Você está na página 1de 32

SEG13ABR

Segunda-feira
13 de Abril de 2020
Ano 44 • N.º 15959

Kz 45,00
Director: VÍCTOR SILVA
Director-Adjunto: CAETANO JÚNIOR
www.jornaldeangola.co.ao

SUSPENSÃO DA CERCA SANITÁRIA PROVINCIAL PRORROGADA POR MAIS UM DIA

Retidos durante a emergência


têm até hoje para voltar a casa
Cidadãos retidos nas diversas províncias por força do Estado de Emergência província para outra durante este período estão sujeitos à quarentena domiciliar
têm mais um dia para regressar a casa. O Presidente da República, João Lourenço, obrigatória, regra que se for desrespeitada dará lugar à quarentena institucional
decidiu prorrogar por um período de 24 horas o levantamento temporário da obrigatória. Inicialmente estava prevista a suspensão da cerca sanitária apenas
cerca sanitária em todo o país, permitindo a circulação interprovincial de pessoas nos dias 11 e 12 de Abril, depois de ser prolongado o Estado de Emergência por
e bens até às 23h59 minutos de hoje. Num Decreto assinado ontem, o Chefe de mais 15 dias, a vigorar de 11 a 25 de Abril, para que os cidadãos que se encontravam
Estado determina, também, que todos os cidadãos que se desloquem de uma retidos noutras províncias pudessem regressar às suas residências. POLÍTICA • 2
DOMBELE BERNARDO | EDIÇÕES NOVEMBRO

COVID-19

NESTA EDIÇÃO
CARLOS GOMES
O anúncio esperado da
Angola sem novos casos em quatro dias DESTAQUE • 3 A 8

recessão económica global PAULO MULAZA | EDIÇÕES NOVEMBRO


OPINIÃO • 11 SECTOR DA CONSTRUÇÃO
MENSAGEM DE PÁSCOA
Papa pede perdão
da dívida dos mais pobres
Crédito pode gerar
ÚLTIMA • 32
60 mil empregos
TÉCNICOS DE FUTEBOL A implementação de um Segundo o Grupo Técnico
Tramagal critica aposta programa de crédito de Empresarial , a habitação
em “estrangeiros até 40 mil dólares, ainda social é uma das vias
estagiários” este ano, é a solução para a dinamização do
DESPORTO • 31 para a criação de 60 mil sector de materiais de
novos empregos no país. construção. ECONOMIA • 13

DESABAMENTO DE PONTE

Huambo e Huíla estão


sem ligação rodoviária
Igrejas em oração A ligação rodoviária entre
a Huíla e o Huambo está
em consequência das chu-
vas que se abatem sobre
interrompida, devido ao a região. A ponte desabou
e jejum ÚLTIMA • 32
desabamento, sábado, da
ponte sobre o rio Eiumbe,
no município de Caconda,
pouco menos de dois
meses depois de ter sido
reerguida. SOCIEDADE • 24
2 POLÍTICA Segunda-feira
13 de Abril de 2020

CHEFE DE ESTADO PRORROGA PRAZO MENSAGEM DE MOUSSA FAKI MAHAMAT da Comissão de Consolidação
da Paz da ONU.
DOMBELE BERNARDO | EDIÇÕES NOVEMBRO
Em 2004 e 2005 ocupou

UA felicita novo chefe o cargo de assessor do pre-


sidente da 59ª sessão da
Assembleia Geral da ONU.
da diplomacia angolana Foi director de Gabinete
do vice-ministro das Relações
Exteriores (1999-2002) e
O presidente da Comissão da cana junto das Nações Unidas, observador político da União
União Africana (UA), Moussa em Nova Iorque, e conselheiro Africana junto da Missão das
Faki Mahamat, endereçou, diplomático do presidente da Nações para a Organização
sábado, uma mensagem ao Comissão da União Africana. de um Referendo no Sahara
novo ministro das Relações Natural do Bembe, província Ocidental (MINURSO), com
Exteriores de Angola, Téte do Uíge, Téte António, 65 anos, sede em El Aiun, Sahara Oci-
António, exprimindo “calo- é mestre em Relações Econó- dental, de 1997 a 1999.
rosas e fraternas felicitações” micas Internacionais pela Uni- Antes disso, entre 1993
e votos de sucessos no cargo. versidade de Kiev/Ucrânia. e 1997,Téte António foi
Na carta dirigida ao Minis- Frequentou cursos de diplo- diplomata na Embaixada
tério das Relações Exteriores, macia preventiva na Univer- de Angola em Addis Abeba
Moussa Faki manifestou a dis- sidade de Columbia, Nova e na Missão Permanente
ponibilidade da Comissão da Iorque, EUA. Foi ministro con- junto da União Africana.
União Africana para trabalhar selheiro na Missão Permanente Foi, igualmente, funcionário
com o recém-nomeado minis- de Angola junto das Nações do Departamento da União
tro, “com vista a alcançarmos Unidas, em Nova Iorque, e Africana e Instituições
a África que queremos”, lê- membro da delegação ango- Especializadas da Direcção
se na missiva citada numa lana no Conselho de Segurança África e Médio Oriente do
nota de imprensa da repre- (2003-2004), perito principal Ministério angolano das
sentação permanente de durante a presidência angolana Relações Exteriores.
Angola junto da União Afri- SANTOS PEDRO | EDIÇÕES NOVEMVRO
cana. “Aceite, ministro e que-
rido irmão, a expressão da
minha mais alta consideração”,
escreveu o presidente da
Comissão da União Africana.
Téte António foi empossado
chefe da diplomacia angolana
na quinta-feira, pelo Presi-
dente da República, João Lou-
renço, em substituição de
Manuel Augusto.
Até à sua nomeação, Téte
Cidadãos têm mais um dia para poderem viajar livremente para as respectivas províncias António exercia, desde Outu-
bro de 2017, o cargo de secre-
tário de Estado das Relações

Levantamento da cerca
Exteriores, tendo antes sido
representante da União Afri- Ministro Téte António foi empossado no cargo na quinta-feira

MOXICO POR CONDUTA INDECOROSA


sanitária só termina hoje CASA- CE Agente da Polícia leva
Presidente da República determinou, também, que todos os apoia famílias
cidadãos que se desloquem de uma província para outra durante o
período de levantamento temporário da cerca sanitária provincial
mais carenciadas 45 dias de prisão no Soyo
José Rufino | Luena
estão sujeitos à quarentena domiciliar obrigatória Victor Mayala | Soyo de embriaguez, facto que
Centenas de famílias caren- motivou a detenção imediata.
O Presidente da República, cerca sanitária provincial. dia 12 de Abril. O Estado de ciadas do bairro Chiteno, arre- O Tribunal Militar da Região Questionado pelo juiz por
João Lourenço, decidiu pror- O Presidente da Repú- Emergência foi prorrogado dores da cidade do Luena, Naval Norte condenou, na que razão transportava uma
rogar por um período de 24 blica, João Lourenço, decre- devido à continuação das beneficiaram de produtos da quinta-feira, no município criança, numa motorizada,
horas o levantamento tem- t o u , n a q u i n t a - f e i ra , a razões que levaram à decla- cesta básica, numa iniciativa do Soyo, Zaire, o agente da em estado de embriaguez e
porário da cerca sanitária prorrogação do Estado de ração inicial e que estão rela- do Secretariado Provincial Polícia Nacional de 2ª classe de ter desrespeitado os cole-
provincial em todas as pro- Emergência por mais 15 dias. cionadas com a pandemia da CASA-CE no Moxico. Manuel Lukau Nsoki, a 45 gas em serviço que o inter-
víncias do país, permitindo A extensão do período de da Covid-19, que preocupa E m d e c l a raç õ e s à dias de prisão correccional, pelaram, o réu manifestou-se
a circulação interprovincial emergência teve início à meia o país e o mundo. A principal imprensa, o secretário pro- por conduta indecorosa, arrependido e pediu descul-
de pessoas e bens até às noite de sábado, 11 de Abril, alteração nas medidas decre- vincial da CASA-CE, Salomão crime previsto e punível na pas, tendo prometido não
23h59 de hoje. e decorre até às 23H59 do tadas é a exigência de apre- Sapalo Luchazes, disse que Lei dos Crimes Militares. mais voltar a evidenciar
Num Decreto assinado dia 25 de Abril. sentação de uma declaração a entrega dos bens visa mitigar Manuel Lukau Nsoki, 35 comportamento idêntico nos
ontem, o Presidente da Repú- da entidade patronal que as dificuldades que muitas anos, agente da Polícia Fis- próximos tempos.
blica determinou, também, garanta a necessidade de o famílias enfrentam, princi- cal, foi ainda acusado pelo Este foi o segundo julga-
que todos os cidadãos que se O Decreto trabalhador cumprir a acti- palmente desde que começou Ministério Público de ter mento realizado no Soyo, na
desloquem de uma província Presidencial vidade profissional. a vigorar o Estado de Emer- desobedecido ao Decreto vigência do Estado de Emer-
para outra durante o período esclarece que os A declaração deve ser gência, devido à covid-19. Presidencial, sobre o Estado gência. O primeiro ocorreu
de levantamento temporário cidadãos que foram acompanhada do passe de A coligação, segundo Salo- de Emergência, por trans- há duas semanas, no Tribunal
da cerca sanitária provincial submetidos serviço, para que as autori- mão Sapalo Luchazes, está portar, numa motorizada, comum e envolveu sete cida-
estão sujeitos à quarentena recentemente à dades possam identificar e preocupada com o modo de uma criança de cinco anos dãos nacionais, entre taxistas
domiciliar obrigatória. A vio- quarentena separar os cidadãos que estão vida da população, conside- de idade. e comerciantes, acusados de
lação da quarentena domiciliar institucional não autorizados a circular. rando que a situação actual O juiz presidente do Tri- violação das medidas de pre-
obrigatória dá lugar à sua trans- estão obrigados à Em relação às medidas não deve ser vista unicamente bunal Militar da Região Naval venção da covid-19.
formação em quarentena ins- quarentena excepcionais previstas no como uma tarefa de quem Norte, Francisco Mateus, ADOLFO DUMBO | EDIÇÕES NOVEMBRO | SOYO
titucional obrigatória. domiciliar Decreto Presidencial, man- governa. “Não podemos dei- absolveu o réu deste crime,
Segundo uma nota da Casa têm-se as restrições a deter- xar que o Governo resolva a pedido da defesa, que apre-
Civil do Presidente da Repú- minados direitos fundamentais, tudo. Nós, como partidos polí- sentou o argumento de que
blica, o Decreto Presidencial Entretanto, o Chefe de como direito à greve, liberdade ticos, empresários, organi- o agente agiu em defesa do
esclarece que os cidadãos Estado determinou o levan- de circulação na via pública, zações não governamentais, b em vida , uma vez q ue
que foram submetidos recen- tamento temporário da cerca manifestação, reunião, cir- temos que mostrar a nossa levava a criança doente ao
temente à quarentena ins- sanitária provincial, para culação entre províncias solidariedade para com as hospital, a fim de receber
titucional não estão obrigados efeitos de retorno ao domi- e livre estabelecimento populações numa fase como assistência médica.
à quarentena domiciliar. cílio, permitindo o regresso de residência. esta”, sublinhou o político. Segundo o representante
O Chefe de Estado orien- às províncias de origem de Sobre o funcionamento O dirigente da CASA-CE do Ministério Público, no dia
tou que as autoridades com- todos os cidadãos que não dos serviços públicos, a deci- reprovou o comportamento 3 deste mês, Manuel Lukau
petentes criem as condições puderam regressar devido são de encerramento tem- de indivíduos que tentam Nsoki, ao ser interpelado por
necessárias ao registo, con- às medidas decretadas no porário mantém-se, excepto contrariar as iniciativas dos uma patrulha mista de efec-
trolo e acompanhamento da Estado de Emergência. para as funções essenciais, partidos políticos e sociedade tivos das Forças Armadas
quarentena domiciliar obri- O levantamento tempo- mas agora com um novo civil. Para além da cesta básica, Angolanas e Polícia Nacional,
gatória resultante da pror- rário devia inicialmente horário: das 8 às 13 horas a coligação contratou uma insurgiu-se contra estes com
rogação por 24 horas do vigorar entre as 00H00 do dos dias normais de trabalho empresa para distribuir água ofensas verbais, apresen- Agente insurgiu-se contra os
levantamento temporário da dia 11 de Abril às 23H59 do (entre segunda e sexta-feira). aos bairros sem canalização. tando-se, ainda, em estado colegas que o interpelaram
DESTAQUE Segunda-feira
13 de Abril de 2020 3
SANTOS PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO
EM 15 DIAS
PANDEMIA DA COVID-19
EPAL distribui
18 milhões
Angola sem de litros de
água potável
novos casos A Empresa Pública de Águas
de Luanda (EPAL) distribuiu,
em 15 dias, em Luanda, 18
milhões de litros de água

positivos potável, no âmbito do plano


de distribuição gratuita do
líquido às áreas sensíveis,
segundo a nota a que o Jornal
de Angola teve acesso.

há quatro O plano traçado e agili-


zado no quadro das medidas
de prevenção contra a Covid-
19, com o envolvimento de
mais de 67 camiões cisterna,

dias beneficiou unidades sani-


tárias, morgues, instituições
prisionais, mercados, bem
como os “chafarizes móveis”
para abastecimento das zonas
sem rede de distribuição
operacional.
Durante um balanço feito
no sábado, o secretário de
Estado das Águas, Lucrécio
Costa, destacou os esforços
que estão a ser feitos no sen-
tido de garantir que não haja
rotura nos stocks de produtos
químicos para o tratamento
e produção de água potável.
O secretário de Estado da
Energia, António Belsa da
Costa, afirmou que estão
asseguradas as ligações para
o fornecimento de energia
eléctrica e abastecimento de
água aos centros de qua-
rentena da capital do país.
Orientado pelo ministro
da Energia e Águas, João Bap-
tista Borges, o encontro serviu
para passar em revista os
Mazarino da Cunha de imprensa de actualização à República da África do Sul. o combate à pandemia da sublinhando que o Labora- procedimentos e critérios
dos dados sobre a evolução Ainda esta semana, frisou, Covid-19. Franco Mufinda tório do Instituto Nacional para a elaboração dos planos
Após quatro dias sem registo da pandemia, disse que o o país vai receber da África informou que a partir de de Investigação em Saúde de distribuição gratuita.
de novos casos pela Covid- número mantém-se inalte- do Sul cerca de 75 toneladas hoje começa a formação de processou 1. 166 amostras. O encontro recomendou
19, o país tem disponível rado: quatro recuperados, de fatos de biossegurança, médicos não-intensivistas, De acordo com o secre- a divulgação dos locais e
cloroquina, azitromicina e dois óbitos e os 13 internados máscaras e termómetros no Centro de Formação da tário de Estado, o Centro horários de distribuição por
outros medicamentos para nas unidades sanitárias. infra-vermelhos. Clínica Multiperfil. Integrado de Segurança via dos chafarizes móveis,
atender eventuais casos con- Acrescentou que além dos O governante avançou “A partir de simuladores, Pública (CISP) registou 17 o controlo rigoroso da gra-
firmados, revelou, ontem, fármacos que já se encontram que da China virá mais de 9 os médicos apurados no con- denúncias por violação de tuidade na distribuição e o
em Luanda, o secretário de no país, também chegaram, milhões de máscaras, 350 curso público vão poder quarentena domiciliar. Real- aumento da divulgação do
Estado para a Saúde Pública. no sábado, 25 toneladas de ventiladores, 90 mil fatos de adquirir experiência sobre çou que 364 casos suspeito plano de contingência.
Fra n c o Mu fi n d a , q u e meios de biossegurança, uma biossegurança, além de a natureza e actuação do estão a ser seguidos pelas
falava na habitual conferência aquisição do Estado angolano outros meios gastáveis para vírus da Covid-19”, disse, unidades sanitárias. Alberto Quiluta

DEPOIS DE TRÊS CASOS DE COVID-19

Angolanos evacuados de pensão em Lisboa


Noventa e três cidadãos no hospital, mas não pre- tuguesas tenta encontrar
angolanos foram evacuados cisou há quanto tempo. uma solução que melhor se
sábado, à noite, de uma Ontem, os 93 angolanos adeque às actuais necessi-
pensão de Lisboa depois de realizaram testes ao Covid- dades dos angolanos afec-
três pessoas que estão alo- 19, enquanto a pensão onde tados por esta situação.
jadas no local terem, três estão alojados foi submetida A Pensão Luanda é um
dias antes, testado positivo a uma desinfecção por parte dos locais onde habitual-
para a Covid-19, segundo dos Serviços de Protecção mente ficam alojados alguns
avançou a CMTV e confir- Civil de Portugal. dos doentes angolanos que
mou ontem o vereador da Hoje, deverão ser conhe- se deslocam a Portugal para
Câmara de Lisboa com o cidos os resultados dos exa- tratamento médico com o
pelouro da Protecção Civil, mes, não se sabendo ainda apoio do Governo angolano.
Carlos Castro. para quando está previsto o Nas últimas 24 horas,
Ao Observador, Carlos regresso dos angolanos à morreram mais 24 pessoas
Castro precisou que Pensão Luanda. em Portugal vítima s da
nenhuma destas 93 pessoas Segundo apurou o Jornal Covid-19 e foram confirma-
apresenta, para já, sintomas de Angola, o sector de Saúde dos 598 novos casos de infec-
da doença, sublinhando que da Embaixada de Angola ção, o que faz com que, no
entre elas há “desde crianças em Portugal está a acom- total, o país registe agora 504
a pessoas idosas”. Carlos panhar de perto a situação mortes, 16.585 infectados,
Castro disse que os três e em articulação com as mais 3,7 por cento do que
infectados já estão “há dias” autoridades sanitárias por- ontem, e 277 recuperados. Pensão Luanda é um dos locais onde habitualmente ficam alojados alguns doentes angolanos
4 DESTAQUE Segunda-feira
13 de Abril de 2020

LUANDA-PORTO AMBOIM CABINDA


VIGAS DA PURIFICAÇÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Cidadãos
Circulação ansiosos
por viajar
na EN 100 Victória Ferreira

Aflição, ansiedade e ner-

com trânsito vosismo marcaram o estado


de espírito das pessoas que
esperavam viajar para as
outras províncias antes da
prorrogação do levanta-

bastante mento da cerca sanitária


para as 23h59 de hoje (dia
13), emitida ontem por
decreto presidencial .
No terminal doméstico
eram muitas as pessoas que

concorrido estavam à espera da reva-


lidação dos seus bilhetes
de passagem e outros ainda
sem bilhetes que estavam
na esperança de viajar.
Moisés Didi, mecânico,
40 anos, que trabalha em
Cidadãos retidos nas Cabinda, tinha a sua viagem
diversas províncias por marcada para o dia 22 de
força do Estado de Março. Estava preocupado
porque o seu bilhete ainda
Emergência começaram não tinha sido actualizado.
a regressar desde as “As pessoas deviam ser
melhor informadas sobre
primeiras horas de os voos que deviam seguir.
sábado às suas zonas Ainda não me deram a cer-
de residência teza se vou mesmo viajar”
- disse o passageiro que
foi ao aeroporto nos dois
dias (sábado e domingo) e
soube que os voos já esta-
vam cheios.
Garrido Fragoso ços no interior e exterior controlada de táxis, moto- com destino à capital, camiões escrupuloso das medidas de Alguns passageiros recla-
dos referidos terminais, na ciclos e pessoas com os seus t ra n s p o r ta n d o a n i m a i s prevenção para combater a mavam da falta de organi-
A permissão de dois dias ân sia de con s eguirem pertences (malas, pastas com (sobretudo bois e cabritos), Covid-19. Mas aos infractores zação dos serviços da
(sábado e domingo) conce- bilhetes de passagem para roupa, mobiliário), que pre- enquanto nos dois sentidos (sobretudo com excesso de companhia, uma vez que,
dida pelo Executivo para per- regressarem às suas loca- tendiam viajar. motociclistas e mini-auto- passageiros nas viaturas) a ao serem-lhes confirmados
mitir que cidadãos que se lidades de residência. Os mini-autocarros e carros de passageiros. De Polícia Nacional actuava os nomes pelo call center,
encontravam nas demais pro- No terminal central da alguns automóveis particu- Luanda para o sul do país e segundo a Lei. eram impedidos de entrar
víncias pudessem regressar Macon, junto ao Gamek, a lares iniciaram desde os pri- vice-versa observaram-se Para evitar a propagação na sala de embarque. Uns
às zonas de residência foi reportagem do Jornal de meiros minutos da madrugada também viaturas ligeiras, da pandemia, dado o levan- estavam intrigados por,
bastante aplaudida no país. Angola conversou com o mais de sábado o transporte de sobretudo carrinhas, a maio- tamento da cerca sanitária apesar de possuírem os
Com a implementação em velho Marcos Setenta, de 80 passageiros e mercadorias ria das quais com produtos provincial, foi montado no bilhetes de passagem, ainda
todo o território, há cerca de anos, residente na cidade do para as províncias do sul do do campo. Rio Longa, localidade limítrofe não terem sido actualizados.
três semanas, das medidas Lubango. “Vim à Luanda em país (Cuanza-Sul, Benguela da província de Luanda com Outros admitiram não terem
de excepção, no quadro do tratamento, e o Estado de e Lubango) e vice-versa, mas Postos de controlo a do Cuanza-Sul, um posto recebido chamada alguma
Estado de Emergência decre- Emergência apanhou-me com apenas metade da lota- Os postos de controlo da Polí- sanitário, onde é efectuado do call center para confirmar
tado pelo Chefe de Estado, justamente quando me pre- ção, como medida recomen- cia Nacional na Barra do o rastreio, 24 sobre 24 horas, a viagem, como foi o caso
para impedir a propagação parava para regressar à minha dada para evitar o contágio. Cuanza, Cabo-Ledo e no Rio a todos os cidadãos, sem de Afonso, desde o primeiro
da Covid-19, muitas famílias cidade (Lubango)”, disse o O uso de máscaras e luvas Longa estão bastante orga- excepção, que transitam dia no aeroporto . Tinha o
no país ficaram divididas. mais velho Setenta. Apesar pelos passageiros e condutores nizados e os efectivos não naquele troço. Dos efectivos seu bilhete desde o dia 10
Progenitores na cidade de dos constrangimentos mos- era notável, numa plena dão tréguas aos incumpri- policiais do referido posto de Março e ainda não tinha
Benguela e filhos retidos na trou-se não estar arrependido demonstração da preocupa- dores das medidas. Todas as não conseguimos quaisquer recebido nenhuma chamada
Huíla, mães na cidade de de ter permanecido largos ção e responsabilidade dos viaturas que circulavam nos declarações. Alegaram não do call center para confirmar
Luanda, enquanto marido e dias em Luanda, alertando mesmos em relação ao perigo dois sentidos eram obrigadas terem autorização superior a viagem. “Isto é má orga-
filhos confinados em Cabinda, os cidadãos para cumprirem que a pandemia representa. a parar nestes postos para para falar à imprensa. nização”, lamentou.
m ã e re t i d a n o C u n e n e , com rigor as medidas de pre- Das oito até às 12 horas de averiguações e conselhos DOMBELE BERNARDO |EDIÇÕES NOVEMBRO
quando no Huambo marido venção decretadas pelo sábado, tempo que durou a sobre o perigo da pandemia. Mais frequência
e filhos a aguardavam para o Governo, salientando que viagem da equipa de repor- Aos que estivessem legais, No nosso regresso à Luanda,
habitual convívio familiar. “a pandemia da Covid-19 é tagem até ao Porto Amboim, os agentes da ordem apenas no final da tarde de sábado, o
Para testemunhar o movi- uma questão muito séria, o movimento rodoviário havia desejavam boa viagem, lem- trânsito rodoviário na Estrada
mento rodoviário no primeiro sobretudo pela forma fácil reduzido. Com maior fre- brando-lhes sobre a neces- Nacional 100 (Luanda -Porto
dia (sábado) da licença para de contágio”. quência eram vistos na via, sidade do cumprimento Amboim) havia aumentado
circulação, a equipa de repor- A poucos metros do mais VIGAS DA PURIFICAÇÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO
de forma assustadora. A trans-
tagem deste matutino fez-se velho Marcos Setenta estava portadora Macon começou a
à Estrada Nacional nº 100, dona Alcina da Conceição, operar com toda a força desde
que liga a cidade capital que, com semblante triste e as primeiras horas da tarde
(Luanda) ao município pes- cansado, apenas disse almejar de sábado. Quando no período
queiro do Porto Amboim, na conseguir um bilhete de pas- da manhã a equipa do Jornal
província do Cuanza-Sul. Os sagem para, em companhia de Angola até Porto Amboim
repórteres (redactor e fotó- de dois filhos, regressar a apenas cruzou com três auto-
grafo) constataram, às pri- Benguela, de onde saiu três carros da Macon, no regresso
meiras horas, enchentes dias antes de entrar em vigor a Luanda de cinco em cinco
consideráveis nos dois ter- o Estado de Emergência, para minutos dois a três autocarros
minais de embarque de pas- assistir ao funeral de um desta companhia privada eram Mesmo sem bilhete, muitos
sageiros da Macon (maior parente na capital. vistos a “rasgar” a Estrada quiseram emprennder viagem
transportadora rodoviária do Nacional nº100 nos dois sen-
país em termos de rota e Saída de Luanda tidos. Todos os autocarros Como muitas outras pes-
movimentação de passagei- No antigo controlo, à saída da Macon eram vistos a cir- s oa s , a e stu d a nte Lí d i a
ros), ao longo da Avenida 21 de Luanda, antes do famoso cular com um panfleto, Macaia, de 28 anos, que
de Janeiro, Rocha Pinto. “Morro dos Veados”, a via colado debaixo do limpa esteve a cuidar do pai em
Jovens, senhoras acompa- estava apinhada de passa- pára-brisas, a alertar sobre Luanda durante dois meses,
nhadas dos filhos, homens geiros. O trânsito rodoviário os perigos da pandemia e as apenas foi ao aeroporto na
e mulheres de idade lota- naquele troço era bastante medidas de prevenção a ânsia de comprar um bilhete
vam por completo os espa- lento devido a afluência des- serem adoptadas. para regressar a Cabinda.
DESTAQUE Segunda-feira
13 de Abril de 2020 5
TERMINAIS DE AUTOCARROS DO LUBANGO
DOMINGOS MUCUTA | EDIÇÕES NOVEMBRO
Desespero de uma mãe
“Não posso ficar mais aqui”, mulheres grávidas e idosos
declarou Rosalina Calenga, conseguiram prioridade. Os
enquanto corria no meio da agentes da policia até tentaram
multidão para conseguir um organizar filas de 14 pessoas,
espaço no mini-autocarro que mas não havia carros.
tinha como destino a cidade Vimos Rosalina Calenga e a
de Moçâmedes, capital da pro- filha numa fila indiana, mas
víncia do Namibe. não quis continuar conversa
Esta foi a única declaração com a nossa reportagem, por-
que conseguimos colher da que estava desesperada e abor-
jovem mãe, acompanhada da recida por não ter conseguido
filha que aparenteva ter seis lugar no mini-autocarro por
anos. Como ela, havia dezenas limitação de lugares.
de pessoas a tentar a sorte. “Não estão a chegar auto-
A escassez de transportes carros do Namibe. Não sabemos
públicos deixou muita gente o que se passa daquele lado”,
de cabelo em pé. Nem mesmo afirmou Zeferino da Costa.

