberto Pires, sua funesta morte, ida de sua
quem, governada pelas leis do príncipe soberano, lhe, mãe a cidade do Rio de Janeiro e o rompimento de
lavrasse a sentença para o castigo. Esta rogativa e et armas para sua prisão não padecem duvida. Observou
ficaz supphca fez socegar os primeiros impulsos da mais o mesmo escriptor «que a causa de tantos descon-
paixão obstinada, e, attento aquelle tumulto a tão rele- certos não podia ler sido a morte de Antônio Pedroso
vante ponderação, suspenderam as armas que tinham es- de Barros (seria outro o indivíduo a quem tirou a vida
tado dispostas a serem disparadas contra Alberto Pires. Alberto Pires quando viu morta sua mulher pela ca-
Prezo e conduzido a S. Paulo, foi entregue a justiça; sualidade referida) porque este falleceu em 1651 e Al-
preparados os autos do processo obteve sentença qne berto Pires' seu cunhado casou-se em 1682*.
o fez conduzir ao porto de Santos, d'onde devia em- Nós estamos de accordo com a conseqüência final de
barcar-se para o Rio de Janeiro, com destino á Bahia Pedro Taques, quando aflirmou ter sido outro qualquer
em cuja relação devia ser punido. Ignez, logo que seu o assassinado por Alberto Pires e não seu cunhado An-
filho descera de S. Paulo para Santos, se pòz em marcha tônio Pedroso de Barros do § õ.° adeante: a esta certeza
por terra em demanda da villa de Paraty, com destino chegámos, não pelo argumento chronologico de Pedro
ao Rio de Janeiro, (onde por parte de seu pai tinha Taques, que é errôneo em parte, e sim por uma prova
parentes da família de Alvarengas de grande mereci- directa, qual é o testamento de Antônio Pedroso de
mento), com esperança de libertar sen filho a custa de Barros em 1651, em que se vê que não morreu victima
toda a despesa de dinheiro. Com effeito a essa cidade do bacamarte e nem seu cadáver foi reunido ao de
chegou primeiro que o filho, porque a sumaca em qne Leonor de Camargo, como ficou dicto; foi a morte de
fora elle embarcado do porto de Santos, experimen- Antônio Pedroso de Barros produzida por ferimentos
tando no mar contrários ventos, teve arribadas, e por que recebeu n'uma revolta de seus índios administrados,
fim tomou o porto da Ilha Grande. N'ella soubéramos que, havia pouco, tinha trazido do sertão: pois nem
que iam também embarcados, para maior segurança do eram ainda baptisados. Vide Tit Pedrosos Barras onde
réo, que sua mãe se achava na cidade; e esta certeza melhor se lê este acontecimento.
só bastou para os inimigos do infeliz preso Alberto O argumento chronologico de Pedro Taques é em
Pires obrarem a barbara acção de, sauindo da Ilha parte errôneo, porque, se é verdade que Antônio Pe-
Grande, lhe atarem ao pescoço uma grande pedra e o droso- falleceu em 1651, entretanto é errônea a data
lançarem vivo ao mar, e para logo fizeram com que a de 1682 para o casamento de Alberto Pires: pois, como
embarcação tomasse o rumo para a villa de Santos, o se vê no V. 1.° pag. 381 era Leonor de Camargo, já
que executou o mestre da sumaca, ou vencido pelo fallecida em 1677, sem geração, quando foi inveutariado
temor ou obrigado pelo dinheiro. Desta catastrophe se seu pai Estevão Gomes Cabral em Jnndiaby; portanto,
originou a destruição da grande casa de Ignez Mon- acreditamos mesmo que Alberto Pires se casasse entre
teiro, uma das maiores d'aquelle tempo, da qual ainda os annos de 1630 a 1640, sendo elle ofilhomais velho,
boje existem algumas cepas de sua grandiosa vinha attentes as datas em que se casaram seus irmãos e
irmãs; mas, affirmamos não ter sido Antônio Pedroso
TIT. PIRfiS 129
a victima, pela prova directa de que falleceu com te*
lamento, e nfto prostrado no lugar por um tiro de ba- § 5.°
camarte.
l - õ Maria Pires de Medeiros casou-se em 1639 em S. Paulo
§2> com Antônio Pedroso de Barros, f.° do governador da
capitania de S. Paulo, capitao-mór Pedro Vaz de Barros
1-2 Maria Fernandes Pires casou-se em 1 6 4 4 em S. Paulo, e de Luzia Leme. Com geração, em Tit. Pedroaos
com Gaspar Corrêa, natural de Ref oyos de Ponte de Um. Barros.
i r a a o de Sebastião Fernandes Corrêa, 1.° provedor ç
contador da fazenda real da capitania de S. Paulo, t 1

de Gaspar Fernandes Corrêa e de Maria Gonçalves. 1-6 Anna Pires casou-se em 1629 era S. Paulo com Antônio
Vide. Tit. Alvarengas. Falleceu Gaspar Corrêa em 1696 Bicudo de Mendonça f.o de Vicente Bicudo e de Anna
em S. Paulo. Sem geração Luiz. Tit. Bicudos.
§7.o
§ 3.o
1-7 Capitao-mór Bento Pires Ribeiro, foi prestimoso cidadão
1 - 3 Antônio Pires de Medeiros, f.o do Cap. 9.°, casou-se em 16â; de S. Paulo, que fez varias entradas ao sertão onde
em S. Paulo com Anna Luiz f .* do capit&o Simão Alvares conquistou grande numero de indios bárbaros que fez
e de Maria Luiz Grou, V. l.o pag. 6 Teve q. d.: baptizar e tinha sob sua administração. Falleceu na sua
2-1 Ignez Monteiro que foi i . ° casada com Lucas d- ultima entrada no sertão em 1669. Foi casado com Se-
Mendonça, natural do Rio de Janeiro, f.o da » bastiana Leite da Silva, f 1670, (e nfto em 1680
e m

pitâo MatMas Gomes de Mendonça e de Izabel Car- como escreveu Taques), f." de Pedro Dias Paes Leme
doso, V. 1.° pag. 6 ; segunda v e z foi casada «a e de Maria Leite. Teve C O S. Paulo) 7 f.o*:
Francisco Paes da Silva, natural de S. SebastiiA 2-1 Francisco Pires Ribeiro (•) A' seu respeito escreveu
f.o de Bartbolomen Simões de Abreu e de Iaté Taques o seguinte: < tendo occupado os cargos da
Paes da Silva. Tit. Raposos. Sem geração deste V republica como cidadão de S. Paulo, fez varias en-
marido, porém, teve do l.o o f.° único: tradas ao sertão a conquistar indios bárbaros e re-
3-1 Mathias de Mendonça, f em 1728, casado «a duzilos ao grêmio da egreja. Adquiriu sciencia mi-
Luzia Leme, f em 1 7 2 5 em Itú, f.a de SetásÈ? litar na guerra contra os gentios. Foi muito celebre
Leme de Alvarenga e de Marianna de Miranb o ardil coro que conseguiu uma grande reducção com
Com geração, em T i t A l v a r e n g a s Cap. 3.° § 7.' grande credito da sua disciplina, utilidade própria
2*2 João Pires, falleceu solteiro. e" augmento da fé ('). Tendo posto em cerco uma
2-3 Izabel Pires de Medeiros, natural de S, Pa* populosa aldêa de gentios, fez vir o cacique daquella
casou em J701 em Paraabiba com Francisco *
Avellar, de S. Paulo, f.o de Paschoal de Avellâr*
de Izabel da Silva. ^ (-) Francisco Pires Ribeiro, como se 16 no inventario de sua mãe,
em 1673 Unha 17 annos de idade e assignava-se entlo Francisco Dias
da S í l v a ; •'esse anno preparava-se para entrar no sertão com seu
tio Fernão Dias Paes A descobrimento de prata; effectivameníe entrou
§ 4.o com um grande contigente de seus administrados armados, e per-
maneceu uo sertiio até 1679, como se vô na prestação de contas da
1-4 Izabel Pires de Medeiros foi casada com Domútf* seu tutor Domingos Gomes Pereira; voltou a S. Paulo em 1680 e
appareceu requerendo nos autos do inventario de sua mie com o
Jorge Velho f.o de Simao J o r g e e de Francisca:* nome de Francisco Monteiro de Alvarenga, e finalmente casou em
T a
2 ! L M w £ M Falleceu Izabel Pires em 1713 envPf 1681 em Parnahiba com o nome de Francisco Pires Ribeiro.
nabiba (Óbitos de Parnahiba). Com geração em 1* (') Este ardil é attribuido também a Bartbolemeu Bueno da Silva,
Jorge» Velhos, Cap. l.o. o Anlianguera.
PI8B8
nação (com antecedência havia disposto em varias
"vasilhas a aguardente de canna, d a qual ainda os 2-2 Bento Pires Ribeiro, fallecido em 1726 em Goyaz,
gentíos não tinham conhecimento algum) á sua pre- foi casado com Anna Maria Furquim f.» de Es-
sença, e, como pratico no idioma, lhe fez um efflcaz tevão Furquim e de Maria da Luz. Tit Furquins.
arrazoado com rogativa amorosa, para que acceitane Teve pelo sen inventario (O O. de S. Paulo) 3 f. M

a sua amizade e se recolhesse,-com os seus vaasallos legítimos e õ haturaes reconhecidos


ao grêmio da egveja, capacitando o que isto queria Os legítimos sao:
praticar a sua benevolência por affocto, pois linha 3-1 Tenente Bento Pires Ribeiro, fallecido solteiro
poder para conquistar não só a nação, como a todas em 1733 em Parnahiba com 48 annos de idade.
as mais d'aquelle sertão, abrazando-lhes os campos, 3-2 Maria Furquim
matas e rios'com fogo, que tinha sob seu domínio, 3-3 Sebastiana Leite Furquim, fallecida em 1761 em
e, para que o cacique inteiramente se capacitasse Parnahiba com 80 • annos de idade, foi casada
deste fingido poder, pedio uma luz, e, introduzindo-a com o capitão Antônio de Godoy Moreira f.° de
nas tinas de aguardente, que o gentio estava vendo, João de Godoy Moreira e de Eufemia da Costa.
ardeu o espirito deste licor como costuma, fazendo Com geração em Tit. Godoys.
as labaredas tão horrorosa vista ao simples cacique, Os naturaes foram:
que, capacitado do poder de Francisco Pires Ribeiro, 3-4 Anna Pires
ficou como extatico e confuso, pedindo que contra 3-5 Salvador Pires
elle c sua nação não empregasse a s iras, porque se 3 6 Alberto Pires
;

recolhia a sua povoação, e vinha com todos os seus 3-7 Maria Pires
vassallos procurar a sua amizade, para seguir a 3-8 Izabel Pires
transmigração qne lhe propunha. Assim se verificou 2-3 Paschoal Leite da .Silva, f.° do § 7.o. falleceu sol-
promptamente, vencendo com este engano uma re- teiro.
dúcção de muito credito e conveniência. Recolheu-se 2-4 Ignez Monteiro da Silva foi casada com José de
desta conquista sem desembainhar a espada, fazendo Campos Bicudo f.° de Filippe de Campos e de Mar-
applaudido o sen nome entre os mais antigos ser- garida Bicudo. Falleceu em 1701 em Itú. Com ge-
tanisfas. Com esta redncçao augmentou muito o sen ração em Tit. Campos Cap. 5.o (').
estabelecimento e se fez potentado com a adminis- 2-5 Maria Leite Ribeiro casou-se em 1689 em Itú com
tração qne ficou tendo desta gente oni seu serviço». João de Siqueira f.° de Paulo de Anliaya e de
Foi casado em 1681 em Parnahiba com Maria de Messia Nunes de Siqueira sua 1.» mulher (Vide Tit.
Arruda f> de Francisco de Arruda e Sá e de Maria Almeidas Castanhos). Falleceu Maria Leite Ribeiro
de Quadros. Tit. Arrudas Cap. 1.° § 2.«. Teve 5 em 1719 em Itú.
f.os, natnraes de Parnahiba, que sao: 2-6 Salvador Pires, falleceu solteiro.
3-1 Padre José Pires Monteiro, presby tero de S. Pedro. 2-7 José Pires, falleceu solteiro em 1683, e foram her-
,3-2 Maria Pires, fallecida sem geração. deiros os seus irmãos (0. O. de S. Paulo).
3-3 Francisco Pires, fallecido solteiro.
3-4 João Pires Ribeiro, fallecido solteiro. § 8.o
3-5 Ignácia Pires de Arruda, que foi moradora no 1-! Maria Pires Fernandes casou-se, segundo escreveu
Sumidouro da cidade de Marianna, casada coat
o guarda-mór das minas Maximiano de Oliveira Taques, em 1667 em S. Paulo com Francisco Dias Velho,
Leite, natural de Parnahiba, f.° de Francisco natural de S. Paulo, f.° de Francisco Dias e de Cus-
Paes de Oliveira d'Borta e de Marianna Paes todia Gonçalves, n. p. do leigo jesuíta Pedro Dias e
Leme. Com geração em Tit. Hortas.
O O inventario do sim mão diz que cason com João do Sons*.
TIT. HKES
âa 2.a mulher Antonia Gomes da Silva, j á mencionados
no Cap. 7.° deste. Estes belliccsos movimentos, ou tumultuosos partos da ira
e da paixão por vezes chegaram a rompimento de batalha (').
Este Joíio Pires, único com seu amigo Pernão Dias Paes,
1-9 Salvador Pires de Medeiros, f.° do Cap. 9.°, casou em 1638 pôde vencer a odiosa lembrança com que os moradoes de S.
em S. Paulo tom Anna de Proeuça f. de Francisco
a Paulo repugnavam a instituição dos padres jesuítas, que tinham
de Proeuça e de Mecia Bicudo. Teve 4 f. fallecidosos sido lançados do seu collegio para fora da capitania de S.
em tenra idade. Vicente em Junho de 1640, e obtendo elles da paternal cle-
mência do rei D. João IV ordem para serem restituidos em
§10.° 1 6 4 7 , ainda assim se nao deram por seguros, e durou a sua
expulsão até o anno de 1653 em que o respeito, amor e ve-
1-10 Capitão João Pires Monteiro, ultimo f.° do Cap. 9.o, neração de João Pires (declarado protector dos jesuítas) me-
(omitüdo por Pedro Taques) foi casado com Maria Pa- receu aos moradores de S. Paulo que recebessem aos padres
checo f> de Matheus Pacheco de Lima. Falleceu com com affabilidade, lavrando-se termo de transacçao e amigável
testamento na paragem chamada Juquery, districto de composição entre todos, assim se conseguiu em 14 de Maio
S, Paulo, em 1667. Teve (C. O. de S. Paulo) a f.» de 1653».
única: E' aqui logar apropriado para darmos uma noticia resu-
2-1 Ignez Monteiro. mida dessa luta entre seculares e os padres jesuítas, para
o que damos em resumo o que a respeito escreveu Azevedo
Marques em seus Apontamentos Históricos, intercalando
Cap. 10.° apreciações nossas.
João Pires, t ° de Salvador Pires e 2.» mulher Messia Em 1553 vieram de 8. Vicente aos campos de Pirati-
Fernandes (ou Messiaçú). A seu respeito escreveu Pedro üinga os padres José de Anchieta, Affonso Braz, Vicente
Taques o segninte: Rodriguez, Leonardo Nunes da companhia de Jezus e outros
<Joào Pires foi nobre cidadão de S. Paulo, e teve grande e ahi deram começo ao collegio de S. -Pauto que serriu de
voto nas assembléas do governo político, como pessoa de núcleo a povoação do mesmo nome. Em 1560 passaram para
muita autoridade, respeito e veneração. Foi abundante em ca- o collegio de S. Paulo os outros padres jesuítas de S. Vi-
bedaes com estabelecimento de uma grandiosa fazenda de terras cente e os da extineta villa de S. André.
de cultura com ama légua àe testada até o rio Macoroby, Para esta nascente povoação afnuiram desde o seu inicio
que lhe foi concedida de sesmaria em 1610 com o seu muitos nobres povoadores de S. Vicente com suas famílias;
sertão para a serra de Juquery. Teve grande copia de gados assim, neste Tit. j á demos noticia da passagem da família
vaceuns, cavallares e de ovelhas; de sorte que dotando a ; Pires de S. Vicente para S. André e de S. André para S.
novefilhas,como veremos abaixo, cada uma levou duzentos | Paulo, sendo que João Pires (o Gago) foi o 1.° juiz ordi-
cabeças de gado vacenm, ovelhas e cavalgaduras. Tinha ex- nário da villa de S. André e d'ella se passou a S. Paulo
traordinária colheita de trigo todos os annos, e igualmente, £C0m seu f.° o capitão Salvador Pires casado com Maria Ro-
dos mais mantímentos e legumes. Com o seu grande res- drigues. A estes seguiram outras famílias nobres na 2.*
peito e forças sustentou, e teve de encontro o partido também parte do século 16.° taes como as dos Camargos, Lemes,
grande da nobre família dos Camargo», quando em 165V, .* Cunhas Gagos, Prados, Antas Moraes, Alvarengas e outras.
para 1653 se puzeram em rompimento de armas estas do**
oppostas famílias—Pires e Camargos; e J o ã o Pires por si (') Km Tit Taques damos noticia do rompimento dos doas partidos
so tevê maior séquito com os mais de seu appcllido e de em conseqüência da dispute entre Pedro Taques e Feroão de Ca-
margo (o Tigre) no largo da matriz /hoje da só) de S. Paulo em 1640.
muitos neatra.es que o auxiliaram com poder de gente ar- L imSrte d 0
P ° -° no mesmo íargo em 1641 em qne esteve
1 , 0 e, 2

, como foi Garcia Bodrigues Velhos, Fernao Dias P» tí


JmLW*S£ o , capitão Pedro Leme do Prado, fallecido em 1668 Jun*
outros paulistas potentados em arcos, que dominava»- niany. Tit. Taques.
TIT. PÍIÜCS

TIT. PIRES
Ao chegarem a S . Paulo suas vistas se voltaram nata.
ralmente para a cultura das terras, como a fonte mais se- aportando no Rio de Janeiro ahi fez publicar orna bnlla
gura de riqueza. Onde os braços para trabalharem ou (jue trazia do papa Urbano 8.°, pela qual a direeçao dos
grandes culturas, proporcionadas A vastidão das terras k indios ficava exclusivamente entregue á companhia de Jesus.
que se viam de posse, por sesmarias? NAO havia a procurai-os No Rio de Janeiro, onde a população rompeu em manifes-
senfto na classe dos vencidos, que eram tratados com des- tações hostis, graças a intervenção do governador Salvador
prezo pelos novos povoadores. Destes, uns que acceitaram pt- Corrêa de Sá. foi lavrada uma composição amigável entre
cificanwnte o jugo dos portuguezes, trabalhavam impellid* o povo e os padres em que o collegio do Rio de Joneiro
pela fome por salário muito minguado; outros que unoqui- desistia de dar cumprimento a dita bulla na cidade de S.
zeram sujeitar-se e que tentaram a força de armas sustentar Sebastião. Chegada a noticia da bulla em S. Paulo, Santos,
a sua independência, tiveram sorte mais cruel, porque wa- S. Vicente e Parnahiba, antes que tivessem conhecimento da
cidos nos combates, ou aprisionados nas mattas onde p* composição realisada no Rio de Janeiro, amotinou-se de tal
curavam refugio, eram, sob a denominação de administrai modo o povo que a 13 de Junho de 1040 praticou o excesso de
redusidos â escravidão, sendo obrigados a trabalhos muita expulsar violentamente os padres jesuitas de seu collegio.
vezes superiores a suas forças, sem salários e sujeitos a ca* Em seguida os authores desta expulsão se dirigiram em
tigos corporaes. 1641 por uma representação ao rei D. João IV procurando
justificar esse acto, ao qne respondeu o mesmo rei em 1641
Este procedimento dos primeiros povoadores, para com concedendo o perdão aos paulistas, depois que fossem no-
os naturaes do paiz, alem de ser contrario aos principio? vamente admittidos os padres jesuitas nos seus collegios
da moral christa, tornava-se um grande obstáculo á obn da capitania, ficando estes com o governo espiritual, e as
da catechese confiada ao zelo dos padres jesuítas. Como aidêas de indios entregues as justiças seculares.
convencer ao selvagem da necessidade do baptismo para se Como conseqüência teve lugar a composição amigável
sujeitar ao jugo suave de um Deus de misericórdia e de realizada em 1653 graças a influencia de Joio Pires Ro-
bondade, e das vantagens da vida civilisada, se elle sabia drigues, como foi relatado neste Cap. lO.o.
pelas noticias que lhe traziào os foragidos, que conseguiam A intervenção de João Pires Rodrigues, potentado tendo
escapar do poder de seus-senhores, qual a sorte que o es- grande séquito de administrados, em favor dos padres, prova
perava? Por esse motivo, os padres se arvoraram em claramente que nao eram todos os paulistas d'aquelle tempo
tectores dos indios, aconselhando-os a procederem como eft culpados dos maus tratos referidos contra os indios em seu
de justiça; e, se estes procuravam d e preferencia os esta- poder, e que a influencia dos jesuitas em favor desses in-
belecimentos de seus protectores para lhes prestarem s * felizes somente a faziam valer contra aquelles que, ou por
ignorância ou por maus sentimentos, postergavam os prin-
serviços, era porque encontravam n'elles um amigo e pai cípios humanitários.
cumpridores das máximas desse Deus d e bondade
ihes annnnciavam; e nem era o interesse mundano Foi João Pires casado com Messia Rodrigues f.a de Gar-
levava os ditos padres a acceitarem o trabalho dos cia Rodrigues e de Catharina Dias. esta natural de S.
catechisadós, e sim a necessidade de dar-lhes as lições to Vicente, f.* de Domingos Dias, natural de S. Miguel de
trabalho e assim evitar-lhes as funestas conseqüências & Lourinha, e de Antonia de Chaves que foram nobres po-
voadores de S. Vicente em 1531.
ociosidade.
Falleceu João Pires em 1657 em S. Paulo e foi sepul-
D'ahi a rivalidade entre os padres e os seculares <l* tado juntamente com sua mulher, fallecida em 1665 (C. 0. S.
teve suas explosões, sendo a l.a em 1612 em S. Paulooõjj Paulo), na capella mordo collegio dos jesuitas em S. Paulo (').
a câmara e o povo representaram ao governo da metrop* 0
Teve de seu consórcio 12 f.** que sao:
contra o predomínio dos jesuítas. Esta petição nao proda*
efeito por nao ser attendida. A segunda deu-se em 1**
•- PI A2 , S , demolição do valho templo Jo collegio de S. Paulo
Ç„ anbo, superior da missão
r occasi&o da chegada de Boma do padre Francisco D**j
l e m d a

eaa «sw ou lo»i, os ossos dos que foram sepultados em passadas era*
Jesuitica do Paraguay, o t p
136 TIT. PIRES

14 Maria Pires § 1.° T I T . PIRES 137


1-2 Messia Rodrigues § 2.9
1-3 Anna Pires § 3.° que teve o pesado emprego de juiz ordinário. Nas
14 Catharina Rodrigues § 4.° civis guerras entre Pires e Camargos, sendo remetti*
1-5 Margarida Rodrigues | ô.° ' das as devassas de tantas mortes e insultos que havia
tirado o Dr. ouvidor geral da repartição do Sul no
16 Messia Pires 8 6.° anuo de 1653 João Velho de Azevedo para a relação
1-7 Thomazia Rodrigues g 7.° da Bahia, foi eleito Francisco Nunes de Siqueira para
1*8 Maria Pires Rodrigues § 8.° passar a esta cidade com a commissão de ngente e de
1-9 Maria .Rodrigues S 9.° procurador bastante da família dos Pires, e de tal sorte
1-10 Jo&o Pires Rodrigues 8 10.° soube manejar a sua dependência, que ao seu grande
1-11 Antônio Pires § ll.o zelo, actividade e diligencia se deve o alvará que con-
1-12 Jeronimo Pires § 12.° cedeu o conde de Atougma D. Jeronimo de AfJtayde,
'governador geral do Estado em 24 de outubro de 1655,
á favor das duas oppostas famílias de Pires e Camargos;
§ 1.° e estes receberam maior beneficio pelo perdão geral
em nome da inagestade ás culpas que lhes resultavam
1-1 Maria Pires, baptisada em 1641 em S . Paulo, foi ca- das ditas devassas, pelas quaes estavam comprehendi-
sada com Francisco Nunes de Siqueira, natural de& dos cm pena capital; o que tudo se vê do mesmo al-
Paulo, cognominado o — redemptor d a pátria — f.o de vará. Por este merecimento lhe tributou a pátria, quando
Manoel de Siqueira e de Mecia Nunes. Este Manoel se recolheu a ella (vindo da Bahia no dia 25 de De-
de Siqueira, segundo escreveu Taques, era f.o de ostro zembro do mesmo anno de 1655), uma obséquios* lem-
de igual nome e de Mecia Bicudo. Tit. Siqueiras Mea- brança, fazendo-o retratar com verdadeira effigie, do
donças Cap. 4.o; porém, cremos que ha engano, salvo mesmo modo com que fez a sua publica entrada, que
se foi casado outra vez com dita Mecia Nunes £»<k foi a cavallo, vestido de armas brancas em sella jero-
Pedro Nunes de Siqueira; porque o inventario do pai niina, com lança ao hombro, bigodes a fernanoüna, por-
em 1614 diz que eile estava casado com Maria d* que, sahindo da Bahia por caminho de serra e sertão,
Costa, como nós escrevemos em Siqueiras Mendonç* chegou em breve tempo á pátria, como se vê da data
Cagi 4.° j á citado, Francisco Nunes de Siqueira foi do alvará em 24 de Novembro, na Bahia; e a^sna en-
irmão de Antônio Nunes qne foi casado com Maria 3tf* trada em S . Paulo foi a 25 de Dezembro, vencendo em
ciei, em Tit. Maoieis; irmão de Catharina de Mendonça; 30 dias uma jornada que só podia fazer em 2 ou 3 mezes.
t em 1671, que foi casada com Pedro Gonçalves Varí- Â este retrato de Francisco Nunes de Siqueira se via
jão (C. O. de S. Paulo). A respeito ãe Francisco NMK* a epigraphe que dizia—Redemptor da Pátria*.
de Siqueira escreveu Pedro Taques: «Deo-se aos estu- Falleceu Francisco Nunes em 1681 deixando 3 f.o*
dos de grammatica latina, e aproveitando-se d'esí» que são:
língua inclinou-se á lição dos livros forenses e ordena- 2-1 Simao Nunes de Siqueira que casou com Juliana de
ções do reino, em que teve bom applauso entro * Oliveira f.a de Trístáode OJirara Lobo e de Maria
doutos- do seu tempo, o que lhe serviu para saber $ Pedroso. Tit. Oliveiras Cap. 5.° § 1.°. Falleceu
vernar a republica, e administrar a justiça nas vefl* Simão Nanes em 1702 em Parnahiba (C. O. S.
Paulo) e teve os seguintes f.°>:
n'easa egreja, foram exhumados na presença de ama commJssão nome*' 3-1 Domingos de Oliveira, fallecido solteiro
d» prlogoverno de accordo com a anthorídade diooeeana, daqvÃl 3-2 João de Lara, fallecido solteiro
parte o autnor desta obra, o foram entregues á guarda da sntoçfr 3-3 Matheus Nunes
dsde diocesana, que os fec trasladar para o sanctusrio do S. CortÇ*
0
8-4 Maria Pires
de liaria em f>. Paulo. Na egrojà desse eauctuarlo esta urob** 3-õ Anna Ribeiro
armado 6 conservado o altar daqueUa velha egroja.
TJT. PIRBS 189
w. PIRES
5 2 Eugênio Martins de Barcellos casou 1.°
3-6 Josepha de Oliveira em 1747 na Cotia com Filippa dtf Oliveira
3-7 Catharina Nunes casada em 1723 com Mattos Paes C.fl de Salvador de Oliveira Pirei
Lopes, viuvo de Maria Morato, esta f. nalural
a
e de Jõsenha Paes; segunda vez em
de Joào Pires de Oliveira. Tit. Oliveiras Cap, 1759 nâ mesma freguezia com Rita Maria
M § 1.°. Machado f.a de Pedro Machado da Silva,
3-S Ânna Maria de Siqueira
3-9 Izabel de Lara, fallecida em 1734 em (íitafA de Parnahiba* f em Sorocaba, e de
guetó. casada com Pedro Rodrigues de Siqueira. I Anna Domingues de Mattos. Âltem
2-2 Maria Nanes de Siqueira foi casada com Paulo ds em 1780 e teve de Bifa Machado os
Costa Pimentel, fallecido em 1680, f.° de Fructnw seguintes f." (C. 0. de 8. Paulo):
da Costa e de Sebastiana Pimentel, n. p. de Paè 6-1 Luiza Maria caiada etn 1192 wi
da Costa e de Paschoa do Amaral, n. to. de 1b- Cotia com Miguel Vieira Antunes
noel Alvares Pimentel e de Feliciana Parente. TS , f.o de Iziãoro Vieira CtanfoJyas e
Dias. Teve: de Rosa Francisca de Oliveira, n.
3-1 Sebastiana Pires Pimentel que casou-se COE m. de José Francisco de Oliveira e
Gaspar Martins de Barcellos f.o de Francai de Josep/ia liodrígues Curam Tit,
Martins de Barcellos, t em 1670, (C. 0. &
Paulo) e de Maria Freire. Falleceu Gaspar Macieis. Com geração,
Martins em 1719 em S. Paulo. E teve (C.Õ. 62 Anna Theresa casada em 1769 na
S. Paulo): Cotia com o tenente Antônio Manoel
4-1 Maria Martins de Barcellos casada o* Rodrigues Borba f.° de Balthazar
Paulo da Silva Leme. Rodrigues Borba e de Escbolaalfca
4-2 Izabel da Costa Pimentel casaria com & Vieira da Silva. Tit. Moraes,
noel Vaz Barbosa f.° de Füippe Marra* 6 3 Pedro
Ordonho e de Maria Ribeiro Barbosa ü 6-4 Rosa
lbeiros Tit. Macieis, com geração. 6-5 Francisco
4-3 Escholastiea Martins de Barcellos, nattri 6-6 Bernardo
de Guaratinguetá, foi casada com Felix k
Macedo Cruz, natural de Pindamonhangali. 6-7 Maria Francisca caiada em 1808 em
f de Felix de Macedo e de Maria Knfc Sorocaba com seu primo Raptad An-
VeUoso. Teve q. A : tônio Machado f.° de João da Silva
ó-l Antônio Martins casado em 1755 m Machado e de Maria das Neves.
Atibaia com Maria Francisca i* & 6-8 outra Maria
Antônio Leitão e de Francisca Gfl* -3 Gaspar Martins de Barcellos casado com
4 4 Anna Maria Martins casada em 1719 ca fe Angela Bodrigoes Pacheco. Teve (C. 0 .
ceiçao dos Guamlhos com João de Sc«2 de S. Paulo);
e Moraes. 6-1 Anna casada em 1770 em S. Paulo
4-5 Paulo Martins de Barcellos casou se em W com Gooçalo José Ribeiro ifi de Ber
em 'Santo Amaro com Rosa Maciel I * a
nardo Ribeiro He Figueiredo e de
BaÜhazíir UartíBS Gnttiurres e de Me* Anna Pedroso Nogueira.
Maciel Barbosa. Tit Macies Cap. 4J$** 6-2 Gertrudes casada em 1770 em 8.
t h . 3-1. Teve pelo inventario 10 O*' Paulo com Domingos Nunes Alves
i 4 Ignacio Martins de Barcellos f.° de Joio Nunes de Macedo e de
Sebastiana Alvares Sfhefro
140 TIT. FERES
TIT. MltKS 141
em 1781 em S. Paulo com Annade
Araiijo f.a de Antônio de Araújo e 5-6 Marcellino Martins de Barcellos casado
de Rita Gonçalves. em 1754 em Atibaia com Francisca
64 Antônio Rodrigues Barbosa Gomes Cardoso,
6-5 Rosa Maria casada com Manoel Ma- 5-7 Rita Pires Pímentel canada em 1756
chado da Cunha. (G. Bc. de S. Paulo) com João dos Santos
6-6 Francisca Rodrigues casada com f-° de João Nunes de Macedo e de Se-
Miguel Rodrigues de Siqueira. bastiana Alvares Ribeiro, de Findamo-
6-7 Joaquim Martins nhangaba.
6-8 Maria casada com .. 5-8 Leonor Barbosa
54 Manoel Martins de Barcellos casado em 5-9 Sebastiana Pires Pimentel casada com
1753 em S. Paulo com Joanna Maria José Antunes da Silva em 1765 na Con-
f.a de Pedro Ribeiro e de Maria Ro- ceição dos Guaruihos.
drigues. Teve q. d.: 5-10Florinda Pires casada em 1764 em
6-1 Maria da Conceição casada em 1771 Atibaia com Manoel Felix Martins.
em S. Paulo com Mathias Antônio 4-6 Catharina Martins, f." de Sebastiana Pires
da Costa f.o do capitão Martúuw Pimentel n.° 3-1.
Teixeira Botelho e de Joanna da 4 7 Marianna Martins
Costa Freire. 3-2 João, f.o de Paulo da Costa e de Maria Banes
6-2 Gertrudes Theresa do Espirito Santo n.° 2-2.
casada em 1781 em S. Paulo com 3-3 Maria Pires Pimentel tirou dispensa de impe-
André Gonçalves Só, de Portugal, dimento de parentesco por afinidade para casar-se
f.o de Francisco Gonçalves e de em 1706 com Manoel da Costa, viuvo de Isabel
Agueda Alvares. Rodrigues, esta f » de Miguel Rodrigues irmão de
6-3 José Joaquim Barbosa casado em Messia Rodrigues, e de n. p. de Miguel Ro-
1789 em Santo Amaro com Anna drigues Velho e de Catharina de Mendonça Va-
Maria f.a de Antônio Ribeiro da rejâo, esta f. de outra Catharina de Mendonça
B

Silva. Tit. Furtados. qne era irmã de Francisco Nunes de Siqueira


5-5 Maria Martins Maciel casada em 174õ § l.o retro. (O. Bc. de S. Paulo).
na Conceição dos Guarulhos com João
de Siqueira Garcez, viuvo de Lourença 34 Miguel
Sobrinha, f.° de Christovào Mendes Mo- 3-5 Francisca
reira e de Anna de Siqueira Garcez. 3-6 José
Teve: 2-3 Anna Maria de Siqueira, f.a 3.a e ultima do § 1.°,
foi casada com Luiz da Costa Rodrigues, irmão de
6-1 Francisco Xavier de Siqueira ca- Braz da Costa. V. 1." pag. 59, ahi a geração.
sado em 1768 em Mogy das Cruzes
com Anna Maria Barbosa f* de
Miguel Pereira da Silva e de An- § 2-°
tonia Ribeiro. Messia Rodrigues, fallecida em 1678 em S. Paulo,fni casada
6-2 José Barbosa de Siqueira casado em a
1.» vez em 1641 nessa villa com Antônio das Neves, t
1770 na mesma villa com Domingas 1659 com testamento, natural de Itanhaen, f.° de
Pereira Ribeiro, irma de Anna Maria ^'°go Gonçalves e de Anna Lopes, em Tit, Garcias
do n.° precedente. Julhos; segunda vez casou-se com Diogo Fragoso Souto
ayor. Teve somente do l.o marido os seguintes f.o»:
4|
TIT. I TIT. PIRES 143

6 4 José, baptisado em 1798 em Atibaia.


fwi Í M N m s R r e s m
casado com
1 6 7 1 e s t a v a
6-5 Manoel, baptisado em 1800 em
v^tharioft Rodrigues qae falleceu em 1674 f> de Atibaia.
Antônio Paes e de Auaa da Cunha. Tit. Tenoríos 6-6 Ignacio, baptisado em 1804 em
Teve (C. 0. de S. Paulo) um casal de filhos: Atibaia.
3-1 Maria
3-2 Antônio Paes das Neves, natural de Santo Amaro, 6-7 Anna, baptisada em 1807 em Atibaia.
que foi casado com Joanna do Prado, natural 5-3 Sargento-mór Jeronimo da Rocha Bueno,
de Juquery, f.» do coronel Antônio da Bocha Pi- fallecido em 1818 em Bragança, foi l.o
mentel, fallecido nas Minas pelos annos de 1705, casado com Marianna de Siqueira f.»de
e de Catharina do Prado, n. p. de Pedro da Francisco J o r g e d e Siqueira e de Fran-
Rocha Pimentel e de Leonor Domingues de Ca cisca Leme de Brito; segunda vez casou-se
margo, n. tit. do capitão Lourenço Franco Yiegas com Anna Franco de Godoy. Sem ge-
e de Isabel da Costa Santa Maria. V . I.° pag. ração desta; porém, teve da 1.» pelo in-
516. Falleceu Antônio Paes das Neves em 1736 ventario em Bragança:
e teve pelo inventario 9 f.o» que s a o : 6-1 Luciano José Leme casado em 1795
4-1 Joio-Paes das Neves que casou-se em 1749
em Atibaia com Anna Leme do Prado, na- em Atibaia com Messia da Silveira
tural de Jundiaby, f.» de Custodio Malio, I Franco f.a do capitão Crispiui da
de Santos; e de Francisca Pinto de Siqueira. Silva Franco e 1 . ' Mulher Isabel
Lemes Cap. l.o, Teve q. d.: Ortiz de Camargo. Com 10 f.o» em
Tit. Lemes Cap. l.o § 9.°.
51 Ignacio de Siqueira casado em 1786 ei
Atibaia com Anna Rodrigues f> de Pedro 6 2 José Joaquim Bueno Paes casou 1.°
Rodrigues Bueno e de Escholastica Ortiz, em 1797 em Atibaia com Maria
n. p. de Antônio Rodrigues Fróes, e de Franco Cardoso f. de Antônio Alves
â

Catharina Bueno, n. m. de João Garcia do Amaral e de Anna Franco, V.


de Louvem e de Maria Pires de Camargo. l.o pag. 467 ; 2.* vez casou em 1827
Tit. Garcías Velhos, com geração. na mesma villa com Anna Joaquina
52 Antônio Paes das Neves casado em 1191 de Godoy f. de Ignacio Joaquim de
a

em Atibaia com Maria Franco da Conte Alvarenga e de Rosa Maria de Godoy.


£• de Pedro Bueno de Camargo e de Ma- V * l . o pag. 367. Teve:
rianna Bueno, n. p. de Joaquim de Ca- Da l.a mulher:
margo Pimentel e de -Maria Franco, á
pag. 346 do V. l . ° , n. m. de João Pe-
reira de Camargo e de Isabel Boeno. 7-1 Anna do Amaral que foi casada
Teve q. d. : com o alferes José Pereira Lis-
6-1 Joanna Franco casada em 1815 em boa, e teve 5 f. :4S

Atibaia com Pedro de Siqueira Lins .8-1 Anna, solteira.


f.o de Ignacio Pedroso de Moraes e 8-2 Francisco casado em Jun-
de Maria de Araújo Chaves. diahy.
6-2 Gertrudes, baptisada em 1792 ea 8-3 Josephina casada no Paraná
Atibaia. com o dr. Miguel Corrêa.
6-3 Antônio, baptisado em 1795 ca 8-4 Maria, solteira,
Atibaia.
S-5 José Pereira Bueno casado
na Lapa, Paraná, onde tem
geração.
144
WRKS
r.2 José Joaquim do Amaral Bneno
que casou em 1834 em Atibaia
com Anna Jacintha, f em Í884 8-8 João Baptista do Amaral
n'essa cidade, f.a de José Alves Bueno casado com Maria
do Amaral e de Maria do És- na Gloria Cintra, fallecida
pirito Santo, V. 1.° pag. 471
Teve os 10 f.os seguintes: rSnho ^' V 8
* Sf e J

nnho Fagundes e 8ilva e


8-1 Maria casada com Lourençõ ae Messm Izabel da Sil-
Franco da Silveira f.o «Q p ? f T - (
C i
geração)
n l r a Com

Joaquim Pires de Camargo 8-9 Bento José do Amaral ca-


e de Rita Maria da Silveira, sado com Anna Rodrigues
esta f. do alferes Lourençõ
ft
1. de Antônio Rodrigues dos
Franco da Rocha e de Rltta oiao ? , -
to e
«eração
d e 8 e m

de Cássia Cintra (irma do rj-iu escholastiea Franco do


alferes Jacintho). Com ge- Amaral casada 1.° com Ja-
ração no V. 1.° pag. 402. cintho Alves do Amaral Jú-
nior f.° de Joaquim Alves
8-2 Delphina foi casada com An- do Amaral e de Maria For-
tônio Joaquim Bueno, já f, tunata, V. l.° pag. 476;
f.° de Joaquim Bueno Paes. segunda vez está casada com
Sem geração. seo primo Francisco Bueno
8-3 Anna foi casada com José da Rocha f.° de Francisco
Soares de Lima Sobrinho, já Bueno de Godoy.
t, f.° de Bento José Soares Da 2.a mulher teve o n.° 6-2 q. d.:
e de Anna Thomazia do 7-3 Francisco Bueno de Godoy qne
casou com . e teve q. d.:
Nascimento. Titulo Pretos. 8-1 Francisco Bueno da Rocha
Com geração que casou com sua prima
8 4 Maria Tdalina 2.» mulher de Escholastiea Franco n.° 8-10
José Soares de Lima Sobri- de 7-2 retro. Sem geração
nho supra, sem geração 6-3 Francisco Rodrigues Leme casou-se
8-5 Gertrudes 1.° casada com em 1802 em Atibaia com Izabel da
Rodrigo Soares do Amar* Silveira Cardoso £• de Antônio Al-
f.° de Bento José Soares e vares do Amaral e de Anna Franco,
de Anna Thomazia supr*' V. l.o pag. 468. Teve q. d.:
7-1 Jacintho
2.* vez está casada com ^
dro Alexandrino Leite *
de Jacintho Leite. (Com 6* 7-2 Bernardino .
ração) 7-3 Maria Izabel Cardoso casada
em 1824 em Atibaia com Ma-
?•? Maria Justina, solteira noel da Silva Bueno f.° de Lou-
87 Maria Salomé casada ftf
rençõ da Silva Bueno e de
José Pessanha FranCfíMl Maria-Antonia
de Joaquim " • I 6 4 Manoel Rodrigues ^ . ^ f ^ ; e

c&o e de Delphina son-se com Josepha Mana dos San-


n'este á pag. 109. tos, de Jundiahy. Teve q. d.:


TIT. PIRES
TIT. PIRES 147
7-1 Francisco Antouio Leme casado
em 1827 em Atibaia com... tholomeu Bueno de Azevedo e 2.» mulher Anna
6-5 Custodio... casou-se com... • Maria Ortiz de Camargo. Vol. l.o pag. 405.
4-2 Antônio Paes das Neves casou-se em 1764 4-5 Vaíentim Pires da Rocha casou-se com Agueda
em Atibaia com Januaria de Siqueira f.i Bicudo do Prado f." de Sebastião Preto de
de Custodio Malio e de Francisca Pinto de Oliveira e de Catharina do Prado. Teve q. d.:
Siqueira n. p. de Francisco de Souza e de 5 1 Francisco de Oliveira casado com Anna
Victoria Pinto, de Santos, (da família nobre Pires f. de .Mo Pires e de Iphigenia
a

dos Ruy e Francisco Pinto), n. m. de Lo- Rodrigues. Cora geração


cas Fernandes de Mattos, natural de Por- 4-6 Francisco Paes
tugal, e de Maria do Prado. Tit Lemes 4-7 Rita Paes do Prado casada em 1762 em
Cap. 1." § 4.» Atibaia com Gaspar Lopes de Moraes f.°
4-3 Ignacio Paes do Prado casou-se em 1750 de Domingos Lopes de Medeiros e de Luzia
em Atibaia com Catharina de Moraes da Pedrozo de Moraes
Cunha f.a de Joào (de Pontes) da Crnnlia e 4-8 Lourenço Franco
de Maria Ribeiro da Silva. Teve q. A.: 4-9 Maria de Lima, ultima f.» de 3-2.
5 1 Antônio Paes das Neves casado em 1781 2-2 Manoel das Neves Pires, f.o do § 2,°, casou-se com
em Atibaia com Clemência Bueno t* Anna Gil de Camargo, f." de Manoel das Neves
de Manoel da Costa Vieira e de Joanna Gil e de Maria de Camargo. Vol. 1." pag. 316. Teve
Bueno de Camargo. Vol. l.o pag. pelo inventario 3 f.os;
Teve q. d.:
31 Bento das Neves Pires, fallecido solteiro em 1743
6-1 José baptisado em 1782 3-2 Anna das Neves Gil casada com Manoel Ma-
62 João > » 1784 > chado de Oliveira Fagundes, f> de Agostinho
6-3 .Maria baptisada » 1785 > Machado Fagundes, f em 1718, e de Gene-
6-4 Joaquim baptisado » 1788 » bra Leitão de Vasconcellos, esta f.a de Domin-
6-5 Leonor da Rocha casada em 1815 em gos de Oliveira Leitão e de Anna da Cunha.
Atibaia com João' de Godoy Morei» Teve geração em Tit. Oliveiras.
f.° de Francisco de Godoy ode An- 3-3 Manoel das Neves Pires casou-se em 1728 com
dreza Maria. Teve q. d.: sua prima em 3 grão Feliciana Franco f.*
o

7-1 Maria da Rocha Bueno casada de JoHo de Camargo Pimentel e de Maria


em 1844 em Atibaia com Üw Franco da Cunha. V. l.° pag. 323.
José de Moraes f.° de Manoel 2-3 Jose das Neves Pires, f.° do § 2.o, casou-se com
Joaquim de Oliveira e de Maria Gil de Camargo f.a de Manoel das Neves
cisca Cardoso de Almeida. Gil e de Maria' de Camargo do n. 2-2. Teve:
u

7-2 Manoel de Godoy Moreira casada 3-1 Josepha das Neves casada em 1712 (C. Bc. de
em 1846 em Atibaia com CecUi* S. Paulo) com Marcellino Lopes de Camargo f.o
Cyriaca' f.» de Francisco Pü* de João Lopes de Lima e de Gabriella Ortiz de
da Silva e de Anna Guedes.. Camargo. Tit. Prados onde vem a geração
6-6 Manoel baptisado 1792 em Atiba» 3-2 Antônio Gil das Neves, fallecido em 1754, ca-
5-2 Bento, baptisado 1764 em Atibaia sado com Messia Rodrigues f.a de... Teve pelo
5-3. Anna, baptisada 1706 em Atibaia inventario (O O. S. Paulo) 3 f os :

