Você está na página 1de 18

SISTEMA DE ENSINO A DISTÂNCIA

CURSO DE LETRAS

PROJETO DE ENSINO
EM LETRAS

JORNAL ESCOLAR

BRASIL
2020
PROJETO DE ENSINO
EM LETRAS
JORNAL ESCOLAR

Projeto de Ensino apresentado à Unopar, como


requisito parcial à conclusão do Curso de
Letras.

BRASIL
2020
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO ............................................................................................................ 3
1 TEMA ................................................................................................................... 4
2 JUSTIFICATIVA ................................................................................................... 5
3 PARTICIPANTES ................................................................................................. 7
4 OBJETIVOS ......................................................................................................... 8
5 PROBLEMATIZAÇÃO .......................................................................................... 9
6 REFERENCIAL TEÓRICO ................................................................................. 10
7 METODOLOGIA ................................................................................................ 11
8 CRONOGRAMA ................................................................................................. 13
9 RECURSOS ....................................................................................................... 14
10 AVALIAÇÃO ....................................................................................................... 15
CONSIDERAÇÕES FINAIS ...................................................................................... 16
REFERÊNCIAS ......................................................................................................... 17
3

INTRODUÇÃO

Este portfólio de PROJETO DE ENSINO EM LETRAS tem como propósito


inicial fornecer algumas condições para que os alunos criem um Jornal escolar. Um
Jornal Escolar desempenha papel importante nas escolas, por ser uma das formas
de divulgação de saberes. Este meio de comunicação no ambiente escolar, não é
somente uma maneira de informar o público alvo sobre algo, mas uma das maneiras
encontradas pelos professores de incentivar a participação do aluno na produção e
disseminação do conhecimento. A elaboração de um jornal visa especialmente o
despertar da consciência crítica dos alunos, perante a realidade educacional e
social.
Portanto, pode ser uma forma de incentivar o interesse pela leitura e escrita,
bem como poderá estimular a expressão oral e a produção textual dos alunos. No
quesito aprendizagem pedagógica, a preparação de um jornal pode ser interessante,
além de desenvolver a arte, poderá induzir os alunos a investigar e pesquisar,
sobretudo visando o estímulo ao senso crítico.
Neste projeto, verifica-se que a confecção de um jornal no ambiente escolar
poderá contribuir na construção de saberes, especialmente os saberes ligados
diretamente aos conhecimentos de LÍNGUA PORTUGUESA e o aprofundamento de
conceitos literários na Educação Básica. Contudo, o projeto para sua elaboração
poderá ser base para aplicação prática em sala de aula com os alunos do 2º ano do
Ensino Médio.

Palavras chaves: Projeto, Jornal Escolar, Língua Portuguesa, literatura.


4

1 TEMA

O presente projeto de ensino (jornal escolar) terá como tema: Os Principais


Períodos da Literatura de Língua Portuguesa: TROVADORISMO e HUMANISMO
(Idade Média).
Este tema vincula-se ao ensino e à aprendizagem da Língua Portuguesa,
sobretudo pela presença da produção textual e também à Literatura na Educação
Básica, por possuir a pesquisa sobre os dois períodos citados.
5

2 JUSTIFICATIVA

A escolha do tema: Os Principais Períodos da Literatura de Língua


Portuguesa: TROVADORISMO e HUMANISMO da Idade Média justificam-se por
propiciar condições para que o aluno possa estabelecer relações entre as produções
literárias dos períodos compreendidos. Estes 2 períodos foram fundamentais, por
influenciarem a produção da literatura da época colonial brasileira.
O tema é importante para o entendimento da disciplina Literatura, em sala de
aula, especialmente por incentivar a discussão sobre os contextos literários de
produção das obras em cada época. É importante para que o aluno tenha a clareza
e o domínio sobre cada época/período da história e para que compreenda
criticamente as obras mais significativas.
É sabido que não será possível abordar todo o contexto dos dois períodos do
tema em um jornal escolar. Entretanto, serão abordados, os principais fatos de cada
período, sobretudo sem aprofundar. O importante é que o aluno deste projeto
aprenda também a importância da pesquisa sucinta, dentro do campo da busca pelo
conhecimento.
Neste sentido, este projeto em jornal se concentrará em alguns autores, os
mais representativos, e apresentará uma visão geral das obras. Trata-se de abordar,
junto aos alunos, a importância de algumas cantigas satíricas e líricas (da época do
Trovadorismo) e da poesia palaciana.
O início das atividades literárias em Portugal ocorreu entre a Alta Idade Média
e a Baixa Idade Média, ou seja, entre os séculos XII e XIV. O Trovadorismo pode ser
considerado como um marco para Portugal, pois este período coincidiu com a
consolidação de Portugal como país independente. Quanto ao Trovadorismo,
também é importante ser estudado e difundido por ser marcado pelo sistema feudal
(propriedade da terra cedida pelo senhor feudal ao vassalo, em troca de serviços
mútuos), e no âmbito religioso pelo Teocentrismo (Deus como centro do universo).
Para melhor compreensão dos motivos das manifestações literárias é
necessário entender o contexto sociocultural, ou seja, o contexto vivido pela
população daquela época. Através deste contexto de vida, consegue-se refletir
sobre determinados costumes, a conduta e as representações de cada obra literária
escrita.
Sobre o Humanismo, pode-se destacar que foi um momento de transição
6