Rotas da Macon
O caminho de regresso a casa O caminho para casa, a partir
da Macon, tem várias rotas.
bilhetes de passagens. Armando
José Savindada disse que, em

foi duro e exigiu paciência Sábado, a transportadora pro-


gramou autocarros com destino
a Luanda, passando por Ben-
guela, Sumbe, Santa Clara, Cuito
e Huambo.
caso de necessidade, o número
de autocarros pode ser aumen-
tado. Informou que a capacidade
de transporte foi reduzida de 52
para 33 passageiros para cumprir
Domingos Mucuta |Lubango dias do Estado de Emergência preta com os seus pertences. tive outra alternativa”, lem- O encarregado administrativo com a regra do distanciamento.
nos bancos do terminal. O ar Homem tranquilo, elo- bou, garantindo que estava do terminal da Macon no bairro “Estamos a atender conforme
de exaustão, pelas dificuldades quente e extrovertido, Zé bem, apenas com saudades do Tchioco, Armando José Savin- a procura. Só temos uma partida
O que seria uma viagem de vividas, desaparece depois Andrade era um dos muitos da família. dada, disse que tinham apenas hoje sábado. Porque temos apenas
três dias ao Lubango, província de conseguir o bilhete para passageiros que aproveitou “Tenho conversado, pelo um dia para os autocarros de 48 horas e não podemos carregar
da Huíla, transformou-se, embarcar rumo a Luanda. a oportunidade excepcional telefone, com os meus fami- passageiros partirem para os no domingo. Se a procura for
literalmente, numa eterni- dada pelo Executivo para os liares. Sabem da situação e diferentes destinos. grande vamos aumentar o número
dade. Tudo porque o idoso Zé cidadãos regressarem a casa. que estou bem. Eles também Por esta razão, foram defi- de autocarros até levar o último
Andrade, como é carinhosa- “Mas depois o Depois de aguardar por estão bem, porque o coro- nidos oito horários para Luanda, passageiro”, assegurou, afirmando
mente tratado pelo seus, ficou dinheiro acabou. algumas horas, Zé Andrade navírus não passou lá (risos). para atender a demanda por que o preço mantém-se.
confinado longe de casa Por falta de verbas, seguiu viagem ao encontro Neste momento aguardam |EDIÇÕES NOVEMBRO
durante os primeiros 15 dias fui me virando da família. ansiosamente pelo meu
do Estado de Emergência. aqui nas cadeiras A experiência de vida e a regresso”, disse sorridente,
Para agravar a situação do do terminal da capacidade de gerir recursos, enquanto se ajeitava numa
idoso, de 73 anos, o dinheiro Macon” em tempo de crise, ajudaram cadeira plástica azul, cedida
para suportar as despesas de a sobreviver, durante a con- pela direção do terminal da
alojamento numa pensão finamento obrigatório fora transportadora.
acabou. Sem familiares no “Vivo em Luanda. Quando de casa. “Fiquei por aqui, sem Zé Andrade disse ter sido
Lubango, optou por “viver” o Estado de Emergência foi um lugar definitivo. Nos pri- uma “decisão excelente” o
no terminal de autocarros da decretado já estava no Lubango. meiros dias fiquei na pensão. levantamento das restrições
Macon, no bairro do Tchioco. Vim para três dias, mas acabei Mas depois o dinheiro acabou. para o regresso das pessoas
Com o rosto cansado e por ficar este tempo todo”, Por falta de verbas, fui me a casa, porque vai permitir
ansioso, Zé Andrade conta conta, agora com um sorriso virando aqui nas cadeiras estar ao lado da família neste
que passou os últimos dez discreto, enquanto ajeita a pasta do terminal da Macon. Não momento difícil. Vários passageiros continuam à procura de bilhetes para viajar

Funeral do tio Meia volta por excesso


O sol ardente do meio dia Emergência. O confina- As paragens de mini-autocarros quuando os mini-autocarros meia volta. Prefiro encostar o estão parados porque os donos
é mais forte que Nango mento em casa de parentes que fazem a rota Lubango- foram ordenados a voltar ao carro e ir para casa, do que não querem sujeitar-se à con-
Bibiana, 43 anos. O chapéu foi obrigatório. Namibe estavam apinhadas de Lubango. sofrer esta humilhação”, desa- fusão. Ninguém quer arriscar
de cor vermelha parece A fila andava devagar. pessoas desde a madrugada. Bartolomeu Filipe explicou bafou. Já Albino Guiné, também seguir com poucos passageiros
insuficiente para aliviar a A entrada na bilheteira é Houve gente que ali pernoitou que regressou com os passa- motorista, considera “caótica” e depois ser obrigado a regressar
temperatura solar. Por feita um a um, sob o olhar na expectativa de conseguir geiros, por ordem das autori- a situação, por condicionar o com eles”, disse Albino Guiné,
isso, preferiu sair da longa atento dos agentes da um lugar logo cedo e seguir dades policiais destacadas no regresso a casa de muitas pes- que reduziu o número de pas-
fila. Só restavam forças ordem. O aglomerado é para Moçâmedes. controlo das Mangueiras, no soas do Namibe, confinadas no s a ge i ro s pa ra te n ta r u m a
para sentar no chão, esticar inevitável. À medida que O responsável do parque da Namibe, por alegado excesso Lubango por força da Lei. Para segunda vez. O parque da
e sobrepor as pernas. o tempo passa, aumenta “Hyundai”, Zeferino da Costa, de lotação. “Assim não dá. os motoristas, houve excesso “Hyuundai tinha, sábado, mui-
O olhar entristecido era o desespero de Nanga explicou que as viaturas, do Fomos orientados, pelos agentes de zelo por parte das autoridades tos autocarros estacionados,
a expressão do estado de Bibiana, atenta às pessoas horário das 3h00 e das 6h00 da aqui no parque, a levar 13 pas- policiais da província do Namibe. por decisão dos proprietários,
espírito. Não é só o tempo à sua frente. manhã, chegaram ao Namibe sageiros. Mas postos no controlo “É difícil. Levei 13 passageiros, que consideram o número de
de espera na fila da bilhe- “Vim para o funeral do sem problemas. O problema das Mangueiras, infelizmente, mas regressei à Huíla, por ordem passageiros irrisório para com-
teira. Nango Bibiana, desde meu tio. Já demorei muito começou depois deste período, recebemos ordem parta dar da Polícia. Estes autocarros pensar os custos da viagem.
as 6 horas na fila intermi- aqui. Ainda estamos na fila
nável, ainda enxuga as lágri- à espera. Cheguei ao ter-
mas pelo falecimento do minal muito cedo. Até ACÇÕES DE SOLIDARIEDADE NO HUAMBO
tio, dias antes da declaração agora não tenho o bilhete
do Estado de Emergência.
O óbito do tio foi o
motivo que a levou a viajar
na mão. Estou muito preo-
cupada com a minha famí-
lia, sobretudo com as
Empresário chinês doa cinco milhões de kwanzas
de Luanda para o Lubango. crianças”, desabafou Nanga Miguel Ângelo| Huambo sublinhou que a doação chega “num Huambo, Manuel Alfredo, disse que
Depois do funeral, foi Bibiana, residente no bairro momento oportuno”, pois permitirá o a doação é uma demonstração “de
decretado o Estado de Palanca, em Luanda. Um chequede cinco milhões de kwanzas reforço do material de biossegurança amor ao próximo”, sobretudo nesta
foi doado, sábado, pelo empresário e a criação de condições de acomodação fase em que muitas famílias estão res-
chinês Young Cang Lu, ao Governo Pro- aos médicos cubanos que chegam à tringidas na circulação.
Quarentena em família vincial do Huambo para prevenção e
combate à Covid-19.
província, nos próximos dias, e que
serão distribuídos pelos 11 municípios.
JOAQUIM ARMANDO | HUAMBO

O estudante Luís Silvestre ficou Estar ao lado da família é sempre André Daniel, administrador e porta- Nesta senda, a empresa Angoalissar
confinado no Lubango. Mas, melhor”, disse. voz da LSGC, instalada no Polo Industrial juntou-se, também, a esta causa soli-
segundo ele, o momento é de A estudante Promessa Caro- da Caála, vocacionada ao fabrico de dária, doando bens alimentares de
incerteza, por isso, preferiu vol- lina, 19 anos, também decidiu colchões, carteiras, camas hospitalares primeira necessidade para serem dis-
tar ao Sumbe para estar de qua- regressar a Luanda para estar e cadeiras, disse que o donativo é uma tribuídos às famílias carenciadas,
rentena em família. “Quero junto da família. Finalista do Ins- manifestação de solidariedade, num numa altura em que o país observa,
estar próximo da família. Como tituto Médio Politécnico da Hum- momento de dificuldades. até ao próximo dia 25 de Abril, um
estou aqui sozinho, é muito pata, viu nesta moratória a O director do Gabinete Provincial período de Estado de Emergência.
complicado gerir esta situação. oportunidade de regressar a casa. da Saúde do Huambo, Lucas Nhamba, O administrador da empresa no Empresário chinês faz a entrega do cheque
6 DESTAQUE Segunda-feira
13 de Abril 2020

LUNDA-SUL REFORÇA MEDIDAS CONTRA O COVID LEVANTAMENTO DA CERCA SANITÁRIA

Governo entrega equipamento Passageiros retidos


em Menongue
de biossegurança à espera do comboio
Visita de avaliação a Muconda e Cassai-Sul permitiu fazer o O comboio dos Caminhos- optarmos por esta via
ponto de situação do estado de prontidão na prevenção de-Ferro de Moçâmedes (rodoviária) passando
contra a pandemia que assuata o mundo inteiro (CFM), não apitou ontem pelas províncias do Bié,
na cidade de Menongue, Huambo e Benguela, a via-
para desagrado de cen- jem chega a ser bastante
tenas de pessoas, na sua onerosa”, disse.
maioria negociantes, que Enquanto isso, no outro
pretendiam regressar para extremo, ou seja, no troço
o convívio familiar nas loca- rodoviário de acesso ao Bié,
lidades de Kuvango, Matala, Huambo, até Luanda, assis-
Quipungo, Lubango (Huíla) tiu-se a um movimento
e na província do Namibe. frenético e vice e versa. A
Dentro dos serviços operadora Macon, bem
mínimos, o Executivo ango- como outros serviços de
lano concedeu dois dias transportes privados, obe-
(sábado e domingo) para decendo às medidas de
a circulação dos transportes segurança e de distancia-
públicos e privados, para mento entre as pessoas,
permitir o regresso às suas realizaram o seu trabalho
zonas de origem de milha- sob o olhar atento dos efec-
res de pessoas retidas nas tivos da Polícia Nacional.
18 províncias devido ao
Estado de Emergência que Vigilância epidemiológica
se vive actualmente. Mas O porta-voz da comissão
o comboio do CFM não se provincial multissectorial

ADÃO DIOGO | EDIÇÕES NOVEMBRO


fez aos carris. de prevenção e combate à
Mateus Pascoal e Teresa propagação do Covid-19,
Martins, ambos exercem Mirco Macai, disse que as
actividade de venda de pro- fronteiras terrestres do
dutos diversos do campo, Cuando Cubango foram
na cidade de Menongue, reforçadas com equipas de
onde se encontram confi- vigilância epidemiológica
nados desde a entrada em para fazer o rastreio dos
Autoridades da província estão empenhadas em dar combate cerrado à Covid-19 apertando as medidas de vigilância vigor do Estado de Emer- cidadãos que entram para
gência, no passado dia 27 a província. Salientou que
de Março, devido ao novo todos os cidadãos que
Coronavírus (Covid-19). regressaram ao Cuando
Adão Diogo | Cassai-Sul viaturas em serviço de táxi nhece. Em tempo de isola- tosse, que atingem a maioria Assim como Mateus Pascoal Cubango durante os dias
suscitou comentários azedos mento jamais abdicou do cul- de pacientes tratados no centro, e Teresa Martins, centenas do levantamento do cerco
O coordenador da Comissão entre passageiros, ávidos pelo tivo da terra, à semelhança de resultam do saneamento defi- de negociantes adquirem sanitário foram postos a
Multissectorial de Prevenção reencontro com a família, outros habitantes no bairro. ciente do meio, agravado pela os seus produtos do campo cumprir quarentena domi-
contra o COVID-19 na pro- enquanto o condutor Mauro Um e mp re ite i ro c h i n ê s “defecação ao ar livre e con- e não só, a partir dos grandes ciliar e o não cumprimento
víncia da Lunda Sul procedeu Pascoal descontraía-se em observa à distância o “cenário sumo de água tirada de riachos centros de produção de obrigará a que as autori-
ontem à entrega de equipa- gargalhadas que soltava ao incomum” há 15 dias na cir- circunvizinhos à vila”. O centro Kuvango, Matala, Quipungo dades sanitárias da provín-
mentos de biossegruança, ritmo da conversa que man- cunscrição, onde as obras de médico às moscas implora e Lubango, que são trans- cia lhes submetam à
alimentos, tendas e cober- tinha ao telefone. construção de oito casas para- pela presença de doentes. Uma portados de comboio até quarentena institucional.
tores e moto-cisternas às ram por conta de uma doença embalagem de guardanapos Menongue, onde são Disse que, para tal, os
autoridades nas sedes muni- Covid sem espaço que “sufoca o mundo.” A de papel sobre um balde com comercializados nos dife- populares provenientes de
cipal de Muconda e comunal Sentado no chão, ao lado de escassez de produtos essen- água, acoplado a uma torneira, rentes mercados da cidade. outros pontos do país estão
de Cassai-Sul, durante uma jovens, companheiros do quo- ciais e o sentimento de des- sabão azul ao lado, convidam “Nós somos os princi- a ser registados a partir dos
visita de avaliação do cum- tidiano, Basílio Simão ouviu conforto domina os lamentos, à higiene das mãos. O cenário pais clientes do CFM, injec- postos fronteiriços e pos-
primento de medidas, face repetidas vezes a mensagem na localidade onde a mani- de prontidão a partir do exterior tamos milhões de kwanzas teriormente aconselhados
ao estado de emergência que obriga a “lavagem cons- festação do Covid-19 é nula. culmina com a presença de nos cofres do Estado através sobre as medidas de pre-
decretado no país há 15 dias. tante das mãos e posiciona- Segundo a chefe de secção um técnico trajado de bata dos nossos negócios e não venção contra o Covid-19
Durante a sua estadia na mento distanciado entre municipal de saúde, Helena descartável, verde pálido, entendemos o porquê da e acompanhados por uma
vila de Cassai-Sul, Daniel pessoas, por causa do Covid- Carima, o paludismo, para- munido de um frasco de álcool postura dos responsáveis equipa de vigilância epi-
Félix Neto orientou a repo- 19”, cujo significado desco- sitoses, diarreias, vômitos, gel, praticamente cheio. dos caminhos-de-ferro de demiológica. Mirco Macai
sição do posto de controlo da nos fecharem as portas sublinhou que, logo à che-
Polícia Nacional junto à ponte num momento como este, gada, não há necessidade
do rio Cassai, ponto de pas- quando mais precisamos de submeter as pessoas à
sagem obrigatória, que limita MUCONDA E MURIÉGE para ficarmos junto dos quarentena institucional
a província da Lunda Sul com nossos familiares”, desa- por não existirem, a nível
o Moxico, através do muni- bafaram. O comboio é a do país, casos de contágio
cípio do Luau, como forma
de garantir eficácia na fisca-
Controlo do movimento em pontos estratégicos nossa única alternativa,
porque não há táxis directos
comunitário da Pandemia
do Covid-19. Por esta razão
lização do trânsito. O regresso a Cassai-Sul paragem do repórter na plicado as tentativas de para a cidade do Lubango, decidiu-se que os mesmos
O cenário de assinalável p ro p i c i o u u m a e s ca l a vila sede da comuna de violação, reprimidas pelas devido ao péssimo estado ficarão em quarentena
isolamento estava reflectido d e m o ra d a n a s e d e d e Muriége, afecta ao mesmo forças baseadas ao longo do troço rodoviário entre domiciliar, sob o olhar
na presença simbólica de Muconda. O governador m u n i c í p i o , d u ra n te o dos mais de 180 quilóme- a sede municipal do Cuchi atento das autoridades sani-
habitantes atraídos pelo aferiu as condições criadas regresso, confirmam a tros de fronteira. O coman- e a comuna do Cutato. Se tárias da província.
movimento tímido de viaturas para acomodação de médi- atenção especial das auto- dante da PN de Muriége, ANGOP
em serviço de táxi, aprovei- cos e de pessoas que, por ridades no controlo do Carlos Messene, secundado
tando a abertura provisória força do estado de saúde, movimento nos pontos pelo administrador local,
da cerca sanitária e da sur- sejam obrigadas a cumprir estratégicos desde a sede valorizam o recurso aos
preendente presença de deze- quarentena institucional. à isolada vila fronteiriça produtos do campo pela
nas de membros integrantes Em função de uma síntese de Chiluage, há cerca de maioria dos mais de mil
da delegação governamental, das iniciativas gizadas, 85 quilómetros. habitantes para colmata-
ida de Saurimo, sede da pro- limitações apresentadas O e n c e r ra m e nto d o rem o défice de bens em
víncia. A sujeição ao controlo pela administradora muni- principal ponto de travessia lojas e cantinas.
de temperatura e lavagem de cipal Maria Segunda, e de usado principalmente por “Criticam a ignorância
mãos, orientada por uma constatações feitas, o chefe congoleses democráticos, gritante” no comporta-
equipa de técnicos de saúde da delegação visitante dei- para realizarem as tran- mento dos habitantes, que
no posto de controlo instalado xou orientações específi- sacções comerciais em “fazem das suas”, mesmo
à entrada da vila, abrangeu cas, antes de fazer a entrega Angola, antes da entrada com repetidos apelos ao
todos os transeuntes. simbólica de meios. Dados em vigor do estado de cumprimento das normas
O rigor na fiscalização de colhidos durante uma curta emergência, tem multi- dimanadas. Várias pessoas estão encurraladas no Cuando Cubango
passageiros no interior das
DESTAQUE Segunda-feira
13 de Abril de 2020 7

| EDIÇÕES NOVEMBRO
José Bule

Judite é “chalada”. Não se


cansa de contar histórias de
viajantes, que paravam na
aldeia Ambuleia e refrescavam
a garganta na sua bancada, e
de outros que desciam a correr
para fazer “xixi” ou mesmo
dar uma dibucada (defecar).
Ela conta que vários passa-
geiros e motoristas descem
das viaturas a correr e dispa-
ram a urina para qualquer
direcção, molham as calças
e defecam nas cuecas.
“Metem cintos muito aper-
tados e depois já não conse-
guem abrir. São muitos que
já se cagaram e se mijaram
aqui”, sublinha Judite, que,
aos 26 anos, conta com dois
filhos pequenos, e já está grá-
vida do terceiro.
Na aldeia Ambuleia, loca-
lizada a mais ou menos 10
quilómetros da cidade de
Caxito, para quem sai de
Luanda ao Uíge, Judite montou
uma bancada de chapas, onde
comercializa bebidas alcoó-
licas, refrigerantes, e também
verduras e frutas.
Apesar da sua boa dispo-
sição, a jovem está triste com
a prorrogação do Estado de ENTRE A BOA DISPOSIÇÃO, A TRISTEZA E VIAS DESERTAS NO UÍGE
Emergência. “O meu negócio
está parado. Já não tenho mais
clientes, porque as pessoas
estão proibidas de viajar. Esses
dias só estão a passar naqueles
táxis que fazem ‘lavra-lavra’
e noutros que saem de Caxito
Pequenos negócios
até Úcua ou Piri”, explica.
“Os nossos clientes cos-
tumam vir do Uíge. Como já
é perto de Luanda, se refres-
cam mesmo já aqui”, dispara
entram em crise
Lu, uma mulher de 24 anos, No bairro Vida e Sacrifício, muitos quilómetros depois de Ambuleia, dois irmãos,
que aguarda pela chegada
do segundo filho. “Faltam José Francisco e Francisco José, encostados a uma árvore, miravam o asfalto.
menos de dois meses”, Ninguém passava a palavra ao outro. Estavam calados, tristes
afirma a jovem, que divide
a bancada com a Judite. São
primas. Enquanto decorria
a conversa com as duas
jovens, os filhos chegavam soal técnico capaz de enfrentar dá para ferver. A água da em direcção ao Uíge, na é cada vez maior o número Já não há gente na para-
ao local e abraçam-nas. o problema. chuva é melhor”, garante quinta-feira, 9 de Abril. A de vendedoras de produtos gem do São Jorge, onde a
Com um rapaz às costas e “A água daqui não tem José Francisco, acrescen- estrada estava livre. Alguns agrícolas. O Úcua era para- maior parte dos viajantes
outro nos braços, Teka, a mais qualidade e no posto médico ta n d o : “ q u a n d o n ã o h á veículos, muito poucos, gem obrigatória dos via- no troço Luanda – Caxito
velha das manas Judite e Lu, só trabalham dois enfermeiros. chuva, bebemos mesmo a faziam linhas curtas, Caxito jantes. Mas agora está às – Uíge, e vice-versa, parava
sai do interior da residência E, também não temos energia. água do fontanário”. – Úcua, Caxito – Piri, mas moscas. As barracas de para “matabichar”, almoçar
e caminha em direcção à ban- Alguns têm geradores, mas Atrás da árvore, o primeiro outros saíam de Caxito até comes e bebes estão encer- ou jantar.
cada. Chegou muda e per- o combustível é muito caro”, dos três filhos de José Francisco Quibaxi, e vice-versa, em radas. Quase que não há Do Quibaxe até à ponte
maneceu calada. Ajeitou uma acrescenta o mais velho. chupava os dedos e lambia obediência ao Estado de ninguém nas ruas, apesar sobre o rio Dange, na divisão
cadeira e sentou-se ali com No bairro, os moradores as mãos com muito gosto e Emergência, que vigora no de haver no mercado local, entre a província do Bengo
os dois meninos ao colo. “Ela fervem a água da chuva para satisfação à mistura, mas jura país desde 27 de Março, pror- que fica ali mesmo na via, e do Uíge, a equipa de repor-
já é mesmo assim, fala pouco”, beber. O fontanário, insta- de pés juntos que não tocou rogado na quinta-feira, 9 de grandes quantidades de tagem do Jornal de Angola
defendem-na. lado em 2013, ficou muitos em nada que seja delicioso. Abril, para mais 15 dias de frutas, verduras e tubércu- não cruzou com uma viatura
No bairro Vida e Sacrifício, anos avariado. Só voltou a “Só tenho mesmo vontade quarentena obrigatória, que los. No Piri e no Quibaxi, sequer. O inédito foi ver
muitos quilómetros depois funcionar no ano passado. de fazer isso”, diz, sorrindo. proíbe os cidadãos de saírem as ruas estão desertas. As que, no controlo policial
de Ambuleia, dois irmãos, “Mas aquela água não tem A equipa de reportagem de uma província à outra. ve n d e d e i ra s ag u a rd a m não havia nenhuma viatura
José Francisco e Francisco qualidade nenhuma, e nem do Jornal de Angola avançava Na aldeia Camussenga, pelos clientes. estacionada, apreendida.
José, encostados a uma árvore,
miravam o asfalto. Ninguém
passava a palavra ao outro.