4-4 Pedro Paes das Neves (cremos) foi casw 9 4-1 Pedro
com Joanna Bueno de Camargo f.» de B"* 4-2 Theotonio
4-3 Lino
T I T . J-ÍIvnB
TIT. PIBES 149
i 4 Diogo das Neves Pires, f.° do § 2.°, |- em 1728 Camargo Pimentel e de Maria Franco da Cunha.
em Atibaia. foi casado com Anna da Silva Leite de Com geração no Vol. 1.° pag. 348.
Miranda í » de João Leite de Miranda, f em 1715 5-2 Alferes Autonio Soares Moniz casado 1.° em 1776 em
em Parnahiba, e de Anna da Silva. Tit. Prados. Atibaia com Messia Ferreira de Camargo f.» de João
Teve: de Lima de Camargo e de Maria Pinheiro, V. l.° a pag.
3-1 Anna 323 ; 2.» vez em 1786 em Atibaia com Escholastiea
3-2 Diogo das Neves Pires (que Pedro Taques por de Godoy Lima; viuva de Manoel Simões Salgado,
engano descreveu como solteiro) foi 1.° casado f." de Pedro de Lima de Camargo. Tit. Prados.
com Anna Maria Garcia f." de Jorge Velho e Teve q. d. da l.» mulher:
de Beatriz de Borba (Tit. Garcias Velhos); 2.* 6-1 Maria Luiza Pimentel casada em 1797 em Ati-
vez casou com Victoria de Camargo Telles f.» baia com José Franco Penteado f» de Antônio
de João Ortiz de Camargo e de Maria de Es- Franco de Camargo e de Rosa Maria Leite.
tradas. Vol. 1." pag. 304. Falleceu em 1768 em Vol. l.° pag. 343.
Atibaia, e teve (C. O. S. Paulo). Da 1." ma- 6-2 Anna Joaquina das Neves casada em 1800 em
lUer 6 !.<»: Atibaia com Manoel Joaquim de Godoy Mo-
4-1 Anna das Neves Garcia reira f.° do tenente José de Godoy Moreira e
4-2 Maria das Neves Garcia 2.» mulher Anna Soares de Siqueira Tit. Godoys
4-3 Thereza Pires Cap. 1.° § 8.°. Com geração.
44 João das Neves Garcia Da 2.» mulher:
4-5 Maria das Neves 6-3 Josepha Soares casada em 1814 em Atibaia com
4-6 Francisco Pires Garcia Joaquim Franco Penteado f ° de Antônio Franco
Da 2.»: de Camargo e de Rosa Maria Leite. V. I.* a
4-7 Manoel das Neves Pires pag. 341.
4-8 Bento das Neves Pires 6-4 Esmeria de Godoy Lima casada em 1809 em
4-9 Miguel de Camargo Neves Atibaia com Francisco Pires Pimentel f.o de
4-10 Rosa Vicente Pires Pimentel e de María Gertrudes
4-11 José Ortiz de Camargo Franco. Tit. Macieis Cap. 4.» § 2.°, 2-5, 3-3.
4-1 Ama das Neves Garcia casou 1.° em 1761 em Atibaia 5-3 Francisco Soares das Neves casou l. em 1774 em
Q

com Jeronimo Soares Moniz, natural de Itú, viuvo de Atibaia com Escholastiea Ferreira Pimentel f.» de
Maria de Araújo. 1 * de Jeronimo Soares e de Izabel João de Lima de Camargo e de Maria Pinheiro do
Bibeiro. Foi Jeronimo Soares Moniz irmão de José n.° 5-2 retro; 2.« vez em 181» na mesma villa com
Soam Moniz casado em 1707 em Itú com Anua Viegas. Maria Rosa f> de Ignacio Alvares do Amaral e de
<* quaes « o progfcnitores dos Viegas Xortes. de Porto Maria Franco da Cunha. V. 1." pag. 466. Sem
raz e outros lugares; 2.» vez casou Anna das Neve* geração desta; porém, teve da 1.* mulher, inventa-
«* 1762 em Atibaia com Francisco Alves Xavier (•' riada em 1814 em Atibaia, os 4 f.*: 0

de Amorno Pio Ferreira e de Maria Pedroso (de Ta»' 6-1 João Baptista Pimentel casado 1.° em 1798 em
(Tít. Alvarenga» 2.* parte). Falleceu Jeroniw Atibaia com Esmeria de Siqueira Soares f.»do
" * Moniz em 1781 em Atibaia com 70 annos 4* j tenente José de Godoy Moreira e da 3.* mulher
mulher em 1781 na mesma villa com * Anna Soares de Siqueira, em Tit. Godoys; 2.»
M*, Teve Anna da* Neves: Do I m a r i d o Jerow"* vez em 1826 com Anna Joaquina de Godoy,
«satxiitRie* l—: V. l.° pag. 367. Sem geração.
*»ria Pira» Garcia caaada em 1776 em AtiW* 6 2 Esmeria Francisca casada 1 em 1797 em Ati-
0

«tm .Joio pimsniei de Camargo t » de Joaquim * baia com Salvador de Godoy Franco f.« de
TIT. PIRES 151
Miguel Ribeiro Cardoso e de Maria Franco.
Tit. Lemes Cap. 1." § 9.° n/este V. 2.o;2»vez Camargo Lima e de Josepha dos Santos. Com ge-
em 1802 em Atibaia com Miguel Leite de Godoy ração no V. 1." pag. 57.
f.o úe João Ortiz de Camargo e de TJrsula 5-4 Iguacia.
Bueno. V. 1.° pag. 302. Com geração dos 2 4-5 Maria das Neves Garcia em 1760 estava já casada com
maridos. Ignacio Soares de Araújo f.° de Jeronimo Soares Mo-
6-3 Gertrudes Maria das Neves casada em 1797 niz e da 1." mulher Maria de Araújo. Tit Almeidas
em Atibaia com Estevão Soares da Rocha, t em Castanhos. Teve q. d.:
1811, f.° do tenente José de Godoy Moreira. 5 1 Jeronimo Soares Moniz, f em 1776 em Atibaia, ahi
Tit. Godoys. Com um f.°: Antônio. casou em 1773 com Antonia Bueno f." de Jo&o Pe-
6-4 Escholastica Maria Pimentel casou em 1800 em reira de Camargo e de Izabel Bueno de Moraes. V.
Atibaia com Jo&o da Silva Bueno f.° de Ma- i.° pag. 371. Teve f.» única:
noel da Silva Pinto e de Luzia Bueno. Com 6-1 Custodia Maria casada em 1791 em Atibaia com
geração em Garcias Velhos. Manoel Bueno de Camargo f.o de Francisco Bue-
4-2 Maria das Neves Garcia, | em 1763 com testamento no de Camargo e de Maria da Cunha Pontes.
(C. P. S. Paulo) casou em 1763 em Atibaia com Sal- Tit. Prados Cap. 1.° § 3.o, 2-1, 3-2, 4-1, 53.
vador Ribeiro Cardoso, viuvo de TJrsula da Rocha, f.» 5-2 José Soares de Araújo casado em 1775 na fregue-
de José Nogueira Cardoso e de Anna Ribeiro, V. 1.° zia de Jaguary com Izabel Munhoz de Pontes f.»
pag. 105. Sem geração. de José Munhoz de Pontes e de Simôa Pires Ri-
4-3 Theresa Pires foi casada em 1753 em Atibaia com beiro, n. p. de Fernando Munhoz Paes e de Izabel
Joio Pedroso de Araújo f ° de Jeronimo Soares Moniz de Pontes. Tit Prados Cap. 5.o§ 1.», 2-8,3-2,42.
e 1.» mulher Maria de Araújo. Tit. Almeidas Casta- 5-3 Anna Maria Garcia casou em 1760 em Atibaia com
nhos. Teve q. d.: Francisco de Camargo Pimentel, viuvo de Anna
Cordeiro do Amaral, f.° de Pedro de Camargo Pi-
5-1 Maria de Araújo casada em 1772 em Atibaia cora mentel e de Leonor da Rocha. Com geração no V.
Ignacio Pedroso de Alvarenga f.° de Antônio Pe- l.o pag. 332.
droso de Alvarenga e de Anna de Lima do Prado. 5 4 Theresa Garcia casada em 1773 em Atibaia com
Com geração em T i t Prados Cap. 4.o § l.o, 2-2. Joaquim Bueno de Camargo, t em 1793, f.° de Joa-
31, 4-1. 5-6. quim de Camargo Pimentel e de Maria Franco da
4-4 João das Neves Garcia casou em 1751 em Atibaia Cunha. Com geração no V. l.° pag. 347.
com Joanna Cordeiro do Amaral f.» de Raphael Cor- 4-6 Francisco Pires Garcia foi casado com Mecia Bueno
deiro do Amaral e de Escholastica Ortiz de Camargo. de Camargo f> de Pedro de Camargo Pimentel e de
V. l.o pag. 300. Foi inventariado em 1780 em Atibaia Leonor da Rocha. V. 1.° pag. 329. Teve:
e teve (C O. Atibaia) 4 f.»»: 5-1 Ignacio Bueno de Camargo casou era 1775 em Ati-
6-1 Joanna Ortiz de Camargo casada em 1771 em Ati- baia com Maria Corrêa de Oliveira f.* de Oiogo
baia com Antônio de Almeida de Oliveira E.o de Gouçalves e de Blanca Corrêa Tit. Garcias Velhos..
Feliz de Almeida de Oliveira e de Qaiteria Bueno Falleceu Ignacio Bueno em 1812 na villa de S.
de Camargo. V. 1.° pag. 826. Com geração. Carlos, e teve (C. O. Campinas) os 11 f.«»:
5-2 Beato Ortiz do Amaral casou em 1791 na fregne- 6-1 José Gonçalves de Oliveira qne casou 1.° em
zia das Campinas com Theresa Francisca f> de 1808 na villa de S. Carlos com Anna Joaquina ,
Francisco pinto do Rego e de Maria Dias Cardoso- de Moraes f.« de Manoel Antônio Machado e
TíU Raposos Góes. Gertrudes de Moraes Pedroso; 2.* vez em 181.4
fi$ José Garcia Rodrigues casado em 1787 na fregu* na mesma villa com Gertrudes Maria de Campos
zia de Jaguary com Joanna Maria i> de José de
152 TIT. PIRKS TfT. PIRES 153

f.» do tenente Antônio Furquim de Campos e B l a n c a Corrêa. Tit Garcias Velhos. Faí/eceu Maria
de Maria Josepha Barbosa. Custodia em J827 na villa de S. Carlos no estado
6-2 Joaquim estava ausente em Viamao em 1812. de viuva e teve (C. O. Campinas) 9 f. - as

6-3 Francisco Bueno de Camargo casou em 1803 6-1 Gertrudes Maria casada em IW m vil/a de
na villa de S. Carlos com Anna Emerenciana S. Carlos com Antônio Cardoso de Gusmão f."
. viuva de Antônio Soares de Camargo, f.* de de L u i z Cardoso de Gusmão e de Quitem de
Joio de Sonsa Campos e de Ursula da Silva J e s u s ; eram moradores na riJIa da Constituição
Guedes. V. l.° pag. 165. Teve <j. d.: em 1827. Com geração em Confias Gagos.
7-1 Francisca de Campos casou em 1821 na 6-2 M a r i a J u s t a Maciel casou em 1808 na riJJa de
villa sopra com Joaquim Antônio de Mi- S. Carlos com José Elias de Qoioy ífi de José
randa f.° do tenente Pedro Antônio de Oli- Ribeiro de Siqueira e de Afaria ÍYancíses do
veira e da Anna Joaquina de Sonsa. Rosário; J o s é Elias em 1827 estava ausente
7-2 Maria das Dores casou em 1827 na mesma em Jogar incerto, sendo praça de L» linha nas
villa com Manoel da Silva Pinto, de Ati- campanhas do Siri.
baia, f.° de Joaquim José Pinto e de Ma- 6-3 Leonor Bueno de Camargo casoo era 1812 na
rianna Paes de Queiroz.
7-3 José de Sousa Campos villa supra com Manoel Joaquim de Godoy,
7 4 Joaquim de Camargo viuvo de CJirisfcina Maria Bueno, i.° de Jorge
7-5 Gertrudes casada com José Antônio de Ferreira de Camargo, V. l.° pag. 367. Justava
Abreu. ausente em Jogar incerto.
6-4 J o à o Maciel Barbosa casado cora...
6-4 Manoel era soldado pago em S. Paulo em 1812 6-5 A n n a M a n a em 1827 era viuva de Âotonio
6-5 Anna Joaquina de Oliveira casou em 1807 na
villa de S. Carlos com Ignacio Antônio de Oli- José de Camargo.
veira f.o do tenente Pedro Antônio de Oliveira 6-6 M a r i a n n a Bueno de Camargo era viuva de
e de Anna Joaquina de Sonsa. T i t Alvarengas Francisco Antônio de Camargo (com quem ca-
Cap. 3.o § 7.o. soo em 1809 em S. Carlos) f> de João Pimen-
&6 Felisberto José de Camargo casado em ISU tej de Camargo e de JosepJia de Godoy Lima
na mesma villa com Maria Gertrudes de Ca- s u a 2." muJJier, V. í . ° pag. 3õO, abi a geração.
margo fa de Joaquim José de Camargo e de 6-7 J o s é de Camargo Bueno.
Joanna Francisca Leite. V. l.o pag. 349. 6-8 Vicente
6-7 Maria Joaquina de Camargo casou em 1814 na 6-9 Francisco com 22 annos em 1827.
mesma villa com José Joaquim de Camargo f> 5-3 Pedro Bueno de Camargo, baptisado em 1769 em
de Joaquim José de Camargo do n.° precedente. Atibaia, casoo em 1787 na freguezia das Campinas
6-8 João Barbosa de Camargo casado em 1823 na com Francisca Barbosa da Silva, de Jundiahy, f.«
mesma villa com Anna Francisca de Campos de Luiz Cardoso de Gusmão e de Quiteria de Jesus.
I do tenente Antônio Furquim de Campos t
a
Tit. Cunhas Gagos. Falleceu Pedro Bueno com tes-
de Maria Josepha Barbosa. Tit. Fnrqnins. tamento em 1839 na villa de S. Carlos e teve (0.
6-9 Ignacio ausente O. Campinas):
6-10Pédro 6-1 Gertrudes Bueno de Camargo casada em ISOõ
6-11 Joaquim com 9 annos em 1812. , na villa supra com Francisco Bueno de Godoy
5-2 João de Camargo Pimentel, baptisado em 175< j " f.o de Bartholomeu Bueno e Bernarda da Silva.
Atibaia. abi casou em 1781 com Maria Custo*»' Foram moradores em Limeira em 1S39, sendo
de Oliveira f." de Diogo Gonçalves César e Gertrudes Bueno já f n'esse anuo, e teve 3 f.«s.-
7-1 Antonia
TIT. pitBS
TIT. PIRES
7-2 Maria
7-3 Pedro 61 Anna Joaquina de Camargo casada em 1812 em
6-2 Maria Bueno era também moradora em Limeira S. Carlos com Antônio José de Camargo, natural
em 1839. de Atibaia. f.o de Felix Corrêa de Oliveira e
de Joanna Bueno de Camargo. V. 1.° pag. 331.
6-3 Joaquim Bueno de Camargo casado em 1814 6-2 Antônio Luiz da Rocha Camargo falleceu em
em S. Carlos com sua prima Maria Barbosa 1868 na Limeira, casado com Rosa Maria de
f.» de Joaquim de Camargo Neves n.o 5 4 e ue Siqueira. Teve:
Gertrudes Barbosa de Jezus; eram moradores 7-1 José de Camargo Neves, já fallecido em
em S. Carlos 1839. 1868, foi casado com.. ..- e teve:
6-4 Anna Bueno casada com Vicente Alves. 8-1 Francisco com 15 annos em 1868
6-5 Maria Bueno, já fallecida em 1839, foi casada 8-2 Joaquim
com João Jacintbo de Brito. Teve 1> única: 8-3 Carolina
7-1 Luiza. 8 4 Rita
6-6 José Bueno de Camargo com 33 annos, solteiro. 8-5 Francisca
6 7 Custodia Bueno casada com Antônio Luiz de 7-2 Maria Amélia casada com Francisco José
Camargo, ausente htwia 8 annos. de Araújo Lima.
6-S Antônio Bueno de Camargo, morador na Limeira. 7-3 João de Camargo Neves casado com Eliza
5 4 Joaquim de Camargo Neves, baptisado em 1767 wn de Camargo Neves
Atibaia, casou-se em 1789 na frêguezia das Campi- 7 4 Carlos da Rocha Siqueira de Camargo
nas com Gertrudes Barbosa f." de Luiz Cardoso de 6 3 João de Camargo Penteado casado com Ma-
Gusmão e de Quiteria de Jezus, n. p. de Domingos noela . . em Santa Barbara.
Vaz Guedes e de Marianna Barbosa, n. ra. de Joio 6-4 Benedicto de Camargo Neves casado com Rita. .
Lourenço, de Portugal, e de Maria da Conceição, foram paes d e . . . .
de Jacareby. Teve q. d.: 7-1 Amancio
6-1 Maria Barbosa casada em 1814 em 8. Carlos 7-2 Eduardo de Camargo Neves, bacharel em
com seu primo Joaquim Bueno de Camargo f.' direito, fallecido no Rio Claro; e outros.
de 5-3 supra. 6-5 Joaquim de Camargo Penteado casado com
6-2 Anna Bueno casada em 1817 em S. Carlos com R i t a . . . em Pirassununga.
Bernardo de Siqueira Lima, viuvo de Auna 6-6 Maria casada com Antônio Lopes.
Maria da Cruz, t.° de Antônio de Siqueira Limi 6-7 José da Rocha de Camargo casado com Anna
i 1.' mulher Maria Franco de Oliveira. Tit Joaquina f.a de José Maria Bueno e de Anna
Prados. Sem geração Francisca Franco. V. l.o pag. 465. Teve:
6-3 Francisca Bueno de Camargo casou em 1818 com 7-1 Joaquim da Rocha Camargo
Bernardo de Siqueira Lima supra, viuvo detJ-í- 7-2 José da Rocha Camargo Neves '
64 Anna Barbosa casada em 1826 em S. Carlos 7-3 Carolina de Camargo casada com Francisco
com José Joaquim de Lima f.° de Francisco de Assis Silveira f." de Jacintho Antônio
da Silva Leme e de Ignacia Bueuo de Camargo. da Silveira e de Brigida Marciana, uatural
5-5 José de Camargo Neves, baptizado em 1771 em de Atibaia; com geração no V. l.o pag.490.
em Atibaia, casou-se em 1793 na frêguezia das Cam- §•6 Joanna Bueno de Camargo casada em 1785 em
pinas com Manoela Pinheiro, natural de Nazareta. Atibaia com João Franco de Brito, viuvo de Fran-
f> de Antônio Gonçalves Teixeira e de Esperanç* cisca Leite, f.° de Antônio Franco de Brito e de
Pinheiro ma 1.* mulher, neste V. a pag. 21. Teve; Escholastica. Corrêa de Oliveira. neste V. á pag. 36,
ahi a geração.
TIT. PIRES *~ TIT. PIRSS Íõ7

5-7 Francisco Antônio de Camargo, baptisado em I776ei 5-6 Pedro, baptisado em 1781 em Atibaia.
Atibaia, casou se em 1798 na frêguezia das Campinas, 5-7 João, baptisado em 1786 em Atibaia.
mais tarde villa de S. Carlos, e hoje cidade de Cam- 5-8 Filippe José, baptisado em 1770, casou em 1788 em
pinas, com Maria Francisca Bueno f.a de João Bueno Atibaia com Maria Custodia f.* de José de Godoy
Frazao e de Francisca Maria de Jesus, n. p. de Pedro Preto e I.* mulher Marianna Rodrigues Leme. V.
• Frazao e de Izabel da Fonseca, n. m. de Domingos 1.° pag. 486.
Vaz Guedes e de Marianna da Silva. Tit. Taques. 4-8 Bento das Neves Pires casou-se em 1771 em Atibaia
5-8 Maria Bueno de Camargo casada em 1775 com com Maria de Camargo Lima í'« de João de Lima de
Joaquim de Siqueira Caldeira f.o de José Munhoz Camargo e de Maria Pinheiro Cardoso, V. I.»pag. 323.
de Pontes e de Simõa Pires Ribeiro, n. p. de Fer-
nando Munhoz Paes e de Izabel de Pontes, n. a Teve q. d.:
de Balthazar Benito dos Reis e de Maria Pires. 5-1 Anna, baptisada em 1775 em Atibaia.
5-9 Manoel, baptisado em 1760 em Atibaia 5-2 José, baptisado em 1777 em Atibaia,
5-10 Antônio » • 1763 » » 5-3 Messia, baptisada em 1784 em Atibaia.
5-11 Vicente » » 1773 * » 4-9 Miguel de Camargo Neves casou-se em 1777 em Ati-
baia com Joanna Barbosa Pimentel f.» de Lourenço
Da 2.» mulher teve Diogo das Neves Pires n.°3? Franco Viegas é de Maria do Rosário. Tit. Lemes.
os seguintes f.°s: Teve q. d.:
4-7 Manoel das Neves Pires casou-se em 1768 em Atibaia
com Escholastica Cardoso Pimentel f.a de Pedro Ortiz 5-1 José Ortiz casado em 1804 em Atibaia com Anna
de Camargo e de Catharina Rodrigues Garcia, V. 1.' Esmeria f.a do capitão Domingos Leme do Prado
pag. 363 Teve q. d. e 2.a mulher Maria da Cunha. Tit. Prados.
5-1 Anna Francisca Cardoso casada em 1791 em Ati- 5-2 Albina Franco casada em 1812 em Bragança com
baia com Roque de Siqueira Lima f.o de Antoa» Antônio da Cunha Lima-
Pedroso de Alvarenga e de Anna de Lima do Prado. 5-3 Maria Ortiz casada em 1818 em Bragança com
Com geração em Tit. Prados. seu parente Floriano Barbosa; com.geração em Tit
52 Mathias Cardoso casado em 1792 em Atibaia eca Tenorios.
Anna da Silva f.» de Faustino Gonçalves e de Riu 4-10 Rosa.
Bueno, n. p. de Francisco Gonçalves Dultra (do bisp 4-11 José Ortiz de Camargo casado em 1766 em Atibaia
de Angra) e de Aona da Silva, de Parnahiba, t com Francisca Barbosa f.» de Lourenço Franco Viegas
m. de Antônio Pedroso de Alvarenga, natural d> e de Maria do Rozario. Tit. Lemes. Teve q. d.:
arraial dos Camargos, Minas, e de Anna de Ltna 5-1 Lourenço Ortiz casado em 1793 em Atibaia com
do Prado. Tit. Prados. Josepha de Barcellos f> de Manoel de Barcellos
53 José Ortiz casado em 1805 em Atibaia com Mari» Leite, e de Maria Bueno, n. p. de Manoel de Bar-
Francisca f." de José Bueno do Amaral e de rV cellos, do bisp. de Angra, e de Maria Leite, n. m.
tencia Bueno de Camargo, n. p. de Raphael Cor de Balthazar de Godoy e de Apolonia da Rocha.
deíro e de Anna Ribeiro, n. m. de Pedro Vaz Pires, Teve q. d.:
e de Maria Bueno de Camargo. Com geração »
V. l.o pag. 465. 6-1 Mai-iano Ortiz de Camargo casado em 1818
54 Domingos em Mogy-mirim com Felisberta Maria de Go-
55 Messia da Silveira Cardoso casada em 1797 em Ati- doy f. de José Baptista de Oliveira e de Chris-
1

baia com Raphael Cardoso Bueno f.° de José Bue* tina Maria de Moraes.
do Amaral e 1.* mulher Potência Bueno de 0 6-2 Generosa Maria casada em 1818 em âíogr-
margo. Com geração no V. 1.° pag. 464. mirim com João Soares de Oliveira f.° de José
Pereira de Camargo e de Maria Angélica.
TIT- PIRES

o-2 Qmteria Franco casada em 1805 em Bragança com


- "J °.
Q
oa d e
Oliveira Baptista. § 4.»
o-3 Maria Franco de Camargo casada em 1811 em 1-4 Catharina Rodrigues, f.a do Cap. 10.°, foi casada com
Bragança com Antônio Telles de Menezes, de S. Manoel Dias da Silva, o Bixira, natural da villa de
Paulo, f.° de João Manoel Telles, dc Mogyguassi, Aveiro. nobre cidadão qne serviu os cargos da repu-
e de Gertrudes Franco de Moraes. publica em S. Paulo. Falleceu em1677 com testamento
2-5 Antônio das Neves, f.°. do § 2.o, nasceu em 1646. e foi sepultado na egreja do collegio dos jesuítas em S.
2 6 João Pires das Neves, f.° do mesmo § 2.», fouiobre i.Paulo, onde foi concedido um jazigo a seu sogro João
cidad&o de S. Paulo e muito opulento em cabedaes. Pires. Foi Manoel Dias d<» Silva irmão inteiro de Sebas-
Escreveu Pedro Taques: «A sua fazenda era como tiana da Silva, que foi casada com o desembargador An-
um arraial pelas casas qne tinha com numerosa es- tônio de Macedo Pereira, natural do Aveiro, e foram pais
cravatura de liretos e mulatos, e estes, olticiaes de do capitão-mór Roque, de Macedo Pereira de Sampaio, fl-j
artes fabris e mecânicos, os quaes trajavam calçados. dalgo da casa de S. Magestade, professo da ordem da,
. Casou na villa de Santos com Maria Barbosa de Christo, natural do Porto, o qual casou com Bernarda
1 Souto Mayor, de qualificada nobreza por ser f> de Yictoria d'Horta Pereira Forjaz, natural Setúbal, esta
•\"Antônio Barbosa de Souto Mayor, natural de Lisboa, f.a de Bernardo Amado Pereira Forjaz e de Anna Jose-
(irmão de Francisco, cavalleiro da ordem de Christo, phina de Figueiredo d'Horta, como se vê em Tit. Hortas
i que veio á Santos) e de sua mulher Catharina de Cap. Manoel Dias da Silva foi também irmão inteiro
.' Mendonça, natural da villa de Santos. Falleceu Joio de Pedro da Silva Castro, conego doutorai da sede Leiria,
| Pires das Neves em 1720, sem geração». Sua mulher f.os de Antônio André Pardamo e de Isabel João dej
Maria Barbosa, já quiquagenaria passou á 2.» Castro, de nobreza provada. Manoel Dias da Silva, se-í
nupeias com o sargentomòr Manoel Carvalho da gundo escreveu Pedro Taques, penetron a província doj
Silva Bueno. V. l.o pag. 425. Paraguay até a cidade de Santa Fé (hoje na Bolívia)
2-7 Maria das Neves Pires foi casada com José Ortiz e d'ahi recolheu-se rico e abundante de prata. Cremos
dc Camargo f.° de Fernando de Camargo, o tigre, ede que a este suecesso se deva attribuir a devoção que tomou
Marianna do Prado. Com geração no V. 1." pag. 297. de mandar celebrar annualmente uma missa a N. Se-
2-8 Anna Maria das Neves Pires, ultima f. do § 2",
ft
nhora do Soccorro da cidade de Santa.Fé, devoção essa
foi casada em 1681 com José Domingues de Pontes que ordenou em seu testamento se conservasse depois
f° de Pedro Nunes de Pontes e de Ignez Domingos de sua morte. Teve em S. Paulo importante fazenda de
Tit. Domingues Cap. l.o § 4.° n.° 2-3,3 6..Teve q. i : cultura com excessivas colheitas de trigo e grande .
3-1 Mar<a de Pontes Pires foi 1.° casada com Ai criação de ovelhas e de gados vaceuns. Teve de Ca-
tonio Cardoso da Silveira; casou 2." vez con tharina Rodrigues os 8 f. que seguem (C. 0. de S.
os

Lucas de Camargo Ortiz f.o de outro de igual Paulo)


nome e de Isabel Rodrigues. Com geração w
V. l.o pag. 310.
2=1 Antônio da Silva de Medeiros, que em 1677 estudou
em Coimbra com seu irmão Alexandre n.o seguinte
e ahi tomou o capello. Ordenou-se clérigo e tomou a
§ 3.o cadeira de conego doutorai deixada por seu tio (na
sé de Leiria) o revmo. dr. Pedro da Silva e Castro.
1-3 Anna Pires, f.a de João Pires Cap. lO.o, foi casada eu* Nesse posto falleceu.
Joio Gago da Cunha t ° de ontro de igual nome e dj 2-2 Alexandre da Silva Corrêa, nascido em S. Paulo
Catharina do Prado. Falleceu Auna Pires em 1690 * em 1658, doutor de capello pela universidade de
Mogy das Cruzes com testamento. Com geração * Coimbra onde estudava em 1677, quando falleceu seu
Cunhas Gagos. pai, foi lente na mesma por muitos annos e muito
TIT. PIRSS
respeitado por suas postulas. Deixando a cadeira da
rersidade. passo» aos tribnnaes de Lisboa; foi rangem e nelltt introduziam seus memória»; pois
• regedor do eivei no tribunal da casa da suppli- os recebia' com anabflidade è compaixáo e no tri-
cação em 1709; conselheiro do ultramar e siiccessor buna? os examinava em utilidade dos pretendentes.
ea 1726 do conde de 8. Vicente no cargo de presidente Dos seus rendimentos destinava a maior parle á obres
deste tribunal, ahi permanecendo até a data de ses pias, reservando apenas o que bastava para sna
fallecimento. Damos era seguida um resumo do que sustentação, mantendo em sua cosa (de aluguel) um
a respeito deste insigne homem de louras escreveu e/iido e uma velha cosinhetre. KVsava Iodos os dias
Pedro Taques: «As suas grandes lettras e virtudes das duas horas ds tarde em diante o oficio divino
(foi de vida exemplar) o fizeram digno da real esti- com tanta devoção que" durante esse exercício mio
mação do rei Dom João V. Foi dotado de uma recebia pessoa alguma por mais grada que fosse.
grande esphera e claridade de engenho, o que ador- Foi caso muito divulgado em' Lisboa que chegando a
nava com acções de um animo cheio de socego e sua casa o conde déS. Vicente o subindo as escadas
tranqüilidade; tendo prestado grandes serviços, nunca
pedio mercê alguma para- si ou para outrem. Foi esta para falar ao conselheiro Alexandre Corroa, lhe disse
uma qualidade de que se adornavam os paulistas o criado que seu amo estavarosandoo oflicio divino
que só faziam gloria de consumir suas fazendas e e q u e não falava a pessoa alguma n'essà nora; foi
vidas no serviço do rei; pois foram elles os que con- este cavalheiro ido benigno que se dignou esperar
quistaram os bravos gentios do sertão da Bahia em que o conselheiro acabasse o sen devoto exercício.
1672 até 1674, os do rio de S. Francisco até o • Quando concluiu foi buscai ao conde, püdiiidoílic
1

Ceará; os que penetraram o sertão desde S. Paulo desculpas e perdão de sua demora e lhe disse com
até o Maranhão; os qne aceudiram por muitas vezes :
humildade e reverencia estas palavras: «Exmo,
a soceoirer a praça de Santos, a do Rio de Janeiro ' senhor, qiieni esta" falando com o Criador mio se
e a de Pernambuco; os que fizeram descobrimentos deve abstraiu'!' para falar com a ereatura*. E o be-
de minas de ouro e ferro em S. Paulo em 1597 e nigno conde, também bom catholicb.ihénao estranhou
os mais descobrimentos de minas também de ouro a demoro, antes louvando-Ihc a piedosa devoção,
em Paranaguá e Curitiba; em a Ribeira de Iguape contou muitas vezes este lance a outros cavalheiros,
as chamadas minas de Cananea, em Paranapanemt ' applntrdindo a exemplar vida e virtudes'do mesmo
e Apiahy, em Minas Geraes de Cataguazes e Sabá- Alexandre Conéa da Silva. Nimca vestiu seda sendo
rabuçú em 1695 até 1700, as de Guyabã em 1719 a sua maior gala o crepe; e desta fazenda (Ao ba-
até 1720, as de Matto Grosso em 1736, as de Goyates rata trazia a sua beca remendada, e para des-
com o dilatado tempo de 3 annos e 3 mezes de 1722 culpar-se da apparencmde falta de asseio e decência
a 1724 e finalmente as minas de esmeraldas em de um ministro tilo caraoterisado, dizia que queria
1631, e por causa deste descobrimento se conhe- menos adornado' o corpo pelos vestidos; do que a •
: :

ceram os diamantes de Ferro Frio que primeiro


os descobriu o mesmo descobridor das esmeraldas alma pelas esmolas. No anno de 1728 em que cou-
Penso Dias Paes. tava 70 annos de idade, voltando do conselho ultra-
marino, mandou Chamar seu parodio ecoiiíessor
a o

o director da freguezia dos Anjos, e lhe disse que


O conselheiro Alexandre Corrêa foi cordialmente chegara o tempo de prestar contas no tribunal di-
devoto do inefável mysterio da Immacnlada Con-
ceição da Senhora em cuja reverencia ouvia missa vino pois que ao do'nl tramar nao voltaria mais, en-
todos os dias. Nunca concebeu paixão nem ágastouse tregou ao mesmo parodio uma reserva de dinheiro
com os pretendentes que o procuravam, os quaes 'pára sufFragio de sua alma por meio dè missas e
mesmo na roa lhe faziam parar a modesta cfu> oflícios de defuntos para "se repetirem nos 3 dias
1

Seguintes; sendo qne o' 3.° séria o de sua morte. Re-


cebeu o Viàticó e no' 3.o dia a Extrema TJncçao e
TIT. V1BBB

falleceu como tinha raticinado. depois d e feito sei valho. Tomou parte na guerra dos eroboabas, sendo
testamento. O r e i D. Jo&o V n o mesmo dia em no exercito paulista o immediato ao coramandante
q u e o conselheiro chamou o p a r o d i o , mandou a seus Amador Bueno da Veiga. Deixando seu estabeleci-
médicos q u e lhe fossem a s s i s t i r , e q u e lhe provesse mento de lavras mineraes com soa numerosa escra-
do necessário p a r a r e s t a u r a r - l h e a v i d a n custa de vatura entregue a administração de seu f.° Manoel
todo o dispendio; p o r é m d e b a l d e , p o r q u e o s médicos Dias da Silva, voltou a S. Paulo para goz&r de al-
reconheceram pela d e b i l i d a d e do pulso que a sua guma tranquillidade depois de tantas fadigas e fal-
doença e r a mortal. F a l l e c e n d o e m s u m m a pobres, leceu em 17(9. Teve de sen consórcio 2 f.° :g

como se conheceu no s e u t e s t a m e n t o e m que pedia 31 Manoel Dias da Silva. A seu respeito escreveu
1

pelo amor de D e u s ao p r o v e d o r d a s a n t a casa de Pedro Taques:


misericórdia que lhe m a n d a s s e e n t e r r a r o cadáver, *.. foi cidadão de S. Paulo onde oceopou os car-
a real g r a n d e z a ordenou q n e s e u c o r p o fosse sepul- gos da republica e o de juiz ordinário e de orpMos
tado no jazigo onde d e s c a n ç a y a m &s cinzas do be- em 1729. Foi mestre de campo dos auxiliara das
nemérito ministro G u e r r e i r o s , t u d o á e z p e n s a s do rei. minas de Cuyabá por patente de Dom Rodrigo
F o i seu c a d á v e r a d o r n a d o d e flores, levando w j César de Menezes. A mercê do habito de Christo
mãos um palma como i n s í g n i a d a p u r e z a que soube com 50$ de tença effectiva, feita a seu tio o sar-
conservar nos longos a n u o s d e s u a v i d a . Decfan» gento-môr Luiz Pedroso de Bairos. n'elle se
no seu testamento s e r n a t u r a l d e S . P a u l o , sem lier- verificou com a grandeza que se nota no padrão
deifos forçados; deixou os s e u s s e r v i ç o s todos a sen da tença, em que sm magestude declama qne
primo irmão o capitão R o g u e d e M a c e d o Pereira as venceria desde o dia que lhe tinha feito a
de Sampaio, morgado do V e r r i d e , c o m o p r o v a de gra- mercê do habito, que antes de o pôr ao peito
tidão pelo a m o r e benefícios d e q u e l h e e r a devedor, tinha percebido mais de trez títulos de tença.
durante o tempo qne r e s i d i u em C o i m b r a » . Estando em minas de Qoyazes estabelecido com
2 - 3 Capitão Domingos D i a s d a S i l v a , n a t u r a l d e S . Paulo lavras mineraes e numerosa escravatura em 1736
onde serviu os honrosos c a r g o s d a r e p u b l i c a e foi j ú (achava-se neste tempo a praça da Colônia do
ordinário. Casou-se em 1 6 8 4 e m S . P a u l o com Leonor Sacramento posta em assedio pelas tropas cas-
de Siqueira f > de L o u r e n ç o C a s t a n h o Taques e & telhanas, debaixo do commando de D. Miguel
M a r i a de A r a ú j o ( T i t T a q u e s P o r a p e u s ) e foi mora- de Salcedo, governador da província de Buenos-
dor na fazenda chamada  j u h á com grandes, cnlto- Ayres) se publicou a real ordem, pela qual Dom
ras, aqoal (segundo A z e v e d o M a r q u e s , e s t a v a nos no- João V deu a conhecer o muito que seria de
demos districtos de N . S e n h o r a d a Expectaç&o dòff seu agrado que os seus vassallos paulistas inva-
e ao de J u q u e r y , hoje r e t a l h a d a ) ; e d ' a h t passou As minas dissem as índias da Hespanha pelas povoações
onde s e tomou opulento p e l a a b u n d â n c i a d e ouro q * :
da província do Paraguay, em cima da serra.
extrahiám os seus e s c r a v o s . I n t r é p i d o , liberal e muto Bastou este leve aceno para que o mestre de
amante do real serviço, q u a n d o chegou-lhe a noticia campo Manoel Dias da Silva projectasse que,
4a que á cidade do R i o de J a n e i r o e s t a v a 2/ ret passando com nm corpo de armas de soldados
invadida pelos francezes em 1711. marchou a soe* escolhidos pela experiência do valor da sua dis-
correr esta p r a ç a Domingos D i a s d a S i l v a cora i* ciplina a demandar as povoações da Vacaria, .p
traço de soldados e q u i p a d o s â s u a custa, ao qj* feria nm particular serviço ao real agrado, des-
gastou avultado cabedal, t e n d o e n t ã o a patente # truindo as ditas povoações para evftar-se que a
brigadeiro d'aqueUe e x e r c i t o qne lhe foi pttstf força desta gente emprehendesse dar subitamente
p d o governador e capitão general d o R i o da Jatf^ sobre as minas da VÜfa Real de Cuyàbú, sendo-
e 8, Paulo Antônio de A l b u q u e r q u e Coelho do c r lhes muito fácil a resolução desta idéa por
TIT. PIRES
multidão e inutilidade. Avizinhou-se mais d serra
e para logo descobriu a cautela dos castelhanos.
terem na abundância dos gados vaccuns das Tinham estes retirado aquelMs indizíveis mana-
campanhas chamadas Vacaria todo o sustento das de gados e bestas cavaJlares para os ferieis
para qualquer grosso pé de exercito. Como, para
Manoel Dias da Silva pôr era execução este in- campos de cima da serra, sô para que os mora-
tento, precisava atravessar o vasto sertão que dores das minas do Cuyabá se não viessem a
medeia entre o rio Camapuã, da navegação do utilizar de tão bellas manadas, guando fossemos
Cuyabá, e Villa Boa de Goyazes (todo habitado atacados dos mesmos castelhanos e nos achásse-
de innumeraveis aldêas dos bravos e bárbaros mos em qualquer aperto de sitio. Discorrendo
índios da nação Cayapó) não foi a sua resolução ou penetrando mm as campanhas para a parte
apoiada dos melhores sertanistas com os quaes do Paraguay encontrou com uma franca es-
conferiu a matéria, porque demandava de uma trada e o abarracamento em que, haveria um
forca grande para sustentar na marcha os re- mez (até pela figura dos ranchos e cinzas do
petidos assaltos desta potência Cayapó que é fogão conheciam os sertanistas pouco mais ou
formidável no tal sertão. Porém, Manoel Dias menos o tempo que se tinha passado depois qne
da Silva, que só media pelo valor próprio o dos naq uelle sitio estivem alguma tropa) tinham alli
extranhos, não desistiu da acçâo; e, reforçando estado os castelhanos, e, pela configuração do
mais o corpo com que se achava, que não pas- terreno que occnpava o centro do abarracamento
sava então de 80 armas, intrépido se mettea a se conheceu que a barraca era de commandante
cortar rumo a .demandar o sitio de Camapuã, de patente grande, como a de mestre de campo,
atravessando o vasto sertão que tinha para pas- de quem os castelhanos costumam fiar as suas
sar. Consistia também a dificuldade no temor tropas na província do Paraguay e outras. Pela
de não acertar com o sitio de Camapuã, por falta estacaria, que circulava em grande peripberia o
de geographia, cuja sciencia totalmente ignorava,
bem como todos os antigos paulistas, que sem
abarracamento, se via que o numero dos cavai-
outro adjutorio mais do que o rumo do nascente los que n'ella se atavam, excedia de $00. fisíe
ao poente, á que lhes servia de verdadeira agu- grande co)po na retirada tinha feito abrir a
lha o sol, penetraram a maior parte dos incultos tranca estrada que encontrou Manoel Dias da
sertftes da America, conquistando nações bravas, Silva.
de cujos índios se serviam como administradores Pôz este em consulta o movimento que lhe
seus, pelo beneficio de os terem desentranhado occorreu, e, approvando lhe a temeridade os da
do paganismo para o grêmio da egreja. sua comitiva, dispôz as escoltas, que fez embos-
Assim succedeu a Manoel Dias que, com trer car em diversos postos da matta por onde seguia
mezes de jornada, chegou a salvamento ao sitio aquella estrada, ficando eJJe <#ro o resto dos
de Camapuã, que frechou tão direito, que foi soldados em sitio, d'onde, avançando de tropel,
sahir afastado da sua tranqueira meio quarto de ficasse completa a victoria que esperava alcançar
légua. Neste sitio deu descanço íl tropa, que nos pela sua premeditada- ídéa. Era esta que, ga-
trez mezes se sustentara da providencia da bocca nhando distancias certo numero de soldados
da arma; e, conseguindo o necessário ocio, já bem montados e avistando aos castelhanos, vol-
bem gsaraecidos os seos soldados do necessário, tassem costas, como fugindo, e d'estc modo os
w poz em marcha para as campanhas da Vac*' trouxessem enganados para perecerem todos nas
ria. Chagou a estas, e, correndo-as até grande emboscadas referidas, e âcando nós senhores da
distancia, estranhou a novidade de faltarem <* cavalhada pudéssemos dàr com toda a força das
gados, que n'elüu sempre existiram em numerosa nossas armas a acabar o inimigo. Foi Deus
TIT. PIRES 167

castelhanos; pelo que expediram-se cartas ao


servido que já os castelhanos estavam totalmnvne general da capitania o conde de Sarzedas An-
recolhidos ás suas povoaçoes, porque do con- tônio Luiz de Tavora e aos camaristas da cidade
trario, ou pereceria ou ficaria prisioneira toda a de S. Paulo; e estes resolveram que se devia
tropa do mestre de* campo Manoel Dias da Silva, abrir uma estrada que communicasse com 8.
e quando nada, ficaria rota unia guerra em tempo Paulo as ditas minas, visto que o caminho pela
que a sustentada na Colônia por assedio era navegação podia ser facilmente embaraçado pelos
com o systevna de carta coberta, que 6 a maximi castelhanos no caso de necessidade de remessa
que costuma praticar o gabinete de Castella. de tropas ás ditas minas.
sobre a praqa da Colônia, por algumas vezes
posta já em sitio. O mestre de campo Manoel Dias da Silva
Ho regresso encontrou o mestre de campa ficou residindo em Cuyabá, procurando com o
Manoel Dias da Silva com o efteito d'aqueüe jornal de seus escravos reparar a sua fortuna
grande corpo que, não contente com a retirada desfalcada pelas despezas a que o obrigou o seu
dos gados e cavattos da Vacaria, deixou tm zelo e leal intento. Nesse lugar substituiu ao
padrão de pedra lavrada, em forma de traz, dr. ouvidor Manoel Antunes Nogueira no cargo
posta ao alto, a que servia de base outra pedra de juiz ordinário, e deu providencias para vedar
em figura triangular, de seis palmos de alto, a extracção de diamantes no rio Paràguav, pelo
com proporcionada grossura a altura do padrão; que recebeu cartas de agradecimento escriptas
n'elle estavam abertas as lettras do idioma cas- pelo governador e capitâo-general, em 1749, Go-
telhano, que diziam: «Viva el-rei de Castella, mes Freire de Andrade o qual tinha o governo
senhor dos domínios d'estas campanhas». Sio da capitania de Cuyabá e Goyaz. Fallecea o
tinha Manoel Dias da Silva instrumentos put mestre de campo Manoel Dias da Silva em 1752
deitar abaixo aquelle padrão, e por isso mandou no seu retiro, a dons dias de jornada de Cuyabá,
cavar a terra á roda até que, faltando-lhe esta para onde se retirara para fugir ao especúculo
e perdendo a machina o equilíbrio. veiu abaixo, de tantas injustiças que se praticavam na dita
fazendo-se em trez pedaços. Conseguido cora fa- villa». Foi casado em S. Paulo com sua prima
cilidade este intento ,fez elle conduzir aquelle Theresa Paes da Silva f.» do capitão Bartho-
pedaços para diversos sitios e sepultar cada ma lomeu Paes de Abreu e de Leonor de Siqueira
d'euea em altas covas dentro das mattas. Do Paes; e teve dons f.°»:
madeiro mais grosso e menos corruptível mandos 4-1 Anna Leonor que falleceu solteira
lavrar em quatro faces, uma cruz em quela* 4-2 Alexandre da Silva Corrêa falleceu na flor
gravou as letras no idioma portuguez, qweü; dos annos.
ziam: «Viva o muito alto e muito poderosos* 3-2 Ignacio Dias da Silva, f.° do brigadeiro Do-
de Portugal D. João V, senhor dos domina mingos Dias da Silva n.« 2-3, casou-se em 1719
d'este sertão da Vacaria». Recolheu-se o mesu* em S. Paulo com Anna Maria do Amaral Gur-
de campo Manoel Dias da Silva pelo me»* gel f." do surgento-mdr Bento do Amaral da
sertão ao Cnyabá, onde era então ouvidor' Silva e de Escholastiea de Godoy. Teve 3 f.o*
Dr. João Gonçalves Pereira e deu lhe conta, <* qne são:
presença dos ofilciaes da câmara e dos repw"
canos dessa localidade, do que tinha examina* 4-1 Bento do Amaral da Silva, qne, estando
e obrado em sua excursão. Isto deu lugar aq* servindo o cargo de juiz ordinário em S.
ponderassem o perigo a que estavam expôs* Paulo em 1752, foi assassinado por um re-
M minas de Cnyabá de serem invadidas pt* gulo facinoroso de nome Manoel Soares que
veiu de Guaratinguetá carregado de delidos
com o intento d e - a s s a s s i n a r o ouvidor ge- acudio em'pessoa .1' Santos com soccorw de gente
ral (lr:, J o s é L u i z d e B r i t o . a r m a d a ,a. s u a custa. Foi casado I." com izabel da
Estava o. j u i z | o r d i n á r i o n o mesmo lugar d a S i l v a f." de J o ã o l e i t e de Miranda e de Anna
em que esse facinoroso foi reconhecido peía d a Silva. Tit. Prados. Falleceu fzabei da Silva em
ronda, e, como e s t a a m e d r o n t a d a fugisse, o 1710 e s e a marido passou á 2fi» nupcias cora Ma-
ijjto juiz com a t e m e r i d a d e própria de seus r i a n n a Bueno d e Oliveira f> de Diogo Bueno e d e
33 annos d e idade, a v a n ç o u p a r a lançar mão M a r i a de-Oliveira. Falleceu João Dias da Silva
ao criminoso e foi. ferido d e morte por um em 1726. rodeado do applauso e estima dos capitães
tiro de pistola. E s t a v a c a s a d o com Catha- g e n e r a e s , governadores e ouvidores de S. Paulo.
rina A l v a r e s F i d a l g o f > d e J o s é Alvares Sem geração d a 2." mulher; porém teve:
f i d a l g o , n a t u r a l d a v i l l a d e F r e i x o de Es- D a •]:-,»
pada á Cinta, e d e M a r i a L e i t e d a Silta. 3-1 J o s é d a S i l v a foi casado com Maria de Siqueira
Tit. Macieis. D e i x o u e m t e n r a idade os t « Paes, f." do capitão Salvador de: Oliveira Paes
seguintes: e d e Izabel de Siqueira e Mendonça. Tit. Hortas.
5 1 Ignacio do A m a r a l , q u e foi carmelita T e v e f.a única
' calçado em 1 7 6 0 . 4-1 M a r i a de Siqueira Paes, que sendo criada
5-2 Anna Maria do A m a r a l : d a Silva por s u a avó Izabel de Siqueira,: foi para
i 5-3 Joào Leite do Amaral Gurgel que fal- S. Joio de EIRei na idade de 20 annos,
leceu solteiro em 1 7 8 3 em S . Paulo. onde moravam seus pais, e lá casou com
5 4 Beatriz Leonisa do Amaral que casow-se Manoel Marti as Gomes, natural dePorleJJo,
em 1764 em S. Paulo com Joaquim da termo d e Barcellos — Portugal.' Falleceu
Costa de Siqueira LrVde Ignacio da M a r i a d e Siqueira em S. Joio de El-Rei
Costa de Siqueira, natural de Braga, e
de Maria Josepha Velloaq, esta f»de em 176.9 e foi casada 2.» vez com José
Manoel Velloso e de Ignacia Vieira. F e r r e i r a Barreto. Teve:
Tit. Macieis. Do 1.° marido
5 5 Matbilde Policena do . A m a r a l 5:1 Manoel Felix de Siqueira: Martins
5-6 Macia Emilia do Amaral. 5-2 Antônio Manoel de Siqueira Martins
4 2 Domingos Dias do Amaral da Silva falleceu 5-3 Tenente José Manoel de Siqueira Mar-
solteiro em 1742 « m 8» Paulo. tins
4 3 Ignacio,Dias da Silva casou se nos Cumes
da Bahia e teve geração. 5 4 Alferes Ângelo Martins de Siqueira
2 4 Jo&o Dias da Silya;-f. !,;do § 4 . ° , foi praetante ci-
, (em Tamanduá)
dadão que teve voto -de respeito nas matérias de 5-5 Francisco Xavier de Siqueira Martins
governo e nas do real serviço. Foi juiz de orpMcs 5-6 M a r i a Antonia Felisberta Dias que foi
por provisão de Antônio de Albuquerque Coelho casada: com o alferes Januário ;Pereira
....de Carvalho,' confirmada por provisào regia em 9»?
D i a s £«• de Luiz Pereira Dias e de
M a r i a Nogueira, em Tit. Bicudos, com
o mantinha nesse cargo até haver proprietário, í » geração.
r . elle- quem mandou lazer o cofre dej trez çuaves 5-7 Antonia Maria, solteira?
para. segurança; dos orphaos; foi provedor dos 5-8 Joaquini.António de Siqueira Martins
quinto» * procurador da corôaineiíem 1711 por* 6-
Do £.«;;
- f f f f r r tja 2.» « i t r a d a dos franceses no Bío de J*
- vitv, içtzu d e «ticnpar o c a r g o d e jóia de orpb** °-9 Josepha Ferreira Barreto .casada com
Pascnoal Alves tRlSei^'- iTéve entre
controsi -i
TIT. PIR
TIT PIRES 171
6-1 Padre Antônio Alves Ferreira qne
em 1782 recebeu em Coimbra o grto §5.0
de licenciado em theologia e voltou
para S. João de El-Rei. 1-5 Margarida Rodrigues, f. de João Pires Cap. 10.*, foi
m

