Você está na página 1de 17

Índice

1.0 Abreviaturas..............................................................................................................2

2.0.Introdução..................................................................................................................3

3.0.Fusos horários............................................................................................................4

3.1.Hora civil Greenwich.................................................................................................6

3.2.Cartas dos Fusos Horários.........................................................................................7

4.0.Tabela de conversão de tempo...................................................................................8

5.0.Carta dos fusos horários do globo..............................................................................9

6.0.Conclusão................................................................................................................11

7.0.Referencia Bibliográfica..........................................................................................12

1
1.0 Abreviaturas

EUA - Estados Unidos da América

T U C - Tempo Universal Coordenado

GCT - Greenwich Civil Time

U T – Tempo Universal

L I D – Linha Internacional de mudança de Datas.

2
2.0.Introdução

O trabalho tem como tema Fusos Horários: Tabela de conversão, Carta dos fusos
horários do globo; os fusos horários são linhas imaginárias que dividem o Planeta em 24
faixas iguais. E nas idades antigas, usava-se o tempo solar aparente, de forma que a hora
do dia se diferenciava ligeiramente de uma cidade para outra. Os fusos horários
corrigiram em parte o problema ao colocar os relógios de cada região no mesmo tempo
solar médio. Os fusos horários geralmente estão centrados nos meridianos das
longitudes que são múltiplos de 15°; e por causa do movimento de rotação do nosso planeta,
a Terra apresenta dias e noites, e como consequência, vários pontos da superfície apresentam
diferenças de horários de longitude (que correspondem ao ângulo que a Terra gira em uma hora)
de uma faixa a outra, contados a partir de um meridiano inicial e corresponde à uma hora. O
trabalho tem como objectivo estabelecer as diferenças horárias do globo; identificar as
formas de conversão de tempo de cada região no mapa do globo terrestre. E para esta
pesquisa consultamos vários Manuais e em alguns sites da Internet e as referencias dos
mesmos estão patentes na bibliografia.

3
3.0.Fusos horários

Os fusos horários são linhas imaginárias que dividem o Planeta em 24 faixas


iguais, de forma que cada divisão tenha 15º de longitude (que correspondem ao ângulo
que a Terra gira em uma hora) de uma faixa a outra, contados a partir de uma meridiana
inicial e corresponda à uma hora. Tais faixas foram regulamentadas em 1884, numa
conferência astronómica nos EUA.

Os fusos horários são definidos a partir do Tempo Universal Coordenado (TUC)


em Londres, local onde o Meridiano de Greenwich divide o fuso determinando a
contagem das horas, já que é o meridiano inicial. Conforme se passa de um fuso a outro,
deve-se aumentar (a leste) ou diminuir (a oeste) uma hora no relógio. Os minutos e os
segundos continuam os mesmos. Quando alguém vem da América para Moçambique,
por exemplo, as horas aumentam. Ao contrário, se for para o oeste, elas diminuem. Essa
é a regra geral.

Considerando o movimento de rotação terrestre, é impossível o Sol estar cruzando


o meridiano de dois lugares exactamente ao meio-dia, excepto se esses lugares
estiverem sobre o mesmo meridiano. Como a Terra gira 360° em 24 horas, é fácil
verificar que a cada hora ela gira em 15°. Surge assim o conceito de divisão da Terra em
fusos horários, com a amplitude desses mesmos 15°, estabelecendo-se assim 24 fusos de
uma hora cada.

Em Outubro de 1884, 41 delegados de 25 nações se encontraram em


Washington, nos Estados Unidos, para a Conferência Internacional do Primeiro
Meridiano e decidiram que: no dia universal seria um Dia Solar Médio e começaria à
meia-noite em Greenwich contado no formato de 0 a 24 horas; no primeiro Fuso
Horário abrangeria uma faixa que vai de 07º 30’ E (de Este) a 07º 30’ W (de Oeste),
portanto, 15º de longitude.

As horas aumentam no sentido Leste e diminuem no sentido oeste até a


longitude de 180º ou antemeridiano, localizado de maneira muito conveniente no
Oceano Pacífico, local ideal para o estabelecimento da Linha Internacional de Datas.
Conveniente pelo fato de ser uma faixa da Terra pouco habitada, o que de certa forma

4
facilita, na prática, a ocorrência de um fato real que é a existência de duas datas em
lugares espacialmente muito próximos, como veremos adiante.

As horas mudam, uma a uma, à medida que passamos de um fuso a outro. No


entanto, como as linhas que os separam cortam várias unidades político-administrativas
ao meio, os países fizeram adaptações estabelecendo, assim, os limites práticos dos
fusos, na tentativa de manter, na medida do possível, um horário unificado num mesmo
país, estado ou província. No caso dos fusos teóricos, bastaria, para determinarmos a
diferença de horário entre duas localidades, saber a distância este-oeste entre elas, em
graus, e dividia por 15, a medida de cada fuso. Porém, com a adopção dos limites
práticos, em alguns locais os fusos podem medir mais ou menos que os tradicionais 15°.

5
Fusos horários - o mundo em fusos de 15º

A data e a hora das mensagens são expressas por um número de seis algarismos,
seguido por uma letra indicadora do fuso. Os dois primeiros algarismos indicam o dia;
os dois seguintes indicam a hora e, os dois últimos, os minutos. Exemplo: dia 20, às 11
horas e 32 minutos, hora de Greenwich (hora ZULU) será indicada por 201132Z.