Covid trouxe à memória o Marburg


EDIÇÕES NOVEMBRO
Estavam calados, tristes.
“Aqui já não temos nada
para nos divertirmos. E, agora
sem movimento na via, vamos
fazer mais o quê, se já nem O enfermeirodos serviços de desactivado é o da comuna As ruas da cidade estão
podemos apreciar os carros saúde da Polícia, que fez o ras- de Vista Alegre, no município desertas, e os estabelecimentos
a passar?”, questiona o mais treio à Covid-19 aos repórteres, do Dange-Quitexe, enquanto encerrados. Nos poucos, que
velho. José Francisco, de 26 estava a tremer. Parecia agitado, na outra comuna de Aldeia podem funcionar neste período
anos, diz que deixou de caçar desconfiado de quem chegava Viçosa, a pracinha de produtos de Estado de Emergência,
animais como javalis, veados, de Luanda. Ele sabe que, até agrícolas deixou de existir. como os mercados informais,
pacas e jibóias, porque os ao momento, os casos positivos Se na vila municipal de supermercados e cantinas, os
clientes já não aparecem. da doença só foram registados Quitexe a população está nas horários definidos no decreto
“Ouvi no rádio, que a qua- na capital do país. ruas, na cidade do Uíge o cená- presidencial estão a ser cum-
rentena vai durar mais 15 Passamos a barreira mais rio é completamente diferente. pridos com rigorosidade.
dias”, lamenta. difícil. Entramos no território A Polícia colocou barreiras Para a maioria dos uigenses,
Francisco José, de 24, inter- do Uíge. Do local até à cidade, em várias ruas, para inviabi- o Covid-19 faz lembrar o que
rompe a conversa para dizer a distância é de mais de 140 lizar o trânsito automóvel. se passou na província, entre
que a doença não pode chegar quilómetros, que percorremos Como consequência disso, Outubro de 2005 e Fevereiro
ao bairro, porque o posto sem quaisquer tipos de impe- a maioria dos cidadãos não de 2006, período em que mais
médico em funcionamento dimento. Outro local de comes sai de casa, cumpre o confi- de 500 pessoas morreram, infec-
na localidade não dispõe de e bebes, que também ficou namento de forma rigorosa. tadas pelo vírus de marburg. Ruas desertas marcam o cenário na província do Uíge
medicamentos e nem de pes-
8 DESTAQUE Segunda-feira
13 de Abril de 2020

VIGAS DA PURIFICAÇÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO


PASSAGEIROS PENDURADOS EM MALANJE “BOCELLI: MÚSICA PARA A ESPERANÇA”

Transportadoras Concerto da Páscoa


numa catedral vazia
sem capacidade Como a maioriadas igrejas do
mundo, a histórica Catedral
Duomo de Milão está fechada
vem com este dia tem sido bas-
tante perturbada pela pande-
m i a q u e e n f r e n t a m o s ”,

de resposta devido à pandemia do corona-


vírus, mas mesmo vazia, encheu-
se com a voz de Andrea Bocelli,
no domingo de Páscoa.
continuou, para acrescentar,
em antevisão: “tenho certeza
de que a voz extraordinária de
Bocelli será o abraço que esta-
Insuficiência de viaturas “Ave Maria”, “Sancta Maria” mos a perder hoje em dia, um
deixa preocupado quem e um reportório de música abraço forte e especial, capaz
sacra ecoou na Catedral de de aquecer o coração de Milão,
quer regressar a Luanda Milão na voz do tenor italiano Itália e do mundo”.
e outras províncias de Andrea Bocelli, que foi acom- Bocelli também partilhou
onde é originário panhado pelo órgão da catedral, a sua expectativa sobre o con-
tocado por Emanuele Vianelli. certo de ontem: “espero que
O concerto “Music for Hope” junte milhões de mãos entre-
(Música para a Esperança) foi laçadas em todo o mundo”.
transmitido ao vivo pelo You- “Acredito na força de orarmos
tube, ontem, a partir das 19h00 juntos; acredito na Páscoa
horas, em Itália (mesma hora cristã, um símbolo universal
de Angola). Um concerto sem de renascimento, que todos -
outra audiência que não os sejam eles crentes ou não –
bancos vazios da catedral, mas agora realmente precisam”,
partilhado com o mundo. escreveu no Instagram. E real-
“Este ano, a Páscoa será mente assim foi.
muito diferente para todos O tenor italiano vai participar
nós”, disse Giuseppe Sala, pre- também no concerto de soli-
feito de Milão, em comunicado dariedade “One World: Together
a propósito da celebração. “A at Home”, programado para 18
serenidade que normalmente de Abril.

Venâncio Victor | Malanje dias do estado de emergên- O g e s to r d a e m p re sa lotação até 50 por cento. encontravam igualmente em Transporte, Correios e Tele-
cia. Canianga Gomes fala TCUL, em Malanje, Jorge Na operadora de trans- gozo de férias e temem pelo comunicações, Monteiro
A província de Malanje regista em escassez de autocarros Mbande, explicou que os portes públicos Macom, a não regresso ao local de ser- Júnior, disse que em função
uma grande procura de trans- para a transportação de autocarros acabaram por procura era visível e até às viço nestes dois dias conce- das medidas tomadas para
portes públicos por parte de passageiros para os seus ficar em Luanda desde que primeiras horas da manhã dido s para a circulação sábado e domingo, as empre-
cidadãos que pretendem destinos, uma vez que há foi decretado o Estado de tinham sido vendidos igual- automóvel inter-provincial sas de transportes públicos
regressar às suas zonas de limitações impostas em Emergência, e que aguarda- mente 69 bilhetes de viagem devido ao estado de emer- fizeram a transportação das
origem, em função do estado função da pandemia. vam pela chegada de cinco. e cada autocarro transportava gência decretado pelo Exe- pessoas que estavam retidas
de emergência decretado A cidadã Antónia Jacinto, garantiu que os preços man- no mínimo 23 passageiros. cutivo, prorrogado para os em certas províncias para as
para fazer face à pandemia reside em Luanda e desloca- tinham-se nos 3.500 kwan- Os primeiros três autocarros, próximos 15 dias, dada a zonas de origem. Explicou
da Covid-19. A reportagem se regularmente a Malanje, zas. Acrescentou, entretanto, segundo apurou o Jornal de escassez de transporte. A que as operadoras têm a obri-
do Jornal de Angola efec- onde pratica actividade agrí- que outros autocarros vão Angola, empreenderam via- reportagem do Jornal de gatoriedade de levar um terço
tuou sábado uma ronda aos cola. Depois do decreto pre- fazer o trajecto entre as pro- gem a partir das 9h00 com Angola deslocou-se ainda de passageiros em função da
locais de embarque e sidencial, não foi a tempo víncias de Luanda e Huambo 23 passageiros cada. ao parque de estacionamento capacidade do veículo e
desembarque de passagei- de regressar a Luanda, onde e o Uíje. Oliveira Joaquim é militar da Operadora Morvic, que cumprir com todas as medi-
ros, designadamente Lum- reside. Com o levantamento Até às 9 horas de sábado, das Forças Armadas Ango- opera desde 2010 em Malanje. das de segurança e prevenção
bos,TCUL, Macom e Morvic. da cerca sanitária, afirmou já tinham sido comerciali- lanas (FAA) destacado na pro- O funcionário da área de contra o Covid-19.
No parque dos Lumbos, que pretende regressar à zados 69 bilhetes de viagem, víncia do Zaire. Ficou retido bilheteira, Ilídio Zola, disse A província de Malanje,
na EN-230, interpelamos o capital do país para se juntar mas a procura era maior, os primeiros quinze dias em existir neste momento um disse, possui várias operadoras
cidadão Canianga Gomes, à família. Todavia, lamentou segundo Jorge Mbande. A Malanje onde se encontrava movimento lento por possuir de transportes públicos, com
residente em Luanda, que pela falta de transporte. A operadora tem também dis- a cumprir a sua licença dis- apenas um único autocarro realce para a Macom, Tcul e
disse ter vindo à Malanje reportagem do Jornal de poníveis autocarros para as ciplinar desde o dia 9 de que esteve retido na comuna JJR. Monteiro Júnior alertou
para resolver problemas Angola encontrou-a sábado regiões do Huambo e Uíge, Março. Tentou a sorte de viajar de Xandel, município do as empresas de transportes
familiares e que calhou na no parque da TCUL, onde já assegurando estar a cumprir pela companhia Macom mas Quela, que vai levar apenas públicos no sentido de evi-
altura em que foi decidida tinha pernoitado, mas sem com as medidas de segurança sem sucesso, dada a insufi- 26 pessoas para Luanda com tarem a especulação de pre-
a aplicação do decreto pre- a certeza de embarcar. O impostas, como a lavagem ciência de viaturas. o bilhete a ser comercializado ç o s , s ob p e n a d e s e re m
sidencial, o que forçou a sua relógio marcava já 9 horas das mãos dos clientes, desin- Disse ter chegado ao par- a 3 mil kwanzas. submetidas a medidas rigo-
p re s e n ç a n a p ro v í n c i a e, no horizonte, Antónia fecção dos autocarros, bem que da Macom na companhia O chefe de departamento rosas e disciplinares ou serem
durante os primeiros quinze nada vislumbrava. como o cumprimento da de outros três colegas que se do Gabinete Provincial dos encaminhadas à PGR.

CUNENE LEI SECA NA ÁFRICA DO SUL


distanciamento entre as pes-

Mais de trezentos cidadãos soas, no cumprimento das


medidas de prevenção da
Covid-19. Segundo o res-
Menos crime mais corrupção
ponsável, a situação está a A África do Sul proibiu a lojas de bebidas, só na Cidade
regressam às localidades de origem causar constrangimentos nos
pagamentos de manutenção
venda de álcool e cigarros
durante o estado de emer-
do Cabo. Ao mesmo tempo,
o ministro Bheki Cele mos-
de viaturas, combustível e gência, que vigora no país trou-se preocupado com o
Quinito Kanhameni | Ondjiva do Estado de Emergência. cia, tendo decidido juntar- outros custos operacionais devido à pandemia do coro- envolvimento da polícia em
A fonte acrescentou que se à família em Luanda. dos meios. navírus, o que tem provocado vários crimes relacionados
Os mais de trezentos cida- os quatro autocarros, com De acordo com Nelson uma onda de assaltos e saques com a aquisição e venda de
dãos que se encontravam 54 lugares cada, só puderam Motoristas recusam viajar Gonçalves, os autocarros pos- a lojas de bebidas, e há notícia bebidas alcoólicas.
retidos na província do transportar um terço da capa- Os motoristas de autocarros suem entre 29 a 54 lugares, e de que vários polícias foram Dois polícias graduados
Cunene, devido ao estado cidade instalada devido ao de diversas denominações cada viatura deve levar um apanhados em redes de foram detidos em flagrante
de emergência, começaram cumprimento das medidas do parque de passageiros, terço da sua capacidade. Se venda ilegal de álcool. quando negociavam a com-
a regressar sábado e domingo de prevenção com vista a no bairro Okafitu I, arredores o carro tem 54 assentos car- O ministro da Polícia da pra de álcool para supos-
às suas localidades de origem, conter a propagação do novo d e O n d j iva , re c u sa ra m regamos apenas 27 passageiros África do Sul, Bheki Cele, tamente revenderem. Com
no quadro do levantamento coronavírus. O passageiro sábado efectuar viagens na e se for de 30 lugares vão 15 afirmou que a proibição da os polícias foram igual-
cerca sanitária em todo o Emanuel Hermenegildo disse estrada Nacional 105, que passageiros. “Não há recom- venda de bebidas alcoólicas mente detidos o gerente e
território nacional. Uma fonte que estava em trabalho há liga Santa Clara à cidade do pensa absolutamente ajudou a reduzir o crime vio- o caixa da loja. E não é caso
ligada à transportadora três meses no Cunene, e con- Lubango, num percurso de nenhuma. Estaríamos apenas lento durante o “confina- único. Uma outra operação
MACOM, que pediu o ano- siderou o levantamento da 420 quilómetros, devido à a pôr o meio em risco”, con- mento”, mas, e com as lojas da polícia levou à detenção
nimato, disse ao Jornal de cerca sanitária uma medida fraca oferta. Nelson Gonçal- siderou. O responsável do par- de venda de bebidas fecha- de dois elementos da cor-
Angola que a empresa dis- assertiva, porque permite o ves, responsável do parque que disse que durante o período das, o país assiste a um cres- poração, que escoltavam
ponibilizou quatro autocarros reencontro das famílias. de Okafitu I, disse à nossa da manhã de sábado apenas cente aumento no mercado três camionetas carregadas
para transportar, às suas Emanuel Hermenegildo disse reportagem que a recusa dos nove dos 32 autocarros efec- negro da venda de álcool. de bebidas alcoólicas, uma
localidades de origem, os que está dispensado do ser- motoristas deveu-se à redu- tuaram viagem ao Lubango, O Ministério da Polícia informação que consta tam-
cidadãos que se encontravam viço no período da segunda ção do número de passa- tendo 23 motoristas se recu- reportou, em comunicado, bém do comunicado do
retidos no Cunene por motivo fase do Estado de Emergên- g e i ro s p a ra p e r m i t i r o sado devido à fraca oferta. 16 casos de roubo e saque a Ministério da Polícia.
Segunda-feira
13 de Abril de 2020 9
PUBLICIDADE

(3227)
10 OPINIÃO Segunda-feira
13 de Abril de 2020

EDITORIAL IMAGEM DO DIA


Solidariedade internacional A serventia que muitas instituições prestam, como a demarcação para facilitar o distanciamento
social usada pelo Nosso Super, é digna de realce, em nome da Saúde Pública
Poucos são os países que, nesta fase de luta contra a Covid-19, se prestam a envidar
esforços que se traduzam na colocação à disposição de outros países e povos de pessoal VIGAS DA PURIFICAÇÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO

médico e material. Numa altura em que a humanidade se engaja para reverter o quadro
de progressão da Covid-19, a linguagem privilegiada dos Estados e das Organizações In-
ternacionais tinha que ser a mesma, traduzida essencialmente na promoção da solida-
riedade, na ajuda mútua e multilateral. Como aconselhou o presidente da Comissão
Executiva da União Africana, Mousa Faki Mohamat, este não é tempo de apontar o dedo
na busca de eventuais responsáveis pelo que acontece agora com a humanidade, mas
conjugar esforços no sentido de uma resposta única, coordenada em que a maioria dos
países se consiga rever. Enquanto alguns países e lideranças parecem mais interessadas
em “perder tempo” com tentativas para a responsabilização de terceiros, outros Estados
procuram ganhar tempo com iniciativas de solidariedade, que constituem verdadeiros
exemplos a seguir. E um dos exemplos vem da República de Cuba que, junto dos países
com os quais possui boas relações, não mede esforços para, dentro das suas limitações,
recursos humanos e materiais, demonstra ao mundo que contra a Covid-19 não há
tempo a perder. De facto, não há tempo a perder na medida em que grande parte dos
países a braços com a Covid-19 não atingiram ainda o esperado “pico”, ou seja, o ponto
mais alto para a curva que se pretende descendente, em sinal de contenção e controlo.
E como alertou a Organização Mundial da Saúde (OMS) nem há garantias de que os
actuais esforços consigam assegurar um eventual não ressurgimento da doença, pelo
que os esforços actuais se forem desbaratados por disputas políticas entre os Estados,
em nada vai ajudar na contenção e controlo do vírus.
A cooperação e a solidariedade internacionais devem falar mais alto entre os países,
tal como ocorreu e ocorre quando a humanidade enfrenta um inimigo comum.
Em Angola, as autoridades governamentais, através das entidades que superintendem
o sector da Saúde, tudo fazem no sentido de um controlo e acompanhamento que
permita a minimização a níveis significativos, eventualmente a zero, do chamado
contágio comunitário. E nesta empreitada, Angola está aberta à cooperação com todos
os países do mundo, tal como sucedeu agora no âmbito das relações com a República
de Cuba. Este país, cujas autoridades e povos foram sempre solidários com Angola, des-
pachou homens, mulheres e material medicamentoso para reforçar os meios de luta
contra a gripe.
O gesto de Cuba, com a vinda de mais de 200 médicos de várias especialidades para
o nosso país, embora se enquadre também no quadro das excelentes e privilegiadas
relações entre os Estados e povos, é sempre motivo para realçarmos e encorajarmos.
Isto ficou patente na recepção da comitiva, cuja chegada no Aeroporto 4 de Fevereiro
ficou marcada por cenas de boas vindas típicas de dois povos que se conhecem e forjam
laços que se fortalecem ao longo de mais de 40 anos.
Na verdade, a República de Cuba esteve, tem estado ao lado de Angola nos momentos
difíceis e, acreditamos, que estará sempre a fazer prova da sua amizade, cooperação e
ajuda, na base de reciprocidade de vantagens.
As autoridades angolanas, como não podia deixar de ser, têm sido coerentes e firmes,
na preservação desses laços históricos, razão pela qual tem procurado honrar e, cada
vez mais, cimentar as bases em que assentam os laços bilaterais.
A vinda dos técnicos de saúde do país irmão de Cuba é mais uma página que se
escreve agora com letras de ouro numa fase em que a palavra de ordem em todo o
mundo deve ser a solidariedade internacional, em vez da politização do actual desafio
causado pela Covid-19.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO PROPRIEDADE


Víctor Silva (presidente) Edições Novembro, E.P.
ADMINISTRADORES EXECUTIVOS
Caetano Pedro da Conceição Júnior
José Alberto Domingos
SEDE:
CARTAS DOS LEITORES
Rui André Marques Upalavela Rua Rainha Ginga, 12-26
Luena Kassonde Ross Guinapo Caixa Postal 1312 - Luanda
Redacção: 222 020 174
ADMINISTRADORES NÃO EXECUTIVOS Telefone geral (PBX): 222 333 344
Filomeno Jorge Manaças Fax: 222 336 073
Mateus Francisco João dos Santos Júnior Telegramas: Proangola
Zonas urbanas rurais. Não podemos perder de ideia de que as zonas urbanas e
Vivo no campo e escrevo pela pri- vista a relação de complemen- as rurais precisam-se mutuamente.
meira vez para o Jornal de Angola taridade entre aqueles dois seg- FERNANDO GOMES
para abordar a questão da urba- mentos. Embora seja verdade Negage
DIRECTOR: Edna Cauxeiro (subeditora), nização, que tem sido uma espécie que melhores oportunidades, so-
Víctor Silva Ferraz Neto (subeditor) e Pereira Dinis
de oposto da moeda relativamente bretudo para os jovens, são en-
DIRECTOR-ADJUNTO:
Caetano Júnior
EDIÇÕES ESPECIAIS:
ao êxodo rural. Ouvi que actual- contradas em maior número Contos infantis
DIRECTOR EXECUTIVO:
Guilhermino Alberto
Adalberto Ceita, André dos Anjos, Domingos dos Santos,
Leonel Kassana e Yara Simão
mente a maioria da população nas zonas urbanas, não é sus- Há dias comemorou-se o Dia
vive nas zonas urbanas e que esse tentável a continuação deste es- da Literatura Infantil, uma data
EDITOR EXECUTIVO: FOTOGRAFIA:
Diogo Paixão Kindala Manuel (editor-chefe), movimento tende a continuar e tado de coisas. que calha bem nesta altura em
José Cola (editor),
SUB-EDITOR EXECUTIVO:
Cândido Bessa Dombele Bernardo, Domingos Cadência, Eduardo Pedro, João Gomes, crescer. Fico preocupado quando As zonas urbanas não podem su- que as crianças e adolescentes
Maria Augusta, Miqueias Machangongo, Mota Ambrósio, Paulo Mulaza, Kindala
Manuel, Santos Pedro, Agostinho Narciso, Vigas da Purificação, Contreira Pipas aparentemente todo o mundo pa- portar esse movimento contínuo se encontram em casa. Sou um
GRANDE REPÓRTER: rece estar a deixar o campo em de populações que lá se deslocam, adepto de contos infantis e es-
Luísa Rogério CORRESPONDENTES PROVINCIAIS:
Adão Diogo (Lunda-Sul), direcção às cidades. Onde vivo e não raras vezes, para se dedicarem crevo para reclamar a ausência
Alberto Coelho (Cabinda),
EDITORIAS:
POLÍTICA: João Mavinga (Zaire), em função de relatos de famílias a actividades precárias ou caírem de escritores angolanos que se
Bernardino Manje (editor-chefe),
Fonseca Bengui (subeditor) e Santos Vilola (subeditor)
Vladimir Prata (Namibe),
Esídoro Natalício (Cuanza-Norte),
de outras paragens, dou conta de na mendicidade. Mas pronto, em dedicam a escrever para crian-
Adelina Inácio, João Dias, Edna Dala,
Garrido Fragoso e Gabriel Bunga
Luís Pedro (Cuanza-Sul),
Noé Jamba (Bengo),
que há um movimento preocu- minha opinião, acho que essa ças. Ao que me consta, grande
Francisco Curinhingana (Malanje)
Fernando Cunha (Huambo),
pante de pessoas em direcção às complementaridade entre a cidade parte da geração de escritores
OPINIÃO:
Ambrósio Clemente (editor-chefe), Faustino Henrique (subeditor)
João Constantino (Bié),
José Chaves (Andulo),
zonas urbanas. e o campo, entre as zonas urbanas que se dedicavam à escrita para
SOCIEDADE: Jaime Azulay (Benguela),
Jesus Silva (Lobito),
Acho que a ausência de mecanis- e as rurais, é sempre muito im- os mais novos estão com idade
Nhuca Júnior (editor),
Alberto Pegado (editor), Estanislau Costa (Huíla),
Joaquim Aguiar (Lunda-Norte),
mos de equilíbrio podem resultar portante e salutar. Contrariamente avançada, embora haja uma
José Meireles (editor),
Rodrigues Cambala, André da Costa, Kilssia Ferreira, Manuela Gomes, Silvino Paulo (Uíge),
Lourenço Manuel (Cuando Cubango),
em situações menos boas e mesmo àqueles que defendem uma espécie geração mais nova que procura
Augusto Cuteta, Alexa Sonhi, César André, César Esteves, Edivaldo Cristóvão,
Carla Bumba e Mazarino da Cunha Quinito Kanhamei (Cunene),
Samuel António (Moxico),
problemáticas para o presente mo- de separação absoluta, sou a favor dar os seus passos.
REGIÕES:
Sérgio Chivaca (editor-chefe),
mento em que pretendemos uma de uma intensa complementari- Acho que a geração de grandes
PAGINAÇÃO E ARTE:
Béu Pombal (subeditor),
Filipe Eduardo Salvador Escórcio (Editor), Soares Neto, Eugénia Victor, Augusta Lucéu, Tomás Cruz,
interacção saudável e equilibrada dade porque entendo que uma escritores do passado não está
ECONOMIA: Noé Pungue, Evaristo Sacupalica, João Augusto, Josefa Abreu, Maria Messele,
Alberto Bumba, Inês Quingando, Margarida Zilungo, Maria da Silva, António Saldanha,
entre o campo e as cidades. Em quase não sobrevive sem a outra. a ser substituídas ou, dito de ou-
Cristóvão Neto (editor-chefe),
Armando Estrela (subeditor), Henrique Faztudo, António Quipuna, Raúl Geremias, Ana Paula Dias , Isabel Fragão, minha opinião, o processo de ur- Nem vale a pena citar qual delas, tro modo, a passagem de teste-
Ana Paulo, Kátia Ramos, Madalena José, Natacha Roberto e Victorino Joaquim Manuel Cassinda, Francisco da Silva, Rui Jacinto, Bruno Bernardo, Luquemba Pedro
MUNDO:
banização das cidades em Angola para não ser acusado de estar a munho entre uma e outra gera-
CARTOON E ILUSTRAÇÃO:
Bernardino Fançony (editor-chefe), António Canepa Armando Pululo e Casemiro Pedro constituem uma vantagem, mas tomar partido, apenas reforçar a ção não se está a efectivar como
DESPORTO:
Amândio Clemente (editor-chefe),
igualmente uma desvantagem. devia ser. Se essa geração mais
COPY DESK:
Anaximandro Magalhães (subeditor), António Cristóvão, Rui Ramos, Arlindo Soares e Esperança Vieira Dias Se o movimento de pessoas saí- ESCREVA-NOS nova for devidamente acompa-
Armindo Pereira, Teresa Luís, Vivaldo Eduardo,
António de Brito, Honorato Silva, Job Franco das das zonas rurais para as ci- Cartas recebidas na nhada, inspirarem outros auto-
CULTURA: O Jornal de Angola Rua Rainha Ginga, 12-26
António Bequengue (editor-chefe), Adriano Melo (subeditor), utiliza os serviços da ANGOP, AFP, Reuters, EFE e Prensa Latina dades continuar vamos enfrentar Caixa Postal 1312 - Luanda res, não tenho dúvidas de que
Francisco Pedro (subeditor), Amilda dos Santos, Manuel Albano,
Mário Cohen e Roque Silva PUBLICIDADE: uma fraca presença de mão de ou por e-mail: as novas estarão bem servidas.
GENTE E FIM-DE-SEMANA:
António Cruz (editor-chefe),
(+244) 937 550 262 obra para os campos e outras ANDRÉ NASCIMENTO
(+244) 949 770 006 e-mail: publicidade@jornaldeangola.com escrevaconnoscoJA@gmail.com Benguela
Isaquiel Cori (editor) ocupações existentes nas zonas
OPINIÃO Segunda-feira
13 de Abril de 2020 11
DIVERSIFICAÇÃO ECONÓMICA ANÁLISE