entre o homem medieval, submisso ao feudo e aos princípios divinos e da igreja, e o


Renascimento cultural do século XVI.
Pode-se dizer que o Humanismo foi uma transição da Idade Média para a
Idade Moderna. Nesse período, Portugal sofreu transformações significativas no
campo social, político e econômico e iniciou-se o desenvolvimento de outras
atividades econômicas. De Feudal a Mercantil, através do surgimento de comércio e
crescimento das cidades (início dos burgos-burguesia).
Na Europa, a criação da imprensa colaborou para o início destas
transformações, especialmente por propiciar o desenvolvimento e o costume da
leitura. Foi iniciada a expansão ultramarina e visão estritamente teocêntrica começa
a ser expandida para a visão antropocêntrica (homem como o centro de tudo).
Em Portugal, o Mestre de Avis, apoiado pela burguesia mercantilista,
consolida o Estado Nacional Português, marco para o período das grandes
navegações e conquistas de Portugal.
O intuito para um jornal escolar literário, é que os alunos do ensino médio,
tenham contato direto com algumas partes fundamentais dos períodos literários.
Assim, terão o entendimento do contexto histórico retratado na época, de modo a se
tornarem sujeitos críticos e leitores mais exigentes.
7

3 PARTICIPANTES

Este projeto de ensino em letras, cujo tema é jornal escolar literário, poderá
ser aplicado aos alunos do segundo ano do Ensino Médio.
8

4 OBJETIVOS

4.1 Objetivo geral

 Construir saberes, através da produção de um jornal com conteúdo


literário.

4.2 Objetivo específico

 Inserir os alunos no universo da comunicação e da disseminação de


saberes, a toda a comunidade escolar.
 Desenvolver habilidades de leitura e escrita.
 Ensinar o processo de desenvolvimento de um jornal.
9

5 PROBLEMATIZAÇÃO

A confecção de um jornal escolar literário é um importante instrumento na


construção de saberes. É um artifício para agrupar práticas educativas que facilita o
processo de ensino na escola. A própria confecção do jornal é capaz de despertar
nos alunos as suas potencialidades e habilidades diversas. Através desta atividade
podem-se trazer para dentro da escola os costumes da pesquisa. A escola terá a
oportunidade de levar seus alunos a interagirem com a leitura, o letramento, a
tecnologia e a ciência.
A produção de um Jornal Escolar, além de ser instrumento para o
conhecimento da Língua Portuguesa e da Literatura, como proposto neste artigo, é
também instrumento que poderá ser utilizado para divulgação de outros projetos
pedagógicos e disseminação de conhecimentos trabalhados em outras áreas e
disciplinas. Além de poder ser fonte de comunicação da comunidade onde a escola
está inserida.
O trabalho com a produção do jornal é uma estratégia pedagógica de
estímulo à leitura, devido aos momentos de pesquisas dos alunos que os levam ao
letramento, pois o aluno terá que refletir sobre os conteúdos a serem publicados.
Estimula a produção textual, já que deverão elaborar o roteiro para cada edição
lançada e quanto ao Letramento Digital, será necessário o uso das tecnologias de
forma acadêmica, para que o jornal possa ser impresso e lido no meio escolar.
Como sugestão, separa-se entre 5 e 6 aulas de 50 minutos cada, para a
explicação e entendimento do tema e quanto a publicação do Jornal, poderá ocorrer
em 4 semanas, uma para cada edição.
10

