Você está na página 1de 119

NZ for dummies

 
  
Você já pensou que a sua dúvida quanto a NZ pode ser a mesma dúvida de outros? Realmente 
pensou certo, e este documento serve exatamente para isso… Reunir uma lista com as dúvidas 
e respostas mais básicas (ou nem tanto) sobre a Nova Zelândia. Não encontrou sua dúvida, não 
tem problema, deixe um comentário, que responderemos e adicionaremos. 
 

Objetivo 
Ajudar a todos que querem vir (seja imigrar ou não) para a Nova Zelândia. 

Importante 
O  documento  é  composto  de  perguntas  e  respostas  agrupados  tópicos  e  sugeridos  por  diversos 
colaboradores,  como  o  documento  já  contém  mais  de  100  páginas,  sugiro  que  você  navegue  pela 
estrutura  de  tópicos  (vendo  através  do  computador). ​Se você tem uma ideia de pergunta ou uma correção 
em  uma  resposta,  por  favor,  colabore  deixando  via  sugestão.  Qualquer  um  pode  deixar  uma  sugestão  ou 
até  mesmo  um  agradecimento  (basta  clicar  no  botão “Comentários” ali em cima)​. Se você est​á acessando 
pelo  celular,  sugiro  baixar  o  aplicativo  “Docs”  do  google,  fica  melhor  para  visualizar  e  navegar  no 
documento. 
 
A  ideia  aqui  não  é  dar  uma  única  resposta  e  direta,  até  porque  cada  caso  é  um  caso,  a  ideia  é 
simplesmente ajudar você a encontrar as respostas que mais caberão para o seu caso.  
 
Pergunta  e  Respostas  em  vermelho  significa  que  ainda  não  foram  respondidas.  Como  são  poucas 
pessoas que estão ajudando pode demorar um pouco até responder a pergunta, mas uma hora vai. 
 
Sempre  que  possível  as  informações  conterão  o  respectivo  link.  Sempre  que  for  mencionado  a  moeda 
real, será usado BRL ou R$. Sempre que for mencionado o dólar neozelandês, será usado NZD ou N$. Não 
é  a  ideia  deste documento indicar o serviço de fulano ou ciclano, ainda que estes sejam Brasileiros, então 
a  menos  que  seja  um  caso  muito  específico,  não  vou  adicionar  o  contato  para  não  favorecer  ninguém. 
Existe  uma  seção  ao  final  do  documento  apenas  de  links  de  páginas  no  facebook,  grupos do WhatsApp, 
empresas profissionais, para ir direto para seção clique ​aqui​. 
 
Por  que  o  Google  Docs?  Por  que  o  Google  Docs  é  uma  ferramenta  para  colaboração,  e  recebemos 
perguntas  e  melhorias  nas  respostas  diariamente,  então  a  melhor  maneira  de  fazer  update  neste 
documento  é  se  todos  puderem  contribuir  livremente.  O  google  docs  não  permite  nenhum  tipo  de 
equipamento  para  monetização  (ao  contrário dos views no youtube) e assim ajuda a demonstrar que não 
existem interesses obscuros por trás. 
 
Caso  você  queira  copiar  todo  o  documento,  basta  clicar  em  “Arquivo”  e  “Fazer  download  como”  e 
selecionar  como  você  quer  salvar  o  documento.  Melhor  que  rolar  todas  as  páginas  e  usar  o  Ctrl+C  e 
Ctrl+V.  Mas não se esqueça de voltar regularmente, pois sempre tem pessoas contribuindo para melhorar 
as respostas e adicionar outras perguntas. 
 
NZ for dummies
 
Para  finalizar  saiba  que  deu  um  bom  trabalho  para  compilar  esta  lista  e  ninguém  está  ganhando  nada 
com  isso,  apenas  o  prazer  de  ajudar,  então  se  você  puder  ajudar  compartilhando  nos  grupos  e  páginas, 
ficaria agradecido. 

Aviso “legal” 
Não  sou  responsável  por  qualquer  informação  neste  documento,  na  verdade  como  comentei 
anteriormente,  nem  sempre  o  que  funciona  para  um  funciona  para  outro,  por  tanto,  procure  sempre  os 
sites  oficiais  das  empresas  ou  órgãos  competentes,  para  confirmar  as  informações.  Informações 
relativas  a  visto,  procure  sempre  um immigrant adviser ou advogado. Além do mais, as coisas mudam de 
vez  em  quando,  então  é  sempre  bom  entrar  nos  sites  oficiais  e  averiguar  a  informação.  Minha  humilde 
sugestão  para  você  que  realmente  pensa  em  vir  para  a  NZ é entrar nestes links abaixo e ir investindo um 
pouco do seu tempo. Você vai achar muitas informações interessantes. 
- ​https://www.govt.nz/​ (Site oficial do governo com diversas informações importantes) 
- ​https://www.newzealandnow.govt.nz 
- ​https://www.immigration.govt.nz/ 
- ​https://www.govt.nz/organisations/ 
- ​http://www.newzealand.com/​ (Apresenta guias específicos sobre viagem, negócios, estudos, trabalho e 
moradia na Nova Zelândia)  
- ​https://nzready.immigration.govt.nz/​ (Ferramenta disponibilizada pelo INZ que permite listar diversos 
aspectos relacionados com sua chegada/imigração para a NZ, semelhante a uma lista de tarefas a 
cumprir). 

Agradecimentos 
Lista por ordem alfabética de todas as pessoas que colaboram ou colaboraram. 

Amanda Carriço Eduardo Henrique Monique Campos


Ana Paula Dorta Fabio Oliveira Pablo Carvalho
Andre Campos Rodovalho Icaro de Almeida Patrick Puerari
Andreia M. - Familia Kiwi Karina Fortes Rafa Souza
Atila Aloise Kely Michel Rita Marques
Bruno Miranda Larissa Villela Rodrigo Mathias
Camila Calazans Pessoa Leticia Carreiro Samuel Melo
Clarisse Dias Ma Morandi Saulo Araujo
Claudia Pereira - BrazilKiwi Mario Apra Silvana Carneiro
Cybele Freitas Marlon Batista Toni Rossmann
Daniel in NZ Mauricio Kimura Viewtifulljoe
Michel Koti

 
   
NZ for dummies
 
TRANSFERÊNCIA DE DINHEIRO 
Qual a melhor maneira de transferir dinheiro do Brasil
para NZ?
R:  ​Primeiramente  o  que  você  precisa  entender  é  que  toda  vez  que  você  troca  o  dinheiro  de  uma moeda 
para  outra  você  está  perdendo  dinheiro, por isso saiba o quanto você precisa e se possível faça quando a 
moeda estiver mais favorável para você. Sem mais delongas vamos a lista por ordem. 
- A melhor maneira é tentar trocar com algum brasileiro que está tentando mandar o dinheiro para o Brasil 
(explicado  um  pouco  mais  em  outra  pergunta  própria,  basta  clicar  no  ​link​).  Nestes  casos,  a  cotação 
geralmente acordada é a cotação oficial na hora da troca, assim ninguém sai perdendo.  
-  A  segunda  melhor  maneira  é  via  site  paytostudy  (​https://paytostudy.com/​).  Existe  uma  ressalva  para 
este  site,  ele  só  serve  para  quem  for  pagar  algum  curso  (diretamente  para uma instituição reconhecida). 
Ele  não  permite  sacar  o  dinheiro  enviado  e  o  dinheiro  também  não  fica  em  seu  poder,  ele  vai  para  um 
agente  de  custódia  que  fica  responsável  por  liberar  o  dinheiro  para  a  instituição.  Este  site já foi utilizado 
por  diversos  Brasileiros  e  todos  informaram  que o pagamento foi rapido e confiavel. Importante ressaltar 
que  a  escola  não  precisa  ter  convênio  com  este  site  para  que  o  pagamento  ocorra  e  também  não  é 
obrigatório intermédio de agência de intercâmbio para fazer esse pagamento.   
-  ​A terceira maneira (e a mais usada pela galera) é via site transferwise (​https://transferwise.com/​). O site 
é  100%  seguro  e  as  taxas  são  as  menores  possíveis,  só  fique  atento  que  de  vez  em  quando  o  site 
bloqueia  uma  determinada  moeda  se  ela  estiver  muito instável (com o real aconteceu em julho de 2017). 
É  necessário  ter  uma  conta  no  país  que  você  quer  mandar  o  dinheiro  (NZ  neste  caso)  e  o  sistema  gera 
um  boleto  na  hora  para  você  pagar  em  qualquer  banco do brasil. O dinheiro geralmente demora uns 3 ou 
4  dias  úteis  para  cair.  Uma  coisa  legal,  a  primeira  transferência,  você  ganha  isenção  de  taxa  se  você  se 
inscrever  por  um  link  de  amigo  (existe  um  limite)  e  caso você não tenha nenhum amigo para te convidar, 
pode  usar  o  meu link (​https://transferwise.com/u/shayc​). Atualmente o limite por transação (ou por mês) 
é  de  9.000,00  BRL.  Uma  coisa  que  é  preciso  mencionar  sobre  o  Transferwise  que  a  cotação  que  ele  te 
mostra depende de quanto você vai mandar, se você mandar 150 BRL ele vai te cobrar um valor mais caro 
do que se você mandar 1000 BRL. Então a melhor coisa e mandar o dinheiro num bolo só.  
-  A  quarta  maneira  é  via  site  Western  Union  (​https://www.westernunion.com​).  O  site  também  é  100% 
seguro  e  ainda  tem  a  como  sacar  o  dinheiro  em  um  caixa  do  WU.  Se  você  pagar  uma  taxa  extra,  o 
dinheiro está liberado em até 15 minutos. 
-  A  quinta  maneira  é  o  Visa  Travel  Money  (VTM) ou Travel Card Mastercard (TCM). A ideia deste cartão é 
o  seguinte.  É  um  cartão  de  débito  internacional  pré-pago.  Você  vai  em  algum  dos  bancos  no  Brasil  que 
vendem  este  produto,  adquiri  um  cartão  na  moeda  que  você  escolher  (melhor  coisa  é  pegar  NZD)  e 
carrega  ele  com  dólares  (no  caso  do NZD) pagando em real direto do Brasil. A vantagem é que a cotação 
é  dada  no  momento que você compra o cartão ou seja, o seu cartão contém NZD e não BRL e assim você 
não  estará  sujeito  a  novas  flutuações.  Também  é  possível  deixar  uma  procuração  para  alguma  pessoa 
para  que  a  mesma  possa  carregar  mais  vezes  o  cartão  caso  necessário.  Seria  uma  evolução  eletrônica 
do  Traveller  Cheque.  Você  ainda  pode  acompanhar  o  saldo  do  cartão  pelo  site  da  empresa.  Você  pode 
usar este cartão aqui como Débito ou Crédito (ele sempre vai debitar na hora do seu cartão). 
-  A  sexta  e  última  maneira  a  ser  explorada  para  esta  pergunta  é  via  o  seu  banco  no  Brasil  (sim,  itaú,  BB, 
Caixa,  Bradesco),  direto  para  algum  banco  na  Nova  Zelândia.  Todos  eles podem fazer uma transferência 
NZ for dummies
 
internacional  de  dinheiro,  mas  saiba  que  as  taxas  beiram  uma  extorsão.  O  nome que você deve procurar 
no seu banco é Ordem de Pagamento.  
 
Foi feita uma simulação [09/07/2017 11:50] para receber 1000 NZD e ficou assim: 
 
Método de envio  1000 NZD 

Cotação oficial  R$ 2.389,52  

Paytostudy  R$ 2.413,22 

Transferwise  R$ 2.456,33 

VTM (TCM)  R$ 2.599,45 

Western Union  R$ 2.608,57 

Itau (Banco que eu tenho conta)  R$ 2.713,21 


 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Existem outros sites e diversas outras maneiras de mandar dinheiro do Brasil para a NZ e vice-versa. 
Você pode por exemplo, usar o seu cartão de crédito internacional e pagar a fatura no Brasil. Você pode 
usar o seu cartão de débito (se ele estiver habilitado para internacional). Agora acho que sempre 
devemos procurar a maneira que vai trazer o maior retorno financeiro. Pois geralmente estas outras 
modalidades existem várias taxas, como taxa por saque, e taxa do banco da NZ. 
- Cada Banco que vende o VTM (TCM) tem a sua própria cotação, eu fiz a cotação pelo banco rendimento, 
vale a pena você procurar outros bancos que possuam este produto, pois eles terão cotações diferentes. - 
Existem alguns bancos que só vendem VTM de uma ou outra moeda, evite este tipo de cartão (que não 
seja de NZD), pois você estará sujeito a flutuação entre a moeda que você comprou para o NZD. Para 
saber mais sobre esta modalidade acesse os links (​https://www.cashpassport.com.br/pr/get-card/​) e 
(​https://www.visa.com.br/pague-com-visa/emissores1/cartoes-pre-pago/emissores-visa-travelmoney.ht
ml​). 
- Um colaborador informou sobre um site chamado Remessa Online (​www.remessaonline.com.br​) como 
um concorrente do Transferwise. Até o momento eu não conheço nenhuma pessoa que usou o serviço e 
nem posso confirmar que seja um site idôneo. Mas vale a pena testar o serviço. 
-  ​De  acordo  com  a  regulamentação  Brasileira  (RESOLUÇÃO Nº 3.568, DE 29 DE MAIO DE 2008 do Banco 
Central)(​http://www.bcb.gov.br/pre/normativos/busca/downloadNormativo.asp?arquivo=/Lists/Normati
vos/Attachments/47908/Res_3568_v9_P.pdf​),  o  Artigo  8o  dispõe  que  uma pessoa (física ou jurídica) só 
poderá  realizar  operações  de  câmbio  (envolvendo  Real)  sendo  contraparte  na  operação  agente 
autorizado  a  operar  no  mercado  de  câmbio,  observada  a  legalidade  da  transação,  tendo  como  base  a 
fundamentação  econômica  e  as  responsabilidades  definidas  na  respectiva  documentação.  Ou  seja, 
trocar dinheiro na mão com alguém pode ser considerado ilegal. 
NZ for dummies
 
É seguro trocar dinheiro com algum brasileiro (método da 
pergunta anterior)? 
R:  Algumas  pessoas  não  entendem  como  funciona  este  método,  então  segue  uma  explicação  melhor. 
Vamos  supor  que  você (pessoa A) está querendo 1000 dólares (NZD) e o seu dinheiro está em real, numa 
conta  num  banco  brasileiro  qualquer.  Vamos  supor  que  você  encontrou  num  grupo  do  facebook,  uma 
pessoa  (B)  que  está  precisando  enviar  dinheiro  para  o  Brasil.  Você  resolveram  que  iriam  trocar  os  1000 
NZD  na  cotação  do  dia  (que ficaria um total de R$ 2.389,52). A ideia é simples, a pessoa A vai transferir o 
dinheiro  para a conta que a pessoa B indicar no brasil (geralmente uma conta própria ou de um parente) e 
a  pessoa  B  vai  te  dar  o  dinheiro  em  mãos  ou  depositar  numa  conta  indicada  pela  pessoa  A  na  NZ. 
Simples,  rápido  e  fácil.  Vou  apenas  deixar  algumas  considerações  após  ver  várias  e  várias  pessoas 
fazendo  este  tipo  de  transação.  Bom,  sempre  existirão  pessoas  que  tentam  agir  de  má  fé,  por  isso,  a 
melhor  coisa  que  se tem a fazer é minimizar os riscos através de algumas medidas. Desconfie se alguém 
estiver  vendendo  ou  comprando  muito  abaixo  da  cotação  oficial. As primeiras vezes que você for fazer a 
transação  com  esta  pessoa,  faça  pessoalmente  e  marque  em  lugares  públicos  (cafés  ou  restaurantes). 
Peça  para  a  pessoa  enviar  um  comprovante  na  hora  para  você  e  se  a  transferência  for  para  o  mesmo 
banco,  o  dinheiro  deve  cair  na  hora.  Evite  fazer  valores  altos  nas  primeiras  vezes,  na  pior  das  hipóteses, 
você perdeu pouco dinheiro. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
-  ​De  acordo  com  a  regulamentação  Brasileira  (RESOLUÇÃO Nº 3.568, DE 29 DE MAIO DE 2008 do Banco 
Central)(​http://www.bcb.gov.br/pre/normativos/busca/downloadNormativo.asp?arquivo=/Lists/Normati
vos/Attachments/47908/Res_3568_v9_P.pdf​),  o  Artigo  8o  dispõe  que  uma pessoa (física ou jurídica) só 
poderá  realizar  operações  de  câmbio  (envolvendo  Real)  sendo  contraparte  na  operação  agente 
autorizado  a  operar  no  mercado  de  câmbio,  observada  a  legalidade  da  transação,  tendo  como  base  a 
fundamentação  econômica  e  as  responsabilidades  definidas  na  respectiva  documentação.  Ou  seja, 
trocar dinheiro na mão com alguém pode ser considerado ilegal. 
-  E  como  achar  estas  pessoas  para  fazer  a  troca?  Nos  grupos  de  facebook  e  nos  grupos  de  whatsapp 
você vai sempre ver alguém postando algo do tipo: “compro dolar”, “vendo real”, “compro real”.  
 

É melhor trazer BRL, NZD ou USD (em espécie)? 


R: N
​ a minha opinião, NZD e explico o porque. Primeiro vamos quebrar o termo “melhor” em duas partes. 
Temos o melhor no sentido de vantagem financeira, e em segundo temos o melhor em termos de 
usabilidade. Em termos de usabilidade, o dinheiro deveria estar em NZD, já que a partir do momento que 
você entra na área restrita (para viajar) do aeroporto (supondo que você saia do Brasil), o real não vale 
mais nada. Ainda em termos de usabilidade o USD (Dólar Americano) é aceito em todos os aeroportos do 
mundo (eu acho). Mas assim que você pisar na NZ (fora do aeroporto) só será aceito NZD, por isso em 
termos de usabilidade eu traria para a NZ apenas NZD em espécie. Como eu imagino que a sua viagem 
deve ter mais tempo na NZ do que no aeroporto, acho que NZD é a melhor opção. Agora se você for fazer 
uma parada longa em algum país, aproveite para dar uma volta, conhecer algo, e para isso talvez um 
pouco de USD seja melhor. 
NZ for dummies
 
Agora vamos falar em termos de vantagem financeira. Antes vamos trazer um conceito importante. 
Como as casas de câmbio ganham dinheiro? As casas de câmbio geralmente compram uma moeda por 
um valor x e vendem esta mesma moeda por um valor y (maior que x) e com isso eles fazem dinheiro 
comprando e vendendo moeda. Essa diferença entre x e y é chamado de Spread. Agora em termos 
práticos para nós os meros mortais? Infelizmente não existe uma resposta certa, pois depende de cada 
cenário. Cada casa de câmbio tem o seu Spread e dependo do cenário pode ser melhor comprar NZD 
direto no Brasil ou até mesmo trocar o seu BRL na NZ por NZD em casas de câmbio daqui. Sempre que 
possível faça análises e cotações diárias antes da sua viagem e troque o dinheiro quando conseguir uma 
cotação boa. O que se tem como quase sempre verdade é que comprar USD para depois trocar pelo NZD, 
você estaria perdendo o dinheiro 2 vezes, mas se for um Spread muito baixo, ainda sim poderia valer 
financeiramente falando a pena fazer esta troca. 
 
   
NZ for dummies
 
CHEGANDO NA NZ 
Quais são os sites mais importantes para ver coisas 
referente ao processo alfandegário? 
R: T​ odas as respostas, você encontrará ou no site do CUSTOMS (​http://www.customs.govt.nz​), o 
CUSTOM seria o órgão responsável pelas questões alfandegárias de pessoas e até mesmo produtos 
importados. Algumas informações também podem ser encontradas no site da imigração (INZ) 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas​). Ainda tem o site do MPI (​https://mpi.govt.nz/​) que 
seria o Ministério das Indústrias Primárias e regulam junto com o CUSTOMS o que pode entrar na NZ. 

Como funciona o processo de chegada na NZ? 


R: O​ processo em si pode ser dividido em algumas etapas. Primeiro ao sair do avião, você vai para o 
“Controle de passaporte” , seguido do “Raio-X de bagagem” e caso necessário a qualquer momento você 
pode ser submetido aos “Procedimentos de Quarentena” ou “Salinha para perguntas”. Antes de ir para o 
controle de passaporte, você precisará preencher um cartão de entrada no país. Este cartão de entrada 
serve para basicamente dizer quem é você, de onde você veio, para que você veio, por quanto tempo você 
veio e o que você trouxe consigo. O cartão de entrada deve ser preenchido em inglês, mas ele está 
disponível em português. Para aqueles que terem ter uma noção do o que está escrito no cartão de 
entrada 
(​https://www.customs.govt.nz/globalassets/documents/forms/passenger-arrival-card-portuguese-langu
age-version.pdf​ ). De posse do cartão preenchido você deve rumar para o controle de passaporte. 
Existem 3 coisas a serem obrigatoriamente apresentadas neste momento: Passaporte, Cartão de Entrada 
e Visto (OBS: Se você não tiver tirado um visto da NZ previamente, você ​poderá​ receber o visto de visitor, 
também conhecido como turista). O agente de imigração (INZ) pode fazer algumas perguntas para 
averiguar que as informações apresentadas no seu cartão de embarque são verdadeiras (foi criado uma 
pergunta apenas para isso). Ao receber o seu passaporte com sucesso, você irá pegar suas malas e ir 
para o Raio-X de bagagem. Esta etapa é para verificar que você não está trazendo nada de proibido para o 
país (foi criado uma pergunta apenas para isso). Passando pelo Raio-X de bagagem, você basicamente 
está apto a desfrutar a NZ. Em qualquer momento se um agente do customs achar que existe algo de 
errado com você ou sua bagagem, ele poderá fazer algumas perguntas ali mesmo ou até mesmo te levar 
para uma sala reservada.. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Todas as informações foram retiradas do site 
(​http://www.customs.govt.nz/inprivate/onyourarrival/Pages/default.aspx​). 
- Um colaborador que trabalhou junto no aeroporto em conjunto com a INZ fez uma explicação em 
português para os itens no cartão de chegada (Arrival Card), vale a pena dar uma olhada na explicação e 
comparar com o cartão original, já que pode ser que a INZ mude alguns campos do cartão. 
(​https://drive.google.com/file/d/0B3ZM3YhtpVLhdmpZWXo4TTRUYnc/​)  
NZ for dummies
 
- Durante o processo de Raio-X da bagagem se o agente de imigração (INZ) achar conveniente, ele pode 
abrir todas as suas malas e revistar item por item, inclusive fazendo perguntas sobre os itens. 
- É muito comum pessoas se referirem a imigração da NZ como INZ. 

Quais as perguntas o agente de imigração (INZ) pode me 


fazer? 
R: C
​ omo informado na pergunta anterior, durante o Controle de Passaporte o agente de imigração (INZ) 
pode fazer perguntas para confirmar a veracidade da informação escrita no seu cartão de entrada. Aqui 
cabe um adendo, isso é quase que uma questão de sorte, pois o agente pode olhar para você e “carimbar” 
o seu passaporte sem nem dizer um Oi se quer, ou ele pode também fazer perguntas dos mais variados 
assuntos e inclusive solicitar comprovação de renda, exames médicos ou seguros de saúde, dependendo 
do visto. Também durante o Raio-X da bagagem você poderá ser abordado por um agente para responder 
algumas perguntas. Vou dar um conselho: ​Nunca minta para um agente da imigração (INZ)​. Agora que já 
demos o básico vamos as perguntas mais ouvidas pelos Brasileiros. 
- “Qual o propósito da sua visita?” 
- “Quanto você trouxe de dinheiro?” 
- “Por quanto tempo você pretende permanecer na NZ?” 
- “Onde você vai se hospedar?” 
- “Onde está a sua passagem de volta?” 
- “Quais cidades você pretende visitar” 
- “Se você trouxe algum item proibido na sua mala?” 
- “Para que serve este item? (apontando para algum item da sua mala)” 
- “Qual escola você vai estudar? (caso você venha com visto de estudante)” 
- “Você sabe quais lugares são proibidos de acampar? (caso você venha com itens de acampamento)” 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- De maneira a confirmar a sua veracidade das suas informações, é S ​ UPER IMPORTANTE​ que você tenha 
documentos que ratifiquem a sua informação. Vamos dar um exemplo, vamos supor que você venha para 
a NZ com intuito de passar 20 dias como turista. O Agente de imigração (INZ) te parou e resolveu 
perguntar “Qual o propósito da sua visita?”, caso você tenha para mostrar a sua passagem de volta, você 
também mostre a reserva do hotel pelo período de 20 dias, mostre um roteiro que você vai tentar fazer, de 
lugares para conhecer e visitar, se você comprovar que tem dinheiro para ficar os 20 dias fica mais fácil 
do agente conceder o visto. Geralmente o que a galera pergunta é, então quais documentos eu preciso 
levar para me ajudar com o agente de imigração (INZ). Bom, vai obviamente depender do que você vem 
fazer na NZ, mas supondo que você venha para passar um tempo e voltar para o Brasil, além das coisas 
já citadas no exemplo, você poderia mostrar um vínculo empregatício com a empresa que você trabalha. 
Poderia mostrar coisas em seu nome no Brasil. Tem várias maneiras de abordar este ponto. 
- Quase todos os vistos vão requerer comprovações de alguma coisa. Pode ser uma comprovação 
financeira, podem ser exames médicos, pode ser o seguro viagem (WHV é obrigatório), então é bom que 
você veja quais são os documentos obrigatórios para o seu visto e os leve (pelo menos uma cópia) para 
apresentar caso seja solicitado durante o processo de imigração (INZ). 
- Se o agente de imigracao desconfiar que você irá trabalhar ilegalmente, mesmo você dizendo que veio a 
passeio, ele pode pedir para desbloquear seu celular para buscar mensagens comprometedoras no seu 
NZ for dummies
 
whatsapp ou sms, emails, etc. Caso você se recuse, e tem este direito, saiba que gerará ainda mais 
desconfiança e sua entrada no país pode sim ser recusada. Ai resta voltar ao Brasil. Isto já acontece com 
frequência nos aeroportos americanos.  

Como posso comprovar os 1000 NZD ou 1250 NZD ou 


4200 NZD? 
R: E​ sta pergunta deveria estar na parte de vistos, mas como esta é uma das maiores preocupações das 
pessoas na hora da chegada, a pergunta vem aqui. Uma das principais regras tanto para quem vai 
estudar quanto para quem vai vir a turismo é que você tem que comprovar fundos para se manter na NZ 
para cada mês que pretende ficar na NZ. O valor de 1250 NZD é para quem vem estudar, 1000 NZD para 
quem vai vir com o visto de turismo e 4200 NZD para quem vai vir com o visto WHV . Esta informação, 
pode ser confirmada nos respectivos links abaixo: 
 
Visto de Visitante: 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/criteria/visitor-visa?nationality=nati
onality-BRA&country=residence-BRA&applying=co​)  
 
Visto de Estudante: 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/criteria/full-fee-paying-student-visa
?nationality=nationality-BRA&country=residence-BRA&applying=no​) 
 
Visto de Working Holliday 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/about-visa/brazil-working-holiday-vi
sa#https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/visa-factsheet/conditions/brazil
-working-holiday-visa​).  
 
Vias de regra para comprovar que você tem o dinheiro necessário para se manter na NZ você pode se 
valer de “declarações bancárias” que seria um extrato dos últimos meses de sua conta bancária. Últimas 
faturas do cartão de crédito também podem ser usadas como comprovantes. Travellers cheques 
também podem ser usados (alguém ainda usa isso) ou até mesmo o dinheiro em espécie. Caso algum 
parente esteja pagando o curso ou bancando a viagem será necessário preencher o formulário 
“Sponsorship form for temporary entry” 
(​https://www.immigration.govt.nz/documents/forms-and-guides/inz1025.pdf​). Caso o visto de turismo 
seja aplicado, o valor a ser demonstrado pode ser reduzido para 400 NZD por mês, caso você seja capaz 
de mostrar pré-pagamento de acomodação, voucher de hotel também serve para reduzir o valor. Para 
quem vem com o visto de estudo, mostrar que a maioria das despesas (curso, acomodação, …) já foram 
pagas, também pode servir como evidência. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Você pode comprovar o dinheiro em qualquer moeda, não necessariamente você tem que mostrar NZD. 
Caso você queira levar um extrato bancário, este documento tem que estar em inglês, não é necessário 
uma tradução juramentada, pode ser feito de próprio punho ou caso você queira pagar um tradutor não 
juramentado. 
NZ for dummies
 
- Alguns casos de vistos recebem um adendo do tipo “Financial evidence not required” ou “The holder of 
this visa is sponsored”, caso seu visto tenha isso, você não precisa comprovar nada de dinheiro. 

Posso ser barrado e deportado de volta para o Brasil? 


R: S
​ im, sem sombra de dúvidas e existem alguns Brasileiros que já passaram por esta terrível 
experiência. Se por algum motivo algum agente de imigração (INZ) achar que você está mentindo 
provavelmente você será levado para uma sala especial (que você vai conversar com oficial de 
imigração) e eles farão várias perguntas. Algumas pessoas reportaram que chegaram a ficar até 5 horas 
na salinha do oficial. No final das contas, um dos possíveis desfechos para este caso é a deportação para 
o Brasil. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Caso você seja deportado você não poderá voltar para a NZ por um período. Não sei exatamente o 
período e não achei ainda esta informação, assim que tiver eu atualizo aqui. 
- As perguntas feitas na salinha, são basicamente as mesmas já mencionadas em (​Quais as perguntas o 
agente de imigração (INZ) pode me fazer?​) além do fato que eles podem pedir para você desbloquear o 
seu celular ou laptop para que eles deem uma olhada e peçam para você abrir o seu facebook e email 
também. Importante dizer que você não é obrigado a desbloquear o celular ou laptop para o agente de 
imigração, como eles também não são obrigados a aceitar você na NZ. Então se você não tiver nada a 
esconder, minha sugestão é que você faça o que o agente solicitou. 
- Caso você tenha o seu visto negado (qualquer visto que seja), você poderá solicitar as anotações 
completas da imigração. Você não precisa de um Immigrant Adviser para tal, isso poderá ajudar a 
descobrir o motivo da negação do visto. 

Transfer do aeroporto para CBD (ou hotel)? 


R: B​ om, primeiramente vai depender de qual aeroporto você chegou. Para Auckland, você tem 
basicamente as seguintes opções: Táxi, Uber, Shuttle, Skybus, Ônibus de rua, Alugar um carro e 
Brasileiros fazendo transporte. Todas as informacoes você pode encontrar em 
(​https://www.aucklandairport.co.nz/transport​) e 
(​https://at.govt.nz/bus-train-ferry/bus-services/airport-services/​). O preço para um táxi, pode chegar a 70 
NZD. Uber por conta da tarifa dinâmica, fica meio imprevisível, mas geralmente se paga por volta de 45 
NZD. Shuttle é uma mistura de Táxi com Ônibus. Ele te deixa na porta do seu endereco, mas vai parando 
para deixar outras pessoas no meio do caminho. Skybus é um ônibus bem bacana com WIFI e mais 
confortável que o ônibus de rua. Ele tem poucos pontos no trajeto Aeroporto -> CBD então vai mais 
rápido. Ônibus de rua é sem sombra de dúvidas a opção mais barata, mas pode dar mais trabalho 
dependendo da quantidade de malas, baldeações, distância do ponto até o seu endereço final. Alugar 
carro também é uma opção, mas não sugiro se o objetivo for apenas o transfer. Última maneira é 
procurar nos grupos de brasileiros (facebook e whatsapp) pessoas que façam este traslado. A vantagem 
dos Brasileiros é que você pode ir conversando em português e ir perguntando coisas sobre a cidade. 
Alguns links para as empresas: 
- ​https://www.skybus.co.nz/fares 
- ​https://www.intercity.co.nz/ 
- ​https://www.aucklandairport.co.nz/transport/taxis-and-shuttles 
NZ for dummies
 
- ​https://www.aucklandairport.co.nz/transport/public-transport 
- ​http://nakedbus.com/nz/home/ 
- ​https://www.supershuttle.co.nz/ 
 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Caso você venha para ficar pouco tempo, algumas empresas dão desconto na compra de ida e volta no 
mesmo pacote. 
- O Shuttle dá desconto por pessoa para grupos, então se forem 3 pessoas juntas (para o mesmo 
endereço) ficará mais barato do que se 3 pessoas pagarem separado. 

O que posso trazer na mala? 


R: A​ primeira coisa que você deve se lembrar é que a NZ é uma ilha, sendo assim existe um micro 
ecossistema específico e tudo trazido de overseas (termo usado para literalmente o “além mar”) pode 
causar impacto. Por isso a alfândega na NZ é tão precavida quanto o que é trazido para a NZ. Dito isto 
vou me atentar aos itens “comuns” perguntados pelas pessoas. Mas informo que tudo que você pensa 
em trazer em sua mala, pode ser classificado em 3 categorias.  
1) Itens proibidos de serem trazidos 
2) Itens permitidos de serem trazidos mas precisam ser declarados 
3) Itens permitidos de serem trazidos 
 
Os links mais importantes para serem pesquisados são: 
- ​https://www.govt.nz/browse/immigration-and-visas/bringing-things-into-nz/what-you-can-bring-into-nz/ 
- ​http://www.customs.govt.nz/features/prohibited/imports/Pages/default.aspx 
- ​http://www.customs.govt.nz/news/resources/factsheets/Documents/Fact%20Sheet%2005.pdf 
- ​http://www.customs.govt.nz/inprivate/sendingitemstonz/giftsandbelongings/Pages/default.aspx 
- ​https://mpi.govt.nz/travel-and-recreation/arriving-in-new-zealand/bringing-food-for-personal-use/ 
- ​https://www.mpi.govt.nz/travel-and-recreation/arriving-in-new-zealand/items-to-declare/ 
 
A diferença entre o que é permitido trazer e precisa declarar (2) e o que não precisa declarar (3) é feita 
por 2 aspectos: O item em si e sua quantidade. Vamos a uma lista do itens mais perguntados: 
- Dinheiro, você pode trazer até 10.000 NZD em espécie sem precisar declarar. 
- Álcool, você pode trazer até 3 garrafas (de até 1125 ml cada) e 4,5 litros de vinho ou cerveja sem 
precisar declarar. 
- Tabaco, você pode trazer até 50 cigarros sem precisar declarar ou 50 gramas de cigarro ou tabaco. 
- Animais domésticos, se o seu bichinho de estimação vive no Brasil, saiba que existe um processo para 
trazer ele junto com você, será explicado com mais detalhes em outra pergunta. 
- Remédios, existe uma regra muito específica para isto, sugiro utilizar os canais para descobrir sobre um 
remédio específico, mas os remédios básicos que geralmente são vendidos nas farmácias sem nenhuma 
prescrição médica, tendem a ser permitidos, desde que declarados. Maiores informações 
(​http://www.customs.govt.nz/features/prohibited/imports/Pages/default.aspx?q=8&s=8​). 
- Alimentos não industrializados, como, frutas, legumes, sementes, carnes, verduras, ​são proibidos​. 
- Alimentos industrializados, o site do MPI mantém uma página específica para isso, alguns itens que 
NZ for dummies
 
com certeza vão para a lista de proibidos são: Mel, café, chá, laticínios. 
(​https://mpi.govt.nz/travel-and-recreation/arriving-in-new-zealand/bringing-food-for-personal-use/​) 
- Drogas e itens utilizados no consumo ou preparo de drogas, ​são proibidos​. 
- Armas de fogo ou explosivos, s ​ ão proibidos​. 
- Publicações pornográfica também s ​ ão proibidas​. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- De acordo com o site da Customs, caso você tenha dúvida se o item precisa ou não ser declarado, é 
melhor declarar e o item “não ter que ser declarado” do que não declarar um item que precisaria ser 
declarado. (​http://www.customs.govt.nz/inprivate/onyourarrival/arrivalscreening/Pages/default.aspx​) 
- Existem 2 órgãos na NZ que atuam neste quesito, o Customs e o MPI. 
- O departamento de Customs, mantém uma página no facebook 
(​https://www.facebook.com/NZCustoms/​) e twitter (​https://twitter.com/NZ_Customs​) que explicam com 
mais detalhes sobre os itens e ainda podem responder perguntas específicas por mensagem. 
- O departamento de MPI (Ministério de Indústrias primárias), mantém uma página no facebook 
(​https://www.facebook.com/MPIgovtnz​) e twitter (​https://twitter.com/MPI_NZ​) que explicam com mais 
detalhes sobre os itens e ainda podem responder perguntas específicas por mensagem. 
- Não preciso dizer que tudo que você pretende trazer para a NZ deve ser para consumo próprio ou bens 
pessoais. 
- Um infográfico muito interessante mantido pelo MPI e Customs pode ser visto no seguinte link 
(​https://pbs.twimg.com/media/C_53YbnUQAA_3ga.jpg​). 
- Botas e Itens de acampar que estejam sujos de lama ou terra, deverão ser muito bem limpos ou podem 
ser obrigados a serem descartados. A justificativa é que lama e terra podem conter microorganismos e 
isso prejudicaria o ecossistema da NZ. 

Posso trazer meu animal de estimação? 


R: A​ resposta final é depende do seu animal e sua raça. Porém ainda que o seu animal possa ser trazido 
para a NZ, existe um processo rigoroso, caro (por volta de R$26.000,00) e demorado (por volta de 6 
meses) que precisa ser seguido, para que isso aconteça. Vou logo de cara deixar o link para o site do MPI 
que explica todo o processo e suas nuances (​https://mpi.govt.nz/importing/live-animals/pets/​). Alguns 
exemplos de animais que não podem ser trazidos são: Aves, cobras, Ratos e roedores, alguns tipos de 
répteis. Caso o seu animalzinho de estimação seja um cachorro ou gato o processo pode ser lido em 
(​https://mpi.govt.nz/importing/live-animals/pets/steps-to-importing-cats-and-dogs/​). Caso o seu 
animalzinho de estimação não seja um cachorro ou gato o processo pode ser lido em 
(​https://mpi.govt.nz/importing/live-animals/pets/steps-to-importing-pets-other-than-cats-and-dogs/​). 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Existem algumas empresas especializadas em fazer o processo de ponta a ponta, com elas o valor 
tende a ser um pouco maior. 
- Nenhum dos autores do documento fez ou conhece alguém que fez este processo, por isso todas as 
informações desta pergunta são exclusivamente teóricas e tiradas do site do MPI. 
- Nem todos os cachorros podem ser trazidos para a NZ, alguns exemplos como temos as raças fila 
brasileiro e American Bull terrier. 
NZ for dummies
 
- Um post muito interessante que contém inclusive links para grupos no facebook e vários relatos é este 
aqui (​http://toindoviajar.com.br/levar-animal-para-nova-zelandia-australia/​) 

O que é visto restrito? 


R: P
​ ergunta respondida mais abaixo, pode clicar direto neste ​link​. 

Quanto posso comprar no Duty-free? 


R: Q​ uando você está viajando internacionalmente você pode passar por diversos Duty-frees. Os 
duty-frees, são empresas permitidas de vender itens sem impostos locais. Quando você chega na NZ 
existe um limite de quanto você pode gastar comprando nos duty-free (você pode passar em mais de 1 
duty-free durante a sua viagem). O limite atual é de 700 NZD em gastos e alguns itens como tabaco, 
álcool possuem limitações de quantidades também. Os limites para os itens são os mesmos limites 
referenciados na pergunta “O que posso trazer na mala?”. Existe também um limite para o valor de cada 
item, se você comprar um item único de valor superior a 225 NZD ele pode ser taxado. O Customs 
mantém um site que ajuda a calcular se você está acima do limite e precisará pagar taxas pelas compras 
no duty-free, ​http://www.whatsmyduty.org.nz/​.  
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- O site do aeroporto de auckland também uma explicação bem simples sobre os limites existentes para o 
duty-free. h
​ ttps://www.aucklandairport.co.nz/shopping/duty-free-allowances 
- ​http://www.customs.govt.nz/features/charges/dutyfree/Pages/default.aspx 

Quanto devo trazer de dinheiro vivo na mão (cash)?


R: B​ om, esta pergunta não vai responder quanto custa a sua viagem. A ideia desta pergunta é responder 
quanto você deveria trazer de dinheiro vivo (em notas mesmo) (ou cheque viagem) para a sua viagem. 
Primeiramente vamos estabelecer os limites legais. De acordo com o cartão de viagem que você 
preenche ao chegar na NZ, 
(​http://www.customs.govt.nz/news/resources/forms/Documents/Passenger%20Arrival%20Card%20Port
uguese%20language%20version.pdf​) caso você esteja trazendo mais de 10.000,00 NZD você é obrigado a 
declarar o dinheiro (ou cheque viagem). Isso não quer dizer que você não possa trazer mais do que isso, 
mas a imigração da NZ, poderá questionar a origem do dinheiro e várias outras coisas. Como imagino 
que você esteja saindo do Brasil, existe também o limite para sair do Brasil com dinheiro sem ter que 
declarar. De acordo com o site da Receita 
(​https://idg.receita.fazenda.gov.br/orientacao/aduaneira/viagens-internacionais/guia-do-viajante/saida-d
o-brasil/dinheiro-em-especie-na-saida-do-brasil​) você pode sair do país carregando em especie (ou 
cheque viagem) até R$ 10.000,00 em valores. Agora vamos discutir o quanto se deveria trazer. Vou deixar 
claro que isso é uma opinião pessoal e cada pessoa deve fazer uma análise para saber quanto deveria 
trazer de dinheiro em espécie. Bom dependendo do objetivo da viagem (turismo, estudo, trabalho, imigrar) 
pode alterar o seu valor final. Outra coisa que você deve levar em consideração também é o tempo que 
você pretende passar na NZ. Vou dar um exemplo onde eu e minha esposa viemos para passar 1 ano 
estudando na NZ. Nós chegamos a conclusão que a melhor coisa seria levar 1.000 NZD em espécie 
NZ for dummies
 
(comprado em uma corretora) do Brasil. Por que fechamos este valor? Primeiro que o dinheiro em 
espécie tem uma desvantagem sobre todos o meios eletrônicos. Se por algum motivo fossemos 
roubados ou perdessemos o dinheiro, acabou, não tem como recuperar ele. Ao passo que se você perder 
o cartão, você manda cancelar, emite um novo e dificilmente irá ter maiores dores de cabeça. Outra coisa 
que nos ajudou a definir o limite foi o fato de que como nosso objetivo era estudar, sabíamos que em 
pouco tempo, estaríamos com uma conta bancária na NZ e teríamos outros meios para mandar o 
dinheiro do Brasil para a NZ. Então você pode se perguntar porque não trouxemos apenas 100 NZD? 
Como você pode imaginar imprevistos acontecem. Da mesma maneira que você pode perder (ou ser 
roubado) o seu dinheiro em espécie, poderia acontecer com os nossos cartões do Brasil. E não sabíamos 
ao certo caso isso acontecesse quanto tempo demoraria para o novo cartão chegar na NZ. Por isso 
pensamos que na pior das hipóteses, este dinheiro ficaria guardado para uma emergência do tipo. 

