Você está na página 1de 7

Ministério da Palavra - Pr.

Cutrim Filho 1

Categoria de Pecados que Impedem a Pureza e a Santidade


Baseado no Livro Retorno a Santidade – Dr. Gregory R. Frizzell

Introdução: Dr. Frizzell, fala de sete categorias de pecados, que devemos vencer numa
jornada de Purificação em busca da Santidade.

1. Pecados do Pensamento: “o que você pensa, é uma grande parte do que você é!
Não podemos entrar nessa jornada de santidade, sem a pureza da mente e do
coração. Todo pecado começa no coração e na mente. (leia: Mat. 15:19).
Não é por acaso que satanás ataca exatamente nossas mentes com pensamentos
impuros, impróprios e pecaminosos. Ele sabe que se puder desenvolver fortalezas em
nossos pensamentos facilmente nos levará a pecar e a nos separar do poder de Deus.
A Bíblia nos orienta a submeter nossas mentes e corações totalmente a Cristo. (veja
Prov. 23: 7) e ainda em Mat. 15:8 Jesus diz: “ este povo me honra com os lábios, mas o
seu coração esta longe de mim...”.
Significa que Deus despreza uma adoração insincera, de rituais vazios. Pois a
essência da adoração é prostra-se diante de Deus com corações submissos.
O que tem ocupado sua mentes hoje queridos?
Pensamentos libidinosos, impuros. Talvez você tem assistido muitos programas, filmes,
que estimulam esse tipo de pensamento e sentimentos impuros. (Mat. 5:28).
Deus quer tratar com você, na intimidade de sua vida pessoal. A Bíblia diz que
devemos levar cativo todo pensamento a Cristo. (leia: 2Cor. 10:5) “...levando cativo todo
pensamento à obediência de Cristo”
Precisamos centrar nossas inclinações e pensamentos em Jesus.(Col.3:1-3; Sal. 1:2;
119: 15,16). Não podemos ser santos, amar a Deus, se antes não amamos sua palavra.
Negligenciar a palavra de Deus, é negligenciar o próprio Deus.
Santidade é batalha espiritual queridos. A bíblia nos diz que nosso inimigo espiritual é
real. (1Ped. 5:8) “sede sóbrios e vigiai, o vosso adversário (o diabo) anda rugindo como leão,
buscando a quem possa tragar”.
Ele odeia a idéia de crentes buscar santidade, viver pureza pessoal, abster-se do
pecado.
Jovens, buscando ser santo, num mundo de tantas possibilidades para o prazer.
“Satanás fica enfurecido com a possibilidade de você meu irmão e irmã ficar limpo diante de Deus
e cheio do Espírito Santo”.
Ele sabe que nessa jornada de santidade, você vai descobrir o tremendo poder de
Deus através de uma vida de oração. Por isso ele vai tentar de todas as maneiras impedir
que você cresça espiritualmente, para agradar a Jesus e sua vida.
Uma das armas que ele usa são o desanimo e a culpa. E o campo dessas batalha é a
mente e o coração do homem. Portanto, a busca intensa de santidade amados irmãos,
deve ser nossa prioridade principal. É uma atitude mental e espiritual numa ação diária.

2. Pecados de Atitude:
Quando Deus examina nossas vidas, Ele não vê somente as ações exteriores, Ele vê
especialmente a atitude por trás delas.
Ministério da Palavra - Pr. Cutrim Filho 2