510 rasada com o capitão Antônio do Canto Mesquita, na-


3-2 Antônio Dias da Silva, o papudo, f.o de Joio tural de Villa Real, homem de qualificada nobreza,
Dias da Silva, passou de S. Paulo, onde oe- que veiu da capitania do Espirito Santo onde prestou
cupou os honrosos cargos, para a Villa Bôa de serviços ao rei, pelo que teve a mercê do habito de
Goyaz, onde foi o 1.° juiz ordinário depois de Christo com 40$ de tença eTfectiva. Occnpou em S.
acclamada villa. Casou-se com Anna Pires t» Paulo os honrosos cargos da republica, sendo seu voto
de Manoel Corrêa Penteado e de Beatriz dc muito acatado no governo político. Teve q. d. 2 f.a*-.
Barros. Tit. Penteados Cap. 4,o. Teve 3 í.<*.- 2-1 Anna do Canto Mesquita que foi casada com João
4-1 João da Silva de Toledo Castelhanos f.° de dom Simão de Toledo
4-2 Ignacio Dias Piza e de Maria Pedroso. Com geração em Tit,
4-3 Alexandre Dias da Silva. Toledos onde descrevemos também a geração da
3-3 Ângelo da Silva Corrêa foi para Cuyabá. 1.» mulher Maria de Lara.
3-4 Maria da Silva foi casada com o capitão Pedro 2-2 Maria baptisada em 1655 em S. Paulo.
Fernandes de Avellar, viuvo de Sebastiana Bi
beiro, f.o de João Pereira de Avellar e de Maria
Leme do Prado. Com geração em T i t Pratos. § 6."
3 5 Izabel da Silva, fallecida em 176», foi casada
com Antônio Rodrigues dos Ouros f.° de Fa- 1-6 Messia Pires foi casada com João Ortiz de Camargo
biao Rodrigues. Teve: f.° de Fernando de Camargo, o tigre, e de Marianna
4-1 Izabel da Silva do Prado. Com geração no V. l.° pag. 299.
4-2 João Rodrigues Leite
4-3 Maria da Silva falleceu rolteira § 7.o
4 4 Escholastiea Pires da Silva Leite foi ca-
sada com Luiz Manoel do Rego, natural 1-7 Thomazia Rodrigues, f.« do Cap. 10.«,foicasada com
da Villa Nova da Cerveira, f.° de Antônio o capitão Francisco de Godoy Moreira f.o de Belchior
da Silva e de Maria do Rego. de Godoy e de Catharina de Mendonça. Com geração.,
2-ó Manoel Dias da Silva, f." do § 4.°, em 1677 quando em Tit. Godoys Cap. l.° § 2.°.
falleceu sen pai, estava fugido no sertão com di-
versos escravos da casa.
2-6 Messia da Silva e Castro, nascida em 1654, falle- §8.o
ceu em 1720, foi casada com Estevão da Canta
de Abreu f » de Antônio da Cunha de Abreu, e « 1-8 Maria Pires Rodrigues foi casada com Miguel ne Ça-^
Izabel da Silva, esta f.' de Cláudio Furquim e de margo Ortiz f.» de José Ortiz de Camargo e de Maria <
Maria da Silva. Com geração em Tit. Furquins, Antunes. Com geração no V. l-° pag- 318.
2-7 Sebastiana da Silva casou-se em 1704 em Pan*
biba com João Pedroso Xavier, viuvo de. As»
Bueno, f.° de Francisco Pedroso Xavier e de Jun H § 9.»
Cardoso, TU. Moraes, sem geração. 1-9 Maria Rodrigues foi casada com Diogo Barbosa do
2 8 Izabel da Silva ultima f.» do § 4.». Rego, f em 1724, f.o de João Martins Bomlba e de
Adriana Barreto. Com geração em Tit Bomlh&s.
TIT. PISES 173
§ io.°
MO João Rodrigues, fallecido em 1708, foi paulista de com 80 annos, uatural desta villa. f.* de Francisco
muita veneração, chamado por antonomasia— o Pai da Leme da Silva e de Isabel de Anhaya, n. p- do ca-
Pátria — pelo grande zelo que mostrou sempre pelos pitão Domingos Leme da Silva, inventariado em So-
interesses do bem do publico. Foi sepultado no jazigo rocaba, e de Francisca Cardoso, em Tit. Lemes Cap.
concedido a seu pai na egreja do collegio dos jesuitas l.o § 5.o, ii. m. de Sebastião Pedroso Bayam e 2.»
em S. Paulo. Foi casado com Branca de Almeida que mulher Florencía Corrêa. Tit. Alvarengas. Teve 6
falleceu em S. Panlo em 1714, f> de Lourençõ Cas- f.° , naturaes de Itú:
s

tanho Taques e de Maria de Lara. Tit. Taques. Teve 3-1 Francisco de Almeida Lara Taques, j em 1772
12 f.o»: em Itú com 70 annos, que. casou-se em 1737
«'essa villa com Isabel de Arruda f.a de Fran-
2-1 Lourençõ Pires que falleceu solteiro. cisco de Arruda o Sá e de Anna de Proença.
2-2 João Pires Rodrigues, adornado de virtudes moraes, Tit. Arrudas Cap. 3.o § l.«. Teve 3 f.os que
sendo a affabilidade e a caridade as que mais res- são:
plandeciam, foi muito temente a Deus e soube pra- 4-1 Maria de Almeida, natural da Campanha—-
ticar em toda a sua vida uma inteira verdade sem Minas Geraes, que casou-se em 1772 em
destoar delia em seus negócios : pois que sua palavra Itú' com Manoel Pires f.° de Luiz Nogueira
sempre foi firme. Serviu os cargos da republica em e de Maria Pires sua segunda mulher. Com
S. Panlo, e foi casado com Isabel Bueno f* de geração em Tit. Borges de Cerqueira Cap.
Bartholomeu Bueno e de Isabel de Freitas V. 1." j 8.» § 1.° n.° 24.
pag. 418. Falleceu em Goyaz e teve 8 f.o», na 4-2 Anna
turaes de Juquery: 4-3 Rosa de Almeida casada em 1761 em Itú
3-1 Francico Pires, solteiro em 1764 no Serro Frio. 1
com Antônio de Campos Bicudo f.° de Fi-
3-2 Bento Rodrigues de Almeida casou-se em 1745 lippe de Campos Bicudo e de Isabel Arruda.
na Conceição dos GnaruUios com Rosa Muthüde Tit. Campos. Com 3 f.o» dentre os quaes:
de Moraes f> do capitão Christovam da Cnnha 5-1 Ildefonso de Campos
Barros; falleceu deixando uma f.a. Tit. Cunhas 5-2 Herinenegilda Maria de Campos casada
Gagos. em 1776 em Itú com Francisco Leme da
3-3 João Pires, solteiro. Silva f.° de Antônio Leme da Silva e de
3-4 Bartholomeu Bueno, falleceu solteiro. Maria Antunes. Tit. Prados.
3-5 Manoel Bneno era solteiro. 3-2 João Pires de Almeida, falleceu em Goyaz.
3 4 Antônio Bneno de Almeida, solteiro. 3-3 Branca de Almeida casou-se em 1741 em Itú
3-7 Maria Bueno, falleceu solteira. com Carlos de Araújo Gomes, natural de S.
I 3-8 Eecbolastka Bueno, falleceu solteira. Miguel de Bastos, Braga, "f.o de Gervasio de
2-3 Capitão Francisco de Almeida Lara, cidadão de $ Araújo Gomes e de Senborinha de Seixas e
Paulo, foi morador na villa de Itú. Foi appelUdad* Moraes. Sem geração.
o Caga fogo pelos castigos qne applicava á seus es- 3 4 José Pires que foi morador no Serro Frio em
m v o t e rigor no doutrinar a seus filhos; ene*' 1767 e ahi casado.
tretaato dócil e aflavel no trato com OS esxtranb* 3-5 Isabel Pires, fallecida solteira em 1772 em Itú
Falleceu nas mi nas de Paracatú, para onde mudo*-* com 45 annos de idade.
j * avançado em annos, gastando ahi em obras * 2-4 Pedro Taques Pires, f.o do § 10 °. A seu respeito
caridade um bom cabedal. Casou-se. em 1705 J escreveu Pedro Taques o seguinte: « . foi cidadão
Itá com Maria Leme da Silva, t em 1771 em l" de S. Paulo, onde serviu repetidas vezes os cargos
da republica.
XXI. PÍRKS
TXT. HLTKS 175
«Falleceu com testamento em 1760. Foi ^
deito herdeiro das mortes virtudes de sei ^ ( a questão da duvida em tela judiciaria, foram re-
avôr Jo&o Pires Rodrigues ; d e tal sorte que & jeitados os embargos, e Taques interpoz aggravo
soube merecer com geral applanso dos moradors i para a relação do Estado. Antes de decidida a causa
S. Paulo o eognome d e — P a i da Pátria—çteâg procedeu por meio extraordinário o mestre de campo
nunente soube desempenhar em todas as oecaéí? João dos Santos Àla, governador da praça de Santos
do bem publico iVeila- F o i d e animo coastaatt ^ (entào interino da comarca de S. Paulo, pela au-
se uào deixar vencer dos efeitos da lisouja H | sência do general d'ella o conde de Sarzedas) a favor
temor contra a s matérias do real serviço e da das duas famílias prejudicadas, em observância do
commum da pátria, que na verdade muito & é mesmo alvará de el-rei D. Pedro II. confirmado por
el-rei D. João V, que determina a todos os gover-
receu. Em 1737 soube com honrosa resolução . 3 nadores e generaes o façam guardar ioviolayelmente.
empenhar o conceito que tinha adquirido de TS* Gomo o estrepito das armas jamais conseguiu boa
dadeiro cidadão, quando, á costa de um graaèetnfç harmonia com a suavidade das letras, temeram os
que lhe urüio odio e a injustiça^ som^u costa* vereadores (que j á tinham tomado posse) o effeito
a injuria de uma prisão aíhèa do sen gnák m de uma prisão, no que já lhes não podia valer o
cimento pela iniqaidade da s o a cansa. corregedor e por isso se refugiaram a togar sagrado.
Teve origem esta no desafogo da VÍOSMÇÍ t* Sustentava Pedro Taques Pires constantemente os
liberdade e desembaraço com qne embargou embargos; porém, prevalecendo a vingança contra a
anuo a posse dos officiaes q u e . para servira* razão, formaram-lhe taes culpas os parciaes do cor-
câmara da mesma cidade, tinhas sabiá* à ftv regedor, que foi preso o innocente Pedro Taques.
rete, contra toda a disposição .do regi** atvari« D*ellas se livrou, e obteve sentença de absolvição,
cedido por privilegio às tes famintas èt Pte- quando j á a Uma do tempo tinha consumido as me-
Camargos da dita cidade, oode o dito a h w * ^ mórias que accenderam o fogo na officina da mal-
qne se observa para a f a l t a r a das ekiçTe» uis» dade. Porque, chegado á S. Paulo Gomes Freire de
e AS de barrete. Fundou-se o direito dit*a* Andrada em Novembro de 1737, que ia tomar posse
embargo ( p o r » , AT repe^uaneia tot meandros¥f_ d'aquel?e governo por morte do conde de Sarzedas,
pulo, feio sei de q » e accãdeate d e mecbaaè»* a e, informado da innoceucia de Pedro Taques Pires,
um dos ouViaas f e i t o s ) no despotismo o)fli^:§ foi o instrumento para que se serenasse esta tem-
pestade. No mesmo tempo chegou a sentença da re-
Joio Rodrigvas Campeio, w n d i a r e muneração do Estado que restituia aos seus cargos
cottarcau havia procedido n a e k à ç i » & hac* j 6
os três vereadores, que ainda serviram os mezes de
total atrevimento de aao observar »itg»> ******* Nobembro e Dezembro d'aquelle anno de 1737. Pedro
n'ctU Mtmstto foi fosto em total #sçre# | Taques serviu de juiz ordinário repetidas vezes e sahiu
o i i n t i w è i m M I R A — n u a á o c—t « g j a * * eleito pela uniformidade dos votos juiz de orphaos
.idade fet corpo d e *«i*> para 4 * * I triennal da mesma cidade sua pátria; porém, pesando
Q M ms d» partido èto f a m d t e de na balança de sua boa consciência o ônus deste officio,
. Mrfm Coa* effeito irtii —1 j e r w * * * ^ 1 achou que era menos o desprezo da vaidade que o
rttr BartW4oaM de F r a f t » Esmeralda desvanecimento da occupaçào; e com este conhecimento
# potoao te vrden* A t Chrtôtw; At4f* se eximiu de ficar responsável à tantos encargo»*.
Cm*»* «watteiro ttata* e professo
ükrl*** o Francisco ffãfr irn de Cepefe Foi casado com Maria de Arruda fallecida em 1727,
i ^ m a è . te*** fehm«a f. de Francisco de Arruda e Sá e de Maria de
n

Quadros. T i t Arrudas Cap. l.o § 8.°. E teve (C.


Çtt2*TTIWÜUTWS\ O. de S. Paulo) 5 f.o*. naturaes de S. Paulo;
m. rtBKfl
WT- PIRES
Vau Brant, natural de Antuérpia, e de Mari-
3*1 joíío Pires de Arruda: que' »:iiso«^el.°;em íygg
;
anna de Sousa, de Lisboa, o. m de Joio de
em Sorocaba com Antonia, de Almeida Leite t»
1
Sousa, natural de Portugal e de Sebastiana
de Antônio Rodrigues Penteado e de Maria de da Rocha, natural de S. Paulo. Cora geração
Almeida, em Tit. Penteados; 2. vez em \7õõta
u
em Tit Hortas.
• ItiV com Maria de Araújo; natural de Apialiy, 3-2 José Pites de Arruda casado em I7fí6 comsua
f. de Lourençõ Corrêa de Araújo e de Jtoa
â
parenta Maria Gertrudes da Cunha Fmtco I a

de Almeida; n. p. de Lourençõ Corrêa Sibén, ' do coronel Antônio da Cunha de Abreu e de


natural de S. Sebastião, e de Maria Bicado & Afaria Franco de Oliveira. Sem geração.
Campos, n. m. de Francisco de Arruda Sáe* $3 Capitão Feliz de Almeida Lara casou I.° com
Anna de Proença. Sem geração. :
Bernarda Franco f.* de João Bueno da Silva
3:2 Maria Pires de Arruda que casou-sè com José e de Messia Ferreira Franco, 7. I. pag. 607; 2.
D R

Rodrigues Penteado f.° de Antônio fíorfri^s vez casou em 1802 na freguezía dejaquerj com
Peuíeàdo e de Maria de 'Almeida Lara. Tit Àiws Soares f." de Nícoíau Soares é de Jmnm
Penteados Cap. 2.°. de Camargo, V. l.° pag. «%5; 3.* m ason em
3-3 Ignacia de Almeida Taques que foi casada c* J805 na mesma fvègimk com Maria Pinto,
Paschoal Delgado de Moraes, natural de Bii,t' viuva de Sebastão da Silva Teveq. d. da 1.*:
de Pedro de Moraes Siqueira e de Isabel Ca- 4-1 Rito Joaquina de Almeida que casou com o
gado. Tit Moraes. Com geração. capitão Antônio Gonçalves da Cunha í> riu
3 4 Branca de Almeida Domingos Gonçalves Murzillo e de Mari-
3-5 Pedro anna Cardoso de Camargo. Com geração
Capitão José Pires de Almeida» f.° de João Piwi em Siqueiras Mendonças.
Rodrigues'§ 10.°, servin os honrosos cargos da nv I 4-2 Messia de Almeida, f em 1839 com 81
publica em S. Paulo; Casou-se em 1709 em S. Pai I annos em Juquery, casou em íffó com o
com Maria de Arruda f. de João de Macedo, mg
a guarda-mór Pedro da Cunha Franco, viuvo
tadprná freguezia de Juquery," e de Franciscaè| de Rita Margarida Angélica de Toledo, f.°
GodoyGusmao, n. p. de Francisco de Arruda Sá eèf do coronel Antônio da Cunha de Abreu e de
Maria de Quadros (Tit/Ârfüdass) n. rnv de BaftíaI Maria Franco. Com geracfto em Furquins
zar de Godoy e de Viotanfe Barbosa de' Gastai 4-3 Capitão José Pires de Almeida casou em
Foi José Pires de Arruda um dos capitães de tv í
1
1737 em Mogy das Cruzes com Anna Maria
valfo do regimento auxiliar das minas dé Villa8*B de Camargo, viuva de Bento Ortiz de Lima,
de Goyazes, d'ondè se passou ás minas de Paraciu I f.a do capitao-mór João Pimenta de Abreu
com n mesmo favor da fortuna, e mais tarde («w 1 e de Escholastiea de Camargo. Tit. Godoys.
o Serro Frio, para onde fez ebríduü-ir' sna niflltej 4 - 4 Maria Antonia de Lara era solteira em 1802.
para acompanhar sna f> Branca qne então esUB fl
4-5 Lnciana Maria de Camargo foi a l.a mulher
casada com o capitão Felisberto Caldeira fin*-l do capitão Joaquim da Cunha Leme f.° de
Falltíceu no Serro Frio, e teve q. d.: •
3-1 Branca de Almeida casada com o capitttffcfp José Xavier Cardoso da Cunha. Tit. Fur-
berto Caldeira Brant T.° â*s AmWosio OJ***! quins. Da 2.n mio teve geração o n.o 3-3;
Brant (que veio de Lisboa em 1700 efr;J ç>r da 3.* não descobrimos geraçAo.
OOBHBAndanie dos portugnezes no rio das 3I**I
qnandO Sustentaram com os paulistas * J ^ fe *-o Salvador. Pires de Almeida, f.° do § IO. , foi casado
0

a guerra chamada doS Eraboabaa) K ) J ® l


ea
com Anna de Toledo Canto, sna parenta, f.» de João
de Sousa, de 8. Paulo, n. p. de SUd oe 'fioledo Castelhanos e de Anna do Canto de Mes-
9UJte. Tit. Toledos. Sem geração.
T I T . PfRES
TIT. LSMBS 179
2w Anna de Proença que foi casada com João Gag*
Paes f.o de Antônio, Paes e de Anna da GunÈ.
Com geração, em Tenorios. CAR 11.*
2-8 Maria de Lara, f.« do § lO.o, falleceu solteira. Custodia Fernandes, í> do capitão Salvador Pim e de Mes-
2*9 Francisca de Almeida foi casada com dom Simào sia Fernandes ou Afessiuçú, casou-se em 1643 em 8. Paulo
de Toledo. Com geração em Toledos Pizas. com Domingos Gonçalves í> de outro de igual nome e de
2-10 Messia Rodrigues foi casada em 1695 em 8. Paulo .Christina Luiz. 3fâo descobrimos geração.
com Antônio de Godoy Moreira e Mendonça f>4
Belchior de Godoy e de Catharina de Mendonça. CAP. 12.o
Com geração em Godoys. Antônio Pires, ultimo lo do capitão Salvador Pim e Mes-
2-11 Izabel de Almeida fallecida era 1743, casou-se em sia Fernandes, falleceu solteiro.
1702 em S. Paulo com Manoel de Góes Cardoso
f.° de
2-12 Anna Maria de Almeida, f.a do § IO.o, casou-se ei
1709 em S. Paulo com o capitão Thomé Alvares, TITULO LEMES
natural da cidade de Évora, f.° de Miguel Alvares
e*de Anna Pereira. Foi Thomé Alvares nobre d- A família—Leme—, que da Ilha da Madeira'passou í
dadão de S. Paulo onde occupou os cargos da re- villa de S. Vicente pelos annos de J544 a 1550 prendia-se
publica, servindo também de j u i z ordinário e de or- a antiga e nobre família que possuiu muitos feudos oa ci-
phaos. Foi neto paterno de João Gonçalves e de dade de Brnges do antigo condado de Flandres, nos Pàizes-
Baixos ('). O seu primitivo appeJJido em Flandres era —
Brites Visagre, naturaes da freguesia de N. Senta Lcms—, que significa argilla ou grêda (barrofinoe delicado):
do Machado, termo de Évora; n. m. de Antou» com o que esta família quiz salientar a sua nobreza entre
Fernandes Ramalho e de Izabel de Paiva, natnra* os seus compatriotas; era Portugal este appellido foi cor-
de Evoramonte. Teve f.a única: rompido em Lemes e Leme.
3-1 Josepha de Almeida casada em 1735 com J * f Seguindo o ramo qne nos interessa, o qual passou de
Gonçalves Figneira, viuvo de Maria de La» JFJaadres á Portugal, e d'a)ii a Ilha da Madeira, começa- *
f.° de Manoel Affonso Gaya e de Maria Fer- remos por Martim Lems, cavalleiro nobre e rico, que foi
nandes Figueira; com geração em GayasdosJ senhor do muitos feudos na cidade de Brmjes; foi casado
casamentos de João Gonçalves. e teve entre outros f.os :

A ' l Martim Lems que passou á Portugal


§ U.o A-2 Carlos Lems que foi almirante de França
A l Martim Lems passou a Portugal por causa do com-
1-11 Antônio Pires, f-° do Cap. lO.o, foi casado com Cw^ mercio e se estabeleceu em Lisboa; foi tão magnânimo
Ribeiro, fallecida em 1657, f.a de Accenso de QM** e de tal modo dedicado ao engrandecúnento d'este
e de Anna Pereira; era já fallecida 1665 e teve ? f* reino, que montou por sua conta uma urca (ou charrua)
2-1 Anna. e n'ella mandou a seu f.° Antônio Leme com vários
M Joio. homens de lança e espingardas, a auxiliar a expedição
de el-rei d. Affonso em 1 4 6 3 contra os mouros na
§ 12.o
1-12 Jeronimo Pires,, ultimo f.° do Cap. 10.°. ftUeceíJj I (i) D'csta familin, de sua antigüidade e nobreza, trataram muitos
teiro em 1664 com testamento. (Não vem no inventa geuelogistae portugueses, entre outros: Manoel Soeiro aos seus—An- .
naes de FJandre*; José Freire Montarro/o Mascarão ha*, e outros.
de sua mãe em 1665).
TIT. LEMES
Afnca; em recompensa el-rei o tomou porfidalgo&
soa casa. JTào casou, porém, teve de Leonor Rodrigo^, d. João 3.o; bisneta do 2.° capitão do Funchal João
^nulher solteira, os seguintes f.oB- Gonçalves da Gamara, fidalgo da .caga, real. qu£ foi
B-l Antônio Leme (que segue abaixo) tido em alta estima pelo rei, por grandes serviços que
B-2 Luiz Leme * lhe prestara na tomada de Cepta e de Arziffa, e de
iB-gMarEim L M j gentil-homem da câmara do impera-
P
Maria de Noronha (com quem se casou em Cepta/ f.«
dor Maximiliano 1.° de dom João fíenriques, por este, neta de dom Diogo
B-4 Rodrigo Leme. Sem geração Henriques, conde de Gijon, qne foi f.° natural de dom
B-5 Catharina Leme casou l . vez com JPernão Goma
a
Henrique, rei de Castella; terneta do l.° capitão do
da Mina e 2. vez com João Rodrigues Paes, cot
a
Funchal João Gonçalves Zargo (') e de Constança Ro-
tador-mór do reino. Com geração drigues de Almeida (f.* de Rodrigo Annes de Sá), os
B-6 Maria Leme casou com Martim Diniz. em Lisbc* quaes com seus f.os ainda menores em 1420 foram
Com geração. povoar a Ilha da Madeira, da qual foi o descobridor e
B-l Antônio Leme, f.° de Martim Lems n.o A-l, segnio paia capitão o dito Zargo, com propriedade na metade delia
-a África a mandado de seu pae, e muito se disíingtà por concessão de el-rei.
na tomada de Arzilla e Tanger em 1463; por eis O brazào de armas dos Câmaras é o seguinte: <um
serviços el-rei dom Affonso o legitimou e o fez fidalgo escudo preto e ao pé uma montante rente e sobre
de sna casa, conferindo-lhe o foro de cavalleiro, e m esta uma torre de prata entre dois lobos de ouro».
fez-lhe a mercê de poder usar das armas dos Lan
I sem differença, e o mesmo concedeu a seus descendei
I (') Sobre o princípio da nobreza da família Gonçalves da Câmara
\ tes de legitimo matrimônio, o que consta da caitt* escreveu o dr. Gaspar Fructuoso em «eu livro—Saudades da Terra—o
112 de Novembro de 1471 registrada na Torre do Tonto seguinte: <Â illüetre progenle doa illustree capitães do Funchal da
|0 brazào de armas dos Lemes é o seguinte: semcup Una da Madeira, e da Ilha de S. Mijtuel, que d'elles descendem,
Ceve um dos mais altos e honroso* princípios que se podem contar,
Ide ouro, cinco melros de preto, em santór, sem |è si é verdade o qne d'elles se conta.
[nem bicos; por timbre um dos melros do escudos Gomo escrevem os chronistas, em 1416 ou 1416 da nossa éia par-
luma aspa de ouro». tio de Lisboa el-rei Dom João 1,° com o príncipe D. Duarte e os
""Antônio Leme casou e teve o f.°; Infantes D. Pedro o D. Henriqae seus alhos e outros senhores e
C-l Martim Leme qne, com carta de recommejiàM» nobres do reino para a África, e tomou aos mouros por forca das
armas a pram cidade de Cepta, a qual depois foi cercada dos mou-
do infante o duque dom Fernando (senhor da Êj ros, e o Infante D. Henrique a foi decerear, e, ou n'esse cerco ou
da Madeira) á câmara do Funchal, passou era D* melhor no cerco de Tangere, ae acharam João Gonçalves o Zêrgo o
para ágneüa ilha, e fallecea no Funchal, onfcw] Triatão Vax, e o fizeram tão honradamente, que o Infante os armou
cavai loiros. Ou seja abi, ou em outra parte, em algum dos lugares
• casado e deixou, 2 f o s
: da África, estando IA um capitão de el-Kei, aconteceu que correndo
D-l Antônio Leme (qne segue) mouros ás tranqueiras, d'entre eUes sabíu nm güe i cayallo desafiou
D-2 João Leme. Sem geração oa Portugueses, dizendo que a hum por num queria mostrar a valia
de seu esforço; e se entre elles havia esforçados, qne não encobris-
D-l Antônio Leme, f.° de C-l, viveu na Ilha da Mula» sem a sua.
muito abastado na sna quinta, qne depois se ch&ft*
Ao qual (entre muitos que ae offereceram) sahín, com licença do
dos Lemes, na freguezia de Santo Antônio do C»j*j capitão, um esforçado do uotno entre os chrhtTios, s qoesa na brjn
tato a cidade do Funchal. Casou com CaftartaJI a, fortuna tão mal favoreceu, que o mouro com a morte d'elle ficou
Barros, a qual instituiu o morgado na villa da rwjj senhor do campo. Logo sahiu outro de não menos valia, que teve
a mesma sorte do 1.°. Ao depois (Teste, outro e nlo sei se mais,
do SÓI na dita ilha, La de Pedro Gonçalves da qne todos tiveram o mesmo flm. Vendo o capitão quão mal lhe
e \\t Izabel de Barros, n. p. de Pedro Gontalw* succederara as consas n'esae dia, estava tão pesaroso pela perda de
Ousara e de Joanoa dEca, esta f.» de Joio rm Sena cavaUeiros, que negou licença nos que pediam para vingar a
morte do seus companheiros. N'este estado de cousa veiu ao capitão
* d a carnareínunor da relata d. Catharina mui* um soldado Infante, até então sem nome, e lhe pediu qne deixasse

L
*Sofr ao mouro, que clJ© com o Uvor ds Pe».«, esperara vencer e
TIT. LEMKS
TIT. LKMBS 183
Do consórcio de Antônio lieme com Catharina de dessa ilha para S. Vicente, oude já morava pelos
Barros procede entre outros; annos de 1550, segundo escreveu Pedro Taques.
E l Aat&o Leme que foi casado na Ilha da Madeira t Segundo o mesmo escriptor, Pedro Leme, antes
teve o f.o; de vir para S. Vicente, deixara a Ilha da Ma-
P-l Pedro Leme, que passou, da dita ilha á S. Vi- deira e estivera no continente na corte de d.
cente com sua f. Leonor j á casada com Braz
a
João 3.°, onde casou-se a 1.* vez com Isabel
Tevês, como escrevemos adeante. Pedro Tao.na Paes. açafata do paço, natural de Abrautes, f>
menciona a este Pedro Leme como o l.o che- de Fernando Dias Paes. que era tio de João Pi-
gado á 3 . Vicente; porém, frei Gaspar da Maárt
nheiro, desembargador do paço, passou a morar
de Deus assevera ter visto o livro mais antigo
de termos do veveança.de S. Vicente (nao con- em Abrantes onde teve o f.° Fernando Dias Paes.
sultado por Pedro Taques) onde consta qt« Fallecendo esta sua 1.* mulher Isabel Paes, voltou
Antao Leme foi juiz ordinário na dita villa ea Pedro Leme a Ilha da Madeira com seu filho e
1644; portanto, este (e niXo seu f ° Pedro Leme) ahi casou-se 2.» vez com Luzia Fernandes da
deve ser considerado como o tronco dos Lemes quem teve a f.a Leonor Leme, a qual passou na
em S. Paulo. companhia de seu pae para S. Vicente já ca-
Pedro Leme, f.o de Antao Leme, natural d» sada com Braz Tevês, tendo ficado por algum
Ilha da Madeira, fidalgo da casa real, passou-se tempo na dita ilha seu irmão Fernando Dias
Paes, que mais tarde também mudou-se para 8.
u « i c r uaptivo. Respondeu-lhe o capitão q u e deixasse de tal propó- Vicente, onde se casou com sua sobrinha Lu-
sito, pois qne elle nao poderia fazer aquillo q u e tantos e tão ânimos» crecia Leme, como adeante veremos. Terceira
cav&Ueiros não fizeram, elle a pé e sem .experiência. Insistiu o tcJ
dado dizendo que estando perdidos tantos cavalleiros o de tanto nota*,
perante o capitão o o Rei, pouco HE aventurava evn perder elle J cavalleiros, e 100.000 infantes; os quaes chegados cercaram logo os
sua vida. O capitão vendo o animo do soldado, d e parecer com «* Infantes, pelo qne lhes foi necessário fazer um palanque, onde ao
outros cavalleiros, concedeu-lhe a licença pedida. E logo o soMiS) defenderam, com padecerem muitas affrontas e fortes combates, nos
pediu o cavallo de nm cavalleiro que para etfeíto escolheu; o * quaes se mostrou tão cavalleiro o Zargo, qvse itou mostras de son
valgando n'elle com adarga embraçada o a a outra mão um ptdw> grande esforço, pelejando valorosamente deante dos Infantes, que
de pau, caminhou para o mouro, q u e , e m o vendo cacaramiiç9&í.\ Por essa causa o estimavam muito. E n'este lugar do combate re-
se veio mui soberbo a elle. E todas na vezes que queria ferir* cebeu uma ferida em um dos olhos de nm virntão que dos inimgos
chriatão, esto nao fazia mais que desviar de ei a lança do mom |he atiraram, com que lhe quebraram um olho. E como nequellê
o que fez até que, tanto que viu tempo e eonjuneção, remelteM* tempo se chamava Zargo a quem só tinha nm olho,ficou-lheo nome
de pressa com o cavallo ao mouro, l h e deu e m descoberto d* P " insígnia e honra de sua «avaliaria, por que n'ella dflutaesmoi-
01

grande pancada, que, atordoado, o tomou pelos cabellos, e pre#' " * s e se assinalou por tão cavalleiro, que não foi pouca a ajuda de
entregou ao capitão: pelo qual leito foi d'ahi em diante conheo* esforço e industrie na guerra, para o Infante D- Henrique
do Rei. iVeate valoroso soldado, dizem, procedeu Jo&o Gonçalves' salvar o aceolber ao mar, a tempo que já o Infante D. Fernando
Zargo, seu L° ou neto; e outros dizem qne este feito em armu ** Uc
* v a captivo por traição e manha. Assim qne, com a Industria e
o mesmo João Gonçalves, e por o mouro, q u e elle ou sen. pw* fjforço d'este cavalleiro João Gonçalves o Zargo se recolheu e em-
s v ô matou, se chamar Zargo, lhes ficou a elles ou a elle o o** *8
oarcou o Infante D. Henrique nos navios qne no mar estarão para
SBptUido e nome. A informação colhida na Ilha da Madeira cw* ***e eEfeito, ficando sempre o Zargo em terra recolhendo a gente
esie principio de outra maneira, dizendo quo este 1.° capitio v j P * pode, e sustentando esforçedamente o ímpeto e peso dos mou-
OTncnal foi chamado o Zargo, alcunha imposta por honra de # . j p t P,ue sobre elle vinham por entrar o Infante. E depois de reco*
cavflllaria, porquo no tempo em qne oe Infantes D. Henrique *bp ° ° P * de muitos portugueses, João Gonçalves se recolheu
8 m er< a

Fernando I M do liei D. J o i o 1 » , s e foram s cercar Tanger, e>* ferido, com trabalho e perigo, sendo os mouros infinitos. Por
tencão de a tomar e sujeitar a coroa d e Portugal, foi este aw* I e
grande serviço, que este magnânimo João Gonçalves o Zargo
Joio Gonçalves com elles, por ser cavalleiro da casa do dito Io™*, ^ Infante, e por outros que tinha f
D . Henrique, Estando, pois, os Infantes n'este cerco vieram ^
s U s s o ttü de Fez, o Hei de Belez—Lexeraque, e cinco E n i g
*• o Hei de Marrocos com todo o sen podei-, em que traziam. "

_ _ : —T*«ww u h costa a<


toda a moléstia üos castelhanos-.
TIT. LEMES TIT. I.KMUS loO

vez casonse Pedro Leme em S. Vicente com é alho legitimo de Antào Leme, natural da ci-
Gracia Rodrigues de Moura f. de Gaspar fio,
a
dade do Funchal da Ilha da Madeira, o qual
drigues de Moara. Palleceu Pedro' Leme, Antão Leme é irmão direito de A/eixo Leme
em 1600 em S. Paulo com testamento em que e de Pedro Leme. os quaes todos são fidalgos
menciona apenas o 2.° e 3.° casamentos; isto nos Urro» de El-rei. e por taes ãSlMtTinv
parece trazer duvida sobre o 1.° casamento': vidos e conhecidos de todas as pessoas que razão
porém, ella desapparece diante das indagações tem de o saber; e outrosim são irmãos de An-
feitas por Pedro Taques em 1775 em Portugal tonia Leme mulher de Pedro Affonso de Aguiar,
(depois de ter escripto o sen Tit. de Lemes) qne e de Leonor Leme mulher de André de Aguiar,
levaram-no a certeza da existência desse 1.° ca- os quaes outvosim §ã«fidalgos,primos do capitão
samento, o qne foi por elle coinmunicado á frei donatário da filia da Madeira; os quaes Lemes
Gaspar da Madre de Deus, além da carta de outrosim sAo parentes em gráo mui propinqno
brazão de armas passada a seu descendente Pedro de Dom Diniz de Almeida, contadormór, e de
Dias Paes Leme, registrada em Lisboa, dágua! D. Diogo de Almeida, aimador-mór, c de Diogo
consta que Fernando Dias Paes, casado com sua de Cablera f.o de Henrique de Sonsa, e de Tristao
sobrinha Lucrecia Leme, foi f.o de Pedro Leme Gomes da Mina, e de ííuno Fernandes veador
e de babel Paes, n. p. de Ánfâo Leme, bis», de do mestrado de Santiago, e dosfilhosde CJa-
Antônio Leme e de Catharina de Barros. etc, veiro, por ser a mãe delles outrosim sobrinha
A respeito de Pedro Leme escreveu Pedro Taques; dos ditos Lemes, tios e pae d'elle supplícante,
«embarcou na ilha da Madeira; e pelos annos 05 quaes são tidos e havidos e conhecidos em o
de 1550 já estava em S. Vicente com sua mu- reino de Portugajjorfidalgos:Pede a VnW lhe
lher Luzia Fernandes e a filha Leonor Leme, pergunte suas testennfíílra^e^porsttff sentença
mulher de Braz Esteves (ou Tevês como se vê julgue ao supplicante porfidalgo,e lhe mande
em muitos documentos) (*), e veiu fazer assento guardar todas as honras, privilégios e liberdade
na villa. capital de 8. Vicente, onde desembarcou que ás pessoas de tal qualidade são concedidas.
com vários criados do sen serviço, e alli foi es- J3. R. M.
timado, e reconhecido com o caracter de fidalgo
Foi pessoa da maior autoridade na dita villa; ft Pelo contexto d'esta supplica e justificação
com a mesma se conservaram seus netos. AUi d'ella, obteve Pedro Leme a sentença que temos
justificou Pedro Leme a sua filiação e fidalgnii referido, a qual foi depois confirmada na villa de
em 2 de Outubro de 1564 perante o dr. desem- S. Paulo por Simão Alves de Lapenba, ouvidor
bargador Braz Fragoso, provedor-mòr da fazenda. geral com alçada, proredor-mór das fazendas dos
I ouvidor geral de toda a costa do Brazü; B defini tos e ausentes, orphãos, capellas, e resíduos,
foi escrivão dos autos Antônio Rodrigues de Al- auditor geral do exercito de Pernambuco em 3
meida cavalleiro fidalgo da casa real; e obteve de Março de 1640 pela causa que correu em
sentença extraírida do processo, e passada oi» juízo contradictorio entre partes Lucrecia Leme
nome do senhor rei d. Sebastião, assignadapew e sen irmão Pedro Leme, netos de Pedro Leme,
contra os orphãos f.oa bastardos de Braz Esteves
dito desembargador Braz Fragoso. Leme, irmão dos ditos Lucrecia e Pedro Lente,
A petição para esta justificação foi do tbtf qué foram herdeiros por fallecer sen irmão sol-
seguinte: teiro e sem testamento; e aos autos d'esta de-
«Diz Pedro Leme, que elle quer justificar ,»
0 manda juntaram os autores para prova de sua
qualidade a sentença proferida a favor de sen
entnesfs é do autor desta obra. avó, por parte materna, o dito Pedro Leme».
TIT. LEMES
TIT- MEMES 187
Do qne ficou dito deduzimos que foram os se-
guintes os f.os de Pedro Leme.
Da 1.* mulher Isabel P a e s : Cap. l.°
N.o l Fernando Dias Paes Pedro Leme, natural de S. Vicente, foi homem nobre e
Da 2.* mulher Luzia Fernandes da governança da terra como se vê em sen depoimento como
N.o 2 Leonor Leme testemunha em 1640, com 70 e tantos annos de idade, em
uma demanda entre Catharina do Prado, viuva de Jo&o Gago
N.° 1 da Cunha, e Salvador Pires de Medeiros sobre reivindi-
cação de uns chãos sitos na villa de S. Paulo. Por esta de-
Fernando Dias Paes, que tinha ficado na Ilha da Madeira claração de idade em J640 vé-se que nasceu entre 1Õ60 e
em companhia de sens avós, quando partiu seu pae para & 1570. Foi l.o casado com Helena do Prado f.* de João uo
Vicente, mais tarde também passou a morar n'esta villa onde Prado (de Olivença) e de Filippa Vicente. Tit. Prados. Se-
casou-se 1 o com Helena Teixeira e 2 . vez com sua sotoMi
a gunda vez cremos com fundamento qne foi casado com Maria
Lucrecia Leme f.a de Braz Tevês e de Leonor Leme o*2 de Oliveira (ij f. d e . . . Teve q. d.:
a

adiante. Teve: Da 1.* mulher:


Da 1.» mulher Helena Teixeira 3 f.os que, segundo es- hl Lucrecia Leme 8 1.°
creveu Pedro Taques, foram para a Bahia, a chamado de 1-2 Braz Bsteves Leme § 2.°
um parente de grande respeito e tratamento, e são: 1-3 Matheus Leme do Prado | 3,"
Cap. 1 Francisco Teixeira
0
1-4 Capitão Pedro Leme do Prado $ 4.°
Cap. |.° Vicente Teixeira 1-5 Capitão Domingos Leme da Silva 8 5.»
1-6 Aleixo s 6,o
Cap. 3.° Antônio Teixeira que casou-se na Bahia e deixes I 1-7 Jbáo Leme do Prado § 7,o
uma f.* que também casou-se na mesma cidade e deixei I
grande geração. 1-8 Helena do Prado § 8.°
1-9 Filippa do Prado § 9,0
Da 2.a mulher Lucrecia Leme deixou os f.os descríptos» I Da 2.* mulher a f> única
Cap. 5.° do n.° 2 adiante. 1-10 Maria de Oliveira § 10.°

N,° 2
Leonor Leme, f* de Pedro Leme e de sua 2.» mate M Lucrecia Leme casou-se com Francisco fiodrigues da
Luzia Fernandes, veiu casada da Ilha da Madeira com S i
Tevês (corrompido no Brasil em—Esteves). Foram por mrâ* Teve'q d* V Í
" a d e C a s í e , l
° d e V i d e
' ^rtugal.
annos moradores em S. Vicente, onde eram proprietários *
engenho de assacar chamado de S. Jorge dos Brasmos, ( ) Pedro Taques diz em sua Nouilfarcüia Paulistana que afana
x

cujos lucros se tornaram abastados; mais tarde se mud«n» • de Oii veira foi a 2/ mulher do capitão Pedro Leme do Prado, viuvo
de Maria Gonçalves; mais tarde, porém, em seus apontamentos
com seus tos para a villa de 8 . Paulo, onde fez Braz W | riscou este 2.° casamento com Mana de Oliveira. Realmente o in-
sen estabelecimento e teve as rédeas do governo. Falte* 1 ventario do capitão Pedro Leme do Prado, fallecido com testamento
ôi» 1G58 em Jundiahy, (O. O. de Jundiahy) não menciona tal
Leonor Leme com testamento em 1633 em S. Paulo no* casamento, e sim somente com Maria Gonçalves, ous falleceu multo
tado de viuva e teve ps 5 £on seguintes (O. O. de S. rV# depois de seu marido, orp 1674 na mesma villa de Jundiaby. Em
vista d'eata prova somos levados a crer que Maria de Oliveira foi a
Pedro Leme Cap. l.° 2. mulher de Pedro Leme Cap. I.» o madrasta do capitai* Pedro
a

Xerne do Prado § 4.°. De mais, quando mesmo fosso Maria de Oli-


Matheus Leme Cap. 2 ° veira a 1.° mulher do capitão Pedro Leme do Prado, isso não acar-
Aleixo Leme Cap- 3.° retaria outro erro mais do que a suppressiíu de uma geração na ar-
vore de seus descendentes.
Braz Esteres Leme Cap. 4.°
Lucrecia Leme Cap. õ.°
TIT. m
TtT. LEMES
da praça de Santos em 1720, f.° de José
Monteiro de Mattos, cavaÚeiro fidalgoda
l Anna da Guerra que foi casada com Domingos de casa real, que foi mestretíe' campo "gover-
Brito Peixoto, natural de Santos, f.o de Domingos nador da Praça de Santos em 1703 em sue-
de Brito Peixoto e de Sebastiana da Silva. Teve
q. d. 3 f.w; cessão a Jorge Soares de Macedo, e de sua
3-1 Capitâo-mór Francisco de Brito Peixoto, natural j . mulher
B
a, p. de Antônio Mon-
de S. Vicente, foi com sen pai o fundador da teiro de Mattos. Teve q. d.:
villa de Santo Antônio dos Anjos da Laguna 5-1 Francisco Pinto do Rego, coronel do re-
em 1684, e mais tarde em 1715-1718 explora- gimento de auxilares de Mogy das Cruzes
dor e descobridor a casta de seus cabedaes dos e Jacareby, natural de Santos, cavalleiro—
campos do Rio Grande de S. Pedro do Sul. Em fidalgo da casa real em 1750. Casou-se
1721 lhe foi passada por el-rei dom João a carta em 1741 em S. Paulo com Escholastiea
patente de capitão-mór das terras da Laguna e Jacintha Ribeiro de Góes e Moraes fal-
ilha de Santa Catharina e do Rio Grande de lecida com testamento em 1786 em S.
S. Pedro, fazendo nella honrosa menção dos ser- Paulo (Testamento na C. Bc. de S. PAÜIO)
viços por elle prestados. Falleceu solteiro dei- f. do sargentomòr José de Góese Mo-
a

xando uma f n a t u r a l que foi casada com João raes e de Anna de Ribeira Leite. Com
de Magalhães. geração descripta em Tit. Taques Pom-
3-2 Sebastião de Brito Guerra falleceu solteiro, as- peus.
. sassinado nos sertões do Paraná.
3-3 Maria de Brito e Silva, natural de Santos, foi 5-2 Mestre de campo Diogo Pinto do Rego,
I casada com o capitao-mór governador de S. Vi natural de Santos, fallecido em 1768 em
j cente e 8. Panlo, Diogo Pinto do Rego que re- Parnahiba com 59 annos, foi casado com
cebeu sna patente em 1677, natural da freguezia Izabel Maria Caetana de Araújo, f. a

da Magdalena, cidade de Lisboa, o qual militou do provedor Thimotheo Corrêa de Góes


em Portugal, servindo nas fronteiras até o posto e de Maria Leme das Neves. Tit Freitas.
de capitão de infanteria, t.° de Antônio Pinto Teve f. única: (i)
a

do Rego, natural de Lisboa (irmão de Luiz Pinto


do Rego, capitão) e de Izabel do Rego. natural 6-1 Anua Maria Xavier Pinto da Silva
da fregnezia de S- Cbristovão da cidade de que foi casada com o doutor de ca-
Lisboa, n. p. do capitâo-mór governador do reino pello Antônio Fortes de Bustamante
de Angola, Manoel Paes da Costa, natural de ^itrLeme f.'° de Manoel de Sá e Fi-
Lisboa, e de Francisca do Rego Pinto, n. rn.de gueiredo e de Lucrecia. Leme Bor-
Paulo Rodrigues Brandão e de Catharina Paes, ~gès. Com geração neste Tit. adeante.
ambos de Lisboa. lato se vê do instrumento de 5-3 Maria Pinto da Silva qne foi casada
qualificada nobreza que tirou em Lisboa o dito com o capitão Francisco Corrêa da Fon-
capitão-mór Diogo Pinto do Rego, o qual foi re- seca Guedes f.» do coronel Domingos
gistrado na câmara de S . Paulo. Vide o seu ron- Rodrigues da Fonseca Leme e de Izabel
pimento em Santos com o provedor Tiraotheo
Corrêa de Góes em Tit. Freitas. Do seu coa*
sorrio teTe q. d.: ivfiÍ!
e8c| n
mestre de campo Diogo Pinto do Rego, qne era
0

ÍWERE 0
P oprietario ds correyção e ouvidoria de S. Panlo, re-
r

Anq w* S. lfagesUde o direito dc dar em dote a SIM f* única


Ü Á

4-1 Anna Pinto da Silva, natural de Santos, q* \I *bdin


a
-? (então com 12 annos) a propriedade do dito offieío, que
tá casada cam André Oursino de Mattos, ltou
ft
I conferida antes A seu avô o capitão José Monteiro de
0

natural de Cascaes, capitão de infanteria DAI* 'Ç°FLETV


prestados 4 S. Majestade; para isso justificou
A

PKQolpaoit famllloa da terra..