Para que serve o 18+ card? 


R: O​ 18+ Card (pronuncia-se eighteen plus card) serve para provar que você tem mais de 18 anos e pode 
comprar bebida alcoólica. Uma das maiores vantagens do 18+ card que ele é aceito geralmente para 
várias outras coisas como prova de que você é você, assim não será necessário ficar carregando o seu 
passaporte em todos os lugares. Para você tirar dúvidas sobre o 18+ card, você pode entrar no site 
(​http://www.18plus.org.nz/​). O processo é simples, você vai nos correios e tira um formulário e começa a 
preencher. Você não deve assinar e datar o formulário ainda. Para assinar o formulário você precisa fazer 
isso na frente de um Justice of the Peace (juiz de paz) ou JP como são conhecidos. Os JPs basicamente 
fazem uma autenticação do seu documento (o mesmo que um cartório faria), porém ele não cobra nada 
por isso. Para achar o JP mais perto use o link (​http://justiceofthepeace.org.nz/Find+a+JP.html​). Na 
frente dele você vai assinar o documento sem problemas e será necessário apresentar o seu passaporte. 
Assim que você tiver o formulário assinado, você vai levar os seguintes itens para o post (correios) mais 
perto de você (​https://www.nzpost.co.nz/tools/postshop-kiwibank-locator​): 
- Formulário 18+ assinado (e reconhecido pelo JP) 
- Foto (igual foto de passaporte) (Alguns posts offices tiram foto por um taxa) 
- Comprovante de residência 
- Passaporte 
- 45 NZD 
Em até 2 semanas você vai receber o seu 18+ card em casa. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Se você pretende converter a sua CNH para uma Driver License da NZ, talvez não valha a pena você 
fazer o 18+ card, pois a NZDL (Driver License da NZ) serve já como documento para tudo que o 18+ 
também serviria. 
- O JP pode fazer umas perguntas antes de deixar você assinar para provar que você é você. Ele vai 
perguntar coisas que estão no seu passaporte, nome completo, idade, local de nascimento. 
- Eu pessoalmente acho que uma das primeiras coisas que você deve fazer é o 18+ card para poder ficar 
andando com ele como documento de que você é você. Pois o trabalho e dor de cabeça e custo que vai 
te dar se você por um acaso perder o seu passaporte é muito maior do que o investimento.
NZ for dummies
 
Qual a idade para entrar nos bares e baladas? 
R: A
​ idade mínima para entrar em alguns bares e baladas na NZ é 18 anos. Muito provavelmente na porta 
do local terá um segurança que solicitará um documento que comprove a sua idade. Serve o seu 
passaporte, ou o 18+ (pronuncia-se eighteen plus card) ou caso você tenha a carteira de motorista da NZ. 
A carteira de motorista do Brasil, ou alguma carteira que não esteja em inglês, não será aceita, mas 
alguns seguranças deixam passar na conversa. 

Como a NZ é dividida geograficamente? 


R: P​ rimeiro vamos falar do Brasil, para ficar mais fácil de comparar. Em termos de divisão geográfica do 
Brasil temos: Brasil > Estados > Cidades > Municípios > Bairros. Podemos até agrupar os Estados em 
regiões (Sul, Sudeste, Norte, Nordeste, Centro-Oeste) mas este agrupamento não representa nenhum 
sentido do ponto de vista socioeconômico é meramente um agrupamento geográfico. 
Agora, como funciona na NZ? A Nova Zelândia é um país bem menor que o Brasil, portanto a sua divisão 
não é a mesma. Em termos de divisão geográfica da NZ temos: NZ > Região (Region) > Distrito (Districts) 
> Bairros. 
A NZ possui um total de 13 regioes (​https://en.wikipedia.org/wiki/Regions_of_New_Zealand​) e um total 
de 53 distritos (​https://en.wikipedia.org/wiki/Districts_of_New_Zealand​). Da mesma maneira que no 
Brasil temos o agrupamento dos estados, aqui temos também o agrupamento de regiões, a diferença é 
que este agrupamento é quebrado em 2, a Ilha Norte e Ilha Sul. Caso você queira ver um mapa com as 
divisões de região e distrito 
(​https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/2/21/NZ_Regional_Councils_and_Territorial_Authoriti
es_2017.svg​).

Pontos que valem a pena ser mencionados: 


- Alguns sites apresentam uma divisão diferente para os distritos. Por exemplo, Auckland é uma região 
com apenas um distrito (Auckland), porém se você for no site Trademe na parte de procura de casas, 
você verá que dentro da Região de Auckland, existem 9 distritos, essa divisão é apenas informal. 
- é comum ver algumas regiões pequenas sendo agrupadas em alguns sites, Nelson e Tasman por 
exemplo.

Preciso tomar alguma vacina para entrar na NZ? 


R: A​ resposta curta e grossa é
​ ​ não. Você não precisa de nenhuma vacina para entrar na Nova Zelândia. 
Você pode confirmar tal informação no site da OMS 
(​http://www.who.int/ith/2017-ith-country-list.pdf?ua=1​). Contudo se você tem planos de viajar para 
alguns países ao perto da NZ é ​ ​ provável que vão requisitar que você tenha tomado a vacina de febre 
amarela ou malária e para isso é ​ ​ melhor já ter o certificado de vacinação internacional vindo do Brasil, 
onde você pode fazer de graça. Se você não souber como tirar o certificado, entre no site da ANVISA na 
parte de viajantes, tem todas as informações necessárias.
NZ for dummies
 
   
NZ for dummies
 
CUSTO DE VIDA 
A intenção desta seção não é trazer uma tabela completa por itens e sim ir quebrando por partes (ou ir
respondendo nos outros tópicos). A ideia é que você possa ​aprender​ um pouco mais como funciona a
NZ ao invés de apenas “achar” um número mágico de quanto você gastaria para viver na NZ. Mas caso
você precise de uma tabela completa sugiro usar estes 3 links:
- ​https://www.newzealandnow.govt.nz/living-in-nz/money-tax/comparable-living-costs
-​ ​https://www.expatistan.com/cost-of-living/auckland
-​ ​https://www.numbeo.com/cost-of-living/in/Auckland

Quanto custa um plano de celular? 


R: C
​ omo a maioria das coisas, vai depender de quanto você usa de Internet, SMS e Ligação. Tudo isso vai 
alterar o valor do seu plano. É muito comum as operadoras fazerem planos pré-pagos, por volta de 20 a 
30 NZD por mês, cobrindo a maioria das necessidades básicas. O Plano que eu (autor) tenho neste 
momento é um pré-pago da Vodafone que dá direito: 150 min + 3GB + 50 txt, pagando 34 NZD por mês. 
Agora quanto aos principais provedores de telefonia na NZ são: 
- Vodafone - ​http://www.vodafone.co.nz/ 
- Skinny - ​https://www.skinny.co.nz/ 
- Spark - h
​ ttps://www.spark.co.nz/ 
- 2degrees - h ​ ttps://www.2degreesmobile.co.nz/ 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Alguns planos da Spark, permitem você usar WiFi público e não descontar da sua franquia. 
- Alguns planos da Vodafone, tem “brindes” às sextas feiras, e de vez em quando tem brinde de internet 
gratuita por alguns dias. 
- Algumas empresas que oferecem Telefonia e Internet, dão desconto para quem tem mais de um 
produto, talvez seja o caso de sentar e fazer as contas. 
- Planos pós pagos, podem custar uma média de 80 NZD, mas a maioria dos Brasileiros que eu conheço 
usa planos pré pago e botam para recarregar automaticamente. 

Quanto custam as compras do supermercado? 


R: N​ ão vou nem dizer que isso depende do seu caso, você pode preferir viver de miojo e refrigerante o 
mês inteiro, ou você pode ser uma pessoa que só consome produtos orgânicos que são mais caros que 
os não orgânicos. Existe um site muito legal que mostra esta informação de mão beijada com uma lista 
básica de produtos que uma casa normal consome. O numbeo 
(​https://www.numbeo.com/cost-of-living/in/Auckland​) é bem interessante, mas acho que a melhor coisa 
que você poderia fazer é entrar no site dos principais supermercados e dar uma olhada mais ou menos 
nos preços do itens que você geralmente compra para sua casa. Então os links dos supermercados mais 
conhecidos na NZ são: 
- Pak n Save -​ ​http://www.paknsave.co.nz/ 
- Countdown - ​https://shop.countdown.co.nz/  
- New World -​ ​http://www.newworld.co.nz/online-shopping/ 
NZ for dummies
 
- The Warehouse - h
​ ttp://www.thewarehouse.co.nz/​ (Eles não são bem um supermercado, estão mais 
para Lojas Americanas, mas também tem algumas coisas de supermercado) 
 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Aqui na NZ também tem mini mercados (chamados de “chinês” ou “indianos” e nestes locais as 
verduras, legumes e frutas tendem a ser BEM BEM mais baratos que num supermercado grande). 

Eletrônicos (Celular, Laptop, Drone, VideoGame, ...)? 


R: B ​ om se você acha que na NZ os preços serão iguais aos dos Estados Unidos, saiba que não é bem 
assim que a banda toca, contudo, os preços aqui estão longes de se ser os do Brasil. Se você quer 
comprar para levar de volta para o Brasil, por conta da conversão do dólar, o preço final pode acabar 
sendo o mesmo que no Brasil, mas se você pretende morar na NZ, os valores serão considerados 
normais. Saiba que é muito comum comprar coisas usadas na NZ, por isso também coloco alguns sites 
para este nicho. 
- TradeMe - ​http://www.trademe.co.nz​ (Usados)
- PriceMe - ​https://www.priceme.co.nz​ (Pesquisar Preços)
- PC Traders - ​https://pctraders.co.nz/​ (Laptops refurbished)
- Noel Leeming - ​https://www.noelleeming.co.nz/
- PB Tech - ​https://www.pbtech.co.nz/
- JB Hi-Fi - ​http://www.jbhifi.co.nz
- EB Games - ​https://www.ebgames.co.nz/​ (Ligado a VideoGames)
- The Warehouse - ​http://www.thewarehouse.co.nz/
- Farmers - ​https://www.farmers.co.nz/
- Harvey Norman - ​http://www.harveynorman.co.nz 
-​ ​P​ar​ ​al​ ​l​e​l​ I​ ​m​po ​ ​r​te​ ​d​ ​-​ h
​ ttps://www.parallelimported.co.nz/ 
-​ ​Ei​ ​nf​ ​o​ ​(​No ​ r​ ​t​h​ S
​ h​ ​or​ ​e, Auckland​)​ -​ ​ w
​ ww.einfo.co.nz​ ​-​ ​(C
​ e​l​u​la
​ ​re
​ ​s​ ​e​ c
​ ​âm
​ ​er​ ​as
​ ​ ​di​ g
​ ​it​ ​a​i​s) 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Na NZ as tomadas são diferentes do Brasil, mas não se preocupe é relativamente fácil de achar em lojas 
de conveniência adaptadores do padrão Brasil para NZ. 
- Na NZ existe uma legislação referente aos drones, então antes de comprar sugiro dar um procurada 
para saber onde pode ou não pode voar. Prometo que assim que achar mais informações atualizo esta 
parte. 

Quanto custa o entretenimento e alimentação fora? 


R: B
​ om entretenimento e alimentação fora é um assunto onde realmente as coisas podem variar 
absurdamente. Você pode gostar de cinema, outra pessoa pode preferir ir a praia. Você pode só comer 
em restaurantes chiques e caros ou curtir um MC Donald’s todo dia. Vou tentar fazer uma mini lista de 
preços dos custos “comuns” para este tópico e vou deixar vários links abaixo onde você pode ir atrás dos 
valores e outras coisas para serem feitas: 
 
NZ for dummies
 
Entretenimento  Custo em NZD 

Cinema (para 1 pessoa) num sábado  15,00 

Pipoca no Cinema (Combo médio)  12,50 

Cerveja num pub (pint)  10,00 

Entrada numa boate/club/night  Geralmente 0 :) 

Big Mac Combo  11,00 

Petisco num barzinho  12,00 

Café (básico) na Starbucks  5,00 

Almoço/Jantar (para 1 pessoa) sem álcool (básico)  18,00 

Mensalidade de uma academia  60,00 

Pizza (mais barata) da Domino’s  5,00 

Almoço/Jantar (para 1 pessoa) sem álcool (TOP)  45,00 


 
- ​https://www.eventcinemas.co.nz/ 
- ​http://www.aucklandnz.com/things-to-do/category/markets 
- ​http://www.aucklandnz.com/love/top-10-free-things-to-do 
- ​http://www.heartofthecity.co.nz/things-to-do 
- ​http://www.aucklandforkids.co.nz/ 
- ​http://moviesinparks.co.nz/ 
- ​http://www.openair.co.nz/events/movies-in-parks/ 
- ​http://www.aucklandtourism.co.nz/events 
- ​http://www.events.nz.com/auckland/ 
- ​http://www.mtruapehu.com/
- ​www.winterfestival.co.nz 
- ​https://www.ymcaauckland.org.nz
- ​www.queenstownjazzfest.co.nz 

Como funciona escola/creche para os meus filhos? 


R:​ Na Nova Zelândia, escolaridade fica dividida nas seguintes etapas: Preschool (até 5 anos), Primary 
School (de 5 a 10 anos), Intermediate (11 e 12 anos) e College ou High School (de 13 a 17 anos). Durante 
a Preschool, o governo oferece 20 horas semanais de subsídio para quem tem visto de trabalho, 
residência ou cidadania. O restante é pago pelos pais. A partir da Primary School, as escolas são públicas 
e gratuitas para quem possui os mesmos vistos acima. Há uma taxa anual, chamada “Donation”, que não 
é obrigatória, porém a maioria paga. A finalidade desta taxa é cobrir os gastos extras da instituição, como 
computadores para os alunos, tablets e equipamentos em geral. O valor varia de acordo com a 
localidade. Em Wellington, por exemplo, fica em torno de NZD 200 por ano. Existem escolas particulares 
NZ for dummies
 
também, mas os custos precisam ser verificados individualmente (os sites costumam fornecer os 
valores). Pré-escola: w
​ ww.kinz.org.nz​. Site da Educação na Nova Zelândia: h
​ ttps://education.govt.nz 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- As matrículas são realizadas pelo sistema de ZONEAMENTO, ou seja, seu filho vai estudar na escola 
mais próxima de sua residência (exceto no caso de questões religiosas). Portanto, ao procurar um bairro 
para morar, pesquise antes sobre as escolas da região para saber se são boas e atendem seus objetivos. 
- Existe um índice de avaliação das escolas na Nova Zelândia chamado DECILE. Este indicador faz 
referência ao padrão socioeconômico dos alunos. ​Escolas de comunidades mais carentes recebem mais 
financiamento do governo. Na prática, escolas com deciles mais elevados costumam ter melhor 
desempenho acadêmico. Portanto, verifique na lista disponível do site abaixo o decile da escola que está 
avaliando 
(​https://education.govt.nz/school/running-a-school/resourcing/operational-funding/school-decile-ratings
/​). 

 
   
NZ for dummies
 
MORADIA 
Quanto custa um aluguel? Como funciona o aluguel?
R: P ​ rimeira coisa é válido informar que na NZ, os aluguéis são cobrados geralmente semanalmente 
(weekly) ou a cada duas semanas (fortnightly). Então como balizamento os preços mostrados nos sites 
geralmente são o valor por semana. O aluguel é quase sempre à vencer, ou seja, você sempre está 
pagando as próximas semanas. Agora quanto ao valor do aluguel em si, mais uma vez, a resposta vai 
depender de onde você vai querer morar e se vai querer dividir com alguém ou não (flatmate). Apenas 
para não dizer que nenhum valor foi passado, o mais barato que já encontrado para um aluguel privado 
(ou seja, sem compartilhar a casa com ninguém) é de 250 NZD por semana (vale comentar que o 
apartamento era um mini cubículo). O valor mais barato já reportado por alguém dividindo a casa e 
inclusive o quarto foi de 60 NZD por semana. Caso você esteja procurando uma informação mais oficial 
em termos de levantamento de preços, o MBIE é bem interessante 
(​https://www.tenancy.govt.nz/rent-bond-and-bills/market-rent/​). Um outro site que também ajuda 
bastante a ter uma idea de local é (​https://www.newzealandnow.govt.nz/living-in-nz/housing​). Existem 
muitos direitos e obrigações de sua parte enquanto um locador, para aprender um pouco mais entre na 
página Tenancy (​https://www.tenancy.govt.nz/starting-a-tenancy/new-to-tenancy/​) do próprio governo. 
Agora o que realmente é possível ajudar é informar os sites mais conhecidos para aluguel de 
casa/apartamento. 
- Trademe - h ​ ttp://www.trademe.co.nz/ 
- Ray White - h ​ ttp://raywhite.co.nz/ 
- Barfoot - ​https://www.barfoot.co.nz/ 
- One Place - ​http://www.oneplace.co.nz/ 
- Impression - ​http://impression.co.nz/ 
- Village Rentals - ​http://villagerentals.co.nz/ 
- Mission Property - h ​ ttp://www.missionproperty.co.nz/ 
-F ​ lat Finder - ​http://www.flatfinder.co.nz/  
- NZ Flat Mates - ​http://www.nzflatmates.co.nz/ 
-G ​ rupos no Facebook de cada cidade - praticamente é possível encontrar grupos no Facebook de todas 
as cidades neozelandesas divididos por interesse. Inclusive grupos ligados a aluguel/flatmate.  
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- É bastante comum ao alugar uma casa ela já vir com os móveis e eletrodomésticos (cama, mesa, 
microondas, geladeira, fogão…), o termo geralmente empregado é furnished ou fully-furnished. 
- Um aspecto a ser levado em consideração na hora de escolher onde morar (e o custo de aluguel) é quão 
longe você estará do seu trabalho/estudo. Saiba que transporte público na NZ, pode ficar caro, então faça 
um balanceamento entre distância x custo. [Transporte público pode ser visto mais a fundo em seu 
respectivo tópico] 
- Inspeções na casa estão previstas em contrato e são relativamente comuns. O que mais assusta os 
Brasileiros neste aspecto é que o Landlord [dono do apartamento] pode fazer uma inspeção ainda que 
você não esteja em casa. As inspeções são agendadas previamente, mas você não precisa 
NZ for dummies
 
necessariamente estar no apartamento. 
(​https://www.tenancy.govt.nz/maintenance-and-inspections/inspections/​)  
- Se você não tem nem ideia ainda de onde vai morar, eu começaria a fazer uma pesquisa do que tem em 
cada região através deste site (​https://www.newzealandnow.govt.nz/regions-nz​). 
- Dependendo da região, concessionárias de energia, água, gás também possuem a chave da sua casa 
para consertos ou novas instalações. Costumam avisar o dia e hora da visita.  

Quanto custa para adquirir Móveis e Eletrodomésticos?


R:​ Bom vamos supor que você precise comprar uma cama nova, ou um outro guarda roupas. Ou até
mesmo que você precise de um novo microondas. Primeiro, saiba que você pode comprar algo usado, é
bem normal na NZ as pessoas venderem móveis e eletrodomésticos usados em boas condições, vale a
pena dar uma olhada. Agora se você faz questão de um novo, mesmo assim você ainda tem uma
variedade de marcas enormes, inclusive umas marcas chinesas que servem como um bom quebra-galho
e tem também marcas mundiais e reconhecidas. Bom os sites bons para pesquisar preços são:
- TradeMe - ​http://www.trademe.co.nz​ (Coisas usadas)
- The Warehouse - ​http://www.thewarehouse.co.nz/
- Noel Leeming - ​https://www.noelleeming.co.nz/
- Priceme - ​https://www.priceme.co.nz/​ (Verificador de preço)
- Farmers - ​https://www.farmers.co.nz/
- ​Grupos no Facebook de cada cidade - praticamente é possível encontrar grupos no Facebook de todas 
as cidades neozelandesas divididos por interesse. Inclusive grupos ligados a compra e venda de 
eletrodoméstico, e Garage Sale.  

O que é o BOND?
R: O
​ BOND seria o “cheque caução” do Brasil e nada mais é do que um valor pago pelo Tenant (quem está 
alugando) a título de reserva, caso o tentant cause algum dano ao imóvel. Mesmo que você pague ao 
proprietário, o dinheiro fica reservado com o governo, pois é ele quem vai decidir caso é necessário usar o 
BOND ou não. Quando você sair do seu apartamento, você preenche um formulário e em alguns 
dias/semanas recebe o seu BOND de volta. Geralmente o valor do BOND fica em torno de 4 semanas de 
aluguel. Alguns colaboradores já relataram que tiveram problemas para reaver o seu BOND, por conta de 
alguns Landlord (proprietário) agirem de má fé. O que acontece é o seguinte, muitas pessoas pagam o 
BOND na mão direto para o Landlord e como geralmente estas pessoas deixam para reaver o BOND nos 
últimos dias antes de voltarem aos seus países (os estudante geralmente) os Landlord dão uma de 
espertinhos e acabam ficando com este BOND, uma vez que ao voltar ao seu país não será tão simples 
de você reaver o seu BOND junto ao proprietário. Caso isso aconteça com você, você deve se dirigir a um 
Tribunal (​https://www.justice.govt.nz/tribunals/tenancy/​) e entrar contra o seu Landlord. Em um tempo 
relativamente curto uma mediation será marcada e caso necessário o tribunal ainda disponibilizará um 
tradutor Brasileiro credenciado, sem custo. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- É bastante comum pagar o BOND na mão direto para o proprietário ou empresa de locação. Minha 
sugestão e que você faça o pagamento do BOND através de uma transferência bancária e coloque na 
NZ for dummies
 
referência que é para o pagamento do BOND. Isso pode te ajudar caso venha ter algum problema com o 
BOND. 
- Até onde pude verificar, não existe a opção de usar um fiador para alugar um imóvel, a única maneira 
aceita é o BOND. 

O que é flatmate?
R: O
​ flatmate, também conhecido como shared (ou roomate, na América), é basicamente uma república 
(ao estilo de filmes americanos). Vou dar um exemplo que fica mais fácil de entender. Uma pessoa 
solteira, resolveu alugar uma casa de 4 quartos e resolveu sublocar os outros 3 quartos para outras 
pessoas. Assim cada um paga ¼ do valor do aluguel. Existem várias coisas importantes para comentar 
sobre esta modalidade. Geralmente a pessoa ao qual o aluguel está vinculado, “dá” as ordens da casa. 
Inclusive pode cobrar ou não um bond dos flatmates. Podem existir ou não regras de convivência, para 
ver quem vai limpar o que em qual dia, e divisão de espaço na geladeira. Podem existir proibições de 
barulhos e festas na casa após certo horário. Geralmente os custos de luz, água, internet, são rateados 
entre todos da casa. Você pode ou não ter um quarto privado, depende de quanto você vai pagar, 
geralmente isso vem escrito no anúncio, se o quarto é shared ou não. Não é incomum você morar numa 
casa de 4 quartos, e cada quarto ter 2 camas de solteiros, assim fica mais barato ainda. É importante 
lembrar também que quando você vai morar com outras pessoas, existem ainda as barreiras culturais e 
linguísticas e isso pode trazer problemas no dia a dia. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- É bastante comum ao ver um anúncio de flatmate, ver uma restrição de sexo, ou seja “Vaga apenas para 
mulheres” ou “Vaga apenas para homens”. 

O que é Homestay? 
R: H
​ omestay é uma modalidade muito oferecida pelas empresas de intercâmbio para que o aluno, possa 
morar na casa de uma família já residente na NZ. Se escolhido o homestay a empresa de intercâmbio que 
e responsável por arrumar uma família para você e caso você tenha algum problema com a família eles 
podem te arrumar outra. Como eles que escolhem a família para você, você pode acabar sendo 
designado para uma família de indianos ou de asiáticos, não necessariamente uma família de Kiwis ou 
Maoris (até porque a família geralmente aceita uma pessoa em casa, pois ela recebe dinheiro com isso). 
A única que vez que li sobre homestay vi que a família era obrigada a te dar um quarto privativo e fornecer 
todas as refeições no seu dia-a-dia, porém sugiro confirmar direitinho isso com a agencia de intercambio.  

Qual a diferença entre Homestay e Flatmate? 


R: C
​ omo parcialmente respondido nas perguntas anteriores, o homestay é quando a agencia de 
intercambio te arruma a casa para morar. Se você estiver em uma agencias de intercambio e decidir que 
você vai resolver por conta própria a sua acomodação, neste caso é provável que você vá procurar uns 
flatmates (para dividir a casa). Você também poderá caso você deseje um lugar só para você.
NZ for dummies
 
Como é o processo para alugar um imóvel?
R: V
​ ocê vai ver processos burocráticos mesmo apenas nas imobiliárias. Elas geralmente pedem, um 
extrato bancário e um contracheque, além do passaporte com o visto. Quando se aluga direto com o 
dono ou uma imobiliária pequena, eles tendem a não pedir nada além dos pagamentos. Uma taxa muito 
comum cobrado pelas imobiliárias e até mesmo por alguns locadores diretos, é o Letting Fee, que seria 
uma comissão para o agente. Em relação ao tempo mínimo de contrato, bom, nas imobiliárias eles 
pedem geralmente 6 meses e para quem vai de flatmate geralmente não tem prazo mínimo. Agora vamos 
supor que você gostou de um imóvel no valor semanal de 500 NZD. Qual seria o custo de entrada para o 
imóvel? Obviamente isto pode mudar de caso para caso, mas o que é bem comum de ser visto é o 
seguinte exemplo. Se o aluguel semanal é de 500 NZD, o bond de 4 semanas ficaria no valor de 2.000 
NZD. A empresa cobra o aluguel de 2 em 2 semanas e como o aluguel é sempre à vencer, você terá que 
pagar os 14 dias em adiantado, mais 1.000 NZD. Existe uma taxa de Letting Fee da imobiliária de 1 
semana de aluguel, somando ao total 500 NZD. Fechando a conta temos 2000 + 1000 + 500, que perfaz 
os 3.500 NZD do custo de entrada. Lembrando que o BOND será devolvido (integralmente ou não) ao final 
do contrato. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Algumas imobiliárias podem indicar uma empresa de energia elétrica e eles mesmos se 
responsabilizam pela ligação do fornecimento de luz, mas você que tera que pagar o connection fee 
(caso exista). 
- Outra coisa que não preciso dizer que um contrato assinado pelas 2 partes também é de suma 
importância, além de obrigatório.  

Água é de graça?
R: A
​ lguma cidades sim. Wellington e Hamilton são algumas delas. Aliás, a água da torneira é potável, sem 
gosto, totalmente confiável. Em Auckland, existem alguns prédios que a água é de graça e outros que 
não. Geralmente no anúncio do imóvel ele informa se for cobrado. 

Quanto custa a conta de luz?


R: E
​ xistem 35 companhias fornecedoras de energia elétrica, nem todas fornecem para todos os locais 
então a melhor coisa neste aspecto é fechar com alguma companhia e ir acompanhando o valor que você 
gastaria com outras empresas, caso você ache alguma outra companhia com um preço melhor, basta se 
cadastrar na nova companhia e pronto. Aqui na NZ é muito comum nas casas o aquecedor da água ser 
elétrico, assim como também o forno e o fogão, então isso tende a aumentar o custo de sua energia 
elétrica, principalmente no inverno (junho, julho, agosto, setembro). Quanto a conta de luz e como 
funciona a formação do preço, tem 2 aspectos importantes. O primeiro é o valor diário de taxa. A 
companhia cobra um valor fixo por dia (independente se você usou ou não energia), este valor pode variar 
de 30 centavos até 2 dólares. O segundo aspecto é obviamente quanto você consumiu de energia por dia, 
inclusive dependendo do horário que você consumiu, algumas empresas cobram mais do que outras. 
NZ for dummies
 
Existem vários sites de comparação vou deixar aqui alguns sites conhecidos: 
- ​http://www.powerprices.co.nz/ 
- ​http://www.switchme.co.nz/ 
- ​https://www.glimp.co.nz/power 
- ​https://www.canstarblue.co.nz/energy/electricity-providers/ 
- ​http://www.electricitycompanies.co.nz/ 
- ​https://www.powerswitch.org.nz/  
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Algumas companhias podem exigir um contrato de fidelidade ou podem cobrar taxas para ligar (setup 
ou signup fee) a sua rede, é importante averiguar o que a companhia cobra ou deixa de cobrar. 
- Para se ter mais uma ideia geral sobre utilities entre neste link 
(​https://www.newzealandnow.govt.nz/living-in-nz/housing/utilities​). 

Quanto custa a Internet em casa?


R: D​ a mesma maneira que ocorre para a Luz, não existe uma melhor do que a outra, existem 117 
diferentes provedores de Internet, então é necessário entender o que você precisa. Qual será o seu 
principal uso da internet? Quanto você consome de dados? Você precisa de Fibra ou um ADSL resolve? 
Inclusive nem todos as fornecedores estão aptas a fornecer em um determinado local. Para não dizer que 
nenhum valor foi passado, eu atualmente pago 75 NZD por mês, para ter uma Fibra com plano de dados 
ilimitado. Existem vários sites de comparação vou deixar aqui alguns sites conhecidos: 
- ​https://www.glimp.co.nz/broadband 
- ​https://www.broadbandcompare.co.nz/ 
- ​https://www.mycompare.co.nz/compare-broadband-nz 
- ​https://www.canstarblue.co.nz/phone-internet/broadband/ 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Um ponto importante mencionar é que algumas companhias podem exigir um contrato de fidelidade ou 
podem cobrar taxas para ligar (setup ou signup fee) a sua rede, taxa de instalação do modem e outras 
coisas. É importante averiguar o que a companhia cobra ou deixa de cobrar. 
- Sabe a discussão que estava rolando um tempo atrás no Brasil sobre a Internet ser ilimitada ou não. Na 
NZ a maioria das operadoras tem pacotes mais em conta para quem não vai precisar de muita internet e 
pacotes mais caros para quem quer ilimitado.  

Quanto custa para ter gás?


R: N
​ ão sei, confesso que todas as vezes que aluguei casa, elas não tinham gás, mas um conhecido tem 
gás na casa dele, mas o gás não vem da rua, ele é de botijão, por tanto, se você tem mais informações, 
favor deixar um comentário para ajudar aqui. 
Assim como luz elétrica, gás (LPG) existem algumas empresas, em Auckland alguns subúrbios existem 
gás encanado. Em Kohimarama (perto de Mission Bay, em Auckland) é um exemplo. Contudo alguns 
colaboradores informaram que hoje tem botijão de gás em casa, e duram cerca de 3 meses por 99 NZD. 
Você pode comprar um botijão para churrasqueira de 13kg, em qualquer posto de gasolina ou Hardware 
store (Mitre 10 ou Bunnings). 
NZ for dummies
 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Para se ter mais uma ideia geral sobre utilities entre neste link 
(​https://www.newzealandnow.govt.nz/living-in-nz/housing/utilities​). 
(​https://www.genesisenergy.co.nz/for-home-lpg-bottled-gas​)
(​www.elgas.co.nz​)
(​https://contact.co.nz/personal/products/bottled-gas​)    
NZ for dummies
 
CARRO/MOTO e CNH 
Quais são os sites mais importantes para ver coisas de 
CNH e sobre veículos? 
R: T​ odas as respostas, você encontrará ou no site do NZTA (​https://www.nzta.govt.nz/​) ou no site do AA 
(​http://www.aa.co.nz​) ou no site do VTNZ (​https://vtnz.co.nz/​). O NZTA é a agência de transportes da NZ 
enquanto que o AA é a associação de automóveis da NZ. o VTNZ é a companhia de inspeção de veículos 
da NZ. Caso você esteja envolvido em um acidente de trânsito na NZ, existe uma entidade que cuida de 
custos médicos envolvidos, ACC e pode ser acessado em (​http://www.acc.co.nz/index.htm​). Um site que 
pode ajudar também a ter uma ideia sobre transporte em geral 
(​https://www.newzealandnow.govt.nz/live-in-new-zealand/getting-started/transport​). 

Como faço para dirigir com a minha CNH brasileira na 


NZ? 
R: B​ asicamente existem 2 maneiras de você poder dirigir legalmente na NZ sem precisar converter a sua 
carteira. A primeira maneira é fazendo uma PID (Permissão Internacional para Dirigir) do Brasil mesmo. 
Verifique com o detran do seu estado o valor e o procedimento para tirar uma PID. A segunda maneira e 
talvez a mais fácil, é traduzir a carteira de motorista. Como a nossa carteira de motorista está em 
português é necessário que um tradutor juramentado faça a tradução da sua carteira. Neste caso você 
terá que andar com a CNH e a tradução. Caso você já esteja na NZ, nos grupos de facebook e WhatsApp 
tem um monte de gente que tem o contato dos tradutores que cobram preços variados, na seção de links 
também tem o contato de tradutores juramentados. Só para constar, também é possível fazer uma 
tradução juramentada ainda estando no Brasil, mas será necessário verificar com o NZTA se eles 
aceitam a tradução de um determinado profissional. 
 
Aqui existe uma coisa que muitas pessoas não se atentam e correm um risco caso sejam paradas. Você 
só pode dirigir com a sua PID ou CNH traduzida, por até um ano de sua chegada na NZ, ou seja, se você 
chegou na NZ dia 01/05/2017 você só poderá dirigir usando a PID ou CNH traduzida até 30/04/2018, 
ainda que sua CNH (ou PID) esteja válida até 2020. Uma maneira que muitas pessoas usam para “burlar” 
é fazer uma viagem até a Austrália ou outro país perto é assim zeram a sua chegada na NZ. Esta 
restrição, você pode encontrar a explicação neste link aqui do AA 
(​http://www.aa.co.nz/drivers/driver-licences/overseas-licence-conversions/​). 
 
 
 
 
 
 
NZ for dummies
 
Preço da PID (Permissão Internacional para Dirigir) por Estados:​ (Ano de 2018) 
Bahia - R$ 612,00 (fonte não oficial) 
Mato Grosso do Sul - R$ 271,94 
Minas Gerais - R$ 159,32 
Paraná - R$ 96,39 
São Paulo - R$ 282,70 
Rio Grande do Sul - R$ 59,29 
Santa Catarina - R$ 81,39 
Pará - R$ 284,80 
Rio Grande do Norte - R$ 67,00 
 
Fonte: Detrans Estaduais (exceto Bahia) 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Ainda que você esteja de posse da PID é necessário estar também com a sua CNH, pois PID seria só 
uma tradução oficial do governo. Estando apenas com a PID não te dá o direito de dirigir na NZ. 

Quais são os tipos de carteiras de motorista na NZ? 


R: B​ om temos 2 aspectos a considerar, o primeiro é sobre qual o tipo de veículo onde no Brasil nós temos 
a carteira “A” que é para moto, “B” para carro, “C” que é para pequenas vans e caminhões, “D” e “E” para 
veículos pesados. Na NZ, se usa ao invés de letras, números. Então a Class “1” é para carro, Class “2”, “3”, 
“4” e “5” para (vans, caminhões e veículos pesados) e a Class “6” para moto. 
 
Agora outro aspecto é que no Brasil, temos a carteira provisória (que dura 1 ano) e a carteira “normal” que 
dura 5 anos. Na NZ é um pouco diferente, foi pensado num sistema de “evolução” onde você começaria 
como aprendiz (cheio de restrições) e com o passar do tempo não ia ter mais nenhuma restrição. Então 
primeiro tem a carteira “Learner” depois tem a “Restricted” e por último a “Full”. Caso você queira 
entender as diferenças entre as carteiras direitinho, sugiro dar uma olhada no link 
(​https://www.nzta.govt.nz/driver-licences/getting-a-licence/licences-by-vehicle-type/cars/​) 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Se você tem a carteira Class “1” você pode dirigir moped (que são scooters até 50cc). As moped não 
passam de 50 Km/h e não podem andar em rodovias (highways). 
- Se você estiver com a sua Carteira do Brasil de carro (CNH B) você não poderá dirigir uma moped. 
Apenas as pessoas que tem uma carteira de moto (CNH A) ou caso você tenha a carteira da NZ de carro 
(DLNZ Class 1 ou 6) poderão dirigir uma moped. 

Como faço para converter a minha CNH brasileira para 


Driver License da NZ? 
R:​ O processo todo está descrito no site do AA no link a seguir 
(​http://www.aa.co.nz/drivers/driver-licences/overseas-licence-conversions/​) mas vou dar uma resumida 
de leve, para quem for converter para a FULL da NZ. Primeiramente o que é necessário ter de 
NZ for dummies
 
documentação: Passaporte, CNH (neste caso não serve a PID), tradução da CNH (esta tradução tem de 
ser feita aqui na NZ por um tradutor licenciado pela NZTA) e óculos/lente (se você usa). Tendo isso em 
mãos, basta se dirigir a um AA, preencher o formulário (disponível no local) (mas se quiser ver como é o 
formulário, o link é 
http://www.nzta.govt.nz/assets/resources/application-conversion-overseas-licence-dl5/docs/dl5.pdf​), 
pagar a taxa de aplicação e a taxa do teste teórico. Sim, é necessário fazer o teste teórico e 
posteriormente um teste prático, vou chegar lá, logo logo. No dia do teste teórico é só levar o passaporte 
e fazer o teste. Se você passar no teste, você irá receber em até 21 dias dias uma driver license (carteira 
de motorista da NZ) em casa. Ao receber a sua driver license, basta voltar ao AA (ou pode fazer por 
telefone também) e pagar o teste prático e agendar o teste prático. Se você passar no teste prático, na 
hora o instrutor irá reter a sua driver license e irá te dar um papel falando que você está aguardando a sua 
nova driver license. Obviamente em alguns dias você irá receber sua driver license final em casa. O 
processo é o mesmo para carro e para moto. Inclusive você pode fazer o processo de conversão de carro 
e moto junto e só pagar uma taxa de aplicação. Sim, se você quiser tirar as 2 carteiras será necessário 
fazer 2 testes teóricos, já que os testes teóricos tem diferenças (o teste de moto tem umas perguntas 
apenas ligado a direcao de moto). Caso você reprove em algum teste, deverá pagar novamente a taxa do 
respectivo teste. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Recentemente um colaborador perdeu a sua CNH original na NZ, mas ele tinha uma tradução 
juramentada (válida pelo NZTA) consigo. Ele também tinha um registro que fez na delegacia. Ele queria 
dar entrada no processo de conversão da CNH dele para o DL da NZ. Ele ligou para o NZTA e explicou o 
que aconteceu, e enviaram para ele um formulário de exceção que ele deveria enviar para o NZTA que por 
sua vez iria avaliar a situação e emitir um parecer. Existem 2 resultados possíveis, o NZTA libera ele de ter 
a carteira original e ele vai poder fazer a conversão, ou o NZTA não aceita e ele vai ter que de alguma 
maneira arrumar uma CNH nova. Para dar entrada no pedido de avaliação será necessário pagar uma 
taxa, ainda que o parecer do NZTA seja uma negativa. Até o momento que conversei com o colaborador 
(11/07) ele ainda não tinha enviado o formulário para a NZTA então ainda não sei a resposta do NZTA, 
mas pelo menos demonstra que caso você tenha um caso específico, vale a pena ligar para o NZTA e ver 
se existe alguma maneira de contornar a sua situação. 

Qual a diferença entre a driver license que eu recebo ao


passar no teste teórico e a driver license que eu recebo
ao passar no teste prático?
R: Se você fez a conversão para CNH de carro, a diferença da driver license (do teste teórico) para a driver 
license  (do  teste  prático)  é  que  na  parte  de  trás,  ao  passar  no  teste  teórico,  ela  te  impõe  uma  restrição 
que  você  só  pode  dirigir  se  estiver  do  seu  lado  um  supervisor 
(​https://www.nzta.govt.nz/driver-licences/getting-a-licence/licences-by-vehicle-type/cars/supervisor/  ), 
ou seja, dificilmente você vai poder dirigir neste momento. E obviamente ao passar na prova prática, a sua 
nova  driver  license,  não  tem  mais  restrição  nenhuma.  Agora,  se  você  está  fazendo  o  processo  para  a 
moto,  quando  você  passa  na  prova  teórica,  você  recebe  uma  carteira  de  “LEARNER”  que basicamente te 
NZ for dummies
 
impõe  restrição  de  andar  de  noite,  apenas  em motos “LAMS” e usar a plaquinha “L”. Vou explicar o termo 
“LAMS” e a plaquinha “L” a ​ qui​. 

Como é o teste teórico para a conversão na FULL?