As vezes a maneira como se diz alguma coisa tem mais peso do que o que foi dito;
(tem haver com ofensas pessoais)
Deus esta muito interessado nas atitudes do nosso coração. Se elas são abençoadoras
ou causam estragos na vida de pessoas em nossa volta;
A raiz de todo pecado de atitude é a falta de AMOR. Inclusive por Jesus.
Pessoas que se cultam a si mesmo, que não há espaço para amar e adorar a Deus em
sua vida;
- O orgulho é um pecado de atitude dos mais refinados; (1Ped. 5:5; Sal. 51:17b)
santidade, avivamento, começam com atitude de humildade e quebrantamento profundo
em relação ao pecado (2Cron. 7:14) “se o meu povo.... se humilhar, orar, e buscar a minha
face...”
- Situações como: estar sempre tentando consertar os outros; se sentir melhor, mais
escolado que os outros; achar que não precisa de ninguém; chamar atenção pra sí
mesmo; auto promoção e rebaixando os outros; desejar ser o primeiro em tudo; está
sempre competindo pra levar vantagem; se achar mais esperto que os outros; onde você
chega deseja ser notado, elogiado pelas pessoas; gostar de ostentar status posição social
riqueza? são pecados de atitudes e orgulho.
Deus detesta todas as formas de arrogância e de autopromoção (Prov. 8:13, 1Ped. 5:5
e Tiago 2: 1-4).
- A falta de Fé: é um dos pecados mais mortais de atitude que o crente comete; foi a falta
de fé que fez o povo de Israel morrerem no deserto. A descrença, interrompe o fluir do
poder de Deus em nossas vidas; por causa da falta de fé muitos crentes vivem fracos e
derrotados e suas orações não são atendidas (Mat. 13: 58).
A falta de Fé, nos faz enveredar pelo mundo do materialismo, do mundanismo, que são
pecados que penetram sutilmente em nossas vidas.
Casamentos são desgastados e até desfeitos pela pressão financeira, relacionamentos
são quebrados etc.
Como esta sua fé? tens deixado as dúvidas permearem teu coração; deixado as
decepções da vida enfraquecerem sua vida de oração; a ansiedade não é só uma
fraqueza, mas um pecado intencional contra Deus.
O Senhor nos promete paz perfeita aqueles que escolhem confiar e não somente
temer. (Isaias 26:3).
- A humildade: é arma para vencer os pecados de atitudes; (Efe. 4:2)“com toda humildade
e mansidão, com longanimidade suportando-vos uns aos outros em amor”.
A principal marca de um crente é ser cheio de espírito santo e de bondade e
dedicação. Paulo diz que o Amor é paciente é bondoso... tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo
suporta” (1Cor. 13:4,7).
- Perdão: é a atitude que Deus espera que tenhamos com Ele, e com pessoas que foram
ofendidas por nossas atitudes de soberba, orgulhos etc.

3. Pecados de Palavra:
Deus dá uma enorme importância ao nosso falar; Jesus afirma “ Mas eu digo que no dia
do Juízo, os homens haverão de dar conta de toda palavra inútil que tiverem falado” (Mat. 12:36).
Vivemos numa sociedade que pratica uma linguagem maliciosa e desprezível do ponto
de vista cristão.
Ministério da Palavra - Pr. Cutrim Filho 3

E sem perceber nós estamos usando esse tipo de linguajar; Paulo diz “ nenhuma
palavra torpe saia da vossa boca” (Efe. 4:29 a); ainda “não haja conversas obscenas, nem tolas,
nem gracejos imorais, que são inconvenientes, mas ao invés disso ações de graças” (Efe. 5:4);
- Como acontece na pratica: Uso de gírias, palavra de baixo calão, piadas indecentes,
conversas apimentadas; uso da expressão “juro por Deus” pra enfatizar o que esta dizendo;
(Mat.5:37); Precisamos examinar o uso de nossas palavras, e o tipo de linguagem temos
praticado;
- Mentiras: há você é daqueles que não sabe viver sem uma “mentirinha básica”? gosta
de exagerar quando conta alguma coisa só pra aparecer? A Palavra de Deus nos diz: “
não mintais uns aos outros, visto que vocês já se despiram do velho homem com suas praticas”
(Col. 3:9);
- Murmuração: você se aflige e vive reclamando de tudo na vida? Sempre vê as coisas
pelo lado ruim? Os filhos de Israel reclamavam até da provisão de Deus, por isso
morreram todos. Toda aquela geração de Moisés não entrou na terra prometida porque
Deus os castigou. (1Cor. 10:10 e 1Tes.5:18); murmuração é um dos pecados que
bloqueiam as bênçãos de Deus para nossas vidas;
- Brigas, divisões na igreja, é uma tendência de nossos dias, por desse flagelo
espiritual. A infiltração dos padrões mundanos em nosso meio. Leva pessoas a quebrar
relacionamentos, construir inimigos.
Se você é daqueles que levanta a voz rapidamente; se irrita com facilidade; fica mal-
humorado facilmente; suas palavras refletem ódio e impaciência com aqueles que estão
ao seu redor; CUIDADO! A palavra nos diz: “ longe de vós toda a amargura, e cólera e ira, e
gritaria, e blasfêmia, e bem assim toda a malícia...” (Efe. 4:31);
Paulo diz que devemos viver em concordância, em amor uns com os outros, seja na
igreja, em casa, no trabalho etc.(1Cor. 1:10);
Tais pecados de palavras assim como os de atitudes são danosos à igreja, a família,
porque afetam relacionamentos. (minha avó) “uma ovelha má coloca um rebanho a perder”.
É preciso buscar Santidade nesse aspecto, para fortalecer a unidade da igreja. O
controle da língua é muito importante, diria indispensável, para que haja derramamento
completo da bênção de Deus sobre sua igreja ou sua vida!