TIT. IrBMKS 191

Bueno de Moraes. (Com geração era 3-1 Lucrecia Leme de Miranda casada* em 1690 na
Borges de Cerqueira*. villa de S. Vicente com Antouift (ou Anastácio)
5 4 Mana Monteiro de Mattos casada em 1733 Martins, natural de Vianna.
em S. Paulo com João Baptista Sáesf* 3*2 Capitão Francisco Rodrigues da' Guerra que foi
de Vicente Sáes e de Anna Rosa. natural casado cora Anna Pires de Camargo f.* de Mi-
de Lisboa. Falleceu João Baptista Sáes guel de Camargo Ortiz e de Maria Pires Ro-
no posto de sargento-mór em 1757 em drigues. V. l.o pag. 318 Teve q. d.:
S. Paulo, e teve: fC. O. de S. Paulo). 4-1 Francisco Xavier da Guerra casado em
6-1 Anna Pinto da Silva Sáes que ca- 1741 em S. Paulo com Maria iínnes de
sou-se com o guarda mòr capitãoFran- Siqueira f. de Pedro Nunes de Siqueira e
a

cisco José Machado de Vasconcellos, de Catharina Villelade Oliveira. Tit. Gayas;


natural de Guaratinguetá, f.° do ca- falleceu com testamento em 1783. Teve: (C.
pitão José Tavares da Silva, natural O. S. Paulo)
da ilha de S. Miguel, e de Frau- 5-1 Manoel Affonso Guerra casado em 1769
cisca de Vasconcellos. Com geração em S. Paulo com Maria Rosa de Cer- •
em Tit. Oliveiras.
6-2 José Monteiro de Mattos foi casado queira Câmara f.» de Fernão Paes de
com Escolastica Pinheiro da Guerra Barros e Angela Ribeiro Leite. {Tit.
f. do capitão Pedro Leme da Guerra
a Penteados. Teve a f. única:
4

e de Maria Gonçalves de Arzàm. 6-1 Antonia Eufrosina de Cerqueira Câ-


Teve q d.: mara casada em 1790 em S. Paulo
com o capitão José de Andrade Vas-
7-1 Luiz Antônio Pinto do Sego, concellos. natural da frêguezia de For-
fallecido solteiro com testamento nos, do bispado de Lamego i° de
em 1831. ( C P . 8. Paulo) Maurício Ribeiro Ferraz e de Maria
6-3 André Cursino deMattos.
6-4 Antônio. Angélica de Vasconcellos. Foram
6 5 João. moradores em S. Paulo, de onde
6 6 Sebastião. são natnraes os seguintes f. . ex-
os

6-7 Maria. cepto a l.a:


6-8 Thereza. ultima f.a do sargentontór
João Baptista Sáes e de Maria Mon- 7-1 Maria Angélica de Vasconcellos.
teiro n.° 5-4. baptisada em 1790 na frêguezia
4-2 Manoel Pinto do Rego, f.o de Maria de de Juquery, casada em 3804 em
Brito e Silva n.° 3 3 . S. Paulo com o doutor Nicoláo
4-3 Anua Violante (mencionada por Azevtáí Pereira de Campos Vergueiro,
Marques — Apontamentos Históricos) foi a natural da Valdaporca, bispado
mulher do mestre de campo governador èx de Bragança—província de Traz
praça de Santos José Monteiro de Mattos, os Montes, f.o do doutor Luiz
natural de Lisboa. Vide 4-1 de 3-3 retro: Bernardo Vergueiro e de Clara
VI CafiUo Agostinho Rodrigues da Guerra, f.* do § tt Maria Borges de Campos. A res-
ftt ea*ado ttm Maria Leite de Miranda f> de peito do doutor Niçoíào Perem
cotio Rodrigues de Miranda e de Potência f.òte de Campos Vergueiro escreveu
Xít Vtaám. Teve q. d.: Azevedo Marques o seguinte:
< Natural de Portugal, formado
em leis pela universidade de
Coimbra, passou ao Brazil em \ f e L a n t
^ S e r
^ foram
agraciados com a
P 1
em i í h i ERA
tabeleceuse na cidade j » T
Panlo em 1802, adoptand/. eTlSr 0 ,
' d e m d 0
S r t i f J
honrosa profissão de advo ,i! ea
«?ií T bonrasdegen- a s

e ahi casou-se c o m . . . (coraoficon tihomem da imperial câmara,


dito). uutra vez chamado ao ministé-
Em lS21tendo abandonado j * rio no anno de 1847 occupou a
advocacia, foi eleitomembro do pasta da justiça. Comprehen-
governo provisório, no qual prega aendo quanto e interessante ao
tou notáveis serviços a caiis» futuro do Brazil a emigração eu-
da liberdade. Eleito deputado I ropéa, o senador Vergueiro, nos
constituinte portugueza, ahi ne- t J
últimos vinte annos de sua vida,
gou-se a assignar a constituição, propugnou quanto pode para o
porque nella nao foram atten- desenvolvimento deste beneficio
didos os direitos do Brazil, qne no Brazil, e principalmente na
havia adoptado como sua pátria. assembléa provincial de S.Paulo;
Em 1823 foi eleito para a cons- e na sua importante fazenda de
tituinte brasileira e soffreu, como Ibicaba, do município de Limei-
outros membros proeminentes do ra, ensaiou diversos systemas
partido liberal, a prisão a que de colonisaçao, cujo fructo co-
foram votados os liberaes na lhem ainda seus herdeiros—Fal-
dissolução daquella assembléa. leceu no Rio Janeiro a 18 de
Em 1826 foi eleito deputado celas Setembro de 1859 com 81 annos
províncias de S. Paulo e Minas, idade.» ,.
e em 1828 escolhido senador por Deixou os 10 f.° seguintes (i); s

esta ultima. No anno de 1831» 8-1 Carolina de Campos Vergueiro


17 de Março foi Vergueiro um 8-2 Angélica Joaquina Vergueiro _
dos patriotas que assignaram» 8 3 Luiz Pereira de Campos Vergueiro
8 4 José Pereira de Campos Vergueiro
8-5 Antonia Eufrosina Vergueiro
8 6 Maria do Carmo Vergueiro
8-7 Francisca Vergueiro,
8-8 Nicolau José Vergueiro
cação pelo que, n» ao^ ena 8-9 Joaquim Vergueiro
2 $ foi eleito 8-10 Anna Vergueiro j - R i o d e a

. deputados « g « > £ rege»


e
618
8-1 Carolina de Campos Vergueiro f °"" T , terra. Teve c S
n( la
para ser membro neiro com John Lecocq. natural aa i"g
provisória.
ovisoria. ^ do " " A ; naturaes d'essa cidade: , r j de Jaueiro 0 0

Em 1832 fez P ^ i ^ 9-1 Pedro Vergueiro Lecocq casado n o r ^ . f d e J o s é

terio com a
Pf^ouoP>& com Clotilde Darrigue l!aro, j»
« U a o t j r o u o ^ a ^ ^ r ^ e r m Í 8 s 5 o ao dr. L»* P-
2.o ainda menor, cW = aiíC 0 w
«vet de sua obra-Apontainentos Geneaiogi^
lewiu
serviu o
u .cargo
y^-c. , „ Pa#"
de

curso jurídico üe
Pereira do Faro e de Francisca Romana Darrígue amortização e negociante matriculado, e de sua mulher
Faro. Sem geráçilo. Vide a descendência do n-° 8-2 Anna Rita de Fato; neto de José Pereira de Faro,
abaixo ao n.° 9 1. natnrai da Oaiíiza e de sua mulher Francisca Pereira
9-2 Joanna Rita Vergueiro Lecocq, j á fallecida, foi casada Fernandes de S á ; bisn., por esta. de dom Jacob de Bu-
no Rio de Janeiro com o commendador Luiz Ro- garim Sá e Sarmento, de Gallíza; ternato de dom
drigues de Oliveira, depois visconde Rodrigues de Õregorio de Sá, natnrai da Ponte de Lima. Joaquim José
^HveírarTSvS:"~ Pereira de Faro, o natural de Braga, justificou sua no-
10-1 Carolina Lecocq de Oliveira que casou em Pariz
com J . Gavinzel, norte-americano. Sem descen- breza, sendo-lbe confirmado o uso do brazâo de armas
dência. de seus antepassados, por carta de 14 de Maio de 2841.
Foram Angélica Joaquina n.° £2 ê seulináTído^ino-—
10-2 Luiz Lecocq de Oliveira, moço fidalgo da casa - radores no Rio de Janeiro, onde (aüeceram deixando os
imperial, solteiro. seguintes f.os, naturaes dessa cidade:
10-3 Alice Lecocq de Oliveira casou-se no Rio de 9-1 José Pereira de Faro, commendador da ordem de
Janeiro com Frederico Ferreira Lage, n a t a l Quisto^^barko do Rio Bonito, j á fallecido, casou-se
de Minas Geraes. Tem: no Rio de Janeiro c&m Francisca Romana Darrígue
11-1 Frederico Faro, sua prima, f.a do coronel Jo&o Pereira Dar-
11-2 Gabriel rígue Faro, visconde do Rio Bonito, com grandeza,
11-3 Roberto commendador da ordem de Ohmto cavaJJeiro da
t
104 Joanna Lecocq de Oliveira casou-se no Rio ordem do Cruzeiro, vice-presidente da província do
com Luiz Gomes, natural d'essa cidade e tem; Rio de Janeiro, moço da câmara da imperial guarda-
11-1 Raul roupa, veador da imperatriz, e de sua mulher Ma-
11-2 Sérgio
rianna Joaquina da Fonseca; neta paterna do I o

113 Eduardo barão do Rio Bonito supra referido. Teve os se-


114 Stanléj guintes naturaes do Rio de Janeiro;
lOõ Roberto Lecocq de Oliveira, moço fidalgo d* 10-1 Maríanna Darrígue Faro casada com Lindolpho
•casa .imperial, tenente da armada, solteiro. de Carvalho, natural do estado do Rio. Tem:
10-6 jClotilde Lecocq de Oliveira casou-se em Pará 1 1 1 Julieta Faro de Carvalho casada no Rio
(com Imsuf-Khan-Nasser-Agá to do embaixador de Janeiro com o doutor Henrique Car-
Ida Pérsia. Tem: neiro Leão Teixeira.
11-1 Soliman
11-2 Zuleika 11-2 Augusto
9-3 Sicolau Vergueiro Lecocq, solteiro. 11-3 Regina
9 4 Roberto Vergueiro Lecocq, falleceu solteiro. 102 Frederico Darrigne Faro, j á fallecido, foi casado
8*2 Angélica Joaquina Vergueiro casou-se no Rio de J * com Maria Rosalina de Faro, no Rio de Ja-
neiro com Joaquim José Pereira de Faro, natural dessa neiro e teve:
cidade, fidalgo cavalleiro da casa imperial, coronel chefe 11-1 Frederico
daT* legião da guarda nacional, moço da cama» & U-2 Renato
imperial guarda-roupa, commenda^>r da ordem de Chrisío, 11-3 Vera
t ° de outro de ignaí nome, natural de Braga. l.°bv* 10-3 Clotilde Darrigue Faro, já fallecida, casada com
SÊ.&S-BoBÍto fidalgo cavalleiro da casa imperial e«* seu primo Pedro Vergueiro Lecocq n.° f)-l de
8-1 retro Sem descendência.
t

vaiieíro professo da ordem de Chrísto. cavalleiro d» i»


períal ordem do Cruzeiro, coronel de infanteria ré* 10-4 Angélica DarrigueFaro. já faUecida, foi casada no
rnado. membro da junta administrativa da cato * 1
Rio de Janeiro com Roberto Martins Làge e teve:
11-1 Maria José
TIT. LEMKS 197
11-2 Roberto
11-3 Alberto 10-4 Luiza
11-4 Álvaro 10-5 Horacio Vergueiro Rudge casado com Durva-
11-5 Anna Rita lina Vieira de Sousa. Tem;
10-5 Georgina Darrigue Paro casada no Rio de Ja- 11-1 Carmen, fallecida
neiro com Antônio Clemente Pinto, barão de 11-2 Araldo
S. Clemente, í.° do conde do mesmo titulo. Tem; 11-3 Zilda
11-1 Maria José 11-4 Paulina.
11-2 Clotilâe 9-2 Balbina Vergueiro, f.a de 8-3, casou-se em S. Panlo
11-3 Antônio com Ernesto Conrado Steidel, natural da AUemauha,
11-4 Jorge fallecido. Teve:
11-5 Mario José 10-1 .Dr. Frederico Vergueiro Steidel
9-2 Francisca, í.» de 3-2, falleceu solteira. 10-2 Angelina
9-3 Agueda de Faro, visconàessa de Vergueiro, jà falleci- 10-3 Victor Vergueiro Steidel casado em 8. Paulo
da, foi casada no Rio de Janeiro com o cemmemlato . em 1899 com Maria da Gloria de Azevedo.
Sicolau José Vergueiro, visconde de Vergueiro, stt 10-4 José
tio n.° 8-8 adiante. Sem geração. 10-5 Maria Izabel
9 4 Antônio Pereira de Faro, j á fallecido, foi cnsaâo 10-6 Mario.
no Rio de Janeiro com Francisca Clemente Piato. 9 3 João Vergueiro casado no Rio Grande do Sul com
Teve uma f.*: Carolina de Araújo. Tem-.
10-1 Laura de Faro casada no Rio de Janeiro me 10-1 Catharina
Joaquim Henrique de Araújo, fidalgo d& <aa 10-2 Nicolau.
imperial. Tem: 9-4 Affonso Vergueiro casado em 1882 com Manoela
ll-l Laura, fallecida. de Lacerda f.a de Bento de Lacerda Guimarães e
11-2 Luiza Manoela de Cássia, fallecidos barão e baroneza de
11-3 Joaquim Araras. Tem:
11-4 Eurico 1 0 1 Plinio, fallecido
11-5 Maria Georgina 10-2 César
8-3 Luiz Pereira de Campos Vergueiro casou-se em 8. Eauh 10 3 Furico
com Balbina da Silva Machado f.» do coronel Joio to 1 0 4 Firmo
Silva Machado, barão de Antonina, com grandeza, tf 10 5 Affonsina
ficial da ordem do Cruzeiro, grande dignitario da orât» 1.0-6 Ruy
da Rosa, e de sua mulher Anna do Paraizo Quimartfc 10-7 Silvia.
8ao fallecidos e deixavam os f.o»: 9-5 Francisca Vergueiro, f. de 8-3, casou-se em S Panlo
a

9-1 Luiza Vergueiro que casou-se em 8 . Paulo com J#| com o doutor Antônio Vieira da Costa Machado,
Maxwell Rudge, do Rio de Janeiro, ambos falte# i
do Rio de Janeiro. Tem:
deixando os {.o*-. 10-1 Alzira, fallecida
101 Anna Vergueiro Rudge que casou-se EML8S6K 9
10 2 Izaura, »
o dr. João César Rudge f.° de João Rudge»* 10 3 Armando Vergueiro da Costa Machado
Anna Francisca César. Tit. Garcias TO 8
1 0 4 Anuibal
Sem decendencia. 10-5 Nicolau
W-2 Olympia 10-6 Jorge
lô;3 João, fallecido. 10-7 Arthur
10-8 Esther.
198 TíT. LSMSB
9-13 Dr. Artuur Nicolán Vergueiro casou-se em iSStí
9-6 Dr. NicoKu Pereira de Campos Vergaeiro casou-se no Amparo com Elizéa Cintra f.« de José Manoel
em 1881 em S. Paulo com Messias Freire t.\ de Cintra e de Constanca Miquelina da Silveira. V.
Fernando Lopes de Sonsa Freire e de Francisca 1.° pag. 116. E' fazendeiro no município de lía-
Leopoldina de Sousa Freire. Tit. Rodrigues Lopet pira. Tem;
Tem: 10-1 Cyro
101 Luiz 10-2 Mauro
102 Lúcia 10-3 Plinio
10-3 Alice 104 Anna
104 Roberto 10-5 Carmen
10 5 Olga 10 6 Lydia
10-6 Nicoláa
10-7 Mario 8-4 José Pereira de Campos Vergueiro, f." de 71, casou-se
10-8 Ignez em S. Paulo com Maria Umbelína Gavião Peixoto f. 1

10-9 Affonso. do brigadeiro Bernardo José Pinto Gavião Peixoto e


9-7 Luiz Gonzaga Vergueiro casou-se em 1883 em S. de Anna Poliwna de Andrade Vasconcellos. Fallece-
Paulo com Theresa Bressane de França Pinto, e te ram deixando o f.o único, que attingio a maioridade:
10-1 Maria Lniza 9-1 Dr. José Nicoláu Vergueiro, fallecido solteiro.
Wi Raul 8-5 Antonia Eufrosina Vergueiro, fallecida, baronem-de....
Sonsa Queiroz, foi casada com seu primo Francisco
9 8 Joanna Vergueiro casou-se em 1882 em S. Paulo Antônio de Sousa Queiroz, f barão de Sousa Queiroz,
com Antônio Lopes de Leão. fallecido, com um f.°: com grandeza, natural de S. Paulo, senador do impé-
10-1 Paulo
rio, f.° do brigadeiro Luiz Antônio de Sousa e de Ge-
9-9 Dr. José da Silva Vergueiro, ex-juiz municipal de nebra de Barros Leite. Com geração em Tit. Penteados.
Santos e deputado ao congresso do estado de S 8-6 Maria do Carmo Vergueiro, natural de 8. Paulo, ca-
Paulo, fallecido solteiro. sou-se em 1835 no Rio de Janeiro com o coronel Pedro
9-10 Anna Vergueiro, já t, casou-se em S. Paul© como Bonamy, fidalgo de linhagem, natural da ilha de Guer-
dr. Adolpbo da Silva Gordo, deputado ao congresso nesey, f.° de John Bonamy e de Mary Guerín, neto
federal, f.o de Antônio José da Silva Gordo e & paterno de John Bonamy, fallecido em 1761, e de sua
Anna Brandina de Barros, sua 2.» mulher. Coa muibeí' Mary de Qaris, fallecida em 1777, nato materno
geração em Tit. Arrudas. de Elias Guerin e de sua mulher Mary Arnold; por
911 Maria Angélica Vergueiro casada em 1881 «• John Bonamy, bisneto de John Bonamy, fallecido em
S. Paulo com o doutor Luiz Rodrigues de Lorau 1748 e de sua mulher Martha Henry. fallecida em 1739;
Peneira, ex-secretario da embaixada do Brtd ; por sua avó Mary de Garis, bisneto de George de Garis;
junto á Santa Sé. Tem: por John Bonamy, terneto de John Bonamy e de Mary
Jnpper; por sua bisavó Martha Henry, terneto de Peter
10-1 Maria Angélica Henry. advocate, e de Mary Grayraag; 4.° neto de
10-2 Eduardo Andreív Bonamy e de Anna Roland; por Mary Jnpper.
10-3 Lmza Amélia 4.o neto de John Jupper e de Jane Roland; õ.° neto
9-12 Otilia Vergueiro casada em 1888 com o &>« w de Pedro Bonamy e cie.,.; por Âona Roland b." neto
Antônio Custodio Guimarães. Tem: do John Roland e de Rachel Perclmrd. Esta família
101 Judith Bonamy era da 1.* nobreza da iha de Gueraesey, tendo
10-2 Maria Antonietta sempre um dos seus membros DO «Conselho dos No-
10-8 Antônio táveis» do governo da mesma ilha.
104 Maria do Carmo.
soo TIT. LEMES

Pedro Bonamy falleceu em 1845 no Rio de Janeiro, Tem os seguintes t°*:


e sua mulher Maria do Carmo em 1 8 9 1 em S. Paulo' 1 1 - 1 Maria Emilia
e deixou 11-2 Ignez
9 1 Maria Izabel Vergueiro Bonamy, natural do fiio 11-3 Maria Izabel
de Janeiro, abi casou se em 1860 com Guilherme 1 1 - 4 Irineu
Platt natural da mesma cidade, f.o de Villiam Platt, l l - õ Panlo, fallecido
natural de Bolton, Inglaterra, e de sna mulher 11-6 Cecilia
Luiza Eugenia de Carvalho, do Rio de Janeiro. 1 1 - 7 Luiz, fallecido
Tem os seguintes f.os, naturaes d'essa cidade, ex-
cepto a ultima qne é natural de Campinas: 1 1 - 8 Paulo.
10 1 Ernestina Bonamy Platt, solteira em companhia 10-3 Guilherme Bonamy Platt casado com Izabel
Brotero de Sonsa Queiroz, já f. f. do doutor
a

de seu pae em S. Paulo. Ntcolau de Sousa Queiroz e de Izabel Dabney


10-2 Irene Bonamy Platt, casou se em S. Paulo, a de Avellar Brotero. Tit. Penteados. Teve:
9 de Abril de 1885, com o dr. Luiz Porto 11-1 Guilherme, fallecido
Moretzsohn de Castro, natural da mesma ci-
1 1 - 2 Raphael
dade, que foi promotor publico de Iguape, juiz
municipal « de orphãos de Apiahy e Xiririca, 11-3 Maria do Carmo
e é juiz de direito de Santos desde 1893 (i) 11-4 Anna. fallecida.
Tem os seguintes f.°s, sendo os 6 primeiros na 1 0 4 Pedro Bonamy Platt,
turaes de S. Paulo e os outros de Santos: 10 5 Luiza Bonamy Platt.

C) A ascendência do dr, Luiz Porto Moretzsohn de Castro è a «- içueio «o Aiov, c cie saa mulher FeUríana Cândida Ksmería
gninte: — jüko do dr. Francisco Xavier Moretzsohn, natural do Rio da Fonseca, natural da mearas villa, filha de José Vírfsvúno da Fon-
de Janeiro, que foi promotor publico de Campinas, juiz municipal e seca, natural do Algarve, proprietário em Villa Rica, tauelliio por
de orphãos de S. João do Rio Claro, juiz de direito de S. José ito provisão de 2 de Janeiro de 1778. passando a escrivão da ouvidoria
Barreiro e, em 1908, de Mogy das Cruzes, e de aua mulher Emilia geral e correição por provirão de 23 de Junho do mesmo anuo, re-
Augusta da Silva Pono natural de S. Panlo, onde casou ae na igreja novada a 14 de Marco de 1782 e 24 de Dezembro de 1783. theaoo-
de Santa IpbigMva * H de Dezembro de 2360* esta filha de Manoel reiro da câmara, eleito em 1788, e de soa mulher Anna Felizarda
Ribeiro da Silva Porto, proprietário em S. Paulo, nascido no Porto Joaquina de Oliveira, natural de Villa Rica:—3.° neto do dr. Manoel
» & de Março de 17M, e de soa mulher Maria Ignacia da Silva, d% Sousa de Oliveira, natural de Villa Rica de Ouro Preto, baptisado
uaaeida no Bio Pardo. Rio Grande do Sul. a l.* de Novembro * 1-° de Janeiro dc 1722, formado em leis em Coimbra, presidente
de K98; neu paterna de Antônio Ribeiro da Silva Baião, alte- °a câmara e primeiro juiz ordinário da mesma villa, em 1762 elTSS,
rai e cidadão do Porto, e de aua mulher Kit* Gerirudea da SUra
BaÜo; neu materna de Joio Baptista da Silva, natural de Vfll* ouvidor pela lei, promotor e procurador do bispado de Marianna. e
Bka de Ouro Preto, cepitfo de auxiliara* do Rio Pardo, e de tu JL* soa mulher Joanna Perpetua Policia de Caatro. natural de Ma-
molhar Maria Ignacia de Jesus e Freitas, de 8. Paulo:—nWo poten» 5 ? n n i » nndo casou-se a 20 de Novembro de 1763. na freguesia da
de Luiz Moretsaotin, natural do dlstrieto da cidade de Potaipr, Kdoo 2*1 e de cuja ascendência adiante ae dirá :*-4.° neto de Domingos
da Pruaaia, vmdo para o Brasil em 1829. o qual, tendo explorado *r»cisco de Oliveira, natural de Chamusca, Fortugal, jruardaraór
•vraa de ouro em Minaa Geraee. foi dnpoú proprietário e oegocUntt , r f •pinas de Ouro Preto, Antouio Dias o Morro (depute chamado da
*y iroaao em Piedade- de M**«, poeaulndo embarcações, * ^ T s l e
Maetrn%aa»\ por provisão de 10 de Novembro de 171$, capitão da
cota carreira regular entre aqoelle porto e Rio de Janeiro, c oeuança do distrlcto de N. Senhora da Conceição de Antônio Dias,
de ane molher Joaoulsa Cândida de gotua Oliveira e Castro, natanl
deCtaro Preto, onde eaaoase a 11 de Junho da 1881: —frinüto& ftten ^ de Marco de 1718. presidente da cantara de Villa
t e n t e ( l c

Math*ua Alberto de Konea Oliveira a Castro, natural de Villa Kio i^l* juiz ordinário em I73S, senhor de lavras de ouro no dito
0

da Orno Preto, de cuja câmara foi vereador um 1789, canlUo do <** atiro r ' e de aua mulher Ignacia ds Sousa, natural do (uo de Ja*
ranaria da ualkiaa, por patente de 17 da Março de 1806, em d« *u»a i K
de Ca mieII urin, onde casou «e a 5 de Janeiro de 1700,
U M m

•jaaanrioa da notável ufbrmacjao da comarca da Villa Bica auto* 1 Nícqi ' ^oão Alvaree de rlousa, natural do Porto, freguesia de S.
Mmtomnup/, das Minaa Uevaaa. dada ao governador Barbarão». * *tH*f • de sua mulher Valeria Cordeiro, natural do Rio de Ja-
eU " ? • diatlncta família d'e*an cidade:—nr4a de Domingos Fran-
Co

Bnrbn„, Oliveira, natural de Chamusca. Irmão de Feíix 4e Oliveira.


•"«u-zadr do Rio de Janeiro, pelos annos da 1705, d* aaa mulher
202 TIT. LEMES TIT. IKMEB ;V 203

3-2 João Vergueiro Bonamy, natural de S. Paulo. 8-10 Anna Vergueiro, ultima.f.* do doutor Nicolau Pereira
9*3 Luiza Vergueiro Bonamy casou-se no Rio de Ja- de Campos Vergueiro e de Maria Angélica ue vas-
neiro com o doutor Joaquim Brandão, e falleceu concellos n.o 7-1, casou-se no Rio de Janeiro com Au-
sem descendência. gusto Perret, j á fallecido. Sem descendência.
8-7 Francisca Vergueiro, fallecida, foi casada com Luiz
Roelf. Sem descendência. 7-2 Anna Polteena de Andrade Vas-
S-S Nicolau José Vergueiro, commendador da ordem 9a concellos, f. do capitão José de
B

_^°^jy*Ç^dfi jàe_VeYgneiro, casou-se no Rio de Ja-


t Andrade e de Antonia Eufrosina
~netro com Agueda de Éaro, viscondessa de Vergueiro de Cerqueira Câmara n.° 6-1, ca-
sua sobrinha n.o 9*3 de S-l retro. Sem descendência. sou-se em 1819 em Piracicaba
8-S Joaquim Vergueiro, fallecido, casou-se em S. Paulo com com o brigadeiro Bernardo José
Luiza Augusta de Sousa Barros f . do dignitario da
u
Pinto Gavião Peixoto f.° de José
ordem da Rosa, Luiz de Sousa Barros edesua l . mulher a
Joaquim da Costa Gaviào.Peixoto
niidiaRibeiro de Rezende. Tit. Penteados. Comum t°: e de Maria da Annunciaçao Pinto
9-1 Alberto de Sousa Vergueiro que casou-se em 8. de Moraes Com geração em Tit.
Paulo com Iludiu de Mesquita f. de Josó Manoel
a
Taques Pompens.
de Mesquita e de Amélia de Sousa Barros. Tit.
Penteados. Tem: 7-3 Blandiua de Vasconcellos, f.» de
10-1 Ignez 6 1 retro, foi casada com o bri-
gadeiro Lázaro José Gonçalves.
10-2 Jorge de Mesquita Vergueiro.
Negreiros de Barros, de cujas ascendências em tempo eo dirá; do
Martha de Oliveira, natural de Pias de Protasia, da Tbomii casal de Antônio Carvalho Tavares e Margarida de Negreiros, descen-
— também 4-° neto. pelo costado de soa $.* avó Joanna Per- dem ss seguintes famílias de Minas, com ramificações no Rio de
petas FcHcU de Castro, mulher de seu 3.° avô dr. Manoel de Sob» Janeiro o S. Paulo; Monteiro de Barros, Negreiros Sayão Lobato,
de OUvrâft, de Antônio Alvares de Castro, natural de Lisboa, tre-j Manso da Costa Reis, Galvão de S. Martinho, Miranda Ribeiro,
poesia de 8. Paulo, íSentenen de genere de sen neto padre Anlonn > i Miranda Lima, Vidal Leite Bíbeiro, Leite de Castro. Monteiro 2ío-
ferreira de Sá e Castro de 35 de Janeiro de 1779^ nos mitos do pairt gneira da Gama, Castro Penido, Cunha e Castro, Ferreira de Sá e
Vicente Ftrreiru Monteiro de Castro. Marianna 1823). capUão-coffl- Castro, Monteiro de Castro, Monteiro Breves, Manso Ssyâo, Monteiro
mandante da ordenanca de Itacolómy, por patente de 9 de PeverdiH da Silveira, da Silva e de Resende, Moretzsobn Monteiro de Birros,
de 1141, nobre cidadão da villa de N. S. de Hi boi rio do Csrroo.Mtau e Sousa Oliveira e Castro, etc:—C.° neto de Violante Carvalho Pi-
Geras*, com o foro de cavalleiro pela carta regia de 2S de Fewdf» nheiro, natnrai da Bahia, e de seu marido capitão João da Silva
de 1721, Vereador da câmara em 1741, juiz almotacel em 1742, o ten«to Vieira, da Ilha Madeira, frêguezia da Sé, com quem casou-se a 11
sido essa villa elevsda a cidade a 23 de Abril do 1745, com o nofflí de Setembro de 1GG2, este filho de Jeronrmo vieira Tavares e de
de Marianna, foi, em 1748, 1.° vereador do senado da câmara e joi* sua mulher Catharina Machado:—7.° neto de Maria de Sonsa, da
pela ordenação; oecupon-se na mineração e agricultora com ereaeV Bahia, e de sen marido Ruy Carvalho Pinheiro, cavalleirofidalgoda
fabrica, cono consta de snã patente e da carta de seamaria, ás 1* essa real. que de Portugal passou para a Bahia com aeos irmãos
de Junho de 1768, das terras que possuto por compra no togar cbt* Nfcolau Carvalho Pinheiro e Manoel Pinheiro de Carvalho, estes tam-
asado «Máynard», termo de Marianna; e do sua mulher Joanna Bj* bém forados; falleceu Ruy Carvalho Pinheiro a SI de Marco de lSíõ,
ptista de Xcgroiros, natnrai da cidade da Bahia, freguesia de 8 ^ deixando uma outrafilha,Catharina de Sousa casada com o dr. João de
do Desterro, irmã de Lourenço de Barros Lobo, casado com soa pria* Góes de Araújo, ouvidor geral do eivei e desembargador da Relação da
Lsooor Teiles Pinheiro, com geraç&o na Bahia; irml também de A* Bahia :—S.o neto ds Catharina de Sousa, da Bahia, fallecida a 31 de
toada da Sejosiroa, casada com o guarda-mór de Villa Rica, Alessout Agosto de 1649, sepultada no convento do Carmo, o de seu marido
da Cunha Mattos, natural de S . Hlmao de Aroes. com geração «J Euseblo Ferreira, natural de Porto Santo, fallecido a 1.° de Novembro
V Í b i m : — S f i ustú, pelo costado de sua AA avó Joanna tUptUta* de 1686, e com quem casou-se a 13 de Maio de 160S: deste casal
negieíroe. M i s e r o* soo -i." svo capitão Antônio Alvares ds Ceei* •oramfilhos:L°) Francisca da Sousa casada com o capitão Chritovão
de Antônio Carvalho Tavares o da nua mulher Margarida ds s* o* Cunha o Sá Sotomayor, cavalleiro professo de Avia, com geração;
jretwsy ambos fidalgo* dr Unhagpin, naturaes o moradores ds B*e* *• ) Frei Jeronimo, carmelita; 8.°) Clara de Sousa» casada oom
esu olha de Lourenço Lobo do Barros o do sua mulher Maria * °capiiflo Melchior Barreto de Teivo,fidalgoda casa real, com gera-
v*o; 4.o) Antônio Ferreira de Sousa, cavalleiro de Santiago, casulo
204 TIT. LEMES 6-1 Francisco de Paula de Toledo casado
em 1822 em Parnahiba com Angé-
Com descendência no Rio de Ja- lica de Almeida Bueno.
neiro e Minas Geraes. 5-2 Anna Xavier de Camargo.
7-4 Jeronimo de Andrade foi casado 5.3 Manoel Xavier da Guerra Penteado ca-
com... Com geração sado em 1794 em 8. Paulo com Maria
5-2 Francisco Antônio da Guerra, f.o de de Oliveira f.a de Francisco Pedroso
4-1, era solteiro com 40 e tantos annos Leite e de Marianca Eüfrasia Monteiro
em 1783 e estava ausente em Cujabi de Mattos. Teve q. d.:
4-2 Braz Leme da Guerra, f.° do capitão Fran- 6-1 Joaquim José da Guerra casado em
cisco Rodrigues da Guerra n. 3-2, casou-se
em 1761 em Parnahiba com Anua Pires do 1821 em Parnahiba com Ánna Rita
Prado f. de João da Rocha do Canto e de
a da* Silva f. de Antônio Henrique
a

Agueda Xavier de Barros. Tit. Penteados. da Silva, natural de Santos, e de


Teve: Francisca de Paula, esta f.a do sar-
5-1 Francisco Xavier da Guerra casado eu gento-mór José de Medeiros Sousa
1792 em S. Panlo com Gertrudes Ja- e de Maria Leite de Assumpçâo.
cintha de Toledo f. de Antônio de Freitas
ft Tit. Quadros Cap. 4.° §
de Toledo e de Ignacia Maria de Toledo 54 Maria Joaquina de Barros casada em
sua 2.* mulher. Tit. Toledos Pizas. Teve 1795 em Parnahiba com Francisco Pinto
q. d.:

com Antonia Bezerra, filha do mestre de campo Luiz BarbaJboife Melchior, cutffldo em 1581, porém pae: — também 6> neto, pelo cos-
serra, que militou na guerra dos hollandezes, fidalgo da casa real tado de sua 5.* avó Margarida da SegrelroA mulher de teu bP avó
e governador interino da Bahia, e de aua mulher Maria Furtado de Antônio Carvalho Tavares, de Maria de Negreiros de Barros, e de
Mendonça; õ.°) Frei Francisco, carmelita ; 6.°) Ignach Ferreira dê marido e primo Lourençõ Lobo de Barros, ambos da Bahia,
S G u

Sonsa, casado com Margarida de Menezes, neta de Henrique Moníi ^te filho de Ignez Lobo, da Bahia, ede sen marido Antônio Moniz,
Barreto, fidalgo da casa real irmão de Duarte Moniz Barreto, alcaide* <|e Lisboa, neto de Manoel de Paredes da Costa, de Viaonã, e de
mor da Bahia:—9° nrfode Melchior de Sonsa Drumoad e de sna mu- ua mulher Paula de Barros Lobo, de cuja ascendência abaixo di*
lher alicia Darmai, com quem rasou-se na Bahia, d'onde ambos trm »o«rid ™* ' ° g ?
Barros Lobo, da Bahia, e de ecu
v í o d o M a r a r i d a

naturaei, a 18 de agosto de 1581, eJJa filha do Luís Darmns o de sus natural Manoel Cardoso de Negreiros, que presumimos éra
mulher Catharina Jaqnee, portnguezes, senhores <le engenho em Cotegi-
pe; do casal de Melchior Drumond foram também filhos: l.o) Alartht Neg * ' bOa, d'ondo em seu tempo veio Lourençõ Cardoso de
re rn
íj 8

de Sousa, rasada com o capitão Franciso de Caatro, com geração; Í K


conhedH ? dessa cidade, para 6. Paulo e ahi foi o tronco da
1 n t , u r A l

Anna de Sonsa, casada com o capitão Agostinho de Paredes de Barros, H o ^ í amilia de seu appellido (Vide Tit. Borges de Cerquei!»):
f

doa nobres Barros-Lobo, com geração: —10.° neto de João Gonçalves capitão M ^aria de Barros Lobo, da Bahia, e de seu marido
Drumond, da ilha da Madeira, qne passou para a Bahia pelos anota de R p Pinheiro de Carvalho, fidalgo da casa real, irmão
Uv
a n i , e l

de 1560, da Alastre família de seu appeflldo, cujo progeoJtor a> de Paula f dinheiro, supra referido (Jaboatão, cit) :-9.« nelto
rfl

mesma Ilha foi Joio Drumond, senhor do Escobar, nobre eacos** Par
etfe8 íi r . Lobo, da Bahia, e de seu marido í/anoof de
B a r r o s

e de soa mulher Martha de Sousa, fidalga da família de Soara do convento d c ' * ° « Janeiro de 1619, sepultado no U f U e c W 3 1 3 d

Prado (o fpte tudo comia da carta de hrazOo dc armas, passada o 5? J683 ? ' Francisco, com quem casou-so na sé a 20 de Janeiro
fi
S

âeSotcmíro de 1784, a setí descendente Antônio José da Rocha So*& f i^reUos ^8'tÍmo8 Paredes de Vianna, onde era o soiftr e torre
Drumond, transcripfa do cartório da nobreza <te Lisboa por.So*»* í «m temi, * firâzia de Santa Christina deMeadeJIe; deste casal
0r n fre

de Baena. •ArcAüo—Bcratíico—Genealoçico*, sob. n.° SliS, * «P* oví? Moniz , "? * entre outroa; 1.) Ignez Lobo, casada com An- os

nmita e 101$), Jaboatão, cru Tit. de eDormondo». traz João ooa na ? roa ò Lisboa, supra referidos, com geração; 2.J vfetoria
ftr t J e
J
çalvea Drumond.como avo da Melchior Drumond, supra, W : d* * b i B
a l r é Monteiro de Almeida, jnis ordinário
a C O m A n (

inanífesto equivoco, pois que, tendo esto PO canado em l?f/. ^ o , d e u i ^ Iteração; 3.) Agostinho de Paredes do Barroa, capitão
n
0 r
n
m

poma «ar tíht, da AoUmh da Sonsa Drotoond o de JoimmtW»^;' roj enpnTV ^ o com Anna de Sonsa, fffha de iWchfor Dra-
1222f ? ? f * ? . « ° "WOe tantoe, como consta em Tit de C*»«T '
e j l d

0(
UhnJ!° ttaenra? ° » com gerarão; —10.» mito de Gaspar de Bar-
e r i d

e nem Joio Gonçalves Drumond, catado em 1061, pod'* " r


° °B Ue p i ? ; ' fidalgo da caea-reaJ, doe Barros de MagaUiãea, se-
r 1 08

<1* Barca, o qual tendo vindo de Portugal, petos


e
20u' TIT. LEMES 207
Cardoso f.o de Luiz Cardoso de G . Us
em 1739 com 70 annos em Santo Amaro e sua
mfto e de Quiteria de Jesus. Tit. Cunhas : mulher Maria Gonçalves em 1747 na mesma fregue-
Gagos. sia e teve, pelo inventario desta (C. O. S. Paulo)
4-3 Maria Pires da Guerra casada em 1746 com os 7 f.os seguintes:
José de Campos Leal f.° de José Antunes 4 1 Anastácio Leme da Guerra que casou-se em
e de Anna de Campos, de Portugal. 1754 em Santo Amaro com Antonia Pires de
3-3 Anna, f do capitão Agostinho Leme da Guerra
a
Sousa f.a de Antônio Jorge Pereira e de Maria
n.° 2-2, falleceu solteira em 1 6 9 3 em S. Vicente. Pires de Sousa Tit. Macieis Falleceu Anas-
2-3 Capitão Pedro da Guerra Leme, f.° do § 1.°, teve sua tácio Leme era 1768 e a viuva passou ás 2.**
fazenda de cultura no Cuuatao, foi casado com Beatriz nnpcias com José Leme, com quem já estava
Pinheiro f.a de (cremos) Lourenço Cardoso de ííegreiros casada em 1776. Teve (C. O- S. Paulo) os 6
e de Antonia Borges de Cerqueira. Fallecen Pedro da f.os seguintes:
Guerra em 169? em S. Vicente com testamento em que
declarou ser natural de S. Paulo e teve 9 f.os: (Tit. Bor- 5 1 Anna Pinheiro da Guerra que casou-se em
ges de Cerqueira). 17,71 em Santo Amaro com Bento Domingues
Maciel f.° de Francisco Xavier da Cunha
3-1 Capitão Pedro Leme da Guerra que foi casado com e de Maria Dias Domingues. Com 11 f.°a
Maria Gonçalves de Arzam f. de Manoel Gonçal-
A
em Tit. Macieis.
ves Malio e de Suzana Rodrigues de Arzam- Tit. 5-2 José Cardoso da Guerra, soldado granadeiro,
Arzam. Falleceu o capitão Pedro Leme da Guerra casou-se em 1784 em Santo Amaro com Ma-
annos de 1550, foi morador no Recôncavo da B a h i a , no logar cha- ria José de Miranda f.» de José de Madu-
mado S. Paulo, muito rico e afasendado, e d e s u a m u l h e r Calharia! reira de Miranda e de Anna de Oliveira
Lobo Rarbosa de Almeida, fidalga portuguesa i r m ã de Joanna Bar- Prestes, n. p, de Diogo de Madureira Pinto
bosa Lobo casada com Rodrigo de Argolo, fidalgo he»panbol, de
Micla Lobo casada com Francisco Bicudo, e do Diogo Lobo de Souea, e de Catharina de Miranda Oliveira, n. m.
o qnal esteve na índia com seu pae, n a oceasião q u e logo diremos. de Agostinho de Oliveira (de Portugal) e de
Da Gaspar de Barros de Magalhães e sua m u l h e r Catharina Lobo, Anna da Silveira D ultra.
foram também filhos, entre o n t r o s ; 1.) B a l t h a s a r Lobo de Sou*,
qoe lomoa O nome de sen avd materno, cata-lo c o m Anna He Gam- 5-3 Joaquim Leme da Guerra casou-se em 1792
boa, filha da Martim Affonso Moreira, n a t u r a l d « Setúbal, fidalgo era Santo Amaro com Gertrudes Maria da
da caaa-real, o de aoa mulher Luzia F e r r e i r a Feio, com geração; '<!)
Feliria Lobo, rasada em togundas nnpt í h s com 1'nuto do Argolo, Silva f.» de Antônio Rodrigues da Silva e
provedor da Alfândega da Bahia, filha d e R o d i i g o d o Argolo que de Arma Domingues de Siqueira.
teve O mesmo OFFTCIO e Joanna Barbosa Lobo, s u p r a referidos,
com geração; 3) Viciaria, de Barros, casada com Manoel de Freitas 5-4 Maria Pires da Conceição casou-se em 1793
do Amaral, cavalleiro fi lalgo, com geiaçüo: — J í . o neto pelo cos-
t em S. Paulo com' Francisco Pedroso de Abreu
tado de Catharina Lobo Barbosa d e Almeida, m u l h e r de sen 10.' f.o de Manoel de Mello e Abreu e de Maria
aro tímpãt de Barros de Magalhães, d e b a l t h a s a r Lobo de Sousa
e de voa mulher, aqoelle da casa dos condes d a Sorteína e barões de Mattos Reis.
de Abfto. Balthasar Lobo d e S o u s a milhou com dietinceso a» 5-5 Manoel.
oJnqoUtã ás lodlã, onde falleceu: eatovo n o a s f a l t o de Kurati
« • 1530, tendo dos primeiros a entrar nesea praça {João de Barrot, 5-6 Pedro.
üttada £ » , 4 o, Cap. 9.» pag. 411 Unj-hjx capitão de uma 4-2 Pedro Leme da Guerra, f.° de 3-1.
BÍS da armada qoe partiu de LísbOa e m 1 6 4 7 , e chegando a Got
a 10 de Setembro do mesmo anno, acompanhou d. JOÃO do Ca?- 4-3 Beatriz Pinheiro da Guerra casada em 1730
no asa tomadas de flolfete e PondA; n o g o v e r n o d e FrancifCo em Santo Amaro com Jorge Moreira Garcia f.o
Banrto foi capitão-mor de urna armada, que este mandou A Mb*
4e B. Lourenço (Madagascar), indo e m roa companhia seu filho de Jorge Moreira de Saavedra e de Marianna
g p i tolo de ÊOUU. Pedroso. Tit. Saavedras.
4 4 Filippa Borges de Cerqueira casada em 1745
em Santo Amaro com Jeronimo Monteiro de
TIT. LEMES
TIT. tSSISS
Mattos, f.° de Damiâo de Mattos.de Portugal
e de Izabel Pinheiro da Guerra. Charem de Sá, do Rio de Janeiro, e de
4-5 Josepha Pinheiro da Gnerra. Catharina de Moraes. Tit Oliveiras Cap.
4-6 Tneodora Gonçalves de Arzam. 5.o § 1.» Foram moradores em S. Vicente.
4-7 Escholastica Pinheiro da Guerra casou-se com 4-3 Catharina de Pina Pereira foi casada com Fran-
José Monteiro de Mattos f.° do sargento-ndr cisco Corrêa de Meira, fallecido em 1738 em
João Baptista Sáes e de Maria Monteiro de 8. Paulo, de quem foi a 2.* mulher. Teve f.»
Mattos. .Neste Tit, com geração á pag. 190. única;
3-2 Joio Pinheiro da Guerra, f.° de 2-3 supra, casou-se 5-1 Maria Corrêa Pinheiro de Aasumpçío.
em 1717 na villa de S. Vicente com Maria Leme 3-8 Lucrecia Leme da Gnerra, f.* de 2-3.
de Araújo f.» de João Baptista Pedroso e de Jfa. 3-9 Lourenço Cardoso da Guerra (ou de Negreiros) foi
ria de Abreu. Neste Tit., Cap. 3.o § 6.o, 2-6,34 casado com Maria Cardoso e teve q. d.:
4-3. 4-1 José Cardoso da Guerra casado com Narcús
3-3 Maria da Guerra Leme. Rodrigues f. d e . . . Com geração.
a