R:  O  teste  consiste  em  35  perguntas  objetivas,  sendo  4  respostas  na  tela  e  apenas  uma  resposta  certa. 
Para  passar  no  teste  é  necessário  acertar  pelo  menos  32  questões.  Vale  lembrar  que  os  testes  são 
diferentes  em  termos  de  perguntas  para  carro  e  para  moto,  muitas  perguntas  serão  iguais,  mas  o  de 
moto,  tem  algumas  perguntas  específicas  de  posicionamento  de  moto  e  como  guiar  ela  em  diferentes 
estradas.  Existem vários simulados pela internet (e aplicativos para celular também). O próprio site do AA 
tem  um  simulado  gratuito  (e  um  pago  também)  para  o  teste  de  carro 
(​http://www.aa.co.nz/drivers/learn-to-drive-the-aa-way/road-code-quiz/​)  com  10  perguntas  aleatórias  e 
você  pode  fazer  quantas  vezes  quiser.  O site Driving test (​https://www.drivingtests.co.nz/roadcode/car/​) 
também  tem  várias  perguntas,  sendo  que  ele  explica  após  a  pergunta  o  porquê de cada resposta. Minha 
sugestão  é  que  se  leia  pelo  menos  uma  vez  o  road  code,  para  se  entender  alguns  conceitos  básicos 
sobre a legislação na NZ. 

Como é o teste prático para a conversão na FULL? 


R: O
​ teste prático para carro (da moto explico mais para o final) basicamente funciona assim. Você vai 
chegar no VTNZ que foi agendado com o seu carro, e o avaliador irá te chamar. Ainda dentro do VTNZ ele 
vai pegar sua carteira e te dar uns formulários (no tablet dele) para você assinar. Vocês vão rumar ao 
carro e antes de iniciar o carro ele verifica se o carro está em boas condições (setas, freios, buzina). Não 
existe um percurso pré-definido, é o tablet do instrutor que vai indicando as direções e ele vai repassando 
para você. Então você está dirigindo e ele pede para você trocar de faixa, ou virar no próximo sinal a 
direita. Ele pode pedir para fazer um U-turn ou para encostar o carro na lateral. Tudo que ele pede para 
fazer ele vai se atentando se você está olhando os espelhos, subindo na faixa e tudo mais. Uma coisa que 
também está prevista no teste prático, é que o instrutor pode ir fazendo perguntas ao longo do percurso. 
A pergunta é sempre a mesma, o problema que a resposta muda ao longo do caminho, a pergunta que ele 
faz é: “Identifique 3 perigos iminentes e como fazer para mitigá-los?” Vou dar alguns exemplos. Perigo 
iminente é tudo que pode causar um acidente: “um carro vindo na outra faixa”, “um carro atrás de você”, 
“uma pessoa andando na faixa de pedestre”, “uma bola quicando na rua”. A mitigação é bem simples a 
resposta: “ficar mais atento”, “dar espaço”, “reduzir a velocidade”, coisas do tipo. Não é tão complicado 
assim, o problema é pensar nisso na hora além de fazer o que o instrutor pediu. ​O teste prático para moto 
não é muito diferente do carro. Existe as checagens na moto e antes da prova você assina uns 
formulários. Antes de ligar a moto e sair andando, o instrutor te entrega um walkie-talkie com um fone de 
ouvido e é assim que ele irá se comunicar com você na prova. Ele vai num carro próprio dele logo atrás de 
você. Através do walkie-talkie ele vai dando instruções, de virar a esquerda, direita, pegar o roundabout e 
tudo mais. Importante dizer que você em momento nenhum se comunica (através da fala) com ele. Toda 
vez que você recebe uma “ordem” você tem que fazer um SIM com a cabeça, e caso tenha algum 
problema, botar a mão no capacete. Caso você seja reprovado, após a prova o instrutor irá explicar os 
pontos que ele marcou que você errou no sistema. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
NZ for dummies
 
- No site do AA, se você quiser é possível agendar um simulado prático, basicamente, um supervisor vai 
ficar andando 1 hora com você de carro (no seu ou no dele, o preço é o mesmo) e ele vai te dando as 
dicas e macetes para a hora da prova. Existem empresas que também fazem isso para moto. 
- O teste está previsto para durar por volta de 30 minutos (carro e moto) se com 10/15 minutos você 
perceber que está rumando de volta para o VTNZ, lamento informar que você foi reprovado. 
- Como na NZ não existe curso prático de direção, o ACC (Corporação Compensação de Acidentes) 
semelhante do DPVAT no Brasil, mantém cursos de direção (para moto) subsidiados que você pode 
pagar 20 NZD por 8 horas de aula de direção. (​https://www.rideforever.co.nz/bike-and-gear/​)  
- Algumas dicas para a prova: 
1. A velocidade da cidade é de 50Km/h, você obviamente não pode andar mais rápido que isso 
porém também não pode andar menos de 40 km/h. O ideal é andar por volta de 45~49 
km/h. 
2. Toda vez que você precisa mudar de faixa ou fazer uma curva, não basta apenas você olhar 
os espelhos (no carro, espelho principal e o lateral do lado que você vai virar e na moto, 
espelho do lado que você vai virar) é necessário também fazer o que eles chamam de HEAD 
CHECK, ou seja, virar a cabeça para o lado que for virar. Aproveite para fazer um teatro na 
cabeça, para que o instrutor veja. 
3. Roundabout (rotatória) tem várias regras específicas, de setas e giveaway rules, caso você 
não esteja acostumado a dirigir na NZ, este é um lugar que muitas pessoas erram. 
4. Como muitas ruas são de mão dupla, é bastante comum fazer o U-turn, o que no Brasil e 
considerado uma infração, na NZ é permitido e comum, portanto treine o posicionamento do 
carro/moto no U-turn, pois ele com certeza será requisitado. 
5. Uma variação do U-turn muito requisitada para carros é o 3 points turn, que seria o U-turn 
onde não foi possível virar de uma vez só, assim é necessário dar uma rezinha para depois ir 
para frente. Também será requisitado fazer ao menos 1 vez o 3 points turn na prova.  

O que é uma moto LAMS? O que é a plaquinha “L”? 


R: L​ AMS, significa Learner Approved Motorcycle Scheme, ou seja uma moto que uma pessoa com a 
carteira “LEARNER” pode usar. Como expliquei anteriormente. No Brasil quando você tira a sua carteira 
provisória de moto, não existe nenhum impeditivo em questão de Cilindradas da moto. Na NZ, é um 
pouco diferente, se você tem a carteira “LEARNER” você só pode dirigir as motos que sejam aprovadas 
para os “LEARNER”, essas motos se chamam de “LAMS”. Para ver uma lista completa, basta acessar o 
site do NZTA 
(​http://nzta.govt.nz/driver-licences/getting-a-licence/licences-by-vehicle-type/motorcycles/lams/​ ). A 
plaquinha “L” é uma placa que é obrigatória ser colocada no vidro do carro ou na parte de trás da moto, se 
você possui uma carteira do tipo “LEARNER” isso serve, para avisar que você está em fase de 
aprendizado. 
NZ for dummies
 
Se eu tenho uma CNH provisória eu posso converter para
a FULL da NZ?
R: V
​ amos supor que você fez 18 anos agora no Brasil e tirou a carteira provisória de carro e veio para a 
NZ. Você poderá converter para a FULL da NZ? Não sei, a melhor resposta seria ligar para o NZTA ou AA 
para descobrir a resposta. Caso alguém que esteja lendo e tenha passado por isso, favor avisar. 

Quanto custa a gasolina?


R: N
​ o Brasil, geralmente pensamos em gasolina comum, aditivada, diesel ou álcool. Na NZ, temos Octane 
(ou Unleaded) 91 (que seria a Gasolina Aditivada), Octane (ou Premium) 95 (que seria a gasolina Podium) 
e diesel. Os preço variam de posto para posto, mas geralmente o que vemos é o seguinte: 
 
Octane/Unleaded 91  NZD 2,02 (retirado do relatório AA) 

Octane/Premium 95  NZD 2,07 

Diesel  NZD 1,25 


 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Uma coisa que talvez você possa ver, é que os postos vão mostrar o preço não com centavos de dólar, 
mas sim o preço por 100 litros, então você pode se deparar com um painel anunciando o Octane 91 por 
NZD 201.9 e isso significa que 100 litros custam NZD 201.9 e por tanto 1 litro custaria NZD 2,019. 
- o AA mantém um relatório mensal de custo da gasolina 
(​http://www.aa.co.nz/cars/motoring-blog/petrolwatch/​) 
- Existem empresas que dão desconto na gasolina com cartões fidelidade, talvez os mais conhecidos e 
usados sejam AA Smart Fuel (​https://www.aa.co.nz/aasmartfuel/​) e Fuel Up (​http://www.fuelup.co.nz/​). 
- Muitos postos de gasolina na NZ não tem um atendente para fazer o serviço para você. Você precisa 
sair do carro, encher o seu próprio tanque e ir pagar nas lojinhas anexas aos postos. Ou ao invés de ir lá 
dentro pagar também é possível fazer o pagamento na própria bomba de combustível, e até mesmo via 
Aplicativo de celular. 

Quanto custa comprar um carro? Onde comprar um


carro?
R: A​ resposta para esta pergunta depende muito do carro que será comprado. Você vai achar carro por 
1000 NZD e também vai achar McLaren por 340.000 NZD, vai de quanto você tem disponível. Acho que o 
melhor site para comprar um carro usado é TradeMe (​http://www.trademe.co.nz/motors​). Outros sites 
conhecidos são: 2CheapCars (​http://www.2cheapcars.co.nz/​ ), U-sell Park & Sell Yard 
(​http://www.u-sell.co.nz​) e BuyRightCar (​http://www.buyrightcars.co.nz/​). Uma menção honrosa é que 
em Auckland existe uma feira de carros usados aos domingos, não paga nada para ir ver os carros. A 
NZ for dummies
 
CarFair (​http://www.carfair.co.nz/​) ainda conta com a vantagem de ter mecânicos para serem 
contratados na hora caso você queira que alguém dê uma avaliada no carro. Quando você compra um 
veículo novo (0km), é necessário, fazer o registro dele. Para tal você deve ir no AA e pagar as taxas e já 
basicamente pode sair dirigindo. Mais informações sobre o processo de registro do carro 
(​https://www.nzta.govt.nz/vehicles/licensing-rego/vehicle-fees/registration-fees/​). 
 
Existem também algumas ruas onde donos expõem carros a venda. Geralmente eles ficam estacionados 
com preços e algumas informações visíveis através do vidro, o telefone de contato também estará 
disponível para os interessados falarem com o dono. Em Auckland alguns endereços onde isto ocorre 
são: 
- 256 Great South Rd, Greenlane 
- 260 Cascades Rd, Botany Downs 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Muitos carros usados na NZ são importados de países Asiáticos, então é normal ao você ir visitar um 
carro se deparar com o rádio do carro todo em japonês e algumas outras coisas em japonês no carro. 
- Se você quiser ter uma ideia de custo do carro e aspectos de segurança tem o site do governo chamado 
Right Car (​http://rightcar.govt.nz​) que te ajuda a ver isso. 
- Caso você queira é possível fazer a importação do carro de outros países 
(​https://www.nzta.govt.nz/vehicles/importing-a-vehicle/​) e inclusive para os mais saudosistas é possível 
importar alguns tipos de carro cuja a direção seja na esquerda. 
- É uma boa ideia verificar se o carro a ser adquirido não possui débitos pendentes, para tal consulta, 
existe um site do governo que disponibiliza esta informação 
(​www.ppsr.govt.nz/cms/searching-the-ppsr/​). Também é possível fazer a consulta via SMS 
(​http://www.ppsr.govt.nz/cms/searching-the-ppsr/txtb4ubuy/step-by-step-instructions​). O preço para 
esta consulta é atualmente NZD 2.30 Consulte mais detalhes nas instruções da página oficial do PPSR. 
- Caso tenha dúvidas a respeito de aspectos legais sobre compra e venda de veículos, também existe 
uma página do governo com informações relevantes à proteção ao consumidor 
(​https://www.consumerprotection.govt.nz/get-guidance/cars-and-motoring/​)  
- Ao ver O.N.O. num anúncio saiba que significa (Or Near Offer) algo como “ou oferta próxima”. 
- O.R.C significa (On Road Cost) algo como “custos para trafegar na rua”, ou seja se você ver num anúncio 
“+ ORC” (ou “excluded ORC) significa que provavelmente você deverá que pagar o WOF ou/e REGO. 

IPVA e VISTORIA? Rego e WOF?


 
R:​ Da mesma maneira que no Brasil existe o IPVA e em alguns estados a vistoria, também existem 
conceitos semelhantes na NZ. O que seria o IPVA do Brasil, na NZ se chama Licensing (ou Rego) e 
diferente do Brasil ele não tem um calendário anual e tudo mais, você, escolhe se quer pagar 6 meses ou 
12 meses e na hora emite uma etiqueta com uma data de validade do licenciamento do carro/moto. Esta 
etiqueta, tem que estar afixada no vidro do carro/na placa da moto (tem local específico para isso), de 
modo que você sempre que for entrar no carro, vai saber quando vence o licenciamento dele. Antes dele 
vencer, só pagar um novo Rego, trocar o adesivo e está tudo certo. Você pode ver os preços neste link 
(​https://www.nzta.govt.nz/vehicles/licensing-rego/vehicle-fees/​), inclusive se você sabe a placa do carro 
basta entrar neste link (​http://rightcar.govt.nz/rego/​) que ele calcula para você o Rego anualmente. Para 
NZ for dummies
 
não dizer que eu falei, falei e não mostrei na prática valor nenhum, o Rego do meu carro (Mitsubishi 
Lancer 2004) é 120 NZD (por ano), Ao passo que o Rego da minha moto (KTM 390 RC 2017) é 405 NZD 
(por ano). E quanto a Vistoria? Bom aqui se chama WOF (Warranty of Fitness). O WOF serve para garantir 
que o seu carro não coloca em risco a sua segurança e de outros. Basicamente todo carro 0km, não 
precisa de WOF nos 3 primeiros anos, carros com ano até 2000, precisam fazer o WOF anualmente (de 
novo, não existe um calendário oficial, segue a mesma ideia do Rego, 1 ano desde o último vencimento). 
Carros anteriores a 2000, fazem WOF de 6 em 6 meses. O WOF pode ser feito em qualquer mecânica que 
seja certificada (a maioria delas são certificadas), o valor varia de o que tem que ser feito, mas se o seu 
carro estiver OK, não vai passar de uns 50 NZD. Se tiver que trocar alguma coisa, sobe um pouco este 
valor. Para saber mais sobre WOF 
(​https://www.nzta.govt.nz/vehicles/warrants-and-certificates/warrant-of-fitness/​ ). O WOF também 
precisa ser fixado no vidro do carro/na placa da moto. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- As moped (scooters até 50cc) não necessitam de WOF, apenas de Rego. 
- O Rego das motos são mais caros que dos carros, não muita coisa, mas são. 

Quanto custa a manutenção de um carro?


R: O
​ preço de manutenção obviamente vai depender do tipo de manutenção a ser feita. Em geral, revisões 
de itens básicos começa em NZ 180 (inclui óleo mineral e complemento de fluído de arrefecimento). Veja 
os preços das ​revisões no AA​ e A
​ uto Clinic​. Me sugeriram instalar o aplicativo ​CarMate​ que possui várias 
promoções em serviços para automóveis. Se você tem uma ideia legal de preços, só me procurar para 
que eu possa atualizar. 
Estava ouvindo um barulho estranho no motor do meu carro. Fui numa mecânica, e após uma avaliação, 
me informaram que teriam que trocar o controlador do ventilador e o ventilador. Este conserto ficou no 
total 330 NZD. 
 

Como é o processo para comprar um veículo usado ou


novo?
R: O​ processo em si, não é muito complexo, do momento que você escolheu o veiculo USADO que você 
quer, basta entrar no site da NZTA e ir na parte de compra e venda, 
(​https://www.nzta.govt.nz/vehicles/buying-and-selling-a-vehicle/​). Só seguir o passo a passo (tanto o 
comprador quanto o vendedor precisam entrar para fazer este processo). Você enquanto o comprador, 
paga uma taxa de NZD 9,00 e em alguns dias, você recebe o comprovante de compra (que seria o CRV do 
Brasil) por correspondência. Uma das “sub perguntas” que aparece neste tópico, é se pode comprar um 
veículo tendo apenas a CNH brasileira, a resposta é sim, mas não será possível fazer o registro da 
compra pela internet, neste caso deverá ir a ao NZ post (correios) e retirar o formulário para fazer o 
registro do veículo pessoalmente. Caso o veículo comprado seja novo o processo será um pouco 
diferente. Você de posse da nota fiscal do veículo deverá se dirigir a um AA para fazer o registro do 
veículo, pegar as placas para o seu veículo e o papel do REGO e WOF. Assim basta voltar para a 
concessionária e eles finalizam todo o processo para você. 
NZ for dummies
 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Algumas concessionárias, fazem todo o processo para você sem custo adicional. Um colaborador 
informou que comprou uma moto nova e a concessionária fez todo o processo para ele sem cobrar 
nenhum dólar a mais por isso.  

Posso escolher a minha placa?


R: S
​ im, na NZ você pode fazer uma placa personalizada. Você pode personalizar desde a borda da placa 
até escolher uma combinação de 5 (moto) ou 6 (carro) letras, números e alguns símbolos. Uma vez que 
você comprou aquela placa, ela é sua para sempre, inclusive você pode trocar de veículo e continuar com 
a sua placa personalizada. Os valores variam dependendo da combinação escolhida para a placa e das 
cores, mas pode encontrar algumas combinações por 600 NZD até uns 2500 NZD. A empresa licenciada 
pelo governo para fazer todo o trâmite é kiwiplates (​http://kiwiplates.nz​). No site deles tem um FAQ com 
todas as perguntas que você possa imaginar sobre este assunto.  

Quanto custa o seguro de carro?


R: C​ omo todas as respostas depende de onde você mora, do carro e mais um monte de outras variáveis. 
A melhor coisa é você entrar nos sites abaixo e fazer cotações para se ter ideia de quanto vai pagar. Mas 
não se assuste, um seguro caro, deve estar saindo por volta de 60 NZD por mês. Caso você tenha 
recentemente convertido a sua carteira do Brasil para a da Nova Zelândia, o valor pode subir um pouco. 
- ​https://www.youi.co.nz/​ (comparar cotacoes) 
- ​http://www.myinsuranceguide.co.nz/​ (comparar cotacoes) 
- ​http://www.aa.co.nz/insurance/car-and-vehicle-insurance/​ (AA) 
- ​https://www.tower.co.nz/car-insurance​ (Tower) 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Quando fizemos o nosso seguro, uma das perguntas respondidas a quanto tempo você tem uma 
carteira de motorista da NZ, a resposta vai ser menos de 1 ano (caso você tenha acabado de converter). 
Sendo assim, o seu perfil vai aumentar. Vale a pena ligar para a seguradora e argumentar que você tem 
carteira no Brasil a x anos, eles vão fazer um update na sua cotação e isso pode fazer que diminua a sua 
cotação. 
- O Seguro para uma Moped (Scooter de 50cc) custa em torno de uns 20 NZD por mês. Ao passo que um 
seguro de uma moto de 400cc deve estar saindo por volta de uns 80 NZD por mês. 

Quanto custa o estacionamento?


R: D
​ e novo, depende de muita coisa. Vias de regra é o seguinte, nos centros das cidades (chamado de 
CBD) (no inglês americano é conhecido como Downtown) o estacionamento é caro. Porém nos subúrbios 
a maioria das ruas tem estacionamento de boa (na faixa, 0800). Lembrando que o conceito de centro e 
subúrbio não é bem o conceito Brasileiro, acaba que quem mora mais para o centro, são em sua grande 
maioria as pessoas recém chegadas. Ao passo que nos subúrbios que você tem as casas maiores e mais 
espaçosas. Dependendo de onde você pegar o estacionamento no centro ele pode chegar a custar 15 
NZ for dummies
 
NZD por hora (falei que era caro). Se você mora no centro, tem carro e precisa pagar um estacionamento 
mensal, sei de alguns casos de pessoas que pagam 150 NZD por semana, o que deixa bem salgado o 
custo mensal do carro. Caso você ainda sim queira procurar estacionamentos mensais as principais 
empresas são: 
- AT - ​https://at.govt.nz/driving-parking/monthly-parking-leases/ 
- Wilson - ​http://www.wilsonparking.co.nz/find-a-park 
- Atrium (Auckland) - ​http://www.atriumcarpark.co.nz/monthly-parking.html  
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Você pode pagar a maioria dos estacionamentos através de aplicativos próprios. Os estacionamentos 
de rua (públicos) em Auckland aceitam pagamentos em Moeda ou Cartão. Sim, você vai ver um totem na 
rua e lá mesmo você paga com moeda ou cartão. 
- Nos finais de semana ALGUNS lugares de Auckland CBD são de graça para estacionar durante o fim de 
semana inteiro. 
- Em CBD, alguns lugares após as 18:00 sao de graça até as 8:00 (da manhã), mas você tem que ser 
rápido, pois em algumas ruas se você for procurar uma vaga às 18:30 pode ser que todas as vagas já 
estejam ocupadas. 

Vale a pena ter carro ou ir de transporte público/Uber?


R: E
​ ntão, está é uma pergunta pessoal, pois as vezes a resposta não envolve apenas uma questão 
financeira, envolve também comodidades e tudo mais. Se formos apenas considerar uma questão 
financeira, seria necessário saber quanto você vai gastar de transporte público/uber e quanto gastaria o 
seu carro. Se você der uma rápida pesquisada na internet, você vai achar uns sites que você bota uns 
valores de gastos e ele te dá o resultado final. Só tem um ponto muito importante que eu quero 
mencionar. Estacionamento nos CBDs (Centros da cidade) geralmente são pagos e MUITO bem pagos. 
Então se você mora ou trabalha em CBD, o custo que vai se gastar com o estacionamento tende a subir 
MUITO e dificultar para a conta fechar em favor do carro. Se você morar em um lugar mais afastado e 
trabalhar em outro bairro também afastado a chance desses lugares terem estacionamentos gratuitos na 
rua é relativamente grande, então você poderia tirar este custo do carro e seria mais fácil justificar 
financeiramente o carro.

Como faço para virar Uber?


R: A​ primeira restrição se dá ao fato de que o Uber exige 2 anos da carteira local. Além disso existe uma 
coisa na carteira chamada “Endorsement” que seria algo como um endosso (aprovação), existem 
algumas categorias de Endorsement que você pode tirar. Com certeza para virar Uber é necessário ter o 
Endorsement “P” (de Passenger). Como você faz para tirar este Endorsment “P”, esta no link 
(​https://www.nzta.govt.nz/driver-licences/getting-an-endorsement/getting-an-endorsement-pvio/applying
-for-a-passenger-p-endorsement​) 
Existem ainda as categorias V, I, F, T, D, R e O. Eu já vi alguns significados. V = Vehicle recovery. I = 
Instructor. O = Testing officer. P = Passenger.   
NZ for dummies
 
BANCO 
Como abro uma conta num banco na NZ?
R: ​Bom primeiramente existem 2 aspectos importantes aqui a serem considerados. Qual o seu visto atual
(e sua data de expiração) e Onde você está (Brasil ou NZ). Cada banco tem a sua regra para decidir se
abre a conta ou não, então é importante você confirmar a informação com o banco desejado.
O que foi mais ou menos entendido como balizamento depois de conversar com várias pessoas é o
seguinte: Se o seu visto tem mais de 3 meses de validade e não é um visto de turista (ou seja você tem
um visto de Trabalho, Estudo, WHV ou Residente) o banco tende a aceitar a aplicação sem problemas,
ainda que você ainda esteja no Brasil. Caso você esteja no Brasil o processo será feito por email, ao
passo que se você estiver na NZ, o processo pode ser feito na própria agência. Caso você esteja no
Brasil e tenha aberto a sua conta, o cartão ficará retido na agência até que você esteja na NZ e possa
retirá-lo pessoalmente. Os documentos que são requeridos e que obviamente devem estar em inglês
(serve tradução), também podem mudar para cada banco, mas tendem a ser os seguintes documentos:
- Passaporte
- Comprovante de Residência (explicado melhor abaixo)
- Visto

Apenas para não dizer que não tem nenhum link de como abrir a conta, escolhi 3 bancos mais usados:
- ​https://www.kiwibank.co.nz/personal-banking/international-services/moving-to-nz/open-acct-overseas/
- ​https://www.anz.co.nz/personal/migrants-travel-foreign-exchange/microsite/en/move-to-nz/
- ​https://www.bnz.co.nz/personal-banking/international/moving-to-new-zealand

Pontos que valem a pena ser mencionados: 


- Alguns bancos só te atendem sobre alguns assuntos através de um appointment (agendamento), para
abrir conta no ANZ é um destes casos.
- O KiwiBank e ANZ solicitaram um depósito inicial de pelo menos 10 NZD.
- Caso você esteja no Brasil e já tenha o visto para abrir a conta por email, o banco (ANZ pelo menos) vai
aceitar o seu comprovante do Brasil (desde que traduzido para o inglês) mas só vão te liberar a conta na
NZ quando você trouxer um comprovante da NZ.
- O KiwiBank geralmente divide sua agência com os “Correios” da NZ. 
-  ​A comprovação de residência geralmente é feita por meio de uma conta em seu nome, como água, luz,
telefone, etc. Para quem está alugando uma casa, alguns funcionários de algumas agências, de alguns
bancos (dá pra ver que não é todo mundo) aceita uma comprovação simples, como o caso do invoice do
Airbnb. Mas o que é aceito mesmo é uma das contas mencionadas anteriormente, e uma carta da
pessoa em que essa conta está nomeada, dizendo que você mora, na residência. Também é possível
utilizar o contrato de aluguel, se presente. Eu reservei um quarto no airbnb, e tive que pedir para minha
host escrever uma carta para mim, e pegar uma conta que estivesse no nome dela. A carta que eu levei
para abrir a conta no WestPac e no KiwiBank foi a seguinte:

“To whom it may concern


NZ for dummies
 
This letter is to confirm that Mr …. and Ms …. will be living at …(endereço) from dd/mm/yyyy to
dd/mm/yyyy.
If you have any further enquiries please feel free to contact me

Regards,

XXXX (Nome e assinatura do host)”

Vale a pena deixar registrado, que esse papel pode ser escrito a mão e em papel de pão mesmo (foi o
que eu levei). Não precisa comprovar a assinatura, nem mesmo levar os documentos do host, somente
esse bilhete assinado e a conta (bills).

Posso abrir conta com qual visto? 


R: C
​ onforme dito anteriormente, depende de cada banco. O entendimento da maioria das pessoas que 
tentaram abrir contas, é de que com visto de turista, apenas o KiwiBank e o ANZ aceitam abrir uma conta, 
isso com algumas ressalvas. Caso você tenha outro visto como Work Visa, Student, WHV ou Resident, 
não deve existir problema nenhum. 
Informações atuais dizem que nenhum banco está abrindo conta para turista. Algumas pessoas 
conseguiram abrir em agências mais afastadas do centro da cidade e outras nem isso. 

Quais são as taxas mais cobradas? 


R: I​ sso vai depender da conta que você abrir e em qual banco. Por exemplo, a conta mais básica do ANZ 
(Se chama conta Go) não cobra taxa para usar os caixas eletrônicos (ATM) mas cobra uma taxa na hora 
se você resolver fazer um saque com o atendente na boca do caixa. O Kiwibank não cobra taxa para 
emitir o cartão, mas cobra uma taxa anual de 10 NZD para manter a sua conta aberta. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- É possível na maioria das vezes usar o seu cartão do banco X para fazer um saque num ATM do banco 
Y, mas é muito provável que você pague uma taxa por isso. 
 

Quais são os principais bancos da NZ? 


R:​ Bom, basicamente os bancos mais conhecidos são: 
- ANZ - ​https://www.anz.co.nz 
- KiwiBank - ​https://www.kiwibank.co.nz/ 
- BNZ - ​https://www.bnz.co.nz/ 
- ASB - ​https://www.asb.co.nz/ 
- WestPac - ​https://www.westpac.co.nz 
NZ for dummies
 
Conta Conjunta é uma boa? 
R:​ Algumas pessoas perguntam se vale a pena ter uma conta conjunta com o partner. Existe toda uma 
questão financeira e emocional que não vou entrar no mérito da questão. Cada casal deve se entender e 
fazer o que bem convier, porém uma grande vantagem de ser ter uma conta conjunta na NZ, é que ela 
serve como uma BOA evidência que vocês possuem uma relação estável, explico. Quando você for 
aplicar para algum visto baseado em partnership (vulgo visto de partner), será necessário enviar 
evidências que vocês são genuinamente parceiros. Uma evidência que dá um suporte muito bom é o fato 
de ter uma conta conjunta, na NZ e se tiver uma no Brasil melhor ainda. Antes de fazer uma conta 
conjunta (Joint account), procure o banco antes. No WestPac, por exemplo, só pode fazer se os dois 
possuem um visto de pelo menos 1 ano. Já no kiwibank, não precisa disso. 

O que é KiwiSaver? 
R:​ O KiwiSaver não é exatamente um produto dos bancos, mas por hora ele fica nesta seção. O KiwiSaver 
é parecido (mas nem tanto) com o FGTS do Brasil. O KiwiSaver é uma iniciativa de poupança voluntária 
(no Brasil é obrigatório) e baseada no trabalho para ajudá-lo com sua economia de longo prazo para a 
aposentadoria. Basicamente você ao longo da vida vai juntando um percentual do seu salário, o governo 
contribui com um percentual e o seu empregador também. O seu dinheiro pode render mais alguma coisa 
com juros, uma vez que o dinheiro fica sob a administração de um banco (por isso que este assunto está 
neste tópico). Quando você se aposentar ou em alguns casos especiais, você saca o seu KiwiSaver. Caso 
você queira saber mais sobre o assunto segue o link do site do governo com todas as informações 
(​http://www.kiwisaver.govt.nz/new/about/summary/​) necessárias. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Apenas pessoas que possuam cidadania Neozelandesa ou que tenham alguns específicos tipos de visto 
por um prazo indefinido podem ter acesso ao KiwiSaver. Adianto que Work Visa, WHV, Student não tem 
direito (​http://www.kiwisaver.govt.nz/new/join/who-can/​). 

O que é PayWave? 
R:​ O PayWave é uma tecnologia usada na NZ (e em outros países) que permite usar o pagamento com o 
cartão sem precisar inserir ou passar o cartão. Isso mesmo, apenas encostando o cartão na máquina e 
se o valor for abaixo de um limite (geralmente 80 NZD) o sistema reconhece automaticamente o 
pagamento. Caso o valor seja superior ao seu limite será necessário inserir a senha. 
(​http://www.visa.co.nz/personal/features/visapaywave.shtml​) 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- O Banco ANZ, possui também um aplicativo para celular chamado GoMoney, que permite pagar usando 
o PayWave através do celular, ou seja, somente encostando o celular no Paywave da máquina, assim nem 
o cartão você teoricamente precisaria possuir. 
- Nem todas as maquininhas tem o PayWave, então às vezes ainda é preciso inserir o cartão. 
NZ for dummies
 
Cartão de débito da NZ funciona como crédito (Internet)? 
R:​ Mais ou menos. Vou partir da premissa que você ao abrir a conta no banco recebeu apenas um cartão 
de débito. Agora você percebeu que quer fazer uma compra pela Internet e o site está pedindo um cartão 
de crédito. Não se precipite, o seu cartão de débito pode ser usado neste caso. Inclusive o meu seguro de 
carro e de moto ele é cobrado todo mês do meu cartão de débito. Agora quando você vai pagar uma 
compra na maquininha (aqui se chama EFTPOS) ele aparece a opção de Débito [Cheque], Poupança 
[Savings], Crédito [Credit], se você selecionar a opção Savings ou Credit com o seu cartão de débito, ele 
vai dar opção negada. 

Porque o nome no cartão é “XXX CARDHOLDER”? 


R:​ Quando você vai abrir a conta no banco, muito provavelmente vai sair com o seu cartão de débito na 
hora. Isso mesmo o cartão sai na hora. Mas isso tem um ponto diferente dos cartões do Brasil. 
Geralmente quando você recebe um cartão no lugar que estaria o seu nome, virá algo como “VISA DEBIT 
CARD HOLDER” ou “ANZ CARDHOLDER” ou algo parecido. No primeiro momento você nem vai se 
importar com isso. Porém quando você for fazer uma compra pela Internet, uma das coisas que você 
deverá inserir é o nome na frente do cartão. E aí que vem o questionamento. O que eu coloco? Neste caso 
você deve inserir o seu nome completo. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Você pode pedir para mandar fazer um cartão com o seu nome e alguns bancos permitem até 
personalizar a foto no fundo do cartão. Porém isto geralmente é pago.
NZ for dummies
 
VISTOS 
Onde buscar informações sobre visto? 
R: E​ xistem 5 maneiras de obter informações sobre os vistos. 
1) No site da imigração (INZ) - ​https://www.immigration.govt.nz/ 
2) Immigrant Adviser Licensed [Imigrante Conselheiro Licensiado] - h ​ ttp://www.iaa.govt.nz/ 
3) Citizens Advice Bureau [Secretaria de Assistência Social] - ​http://www.cab.org.nz 
4) Community Law Centres [Centro de direito Comunitário] - h ​ ttp://communitylaw.org.nz/ 
5) Lawyer [Advogado] - ​http://www.lawsociety.org.nz/  
 
De acordo com o site IAA existem riscos de obter informações de pessoas e sites que não sejam 
autorizados a dar informações, como no caso deste documento. Para saber sobre estes riscos, visite o 
link ​http://www.iaa.govt.nz/migrant/risks.asp​. Sempre que você encontrar informações sobre qualquer 
visto ou coisa relacionada ao visto, procure a informação no respectivo site da INZ (immigration NZ) ou 
confirme com o Immigrant Adviser. Inclusive o que estiver escrito neste documento também sugiro 
fortemente que você entre no link da INZ para confirmar a veracidade da informação. Lembre-se, nem 
sempre o que foi realizado com sucesso por uma pessoa pode ser aplicado para outra pessoa, vai 
depender muito dos documentos enviados e de novas regras impostas pela INZ. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Você pode achar os Immigrant Adviser registrados no seguinte link: 
https://iaa.ewr.govt.nz/PublicRegister/Search.aspx  
- Existe um Immigrant Adviser que atende no Brasil. 
- Existem Immigrant Adviser brasileiros (ou que falam português) que atendem na NZ. Basta procurar nos 
grupos de facebook e whatsapp que você encontrará o link para eles, ou na seção de links deste 
documento. 
- Outro site que podem ser obtidas informações sobre o visto é 
https://www.newzealandnow.govt.nz/move-to-nz/new-zealand-visa​. 
- Para ver uma rápida comparação entre os principais vistos visite este link 
(​https://www.newzealandnow.govt.nz/move-to-nz/new-zealand-visa/compare-nz-visa-types​) 
- Caso você tenha o seu visto negado (qualquer visto que seja), você poderá solicitar as anotações 
completas da imigração. Você não precisa de um Immigrant Adviser para tal, isso poderá ajudar a 
descobrir o motivo da negação do visto. 

Um Immigrant Adviser/Advogado são garantia da 


obtenção do visto? 
R: N
​ ão, ninguém nem nada pode garantir que sua aplicação será aceita. Um Immigrant Adviser/Advogado 
no entanto aumentarão as suas chances de obtenção do visto incrivelmente, uma vez que são pessoas 
dedicadas a isso que já aplicaram várias vezes diversos tipos de vistos e inclusive tem poderes para 
interceder por você caso exista algum questionamento da INZ. 
NZ for dummies
 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- O valor que um Immigrant Adviser pode cobrar vai variar com o visto e a complexidade da aplicação, 
maiores informações podem ser obtidas no link (​http://iaa.govt.nz/migrant/costs.asp​). 

Como posso aplicar para um visto? 


R: O​ visto pode ser aplicado de 2 maneiras. 
1) Online, sim tudo pela internet. 
(​https://www.newzealandnow.govt.nz/resources/apply-online-for-your-visa​) 
2) Indo diretamente a uma agência da imigração (INZ), os locais que permitem a aplicação de visto são 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/tools-and-information/tools/office-
and-fees-finder​) 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- O valor do visto pode ser alterado por aplicar online e não via papel. Bem como o tempo para receber a 
resposta. 
- Se você aplicar via online não será necessário enviar o passaporte e portanto você não terá um carimbo 
ou label no seu passaporte. Você receberá o seu visto por email e deverá imprimir e manter anexo ao seu 
passaporte. 
- Nem todos os vistos podem ser aplicados online (vistos de partner por exemplo) e existem vistos que só 
podem ser aplicados online (WHV por exemplo). 
- Um vídeo muito interessante que da dicas como tirar uma foto para aplicar o visto online 
(​https://www.youtube.com/watch?v=UCd8uf3wTXA​) 

Qual o visto certo para mim (e para minha família)? 


R: C
​ omo você deve imaginar, vistos diferentes possuem características diferentes. Da mesma forma se a 
sua intenção é fazer uma pós-graduação o seu visto será diferente para uma pessoa que quer imigrar. A 
melhor maneira de obter a resposta sobre qual visto melhor atende às suas necessidades é procurando 
um Immigrant Adviser, mas você pode usar alguns links específicos para se ter uma ideia de qual visto 
você pode considerar para aplicar é 
https://www.newzealandnow.govt.nz/move-to-nz/new-zealand-visa/compare-nz-visa-types​. Outro site 
também interessante é h ​ ttps://www.newzealandnow.govt.nz/move-to-nz/new-zealand-visa​. Abaixo serão 
explicados os principais vistos de Trabalho, Turismo, Estudo. 

Qual a melhor estratégia de imigração para a NZ? 


R: C
​ omo você deve imaginar, existem vários fatores que alteram uma estratégia para quem deseja 
imigrar para a NZ. A única pessoa capacitada a te ajudar com este processo é um Immigrant Adviser ou 
Lawyer. Muitas pessoas acham que imigrar para um país é apenas ter um visto de residente ou visto de 
cidadão. De certa maneira estão enganadas, imigrar é bem mais complexo do que apenas ter um 
determinado tipo de visto, mas não podemos negar que o visto acaba sendo um passo importante para 
aqueles que sonham em se tornar Kiwis. Não preciso dizer que cada visto tem restrições diferentes seja 
NZ for dummies
 
idade ou qualificação ou salário recebido e portanto pode não ser a melhor opção para o seu caso, por 
isso mais uma vez venho informar que a única pessoa capacitada para te ajudar e um Immigrant Adviser. 
Eu não recomendo nenhum “caminho” ou “estratégia” a ser escolhido sem antes falar com um Immigrant 
Adviser. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Sei que muitas pessoas esperavam aqui alguns caminhos já percorridos por outros Brasileiros, mas 
como cada caso é um caso e apenas o Immigrant Adviser/Lawyer é uma pessoa capacitada a te dar 
maiores informações, caso você queira ver casos de sucesso, sugiro que você procure no Facebook ou 
grupos de WhatsApp. 
- Caso você vá atrás desses Brasileiros, não se esqueça de procurar pessoas que também tentaram 
passar por estes caminhos e não tiveram o mesmo sucesso que outras pessoas, pois você vai entrar no 
youtube e ver uns 2 ou 3 vídeos e vai achar que tudo é fácil e mole, mas posso lhe assegurar, não é. 

Quanto custa para aplicar para um visto? Quais exames 


médicos são necessários para um visto?  
R: P​ ara cada visto que for aplicado existe uma taxa diferente. Vistos de residência e de cidadania são 
bem caros ao passo que visto de estudante são relativamente mais em conta. Existe uma ficha de 
referência no site da INZ (​https://www.immigration.govt.nz/documents/forms-and-guides/feesguide.pdf 
). Tal qual as taxas, cada visto pode exigir exames de saúde diferentes, geralmente conforme o tempo 
que você for ficar na NZ serão solicitados mais exames. Para cada visto nas perguntas abaixo tentarei 
relacionar o máximo de informação possível. 
 

Onde fazer os exames médicos? 


R:​ Independente de quais exames sejam necessários, será obrigatório que você realize os exames em 
clínicas credenciadas. Para saber onde fazer os exames médicos, basta usar a ferramenta disponível no 
site da INZ 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/tools-and-information/tools/panel-
physicians​). 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Existem 18 clínicas autorizadas a realizar os exames no Brasil. Na NZ são 154 clínicas.  
- Os exames têm validade de apenas 3 meses, portanto devem ser realizados próximos à data de 
aplicação para o visto. 
- Em dezembro de 2017 o custo total para se fazer o exame completo (Chest x-ray + General Medical 
Certificate) no Rio de Janeiro foi de R$ 1.040,50. 
- Ao realizar o exame a clínica irá informar o seu número E-medical. Você deverá mencionar este número 
na aplicação do seu visto. 
- Os resultados do exame são entregues para a imigração pelo médico em torno de 7 dias úteis. 
NZ for dummies
 
O que é um Accredited Employer? 
R: É
​ considerada uma empresa credenciada [Accredited Employer] aquela empresa que regularmente 
precisa contratar mão de obra qualificada de outros países. A validade da credencial é de 1 ano e pode 
ser renovado pela INZ. Geralmente empresas de áreas com muita demanda são empresas credenciadas. 
A grande vantagem para uma empresa ser credenciada é que caso ela precise contratar uma pessoa com 
um determinado skill, ela não precisará comprovar para a INZ que tentou contratar uma pessoa que já 
possua o visto de trabalho na NZ. Para ver a lista com todas as empresas credenciadas, basta entrar no 
link 
https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/tools-and-information/tools/accredi
ted-employers-list​ . 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Existem atualmente (11/06/2017) 594 empresas credenciadas na NZ. Em diversas indústrias. 