Carlos Gomes Eduardo Magalhães |*

CITAÇÕES

O anúncio esperado “Ela sempre pensou


que ele fosse mudar,
Do limão à limonada
por isso nunca As razões para que Angola esteja a ser vista internacionalmente
como um país que adoptou as medidas acertadas no combate ao

da recessão económica global


o denunciou à Polícia avanço do novo coronavírus vão, curiosamente, para além da
e escondeu saúde pública. É preciso valorizar a demonstração de capacidade
o seu sofrimento do Executivo no que diz respeito à gestão numa situação de crise.
aos irmãos” Entre os pontos de destaque, chamam a atenção os eixos principais
Vivemos desafios desconhecidos, precisamos (quanto antes) uma reflexão profunda sobre da chamada economia real. O empenho para dinamizar o sector
Madalena Ngombo
de tomar medidas excepcionais. O mundo vive o “day after” COVID-19, face à esperada procura irmão da enfermeira, Verónica produtivo (apoio às empresas) e também no investimento relacio-
um pesadelo económico sem precedentes ... inusitada por produtos básicos que se faz sentir Makiesse Ngombo, 35 anos,
assassinada em Luanda pelo marido,
nado às famílias e ao sector informal da economia são referências
Interrogações se levantam em relação ao tempo a nível global, devido à “hibernação” das linhas agente da Polícia Nacional, e até podem servir de inspiração para outras realidades próximas.
descrevendo o convívio conjugal
de prevalência da pandemia Coronavírus de produção, fustigadas pelo assustador efeito Se em todo o mundo as economias dos países estão a ser tra-
(COVID-19), que ninguém sabe ao certo (por de contaminação do vírus. tadas no mais profundo e restrito respeito às características pe-
enquanto), nem mesmo a Organização Mundial O quadro torna-se ainda mais grave com a “Angola, culiares a cada um, em Angola jamais poderia ser diferente. O
da Saúde (OMS)...!!! baixa significativa do preço do com o seu elevado emprego e a garantia de bens e serviços essenciais assumem a
Enquanto isso, projecções barril de petróleo, que está agora potencial em termos necessária relevância neste período de incertezas e ameaças,
económicas sobre a dimensão O mundo rendeu-se a ser negociado por 33 dólares,
de recursos naturais,
decorrentes da estagnação global da economia. O Governo está
devastadora em relação às mas a atingir 22 dólares, em con- a trabalhar quer no alívio fiscal às empresas, como na viabilidade
empresas, empregados e das
(???!!!) a uma realidade sequência da elevada oferta incluindo dos meios que garantem uma melhor renda às famílias.
próprias nações carecem ainda tão devastadora como dessa “commodities” no mercado a agricultura, O sector produtivo ganhou fôlego, pois viu serem alargados
de base e modelos fiáveis de nunca antes vista: 206 internacional, em razão do “braço- pescas e energia, os prazos de liquidação final das obrigações declarativas do Im-
posto Industrial para as empresas do Grupo B, bem como o prazo
cálculos definitivos, a resposta de-ferro” entre a Arábia Saudita
tarda a chegar (...), para descon- países atingidos, mais de e Rússia (com sinais agora de
tem algumas limite da liquidação final das obrigações declarativas do Imposto
forto de produtores e consumi- um milhão de infectados, inflexão - oxalá...), dois factores das maiores Industrial para as empresas do Grupo A. Na prática, receberam
dores. É a incerteza sobre o as mortes tomam que, tomados em conjunto, dita- possibilidades uma espécie de carência para o cumprimento das obrigações
futuro da economia global, que ram o actual quadro “doentio” de beneficiar fiscais, mas com o compromisso de manutenção das actividades
dificilmente se recomporá em dimensões exponenciais da economia a nível planetário. das reformas e, principalmente, dos empregos.
menos de um ano. - acima de 100 mil (!!!), Como dizia Albert Einstein,
incluídas
Acto contínuo, o Executivo atribuiu e está a assegurar a
produção de 54 bens - referidos no Decreto Presidencial n.º 23/19,
O Fundo Monetário Interna- físico alemão que desenvolveu
cional (FMI) já assumiu a reces- frotas aéreas, a teoria da relatividade, “a cria- no acordo” de 14 de Janeiro - através do crédito fiscal de 12 meses para as
são da economia mundial em marítimas, ferroviárias, tividade nasce com a angústia, Tomás Ulicny
empresas sobre o valor do IVA a pagar na importação de bens de
cerca de 2%; a Europa pode assim como o dia nasce da noite; capital e de matéria-prima utilizados para este fim. Para além
experimentar perdas na ordem
rodoviárias de é da crise que nascem os inven-
Embaixador da UE em Angola
disso, reduz a pressão sobre a tesouraria com o pagamento par-
de 3% do PIB anual, por cada passageiros totalmente tos, os descobrimentos e as gran- “Possivelmente, celado e com prazo prorrogado de contribuições para a Segurança
mês de quarentena; a nível de inactivas, indústria des estratégias”.
o impacto mais
Social (alívio no pagamento de salários).
Os benefícios, incentivos e isenções são extensivos à garantia
África, os titulares das Finanças Porque em relação ao petró-
propõem o perdão da dívida extractiva, leo estamos entendidos, não severo da crise da manutenção mínima dos níveis de actividade das micro, pe-
na sua totalidade, para que pos- transformadora e de sendo expectável o retorno tão será nos já quenas e médias empresas do sector produtivo. O apoio financeiro,
através de recursos totais de cerca de 488 mil milhões de Kwanzas,
sam fazer face ao impacto nega-
tivo da pandemia sobre o ainda
serviços paralisados, cedo aos tempos “dourados”
de outrora, em que o barril atin-
sobrecarregados chega através do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Agrário
frágil tecido económico dos afectando por giu a barreira máxima de 118 saldos orçamentais” (FADA), com taxa de juros não superior a 3 por cento, para além
países africanos. arrastamento as dólares, é chegado o momento Dylan Smith e Andrew
Matheny
de linhas de crédito asseguradas através do Banco de Desenvol-
vimento de Angola, BDA.
O mundo rendeu-se (???!!!) de olharmos, com realismo,
a uma realidade tão devasta- maiores praças para o potencial que nos reser- Economistas do banco, numa nota Nestas actividades das micro, pequenas e médias empresas
dora como nunca antes vista: bolsistas mundiais vam o campo e o mar (sem petró- citada pela agência Bloomberg a estratégia de integração, produção, importação, comercialização
206 países atingidos, mais de leo), para que possamos erguer e consumo, pois cria as condições de financiamento e compra
um milhão de infectados, as uma estrutura económica diver- dos operadores do comércio e distribuição aos produtores na-
mortes tomam dimensões expo- sificada e sustentável para “Juntamente cionais dos produtos mais populares e que são inseparáveis da
nenciais - acima de 100 mil (!!!), frotas aéreas, Angola, bastando para tal lançarmos mãos à vida do cidadão comum, entre eles o milho, fuba de milho, trigo,
com a presidente farinha de trigo, arroz, açúcar, cana-de-açúcar, massambala,
marítimas, ferroviárias, rodoviárias de pas- obra, num abraço sinergético, com vista a
sageiros totalmente inactivas, indústria extrac- tornar reais os planos de contingência, e os da Comissão massango, batata, mandioca, fuba de bombó, feijão, ginguba,
tiva, transformadora e de serviços paralisados, demais, que estão a ser e forem adoptados Europeia, soja, banana, manga, abacate, citrinos, mamão, abacaxi, tomate,
afectando por arrastamento as maiores praças pelo Executivo - agora com um formato mais (Ursula von der cebola, alho, cenoura, beringela, repolho, pepino, couve, carne
bolsistas mundiais. reduzido, de 28 para 21 departamentos minis- Leyen), estou bovina, carne caprina, carne ovina e carne suína, aves, ovos (de
Temos todos, a nível global e particularmente teriais, e possamos sobreviver ao anúncio galinha), leite, mel, sal e pescados.
a trabalhar num guia Se já havia um visível esforço para reduzir a dependência do
interno, que nos preocupar com a nossa sobre- esperado da recessão económica global pelo
vivência e aprender (depressa) a viver e “conviver” efeito da Covid-19, superando a crise, antes e num plano petróleo e o incremento económico através da diversificação da eco-
no novo contexto de incertezas, que nos sugere que sejamos superados por ela. de acção nomia, ganham ainda mais importância a produção nacional nas di-
para garantir ferentes escalas e a capacidade de transformar - o mais rápido
DR o bem-estar de todos possível - o turismo numa fonte de receita. Todas as novas acções da
nossa economia estão a merecer o investimento público e o cidadão
os europeus e para é convocado a ser um agente desta construção pós-pandemia.
garantir na UE A operacionalização, ao menor custo possível, do acesso
uma retoma ao micro crédito para mulheres e jovens empreendedores
do crescimento forte, nas diversas actividades, consolida o plano de trabalho da
sustentável actual governação desde o início. A lista é vasta e abarca
todas as necessidades imediatas, entre elas a agricultura,
e inclusivo, baseado avicultura de corte e postura, aquisição de bovinos para en-
numa estratégia gorda e abate, processamento de alimentos e produção de
verde e digital” bebidas, logística e distribuição de produtos agro-alimentares
Charles Michel e das pescas, aquicultura, reciclagem de resíduos sólidos ur-
Presidente do Conselho Europeu
banos, prestação de serviços de transportes, prestação de
serviços de formação profissional, desenvolvimento de soft-
ware, turismo, produção cultural e artística.
São muitas as acções em curso e todas elas planificadas
“Para mim não é novo dentro de um cenário adverso imposto às economias de todos
estar em quarentena. os países. De todas as lições que podemos tirar deste delicado
A criação precisa de momento vivido no planeta, certamente contará o facto de es-
um espaço nosso tarmos a escrever uma história de superação do nosso País e do
interior. Precisamos nosso povo. Juntos, como sempre estivemos nos momentos de
alegria ou tristeza, nós angolanos estamos a fazer do limão uma
de estar sós. Eu estou limonada. Se é a obrigação de um Governo acertar nas decisões
habituada a estar só” nos momentos em que é desafiado, também é justo que estes
Dilia Fraguito Samarth, acertos sejam valorizados para que as nossas referências sejam
vivas e próximas, porquanto nossas de facto.
Artista plástica angolana residente
em Portugal
* Director Nacional de Comunicação Institucional
12 Segunda-feira
13 de Abril de 2020

PUBLICIDADE

(700.091)
ECONOMIA Segunda-feira
13 de Abril de 2020 13
HABITAÇÃO SOCIAL IMPOSTOS
oferta de bens de primeira

1,38
necessidade, entre agrícolas,
industriais e das pescas. AGT vai
Crédito pode gerar 60 mil Os empresários entendem
que se criará uma rede de
corredores, mobilização de
associações de transportes, BILIÕES DE KWANZAS
anunciar
novos prazos
postos de trabalho no país crédito ao comércio no inte-
rior, uso de viaturas adequa-
das com autorização de
compra a concessionários.
Representa o activo do Banco
Internacional de Crédito no
final do primeiro semestre do
ano passado, o que faz deduzir
A Administração Geral Tri-
butária (AGT) prepara-se
para, entre hoje e amanhã,
Isaque Lourenço tação social é uma das vias sentido, o uso intensivo em Já sobre a importação e um crédito mínimo de 34,6 mil anunciar as novas datas
para a dinamização do sector reparações de vias terciárias, incentivos fiscais para os gran- milhões de kwanzas (61,4 de liquidação dos diferen-
de materiais de construção através da capacidade local des importadores de bens de milhões de dólares) para os tes impostos.
A aplicação de um programa e construção civil em todas de gestão dos kits. O enten- consumo e matérias-primas, produtores nacionais, em O Jornal de Angola soube
de crédito de até 40 mil dóla- as 18 províncias. dimento é de que as estradas pretende a abertura de uma obediência ao mais recente de fontes ligadas ao dossier
res, ainda este ano, é encarada É intenção dos empresários são fontes de emprego directo linha verde que tenha melhor instrutivo do Banco Nacional que a instituição afecta ao
como solução urgente para a que, internamente, exista um e indirecto, pois gera circu- rácio entre as importações e de Angola (BNA). O banco Ministério das Finanças
criação de 60 mil novos ambiente mais atractivo e lação de riqueza por via do as aquisições locais em apoio central mandou que 2,5 por (MINFIN) tem já preparado
empregos no país. capaz de não deferir para as escoamento da produção e ao Decreto 30/19. cento do activo dos bancos o pacote de medidas, depois
Na perspectiva do Grupo famílias o impacto negativo ligação rápida entre as dife- comerciais sejam destinados de combinadas as posições
Técnico Empresarial (GTE), sobre os mercados causados rentes zonas económicas. Ambiente de negócios ao financiamento da produção inicialmente desenhadas às
a t rav é s d e u m r e c e n t e pela pandemia da Covid-19 Estas estratégias ligam-se A implementação de um interna dos 54 produtos disposições finais do memo-
memorando submetido ao na economia nacional. a um plano que vê na pro- conjunto de medidas de listados no PRODESI. rando que o Governo apro-
Governo, a que o Jornal de As estradas são tidas como dução interna a solução, atra- protecção para a melhoria vou recentemente.
Angola teve acesso, a habi- factor chave. Advoga-se, neste vés do asseguramento da do ambiente de negócios Já no quadro dos incen-

559
EDIÇÕES NOVEMBRO no sector têxtil foram as tivos à economia anunciados
principais preocupações na última sessão da Comissão
apresentadas pelos cerca Económica, a administração
de 70 participantes na sessão fiscal prepara um pacote que
de auscultação online, rea- visa responder ao momento
lizada sexta-feira pelo Ins- KWANZAS É O CUSTO actual e garantir que os con-
tituto de Gestão de Activos DA NOTA DE UM DÓLAR tribuintes possam estar foca-
e Participações do Estado O custo do kwanza por cada dos no desafio de travar a
(IGAPE). dólar, de acordo com o propagação do vírus.
O encontro inseriu-se câmbio oficial, praticado pelo Estava prevista, para o dia
na preparação do processo Banco Nacional de Angola até 17 deste mês, a liquidação
de privatização das unidades ontem, era de 559. A moeda do Imposto Predial Urbano
industriais têxteis em curso nacional observou um ligeiro (IPU) e da Taxa de Circulação.
no país, nomeadamente, a recuo, nos últimos dias, na Já o Imposto Industrial a ser
África Têxtil, em Benguela, comparação com a norte- pago no final de Maio, sabe-
Textang II, em Luanda, e americana. Esta se já, por decisão do Governo,
C o m a n d a n te B u l a ( ex - desvalorização do kwanza que passa para Junho. Apesar
SATEC), no Cuanza-Norte. justifica-se pela subida da disso, a AGT continua a dis-
O IGAPE optou por reu- cotação do dólar, provocada, ponibilizar canais de Internet
niões online, atendendo ao internamente, pela subida dos e chamadas telefónicas para
actual quadro de isolamento preços dos bens alimentares e a liquidação das respectivas
Empresários sugerem financiamento bancário para construção e aquisição de habitação social em vigor no país. produtos complementares. obrigações fiscais.

PUBLICIDADE

(500.0493)
14 Segunda-feira
13 de Abril de 2020

CLASSIFICADOS
Atendimento Mais informações
Rua Rainha Ginga, 18/24 — Luanda Telefones: 937 550 262 /949 770 006
de Segunda a Sexta-feira, das 9h às 14h,
aos Sábados e Domingos, das 9h às 14h IMOBILIÁRIO VIATURAS DIVERSOS e-mail: publicidade@jornaldeangola.com

PUBLICIDADE

Radical Investiments (pty) Ltd. t/a


IMOBILIÁRIO
DIVERSOS

VENDE-SE CARRINHO de picolé, M. de


Flui melhor Connosco Um ISO 9001:2015 empresa certificada

VENDE-SE sumos, chapa de hambúrguer,


batedeira, mesa Inox. Termi- Um inovativo e confiável parceiro em reticulação de águas de esgoto e soluções de armazenamento
VIVENDAS e Terrenos no Nova
Vida, Patriota, Benfica. Ter- nais telefónicos: 937493599,
CAMPAS, granito e mármore,
minais telefs: 941360240, 222773455 (3839d)
montagem, gravação, cabe-
926662211. ceiras, fotos, Casa dos Gra-
(3795) nitos. Telefones: 921662309,
990591646. (3493)
MORADIA no Benfica 2, Zona
Verde, 7 suites, salão de festas TERRENO 1.800m2, Vila Alice,
e farmácia, a bom preço Tlf: rua da DStv/Jembas, 2.100m2
923301059. BFA, Benfica, 73x35, Futungo. PADARIA, banho-maria, sal-
(3904) Telefone: 923532124 gadinhos, cubas, fiambreira,
VIVEIRO: Venda de material gelo: cubo e escama. Termi-
(3883) nais telefónicos: 937493599
VIVENDA T4, 4 salas, 2 cozi- de Xadrez. Terminais telefs:
nhas, quintal p/5 carros na ou 222773455. (3839b)
948079478 ou 911841393 T E R R E N O e m Ta l ato n a ,
C a b r a l M o n c a d a . Te l f :
924382783 (227) 6.000m2 próximo ao Mundo TERRENOS 20x30, já mura-
(3922) Verde Tlf: 924382783 (3922a) dos, Kifica, 11 de Novembro
e Patriota, água e luz. Telefs:.

(500.0483)
TERRENOS 20x30, já mura-
930580930, 992491973 (3885)
dos, Kifica, 11 de Novembro
e Patriota, água e luz. Telefs:. KIT de talho, S. ossos, ser-
930580930, 992491973
(3885a)
pentina, fogão, gelado, balde,
balança, F. hambúrguer. Ter-
NEGÓCIOS
minais telefónicos: 937493599,
VIATURAS TERRENO no Kicuxi de 12
222773455. DESINFESTAÇÃO de
- Feito 100% de Polietileno virgem.
(3839a) casas e empresas. Tele-
hectares em boa zona. Tele- fones: 928648007/ - Disponível em 120, 240, 1100 Lts de capacidade.
fone: 924382783 917606962 (3884a)
(3922b) - Forte, resistente e durável
VENDE-SE ALUGA-SE
TERRENO Km 44, 10 hectares,
MITSUBISHI L 200 branco todo documentado, negociá- LUANDA LOBITO
(DI - D) ano 2009, AC em dia, vel. Telefone: 912508580
6.500.000.00, negociável. Telf.: FLO-TEK Tubos e Irrigações FLO-TEK Tubos e Irrigações
924901410 (3894)
(3876)
Estrada de Catete, Km 22, PIV Viana ANGOLA Zona Industrial do PDIC, Phasse-I
MÁQUINA de gelado, chur-
FAZENDA em Icolo e Bengo rasqueira a carvão, forno, Luanda, Angola Estrada Lobito-Catumbela
TOYOTA RAV4, 2 modelo, 5
portas, manual, em bom a 60 km de Catete e a 30m da exaustor, tostadeira, pipocas, Lobito, Angola
estrada. Água e luz. Tlf: MESAS e cadeiras para festas,
estado, por Akz. 2.850.000,00. algodão. Terminais telefóni- vendemos Mobiliário de Es- Cell: +244 946 387 960/61 Cell: +244 946 387 963/64
Telf.: 945216325 923301059 cos: 937493599, 222773455. critório. Telefs: 923452188,
(3929) (3904a) (3839c) E-mail: vendas@flotekafrica.com Website:www.flotekafrica.com E-mail: vendaslobito@flotekafrica.com
937493599 (3839)

COMUNICADO
HORÁRIO DE ATENDIMENTO
A Direcção de Marketing e Comercialização da Edições Novembro E.P., em pleno respeito por um comportamento social responsável, alinhado às
recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde de Angola (MINSA), com vista a combater a propagação do surto
do Coronavírus – COVID-19, excepcionalmente, durante a vigência do período de Estado de Emergência, o atendimento presencial ao público
passa a ter o seguinte horário de funcionamento:

De segunda-Feira a Domingo, das 9:00 horas às 14:00 horas.