3 4 Anna Pinheiro da Guerra casada em 1724 em S. Teve mais o n.° 2-3, um f.° natnrai.
Vicente com o capitão Mathias de Oliveira Homem 3-10 Agostinho Leme da Guerra, f em 168.9, casado com
f.o de Mathias de Oliveira Lobo e de Anna de Maria Leite f> de Domingos Leite de Carvalho.
Moraes, moradores em S. Paulo. Falleceu Anua Sem geração legitima. Teve 2 f.o» naturaes: Gabriel
Pinheiro em 1747 em S. Paulo com testamento'. Sei Leme e Clara.
geração. 2-4 Francisco Rodrigues da Guerra, f.° do § 1.", em 1097
3-5 Paschoa Pinheiro da Guerra foi baptisada em M estava ausente no P$rú.
em S. Vicente.
3-6 Manoel Cardoso da Guerra casou-se em 1708 ea
S. Vicente com Catharina Vieira Pedroso f.* ie § 2."
João Baptista Pedroso e de sua mulher Maria al- 1-2 Braz Esteves Leme, f.o do Cap. 1.°, foi casado com
ves de Abreu, n'este Tit. Cap. 3.° § 6.°, 2-6. Tere Margarida Bicudo de Brito f.a de Antônio Bicudo e
geração entre outros: de Maria de Brito. Com geração em Tit. Bicados.
4-1 Beatriz baptisada em 17 lõ em S. Vicente
42Francisca baptisada em 1717. § 3.o
3-7 Antonia Pinheiro da Gnerra foi casada com Bv
tbolomeii de Pina Pereira, natural do Rio de * 1-3 Matheus Leme do Prado, f.° do Cap. l.o, casou-se em
neiro. Teve; 1642 em S. Paulo com Beatriz Barbosa do Rego f.»
41 Bartholomeu de Pina da Cruz casado em 1$ de Diogo Barbosa do Rego, natural de Portugal, e de
em Santo Amaro com Joanna Machado t' ? Branca Raposo, por esta, neta do cavalleiro Antônio
Antônio Machado de Oliveira e de Anna M»» Raposo, o velho, fallecido em 1633 em S. Paulo, na-
de Siqueira, Tit. Furtados. tural de Portugal, e de sua mulher izabel de Góes.
A
Sua geração, na maior parte existente em Guaratin-
4-2 Florencia de Pina Pereira foi casada com «W* guetá e cidades circumvisinhas, vem descripta em Tit.
Ayreg de Oliveira f.o de Joào Ayres de ÀgW Raposos Góes.
e de Ignez de Andrade, ambos do Rio « V
neiro. Baptisaram f. em S . Vicente, dos W*-
os § 4.o
descobrimos o casamento d e : ,* 4 Capitão Pedro Leme do Prado foi a principio morador em
5 1 Maria Ignez de Andrade casada comj^, S. Paulo, onde baptisoa os seusfilhosde 1632 á 1646;
Charem de Sá, de S. Paulo, f â e ^ depois mudou-se para a villa de Jundiahy, onde falle-
u
210 TIT. LBMB8 TIT. MÍAÍFIS

ceu com testamento em 1658 (O. O. Jundiahy). íoi -3 Frei Braz de S. Simão, foi religioso franciseaao.
casado como declarou no seu testamento com Maria .4 João do Prado Leme (confundido por Pedro Taques
Gonçalves Preto t> de Sebastião Preto, natural de com o § 7.° deste Cap. l.o) tinha 18 annos em 1653,
Portugal, este. irmão de Innocencío Preto, fallecido em e, por tanto, não podia ter sido ministro em Santa-Fé
1647, que foi casado com Maria Moreira. Tit Pretos, em 1625, como escreveu Taques. Casou-se com Anna
Falleceu Maria Gonçalves muito depois de seu marido Maria de Louvêra f.a de Gaspar de Louvêra, natural
em 1674 na mesma villa de Jundíahy ( ). No inventa- !
de Portugal, f em 1660 em Jundiaby, e de Paschoa
rio do capitão Pedro Leme § 4.o encontrámos uma da Costa. Y. 1° pag. 80. Teve (0. 0. de Jundíahy)
escriptura de perdão, que vai mencionada em Tit. Ta- os 4 Lpa seguintes.
ques Pompeus. onde tratamos de Pedro Taques, G»p.
l.° d'esse Titulo. Teve pelo seu inventario com testa- 3-i Gaspar Leme do Prado, fallecido em 1745 em Par-
mento (C. O. de Jundiahy) e pelo de sua mulher Maria nahiba com 80 annos de idade, foi 1.° casado com
Gonçalves Preto os 10 t seguintes: o s Francisca de Almeida f. de Joaquim de Lara Mo-
a

2-1 O padre Pedro Leme do Prado raes e de Maria Gonçalves de Aguiar; 2.» vez
2-2 Frei Sebastião de Santa Maria casonse em 1726 em Sorocaba com Potência de
, 2-3 Frei Braz de S. Simão Abren f.a de João Sutil de Oliveira e de sua 1*
2-4 João do Prado Leme mulher Izabel de Proença, V. IP pag. 61. Mo des-
2-5 Timotheo Leme do Prado cobrimos geração d'esta 2.* mulher porém teve da
2-6 Maria Leme l.a os f.os descriptos em Laras.
2-7 Maria do Prado 3-2 Maria Leme do Prado, fVde 24, casonse em 1683
2-8 Maria da Estrella em Parnahiba com Manoel Gomes de Escobar viuvo
2-9 Helena do Prado de Maria Falcão f.° de João Gomes de Esnobar e
2-10 Anna Maria do Prado de Sebastiana de Yictoriâ, por esta, neto de Ber-
1

2 - 1 Padre Pedro Leme do Prado, nascido em 1632 em S. nardo da Motta e de Maria de Yictoriâ. Teve pelo
Paulo, babilíton-se de generè em 1657, e ordenou*se inventario de Manoel Gomes de Escobar em 1713
presbytero secular em Lisboa. Foi administrador da em Parnahiba (O. O. S Paulo) os 7 f.w seguinttíi
ermida de N. Senhora da Estrella de Juquery em ifôS, 4-1 João do Prado, fallecido em 1760 em Parnahiba
a qual fnndon seu pai em sua fazenda no termo de S. com 70 annos de idade, viuvo de Francisca
Paulo e dotou com patrimônio em 1645. O padre Pedro Gonçalves,
Leme do Prado foi mais tarde vigário de ParnaKía. 4-2 Maria Leme do Prado que estava casada em
2-2 Frei Sebastião de Santa Maria foi religioso caxmditi vida de seu pai com Balthazar Gonçalves Màlio,
calçado,
fallecido em 1735 em Parnahiba. Teve (C. 0.
de S. Paulo) os 7 f.os seguintes:
•«LU ? » b r » Maria de Oliveira, que ato»
afl
!5 * P**- 1 8 7
5-1 José Paes Leme casado em 1736 na Cotia
P^R r
«mbem casada com o capitão Pedro Leme f i *
~J>iS°
\ ^ A °
í* * certeza não teve em mios o testamento e «*
<,ae 6 0 1 1 1

<^P Pedro Lemo do Prado e escreveu estapa*


ItSo
com Izabel Pereira f.* de José Pereira da
Rosa e de Joanna Lopes de Camargo. 7.
rTTri "nformaçoas de peasoa que nao leu com ntteuçiío D ir 1.° pag. 207.
VSiüii 09
mencionados, tanto no Inventario do capW*
EOIO Leme como no de aua mulher, ato oa que referimos wiafc
5-2 Maria Paes casada em 1730 na Cotia com
• / ^ p * d o e por Pedro Taquea. Maria Leme d» ShJ
0 I ! d o Calixtú Alvares Pereira f.° de Siwào Al-
l^Jx^u / ° L **9°«* como do § 4.° supra) mulher*
F f i d r o
vares Pereira e de Marianna Pinheiro, de
« P « d o Martins, foi apenas devedora ao Inventario e fà" Portugal. Teve q. d.:
O* AOUMIO I^renco c de Marianna do Chaves. Também l * * !
7 * j ™ D I U O f* João do Prado Uma com o tio deste, JoaoU* 6-1 João Alvares Paes casado em 1772 e»
0 0 ¥r
**> I como reremo*. Parnahiba com Maria Soares f.» de
Antônio de Mello e de Gertrudes Soares.
212 TIT. ISUS8 TIT. LEMES 213

6-2 Mana Alvares Paes casada em 1784 6-1 Ignacio Leite da Silva, fallecido em 1606 em Itú,
em Parnahiba com Domingos Pires do casou-se 1." em 1764 com Maria da Silya f.* de Luiz
Prado, de Jundiahy, viuvo de Maria da Silva de Cerqueira e de Maria Leite do Prado (O.
g Pedroso. Bc. de S. Paulo); segunda vez em 1802 em Itú com
5-3 Balthazar Gonçalves Malio Escholastica Ferraz de Camargo f. de Bento de Ca-
A

5 4 João Paes Matio margo Paes e de Maria Ferraz, V 1.» pag. 186. Teve,
5-5 Manoel Gonçalves Leme casou-se-em 1740 naturaes de Itú:
na Cotia com Anna de Brito Pontes f.» de Da l.a mulher;
João Rodrigues de Pontes e de Leonor de 7-1 Manoel Leite da Silveira Goulart casado em 1797
Brito Teve q. d.: em Itú com Maria Paes de Campos f.» de Fran-
6-1 Francisca do Rosário casada em 1763 cisco Paes de Siqueira e de Izabel de Campos
na Cotia com José Francisco Ferraz Arruda. Tit. Siqueiras Mendoiiças e Tit. Campos.
f o de outro de igual nome e de Antonia 7-2 Francisco de Salles
Pires, já ff, n. p. de Paschoal de Góes 7-3 Theresa, solteira com 23 annos em 1806
e de Anna Maria Ferraz. . ' 74 Anna da Silva, já fallecida em 1806, foi casada em
6-2 Francisco Gonçalves casado em 1766 1803 em Itú com Manoel Antônio Leite, natnrai
em Mogy-mirim com Francisca Leme" da Ilha 3.», f.o de Joaquim Antônio de Jesus e de
a
f. de Francisco Leme de Araújo e de Rosa Maria.
Maria Fernandes. Da 2." mulher:
5-6 Joanna Paes
7-5 Ignacio Leite de Camargo (com 2 annos de idade
5-7 Anna Gonçalves casada com João do Prado em 1806) casou-se em 1824 em Porto Feliz com Rosa
Leme Maria da Silveira f> do alferes José Ignacio de
4-3 Antonia Leme do Prado, f> de 3-2 retro, foi Faria e de Maria da Conceição.
casada com João Leite dos Santos, natural de 7-6 Antônio, recemnascido era 1806.
Portugal, fallecido em 1738. Teve (C. O. de S. 6-2 Anna Leite Goulart, f.a de 5-1 retro, foi casada com
Paulo) os 4 f.os seguintes: Raphael Leme Oliveira, fallecido em 1790 em Itú, f.° de
5-1 Maria Leite da Silva casada em 1733 (Cara. Francisco Leme de Alvarenga e de Rosa de Oliveira.
Ec. de S. Paulo) com Antônio da Silveira Com geração em Tit. Alvarengas Cap. 3.» § 7.o.
Goulart, natural da ilha do Fayal, fallecido 6-3 Luiz da Silveira Goulart, f.o de õ-l. casou-se em 1765
em 1771 em Parnahiba, f.° de Manoel da em Parnahiba com Anna Ribeiro Pedroso f.» de Ignacio
Silveira Lobo e de Joanna da Cruz. Teve, Gomes da Silva, de Paranaguá, e de Maria Pedroso,
naturaes de Araçarignama os seguintes f>: n. p. de Agostinho Gomes da Silva e de Maria da As-
6-1 Ignacio Leite da Silva sumpçao, n. m. de Manoel Ribeiro Preto e de Luzia
6-2 Anna Leite Goulart Furquim Pedroso. Tit. Furquins. Teve q. d.:
6-3 Luiz da Silveira Goulart 7-1 Anna Ribeiro Leite casada com em 1789 em Parna-
6-4 Guilherme da Silveira Leite hiba com Francisco Vaz Pinto, de S. Roque, f.° de Ma-
6-5 Maria Francisca Leite theus Pinto Range), de Tanbaté, e de Anna Maria.
6-6 Antônio da Silveira Villas-Boas 7-2 Maria da Silveira Pedroso casada com Francisco
6-7 Jnstina Leite da Silveira Leite Garcia f.° de Domingos Fernandes Leite e
6-8 José da Silveira Leite de Maria Garcia de Oliveira. Com geração em Tit.
6-9 Capitão Pedro da Silveira GouW* Godora Cap. 4.° § 1.° n.o 2-5.
610 Alferes Joaquim da Silveira U> w
7-3 Izabel da Silveira Pedroso casada com Salvador
214 TIT. LEMES
TIT. LEMES 215

Corrêa de Barros f.o de Manoel Corrêa de Barro» 74 Antonia da Silveira Leite casada em 1784 em Itú
e de Maria, de Campos. Com geração em Tit. Campos. com Alexandre Rodrigues Leite f.° de Paschoal
74 João Silveira Leite casado 1." em 1788 em Itú com Leite Paes e de Quiteria de S. Paio. Com geração
Maria de Almeida Leite f> de Salvador de Almeida em Tit. Fnrqiuns.
Leme e de Anna Leite Moreira, n. p. de Antônio 7-5 Anna da Silveira Leite casada em 1795 em Arari-
de Almeida Velho e de Gertrudes de Jesus de Al- tagnaba com Firmiauo José Pacheco, natural de
meida; segunda, vez casado em 1812 em Itú com Itú, f.o de Francisco Pacheco Domingues, da Cotia,
Rosa de Campos í.» de Marcos Leite de Barros e e de Escholastica de Campos, de Itú. Tit Tenovios.
de Maria Castanho. Em Tit. Godoys a geração da Com geração.
1.» mulher, e em Tit. Pedrosos Bario,s a ascendência 7-6 Antônio l 1790
da 2." mulher. 7-7 Mecia /
M J d

6-4 Guilherme da Silveira Leite, f.o de 5-1, fallecido em 1(90, Da 2.» mulher teve o n.o 64 5 f.os descriptc-B neat Tit
em Itú, foi 1.» casado com Escholastica de Oliveira Cap. 3.o já citado.
Leme, fallecida em 1779 tfessa mesma villa, f.» de
Francisco Leme de Alvarenga è de üosa de Oliveira; 6-5 Maria Francisca Leite, f.* de 5-1, casou-se com Bento
2.» vez em 1780 em Araritaguaba com Maria Leite de Leme de Oliveira f.° de Francisco Leme de Alvarenga
Moraes f. de Thoraaz Corrêa de Moraes Leite e de
a e de Rosa de Oliveira. Com geração em Tit Alvarengas
Isabel de Annava Tit Alvarengas Cap. 3.» § 7.° e Cap. 3.» 8 7..°.
n'estfi Tit. Caç. 3." S S», 2-1, 3-5, 4 3. Teve: 6-6 Antônio da Silveira Villas Boas, f.° de 5-1, easou-se
Da 1.* mulher os 7 f.o» seguintes: em 1768 em Parnahiba com Isabel Vieira Pedroso, fal-
7-1 Joaquim da Silveira Leite rasado l.o em 1799 em lecida em 1829 em S. Roque, onde foi inventariada, f>
Itú com sua parenta Anna Gertrudes de Moraes f.» de João Vieira Falcão, natural da Ilha 3.*, e de Lu-
de Manoel de Moraes Leme e de Anna Maria Bar- crecia Pedroso. Tit. Furquins. Teve pelo inventario
bosa, do n.° 46 adiante; 2,* ve.z casou-se em 1813 (C. O. de S. Roque) os 9 f .<* seguintes:
em Porto Feliz com sua sobrinha Francisca Leite 7-1 Manoel da Silveira Vieira casado e morador em B.
de Moraes f. do alferes Antônio Corrêa de Moraes
1

Roque em 1829.
Leite e de Maria da Silveira n.° 7-3 adiante. Teve
q. d.: 7-2 João da Silveira Vieira com 55 annos em 1829, mo-
rador em S. Roque.
Da l.* mulher •. 7-3 José da Silveira Vieira casado é era morador na
Faxina.
8-1 José da Silveira Leite casado em 1825 em Porto
Feliz com Anna Theresa da Silveira, natural dt 74 Salvador da Silveira Leite com 50 annos, no Sul.
Sorocaba, f.» de Manoel Pereira de Almeida 4 7-5 Ignacio da Silveira Leite casado, foi morador em
de Gertrudes Maria da Silveira. Araçariguama.
Da 2.» mulher nao deixou geração. 7-6 Raphael da Silveira Leite casado, foi morador na
7-2 Salvador da Silveira Leite, f.o de 6 4 «V* mulher, Constituição.
casou-se em 1806 em Itn com Escholastica Serrai 7-7 Bernardiuo da Silveira casado, foi morador na Faxina.
de Camargo, viuva de Ignacio Leite da Silva n." 7-8 Joaquim da Silveira Leite casou-se l.o em 1797 em
61 retro. Com geração no V. l.o pag. S. Roque com Gertrudes Maria César f.» de Felix
7-3 Maria da Silveira Leite casou-se em 1782 em M Vieira Gonçalves e de Anna de Cerqueira César;
com o alteres Antônio Corrêa de Moraes Leite £• 2.° vez com Luzia Maria Vieira. Era já fallecido
de Thomaz Corrêa de Moraes Leite e de Isabel de
Anhaya Leite. Com geração n'este Titulo Cap. 3° em 1829 e teve:
§ 8.o, 2-1, 3-6. Da 2.» mulher:
81 Gertrudes da Silveira casada com Joaquim Pinto
de Moraes.
216 TIT. LUMES
1 5 1 . LEMES 217

8-2 José da Silveira Vieira morava com sua raie Porto Feliz, f.o do sargento-mór Joaquim Antônio
de Oliveira e de Francisca Leite de Miranda. Tit.
Luzia Maria Vieira, em Sorocaba. Alvarengas já citado.
8-3 Francisco da Silveira Vieira 7-6 Maria Leite da Silveira casada em 1797 em Itú ,
84 Anna da Silveira Vieira com Antônio José da Silveira, de Parnahiba, f.° de
7-9 Maria da Silveira Leite, já fallecida, foi casadacon Antônio Alves Machado, das Ilhas, e de Isabel Maria
Antônio. - e teve: da Silva.
8-1 Rita
8-2 Maria 7-7 Pedro José da Silveira, hábil, de generè.
8-3 Jostina 7-8 Manoel da Silveira Leite casado em 1812 em Itú
6-7 Justina Leite da Silveira, f> de 5-1, foi casada com com sua prima Manoela Maria de Oliveira f.» do
José Leme de Oliveira, de quem foi a i . ' mulher, t« capitão Pedro da Silveira Goulart n.° 6-9 adiante.
de Francisco Leme de Alvarenga e de Rosa de Oli- i 7-9 Anna da Silveira casada em 1804 em Itú cora Po-
veira, Tit. Alvarengas Cap. 3.o § 7.o. lycarpo Joaquim de Oliveira, de Araçariguama, f.° de
6-8 José da Silveira Leite casou se em 1771 em Itú com José de Almeida Leme e de Mecia Leite de Oli-
Maria de Oliveira do Prado 1* de Feliz Antônio de veira. Tit. Godoys Cap. 2.o § 1.", 2-4, 3-3, 4-2.
Oliveira,' de Araçariguama, e de Domingas de Oliveira, 6-9 Capitão Pedro da Silveira Goulart, f.° de 5-1, casonse
Tit Alvarengas Cap. 3.° § 7.o. Teve q. d.: em 1786 em Itú com Maria Antonia de Oliveira f." de
7-1 Maria Francisca Leite casada em 1801 em Itú com Felix Antônio de' Oliveira e de Domingas de Oüveira.
com Antônio José Ordonho, de Porto Feliz, f de0 Tit. Alvarengas. Falleceu com testamento em 1806 em
Antônio Francisco Ordonho e de Isabel Nobre Pe- Itú. Teve (C. O. de Itú):
reira, n. p. de Antônio Corrêa Ordonho e de TJr- 7-1 Luciano José da Silveira casado em 1808 em Itú
sula de Siqueira. Tit Godoys Oap. 2.o § l.» D.» com sua parenta Maria Leite do Amaral t> do al-
2-1. 33. feres Raphael Leme de Oliveira e de Maria Leite
7-2 Feüx José da Silveira casado em 1808 em Itú con do Amaral. Tit. Alvarengas já citado. Teve q. d.:
Maria Francisca de Almeida, de Porto Feliz, f* do 8-1 Maria Joaquina da Silveira casada com seu
tenente Joaquim Antônio de Oliveira e de Francisca primo Theodoro José da Silveira n.° 8-1 de 7-3
Leite de Miranda. Tit. Alvarengas Cap. 3.o § 7.«. de 6-8 retro.
7-3 José Manoel da Silveira casado em 1808 em Iti
com Anna Leite do Amaral f> de Raphael Leme 7-2 Pedro da Silveira Leite casado em 1808 em Itú
de Oliveira e de Maria Leite do Amaral. Tit Al- com Anna Joaquina de Arruda f." do capitão An-
varengas Cap. 3.° § 7.°. Teve q. d.: tônio Manoel Rodrigues e de Maria Custodia de
8-1 Theodoro José da Silveira casado em 1825 ea Jesus, de Parnahiba, n. p. do tenente Antônio Ma-
Itú com Maria Joaquina da Silveira f.« de Ln- noel e de Rosa Rodrigues, de Parnahiba, n. m. de
ciano José da Silveira e de Maria Leite do Matheus de Arruda e de Maria Soares de Barros,
• Amaral n.° 7-1 de 6-9 adeante. de Araçariguama Tit. Arrudas.
74 Antonia Maria da Silveira casada em 1808 em Itú 7-3 Maria da Silveira Leite casada em 1806 em Itú
com Joaquim Ferreira Alves, de Mcgy-mirim,!.'^ com seu primo Pedro José da Silveira f.° de Joa-
Joio Ferreira e de Angela Ribeiro de Araújo, dei» quim da Silveira Leite n.° 6-10 adeante.
n. p. de Domingos Ferreira Alves, natural de G» 74 Domingas Maria da Silveira casou-se em 1808 em
maraes, e de Quiteria Pedroso de Aguirre. Tit B'- Itú com José Joaquim Rodrigues f.o do capitão An-
codos Cap. 1.° § l.o. , tônio Manoel Rodrigues e de Maria Custodia do
7-5 Joaquina Maria de Oliveira casada em 1812 em I" n.° 7-2 supra.
com sen primo Francisco Antônio de Oliveira, 7-5 Anna, falleceu solteira.
TIT. LEMES TIT. LEMES 219
To Manoela Maria de Oliveira casada em 1812 em Itú Garcia Paes e de Anna Moreira, n. m. de Serafim)
com sen parente Manoel da Silveira Leite f° de Corrêa Leme, de Itú, e de Maria de Freitas. Com
José da Silveira Leite e de Maria de Oliveira do geração em Tit. Almeidas Castanhos Cap. 2.» § 4.«.
Prado n.° 6-8 retro. 6-2 Anna Leite casada em 1771 em Sorocaba com Miguel
7-7 Joaquim da Silveira Leite casou-se em 1814 em Itú Antônio Raposo 1"." de Cornelio Rodrigues de Arzam
com sna parenta Justina da Silveira Leite _f. de a
e. de Maria Raposo da Silveira: Tit Arzam.
Bapnael da Silveira Leme e de Maria Leite do 6-3 Mecia Leite casada em 1780 em Sorocaba com
Amaral. Tit. Alvarengas.Cap. 3.° § 7.°.
7-S Antônio. José Raposo da Silveira, irmão do precedente.
7-9 José, fallecido na menoridade. 5-4 Potência Leite, f.a de 4-3, foi casada com João de Oli-
7-10 Justina da Silveira, ultima f.* do capitão n.° 6-9, ca- veira Falcam f.o de outro de igual nome e de Maria
sonse em 1828 em Itú com José Dias Ribeiro, viuvo Valente. Com geração em Tit Domingues.
de Gertrudes Dias Ferraz. Tit. Arrudas Cap. l.§°4.» 4-4 Roqne Leme, f.° de 3-2 de 2-4.
6-lOAlíeres Joaquim da Silveira Leite, f.° de 5-1, casou-se 4-5 João Baptista do Prado, f.° de 3-2, casou-se com Es-
em 1776 em Parnahiba com Anua Maria de Abreu í.* cholastiea. de Moraes Brito f.a do sargentomòr Manoel
de Antônio Bernardino de Sene e de Joanna Barbosa, de Moraes Siqueira e de Theresa de Brito. Tit. Mo-
por esta, neta de Gervasio de Amorim Dantas e de raes. Falleceu João Baptista em 1771 em Itú e teve
Maria dos Reis (ou Maria Paes de Mendonça) Tit. Frei- os 7 f.o* seguintes:
tas Cap. 4.° § 2.°. Teve q. d.: 5-1 Ignacio de Moraes e Siqueira casado 1° em 1763
7-1 Pedro José da Silveira casado em 1806 em Itú com com Maria Barbosa de Araújo f.» de Gervasio de
sua prima Maria da Silveira Leite n.° 7-3 de 6-9
supra. Amorim Dantas e de Maria Paes de'Mendonça (ou
Maria dos Reis, que é a mesma); 2." vez casou-se
7-2 Ignacio da Silveira Leite casado em 1824 na villa em 1766 na Cotia com Josepha Paes de Camargo.
de S. Carlos com Anna Cecília de Godoy f.» de f> de Francisco Xavier Paes e de Yictoriâ Paes
Francisco Barbosa de Godoy e de Gertrudes de de Camargo. Com geração no V. 1.° pag. 205.
Oliveira. Tit Raposos Góes, na descendência de Bar- 5-2Manoel de Moraes Leme, f.o de 4-2, casonse em
reto Leme. 1776 em Itú com Anna Maria Barbosa f.a de Luiz
7-3 Joaquim de Abreu casado em 1811 na villa de 8. da Silva de Cerqueira e de Maria Leite do Prado,
Carlos com Ursula Maria de Sousa f.a de José Vi- n. p. de Manoel Gonçalves de Sonsa e de Maria
cente de Sonsa e de Maria do Nascimento. Y. 1.» Barbosa, n. m. de Francisco Leite de Miranda, de
? pag- 155.' Pindamonhangaba. e de Maria do Prado. Teve q. d.:
5-2 João Leite da Silva Leme, f.° de Antonia Leme do 6-1 Bento Manoel de Moraes casado em 1806 em
Prado n.° 4-3, foi casado com Maria de Oliveira Itú com Francisca de Paula Arruda f.» de Ma-
Leme f.« de Francisco Leme de Alvarenga e de Boss noel Leme da Silva, de Itapetininga, e de An-
de Oliveira. Falleceu João Leite em 1774 em Itú e teve tonia de Arruda, n. p. de André José e de
geração descrípta em Alvarengas Gap. 3." § 7.°, 2-2. Gertrudes Ordonbo, n. m. de Antônio de Ar-
õ-3 Escholastiea Leite, f. de 4-3, casou-se em 1744, con
a
ruda Sá e de Francisca de Almeida Moraes. Tit
Felix Rodrigues Valente, de Sorocaba, f.o de Antônio Godoys Cap. 2.°.
Valente e de Antonia Rodrigues, viuvo de Izabel Má- 6-2 Anna Gertrudes casada em 1799 em Itú com
ria. Teve q. d..- seu parente Joaquim da Silveira Leite f.° de
6-1 Maria Leite casada em 1765 em Sorocaba com Fran- Guilherme da Silveira Leite e de Escholastiea
cisco de Godoy Moreira f.° de Pasclioal Moreira de Oliveira.
Paes e de Maria Corrêa Leme, n. p. de C&stor 5-3 João de Moraes casado com...
220 TIT. LEMES TIT. LEMES

5-4 Antônio de Moraes Navarro casou 1.° com Maria de Camargo f.» de Ignacio Bueno de Figueira e
Pereira Leme, f em 1788 em Itú, f.» de João Dias de Maria Pereira de Camargo, em Tit, Moraes
de Carvalho e de Maria Pereira; 2-» vez casou com Cap. 2.o § 5.°. Teve da J.» pelo seu inventario em
Maria Pires de Barros; sem geração desta, porem 1788 em Parnahiba: (C. 0. S. Paulo)
teve da I (C. O. Itú).
a
61 Manoel
6-1 Maria Joaquina de Moraes casada em 1796 eai 6-2 Maria de Jesus Moraes casada cora José Pires
Itú com Paulo Dias Ribeiro. Teve 3 O : de Campos.
7-1 Maria. 6-3 José.
7-2 Anna. 5-4 Catharina Gomes de Moraes casada com Bento Dias
7-3 Manoela. Furtado, de Santo Amaro, f.o de Ignacio Dias
6 2 Joaquim casou com Rita Joaquina de Camargo Furtado e de Teve q. d.:
e teve o í.°: 6-1 Joaquim Antônio de Moraes, de Araçarígnama,
7-1 Joaquim. casado em 1800 na Cotia com Maria Furquim
5-5 José de Moraes estava já casado em 1771 e era mo- Bueno f. de José Furquim César e de Ma-
n

rador no Ivaby. rianna Bueno de Camargo. Tit. Moraes Cap.


5-6 Maria de Moraes casada com Francisco Xavier Pires. 2.» § o.", 24, 3-3, 4-3.
5-7 Francisco de Moraes foi casado com Maria Cardoso 5-5 José.
f.f de José Luiz Moreira e de Maria de Almeida 5-6 Anna.
Lima, por esta, neta de João Portes de Almeida 5-7 Izabel.
e de Gertrudes Machado de Lima. Teve: 5-8 Roque Gomes de Moraes, ultimo f.° de 46.
61 Anna de Moraes que casou-se em 1790 Arari- 4-7 Anna Leme do Prado, ultima f.a de 3-2, casou-se em
taguaba com Antônio Joaquim da Silva, de Ifú, f.° 1717 em Parnahiba com Francisco de Oliveira Gago
de André Dias e de Joanna da Silva. f.« de Fiiippe fieque, natural de Aífemanfia, e de
4-6 Manoel Gomes de Escobar, f.° de 3-2, foi casado coíii Filippa Gago (>). Falleceu Anua Leme em 1772 em
Angela de Siqueira f.» do sargentomòr Manoel de Parnahiba, com 70 annos de idade e seu marido em
Moraes Siqueira e de Thereza de Brito. Tit. Moraes. 1755 na mesma villa com 83 annos. Teve (C. 0. S.
Teve os 8 f,°s seguintes: Paulo) os 9 f." seguintes:
s

5-1 André Gomes de Moraes casado l.o em 1773 em 51 Francisco de Oliveira Leme, fallecido em 1763 com
Santo Amaro com Agueda Moreira f.« de Salvador 40 annos, solteiro.
Dias Moreira e de Maria da Silva; 2." vez casado 5-2 Antonia de Oliveira, falleceu solteira em 1783 em
em 1791 na Cotia com Gertrudes da Rocha de Ca-
margo f. do capitão Pedro da Rocha de Sousa e
a Parnahiba com 42 annos.
de Benta Paes de Camargo. Com geração no t 5-3 Maria da Cruz, falleceu solteira em 1794 em Par-
l.o pag. 287. nahiba com 64 annos.
5-4 Maria do Prado foi casada com Francisco Coelho
5-2 Pedro Leme de Moraes casado em 1778 em Santo Machado.
Amaro com Anna Dias Moreira f." de Salvador 5-5 Anua de Oliveira
Dias do n.o precedente. Falleceu em 1778 e teve 5-6 Isabel de Oliveira
(C O. de 8. Paulo) o f.o único: 5-7 Josepha de Oliveira
6-1 Francisco. 5-8 Antônio de Oliveira
5-3 Mathias Leme de Moraes casado l.o em 1778 «* 5-9 João de Oliveira
Santo Amaro com Anna de Jesus f.» de João ( v-3 Francisco, í'.° de Jo&o âo Praào Leme B." 24.
reira Ribeiro e de Joanna de Jesus; 2.» vez ^ 1

1786 na Cotia com sua parenta Escholastiea B»* O Tit, Oliveiras.


222 TIT. LEMES
TIT. J.BHKS 223

3-4 João ão Prado Leme, f.° de 2-4, casou-se 1." em 1687 5-1 Ignacio
em Itú com Ignez Cabral f. de Matheus Corrêa Leme
a
5 2 Maria
e de Maria Mendes Cabral; 2." vez em 170õ em Itú 4-8 Paulo Leme de Anhaya casou-se em Itú com Escho-
com Messia Nunes de Siqueira, fallecida em 1760 em lastica Alvares Pimentel f.* de Manoel Alvares Pi-
Curitiba, f.a de Paulo de Anhaya Bicudo e de Ignez de mentel do n.o 4-6 supra Paulo Leme auseiiíon-se
Chaves. Tit. Almeidas Castanhos. Teve q. d. para Cuyabá deixando sua mulher em Itú onde fal-
Da 1.» mulher: leceu ella em 1762 sendo seu marido já fallecido
4-1 Anna Maria do Prado casada 1.° em 1716 em Itú 11'esfce anno. Teve (O. O. de Itú) 3 f.o»;
com Manoel Lopes Ferreira, natural de Braga, e 5-1 João Leme do Prado que casou-se com Genoveva
2.» vez em 1733 na mesma villa com João Pereira Leme, natural de S. João de El-Rei, viuva de
de Sousa f.° de João Pereira Themudo e de Maria Manoel de Brito Leme, f." de Francisco Leitão
de Sousa. de Andrade e de Marianna de Miranda. Tit.
4-2 João do Prado casado em 1719 em Itú com Isabel Alvarengas Cap. 5.° § l.o. 2-1, 3-5, 4-2. Teve
Ribeiro f.» de Jo&o Gago Ribeiro e de sua l.a mulher q. d.:
Margarida de Lima Tavares. Tit. Alvarengas. 6-1 Cecília Leme do Prado casada em 1787 em
4-3 José Leme do Prado que casou-se em 1725 em Itd Môgy-mirim com Manoel Vaz Pinto f.° de
com Maria de Frias f. de João de Frias Taveira e
a Francisco Vaz Pinto e de Maria Pires de
de Maria de Godoy. Esta Maria de Frias, viuva de Godoy, n. p. de Manoel Vaz Pinto e de
4-3, passou a 2.«» nupcias com João Franco da Rocha Joanna Barbosa Pimentel, em Tit. Tenorios;
f.o do capitão Bartholomeu da Rocha Pimentel. Vide n. m. de João de Miranda de Godoy e de
a geração dos 2 maridos em Tit. Godoys Cap. 1* Catharina Ribeiro de Siqueira. Tit Godoys
S 8.°, 2-4, 3 1 . Cap. 4.o § l.o, 2-6, 31.
4-3 redro Leme do Prado, habilitou-se de genere. 5-2 Appollonia Leme casada l.o em 1753 em Itú
4-5 Tinwtneo Leme do Prado que casou-se em 1727 em com Manoel de Quadros, fallecido n'essa villa
Itú com Ignez Dias de Alvarenga f.a de Antônio em 1762, f.° de Manoel de Quadros e de Ignez
João Ordonho e de Isabel de Proença Varella, a Pedroso; 2.* vez em 1764 na mesma villa com
qual Ignez Dias (chamada também Maria Dias, como Victorino de Almeida Rego f.° de José de Al-
se vê no assento de óbitos de Parnahiba) foi 1.» meida Naves e de Maria de Araújo. Tit Quadros
casada com Sebastião Leme. Vide a geração de Ti- e Tit. Arrudas Cap. I.° § 4.o, ahi a geração do
motheo Leme do Prado em Tit. Godoys Cap. 2.o §!.«.
Da 2.a mulher Messia Nunes teve (O.. O. de Curitybaj 2.o marido.
os 11 to» seguintes: 5-3 Maria de Godoy casada em 1754 em Itú com
4-6 Francisco Leme do Prado casado em 1728 em lia Custodio Antunes Cardia f.o de Manoel Antunes
com Francisca Cordeiro de Godoy f> de Manoel Al- Cardia e de Maria Yelloso. Tit. Almeidas Cas-
vares Pimentel e de Maria de Godoy; mudou-se para tanhos.
Goyaz onde morava em 1760 (anno do inventario 4-9 Rosa do Prado Leme, f.* de 34 e 2.a mulher, foi
de sua mãe). Em 1771 estava em Paracatú. Et i casada com Francisco Pereira de Sonsa, fallecido
Godoys Cap. J.° § 8.°, 2-6. em 1759 em Itú,f.° de João Pereira Themudoede
4-7 Ignez de Chaves que casou-se em 1725 em Itú coia j Maria de Sousa. Teve (C. O. de Itú) os 7 f> se-
Bento Rodrigues da Silva f.° de Manoel da Silva j guintes :
e de Escholastica Rodrigues. Falleceram nas min» ; 5-1 João de Sonsa do Prado com 27 annos em 1759.
de Onyabá para onde levaram um casal de t>,qK j 5-2 Francisco Pereira de Salles
em 1760 nao se sabia se eram vivos ou mortos, efora*J 5-3 Manoel Manco do Prado qne casonse em 1772
em Itú com Anna da Silva f.a de Antônio Martins
TIT. LEMES
6-6 Rosa do Prado, £* de 5-5, casou-se em 1799
da Cnnha e de Afaria Bicado, n. p. de Domingos na villa de Porto Feliz com Antônio Luiz
Martins Guedes, de Portugal, e de Antonia Fer- Moreira, vinvo de Francisca de Oliveira,
reira, de Santos, n. m. de Antônio de Chaves f.o de
da Silva e de Maria de Almeida. Foi morador
em Araritaguaba e teve.q. d.: 6-7 Antônio da Rocha Pitta casado em 1796 em
6-1 Anna Manco do Prado casada em 1791 em Araritaguaba com Maria Magdalena f.* de
Itú com Joaquim Leme de Brito f.° de João Raphaeí Alvares de Crasto e de Josepha
Leme de Brito e de Theresa de Jesus Bar- Leite de Camargo, mUuraes de Itú. Tit.
bosa, n. p. de Jacome de Brito Bocha e de Fernandes Povoadores.
Filippa da Assumpçao. Neste Tit. e Cap. 6-8 Theresa da Rocha Pitta casada em 1792 em
§ 9.°, 2-5, 8-1. Araritaguaba com Salvador Ribeiro Homem
4 João do Prado Leme. f.o de outro do mesmo nome e de Maria de
5 Anna Maria do Prado foi casada com Antônio Almeida Campos. Tit. Godoys. Com geração.
da Rocha Pitta, natural de Portugal, moradores 6-9 Manoel Manco do Prado casado em 1796
em Araritaguaba onde falleceu Antônio da Rocha em Araritaguaba com Maria Leme f.» de
em 1779, sendo inventariado em Itú. Teve {C. Francisco Xavier Monteiro e de sua mulher
O. de Itú). os 9 f. seguintes:
os
Maria Antonia. Tit. Fernandes Povoadores.
6-1 José Antônio da Rocha Pitta casado em Teve q. d.:
1793 em Araritaguaba com Gertrudes Maria
Carassa f.a de Gaspar Rodrigues Carassa e 7-1 Maria Joaquina casada em 1813 em
de Isabel Dias Aranha, n. p. de Panlo Ro- Porto Feliz com João Corrêa de Crasto /.«
drigues Marques. Tit. Garcias Velhos. Teve de Ignacio Xavier de Crasto e de Anna
q. d.: _ de Godoy Aranha, n. p. de José Luiz
7-1 Antônio Ramos da Rocha casado em de Lima e de Theresa de Jesus n. m.
1816 em Porto Feliz com Maria Ro- de João Corrêa de Camargo e de Maria
drigues de Almeida f.a de Joaquim Ro- de Godoy Aranha. Tit. Godoys.
drigues Navaes e de Gertrudes Pinheiro 7-2 Francisco Antônio da Rocha casado em
de Almeida, n. p. de Manoel Rodrigues 1820 em Porto Feliz com Maria Ger-
Navaes e de Anna da Silva Vieira n. m. trudes fa de Mathias João da Costa (ou
de Roque Pinheiro de Almeida e de Anna Monteiro) e de Anna de Miranda de
Maria de Almeida. Tit. Cunhas Gagos. Godoy, D. p. de Bernardo Rodrigues
6 2 Maria da Rocha Pitta, fallecida em 1830 em Monteiro e de Anna Maria de Jesus,
Porto Feliz com testamento, foi casada com n. m. de Antônio de Aguiar da Silva e
o capitão Miguel João de Castro f.° de de Maria Címssim. Tit. Siqueiras Men-
Christovam Corrêa e" de Rita Cubas. Com donças.
geração em Tit. Fernandes Povoadores.
6-3 Francisco
5
- 6 Isabel Nunes de Siqueira, f." de Rosa do Prado
6 4 Luiz no 4-9, foi casada com Antônio de Franca.
6-5 Rita da Rocha casada em 1784 na freguezia °"' Maria de Sousa, já fallecida em 1759, ultima
de Araritaguaba com Fiiippe Cardoso de f- de 4-9, foi casada com João Cabas Ferreira
a

Campos f.o de Francisco Cardoso de Campos 4-innf -e


*"•*•
d e i x o K 1

e de sua 2.a mulher Ignacia Pedroso. Com "«laria Leme de Siqueira, f.a de João do Prado
geração no V. l.o pag. 101. Leme n.o 3.4 2 A mulher, casou-se em 1731 em
e
-p" com Pedro Leme Barbosa; viuvo, f.o de Antônio
•Harbosa de Abreu e de Maria Leme; 2.» vez casou-se
15
era 1740 em Curitiba com o capitão Pedro Dias 4-11 José I/eme, com 40 e tantos annos em 1760, era
Cortes í.° de Guilherme Dias Cortes e de Maria solteiro e estava ausente nas minas de Cuyabá em
das Neves. Foi moradora em Curitiba e teve do logar incerto.
2.° marido o capitão Pedro Dias Cortes os 4 f.°« 4 12 João Leme de Siqueira. f.° de 3 4 e 2.« mulher,
seguintes: casoü-se em 1751 em Itú com Maria de Godoy
5-1 José Leme do Prado casado em 1765 em Curi- Pimentel f.a de Manoel Alvares Pimentel do n.° 4-6
tiba com Isabel Diniz de S. Paio f.a de João retro. Era vivo em 1760 e morador em Itú. Teve
Diniz Pinheiro e de Francisca Maciel de S. Paio. q. d..:
Tit. Prados. Teve q. d.: 5-1 Gertrudes Maria Leme casada em 1774 em
6-1 Francisco Leme do Prado casado em 1795 em Itú com Salvador Bicudo de Proença f.° de
Curitiba com Anna Maria do Espirito Santo.
6-2 Felicidade Perpetua do Céo casada em 1806 I João Bicudo de Proença e de Escholastica
em Curitiba com Manool Carlos f.° de lento - Alvares de Lima, n. p. de José Ribeiro da
Diniz e de Anna Maria. Tit. Prados. Costa e de Siraôa de Proença, n. m. de Igna-
5-2 Antônio José do Prado, f.o de 4-10, casou-se cio Alvares de Lima e de Francisca Cubas
em 1765 em Curitiba com A n n a Maciel de 8. Chassim. Tit Bicudos.
Paio f a de João Diniz Pinheiro do n.° 5-1 retro. 5-2 Maria Nunes casada em 1775 em Itú com
5 3 Margarida Leme de Santa Anna. casou-se em Francisco Xavier da Silva, viuvo de Maria
1767 em Curitiba com Braz Alvares Natel, da Fernandes. f.° de Manoel da Silva Leme e de
da Ilha de S. Sebastião, f:.° de João Lucas de Maria de Proença. Neste Tit. adeante.
Araújo e de Margarida Pires, n. p. de Nicoláu
Lucas Natel, de Itália, e de Barbara Maria, 4-13 Gertrudes Maria, natural de Itú, f.a de 3-4, casou
da Ilha de S. Sebastião, n. m. de João dos em 1744 em Curitiba com Manoel dos Santos Car-
Santos e de Anna Pires. Teve q. d.: doso, f.o de João Baptista de Oliveira, de Santos,
6-1 TJrsula Maria das Virgens casada em 1788 e de Catharina Dias, de Curitiba. Teve q. d.:
em Curitiba com Manoel João Domingues 5-1 João Baptista dos Santos casado em 1772 em
f.° de Simão João Domingues o de Maria Curitiba com Joanna Maciel de S. Paio f.* de
Marques. Manoel Martins Valença e de Maria de Araújo,
n. p. de Manoel Martins Valença e de Joanna
6-2 Joanna Rosa do Prado casada em 1791 em Maciel, de Paranaguá, n. m. de Francisco de
Curitiba com Pedro Teixeira da Cruz f.° Araújo Monteiro, natural de Ponte de Lima,
de Nazario Teixeira da Cruz e de Josepha e de Izabel Barbosa de Crasto, de Santos.
Alvares Pereira n. p. de Antônio Corrêa Teve q. d.:
da Cruz e de Izabel Teixeira, n. m. de
Manoel Pereira do Valle e de N ataria Al- 6-1 Francisca Baptista dos Santos casada em
vares de Araújo, 1788 em Curitiba com Manoel José Tei-
5 4 Maria do Nascimento, ultima f- de 4-10, ca-
a xeira f.° de Antônio José Teixeira, de
son-se em 1776 em Curitiba com José de Oli- Portugal, e de Maria Rodrigues Moreira.
veira de S. Paio f.o de Francisco de Siqueira 414 Gonçalo Leme da Cruz, f.o dè 3 4. era solteiro
Cortes e de Catharina Mendes Barbuda, n. »• com 35 annos em 1760.
de Luiz de Góes Sanches, de S. Paulo, e d) *-15 Anna Maria do Prado, natural de Itú f. de 3 4
a