O que é sponsor? Quais empresas podem aplicar para um 


Sponsor? 
R: T​ udo sobre Sponsor foi retirado do seguinte link: 
https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/tools-and-information/general-infor
mation/acceptable-sponsors​. O termo Sponsor significa patrocinador e muitas vezes as pessoas dizem 
que estão procurando uma empresa para “sponsorar” o visto, ou seja bancar/aplicar o seu visto. Saiba 
que se uma empresa for “sponsorar” o seu visto, não quer dizer que ela vá pagar o seu visto, nem tão 
pouco fazer a aplicação para você. Algumas pessoas reportaram que em alguns casos a empresa 
simplesmente deu a carta oferta e falou que preencheria os formulários necessários, mas seria 
responsabilidade do funcionário correr atrás de tudo. Outras pessoas reportaram que a empresa aplicou 
para o visto (ou seja ela fez todo o processo) e também pagou pelo visto. Então vai de empresa para 
empresa. Agora quais empresas podem “sponsorar” uma pessoa? Ao contrário do que muitos falam por 
aí, não tem a ver com o tamanho da empresa ou com quanto ela movimenta de dinheiro, pelo menos não 
diretamente. Os critérios são mais ligados a lei, como por exemplo, a empresa não pode ter nenhum 
diretor que foi processado sob alegação de alguma coisa ligado a leis de imigração. A empresa não 
poderá ter nenhum processo contra ela sob alegação de alguma coisa ligada a lei de imigração. Porém, a 
empresa deverá provar que é capaz de manter você financeiramente estável no país, talvez por isso 
muitas pessoas achem que existe algo relacionado ao tamanho da empresa. Existem outros critérios e 
você pode ver todos eles no link mencionado anteriormente. Ainda que a empresa obedeça todos os 
critérios, a empresa deverá provar para INZ que a empresa tentou contratar algum residente e não obteve 
sucesso (para alguns tipos de visto). O único caso onde a empresa não precisa comprovar que tentou 
contratar algum residente, é caso ela seja uma empresa credenciada. Você pode ler mais sobre empresas 
credenciada na pergunta específica. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
NZ for dummies
 
- Apesar de “Sponsorar” parecer igual a empresa “credenciada” sao termos diferentes. Uma empresa 
pode decidir “Sponsorar” um funcionário e não ser uma empresa “credenciada”, neste caso a empresa 
terá umas burocracias a mais do que uma empresa “credenciada”. 

Visto WHV (Working Holiday Visa)?


R: T​ odas as informações sobre o WHV podem ser consultadas neste link 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/about-visa/brazil-working-holiday-vi
sa​). Muitas pessoas consideram este visto como a Loteria para a NZ. A ideia do WHV é um visto que 
permite visitar a NZ durante até 12 meses e trabalhar durante este período para pagar os custos 
associados a sua viagem. Algumas pessoas que conseguem este visto usam como um degrau para 
conseguir posteriormente um visto de trabalho e posteriormente a residência. O WHV possui algumas 
restrições e peculiaridades. Uma pessoa que obteve o WHV, poderá trabalhar até 3 meses para um 
mesmo empregador. Este visto não é extensível para Partners (Marido/Esposa) ou filhos, caso eles 
queiram também vir para a NZ, deverão aplicar para vistos respectivamente. Este visto possui uma quota 
anual de 300 emissões. Você precisa ter entre 18 e 30 anos no momento da aplicação do visto. Após ter 
o visto aceito, você deverá entrar na NZ em até 12 meses. Este visto só poderá ser aplicado online. O 
custo para aplicação do visto é de 208 NZD e deverá ser pago com um cartão de crédito. Caso sua 
aplicação seja aceita será necessário fazer exames médicos e enviá-los para a INZ (online). Existem 
locais no Brasil que estão aptos a fazer os exames médicos. É necessário comprovar fundos para se 
manter na NZ. É necessário ter um seguro viagem (ou medical insurance válido). 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Como este visto é MUITO (realmente MUITOOO procurado) algumas horas antes da sua abertura os 
sites da INZ já ficam congestionados. 
- Em 2016 demorou por volta de 25 minutos para todos os WHVs se esgotarem.  
- Em 2017 demorou por volta de 20 minutos para ver as primeiras pessoas falando que se esgotou nos 
grupos de WhatsApp. 
- A data de aplicação para 2018 será 22/08/2018 às 10:00 (horário da NZ) convertendo para o horário do 
Brasil foi 21/08/2018 às 19:00. 
- Para aplicar para o WHV, você deverá entrar pelo seguinte link 
(​https://onlineservices.immigration.govt.nz/​) 
- Você só pode receber este visto 1 única vez.  
- O site da vida cigana vende um PDF com fotos do passo-a-passo para a obtencao do visto 
(​https://vidacigana.com/working-holiday-visa/​), supostamente sabendo o que esperar você pode agilizar 
o processo na hora de tentar o visto e por tanto aumentariam as suas chances de conseguir o visto. 

Qual a estratégia vencedora para conseguir o WHV?


R: B
​ om, primeiramente não existe uma maneira de garantir que você será um dos 300 sortudos a 
conseguir o WHV. Mas existem várias coisas que você pode fazer para estar bem preparado. As vezes, 1 
ou 2 segundos que você não desperdiça fazendo um passo desnecessário, pode fazer toda a diferença. 
Vou dar algumas dicas do que pode te ajudar na hora de aplicar:  
1- Você já deve ter o login no site da imigração. Exatamente, cadastrar o login (usuario e senha que serão 
usados para aplicar o visto) pode e deverá ser feito de antemão, assim na hora você não perderá tempo 
NZ for dummies
 
na hora que o site abrir. Use este link (​https://onlineservices.immigration.govt.nz/​) para se cadastrar. No 
dia e hora da aplicacao esteja nesta pagina para quando o formulario abrir 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/about-visa/brazil-working-holiday-vi
sa​). 
2- O formulário do WHV tem umas 4 ou 5 páginas, e cada pagina tem um monte de pergunta (umas 5 ou 6 
perguntas), a melhor coisa que você pode fazer é já ter todas as respostas anotadas em algum outro 
lugar, assim na hora é só copiar e colar a resposta ao invés de ter que digitar. 
3- As perguntas do formulário podem estar em textbox (o campo que você tem que digitar), ou em 
dropdown (o campo que já tem as respostas e você seleciona, geralmente para sim/não), se acostume a 
usar o “TAB” do teclado para mudar de pergunta, “ALT+TAB” para ir para o editor de texto e “ENTER” para 
ir para a próxima página do formulário. Assim como pode apertar “Y” ou “N” para as respostas que sejam 
sim ou não. 
4- As perguntas estarão em inglês por isso a melhor coisa é já ter as respostas anotadas em outro lugar 
(bloco de notas, Word, ou qualquer editor de texto) isso vai fazer com que você só tenha que olhar para a 
pergunta e ver a resposta, e não ter que ficar pensando na hora qual a resposta. 
Agora você deve estar se perguntando, como vou saber quais são as perguntas que vão aparecer na hora, 
se o formulário está fechado e só estará aberto o acesso na hora? Aí vem a dica seguinte. 
5- Alguns outros países o WHV fica aberto o ano inteiro, e a grande maioria das perguntas são as 
mesmas, inclusive na mesma ordem. O que algumas pessoas fazem (ainda que moralmente falando seja 
errado) é criar um login de teste (num email de teste qualquer) e fazem uma aplicação para o WHV de 
outro país (que esteja aberto), assim você poderá ver quais são as perguntas em qual ordem, e isso te 
ajudará a ter o gabarito de antemão. Para aqueles que forem fazer esta maneira, não sigam após a parte 
do pagamento, pois como alguns países não tem cota, o visto será automaticamente concedido e você 
precisará fazer um cancelamento da aplicação. 
6- Nem todos os campos do formulário são obrigatórios, veja os campos que não são obrigatorios e 
deixe eles para la. Um exemplo de campos que você pode pular é na parte de ocupação, que ele pergunta 
a sua indústria e sua profissão, nem perca seu tempo. 
7- Para aqueles que nunca fizeram uma compra com cartão de crédito pela internet, o site irá solicitar os 
seguintes dados do seu cartão: Número, Data de Vencimento, Nome que está escrito no cartão, CVV 
(código de 3 ou 4 dígitos que ficam atrás do cartão), sugiro fortemente que você deixe estes números 
também anotado no seu gabarito, para que você possa copiar o numero na hora de pagar. 
8- Se você nunca fez uma compra pela internet ou/e nunca fez uma compra internacional, liga para sua 
operadora de cartão e confirme que ele está desbloqueado e tem saldo suficiente, será uma frustração 
muito grande chegar até a parte do pagamento e perceber que você não conseguiu pagar por que o seu 
cartão não estava tudo certo. Você pode até para ter certeza, entrar em algum site internacional e 
comprar alguma besteira baratinha só para garantir que o cartão funciona. Você pode comprar um 
aplicativo no Google, Creditos no Skype, Aliexpress, tem tantas maneiras… 
9- Ter um bom computador, uma boa internet e usar um bom navegador vai te ajudar na hora da 
aplicação, evite usar o Internet Explorer, e desabilite AddOns (complementos) que o seu navegador possa 
estar usando, se possível também feche e desabilite os programas do computador, eles estar’a muito 
menos lento se você não tiver ouvindo música, jogando joguinhos e outras coisas. Vale a pena reforçar 
que o torrent, ou programas de streaming (netflix, youtube) devem estar desligados (se possível dos 
outros computadores da casa), para ter mais banda de rede para o seu navegador. 
10- Evite estar conectado numa rede WiFi, se puder estar com o computador/notebook conectado através 
do cabo de rede, isso pode ajudar a ter uma banda maior disponível. Se você puder ir para algum lugar 
com uma internet dedicada, melhor ainda. 
NZ for dummies
 
11- Se você está na NZ, você já está em vantagem as pessoas que estao aplicando do Brasil, isso por 
que, como os servidores do governo estao hospedados por aqui, supostamente os pacotes (a pagina) 
tera que dar menos saltos até chegar no seu computador, estamos falando de milionésimos de segundo, 
mas ‘e o famoso vai que… Porém se estiver no Brasil, não use uma VPN para mascarar o IP para a NZ, 
isso por que de qualquer maneira o destino final do pacote e o Brasil, e a VPN só irá adicionar hops 
(saltos) para o seus pacotes. 
12- Entre no site algumas horas antes e fique logado já e depois acesse o link para a página principal da 
aplicação, isso fará que você esteja com a sessão aberta, e não precise se logar novamente na hora que 
estiver disponível. O conceito ‘e o mesmo de quando você fecha a aba do facebook e abre a uma nova 
aba uns minutos depois e ele ainda está logado no seu usuario… Isso por que a sessão ainda esta 
estabelecida. 
13- Só desista ou pare de fazer a aplicação quando receber a mensagem de que não tem mais vagas ou 
realmente realizar o pagamento, não pare se você ver que alguém comentou algo, 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- A data de aplicação para 2018 será 22/08/2018 às 10:00 (horário da NZ) convertendo para o horário do 
Brasil foi 21/08/2018 às 19:00. 
- O site da vida cigana vende um PDF com fotos do passo-a-passo para a obtencao do visto 
(​https://vidacigana.com/working-holiday-visa/​), supostamente sabendo o que esperar você pode agilizar 
o processo na hora de tentar o visto e por tanto aumentariam as suas chances de conseguir o visto. 
 

Consegui pagar a taxa do WHV, e aí?


R: B
​ om, se você conseguiu pagar, pode comemorar... Um dos 300 sortudos… Mas isso não significa que o 
seu visto está aprovado. Logo que você pagar o visto, ira receber um email da imigração dando os 
próximos passos. Leia o email com calma e mais de uma vez para ter certeza que esta tudo certo. O 
próximo passo será marcar uma consulta com o médico para fazer os exames. Como explicado na 
pergunta específica, existem médicos credenciados para fazer os exames, dependendo da sua cidade, 
pode ser que você tenha que viajar para outro lugar para fazer o exame. Você tem até 14 dias para fazer o 
exame, então sugiro que já entre no site descubra qual o médico mais perto de você, e já agende com ele 
o exame, pois nem sempre os médicos tem disponibilidade de para o dia seguinte. Assim que o médico 
fizer o exame ele vai te dar um papel com um número do exame que ele fez. O próprio médico será 
responsável por entrar no sistema interno da imigração e fazer o upload dos seus resultados, eles sabem 
como fazer isso, acredite. Se tudo estiver certo, o seu visto será disponibilizado em alguns dias. Assim 
que receber o visto por email (sim ‘e um papel que você recebe por email), basta imprimir ele, comprar o 
seguro viagem (OBRIGATÓRIO), compras as passagens, ter o dinheiro necessário de acordo com o site da 
imigracao e vir para a NZ. 
 

Visto de Turista (Visitor Visa)? 


R: T​ odas as informações sobre o Visitor Visa podem ser consultadas neste link 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/about-visa/visitor-visa​). O visto de 
turista, como o próprio nome diz, é destinado aquelas pessoas que querem vir para passear e fazer 
NZ for dummies
 
turismo na NZ. Este visto também pode ser aplicado para quem deseja fazer cursos (estudar) por menos 
de 12 semanas (3 meses) 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/already-have-a-visa/my-situation-has-changed/visit
/can-i-undertake-a-short-course-of-study-while-visiting-nz​). Para aplicar para este visto não existe custo se 
feito na chegada na NZ. Você pode aplicar para o visto de turista pela Internet se quiser. O Visto de turista 
geralmente é concedido por um período inicial de 3 meses. Você pode estender o visto por até 9 meses 
(no total) dentro de um período de 18 meses. É necessário comprovar fundos para se manter na NZ (Leia 
mais sobre isso na pergunta “​Como posso comprovar os 1000 NZD ou 1250 NZD ou 4000 NZD?​”). É 
necessário comprovar uma passagem de volta para o país de origem (ou fundos para a compra de uma 
passagem). Os fundos para a compra de uma passagem de volta não podem ser os mesmo fundos para 
se manter na NZ. Não é permitido trabalhar com o visto de turista. O visto de turista pode ter uma 
restrição (conforme explicado na pergunta “​O que é visto restrito?​”).  
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- É relativamente comum ouvir história de pessoas que trabalham com o visto de turista através do 
Cash-hand [dinheiro na mão]. Isto é ilegal e pode te trazer sérios problemas com a INZ. Como você está 
fazendo algo ilegal, caso seja pego você poderá ser deportado. Por ser um trabalho informal, você não 
tem os mesmos direitos que outros trabalhadores, inclusive em alguns casos pessoas relatam que 
recebem menos que o valor mínimo estabelecido pelo o governo. 
- Caso você venha para a NZ para estudar por menos de 12 semanas, o visto de turista poderá resolver o 
seu caso, mas você deverá comprovar quando da chegada que o curso já foi pago e você tem fundos 
suficientes para acomodação e outros gastos. 

Posso procurar trabalho com visto de turista? 


R: A​ lgumas pessoas pensam em vir para a NZ, pegar um visto de turista e ir procurar trabalho (receber 
uma job offer) para que possa aplicar para algum visto de trabalho. De acordo com o site da imigração, 
se você tem o visto de turista, o seu principal objetivo na NZ deve ser o turismo e não a busca por 
trabalho. Para maiores informações 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/already-have-a-visa/my-situation-has-changed/visit
/can-i-come-to-nz-as-a-visitor-to-look-for-a-job​). 
O site da imigração deixa bem claro que o principal objetivo da viagem deve ser TURISMO e não ficar 
procurando trabalho. Sendo que o Immigration Officer pode na hora achar que a sua intenção é mais 
procurar trabalho do que visitar e pode negar o seu visto ou te dar um visto restrito. 

O que é visto restrito? 


R: P
​ rimeiramente não existe um tipo de visto chamado restrito, o que existe é uma restrição no visto 
concedido. Até onde os autores puderam confirmar, existem 2 tipos de vistos que podem receber uma 
restrição são os vistos de turista e de estudo. Agora o que vem a ser esta restrição no seu visto. A 
restrição impõe que não será possível aplicar para outro visto estando na NZ (nem estender o seu visto 
atual). Além disso só será possível voltar para a NZ apenas se você tiver o seu um visto aplicado antes da 
sua chegada. O que algumas pessoas fazem caso tenham recebido o visto com restrição é viajar para 
países perto como Austrália ou Tonga e fazer uma nova aplicação. 
NZ for dummies
 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Muitas pessoas perguntam para caso você tenha recebido o visto restrito e tenha saído do país e 
aplicado para um novo visto, qual é a chance de receber novamente um visto restrito, a resposta é que 
depende única e exclusivamente da INZ e das evidências que você enviou na nova aplicação do visto. 
- Não é necessário lembrar que você deverá deixar o país antes da expiração do visto. 

Visto de Estudo (Study Visa)? 


R: T​ odas as informações sobre o Student Visa podem ser consultadas neste link 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/options/study/considering-study-in-new-zealand​) e 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/criteria/full-fee-paying-student-visa
). Perguntas pertinentes as escolas, cursos, category ou level serão abordadas num tópico específico. 
Aqui será respondido apenas questões que visam explicar o que é necessário para aplicar para o visto de 
estudante e quais são sua principais obrigações e direitos com este visto. Como mencionado no visto de 
turista, caso o seu curso seja menor que 12 semanas um visto de turismo já serve. Agora independente 
se você vai vir para NZ para estudar inglês, ou fazer um curso na sua área que seja Level 7 ou 8 ou 9, você 
deverá aplicar para um visto de estudante. O visto de estudante pode ser aplicado online ou em papel. 
Existem vários requisitos específicos para aplicar para um visto de estudante, mas saiba que caso você 
queira, você pode fazê-lo sem precisar de nenhuma escola de intercâmbio ou Immigrant Adviser, ainda 
que eu fortemente sugira fazer através deles. Os principais documentos solicitados durante a aplicação 
do visto são: 
- Cópia da página de identificação do passaporte e cópia das páginas que possuam vistos/carimbos de 
outros países 
- 01 Foto formato 3,5 x 4,5 
- Carta de Aceitação da escola estrangeira 
- Comprovante do pagamento da escola ou organização estrangeira 
- Seguro Saúde (NZ) 
- Carta de Intenção (recomendado) 
- Cópia da reserva da passagem aérea ou comprovação financeira (Estudantes) Declaração de aluno 
regular OU Histórico escolar 
- Cópia de certificados de estudos ou trabalhos anteriores 
- (Menores) Cópia do RG de ambos os pais 
- (Menores) Autorização de Viagem - com firma reconhecida 
- Carta Convite + cópia do visto/passaporte ou resident card do anfitrião (caso seja recebido por 
familiares ou amigos) 
- Extratos bancários dos últimos 6 meses. 
- (Funcionário) Contracheques dos últimos 03 meses 
- (Empresário) Documentos da Empresa (Contrato Social, 03 últimos Pró-Labores e CNPJ) 
- (Para quem vai estudar mais de 6 meses) Exame Médico Obrigatório (NZE) e Raio X 
- (Para quem vai estudar mais de 1 ano) Urina, sangue e radiografia de tórax. 
- Cópia do RG ou Certidão de Nascimento 
- Pagamento da taxa de aplicação do visto (270 NZD) 
  
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
NZ for dummies
 
- Para fazer os exames é necessário achar uma instituição credenciada pelo governo da NZ. Este link 
contém todas as instituições credenciadas do mundo 
https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/tools-and-information/tools/panel-p
hysicians 
- Algumas condições como tempo de curso, qual instituição permitem você a trabalhar ainda que você 
esteja de posse do visto de estudante. Este caso será explicado em sua respectiva pergunta (“​Posso 
trabalhar com visto de estudo?​”). 
- Algumas condições como tempo de curso, qual instituição e qual nível de curso permitem você a trazer 
o seu partner (marido/mulher) e até mesmo filhos. Este caso será explicado em sua respectiva pergunta 
(“​Posso trazer Partner ou Dependente?​”) 
- Algumas pessoas querem fazer um nível 7 ou 8 e precisam melhorar o inglês, por isso fazem um curso 
de inglês antes. Caso esta seja a sua ideia, sugiro que procure sobre o Pathway Student Visa 
(​https://www.studyinnewzealand.govt.nz/blog/new-pathway-student-visa-pilot-means-less-paperwork-les
s-hassle?_ga=2.51061673.1221180771.1498690139-1729300751.1494297373​) e 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/visa-factsheet/pathway-student-vis
a?_ga=2.116202630.1072928182.1499381606-1729300751.1494297373​). Este visto ajuda a não ter que 
ficar aplicando cada vez que você muda de curso/escola, economizando o dinheiro da aplicação do visto. 

Posso trabalhar com visto de estudo? 


R: C
​ omo mencionado na pergunta anterior, dependendo de qual curso for escolhido a sua duração e 
outras características, você poderá trabalhar legalmente ainda que esteja com visto de estudante. As 
regras basicamente para esta condição são: Você poderá trabalhar até 20 horas (Part-Time) por semana 
durante o seu período de estudo. Caso o seu curso não seja um curso de inglês, você poderá trabalhar 
full-time durante as férias. Para saber se o seu curso permitirá trabalhar ou não, basta olhar no seu visto, 
que conterá esta informação. Existem certos trabalhos que não podem ser realizados por aqueles que 
tem o visto de estudante, principalmente trabalhos ligados a entretenimento adulto (casas de show). O 
site da imigração (INZ) restringe os seguintes trabalhos (​You can’t provide commercial sexual services, or 
operate or invest in a business that does.) 
Para saber exatamente quais são os requisitos e como funciona o link é: 
https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/options/study/working-during-after-your-study/work
ing-on-a-student-visa 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Na maioria das escolas, tanto de inglês quanto de Level 7, 8 ou 9, eles geralmente já informam se você 
poderá ou não trabalhar com o visto que eles recomendaram aplicar. Sugiro sempre confirmar as 
informações no site da imigração (INZ), com um Immigrant Adviser ou até mesmo um consultor de 
venda. 
- Para você poder trabalhar existem outras coisas necessárias além do visto, maiores informações no 
tópico específico para trabalho. 
- Alguns cursos de Nível 7, 8 ou 9, permitem você trabalhar full time durante as férias do seu curso. Pode 
ser uma boa hora para você fazer umas horas extras e juntar uma grana a mais. Para confirmar se você 
pode ou não trabalhar full time vai estar escrito no seu visto “May work full-time during summer  
vacation.” 
- A INZ faz “batidas” (geralmente após denúncias) em empresas para confirmar que estudantes não estão 
NZ for dummies
 
trabalhando mais do que deveriam. Caso você seja pego tendo trabalhado mais do que seu visto permite, 
você poderá pagar uma multa, perder o seu visto e até mesmo ter que deixar a NZ. O seu empregador 
também poderá sofrer sanções. Então ainda que o seu empregador te ofereça mais horas ou precise que 
você faça um “extra”, sugiro que não o faça, pois você pode sofrer terríveis consequências.

Visto de Post Study Work Visa (Open Visa)? 


R: T
​ odas as informações sobre o Post Study Work Visa podem ser consultadas neste link 
https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/about-visa/post-study-work-visa-op
en​ e 
https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/options/study/working-during-after-your-study/stayi
ng-to-work-after-study​. Caso você tenha feito um curso de Level 7, 8 ou 9 , dependendo do curso e de 
outras características, você poderá aplicar ao término do seu curso para o Post Study Work Visa. Este 
visto é entendido como um grande divisor de águas para aqueles que pensam em imigrar para a NZ. 
Vamos supor que você resolveu ficar mais um tempo na NZ. Você veio para a NZ e estudou um Level 8 
durante 1 ano um curso de Business. Durante este ano que você estudou você teve restrições para o 
trabalho (apenas part-time) e ainda tinha que conciliar o trabalho com os estudos. Ao aplicar (e receber) 
este visto, você poderá trabalhar para basicamente qualquer empregador. Você inclusive poderá procurar 
trabalhos relacionados a sua área de atuação (depende da sua área) do seu estudo, e para aqueles que 
pensarem em realmente imigrar para a NZ, você estará somando muitos pontos para poder aplicar para 
outros vistos após o término do seu Open Visa. Sem contar que podendo trabalhar full-time tende a entrar 
mais dinheiro para os seus gastos. De certa maneira, os requisitos para aplicar para este visto são os 
mesmo para aplicar para o visto de estudante. Exceto que você não precisa mais comprovar os 
pagamentos da escola, mas será necessário comprovar que você concluiu o curso (enviar um transcript e 
certificado de conclusão). O custo para aplicação deste visto é de 298 NZD. Pode ser necessário refazer 
alguns exames médicos dependendo de quando você fez o seu exame inicialmente e até quando você 
ficará na NZ. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Você precisa aplicar para este visto no máximo até 3 meses após o fim do seu curso (6 meses se for um 
doutorado), e você deverá em todo tempo estando na NZ ter um visto válido. 
- Você precisa ter concluído o curso com sucesso. 
- Algumas condições como tempo de curso, qual instituição e qual nível de curso permitem você a trazer 
o seu partner (marido/mulher) e até mesmo filhos. Este caso será explicado em sua respectiva pergunta 
(“Posso trazer Partner ou Dependente?”) 
- Para saber se o curso que você pretende se inscrever dá direito após sua conclusão ao visto de Open 
Visa a melhor coisa é se informar com algum representante da escola ou Immigrant Adviser. Em termos 
gerais você poderá aplicar para este visto se o seu curso estiver na lista de Long Term Skill Shortage 
(explicado sobre esta lista em outra pergunta).  

Quais são os vistos que dão direito a trabalho (full-time)?


R: E
​ xistem uma série de vistos que dão direito a trabalho (full-time), os principais vistos que dão direito a 
trabalho são: 
- Essential Skills Work Visa 
NZ for dummies
 
- Long Term Skill Shortage List 
- Talent (Accredited Employer) 
- Skilled Migrant Category Resident Visa
- Silver Fern Job Search Work Visa
- Work Visa based on Partnership (Respondido na pergunta “Posso trazer Partner ou dependente?”)
- Post Study Work Visa (Foi respondido na respectiva pergunta)
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Não vou mencionar em todos os vistos que será necessário fazer uma bateria de exames médicos, mas 
todos eles serão necessários. Como estes vistos são destinados a ficar por volta de 2 anos na NZ, a INZ 
quer saber se você possui alguma doença e se estará apto a trabalhar. 
-Existem também outros documentos que deverão ser apresentado, como comprovante de bons 
antecedentes criminais (da para tirar pela internet através do site da Polícia Federal) e mandar traduzir 
para inglês e outros, cada visto vou tentar explicar um pouco sobre os requisitos. 

Comprovação de experiência do Brasil? 


R: D
​ ependendo do visto que você aplicar será necessário comprovar experiência de trabalho do Brasil. E 
para isso é importante obter uma carta de comprovação de experiência da empresa. Não existe um 
formato exato que deva ser seguido mas quanto mais completo e autêntico for melhor será para a INZ 
confirmar. Muitos empregadores no Brasil nunca fizeram uma carta deste tipo, então vai depender de 
você dizer para o empregador o que escrever nessa cara. A carta que eu fiz pedi para que o meu 
empregador colocasse as seguintes informações. Meu nome completo, Passaporte (ou outro documento 
qualquer), data de início e data de fim do meu contrato, o meu cargo, as minhas principais atividades 
exercidas. Também pedi que o documento fosse impresso num papel timbrado da empresa e carimbado 
e assinado pelo RH (ou seu gerente). Importante também se possível que o documento tenha a data do 
dia. Caso a sua empresa não faça a carta em inglês, vocẽ pode se valer de um tradutor juramentado para 
poder resolver o seu problema. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Junto com a carta eu também anexei as folhas da minha carteira de trabalho, para comprovar a 
formalidade. 
- Se vocẽ procurar no google “Carta de experiência profissional” vai achar vários modelos prontos. 

Essential Skills Work Visa? 


R: T
​ odas as informações sobre o Essential Skills Wor Visa podem ser consultadas neste link 
https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/about-visa/essential-skills-work-visa​.
Este visto só poderá ser aplicado caso você tenha recebido uma carta oferta (job offer) para um trabalho 
integral (full-time) e este trabalho está na lista ISSL (Immediate Skill Shortage List). A lista ISSL pode ser 
vista em h​ ttp://skillshortages.immigration.govt.nz/immediate-skill-shortage-list.pdf​ e é atualizada 
regularmente. O valor da oferta de trabalho deverá ser superior a 37.090,68 NZD (anualmente). Existe um 
monte de critérios específicos para aplicar para este visto. Um dos critérios que mais difíceis de serem 
comprovados para este visto é que o empregador deverá comprovar para a imigração (INZ) que não 
conseguiu contratar uma trabalhor (alguém que já possui um Visto) para desempenhar esta função (será 
NZ for dummies
 
necessário preencher o “Employer Supplementary Form” pode ser visto no link 
https://www.immigration.govt.nz/documents/forms-and-guides/inz1113.pdf​). Este visto permite trazer 
dependentes e pode ter duração de até 5 anos. Será necessário validar o seu diploma junto ao NZQF 
(pergunta respondida no tópico de trabalho) e caso a sua profissão tenha um conselho regional será 
necessário obter a licença (pergunta respondida no tópico de trabalho). Também será necessário 
comprovar experiência no trabalho. O Valor da aplicação do visto é de 298 NZD. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- A ideia geral deste visto é o seguinte, a NZ precisa de pessoas capacitadas por um curto período de 
tempo (pode ser até uns anos), então a INZ libera esta lista com profissões ao qual existe uma 
necessidade e vai aceitando as aplicações do visto. Um exemplo é que em por conta dos recentes 
terremotos, muitas coisas deverão ser reconstruídas, e por isso precisa de mão de obra na área de 
construção. Se você abrir o link da lista, verá que tem diversas profissões ligadas esta área. Isso não quer 
dizer que não será necessário comprovar experiência e revalidar diplomas. 
- De acordo com o site da INZ, este visto não permite um caminho direto para uma posterior residência. 
- Caso seja necessário comprovar a experiência do Brasil, não coloque nenhum emprego que você não 
seja capaz de comprovar, seja por carta da empresa ou por uma carteira de trabalho, pois é quase certo 
que a INZ irá solicitar a comprovação de experiência de todos os empregos. 

Long Term Skill Shortage List Work Visa? 


R: T
​ odas as informações sobre o LTSS Visa podem ser consultadas neste link 
https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/about-visa/long-term-skill-shortage-lis
t-work-visa​. ​Este visto só poderá ser aplicado caso você tenha recebido uma carta oferta (job offer) para 
um trabalho integral (full-time) e este trabalho está na lista LTSS (Long Term Skill Shortage List). A lista 
LTSS pode ser vista em 
http://skillshortages.immigration.govt.nz/assets/uploads/long-term-skill-shortage-list.pdf​ e é atualizada 
regularmente. O valor da oferta de trabalho deverá ser superior a 45.000,00 NZD (anualmente). Existe um 
monte de critérios específicos para aplicar para este visto. Um dos critérios que mais difíceis de serem 
comprovados para este visto é que o empregador deverá comprovar para a imigração (INZ) que não 
conseguiu contratar uma trabalhor (alguém que já possui um Visto) para desempenhar esta função (será 
necessário preencher o “Employer Supplementary Form” que pode ser visto no link 
https://www.immigration.govt.nz/documents/forms-and-guides/inz1113.pdf​). Este visto permite trazer 
dependentes e pode ter duração de até 30 meses. Será necessário validar o seu diploma junto ao NZQF 
(pergunta respondida no tópico de trabalho) e caso a sua profissão tenha um conselho regional será 
necessário obter a licença (pergunta respondida no tópico de trabalho). Também será necessário 
comprovar experiência no trabalho. O Valor da aplicação do visto é de 393 NZD. Existe uma restrição que 
o aplicante não poderá ter mais do que 55 anos. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- A ideia geral deste visto é o seguinte, a NZ precisa de pessoas capacitadas para os próximos anos, 
então a INZ libera esta lista com profissões ao qual existe uma necessidade e vai aceitando as 
aplicações do visto. Isso não quer dizer que não será necessário comprovar experiência e revalidar 
diplomas. 
NZ for dummies
 
- De acordo com o site da INZ, este visto permite um caminho direto para uma posterior residência 
através do visto (Long Term Skill Shortage List Resident Visa). 
- Caso seja necessário comprovar a experiência do Brasil, não coloque nenhum emprego que você não 
seja capaz de comprovar, seja por carta da empresa ou por uma carteira de trabalho, pois é quase certo 
que a INZ irá solicitar a comprovação de experiência de todos os empregos. 
 

Talent Work Visa (Accredited Employer)? 


R: T
​ odas as informações sobre o Talent Work Visa podem ser consultadas neste link 
https://www.immigration.govt.nz/employ-migrants/hire-a-candidate/support-a-candidates-visa-application/t
alent-work-to-residence-accredited-employers​. ​Este visto só poderá ser aplicado caso você tenha 
recebido uma carta oferta (job offer) para um trabalho integral (full-time) de uma empresa que seja 
credenciada [Accredited Employer]. Na próxima pergunta será respondido o que confere uma empresa tal 
título e como achar as empresas que sejam “credenciada”. O valor da oferta de trabalho deverá ser 
superior a 55.000,00 NZD (anual) calculado com base em um regime de 40 horas semanais. (deixe claro 
esse ponto se sua empresa permite que você trabalhe mais horas, mas não paga por elas). Você deverá 
trabalhar numa das áreas principais (core) da empresa. A empresa deverá apresentar descrição das 
atividades a serem exercidas e o contrato de trabalho. Também será necessário fazer exames médicos. 
Este visto permite trazer dependentes e pode ter duração de até 30 meses. Pode ser necessário validar o 
seu diploma junto ao NZQF (pergunta respondida no tópico de trabalho) e caso a sua profissão tenha um 
conselho regional será necessário obter a licença (pergunta respondida no tópico de trabalho). Também 
poderá ser necessário comprovar experiência no trabalho. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- De acordo com o site da INZ, este visto permite um caminho direto para uma posterior residência 
através do visto (Talent Residence Visa). 
- Na maioria dos casos, as empresas credenciada possuem seus próprios Immigrant Advisers e estes 
serão os responsáveis por fazer o processo de aplicação de visto e pagar as taxas incorridas. 
- Caso seja necessário comprovar a experiência do Brasil, não coloque nenhum emprego que você não 
seja capaz de comprovar, seja por carta da empresa ou por uma carteira de trabalho, pois é quase certo 
que a INZ irá solicitar a comprovação de experiência de todos os empregos. 
 

Skilled Migrant Category Resident Visa e o EOI? 


R: T
​ odas as informações sobre o Skilled Migrant Category Resident Visa podem ser consultadas neste 
link 
https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/about-visa/skilled-migrant-category-re
sident-visa​. A ideia deste visto é que a INZ convide pessoas (e famílias) altamente qualificadas a obter
residência na NZ. Para o governo saber quem convidar, é necessário deixar o governo saber que você
quer ser considerado, para isso é necessário preencher o EOI (Expression of Interest) [Expressão de
Interesse]. A expressão de interesse é um questionário que você responde para a INZ com várias
perguntas quebradas em diversas sessões sobre vários aspectos da sua vida e de seu partner. Cada
pergunta soma pontos a sua EOI. Caso você tenha mais do que 160 pontos acumulados, você poderá
NZ for dummies
 
ser chamado para aplicar para o visto Skilled Migrant Category Resident Visa. O custo para enviar a sua
EOI é de 530 NZD. Porém você pode simular quantos pontos você tem de graça
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/tools-and-information/tools/points-ind
icator-smc​) e até mesmo usar o formulário real (online) (​https://onlineservices.immigration.govt.nz/​) para
preencher todas as perguntas e ver quantos pontos você somou, uma vez que só será solicitado o
pagamento para enviar o EOI e não para abertura do mesmo. Quando você preenche o EOI, nenhuma
evidência é necessária, apenas dizer sim ou não para as perguntas. De 2 em 2 semanas a INZ seleciona
algumas EOIs. Caso o seu EOI seja selecionado, você receberá um Invitation to Apply (ITA) [Convite
para aplicar] e você terá 4 meses para enviar todas as evidências para todas as perguntas feitas no EOI.
Você também deverá pagar o custo do visto neste momento (confesso que não achei o valor a ser pago).
Se o seu visto for aceito, você e sua família poderão imigrar para NZ e vocês poderão procurar trabalho
sem nenhum problema (quanto a visto). O tempo para receber a resposta do ITA, pode variar entre 6 e
18 meses. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- As evidências são muito importantes de serem obtidas conforme especificado pelo site, qualquer coisa 
de diferente seu visto pode ser negado e será necessário iniciar o processo do 0. 
- Este visto é emitido por tempo indeterminado uma vez que você já é considerado residente da NZ. 
- Um Immigrant Adviser cobra geralmente cerca de 3.000 NZD até 6.000 NZD para aplicar para este visto. 
- No último dia 7/6/2017 a INZ possuía 1140 EOIs com mais de 160 pontos em seu sistema e selecionou 
592 EOIs para receber o ITA. Esta informação pode ser verificada 
(​https://www.immigration.govt.nz/about-us/media-centre/news-notifications/eoi-pool-selection-smc-7jun
e17​) e 
(​https://www.immigration.govt.nz/documents/smc-fortnightly-selection/fact-sheet-2017-06-07.pdf​). 
- Caso seja necessário comprovar a experiência do Brasil, não coloque nenhum emprego que você não 
seja capaz de comprovar, seja por carta da empresa ou por uma carteira de trabalho, pois é quase certo 
que a INZ irá solicitar a comprovação de experiência de todos os empregos.   

Silver Fern Job Search Work Visa? 


R: T​ odas as informações sobre o Skilled Migrant Category Resident Visa podem ser consultadas neste 
link 
https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/about-visa/silver-fern-job-search-wo
rk-visa​. ​ O Silver Fern possui algumas restrições e peculiaridades. Uma pessoa que obteve o Silver Fern, 
visa, poderá trabalhar até 9 meses com este visto, depois se quiser continuar na NZ, deverá aplicar para 
outros vistos. Este visto não é extensível para Partners (Marido/Esposa) ou filhos, caso eles queiram 
também vir para a NZ, deverão aplicar para vistos respectivamente. Este visto possui uma quota anual de 
300 emissões, para o mundo inteiro. Você precisa ter entre 20 e 35 anos no momento da aplicação do 
visto. Você precisa ser altamente qualificado. Este visto só poderá ser aplicado online. O custo para 
aplicação do visto é de 298 NZD e deverá ser pago com um cartão de crédito. Caso sua aplicação seja 
aceita será necessário fazer exames médicos e enviá-los para a INZ (online). Existem locais no Brasil que 
estão aptos a fazer os exames médicos. É necessário comprovar fundos para se manter na NZ. É 
necessário ter um seguro viagem (ou medical insurance válido). Com este visto você só poderá trabalhar 
em ocupações qualificadas 
(​http://onlineservices.immigration.govt.nz/opsmanual/35165.htm?_ga=2.175030754.1926607002.14970
NZ for dummies
 
91394-2029386894.1496657238​). É necessário comprovar proficiência em inglês. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Como este visto é MUITO (realmente MUITOOO procurado) algumas horas antes da sua abertura os 
sites da INZ já ficam congestionados. 
- Ainda não tem data da nova abertura do Silver Fern, mas fique de olho no site 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/about-visa/silver-fern-job-search-w
ork-visa​)
- Você não poderá aplicar para este visto se estiver na NZ.
- Você só pode receber este visto 1 única vez.
- Caso seja necessário comprovar a experiência do Brasil, não coloque nenhum emprego que você não 
seja capaz de comprovar, seja por carta da empresa ou por uma carteira de trabalho, pois é quase certo 
que a INZ irá solicitar a comprovação de experiência de todos os empregos.

Posso trazer Partner ou Dependente com o meu visto? 


R: C​ ada visto do aplicante principal específica se pode trazer Partner e Dependente ou não. Mas tem 
algumas coisas que são importantes serem mencionadas. Primeiro é importante esclarecero que a INZ 
entende como Partner 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/tools-and-information/general-infor
mation/partnership​) ou Dependente 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/tools-and-information/general-infor
mation/dependent-children​). As definições corretas podem ser encontradas nos links mencionados, mas 
de maneira geral uma pessoa é considerada um partner se você está casado, mantém uma união legal ou 
mantém uma relação estável. Uma pessoa é considerada seu dependente (resumidamente) se esta 
pessoa tem até 24 anos e depende financeiramente de você e esta pessoa não tem um filho. Você pode 
ver muitas pessoas falando que vão aplicar para um visto de partner, a verdade que não existe um visto 
de partner, existe um “Work Visa based on a Partnership” que seria algo como “Visto de trabalho baseado 
numa relação”, mas está subentendido o visto de partner. De maneira geral o visto de partner terá o 
mesmo tempo de duração do visto principal. Para aplicar para o visto de partner será necessário enviar 
documentos que comprovem a relação, entre você e o seu partner, será necessário também fazer uma 
referência ao visto principal além de todos os exames médicos que o partner já realizou. O visto de 
partner não pode ser feito online, tem que ser feito de maneira manual. Para comprovar a relação entre 
partners, o que as pessoas geralmente fazem é escrever um documento explicando como se 
conheceram, a quanto tempo estão juntos colocam umas fotos (pode ser cópia da foto) para mostrar que 
existe realmente uma relação genuína, colocam algumas coisas que mostrem uma vida em comum, por 
exemplo uma conta conjunta do banco, ou duas contas diferentes para o mesmo endereço. Com a 
maioria dos vistos de partner, você poderá estudar por até 3 meses, mas poderá trabalhar até o fim da 
validade do seu visto. A aplicação do visto fica no valor de 318 NZD. Basicamente toda as informações 
podem ser encontradas e lidas nestes 3 formulário 
(​https://www.immigration.govt.nz/documents/forms-and-guides/inz-1146-form-for-partners_april-2016_f
a_web.pdf​ ) e ( 
https://www.immigration.govt.nz/documents/forms-and-guides/inz-1199-partnership-based-temp-visa-gu
ide_april-2016_v1.pdf​ ) e 
NZ for dummies
 
(​https://www.immigration.govt.nz/documents/forms-and-guides/inz-1198-partnership-based-temporary-v
isa-application_april-2016_fa_web.pdf​) Os 2 vistos mais aplicados para Partner são: 
1) “Partner of Worker, Work Visa” que pode ser aplicado caso o partner tenha um visto de trabalho, e você 
também poderá trabalhar (full-time) 
https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/about-visa/special-work-visa-for-par
tners-of-work-visa-holders​.  
2) “Partner of Student, Work Visa” que pode ser aplicado caso o partner tenha um visto de estudo, e você 
poderá trabalhar (full-time) 
https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/about-visa/special-work-visa-for-par
tners-of-student-visa-holders  
Para ler um pouco mais sobre o visto de dependente da uma olhada no seguinte link 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/about-visa/dependent-child-residen
t-visa?_ga=2.16236534.1514525428.1498082627-2129234205.1497235342​) 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- O “Partner of Student, Work Visa” não é aplicável para qualquer estudante, o estudante precisa estar 
fazendo um curso de Level 7 em uma das áreas (Long Term Skill Shortage List) ou caso o curso seja de 
Level 8 ou 9. 
- O site h
​ ttps://www.newzealandnow.govt.nz/move-to-nz/new-zealand-visa/partner-visas​ também ajuda a 
procurar os melhores vistos para o Partner. 
- O Partner também precisará fazer toda a bateria de exames e comprovações que o aplicante principal. 

