Você está na página 1de 9

FUNDAMENTOS

DA ADMINISTRAÇÃO
Administração: ciência
social aplicada
Administração: ciência
social aplicada
A administração é um corpo novo, sistematizado a partir do início do século XX. Sua relevância
pragmática e social é muito maior do que seu status acadêmico. Convivem ideias sólidas e bem
fundamentadas com modismos e promessas fáceis e ilusórias de soluções, que, muitas vezes,
ignoram a importância da consideração do contexto organizacional e suas contingências para o
sucesso de uma solução.

Trata-se de uma ciência social aplicada, com limitações típicas dessa categoria, como sínteses
incompletas de conhecimentos e fundamentação pouco sólida das proposições.

Em função disso, é necessário muito esforço para organizar o conhecimento


acumulado em administração e aplicar conscientemente na prática.

Recomendação de Leitura
Bertero, C.O. Ensino e pesquisa em administração. São Paulo: Thompson, 2006.
PROPÓSITO DA ADMINISTRAÇÃO:
REUNIR E APLICAR, DA MELHOR FORMA
POSSÍVEL, OS RECURSOS DISPONÍVEIS

Quais são os recursos?


Qual a melhor forma possível?

Eficiência = Produto
Recursos

Melhor para quem?


Melhor por quê?
O que é administração?
Para Fayol, administrar é prever, organizar, comandar, coordenar e controlar.
A definição é útil e universal, pois baseia-se num ciclo natural e frequente em nossa vida:

planejamento􀀁 4 execução􀀁 4 controle


ou
reflexão-ação-reflexão

P Plain (Planeja)
A P D Do (Executa)

C D C Check (Verifica)
A Act (Implementa)

Ciclo PDCA (Deming)


Etimologia
Administração, do latim administratio, cujo
núcleo semântico repousa em minister: “o que
serve”, “o que ajuda”, “o que assiste”, “o que
executa”, “conselheiro”. Administrar é:

• processo
• objetivo comum
• solução de problemas
• ação
A essência do humano é cooperar
A organização é a forma encontrada em qualquer grupo humano para obter a cooperação dos
indivíduos na consecução de objetivos que satisfaçam as necessidades individuais e grupais.
Para Malinowski, cooperação é a essência de toda realização cultural, e a organização também
surge, portanto, como criação humana universal.

Estado, mercado e sociedade articulam-se tendo em vista solucionarem problemas e atenderem


a demandas de determinada comunidade em certo momento histórico.

Estado Sociedade

Mercado

Organização societária
Administração e ética
Ética envolve o entendimento do certo e do errado e do bem e do mal como
fundamentos das escolhas e ações humanas.

Questões críticas
• A articulação dos recursos e o processo de trabalho respeitam a natureza e os direitos humanos?
• Quem se beneficia da boa administração?
• Há, de fato, métodos universais?
• Certos métodos estão a serviço de interesses não declarados?
• Em outras palavras, há ideologias ocultas que condicionam as escolhas?

Quebra fraudulenta da Enron, nos Estados Unidos, em 2002, e de uma das cinco maiores empresas
de auditoria da época, a Arthur Andersen.
Um marco legal relevante surgiu nos Estados Unidos, denominado Sarbanes-Oxley, lei federal americana
promulgada em 30 de julho de 2002 pelo senador Paul Sarbanes e pelo deputado Michael Oxley.
As organizações formais são sistemas de
poder e também um método de controle
social sobre seus membros e sobre
grupos com os quais interagem.
REALIZAÇÃO APOIO

Você também pode gostar