Após o horário de atendimento presencial, estamos à sua disposição nos seguintes Canais Alternativos:

WhatsApp / SMS

925134301 | 937550262 | 949770006 | 924445541 | 917269650 | 924290850

E-mail:
publicidade@jornaldeangola.com | modesto.ilunga@jornaldeangola.com
domingos.ingles@jornaldeangola.com | vanusa.cabimba@jornaldeangola.com
luena.guinapo@jornaldeangola.com

Luanda, 27 de Março de 2020.

A Direcção
(700.036)
Segunda-feira
13 de Abril de 2020 15
PUBLICIDADE

CAMPANHA SOLIDÁRIA
COVID-2019
O nosso país e o mundo estão a viver dos tempos mais difíceis da História recente da Humanidade.

Tempos difíceis mas de grande coragem.

Nós, angolanos, sempre enfrentámos com determinação e inteligência as diferentes adversidades por
que já vivemos.

Hoje apelamos à solidariedade de todos para ajudar com donativos que nos permitam mitigar a situação
social das nossas populações mais necessitadas.

As consequências do COVID-19 podem vir a ser muito difíceis.

Vamos todos contribuir para ajudar uma causa que é de todos.

Conta do Tesouro Nacional no BCI, para ajudas em Kwanzas,


IBAN N.º AO 06 0005 0000 5197 1631 1019 7; CONTA: 51971631-10-001;

Conta do Tesouro Nacional no BCI, para ajudas em Kwanzas convertíveis em DÓLARES,


IBAN N.º AO 06 0005 0000 5197 1631 1514 4; CONTA: 51971631-15-001

Conta do Tesouro Nacional no BCI, para ajudas em Kwanzas convertíveis em Euros,


IBAN Nº AO 06 0005 0000 5197 1631 1524 1; CONTA: 51971631-15-002

Uma vez mais e sempre estaremos todos Juntos por Angola


(700.037)

REPÚBLICA DE ANGOLA
MINISTÉRIO DA AGRICULTURA E PESCAS
PROJECTO DE DESENVOLVIMENTO DA AGRICULTURA COMERCIAL - (P88660-AO)

SOLICITAÇÃO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE

PROJECTO DE DESENVOLVIMENTO DA AGRICULTURA COMERCIAL

EMPRÉSTIMO N.º IBRD-88660

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE


PARA INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS E DE CRÉDITO

O Governo da República de Angola recebeu um empréstimo do Banco Mundial (BM) e


da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), para financiar o Projecto de Desenvol-
vimento da Agricultura Comercial (PDAC). O PDAC tem como objectivo geral, aumentar
a produtividade, o acesso aos mercados, aos produtores agrícolas e comerciais em An-
gola. O PDAC irá providenciar financiamento co-participado (MatchingGrants) aos poten-
ciais beneficiários e Garantias Parciais ao Crédito fornecido pelas instituições financeiras
a estes beneficiários.

Neste âmbito, o PDAC convida os Bancos Comerciais e Instituições de Crédito elegíveis


para manifestarem o seu interesse em fazer parte de uma bolsa de instituições financeiras
e de crédito que os habilitará a participar no esquema de financiamentos co-participados
(500.0471)
do PDAC, através do fornecimento de crédito dentro de seis cadeias de valor prioritárias
- Milho, Feijão, Soja, Café, Ovos e Frangos nas províncias de Cuanza Norte, Cuanza Sul
e Malanje.

As instituições interessadas podem obter informações adicionais através do endereço do


correio electrónico abaixo indicado, bem como as manifestações de interesse de presta-
ção de serviços (pelos correios ou por e-mail), até ao próximo dia 30 de Abril de 2020.

Atenção: Sr. Pedro Dozi


Coordenador do Projecto
Ministério da Agricultura e Pescas
Gabinete de Estudos, Planeamento e Estatísticas
Largo António Jacinto, Edifício B do MINAGRI, 2o Andar-Dir., Porta Nº 5
Email: procurement.cadpminagri@gmail.com
(500.0490)
16 Segunda-feira
13 de Abril de 2020

PUBLICIDADE

(700.091)
Segunda-feira
13 de Abril de 2020 17
PUBLICIDADE

(700.038c)
18 NECROLOGIA Segunda-feira
13 de Abril de 2020

FALECEU RECORDAÇÃO RECORDAÇÃO RECORDAÇÃO FALECEU

FRANCISCO ANTÓNIO JOANA ANTÓNIO GONÇALVES YURI ANTÓNIO GONÇALVES JOSÉ FERNANDES PINTO DOMINGOS NGUNZA JÚNIOR
GONÇALVES FRANCISCO FERREIRA (Tio Loló) (Tio NGunza)

Domingas M. Gonçalves (esposa), António M. Mãe, palavras pequenas, mas de grande A saudade é imensa, um ano se passou , Querido esposo, hoje, dia 13/04, recordamos, A família Gonçalves comunica o faleci-
Gonçalves, Ângela M. M. Gonçalves Sebastião, significado. A tua ausência nos maltrata nada poderá apagar a tua lembrança, o teu que completarias mais um aniversário. Você mento de seu ente querido, DOMINGOS
Universindo M. Gonçalves, Edna Cristina M. o coração, mas os teus ensinamentos e sorriso, a tua alegria, jamais esquecermos, se foi para sempre e para longe de nós... Em NGUNZA JÚNIOR, ocorrido no dia
Gonçalves, Gisela P. M. Gonçalves, Clementina alegria estarão sempre presentes em mas nós confortamo-nos em saber que cada lembrança física do marido incrível. 10/4/2020. O funeral realiza-se hoje,
Gonçalves (filhos), irmãos, cunhados, sobrinhos, nossos corações. Eterna saudade, Deus te acolheu em Sua moradia, pois, Ele O pai maravilhoso que você foi. Pesa uma 13/4/2020, no cemitério de Benfica,
noras, genros, netos e demais familiares comunicam querida mãe, Joana e,ou “Jeni”, como com certeza estava presente em ti. Saudades saudade impossível de suportar. Você partiu, pelas 9h00. (3.924R)
o falecimento do seu ente querido, FRANCISCO tu gostavas que a chamássemos. Recor- da esposa, Maravilha, dos filhos Kiame e ó meu querido esposo! Mas para sempre
ANTÓNIO GONÇALVES, ocorrido dia 7/4/2020, dam-te os teus filhos Edith, Tina, Rafaela, irmãos, tios, sobrinhos e família viverá no coração dos seus filhos e netos.
em Lisboa-Portugal. O funeral realizar-se-á em Helena, Gaspar, netos, irmãos, sobrinhos em geral. (3.930B) Lembramos-lhe, e nunca deixaremos de o
data a anunciar oportunamente. (3.930) e demais familiares. (3.930A) louvar e homenagear. Papo. (3.928)
PUBLICIDADE

(700.052G)

SERVIÇO NECROLÓGICO: DIAS ÚTEIS DAS 9H ÀS 18H, SÁBADOS, DOMINGOS E FERIADOS DAS 8H ÀS 14H
Segunda-feira
13 de Abril de 2020 19
PUBLICIDADE

(700.123)
20 Segunda-feira
13 de Abril de 2020

PUBLICIDADE

Em cumprimento do aviso nº 5/19 de 30 de Agosto do Banco Nacional de Angola e após análise e aprovação pela Assembleia
Geral, procedemos a publicação das contas relativos aos exercícios de 2019 e 2018.

Balanço em 31 de Dezembro de 2019 e 2018, Valores Expressos em Milhares de Kwanzas

Activo 2019 2018


Notas AOA AOA
Caixa e Disponibilidades em Bancos Centrais 3 5.391.878 7.610.794
Disponibilidades em Outras Instituições de Crédito 4 1.142.847 3.279.768
Aplicações em Bancos Centrais e em Outras Instituições de Crédito 5 11.011.774 1.601.711
Activos Financeiros ao Custo Amortizado 6 21.218.550 15.136.779
Activos Financeiros ao Justo Valor Através de Resultados 6 5.648 5.648
Crédito a Clientes 7 1.380.652 524.485
Outros Activos Tangíveis 8 489.570 290.427
Activos Intangíveis 8 52.091 46.560
Activos por Impostos Correntes 22 40.312 24.693
Outros Activos 9 436.720 189.636
Total do Activo 41.170.043 28.710.501

Passivo e Capital Próprio


Recursos de Bancos Centrais e de Outras Instituições de Crédito 10 0 10.322.210
Recursos de Clientes e Outros Empréstimos 11 26.772.534 4.291.290
Provisões 12 14.498 14.498
Passivos por Impostos Correntes 22 900.271 602.449
Outros Passivos 13 1.479.036 3.544.772
Total do Passivo 29.166.339 18.775.219

Capital Social 14 7.832.000 7.832.000


Outras Reservas e Resultados Transitados 14 595.558 -560.324
Resultado Líquido Individual do Exercício 3.576.146 2.663.606
Total do Capital Próprio 12.003.704 9.935.282
Total do Passivo e do Capital Próprio 41.170.043 28.710.501

Maria João de Almeida Wanani João Panzo Tanda


Preseidente da Comissão Executiva Direcção de Contabilidade e Controlo de gestão

Demonstrações dos resultados para os exercícios findos em 31 de Dezembro de 2019 e 2018


Valores Expressos em Milhares de Kwanzas
2019 2018
Notas AOA AOA
Juros e rendimentos similares 15 2.135.101 2.200.913
Juros e encargos similares 15 -1.224.064 -2.834.601
Margem financeira 911.037 -633.688

Rendimentos de serviços e comissões 16 740.957 797.882


Encargos com serviços e comissões 16 -29.583 -2.876
Resultados de activos financeiros ao custo amortizado 17 1.131.532 -
Resultados cambiais 18 5.825.249 6.100.478
Outros resultados de exploração 19 -204.647 -262.098
Produto da actividade bancária 8.374.546 5.999.698

Custos com o pessoal 20 -2.514.041 -1.828.653


Fornecimentos e serviços de terceiros 21 -962.594 -809.957
Depreciações e amortizações do exercício 8 -175.646 -101.168
Imparidade para outros activos financeiros líquida de reversões e recuperações 6 -232.942 6.136
Imparidade para crédito a clientes líquida de reversões e recuperações 7 -12.906 -
Resultado Antes de Impostos 4.476.417 3.266.055
Impostos sobre os resultados 22 -900.271 -602.449

Resultado Líquido do Exercício 3.576.146 2.663.606


Número médio de acções ordinárias emitidas 7.832.000 7.832.000
Resultado por acção básico (em kwanzas) 0,4566 0,3401
Resultado por acção diluído (em kwanzas) 0,4566 0,3401

Maria João de Almeida Wanani João Panzo Tanda


Preseidente da Comissão Executiva Direcção de Contabilidade e Controlo de gestão
(CONTINUA NA PÁG. 21)
Segunda-feira
13 de Abril de 2020 21

Demonstração de Fluxos de Caixa em 31 de Dezembro de 2019 e 2018 Valores Expressos em Milhares de Kwanzas
2019 2018
Notas AOA AOA
FLUXOS DE CAIXA DAS ACTIVIDADES OPERACIONAIS
Juros, comissões e outros proveitos equiparados recebidos 15, 16 2.876.058 9.081.272
Juros, comissões e outros custos equiparados pagos 15, 16 -1.253.646 -2.550.978
Pagamentos a empregados e fornecedores 20, 21 -3.476.635 -3.309.568
Outros resultados 19 -204.647 -262.098
Fluxos de caixa antes das alterações nos activos e passivos operacionais -2.058.870 2.958.628
Aumentos/ Diminuições de Activos Operacionais:
Aplicações em bancos centrais e em outras instituições de crédito 5 -9.410.063 2.783.522
Activos financeiros ao justo valor através de resultados 6 0 -22.035.067
Investimento ao Custo Amortizado 6 -256.523 0
Crédito a clientes 7 -856.167 -215.982
Outros activos 9 -262.703 -133.654
Fluxo líquido proveniente dos activos operacionais -10.785.456 -19.601.181

(Aumentos)/Diminuições de passivos operacionais:


Recursos de bancos centrais e de outras instituições de crédito 10 0 10.068.984
Recursos de clientes e outros empréstimos 11 12.159.034 4.260.894
Outros passivos 13 -2.106.155 812.510
Fluxo líquido proveniente dos passivos operacionais 10.052.879 15.142.388

Caixa líquida das actividades operacionais antes dos impostos sobre o rendimento -2.791.448 -1.500.166
Impostos sobre o rendimento pagos -602.449
Caixa líquida das actividades operacionais -3.393.897 -1.500.166

FLUXOS DE CAIXA DAS ACTIVIDADES DE INVESTIMENTO


Aquisições de outros activos tangíveis, líquidas de alienações 8 -118.575 56.079
Aquisições de activos intangíveis, líquidas de alienações 8 -10.320 -25.241
Caixa líquida das actividades de investimento -128.895 30.838

FLUXOS DE CAIXA DAS ACTIVIDADES DE FINANCIAMENTO


Aumentos/(Reduções) de capital social 14 0 5.382.000
Distribuição de dividendos 14 -1.621.483 0
Caixa líquida das actividades de financiamento -1.621.483 5.382.000

Variação de caixa e seus equivalentes


Caixa e seus equivalentes no início do período 10.890.561 6.977.889
Efeitos da variação cambial em caixa e seus equivalentes 788.438 0
Caixa e seus equivalentes no fim do período 6.534.725 10.890.561

Caixa e seus equivalentes engloba:


Caixa 3 222.379 75.516
Depósito a ordem no Banco Nacional de Angola 3 5.169.499 7.535.277
Disponibilidade em Outras Instituições de Crédito 4 1.142.847 3.279.768
6.534.725 10.890.561

Maria João de Almeida Wanani João Panzo Tanda


Preseidente da Comissão Executiva Direcção de Contabilidade e Controlo de gestão

Demonstração de Alterações nos Capitais Próprios nos exercícios findos em 31 de Dezembro de 2019 e 2018 Valores Expressos em Milhares de Kwanzas
Capital Reserva Outras Reservas Resultado Total
Social legal e Resultados Transitados Líquido do Exercício

Saldo em 1 de Janeiro de 2018 2.500.000 7.206 -616.893 278.157 2.168.470


Aplicação do Resultado Líquido do Exercício 2017:
Transferência para Reservas Legal 55.631 - -55.631
Transferência para Resultados Transitados - 222.526 -222.526
Resultados de alteração de critérios contabilísticos - -228.794 - -228.794
Aumentos/Reduções de Capital Social 5.332.000 - - - 5.332.000
Resultado Integral do Exercício - - 2.663.606 2.663.606

Saldo em 31 de Dezembro de 2018 7.832.000 62.837 -623.161 2.663.606 9.935.282


Aplicação do Resultado Líquido do Exercício 2018:
Transferência para Reservas Legal 532.721 - -532.721
Transferência para Resultados Transitados - 509.402 -509.402
Distribuição de dividendos - - -1.621.483 -1.621.483
Resultados de alteração de critérios contabilísticos - 113.759 - 113.759
Aumentos/Reduções de Capital Social - - -
Resultado Integral do Exercício - - 3.576.146 3.576.146
Saldo em 31 de Dezembro de 2019 7.832.000 595.558 - 3.576.146 12.003.704

Maria João de Almeida Wanani João Panzo Tanda


Preseidente da Comissão Executiva Direcção de Contabilidade e Controlo de gestão
(CONTINUA NA PÁG. 22)
22 Segunda-feira
13 de Abril de 2020

Inventário dos Títulos e Valores Mobiliários nos Exercícios findos em 31 de Dezembro de 2019 e 2018
Valores Expressos em Milhares de Kwanzas
País Taxa de Juro 2019 Taxa de Juro 2018
Risco Moeda
emissor Média Milhares AOA Média Milhares AOA
Obrigações do Tesouro Indexadas ao Dólar A AOA Angola 6,13% 15.261.684 5,92% 9.635.995
Juros a Receber 173.145 214.354
Obrigações do Tesouro em MN A AOA Angola 12,00% 5.672.671 12,00% 4.863.189
Juros a Receber 101.526 87.971
Obrigações do Tesouro em ME A USD Angola 5,00% 81.979 5,00% 52.463
Juros a Receber - 262
Prémios a receber A AOA Angola n/a 266.298 n/a 322.066
Perdas por Imparidade Acumuladas AOA Angola n/a -338.751 n/a -39.521
21.218.550 15.136.779

Maria João de Almeida Wanani João Panzo Tanda


Preseidente da Comissão Executiva Direcção de Contabilidade e Controlo de gestão

Mapa de Movimentação do Activo Tangível e Intangível, Valores Expressos em Milhares de Kwanzas


31 de Dezembro de 2019 31 de Dezembro de 2018

Activo Aumentos/ Amortiz. Amortiz. Activo Activo Amortiz. Amortiz. Activo


Bruto Diminuição Exercício Acumulada Liquido Bruto Exercício Acumulada Liquido
inicial

Outros activos tangíveis


Imóveis de Uso Próprio 99.671 3.511 20.048 39.322 63.860 99.671 13.911 19.274 80.397
Mobiliário e Material 77.102 15.754 10.484 25.424 67.432 77.102 7.932 15.114 61.988
Máquinas e Ferramentas 6.544 1.639 364 2.462 5.720 6.544 761 1.513 5.031
Equipamento Informático 52.551 18.140 12.988 46.552 24.138 52.551 7.325 33.560 18.990
Instalações Interiores 331 65 584 193 203 331 41 154 176
Material de Transporte 248.199 80.000 73.406 224.695 103.504 248.199 62.050 151.290 96.909
Equipamento de Segurança 20.133 2.596 2.647 6.649 16.080 20.133 1.863 4.002 16.131
Obras em Curso 10.804 -3.130 - - 7.674 10.804 - - 10.804
Direitos de uso - 251.198 - 50.240 200.958 - - - -
Total 515.335 369.773 120.522 395.537 489.570 515.335 93.883 224.907 290.427

Activos intangíveis
Em curso 39.898 1.818 - - 41.716 39.898 - - 39.898
Software 61.840 8.502 4.789 59.967 10.375 61.840 7.285 55.178 6.662
Total 101.738 10.320 4.789 59.967 52.091 101.738 7.285 55.178 46.560

Maria João de Almeida Wanani João Panzo Tanda


Preseidente da Comissão Executiva Direcção de Contabilidade e Controlo de gestão
(CONTINUA NA PÁG. 23)
Segunda-feira
13 de Abril de 2020 23

Relatório do Auditor Independente


Ao Conselho de Administração do
Banco Prestígio, S.A.

Introdução
1- Auditámos as demonstrações financeiras anexas do Banco Prestígio, S.A., as quais compreendem
o Balanço em 31 de Dezembro de 2019 que evidencia um total de 41 170 043 milhares de Kwanzas e
um capital próprio de 12 003 704 milhares de Kwanzas, incluindo um Resultado Líquido positivo de 3
576 146 milhares de Kwanzas, a Demonstração de resultados, a Demonstração de alterações no capital
próprio e a Demonstração de fluxos de caixa do exercício findo naquela data e o correspondente Anexo.

Responsabilidade do Conselho de Administração pelas Demonstrações Financeiras

2- O Conselho de Administração é responsável pela preparação e apresentação de modo apropriado


destas demonstrações financeiras de acordo com as Normas Internacionais de Relato Financeiro (IFRS)
em vigor e pelo controlo interno que determine ser necessário para possibilitar a preparação de de-
monstrações financeiras isentas de distorção material devido a fraude ou a erro.

Responsabilidade do Auditor

3- A nossa responsabilidade consiste em expressar uma opinião independente sobre estas demonstra-
ções financeiras com base na nossa auditoria, a qual foi conduzida de acordo com as Normas Técnicas
da Ordem dos Contabilistas e Peritos Contabilistas de Angola. Estas normas exigem que cumpramos
requisitos éticos e que planeemos e executemos a auditoria para obter segurança razoável sobre se as
demonstrações financeiras estão isentas de distorção material.

4- Uma auditoria envolve executar procedimentos para obter prova de auditoria acerca das quantias e
divulgações constantes das demonstrações financeiras. Os procedimentos seleccionados dependem
do julgamento do auditor, incluindo a avaliação dos riscos de distorção material das demonstrações fi-
nanceiras devido a fraude ou a erro. Ao fazer essas avaliações do risco, o auditor considera o controlo
interno relevante para a preparação e apresentação das demonstrações financeiras pela entidade a fim
de conceber procedimentos de auditoria que sejam apropriados nas circunstâncias, mas não com a fi-
nalidade de expressar uma opinião sobre a eficácia do controlo interno da entidade. Uma auditoria inclui
também avaliar a adequação das políticas contabilísticas usadas e a razoabilidade das estimativas con-
tabilísticas feitas pelo Conselho de Administração, bem como avaliar a apresentação global das de-
monstrações financeiras.

5- Estamos convictos que a prova de auditoria que obtivemos é suficiente e apropriada para proporcionar
uma base para a nossa opinião de auditoria com reservas.

Bases para a Opinião com Reservas

6- No final de 2018, a Associação Angolana de Bancos (“ABANC”) e o Banco Nacional de Angola (“BNA”)
expressaram uma interpretação de que não se encontravam cumpridos a totalidade dos requisitos pre-
vistos na IAS 29 – Relato financeiro em economias hiperinflacionárias (“IAS 29”) para que a economia
Angolana fosse considerada hiperinflacionária no exercício findo em 31 de Dezembro de 2018. Conse-
quentemente, a Administração do Banco decidiu continuar a não aplicar as disposições constantes na
IAS 29 às suas demonstrações financeiras a 31 de Dezembro de 2018. Naquela data a taxa de inflação
acumulada nos últimos três anos ultrapassa os 100%, independentemente do índice utilizado, o que é
uma condição quantitativa objectiva que nos leva a considerar, para além da existência de outras con-
dições previstas na IAS 29, que a moeda funcional das demonstrações financeiras do Banco em 31 de
Dezembro de 2018 corresponde à moeda de uma economia hiperinflacionária. Nestas circunstâncias,
o Banco deveria ter apresentado as suas demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2018 de
acordo com as disposições previstas na IAS 29. Apesar de Angola não ser considerada uma economia
hiperinflacionária com referência a 31 de Dezembro de 2019, o Banco deveria apresentar a informação
financeira comparativa com referência a 31 de Dezembro de 2018 de acordo com as disposições pre-
vistas na IAS 29. Não obtivemos, contudo, informações suficientes que nos permitam quantificar com
rigor os efeitos desta situação em 31 de Dezembro de 2018, que entendemos serem materiais nas ru-
bricas de Outras reservas e resultados transitados e Resultado líquido do exercício. Os impactos acu-
mulados da IAS 29 nas demonstrações financeiras do exercício findo em 31 de Dezembro de 2019
foram considerados imateriais, na medida em que o maior impacto em 31 de Dezembro de 2018 diz
respeito a itens monetários, os quais representam a grande maioria dos itens do balanço do Banco.

Opinião com reservas

7- Em nossa opinião, excepto quanto aos efeitos dos assuntos descritos na secção “Bases para a Opi-
nião com Reservas”, as demonstrações financeiras referidas no parágrafo 1 acima apresentam de forma
apropriada, em todos os aspectos materialmente relevantes, a posição financeira do Banco Prestígio,
S.A. em 31 de Dezembro de 2019 e o seu desempenho financeiro e fluxos de caixa relativo ao período
findo naquela data, em conformidade com as Normas Internacionais de Relato Financeiro (IFRS) em
vigor.

Outros assuntos

8- Sem afetar a opinião expressa no parágrafo anterior, chamamos a atenção para o facto das demons-
trações financeiras referentes ao exercício findo em 31 de dezembro de 2018, apresentadas nas de-
monstrações financeiras anexas para efeitos comparativos, terem sido examinadas por outra Sociedade
de Revisores Oficiais de Contas, que emitiu a respectiva Certificação Legal das Contas, com reservas
sobre a matéria referida no parágrafo 6 acima, com data de 25 de Março de 2019.

