Você está na página 1de 6

Traballho de Economia

Pesquisa:
- Divisão da Economia
- Bens de Produção
- Bens de Consumo

Tutoria:
– Economia

– Desenvolvimento Economico e Organismos


Internacionais

Nome: Cayo Cesar Villa Real Okino

RA: 9000042

Faculdade Politécnica de Jundiai


Professor: Everton – Sala 21 - 02/Fev/2011
1) A DIVISÃO DA ECONOMIA

A Economia, ou atividade económica, consiste na produção,


distribuição e consumo de bens e serviços. O termo economia vem
do grego oikos (casa) e nomos (costume ou lei) ou também gerir,
administrar: daí "regras da casa" (lar) e "administraçao da casa"." [1]

É também a ciência social que estuda a atividade económica,


através do desenvolvimento da teoria económica, e que tem na
administração a sua aplicação. Os modelos e técnicas atualmente
usados em economia evoluíram da economia política do final do
século XIX, derivado da vontade de usar métodos mais empíricos à
semelhança das ciências naturais.[2] Pode representar, em sentido
lato, a situação económica de um país ou região; isto é, a sua
situação conjuntural (relativamente aos ciclos da economia) ou
estrutural.

A economia é geralmente dividida em dois grandes ramos: a


microeconomia e a macroeconomia:

Microeconomia: - estuda as atividades econômicas do indivíduo ou


empresa, que estuda a teoria da empresa, da produção entre
outras.

Macroeconomia: estuda a atividade econômica global de todos os


indivíduos e empresas, compreendendo os estudos dos agregados
econômicos (a renda nacional, o consumo, a poupança e os
investimentos globais) e da teoria geral do equilíbrio e do
desenvolvimento econômico. Entende-se por agregados
macroeconômicos as medidas- síntese (ou valor-síntese) do
resultado da atividade global do sistema econômico (ou da
economia como um todo). Normalmente os agregados
macroeconômicos, são apresentados pelos valores brutos, por
serem mais fáceis e práticos os cálculos de apurações. Nem
mesmo nos países mais adiantados os agregados são
apresentados em valores líquidos.

Faculdade Politécnica de Jundiai


Professor: Everton – Sala 21 - 02/Fev/2011
BENS DE PRODUÇÃO

São conhecidos como bens de produção ou bens de capital, os


equipamentos e instalações — ou seja: bens ou serviços
necessários à produção de outros bens ou serviços .

Uma determinada tecnologia utiliza uma determinada combinação


dos factores produtivos para a produção de bens e serviços. Quanto
à intensidade da utilização dos factores produtivos, a agricultura e a
indústria podem ser de capital intensivo (utilizam mais
intensivamente o capital) e trabalho intensivo, que utilizam
intensivamento o trabalho ou mão-de-obra.

Factores de produção ou Recursos Produtivos

Eles são constituídos pelas dádivas da natureza, pela produção


economicamente ativa, pelas diferentes categorias de capital e pela
capacidade tecnológica e empresarial. Suas denominações são:

• Terra ou recursos naturais: representa os recursos


oferecidos pela natureza para os processos produtivos: a terra
utilizada na agricultura ou na qual estão instalados os
edifícios, as fábricas, as estradas, etc.; recursos naturais:
energias renováveis (água, ar, vento, sol, etc.) e não
renováveis (petróleo, gás, minérios, etc.)

• Trabalho: representa todos os recursos humanos, físicos e


mentais, tanto adquiridos como hereditários. É medido em
termos do tempo despendido na produção (agricultura,
indústria, serviços) e pode ser qualificado ou não qualificado.

• Capital: é constituído pelo capital fixo (bens de capital, tais


como máquinas, estradas, computadores, meios de
transporte, edifícios,etc., necessários à produção de outros
bens) e pelo capital dinheiro.

• Tecnologia: Conjunto de habilidades e conhecimentos que


dão sustentação ao processo de produção.

• Capacidade empresarial: Capacidade de


empreendedorismo.

Faculdade Politécnica de Jundiai


Professor: Everton – Sala 21 - 02/Fev/2011
Exemplos:

Qualquer recurso adquirido por uma indústria que visa produzir


outros recursos a serem comercializados, pode ser classificado
como bem de produção. Assim temos exemplos de indústrias de
bens de capital atuando em vários setores da economia:

• Indústrias de Base: Um exemplo válido são as siderúrgicas


que beneficiam o minério de ferro, transformando-o em aço,
que será por sua vez, amplamente utilizado em construções,
fabricações de eletrônicos, ferramentas, etc.

• Gerdau, Companhia Vale do Rio Doce

• Informática: Muitas vezes as empresas que atuam na área


de tecnologia da informação não produzem somente bens,
como serviços. Já que tais empresas podem tanto oferecer
hardware como software, suporte e afins.

• Microsoft, Hewlett-Packard, Pinnacle Systems,


Intel

• Transportes: Empresas que criam meios de transporte.


Incluem ônibus a serem utilizados pelo sistema de transporte
coletivo urbano, caminhões de diversos tipos a serem usados
por empresas transportadoras, carros destinados a táxis, etc.

• Volvo, Marcopolo, Randon Veículos

Faculdade Politécnica de Jundiai


Professor: Everton – Sala 21 - 02/Fev/2011
BENS DE CONSUMO

Bens de consumo (ou bens de consumo familiar) são os bens


utilizados pelos indivíduos ou famílias. A quantidade de bens de
consumo que são comercializados em cada país reflete o nível de
vida da população e também permitem avaliar os gostos e as
características da sociedade em questão. São, portanto, os bens
produzidos pelo homem e destinados ao consumo das pessoas
(diferentemente dos bens intermediários que são utilizados no
processo de produção para serem transformados em bens finais ou
dos bens de capitais que são as máquinas utilizadas pelas
indústrias).

Os bens de consumo estão divididos em duráveis, semi-duráveis e


não duráveis. Os bens de consumo não duráveis são aqueles feitos
para serem consumidos imediatamente (sorvetes, chocolate, etc.).
Os bens de consumo duráveis são aqueles que podem ser
utilizados várias vezes durante longos períodos (um automóvel,
uma máquina de lavar roupas, etc.). Os semi-duráveis podem ser
considerados os calçados, roupas, que vão se desgastando aos
poucos.

REFERÊNCIAS
- Wikipédia

- Sociedade Digital

Faculdade Politécnica de Jundiai


Professor: Everton – Sala 21 - 02/Fev/2011
- Infoescola

Faculdade Politécnica de Jundiai


Professor: Everton – Sala 21 - 02/Fev/2011