Maria de Siqueira Cortes, n. m. de Grego» casou-se em 1744 em Curitiba com João Pires San-
Mendes Barbuda, do Algarve, e de Francisa tiago f ° de Manoel de Lima Pereira e de Lnzia-
Maciel de S- Paio, de Paranaguá. Martins das Neves. Teve q. d.:
5 1 Ignacio Pires de Lima casado em 1765 em Curi-
tiba com Clara Pereira Telles f.» de Agostinho
TIT. LEMES 229
TIT. LEMES
6-1 Antonia Maria casada em 1795 em Curitiba
de Andrade e de Gertrudes Pereira Telles. Tit. J com Silverio Antônio de Oliveira f." de
Prados. Teve q. d.: Marcos Antônio de Moura, de Portugal, e de
6-1 Anna Maria casada em 1793 em Curitiba ' Margarida Rodrigues de Oliveira, de Curiti-,
com Bento de Siqueira Cortes f.° de Pedro ' ba, n. m. de Antônio José de Oliveira Rosa,
de Siqueira Cortes e de Anna Gonçalves 1 de Portugal, e de Maria Rodrigues Pinto.
Coutinho, n. p. de Antônio de Siqueira Bar- 4-16Thomaz do Prado, ultimo f.o de João do Prado
roso e de Maria das Neves. n. m. de Manoel j Leme n.° 3-4 e 2.* mulher Messia Nunes, casou-se
Gonçalves Coutinho e de Paula Rodrigues ] era 1749 em Curitiba com Margarida Fernandes f.a
de França. de João Martins Leme e de Catharina Rodrigues
6-2 Ignacio de Lima Pereira casado 1.° em VKS 1 Pinto. Tit. Bonilhas. Falleceu em 1770 em Curitiba
em Curitiba com Joanna Maria f.a de Manoel \ com 40 annos de idade.
de Avellar, da Ilha de Santa Catharina, e 2-5 Timotheo Leme do Prado, f ° do capitão Pedro Leme do
de Anna Barbosa, n. p. de Balthazar Soam ] Prado § 4.°, casou-se em 1673 em Parnahiba com Luiza
Lonzada, de Lisboa, e de Isabel Rodiigues \ (ou Luzia) de Mendonça, fallecida em 1680 f. de João
a

de Mira, do Rio de Janeiro, n. m. de Fran- 1 Gonçalves de Aguiar e de Luzia de Mendonça. Teve


cisco de Araújo Monteiro, de Ponte de Lima, (C. O. de S. Paulo) 4 f.os :

e de Isabel Barbosa de Crasto, de Santos; ; 31 Pedro


• 2.» vez casou-se o n.° 6-2 em 1795 em Curi-
tiba com Anna Ferreira de Jesus f.a de 32 João Gonçalves Leme casado em 1695 em Itú cora
Lourenço Alvares de Sá, de Portugal, e de Ignez Corrêa, natural de Parnahiba.
Maria Rodrigues Ferreira, n. m. de Manoel 3-3 Maria Leme que casou-se em 1690 em Parnahiba
Ferreira de Sousa, de Portugal, e de Maria cora Domingos Silverio Machado f.° de Domingos
Rodrigues Pinto. Machado Jacome e de Margarida de Oliveira. Tit.
6-3 Maria Leme de Jesus casada em 1800 em Macieis.
Curitiba com o alferes Francisco Thomu 34 Luzia de Mendonça casou-se em 1690 em Parnahiba
Cardoso f.o do capitão José Gabriel Leitão com Antônio Castanho da Silva f.° de Luiz Castanho
e de Theresa Alvares de Jesus. de Almeida e de Isabel de Lara- Com geração em
5-2 Messia Maria Angélica, f.» de 4-15, casou-se em Tit. Laras.
1774 em Curitiba com Salvador Nunes de Aguiar 2-6 Maria Leme, f.a do § 4.°, foi casada com o capitão
f.° de Manoel de Siqueira % de Domingas Dias de Francisco Coelho da Cruz, natural de Vianna, fallecido
Meira, n. p. de Miguel de Góes e de Isabel4» em 1660 na fazenda chamada Juquery do termo de Par-
Silva (os 2 de Curitiba), n. m. de Antônio Alvares nahiba, f.o de Domingos Gonçalves, natural de Vianna
de Oliveira e de Maria de Meira, deltanhaei- —Portugal. Falleceu sem geração.
5-3 José Pires de Lima casado em 1787 em Cari- ?-7 Maria do Prado, f.» do § 4.°, foi casada com Lucas
tiba com Francisca Mendes de S. Paio f.* *
Manoel Martins Valença e de Maria de Arauj*. Fernandes de Mattos, natural de Vianna, fallecido em
5-4 João Pires de Lima casado em 1794 em Curi- 1707 em Jundiahy (C. O. de Jundiahy), í." de Antônio
tiba com Rozalia Soares f d e Manoel Maa* Fernandes de Mattos e de Maria de Siqueira. Teve
de Avellar, da Ilha de Santa Catharina, e * pelo inventario de Lucas Fernandes os I I f.os seguintes:
Anna Barbosa de Castro. Vide avós no n.° 6* 3-1 Capitão Pedro Leme do Prado casado com Francisca
de 5-1 retro. u de Siqueira Baruel, viuva de Jacintho de Gusmão.
ó-b Manoel de Lima Pereira. f.° de 4-15, foi casa* t* de Manoel Rodrigues de Moraes e de Francisca
com Anna Maria t> d e . . . Teve q. d.: de Siqueira Baruel. Tit. Moraes. Teve f.* única-.
41 Maria Leme
TIT. LBMB8
I . LEMK8 231
Portugal, f.° de Francisco Lopes e de Catharina
3-2 Lucas Fernandes de Mattos (o moço) da Costa. Falleceu Paschoa Leme em 1745 em
3-3 Joào Fernandes de Mattos Jundiahy, e teve (C. O. Jundiahy) os 7 seguintes f>:
3-4 Matheus Leme do Prado 4-1 Josepha da Costa Leme
3-5 Marcos Fernandes de Mattos que. casou-se com Isabel 4-2 Leonor Leme da Costa
Dias Rodrigues, fallecida em 1745 em Jundíahy.
Teve (O. O. de Jundiahy): 4-3 Ignacio Xavier Leme
4-1 Lucas Fernandes de Mattos casado com Maria 4-4 Antônio da Costa Leme
Pinheiro f. de Lázaro Gil e de Margarida de
a 4-5 Francisco Leme de Mattos
Almeida. Teve q. d.: 4-6 Maria Leme do Prado
5-1 Margarida de Almeida casada era 1766 em 4-7 Lucas Fernandes de Mattos
Mogy-guassú com Francisco Cordeiro de Oli- 4-1 Josepha da Costa Leme, f. de 3-8 supra, casoo se em
a

veira f.° de Salvador Cordeiro e de Josepha 1733 (C. Ec. de S. Paulo) com Miguel Alvares dos
do Prado, n- p. de Gaspar Cardoso e de Santos f.° de Manoel André Alvares e de Ignacia dos
Catharina das Neves. Teve q. d..- Santos Silva, de Portugal. Foi Miguel Álvares dos
6-1 Sebastião Fernandes de Almeida casado Santos pessoa de grande respeito em Jundiahy, onde
em 1794 em Mogy-mirim com Maria de occupou o cargo de capitao-mór, e falleceu em 1771
Jesns. n'essa villa. Teve (C. O. Jundiahy) 6 f.w:
5-2 Maria Pinheiro casada com Segismundo de 51 Licenciado José Alvares dos Santos com 34 annos
Sousa Cordeiro f.° de João da Costa Gon- em 1771, hábil, de genere.
çalves, de Portugal, foram paes de: 5-2 Maria Francisca
6-1 José de Sousa Gonçalves casado em 5-3 Anna Leme
1775 em Mogy-guassò com Anna Maria
f> de Manoel Gonçalves, natural de 5 4 Raymundo Alvares dos Santos Prado, capitão de
Pflltagal, e de Maria de Borba, por esta, cavallaria, foi sargentomòr em Jundiahy, efalleceu
neta de A maio de Borba e de Isabel... em 1843 na villa de S. Carlos (Campinas); foi ca-
de Moraes. sado com Catharina Maria de Lacerda, fallecida em
5-3 Anastácio Leme casado com Maria de Sonsa 1800 na mesma villa, f." do licenciado Manoel Ferro
f . de Bento de Moraes da Fonseca e de
tt
Corrêa e de Antonia Corrêa de Lacerda, n. p. de
Maria de Sousa, foram paes de: Neste! Perro, de Portugal (irmão de um bispo de
6-1 Maria de Sousa Leme casada em 1789 Gôa) e de Maria Andreza, do Algarve; n. m. do
em Mogy-mirim com Domingos da Bocha. capitão André Corrêa de Lacerda e de Maria de
Barbosa f.° de Domingos Pires e de Siqueira Cardoso, de Mogy das Cruzes. Tit. Cunhas
Anna do Prado de Quebedos. Gagos. Teve (C. O. de Campinas) os 6 í." seguintes:
1
4-2 Pedro Leme do Prado casou-se em 1743 (C.Ec 6-1 Joaquim José dos Santos Prado fallecido em
de S. Panlo) com Rosa da Veiga do Prado V
de Salvador Varoja e de Antonia Ribeiro.. Goyaz. Sem geração.
4-3 Miguel Dias Rodrigues. 6-2 Maria, fallecida solteira
4-4 Gaspar Fernandes Leme 6-3 Gertrudes, fallecida solteira
4-5 Domingos 6 4 Anna Antonia de Lacerda casada com Luiz
3-6 Manoel Fernandes de Mattos f.° de 2-7 Manoel de Quadros Aranha. Teve:
3-7 Maria do Prado , ,,„ 7-1 Tenente Francisco de Paula Aranha casado
em 1827 em Santos com Maria Cherobiaa
3-8 Paachoa Leme do Prado, f.* de 2-7, foi c m » «g de Lima f> de Joaquim Nunes do Carmo
, VcajHt&itár Antônio da Costa Reis, nauu*"» e de Antonia de Lima,
TIT. LEMES
TIT. LEMES
8-5 e 8-6 fallecidas em menoridade.
6-5 Porta • estandarte José Joaquim dos Santo» 7-3 Francisco de Assis Pinheiro e Prado, já f, foi
Prado que casou-se em 1801 era S. Paulo com casado em Santo Amaro com Anna Luiza
Anna Francisca Xavier Pinheiro f. ae Fran-
a
de Mattos f (da família Mattos folies).
cisco Xavier Pinheiro e de Ignacia Mana da Teve;
Soledade. Tit. Siqueiras Mendonças. Teve por 8-1 Cândida Pinheiro e Prado, solteira
informações: sÊÈ
7 1 Cherubina Araalia Pinheiro e Prado casada 8-2 Belarmina Pinheiro e Prado, solteira.
com Joaquim Antônio Alves Alvim f.° do 8-3 Carolina Pinheiro e Prado, solteira
guarda-mór Manoel Alves Alvim e de Ca- 84 Francisco Xavier Pinheiro e Prado, sol-
tharina Angélica da Purificação Taques. teiro
N'este Tit. Cap. 5.° § 5." adeante. Com 8-5 Joaquim Antônio Pinheiro e Prado foi
geração. casado com... Tere:
7-2 Capitão Joaquim Gustavo Pinheiro e Prado 9-1 Anna Francisca Pinheiro e Prado,
vive n'este anno de 1903 em S. Paulo, solteira.
viuvo de Theresa Calheiros f.» de Francisco 9-2 Joaquina Pinheiro e Prado, solteira
de Assis Calheiros. Tem os seguintes filhos
(por informações): 9-3 Brazilina Pinheiro Lins, já f. foi ca-
8-1 Cherubina Prado Gomide casada com sada com o dr. Edmundo Pereira
o dr. Gabriel Gomide f.° do f conse- Lins, natural de Minas Geraes. Com
lheiro, desembargador, dr. Antônio Gon- geração.
çalves Gomide, que foi presidente da 9-4 Francisco Eugênio Pinheiro e Prado
relação de Cuyabá. Com geração. solteiro.
8-2 Anna Prado de Barros casada com o 8-6 Conselheiro dr. Américo Vespucio Pj.
capitão José Leite de Barros, de Santa nlieiro e Prado, desembargador aposen-
Crnz das Palmeiras, f.° de João Baptista tado da relação de S. Paulo, casou em
de Barros Leite. Com geração. Santos com Cândida Xavier, já f, f.»
8-3 Dr. José Joaquim dos Santos Prado, do dr. Firmino Xavier e de... Tem:
formado em direito, foi l.o casado cora 9-1 Elisa Pinheiro e Prado, solteira.
Anna Eugenia Nogueira do Pradof.» de 9 2 Maríetta- Pinheiro e Prado, solteira
Francisco Antônio Nogueira (fazendeiro 9-3 Dr. Américo Xavier Pinheiro e
em Santa Branca) e de Etelvina de Si- Prado, advogado em S. Panlo, sol-
queira, esta irma do dr. Virgílio de Si- teiro.
queira Cardoso, ministro do tribunal de
justiça de S. Paulo; 2. vez está casado
ft 94 Dr. Arthur Xavier Pinheiro e Prado,
com Hortencia Leonel Prado f.» do te- 2.° delegado auxiliar em 1903 em
nente-coronel Oesario Leonel Feirara S. Panlo, solteiro.
e de Maria Brizolla Leonel. Com l" 8-7 Ernesto Pinheiro e Prado, já f,foica-
menores da 2.". sado com Antonietta f." de' Hyppolito
84 Ambrozina P. Marcondes casada com Soares de Sousa. Sem geração.
o capitão José César Marcondes de 8-8 Outros fallecidos sem geração.
Brito f.o de José Marcondes de Bolo 6-6 Alferes Raymundo Alvares dos Santos Prado
e de Anna Jacintha César de Brito, Leme casou em 1818 na villa de S. Carlos com
natoraes de Píndamonbangaba. Maria Miqueífna de Camargo t* do alferes
Miguel .Ribeiro de Camargo e de Cherubina
Rosa de Azevedo e Castro. Teve:
TIT. I.BMK8
Trr. IXUKB

7-1 Capitão Raymando Alvares dos Santos Prado quím José Rodrigues, dos Guarulhos, f.° do capitão
Leme casado com Joaquina franco de An- Antônio Rodrigues Fortes e de Rosa Francisca
drade. Tit. Cubas. Pedroso.
7-2 Catharina Amalía casada com Jo&o Augusto 5-5 Angela Maria de Jesns era viuva em 1782.
dos Santos Camargo. 6-6 Theresa Maria, solteira em 1782
7-3 Diogo Benedicto dos Santos Prado casado 67 Custodia Maria
com Francisca de Toledo Lima. Sem geração. 5-8 Maria de Moraes, já fallecida em 1782, foi casada
7-4 Padre Januário Máximo Ribeiro de Castro.. com Jo&o Martins de Queiroz e teve f." único:
6-5 Miguel Alvares dos Santos Costa, f.° de 4-1. 61 Jo&o.
5-6 Ignacia 4 6* Maria Leme do Prado, f> de 38, foi casada com o
5-7 Manoel I . „ . , capitao-mór de Jundiahy, José Dias Ferreira, natural
5 8 Antônio falecidos em menondade de Portugal. Falleceu Maria Leme do Prado em 1789'
4-2 Leonor Leme da Costa, í> de Paschoa Leme n.o 3-8, com testamento e teve os 11 f.os seguintes:
foi casada com o capitao-mór Antônio de Moraes Pe- 5-1 Rosa Dias Ferreira fallecida em 1826 no estado
droso f.o do sargento-mór Antônio de Moraes Siqueira, de vinva de Antônio de Abreu Magalhães, tendo
este fallecido em 1737 em Jundiahy, e de sua mulher sido 1.° casada com o capitão Antônio Leitão de
Maria Leme de Brito. Com geração em Tit. Moraes. Abreu f.° de outro do mesmo nome e-de Leonor
4-3 Ignacio Xavier Leme casou-se em 1753 em S. Paulo
com Anna Moreira da Silva f.a de Ignacio Xavier Marques, de Portugal. Teve pelo seu inventario;
César e de Escholastica da Silva Bueno. Tit. Garcias Do l.o marido capitão Antônio Leitão 2 f.«*:
Velhos. 6-1 Maria Francisca casada com Theodoro Antônio
4-4 Antônio da Costa Leme foi l.o casado com Marianna 6-2 Rosa casada com o tenente Francisco Xavier
Bueno de Camargo f.a de . . ; e 2.» vez em 1771 em Vaz
Parnahiba com Anna Pires do Prado, viuva de Braz Do 2.° marido Antônio de Abreu Magalhães teve
Leme. Tit Penteados. f a única:
4-5 Francisco Leme de Mattos, f-° de 3-8, fallecido em 6-3 Antonia Maria de Abreu, já fallecida em 1826,
1763 em Jundiahy, foi casado com Maria de Moraes que foi casada com o tenente Manoel José Ti-
Leme Pedroso fallecida em 1783 (estando casada 2.* vares, e teve f." único:
vez com Manoel Leitão Villas-Boas) f.a do sargento- 7-1 Manoel José Tavares
mór Antônio de Moraes Siqueira e 2." mulher Maria ú-2 Maria Leme Ferreira, f> de 4$ supra, fallecida
Leme de Brito. Tit. Moraes. Teve (C. O. Juudiahy) em 1801, foi casada com o capitltomór ilartinho
as 8 £ás :
da Silva Prado f.o do sargento-mór Antônio da
5-1 Joanna Maria de Brito, viuva em 1782. Silva Prado, natural de Portugal, e de Francisca
5-2 Anna Leme de Moraes que em 1763 tirou prori- de Siqueira ds Moraes, por esta, neto do sargento-
são (C. Ec. de S. Paulo) para casar-se com José mór Antônio de Moraes Siqueira e de sua La mu-
Nanes de Siqueira f." de Vicente Nunes de Siqueira lher Maria Ribeiro de Faria Com geração em Tit
e de Mecia Ribeiro Cardoso; porém, no inventario Moraes. São ascendentes da famiJis Silva Prado,
de sua mãe em 1782 estava casada com Domingos de S, Paulo
Fernandes de Andrade. 6-3 Rita Dias Ferreira, f." de 4-6, foi casada con Ma-
5-3 Escholastica Leme de Moraes casada com Marcello noel Francisco de Aranjo. Teve q. d.:
Corrêa de Oliveira. 6-1 Atina, legataria no testamento de sua tia o. 53.
0

6 4 Antonia Francisca de Moraes, viuva em 1782, tiro* 54 José Dias Ferreira falleceu solteiro.
provisão em 1770 para casar-se com o alferes Joa* 5-5 Antonia Leme Ferreira casou-se em 1763 em S.
Paulo com o capitão Raymando dos Santos Prado
f.o do sargento-mór Antônio da Silva Prado e de 5-11 Gerfrndes Maria Ferreira, ultima f.« do capitâo-
Francisca dê Siqueira de Moraes. Tit. Moraes. mór José Dias Ferreira e de Maria Leme do Prado
õ-6 Sargento-roór Domingos Dias Leme casou-se em n.° 4-6, casou-se com Luiz Castanho de Moraes Leite
1767 em Sorocaba com Izabel de Lara e Moraes, f.° de Luiz Castanho de Almeida e de Francisca
fallecida em 1792 (C. Cv Jundiahy), f.a de Luiz Soares de Araújo. Com geração em Tit. Laras.
Castanho de Almeida e de Francisca Soares de 4.7 Lucas Fernandes de Mattos, ultimo f.° de 3-8.
Araújo, n. p. de José de Almeida Lara e de Ma-
rianna de Siqueira Moraes, n. m. do capitão Do- 3-9 Isabel de Siqueira, f.a de Lucas Fernandes de Mattos
mingos Soares Paes, de Curitiba e de Maria Leite e de Maria do Prado, n.° 2-7, foi casada com Paschoal
da Silva. Tit. Laras, e Tit. Carrascos. Teve pelo de Louvêra da Costa f.° de João de Louvêra da
seu inventario em 1788 em Jundiahy: Costa e de Catharina d'Horta. V. 1." pag. 80.
6-1 Anna Dias Ferreira casada com Domingos Pi- 3-10 Anna Fernandes Leme.
nheiro de Oliveira. 3-11 Francisca Pinto de Siqueira, ultima f.» de Maria
6-2 Maria Leme casada com José de Castro Pereira do Prado n.° 2-7, casou-se em 1708 com Custodio
f.° de outro de igual nome e de Verônica de Jesus. Malio de Siqueira, viuvo de Joanna Leme do Prado,
6-3 Fraucisca Soares de Araújo casada com o ca. f.o de Francisco de Sousa e de Victoria Pinto, de
-pitào Vicente de Sampaio Góes f.° de José de Santos. Teve q. d.:
Sampaio Góes e de Anna Ferraz. Com 11 f.« s

em Tit. Arrudas. 4-1 Maria Leme do Prado casada com Salvador Cor-
64 Joaquim dos Santos Reis, de Jundiahy, casou-se deiro do Amaral f.o de Raphael Cordeiro de Al-
em 1789 em Itú com Maria de Arruda f.a de mada e de Catharina do Amaral, 0. p. de Do-
Francisco Xavier Ferraz e dn Maria Bicudo. mingos Cordeiro Paiva e de Snzana de Almada,
Tit. Arrudas Cap. l.° § 4.°, 2-1, 3-3. n. m. de Luiz do Amaral e de Catharina de
6-5 Isabel com 15 annos 1792. Candia. Tit. Cordeiros Paivas; abi a geração.
6-6 José 4-2 Jannaria de Siqueira, casou-se em 1764 em
Atibaia com Antônio Paes das Neves f.° de outro
tl L u í ^ }wiea"*« ™ menoridade do mesmo nome e de Joanna do Prado, n. p.
õ-7 Tenente Joaquim Dias Ferreira, f.° de 4-6 e do ca- de João das Neves Pires e de Mecia Ribeiro,
pitâo-mór José Dias Ferreira, falleceu solteiro em n'esie V. á pag. 146.
1790 em Jundiahy (C. O. de Jundiahy). 4-3 Anna Leme do Prado casou-se em 1749 em
5-8 Anua Leme Ferreira, f com testamento em 1809 em Atibaia com João Paes das Neves, irmão de An-
Jundiahy, foi casada com o capitao-mór Antônio de tônio Paes do precedente. Com geração neste
Siqueira e Moraes f.° de João de Siqueira deAIvarea- V. pag. 142.
ga e de Francisca de Siqueira de Moraes, esta viuva 44 Victoria Pinto de Siqueira, fallecida em 1743,
w sargento-mòr Antônio da Silva Prado do n.o5-2de foi casada com Manoel Cordeiro do Amaral,
4-6 retro. Vide Tit. Alvarengas Cap. 5." e a gera- irmão de Salvador Cordeiro do n.o 4-1 supra,
ção em Tit. Moraes Cap. 2.° § l.o. 2-1. 3-2,4-7. Com geração em Tit. Cordeiros Paivas.
5-9 Gertrudes, f> de 4-6, falleceu em menoridade. 8 Maria da Estrella, f.» do capitão Pedro Leme do Prado
510 Antônio Dias do Prado casou-se em 1772 em Par- § 4.0, foi casada I.° com Manoel Ferreira de Lemos, e
nabíbs com Maria do Monte Carmelo f.a de Manoel 2.» vez com o capitão-mór Pedro de Oliveira Cordeiro,
Pernaade* Souto e de Antonia da Fonseca dos fallecido em 1733 em Jundiahy. Teve q. d. do l.o
Santo», em Tit. Oliveiras, Cap. õ.» § 1.°, 2-9,34, marido:
' ", b&, 6-í, 7-2.
3-1 Pedro Leme Ferreira, fallecido em 1757 em Parna-
hiba, casou-se em 1699 nessa villa «ao Isabel de
TIT. LEMES
Leite de Oliveira. Tit. Godoys Cap. 2.o
Lara, fallecida em 1725 em Araçariguama, f.» de Vi-
cente Gonçalves de Aguiar e de Catharina de Al- -
meida. Teve pelo inventario (C. O. de S. Paulo) os
t l . o j á citado,
ntonio Leite de Oliveira casado em 1805
em Porto Feliz com Anna Rosa f.»de An-
seguintes f. :
os
tônio de Almeida, de Lisboa, e de Maria
4-1 Josepha de Almeida Lara estava casada com Victoría, natural de Cuyabá, por esta,
Izidoro Pinto de Godoy. neta de Luiz de Araújo Kilgueira. (ou
4-2 Escholastica de Jesus de Almeida casada 1.» Coura) e de Luzia Pedroso.
com João Rodrigues Lago, e 2 . vez com Se-
a
Do 2.o marido Sebastião de Oliveira teve:
bastião de Oliveira. Teve: 5-2 Felix Antônio de Oliveira, natnrai de Ara-
Do I marido f.° único:
o
çariguama, casou-se com Domingas Maria
5-1 Joaquim Rodrigues Lago casado em 1767 de Oliveira f.a de Francisco Leme de Al-
em Itú com Maria Leite de Oliveira f.» de varenga. Com geração em Tit. Alvarengas
João Leite da Silva Leme e de Maria Leme. . Cap. 3.o § 7.o.
N'este Tit. e em Tit. Alvarengas. Cap. 3." § 4-3 Maria de Lara, f> de Pedro Leme Ferreira n.° 3-1,
7.°. Teve q. d.: casou-se em 1737 com José Pedroso Vieira, de
6-1 Manoel Joaquim do Lago casado com Santos, f.° de João Baptista Pedroso e de Maria
Maria Custodia de Almeida f.a de Sal- Alvares de Abreu. N'este Tit. Cap. 3.° § 6.°,
vador de Almeida Leme e de Anna Leite 2-6, 3-3. Ahi a geração.
de Oliveira; era Tit. Godoys Cap. 2 o § 4-4 Ignacia de Jesus casada com Manoel Pereira
l.o, 2-4, 3-3, 4-3; foram paes de: de Lemos. Teve:
7-1 Manoel Joaquim de Almeida Lago 5 1 Manoel Pereira de Lemos
casado em 1830 era Parnahiba com 5 2 . . . casada com Miguel Martins de Oliveira.
Antonia Rita de Arruda f.° de João 4-5 Gertrudes de Jesus de Almeida casada em 1737
Evangelista da Silva e de Maria
Rita Pedroso de Arruda, n. p de com Antônio de Almeida Velho, natural de Par-
Ignacio Paes de Siqueira e de Ger- nahiba, e que depois foi morador em Mogy-mirim,
trudes Maria da Silva, n. m. do te- f.° de José Velho Moreira e de Turitua de Al-
nente Antônio Manoel da Rocha meida Naves. Com geração em Tit Godoys Cap.
Leite e. de Maria de Arruda. . 2.o § l.o n.° 2-4, 3-3.
6-2 Maria Francisca de Jesus casada em 4-6 Francisco Leme, ultimo f.° de Pedro Leme Fer-
1799 em Itú com José Rodrigues Ca- reira n.° 3-1, falleceu sem geração.
rassa f.o de Gaspar Rodrigues Carassa Do 2." casamento com capitão mor Pedro de Oliveira
e de Isabel Dias Aranha, n p. de Paulo Cordeiro, teve Maria da Estrella n.° 2-8 retro os 5
Marques e de Theresa Affonso Vidal. f.os seguintes:
6-3 Angela Maria, f.a de 5-1, casou-se em 3 2 Pedro
1803 em Itú com Luiz Antônio de Godoy, 3-3 Maria da Estrella
de Porto Feliz, f.° de Balthazar Velho 3-4 Maria Cordeiro
de Godoy e de. Anna Maria Pires. 3-5 Rosa
6-4 Ignacio Leite dos Santos casado em 1803 3-6 Salvador de Oliveira Leme, fallecido com testamento
em Itú com sua paventa Maria Custodia em 1797, casou se em 1745 com Rita da Silva da
de Almeida, viuva de 6-1 supra, f* do Conceição f.» do sargento-mór Antônio da Silva Prado
Salvador de Almeida Leme e de Anna
e de Francisca de Siqueira de Moraes. Tit Moraes.
Sem geração.
240 TIT. LEMES

2-9 Helena do Prado, f> do § 4 . ° , foi 1.° casada com An- I acçao de valor e fidelidade que praticou na campanha
tonio Corrêa Ribeiro, fallecido em 1684 em'Itú, f.° de e sertão da Vaccaria. no successo seguinte.
Serafino Corrêa Ribeiro e de Isabel de Anhaya, com Costumavam os antigos paulistas, ainda antes de ser
geração em Tit. Almeidas Castanhos; segunda vez fundada a cidade do Paraguay, penetrar os sertões in-
casou-se em 1686 em Itú com João Corrêa f.° de Matheus
Corrêa Leme e de Maria Mendes Cabral. Tit. Alva- cultos com interesse de reduzir on conquistar os indios
rengas Cap. 3.° § 10.°, 2-5. de diversas nações, par» qne. aproveitando-se estes da
2-10 Anna Maria Leme, ultima f.° do § 4.o, casou-se em 1674 felicidade do sagrado baptismo,ficassemdepois servindo
em Parnahiba com Diogo de Lara e Moraes f.° de Luiz com o caracter de administrados aos sens conquistadores,
Castanho de Almeida e de Isabel de, Lara. Com geração á cujos descendentes passava esta administração, qne
em Tit. Laras. se praticou sempre em todo o Estado do Brazít até
prohibír-se pelos annos próximos de 1752.
§ 5.o Dns se entranhavam aos sertões dos Goyazes até o rio
1-5 Capitão Domingos Leme da Silva, f.° do Cap. l.°, casou-se das Amazonas no Estado do Pará; outros aos da costa
a 1.» vez em 1630 em S. Paulo com Francisca Cardoso, do mar desde o rio dos Patos até o rio da Prata, eu-
que falleceu em 1678 com testamento, f. de Antônio
a
tranhando-se pelo centro até o rio Uruguãy e Tibagy;
Lourenço e de Isabel Cardoso, no V. l.° pag. 177; segunda e subindo pelo Paraguay até o Paraná onde deságua
vez casou-se em 1679 em Sorocaba com Maria de Abreu o rio Tietê ou Anhemby. Atravessaram muitas vezes
f.a de Manoel Bezarano e de Potência de Abreu. Tit, o sertão vastíssimo alem do rio do Paraguay, e, cor-
Fernandes Povoadores. Falleceu o capitão Domingos tando a sua cordilheira, se achavam no reino doPerú.
Leme da Silva era 1684 em Sorocaba e teve (C. 0. de Debaixo do comutando de Pedro Domingues ou Braz
Sorocaba): "Mendes (i), capitão-mór do seu troço, natural de Soro-
Da 1.» mulher 9 f.os caba, saliitt Pedro Leme da Silva qne era destemido e
:

2-1 Capitão Pedro Leme da Silva grande soldado de arcabuz e capaz para qualquer facção
2-2 Francisco Leme da Silva J s § de temeridade, quanto mais de valor. Postou o corpo
2-3 Domingos Leme da Silva da tropa nas campanhas da Vaccaria, cujo sitio fica
24 Antônio Leme da Silva acima da cidade de Assnmpção do Paraguay muitas
2-5 José Leme léguas. Formaram um arraial, sendo as tendas da cam-
2-6 . . . . já fallecido em 1684 panha casas construídas de madeira, cobertas de palha,
2-7 Isabel Cardoso a que no Brazil chamam ranchos. Aproveitava-se a
2-8 Maria Leme da Silva gente deste corpo da abundância dos gados qne inutil-
2-9 Helena do Prado mente multiplicam nestas campanhas sem haver algum
Da 2.» mulher 2 f o s senhor possuidor de tanta grandeza, que não só é dos
:
gados vaccuns; mas também dos animaes cavallares.
2-10 Domingos Leme da Silva Este sertão discorre acima do sitio nosso de Camapuã,
2-11 . . . . j á fallecido em 1684 onde ha varadourb que navegam a demandar as minas
2-1 Capitão Pedro Leme da Silva (o torto) foi morador da vília real de Cuybá e villa Bella do Matto Grosso;
em Itú onde falleceu em 1717. Torto e coxo, foi, entre- porque do dito Camapuã seguem diversas vertentes para
tanto, um soldado destemido nas innumeras bandeiras o Cuyabá, e este sertão ó habitado por gentio Gnaivnrú.
qne em sen tempo fizeram eutrada até os sertões lon- Vulgarmente chamado cavalleiro, por andarem sempre
gínquos de Matto Grosso, a conquistarem indios bravios.
A seu respeito escreveu Pedro Taques o que segue:
«Este paulista soube desempenhar os nobres espíritos 'miíVníí' r? -
6 tes
' t Domingues Cap. 1.*. Eram o «trgtnto-
a o m e t e m T

do sangue que lhe adornava as vèas como mostra a K.I„_ S "«""nguea J'aes e o capitão mor lime Domingo*» Paes,
BMUME, do 8. Paulo, e moradores em Sorocaba.
242 TIT. Mares TIT. LEMES 243

á cavallo, e é gente por natureza Delituosa e briosa mór por si com seus officiaes e soldados nm termo
cora grande ardor e valor para a guerra. Neste sertão, deste reconhecimento. Para este effeito trazia já o
pois, se adiava a tropa, como em arraial, esperando mon- mestre de campo lavrado um termo em folha de papel,
ção para seguir o destino a que a conduzira o interesse, de que logo o apresentou para o determinado fim de ser
conquistar gentios, quando appareceu ura mestre de assignado. Sem a menor repugnância pegou na penna
campo castelhano, da província do Paraguay com seu o simples e material capitão-mór e, assignando-se, foram
troço de cavallaria até trezentos soldados. Com cortez fazendo o mesmo outras pessoas que chegaram ao nu-
urbanidade e occulta política comprimentou aos paulistas, mero de cinco, quando repentinamente enfurecido Pedro
presenteando ao capitão-mór da tropa com a excellente Leme pelo accordo que lhe ministrara o discurso, o
herva chamada Congonha, por ser a da villa de Cura- valor e a fidelidade, pegou na sua arma de fogo, e
roatim a mais mimosa, que no gosto e seus effeitos levantando-lhe as mollas, rompeu brioso nestas palavras,
excede a das outras partes daquelles continentes. que se conservam constantes na tradição dos moradores
Deteve-se alli o tal mestre de campo com o sen terço da villa de Itú, sna pátria:
de cavallaria alguns dias, tendo íeito o seu abarraca- € Vossa senhoria, pelo poder com que se acha neste
mento em distancia de peça de artilharia do nosso ar- logar, será senhor de minha vida, mas não da minha
raial. Eutre soldados castelhanos e paulistas se tratava lealdade. Estas campanhas são e sempre foram de el-rei
uma sociedade urbana e civil; porque de parte dos de Portugal meu senhor, e por nós e nossos avós pe-
portugueses se não tinha penetrado o occnlto fundo do netradas, seguidas e trilhadas quasi todos os annos a con-
dito mestre de campo (é lastima que a inércia dos pau- quistar bárbaros gentios seus habitadores. O ST. ca-
listas deixasse sepultar com o tempo o nome deste cabo, pitão-mór e mais senhores, que tem assignado sem adver-
o dia do mez e anno do suecesso acontecido, e qne tência o contrario desta verdade, ou estão abandonados
só se conservasse na memória seguida de pais á filhos como lesos ou como temerosos; eu não, nem os mais
a verdade do facto daqnelle lance, em que teve todo que aqni nos achamos em toda esta tropa, porque não
o louvor Pedro Leme, o torto, cujo nome, procedimento, - havemos de assignar este papel, etc.»
e a inveja de sua heróica resolução existe até agora),
até que elle em uma manhã veio ao nosso campo com À estas vozes e a este exemplo já todo o corpo pau-
um suficiente corpo de soldados de pé, que lhe serviam listano tinha pegado em armas, com cujo brioso movi-
de guarda e procurando ao capitao-mór da tropa pau- mento foi tão prudente o mestre de campo castelhano,
listana, travaram pratica sobre a vastidão daquelles que sem articular vozes, nem obrar acção alguma se
sertões e seus habitadores gentios bravos, contra cujas tirou fora da barraca, ficando seu intento sem effeito.
forças triumphavam sempre os portugnezes da villa de e adiantando os primeiros passos articulou este seguinte
S. Paulo em suas entradas e reducçOes. SubtUménteíoi desafogo: •mirem d tuer/o—. E Pedro Leme, ouvindo-lbe
o tal castelhano dispondo o material discurso do capv o vituperio, lhe deu em alta voz esta resposta: <E coxo
tão-mór, de alguns de seus officiaes e soldados que se também—».
achavam na pratica, entre os quaes assistia Pedro Leme. Recolheu-se o castelhano ao seu quartel, e na manhã
sem mais caracter que o de soldado raso daquelle corpo. seguinte levantou o campo e delle se ausentou sem
Persuadido o dito mestre de campo que aquelle sertão acção alguma de despedida, depois de tantas urbani-
da Vaccaria era todo de conquista de el-rei seu amo. dades praticadas. Ficaram os paulistas envergonhados
como primeiro senhor da província do Paraguay, por da facilidade com que o seu capitão-mór e quatro offi-
cuja razão não deviam os paulistas duvidar desta prefe- ciaes tinham assignado aquelle termo, sem recordarem
rencia, e que, para a todo o tempo assim constar, er» que haviam obrado uma acção indecorosa á nação e a
muito justo (visto se abar naqueUa oceasião um e oiitrp» seu rei e natural senhor, e que sd Pedro Leme fora
corpo pastando em dito sertão) que assignaase o capitfr capaz deste accordo e briosa resolução, qne evitou o
maligno intento do castelhano. Continuou o troço o sen
TIT. LEMES
occasiOes». Omittimos aqui, por vir descripta em Tit
Garcias Velhos a noticia histórica da descoberta das
destino quando foi tempo de monção e se recolheu a minas de Cuyabá pelo coronel Paschoal Moreira Cabral
salvamento. em 1719, e passamos a transcrever o qne escreveu
Â-ppIaudiu-se muito em S. Paulo a acçao de Pedro Pedro Taques sobre os irmãos Lemes
Leme, tanto quanto se estranhou a materialidade do «Estes, antes de passarem ao Cuyabá, tinham obrado
capitão mór e seus quatro companheiros, e como estas na villa de Itú o bárbaro attentado de tirarem com vio-
vozes chegaram a Portugal a informar do lance aconte- lência de casa de sens paes, para suas concubinas, aa
cido ao Senr. rei D. Pedro, nós não descobrimos: sa- tres donzellas filhas bastardas de João Cabral, e d'ellas
bemos só com toda a pureza da verdade que chegando entregaram uma para o estupro a Domingos Leme,
em 1698 a S. Paulo Arthur de Sá e Menezes, gover- amigo e parente dos insultores. Não satisfeitos desta
nador e capitão general do Rio de Janeiro e capitanias cruel violência roubaram ao mesmo Cabral umafilhade
do Sul, confessou ao capitão Bartholomeu Paes de legitimo matrimônio para casar com Ângelo Cardoso, a
Abreu, e ao reverendo doutor João Leite da Silva e quero deram em dote os mesmos bens do aggravado velho
a outras pessoas que tinham vindo a comprimental-o e Cabral, tirados de sen poder contra a vontade e por
dar-lhe as boas vindas, que S. Magestade lhe ordenava, força de armas. D'este desgosto enlonqueceo Cabral e
que de sua parte agradecesse a Pedro Leme a acçao de perdeu logo a vida, V. 1.° pag. 386.
honrado vassallo, qne praticara na campanha da Vac-
caria com o mestre de campo castelhano Don Fulano Entre outras mortes que tinham executado foi a de
de tal, em tal anno etc. Antônio Fernandes de Abreu, pessoa nobre descendente
Penetrou Pedro Leme os sertões que hoje são minas do honrado e famoso paulista o sargento mór Ânumío
de Cuyabá, vencendo a navegação de rios caudalosos, Fernandes de Abreu (i), que com este posto tinha obrado
com o precipício de altas cachoeiras, em cuias viagens milagres de valor no terço do seu mestre de campo Do-
deixou o seu valor por herança aos dois filhos os per- mingos Jorge no sitio c conquista dos Palmares de
seguidos e infelizes João e Lourenço Leme, dos quaes Pernambuco em 1695, e destruição de 20.000 almas qne
fazemos menção adiante». dentro em si continha o sitio de Palmares, qne gover-
Casou-se Pedro Leme da Silva com Domingas Gon- nava o príncipe Zumbi, sendo governador general de
çalves e delia deixou 4 f.os seguintes: Pernambuco Caetano de Mello e Castro. E já de antes
3-1 João Leme da Silva tinha dado provas de seu valor na guerra e conquista
3-2 Lourenço Leme da Silva dos bárbaros indios do sertão da Bahia em companhia
3-3 Antao Leme da Silva de Estevão Ribeiro Bayáo Parente, governador da
3-4 Helena do Prado. dita guerra, com o exercito de paulistas, com qne se
3-1 e 32 João Leme e Lourenço Leme (escreveu Taques) embarcou no porto de Santos em Junho de 1671, con-
fizeram varias entradas ao sertão a conquistar barbam seguindo estas armas uma completa victoria contra
gentios de diversas nações: com este exercício adqui- os inimigos em 1672, e continuou a campanha até 1674»,
riram grande pratica da disciplina militar e conheci- Em conseqüência desses crimes, para fugirem a acçao
mento dos incultos sertões dos Rios Grandes chamados da justiça, entraram os irmãos Lemes para o sertão,
—Paranãa—Ivaby—Paraguay e outros; e dos que hoje e quando foram descobertas as minas de Cuyabá para
são navegados pelos que vao em canoas para as minas do lá se dirigiram em 1719 tornando-se potentados pelo
Cuyabá. Eram temidos dos mesmos bárbaros principal- seu séquito e pela fabulosa riqueza que adquiriram na
mente dos indios Payaguazes; e capazes ambos da maior
facção de gnerra, se algum movimento então se inten- O Antônio Fernandes de Abreu, assassinado em 1717 pelos Le-
tasse contra os castelhanos daquellas regiões, por** mes, foi í.° de Manoel Fernandes de Abreu, e sobrinho do ssrgento-
degenerou esto merecimento do valor em algw^ wor Antônio Fernandes de Abreu, como escrevemos em Üfc Feriam-
extorsões e insoiencias que executaram em diveist* <im Povoadorea.
TIT. I.E5ÍÍJS TIT. LEMES 247

mineração do ouro. Ahi FICARAM ATÉ 1722 ANNO em QUE da comarca de S. Paulo, fez ressuscitar, para o castigo
se recolheram A S. Paulo COM MUITAS AITOBAS de ouro. e confisco de bens, os delictos que tinham commettido
Continua Pedro Taques: os irmãos João e Lourençõ Leme, culpas que tinham
«Foram (os irmãos Lemes) recebidos do general Ro- sido perdoadas pela clemência do rei D. João V. Do
drigo César de Menezes com todas as demonstraçõos de assassinado capitão Antônio Fernandes de Abreu ficou
honras, que, liberal, sabia praticar com os seus subdítog um filho do mesmo nome e appellido, que se retirou
beneméritos. Era por este tempo muito estimado e pri- para as Minas Geraes, onde lhe chegaram as cartas de
vado do dito César um Sebastião Fernandes do Rego, convite de Sebastião Fernandes do Rego, de quem accei-
homem de negocio e de grandes máximas para saber tando os conselhos e a protecção, se poz a caminho e
conservar a sua introducção. Elle foi quem hospedou chegou a S. Paulo a tempo que os dois irmãos Lemes
com grandeza aos Lemes na sua chegada á S. Paulo, se achavam em Itú esperando a carregação e o comboio
contrahindo por este modo com elles uma muito particular dos fretes de que temos fallado.
amizade. Com este trato de hospedagem praticaram ditos O dito Antônio Fernandes de Abreu denunciou pe-
Lemes muitas acçoes de liberalidade ou de desperdício, rante o dr. corregedor Mello contra os Lemes, não sd
repartindo grandes folhetas de ouro bruto com alguns da morte feita a seu pae, mas também de todos os
magnatas da terra á arbítrio simulado do fingido amigo crimes que tinham, pelas suas insolencias, executado na
Sebastião Fernandes do Rego. Aos dictames d'este se villa de Itú, antes de se retirarem para os sertões do
entregaram totalmente os dois irmãos Lemes, que, sup- Cuyabá. N'esta denuncia entrou também a morte, que
posto eram pessoas da principal nobreza, comtudo não no sitio do Camapuan tinha feito João Leme a um Ca-
tinham adorno algum de policia e tratamento civil, e rijó da sua administração por desconfianças de que tinha
por isso, faltos de agudeza para penetrarem o orgulho tratos illicitos com uma sua concubina da mesma admi-
alheio. Viram-se em S. Paulo estes Lemes applaudidos nistração, a qual também foi morta; e com estes dois
e obsequiados cobrindo por então o segredo do tempo cúmplices,' pela desconfiança de João Leme, perdeu a
os crimes que tinham de algumas acçOes de despotismo vida um rapaz pelos indícios de ser o terceiro n'este
que haviam obrado na villa de Itú, sua pátria, por cujos íllícíto trato. Antes de executadas estas tres mortes,
delictos se haviam retirado para o sertão antes de che- mandou ao padre Antônio Gil, presbytero secular de 8.
garem ao Cuyabá. Recolheram-se os Lemes para a villa Pedro, que confessasse aos tres desgraçados Caríjòs, o
de Itú, onde lhes chegaram as patentes que o César, que feito, foram mortos com tanta desbumanidade, qne o
por via de Sebastião Fernandes do Rego, lhes remet- varão incurso na culpa do ciúme, foi primeiramente cas-
tera, de provedor dos quintos das minas de Cuyabá á trado e depois morto e esquartejado pelas próprias mãos
Lourençõ Leme, e a João Leme de mestre de campo de João Leme.
regente. Estes irmãos tinham entregue o seu grande
cabedal ao tal Sebastião Fernandes, de cujas fingidas Também no sitio do Rio Pardo da navegação de
palavras e simulada amizade se tinham capacitado para Cuyabá obrigaram ao padre André dos Santos a que
esperarem d'elle que mandasse vir um numeroso comboio fosse ministro do Sacramento do matrimônio, recebendo
de pretos e carregação de fazendas seccas e gêneros uma filha bastarda de Lourençõ Leme, com Domingos
comestíveis, para com este negocio embarcarem para o Fernandes, sem ser para esta acção legitimo pastor o
Cuyabá. Correu o tempo, e o Rego, premeditando o mesmo padre, á quem seguravam, que tinham para isso
meio da mina dos dois irmãos para se aproveitar melhor permissão do revm.o vigário Manoel de Campos. Achan-
do grande cabedal que d'elles tinha recebido, concor- do-se em Cuyabá o padre Francisco Justo,feitovigário
rendo para a soa diabólica suggestao a occulta e intrín- Por provisão do cabido, sede vaccante do Rio de Janeiro,
seca aonaade que tinha com o desembargador Manoel chegando a esta cidade o exm.° bispo Dom Frei An-
de Mello Qodinho Manso, ouvídor-geral e corregedor tônio de Guadalupe, proveu o padre Manoel de Campos,
natural da villa de Itú, em vigário da igreja e da vara
T I T . LEMES