4. Pecados nos Relacionamentos:


É aqui onde mais nós perdemos a plenitude de Deus em nossas vidas; Os pecados de
relacionamentos geralmente acontecem em áreas melindrosas de nossas vidas; o que
para tanto requer de nós um esforço maior para pedir perdão e demonstrar verdadeiro
arrependimento;
- Ofensa : as vezes são pessoas que são machucadas por nossa maneira de agir, de
falar, etc. Jesus nos ensina que devemos nos acertar com aqueles que temos ofendido.
(Mat. 5: 23,24);
Isto tem influencia direta em nossa relação espiritual. Ou seja não podemos nos
aproximar de Deus para prestar culto, até que tenhamos acertado os ponteiros com
aquela pessoa. O culto não será aceito.
Queridos o Perdão restaura relacionamentos em qualquer esfera da vida; baixe as
armas, não se defenda, faça o que Deus lhe orientou, peça perdão. Perdão, é a estratégia
de Deus para curar feridas, faça sempre com humildade e amor; (Luc. 17:4)
Ministério da Palavra - Pr. Cutrim Filho 4

- Relacionamento na família: deve estar em sintonia com a palavra de Deus; princípios


imutáveis como: Obediência, Respeito dos filhos para com os Pais, o Zelo, (cuidado), o
Amor e a Submissão entre Marido e Mulher; a falta de relacionamento adequando entre
familiares, é motivo da falta de poder e da plenitude do espirito de Deus. “ninguém que
esteja mal com os outros pode realmente estar bem com Deus” (Dr. G. Frizzell)
- Guardar ressentimentos: É outra arma que o inimigo usa para matar as pessoas em
nosso coração. Veja o que Jesus diz: (leia Mat. 6: 14,15); muitas orações não passam do
teto porque estamos presos ao passado, guardando coisas que nos amarguram a alma,
nos adoecem física e espiritualmente. Jesus diz que devemos perdoar essas pessoas ou
situações. “ assim também lhes fará meu Pai celestial, se cada um de vós não perdoardes de
coração a seu irmão” (Mat. 18:35);
- Relacionamento inadequado: um relacionamento impuro, vai do adultério e fornicação
até simplesmente estar inadequadamente próximo de alguém. A pratica de “Ficar”; é um
relacionamento impuro e impróprio para vida de filhos de Deus;
Relacionamento inadequado envolvem coisas que vão além da imoralidade sexual; é
um terreno onde com freqüência brotam o adultério e a fornicação;
Ninguém, está livre dos Sentimentos afetivos, então se você sente algo diferente por
aquela pessoa, seja honesto diante de Deus e vá até ela, conversem como filhos de Deus,
estabeleçam regras, limites, coloquem diante de Deus, antes que o inimigo se aposse de
seus sentimentos, os transformem em desejos impuros, fantasias, e consequentemente
chegar onde não deve...

5. Pecados de Ação:
Sabemos que transgressão é qualquer ato em que se quebra a lei de Deus ou fazer
aquilo que Deus proíbe. Esses são os pecados de ação;
A palavra de Deus nos adverte quanto aos cuidados que temos de tomar acerca desta
categoria de pecados, pois eles nos expõe à vergonha; ( Efe. 5: 5 a12);
Toda forma de imoralidade, impureza, perversão sexual; assistir filmes com cenas
imorais, violentas; seu modo de vestir (meninas) de forma a incitar pensamentos impuros
no sexo oposto; ler revistas e assistir coisas maliciosas, impuras, a bíblia condena;
Vivemos numa sociedade essencialmente depravada, e o Deus a quem servimos é
infinitamente Santo; essa é a razão;
Templo do Espírito Santo: Em 1Cor. 3: 16,17 (ler) Nosso corpo é o templo do Espírito
Santo, de deve ser espiritualmente santo e estar fisicamente em forma para ser usado no
Reino de Deus;
Portanto temos que exercer o controle pessoal de nossos apetites carnais, para
agradar a Deus; saiba que Deus honra e abençoa sobremaneira nosso esforço para
apresentar a Ele um vaso saudável, santo preparado para seu propósito; (quem ama
espera);
- Idolatria: Vivemos dias em que se propaga novas formas de idolatria. No passado o
povo substituía Deus por outros deuses; hoje, prega-se a adoração, o culto ao CORPO,
POSIÇÃO SOCIAL, O TRABALHO, AO SEXO.
Embora muitos não se considerem, por não se curvar diante de ídolos, estão sendo
idólatras quando se curvamos diante de qualquer coisa que ocupe o lugar de Deus em
Ministério da Palavra - Pr. Cutrim Filho 5

