Você está na página 1de 30

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS

INTEGRAÇÃO DE SISTEMA

Prof. Dr. Júlio Cesar Braz de Queiroz


jqueiroz@pucminas.br
ETHERNET
INDUSTRIAL
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Ethernet é um padrão aberto de rede criado pela Xerox para, inicialmente,


atender as necessidades de interligação de equipamentos em escritórios

Entretanto, devido ao sucesso do padrão, houve uma evolução significativa de


sua utilização bem como de seus padrões de hardware, topologia e velocidade
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Como os equipamentos de escritório não atendiam as necessidades das redes


de maior porte, houve uma evolução significativa na tecnologia dos dispositivos
repetidores e distribuidores, que passaram a utilizar softwares de
gerenciamento de rede
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

O uso destes dispositivos


microprocessados, com
capacidade de realizar a
comutação de mensagens,
aliados ao modo de
comunicação full duplex
em substituição half duplex,
promoveram ganhos
significativos de desempenho
na comunicação
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

A velocidade inicial de 2,94 Mbps passou para 10 Mbps, em seguida para 100
Mbps e 1 Gbps
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Entretanto, a rede Ethernet apresenta limitações para utilização no chão-de-


fábrica. O problema fundamental em se aplicar a Ethernet como rede de campo
industrial está no mecanismo CSMA/CD (Carrier Sense Multiple Access with
Collision Detection), através do qual a Ethernet define o compartilhamento do
meio físico e corrige erros de colisão dos dados
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Este mecanismo é fundamentalmente não-determinístico, o que pode ser um


empecilho para aplicações em tempo real

Limitações ainda podem ser relacionadas à robustez e configuração do


hardware, e também às topologias disponíveis

Degradação da
performance de
redes CSMA

Aumento da carga
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Outro problema fundamental da rede Ethernet é o suporte à redundância. As


topologias convencionais evoluiram da configuração do tipo barra para estrela
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Dessa forma, diversas empresas uniram-se para trabalhar no sentido de


superar as limitações da Ethernet convencional e evoluir para um padrão
industrial, a Ethernet Industrial

Na busca do determinismo, a Ethernet Industrial pretende utilizar a velocidade


de 10 Gbs, capaz de transmitir frames de 1518 bytes a 1,2 µs

A redução dos tempos de transmissão significa, para o determinismo, que toda


a comunicação está acontecendo de forma mais rápida. Qualquer tempo de
espera por dados de outro dispositivo torna-se insignificante

↓ Tempo de Transmissão ⇒ Determinismo


Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Entretanto, o aumento da velocidade aumenta também a probabilidade de


ocorrerem colisões.

↑ Velocidade ⇒ ↑ Probabilidade de Colisões

Uma forma de minimizar esse problema é a substituição do modo de operação


compartilhado pelo modo chaveado

Operação Compartilhada ⇒ Operação Chaveada


(hubs) (switches)
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Outro mecanismo que visa aumentar o desempenho da rede Ethernet Industrial


é permitir os equipamentos definir a prioridade das mensagens trafegadas,
garantindo assim o recebimento de dados de modo determinístico
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Para suportar a agressividade do ambiente industrial, fabricantes desse


segmento desenvolveram equipamentos específicos, com configurações
adequadas às aplicações
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Para atender as exigências de disponibilidade das aplicações industriais foram


desenvolvidos dispositivos de rede inteligentes para a construção de anéis
redundantes com switches óticos ligados sequencialmente
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Aplicações na indústria
Rede corporativa (intranet) – interliga a camada de supervisão às estações
gerencias do sistema corporativo e sistemas de informação
Rede internet – interliga a corporação ao ambiente externo
Rede de controle – interliga os controladores programáveis às estações de
operação, aos sistemas coletores de dados e às estações de otimização
Rede de campo – interliga os sensores, atuadores e equipamentos
microprocessados aos controladores programáveis
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Internet

Rede Corporativa

A B N
...
Roteador

ETHERNET Roteador

Roteador
INDUSTRIAL
Roteador

Wireless
Roteador

Roteador
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Outro recurso interessante que pode agregar flexibilidade às aplicações


industriais é a possibilidade de comunicação sem fio (wireless)

ETHERNET

Classic & HART I/O

H1, DP, DeviceNet, etc


Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

É uma solução prática, de fácil instalação e configuração, e custo relativamente


baixo

Entretanto, a solução sem fio apresenta limitações quanto à alimentação

• Velocidade da
transmissão
• Periodicidade da
transmissão • Consumo de
energia
• Quantidade de
informação
• Distância da
transmissão
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

As soluções ainda não são plenamente autônomas


Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Apresenta limitações em relação à distâncias

Áreas livres: lances de 250m

250 m 250 m
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Áreas congestionadas: lances de 100m

100 m 100 m
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Roteador
Podem ocorrer interferências móveis

Roteador

Roteador

Roteador
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Configuração de caminhos alternativos


Roteador

Roteador
Roteador Roteador

Roteador

Roteador
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Aplicação em áreas com atmosfera agressiva


Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Aplicação em áreas de difícil acesso


Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Aplicação em máquinas móveis


Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Controlador de porta IP para sensores


Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

A boa prática recomenda...


Escolher a solução mais adequada considerando a relação custo versus
benefício e, principalmente, as perspectivas futuras de ampliação e
desenvolvimento.
Sempre que possível, evitar o convívio de várias tecnologias de rede a
partir da utilização de conversores de protocolo, que levam à perda de
desempenho.
Redes de Campo Industriais – ETHERNET INDUSTRIAL

Links associados

www.smar.com/
www.schneider.ind.br/
www.moeller.com.br/
www.phoenixcontact.com.br
www.lonmark.org/
www.rockwell.com.br/
www.controlnet.org/
www.odva.org/
www.profibus.org/
www.fieldbus.org/
www.iebmedia.com/
www.hirschmann.com/

Você também pode gostar