11- de Março de 2020


PricewaterhouseCoopers (Angola), Limitada
Registada na Ordem dos Contabilistas e Peritos Contabilistas de Angola com o nº E20170010

Representada por:

Ricardo Santos, Perito Contabilista Nº 20120086

PricewaterhouseCoopers (Angola), Limitada,


Edif cio Presidente - Largo 17 de Setembro, n”3, 1”andar - Sala 137 , Luanda - Repœblica de Angola T: +244 227 2
222 311 213, www.pwc.com/ao
@ 2020 PricewaterhouseCoopers (Angola), Limitada. All rights reserved. In this document, PwC refers to Pricewa
(Angola), Limitada, which is a member firm of
PricewaterhouseCoopers International Limited, each member firm of which is a separate legal entity
(500.0489)
24 SOCIEDADE Segunda-feira
13 de Abril de 2020

MERCADO INFORMAL VANDALIZAÇÃO DE VIATURAS EM LUANDA


EDUARDO PEDRO | EDIÇÕES NOVEMBRO

Assaltantes de placas electrónicas


são detidos no Distrito do Rangel
André da Costa Havia quem tinha como mis- Bernabé João, que no mês
são danificar os vidros das de Janeiro viu a sua viatura
Um grupo composto por viaturas, outros para retirar Hyundai Elantra vandalizada
quatro elementos que se as placas e outros que con- por meliantes, em Viana,
dedicavam ao furto de placas trolavam o movimento de ficando sem a placa electró-
electrónicas em viaturas pessoas estranhas ao grupo. nica, mostrou-se satisfeito
estacionadas na via pública, Os marginais, segundo o com o trabalho realizado
no Distrito Urbano do Rangel, SIC, roubavam as placas e pelo SIC.
na província de Luanda, foi comercializavam no mercado Bernabé João aconselhou
desmantelado há dias pelo do Golfe, ex-correio, a preços os automobilistas a coloca-
Serviço de Investigação Cri- irrisórios, criando transtornos rem alarmes nas viaturas,
minal (SIC), informou ontem aos proprietários das viaturas, visando desencorajar as
fonte da instituição. que se viam obrigados a acções dos marginais.
De acordo com o SIC, os comprar outra placa, para o A automobilista Francisca
detidos, com idades entre carro voltar a andar. Armindo sublinhou que o
27 e 30 anos, identificavam Durante a detenção da roubo da placa electrónica
previamente as viaturas e rede, os investigadores do da sua viatura, Toyota Hilux,
posteriormente realizavam SIC encontraram na sua posse em Dezembro do ano pas-
os assaltos na calada da cinco placas electrónicas, sado, na Centralidade do
noite, retirando as placas furtadas em várias viaturas Kilamba, lhe criou vários
electrónicas, para posterior de marcas e modelos dife- constrangimentos. A cidadã
comercialização. rentes, que seriam comer- conta que foi obrigada a jun-
Os marginais actuavam cializados no mercado do tar dinheiro, durante três
com maior regularidade na Golfe, segundo o SIC. meses, para comprar outra
zona do Nelito Soares e Terra A fonte fez saber que as placa no mercado do Golfe.
Nova, aproveitando o facto operações realizadas pelo Francisca Armindo agra-
da maioria dos moradores SIC/Luanda permitiram deter deceu o esforço realizado
estar a dormir. vários cidadãos pelo crime pelo Serviço de Investigação
A nossa equipa de reportagem constatou a venda de vários produtos principalmente agrícolas De acordo com o SIC, os de roubo de placas electró- Criminal de Luanda no escla-
marginais actuavam de forma nicas em viaturas, em diver- recimento de casos do género
concertada e planificada. sos municípios da capital, e outros, o que tem permitido
Cada elemento do grupo situação que permitiu abran- a restituição dos bens rou-

Ruas da Baia viram praças tinha uma missão específica. dar essa tipologia de crimes.

SOLIDARIEDADE CHEGA À CAMAMA


bados aos proprietários.

Com o encerramento do Mercado do 30, devido ao incumprimento PONTE DESABA


das medidas de prevenção, vendedores criam várias alternativas
Ligação rodoviária Famílias vulneráveis
Augusto Cuteta antes da entrada principal vistos. Também não divisa-
está cortada entre
A entrada principal de acesso
do mercado, guiados por
jovens e adolescentes que
prestam o trabalho de car-
mos o uso, em grande escala,
por ambulantes nem pelos
cicerones dos compradores.
Huambo e Huíla recebem cesta básica
ao Mercado Municipal do regadores de cargas. Com Pela circulação de vários A ligação rodoviária entre Edivaldo Cristóvão outros parceiros sociais. O
KM-28 está praticamente esses rompem várias ruas e carros e de pessoas, as zonas as províncias da Huíla e do administrador lamentou o
encerrada. No desvio da ruelas para atingir a zona dos que circundam o Mercado Huambo está interrompida, Mais de 40 famílias que facto de alguns cidadãos não
Estrada de Catete para o matadouros, onde começa Municipal do KM-28 ganha- devido ao desabamento da vivem em situação de vul- respeitarem as medidas
espaço comercial estão mon- a venda de todo o tipo de ram outra dinâmica. Ficaram ponte sobre o rio Eiumbe, nerabilidade no Distrito impostas pelo Estado de
tadas barreiras policiais, com produtos alimentícios. mais agitadas, mais poei- no município de Caconda Urbano da Camama, em Emergência, continuando
a presença de agentes da rentas, também. Por lá, tal- (Huíla), em consequência Lu a n d a , re c eb e ra m , n a a estar aglomerados em
corporação e cones no chão. vez, por ser algo incomum, das chuvas que se abatem semana finda, produtos da várias zonas e principal-
Sem justificações plau- Sem justificações muitas crianças, expostas sobre a região. cesta básica e de higiene, mente nos mercados.
síveis, os visitantes à zona, plausíveis, os fora dos quintais, ainda gri- A ponte desabou na numa iniciativa da admi- “Temos bairros com muitos
que dá igualmente acesso visitantes à zona, tam e acenam para os auto- madrugada de sábado, nistração local e da Asso- problemas sociais. Continua-
aos bairros circunvizinhos que dá igualmente mobilistas de alegria quando pouco menos de dois meses ciação Kukingila. mos a sensibilizar todos os
ao mais conhecido por acesso aos bairros se deparam com o grande depois de ter sido reerguida. O administrador do Distrito dias para que as pessoas
“Mercado do 30”, localizado circunvizinhos ao volume de veículos que por Em Dezembro de 2019 o Urbano da Camama, Arlindo fiquem em casa, mas está difí-
no Distrito Urbano da Baia, mais conhecido por lá transitam. desabamento de uma Santos, disse que a doação cil. É preciso que os cidadãos
município de Viana, são “Mercado do 30”, ponte, no mesmo local, já partiu do apelo do Presidente percebam que estamos perante
aconselhados a regressar são aconselhados Pensões e hospedarias tinha condicionado a cir- da República, no sentido de uma pandemia muito perigosa
à procedência. a regressar Para evitar a propagação do culação rodoviária. a sociedade unir-se contra e a única forma de travá-la é
Outros, para conseguir à procedência vírus, muitas instituições Os constrangimentos, a pandemia da Covid-19, aju- a prevenção”, alertou.
transpor a barreira, usam do ramo hoteleiro ou simi- cita a Angop, são incalcu- dando as famílias mais vul- O presidente da Associa-
todas as artimanhas possí- lares preferiram encerrar as láveis, sobretudo para os neráveis e com dificuldades ção Kukingila, Fábio Quiriri,
ve i s . M a s , a s f o rç a s d a Nestes espaços, em que portas. É o caso de várias operadores de transporte em obter bens alimentares. disse que a iniciativa é parte
Ordem, no terreno, impedem os vendedores são contro- pensões e hospedarias do de carga na região, já que As famílias foram con- do sentimento patriótico e
quase sempre tais tentativas. lados por um grupo de jovens Capalanga, Benfica, Morro dezenas de camiões e via- templadas com produtos da de solidariedade e que acções
Pelo menos, em quase 30 a quem pagam uma taxa de Bento, Palanca, Golfe, Viana turas ligeiras se encontram cesta básica, como arroz, do género têm sido realizadas
minutos, a reportagem do mais ou menos 100 kwanzas, e Cacuaco. encalhadas nas duas mar- feijão, açúcar, óleo vegetal, em todo o país, primando
Jornal de Angola testemu- pela ocupação do espaço, as Responsáveis dessas ins- gens do rio Eiumbe, que massa e produtos de higiene pela inclusão social.
nhou que, num grupo de 20 medidas de prevenção para tituições explicaram que o separa os municípios de e limpeza. Fábio Quiriri referiu que
veículos, apenas três tiveram evitar a propagação da Covid- encerramento temporário Caconda e de Caluquembe. Arlindo Santos garantiu a associação já doou bens
acesso permitido à estrada 19 não são tidas em conta. dos serviços tem a ver com Passageiros e automo- que as acções de apoio às alimentares em Viana e
que dá para o mercado. Os apertos e empurrões o facto de terem constatado bilistas pedem uma ponte f a m í l i a s n o D i s t r i to d a Samba. Associação tem como
Embora a entrada esteja são constantes, o que anula, o incumprimento de medidas definitiva, que garanta Camama vão continuar, objectivo principal incentivar
barrada, pode-se verificar a desde já, o apelo da neces- de prevenção de alguns clien- segurança à circulação através de concertações com a formação dos jovens.
saída de dezenas de viaturas, sidade do distanciamento te s , q u e , m e s m o te n d o de pessoas e transporte CONTREIRAS PIPA | EDIÇÕES NOVEMBRO
muitas delas transportando re c o m e n d a d o d e , p e l o encontrado condições para de produtos.
produtos comprados nas cer- menos, um metro por pessoa. a lavagem das mãos com Camponeses da região
canias do espaço comercial. Cada um grita e espirra na água e sabão ou desinfecção dizem que a interrupção
É que centenas de vendedores direcção que der, mesmo com álcool e gel, optam por da circulação rodoviária
invadiram as ruas mais largas quando não se cruza o braço ignorar esses mecanismos tem causado vários cons-
das zonas da Casa Branca e para a direcção da boca ou de protecção. Dado os riscos trangimentos, tornando
do João Luís e transforma- das narinas. que os funcionários igual- difícil o escoamento dos
ram-nas em autênticas pra- Para a maioria dos visi- mente corriam, os proprie- produtos agrícolas para os
ças, depois do encerramento tantes/clientes, o uso de más- tários e gestores de pensões principais centros de con-
do mercado, há já uns dias, cara e, alguns, até, de luvas e hospedarias proferiram sumo. Segundo os homens
por medidas de precaução. é visível. Mas, entre os ven- encerrar os serviços, embora do campo, muitas vezes os
Para escapar aos efectivos, dedores, inclusive, para as a redução de clientes seja produtos deterioram-se,
os compradores/clientes senhoras que comercializam igualmente apontada como por falta de escoamento.
entram pelas ruas que estão carnes, esses utensílios são um dos factores. Além de bens alimentares foram distribuídos produtos de higiene
Segunda-feira
13 de Abril de 2020 25
PUBLICIDADE

(500.0485)

TEMOS FARINHA DE TRIGO

QUALIDADE PREMIUM

GRANDES QUANTIDADES

SACOS 25 KG / 50 KG

MAIS INFORMAÇÕES, CONTACTAR:

932 465 842 / 942 528 992


(500.0494)

e-mail: f.trigo2020@gmail.com

(500.0474)
26 ÁFRICA Segunda-feira
13 de Abril de 2020

APELO A TODAS AS FORÇAS DA GUINÉ-BISSAU ANÚNCIO DO CHEFE DE ESTADO


DR
Breves
BURQUINA FASO
MORTALIDADE ELEVADA
Forças do Chade deixam
DE MORCEGOS
GIGANTES INQUIETA
AS AUTORIDADES
as operações conjuntas
Uma mortalidade, O Exército chadiano, envol- homens das forças chadianas.
anormalmente elevada, de vido na luta contra os jiha- A operação foi lançada pelo
morcegos gigantes foi distas no Sahel e no Lago Presidente Déby Itno para
observada em algumas Chade, vai deixar de parti- vingar o ataque de 23 de
localidades da região do cipar em operações militares Março contra o Exército cha-
Leste do Burkina Faso, fora das fronteiras do país, diano, no qual morreram
particularmente na cidade anunciou o Presidente Idriss 100 soldados em 24 horas,
de Pama, na província de Déby Itno, num discurso na península de Bohoma.
Kompienga, anunciou, televisivo citado pela AFP. Na quinta-feira, o Presi-
ontem, o governador da “Os nossos soldados mor- dente avisou o Níger e a Nigé-
região, o coronel Saidou rem no Lago Chade e pelo ria que as suas tropas iam
Sanou. Num comunicado Sahel. A partir de hoje, deixar as bases tomadas aos
citado pela AFP, o coronel nenhum soldado chadiano jihadistas naqueles territó-
Sanou declarou que as participará numa operação rios, quer os seus exércitos
causas deste fenómeno são militar fora do país”, declarou tomassem conta ou não.
actualmente o Chefe de Estado à televisão O Exército chadiano, con-
desconhecidas e que estão local, num discurso à Nação. siderado um dos mais efi-
a ser tomadas medidas O Presidente falou desde cazes da região, interveio
para as determinar e Bagassola, território cha- nesta operação com a Força
Autoproclamado Presidente, o general Embaló quer união na luta contra a pandemia da Covid-19 sublinhou que é diano onde instalou há quase Multinacional Mista (FMM),
estritamente proibido duas semanas o posto de lançada em 2015 com outros
manusear ou consumir comando de uma operação três países (Nigéria, Níger e
peixes, morcegos gigantes contra o grupo Boko Haram, Camarões) para combater o

Umaro Embaló pede ou outro animal selvagem


morto. Alertou que certas
doenças são transmitidas
aos seres humanos através
no Lago Chade.
Enviado a 31 de Março, o
Exército anunciou que tinha
concluído a operação na
Boko Haram.
Além disso, opera, tam-
bém, numa aliança conjunta
do G5 Sahel, juntamente com

união entre políticos


do contacto ou do quarta-feira, ao expulsar os o Mali, Burkina Faso, Níger
consumo de certos animais jihadistas do solo nacional e Mauritânia, contra os jiha-
selvagens, incluindo - que estão agora no território distas, e é um aliado essencial
morcegos. do Níger e da Nigéria -, e que da operação Barkahne, uma
resultou na morte de mil missão das Forças Armadas
Na liderança do país, depois de ter imposto a própria tomada de supostos terroristas e de 52 francesas no Mali.
posse, Umaro Embaló acaba de pedir a unidade de todas as forças TOGO DR

EDEM KODJO FALECE


guineenses e dos políticos na luta contra a pandemia, numa altura EM PARIS AOS
em que surgem novas críticas contra a actuação policial para 81 ANOS DE IDADE
O antigo Primeiro-Ministro
impor as medidas de contingência em vigor no país do Togo e ex-Secretário-
Geral da Organização de
O autoproclamado Presi- os quadrantes do mundo" onde tinha estado em visita Unidade Africana (OUA),
dente da Guiné-Bissau, através do apoio dos par- a um familiar doente. Edem Kodjo, faleceu,
Umaro Sissoco Embaló, ceiros externos. Mais conhecido por Sana, sábado à noite, em Paris
pediu, no sábado, que o novo Umaro Sissoco Embaló o antigo atleta do Benfica aos 81 anos de idade,
coronavírus não seja motivo tomou posse numa cerimó- de Portugal afirma que não noticiou, ontem, a AFP.
de politização e agradeceu nia dirigida pelo vice-pre- aceitou, e acusa a Polícia Edem Kodjo, estava
o apoio dos parceiros inter- sidente do Parlamento do de estar a humilhar a popu- internado há já oito meses As forças chadianas expulsaram os jihadistas do país
nacionais no combate à pan- país Nuno Nabian, que aca- lação, sob a alegação de a no Hospital Americano
demia no país. bou por deixar aquelas fun- prevenir do contágio pelo de Neuily, em Paris, na
Segundo a Lusa, numa ções, para assumir a liderança novo coronavírus. sequência de ataque
mensagem à Nação, depois do Governo nomeado pelo Sana disse não compreen- cerebral. SURPRESA NO PAÍS
de prolongar o Estado de autoproclamado Presidente. der a posição das autoridades SR
Emergência por mais 15 O Governo demitido por que mandaram encerrar as
dias, até 26 de Abril, o gene-
ral Umaro Sissoco Embaló
Umaro Sissoco Embaló, o do
primeiro-ministro Aristides
igrejas e as mesquitas, mas
deixaram abertos lugares
Conselheiro do Presidente
pediu a todos os actores gui-
neenses para não politiza-
rem o novo coronavírus.
Gomes, mantém o apoio da
m a i o r i a n a A s s e mb l e i a
Nacional guineense.
como o Ministério das Finan-
ças. “Só porque lá se faz
d i n h e i ro ” , d i s s e . S a n a
tunisino apresenta demissão
"Este é o momento de entende que as autoridades O general reformado, Moha- seu isolamento desde as últi-
fazer luta humanitária juntos, guineenses “querem é matar med Salah Hamdi, conse- mas mudanças a nível do
para salvar vidas humanas, o p ovo à fo m e ” e a i n d a lheiro para a Segurança do gabinete presidencial.
e não é o momento de fazer "Este é o momento repreende o comportamento Presidente tunisino, anun- "As actividades que esta-
lutas políticas", afirmou, de fazer luta dos agentes da Polícia que ciou a demissão, através da vam no centro da minha fun-
salientando que acredita que, humanitária juntos, têm estado nas ruas a obri- conta Facebook, noticiou a ção tratavam-se sem que
juntos, os guineenses vão para salvar vidas garem as pessoas a ficarem Agência France Press. fosse consultado. Sou infor-
vencer o desafio. humanas e não é o dentro das casas. Dando as razões que o mado no último momento,
Umaro Sissoco Embaló momento de fazer Lassana Camará disse ter levaram a demitir-se e a dei- e às vezes pela imprensa”,
exortou, também, os gui- lutas políticas. Os visto a Polícia a roubar moto- xar a Presidência, o general acrescentou o general.
neenses para continuarem guineenses vão rizadas às pessoas que saíam Hamdi declarou que tornou- "Como explicar, por
a respeitar as "recomenda- vencer o desafio” do hospital, onde foram levar se num conselheiro que não exemplo, a minha ausência
ções das autoridades sani- comida aos familiares doen- se consulta. "Deploro ter na audiência consagrada à
tárias e as medidas tomadas tes. “Dizem que estão a caçar Secretário-Geral da OUA anunciado eu próprio a demissão do ministro do
pelo Governo para conter a o vírus, mas será que a Polícia entre 1978 e 1983, Edem minha demissão como pri- Interior e da Defesa, ou ainda
propagação do vírus". vê o vírus”, questionou o Kodjo foi Primeiro-Ministro meiro conselheiro para a a minha ausência quando a
Sublinhando ter noção de Críticas às posições jogador, vice-campeão mun- do Togo entre 1994 a 1996, Segurança do Presidente, ministra da Saúde interina
que são pedidos "grandes do Governo dial por Portugal, na categoria sob a Presidência de depois de ter esperado 15 foi convocada na Presidência
esforços" a pessoas que O antigo jogador do Benfica dos sub-20. Gnassingbé Eyadéma, e dias, por respeito institu- no início da propagação do
vivem em "condições adver- de Portugal,Lassana Camará, Várias pessoas denuncia- entre 2005 e 2006, quando cional, porque pedi, pela novo coronavírus?", inter-
sas" e foram impostas "res- criticou, ontem, a actuação ram, há uma semana, abusos o Presidente era Faure primeira vez, a minha demis- rogou-se, afirmando que
trições muito duras", Embaló da Polícia da Guiné-Bissau policiais em Bissau e em Essozimna Gnassingbé. são a 10 de Março, antes de informou o Presidente sobre
s u b l i n h o u q u e e l a s sã o pelas cargas sobre a popu- várias cidades , o que levou Em 2009, anunciou a retirar a 16 do mesmo mês. estas práticas.
"necessárias para combater lação que tenta tirar das ruas o secretário de Estado da publicamente a retirada da Na ausência de um comu- O general Hamdi expli-
o perigo latente", tendo em no âmbito do confinamento Ordem Pública a pedir des- vida política, mas aceitou nicado oficial, encontrei- cou que se demitiu porque
conta as "precárias condições social para evitar a propa- culpa pelo comportamento voltar em 2016 para me com o Presidente Kais não aceitou delegar os seus
sanitárias do país". gação do novo coronavírus. das autoridades policiais. desempenhar a missão de Saied para o informar da poderes a quem quer que
Na mensagem, Umaro De férias em Bissau, vindo A Liga Guineense dos Direitos facilitador do diálogo minha saída da Presidência fosse, afirmando que não
Sissoco Embaló agradeceu da Roménia onde joga, Las- Humanos condenou o com- político na República da República”, escreveu. estava pronto para aceitar
às equipas médicas, às For- sana Camará disse, à Lusa, portamento das Forças de Democrática do Congo, a Depois de ter garantido que seja descartado das suas
ças de Defesa e Segurança ter sido recentemente vítima Segurança, considerando convite da então que a relação com o Presidente prerrogativas e que se con-
e à "solidariedade interna- da agressão da Polícia que que o Estado de Emergência presidente da Comissão da da República era exemplar e torne o s eu pare cer em
cional traduzida em ajuda queria que dormisse no Hos- não é “carta-branca” para União Africana, Nkosazana baseada no respeito mútuo, várias questões ligadas à
humanitária vinda de todos pital Nacional Simão Mendes violência contra os cidadãos. Dlamini-Zuma. o general Hamdi deplorou o Segurança Nacional.
MUNDO Segunda-feira
13 de Abril de 2020 27
FORMAÇÃO DE GOVERNO EM ISRAEL PORTA-AVIÕES THEODORE ROOSEVELT
Breves DR