3.1.Hora civil Greenwich

A hora civil de Greenwich (Greenwich Civil Time, GCT) é internacionalmente


aceita como base para medida de tempo. Qualquer letra colocada depois de um número
de seis algarismos indicará o fuso horário do lugar cuja hora é expressa por esses
algarismos. Os indicativos de fuso podem ser encontrados na carta dos fusos horários A
partir do meridiano de Greenwich (G) foram definidos 24 meridianos centrais
uniformemente distribuídos sobre a "esfera" terrestre. O fuso que contém o meridiano
de Greenwich recebeu a designação de Zonal ou Z e o seu tempo é o tempo médio em
Greenwich (UT). É comum a expressão “hora zulu” na radiodifusão e tem o significado

6
de hora tempo universal. Os demais fusos receberam letras como nomenclatura, com
excepção da letra J (para evitar confusão com I). Cada fuso recebeu um número
denominado de Número do fuso (F) que é um número inteiro, por convenção positivo
para leste e negativo para oeste de Greenwich, e que corresponde a diferença em horas
entre um ponto do interior do fuso e a hora em Greenwich. O meridiano central do fuso
12 recebe o nome de linha de mudança de data. Quando se cruza essa linha navegando
em direcção ao oeste deve-se avançar a data de 1 dia. Este fuso em particular é dividido
pelo meridiano central nos fusos +12 e -12.

3.2.Cartas dos Fusos Horários

Os números na parte inferior da carta indicam a diferença, em horas, entre o


local e a de Greenwich. Assim sendo, para achar a hora ZULU correspondente a
qualquer fuso deve-se acrescentar ou diminuir, à hora local daquele fuso, o número de
horas indicado na carta. Em algumas regiões, esta diferença pode variar, em decorrência
de disposições legais locais.

7
4.0.Tabela de conversão de tempo

Para converter a hora local de um fuso de outro, pode-se utilizar o quadro de


conversão de tempo. Cada coluna vertical indica um fuso horário. Sabendo a hora de
qualquer fuso, pode-se determinar a correspondente em qualquer outro seguindo as
linhas horizontais até a coluna vertical do fuso desejado. A área sombreada à direita do
quadro corresponde ao dia posterior (24 horas) ao dia constante da área branca,
enquanto a área sombreada do lado esquerdo corresponde ao dia anterior.
Exemplificando: admitimos serem 16 horas e 25 minutos no fuso ROMEO; a hora
ZULU correspondente será 21 horas e 25 minutos do mesmo dia. Outro exemplo: que

8
horas serão no fuso QUEBEC, se no fuso CHARLIE são 4 horas e 10 minutos do dia
20? - Serão 21 horas e 10 minutos do dia 19, isto é, do dia anterior.

5.0.Carta dos fusos horários do globo

O mapa de fusos do planeta mostra que as horas aumentam para leste e


diminuem para oeste, de qualquer referencial adoptado. Isso ocorre porque a Terra gira
de oeste para leste. Como o Sol nasce a leste, à medida que nos deslocamos nessa
direcção, estamos indo para um local onde o Sol nasceu antes; portanto nessa região as

9
horas estão "adiantadas" em relação ao local de onde partimos. Quando nos deslocamos
para oeste, entretanto, estamos nos dirigindo a um local onde o Sol nasce mais tarde;
portanto nesse lugar as horas estão "atrasadas" em relação ao nosso ponto de partida.

10
6.0.Conclusão

Depois da realização do trabalho percebemos que os fusos horários foram


criados para pôr ordem no horário mundial e atender a todos os segmentos da sociedade,
dessa forma passou a ser possível saber que horas são em determinado lugar neste
exacto momento. E vimos que a única hora verdadeira é a determinada pela posição do
Sol, e apenas é considerada certa para o sítio onde estamos. O resto são convenções,
mais ou menos afastadas da natureza. E percebemos que o globo tem 24 fusos que
corresponde a 360 graus e cada fuso tem 15 graus de amplitude e que corresponde a
uma hora por cada fuso. De fato, no momento da rotação do globo a terra gira de oeste para
leste sabendo que o Sol nasce a leste se em um determinado local o Sol encontra-se próximo à
posição do meio-dia, a oeste dessa posição, o Sol ainda não alcançou esta posição, enquanto a
leste, ela já foi ultrapassada. Se dois lugares estiverem alinhados ao longo de um mesmo
meridiano, terão a mesma hora solar, pois estarão vendo o Sol sob o mesmo ângulo horário com
a posição do meio-dia.

11
7.0.Referencia Bibliográfica

Ministério do Exército. (1997).Manual de Campanha C 24-18 – Emprego do Rádio em


Campanha, 4ª ed. Portugal. Portaria Ministerial Nº 433.

Nadal, C. A. Hatschbach,F.( 2000).Introdução aos Sistemas de Medição de Tempo.2 ª


Ed. - Curitiba, Curso de Pós- Graduação em Ciências Geodésicas. 50p,

Afonso, G. B.( 1977). Determinação dos Valores da Variação na Rotação da Terra e do


consequente afastamento da Lua. Curitiba. Dissertação de Mestrado em Ciências
Geodésicas UFPr.

12
ANEXOS

13
14
15
16
17

Você também pode gostar