Você está na página 1de 2

INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA ALBERTO CHIPANDE

Nome: Teodato Omar Dos Santos Bridge

Curso: Administração e Gestão Aduaneira

Cadeira de Direito Fiscal e Aduaneiro- Vespertino-2020

1. Avaliação de frequência
Leia atentamente as questões e responda de forma precisa .
1- O Direito Fiscal e Aduaneiro é uma ciencia autonoma e por isso não necessita de
subsidio de outras areas do saber (2 v)
R: O Direito Fiscal e Aduaneiro é uma ciência autónoma, por que possui método e
objeto de estudo próprio que é o imposto, e este por sua vez necessita sim de subsidio
de outras áreas do saber por ser uma ciência recente precisa sim buscar alguns
conceitos ou por outra subsidiar de outras áreas do saber, como por exemplo
contabilidade, economia, fiscalidade e entre outras área do saber.

2- O direito fiscal e aduaneiro deve ser um instrumento de justiça social, as suas normas
devem estar sempre tipificadas e os procedimentos de aplicação devem ser eficientes
e o pagamento do imposto deve ter em conta o bolso do cidadao. As suas normas
apenas resolvem casos futuros. Indique e comente acerca dos princípios subjacentes a
afirmação. (6 v)
R: O direito fiscal e aduaneiro deve ser um instrumento de justiça social sim, e este
tem como princípio importante, o princípio da legalidade que as suas normas devem
estar sempre tipificadas ou por outra não há cobrança do imposto sem que haja uma
previsão legal, e temos também o principio da generalidade que por sua vez diz-nos
que o imposto é cobrado a todo cidadão que obtém rendimentos no pais que se
encontra, sendo assim não há diferença nos contribuintes assim como o pagamento do
imposto não deve ter em conta o bolso do cidadão.

3- Por regular uma relação onde um dos sujeitos é o Estado, o Direito Fiscal e Aduaneiro
faz parte do Direito Privado-especial. Concorda? (6 v)
R: não concordo, porque o conjunto de normas e princípios regem a atividade do estado, as
relações entre o estado que é o sujeito ativo e particular que é o sujeito passivo, com vistas a
barreiras de interesse coletivo e proteção nacional.
4- A relação jurídica tributária é complexa, pois envolve muitos agentes que, tem como
vinculo de ligação o imposto. comente acerca do papel das diversas instituiçoes que
intervem do lado activo na relação tributária. (6 v)
R: das diversas instituições que intervém do lado ativo na relação tributaria
desempenham o papel de recolher o tributo para atender um determinado serviço que
a população receba sendo ele especifico, vinculado ou não,

O docente: Hugo Bungueia

Você também pode gostar