ONU ALERTA PARA


“INVIABILIDADE”
Tripulação infectada
DA AUTORIDADE
PALESTINIANA
O coordenador das Nações
com novo coronavírus
Unidas para a paz no Médio Mais de 10 por cento dos 4.800 bordo (helicópteros, aviões
Oriente alertou, ontem, membros da tripulação do de vigilância Hawkeye e
para o impacto porta-aviões americano Rafale) e a fragata Chevalier
socioeconómico da Covid- “Theodore Roosevelt” tes- Paul que os acompanhava,
19 nos territórios ocupados taram positivo à Covid-19, ficarão confinados por 14 dias
da Palestina que pode afirmou um porta-voz da “em recintos militares antes
inviabilizar a Autoridade Marinha dos Estados Unidos. de chegarem a suas casas”.
Nacional Palestiniana “Noventa e dois por cento O Governo havia indi-
(ANP), “vital” para a da tripulação do ‘Theodore cado, na quarta-feira, que
segurança de palestinianos Roosevelt’ já foi testado. o porta-aviões Charles-de-
e israelitas. “Estou Neste momento, há 550 testes Gaulle tinha antecipado o
preocupado com as positivos e 3.673 negativos”, regresso a França, após a
consequências disse à agência de notícias descoberta, a bordo, de
socioeconómicas da crise France-Press um porta-voz vários casos suspeitos de
de saúde Covid19 no povo da Marinha americana. infeção pelo coronavírus.
palestiniano, A fonte referiu que 3.696 “As capacidades de aco-
particularmente nas membros da tripulação foram modação e alimentação
comunidades vulneráveis transferidos para hotéis ou serão implementadas nas
em Gaza”, alertou Nickolay quartéis na ilha de Guam, bases aéreas e navais, para
Mladenov. “A doença da território insular dos Estados garantir a melhor recepção
Covid-19 tem “profundas Unidos no Pacífico, onde o aos marinheiros na quaren-
implicações no bem-estar, O Presidente deu aos dois candidatos até à meia-noite de hoje para chegarem a um acordo navio atracou, depois de tena”, afirmou a tutela.
emprego, coesão social e terem sido identificados três A tripulação será testada
estabilidade financeira e militares infectados com o antes de os marinheiros
institucional”, prosseguiu. novo coronavírus. regressarem às casas e o navio
Citado pela agência EFE,
Nickolay Mladenov disse,
ainda, estar consciente que
Presidente israelita rejeita O comandante do porta-
aviões nuclear “Theodore
Roosevelt”, Brett Crozier, foi
e aeronaves serão desinfec-
tados “para permitir que
recuperem toda a sua capa-
o Governo da Palestina tem
um “controlo limitado da
economia”.
novo alargamento do prazo demitido no princípio do mês,
depois de ter pedido a retirada
de parte significativa da tri-
pulação devido à propagação
cidade operacional o mais
rápido possível”.
A origem da contamina-
ção do navio ainda não é
DR A falta de acordo para a formação de um novo Executivo do novo coronavírus. conhecida, considerando
pode levar o país a novas eleições legislativas em Israel Posteriormente, o secre- que não houve contacto com
tário da Marinha dos Estados nenhum elemento exterior
Unidos, Thomas Modly, desde uma escala em Brest
O Presidente de Israel, Mas a resposta de Rivlin indicação de que um acordo muito criticado pela forma (França), em 15 de Março.
Reuven Rivlin, recusou, foi que “nas circunstâncias estivesse próximo. como geriu esta crise, demi- O navio estava em missão
ontem, o pedido do líder actuais” não é possível a Fontes da Presidência tiu-se do cargo. desde 21 de Janeiro e passou
do partido Azul e Branco, extensão do prazo. israelita admitiram que o vá r i a s s e m a n a s n o Ma r
Benny Gantz, para uma O antigo chefe do o Chefe de Estado iria França Mediterrâneo como parte
extensão de duas semanas Estado-Maior das Forças reconsiderar se os dois Em França, o porta-aviões da Operação Chammal,
para tentar formar um novo Armadas tinha-se can- lados solicitassem uma Charles-de-Gaulle, com pelo tendo, posteriormente, atra-
Governo de coligação. didatado ao cargo de pre- extensão para finalizar menos 50 marinheiros infec- vessado o Mar do Norte e o
O anúncio do Presidente sidente do Knesset um acordo. tados, depois de terem efec- Oceano Atlântico em “ope-
Reuven Rivlin significa que (Parlamento), no quadro Benjamin Netanyahu tuado testes, chegou ontem ra ç õ e s p a ra p ro t e g e r e
Gantz e o Primeiro-Minis- de um potencial acordo conta com o apoio de 59 a Toulon, anunciou o Governo. defender as abordagens
PM BRITÂNICO tro em funções, Benjamin de partilha do poder com dos 120 parlamentares de Em comunicado, o Minis- marítimas europeias”.
RECEBEU ALTA Netanyahu, têm, até à o seu rival para acabar Israel e precisaria de mais tério do Exército explicou O Ministério do Exército
E SAIU DO HOSPITAL meia-noite de hoje para com a pior crise política dois para obter a maioria e que o navio atravessou o f ra n c ê s a s s e g u ro u , e m
O Primeiro-Ministro chegar a um acordo de par- da história de Israel, e foi poder formar um Governo. Atlântico e era esperado em comunicado que, nesta mis-
britânico, Boris Johnson, tilha do poder. eleito a 26 de Março. Benny Gantz obteve o Toulon, Sul de França, na são de quase três meses,
recebeu, ontem, alta do Se fracassarem, o país Imediatamente a seguir apoio de um maior tarde de ontem, sendo que “os objectivos propostos
hospital, onde estava poderá ser forçado a uma à eleição, Gantz apelou a número de deputados e as tripulações do porta- pelo Governo francês foram
internado há uma semana, quarta eleição consecutiva um “Governo de União e de ficou com aquela tarefa. aviões, o grupo aéreo de todos alcançados”.
devido a um agravamento em pouco mais de um ano. Emergência” para gerir a O país é dirigido por um
DR
do estado de saúde, após Segundo a Associated crise do novo coronavírus. Executivo em transição
contágio com Covid-19, Press (AP), Gantz pediu a O gabinete de Rivlin há mais de 15 meses.
mas não vai regressar já ao Rivlin a prorrogação, na divulgou que a decisão do Caso não haja acordo
trabalho, informou um noite de sábado, alegando Presidente foi tomada depois dentro do prazo estipulado,
porta-voz. “O Primeiro- que estava perto de um de falar com Netanyahu, O Parlamento terá de con-
Ministro recebeu alta do acordo com Netanyahu. que não terá dada nenhuma vocar novas eleições.
hospital para continuar a
sua recuperação”, que será
feita em Chequers Court, a AFEGANISTÃO de 300 prisioneiros talibãs
residência de campo, a 70 que estavam sob sua custódia.
quilómetros de Londres.
Boris Johnson estava
internado no hospital de
Talibãs libertam 20 As trocas de prisioneiros,
segundo a agência noticiosa
AP, ocorreram depois de os
St. Thomas, em Londres,
desde 5 de Abril,
inicialmente “por
presos do Governo representantes dos talibãs
se terem reunido com o
comandante das forças ame-
precaução” para fazer Representantes dos talibãs em finais de Fevereiro, um ricanas no Afeganistão para
testes devido a sintomas anunciaram, ontem, a liber- acordo com os Estados Uni- pedir o fim do aumento de
persistentes da doença. tação de 20 prisioneiros do dos para conversações de ataques americanos desde
Um agravamento do Governo afegão, a primeira paz com o Governo afegão a assinatura do acordo de
estado de saúde levou à libertação desde o início do e um eventual cessar-fogo paz, alegações negadas pelos
passagem para uma acordo de paz. com retirada das tropas militares norte-americanos..
unidade de cuidados O porta-voz do gabinete estrangeiras do Afeganistão. No sábado, sob condição
intensivos na segunda- político dos talibãs, Suhail O acordo determina que o de anonimato, um porta-
feira, onde passou três Shaheen, afirmou, num governo liberte cinco mil pri- voz militar dos EUA pediu
noites, encontrando-se “Tweeter” que os primeiros sioneiros talibãs em troca de aos representantes dos talibãs
desde quinta-feira numa prisioneiros do Governo vão mil funcionários do Governo que parassem de atacar as
enfermaria normal. ser entregues ao Comité detidos pelos talibãs. forças afegãs.
“A conselho da sua equipa Internacional da Cruz Ver- O Governo afegão já liber- Mas os talibãs disseramque
médica, o Primeiro- melha na província de Kan- tou 100 prisioneiros talibãs reduziram os ataques às forças
Ministro não vai regressar dahar, no Sul do Afeganistão. na semana passada. do Governo, não atacaram
ao trabalho”, disse a fonte, Os talibãs, afastados do Segundo o porta-voz do as tropas americanas, nem
acrescentando que o PM poder em 2001 na sequência escritório do Conselheiro de da OTAN desde a rubrica do
agradece a todos em St de invasão militar liderada Segurança Nacional do Afe- acordo, a 29 de Fevereiro,os
Thomas pelo excelente pelos Estados Unidos, assi- ganistão, Jawed Faisal, o efectuados ocorreram em
tratamento que recebeu”. naram, em Doha, no Qatar, Governo já libertou um total áreas remotas. Vários tripulantes do porta-aviões acusaram positivo no teste
28 Segunda-feira
13 de Abril de 2020

PUBLICIDADE

(700.014)

COMUNICADO
N.º 01-2020

Actualização do período de atendimentos


Face ao actual quadro vigente a nível nacional e mundial relativo à pandemia da COVID-19, o Banco de Desenvolvimento de Angola
(BDA), decidiu aplicar, a partir do dia 24 de Março, as medidas que se seguem no sentido de mitigar o risco de contágio no processo
de atendimento aos seus Clientes:

• O atendimento presencial na Agência Central ocorrerá mediante agendamento prévio de pelo menos 24 horas, no período das 9
às 15 horas, de segunda a sexta-feira, contactando os números telefónicos 222 692 800 / 947 578 954 e/ou email:
agencia.central@bda.ao;

• As informações sobre os nossos serviços, bem como a submissão de candidaturas ao financiamento de projectos deverá ser feita
preferencialmente através do email indicado;

• Os clientes e demais utentes das nossas instalações deverão obedecer o protocolo de higienização que for, para o efeito, imple-
mentado.

Colocamos ainda informações ao seu dispor no nosso site: www.bda.ao, dispensando, desse modo, a necessidade de se deslocar
às nossas instalações.

Luanda, 06 de Abril de 2020


(500.0479)
CULTURA Segunda-feira
13 de Abril de 2020 29
TEXTOS INSPIRADOS NA PREVENÇÃO E HIGIENIZAÇÃO

Incentivo à criação literária


em tempo de quarentena
Conselhos de prevenção e higienização, através da versificação poética em português e línguas nacionais,
podem constituir um contributo de grande magnitude informativa contra a possibilidade de propagação
comunitária da pandemia
DR
Jomo Fortunato Mote Tradição
O mote para a criação de A totalidade dos grupos de
um texto poético ou infor- música tradicional podem
O uso das línguas nacionais, mativo, podem ser os prin- ser chamados a comunicar,
de textos traduzidos do por- cipios básicos de prevenção musicalmente, com as
tuguês, na campanha de pre- e higienização contra o con- comunidades rurais através
venção e higienização contra tágio, ou seja, lavar as mãos da difusão de informações
o risco de infecção comuni- com água e sabão ou usar baseadas na prevenção e
tária da pandemia, pode ser álcool em gel, cobrir o nariz h ig i e n i zação c o nt ra o
optimizado pela criação poé- e boca ao espirrar ou tossir, Covid-19. Sabemos que a
tica, recurso à recriação do evitar aglomerações , manter Música Popular Angolana,
cancioneiro tradicional e pela os ambientes bem ventilados actualizada no espaço
produção de textos pedagó- e não partilhar objetos pes- urbano, teve a sua origem
gicos infanto-juvenis, com soais. O fomento e a rápida mais remota na música tra-
efeitos pragmáticos, directos, e d i ção e d iv u lgação d e dicional e mais próxima,
ao nível comunicacional no desdobráveis e cartilhas nas turmas de carnaval.
interior das comunidades. em português e línguas Existe um segmento musical
O segredo está em reunir nacionais , poderá asse- que se configura no espaço
criadores, cantores, compo- gurar a presença de infor- rural que herdou a estrutura
sitores e intérpretes da música mação utilitária junto das e as canções, ritualizado
popular e escritores que domi- comunidades, propiciando por diversas práticas e cos-
nam as línguas nacionais, o d e s e nv o lv i m e n t o d e tumes, dimensionado num
cultores de diferentes estilos uma estratégia de promo- quadro antropológico e cul-
e tendências artísticas, para ção da leitura e de acesso tural, muito específicos que
a composição de textos sim- à i n f o r m a ç ã o s o b re o s podem ser reutilizadas e
ples, portadores de uma métodos de prevenção e recriadas nesta fase de pre-
semântica de fácil entendi- higienização contra o con- venção. A música tradicional
mento, evitando artificialis- tágio da pandemia. influenciou o desenvolvi-
mos e ruídos de linguagem. mento da Música Popular
O re c u rs o à s l í ng u a s Prémio Angolana e esta, por sua vez,
nacionais, tomamos o adjec- Na hipótese mais optimista, absorveu, paulatinamente,
tivo na acepção de perten- está em aberto a criação de as técnicas de execução dos
centes e originárias da nação um “Prémio de poesia em instrumentos musicais oci-
angolana, ou seja, línguas quarentena” para todos cria- Textos em línguas nacionais são um grande contributo no combate à pandemia do coronavírus dentais, por múltiplos pro-
que nasceram em Angola, e dores, instaurando uma com- cessos de estilização e foi
não no sentido da extensão p e t i ç ã o e n t re Rá d i o s e adquirindo a feição estrutural
do mapa linguístico e número canais de Televisão, com veiculados pelas línguas trabalho de comunicação dade dos meios de comu- que hoje se conhece.Este
de falantes, seria uma forma uma categoria para crianças, nacionais, motivando as ao nível da prevenção e nicação social, deve incluir pode ser o momento de valo-
de valorizar a literatura oral, que poderia contribuir para crianças a desenvolver e apro- higienização da pandemia na sua grelha de progra- rizar o legado de Manuel
constituindo um motivo de a consciencialização e res- fundar as suas aptidões lite- em português e línguas m a ç ã o a re a l i z a ç ã o d e Franci s co do s Santo s
evasão metafórica, incentivo peito dos valores literários rárias e conhecimento das nacionais. No entanto, a debates com investigado- Rodolfo, Kituxi, um dos
à produção de um corpus e culturais veiculados nas línguas nacionais. transmissão dos aspectos res, artistas, criadores, mais importantes intérpre-
poético centrado na filosofia línguas nacionais, moti- ligados ao conhecimento principalmente músicos e tes do cancioneiro tradicio-
dos costumes identitários vando os jovens poetas e Media da pandemia , p o de s er intérpretes que dominam nal da região Kimbundo,
e nos valores culturais da escritores, em geral, a desen- A RNA, Rádio Nacional de alargado com aulas em lín- as línguas nacionais, para cuja obra está assegurada
angolanidade, reutilizando, volver e aprofundar as suas Angola e a TPA, Televisão gu a s n ac i o n a i s s ob re a reflectirem sobre o patri- pelo seu sobrinho, Jorge
como mote, o primado das aptidões literárias, dentro Pública de Angola, pionei- estrutura lexical (palavras), mónio linguístico angolano Mulumba , filho do s eu
regras de higienização e de um espírito de compe- ras na introdução das lín- traduzida, associadas à e o s va l o re s d a c u ltu ra irmão mais velho, herdeiro
prevenção no combate ao tição saudável, motivando guas nacionais nas suas prevenção e higienização nacional, como fonte da nova geração de instru-
Covid-19. o prolongamento dos vários grelhas de programação do Covid-19. Para além da importante e veículo de mentistas da música tradi-
Julgamos que a protecção níveis de apreciação crítica noticiosa, têm estado a proposta de criação de tex- conhecimento contra a cional angolana e fundador
do património cultural ima- e de pesquisa linguística, desenvolver um importante tos literários, a generali- propagação da pandemia. do grupo, “NguamiMaka”.
terial- que engloba, saberes, assente na terminologia de
modos de produção, formas combate ao Covid-19 e dos
de expressão, celebrações conselhos para permanecer
ritualísticas, festas e danças
populares, lendas, canções
de embalar, costumes e as
em casa. Com a criação do
“Prémio de poesia em qua-
rentena”, caberá ao júri ava-
Criação poética e promoção do livro infanto-juvenil
tradições mais variadas- liar a literariedade, ou seja A criação poética e o exercício da leitura, nográfico, que vem sendo absorvido e higienização contra o COVID-19, trans-
passa pela preparação dos matéria artística que enforma entendido como um processo de recons- pelas crianças, com advento das moder- figurado em menino mau, e as mãos
instrumentos de apoio ao o texto literário, conhecer a tituição do mundo e da mancha gráfica nas tecnologias da esfera informacional, limpas, dois meninos de bem.
sistema de ensino das lín- estrutura narrativa, coerên- da palavra escrita, proporcionam à referimo-nos ao consumo excessivo dos
guas nacionais, tendo como cia textual, maior ou menor criança uma crescente diminuição da programas de televisão.
material didáctico de base, recurso à oralidade, cor- possibilidade de ocorrência do erro orto- Apesar dos inegáveis avanços da alta
o texto literário. recção linguística, constru- gráfico, dilatando, consequentemente, tecnologia no campo das comunicações,
Na verdade a desagregação ção sintáctica, ortografia e os limites do seu imaginário e a plasti- e ao contrário dos profetas que advogam
das famílias nas comunida- níveis de ficcionalidade. O cidade da sua sensibilidade criativa. o fim do livro, onde a escrita alfabética
des rurais com a guerra, rede- “Prémio de poesia em qua- O período da quarentena pode ser seria substituída por uma cultura de
finiu um novo quadro de re n te n a ” p o d e s e r u m a um momento fértil à produção de textos sinais, o livro continua a ser a melhor
falantes que desconhece as e s t raté g i a d i d á c t i c a d e poéticos e contos com ajuda dos pro- ferramenta de ensino para crianças, de
línguas nacionais, pelo que, aprendizagem e valorização fessores de língua portuguesa. Entendida acesso à cultura e o companheiro ideal
aproveitamos a oportunidade da cultura da oralidade, como material de suma importância para todos os momentos.
para alertar, que se torna incentivando o uso de noções pedagógica, a literatura infantil, no O livro infanto-juvenil complementao
necessária a sua inclusão básicas da estrutura das lín- âmbito das narrativas de autor e da ciclo de comunicação literária e todos
efectiva no sistema de ensino, guas nacionais. Tal processo ficção popular, deve ser sempre encarada os escritores e ilustradores de literatura
através da opção livre de iria contribuir para a cons- como uma alternativa, ou contraponto infanto-juvenil, podem ser chamados
cada estudante, aconselhado ciencialização e respeito dos à oferta aliciante do actual mundo ico- a criar textos que apelam à prevenção
pelos pais. valores literários e culturais
30 DESPORTO Segunda-feira
13 de Abril de 2020

TRIATLO FORMULA 1
Breve DR

PROVAS DE ATLETISMO

Promotor Sandro Carvalho REGRESSAM EM JULHO


As provas de atletismo, em
desporto adaptado, devem
regressar em Julho, caso a

preocupado com o futuro situação da pandemia de


Covid-19 esteja ultrapassada,
garantiu ontem o director-
técnico do Comité
Incógnita face à Covid-19 leva organização a cogitar Paralímpico Angolano, José
Manuel “Zemas”, ao Jornal de
vários cenários para a presente época na modalidade Angola. Em entrevista ao
nosso jornal, por telefone,
José Manuel afirmou que vão
Armindo Pereira envolvidos em campeonatos Cabo, em Luanda. Em mas- ser necessárias quatro
distintos, como as provas de culino venceu o português semanas para a recuperação
O coordenador e promotor ciclismo de estrada e BTT Luís Nunes, seguido pelo física dos atletas.
do torneio de triatlo “Troféu (Bicicleta Todo Terreno). brasileiro Caio Anteghini e “Os atletas estão parados Escuderia norte-americana colocou funcionários de licença
Cayatte XXL 2020”, Sandro “ E s ta s p re o c u p aç õ e s pelo britânico Paul Froy- desde que foi decretado o
Carvalho, mostra-se preo-
cupado com o que vai acon-
tecer após o levantamento do
Estado de Emergência, face
levam-nos a uma incógnita:
no caso particular do triatlo,
não sabemos até que ponto
vamos aguardar por melho-
denlund, respectivamente
no segundo e terceiro lugares.
Em feminino, a vitória
sorriu para a brasileira Sousa,
Estado de Emergência, a 27
de Março, e prorrogado para
mais 15 dias, a partir de 11
deste mês. Se a situação
Haas corta salários
à pandemia da Covid-19, que
paralisou as actividades des-
portivas em escala nacional
rias ou vai optar-se por can-
celar a presente época e
começarmos já a projectar
secundada pela compatriota
Isis Vasconcelos, ao passo
que a britânica Catriona
voltar ao normal, vamos
precisar de mais quatro
semanas para a recuperação
de funcionários
e planetária. Em declarações a próxima. Fala-se que até F royd e n l u n d o c u p o u o física dos atletas e tudo A equipa norte-americana Uma nova reunião com as
ao Jornal de Angola, Carvalho 2021 os resultados das vaci- último lugar do pódio. indica que as primeiras Haas, da Formula 1, é mais equipas para discutir mais
questiona até que ponto nas já serão conhecidos e Triatlo é uma palavra grega provas vão realizar-se em uma da categoria máxima cortes no orçamento está
haverá ou não condições fazemos todos votos que que designa um evento atlé- Julho”, explicou. do automobilismo a colocar marcada para esta semana.
para ajuntamentos de pes- sim”, argumentou. tico composto por três moda- KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO a maioria dos seus funcio- Por outro lado, o vice-
soas e se as autoridades sani- Na eve n t u a l i d a d e d o lidades. Actualmente, o nome nários de licença para se campeão da Formula 2 em
tárias, por uma questão de Estado de Emergência vir a é, em geral, aplicado a uma prevenir da pandemia do 2018 e estreante da McLaren
prevenção, vão optar por estender-se para além de combinação de natação, novo coronavírus. na Formula 1 em 2019, Lando
manter suspensas todos os 30 dias, o antigo motociclista ciclismo e de corrida, nesta Além da escuderia dos Norris, disse que ganhou
eventos desportivos. cogita a realização de provas ordem, e sem interrupção Estados Unidos, McLaren, “respeito” depois de com-
“Resta saber se as auto- e treinos virtuais, a exemplo entre as modalidades. a Williams, a Racing Point pletar a primeira época na
ridades governamentais vão do que acontece com os pilo- Várias publicações con- e a Renault já confirmaram categoria máxima do auto-
autorizar de imediato a rea- tos da Formula 1 e da Moto fi r m a m q u e a v e r t e n t e que procuraram ajuda do mobilismo. Para o piloto
lização destes eventos, den- GP. Por outro lado, reconhe- moderna surgiu nos Estados Governo britânico para britânico, isso levou a equipa
tro do plano de contingência, ceu q ue nem to do s têm Unidos (Califórnia, cidade pagar os funcionários devido a ouvir e confiar mais nos
com apenas 50 pessoas, por meios técnicos para o efeito, de San Diego), por via do à paralisação das corridas. seus comentários.
exemplo. Ma se contarmos mas vêem a solução como “Track Club”, na década de Todas elas têm fábrica na Norris terminou em 11º
com as pessoas da organi- uma saída para minimizar 1970. A primeira grande com- Inglaterra, inclusive a Haas. lugar no campeonato. Ele e
zação, o limite é ultrapas- os efeitos da paragem. petição, entretanto, foi o Um porta-voz da agre- o companheiro de escude-
sado. Muita coisa terá que Questionado sobre a pos- “triatlo homem de ferro” , miação confirmou que a ria, o espanhol Carlos Sainz
ser repensada porque o bem sibilidade de perder o apoio organizado em 1978 no Havaí. maioria dos dirigentes da Jr, levaram a McLaren ao
vida se sobrepõe a qualquer daqueles que tornam pos- Naquela ocasião, a prova equipa no Reino Unido foi quarto lugar na classificação
interesse”, analisou. sível a realização desta dis- foi organizada com o objec- José Manuel acrescentou que posta de licença desde o iní- de construtores, o melhor
O empresário interroga ciplina (patrocinadores e tivo de esclarecer qual dos os atletas paralímpicos cio do corrente mês. Outros resultado desde 2012.
igualmente se os atletas, na parceiros), Carvalho aventou atletas (nadador, ciclista angolanos não dispõem de funcionários de topo seguem Q u e st i o n ad o s e j á s e
condição de intervenientes a hipótese de um corte face ou corredor) tinha a melhor meios para treinar em casa. o curso normal, mas todos sente mais à vontade, Nor-
directos, vão estar dispostos aos prejuízos financeiros condição física, que possuía “A maioria dos atletas vive tiveram corte de salários. ris respondeu:
a competir sem receios. que a pandemia do corona- a maior resistência. Era em condições precárias e A F1 e a FIA estão a tra- “Faço isso há apenas um
Antigo motociclista, Sandro vírus vai provocar à econo- uma competição genuina- com o distanciamento social balhar com todas as equipas ano, mas ganhei um pouco
Carvalho, considera que a mia mundial. mente individual, na qual que se recomenda, precisam pa ra te nta r e n c o nt ra r de respeito e, portanto, as
paragem forçada vai obrigar Das quatro provas pre- não era permitida interac- de meios para treinar em maneiras de ajudar a reduzir p e s s o a s m e o uve m u m
a refazer os calendários da vistas no calendário deste ções entre alguns compe- casa, sem os respectivos drasticamente os custos. pouco mais”.
presente época, uma vez que ano, a primeira foi realizada tidore s q ue vie ss em a guias”, disse.
os participantes estão também a 15 de Março, na Ilha do prejudicar os demais.
DR Chamoleia adapta treino CICLISMO
O velocista angolano, José
Chamoleia, da classe T11
(deficiente visual total), criou
meios para treinar em casa.
Em declarações ao Jornal de
Ciclista Bernal ajuda
Angola, Chamoleia disse que
teve de se adaptar às
circunstâncias face à
crianças necessitadas
pandemia de Covid-19, que O ciclista Egan Bernal, 23 problemas de nutrição por
assola o país e o Mundo. anos, vencedor da última causa da crise do coronaví-
“Viajei do Huambo para Volta à França, está a leiloar r u s ” , j u st i fi c o u B e r n a l ,
Luanda e encontrei uma casa a camisola da Ineos, a ama- seguindo os exemplos de
em Viana, junto do meu guia, rela e a da juventude que corredores como Contador,
Nicolau Palanca. Elaboramos ganhou no último Tour, Valverde, Groenewegen,
um plano de treinos, de assim como uma bicicleta Kwiatkowski, Nibali, Rowe,
segunda a sábado”,revelou. Pinarello Dogma F12, igual Martinelli ou Carapaz, que
O atleta que aspira chegar aos à que utilizou na prova e à também promoveram cam-
Jogos Paralímpicos de que treina diariamente. panhas solidárias em tempos
Tóquio, em 2021, contou O momento particular de epidemia.
como tem realizado os treinos que vivemos determina a Os fundos recolhidos até
para manter a forma. permanência das pessoas dia 16 destinam-se à “Fun-
“Faço estiramento, ABC em casa além do fecho de dación Êxito”, a qual acolhe
(exercícios de aquecimento), todas as lojas comerciais crianças desprotegidas.
flexões de braço e reforço alterando dramaticamente Egan Arley Bernal Gómez
muscular (abdominais)”, os hábitos das pessoas. é um ciclista de estrada
revelou. Chamoleia contou “No país e no mundo pas- colombiano. Proveniente de
ainda que precisa de um samos por grave problema uma família residente no
tapete-rolante e de uma social. Estamos a leiloar a município de Zipaquirá, ini-
máquina de musculação. camisola da equipa, a ama- ciou a carreira na modalidade
“Peço aos patrocinadores que rela com que venci o Tour e desde muito jovem na espe-
se predisponham a oferecer- a da juventude, por serem cialidade de montanha, com-
me um tapete-rolante e uma símbolos de esforço e luta. petindo nos escalões de
máquina de musculação. Estou Com esse dinheiro vamos formação, onde conseguiu
mesmo a precisar!”, pediu. ajudar as crianças que mais algumas medalhas de prata
necessitam. Muitas estão a e de bronze nos mundiais de
Dirigente preocupado com o que vai acontecer depois do levantamento do Estado de Emergência Pedro Futa morrer de fome e com graves 2014 e 2015 em juniores.
DESPORTO Segunda-feira
13 de Abril de 2020 31
ASSOCIAÇÃO DE FUTSAL NOS PALANCAS NEGRAS LÍDER DO SAGRADA FALA DO GIRABOLA