 
   
NZ for dummies
 
TRABALHO 
Onde buscar informações sobre trabalho? 
R: O ​ s sites mais importantes que vão cobrir todos os aspectos de trabalho são: 
1) h
​ ttps://www.careers.govt.nz/​ - Site que visa falar sobre carreira e trabalho, onde achar trabalho, dicas 
para CV e Cover Letter, tipos de indústrias, etc. 
2) h​ ttps://www.employment.govt.nz/​ - Site que explica sobre direitos e obrigações enquanto empregado 
e empregador. Benefícios, Rescisão, Férias e Feriados. 
3) h ​ ttp://www.nzqa.govt.nz/​ - New Zealand Qualifications Authority [Autoridade de Qualificações da NZ], 
análogo ao MEC brasileiro e para o caso de trabalho, seria o órgão responsável por validar diplomas caso 
seja necessário. Eles também tem outras funções ligadas a estudo, mas para o tópico de trabalho é 
basicamente isto que eles cobrem. 
4) h ​ ttps://www.business.govt.nz/​ - Site mais utilizado para relações de negócios, mas também fala sobre 
relações entre empregado e empregador.  
5) h ​ ttp://www.ird.govt.nz​ - Inland Revenue Department [Departamento de Receitas do Interior], seria 
análogo a Receita Federal Brasileira. Lá você encontrará informações sobre pagamento de impostos, e 
declaração de imposto de renda. 

O que é preciso para trabalhar regularmente?


R: ​Existem 4 coisas que são importantes para que você possa trabalhar na NZ.
1) Possuir um visto que permita trabalhar. (Para saber se o seu visto permite trabalhar consulte a seção
de vistos)
2) Possuir um IRD number válido (*).
3) Possuir uma conta em um Banco na NZ. (Para saber mais sobre Bancos na NZ consulte a seção de
Bancos)
4) Possuir uma validação ou estar cadastrado junto ao órgão competente. Nem todas as áreas e
empregos necessitam que o seu diploma esteja revalidado ou existe um órgão competente. Cada área de
atuação têm as suas regras específicas.

Pontos que valem a pena ser mencionados:


- A questão referente aos vistos já foi explicado na sua seção própria.
- A questão referente aos bancos já foi explicado na sua seção própria. 
- O tópico de trabalho visa explicar questões práticas sobre trabalho, direitos, obrigações, principais 
regulamentações, como achar trabalho, CV, entre outras coisas. 
- (*) Apesar de por lei você poder começar a trabalhar sem ter um IRD válido (explico mais abaixo isso), 
muitas empresas podem não aceitar sua aplicação sem o IRD. 
NZ for dummies
 
O que é o IRD? O que é IRD number? 
R: I​ RD na sigla significa Inland Revenue Department [Departamento de Receitas do Interior], seria análogo 
a Receita Federal Brasileira. O site do IRD é (​http://www.ird.govt.nz​) e todas as informações podem ser 
verificadas neste site. O IRD é responsável por vários aspectos relacionados ao trabalho, para este 
momento será focado no IRD number, posteriormente nos principais Tax Code e Serviços Online. De 
acordo com o site do IRD, o IRD number é um número de 9 dígitos (xxx-xxx-xxx) que é usado para todos 
os seus impostos, direitos e detalhes pessoais que a Receita possui. Muitas pessoas costumam dizer 
que o IRD number seria a carteira de trabalho, mas isso não é exatamente correto. Uma vez que na hora 
de fazer a declaração do imposto de renda do Brasil, você utiliza o seu CPF e na NZ você usa o seu IRD. 
Existem algumas outras coisas relacionadas a banco e compra de imóveis que é necessário fornecer o 
seu IRD. Então na minha humilde opinião o IRD seria um número que resolveria o CPF, Carteira de 
Trabalho e PIS. 

Como faço para aplicar o meu IRD number? 


R: P​ rimeiramente vou esclarecer que o IRD number explicado nesta pergunta é o feito para pessoas 
físicas, existe um outro processo para pessoa jurídica (business) mas não será abordado neste 
momento. Todas as informações sobre aplicação do IRD number podem ser verificadas no link 
(​https://www.ird.govt.nz/how-to/irdnumbers/individuals/​). De maneira geral é possível aplicar para o IRD 
number online e através de formulários em papel. Não existe nenhum custo para obter o IRD number 
online, caso você o faça através dos formulários em papel, você deverá pagar o envio da carta. Para 
aplicar para o IRD number online siga o site (​https://myir.ird.govt.nz/eservices/home/_/​). Para aplicar 
para o IRD number por meio do formulário IR742, utilize o link 
(​http://www.ird.govt.nz/forms-guides/number/forms-700-799/ir742-nonres-offshore-individual.html​) ou 
retire-o num AA ou PostShop (Correios). Independente se você aplicar para o IRD number online ou 
através dos formulários, será necessário apresentar os seguintes documentos. 
- Passaporte (Cópia) 
- Visto (Cópia) 
- Declaração de conta bancária funcional 
(​http://www.ird.govt.nz/forms-guides/number/forms-900-999/ir984-documents-confirm-nz-bank-account
-fully-functional.html​) 
- Formulário preenchido (caso seja feito em papel) 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Você não recebe uma carteira “física” igual a carteira de trabalho e nem uma carteira de plastico que 
nem o CPF. Você receberá o seu numero de IRD por email (ou SMS ou se você ligar para o call center) e 
em alguns dias a carta que chega na sua casa, apenas formaliza que você recebeu o seu número do IRD, 
mas não tem nenhuma carteirinha que você precisa andar com ela. 
- Para retirar a declaração de conta bancária funcional, se dirija a sua agência e peça uma declaração 
para o IRD, eles estão mais do que acostumados a fazer esta declaração. 
- Caso você queira tirar o IRD estando ainda no Brasil (e nunca tenha pisado na NZ) existe um processo 
um pouco diferente que pode ser visto no link (​https://www.ird.govt.nz/how-to/irdnumbers/individuals/​) 
na seção “Applying for an IRD number if you're offshore”. 
NZ for dummies
 
- Caso o seu IRD number seja aplicado online, você deverá receber a resposta e o número em até 2 dias 
por email ou SMS e em até 12 dias por carta. (​https://myir.ird.govt.nz/eservices/home/_/​). Para 
aplicações através do formulário, pode demorar até 20 dias para chegar a carta com o seu IRD number, 
mas você pode ligar para o IRD para descobrir o seu número depois de alguns dias. 
- Existem algumas agências de intercâmbio na NZ que promovem Workshop de como preencher o 
formulário do IRD, só procurar nos grupos de facebook e WhatsApp. 
- Transcrevo um comentário deixado por um colaborador “estou há mais de dois meses e o site barrou a 
emissão do IRD on line… não me explicaram qual o prazo máximo mas falaram que tenho que agora 
recorrer ao sistema via correio” 
- Por razões óbvias não é possível fazer o IRD com o visto de turista. 

Como funciona o Imposto de Renda na NZ? O que é Tax 


Code? Quais são os principais Tax Code? 
R: O
​ imposto de renda na NZ é um pouco diferente do Brasil. Um ponto que é similar é que você paga o 
imposto conforme vai recebendo os salários “pay as you earn” (PAYE) e de tempos em tempos é 
necessário fazer uma declaração de imposto de renda. Agora existe um conceito de Tax Code na NZ que 
ele não existe no Brasil. Por isso este aspecto causa tanta confusão aos recém chegados. O Tax Code 
seria o código referente ao imposto de renda a ser pago para cada salário. Mas como é feito no Brasil 
para saber quanto de imposto (de renda) deve ser descontado do empregado? Em resumo, existe uma 
tabela com faixas salariais onde cada faixa salarial tem um percentual de desconto sobre o seu salário. E 
como funciona na NZ? Para cada salário (ou receita) que você tiver, será necessário que o mesmo tenha 
um código específico. Cada código tem percentuais de desconto diferente. Ou seja, o Tax Code serve 
para identificar quanto você será descontado para aquela fonte de renda. Geralmente ao aplicar para uma 
vaga de trabalho, você será questionado sobre qual o seu Tax Code ou podem te entregar o formulário 
IR330 (​http://www.ird.govt.nz/forms-guides/number/forms-300-399/ir330-form-tax-code.html​) para você 
preencher. Caso simplesmente perguntem o seu Tax Code, abra este link com o formulário IR330, pois ele 
trás uma grande explicação sobre cada Tax Code e te ajudará a decidir qual o melhor Tax Code para o 
seu caso. Para não dizer que nenhum Tax Code foi explicado, os 2 principais Tax Code usado pelo 
brasileiros são “M” , “S”. De acordo com o formulário IR330, o tax code M (de Main [Principal]) deve ser 
usado para a receita do seu principal emprego. Principal emprego é aquele que trás a sua maior fonte de 
renda. Caso você tenha uma segunda fonte de renda, é provável que o seu tax code seja o “S” (de 
Secondary). 
 
Exemplo: salário anual de NZD 50,000 usando M.  
​ 
a) Até NZD 14,000 x 10,5% = NZD 1,470 
b) De 14,000 a 48,000 (taxado sobre NZD 34,000) = NZD 5,950 
c) De 48,000 a 50,000 (taxado sobre NZD 2,000) = NZD 600 
Total de imposto a pagar = a + b + c = NZD 8,020 
​ 
Dos NZD 50,000, deduzimos NZD 8,020 de impostos, ou 16,02% do total.  

NZ for dummies
 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Caso você preencha o tax code errado, o IRD irá te contatar (inicialmente por sistema online) para que 
você possa consertar o seu tax code. 
(​http://www.ird.govt.nz/income-tax-individual/basics/individual-basics-employer/iit-basics-employer-chan
ged-taxcode.html​) 
- Caso você preencha o tax code errado, ou mude de trabalho algumas vezes é comum que acabe se 
pagando uma faixa de imposto de renda que não condiz com a errada, pode ficar tranquilo a NZ não vai 
ficar com o seu imposto, uma vez por ano você precisa fazer a sua declaração de imposto de renda (e é 
muito provável que você receba alguma coisa de volta). Existe uma pergunta específica sobre como 
declarar o imposto de renda. 
- O site IRD ajuda a decidir o Tax Code correto através de algumas perguntas simples, basta acesar o link 
(​http://www.ird.govt.nz/how-to/taxrates-codes/codes/earning-income-taxcode.html​). 
- Ainda que cada Tax Code tenha seu percentual de desconto, existem faixas salariais para cada Tax 
Code, e você pode ver estas faixas no link 
(​http://www.ird.govt.nz/how-to/taxrates-codes/rates/itaxsalaryandwage-incometaxrates.html​) 
- Caso você queira saber quanto será o seu salário líquido (net) basta acessar uma das calculadoras 
abaixo: 
● http://www.ird.govt.nz/calculators/tool-name/tools-p/calculator-paye.html 
● http://paye.net.nz/calculator.html​ (mais simples) 
 

Posso trabalhar sem IRD number? 


R: A​ pesar de ser algo incomum e muitas vezes as empresas não aceitam aplicações sem IRD, sim, é 
permitido trabalhar sem IRD e inclusive você poderá receber o seu salário devido. O que vai acontecer é 
que a empresa deverá descontar a alíquota máxima de 45% do seu salário e quando você for fazer a sua 
declaração de imposto de renda este valor será devolvido integralmente. Esta informação pode ser 
confirmada em 
(​http://www.ird.govt.nz/international/comingleaving/coming/temp/coming-to-nz-temp.html​) e 
(​http://www.ird.govt.nz/how-to/irdnumbers/individuals/yourirdnumber.html​).  

O que é myIR? 
R: O​ myIR é o site seguro que contém informações pessoais suas em relação ao IRD. É de 
responsabilidade sua de manter informações pessoais (endereço, dados bancários, telefone) atualizados. 
Para acessar o myIR basta entrar no site principal do IRD ou direto através do link 
(​https://e-services.ird.govt.nz/interact/myservices/e-services/welcome​). Como todos os pagamentos 
feitos em sua conta bancária o IRD está sabendo, é possível por dentro do myIR, ver quanto você recebeu 
de salário por período e por cada empregador e quanto cada um pagou de imposto. É possível também 
através do site myIR realizar pagamentos para o IRD e ver sobre seu KiwiSaver. Caso você não saiba o 
que é KiwiSaver, esta pergunta foi respondida no tópico de Bancos. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
NZ for dummies
 
- Caso você não tenha usuário e senha do site myIR, será necessário cadastrar um através do site 
principal do IRD usando algumas informações pessoais fornecidas para o IRD quando você aplicou o seu 
IRD number. 
- Caso você esteja usando um Tax Code errado, você receberá mensagens do IRD através do myIR. 

Como fazer o tax refund (declarar imposto de renda)? 


R: A​ declaração de imposto de renda pode ser feita manualmente ou online. É muito comum na NZ você 
contratar empresas fazerem a sua declaração. Inclusive eu sei de alguma pessoas que fazem tudo online 
sozinhos, mas eu preferi fazer através da empresa. Então o que será explicado é que o processo deverá 
ser todo feito online através do site myIR. O processo pode ser visto em 
(​http://www.ird.govt.nz/income-tax-individual/refund-bill/entitlement/iit-tax-refunds.html​). Falando mais 
sobre as empresas, elas geralmente cobram um percentual em cima do valor a ser restituído, outras 
empresas cobram um fixo independente de quanto for restituído. As principais empresas que fazem o tax 
refund são: 
- ​http://www.mytaxrefund.co.nz/ 
- ​https://www.mytax.co.nz/  
- ​https://www.woohoo.co.nz  
- ​https://www.taxrefunds.co.nz/  
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- O processo é infinitamente mais simples que no Brasil, não é preciso declarar gastos e nem quanto de 
dinheiro você tem acumulado. Todas as informações basicamente o IRD já possui, você precisa apenas 
confirmar as informações e preencher um formulário caso tenha uma restituição. 
- Você pode fazer a sua declaração do imposto de renda tanto online quanto por papel. 
- Existe uma ferramenta que te ajuda a calcular o seu imposto/restituição. 
(​http://www.ird.govt.nz/peak-tax-refund/campaign-peak-tax-refund.html?id=homepage​). 

Como é o CV na NZ? Para que serve a Cover Letter? 


R: O​ CV na NZ é um pouco diferente do CV no Brasil, por isso acho muito importante você investir um 
tempo botando o seu CV no formato da NZ. Existem alguns sites que podem te ajudar com isso: 
- ​https://www.careers.govt.nz/tools/cv-builder/​ (Ferramenta parar criar o CV) 
- ​https://www.careers.govt.nz/job-hunting/cvs-and-cover-letters/​ (Dicas e Templates) 
- ​https://www.workandincome.govt.nz/look-for-work/get-work-ready/cv-templates-and-tips.html​ (Dicas e 
Templates) 
- ​https://www.seek.co.nz/career-advice/resumes-and-cover-letters  
- ​http://jobhuntingguide.trademe.co.nz/  
 
A Cover Letter [Carta de Apresentação], não é muito usado no Brasil, porém na NZ é quase que 
obrigatório. A maioria dos sites que você for se inscrever vai ter um espaço para digitar a sua Cover Letter 
ou anexar. A idéia por trás da Cover Letter é fazer com que o recrutador tenha interesse em ler o seu 
currículo e te chame para uma entrevista. Geralmente na Cover Letter o foco é como você encaixa nesta 
posição e na empresa. Você pode achar dicas sobre Cover Letter nos links do CV, mas em especial o 
seguinte link 
NZ for dummies
 
(​https://www.careers.govt.nz/job-hunting/cvs-and-cover-letters/how-to-write-a-cover-letter/​). 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Cover Letter deve ter no máximo uma folha. Mais do que isso vira um CV. 
- Cada área pode ter um estilo diferente para CV e Cover Letter. 
 

Como avaliar o mercado de trabalho para sua profissão? 


R: B​ om independente se você seja, Biólogo, Engenheiro, Psicólogo, TI, Fisioterapeuta, ou qualquer outra 
profissão, você em algum momento você precisará entender um pouco sobre o mercado de trabalho da 
sua profissão. Existem vários aspectos a serem considerados quando você está pesquisando sobre a sua 
profissão na NZ. Vou tentar resumir estes aspectos em perguntas e onde você pode procurar as 
respostas para estas perguntas. 
- ​Existem muitas vagas disponíveis para a minha profissão?​ Para se ter uma ideia de quantidade de 
vagas disponíveis para a sua profissão a melhor maneira de apurar tal fato é ir vendo as vagas 
disponíveis nos sites de busca de trabalho. Comece entrando nos principais sites de busca de vagas, e vá 
anotando quantas vagas tem para uma determinada região. Procure companhias que a atividade fim seja 
o que você faz, você pode também analisar quantas vagas aquela empresa tem disponível. Vá para a 
pergunta (​Como achar um emprego full-time e qualificado?​) para ver os principais sites de busca de 
empregos. Existem empresas de recrutamento que trabalham apenas com alguns tipos de profissão, 
seria o ideal descobrir estas empresas para o seu mercado. 
(​https://www.careers.govt.nz/job-hunting/job-vacancy-and-recruitment-websites/​) 
- ​Qual o salário médio para um profissional com x anos de experiência? ​Um outro aspecto a ser levado 
em conta é quanto a sua profissão paga na NZ. Para se descobrir estes valores, temos várias maneiras. 
Nos próprios sites de buscas algumas vezes, você pode ver quanto uma determinada vaga está pagando. 
Algumas empresas de recrutamento liberam pesquisas de médias salariais para os mercados em que 
elas atuam. Um site também muito legal para ter uma ideia é o site Careers 
(​https://www.careers.govt.nz/searchresults?tab=jobs​). Apenas por curiosidade selecionei Terapeuta 
Ocupacional 
(​https://www.careers.govt.nz/jobs-database/health-and-community/health/occupational-therapist/​) e ele 
me retornou que uma TO com mais de 6 anos de experiencia, ganha por ano entre 68k e 99k (este e o 
salario bruto anual), divide por 12 e você vai ter uma ideia do salario por mês. Um outro site para quem 
gosta de estatisticas sobre as várias áreas na NZ é o site 
(​http://www.stats.govt.nz/browse_for_stats/income-and-work/Income.aspx​). Este site mantido pelo 
governo é um site que visa trazer estatísticas para relacionadas a vários aspectos da vida na NZ. 
Inclusive sobre Salários (Incomes). O site permite você fazer o download dos dados em Excel para 
aqueles que querem fazer uma análise mais específica. Alguns conselhos (tipo CRM, CRO, OAB) aqui da 
NZ mantém também alguns relatórios sobre salários e outros aspectos. Para inclusive saber se a sua 
profissão requer que você seja regularmente inscrito, sugiro ver a pergunta (​Existe algum órgão 
regulatório para minha profissão (CRM, CRO, CRE, CREFITO, OAB)?​). 
- ​Onde achar colegas de profissão para conversar e tirar algumas dúvidas? U ​ ma das melhores maneiras 
de se inserir no mercado é achar colegas de profissão (sejam Brasileiros ou não) e ir aos poucos 
entendendo um pouco mais sobre o mercado e sua profissão na NZ. Para achar estes profissionais, 
sugiro ver a pergunta (​Como aumentar o seu networking?​). 
NZ for dummies
 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Um colaborador deixou uma ideia que pode ajudar a ter um balizamento do mercado de trabalho. ​Eu 
(autor) pessoalmente acho que esta ideia seja imoral, mas não vejo ela sendo ilegal, por isso vou 
compartilhar a ideia​. A ideia é simplesmente entrar num site de vagas e publicar uma vaga falsa da sua 
profissão pedindo pretensão salarial. Você conseguirá coletar dados interessantes, como, quantidade de 
aplicantes, salário médio pedido, poderá inclusive fazer um levantamento de tempo médio de experiência 
dos candidatos, qualificações principais, entre outras coisas. ​Realmente você poderá conseguir uma 
quantidade enorme de informações, mas eu (autor) não o faria por achar que isso seria imoral. 
 

Como achar um emprego part-time e não qualificado 


(para o visto de estudante)? 
R: B​ om primeiramente vou dizer que o ideal é você tentar arrumar um trabalho que seja mais ou menos 
relacionado a sua área de atuação, mas sabemos que isso nem sempre é possível. Por exemplo, 
dificilmente você vai arrumar um trabalho part-time ligado a TI (tecnologia da informação) ou como 
Arquiteto. Por isso muitos estudantes, acabam por procurar trabalhos não qualificados. Os trabalhos que 
mais precisam de mão de obra desqualificada são da área de hospitalidade. Os trabalho geralmente 
encontrados são: Kitchen Hand (Ajudante de Cozinha); Barista (Pessoa que faz café); Vendedor de loja; 
Waitress (Garçom); Cleaner (Limpador); Front of the House (Balconista/Atendente); Kitchen 
Staff/Dishwasher (Lavador de Louça); AuPair (babá). 
De maneira geral para achar um emprego deste não é muito difícil. Você precisará de um CV básico, uma 
Cover Letter. As principais maneiras de achar empregos são: 
1) Batendo perna na rua… Como assim? A maioria desses empregos você vai conseguir ao entrar no 
estabelecimento e deixar o seu currículo com o gerente, assim ele já terá a oportunidade de olhar sua 
postura, pró-atividade entre outros. Existe uma vantagem de ir nos estabelecimentos, provavelmente se 
você for contratado será perto de sua residência, o que ajuda a economizar uns trocados de transporte. 
2) Uma outra maneira de encontrar empregos part-time é via grupos de facebook e no próprio WhatsApp. 
Existem grupos específicos para isso no Facebook, e nos grupos de Brasileiros também é muito comum 
ver galera oferecendo trabalho ou falando por onde passou e tem uma placa de “Staff Wanted”. 
3) A terceira maneira é via sites específicos, ou sites de agência. Os principais sites que vejo para 
trabalho part-time são: 
- ​http://www.trademe.co.nz  
- ​https://www.sjs.co.nz/​ (O site SJS oferece vagas apenas para estudantes e cobra uma taxa de 20 NZD 
para você poder aplicar para as vagas, mas você pode ver as vaga de graça) (Se a sua escola tiver um 
convênio com o SJS ou durante o período Winter (1/Março até 30/Setembro) eles não cobram esta taxa)  
- ​http://www.backpackerboard.co.nz/work_jobs/ 
- ​https://parttimer.jobs/web/ 
- ​www.workhere.co.nz 
- ​www.newkiwis.co.nz 
- ​https://www.awf.co.nz/ 
- ​http://www.labourexchange.co.nz/ 
NZ for dummies
 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Empregos ligados a área de construção também são relativamente fáceis de encontrar para quem não 
tem qualificação, mas não tanto para quem visto part-time. 
- As suas chances de arrumar emprego aumentam consideravelmente quando você tem um inglês bom, 
então caso você ainda esteja com um inglês bem limitado, saiba que você deverá ouvir muitos nãos ao 
longo do caminho. Mas não desista, uma hora você acha algo. 
- Conheço um Brasileiro que arrumou emprego part-time em IT, em momento nenhum foi dito que é 
impossível, mas é MUITO difícil, pois a maioria das empresas querem alguém full-time.

Como achar um emprego full-time e não qualificado? 


R: P
​ ode ser que você esteja com um visto de trabalho baseado em partnership (ou qualquer outro visto 
que permite trabalhar full-time) e não esteja afim (ou que não possa) arrumar um trabalho qualificado. 
Bom neste caso a resposta da pergunta “Como achar um emprego part-time e não qualificado?” serve em 
99% para você. O único ponto importante é que ao menos que você esteja estudando, o site SJS não 
aceitará você para aplicar as vagas, visto que o site é apenas para estudantes. O site parttimer também 
não será muito útil. Agora, se fica de consolo, é bem mais fácil achar emprego não qualificado full-time 
do que part-time. 

Qual o salário médio para um emprego não qualificado? 


R:​ O salário médio pago para um trabalho não qualificado está em torno de 16,50 NZD por hora 
trabalhada. Mas caso você não tenha nenhuma experiência, é comum receber o salário mínimo da NZ 
(para adultos) que é 15,75 NZD por hora. Um salário para uma pessoa que já tenha uma certa experiência 
pode chegar até uns 20 NZD. Dificilmente você vai ver um emprego não qualificado fora deste escopo.  
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Informações sobre salário mínimo podem ser encontradas no link 
https://www.business.govt.nz/hiring-and-managing/hiring-people/minimum-pay-rules/ 
- Caso você esteja fazendo um levantamento financeiro para ficar na NZ, não conte com um salário de 
16,50 NZD, pelo menos nos primeiros meses, a grande maioria vai pagar 15,75 NZD especialmente se 
você não tiver muito tempo na NZ e/ou seu inglês não for bom. 

Como achar um emprego full-time e qualificado? 


R:​ Bom, primeiramente vai depender da sua área de atuação. Algumas áreas de atuação podem exigir que 
o seu diploma seja revalidado pelo NZQA (​www.nzqa.govt.nz​) e ainda seja necessário estar regularmente 
(inscrito) junto ao órgão competente (CRM, CREFITO, CREA da NZ). Isso sem contar que você 
provavelmente deverá já ter um visto de trabalho. Então saiba que pode existir um longo caminho até 
você poder trabalhar na sua área. Cada área vai ter a sua gama de sites específicos para aquele nicho. 
Mas temos alguns sites que tem bastante vaga para as mais diversas  
áreas de atuação. Antes de mais nada, o Governo da NZ mantém um site MUITO interessante que ajuda 
em vários aspectos de carreira. Este site é um ponto de partida para quem quer arrumar emprego 
NZ for dummies
 
qualificado na NZ. h ​ ttps://www.careers.govt.nz​, no caso você estar mais interessado as 2 sessões mais 
importantes deste site são 
(​https://www.careers.govt.nz/job-hunting/job-vacancy-and-recruitment-websites/​) e 
(​https://www.careers.govt.nz/jobs-database/​). Agora para você que quer apenas os sites são eles: 
- ​https://www.seek.co.nz/ 
- ​http://www.trademe.co.nz/   
- ​https://nz.indeed.com/  
- ​https://www.newkiwis.co.nz/​ (site muito bom que ainda oferece alguns cursos de graça) 
- ​http://www.workhere.co.nz/ 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Não tenho como escrever de todas as áreas neste guia, mas Immigrant Advisers, Empresas de 
intercâmbio, geralmente tem maiores informações para diversas áreas. Neste caso, vale a pena procurar 
estas pessoas. 
- A área de IT, não precisa que o seu diploma seja revalidado nem existe nenhum órgão competente. 
Então, geralmente as pessoas conseguem se empregar na área de IT mais rápido que em outras áreas. 
- Existem grupos no facebook e whatsapp específico para falar de algumas áreas de trabalho, pelo menos 
para IT tem bastante coisa. 
- Existe uma empresa chamada ARMS, cujo objetivo deles é ajudar as pessoas a se estabelecerem na NZ. 
A empresa oferece workshops de como achar trabalho, como montar um CV, entre outras coisas. A 
maioria das coisas são pagas, mas alguns workshops custam 20 NZD. 
(​https://settlement.org.nz/product/job-search-workshop/​) 
 

Como achar um emprego temporário (seasonal job)? 


R:​ Bom, você deve estar se perguntando, por que alguém ia querer um emprego temporário. Saiba que por 
conta da grande quantidade de WHVs que a NZ emite (não contando apenas com os do Brasil) existe um 
mercado muito grande para contratos temporário principalmente nas fazendas. Muitas empresas do 
ramo de agricultura e hostels também contratam bastante gente para alguns determinados momentos. 
Os sites são eles: 
- ​http://www.picknz.co.nz/ 
- ​http://www.seasonaljobs.co.nz/ 
- ​http://www.backpackerboard.co.nz/work_jobs/new_zealand_fruit_picking_jobs.php 
- ​http://seasonalwork.co.nz/ 
Além é claro do trademe e seek 
- ​http://www.trademe.co.nz/   
- ​www.seek.co.nz   
 
Existe uma planilha que rola pelos grupos que tem um monte de contato de fazendas dá NZ inteira, a 
planilha foi feita em Espanhol, e eu disponibilizei uma cópia da planilha neste link: 
- ​https://docs.google.com/spreadsheets/d/1tPg_qzSMoxTpkeAXfP2H-1Z6-GD8jq1Q-Yy9tfoeHkI  
Eu não posso garantir que a planilha esteja 100% atualizada, mas caso você ligue pra algum dos lugares e 
tiver alguma nova informação, sugiro que você deixe um comentário na planilha, assim todos se ajudam. 
NZ for dummies
 
Como achar um trabalho voluntário? 
R:​ Existem milhares de vantagens em se fazer um trabalho voluntário. Uma delas é te dar talvez a 
primeira experiência na NZ e até mesmo uma carta de recomendação na NZ. Existem várias maneiras de 
achar um trabalho voluntário. Bibliotecas, centros comunitários, igrejas e museus estão espalhados por 
todo o país e possuem atividades variadas para voluntários. Mas para você ir dando uma olhada onde 
achar trabalhos voluntário, use os seguintes links: 
- ​http://www.volunteeringnz.org.nz/volunteers/finding-volunteer-roles/ 
- ​https://www.gooverseas.com/volunteer-abroad/new-zealand 
- ​https://seekvolunteer.co.nz/ 
- ​https://www.redcross.org.nz/ 
- ​http://www.hospice.org.nz/  
- ​https://www.starship.org.nz/foundation/how-you-can-help/volunteering/ 
- ​http://www.sustinnoworx.org.nz/index.php/our-story/ 
- ​https://www.spcaauckland.org.nz/ 
- ​http://www.englishlanguage.org.nz/current-volunteers 
- ​http://www.impactnpo.org  
- ​https://settlement.org.nz/news/volunteer-with-arms/ 
- ​https://volunteeringauckland.org.nz  
- ​https://www.aucklandcitymission.org.nz/ 
- ​https://volunteernet.org.nz/ 
- ​http://www.ewb.org.nz/​ (Para Engenheiros) 
- ​https://www.knox.co.nz/volunteering  
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Existe um ponto importante para diferentes tipos de visto. De uma olhada nos seguintes links com visto 
de estudante 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/already-have-a-visa/my-situation-has-changed/stud
y/can-i-do-unpaid-work-while-studying-in-new-zealand​) e com visto de trabalho 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/already-have-a-visa/my-situation-has-changed/wor
k/can-i-do-unpaid-work-while-working-in-new-zealand​) e com visto de visitante 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/already-have-a-visa/my-situation-has-changed/visit
/can-i-do-unpaid-work-while-visiting-new-zealand​). 
 

Quais são os tipos de contrato de trabalho existentes na 


NZ? 
R: T​ odas as informações sobre os tipos de contrato de trabalho podem ser consultadas neste links 
https://www.employment.govt.nz/starting-employment/who-is-an-employee/types-of-employee​ e 
https://www.business.govt.nz/hiring-and-managing/hiring-people/hiring-fixed-term-and-casual-employee
s  
NZ for dummies
 
Primeiramente temos que dizer que existem 2 variáveis importantes relacionadas aos contratos de 
trabalho. 
- A primeira é quantas horas serão trabalhadas. Para esta caso temos 2 tipos de trabalho, o part-time 
(meio período) e o full-time (integral). Não existe uma definição legal sobre o que é part-time ou full-time, 
isto inclusive é mencionado em um dos links. Contudo geralmente é entendido que um trabalho é 
considerado full-time caso seja necessário trabalhar mais do que 30 horas em uma semana. Por 
exclusão, um trabalho é considerado part-time quando se trabalha menos do que isso. 
- A segunda é quanto a periodicidade do trabalho e a regularidade. Existem alguns tipos de trabalho, 
como o “Permanent” , “Fixed-Term” , “Casual” e o “Seasonal”. O Permanent (permanente) é um tipo de 
contrato onde não existe um fim pré determinado. O contrato do tipo permanente tem obrigações e 
direitos tanto do empregador quanto do funcionário (será explicado em outra pergunta). De maneira geral 
é para realizar atividades que serão sempre necessárias. O “Fixed-Term” é usado quando existe algum 
marco ao qual não será mais necessário seus trabalhos, por exemplo. Caso algum funcionário esteja 
saindo por licença maternidade por alguns meses. Você pode ser contratado para cobrir este funcionário 
até a sua volta. Outro exemplo também é se a empresa estima ter um pico por conta de fim de ano ou 
alguma festividade. Durante o seu tempo de contrato você tem os mesmos direitos e deveres de um 
funcionário “Permanent”. O contrato “Seasonal” é bastante similar ao “Fixed-Term” porém ao invés de 
existir uma data oficial, ele será terminado ao fim de uma atividade específica. Por exemplo, você foi 
contratado para colher maçãs das macieiras (árvore da maçã), não necessariamente o trabalho será 
finalizado numa data específica. Por isso existe este tipo de contrato. Ele é bastante usado por empresas 
ligadas a indústria alimentícia. O último tipo de contrato de trabalho é o “Casual”. De acordo com o site do 
employment, não existe uma definição exata do contrato “Casual” mas é dito que um funcionário é 
“Casual” quando: Não existe garantia de horas de trabalho, ou seja, você pode trabalhar muitas horas 
numa semana e nem ser chamado em outras semanas. Não existe um padrão de horários de trabalho, ou 
seja, você pode ser chamado de manhã para cobrir um funcionário que faltou e/ou ser chamado de noite 
por conta de aparecer um pico de trabalho e precisar de alguém para dar uma mãozinha. Não existem 
turnos específicos, ou seja, você pode trabalhar uma vez 2 horas e na outra trabalhar 10 horas. Você 
(empregado) não é obrigado a ir trabalhar caso você não queira (mas também não irá receber). Durante o 
trabalho do “Casual” também existem direitos e obrigações a serem respeitados, mas varia um pouco em 
relação ao “Permanent”. 
 
E como funciona na prática?​ Bom, uma coisa muito comum de acontecer é que você pode começar 
trabalhando num lugar como “Casual” para cobrir alguns funcionários que faltaram ou ajudar numa hora 
de pico e depois de 1 ou 2 meses você acaba entrando nos shifts (turnos) com um horário certo de 
entrada e de saída. Caso isso aconteça você deveria conversar com o seu empregador para trocar o 
contrato [employment agreement] de “Casual” para um “Permanent”. Mas o que as pessoas mais 
comentam é que isso geralmente não é feito, ou porque as pessoas não querem falar com o empregador 
ou por que o empregador não quer mudar o seu tipo de contrato. Outra coisa também muito comum de 
acontecer é que os empregadores não fazem um “employment agreement” para os “Casuals”. Saiba que 
isto é errado de acordo com os sites citados anteriormente, e você deveria conversar com o empregador 
sobre isso. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Existe um infográfico muito legal que explica os diferentes tipos de contratos. 
https://www.business.govt.nz/assets/Uploads/Visualisations/Guide-to-staff-types.jpg  
NZ for dummies
 
- Independente de qual o seu tipo de trabalho a ser realizado, todo o empregador deverá assinar um 
“employment agreement”, até mesmo os casuals. 
- Existem ainda outros tipos de contrato, como Voluntário, Estagiário e o Contractor (PJ), mas não serão 
abordados por agora. 
- Os contratos de trabalho podem ter um período de teste (trial) geralmente de 90 dias. 

Quais são os principais direitos de um funcionário? 


R: T​ odas as informações sobre os principais direitos podem ser consultadas neste links 
https://www.employment.govt.nz/starting-employment/rights-and-responsibilities/​. Tem bastante coisa 
para ser coberta neste tópico, mas vou tentar cobrir os principais pontos. Existem direitos mínimos, ou 
seja, independente do seu contrato de trabalho você ainda sim terá. São eles: 
- Férias anuais remuneradas de 4 semanas por ano 
- 11 feriados públicos por ano 
- Pagamento de tempo e meio para trabalhar nos feriados públicos (trabalhou 4 horas num feriados, 
ganha como se tivesse trabalhado 4 horas + 2 horas) 
- 5 dias de férias por doença pagos por ano após os primeiros 6 meses, e 15 dias podem ser transferidos 
para um máximo de 20 dias 
- 3 dias de luto pago para certos membros da família, um dia para outras pessoas 
- Até 52 semanas de licença maternidade/paternidade 
(​https://www.employment.govt.nz/leave-and-holidays/parental-leave/eligibility/​) 
- As pausas de descanso e refeição devem ser fornecidas - descanso deve ser pago 
- O salário mínimo relevante deve ser pago 
- Horas extras pagas no salário mínimo por hora 
- Licença não paga para serviço de jurado 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Existem empresas que permitem por exemplo comprar dias de trabalho, ou seja, você paga o seu salário 
para ter mais alguns dias de férias. 
- Não existe VT (Vale transporte) como obrigação, na verdade nenhum dos autores conhece uma 
empresa que pague um VT como no Brasil. O que às vezes é visto na área de construção é que a empresa 
fornece transporte um transporte coletivo (geralmente van) saindo de algum lugar de fácil acesso até o 
local da construção (e a volta também). 
- Não existe VR (Vale refeição) como obrigação, na verdade nenhum dos autores conhece uma empresa 
que pague um VR como no Brasil. O que às vezes é visto especialmente em restaurantes e empresas 
ligadas a indústria alimentícia é que a empresa pode fornecer comida ou permitir que funcionários 
comam alguns dos itens que sejam vendidos no estabelecimento.  
- Para tirar as férias não existem períodos pré-estabelecidos que nem no Brasil, você pode resolver tirar 1 
dia de férias apenas ou então tirar 5 dias direto, vai de cada um. 
NZ for dummies
 
Existe algum órgão regulatório para minha profissão 
(CRM, CRO, CRE, CREFITO, OAB)? 
R: D​ a mesma maneira que no Brasil existem órgãos regulatórios para algumas profissões e mas não para 
todas, o mesmo conceito se aplica a NZ.​ ​Vias de regra, as profissões ligadas à área de Saúde, Educação 
e algumas profissões ligadas a construção também são necessários. Como eu não vou colocar toda a 
lista aqui, vou deixar o link para o site da INZ que permite pesquisar todas as profissões e ainda de 
quebra fala qual o nome do órgão regulatório (Registration Authority) e os seus respectivos contatos. O 
Site da INZ é: 
https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/tools-and-information/tools/occupa
tional-registration/ 
Cada órgão tem o seu processo de validação, então cada órgão pode pedir uma coisa diferente do outro. 
Conversando com pessoas de várias áreas listei abaixo o que pode ser pedido para dar uma ideia: 
- Diploma revalidado pelo NZQA 
- Nota 7 no IELTS (ou qualquer outra nota) 
- Provar alguns anos de experiência prática 
- Realizar uma prova teórica 
- Realizar uma prova prática 
- Cursar algumas matérias na NZ 
- Ter carta de referência de alguma pessoa registrada no órgão regulador do Brasil 
- Ter carta de referência de alguma pessoa registrada no órgão regulador da NZ 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- A título de curiosidade entrei no site do Conselho de Terapia Ocupacional (indo inicialmente pelo link do 
site da INZ) para pegar o documento principal que mostra sobre o processo e quais são os documentos 
necessários. 
(​https://www.otboard.org.nz/wp-content/uploads/2015/04/Registration-Information-for-Overseas-OTs.do
c​). Acredito que todos os órgãos, terão um documento explicado tal qual o conselho de Terapia 
Ocupacional, basta procurar. 

Preciso revalidar o meu diploma? 