do Cuyabá, porém, chegando a estas minas, nao lhe qniz verdadeira amizade. Traton-se do banquete para regalo
dar posse o sen antecessor padre Francisco Justo, com do novo hospede, e chegada a hora se puzeram á meza
o néscio fundamento de qne ainda nao era findo o tempo em que havia muita diversidade de iguarias e abundância»
da soa provisão, que lhe fora confiada em sede vaccante; de vinhos.
e o mesmo também annullou o casamento celebrado no O fingido amigo, para segurar a diligencia que-
Rio Pardo, e o approvava o novo vigário Manoel de brando as forças aos Lemes, repetia os brindes para os
Campos. Este tinha em seu partido a amizade dos Lemes-, embriagar, mas elles não se deixaram vencer das dema-
e aquelle a de alguns freguezes antigos moradores do zjas. Acabada a cêa, convidou o somno ao repouso; e
Cnyabá. Seguiram-se discórdias entre os de um e outro quando o Rego reconheceu o silencio. d'elle se apro-
séquito: os Lemes, porém, com o respeito de serem te- veitou paia ir ao cabide das armas e descarregal-as,
midos e respeitados, decidiram a contenda com o estrondo como tinha promettido aos ofiiciaes e soldados da sua
das armas. Mandaram dar um tiro na casa do vigário conducta para com maior animo darem o cerco na hora
o padre Francisco Justo, do qual ficou morto um ca- destinada. Chegou esta já quando a noite declinava
marada on familiar, e elle, atteudendo ao seu socègo, . para a madrugada, e o corpo das tropas pôz em cerco
para logo largou a igreja, embarcou e se retirou para a casa cingida de diversos cordões pelo grande numero
S. Panlo. O novo vigário Manoel de Campos, com a jn- de soldados. Ào estrondo de se arrombarem as portas
risdicção que tinha de vigário da vara, proveu á ins- acordaram os Lemes; e conhecendo a traição, animosos
tâncias dos Lemes, a frei Florencio dos Anjos, carme- com intrépida resolução, apagaram as luzes,ficandoa
lita calcado da província do Rio de Janeiro em cura casa totalmente as escutas. N'ella estavam vários es-
de almas dos moradores do arraial Velho (hoje se chama cravos e alguns familiares dos Lemes; e havendo lutas
Casa da Telha) distante do Cuyabá quatorze dias. Esta entre os que avançavam e os que resistiam, rompeu
verdade consta dos, autos e processo das culpas de Joio João Leme, saltando os muros do quintal, o cerco que
e Lourenço Leme. estava d'esta parte; e Lourenço Leme pela porta da
Provadas as culpas pela denuncia do queixoso An- rua rompeu também por entre a multidão dos que se
tônio Fernandes de Abreu, ordenou o desembargador achavam n'ella e ambos conseguiram a liberdade sem
Manoel de Mello Godinho Manso a prisão dos dois cri- damno contra tantas cargas de espingardas, que a um
minosos Lemes que se achavam na villa de Itú. descas- mesmo tempo se dispararam da parte do quintal e da
cando nos seguros que lhes tinha ministrado a lima do rua; e só Lourenço Leme ficou levemente ferido com
tempo. Como Sebastião Fernandes do Rego sargento-mór uma mão. Como se tinham levantado da cama em ce-
das ordenanças de S- Paulo tinha sido movei para o roulas e mangas de camisa, d'esta maneira consegui-
castigo dos Lemes, concebendo na sua idéia, que na des- ram a liberdade e marchando a pé e descalços, toma-
truição delles se podia aproveitar dos grandes cabedaes ram o rumo para o sitio de Araritaguaba, onde chega-
de ouro que em si retinha, foi encarregado para cabo ram ao romper do dia, vencendo uma marcha de cinco
da conducta do corpo de uma multidão de soldados que léguas. Ficaram mortos cinco escravos e prisioneiros
da villa da Parnahiba e Sorocaba se lhe mandaram ag- sete, e por despojo todas as armas, moveis e alfaias
gregar para segurança da diligencia. Chegou o Rego a da casa.
vüla de Itú (ficou disposta a balroada para a madru-
gada da noite daquelle dia, com tanta cautela que em- Em Araritaguaba se puzeram era armas os dois ir-
boscadas as tropas, nao transpirou o movimento d'ellas mãos e j á constituídos regulos, mandaram tocar caixas
aos moradores da villa de Itú, muito menos aos dois e clarins. N'esta acção se detiveram dois dias, e, pas-
Lemes) e apeandow. á porta dos seus na apparencia sados estes, se metteram ao matto com todos ossequazes,
amigos Joio e Lourenço Leme, foi d'elles recebidos çoo que lhe formavam corpo de armas. Fizeram picada
as demonstraçCes de alegria que costuma produzira pelo interior do sertão com tanta petulância, qne dei-
xaram um letreiro na entrada d'ella, que dizia: —- Sé
250 TIT. LEMES
TIT. ÍBUBS

o ouvidor aqui vier, este é o caminho.'— Tendo pene Leme que estava dormindo em a dita casa velha; e
trado pela picada referida distancia de meia legna de disparando-se á um tempo as escopetas, na mesma cama
sertão, postaram alli com o corpo da comitiva, conser- ficou morto; e o seu cadáver foi condusido a villa de
vando sentinella avançada para qne o aviso d'elia desse Itú, onde na igreja do convento dos carmelitas se lhe
lugar para se occultarem pelo centro do mesmo sertão. deu sepultara (em 1723). Seu irmão João Leme da
2í'este estado se acharam quando chegou em pessoa o Silva foi remettido para a Bahia onde mandou a rela-
desembargador Mello com um grande troço de valoro- ção do Estado fazer-lhe os autos snmmaríos, e estando
sos soldados, pelos quaes mandou seguir a mesma trilha as culpas provadas, e não allegando elle réo coasa
e n'esta diligencia ficou morta a sentinella avançada relevante em sua defesa, o condemnoa k morte; e foi
que ainda teve tempo de dar vozes, a cujos echos es- degollado em alto cadafalço no anno de 1723; e foi
caparam de ficar presos os dois irmãos, fugindo cada condemnado em seis mil crusados para as despem da
um por diverso rumo e só se aprisionaram vinte e relação os quaes logo se cobraram em S. Panlo pelo
tantas pessoas e se recolheram por despojo as armas, desembargador e ouvidor geral Manoel de Mello 6o-
que alli ficaram. dioho Manso. Acabou Joio Leme da Silva com de-
Passados alguns dias procurou João Leme o sitio e monstrações de um verdadeiro catholico, e com moita
casa de sua madrinha, a viuva Maria de Chaves, a consolação dos padres jesuitas, que lhe assistiram. O
qual preoccupada do temor de ficar incursa nas penas grande cabedal de arrobas de ouro, com que de Cayahá
que por edital se tinha publicado para que pessoa al- chegaram a S. Paulo os dois infelizes irmãos Joio e
guma de qualquer qualidade ou sexo, não desse aga- Lourençõ Leme, até agora se não sabe o seu consommo;
salho aos facinorosos e regidos João e Lourençõ Leme porque estando entregue a Sebastião Fernandes do
da Silva, mandou aviso ao desembargador corregedor, Rego, como temos referido, depois da prisão de um e
que não ficava muito distante do sitio c conservava morte de ontro, se procedeu a seqüestro, porém jamais
ainda o corpo da tropa auxiliar com que tinha acoa- se descobriu o consummo d'elle. Este foi na verdade o
raettído ao matto. íí'este intermédio tinha a pobre velha fim dos dois tão aflamados, como temidos irmãos Lemes,
feito guizar o jantar para o descuidado afilhado, qne cuja catastropbe poz em contentamento aos moradores
ao tempo de principiar a comer foi a casa posta em da villa de Cuyabá pela noticia que o* capitão-general
cerco, porém João Leme, tirando forcas da própria Rodrigo César de Menezes, na monção do anno de
fraqueza, e ainda valoroso, rompeu o cerco e se laneoa 1723 participou em carta sua ao capitão-mór regente
ao caudaloso rio Anhemby, em cujas margens existia Fernando Dias Falcão e ao brigadeiro Antônio de Al-
o sitio de Maria de Chaves. Ào romper do cerco lhe meida Lara».
dispararam uma carga de tiros de escopetas; e por
occulta providencia do céo não perdeu alli a vida, por- Casou-se Joio Leme da Silva em 1707 em Itú com
que todo trespassado de balas passou a nado o dito Maria Bicudo f.» de Jorge Moreira Velho (') e de
rio, e saltou em terra da opposta margem, tão exal- Luzia de Abreu. Tit. Godoys. Teve:
tado em sangue e desfallecido de forças, qne alli mesmo 4-1 João Leme da Silva I , . .
o prenderam e foi condusido com grande corpo do-' guarda 42 Pedro Leme da Silva ( t a U e a d o s m

para a villa de Itú. 4-3 Quiteria Leme da Silva casada I.» com João Díníz
e 2.» vez no Rio de Janeiro com Antônio de Mi-
Depois d'iato e passados trinta dias, estando Lourençõ randa. Sem geração.
Leme da Silva, occulto em uma casa deserta de José Lourençõ Leme da Silva n.o 3-2 casou-se em 171? em
Cardoso, fundador e protectar da capeHa de N. Senhora
da Penha de Araritaguaba, foi descoberto por peritos
írilhadores, que batiam as maltas na dèbgencia d* . f) V o gne remi o assento do . Casamento e não, como escrevea
fruto que solicitavam, até que descobriram a Lourençõ Ãoues, /.* de Manoel Fernandes, qne era avó materno de
f,*«t»
fitado.
TIT. LEMES TIT. LEMKB 253
Itú com Gertrudes de Almeida Campos f> de Thomé 3.3 Antônio Leme da Silva, f.° de 2-2, casou-se em
de Lara e de sua 2." mulher Maria de Campos. Sem 1704 em Itú com Anna de Freitas filha de Jo&o
geração. de Freitas e de Clara de Miranda. Tit Freitas. Teve
3-3 Antào Leme da Silva, f.° de Pedro Leme, o torto, ca-
sou-se com Maria Corrêa Ribeiro, viuva de Antônio q- a.-" ,
de Arruda Botelho, f> de Serafino Corrêa Ribeiro e 4-1 Manoel da Silva Leme casado com Mana Ri-
de Maria Leme. Foi morador nas minas de Cuyabá beiro de Proença filha de José Ribeiro da Costa
onde foi provido pelo capitào-gencral Rodrigo César de e de Simôa de Proença Tit. BicudosTeve q. d.:
Menezes no posto de mestre de campo do regimento de 5-1 TJrsula Joanna casada em 1766 em Itú com
auxiliam d'aquellas minas e regente d'ellas, onde tam- Hyppolito Pires de Siqueirafilhode Domin-
bém foi ouvidor pela ordenação. Teve os 5 f.°": gos Pires e de Ignez Dias de Siqueira,
4-1 Domingas Leme da Silva que casou-se em 1730 5-2 Vicente Leme da Silva casado em 1775 em
com o capitào Salvador Martins Bonilha, Sem ge- Itú com Vicencia Pedroso f* de Manoel
ração. Machado Barreto e de Anna Maria Corrêa.
4-2 Francisco Leme, fallecido em Cuyabá Tit. Alvarengas. Cap. 5.o § 2.°, 24,3-2 4-3."
4-3 Maria Leme casada em 1724 em Itú com Fran- 5-3 Francisco Xavier da Silva foi casado 2."
cisco Bueno de Sá f.o de Bartholomeu Bueno de vez com Maria Nunes em 1775 em Itú f.*
Moraes e de Angela de Azevedo Sá, de S- Paulo. de João Leme de Siqueira e de Maria de
Sem geração. Godoy Pimentel; 1.» vez casou-se com Maria
44 Pedro Leme da Silva casou-se com f> de Ma- Fernandes Diniz; e 3.a vez com Anna Pires
noel Fernandes Moreira e de Maria Domingues. de Godoy filha de João Francisco Mendes e
Tit. Godoys. Sem geração. de Sebastiana Ribeiro de Godoy. Teve q d.
45 Serafino Corrêa falleceu em Cuyabá. da 2.a mulher Maria Nunes:
3-4 Helena do Prado. 6 1 João Paulo Xavier hábil, de geme
5-4 Sebastião Leme, f.o de 41 supra, casou-se
2-2 Francisco Leme da Silva, f.° do capitão Domingos com Anna Machado f.a de Gaspar Machado
Leme 8 õ.o, casou-se em Itú com Izabel de Anhaya Barreto e de Joanna Nunes de Siqueira. Tit
f> de Sebastião Pedroso Bayam e de sua 2.& mulher Alvarengas. Teve q. d.:
Florencia Corrêa. Teve pelo inventario de Izabel de 6-1 Anna Maria casada em 1781 em Itú
Anhaya em 1712 (O. O. de S. Paulo) òs 7 f.os seguintes: com Manoel Pires Bicudo, de Parnahiba,
3-1 Francisco Leme da Silva casado em 1728 em Irá f:° de Sebastião Bicudo e de Maria
com Clara de Miranda f." de Antônio Pedroso de Pires.
Alvarenga e de Izabel de Freitas. Teve q. d.:
41 Maria Leme casada em 1754 em Itú com Fran- 6-2 Floriano Leite casado em 1783 em Itú
cisco Xavier Bicudo filho de Domingos da Silva com Marianna Emerencianaf.» de Miguel
Falcão e de Francisca Bicudo, de Parnahiha. Pereira Vaz e de Anna de Lima, n. p.
4-2 Leonor Leme da Silva casada em 1773 em Itú de Antônio Vaz (de Mogy das Cruzes)
com José Cardoso Coutinho filho de Manoel e de Antonia Pereira, n. m. de Sebastião
Cardoso Coutinho e de Paschoa Gonçalves. Corrêa e de Escholastica Paes. de Itú.
3-2 Salvador Esteves Leme, f.° de 2-2, casou-se em 6-3 Custodia Leme casada em 1799 em Itú
1705 em Tanhaté com Luzia Rodrigues f.»deJoa» com Custodio José f.° de Vicente Ri-
Delgado de Escobar e de Antonia Fartado. Foi beiro da Silva e de Izabel de Godoy.
morador nos campos de Goytacazes. 4-2 Izabel de Anhaya, f.* de 3-3 supra, foi casada
com Diogo de Rocha, natural de Braga. Teve
q. d.:
TIT. LEliES

TIT. LEMES • _
4-2 Antônio Leme da Silva, natural de Pouso Alto
5-1 Antônio Leme da Silva casado em 1765 em —Minas, casou-se em. 1750 em Itú com Catha-
Itú com Josepha Corrêa f." de Manoel rina Leme de Godoy f> de José Leme do Prado
Machado Barreto e de Anna Maria Corria. e de Maria de Frias Taveíra. Tit. Godoys,
Tit. Alvarengas. Teve, pelo inventario de Catharina Leme os
5-2 Gertrudes Leite casada em 1770 em Itú com 5 f.o» seguintes:
Ignacio Alvares de Lima f.° de Pedro de 5-1 Anna Leme de Godoy casada em 1778 em
Almeida Leme e de Maria Alvares de Lima. Itú com João Soares de Siqueira, viuvo
Tit. Godoys. Cap. 6.» § 7.» n.o 2-1, 3-1, 44. de Anna Moreira, f.° de Antônio Luiz Pei-
4-3 João Leme da Silva, f.o de 3-1, foi casado xoto e de Rosa Maria. Tit. Dultras Machados
com Joanna do Prado f.» de Joio do Prado Leme e Macieis.
e de Maria do Oliveira, de Araçariguama. Teve 5-2 Maria Leme casada em 1784 em Itú com
q. d.: João Soares f.o de João Soares de Siqueira
5-1 Gertrudes Leme do Prado casada em 1770 e l.a mulher Anna Moreira, do n.° prece-
em Itú com Elias Borges Diniz f.° de Chris- dente. Tit Dultras Machados.
tovão Diniz da Costa e de Theresa de Jesus. • 5-3 Joaquim
Tit. Bicudos.
5-2 Manoel Leme do Prado casado em 1773 5-4 Leopoldo em 1766 era soldado voluntário.
em Itú com Maria Leite, natural de Atibaia, 5-5 Antônio em 1766 era soldado voluntário.
f.* de Francisco de Pontes e de Escholastiea 4 3 João Leme da Silva, natural de Pouso Alto,
Leite, n. m. de Antônio Leite. casou-se em 1752 em Itú com Anna Martins
3-4 Braz Esteves Leme, i> de 2-2, casou em Pousa f.a de Antônio Martins Freitas f e de Maria
Alto com Anna Maria da Silva. Teve q. d.: de Lima
4-1 Capitão Francisco Leme da Silva casado em 3-5 Capitão José Leme da Silva, f.°de FranciscoLeme
1748 em Guaratingueta com Maria Leme do Eo- n." 2-2, foi casado em Pitanguy com sua parenta
sario f.a de Francisco Rodrigues Coara e de
Lucrecia Leme Rangel. Tit. Raposos Góes. Tere Gertrudes de Siqueira de Moraes f.» de Manoel
q. d.: Preto Rodrigues e de Francisca de Siqueira de
Moraes. Teve f.*.-
51 Thomé Leme da Silva casado em 1805 em 4-1 Liberara Leme que morava em Mogy-mirim
Nazareth com Escholastiea Maria f.» do 3-6 Maria Leme, f. de 2-2, casou-se em 1705 em Itú
a

capitão Manoel de Oliveira Franco e de sua com o capitão Francisco de Almeida Lara, f.o de
I.* mulher Maria Gertrudes de Jesus. Tit João Pires Rodrigues e de Branca de Almeida Fal-
Martins Bonilhas. Teve pelo inventario de leceu em 1771 em Itú com 80 annos. V. 2.° pag. 172.
Escholastiea Maria (C. O. Atibaia) os 5 f.* Com geração ahi.
seguintes, naturaes de Nazareth: 3-7 Francisca Leme casou-se com Balthazar de Quadros
6-1 Ludovina com 13 annos de idade em de Godoy f.o de Manoel Velho de Godoy e de Este-
1820. phania de Quadros. Tit. Godoys.
6-2 Maria "3 Domingos Leme da Silva, f.° do § b.o, casou-se com
6-3 Anna Maria Cordeiro de Almada f.a de Domingos Cordeiro
64 Bento Paiva e de Suzana de Almada, n. p. de Pedro de
6-5 Anna Jesuina estava casada com An- Oliveira e de Francisca Cordeiro, n. m. de João Bor-
tônio de Almeida Passos (f.<> de Manoel , ftlho de Almada e de Maria de Proença, de S- Se-
de Almeida Passos e de SenbonaU , bastião. Suzana de Almada foi irmã do capitão-mór João
Aquilina) oorralbo de Almada que casou-se em Parnahiba com
TIT. LBUBB
TIT. LEMBS
2-9 Helena do Prado, f.* do § 6 *> e l.« multe*, íâtfeceu
Afaria Leme de Alvarenga £ * de Antônio Bicudo de em 1707 em Itú, e foi cagada com Pedro Vaz Rattam,
Brito e de afaria Leme de Alvarenga. Teve Dominga» de Évora, f.° de Belclnor Vaz Rattam e de Maria de
Leme n.° 2-8 os 4 f.os segnintes, naturaes de Jumuauy: . . . Teve os 6 f.os seguintes;
(Tit. Cordeiros Paivas) .. 3-1 Anna Leme do Prado que casou-se em 1709 em
31 Domingos Leme da Silva (o BotucaJ fallecido em Itú com Manoel Martins da Cunha, natural de Villa
1729 em Cayabn, foi casado com Maria Soares t» Cova, termo de Barcellos, f.° de Pedro Martins e de
do capitão Antônio Fernandes de Abreu (o assassi- Maria Gonçalves. fíaJJeceu Anna Leme em 1724
nado peíos irmãos João e Lourenço Lemei e de- em Mogy das Cruzes e seu marido passos és 2M
Anna Maria Soares. Tit. Fernandes Povoadores. nupeias com Joanna Soares de Siqueira e falleceu
Sem geração. no posto de tenente-coronel em 1757 em Jacarehy.
. 3-2 Maria Leme da Silva casou-se em 1699 em Itú com Teve Anna Leme os 3 f.o» seguintes:
José , Martins de Araújo, coronel das minas do 4-1 Maria Leme do Prado casada em J739 em Jaca-
Caeté, natural de Braga, f.° de Francisco de Bar- . rehy com o capitão Mathias da Costa Lima, na-
ros e de Maria Martins. Teve os 4 f.os seguintes:
4-1 Frei José Martins da Candelária—carmelita. tural de Portugal, iWfccido em 1165 e teve (C
4-2 Domingos Leme da Silva, fallecido solteiro, O. Jacarehy) os 3 f.os ;

4-3 Antônio Leme de Araújo falleceu solteiro Da 5-1 José da Costa Lima casado com Domingas
Bahia- Bibeíro Lente f. de Domingos Bicado de
a

Brito e de Joanna Nunes. Teve g. d.:


4-4 Jofto Martins Barros, coronel, foi o fundador do 6-1 Custodia Ribeiro Leme casada em 1783em
presidio de Iguatemy, falleceu em 1773 e foi in- Jacareby com Manoel Joaquim de Toledo
ventariado em Itú (C. O. Itú) Mo foi casado, f.o de José Corrêa de Toledo e de Apol-
porem deixou um f.o natural: 5-1 José. lonia da Silva fieis Tit. Jorges Velhos,
3-3 Maria Leme do Prado, f . de 2-3 supra, casou-se
a
5-2 Miguel solteiro.
em 1704 em Itú com Antônio de Oliveira Pedroso
f.° de Thoinaz Mendes Barbosa e de Lucrecia Pe^ '- 53 Maria Leme do Prado casada em 1762 em
droso. Mudaram-se de Itú para as minas de Cuyabá
onde falleceram deixando geração entre outros; (Tit Jacarehy com o capitão mór Lourenço Bicado
Borges de Cerqueira) de Brito, fallecido em 1791 na mesma vilk,
í.° de Domingos Bicudo de Brito, e de Joanna
4-i Domingos Leme da Silva casado com Nunes. Com geração em Tit Bicudos.
2-4 Antônio Leme da Silva, f.o do § 5.o, faÚeceu solteiro 4-2 Manoel Martins do Prado, f.° de Anna Leme
em 1728 em Itú n.° 3-1, estava casado com...
2-5 José Leme, f.° do § 5.°, casou-se em 1687 em Itú com 4-3 Francisco, fallecido.
Margarida Ribeiro f.a do capitão Loureuço Corrêa Bi- 3-2 Maria Vaz, f.« de Helena do Prado n.° 2-9, foi ca-
beiro e de Maria Pereira de Azevedo. Tit. Almeida sada com Antonia Lobo e teve 3 f.w:
Castanhos.
2-6 üm f.o já fallecido em 1684. 4-1 Manoel Antunes Lobo casado em 1737 em Itú
2-7 Izabel Cardoso, f do § 5.°, foi a ).« mulher de Bar-
B
com Maria de Almeida f. de José Diniz da
A

Ütolomeu Bueno, o Anhanguera. f.° Francisco Bueno e 'Costa. Tit. Quadros. ífciteceu em 1746* em Ara-
de Filippa Vaz. Com geraçào no Y. l.o pag. á04 ritaguaba, sem geração.
2-8 Maria Leme da Silva, f.* do § 5.» casou-se com o al- 4-2 ApoIIonía Vãz cisada com Clemente Àhes. Teve
caide-wor Jacintho Moreira Cabral f.<* de Pedro Al- 2 f.on
:

vares Cabral e de Sebastiana Fernandes- Tit. Garatf. 5-1 Antônio, solteiro em Itú.
Velhos. 5-2 Clemente, solteiro em Itú.
43 , fallecida sem geraç&o.
17
TIT. LEMES
TIT. LEMES
4-1 Ignacio da Costa Cintra que casou-se em S.
8-3 Francisca Vaz Cardoso casou-se era 1701 em Itú Paulo com Marianna Leme da Silva f." do ca-
com Miguel Coelho de Sousa, natural de Portugal. pitão Antônio Vaz Pinto e de Marianna Leme
Teve q. d. natvtraes das Minas Geraes:
4-1 Caetano de Sousa Leme casado em Itú com da Silva, n. p. do capitão Manoel Pinto Ribeiro
Maria Nogueira f.a de Luiz Nogueira e de sua e de Maria de Moraes Pedroso. Tit. Freitas.
2* mulher Maria Pires de Godoy. Tit. Borges Falleceulgnacio da Costa Cintra em 1776 e teve:
de Cerqueira, Teve q. d.: 5-1 Anua Maria Xavier casada em 1770 em S.
5-1 José Nogueira Leme casado em 1774 em Paulo com Francisco Xavier da Silva f."
Itú com Gertrudes Leite da Silva f. dea
de Manoel Jorge da Silva e de Maria Ri-
Amador Bueno de Camargo e de Liberata beiro Dias. Teve q. d.:
Leme de Miranda. V. 1.° pag. 415. 6-1 Joanna 1 , , ,. , , .... .
5-2 Maria Leme casada em 1776 em Itú com 6-2 Escholastiea í P
b â t , S l l d a s e m A f , b a , s

Antônio Dias de Mattos, viuvo de Josepha 5-2 Antônio Xavier Vaz


Rodrigues, f.° de Manoel Dias c de Maria 5-3 Alferes Manoel José da Costa Cintra casado
de Mendonça.
53 Anna Leme casada 1.° com Autonio de An- em 1775 em S. Paulo com Anna Esmeria
drade e 2,a vez em 1780 em Itú cora An- f. de Antônio de Freitas de Toledo e de
a

tônio Soares da Costa f.» do capitão do • sua 2." mulher Ignacia Maria de Toledo.
do mesmo nome e de Maria de Jesus, por . Tit. Toledos Pizas. Teve q. d.:
esta, neto de Pedro Gonçalves Netto.e de 6-1 Ignacia Manoela de Toledo casada em
Paschoa Catharina de Barros. Tit. Pedrosos 1793 em S. Paulo com o capitão Bernardo
Barros. José Leite Penteado f.° de Francisco
5-4 Ignacio Cardoso casado em 1790 em Itú com Rodrigues Penteado e de Thomazia de
Maria Xavier, de Araçariguama, f.a de Almeida. Com geração em Tit. Penteados.
Miguel Teixeira e de Maria Xavier, n. p. 5-4 Maria Florinda do Pilar casada em 1775
de Sebastião Teixeira, de Cananèa, e de em S. Panlo com Francisco da Fonseca
. Anna da Costa, da Conceição dos Guarullws,
n. m. de Manoel Nunes Bezerra, de Parna- Leitão f.° de Antônio de Freitas de Toledo
hiba, e de Anua de Oliveira, da mesma e l.a mulher Ignacia de Siqueira Paes. Tit.
villa. Toledos Pizas. Com geração.
5-á Antônio Leme casado em 1800 em Itú com 5-5 Joaquim José da Silva, f solteiro em Bra-
Custodia Maria Dias f.a de ignacio Corrêa gança em 1830.
de S. Paio e de Anna Dias de Carvalho. 5-6 Lucrecia Leme da Silva.
Tit. Almeídas Castanhos Cap. 2.° S 4.» n." 5-7 Escholastiea Maria da Luz. f.a de 4-1. foi
2-1, 3-6, 4-11. a l.a mulher de Ângelo de Sonsa Brito.
4-2 Antônio Coelho de Sonsa, fallecido em 1800 em Tit. Moraes. Sem geração.
Porto Feliz, foi casado com Theresa Ribeiro de 5 8 Barbara Leme da Silva casou-se em 1784 em
Jesus. Teve f.* única: S. Paulo com o capitão José Francisco de
5-1 Francisca Vaz Cardoso. Mattos, fallecido em 1831, f.o do capitão Bento
64 Isabel Ix>pes do Prado, f.» de 2-9, casou-se em 1708
em Itú com Antônio da Costa Cintra, natural de José de Snlles e de sua mulher Anna Maria
Portugal, f.° de outro do mesmo nome e de Maria de Heyró. Com geração em Tit. Macieis.
Gonçalves. Teve: 5-9 Fernando José Dias Paes casado em 1794
em Nazareth com Maria Fernandes Blao
d i n a . d e Sorocaba, f.» de Domingos Fer-
• nandes Granja, de Portugal, « de Marianna
TIT. I.KMKS 5-8 Iguacio Francisco da Rocha casado em 1810
em Porto Feliz com Francisca Maria de Si-
Casado Villas Boas, por esta, neta de José queira f.& de Bento Dias da Silva e de Anna
Casado Villas Boas e de Catharina de Moraes Maria, n. p. de Bartholomeu Domingos e de
da Fonseca, n'este V. a pag. 117. B' o major Domingas Maria.
Fernanda» que falleceu em Bragança em . 4-3 Domingos Leme da Silva, f.° de 3-5 supra, foi
avançada idade. casado com Isabel de SantAnna f.» de José do
MOPndre Ignacio da Costa Cintra que foi vi- Prado e de Isabel de Proença, Teve q. d.:
gário de Bragança na 1.* parte do secnlo 19.°. 5-1 Isabel Maria casada em 1784 em Ararita-
4-2 . . . . guaba com José Pereira Machado f.° de
3-5 Pedro Vaz Rattam, f.° de Helena do Prado n.° 2 9, outro de igual nome e de Ignacia Moreira.
casou-se em 1707 em Itú com Maria Antunes Maciel 5-2 Domingos Leme da Silva casado em 1786
f> de Manoel Antunes Lobo e de Maria Pedroso. em Araritaguaba com Maria Antonia de
Teve q. d.: Arruda f de Antônio Moreira e de Luzia
a

4-1 Luzia Antunes Lobo casada em 1727 em Itú Barbosa. Teve q. d.:'
com Salvador Ribeiro da Silva f-° de Àccenso 6-1 Flora Maria casada em 1815 em Porto
Ribeiro e de Helena Dias, de Santo Amaro. Feliz com Antônio José de SantAnna,
4-2 Francisco Xavier de Salles casado com Maria natural de Piracicaba, f.° de Antônio
de Anhaya Lobo f.° de Manoel da Rocha e de Rodrigues de Campos e de Maria Paes.
Francisca de Anhaya. Teve q. d.:
51 Antào Leme da Silva casado em 1783 em 6-2 Anna Flora casada em 1818 em Porto
Araritaguaba com Anna de Arruda Botelho Feliz com Salvador de Almeida f> de
f.° de Miguel de Arruda e do Rita Ribeiro. Bento José de Barros e de Francisca
52 Escholastica Maria casada em 1781 em Ara- de Paula.
ritaguaba com Pedro José Pouce f.° dt Pedro
da Fonseca de Oliveira e fte Maria Francisca 5-3 francisca de Panla casada em 1789 em Ara-
da Silva. Tit. Fernandes Povoadores. ritaguaba com Ignacio Alvares de Siqueira,
5-3 Francisco Leme casado em 1789 em Arari- de Atibaia, viuvo de Ignacia de Camargo.
taguaba com Anna Maria f.» de de Estevão 3-6 Josepha do Prado, f.a de 2-9, casou-se em 1717 em
Pereira e de Francisca de Almeida. Itú com João Antunes Lobo f.° de Manoel Antunes
54 José de Anhaya casado em 1794 em Ara- Lobo do n.° 3 5 supra.
ritaguaba com Maria Gertrudes f.a de Gui- 2-10 Domingos Leme da Silva, f.o do § 5.» e 2.» mulher,
lherme do Prado e de Anua da Conceição, n. casou-se em 1697 em Itú com Anna da Cunha Maciel
p. de José do Prado e de Isabel de Proença. f* de João Alvares Maciel e de Maria da Cunha. Sem
5-5 Pedro Vaz casado em 1797 na frêguezia . geração.
supra com Francisca de Almeida. fM f.o ultimo do § 5.°, já era fallecido em 1684.
5-6 Vicente Ferreira casado em 1798 na mesma
localidade com Francisca de Paula f.» de
Manoel de Marins Peixoto, de Parnahiba, § 6.o
e de Maria dos Santos, por esta, neta de
João Rodrigues Bicudo e de Maria Leme de ^ i^leixo. Pedro Taques escreveu ser Aleixo Leme dos
Zunega. «eis; porém, enganou-se, porque este foi f.° de Braz
5-7 Anua da Costa casada em 1800 na entio Leme e de Isabel Leme de Freitas, n. p. de Aleixo
vüia de Porto Feliz com Bartholonwn pe " me' Cap. 3.o adeante.
e

Campos f.° de J o ã o . . . e de Theresa Maria. Se Pedro Leme Cap. l.° teve algum f.« Aleixo, nós
^ o descobrimos o seu estado.
TIT. LEMES
MT. LEMES

3-1 Anna Maria Ribeiro do Prado casada com José


§ 7.o Pereira de Alvarenga f." de João de Siqueira de
1-7 João Leme do Piado, f.» do Cap. 1." (confundido por Alvarenga e de Izabel Pereira. Com geração em
Pedro Taques com o n.o 2-1 do § 4.° deste Cap.) foi Tit. Prados. Cap. 6.° § l.o. 2-1, 3-7.
casado com Anna Maria Ribeiro f.a de Raphael de 2 8 Paschoal Leme e tres outros irmãos falleceram no ser-
Oliveira (o moco) e de Maria Ribeiro. Tit. Hortas. tão antes de 1677.
Falleceu João Leme do Prado com seu testamento em g.9 Helena do Prado, fallecida em 1713 em Jundiahy, foi
1677 em Jundiahy, d'onde tirámos os seguintes filhos: (') j,o casada com Manoel Peres Calhamares. fallecido em
2-1 Anna Maria Ribeiro 1668 nessa mesma villa, f° de Gaspar Affonso Vida)
2-2 Marianna do Prado e de Domingas Antunes, V. pag. 12, n. m. de Ma-
2-3 Filippa do Prado noel Antunes e de Innocencia Rodrigues, em Tit. Pretos.
2-4 Lucrecia Leme do Prado Cap. 6." § l.o, 2-2; 2.» vez casou Helena do Prado com
2 5 Joanna do Prado
;

2-6 Matheus Francisco Fernandes Louro, f em 1684 em Jnndiahy,


2 7 Antônio Leme do Prado
: e teve: (C. O. de Jundiahy) Do l.o marido 4 f.os:
2-8 Paschoal Leme 3 1 Domingas Antunes
2-9 Helena do Prado 3-2 Maria Affonso, solteira.
2-10 Maria Ribeiro 3-3 Izabel Leme.
2-1 Anna Maria Ribeiro estava já casada em 1677 com 3-4 Manoel Peres.
Antônio Pinheiro. Do 2.o marido 6 f.os:
2-2 Marianna do Prado estava casada com o sargentomòr 3-5 Salvador Fernandes Louro.
Antônio Affonso Vidal f.o de Gaspar Affonso e de Do- 3-6 João Leme Louro.
mingas Antunes. Tit. Pretos: 3-7 Braz Estevês Leme.
2-3 Filippa do Prado. 3-8 Pedro Leme do Prado.
2-4 Lucrecia Leme do Prado estava casada com Paschoal 3-9 Simão Leme da Silva
Dias Rodrigues. 3-10 Francisco Fernandes Louro
3-1 Domingas Antunes, f. de 2-9 supra, em 1713 era viu-
a

2-5 Joanna do Prado, inventariada em 1714 em Jundiahy, va de Luiz do Amaral, natural de Setúbal, o qual
foi a l.a mulher de Custodio Malio de Siqueira f." de foi 1.° casado com Maria de Saavedra í> de Constan-
Francisco de Sousa e de Victoria Pinto, de Santos. Teve tino de Saavedra, em Tit. Saavedras. Teve de Luiz
(C. O. de Jundiahy) 2 £<••: do Amaral as 3 f.as seguintes:
3-1 Joanna de Sousa do Prado 4-1 Luiza
3-2 Francisco de Sousa.
2-6 Matheus. 4-2 Helena
2-7 Antônio Leme do Prado, de Jundiahy. (cremos) foi 1.» 4-3 Maria
casado com Leonor de Siqueira f.» de Manoel Rodrigues |-? Maria Affonso, f." de 2-9, falleceu solteira.
de Moraes e de Francisca de Siqueira fiaruel; segunda' 3-3 Izabel Leme, falleceu solteira
vez casou-se em 1698 em Parnahiba com Maria do 3-4 Manoel Peres Calhamares casou-se em {709 (O. Sc
PradO f> de Fiiippe de Abreu e de-Domingas de Lima
do Prado Teve da 1.» a geração em Tit. Moraes. Da de S. Paulo) com Maria de Siqueira f." de Pedro da
2A q. d.: Silva e de Maria de Siqueira, por esta, neta de Al-
berto de Oliveira d'Horta e de Sebastiana da Rocha.
. . Tit. Hortas Cap. 2." § 2.", 2-10.
(') Pedro Taqoee, b u n d o nae memórias de JandUby, deterem, '•o Salvador Fernandes Louro, f.° de 2-9 e â.» marido,
tmdeioenle como filho», nomee qae não estão no testamento.
falleceu em 1744 em Jundiahy, e foi casado com The-
resa de Moraes 1'." de Manoel Rodrigues de Moraes e
264 TIT LEMES TIT. LBMBS 26õ
de Francisca de Siqueira (Tit. Moraes). Teve (C. O. de 4-1 Joanna Leme da Silva casada com José Martins Gn-
Jundiahy) 8 f.oa: tiemB.
4-1 Manoel de Moraes Leme 4-2 Francisco Leme da Silva casou-se em 1760 em Atibaia
4-2 Salvador Fernandes Louro com Francisca de Godoy Moreira f." de Antônio de
4-3 João de Moraes da Silva Siqueira de Alvarenga e de Maria Soares de Godoy.
4-4 Francisco Fernandes Louro 3-10Francisco Fernandes Louro, ultimo f.o de 2-9 retro,
4-5 Antônio de Moraes da Silva casou-se com...
4-6 Gracia de Moraes casada cora Ignacio Gonçalves
4-7 Maria Lourença de Moraes casada com Antônio Se- 210 Maria Ribeiro, ultima f> do § 7.°, foi casada com Je-
rafim do Amaral. ronimo Dias Cortes, e teve q. d.:
4-8 Theresa de Moraes cason-se em 1746 (C. Ec. de 3-1 Jeronimo Dias Cortes (o moço) fallecido em 1722,
S. Panlo) com Manoel Fernandes, natural da Ilha casado com Anna Pedroso Ribeiro. Teve:
da Madeira. 4-1 João Leme do Prado casado em 1726 em Itú.
3-6 João Leme Louro, fallecido em 1734 em Jundiahy, foi com Maria Antunes f> de João Alvares da Cruz
casado com Sebastiana da Rocia. Teve (C. O. de S. e de Luzia de Abreu.
Paulo) 4 f > : 4-2 Jeronimo Dias Cortes casado em 1725 em Itú,
4-1 Matheus Leme do Prado com Maria Leme da Veiga f.» de Gabriel Ponce
4-2 Francisco Fernandes Louro de Leon e de Maria Leme da Veiga. Tit. Fer-
4-3 Maria Leme do Prado nandes Po voadores.
4-4 Francisca de Siqueira Leme. 4-3 Antônio
3-7 Braz Bsteves Leme foi casado com Maria Ribeiro de 4-4 Maria.
Azevedo £» de Antônio Ribeiro de Azevedo e de Ma-
ria de Oliveira dBorta, por esta, neta de José de 9 8-°
Oliveira d'Horta e de Maria Luiz. Tit. Hortas Cap.
2.° S 4 o , 24. Teve q. d : 1-8 Helena do Prado, f. do Cap. 1.°, casou-se em 1638 em
a

S. Panlo com Pedro de Góes Raposo f.° de Antônio


4-1 Helena do Prado da Silva casada com Alberto de Saposo, cavalleiro, natural de Beja, e de Izabel de
Oliveira Lima f.° de Domingos Barreto de Lima e de Góes. Tit. Raposos Góes.
de Anos da Bocha de Oliveira. Tit. Cubas Cap. 1."
§ 1.°, com geração.
4-2 Salvador Ribeiro Preto casado em 1741 (OEc.de
S. Paulo) com Izabel Cubas Bueno f.* de Joio 1-9 Filippa do Prado, ultima f.» do Cap. l.o, foi casada
Pinto Guedes e de Francisca Cubas Chassim. Tit com João de Santa Maria, secretario de dom Francisco
Ciassíns. de Sonsa governador geral do Brasil em 1699. Teve:
3-8 Pedro Leme do Prado casado com Maria de Oliveira- 2-1 Joanna do Prado
Teve q. d.; 2*2 Marianna do Prado
4-1 Maria de Oliveira casada em 1719 em Parnahibi 2 3 Helena do Prado
com Ignacio da Silva Sardinha f.° de Gaspar Sar- 2-4 Pedro de Leio Santa Maria
dinha de Agniar e da Anna Maria de Louvem. V. 2-5 Antônio do Prado Santa Maria
J.o pag. 70. 2-6 Domingos Leme da Silva
3-9 Simho Leme ds Silva, fallecido em 1789 em Jundialrj. 2-7 João do Prado Santa Maria
há casada com Draoia Nogueira do Amaral f • de Do-
mingo* Fernandes Gigante e de Joanna do Amaral 2-8 D
TU. Saavedras. Teve 2 f > : •1 Joanna do Prado (òmittída por Pedro Taques) foi ca-
uda com João da Costa, e teve q. d.:
TIT. LEMES 267
XIT. LEMES

Teve de seu casamento com Izabel da Costa Santa


3-1 Izabel tia Costa Santa Maria que foi casada com Maria 8 filhos que são: (C- Õ. de S. Paulo)
o capitão Lourençõ Franco Viegas, irmão de João 4-1 João Franco Viegas
Franco Viegas, que foi casado com Beroarda Luiz, 4-2 Catharina Frauco do Prado
cuja descendência vem descripta no V. 1.» pag 436. 4-3 Lourençõ Franco do Prado
O capitão Lourençõ Franco Viegas, fallecido em 4-4 Joanna Franco
1700 em S. Paulo, era natural da villa de Portei, 4-5 Ignez Franco
comarca de Évora, Portugal, f.° de Lourençõ Franco 4-6 Izabel Franco Viegas V-fjÊ
Viegas e de Francisca Coitado, e serviu honrosos 4-7 Maria Franco do Prado
cargos em Paulo onde foi juiz ordinário e mere- 4-8 Josepha Franco do Prado
ceu uma carta firmada pelo punho do rei em que 4-1 João Franco Viegas, a quem seu pai instituiu como
este lhe agradecia os serviços prestados em S. herdeiro de seus grandes serviços, deixou amortecer os
Paulo. merecimentos de seu pai, como paulista que era, con-
Foi um distincto militar e deixou em seu testa- tentando-se sé com a gloria de ser filho de um pai que
mento uma relação dos serviços que prestou na tanto se distinguiu uo real serviço. Não descobrimos
milícia, os quaes conferem com as fés de officio e
são os seguintes: «Em Mourao, Villa Jfova de Al-
freno, em Monsaraz serviu na companhia do capitão t nem seu estado, nem descendência.
-2 Catharina Franco do Prado falleceu em 1750 na villa
' de S. João de Atibaia, em cuja matriz foi sepultada.
Luiz Espinolla: depois passou a Elvas com o capi
tao-general André de Albuquerque e se achou na Foi casada duas vezes: a l. com o coronel Antônio
a

tomada do forte da Telena em a batalha que houve da Rocha Pimentel f.° de Pedro da Rocha Pimentel e
na ribeira do Guadiana. Depois passou a soccorrer de Leonor Domingues de Camargo, com geração no
Campo Maior. Veiu ao Brazil a cidade da Bahia, V. 1-° pag. .516; segunda vez casou-se com o capitão
onde serviu no terço do JCstrater na companhia do Ignacio de Siqueira Ferrão, vinvo de Catharina Pereira,
capitão Fernão Telles de Menezes, de quem foi filho de João de Siqueira Ferrão, natural de Portugal,
alferes. Voltou ao reino e serviu na companhia geral e de Anna Maria de Siqueira. Com geração á pag. 48
em posto de alferes do capitão de mar e guerra deste V. 2.o.
André Ferreira. Em tempo do general Pedro Jaqaes 4-3 Capitão Lourençõ Franco do Prado, f.° do capitão
de Magalhães, quando se tomou Pernambuco, foi Lourençõ Frauco Viegas u de Isabel da Costa Santa
mandado com um prego de S Magestade ao mestre Maria n.° 3-1 retro, foi por algum tempo morador nas
de campo general Francisco Barreto. Serviu «'esta . minas de Pitangny logo depois de sna descoberta sendo
guerra até se vencer a restauração de Pernambuco eleito juiz na epocha de sua elevação a villa Falleceu
do poder do inimigo hollandez. Tornou a passar ao na Conceição dos Guarulhos em 1772 na avançada
reino na companhia do mesmo capitão Fernão Tel- idade de 91 annos e foi casado duas vezes; a 1.* com
les de Menezes. Em Alemtejo serviu no posto de Anna Peres Pedroso f .• de Domingos Pedroso e de
alferes do capitão João Gomes Catanha do terço de Maria Peres da Silva, por esta, neta de Alonso Peres
Manoel Velho da Fonseca; e o mesmo Lourençõ Calhamares e de sua mulher Maria da Silva no V.
Franco governou a dita companhia de Catanha todo l.o pag. 13; segunda vez foi casado com Catharina
o tempo que o exercito esteve em Badajóz. Achou-se de Lemos, de quem não deixou geração; porém teve
na batalha de S. Miguel, sitio de Elvas, com o ge- da l.a q. d :
neral D. Sancho Manoel. Em Lisboa serviu no terço
de Luiz Lourençõ de Tavora. Voltou ao Brazil e 5-1 João Franco Viegas
casou em 8. Paulo, onde foi juiz ordinário» (Pedro 5-2 Maria Frauco do Prado
Taques—Nob. Paulistana). 5-3 Antonia
5-4 Capitão Miguel Franco do Prado
TIT. LBHES TIT. l.HMES 269
1 Jo&o Franco Viegas, f.o de 4-3, foi baptisado em 1711 •1 Maria Gertrudes Franco, f.a do capitão Crispim e sua
em Atibaia, onde casou com Maria de Sousa f. de José
a
l.a mulher, foi baptisada em Atibaia, e ahi casou-se
de Sousa, natural de Portugal, e de Anna Maciel da l.o em 1780 com Vicente Pires Pimentel, t em 1798,
Gama, n'este V. 2.o a pag. 121. Foi Jofto Franco Viegas f.° de João Pires Pimentel e de Anua de Godoy, n. p.
pessoa de veneração, respeito e autoridade na frêguezia de Manoel Vaz Barbosa e de Isabel da Costa Pimentel,
de S. Joio de Atibaia, onde exerceu o cargo de vereador de Santo Amaro, n. m. de Balthazar de Godoy e de
da 1.» câmara municipal em 1769. Falleceu em 1792 Rosa da Rocha; segunda vez casou-se Maria Gertrudes
com 81 annos de idade e teve q. d.: Franco em 1801 em Atibaia com Raphael Cordeiro do
61 Capitfto de milícia Crispim da Silva Franco, bapti- Amaral f.° do capitfto Antônio Alvares do Amaral e
sado em 1741 em Atibaia, abi casou 4 vezes: a 1.» de Gertrudes Cordeiro. V. 1.° pag. 463. Sem geração
com Isabel Cardoso da Silveira (também chamada d'este 2.° casamento, porém, teve do l.o marido osf.o<
Isabel Ortiz), f em 1778 nessa villa com 31 annos descriptos em Tit. Macieis Cap. 4.° § 2o, 2-5, 3-3,
4-6, 5-4.
de idade, f.» de Pedro Ortiz de Camargo e de Ca-
tharina Rodrigues Garcia. V. l.° pag, 303 ; 2.» vez -2 Capitão Ignacio Franco de Camargo, foi baptisado em
casou em 1779 na mesma villa com Gertrudes Alves 1764 em Atibaia e falleceu em 1833. Foi casado 4 vezes:
Cardoso f.a de Ignacio Alves Cardoso e dc Maria a l.a em 1783 na frêguezia de Jaguary (mais tarde
de Godoy Moreira. V. 1.° pag. 4 9 1 ; 3.» vez casou villa de Bragança) com Gertrudes de Godoy Moreira,
em 1799 na mesma villa com Gertrudes Maria Franco, f. de João Pires Pimentel e de Anua de Godoy, men-
a

t em 181õ n'essa villa com 40 annos, f.» de Joaquim cionados no n.° 7-1 supra; segunda vez casou-se em
Bneno de Azevedo e de Messia ferreira de Camargo, 1799 com Escholastica Maria Buèno, fallecida em 1800
V- 1." pag. 400; 4-* vez casou o capitão Crispim com 24 annos; terceira vez casou-se com Anna Maria
em 1816 na mesma villa de Atibaia com Maria Joa- da Conceição, e a 4.» vez casou-se com Francisca Maria
quina Franco f.a de Joaquim Franco de Camargo Penteado. Esta ultima, enviuvando, casou-se com Ignacio
e de Ignacia Bneno Cardoso, Y. l.o pag. 340. Teve: Franco de Godoy em 1833 no Belém. O capitão Ignacio
Da 1.* mulher Isabel da Silveira, 8 f."»; Franco n.° 7-2 teve geração da 1." e da 4.* mulher, e sio:
7-1 Maria Gertrudes Franco Da l.a mulher:
7-2 Capitão Ignacio Franco de Camargo
7-3 Anna Franco 8-1 Anna Pires Pimentel casada em 1808 em Atibaia
7-4 Francisco da Silva Franco com o alferes Manoel Joaquim Leite f.° de João
7-5 Jo&o Baptista Franco Leite de Barros e de Anna Alvares de Godoy. Com
7-6 José Maria Franco geração no V. l.o pag. 301.
7-7 Joaquim da Silva Franco 8-2 João Franco de Camargo que casou em 1820 em
7-8 Mecia ds Silveira Franco Atibaia com Gertrudes Francisca Cardoso f.a do al-
Da 2. mulher 2 f.oa além de outros ff na infância:
k feres Lourenço Franco da Rocha e de Rita de
7-9 Alferes Salvador do Nascimento Franco Oassia de Moraes. Com â f.oa descriptos n'este V. 2.»
7-10Ignacio José da Silva pag. 54
Da 3 * mulher 4 t °»: 8-3 José Pires Pimentel casou em 1811 em Atibaia com
7-11 Maria da Silveira Franco Maria Perpetua do Nascimento f.« de Francisco Cor-
7-12 Anna Gertrudes Franco deiro do Amaral e de Anna Joaquina das Neves.
7-13 Antônio ds Silveira Franco V. 1.° pag. 456. Teve 5 foa:
7 14 Maria Ritts 9-1 Maria Isabel casada em 1833 em Atibaia com
Joaquim José da Silveira f.« de Joio José da
Ds 4.' mulher n&o consta geração. Silveira e de Anna Theresa da Conceição, V.
l.o pag. 491.
TIT. LKMEB 271
270 TIT. LBHJSft
10-1 Ambrozina casada com Antônio Morato de
9-2 Gertrudes Maria casada em 1829 em Atibaia Carvalho. Com geração em Piracicaba.
cora Antônio José Soares f.° de Francisco Soares 10-2 Flora de Almeida Leite casada com Fran-
de Lima. Com geração em Tit. Preto». cisco Antônio Leite. Tem (por informações):
A mm casada no Amparo com João Rodrigues. l l - l Francisco José Leite
Com geração. 11-2 João Baptista Leite
9-4 Josepha casada em itatiba com José Braga. 11-3 Antônio José Leite
9-6 Francisco que foi assassinado por seus escravos. 11-4 Maria, viuva.
84 Antônio Pires de Godoy casou em 1819 em Atibaia 11-5 Anna casada com o dr. Finnino.
" coin Jacintha Maria Franco f.a do capitão José 11-6 Cândida casada com Antônio de Araújo
Joaquim Rodrigues e de Anna Cardoso Franco. Cintra f.° do tenente-coronel Jacintho
8-5 Maria Franco foi casada em 1813 em Atibaia com José de Araújo Cintra, de 8. Carlos
Antônio Corrêa de Lacerda, de Jundiahy, do do Pinhal, á pag. 63 (Teste.
capit&o Francisco Corrêa de Lacerda e de Anna 11-7 Julietta, solteira.
Maria da Conceição, de Jundiahy. E teve: 10-3 Adelaide casada com Ismael Morato de
9-1 Bento de Lacerda Guimarães, já f, barão de
Araras, foi casado com sua prima-irmà Manoela de Carvalho, com 7 f.o*.
Cássia Frauco, baroneza de Araras, já t. f* do 10-4 Idaiina casada com João Morato de Car-
alferes Joaquim Frauco de Camargo n.° 86 valho, sem f.os.
abaixo, e de sna 2.» mulher Maria Lourença de 9-2 Joaquina Maria de Oliveira, baptisada em 1807
Moraes. Com geração á pag. 275 cVeste. em Atibaia, casou-se em 1819 n'essa localidade
9-2 José de Lacerda Guimarães j á j \ barão de Arary,
foi casado com sua prima-irmíi Clara f. ae
ft com Joaquim Alvares Cardoso, viuvo de Ma-
8-6 adeante; segunda vez casou-se com sua so- noela Miquelina Dultra, f.° de Joaquim Alva-
brinha Maria Dalniacia, baroneza de Arary, f. & res Cardoso e de Anna Francisca Bueno, com
do n.° 9-1 supra. Com geração na pag. 275. geração no 1.° V- pag*. 497.
9-3 Joaquim Lacerda casado c o m . . . Com geração. 9-3 Mathilde Franco casou-se com José Lourençõ
9-4 Anna casada com Luiz Simões. Sem geração. da Silveira f.o do alferes Lourençõ Franco da
9-5 Escholastiea casada com Antônio Soares. Sem Rocha e de Rita de Cássia, já mencionados no
geração. n.° 8-6 retro.
9 4 João Franco da Silveira casou-se com Rita
8-6 Alferes Joaquim Franco de Camargo (mais tarde Ferraz de Campos f> de Manoel Ferraz de
capitão) foi l.o casado em 1806 em Atibaia com Campos e de sua l . mulher Anna Bueno de
&