nossas vidas; quando fazem do dinheiro, do trabalho, da família seu deus. ( Êxodo 20:
2,3 e Mat. 6: 24)
- A troca de valores: hoje as pessoas passam mais tempo se distraindo na Internet ou
em frente a televisão, do que lendo a Bíblia e orando. O tempo para Deus, em casa, na
família já na existe mais, os valores, as motivações são outras;
A pergunta neste sentido é: quem ou o que, tem o primeiro lugar em sua vida? Jesus
disse “ buscai, pois em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos
serão acrescentadas” (Mat. 6:33) ainda (Luc. 18: 28 a 30 e 1Tim 4:8);
- Dinheiro: Jesus não pode ser o Senhor de sua vida se Ele não é o Senhor de suas
finanças. Como você lida com dinheiro? A forma de tratar com o dinheiro diz muito do que
você é! A Bíblia diz: “o dinheiro ganho com desonestidade diminuirá, mas quem o ajunta aos
poucos terá cada vez mais” (Prov. 13:11);
A palavra de Deus nos fornece princípios claros com relação ao uso do dinheiro. Um
desses princípios é que o dinheiro em nossas mão não é nosso, mas de Deus. (Mal. 3: 8
a 10); não entregar o dizimo é roubo e idolatria espiritual.
E por causa dessa desobediência na área financeira, muitos crentes estão com vidas
fracassadas, privados da bênção de Deus.
Portanto queridos, se há pecados nesta área, que você precisa tratar com Deus,
coisas que Deus esta trazendo à sua mente agora, do fundo do coração, que somente
você sabe o que é, não perca tempo.
Tome posse do sangue de Jesus e purifique-se, diante de Deus. Pare de andar
representando para os outros uma vida que você sabe que não está certa, tome a cruz e
morra para si mesmo, e ressuscite com Cristo para uma vida plena na bênção e graça de
Deus.

6. Pecados de Omissão:
Este pecado nós cometemos muito e as vezes nem nos apercebemos. Tiago diz:
“quem sabe que deve fazer o bem e não faz, comete pecado...” (Tiago 4:17);
Duas dimensões: O Pecado de omissão tem duas dimensões para com Deus e com o
Próximo;
A única forma de nos abster desse pecado da omissão é permanecendo em Cristo. (João
15: 4,5);
Duas formas de permanecer em Jesus: O estudo diário da Bíblia e a Oração; é
impossível viver a verdadeira santidade, na plenitude do pode de Deus, sem uma
comunicação diária e íntima com Deus;
- Omissão do tempo: Você esta ocupado demais consigo mesmo que não tem tempo
para Deus; se não dispomos de tempo para Deus, não teremos à nossa disposição seu
poder quando precisamos; “nossa força espiritual depende da qualidade do tempo que
dedicamos a Deus” (Atos 1:8);
- Não falar de Jesus: Envergonhar-se de Cristo é um pecado contra Deus, e o ficar em
silêncio é um dos maiores erros; (Marcos 8:38);
- Omissão no serviço: Deus deu dons aos crentes, para serem usados no seu serviço no
corpo de Cristo; Deus chama os crentes para servir de forma voluntária e abundante.(Efe.
4:8). É triste, mas as estatísticas mostram uma realidade lamentável, diz que apenas 20%
(vinte por cento) dos membros da igreja fazem 80% (oitenta por cento) do trabalho e
Ministério da Palavra - Pr. Cutrim Filho 6

sustentam a obra financeiramente. Enquanto os outros 80% (oitenta por cento) ficam de
braços cruzados ou ainda atrapalhando.
Queridos, se há alguém aqui escravo de pecados dessa natureza, em nome de Jesus
livre-se agora mesmo para gloria de Deus. Paulo diz: “pois o pecado não os dominará,
porque não estais debaixo da Lei, mas debaixo da Graça” (Rom. 6:14);
Deus nos promete vitória completa sobre qualquer natureza de pecado ou fraquezas
que nos escravizam. Confesse seus pecados ao Senhor. (1João 1:9; Tiago 5:16). Deus
deseja seguidores sérios e comprometidos com Ele.
A palavra de Deus é coisa séria demais, para ser simplesmente considerada; é para
ser obedecida imediatamente. Assim que causar impacto em nossas vidas.
Tome posse dessa vitória em nome de Jesus, sobre as fortalezas espirituais que o
Espírito te levado a identificar hoje aqui.
Não se omita na presença de Deus, em vencer essas fortalezas e sair daqui “mais que
vencedor por aquele que nos amou”.