R: E
​ xistem 5 casos que você provavelmente deverá revalidar o seu diploma.  
- Imigração (Aplicar para um visto) 
- Aceitar uma oferta de emprego 
- Registro no órgão regulatório 
- Professor (Magistério) 
- Estudar em alguma instituição 
Mas não se afobe, nem todos os casos será necessário. Vai depender muito de cada caso. Vou tentar 
falar um pouco para cada um dos 5 caso. 
- Imigração (Aplicar o Visto) - O Visto “Silver Fern Job Search Visa” e o visto “Skilled Migrant Category 
Resident Visa” são necessários que seja feita uma revalidação do diploma. O Visto de estudante será 
explicado no caso de estudar em alguma instituição. Para os outros vistos até onde pude confirmar não é 
NZ for dummies
 
necessário. 
- Aceitar uma oferta de emprego - Cada empresa pode exigir de acordo com critério próprio se você 
precisa validar o seu diploma junto ao NZQA, vai depender de cada empresa. As empresas de TI tendem a 
não pedir a revalidação de diploma, pois elas se respaldam na experiência do profissional. 
- Registro no órgão regulatório - Eu não posso afirmar que todos os órgãos regulatórios vão solicitar que 
seja necessário revalidar o seu diploma, mas nos 3 órgãos aos quais tive contato todos eles solicitaram 
que o diploma fosse validado junto ao NZQA. 
- Professor (Magistério) - Caso você seja um professor de escola (exceto para ensino superior ou inglês), 
existe todo um processo diferenciado para fazer a validação do seu diploma 
(​http://educationcouncil.org.nz/content/overseas-teachers​). 
- Estudar em alguma instituição - Cada instituição pode exigir de acordo com critério próprio se você 
precisa validar o seu diploma junto ao NZQA ou não. Até onde conversei com algumas pessoas 
geralmente nível 7 e 8 não solicitam uma validação do diploma junto ao NZQA, agora caso você venha 
para fazer um nível 9 ou 10 é mais provável que a instituição solicite. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Ainda que você tenha validado o seu diploma junto ao NZQA, é provável que o órgão regulatório de sua 
profissão vá solicitar um monte de coisas relativas ao seu estudo. O NZQA serve basicamente para 
confirmar que você cursou um determinado nível no Brasil e que ele está alinhado com determinada 
prática. Porém para o entendimento do órgão regulatório, pode ser que seja necessário ainda fazer 
algumas matérias específicas e provar experiência práticas. Então não confunda; revalidar o diploma não 
é a mesma coisa que estar regularmente inscrito no órgão regulador. 
- O autor conhece 3 pessoas que estão fazendo Level 9 ou 10 (em lugares diferentes) e apenas 1 dos 3 
foi solicitado fazer a validação do diploma. 
- Todas as informações foram tiradas do seguite link 
(​http://www.nzqa.govt.nz/qualifications-standards/international-qualifications/​) 
 

Como é o processo de revalidação do diploma? 


R: E​ xistem 2 tipos de processo diferentes, e cada um deles tem uma finalidade diferente. 
- Pre-Assessment Result (PAR) - Para saber tudo sobre o PAR 
(​http://www.nzqa.govt.nz/qualifications-standards/international-qualifications/pre-assessment-result/​). 
O PAR é geralmente solicitado no momento inicial pela imigração (para o EOI e Silver Fern Visa), e neste 
momento o NZQA faz um levantamento inicial da equivalência do seu diploma. O custo é de 138 NZD e 
demora por volta de 20 dias úteis para ter o resultado. Para aplicar para o PAR será necessário entrar no 
link (​https://secure.nzqa.govt.nz/for-qrs/qual-eval/qrs/login.do​). O PAR é feito online e neste momento 
não é necessário enviar nenhum documento. 
- International Qualifications Assessment (IQA) - Para saber tudo sobre o IQA 
(​http://www.nzqa.govt.nz/qualifications-standards/international-qualifications/international-qualification
s-assessment/​). Os principais casos que você deverá fazer o IQA é quando a sua EOI foi aceita e você 
receba o ITA, será necessário fazer o IQA para validar o diploma. Caso a empresa/instituição de ensino 
solicite a validação do diploma, provável que esteja falando o IQA. De cara vou deixar o valor da 
revalidação que é de 746 NZD para o processo normal e caso você precise com uma certa urgência, 
adicione 404 NZD. O processo dura geralmente 35 dias úteis e com urgência cai para 20 dias úteis. 
NZ for dummies
 
Os principais documentos que deverão estar em inglês com uma tradução juramentada são 
(​http://www.nzqa.govt.nz/qualifications-standards/international-qualifications/international-qualification
s-assessment/documents-required/​): 
- IQA formulário 
- Certificado/Diploma (será necessário enviar uma cópia do documento original, cópia autenticada no 
Justice of Peace e uma cópia traduzida)  
- Transcript - Papel que mostra o nome das matérias cursadas e as notas (será necessário enviar uma 
cópia do documento original, cópia autenticada no Justice of Peace e uma cópia traduzida) 
- Passaporte (será necessário enviar uma cópia do documento original e uma cópia autenticada no 
Justice of Peace) 
- Caso tenha mudado de nome, os documentos que comprovam tal mudança. 
- Caso seja para virar professor (Magistério) existe um formulário específico 
(​http://www.nzqa.govt.nz/assets/qualifications-and-standards/International-qualifications/Teaching-Prac
ticum-form-revised-with-flowchart-6102016.doc​)  
- Caso você esteja fazendo o IQA para algum visto específico, será necessário preencher um formulário 
(​http://www.nzqa.govt.nz/assets/qualifications-and-standards/International-qualifications/Skill-Shortage-
List-Form-27.4.17.pdf​) 
- Caso tenha sido necessário fazer um estágio durante o seu curso, será necessário enviar comprovante. 
Para iniciar o processo do IQA siga o link (​https://secure.nzqa.govt.nz/for-qrs/qual-eval/qrs/login.do​) 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- O Resultado do PAR pode ser diferente do resultado do IQA (que é o oficial). 
- A Revalidação de diploma não tem nada a ver com um possível processo de obtenção da regularização 
junto ao conselho da sua profissão (se houver) na NZ. Contudo é bem provável que o seu conselho vá 
solicitar que o diploma já tenha sido revalidado junto ao NZQA.  
- Você pode pedir uma revisão do seu IQA caso você julge que teve algum erro, o valor para a revisão é de 
230 NZD 
(​http://www.nzqa.govt.nz/qualifications-standards/international-qualifications/international-qualification-
assessment-fees/​). 
- Para fazer o IQA será necessário enviar os documentos fisicamente para o NZQA. 
- Quando você receber o seu IQA, vão ter 2 coisas importantes nele, o primeiro é o nível do seu curso e a 
segunda é o tipo de diploma. Estas 2 coisas estão explicadas na seção de estudo. 
- Para cada documento enviado em inglês, o NZQA vai pedir uma cópia original e uma cópia autenticada 
no Justice of Peace. 
- Para cada documento enviado em português, o NZQA vai pedir uma cópia original, uma cópia 
autenticada no Justice of Peace e uma cópia traduzida. 
- Se você foi transferido de faculdade e teve aproveitamento de estudos, o NZQA vai pedir o Transcript 
das duas faculdades. 
 

Como aumentar o seu networking? 


R: U
​ ma das coisas mais importantes seja para conseguir um trabalho não qualificado ou um trabalho 
qualificado é achar o QI (quem indica). E como você conhece os QIs? Bom se vocẽ está procurando um 
QI Brasileiro, a maioria deles estão nos grupos do facebook e whatsapp. Por tanto entre nos grupos e 
NZ for dummies
 
comece a pesquisar, inclusive o facebook e o whatsapp permite você pesquisar uma palavra específica 
num grupo. E se você quer achar um QI que não seja um Brasileiro? Não tem problema, existem diversos 
sites para achar pessoas com perfil parecido. O site talvez da moda é o MeetUp 
(​http://www.meetup.com/​), basicamente você se inscreve nos meetups que você se interessa e cada 
meetup tem a sua agenda de eventos (presenciais). Existe grupos de MeetUp para os mais diversos 
assuntos. Quando você chegar no MeetUp você vai ter uma oportunidade de encontrar pessoas de 
diversas culturas e backgrounds que compartilham um interesse em comum. Só colocar a sua cara de 
pau para funcionar e puxar papo com as pessoas, um dos autores já conseguiu uma oferta de emprego 
indo a um MeetUp e conversando com várias pessoas diferentes. Para quem é de IT esta dica aqui já está 
manjada, mas talvez tem um pulo do gato que muitas pessoas não saibam. O site LinkedIn 
(​https://www.linkedin.com​) é uma rede social profissional, o foco dela é basicamente manter relações 
profissionais (networking). Uma dica para achar Brasileiros que atuem na mesma área que você é usar o 
buscador dele (​https://www.linkedin.com/search/results/people/​) e selecionar o filtro de localidade para 
Nova Zelândia (ou uma cidade da NZ) e também selecionar o “profile language” como português. Ainda 
que o perfil da pessoas esteja todo em inglês, como muitos Brasileiros criaram o seu perfil no Brasil, este 
filtro te permitirá achar estas pessoas. Se você achar estas pessoas, convide-as para a sua rede, chame 
elas para tomar um café e converse um pouco sobre a história desta pessoa, com sorte você pode até 
sair com uma dica de ouro ou oferta de emprego. Acredite existem muitos Brasileiros que você não vai 
achar em grupo do facebook e whatsapp e estas pessoas podem ser muito importantes para te ajudar 
com um emprego. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Não tenha vergonha de procurar pessoas que você acha que podem te ajudar, seja corajoso, chame a 
pessoa para um café, converse com ela. Na pior das hipóteses você pode perder o seu tempo e na melhor 
da hipóteses conhecer um amigo ou até mesmo um colega de trabalho. 
- O linkedIn apesar de ter começado como um site para profissionais de TI, hoje existem profissionais das 
mais diversas áreas e indústrias. Toda pessoa que está correndo atrás de empregos e aumentar os seus 
contatos profissionais, deveria ter um LinkedIn, e considerando que você quer morar na NZ, ele deveria 
estar todo em inglês. 
- Para a galera de IT a comunidade tem se organizado para fazer um bom networking, vale a pena entrar 
neste GitHub aqui (​https://github.com/shaybogomoltz/IT_BR_NZ​).  
NZ for dummies
 
ESTUDO (LEVEL 5 até 10 e INGLÊS) 
Onde buscar informações sobre cursos? 
R: E
​ xistem 4 maneiras de obter informações OFICIAIS sobre cursos. 
1) Através do site - ​https://www.studyinnewzealand.govt.nz/study-options 
2) Através do site da NZQA (Seria mais ou menos o MEC da NZ) - h ​ ttp://www.nzqa.govt.nz 
3) Através de um agente ENZRA (Education NZ Recognised Agent) [Popularmente conhecido como 
Student Advisor ou Agente] - ​https://www.studyinnewzealand.govt.nz/how-to-apply/find-agents 
4) Através da própria escola ao qual você quer se matricular. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Muitas empresas de intercâmbio que estão nos grupos de facebook e whatsapp são reconhecidas pelo 
governo. 
- Diferentemente do visto (onde apenas Immigrant Advisor pode dar informações), você não precisa 
fechar com um agente reconhecido, você pode fechar através de qualquer agente ou até mesmo direto 
com a escola. 

Preciso de uma agência de intercâmbio ou um Student 


Advisor para me matricular numa escola? 
R: N
​ ão, você não precisa de uma agencia de intercambio ou nem de um ENZRA (vou chamar de Student 
Advisor). Você pode por conta própria procurar a escola, fechar com ela e ponto final. As vantagens de se 
fechar com um agente são: 
- Os agentes conhecem mais escolas, por tanto eles podem te ajudar a escolher uma com o seu perfil. 
- Os agente podem ter um preço final melhor do que se você fechar direto com a escola (nunca um preço 
pior). 
- Alguns agentes se tornam verdadeiros amigos e ajudam com outros aspectos importantes da vida de 
recém chegado. Tipo como abrir uma conta no banco, como aplicar para o IRD, ou fazem um tour pela 
cidade. 
 
Como nem tudo são flores, alguns cuidados: 
- Os agentes de maneira geral, ganham dinheiro através da comissão das escolas, sendo assim, pode ser 
que alguns agentes apenas indiquem poucas escolas, ou escolas mais caras, pois estas podem pagar 
uma comissão maior. 
- Existem agentes que não prestam nenhum tipo de suporte após você fechar com a instituição. Minha 
sugestão é pesquise com outras pessoas que fecharam com aquele agente, e tirem suas próprias 
conclusões. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Vamos supor que você viu uma escola legal com um agente mas o preço era meio alto para o seu 
budget, e você resolve entrar em contato com a escola direto para ver se consegue um preço melhor, 
NZ for dummies
 
tirando a comissão do agente. Saiba que a escola não vai te dar o desconto. Ainda que você não fale para 
a escola que já sabia do preço eles irão te passar o mesmo preço que passaram para o agente. A lógica 
por trás disso é que se a escola fizer isso em pouco tempo os agentes descobrirão e a escola vai perder 
os agentes, já que nenhum agente vai indicar uma escola que dá desconto para o aluno direto, e por tanto 
a escola estaria dando um tiro no próprio pé. Ainda sim se você resolver fechar direto com a escola, 
basicamente o que vai acontecer, e que a escola vai lucrar a comissão que seria do agente. 

Por que cada escola tem um preço diferente? 


R: E
​ xistem várias coisas que vão afetar o preço final da escola, seja a categoria (category) da escola, seja 
se a escola está procurando mais latinos para contrabalançar outros países, seja o level (nível) que você 
queira estudar e até mesmo o prestígio da instituição. Nem sempre o preço vai refletir na qualidade da 
escola. Vale a pena procurar nos grupos de facebook e whatsapp pessoas que já passaram por aquela 
escola e ver o que acharam. 

Como funciona o nível superior (tertiary level) na NZ? 


R: O​ sistema de educação na NZ é um pouco diferente do Brasil, então vou tentar fazer um paralelo com 
o ensino superior no Brasil. Após terminar o ensino médio no Brasil, para aqueles que querem cursar um 
ensino superior existem 3 tipos de curso: Bacharelado, Licenciatura, Tecnólogo. Você ainda pode fazer 
após a conclusão de um curso de ensino superior outros cursos de aprofundamento (pós-graduação): 
Lato-sensu, Stricto-sensu, MBA, mestrado, doutorado, especialização. Cada curso tem sua duração 
específica, que inclusive pode variar no mesmo título para áreas específicas. 
 
Na NZ, funciona um pouco diferente. Todas as informações foram tiradas do site da NZQA 
(​http://www.nzqa.govt.nz/studying-in-new-zealand/understand-nz-quals​). O ensino superior na NZ é 
representado pelo NZQF (NZ qualification framework) 
(​http://www.nzqa.govt.nz/assets/Studying-in-NZ/New-Zealand-Qualification-Framework/requirements-nz
qf.pdf​). O NZQF se baseia em 2 características: 
- O Level (nível) que você vai estudar. O nível se refere ao conhecimento a ser adquirido. Existem cursos 
de nível (1 até 10). Onde 10 seria o Doutorado. 
- O tipo de curso que você vai estudar. Existem 3 tipos de cursos: Certificate, Diploma, Degree. O tipo de 
curso se refere a quantidade de créditos (tempo) que você vai estudar. 
 
Cada uma das variáveis (Nível e Tipo de Curso) serão explicadas em sua própria pergunta.  
NZ for dummies
 
Existe um desenho muito famoso do NZQF que explica exatamente como funciona: 

 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Os cursos de inglês não valem como curso superior. 

O que preciso saber sobre a instituição que estou 


procurando (Cursos que não sejam de inglês)? 
R: Q
​ uando você vai escolher em qual instituição (faculdade, universidade, Instituto) que você vai estudar 
no Brasil você geralmente já sabe se uma instituição tem renome ou não. Você também sabe se uma 
instituição é privada ou pública, ou mista. Na NZ como era de se esperar é um pouco diferente do Brasil. 
Existem 2 aspectos importantes a serem entendidos, cada uma delas terá a sua própria pergunta, mas 
vamos dar um overview nesta resposta. 
- Se a instituição é uma Universidade ou ITP ou PTE. Universidades no Brasil seriam como a USP, 
UNICAMP, UFRJ, UERJ. Os ITPs são escolas politécnicas, seriam os CEFETs, SENAI e SENAC. PTE sao os 
privados, PUC, Estácio, IBMEC. 
- A category (categoria) da escola. Seria uma maneira de dizer oficialmente a qualidade do ensino da 
escola. Vai de Category 1 até Category 4. 
 
Cada uma das variáveis (Instituição e Category) serão explicadas em sua própria pergunta. 
NZ for dummies
 
O que preciso saber sobre a instituição que estou 
procurando (Cursos de inglês)? 
R: P
​ ara escolher uma escola na NZ, oficialmente falando temos apenas 1 parâmetro para verificar. Este 
parâmetro será explicado melhor na sua pergunta mas vamos dar um overview nesta resposta. 
- A category (categoria) da escola. Seria uma maneira de dizer oficialmente a qualidade do ensino da 
escola. Vai de Category 1 até Category 4. 
Ainda que exista um parâmetro oficial, você tem que levar em consideração outras coisas da escola, 
como por exemplo, infraestrutura, quantidade de alunos na sala. Se tem muitos Brasileiros (geralmente 
isso acaba atrapalhando o seu desenvolvimento no inglês). O preço também pode ser um fator limitante 
então é muito importante pesquisar sobre a instituição além de qual categoria ela está. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Mesmo escolas de categoria 1, tem os seus defeitos. Procure sempre conversar com pessoas que 
estudaram na escola para você ter uma real ideia do que se passa lá. 
- Não existe escola perfeita, existem escolas que focam mais na gramática, tem escolas que focam mais 
na conversação e outras escolas que sao bem mais generalistas. Veja o que você procura e ache a 
escola que mais se encaixa no seu perfil. 

O que é cada Level (5,6,7,8,9,10)? 


R: C​ omo já explicado anteriormente, de acordo com o NZQA, o level (nível) do curso se refere ao 
aprofundamento das informações. A figura apresentada na pergunta “​Como funciona o nível superior 
(tertiary level) na NZ?​” já resume bem as coisas. Mas de maneira bem curta, o nível 7 tem o grau de 
dificuldade encontrado numa graduação Brasileira. O nível 8 de maneira geral tem o mesmo grau de 
dificuldade encontrado em uma pós graduação lato-sensu (MBA ou especialização). O nível 9 é 
comparado ao mestrado. O nível 10 é comparado ao Doutorado. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Para você ler um pouco mais sobre as habilidades e aplicação de cada nível, entre no seguinte link 
(​http://www.nzqa.govt.nz/studying-in-new-zealand/understand-nz-quals/#nzqf-level-7​) 
- Alguns cursos de level 5, 6, 7 são aplicáveis para o visto de Open Visa, ainda que seja um Diploma ou 
Certificate. 
- A maioria dos cursos de nível 8, 9 e 10, são aplicáveis para o visto de Open Visa. 
- Cada curso de diferente nível tem diferentes requisitos para poderem ser aplicados. Cada escola 
também tem diferentes requisitos, por tanto melhor coisa é sempre verificar com a sua escola antes de 
pagar o curso.  

Então um level 7 é igual ao Bacharel? 


R: E
​ ntão a resposta é dada em partes. Sim, o nível de conhecimento adquirido ao fazer um level 7 será o 
mesmo encontrado em um curso de Bacharel, ou Tecnólogo, ou Licenciatura. E não, se você fizer um 
NZ for dummies
 
curso do tipo “Diploma” de 1 ano no level 7, ele não será considerado como um bacharel na NZ, pois você 
não adquiriu créditos suficientes. Ou você acha que os seus 4 anos de faculdade no Brasil é a mesma 
coisa que uma pessoa aprende em 1 ano na NZ. E aí entra a próxima pergunta. 

Qual a diferença entre Diploma, Certificate e Degree? 


R: A​ diferença entre o Diploma, Certificate e Degree são os créditos (horas) que você vai estudar. Na real 
créditos não significa horas exatamente, mas sim esforço, mas para simplificar os créditos serão as 
horas estudadas para cada matéria. De acordo com o NZQA um ano letivo tem 120 créditos. 
 
- Um curso que seja do tipo Certificate (nível 1, 2, 3, 4, 5, 6), deverá ter no mínimo 40 créditos. 
- Um curso que seja do tipo Certificate (nível 7, 8), deverá ter no mínimo 60 créditos.  
- Um curso que seja do tipo Diploma (nível 5, 6, 7, 8), deverá ter no mínimo 120 créditos. 
- Um curso que seja do tipo Degree (nível 7) deverá ter no mínimo 360 créditos. 
- Um curso que seja do tipo Degree (nível 8) deverá ter no mínimo 120 créditos. 
- Um curso que seja do tipo Degree (nível 9) deverá ter no mínimo 120 créditos. 
- Um curso que seja do tipo Degree (nível 10) deverá ter no mínimo 360 créditos. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Ainda que devam ter no mínimo uma certa quantidade de créditos, existem restrições que x créditos 
devem ser feitos por matérias do mesmo nível ao qual está sendo estudado. Por exemplo: O Graduate 
Diploma Level 7, que são exigidos 120 créditos, pelo menos 72 créditos devem ser relacionados com 
matérias de nível 7.  
- Todas as informações foram extraídas do apêndice deste documento 
(​http://www.nzqa.govt.nz/assets/Studying-in-NZ/New-Zealand-Qualification-Framework/requirements-nz
qf.pdf​) 

O que é category 1? Quais são as diferenças de Category? 


R: E
​ xistem 4 categorias de acordo com o NZQA, de 1 até 4. Onde 1 é a melhor escola e 4 é a pior escola. 
Esta nota é revista de tempos em tempos pela NZQA. De maneira geral as escolas de categoria 3 e 4 não 
podem fazer algumas coisas que escolas de categoria 1 e 2 podem fazer. Não são todas as instituições 
que recebem uma categoria específica. As Universidades não têm por exemplo uma categoria, mas os 
ITPs, PTEs e escolas de inglês recebem uma categoria. Para você saber qual a categoria da sua escola 
entre no seguinte link​: h
​ ttp://www.nzqa.govt.nz/providers/index.do 
 

O que a category influência no meu visto de estudo?


R: ​Esta pergunta tem uma quebra importante, se você vai fazer um curso de inglês, ou se você vai fazer
um curso de nível (5 até 10).
Caso você vá estudar em uma escola de inglês (general english): Apenas as escolas de categoria 1, se
você fizer um curso que seja pelo menos 20 horas de aula por semana e se matricular com no mínimo 14
semanas, vai permitir você trabalhar (até 20 horas) com o seu visto de estudo.
NZ for dummies
 
Caso você vá estudar em uma escola de inglês (curso específico): Escola de categoria 1 ou 2, se você
fizer um curso que seja full-time e a duração do seu curso tiver mais do que 6 meses e você tenha o
IELTS com nota 5 ou maior, vai permitir você trabalhar (até 20 horas) com o seu visto de estudo.
Caso você venha fazer uma curso de nível (5 até 10): Não vai influenciar na permissão de trabalho no
seu visto, uma vez que o que dita as regras e a quantidade de créditos do curso.
Todas as informacoes foram tiradas deste link
https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/options/study/working-during-after-your-study/working
-on-a-student-visa

Qual a diferença entre Universidade, ITP, PTE e ELS?


R: Universidades​ sao um total de 13 na NZ.
(​https://www.studyinnewzealand.govt.nz/study-options/universities​) As universidades na NZ tem o
geralmente o foco mais para cursos longos (3 ou 4) anos, que seriam os cursos nível 7,8,9,10 do tipo
Degree.
Institutes of Technology and Polytechnics (ITPs)​ são um total de 17 na NZ.
(​https://www.studyinnewzealand.govt.nz/study-options/institutes-of-technology​) Os ITPs sao mais focados
em te deixar pronto para o mercado de trabalho, cursos geralmente de level 4 até 8 do tipo Diploma ou
Certificate e focado em uma indústria específica.
Private Training Establishment (PTEs)​ são um total de 156 na NZ.
(​https://www.studyinnewzealand.govt.nz/study-options/vocational-training​) Os PTE sao escolas
particulares, então você vai ter um pouco de tudo, até pela quantidade de PTEs na NZ. Você tem PTEs
com cursos de IT ou com cursos de Business (e de outras áreas, já que não vou dizer todas as áreas
possíveis) e algumas oferecem também cursos de inglês.
English Language School (ELS)​ são um total de 53 na NZ.
(​https://www.studyinnewzealand.govt.nz/how-to-apply/find-institutions-and-schools?type=English%20Lang
uage%20School&region=&keyword=​) As ELS são escolas particulares com foco em cursos de inglês.

Pontos que valem a pena ser mencionados:


- As instituições têm preços diferenciados para estudantes domésticos (os Neo Zelandeses) e os 
estudantes internacionais, isso porque o Governo subsidia uma parte do estudo para os cidadãos. 
- Alguns ITPs costumam oferecer cursos apenas para estudantes domésticos. 
- Existem alguns outros tipos de instituições, que não serão tratados neste momento. 
- Para ver a lista com todas as instituições entre no link 
(​https://www.studyinnewzealand.govt.nz/how-to-apply/find-institutions-and-schools​) 
- Algumas PTEs também oferecem cursos de inglês, entao vale a pena olhar as PTEs e ver se possa ter 
um curso que de inglês que seja interessante 
(​https://www.studyinnewzealand.govt.nz/how-to-apply/find-institutions-and-schools?type=Private%20Tra
ining%20Establishment&region=&keyword=​) 
- Algumas PTEs “dão”o curso de inglês, caso você se matricule com eles para um curso de nível e não 
tenha o inglês adequado. Basta procurar nos PTEs certos. 
 
 
NZ for dummies
 
Qual curso (level e duração) devo escolher para poder
aplicar para o Post Study Work Visa?
R: E​ sta pergunta é batata, todo mundo quando começa a ver sobre Post Study Work visa, começa a tentar 
entender a regra deste visto. Isto porque é um caminho que muitas pessoas fazem para tentar imigrar 
para a NZ. Geralmente o plano inclui fazer inicialmente um curso de 1 ano que ao final do curso possa 
aplicar para o Post Study Work Visa, assim você terá um tempo (de até 1 ano) com visto de trabalho e 
após este tempo você deverá ter a experiência na NZ para quem sabe poder aplicar para um visto de 
Residente ou algum outro visto de trabalho com duração maior (Este caminho foi retirado do link 
https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/options/study/working-during-after-your-study/stayi
ng-to-work-after-study​). Tendo isto como uma suposição a pergunta que mais é feita para quem está 
pensando em trilhar este caminho é “qual o melhor curso a ser feito?”. Bom, o melhor curso é uma coisa 
muito subjetiva, mas você tem que atentar se o curso que você está aplicando é considerado um curso 
aceito para aplicar para este visto. Caso contrário você estará jogando dinheiro no lixo (se o seu objetivo 
é apenas aplicar para o Post Study Work Visa). 
Para um curso ser aceito como um curso que permita aplicar para o visto, ele precisa ter uma das 
seguintes características: 
- Um diploma de bacharelado (nível 7) ou superior que envolveu um único curso na Nova Zelândia de 30 
semanas ou mais. 
- Uma qualificação de nível 4 a 6 que envolveu um único curso na Nova Zelândia de 60 semanas ou mais. 
- Duas ou mais qualificações de nível 4 a 6 que envolveram 30 semanas ou mais de estudo na Nova 
Zelândia, onde o nível da última qualificação é superior ao primeiro. 
- Um Certificado Nacional (Nível 4) ou Certificado da Nova Zelândia (Nível 4) relevante para uma 
ocupação na Parte B ou C da "Lista de Profissões Especializadas" que envolveu um único curso na Nova 
Zelândia de 60 semanas ou mais. 
 
Para confirmar estas informações veja no link 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/visa-factsheet/post-study-work-vis
a-open#criteria​) e (​https://onlineservices.immigration.govt.nz/opsmanual/45664.htm​) e 
(​https://onlineservices.immigration.govt.nz/opsmanual/44924.htm​). 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Ainda que você faça o curso “certo” a imigração pode não aceitar a sua aplicação do seu Post Study 
Work Visa, por isso muitas das vezes os agentes de intercâmbio sugerem fortemente um curso nível 8. 
- Geralmente o tempo do visto é limitado ao tempo de curso com teto de 12 meses. 
- Para aplicar para o este visto também será necessário comprovar 95% de presença na escola, então se 
ficar faltando muito a chance de pegar o visto é muito pequena. 
- Apenas para não dizer que ninguém falou, é preciso concluir o curso para poder aplicar para este visto. 
- Você deverá que aplicar para este visto até 3 meses após a conclusão do seu curso (depende do curso) 
ou até 6 meses para cursos nível 9 e 10. 
NZ for dummies
 
Quais são os tipos de cursos de inglês? 
R: Q​ uando se pensa em estudar inglês, existem alguns tipos de cursos diferentes oferecidos pelas 
escolas (conhecidas como ELS [English Language School]), uma escola pode oferecer estes cursos ou 
mix com outras características. De maneira geral o inglês e dividido em 4 áreas: Fala (Speaking), Leitura 
(Reading), Escrita (Writing), Escuta (Listening). Cada curso e escola tem a sua carga horária específica, 
mas como muitas pessoas procuram um visto que possam trabalhar as escolas tendem a fazer uma 
carga horária de maneira que o aluno possa aplicar para o visto de estudante com permissão de trabalho.  
General English​ - Este curso geralmente e focado no inglês para o dia-a-dia, você vai ter a oportunidade 
de aprender bastante coisa sobre tudo, não apenas um tópico específico. Você vai poder trabalhar as 4 
áreas. Os cursos de General English geralmente sao vendidos em semanas, e você pode comprar quantas 
semanas você quiser. Caso queira ficar mais tempo estudando, compra mais algumas semanas e se 
necessário aplique para um novo visto. A maioria das escolas tem vários níveis de general english. Na 
primeira semana de aula você faz um mini teste e a escola te coloca num nível que ela achar adequado 
ao seu inglês. Conforme o tempo vai passando você vai subindo de nível (e de dificuldade). Cada escola 
tem a sua maneira de controlar os níveis. 
Exam Preparation courses​ - Existem vários exames para comprovar o nível de fluência em inglês, os mais 
famosos sao: IELTS (general e academic), TOEFL, Cambridge, TOEIC. Cada um deles tem a sua utilidade e 
seu próprio método de avaliação. Muitas escolas oferecem cursos preparatórios para um ou outro 
exame. De maneira geral uma pessoa realiza um exame deste em 4 condições distintas: Aplicar para um 
visto; Entrar numa faculdade/instituição; Aplicar para algum órgão competente (CRM, CRO, CREA); Aplicar 
para um trabalho. De maneira geral estes cursos preparatórios, eles têm uma duração definida. Quando 
você compra o curso ele tem x semanas de aula já pré-estabelecidas (quase sempre 1 mês). Muitas 
escolas podem exigir que um aluno faça um mini teste para comprovar que você tem nível para entrar 
nestes cursos, de maneira a não prejudicar o andamento da aula. 
Business English​ - Este tipo de curso é mais voltado para quem já tem um inglês mais avançado e quer 
focar num inglês mais corporativo. Conheço algumas escolas que vendem este tipo de curso com uma 
duração pré-definida (ou seja você compra o curso de x semanas) e algumas outras escolas que vendem 
por semanas de aula. Seria o caso de ver com a escola. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Caso você queira ver todas as escolas de inglês (ELS) use o link 
(​https://www.studyinnewzealand.govt.nz/how-to-apply/find-institutions-and-schools​) 
- Algumas PTEs também oferecem cursos de inglês, entao vale a pena olhar as PTEs e ver se possa ter 
um curso que de inglês que seja interessante 
(​https://www.studyinnewzealand.govt.nz/how-to-apply/find-institutions-and-schools?type=Private%20Tra
ining%20Establishment&region=&keyword=​) 
- Algumas PTEs e ELS tem departamento específico para ajudar na busca de emprego, ou mantém 
atividades extracurriculares como passeios ou recreação (pagos ou não). Vale a pena ver se a escola 
oferece isto. 
- Algumas PTEs e ELS tem cursos que incluem após a finalização do curso um determinado tempo de 
trabalho voluntário ou então um estágio (internship) em alguma empresa, ou trabalho em uma fazenda. 
- Independente do seu curso, minha sugestão é que você use este tempo para estudar o inglês e de 
NZ for dummies
 
preferência fique longe de sala cheio de Brasileiros. Lembre-se quanto melhor for o seu inglês, maiores 
serão as chances de você arrumar um emprego e se qualificar. 
- Os cursos de inglês não permitem aplicar para o “Post Study Work Visa”. Porém algumas pessoas 
querem fazer um nível 7 ou 8 e precisam melhorar o inglês, por isso fazem um curso de inglês antes. 
Caso esta seja a sua ideia, sugiro que procure sobre o Pathway Student Visa 
(​https://www.studyinnewzealand.govt.nz/blog/new-pathway-student-visa-pilot-means-less-paperwork-les
s-hassle?_ga=2.51061673.1221180771.1498690139-1729300751.1494297373​) e 
(​https://www.immigration.govt.nz/new-zealand-visas/apply-for-a-visa/visa-factsheet/pathway-student-vis
a?_ga=2.116202630.1072928182.1499381606-1729300751.1494297373​) 

O que é necessário para se matricular numa escola? 


R: B
​ om, cada escola tem o seu processo e ainda pode variar na escola dependendo do curso e do nível 
que você vai cursar. As duas melhores pessoas para te responder neste caso são a própria escola, ou o 
Student Advisor. Sem sombra de dúvidas (e até desnecessário dizer) que uma das coisas necessárias 
para se matricular numa escola é o pagamento integral do curso. Existem também formulários que serão 
enviados pela escola, geralmente por email. Quanto aos documentos que você precisará preencher o que 
geralmente (ou seja, não é obrigatório) é pedido se você está vindo fazer um Nível 7 ou 8, são: 
- Diploma de curso superior no Brasil 
- CV atualizado 
- Histórico Escolar 
- Comprovação de experiência 
- Comprovação de fluência em inglês 
Para um curso de inglês, geralmente não é pedido nenhum documento em especial, o máximo que a 
escola pode pedir é algo para mostrar a sua fluência em inglês para determinar o seu nível.  
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- O que a escola vai pedir não tem nada a ver com o que a Imigração (INZ) vai pedir para aplicar o visto. 
- Uma escola relatada por um dos autores além da comprovação de experiência solicitou uma entrevista 
técnica (de IT nível 8 no caso). Nada muito complexo, mas apenas para ter uma ideia de conhecimento. 

Como provar a fluência em inglês para a escola? 


R: M​ uitas escolas (principalmente para quem vai fazer um curso de nível 5,6,7,8,9,10) podem pedir que 
você comprove a fluência em inglês para que permita a matrícula no curso específico. Cada escola e 
curso tem as suas próprias metodologias de avaliação do inglês então mais uma vez deixo a sugestão de 
procurar a escola ou Student Advisor para verificar como a escola vai fazer para comprovar o seu nível de 
inglês. A escola não é obrigada a aceitar todos os métodos aqui descritos, ela pode se valer apenas de 1 
ou outro método. As principais maneiras aceitas pela escola são: 
- IELTS (general e academic), TOEFL, Cambridge, TOEIC - De maneira geral se você tiver qualquer uma 
destas provas, pode ser que a escola aceite como prova do seu nível em inglês. 
- Conversa via Skype - Se você estiver no Brasil e entrar direto em contato com a escola, pode ser que um 
representante da escola faça uma entrevista com você em inglês, nada muito complexo, mas serão uns 
20 minutos conversando sobre um pouco de tudo e talvez sobre a sua experiência. 
- Prova presencial - Algumas escolas permitem que você faça uma prova presencial para provar a sua 
NZ for dummies
 
fluência. A escola que eu tomo como exemplo a prova era dividida em partes. Fala (Speaking), Leitura 
(Reading), Escrita (Writing), Escuta (Listening). Sim, foram 4 mini provas, cada uma com tempo 
aproximado de 30 minutos. 
- Entrevista pessoal - Um dos colaboradores informou que a escola fez apenas uma entrevista pessoal e 
informal para a escola aceitar sua fluência em inglês. 
  
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Se a escola exigir uma prova tipo IELTS com uma nota mínima de 6.5 e você tem uma nota 5.0, a escola 
não vai aceitar a sua aplicação. Porém pode ser que a escola permita você se valer de algum outro 
método para comprovar o seu inglês. 
- Algumas escolas e principalmente as universidades só aceitam alguns exames oficiais (IELTS, TOEFL). 
Inclusive é MUITO provável que a instituição aceite APENAS o IELTS academic. 
- As escolas de inglês geralmente não tem nenhuma prova para se matricular, mas tem uma prova de 
nivelamento no primeiro dia de aula para que você possa ser colocado no nível correto. 

Para que serve o seguro obrigatório? 


R: O ​ seguro obrigatório será explicado como funciona, valores e outros aspectos na sua própria seção 
(​link​). Contudo como o seguro é obrigatório para aplicar para o visto de estudante esta pergunta vem 
aqui. O seguro obrigatório serve como uma maneira da NZ se prevenir de arcar com os eventuais custos 
(de um acidente ou outra necessidade) enquanto você estiver estudando na NZ. Como o visto de 
estudante não dá direito ao sistema público de saúde, o governo impôs esta restrição para quem quiser 
aplicar para o visto de estudante. O sistema público de saúde na NZ é subsidiado em partes pelo 
Governo. Então nada mais justo (na visão do governo da NZ) que o estudante estrangeiro esteja disposto 
a arcar com os gastos no caso de eventual necessidade. 
   
NZ for dummies
 
TRANSPORTE PÚBLICO (AUCKLAND) 
O autor deste documento mora em Auckland, então fica meio difícil de explicar coisas sobre
o transporte público em outras cidades, caso alguém queria dar contribuir, só deixar como
sugestão que eu adiciono sem problemas ao documento.

Quais são os meios de transporte público em Auckland? 


R: E​ xistem 3 maneiras de se locomover além do carro (Uber ou particular ou Taxi) e com suas próprias 
pernas. Você tem Ônibus, Trem e Barcas [Ferry]. A tarifação em Auckland é feita por trechos [zones] e 
isso será explicado aqui (​link​). O principal site para te ajudar a entender tudo sobre transporte público em 
Auckland é o site do Auckland Transport (conhecido como AT) (​https://at.govt.nz​). Existem 2 portas nos 
ônibus em Auckland e não existem catracas. Você pode entrar apenas pela porta da frente, mas pode sair 
por qualquer uma das 2 portas. Auckland é dividida em 5 áreas de acordo com o AT, o Centro [Central], 
Norte [North], Oeste [West], Leste [East], Sul [South]. Estas 5 áreas servem basicamente para te ajudar a 
achar os ônibus que você precisa (​https://at.govt.nz/bus-train-ferry/timetables/​). Para questão de 
tarifação, Auckland é dividida em 13 zonas, explicado na própria pergunta. Para você ver os ônibus que 
passam em cada zona e cada local, você pode usar os aplicativos (explicado na própria pergunta) ou 
através do site do AT. Os ônibus não são 24/7 então sugiro que você sempre olhe a timetable 
(​https://at.govt.nz/bus-train-ferry/real-time-board/​) ou o aplicativo para ver o horário do seu ônibus. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Não é permitido comer, beber ou fumar nos ônibus a qualquer momento. O motorista pode proibir de 
você entrar no ônibus caso você esteja fazendo um desses atos. 
- Se você for ao Britomart, você poderá retirar mapas gratuitos das 5 áreas de Auckland. 

Como funcionam os 13 trechos “zones”? 


R: E​ m Auckland a tarifação é feita por Zonas sendo que existem um total de 13 zonas em Auckland. Você 
pode encontrar mais informaçoes sobre as zonas e tarifas neste link 
(​https://at.govt.nz/bus-train-ferry/fares-discounts/fare-zones-calculating-how-much-you-pay/​). 
O preço é calculado baseado na quantidade de Zonas que você vai percorrer e não na quantidade de 
ônibus (ou trem ou ferry) que você vai pegar. De maneira geral o preço para uma zona é de 3,50 NZD caso 
seja pago em dinheiro e 1,85 NZD caso seja usado o cartão (ATHop Card). Para que o sistema de zonas 
funcione corretamente, sempre que você entrar no ônibus (ou trem ou ferry) e pagar em dinheiro, o 
motorista irá perguntar onde você vai saltar, para que ele calcule o preço certo. Caso você esteja usando 
o cartão é necessário passar o cartão tanto na entrada quanto na saída. No ônibus as 2 portas tem um 
validador (para você passar o cartão). No Trem, tem uma catraca para você entrar na estação, e na hora 
de sair, tem alguns validadores espalhados pela plataforma (ou uma catraca de saída).Um adendo que 
vale a pena mencionar é para aquelas pessoas que moram e se locomovem bastante pela zona central. 
Existem 3 ônibus que todo mundo pega. Eles têm cores diferentes dos ônibus de maneira geral, são 
ônibus de cores Vermelha, Verde e Âmbar (Laranja) que são conhecidos como Links. O ônibus vermelho 
(chamado de CityLink) tem um trajeto bem simples, quase que só anda pela Queen Street. O ônibus verde 
(chamado de InnerLink) tem um trajeto um pouco maior passando nos bairros diretamente ao redor de 
NZ for dummies
 
CBD. O ônibus Âmbar (chamado de OutterLink) tem um trajeto bem mais amplo inclusive ele troca da 
zona central para a zona isthmus durante uma parte do seu trajeto. Para você ter uma ideia melhor dos 
ônibus link, de uma olhada neste pdf de 2 paginas 
(​https://at.govt.nz/media/1971982/lk_link-nov-2016-web.pdf​) 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Para você ver todo o zoneamento (sem trocadilho) de auckland, use o seguinte link 
(​https://at.govt.nz/media/1966910/simpler-fares-zone-map-web-sept-2016.pdf​) 
- Existe uma coisa chamada overlap zone (que seria numa tradução livre zonas sobrepostas), se você 
olhar no mapa do link acima, você verá umas áreas entre zonas que tem uma cor cinza. Isso porque esta 
área como ela é de transição e caso você salte nesta área, não será contado como o pagamento de 2 
áreas. 

Como funciona o cartão VT (ATHop Card)? 