Maria Rosa de Oliveira f> de João Francisco Dultra, Camargo. Tit. Arrudas Cap. l.° § 4.°. Teve
de Portugal, o de Anna Francisca, em Tit. Cunhas
Gagos; segunda vez casou-se em 1814 em Atibaia com 2 f>S;
Maria Lourença de Moraes f.* do alferes Lourençõ 10-1 Anna Ferraz casada com o tenente José
Franco da Rocha e de Rita de Cássia, â pag. 52 da Silveira César f.o de Joaquim Franco
d'este. Teve: do Amaral e de Delphina da Silveira Cé-
Da 1 » mulher 4 f,*" : sar. V. l.o pag. 484.
9-1 Cândida Franco de Camargo casada com o ca- 10-2 . . . . . casada com José Pires da Silveira
pitão Emygdio Justino de Almeida Lara, natural f.° de Joaquim Pires de Camargo e de
de Atibaia, t ° do tenente Felix José da Gunliã Rita Maria da Silveira; são ambos resi-
e de Maria Carolina Justiniana. Tit. Siqueiras dentes na Limeira. Com geração.
Mendonças. Teve: Da 2JI mulher teve Joaquim Franco de Camargo
os seguintes f.o*:
TIT. LEMES
CV7A
TIT. LEMES
9-8 Francisca, f." do alferes Joaquim Franco, ca-
9-5 Miguel da Silveira Franco casou-se com sua sou-se com Antônio Manoel de Abren. Teve:
prima Juliana. Teve: 10-1 Joaquim Bazilio de Abreu
10-1 José 10-2 Antônio Crispim de Abreu casado com
10-2 Antonia casada com Sabino Soares de Ca- sua prima Anna Miquelina f.* de José
margo. Lacerda Guimarães, f barão de Arary, e
10-3 Maria casada com seu primo Ignacio TJbal- a
l . mulher Clara, n.o 104 de 9-9 adeante.
dino de Abreu n.° 106 de 9-8 adeante. 10-3 José Leite de Abren.
9-6 Maria Jacintha casou-se com José Ferraz de 104 Verônica casou-se com José Leite, na
Campos Jnnior f.° de Manoel Ferraz de Cam- Limeira
pos e l.» mulher Anna Bueno. Com geração em 10-5 Lourenço Franco de Abreu
Arrudas Cap. 1.° § t « . 10-6 Ignacio Ubaldino de Abreu casou-se com
9-7 Rita, f.a do alferes Joaquim Franco e 2.» mu- sna prima Maria f.a de 9-5 retro.
lher, foi l.o casada com seu tio materno Lou- 10-7 Bento Franco de Abreu.
renço Franco e 2.' vez com Joaquim Claro de / 10-8 Anna Francisca casada com Luciano Es-
Abreu. Teve: teves dos Santos.
Do l.o marido: 10-9 João Franco de Abreu casado com
10-1 Ignacio vJ8 10-10Messia Franco de Abreu casada com...,,
10-2 Joaquim
10-3 Juliana e outros failecidos na infância.
10-4 Francisco Franco da Rocha 9-9 Clara t i do alferes Joaquim Franco, casou-se
105 José (Gordo) com seu primo irmão José de Lacerda Guima-
10-6 Maria Rita casada com Maninho P. de rães, f barão de Arary, f-° de 8-5 retro. Teve:
Abreu. 10-1 Antônio Franco de Lacerda
Do 2.° marido: 10-2 Joaquim Franco de Lacerda
10-7 Anna casada com seu primo José Ferrai 10-3 Maria da Gloria casada com seu primo
10-8 Cândida Leite Ferraz casada com Manoel João Soares do Amaral f.o de Antônio
Ferraz de Camargo. Teve: José Soares e de Gertrudes Maria do Nas-
11-1 Dr. Alfredo Ferraz cimento. Com geração em Pretos.
11-2 Dr. Alberto Ferraz 10-4 Anna Miquelina casou-se com seu primo
11-3 Francisco Ferraz irmão Antônio Crispim de Abren n.° 10-2
11-4 Del fino Ferraz de 9-8 retro.
11-5 Joaquim 10-5 Maria das Dores casou-se com seu primo
11-6 Manoel. innao Joaquim Franco de Camargo n.°
104 de 9-10 adeante.
10-9 Verônica 10-6 Rita casou-se com seu primo Francisco
1010 Manoela casada com Antônio Joaquim Fer-
raz. Soares de Camargo. Tit. Pretos.
10-11 José 10-7 João Franco de Lacerda
KM2 Cecília, fallecida em 1883. foi casada com 10-8 José Franco de Lacerda
José Estanisláu Ferras de Campos f-° <! 8
10-9 Cândido Franco de Lacerda casou-se com
Antônio Ferraz de Campos e de Maria -Èíiza Wliitaker de Oliveira f.a do com-
Ferraz, por esta. neto do barão de Cas- mendador Justiniano de Mello Oliveira e
calho. Tit. Arrudas. da 2.« mulher Brazil» de Aguiar Whi-
taker. Tit. Cordeiros Paivas. •
u
MT. LEMES 275
TIT. LEMES

10-10 Pedro 10-4 Bento de Barros Franco, já t> ' casado w

1 0 1 1 Manoel c o m . . . f.a de Antônio Corrêa Galvào.


10-12 Francisco 10-5 Dioclecia de Barros Franco solteira, em
e outros failecidos na infância. 1898.
9-10 José da Silveira Franco, f.° do alferes Joaquim 10-6 Lydia | na infância
Franco e 2.» mulher, casou-se 1." com suapriuia- 10-7 L y d i a (nenê) solteira
irma Malhilde f. de João Franco de Camargo
B
10-8 F l a v i o d e Barros Franco, bacharel em direito.
e de Gertrudes Franco Cardoso. Teve 3 f.«: 9-12 Padre Joaquim Franco de Camargo, vive em
10-1 Anna Bulalia casada com seu primo Joa-
quim José de A r a ú j o Vianna n.° 10-1 de § S. Paulo neste anno de 1904, conego da sé ca-
9-14 adeante. Sem geração. thedral de S. Paulo.
10-2 Maria 1 fallecidas solteiras no Rio 9-13 Manoela de Cássia Franco f baroneza de Ara-
10-3 Gertrudes) Claro ras, matrona de grandes virtudes, foi casada
Segunda vez casou-se J o s é da Silveira Franco com seu primo irmão Bento de Lacerda Gui-
com Escholastica, de Itatiba, irma de Sa- marães, fallecido em 1898, barão de Araras,
bino Soares de Camargo. T e v e 2 f.os: importante fasendeiro no município de Araras,
1 0 4 Joaquim Franco de Camargo J unior resi- f.° de Antônio Corrêa de Lacerda e de Maria
dente em S. Paulo, casado com sua prima
Maria das Dores n.° 1 0 - 5 de 9-9 supra. Franco n.o 8.5 retro. Teve:
10-5 Cândida solteira. 10-1 Donatol , „ . ,
9-11 Coronel Bento da Silveira Franco 1, foi mo- 10-2 Maria / f i l , , e c l ( l o s

rador na Limeira, onde foi opulento fazendeiro. 10-3 Maria Dal macia baroneza de Arary, 2."
Foi 1." casado com sua sobrinha Anna f.' de . esposa de seu tio José de Lacerda Franco,
Joaquim Alves Cardoso e de Joaquina Maria fallecido barão de Arary. Reside em S.
de Oliveira n.° 9-2 retro. Segunda vez foi Paulo e tem 5 f. : os

casado com'Maria Angélica de Barros f* de 11-1 Clotilde. de Lacerda Coimbra casada


Antônio de Paula L e i t e de Barros, de Itú, e com Dr. Rodolpho Coimbra, tem 2
de Maria Theresa F e r r a z de Camargo. Sem
geração da l.a mulher; porém teve de 2;», na- filhos menores
turaes da Limeira, os seguintes f.os: 1 1 - 2 Albano Octavio de Lacerda, solteiro.
10-1 Joaquim de B a r r o s Franco 1 1 - 3 Leonidia de Lacerda Monteiro de Bar-
10-2 Maria Flora d e B a r r o s que foi casada ros viuva do coronel Lucas Monteiro de
com o dr. Fernao de Sousa Queiroz f.° de Barros. Com geração em Tit. Moraes.
"Vicente de Sousa Queiroz, j á t , e de Fran- 1 1 - 4 Maria Ottilia de Lacerda, solteira
cisca de Paula Sousa, barão e baroneza de 11-5 Celina de Lacerda, solteira.,
Limeira, em T i t . Penteados; e 2.» vez está 1 0 4 Coronel Antônio de Lacerda Franco, di-
casada com seu primo J o s é de Lacerda
Soares f.° de J o ã o Soares do Amaral e rector do banco União de S. Paulo, sena-
de Maria d a Gloria n . 10-3 de 9-9 retro.
u dor estiidoal. membro do directorio repu-
Tem 1 f.a do 1.° marido e do 2." doas. blicano em S. Paulo, casou-se com
10-3 Antônio d e B a r r o s Franco, engenhei!» 10-5 C l a r a casada com Gabriel de Toledo Piza
civil pelo Instituto Polytechnico de Beo* e Almeida, doutor em medicina—ministro
selaer—Troy—E. Unidos da America- brasileiro em Pari*. Sem geração (Vide
Toledos Pizas)
10-6 A una casada com Antônio Alvares Leite
Penteado, importante capitalista, propri-
etário e industrial em S. Paulo, f.° do dr.
TIT- LBMSS 277
276 TIT. LEMES 10-4 Anna Cândida de Araújo Vianna.
10-5 José Joaquim de Araújo Vianna
João Carlos Leite Penteado e de Maria 10-6 João Joaquim de Araújo Vianna casado
Hygina. (Vide Tit. Penteados) Com ge- com Amélia Carolina Alves Viauna f.* de Joaquim
ração Theodoro Alves, de Campinas
107 Eugênio de Lacerda Franca, engenheiro 10 7 Antônio Franco de Araújo Vianna f cm
civil pelo Instituto Politechnico de Rensse- Santos em 1887
laer—Troy—B. Unidos da America, casado 10-8 Manoel Franco de Araújo Vianna, resi-
com... f.» do coronel José Ferreira de dente em Santos, a quem muito deve o
Figueiredo.
10-8 Tenente João de Lacerda Franco casado autor destas notas pelas valiosas informa-
com Joanna f.» de José Soares de Camargo ções por elle fornecidas.
de Anna..., sua 1.» mulher. Tit Pretos. 10-9 Messias Franco de Araújo Vianna f ° B

10-9 Tenente-coronel Joaquim de Lacerda Franco Rio de Janeiro em 1885


casado com Augusta 10-10 Rozalia I ., . .
10-10 Manoela de Lacerda casada com Affonso 10-11 Cândido ) t t ™ m&nc»
Vergueiro £.° do Luiz Pereira do Campos, 9-15 Carolina Amélia de Camargo, f> do alferes
Vergueiro, com geração & pag. 197 d'este. Joaquim Franco, cason-se com seu sobrinho Al-
10-11 Cândida casada com o coronel Justiniauo
"Whitaker de Oliveira f.o do conuneudadov bino Alves Cardoso f.« de Joaquina Maria de
Justiniauo de Mello Oliveira, já +, e de Oliveira e de Joaquim Alvares Cardoso. Com
sua 2.» mulher. Tit. Cordeiros Paivas. geração no V. l.° pag. 499.
10-12 Manoel de Lacerda Franco j 9-16 Capitão Lonreuço Franco da Rocha casou com
10-13 Bento de Lacerda Franco sna sobrinha Anna Eliza Franco f.» de Maria Ja-
10-14 Escholastiea Lacerda casada com Pérsio Pa- cintha n.° 9-6 de 8-6 retro e teve:
checo e Silva f.° dv> tenente-coronel An- 10-1 Anna Franco casada com Amando de Abreu
tônio Carlos Pacheco e Silva e de Fran- Soares Cayúby (com 10 f.*>») Tit. Cubas.
cisca de Camargo Andrade. Tit. Tenorio». 10-2 Maria casada com seu primo Manoel Ferraz
9-14Escholastiea f. f-" do alferes Joaquim Fruua
e 2.* mulher, foi casada em Limeira com Joaquim de Camargo f.° do capitão do mesmo nome
José de Araújo Vianna, j á +, (natural de Portugal) e de Leocadia da Rocha Ferraz. Tit. Ar-
E teve: rudas Cap. l.o § 4. 9

10-3 Cândida solteira


10-1 Joaquim José de Araújo Vianna Júnior 10-4 Escholastiea casada com..,
casado com sua prima Anna Bulalia f' de 10-5 Vicente Ferreira Franco casado com sua
José da Silveira Franco n.o 9 10 sopra; prima Benedicta Alves de Oliveira f.» de
falleceu em 1897 em Araras
10-2 Maria Leopoldina caaada com Jorge d* Januário de Oliveira Camargo e de Joa-
Aguiar Whitaker f.o de Guilherme Wta- quina Alves Franco. Tit Cordeiros Paivas
taker e de Angela da Costa Aguiar- W- 10-6 Joaquim, solteiro, reside em S. Paulo com
leceu em 1895 em S. Carlos do Pffito). sua mãe.
Tit. Penteados, ahi a geração,,
103 Lydia, ja i , casada com o capitão Aatow 9-17 Anna Joaquina Franco falleceu solteira em
OWario de Barro» í.° de Antônio de Pw* Limeira
Leite de Barros e de Maria Ferraz de u 9-18Cândida Franco, ultima f.» do alferes Joaquim
margo. Tit Pedrosos Barros. Franco, casou-se com Joaquim Ferreira de Ca-
margo Andrade, barão de Ibitinga, f.° de Joaquim
TIT. LEMES
TO. Í.RMKS

Ferreira Penteado, barão de Itatiba- Com gera- 1819 em Bragança, natural de S. João de El-
ção no V. l.o pag. 272. • - s Rei, e de sua 2.° mulher Anna Cardoso de Oli-
8-7 Izabel, t.» do capitão Ignacio Franco de Camargo veira, n. p. de Francisco Teixeira e de Jero-
. e 1.» mulher Gertrudes de Godoy, foi.buptizada em nima Corrêa. Teve (por informações):
1798 em Atibaia, e nao descobrimos seu estado. 10-1 Cândida, fallecida, foi casada com Antônio
Da 2.a e 3." mulher nao deixou geração o capitão Soares de Barros. Com 10 f.o» em Botucatú.
Ignacio Franco 10-2 Joaquim Teixeira das Neves, capitalista,
Ca 4.» teve 2 f.as que sao: morador em S. João do Rio Claro casado
8-8 Maria com um anno de idade em 1833, veiu a ca- com Carolina Braga das Neves, do Rio de
sar-se com Joaquim Estevão (com geração) Janeiro. Tem os seguintes f.°»:
8-9 Anna Franco Penteado casou-se com filias de Godoy
Moreira, viuvo de Maria Izabel da Silveira, f.» de 11-1 Dr. Joaquim Teixeira das Neves
Manoel Joaquim de Godoy e de Anna Joaquina, Júnior casado com. . sua sobrinha
em Tit. Godoys, com geração; e 2." vez com Al- f.a de Augusto Gomes Braga, Com
bnno Franco Penteado. f.oa menores.
-3 Anna Franco da Silveira casada em 1780 em Atibaia 11-2 Dr. João Teixeira das Naves, como
com Antônio Alvares do Amaral f.° de Raphael Cor- o precedente, formado em direito, ca-
deiro do Amaral e 2." mulher Anna de Ribeira. Com sado com... f;a de Theodoro de Paula
geração no V. 1.» pag. 467 Carvalho, natural do Rio Grande do
-4 Francisco da Silva Franco, baptisado em 1709 em
Atibaia, ahi casou-se em 1785 com Maria Magdalena Sal e morador em Rio Claro.
do Amaral f.a de João Ortiz de Camargo e do Ursula 11-3 . . casada com o dr. Celestino de tal,
Bueno. V. l.o pag. 300. Teve q. d.: formado em direito, morador em S.
8-1 José da Silveira Franco casou-se 1.° em 1809 em Carlos do Pinhal.
Atibaia com' Gabriella Maria de Oliveira £.» de 11-4 Sebastiana Teixeira das Neves, sol-
Ignacio de Oliveira Cardoso e de Maria Ferreira teira em 1900.
Lustoza, V. l.a pag. 114; segunda vez casou-se 11-5 Eduviges Teixeira, falleceu solteira.
José da Silveira Franco com... Sem geração d'esta 11-6 Bento Teixeira das Neves, solteiro.
2.a mulher, porém, teve da l.a os 7 f.os seguintes. 11 7 Raul Teixeira das Neves, solteiro.
9-1 Francisco da Silveira Franco casado com Maria
Rosa. Teve:, 10-3 Francisco Teixeira das Neves, f.° de 9-5
supra, falleceu solteiro.
10-1 Pedro da Silveira Franco 10 4 Maria Teixeira casada com Manoel de Aze-
10-2 Joaquina, solteira. vedo Barbosa. Teve:
10-3 Mana casada com Eugênio Brnchine,. 11-1 Attila de Azevedo, fallecido solteiro.
10-4 Narcisa casada com Oarlos Calheiros. 11-2 Aristogito de Azevedo.
10-5 Josepha casada com João da Fé. 11-3 Adelina de Azevedo casada com Ge-
9-2 Lniz da Silveira Franco, fallecido em Botucatú, raldo Augusto.
onde foi casado com. . e deixou 7 f.oa. • 11-4 Hyppolita de Azevedo, solteira em 1900.
9-3 Jacintho da Silveira Franco, falleceu solteiro. 11-5 Antônio de Azevedo, menor em 1900.
9-4 João da Silveira Franco 10 5 Anna Teixeira Galleno, fallecida. foi casada
9-5 Gertrudes da Silveira Franco casou-se com Fran- com Gaudencio Jordão de Oliveira Galleno.
cisco Teixeira das Neves, natural de Atibaia, 10-6 João Teixeira das Neves, solteira, morador
f.» de José Teixeira dos Neves, fallecido em.
1
em Pirassunuuga.
10-7 Querubina Teixeira das Neves, falleceu
solteira em S. Paulo.
TÍT. LEMES

TIT. tSMBS
Cap. õ.° § 5.°, 2-8, 3-3. Teve da l.a mulher q. d.
em Atibaia:
10 8 flUn Teixeira, fallecida. 9-1 Cândida casada com Joio Saldanha.
Joaquim M de Freitas Ribeiro e 2 . w 9-2 Jo&e Franco
com Rodrigo de tal, de Portugal. Teve do
1.° marido: 9-3 Delphina Maria Carolina casada em 1830 em
IM Joaquim Atibaia com Antônio de Oliveira Lustoza f.o de
10-9 Carolina Teixeira, f.a ultima de 9-0, existe Ignacio de Oliveira Cardoso ede Maria Fer-
solteira em 1900. reira Lustoza, V. l.o pag llõ. Com geração.
9-6 Maria da Silveira Franco casada com Carlos 9 4 Escholastiea Maria de Oliveira casada l.o em
João Schmiüt. Teve 1 f>: 1832 em Atibaia com José Gonçalves da Ounua,
10-1 Sebastiana casada l.o com ; e 2.' vez viuvo de .Escholastiea Maria de Jesus, e 2.* vez
com José Emygdio de Barros, j;l fallecido. foi casada com Jacintho Leite.
Com grande geração. Pa 2.» mulher teve o n.° 8-3;
9-7 Jesuina da Silveira Franco casada com Lino de
Godoy, irmão de João de Godoy Lima, Ita- 9-5 Antônio Franco de Camargo casado e morador,
" tíba, f.o» de José Joaquim de Godoy e de Anua em Atibaia onde tem geração.
Maria Frauco. Tit. Prados. Com 2 f>s :
84 Anna Franco do Amaral, baptisada em 1798 em
10-1 João de Lima casado com Ataria das» Dores. Atibaia. ahi casou-se em 1813 com Antônio Franco
10-2 Pedro, lallccido. de Godoy f.° de José de Godoy Franco e de Ger-
S-2 Rapliael da Silveira Franco, t'.° de 7-4, casou-se 1.* trudes de Siqueira. Com geração em Tit. Godoys.
em 1809 em Atibaia com Mecia Bueno de Moraes S-5 Anna. baptisada em 1800 em Atibaia.
f." dc Francisco Bueno de Moraes e de Maria Gon- 8-6 Maria, baptisada em- 1803 em Atibaia.
çalves da Cunha, Tit. Moraes; 2.* vez com..., A
J.» mulher falleceu na Limeira e a 2.a em Botncatá. 7'5 Joilo Baptista Franco, f.° do capitão Crispim da Silva
Teve q. d., da l.a: Franco e l.a mulher," foi baptisado era '1771 em Atibaia
e casou-se em 1788 na freguezia de Jaguary (Bragança)
91 Maria Joaquina casada em em Atibaia coa com Anna Joaquina da Conceição, natural de 8. Paulo,
Fidelis Franco de Camargo f.° de Manoel Far- f» de José Rodrigues Barbosa e de Clara Rodrigues
quim de Moraes c de Maria Frauco Barbosa. de Sousa, n. p. de Estanislau Rodrigues Antunes e de
Da 2.» mulher teve o b.o S-2 (por informações): Joanna Barbosa Maciel. Tit. Macieis.
9-2 Raphael da Silveira Franco Filho ' • 6 José Maria Franco, baptisado em 1773 em Atibaia,
93 Bento da Silveira Franco casou-se em 1792 na freguezia de Jaguary com Ger-
94 casada com José Bueno da Silva e foram trudes Maria de Jesus f> de José de Camargo Lima
paes de: e de Josepha dos Santos. V. l.o pag. 57.
10-1 Joaquim Bueno de Camargo Franco, fazen- Joaquim da Silva Franco, baptisado em 1774 em Atibaia,
deiro no Espirito Santo do Rio Pardo, e ds casou-se com Maria Gonçalves dos Santos Teve q. d.;
outros f.o», fazendeiros em Botncatá e °-l Anna Franco casada em 1812 em Atibaia com
Avaré. Joaquim Mariano de Ávila f.° de Fernando Pires
8-3 João da 8ilva Franco, f.° de 7-4, baptisado em líW de Ávila e de Antonia Francisca de Moraes. V. l.°
em Atibaia, ahi casou-se 1.° em 1814 com AmuJ* pag. 355. Com geração.
cíntha Penteado f • de José Franco Penteado e d« . ^2 Theodoro, baptisado em 1802.
Maria Luiza Pimentel, V. I pag. 343; seguiu"
o

vez casou-se com Gertrudes Theresa f> de Antoaw 8*3 Antônio da Silva Franco, baptisado em 1804 em
Manoel de Camargo e de Anna Ignex. N este 1». Atibaia, casou-se em 1837 no Belém de Jundiahy
(hoje Itatiba) com Escholastiea da Silveira Franco, •
frr. ABATES
282 rn». LSMZS
9-3 Maria Francisca da Silveira casada em 1851 no
viuva de .Joaquim Antônio da Silveira, f. de Fran-
tt Amparo com Henrique Mariano do Amaral, de
cisco da Silveira Franco, que foi morador no Am- Campinas, f.° de Jo&o Mariano do Amaral e de
paro, e de sua 1.» mulher Anna Gertrudes de Campos. .Joaquina da Silveira Franco.
Com geraçito, n'este V. á pag. 71. • 9-4 Luiz da Silveira Franco casado em 1858 no Am-
84 Policena, baptisada em 1806. paro com sua prima Jacintha da Silveira Franco
8-ò Marinha da Silva Franco (cremos) foi casada com f> de Joaquim de Oliveira Cardoso e de Ger-
Ignacio Rodrigues da Silva e deixou geração em trudes da Silveira Franco.
Itatiba. 8 2 José baptisado em 1797 casou-se com...
8-6 üommendador Joaquim da Silva Franco, da ordem 8-3 Francisco da Silveira Franco, baptisado em 1798,
da Rosa, intelligente fazendeiro, fallecido em Ita- casou-se em Bragança em 1820 com Joaquina Maria
tiba, foi casado com Gertrudes t'. de Escholastica
a de Godoy f.a de Pedro Yaz Pires o de Anna Joa-
da Silveira Franco e 1.° marido Joaquim Antônio quina de Godoy. Tit. Macieis.
da Silveira. Com geração «Veste V. á pag. 71. 84 Anna da Silveira Franco casou-se em 1814 em
8-7 Kathi.de Franco, f.a de 7-7, casou se em 1832 no
:
Bragança com Mariano Ferreira.
Belém de Jundiahy com Joaquim Alves de Oliveira 8-5 Maria da Silveira Franco, baptisada em 1802, ca-
f.° de José Alves de Oliveira e de Maria Gertrudes sou-se em 1814 em Bragança com Vicente Bneno
Ribeiro. de Godoy. Teve 8 f.os :

8-8 Manoel da Silva Franco casado em 1832 no Belém


de Jundiahy com Anna Joaquina, viuva de José Ro- 9-1 Anna Carolina da Silveira casada em 1853 no
drigues. Amparo com Zacharias Ortiz de Camargo, viuvo
7-8 Mecia da Silveira Franco, ultima f.a do 1.° matrimônio de Manoela Maria de Jesus, com geração.
do capitáo Crispim, foi l.o casada com Luciano José 9-2 Maria da Silveira Franco casada em 1842 no
Leme, fallecido em Bragança em 1812, f.o do sargento- Ampai'0 com José Moreira César de Vascon-
mór Jeronimo da Rocha Bueno e de Marianna de Jesus, cellos f.° do capitão José Moreira César e de
u'este V. 2.° á pag. 43; segunda vez casou-se em 1813 Gertrudes Maria de Vasconcellos.- .
em Bragança com Salvador dn Godoy Moreira f.° de 9-3 Joaquina Maria da Silveira casada em 1845 no
José Ortiz de Camargo e de Gertrudes Maria de Godoy. Amparo com José Soares da Rocha, do Rio de
V. l.o pag, 313. Teve: Janeiro, í ° de Serafim Soares da Rocha e de
Do 1.° marido 10 f. que sao:
os
Ignacia Maria.
8-1 JoEo da Silveira Franco, baptisado etn 1796, casou-se 94 Joaquim Antônio de Godoy casado em 1846 no
em 1825 na villa de S. Carlos com Policena Esmeria Amparo com Carolina Cândida de Camargo, de
de Godoy f,a de Joaquim Bueno de Godoy e de Campinas, f> de Pedro Bueno de Camargo e
Joanna Vaz de Lima. Com geração no Amparo, de Antonia Maria Franco.
entre outros: 9-5 José Bueno de Godoy casado em 1857 no Am-
paro .com Anna Carolina de Camargo, irmà da
9-1 Justina Maria da Silveira casada em 1842 no precedente n.° 9 4.
Amparo com João de Godoy Lima f.° de Manoel
Antônio de Godoy e de Joaquina Maria de Si- 96
queira. 9-7
9-2 Leopoídina da Silveira Franco casada em 1848 9-8 .......
no Amparo com Antônio de Padua Flores, na- H Gertrudes da Silveira Franco casada era 1820 com
tural da Meia Ponte, f.° de José da Costa Car- Joaquim de Oliveira Cardoso. Teve q, d.:
valho e de Anna do Espirito Santo. 9-1 Anna casada em 1843 no Amparo com José
TIT. LEMES TIT. LEMB8
284
Vicente de Lima f.o de Jofto de Lima Bueno 9-2 Joaquim Damasio casado com sna prima Apol-
e de Anua Jacintha de Oliveira. lonia, irma da precedente.
0-2 Gertrudes casada em 1843 no Amparo com 9-3 José Damasio casado com...
Joaquim Bueno de Godoy, natural de Campinas, 9 4 Manoel Damasio casado com sua prima Gertru-
' f.° de José Cordeiro de Godoy e de Luzia Bueno, des f.a de Bento José da Silveira supra.
8-7 Joaquim Rodrigues Leme casado em 1817 em Bra- 84 Anna Gertrudes Franco casada em 1825 com seu
gança com Anua Francisca de Godoy. tio Ignacio José da Silva n.o 7-10 adeante.
8-8 Senhorinha da Silveira Franco casada em 1821 em 8-5 Izabel
Bragança com Floríano Pires f.° de Fructuoso Pires 8-6 Gertrude.s da Silveira Franco casada em 1830 no
Pimentel e de Anna Maria de Jesus. Belém (Itatiba) com Jofto Franco da Silva f.° de
8-0 Antônio, com 6 annos em 1818. Antônio da Silva Pinto e de Rosa Maria de Godoy.
S-10 Jacintho da Silveira Franco casado em 1830 em Da 2>
Atibaia com Cândida Lina Moreira f.a de Manoel 8-7 Jofto Baptista, f com um mez de idade.
Joaquim de Godoy e de Anna Joaquina das Neves. 7-10 Ignacio José da Silva, f.° do capitão Crispim e 2.»
Tit. Godoys Cap. 1.° § S.°. Com geração no Amparo. mulher Gertrudes Alves, casou-se com sua sobrinha
Do 2.° marido Salvador de Godoy Moreira teve: Auna Gertrudes Franco n.° 8 4 de 7-9 supra.
8-11 Ignacia Esmeria de Camargo casada em 1833 no
Amparo com Francisco Antônio de Camargo t° Da 3.a mulher Gertrudes Maria Franco, f em 1815 em
do capitão José Ortiz de Camargo e de Gertru- Atibaia, teve o capitão Crispim os 4 f.os seguintes:
des Maria de Godoy. V. 1.° pag. 3t>3. 7-11 Maria da Silveira Franco, baptisada em 1800 em Ati-
Do 2,° casamento teve o.capitão Orispím da Silva Franco: baia, ahi casou em 1818 com José Francisco f° de
7-9 0 alferes Salvador do Nascimento Franco, que occupon Miguel Ribeiro Cardoso e de Maria Franco de Siqueira.
os cargos públicos em S. João de Atibaia, onde foi 7-12 Anna Gertrudes Franco casada em 1818 em Atibaia
juiz ordinário e de orphàos, foi 1.° casado com Joa- com Jofto Pires de Camargo, natural de Bragança, f>
quina Pedroso da Silveira f.a do capitão Joaquim de de José Pires de Camargo e de Catharina de Moraes.
Siqueira Franco e de Gertrudes Francisca Pedroso, 7-13Antônio da Silveira Franco casonse era 1824 em Ati-
n'este V. 2.o pag. 90; 2. vez casou-se em 1823 em
a
baia com Maria do Carmo t> do capitão Lourençõ
Atibaia com Joaquina Maria Franco f.a de Francisco Franco da Bocha e de Rita de Cássia de Moraes. Com
Barbosa Pires e de Maria Antonia Franco, V. 1.» geração á pag. 54 d'este V. 2-°.
pag. 403- Falleceo e foi inventariado em Atibaia era 7-14 Maria Rita casou-se em 1829 no Belém de Jundiahy
1824, e teve com Daniel Franco de Moraes f.° de André Bueno de
Da 1> 6 f.os: Moraes e de Maria Francisca Cardoso, sem geração.
8-1 Maria Jacintha da Silveira casada em 1814 com
Francisco Pires Pimentel f.° de João Pires Pimentel e 6-2 Bartholomeu Franco de Azevedo, f.° de Jofto Franco
de Maria Antonia. Com geração no V. 1 pag, 401;;
0
Viegas e de Maria de Sousa da pag. 268 foi bapti-
8-2 Serafim... casou com . sado em Atibaia em 1752, e casou-se 1.° em 1776
8-3 Damasio Franco da Silveira, f e m
1S39 no Belew, n'essa villa com Maria de Góes de Camargo f> de
casou-se em 1826 em Atibaia com Antonia Franco José de Góes Pimentel e de Maria Ribeiro, no V. l.o
Isbella t » do alferes Manoel Joaquim Leite e de pag. 353; segunda vez casou-se em Atibaia em 1781
Anna Pires Pimentel. V. 1-° pag- 301"- Teve: com Gertrudes Cordeiro Bueno, t em 183S. f. de Ra-
B

9-1 João Damasio casado com sua prima Maria f pliaeí Cordeiro do Amaral e de Anna Ribeiro Cardoso.
de Bento José da Silveira e de Gertrudes Fraw» Sem geração da 1.» mulher; porém teve da 2* pelo
Isbella, n*'este V. 2.° pag. 90. inventario desta em Atibaia, 7 f.os descriptos no V.
1.° pag. 484> que silo:
TIT. LBMKS 287
TIT. LEMES

ii. p. de João de Araújo e de Maria Baldaia.


7-1 Anna Franco casada 1.° com Joaquim Mariano de Deixou geraç&O.
AriJa e 2.» vez em 1821 em S. Carlos com Antônio 7-3 Anna Franco de Godoy casada em 1789 em Atibaia
Joaquim de Godoy í.° de Ignacio Taques Pompen. com Bento de Oliveira Cardoso t° de Jeronimo da
7-2 Maria Gertrudes Alvares casada em 1816 em Ati- Rocha e de Escholastica Corrêa. Teve q. d.:
baia com Manoel José Pinto V. 3 pag 123.
o

7-3 Joaquim Franco do Amaral casado 2 vezes, mora- 8 1 José Caetano de Godoy casado em 1808 em
dor no Belém. Atibaia com Marhx Domingues f.a de José Pe*
7-4 Francisca Matliílde Franco casada em 1826 em reira Padilha e de Rita de Godoy. Teve q. d.:
Atibaia com Francisco José do Amaral, 9-1 Joaquim Franco de Godoy casado em 1841
7-5 Gertrudes Fi-ancò Cardoso casada em 1823 em h o Amparo com Justina Maria.f • de Fron-
Atibaia com Joio Canteiro do Amaral. * cisco Antônio de Oliveira e dè Gertrudes
7-6 Maria Franco Cardoso casada l.o com Jacintlio Maria.
Antônio da Silveira, e 2.» vez com Francisco José 9-2 Emilia Maria casada em 1845 no Amparo
de Moraes. com Joaquim Domingues Franco.
7-7 Maria Franco f solteira com 30 e tantos annos em Bg£ 8-2 Jo&o baptisado em 1793
Atibaia. 8-3 Maria > » 1705
6 3 Maria Kranco de Sousa, t> de Joilo Franco Viegas e 8-4 Manoel » » 1796
de Maria de Sousa, foi casada em 1771 em Atibaia 8-5 Anna » » 180Í
com Manoel de Camargo Pimentel f.o de Fernando de 8 6 Joaquim Franco de Godoy casado em 1819 em
Camargo Pimentel e de Francisca de Frias de Godoy. Bragança com Joanna de Sousa de OüYeira [*
Com geração no V. 1-° pag. 357. de Manoel de Sonsa de Moraes e de Antonia
6-4 José Franco do Prado, f.° de João Franco Viegas, de Lima de. Oliveira.
casou-se em 1763 em Atibaia com Rosa Ortiz de Ca- 8*7 Rosa, baptisada em 1805
margo f.» de Pedro Ortiz de Camargo e de Catharina 74 Vicencia Franco casou-se em 1765 em Atibaia com
Garcia; não descobrimos geração. Francisco Rodrigues Bneno f.o de Antônio Rodrigues
6-5 Anna Franco, f.» de João Franco Viegas n.o 5-1, casou dos Onros e de Marianna Bueno de Camargo, á
em 1754 em Atibaia com Francisco de Godoy Moreira pag. 116 deste. Teve q, d., por assentos de bapti-
f.o de outro de igual nome e de Marianna Corrêa de sados e casamentos:
Moraes, esta f. do alferes Luiz Corrêa de Moraes e
a
8-1 Lourenço b&ptisado em 1786 em Atibaia
de Maria da Cunha. Tit. Moraes. Teve, pelo inventaria 8-2 José baptisado em 1787 em Atibaia
de Anna Franco em Atibaia, 10 Ü.os que são: $-3 Antônio baptisado em 1789 em Atibaia
7-1 Escholastica Franco, fallecida em 1808 em Bra- 8 4 Francisco baptisado em 1791 em Atibaia
gança, foi casada 1.° em 1775 em Atibaia com 8-5 Maria baptisada em 1794 em Atibaia
Francisco de Góes Pimentel, f em 1776, f.o de José 8-6 João baptisado em 17% em Atibaia
de Góes Pimentel e de Maria Ribeiro, V. l.° pag. 8-7 Salvador Franco de Godoy casado em 1818 em
353; segunda vez casou-se com Miguel Vaz Pinto Atibaia com Gabriella Domingues f* de José
em 1779 em Atibaia, f.° de Manoel Vaz Pinto e Pereira Padilba e âe Rita de Godoy. Tit Bicudos.
de Joanna Barbosa. Tit. Tenorios. Teve do 1.* 8-8 Manoel baptisado em 1800 em Atibaia
marido l o unjco j á descripto no V. l.° pag. 363.
Do 2.° marido 12 f.o» descriptos em Tenorios. 8-9 Anna baptisada em 1802 em Atibaia.
7-2 Francisco Franco de Godoy casado em 1789 ea 7-5 Bartho/omen Franco'de Godoy. inventariado em
Atibaia com Maria Pires Cardoso f.a de Ignacio • 1841 em Mogy-miriro, casou-se em 1780 na frêguezia
de Araújo Chaves e de Theresa Ribeiro de Macedo de Jaguary (Bragança) com Bita Pires Cardoso l
do tenente I n á c i o Gomes Cardoso e de Izabel Pires
TIT. LEMKS IIT. MDU8

Pimentel u. p- de Ignacio Gomes Xabsvvft e de 8-5 Joaquim Franco de Godoy casou-se em 1817
Cathuriua- Cardoso, - n. m. de. Manoel V a z Barbosa em Mogy-mirim com Rita Pires {.* de Manoel
e de Isabel da Costa Pimentel T i t . Macieis. Teve de Almeida Bueno e de Anna Domingues.
pelo inventario: 8-6 A n n a Franco de Godoy (ja fera 1841)casou-se
8-1 Roque Prauco de Godoy, ausente no sul em 1841 em 1 8 1 4 cm Atibaia, com José Mendes de Godoy
8-2 Baphael Franco de Godoy casou-se em 1809 na •;. f.° de Manoel Mendes de Godoy e de Maria
villa de S. Carlos (hoje Campinas) com liita Gertrudes de Sousa. T e v e :
Bneno f.» de Francisco Pedroso de Lima e de 9-1 Rita casada com Romao de tal.
Anna Maria do Ptado, T i t . Prados. T e v e q. d.: ' 9-2 Camillo Franco, morador em Campinas.
D-l Delphina Maria do Carmo casada em 1830 9-3 Antônio Franco, morador em Campinas.
em Atibaia cota Manoel Francisco Braga, 8-7 Antonia Franco de Godoy casou-se em 1818
viuvo de Maria Ferreira da L u z em Atibaia com J o s é Francisco de Moraes f.o
9-2 Jacintho Franco de L i m a casado em 1849 de Joaquim Bueno Franco e de Maria Ursula
com Gertrudes Franco d e Moraes 1.» de
de Moraes. V. l.o pag. 445, ahi a geração,
Ivo José de Moraes e de Gertrudes Alvares
"V- 1 ° pag. 475. 8-8 Rufina Cardoso Franco casada em. 1832 com
9.3 Antônio Franco de L i m a casado em 1631 Antônio Bueno Franco, irmão de Joào Francisco
em Parnahiba com M a r i a A n t u n e s de Abreu. do n.o precedente.
9-4 Ltriz Antônio de Castro casado em 1851 em 8-9 Vicente Pires de Godoy casado em 1801 em
Atibaia com Jacintha Franco da Cunha irma Mogy das Cruzes com Rita Maria f> de Fran-
de Gertrudes do n.o 9-2 V . I . . pag. 4 7 6 . Teve:
0 cisco X a v i e r Sardinha e Maria Machado de
10-1 Rita Maria de Castro casada com sen Lima. T i t . A r z a m .
parente Francisco d o A m a r a l Pinto f.° 7-6 Rosa Franco de Siqueira, f em 1826, casou-se em
de Antônio J o s é do Amaral, V. 1." 1790 em Atibaia com Antônio da Silva Pinto f.° de
pag. 4550. Com geração ahi. " Manoel d a S i l v a Pinto (de Taubaté) e de Luzia
8-3 Maria Franco Cardoso casou-se em 1805 om Bueno de Camargo n. p. de Antônio da Cunha Guedes
Atibaia com André Bueno de Moraes 1 ° de e de Izabel d a S i l v a n. m. de José Corrêa de Mo-
Francisco Bueno d e M o r a e s e de Maria Gon- raes e de M a r i a de Godoy. Com geração em Gar-
çalves da Cunha, n. p . de BaVtnazar da Costa cias Velhos.
e Moraes e de Mecia F r a n c o , em T i t . Moraes.
Com geração em Itatiba, A t i b a i a e outros lugares. 7-7Maria F r a n c o d e Siqueira casonse em 1772 em
o-4 Ignacio Gomes Cardoso casou-se em 1811 em Atibaia com Miguel Ribeiro Cardoso f.° de Salvador
Atibaia com Maria B o s a f.a de J o s é da Bocha Ribeiro Cardoso e de Ursula da Rocha, n. p. de
Franco e de Custodia M a r i a , n. p. de Miguel José Nogueira Cardoso e de Anna Ribeiro, n. m.
Ribeiro Cardoso e de M a r i a Franco n.o 7-7 de Sebastião Machado de Lima e de Maria da Rocha
adiante. Teve: Pimentel. V . 1.° pag. 105. Teve-.
8-1 J o s é da Rocha Franco casado em 1790 em
9-1 Mariano íloines Cardoso Atibaia com Custodia Maria Corrêa f." de Cae-
9-2 José Franco de Godoy, morador no 8 » tano Domingues Paes e de Maria Corrêa, de
corro/em 1841 Moraes. T e v e q. d.:
93 Theobaldo Franco de Godoy, mortów t» 9 1 Manoel J o ã o de Godoy casado em 1827 em
8occorro. gá A t i b a i a com Maria Gonçalves da. Cunha f.»
94 Manoel Franco de Godoy, morador no de I v o J o s é de Moraes e de Gertrudes Alvares
cornür.; n. p, de Francisco Bueno de Moraes e de
M a r i a Gonçalves d a Cunha, n. m- de An-
is
TIT. LEMKS 291
290 TIT. LEMES
9-2 Manoel com 21 annos em 1833"
tnnio alvares do Amaral e de Anna Franco. 9 3 Jacintho
V. 1." pag. 475 9-4 Joaquim com 13 annos em 1833
9-2 Maria Rosa casada em 1811 com Ignacao 8-6 João Baptista Pimentel casou-se em 1809 em
Gomes Cardoso . Jundiahy com Senhorinha Maria das Neves f.*
9-3 Vicente da Rocha Franco easoitse cora Maria de Roque de Siqueira Lima e de Anna Fran-
Franci