Você está na página 1de 6

MCSA Server 2016

Exame 70-740

Aula 1.5

Modelos de Ativação do Windows Server

Tio Inaldo http://tioinaldo.com


MCSA Server 2016
Exame 70-740

O Windows Server 2016 requer que você ative o sistema


operacional após a instalação.
 Ativação manual. Essa estratégia é utilizada quando você implanta poucos servidores.
Ao usar a ativação manual, você deve digitar a chave de produto. A Microsoft realiza
a ativação por telefone ou através do site central.

 Ativação automática. Essa estratégia é necessária quando você implanta grandes


quantidades de servidores.
A Microsoft fornece um método de ativar vários computadores automaticamente, sem
exigir a especificação de chaves de produto em cada sistema manualmente.

Tio Inaldo http://tioinaldo.com


MCSA Server 2016
Exame 70-740

Tecnologias disponíveis para automatizar o processo de


ativação de licenças
o KMS (Serviços de Gerenciamento de Chaves). Ajuda a ativar licenças em sistemas em sua
rede de um servidor onde um host KMS foi instalado. O host KMS conclui o processo de
ativação.
o A função Serviços de Ativação de Volume. Permitem instalar e configurar o KMS e a Ativação
baseada no Active Directory. O KMS exige ativação de pelo menos cinco servidores e 25
clientes. O KMS é a chave padrão para a ativação de volume.
o ADBA (Ativação Baseada no Active Directory). É um serviço que permite usar o AD DS para
armazenar objetos de ativação. Você pode usar a ativação baseada no Active Directory ao
ativar servidores e clientes que executam o Windows Server 2012 ou posterio e o Windows 8
ou posterior. O esquema do AD DS também deve ser Windows Server 2012 ou posterior.

Tio Inaldo http://tioinaldo.com


MCSA Server 2016
Exame 70-740

Tecnologias disponíveis para automatizar o processo de


ativação de licenças (continuação)
o Console de Ferramentas de Ativação de Volume. É usado para instalar, ativar e gerenciar
chaves de ativação de licença de volume no AD DS ou no KMS.
o VAMT (Ferramenta de Gerenciamento de Ativação de Volume). É uma ferramenta sem custo
que você pode usar para gerenciar a ativação de volume usando várias MAKs (Chaves de
Ativação Múltipla) ou para gerenciar o KMS.
o MAK (Chave de Ativação Múltipla). MAK é uma chave de licença de volume que você pode
usar para a ativação independente. Use a MAK quando os sistemas tiverem uma conexão
ruim ou nenhuma conexão com a rede central da sua empresa.
o AVMA (Ativação Automática de Máquina Virtual). Permite que você instale máquinas virtuais
em um servidor de virtualização sem chave de produto.

Tio Inaldo http://tioinaldo.com


MCSA Server 2016
Exame 70-740

O Windows Server 2016, como o


Windows Server 2012, é licenciado pelo
núcleo do processador, por servidor. Você
pode adquirir licenças adicionais para dois
núcleos de processamento
simultaneamente.

Tio Inaldo http://tioinaldo.com


MCSA Server 2016
Exame 70-740

Aula 1.5

Modelos de Ativação do Windows Server

Tio Inaldo http://tioinaldo.com

Você também pode gostar