R: O​ cartão ATHop Card tem um funcionamento muito semelhante ao cartão VT no Brasil. Para adquirir o 
cartão você paga 10 NZD e vai inserindo crédito e vai usando de maneira pré-paga. O Cartão dá desconto 
em relação à tarifa paga em dinheiro. Caso você esteja com um visto de Estudante, você poderá ter um 
desconto nas tarifas, explicado na sua própria pergunta. Caso você queira, você pode adquirir um passe 
Mensal ou Diário, explicado na sua própria pergunta (​Como funciona o passe mensal e o diário?​).  
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- O cartão por incrível que pareça permite que você fique inadimplente uma vez. Ou seja, caso você tenha 
1 NZD no seu cartão, e você entre no ônibus, o seu cartão irá ficar no saldo negativo de 0.85 NZD (caso 
você ande uma zona). Porém você não poderá pegar outro ônibus até recarregar o cartão para um saldo 
positivo. 
- Caso você não passe o seu cartão na saída, o sistema te cobrará apenas por 1 zona, porém caso você 
deixe de passar o cartão várias vezes, você poderá ter o seu cartão bloqueado e cancelado. Para 
desbloquear o cartão será necessário ir no Britomart (Estação central de Auckland). 
- Apesar de não ser obrigatório, você poderá registrar o seu cartão no site através do link 
(​https://at.govt.nz/bus-train-ferry/at-hop-card/register-at-hop-card/​). Caso você perca o seu cartão, você 
poderá adquirir um novo e transferir o saldo do cartão antigo. Outra vantagem de se registrar o cartão é 
que se alguém achar o seu cartão e devolver você será avisado. A última vantagem de se registrar o 
cartão e que você poderá fazer uma recarga (top up) online. 
- Para você acessar todas as funcionalidades do cartão será necessário entrar no sitema MyAT 
(​https://at.govt.nz/myat/​). Inclusive você poderá ver todos os trechos que você percorreu. 
- Existem 3 termos muito usados relacionados ao ATHop Card. Top Up, que seria carregar, muitos 
brasileiros inclusive falam “toppar”. Tag On, que seria o ato de passar o cartão na hora de entrar no 
ônibus (ou trem ou ferry). Tag off, que seria o ato de passar o cartão na hora de sair do ônibus (ou trem 
ou ferry). 

Como faço para adquirir cartão VT (ATHop Card)? 


R: P
​ ara você comprar o seu cartão você pode fazer online e receber em casa (e você paga uma taxa de 
entrega) ou basta se dirigir ao Britomart com 10 NZD entrar na fila para comprar o cartão. Você também 
NZ for dummies
 
pode comprar o seu ATHop Card em alguns Pak N`Save ou New World ou em alguns outros lugares já 
com 10 NZD carregados (pelo valor total de 20 NZD). Para saber onde comprar o cartão entre no link 
(​https://at.govt.nz/bus-train-ferry/at-hop-card/buy-at-hop-card/​) e 
(​https://at.govt.nz/bus-train-ferry/at-hop-card/at-hop-retailers/​). 

Como faço para recarregar (top up) o meu cartão? 


R: M​ uitas pessoas acham que para recarregar o seu ATHop Card, você tem que se dirigir ao Britomart, 
mas na verdade existem vários lugares para toppar [Abrasileiramento da palavra top up] o seu cartão. 
Inclusive via Internet e várias lojas espalhadas. Para ver todos os lugares basta acessar o link 
(​https://at.govt.nz/bus-train-ferry/at-hop-card/top-up-at-hop-card/​). As lojas espalhadas pela cidade 
geralmente tem um adesivo no vidro falando que ali dá para toppar o seu ATHop. Eu pessoalmente entrei 
no site MyAT e configurei para ele fazer um top up automático, quando meu saldo ficar menor do que 15 
NZD. Assim garanto que meu cartão terá sempre saldo. 

Como funciona o passe mensal e o diário? 


R: C​ aso você ande muito de ônibus (ou trem ou ferry) durante um mês, talvez compense pegar um passe 
diário ou mensal. Nenhum dos colaboradores nunca se utilizou desses passes, por isso as informações 
foram todas retiradas dos links 
(​https://at.govt.nz/bus-train-ferry/at-hop-card/at-hop-card-concessions/at-hop-monthly-pass/​) e 
(​https://at.govt.nz/bus-train-ferry/at-hop-card/at-hop-card-concessions/at-hop-day-pass/​). 
Para comprar o passe passe diário é necessário ir nas máquinas de toppar ou centros de atendimento ao 
cliente AT ou revendedores AT Hop. O valor do passe diário é de 18 NZD e ele será carregado no seu 
ATHop Card. Para comprar o passe passe mensal é necessário ir nas máquinas de toppar ou centros de 
atendimento ao cliente AT ou pela Internet. O valor do passe mensal é de 145 NZD ou 250 NZD ou 310 
NZD (já explico as diferenças de valores) e ele será carregado no seu ATHop Card. O seu passe começará 
a contar assim que você Tag On (algumas pessoas falam Taggear) no ônibus (ou trem ou ferry). O passe 
diário será válido até meia noite do dia que você passou o cartão e o mensal será válido até a meia noite 
do dia anterior do mês seguinte (se você usou o passe mensal no dia 13 de agosto, ele será válido até 
meia noite do dia 12 de setembro). O passe mensal tem uma diferença de preços por contas das 
diferentes zonas, então dependendo de onde você mora o seu passe mensal será mais barato ou mais 
caro. Minha sugestão caso você queira comprar um passe mensal é vai no Britomart na central de 
atendimento e peça para um dos atendentes te ajudar a ver qual o passe mensal certo para você.  
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Mesmo que você compre um passe mensal ou diário, ainda sim é obrigado a Taggear na entrada e na 
saída do ônibus, incorrendo em multa caso você se esqueça. 
- Mesmo que você compre um passe mensal ou diário, o site AT sugere que você mantenha uns 5 NZD no 
seu cartão, pois caso você receba uma multa, não fique com o seu saldo negativo. Já que caso o seu 
cartão fique com o saldo negativo ainda que você tenha o passe, o validador apitará informando que não 
tem saldo. 
NZ for dummies
 
Como funciona o desconto para estudante? 
R: C​ ursos a partir de 16 semanas é concedido o desconto de estudante. Quando você receber a sua 
carteirinha da escola, você verá que tem um mini adesivo colado escrito “Tertiary ID Sticker” e mais uma 
data de expiração. De posse desta carteirinha você pode se dirigir ao Britomart para registrar o seu 
ATHop Card com desconto, ou também fazer pela internet (para fazer pela internet você terá que entrar 
no MyAT e selecionar o menu “apply for a concession”). O desconto não é de 50% e até onde eu pude 
apurar o desconto varia de acordo com a rota utilizada.​ ​A concessão do desconto terá a mesma validade 
da validade encontrada no sticker na sua carteirinha da escola. Para você ler mais sobre o processo e os 
descontos veja o link 
(​https://at.govt.nz/bus-train-ferry/at-hop-card/at-hop-card-concessions/tertiary-student-concession/​). 
O valor para estudante de 3,50 NZD ficaria por 1,33 NZD. Todas as tarifas estão no link 
(​https://at.govt.nz/bus-train-ferry/fares-discounts/bus-train-fares/​) 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Não será dado desconto para tarifas pagas em dinheiro, apenas via ATHop Card. 
- De acordo com o site do AT, o motorista ou algum agente (no caso do trem), pode pedir para verificar a 
sua carteirinha de estudante, de maneira a garantir que você realmente é um estudante.

Posso pagar as passagens em dinheiro? 


R: S
​ im, você pode pagar as passagens em dinheiro. Contudo você não pagará os 1,85 NZD como se 
tivesse usando o cartão e sim 3,50 NZD. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Se você for pagar em dinheiro, o motorista irá te perguntar para onde você vai saltar. Isso porque em 
Auckland o preço da tarifa é por trecho “zona”. 

Quais aplicativos para ver rotas e horários? 


R: O​ google maps funciona muito bem para se achar em Auckland. Ele pega as rotas, horários e preços. 
Caso você queira o AT também oferece um aplicativo para você planejar a sua jornada. O Aplicativo do 
AT se chama AT Mobile (Antigamente se chamava AT Metro) e o link para ele no Google Play é 
(​https://play.google.com/store/apps/details?id=nz.govt.at.atmobile​). O Aplicativo permite salvar os seus 
principais endereços para facilitar na hora de consultar novamente. 

UBER ou TÁXI? 
R: T
​ áxi em Auckland é um pouco diferente do que no Brasil. O Táxi não fica rodando na rua rodando 
procurando passageiros. Eles ficam em alguns pontos em CBD parados esperando a central (ou 
aplicativo) avisar de um passageiro. Caso você esteja fora de CBD, nem ver táxi na rua você vai ver. Em 
CBD você até vai ver alguns táxis rodando, mas mesmo que você faça o sinal para ele, dificilmente eles 
NZ for dummies
 
vão parar. Aqui táxi só chamando pelo aplicativo ou telefone. Eu nunca peguei um táxi então não sei 
como funciona exatamente a bandeirada. Mas pelo que acompanho nos grupos eles são bem mais caros 
que pegar um Uber. Para quem gosta de Uber existe um outro aplicativo desenvolvido na própria NZ, 
chamado Zoomy, ele é uma cópia do Uber, mas a tarifa dinâmica dele é melhor que a do Uber, então eu 
sempre verifico nos 2 aplicativos qual me dá a melhor estimativa. Uma coisa legal do Zoomy, é que a 
primeira corrida, você ganha um desconto se você se inscrever por um link de amigo e caso você não 
tenha nenhum amigo para te convidar, pode me pedir um convite (shay.bogomoltz@gmail.com). Até o 
momento (18/01/2018) Cabify ainda não está disponível na NZ. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Empresa mais barata de táxi de acordo com um Kiwi (amigo de um dos autores) é Cheap Táxi 
(​http://www.cheaptaxi.co.nz/​)
NZ for dummies
 
SAÚDE / SEGURO VIAGEM / PLANO DE 
SAÚDE 
Quais sites mais importantes para entender sobre o 
sistema público da NZ? 
R: O
​ site mais importante para buscar informações sobre o sistema público de saúde da NZ é o site do 
ministério da saúde (​http://www.health.govt.nz/​). Outro site que também ajuda a entender como as 
coisas funcionam é o NewZealand Now (​https://www.newzealandnow.govt.nz/living-in-nz/healthcare​). 

Quem tem direito ao sistema público subsidiado da NZ? 


R: E​ xistem várias maneiras de você ser elegível ao sistema público de saúde da NZ, e todas elas podem 
ser vistas neste link 
(​http://www.health.govt.nz/new-zealand-health-system/eligibility-publicly-funded-health-services​). A 
maneira ao qual a maioria dos Brasileiros se encaixa é o que as pessoas chamam de “Work Visa Holder” 
[detentor de um visto de trabalho]. Para uma pessoa ser considerada elegível de acordo com esta 
maneira, existem 2 critérios: 
1- Você possui um visto de trabalho (full-time) que seja válido por mais de 24 meses. Exemplo: Você veio 
com um WHV e aplicou posteriormente para um “Talent Work Visa” e ele veio com uma validade de 30 
meses. 
2- Uma pessoa que detém um visto de trabalho que lhes autoriza a permanecer na Nova Zelândia por um 
período de tempo que, juntamente com o tempo que a pessoa já esteve legalmente na Nova Zelândia 
imediatamente antes da obtenção do visto, é igual ou superior a dois anos. Exemplo: Você chegou dia 
01/03/15 com o visto de “turista”. Em 01/05/15 você recebeu um visto de “estudante”. Em 01/07/16 você 
recebeu o visto de “Essential Skills Work Visa” que vai expirar em 01/07/17. Neste caso como desde o 
seu primeiro visto (01/03/15) até a expiração do seu visto de trabalho (01/07/2017) tem mais de 2 anos, 
você tem direito ao sistema público de saúde, a partir do momento que recebeu o visto de trabalho. 
(​http://www.health.govt.nz/new-zealand-health-system/eligibility-publicly-funded-health-services/guide-eli
gibility-publicly-funded-health-services/work-visa-holder-eligible-be-nz-two-years-or-more​)  
A segunda maneira que muitos Brasileiros também se valem para ter acesso ao sistema público é quem 
possui um visto de residência (Skilled Migrant Category Resident Visa, ou Talent Resident Visa, ou outros 
vistos que tenham o título de residente) conforme explicado em 
(​http://www.health.govt.nz/new-zealand-health-system/eligibility-publicly-funded-health-services/guide-eli
gibility-publicly-funded-health-services/new-zealand-residents​). 
Sempre que você for a um hospital ou algum outro serviço vão te perguntar se você é elegível ao sistema 
público de saúde. Você deverá mostrar o seu passaporte com o seu visto na recepção (ou triagem). 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
NZ for dummies
 
- Com exceção dos serviços de maternidade, os parceiros das pessoas elegíveis para serviços de saúde e 
deficiência com financiamento público devem satisfazer os critérios de elegibilidade eles mesmos. 
- Caso o seu partner tenha o visto “Work Visa based on Partnership” com duração de mais de 24 meses, 
ele tambẽm estará elegível ao sistema público na NZ. 
(​http://www.health.govt.nz/new-zealand-health-system/eligibility-publicly-funded-health-services/resourc
es-service-providers-check-eligibility/who-partner​)  
- Existe um checklist no site do ministério da saúde que ajuda a verificar se você tem acesso ou não ao 
sistema público 
(​http://www.health.govt.nz/new-zealand-health-system/eligibility-publicly-funded-health-services/resourc
es-service-providers-check-eligibility​)  

Se eu não for elegível aos subsídios ainda posso usar o 


sistema público na NZ? 
R: S​ im, qualquer pessoa pode ir a um hospital ou fazer um tratamento na NZ. O que acontece é que caso 
você não seja elegível ao subsídio do governo você deverá fazer o pagamento INTEGRAL dos seus 
custos. Por isso o governo recomenda fortemente que caso você não tenha direito aos subsídios, tenha 
um seguro viagem para amenizar os custos. 
(​http://www.health.govt.nz/new-zealand-health-system/eligibility-publicly-funded-health-services/eligibilit
y-questions-and-answers-consumers#Ineligible people​) [Procure no FAQ a pergunta “Ineligible People”]. 

Como funciona o sistema público na NZ? 


R: N​ ão será possível explicar como funciona todo o sistema público de saúde da NZ, mas tentarei cobrir 
os tópicos mais importantes, pelo menos para um primeiro momento de chegada na NZ. A primeira coisa 
que você deve entender que diferentemente do que ocorre no Brasil o sistema público da NZ não é 
gratuito. Isso mesmo, ele é subsidiado pelo governo, isso significa que algumas vezes o subsídio será de 
100% e outras vezes você deverá pagar alguma coisa (chamado de low cost). O sistema de saúde conta 
com GP (general practitioner), Specialist, Emergency, midwife, ACC (accident compensation corporation), 
entre outros. Vou tentar cobrir um pouco de cada um mas antes para você dar uma olhada em como 
funciona o fluxo na NZ, sugiro ver o seguinte gráfico 
(​http://www.health.govt.nz/our-work/hospitals-and-specialist-care/elective-services/how-electives-proces
s-works​) ou ver o seguinte vídeo (​https://vimeo.com/158429915​). 
GP (General Practitioner) [Clínico Geral]​ - O GP (ou também chamado de family doctor) é como o clínico 
geral do Brasil. E diferentemente do que ocorre no Brasil, você não vai direto a um especialista. Na NZ, 
você sempre vai ao GP, e ele que vai ser a pessoa que pode ou não te encaminhar para um especialista. O 
GP vai ter todo o seu histórico de consultas e ele que vai fazer os seus principais acompanhamentos 
médicos. O GP muitas vezes vai pedir exames que um especialista pediria. Sempre que você for ao GP, 
você deverá pagar a consulta. O valor varia de GP para GP, na média eu vejo uns 40 NZD por consulta, 
caso você esteja elegível aos subsídios do governo. A primeira coisa que eu sugiro quando você chegar 
na NZ é se cadastrar [Enroll] em um GP. Assim sempre que você tiver alguma coisa você vai direto ao GP. 
Você pode mudar de um GP para outro caso você não goste do GP, ou caso ele se mude para um lugar 
mais longe. As pessoas tendem a se cadastrar junto a um GP perto de sua residência. Se você não se 
cadastrar e precisar ir com urgência, pagará mais caro, só pelo fato de não ser cadastrado. Alguns GPs 
NZ for dummies
 
pode cobrar mais caro para atender fora do horário comercial (after-hours) 
(​http://www.health.govt.nz/your-health/services-and-support/health-care-services/visiting-doctor​). Para 
você achar todos os GPs acesse o link 
(​https://www.govt.nz/browse/health-system/gps-and-prescriptions/find-a-doctor/​). Geralmente você 
consegue marcar uma consulta com o seu GP para 2 ou 3 dias a frente, não é muito demorado. Um ponto 
importante é o próprio GP que colhe os exames das mulheres (aqueles exames que apenas as mulheres 
fazem). 
Specialist [Especialista]​ - Os especialistas (cardiologista, ginecologista, otorrinolaringologista, …) na NZ  
nem sempre serão gratuitos, e até onde pude conversar com alguns brasileiros a maioria das vezes será 
pago sim. Os especialistas são geralmente recomendados pelos GPs após eles esgotarem as 
possibilidades, isso serviria para desafogar o número de pessoas que vão nos especialistas. Porém 
quando você for procurar um Especialista através do sistema público de saúde, você pode entrar numa 
lista de espera de até 4 meses. Isso por que a ordem de atendimento com um especialista não é por 
quem liga para marcar. A ordem é por necessidade, então caso você esteja numa situação grave para ver 
um especialista a espera pode ser de algumas horas, e caso o seu caso seja algo menos urgente porém 
ainda complexo para o GP a sua espera pode demorar até 4 meses 
(​https://www.govt.nz/browse/health-system/gps-and-prescriptions/seeing-a-specialist/​). Caso você 
esteja aguardando a data da visita ao especialista e sua condição piore, será necessário marcar uma 
consulta com o seu GP e ele poderá aumentar a prioridade do seu atendimento com o especialista. Para 
achar todos os especialistas da NZ, entre no link 
(​https://www.govt.nz/browse/health-system/gps-and-prescriptions/find-a-doctor/​). Caso você queira, 
você pode se consultar particularmente com um Especialista (isto é, sem passar pelo GP), você deverá 
pagar o valor da consulta cheio (que pode chegar uns 500 NZD). Dependendo se você tiver um plano de 
saúde, você poderá pedir reembolso. 
Emergency [Emergência]​ - Primeiramente anote este telefone 111, caso você tenha uma emergência este 
é o telefone que você deve ligar para chamar a ambulância. A emergência 99,9999% das vezes será 
gratuita (caso você esteja elegível aos subsídios do governo). Você pode ir para um hospital de carro ou 
Uber se a sua emergência não necessitar uma ambulância. Chegando no hospital existe todo o processo 
de triagem e atendimento como qualquer hospital no mundo. 
Midwife [Parteira]​ - A midwife é a pessoa que vai fazer todo acompanhamento da gestação. Assim que a 
mulher descobrir que está grávida, ela marca uma consulta na GP, que vai confirmar a gravidez e vai pedir 
para você procurar uma midwife. As midwives (plura é com v em inglês) que fazem os pedidos de exame 
de sangue, os pedidos de ultrasound [ultrasom] e até mesmo fazem o parto. Caso você queira, o parto 
poderá ser feito em um hospital (aqui é comum as parteiras fazerem parto em casa ou aquelas partos 
humanizados). Em qualquer momento durante o trabalho de parto a midwife pode ligar para uma obstetra 
ou te encaminhar para um hospital. Sobre gravidez pretendo criar uma seção apenas para isso. Para ler 
um pouco mais sobre gravidez acesse o link 
(​https://www.healthed.govt.nz/resource/your-pregnancyt%C5%8D-hap%C5%ABtanga​) e 
(​https://findyourmidwife.co.nz/​) e 
(​http://www.health.govt.nz/new-zealand-health-system/publicly-funded-health-and-disability-services/pre
gnancy-services​). 
ACC (accident compensation corporation)[Compensação por acidente]​ - Todas as informações sobre o 
ACC podem ser vistas no site (​http://www.acc.co.nz/​) ou no site beta (​https://beta.acc.co.nz/​). A maioria 
dos custos das lesões por acidentes são cobertas pelo esquema único de compensação de acidentes 
pessoais da Nova Zelândia, que é administrado pela Corporação de Compensação de Acidentes (ACC). O 
ACC fornece cobertura de seguro sem culpa a todos na Nova Zelândia por lesões resultantes de 
NZ for dummies
 
acidentes - tudo, desde acidentes de carro até lesões no trabalho, escorregas, viagens e quedas em casa 
ou quebrar o braço, mesmo que a pessoa ferida tenha causado o acidente. O ACC ajuda a cobrir as taxas 
médicas e de tratamento e os custos de reabilitação, como fisioterapia ou cuidados residenciais, embora 
existam custos parciais para alguns tratamentos. Eles também farão um pagamento às famílias em caso 
de morte acidental, mesmo que a família viva fora da Nova Zelândia. Você paga pela cobertura do ACC 
através de um imposto sobre a sua renda e também cobrança pela execução do seu automóvel. 
Maiores informações aqui também 
(​https://www.newzealandnow.govt.nz/living-in-nz/healthcare/paying-for-healthcare-services​).  
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Existe um serviço chamado Free Health Advice [Conselho de saúde gratuito] que funciona por telefone 
24x7 e você pode tirar dúvidas rápidas sobre o que fazer caso você não esteja se sentindo bem, ou onde 
achar o hospital mais perto ou algumas outras coisas. Inclusive eles tem tradutores para ajudar caso 
você não fale inglês. Para saber como acessar este serviço veja o link 
(​https://www.govt.nz/browse/health-system/public-health-services/free-health-advice/​). 
- Ao contrário do que muitas pessoas falam, você (MULHER GRÁVIDA) não é obrigada a fazer todo o 
acompanhamento com uma Midwife, existem 3 profissões que poderão ser responsáveis pela sua 
gravidez, o LMC (Lead Maternity Carer) [Condutor da Maternidade]. Para ser um LMC, precisa ser um GP, 
ou uma Midwife ou uma obstetra (especialista). Acontece que muitas mulheres escolhem a Midwife que 
é uma pessoa dedicada a isso por conta da própria cultura e por que as obstetras não são subsidiadas 
pelo governo, apenas em alguns casos. Mas uma obstetra pode chegar a cobrar 5.000 NZD para fazer o 
parto. (​https://www.healthed.govt.nz/resource/your-pregnancyt%C5%8D-hap%C5%ABtanga​) 
- Existe também uma profissão chamada Doula, a doula é bem basicamente uma “psicóloga” para o 
período de gravidez e até uns meses após o nascimento do bebê. Será explicado um pouco mais sobre a 
doula na seção de gravidez.  

Posso trazer meus Remédios/Medicamentos para NZ? 


R: S
​ im, mas há requisitos. Os medicamentos de prescrição só podem ser trazidos se preencher 
determinados critérios e preencher certas condições. Se você precisa saber mais sobre isso e sobre ter 
medicamentos trazidos do exterior, confira os medicamentos prescritos na seção Importações Proibidas. 
Lembre-se, se você chegar na Nova Zelândia com medicamentos prescritos na sua pessoa ou na sua 
bagagem, você só pode trazê-lo se você declarar o medicamento no cartão de chegada do seu 
passageiro. 
Mais informações sobre a importação de medicamentos podem ser obtidas no site Medsafe, ou através 
de seu email medclearance@moh.govt.nz ou através do telefone +64 9 580 9141. 
More infos: ​http://www.customs.govt.nz/questions/Pages/default.aspx​ e 
http://www.health.govt.nz/your-health/conditions-and-treatments/treatments-and-surgery/medications​ e 
http://www.health.govt.nz/your-health/conditions-and-treatments/treatments-and-surgery/medications/p
rescription-charges​ e ​https://www.newzealandnow.govt.nz/resources/buying-medicines-in-new-zealand​. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Existem remédios que você compra em qualquer supermercado ou lojinha de conveniência ou em até 
farmácias mesmo, mas só os remédios para tratar alguns sintomas. Os remédios mais fortes, como 
NZ for dummies
 
anti-inflamatório, antibiótico e os remédios de tarja vermelha e preta no Brasil, apenas poderá ser 
comprado com uma prescrição médica. 
- Alguns remédios na NZ recebem um subsídio do Governo, então caso você receba a receita 
[Prescription] do seu GP, o seu remédio poderá ser comprado nas farmácias por uns 5 NZD (o preço é 
tabelado) até uns 15 NZD. 

Estou na NZ e meus remédios acabaram, e agora?


R: V
​ ocê precisa entrar em contato com algum GP para a prescrição da medicação. Assim como no Brasil, 
algumas medicações não são vendidas sem receitas médicas. Os remédios comprados com a receita, 
não vem em uma caixa padronizada, eles vem com o seu nome no vidrinho e na quantidade certa, ou seja, 
quase nunca tem sobra de remédio. 

Porque não encontro alguns remédios na NZ?


R: D
​ iferente do Brasil, na Nova Zelândia há alguns medicamentos que foram banidos ou proibidos de 
comercialização, como por exemplo, a dipirona sódica. Para maiores informações, acesse o New Zealand 
Medicines and Medical Devices Safety Authority - Medsafe: ttp://​www.medsafe.govt.nz/ 
 

Calendário de vacinação na NZ. Quais vacinas devo 


tomar? 
R: O
​ calendário de vacinação na NZ no site do Ministério da Saúde da NZ. Para maiores informações, 
acesse: 
https://www.health.govt.nz/our-work/preventative-health-wellness/immunisation/new-zealand-immunisat
ion-schedule 
 

Qual a diferença entre Plano de Saúde e Seguro Viagem? 


R: O
​ plano de saúde (Health Insurance ou Health Plan) na Nova Zelândia funciona quase que igual aos 
planos de saúde no Brasil (Amil, Unimed, Azul). Você paga um valor mensal, e sempre que for ao médico, 
você pode acionar o plano de saúde e dependendo da sua cobertura ele paga pelas consultas ou 
procedimentos. O Seguro viagem (Travel Insurance) é bem mais abrangente do que um plano de saúde. 
Os seguros viagem podem cobrir além de despesas médicas, despesas em atrasos em vôos, 
documentos perdidos, malas perdidas ou atrasadas, excesso em aluguel de veículo, entre outros. Os 
Planos de saúde só podem ser contratados se você tiver um visto que te permita ter acesso aos 
subsídios do sistema público, ou seja, visto WHV, Turista, Estudante (de até 2 anos) e alguns vistos de 
trabalhos não serão aceitos pelas empresas de plano de saúde. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
NZ for dummies
 
- Alguns vistos como o de estudante e o WHV, ​obrigam​ que você tenha um Travel Insurance contratado 
por todo o tempo que você estiver na NZ. 
- Para ler mais sobre Planos de saúde 
(​https://www.lifedirect.co.nz/health-insurance/what-is-health-insurance.aspx​)  
 

Quanto custa um plano de saúde? 


R: D​ a mesma maneira que existem várias empresas no Brasil que oferecem plano de saúde com diversas 
coberturas diferentes, na NZ tem a mesma coisa. A empresa mais famosa talvez seja a Southern Cross 
(​https://www.southerncross.co.nz/society​) e você pode inclusive fazer cotação com eles online. Porém 
existem outras empresas também que valem a pena ser consideradas. O site Lifedirect é uma iniciativa 
do trademe para ajudar a ver os planos de saúde e comparar os planos entre as empresas 
(​https://www.lifedirect.co.nz/health-insurance/insurer-overview.aspx​). Um conceito que existe nos planos 
de saúde daqui que geralmente não vemos no Brasil, é que alguns planos cobram um excesso (igual as 
franquias dos seguros de carro), ou seja, se o seu excesso contratado seja 500 NZD, você não vai acionar 
o plano de saúde para pagar a conta de 100 NZD, você pode até colocar um excesso de 0 NZD mas isso 
vai subir o preço do seu plano. Alguns planos de saúde podem ter um tempo de carência, na NZ este 
tempo se chama de “Stand-down”. A maioria dos planos de saúde não cobrem visitas aos GPs ou 
consultas dentárias, porém algumas empresas como (Southern Cross, nib, Accuro) permitem você 
adicionar ao seu plano estes profissionais através da contratação de Add-Ons. Os planos geralmente não 
cobrem doenças pré-existentes. Para dizer que nenhum valor foi dito, eu atualmente pago no plano 
“Comprehensive Wellbeing Two” sem excesso para mim e para a minha esposa o valor de 138 NZD por 
mês. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- O site lifedirect tem uma secao com várias perguntas e respostas sobre planos de saúde 
(​https://www.lifedirect.co.nz/health-insurance/health-insurance-faq.aspx​) vale a pena dar uma olhada 
para se aprofundar no assunto. 

Vale a pena fazer plano de saúde? 


R: E
​ ssa pergunta não existe uma resposta certa, ela vai muito de cada pessoa e do seu histórico de 
saúde. Mas vou tentar dar uma visão da minha opinião e do que me fez chegar às conclusões que eu 
cheguei. Eu e minha esposa hoje (por conta do nosso visto) temos direito aos subsídios oferecidos pelo 
governo usando o sistema público de saúde. Eu pessoalmente acho que a questão se resume 
basicamente numa análise de “Custo x Benefício”. O que eu fiz foi montar uma lista com os custos e do 
outro lado com os benefícios. Os custos eu sempre sugiro que você leve em consideração quanto ela 
pesa no seu orçamento e não somente o valor bruto. Assim, Se você ganha 5000 NZD por mês, 140 NZD 
(um preço estimado) não vai pesar tanto no seu orçamento. Agora se você ganha 1500 NZD por mês, 140 
NZD já representa quase 10% do seu dinheiro disponível. Quanto aos benefícios, fica bem mais 
complicado de você mensurar (ainda mais em termos financeiros), pois envolvem variáveis de 
probabilidade de riscos (de ter uma doença), e uma questão emocional (de seguranca). O que eu posso 
dizer que das últimas vezes que eu fui num hospital por conta de emergências, todas as vezes eu não tive 
NZ for dummies
 
que usar o plano de saúde, pois o governo subsidiou 100% dos custos do tratamento. 
 

Quanto custa um seguro viagem? 


R: C​ omo já mencionado anteriormente alguns tipos de vistos OBRIGAM que você tenha um seguro 
viagem por todo o tempo de sua estadia. O seguro viagem basicamente funciona, você pagando as 
despesas e eles te reembolsando, exceto nos casos de despesas muito grandes, aí você liga para o 
número do seguro e eles fazem uma pré autorização de gastos. Muita gente fala que você tem que fazer 
um seguro com uma empresa da NZ. A verdade é que você não precisa fazer um seguro viagem com 
uma empresa da NZ, você pode procurar empresas internacionais como Mondial Assistance 
(​http://www.mondial-assistance.com/​) ou Assist Card (​https://www.assistcard.com/nz​). Inclusive alguns 
bancos do Brasil também oferecem seguro viagem com cobertura internacional. O que é importante 
confirmar na hora de contratar um seguro é se ele cobre a “Nova Zelândia”. Então por que as pessoas 
falam que e melhor fazer um seguro de viagem com uma empresa da NZ? Caso você esteja na NZ e 
tenha que acionar o seguro, será mais fácil ligar para um número local e poder resolver o seu problema. 
Os seguros de viagem, geralmente sao contratados por dias, então minha sugestão é que você contrate a 
partir do dia que você vai entrar no avião, mesmo que vc vá chegar na NZ apenas um ou 2 dias depois 
dependendo da conexão. Os seguros de viagem tendem a cobrir despesas no caso de extravio das malas, 
atraso nos voos e outras coisas relacionadas ao traslado de um país para o outro. Também sugiro que 
você contrate o seguro para até uns 4 ou 5 dias após o fim da viagem, pois no caso de você precisar abrir 
a passagem, não será necessário ligar para a empresa e expandir o seu seguro. As empresas da NZ mais 
famosas para ver seguro de viagem, geralmente sao SouthernCross 
(​https://www.scti.co.nz/our-products/international-student/insurance/​) e Orbit 
(​https://www.orbitprotect.com/insurance-products/international-student-insurance/get-quote-buy-policy/ 
). Se você procurar as agencias de intercambio, pode ser que eles consigam descontos nas tarifas se 
comparado ao preco da Internet, por isso sugiro procurar fazer uma cotação com um Agente de 
Intercâmbio. Uma coisa muito importante que você deve fazer antes de fechar o seguro é ler TODO o 
contrato (conhecido como policy) pois irá explicar o que é e o que não é coberto. Tenho um amigo 
pessoal que descobriu que o seguro de viagem dele não cobria acidentes em estações de SKI, por que ele 
pegou o seguro mais barato quando um seguro que ia custar 10 NZD a mais por semana teria coberto 
todas as despesas médicas. Acabou tomando um prejuízo grande. O preço do seguro tende a cair com o 
tamanho da viagem, quanto mais tempo for a viagem, mais barato será o preço por dia do seguro. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Eu não achei nenhum site que compara preços de Seguros de Viagem, mas achei uma outra empresa da 
NZ que vende seguro viagem chamada NIB (​https://www.nib.co.nz/​)​. 
- Para aquelas pessoas que vão passar muito tempo fora ou que viajam com bastante frequencia, 
algumas empresas oferecem um seguro viagem válido por 1 ano. Assim teoricamente você não precisa 
ficar contratando seguro viagem para cada vez que você for viajar. 

Dentista e Aparelhos ortodônticos? 


R: E
​ u ainda não tive que ir em nenhum dentista, e nem pessoalmente conheço alguém que foi num 
dentista, para que eu pudesse conversar e entender um pouco mais. O que eu ouço dizer nos grupos de 
NZ for dummies
 
facebook e whatsapp (ou seja, não posso afirmar que seja verdade) é que dentista é uma coisa muito 
cara na NZ. Para não dar nenhum help, seguem alguns link para ajudar a você se aprofundar neste 
assunto. h​ ttps://www.newzealandnow.govt.nz/living-in-nz/healthcare/paying-for-healthcare-services​ , 
http://www.health.govt.nz/your-health/healthy-living/teeth-and-gums/caring-baby-teeth  
,​http://www.health.govt.nz/your-health/services-and-support/health-care-services/visiting-dentist/publicly
-funded-dental-care?utm_source=newzealandnow.govt.nz  
NZ for dummies
 
PLANEJAMENTO FINANCEIRO 
Como fazer um planejamento financeiro?
R: é​ muito importante fazer um planejamento financeiro, isso pode ser a diferença entre você literalmente 
“comer miojo durante 2 semanas” ou não. Mas não se engane achando que uma viagem (ou possível 
imigração) se resume única e exclusivamente a dinheiro. Existem diversos outros aspectos a serem 
levados em consideração, porém vou focar neste momento no planejamento financeiro. Como cada um 
vai ter um planejamento financeiro diferente eu vou criar uma ​situação fictícia​ e vou explicar os passos 
usados para criar o planejamento financeiro, assim você deve conseguir ter uma ideia dos passos 
seguidos e r​ ecriar um planejamento financeiro adequado a sua realidade​. Tudo descrito nesta situação é 
fictícia e foi criada unicamente para ilustrar um exemplo, inclusive os valores que estou usando não 
necessariamente representam os valores atuais das coisas. Um casal, João e Maria, sem filhos, 
resolveram vir para a NZ, pois estavam cansados de viver no Brasil. Vamos supor que estamos em 
1/7/2017 e o plano é chegar na NZ 1/1/2018 (fica mais fácil de fechar o ano). Eles definiram que a Maria 
como tinha um inglês melhor, ia fazer um Curso de Business Nível 8 de 1 ano (aplicar para o visto de 
estudante) e o João ia aplicar para o visto de partner e trabalhar para ajudar pagar as contas. Com isso 
em 1/1/2019 Maria iria aplicar para o visto Open Visa e o João mais uma vez iria aplicar para o visto de 
partner. Não vou entrar em 2019, para não ficar muito grande o exemplo. 
A planilha final está disponível no link 
(​https://docs.google.com/spreadsheets/d/1_LSstr4abwHeIzBiucDQnOKZ4hxrXJLz9mtWEDkdE1Y/​) eu 
sugiro que você vá olhando as fotos e olhando na planilha para entender toda a minha linha de raciocínio. 
A planilha estará toda em ​REAL (BRL, R$)​ porém faremos a conversão sempre que necessário. Se você 
passar o mouse em cima dos números, todos os campos que tiverem uma orelhinha amarelada eu deixei 
um comentário para ajudar a entender de onde vieram os números. Você pode fazer isso tudo na mão, 
mas eu preferi fazer no excel para facilitar a alteração em qualquer caso. A planilha pode ser melhorada 
em muito, em termos de criação de cenários ou facilidade de alteração de valores (mas meu objetivo não 
é dar aula de excel). 
 
Primeira coisa a fazer é criar a linha do tempo (em coluna) de julho/17 até dezembro/18. Umas linhas 
para receitas (ou seja, dinheiro que será recebido) e umas linhas para despesas (ou seja, dinheiro que 
será gasto) e uma linha para o resultado que será (receita menos as despesa). Não se preocupe agora 
com a linha “Fluxo de caixa”, explico mais para frente o por que da sua importância. A linha vermelha 
NZ for dummies
 
serve apenas para mostrar a data de chegada na NZ. 