Almeida Muacabalo pede cautela


Luciano estuda Agostinho Tramagal critica quanto ao título da prova
condições de
recandidatura marginalização de técnicos Armando Sapalo |Dundo

O presidente de direcção do
“No meu entendimento,
não devemos tomar posições
que não estejam alinhadas
O presidente da Associação Grupo Desportivo do Sagrada com as que as autoridades
Provincial de Futebol de Timoneiro do Wiliete de Benguela diz que angolanos têm sido Esperança da Lunda-Norte, governamentais estão a levar
Salão de Luanda, Almeida preteridos a favor da contratação de estrangeiros estagiários José Muacabalo Tomás, pediu a cabo”, considerou o pre-
Luciano, disse ontem, ao VIGAS DA PURIFICAÇÃO | EDIÇÕES NOVEMBRO ontem, no Dundo, sensatez sidente de direcção do clube
Jornal de Angola, que está e calma, em relação a uma diamantífero.
a analisar a possibilidade de tomada de decisão sobre o O dirigente dos diaman-
se recandidatar para mais título de campeão do Girabola tíferos indicou os caminhos
quatro anos à frente da direc- Zap 2019/2020, caso a situa- a seguir quanto ao desfecho
ção da APFSL. ção de pandemia do Coro- da competição, numa altura
“Vamos ver. Ainda não navírus, que o mundo vive em que várias vozes se levan-
sei se vou concorrer. São desde o ano passado, con- tam a questionar as soluções
oito anos como presidente tinue e force a suspensão das para a presente temporada
d a a s s o c i a ç ã o . Va m o s actividades desportivas, futebolística.
agu a rd a r . No m o m e nto numa altura em que foi pror- “Todo e qualquer pronun-
exacto irei pronunciar-me rogado o Estado de Emer- ciamento sobre o Girabola
sobre o assunto”, garantiu gência no país, em vigor Zap, dependerá do ponto de
o dirigente. desde 27 de Março. situação da pandemia da
Almeida Luciano reco- Em resposta às questões Covid-19, que a Comissão
nhece que o seu programa colocadas pelo Jornal de criada pelo Presidente da
de acção, durante os últimos Angola , via WhatsApp, o República (João Lourenço)
q uatro ano s à frente da presidente do Sagrada Espe- vai anunciar nos próximos
APFSL, foi cumprido a 85 rança considerou que o país momentos”, disse Muaca-
por cento. e o Mundo estão perante uma balo, tendo acrescentado
“Estamos orgulhosos pelo situação bastante delicada que a partir daí, “o órgão que
que fizemos nesta imensa e, por isso, exige de todos gere o futebol nacional (FAF),
tarefa, pois algumas acções uma reflexão séria. naturalmente, irá pronun-
não foram cumpridas devido Técnico Pedro Gonçalves saltou dos Sub-17 para as Honras em substituição de Vasiljevic “É uma situação bastante ciar-se e, em função disso,
ao número re duzido de delicada que exige de todos iremos emitir o nosso ponto
equipas femininas. Ficou uma reflexão séria. Os des- de vista sobre o assunto”.
ainda por se disputar o pro- Honorato Silva devem ser escolhidos trei- Gonçalves), de que muito portistas, desde dirigentes,
EDIÇÕES NOVEMBRO
vincial do escalão de for- nadores com carisma acima nos orgulhamos”. atletas, adeptos e outras
mação”, disse. A uma vitória de confirmar da média. Que eu saiba, o Ao olhar para o nível com- forças vivas, são chamados
As eleições para a reno- a permanência do estreante trabalho feito em pouco petitivo do futebol nacional, a dar o seu contributo para
vação dos corpos sociais da Wiliete de Benguela no Gira- tempo, nas selecções de base, gabou a fornada de atletas o bem comum. Numa altura
APFSL estavam inicialmente bola, prova interrompida há não lhe dá este know-how valiosos. “Se eu fosse o selec- como essa, devemos des-
marcadas entre os meses de duas semanas, por força das para treinar a selecção prin- cionador, levaria para a cartar todas as questões
Abril e de Maio, de acordo medidas adoptadas para cipal. Não é o treinador Selecção todos os atletas que s u b j e c t iva s ” , a p e l o u o
com uma orientação do conter a propagação da pan- certo”, assumiu. estão a despontar com qua- “homem-forte” do clube
Ministério da Juventude e demia da Covid-19, o técnico Despido de paternalismos, lidade neste campeonato. diamantífero.
Desportos. Mas, para se evitar Agostinho Tramagal critica o comandante do Wiliete fez Luanda hoje está reduzida Na óptica do presidente
a propagação do novo coro- a marginalização de profis- mea-culpa em relação ao ao Petro e ao 1º Agosto. As do clube da Lunda-Norte,
navírus (Covid-19), foi alte- sionais angolanos. desempenho de vários pro- duas equipas têm muitos todas as posições a serem
rado e sem data o sufrágio. “Com relação aos técnicos fissionais angolanos na estrangeiros a jogar. Estamos tomadas pela Federação
A abertura da época fut- nacionais em actividade no Selecção Nacional, porque a falar de dez, somando os Angolana de Futebol devem
salística da capital, que estava Girabola, hoje temos poucas os mais consagrados “já lá jogadores dos dois plantéis”. estar alinhadas com as que
marcada para 21 de Março, opções. Estamos a perder tiveram e deixaram muito A disputa bipolar entre os as autoridades governamen-
com o desafio da Supertaça qualidade. Os treinadores a desejar”. arqui-rivais militares e petro- tais têm estado a tomar desde
Carlos do Amaral Gourgel, c o m a l g u m k n ow - h ow líferos mereceu a seguinte que a Organização Mundial
entre Coprat FC e Clínica (conhecimento) estão a ser Oliveira e Calado resposta de Tramagal: da Saúde declarou a Covid-
Sagrada, foi cancelada devido preteridos a favor de estran- Tramagal apontou os úni- “Infelizmente voltámos 19 como pandemia. Presidente pede sensatez
à Covid-19. geiros estagiários. Está a sur- cos casos de técnicos com a ter apenas o 1º de Agosto
Na final da Taça Kianda, gir uma nova geração de percurso consolidado no e o Petro nesta luta. Perde-
a Coprat FC goleou a Clínica treinadores que precisam de Girabola, que tem como mos o Kabuscorp e o Libolo. RANKING DA FIFA
por 10-0, no Pavilhão Anexo algum temp o , ma s com excepções quando fala dos O Sagrada e o Interclube
I da Cidadela, no Distrito
Urbano do Rangel.
A 10 deste mês, seria o
início do Campeonato Pro-
muito futuro pela frente”,
lamentou Tramagal.
No seu habitual registo
frontal, abordou a escolha
quadros da FAF. “Dos que
estão no activo, só não trei-
naram as selecções o Albano
César e eu. Mas acredito que
precisam de grandes
mudanças na condução do
futebol das respectivas equi-
pas. Acredito que vão mudar
Angola conserva
vincial, mas foi cancelado
devido à mesma pandemia.
Já a época no país, foi
da Federação Angolana de
Futebol (FAF) para o cargo
de seleccionador nacional,
temos treinadores angolanos
com competência e quali-
dade comprovada. O Oli-
com as novas direcções. Os
reflexos nas Afrotaças têm
muito que ver com a qua-
posição na tabela
aberta a 14 de Março, com a o português Pedro Gonçal- veira Gonçalves e o Mário lidade das nossas equipas, Angola mantém-se na 124ª Os Escorpiões da Gâmbia,
derrota da Coprat FC diante ves, apesar de se considerar Calado provaram isso, como do treinamento e não da posição do Ranking da FIFA, líder do Grupo D, com quatro
da Rede Nacional de Trans- suspeito, por ser um profis- seleccionadores da equipa competição interna, até por- com 1136 pontos, depois da pontos, mantêm-se na 159ª
porte de Electricidade (RNT), sional no activo e alimentar p r i n c ipa l e d e ba s e . O s que o 1º de Agosto esteve actualização divulgada na posição, com 1015.
por 4-1, no Anexo à Cidadela, a mesma ambição. maiores feitos até hoje foram muito próximo de chegar a última quinta-feira pelo As Panteras do Gabão,
em jogo referente à Supertaça “Para qualquer selecção, de um angolano (Oliveira uma final continental”. organismo reitor do futebol segundo classificado da série
Joaquim da Graça. mundial. A Bélgica lidera, d e A n g o l a p a ra o C A N ,
António Cristóvão| com 1765. encontra-se no 83º lugar,
De acordo com o sítio com 1297 pontos.
EDIÇÕES NOVEMBRO
Conselho Central de Árbitros está de parabéns electrónico da FIFA, o ran-
king permanece estático
A Zâmbia, país limítrofe
a Este de Angola está no 88º
Considerado, por boa parte Posso até considerar a melhor de maturidade e competên- devido à luta contra a pan- lugar, com 1279 pontos.
da crítica desportiva nacional, arbitragem nos últimos dez cia. Se o primeiro jogo pare- demia da Covid-19. Já o Congo encontra-se
competente para discutir a anos. Está de parabéns o Con- ceu, para muitos, obra do O Senegal conserva o 20º na 89ª posição, com 1269
conquista do título do Girabola, selho Central”, realçou. acaso, no segundo provámos lugar, com 1555 pontos, pontos e a Namíbia é o 117º,
à frente de um dos colossos, Os empates diante do Petro o contrário”. sendo o africano melhor com 1160.
o treinador natural de Ben- de Luanda representam um Agostinho Tramagal con- classificado, seguido pela Eis o top dez do ranking:
guela elogiou a arbitragem. marco. “Foi o maior feito do cordou com a ideia de que os Tunísia no 27º posto, com 1º Bélgica, 1765 pontos, 2º
“Esteve excelente na pri- Wiliete esta época. Vai ficar na pequenos sentem mais difi- 1505. A Nigéria está na 31ª França (1733), 3ºBrasil (1712),
meira volta. Poucos erros e história do clube. Foi o primeiro culdades com os grandes, posição, com 1493 pontos. 4º Inglaterra (1661), 5º Uru-
sem grandes tendências. Na empate (2-2), no Ombaka, que quando jogam em casa, por Os Leopardos da República guai (1645), 6º Croácia (1642),
segunda, houve alguma ten- nos tirou a grande pressão que terem o estádio cheio, Democrática do Congo, adver- 7º Portugal (1639), 9º Argen-
dência. Mas o presidente do tínhamos. Sobretudo a criada enquanto no 11 de Novembro sários dos Palancas Negras tina (1623) e 10º Colômbia
Conselho Central de Árbitros pelos mais cépticos. O campo Petro e 1º de Agosto estão habi- no Grupo D de apuramento (1622).
está atento. A sua mão pesada estava completamente cheio, tuados a estádio vazio, quando à fase final da Taça de África O organismo reitor do
está a meter os árbitros no na maioria adeptos do Petro não é o clássico. “Também é das Nações, a ter lugar de 9 futebol mundial vai reac-
caminho certo. Estamos com e muitos detractores, à espera verdade. Os dois clubes têm de Janeiro a 6 de Fevereiro de tualizar o ranking no próximo
bom nível em termos de arbi- de uma goleada das antigas. muitos adeptos espalhados 2021, ocupam a 56ª posição, dia 11 de Junho, de acordo
Luanda domina modalidade tragem, neste campeonato. Felizmente demos mostras e, em certa medida, ferrenhos.” com 1389 pontos. com o calendário da FIFA.
PUBLICIDADE

SEG13ABR

CULTO ECUMÉNICO E JEJUM POR TODO O PAÍS MENSAGEM DE PÁSCOA


ALTO
Líderes religiosos em oração Papa propõe anulação
da dívida dos países pobres
Chuvas
para a eliminação da Covid-19 O Papa Francisco propôs
ontem a redução, ou mesmo
dariedade” e “soluções ino-
vadoras” face à pandemia
Apoio aos desabrigados Edivaldo Cristóvão PAULO MULAZA | EDIÇÕES NOVEMBRO
anulação da dívida dos países da Covid-19.
Numa altura em que o mun- pobres e apelou a um “ces- Francisco dirigiu os seus
do enfrenta a pandemia do Líderes de várias congre- sar-fogo mundial e imediato” pensamentos “a todos os que
novo coronavírus (Covid-19), gações religiosas juntaram- e ao aligeiramento das san- foram atingidos directamente
que está a mobilizar os es- se, ontem, em Luanda, para ções internacionais, face à p e l o c o ro n av í r u s ” , a o s
forços dos governos, em An- uma corrente de oração em pandemia da Covid-19. “doentes, aos que morreram
gola há regiões que estão a
braços com outros proble- jejum, pedindo a Deus para Na sua mensagem de Pás- e às famílias”.
mas graves: as cheias provo- eliminar a pandemia da coa, lida numa basílica de S. Num mundo “oprimido
cadas pelas chuvas e que de- Covid-19 de Angola. Pedro vazia, o Papa Francisco pela pandemia, que coloca
sabrigaram centenas de pes- A cerimónia ecuménica, desejou que “sejam aligei- uma dura prova à nossa grande
soas é um deles. É de aplaudir que juntou cerca de 15 líderes radas as sanções internacio- família humana”, é preciso
a iniciativa do Governo da religiosos, teve início às 7h00 nais que impedem os países responder com o “contágio
província do Cuanza-Norte e terminou às 12h00. As ora- que sofrem de proporciona- da esperança”, afirmou.
que mobilizou mais de 100 ções, sob o lema “Em nós rem um apoio conveniente O Papa apela a todos que
toneladas de bens diversos
para acudir mais de 1.700 não há forças para resistir”, aos seus cidadãos” e apelou retirem do dicionário as pala-
famílias desabrigadas pelas foram feitas em português à solidariedade internacional vras “indiferença, egoísmo,
chuvas do dia 3 de Abril, em e línguas nacionais, com “reduzindo, se não mesmo divisão e esquecimento” e
Ndalatando. A pandemia veio transmissões em directo na Líderes de várias denominações religiosas manifestam a fé cristã anulando, a dívida que pesa que o mundo vire as atenções
fazer esquecer outros pro- Televisão Pública de Angola sobre os orçamentos dos paí- “para ajudar os mais pobres”.
blemas, mas na verdade, eles (TPA) e na Rádio Nacional Conselho de Igrejas Cristãs tinente africano”, concluiu. ses mais pobres”. DR

estão aí. É necessário, pois, de Angola (RNA). de Angola, Deolinda Dorcas O presidente da Comu- Na mensagem, Francisco
que a solidariedade chegue, Durante o acto, o padre Teca, afirmou que esta união nidade Islâmica de Angola, apela a um “cessar-fogo
também, às pessoas que se
da Igreja Católica Celestino é uma comunidade de fé, Cheikh Mateta Nzola, alertou mundial e imediato”.
encontram nesta situação
para se evitar o pior. Epalanga implorou de forma onde todos oram por uma só que este é o momento de “Não é tempo de continuar
humilde a Deus para olhar causa, a de pedir a Deus que pedir a Deus para acabar a fabricar e a traficar armas,
aos pobres, sobretudo aos salve o mundo da Covid-19. com as preocupações por desperdiçando avultados capi-
irmãos que estão nas cadeias Reafirmou ser responsabi- que o mundo está a passar. tais que deveriam ser utilizados
e que padecem de várias lidade dos cristãos orar para O reverendo e pastor da para tratar as pessoas e salvar
enfermidades. que o vírus desapareça e as Igreja Metodista em Angola vidas”, disse o Papa na men-
BAIXO O líder da Igreja Tocoísta, mortes cessem. “Não deve- Vlademir Agostinho explicou sagem difundida em directo.
Dom Afonso Nunes, lembrou mos ver esta situação apenas que este encontro foi uma O chefe da Igreja Católica
que o Domingo da Páscoa é como um problema da medi- concertação entre os líderes pediu ainda à Europa “soli-
o dia da vitória da morte cina. Todas as forças têm de religiosos, destacados pelo
sobre a vida, em que Jesus estar mobilizadas em orações CICA, pelas igrejas Católica,
Cristo ressuscitou para a sal- e acções para que este mal Tocoísta, Teosófica, Assem- REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DO CONGO
Bilhetes vação dos homens. Estando desapareça, tal como Jesus bleia de Deus Pentecostal e
o mundo a passar por um Cristo venceu a morte na Comunidade Islâmica, para
Transportadoras oportunistas

Aproveitando-se do levanta-
momento difícil e complexo,
Dom Afonso Nunes subli-
cruz”, profetizou.
A líder da Igreja Teosófica,
um momento de oração
nacional em jejum.
Avião da Air France
mento temporário da cerca
provincial, que permite o re-
gresso de passageiros às terras
nhou que as igrejas reuniram
para pedir ajuda a Deus, no
sentido de ter misericórdia
Suzeth João, desafiou “os
homens deste tempo a se
hu m i l h a re m p e ra nte o
Referiu que o momento
serviu para todos os ango-
lanos orarem, sem distin-
atingido por disparos
de origem, algumas operadoras do Seu povo e aliviar o sofri- Senhor, para que Deus, o ç ã o d e ra ç a , i d e o l o g i a Um avião da Air France, rado ontem no aeroporto
de transportes rodoviários de- mento daqueles que passam Criador de todas as coisas política ou religiosa, com encarregue do repatria- Paris - Charles de Gaulle,
cidiram , a bel-prazer, aumentar
os preços dos bilhetes de pas-
por dificuldades. visíveis e invisíveis, conceda a intenção de buscar a pre- mento de cidadãos franceses mas, devido ao incidente,
sagem. Estamos perante um O bispo da Igreja Tocoísta a graça ao mundo, em geral, sença do Senhor para curar por causa da pandemia, o voo foi adiado para hoje,
acto de oportunismo e espe- destacou o acto solene, que e a Angola, em particular, e sarar Angola. ficou danificado após ter para permitir o envio de
culação, que não se compadece juntou várias denominações neste momento difícil por O director do Instituto sido alvo de disparos, ale- “uma aeronave substituta
com as políticas do Estado. As religiosas, marca um que passam as famílias”. Nacional para os Assuntos gadamente na sequência (Boeing 777-200) e de
autoridades competentes não momento histórico da vida Em nome de Jesus, a pro- Religiosos, Francisco de Cas- de “uma briga” entre dois uma tripulação”, prosse-
devem fechar os olhos perante nacional, numa altura em fetiza pediu aos angolanos a tro Maria, considerou lou- agentes do aeroporto guiu a companhia aérea.
esta triste realidade. Ganhar que o mundo está a ser inva- terem fé e esperança, a não vável e pertinente a ideia de Pointe-Noire, na Repú- A aeronave estava parada
dinheiro, sim, mas não à custa dido por um vírus mortal desesperarem, porque não juntar várias igrejas para blica do Congo. no ponto de estaciona-
do sofrimento dos outros. Os
órgãos de justiça têm de fazer
de uma maneira inesperada, há mal que dure para sempre. pedir a Deus o fim da pan- D e ac o rd o c o m u m mento do aeroporto de
sentir a sua mão pesada e a em que nem mesmo médi- Se o pensamento for positivo, demia da Covid-19. comunicado divulgado Pointe-Noire durante o
população deve continuar a cos e cientistas alguma vez é mais fácil atrair a destruição Referiu que as igrejas pela companhia aérea Air incidente, sem a tripulação
denunciar tais actos, que não imaginaram. do mal. “Que Deus continue sempre representaram este France, citado pela agência ou os passageiros a bordo,
dignificam quem pratica. A secretária-geral do a abençoar Angola e o con- papel em momentos de crise. France-Press (AFP), “um garantiu a Air France.
Airbus A330 da empresa O novo coronavírus
foi danificado depois de (SARS-CoV-2), respon-
COVID-19 O Estado de Emergência nos, incluindo detenções um incidente no aeroporto sável pela pandemia da
de cinco meses é extensivo direccionadas e uso de força de Pointe-Noire”, na noite doença Covid-19, já pro-
a todo o território da Etiópia, letal contra pessoas que des- de sábado. vocou mais de 109 mil
Etiópia aprova Estado de a segunda nação mais popu-
losa de África, com mais de
respeitarem as ordens.
O responsável pela Justiça,
Uma fonte anónima
disse à AFP que o incidente
mortos e infectou quase
1,8 milhões de pessoas em
Emergência de cinco meses 105 milhões de habitantes
( d a d o s d e 2 0 1 7 ) , e s e rá
CJ Meaza Ashenafi, infor-
mou, no Twiter, que os tri-
ocorreu “aparentemente”
na sequência de “uma
193 países e territórios.
Dos casos de infecção,
O Parlamento da Etiópia medida para controlar a pro- supervisionado pelo Con- bunais federais vão ouvir briga” entre um agente da quase 360 mil são consi-
aprovou o Estado de Emer- pagação do vírus e reduzir o selho de Ministros e subco- os casos de violência domés- Direcção-Geral de Vigi- derados curados. Depois
gência de cinco meses para impacto sócio-económico no mités ministeriais. tica decorrentes da ordem lância Territorial congolesa de surgir na China, em
combater a pandemia do país, que já conta com 56 casos Anteriormente, o Estado de de permanência. Sublinhou e o superior hierárquico. Dezembro, o surto espa-
novo coronavírus (Covid- confirmados, quatro dos quais Emergência no país era super- que, devido ao confina- O agente, que “estava lhou-se por todo o mundo,
19), informou a Africanews. estão recuperados e dois mor- visionado por militares, que mento obrigatório, há “pos- sob a influência de álcool”, o que levou a Organização
Depois do Conselho de reram, agora foi a vez do Par- costumam ser acusados de sibilidade de um aumento terá disparado para o ar, Mundial da Saúde (OMS)
Ministros ter aprovado a lamento pronunciar-se. abuso grave de direitos huma- da violência doméstica”. atingindo a aeronave. a declarar uma situação
O avião deveria ter ater- de pandemia.

Você também pode gostar