7. Pecados de Autocontrole e Autoconfiança:


De todas as categorias, esta é a que exige um maior discernimento e revelação por
parte de Deus;
Vamos considerar algumas maneiras sutis como a velha natureza permanece viva em
áreas importantes da vida em nosso coração;
Não podemos negar que em alguns de nós o “EU” não foi totalmente crucificado, o que
impede que Cristo flua em nós e através de nós;
Paulo em Gálatas fala da CARNE, como sendo nossas ações e pensamentos humanos
quando agimos sem o controle direto de Cristo. (Gal. 5: 17 – 20); ainda em (Gal. 2: 19,20)
ele nos da a compreensão de um morrer para si mesmo, para viver para Deus. (ler).
À medida que Deus nos santifica, Ele fará que passemos por um processo progressivo
de morte para o “eu” e de vida com Ele e para Ele; veja o que disse Jesus aos discípulos:
“Se alguém quiser vir após mim, negue-se a sí mesmo, tome a sua cruz e siga-me...quem quiser
salvar a sua vida perdê-la-a; e quem perder a sua vida por minha causa achá-la-a”(Mat.
16:24,25);
O controle de nossas vidas agora está em Cristo, “vivo não mais eu, mas Cristo vive
em mim”. O velho homem deve estar morto, crucificado em Cristo. “pois sabemos que o
nosso velho homem foi crucificado com ele, para que o corpo do pecado seja destruído, e não mais
sejamos escravos do pecado” (Rom. 6:6)
Isto significa amados que temos de dizer “NÃO” a pensamentos, atitudes ou ações,
que sabemos que são da carne. E dizer “SIM” a ações ou serviços espirituais que nossa
carne naturalmente rejeita porque vem de Deus.
Embora Jesus nos dê a força os meios, somente eu e você, podemos fazer a escolha
de andar Nele a cada momento; escolher morrer para sí e deixar que Ele reine em nossas
vidas;
Sem esse controle de Cristo em nossas vidas, tudo que é espiritual se torna um fardo
pesado demais e fica difícil resistir as tentações;
É preciso ouvir a voz de Deus e não resistir; se tem alguma área da vida que estamos
resistindo a voz de Deus, é porque a velha natureza está no controle; você esta cedendo
as pressões do “eu” e sai vida ainda não esta centrada em Cristo. É preciso deixar o
Ministério da Palavra - Pr. Cutrim Filho 7

pecado e todo embaraço... (Heb. 12:1) enquanto isso não haverá vitória completa... até
que negue-se a si mesmo.
Então, como é que Deus quebra padrões velhos para liberar sua vida em nós? Ele usa
dois métodos:
1) A Convicção e a revelação do Espírito Santo através das Escrituras: é pela
palavra e pelo Espírito que Deus abre nossos olhos, mentes e coração para as maneiras
sutis que o “eu” ainda nos atrapalha como novas criaturas. (Heb. 4:12); “...a palavra de
Deus é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração” ;
2) O quebrantamento através das circunstancias da vida: Deus as vezes permite
provações para esgotar nossa força humana natural (leia 2Cor. 12:10) “...porque quando
estou fraco, ai é que estou forte”; Deus deseja que dependamos dele sempre. Quando nossa
força humana são vencidas, se acabam, não resta outra saída a não ser depender
profundamente mais de Cristo. Ele é a nossa força e justiça.
O quebrantamento nos leva a uma dependência de Cristo e seu poder, e põe fim as
possibilidades da velha natureza agir. Infelizmente muitos crentes resiste ao
quebrantamento de Deus em sua vida.
Amados, qualquer que sejam os pecados, as lutas que você esta enfrentando dentro
de você; permita que Jesus tome o controle delas, aproveite as provações, os sofrimentos,
as tribulações da vida para se chegar para perto de Jesus, purifique-se de seus pecados
lavando-os no sangue de Jesus.
Se desarme do autocontrole, da autoconfiança, dependa de Deus e seu poder para
desfrutar uma vida plena em santidade.

Pesquisado e adaptado
por
José R. Cutrim Filho
Pastor e Teólogo Batista

Fevereiro de 2008