Agora que já temos o esqueleto, vamos começar a popular os campos com valores pesquisados. O
primeiro campo que vou escolher ​é passagem. A passagem é uma despesa e você tem que se atentar 
que a passagem não deve ser comprada em cima da hora, então você vai ter que pagar a passagem uns 
meses antes. A título de exercício vou dizer que a passagem será comprada em 3x e paga em 
Setembro/Outubro/Novembro​. Eu dei uma pesquisada e achei passagem por R$3.675 para cada
pessoa. Como Maria e João são 2 pessoas, serão 2 passagens. Um total de R$7.350. Como a passagem
será parcelada em 3x, cada parcela será de R$ 2.450. Neste momento nossa planilha estará assim:

O segundo campo que vou escolher ​é Visto e Immigrant Adviser. A Maria e o João como informado no 
início do tópico, decidiram que iriam aplicar para a Maria o visto de estudante (250 NZD) e o João para o 
visto de partner (318 NZD). Eles também decidiram que iriam se consultar com um Immigrant Adviser 
mas eles mesmos iam aplicar o visto para dar uma economizada. Maria e João sabem que também será 
NZ for dummies
 
necessário tirar as fotos para o visto (R$ 14) e que precisarão pagar o exame médico (R$ 450) para cada 
um. Como eles pretendem chegar na NZ com o visto todo certinho, eles vão aplicar tudo no final de 
setembro para dar tempo de chegar certinho. Maria e o João, ligaram para um Immigrant Adviser que 
cobrou 150 NZD pela consulta pelo Skype. Neste momento que vamos começar a ter NZD e REAL na 
mesma planilha vou fazer o seguinte, eu vou colocar no canto de baixo o valor de 2,50 que é a conversão 
do dólar para o real que vou usar. Estou usando um dólar um pouco mais caro, para tentar minimizar 
possíveis flutuações, mas sinta-se livre para fazer como você achar melhor. Fazendo as contas 
chegaremos no valor de R$ 2.723 gasto com os vistos. ​Neste momento nossa planilha estará assim:
 

O terceiro campo que vou escolher ​é Acomodação. A Maria e o João decidiram que iriam se hospedar 
nas primeiras 2 semanas um hostel, e depois iriam procurar um flatmate para dividir. Eles depois de 
muito pesquisarem, acharam um hostel para ficar por 400 NZD por 14 dias. Maria e João também viram 
nos grupos de facebook que eles conseguiriam achar um flatmate por 250 NZD, com Água, Internet e Luz 
incluso. OK, então como vamos colocar isso na planilha? Já que na NZ tudo é pago por semana, mas o 
nosso planejamento é por mês, podemos fazer de várias maneiras. Você pode definir que todo mês é 
composto de 4 semanas e meia, ou como eu prefiro fazer, vou descobrir qual o custo por dia, e multiplicar 
pelo número de dias do mês. Se 250 NZD é o custo por semana, 36 NZD seria o custo por dia 
(aproximado). 
Para o mês de janeiro, os primeiros 14 dias sairão por 400 NZD (no hostel) e os outros 17 dias sairão por 
36 NZD cada dia. Algo que também vou acrescentar neste custo, seria uma possível mudança de um 
lugar para o outro. Dando uma pesquisada acho que 50 NZD podem ser o suficiente para fazer a 
mudança. Para o mês de fevereiro em diante, basta colocar o número de dias do mês, multiplicado pelo 
valor de 36 NZD. N​ este momento nossa planilha estará assim:
NZ for dummies
 

O quarto campo que vou escolher ​é Salário na NZ. Nós sabemos que a Maria, com o visto de estudante 
poderá trabalhar apenas 20 horas por semana, enquanto o João vai trabalhar full time. Eles também 
imaginam que não vão conseguir nenhum emprego no primeiro mês (Janeiro), mas que já estariam 
trabalhando regularmente em Fevereiro. Maria e Joao, sabem que o salário mínimo na NZD é 15.75 NZD 
por hora trabalhada. Existem também os descontos que eles não têm certeza quanto é exatamente mas 
como eles querem arredondar a conta, vão colocar que o salário após os descontos será de 15.00 NZD 
por hora. Joao, acha que conseguirá trabalhar 35 horas por semana enquanto a Maria irá trabalhar 15 
horas por semana (ela quer estudar um pouco também). Como a nossa planilha está em meses, vamos 
fazer o seguinte a aproximação de semanas para meses. Como joão pretende trabalhar 35 horas por 
semana, seria o mesmo que ele trabalhar 5 horas por dia (7 dias na semana). Multiplicando pelo número 
de dias do mês, em fevereiro ele irá trabalhar por volta de 140 horas. Como maria pretende trabalhar 15 
horas por semana, seria o mesmo que ela trabalhar 2 horas por dia (aproximei para baixo). Multiplicando 
pelo número de dias do mês, em fevereiro ela irá trabalhar por volta de 56 horas. Com isso temos que o 
João vai estar ganhando em fevereiro R$ 5.250 e Maria R$ 2.100. ​Neste momento nossa planilha estará
assim:
NZ for dummies
 

O quinto campo que vou escolher ​é Supermercado na NZ. Bom, Maria e João, anotaram por 2 meses no 
Brasil, o que eles compravam (Comida, Limpeza de casa, Banho, Verdura) e sua quantidade no Brasil. 
Depois de anotar tudo o que eles compraram, eles entraram nos sites dos principais supermercados da 
NZ e foram descobrindo o preço das coisas na NZ. Eles fizeram isso por 2 meses, porque nem todo mês 
compramos as mesmas coisas. Então 2 meses, ajudaria a trazer uma ideia melhor dos itens comprados 
na média. Maria e João, também definiram que iriam levar comida para o trabalho/escola todo dia para 
poder sobrar um pouco nas contas. Após este mini levantamento Maria e João chegaram a conclusão 
que as compras mensais deles no supermercado na NZ sairia por volta de 600 NZD. Considerando o 
nosso dólar de 2,50, o valor mensal será aproximadamente de 1.500 BRL. Caso você esteja fazendo uma 
planilha por semana, o valor seria aproximado de 150 NZD ( 375 BRL). Vamos também adicionar uma 
gordura de 100 NZD (250 BRL) no primeiro mês, já que será necessário abastecer a geladeira e comprar 
alguns outros itens. ​Neste momento nossa planilha estará assim:
NZ for dummies
 
O sexto campo que vou escolher ​é Escola da Maria. Bom como informado no início do tópico, eles 
decidiram que iriam aplicar para a Maria o visto de estudante pois ela ia estudar um Nível 8 em Business 
(de 1 ano). A Maria conversou com várias empresas de intercâmbio e acabou escolhendo a escola XPTO. 
O Valor total do curso (já incluindo as taxas de matrícula, material, e tudo mais) foi de 14.000 NZD. 
Considerando o nosso dólar de 2,50, o valor do curso será de 35.000 BRL. Como já sabemos que só 
podemos aplicar para o visto precisamos ter o curso todo pago (quitado) vamos supor que eles 
resolveram pagar o curso início de setembro para poder aplicar o visto final de setembro (como nós 
falamos que iríamos fazer).​ N​ este momento nossa planilha estará assim:

O sétimo campo que vou escolher ​é Poupança. Maria e João estão juntando dinheiro desde o início de 
2017 para esta viagem. Até o momento (1/7/2017) eles juntaram 10.000 BRL. Eles também sentaram e 
definiram que vão economizar 500 BRL por mês até o dia da viagem (1/12/2017). Eles também tem um 
carro que eles irão vender e esperam receber líquido da venda do carro o valor de 25.000 BRL, por volta 
de novembro.​ ​Neste momento nossa planilha estará assim:
NZ for dummies
 
Agora que terminamos o básico, existem várias coisas a serem mencionadas:
1) Eu fiz “apenas” 7 exemplos para o nosso planejamento financeiro, porém existem várias outras linhas
que foram deixadas do lado de fora. Isso porque eu não tenho a pretensão de fazer um planejamento
financeiro completo (se não serão 100 páginas só disso), mas sugiro que você pare um pouco e tente
imaginar (ou pesquisar nos grupos) quais gastos e receitas você poderá ter no meio do caminho. Como
por exemplo, Presente de aniversário nas datas comemorativas; Plano de celular; Alimentação fora;
Procuração no cartório; Fazer uma viagem de um fim de semana; Transporte no dia a dia; Saída (Bar) e
o transporte até lá; Ao se mudar, você pode ter que comprar algum eletrodoméstico; Você pode ter que
comprar Roupas novas no Frio ou no Calor; Sua conta de luz tende a aumentar no inverno por conta dos
aquecedores; Plano de Saúde ou Seguro Viagem; Só existe uma maneira de você se aprimorar no seu
planejamento financeiro e ter ele mais assertivo, e é através do processo de refinamento. Quanto mais
pesquisa você fizer, maiores as chances de ter números reais e maiores as chances de se lembrar de
coisas que você esqueceu num primeiro momento.
2) Você pode fazer as colunas por semana ao invés de por mês, isso facilita um pouco nas quebras de
mensal e semanal. Não tenho como fazer isso neste exercício, porque uma foto com todas as colunas
ficaria muito grande, mas será muito mais fácil de calcular na NZ tudo por semana (já que na NZ quase
tudo é por semana). O ideal para mim é ajustar o período de recebimentos de salários. Eu recebo meu
salário de 2 em 2 semanas, então na minha planilha financeira eu coloco cada coluna para representar
os 14 dias que o meu salário tem que durar.
3) O objetivo de um planejamento não ​é​ ser 100% a realidade, então não se preocupe com algumas
aproximações nem com alguns dólares para mais ou para menos. Eu sempre que vou colocar uma
receita, prefiro colocar um valor mais pessimista (valor mais baixo) e quando coloco uma despesa coloco
um valor mais alto, isso porque do meu ponto de vista, sempre estamos suscetíveis a percalços e isso
pode alterar o valor, então prefiro ser um pouco mais conservador neste aspecto.
4) Devo me preocupar em arredondar 10 NZD? Depende, se for 10 NZD na Internet para casa (tipo, ao
invés de 65 NZD para 75 NZD) não vai fazer tanta diferença, pois se paga ​mensalmente​. Agora se for
para estimar um dinheiro para fazer um lanche ​todo dia​ na rua, neste caso mudar de 5 NZD para 15
NZD, vai fazer muita diferença, pois 10 NZD por dia, vai alterar 300 NZD num mês, isso sem contar que
se forem 2 pessoas pode ser um gasto adicional de 600 NZD. Então para saber se você precisa ou não
se preocupar com um valor “x” qualquer, tem que analisar quantas vezes este valor vai entrar na planilha,
e assim você vai decidir se vale a pena ou não ir atrás de um valor mais aproximado.
5) No quarto campo, quando falei de salário, eu poderia ter suposto que para o novo trabalho o João
precisaria comprar umas botas e luvas e capacetes. Isso entraria como uma despesa no mês de início do
trabalho (fevereiro), é muito comum aparecer coisas assim de última hora, por tanto sempre deixe uma
gordura no seu planejamento.
6) TODOS os valores são supostos (inventados), e podem alterar ao longo do percurso. Você poderia
conseguir um aumento no trabalho ou durante 2 semanas sair de um emprego e até achar o outro ficar
sem trabalhar. Tudo isso altera o seu planejamento e por isso que sempre ​é​ bom, pensar em possíveis
mudanças ao longo do tempo.
7) Minha sugestão é que você refine o seu planejamento financeiro várias vezes. Não queira fazer tudo
de uma vez. Faça um planejamento inicial com as coisas que você tem em mente. Espere alguns dias e
olhe novamente e tente melhorar (através de pesquisas) para confirmar os valores já inseridos. Por
exemplo, você pode se ligar, que no final do ano as coisas tendem a parar, e pode ser que você
trabalhando casual, não vai receber as 2 últimas semanas de Dezembro. Por isso vale a pena fazer isso
refletir no seu planejamento financeiro.
NZ for dummies
 
8) Crie uma outra planilha igual a esta (a estrutura), apague os valores e vá preenchendo conforme você
for gastando. Eu chamaria esta aba de “Atual”. Depois com o passar do tempo, você poderá ir
comparando o que você tinha planejado com o “Atual” e ir acertando o planejamento futuro para os
próximos meses. Isso ajuda a se planejar para os próximos meses.
9) Você pode ainda criar algumas planilhas iguais e ir criando cenários. Por exemplo, e se eles decidirem
comprar um carro? E se eles não arrumarem um emprego em fevereiro, mas apenas em Abril? Os
cenários podem te ajudar a evitar situações como estas.
10) Para que serve o campo “Resultado”? O campo resultado serve para saber se para aquele período
(no nosso exemplo as colunas eram MESES), você teve um resultado positivo, ou seja, recebeu mais
dinheiro do que gastou ou se você teve um resultado negativo ou seja, gastou mais do que recebeu. A
esta altura da vida eu espero que você já tenha entendido que é importante gastar menos do que se
recebe, caso contrário uma hora o dinheiro vai começar a faltar.
11) Para que serve o campo “Fluxo de caixa”? Quando pensamos no campo resultado vemos que existe
uma coisa que ele não mostra. O que aconteceu com o dinheiro do mês anterior? E é exatamente isto
que o fluxo de caixa de maneira simples tende a mostrar. Repare que no mês de Out/17 estamos com
um fluxo de caixa de negativo 31mil. Isso significa que neste exemplo a Maria e o João não teriam
dinheiro para cobrir estes gastos, naquele momento. Eles teriam que pensar em como arrumar o
dinheiro. Seria vendendo o carro antes? Seria pagando a escola depois? Observe que ao final do
primeiro ano deles, eles terão um fluxo de caixa positivo de 29mil. Ou seja, teoricamente, de acordo com
a planilha financeira deles, eles terão bastante dinheiro para fazer algumas extravagâncias. Ou seja, da
mesma maneira quando uma pessoa recebe o salário na conta bancária, o salário, o salário soma como
dinheiro que já tinha antes na conta, o fluxo de caixa mostra exatamente isto. Se ao final da sua planilha,
você estiver com um fluxo de caixa negativo por muitos períodos, saiba que as chances de você passar
por apertos é bem grande. Neste caso vale a pena sentar e ver onde pode economizar ou de quais
maneiras você poderia ter mais receitas.
12) Recebi alguns emails comentando que não é certo usar um dólar fixo de 2,50 quando sabemos que o
dólar sofre flutuações ao longo do período. Do meu ponto de vista, existem várias coisas de deveriam ser
consideradas num prazo de um ano: Inflação, Valorização/desvalorização do real (BRL) frente ao dólar
(USD), Valorização/Desvalorização do NZD frente do dolar (USD), valor futuro, Taxa de Juros média. Se
formos entrar em aspectos econômicos a planilha ficaria extremamente complexa para um exemplo
relativamente simples. Então o que eu fiz foi o seguinte, usei uma série histórica de 2 anos e tirei um
dolar (NZD) médio em relação ao real (BRL). Depois adicionei uma gordura para suprir possíveis
flutuações de valor e cheguei ao valor de 2,50. Mas na sua planilha você pode de maneira bem simples
botar um valor diferente de dólar para cada coluna, assim, sua planilha pode ir ao nível de complexidade
que você desejar.
NZ for dummies
 
LINKS e INDICAÇÕES 
Importante sobre esta seção
A IDEIA DESTA SEÇÃO, É AJUDAR VOCÊ A ENCONTRAR UM SERVIÇO OU ALGUÉM
OU ALGUMA COISA EM ESPECÍFICO, COMO COMIDA, ENTRETENIMENTO, GRUPOS,
INFORMAÇÕES, TRADUÇÕES, AGÊNCIAS, ETC.

NÃO É PORQUE ESTÁ LISTADO AQUI QUE EXISTE UMA GARANTIA QUE TERÁ UM
PREÇO MELHOR OU QUALIDADE MELHOR OU QUE NÃO POSSA SER ENCONTRADO
EM OUTRO LUGAR. NA VERDADE, EXISTEM GENTE DE TODAS AS NACIONALIDADES
NA NZ QUE TRABALHAM COM QUASE TUDO QUE VOCÊ POSSA IMAGINAR.
GOSTARIA DE DIZER QUE O AUTOR E OS COLABORADORES NÃO TEM NENHUMA
RESPONSABILIDADE OU GERÊNCIA SOBRE QUALQUER GRUPO, PÁGINA, EMPRESA
OU SERVIÇO PRESTADO POR QUALQUER PESSOA, EMPRESA OU ENTIDADE
MENCIONADO NESTE TÓPICO. ​INCLUSIVE SUGERIMOS QUE VOCÊ SEMPRE
VERIFIQUE A IDONEIDADE DOS MESMOS (SEJAM BRASILEIROS OU NÃO)​, POIS DA
MESMA MANEIRA QUE EXISTEM PESSOAS BOAS TENTANDO FAZER NEGÓCIOS E
UM TRABALHO SÉRIO, ​EXISTEM PESSOAS AGINDO DE MÁ FÉ E SE APROVEITANDO
DA FALTA DE CONHECIMENTO DE OUTRAS PESSOAS​.

PARA VERIFICAR A IDONEIDADE, SUGIRO QUE VOCÊ PROCURE SABER QUANTO


TEMPO ESTÁ NO RAMO, PROCURE CONVERSAR COM CLIENTES ANTIGOS,
PROCURE SABER SE A PESSOA TEM RECLAMAÇÕES EM PÁGINAS DO FACEBOOK
OU EM OUTROS LUGARES.

AS PÁGINAS, GRUPOS, SITES OU SERVIÇOS PODEM TER UMA SÉRIE DE REGRAS


OU NORMAS DE CONDUTA IMPOSTAS PELOS ADMINISTRADORES E DONOS DOS
MESMOS. POR ISSO SUGIRO QUE VOCÊ SE INFORME ANTES PARA NÃO SOFRER
ALGUM TIPO DE PENALIDADE.

O AUTOR DO DOCUMENTO INFELIZMENTE NÃO TEM TEMPO DE FICAR INDO ATRÁS


DE TODOS OS NEGÓCIOS OU PÁGINAS OU SERVIÇOS PRESTADOS POR OU PARA
BRASILEIROS NA NOVA ZELÂNDIA. SENDO ASSIM, CASO VOCÊ SEJA DONO (OU
APENAS CONHEÇA) UM NEGÓCIO OU SERVIÇO E GOSTARIA DE VER O NOME AQUI,
BASTA APENAS DEIXAR A SUGESTÃO E O AUTOR IRÁ ADICIONAR.
CASO VOCÊ QUEIRA FAZER UMA SUGESTÃO, NEM PERCA SEU TEMPO
ADICIONANDO ADJETIVOS COMO: MELHOR; MAIS CONFIÁVEL; SUPER INDICO;
QUALIDADE 100%; ÚNICO; MAIOR. O OBJETIVO DESTA SEÇÃO NÃO É GERAR UM
RANK DO MELHOR, APENAS TRAZER AS OPÇÕES DE MANEIRA NEUTRA E JUSTA.

DE MANEIRA A NÃO FAVORECER NINGUÉM​ NO MOMENTO ATUAL TEMOS 4


TÓPICOS:
NZ for dummies
 
1- Grupos de IM (WhatsApp, Telegram, Slack, …)
2- Grupos e Páginas e Links do Facebook
3- Páginas em Video & Photo Host (Youtube, Vimeo, Instagram, …)
4- Outros

CADA TÓPICO SERÁ ORGANIZADO POR ​ORDEM ALFABÉTICA​. OS 3 PRIMEIROS


TÓPICOS NÃO TERÃO NENHUM TIPO DE DESCRIÇÃO, APENAS O NOME E O LINK.
TENTANDO FAZER COM QUE O TÓPICO “OUTROS” NÃO VIRE UM CLASSIFICADOS
CADA CÉLULA DA TABELA, TERÁ UM ESPAÇO MÁXIMO DE 3 LINHAS (OBSERVADO
ATRAVÉS DO MODO DE IMPRESSÃO) ISSO DEVE EVITAR PROPAGANDAS GIGANTES
DE UM “ANUNCIADOR”. O AUTOR TEM O DIREITO DE RETIRAR QUALQUER NOME OU
SERVIÇO OU CATEGORIA QUE NÃO SEJA CONSIDERADA RELEVANTE OU IDÔNEA
OU LEGAL A SEU CRITÉRIO. AINDA QUE ATÉ O MOMENTO TAL AÇÃO NÃO TENHA
SIDO NECESSÁRIA.

UMA EMPRESA, SERVIÇO OU PÁGINA PODE ESTAR EM MAIS DE UM TÓPICO DESDE


QUE RESPEITE AS CONDIÇÕES ACIMA.

SE POR ALGUM MOTIVO O AUTOR DESTE DOCUMENTO ACHAR QUE ESTA SEÇÃO
ESTÁ SENDO UTILIZADA DE MÁ FÉ, E COMEÇAR A DAR MUITO TRABALHO DE
FICAR MODERANDO, VOU REMOVER A SEÇÃO INTEIRA. ASSIM NÃO DÁ DOR DE
CABEÇA PARA NINGUÉM.

Grupos de IM (WhatsApp, Telegram, Slack, ...) 


Aoww Só Vem N.Z → Mandar mensagem para o Administrador +55 13 98103 7772  

Aprovados WHV → h
​ ttps://chat.whatsapp.com/FBklpPWzrYm8lIqjNoyhL7  

Boteco BR na NZ → h
​ ttps://chat.whatsapp.com/8uvtMYNJGbKH9z4GB8rlwx  

Brasauckland → Mandar mensagem para o Administrador +64 22 391 1633 

Brasauckland #SemLimites → 
https://chat.whatsapp.com/invite/J6vSPmvTL9b4HNPgW11Om6  

Brazil Ը
​ ҴNew Zealand → Mandar mensagem para o Administrador +64 27 463 4523 

Brasil x NZ→  
https://chat.whatsapp.com/invite/9RAm2tGpyp8JVYcCDlo2Nh  

Brasileiros em Auckland → h
​ ttps://chat.whatsapp.com/invite/62jtTQgtf4FDTEj10gKOUk  

Brasileiros em Auckland Ը→ https://chat.whatsapp.com/invite/1nftMSsMBUIDBPRreiA9kP  

Brasileiros na NZ Ը→ https://chat.whatsapp.com/invite/Dtg8XC4Lwij9MpvK86I7gR 

Brazukas em Wellington → h
​ ttps://chat.whatsapp.com/2QKVBGJ9mIVHDioTT76ZGv  
NZ for dummies
 
BRs em ChristChurch → 
https://chat.whatsapp.com/invite/6yeiDxjGZaBGIUFGSiURkG  

Calcinhas Brasileiras У→ h
​ ttps://chat.whatsapp.com/invite/0fm4WdOdKINBfHApqFxoW0  

Construção Civil - NZ → ​https://chat.whatsapp.com/83VFAJUWWKOA4ozozUMsFR  

Destino: Nova Zelândia → h


​ ttps://chat.whatsapp.com/E4gXZRrqKUGDmnlkJ85BK9   

English - New Zealand → h


​ ttps://chat.whatsapp.com/GSpnRDWB3Q9CCXmevcJ6ZO  

IT.BRs → h ​ ttps://itbrs-newzealand.slack.com/​ ou tente este link 


https://join-itbrs-slack.herokuapp.com/   

It Jobs and Study NZ → h


​ ttps://chat.whatsapp.com/5ZpkPtnyhR8597EfyCPzrp  

IT Nova Zelandia Ըʤ → https://chat.whatsapp.com/8gB5LHqEbQg8B4RX2c8gRW  

Meninas NZ ❤Ը❤ → https://chat.whatsapp.com/IGLZ9nDRrxOFsS1hIZYl1l

Mineiros na NZ → ​https://chat.whatsapp.com/FO4GbTTbpSiCjEs6SiaLoY  

Mulheres em Auckland → Mandar mensagem para uma das Administradoras: +64 21 244 4434 
ou +64 21 051 8015 

Não desistimos :D WHV → h


​ ttps://chat.whatsapp.com/Dh72PKm7msx9GtqT0IYVuA  

NOVA ZELÂNDIA → h
​ ttps://chat.whatsapp.com/invite/1zJfB2mUWwUHHbxlolLO5j  

NOVA ZELÂNDIA → h
​ ttps://chat.whatsapp.com/4F6oOx7X7M8AA9w22aCu9G 

Nova Zelândia ĀԸBrazil → https://chat.whatsapp.com/invite/E8ohJlbBMaZC1ab7E0Ilzz  

NZ̡Diplomas&Pós-Graduação → 
https://chat.whatsapp.com/invite/HAESjOt81XcGNJ5uewLVyp 

NZ - Auckland-Wellingto → h
​ ttps://chat.whatsapp.com/invite/Hs9Fu7E9H2j2qHhdanXnfP  

NZ Fitness & health → h


​ ttps://chat.whatsapp.com/GNTvmO7k0WeCQ1w6w24TZP  

Partiu NZ​ → h​ ttps://chat.whatsapp.com/EHpUIeDJyXPLvptYYDAnzU  


Renata- Think New Zealand → ​https://chat.whatsapp.com/invite/DCMe2r9ybgQH2v29Tq23Lj 

Ը NZ info e Dicas Ҵ → ​https://chat.whatsapp.com/Fab4FZTSjprEGrdUZt2NV2

TI New Zealand → ​https://chat.whatsapp.com/CJbHjuXdP1HGmzEmiSmUGm

WHV - NZ 2017 → ​https://chat.whatsapp.com/41VQUY9e5DIFpxjBSQknPR


NZ for dummies
 
WHV New Zealand 2018 → ​https://chat.whatsapp.com/43w6QNtsV6f61mY59LvyDk

Grupos e Páginas e Links do Facebook 


Allan Kardec Spiritist Group of New Zealand → 
https://www.facebook.com/groups/117808201928 

Bazar Brazuca - Auckland → h


​ ttps://www.facebook.com/groups/1019733201416341  

Bebemos → ​https://www.facebook.com/BebemosNewtown  

Bite Brazilian Eatery → h


​ ttps://www.facebook.com/bite.restaurante/ 

Brasileirinho - Brazilian Community Group → ​https://www.facebook.com/BrasileirinhoNz  

Brasileiros católicos em Christchurch → 


https://www.facebook.com/groups/1541482899496333 

Brasileiros Católicos em Queenstown Nz → 


https://www.facebook.com/groups/298863627222612  

Brasileiros em Auckland → h
​ ttps://www.facebook.com/groups/198878503596509  

Brasileiros em Auckland → h
​ ttps://www.facebook.com/groups/357484007644347  

Brasileiros em Auckland - Brazilians In Auckland → 


https://www.facebook.com/groups/BraziliansInNZ​ e 
https://www.facebook.com/BraziliansInAKL  

Brasileiros em Christchurch → h
​ ttps://www.facebook.com/groups/195150643854482  

Brasileiros em Dunedin - Nova Zelândia → 


https://www.facebook.com/groups/768194363263157  

Brasileiros em Hamilton, New Zealand (Kiwi Brazilians) → 


https://www.facebook.com/groups/316553098445289  

Brasileiros em Hamilton, NZ → ​https://www.facebook.com/groups/378648112297541  

Brasileiros em Nelson (Nova Zelândia) → 


https://www.facebook.com/groups/1813041555628961  

Brasileiros em North Shore - Auckland → 


https://www.facebook.com/groups/1602600659756613  

Brasileiros em Nova Zelândia → 


https://www.facebook.com/Brasileiros-em-Nova-Zelândia-1299674306739727 

Brasileiros em Queenstown → ​https://www.facebook.com/groups/451549561534100  


NZ for dummies
 
Brasileiros em Queenstown vender/ comprar . → 
https://www.facebook.com/groups/1115109998595985  

Brasileiros em Wanaka → h
​ ttps://www.facebook.com/groups/645187182305494  

Brasileiros em Wellington (Nova Zelândia) → 


https://www.facebook.com/groups/brasileirosnzwellington  

Brasileiros LEGAIS & DE BOA em Christchurch → 


https://www.facebook.com/groups/1811937712375011  

Brasileiros na Nova Zelandia → h


​ ttps://www.facebook.com/brasileirosnaNZ 

Brasileiros na Nova Zelândia - Brazilians In New Zealand → 


https://www.facebook.com/groups/BraziliansInNewZealand​ e 
https://www.facebook.com/BraziliansInNewZealand 

Brasileiros na Nova Zelândia - Informacoes e Dicas → 


https://www.facebook.com/groups/124502791080304  

Brasileiros para Auckland - Brasauckland → 


https://www.facebook.com/groups/352637774936118  

Brasileiros que MORAM em Queenstown → 


https://www.facebook.com/groups/733045820110602  

Brasileiros que vivem em CHRISTCHURCH → 


https://www.facebook.com/groups/1722128118074802  

BrazilKiwi - Brasileiros na Nova Zelândia → h


​ ttps://www.facebook.com/brazilkiwinz/  

Brazilian Day Festival - Auckland, NZ → 


https://www.facebook.com/Brazilian-Day-Festival-Auckland-NZ-1541966819348920/  

Brazilian Divas Nz → h
​ ttps://www.facebook.com/braziliandivasnz  

BROS Superfood → h
​ ttps://www.facebook.com/BROSSUPERFOOD  

Camilo’s Barber Shop → h


​ ttps://www.facebook.com/cambshop/  

Católicos Brasileiros em Auckland- Grupo N. Sra. Aparecida → 


https://www.facebook.com/groups/264144917366126 

Chico Xavier Spiritist Group Queenstown → 


https://www.facebook.com/groups/1565536493733838/ 

Colo de mae - Auckland → h


​ ttps://www.facebook.com/groups/colodemae  

Como é morar na Nova Zelândia → h


​ ttps://www.facebook.com/brasilnovazelandia/  

Conectado NZ → h
​ ttps://www.facebook.com/Conectado-NZ-358497157508406/  

Construção Civil - New Zealand → ​https://www.facebook.com/groups/690238684445413 


NZ for dummies
 
Curumins Brazilian Playgroup - Christchurch -NZ → 
https://www.facebook.com/Curumins-Brazilian-Playgroup-Christchurch-NZ-979024928839257  

Diário de uma Brasileira - NZ → h


​ ttps://www.facebook.com/larissagarbiattinz/  

Dicas Nova Zelândia - To indo viajar → ​https://www.facebook.com/groups/toindoviajar/  

Durello - Traditional Brazilian Foods → 


https://www.facebook.com/durellotraditionalbrazilianfoods  

Egali Intercâmbio Auckland → ​https://www.facebook.com/Egali.Intercambio.NZ 

Embassy of Brazil in Wellington - Embaixada do Brasil em Wellington → 


https://www.facebook.com/Embaixadawellington/  

Entertainment na Nova Zelandia - para Brazukas → 


https://www.facebook.com/groups/377058879161141  

Estudantes brasileiros em Auckland → 


https://www.facebook.com/groups/estudantesbrasileirosemauckaland  

Estudantes brasileiros em Christchurch → 


https://www.facebook.com/groups/estudantesbrasileirosemchristchurch  

Estudantes Brasileiros em Dunedin → 


https://www.facebook.com/groups/estudantesemdunedin  

Estudantes Brasileiros em Hamilton → 


https://www.facebook.com/groups/estudantesemhamilton  

Estudantes brasileiros em Queenstown → 


https://www.facebook.com/groups/estudantesbrasileirosemqueenstown  

Estudantes brasileiros em Wellington → 


https://www.facebook.com/groups/estudantesbrasileirosemwellington  

Estudantes Brasileiros na Nova Zelândia → 


https://www.facebook.com/groups/estudenanovazelandia 

Família Kiwi → h
​ ttps://www.facebook.com/familiakiwi  

Familias Brasileiras na NZ → h
​ ttps://www.facebook.com/groups/familiabrasileiranz/ 

Forró New Zealand → h


​ ttps://www.facebook.com/groups/1516759318557212/  

Gauchos na Nova Zelândia → h


​ ttps://www.facebook.com/groups/gauchosemqueenstown/  

GO Brazilian Page → h
​ ttps://www.facebook.com/gobrazilian/  

High School na Nova Zelândia para Brasileiros → 


https://www.facebook.com/groups/1767750156771463 

Inbound Study → h
​ ttps://www.facebook.com/inboundstudy  
NZ for dummies
 
Inside Out Radio Show → h
​ ttps://www.facebook.com/groups/insideoutradioshow/  

Intercâmbio e Cursos para Brasileiros na Nova Zelândia → 


https://www.facebook.com/InterlatinoNZ  

IT.BRs - New Zealand → h


​ ttps://www.facebook.com/groups/itbrs.newzealand   

Kiwi Education Brasil → h


​ ttps://www.facebook.com/kiwieducation.br/  

Mamãe Brasileira Aotearoa → ​https://www.facebook.com/MamaeBrasileiraNZ/  

Mana Tours NZ → h
​ ttps://www.facebook.com/manatoursnz/  

Mães brasileiras em Queenstown → ​https://www.facebook.com/groups/690519731069431  

Mulheres Brasileiras em IT - Nova Zelândia → 


https://www.facebook.com/groups/1411463188901256  

Mulheres em Christchurch → ​https://www.facebook.com/groups/1729639860641180 

Mulheres na Nova Zelândia → ​https://www.facebook.com/groups/mulheresnanovazelandia  

My Wellie - Vivendo na Nova Zelândia → h


​ ttps://www.facebook.com/mywellie  

Negócios Brasileiros na Nova Zelândia → 


https://www.facebook.com/groups/1019733201416341  

Next Education → h
​ ttps://www.facebook.com/nexteducation.nz  

Nova Zelândia para Brasileiros → ​https://www.facebook.com/groups/400846156594735  

Nova Zelândia para Brasileiros → 


https://www.facebook.com/groups/NovaZelandiaparaBrasileiros​ e 
https://www.facebook.com/novazelandiaparabrasileiros  

NZ Brazilian Dance Festival → h


​ ttps://www.facebook.com/NZBDF  

Nzega Education and Travel Agency→ h


​ ttps://www.facebook.com/NZEGAOCEANIA  

Ondulad@s e Cachead@s na Nova Zelândia → 


https://www.facebook.com/groups/109532036351470  

Projeto Nova Zelândia → h


​ ttps://www.facebook.com/avidananovazelandia/   

Quero ir para Nova Zelândia → ​https://www.facebook.com/queroirparanovazelandia  

Revista MBA Nova Zelândia → h


​ ttps://www.facebook.com/revista.mba.nz  

RBG Educação e Imigração - Guia para Brasileiros na Nova Zelândia → 


https://www.facebook.com/RBG-Educação-e-Imigração-Guia-para-Brasileiros-na-Nova-Zelândia-
648109082032724  

Tetralingua → h
​ ttps://www.facebook.com/tetralingua/  
NZ for dummies
 
TranslationsNZ → h
​ ttps://www.facebook.com/TranslationsNZ 

Trio Santa Morena → h


​ ttps://www.facebook.com/triosantamorenaforro  

Trilhas/Hiking Auckland → h
​ ttps://www.facebook.com/groups/572776969770472/  

Unit NZ → ​https://www.facebook.com/UnitNZ 

Vegetarianos na Nova Zelândia → h


​ ttps://www.facebook.com/groups/1632162987031895  

Venda e Troca - Nova Zelandia (BR) → ​https://www.facebook.com/groups/518158908221777/  

Vida Feliz → h
​ ttps://www.facebook.com/vidafelizNZ/  

Viramos Kiwi → h
​ ttps://www.facebook.com/viramoskiwi  

Wildfire Prices Wharf → h


​ ttps://www.facebook.com/WildfirePrincesWharf  

Working Holiday Visa Brasil - Nova Zelândia → 


https://www.facebook.com/groups/340872346089992 

Yep → ​https://www.facebook.com/YepMundi  

Páginas de Video & Photo Host (Youtube, Vimeo, 


Instagram, …) 
Diário NZ → ​https://www.youtube.com/channel/UCbTLjnODjbNzUlibW7YNmMw  

Família Kiwi → h
​ ttps://www.youtube.com/channel/UCHQSG2QZwqKbRdUe8rPhuRQ  

Immi Nz → ​https://www.youtube.com/channel/UCbywMhspoKlpxvYLJ_dc2SA  

Karina Fortes → h
​ ttps://www.youtube.com/channel/UCEA6i8p-fBlMaPWf3KIzuug  

Larissa Garbiatti → h
​ ttps://www.youtube.com/channel/UCy2cHvu_SZZqnxksHDVCaAA  

Na Terra dos Kiwis → h


​ ttps://www.youtube.com/user/NaTerraDosKiwis  

Next Education → h
​ ttps://www.instagram.com/nexteducation.nz/  

Pakato BR → ​https://www.youtube.com/user/pakatobr  

Por aí → ​https://www.youtube.com/channel/UCBLDSsxsS7HTNCjWMXScBug  

Saindo da Rota → h
​ ttps://www.youtube.com/channel/UC2jOH9pwMExqfrrToVKsIwA  

To indo viajar ! → h
​ ttps://www.youtube.com/channel/UCXOOe0rBRgNnONWnQckDDYQ  

Uma Brasileira Vivendo na NZ → 


https://www.youtube.com/channel/UCwj_pwW_rWXcPC-6duk2Y4w  
NZ for dummies
 
Viramos Kiwi → h
​ ttps://www.youtube.com/channel/UCOAqwc6CzH7y7DiH4WzIFaw  

Vivendo em Auckland → h
​ ttps://www.youtube.com/channel/UCRVFZFw_4_DdIXpdn-jHXsw  

Yep!NZ → ​https://www.youtube.com/channel/UCHVeba1FAt3lFKPCEdwcTpA  

Outros (Aqui vem tudo que não entrou nos outros) 


AutoTeamNZ → Mecanica de carros que tem uns Brasileiros trabalhando 
(​https://www.autoteamnz.co.nz/​)  

Bebemos → Restaurante de comidas latino-americanas situado em Wellington. 


(​http://bebemos.co.nz​)  

Bestaff → Empresa do Ramo de hospitality que trabalha com eventos e geralmente contrata 
Brasileiros para eventos casuais (ideal para estudante) (​http://www.bestaff.co.nz/​) 

BrazilKiwi → Agência de Intercâmbio e Imigracao (​http://brazilkiwi.com/​)  

Brazilian Products → Loja situada em Tauranga (Auckland) que se encontra produtos 


brasileiros e utensílios importados do Brasil. (​http://www.brasil.co.nz/​)  

BROS Superfood → Açaí na NZ (​https://brossuperfood.com/​) 

Brnzsite → Blog sobre “como é morar na Nova Zelândia” (​https://brnzsite.wordpress.com/​)  

Bulk food → Armazém situado em Auckland que se encontra produtos brasileiros a granel (217 
Dominion Rd, Mount Eden, Auckland 1024) 

Camilo’s Barber Shop → Barbearia e Corte de Cabelo Brasileiro (​http://camilos.co.nz​) e 


(​https://preto.co.nz/​)  

Comidas Brasileiras → Achei um post MUITO completo sobre como achar comida e 
ingredientes Brasileiros na NZ. Seria injusto copiar tudo e não dar credito para quem fez o post 
(​http://www.brasileiraspelomundo.com/onde-encontrar-ingredientes-e-comida-brasileira-na-nov
a-zelandia-350966699​)  

Conectado!NZ → Agência de Intercâmbio e consultoria educacional 


(​http://www.conectadonz.com/​)  

Durello → Coxinhas e Pão de Queijo (​http://www.durello.co.nz/​) 

Egali → Egali Intercâmbios (​http://egali.com.br/​)  

Embaixada do Brasil em Wellington → Não precisa dizer mais nada… é a embaixada Brasileira 
(​http://wellington.itamaraty.gov.br/pt-br/​)  
NZ for dummies
 
Família Kiwi → Uma família brasileira vivendo na Nova Zelândia. 
(​https://familiakiwi.wordpress.com​)  

Inbound Study → Agência de Intercâmbios (​http://inboundstudy.com/​) 

iPartiu → Blog de turismo feito por turism’ologos (​http://www.ipartiu.com/​)  

Kiwi Education → Agência de Intercâmbio e consultoria educacional 


(​https://kiwieducation.com.br/​)  

Larissa Garbiatti → Blogueira que mora na Nova Zelândia (​http://larissagarbiatti.com.br/​)  

Mana Tours → Agência de turismo na Nova Zelândia (​http://www.manatoursnz.com/​)  

Marina Dentista → Dentista Brasileira (trabalhando como dentista na NZ) 


(​http://www.marinadentists.co.nz/​) 

Memórias de uma viajante → Com dicas, roteiros e uma pitada de planejamento tudo fica ainda 
melhor. Aqui você encontra experiências em 1a pessoa, com uma boa dose de humor. 
Embarque, Compartilhe e Boa Viagem! (​https://memoriasdeumaviajanteblog.wordpress.com/​) 

Next Education → Intercâmbio Nova Zelândia (​http://www.nexteducation.com.br/​)  

Nosso Mundo Novo → Site com dicas sobre a vida na Nova Zelândia 
(​https://nossomundonovo.com​) 

NZ Visto → Visto para Nova Zelândia (​http://www.nzvisto.com/​)  

NZega → Intercâmbio Nova Zelândia (​http://nzega.com/​)  

Real Transfer → Loja situada em Auckland especializada em produtos brasileiros 


(​http://www.realtransfer.co.nz/​)  

Revista MBA → A revista dos brasileiros na Nova Zelândia (​www.revistamba.co.nz/​)  

Settlers Bar & Restaurant → Restaurante em Arrowtown que vende alguns pratos tradicionais 
Brasileiros (​https://www.settlersrestaurant.co.nz/​)  

Suppremo → Empresa do Ramo de hospitality que trabalha com eventos e geralmente contrata 
Brasileiros para eventos casuais (ideal para estudante) (​http://suppremo.com/​) 

Tetralingua → Traducoes Juramentadas Portugues/Ingles/Frances (​http://www.tetralingua.nz/​) 


(​https://www.facebook.com/tetralingua/​) 

ThinkNZ → (​http://www.thinknewzealand.com/​)  

Unitnz → Traducoes Juramentadas Portugues/Ingles (​http://www.unitnz.com/​) 

Vida Feliz → Agência na Nova Zelândia que oferece serviços de imigração e educação 
(​http://www.vidafeliz.co.nz/​)  
NZ for dummies
 
Vital Intercambios → Agência de Intercâmbio focada na NZ 
(​http://vitalintercambios.com.br/​) 

Wah Lee → Armazém situado em Auckland que se encontra produtos brasileiros a granel (220 
Hobson street, Auckland Central, Auckland 1010) 

Wildfire → Churrascaria rodízio situada em Auckland (​http://www.wildfirerestaurant.co.nz/​) 

Yep!NZ →Intercâmbios na Nova Zelândia! (​https://www.yepnz.com/​)  

 
   
NZ for dummies
 
AINDA NÃO ORGANIZADO !!!! 
 

Como funciona aposentadoria (Superannuation)? 


R:​ Pela lei atual, Superannuation é concedido aos cidadãos e residentes permanentes a partir dos 65 anos 
de idade. O valor varia de acordo com seu estado civil. Os valores estão no link abaixo:  
https://www.workandincome.govt.nz/eligibility/seniors/superannuation/payment-rates.html 
 
E o valor e’ o mesmo para todos e independe de quanto você contribuiu no decorrer da sua vida. Ou seja, 
não é baseada no salário que recebia antes de se aposentar. XX 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Para se qualificar, precisa ter se tornado residente ou cidadão antes do 55 anos.  
- se você receber outro tipo de pensão do governo no Brasil, como INSS, este valor deve ser informado e 
será descontado do montante quinzenal. Exemplo: você recebe BRL 1.000 por mês de aposentadoria pelo 
INSS, isto equivale a NZD 400 (para arredondar) por mes ou NZD 200 a cada 15 dias. Se você for casado, 
seu superannuation quinzenal seria de NZD 680. Então, desconta-se NZD 200 dos NZD 680 e você 
receberá NZD 480. Por que eles fazem isto? Para atender ao princípio da igualdade e justiça, ou seja, você 
contribuiu tanto quanto qualquer outro cidadão/residente e então deve seguir o padrão estabelecido. 
Sabemos que muitos nao concordam, mas e a prática local, quer goste ou não.  
- Já antecipando a pergunta que alguns brasileiros malandros fariam: “ok, beleza, então não vou declarar 
que recebo aposentadoria no Brasil”. Pois bem, neste caso você estará incorrendo em fraude e se for 
descoberto (e será, pois quase todos os brasileiros que moraram alguns anos no Brasil e contribuem ao 
INSS tem o direito de receber total ou parcialmente e o governo neozelandês tem ciência disso), poder 
perder definitivamente o direito ao superannuation.   
 

O que é o RealMe? 
E uma identidade criada online pelo indivíduo que permite acessar uma variedade de serviços usando um
simples nome de usuário e senha. O link de acesso e’ este:
https://www.realme.govt.nz

Pontos que valem a pena ser mencionados: 


- A Imigração, correio e alguns bancos aderiram a este sistema 
- Você precisa comparecer pessoalmente nos Correios e apresentar um documento de identidade e sua 
foto será tirada na hora 
- Não precisa pagar para obter este acesso online 
 
 
 
NZ for dummies
 
E se precisar mudar meu visto (condicoes de variação)? 
R: X
​ X 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- P1. 
- P2. 
 

Usando Bancos Brasileiros da NZ? 


R: X
​ X 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- P1. 
- P2. 

Como ajustar sua conta do Google para NZ? 


R: X
​ X 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- P1. 
- P2. 
 

O que é uma plunket? 


R: X
​ X 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- P1. 
- P2.
 

Coleta de Lixo? 
R:  
http://temp.aucklandcouncil.govt.nz/EN/environmentwaste/rubbishrecycling/Pages/CollectionsSearchRe
sult.aspx?add=7%2F46%20School%20Road%0AKingsland%0AAuckland%201021&stnum=7%2F46&stnam
e=School%20Road&sbname=Kingsland&tla=ACC&disp=46%20SCHOOL%20ROAD%20KINGSLAND 
NZ for dummies
 
 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- P1. 
- P2. 
 

Para que serve o GP? 


R: S
​ e você estiver doente e não for uma emergência, você precisa visitar um General Practitioner, ou 
Médico de Família (Family Doctor). O GP é como o Clínico Geral no Brasil, e pode te encaminhar para um 
especialista de acordo com a necessidade. 
 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- Pacientes abaixo de 13 anos não pagam taxa. 
- Somente pacientes cadastrados com antecedência a um GP tem direito ao subsídio do governo. 
- Cada GP possui um período de carência entre o cadastro e o início do subsídio do governo. Geralmente 
é de 2 semanas. 
- Para não residentes, é necessário possuir visto de trabalho de pelo menos 2 anos para ter direito ao 
subsídio do governo. 
- Consulte (​quem tem direito ao sistema público​) para mais informações. 
 
A lista de GPs pode ser consultada ​neste link​. 
 

Como achar um GP e como se cadastrar com o GP? 


R:  
xxxxx 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- P1. 
- P2. 
 

Como conseguir uma Bolsa de Estudo? 


R: X
​ xxxxxxxxxxxxxxxx. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- P1. 
- P2. 
 
NZ for dummies
 
 

Pergunta x? 
R: X
​ xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx xxxxxxxxxxxxxxxx. 
 
Pontos que valem a pena ser mencionados: 
- P1. 
- P2.