6 REFERENCIAL TEÓRICO

Os conteúdos curriculares a serem explorados no jornal contemplarão as


disciplinas de Língua Portuguesa e Literatura:
 Leitura;
 Produção Textual;
 Letramento Digital e uso das tecnologias;
Em se tratando de ensino de linguagem, o trabalho com produção de
conteúdo para jornal, especialmente o literário, ganhou novos contornos e relevância
a partir da renovação do currículo e das novas metodologias de ensino que
ocorreram através dos Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN. Sua confecção
demonstra ser um instrumento apropriado para o desenvolvimento da metodologia
dos projetos didáticos que aparecem no PCN, por trabalhar a linguagem no
ambiente da escola.
Por outro lado, um jornal possui uma relevância social, especialmente por
requerer uso de tecnologia para sua implementação que é relativamente simples e
por propiciar autoria e protagonismo por parte dos alunos, professores e comunidade
escolar de modo geral e interdisciplinar. (BONINI, 2011)
11

7 METODOLOGIA

Apesar da temática para este PROJETO DE ENSINO mostrar-se bastante


extensa para um número limitado de aulas, o fundamental é que os alunos
aprendam sobre o conteúdo e a importância deste trabalho de pesquisa. Após este
aprendizado, será iniciada a produção e publicação do jornal na escola sendo que
os alunos deverão ser sucintos.
Como sugestão, poderá ser realizado junto às turmas do 2º ano do Ensino
Médio. O intuito é induzir os alunos a estudarem épocas diferentes e terem um
parâmetro geral, no final das pesquisas.
A seguir, será exposta em tabelas, cada etapa até a publicação.
Na primeira aula, separada para esta finalidade, o professor e os alunos terão
suas funções delimitadas de acordo com o descrito abaixo:

Função do Professor Função dos alunos


Explicar sobre o Projeto Ouvir as explicações atentamente
Dividir a Turma em 4 grupos Separar a função de cada aluno
Sortear os temas para cada grupo Estudar o tema proposto

Na segunda aula, será o momento da discussão e separação dos conteúdos


a serem publicados no jornal literário, além da escolha do nome do Jornal. Conforme
a próxima tabela.

Grupo Tema Sorteado Conteúdos


1 Trovadorismo Discussão sobre o tema e elaboração dos conteúdos
2 Humanismo Discussão sobre o tema e elaboração dos conteúdos
3 Trovadorismo Discussão sobre o tema e elaboração dos conteúdos
4 Humanismo Discussão sobre o tema e elaboração dos conteúdos

Na terceira aula, é o momento de resumir os conteúdos elaborados.


Conforme descrito abaixo.
12

Grupo Tema Conteúdos a serem publicados no Jornal Escolar


O que foi o Trovadorismo?
Qual foi o marco inicial do Trovadorismo e foi escrita por quem?
Quem são e qual a importância dos Trovadores para a lírica
1e3 Trovadorismo
medieval?
Como são as cantigas, suas principais características e temas.
Qual a importância do Trovadorismo para a época?
Como é definido o humanismo e em que contexto surgiu?
De que maneira o pensamento humanista entra em contradição com
o religioso?
2e4 Humanismo
Qual a característica principal do humanismo nas artes?
Quem são os principais representantes deste período?
Qual a importância do Humanismo para a época?

Na quarta aula, será o momento de comparecer na sala de informática para


fazer o design, escrever e imprimir a primeira edição do jornal.
Com as edições escritas e impressas, de acordo com cada tema proposto
sobre a Literatura e cada grupo, a publicação acontecerá de acordo com a tabela a
seguir.

Grupo Tema Publicação do Jornal Escolar


1e3 Trovadorismo 1 ͣ e 3 ͣ semana do mês
2e4 Humanismo 2 ͣ e 4 ͣ semana do mês

Diante das matrizes de cada tema finalizadas, o próximo passo será a


publicação semanal de acordo com a programação e com o auxílio da secretária da
escola que deverá reproduzir as cópias necessárias.
13

8 CRONOGRAMA

A previsão para conclusão deste Projeto de Ensino é para 5 ou no máximo 6


aulas de 50 minutos. A publicação do Jornal Escolar pronto poderá ocorrer,
conforme sugerido, durante 4 semanas consecutivas, sendo a publicação de um
tema para cada semana. Conforme tabela:

Etapas do Período
Projeto Descrição das atividades de
realização
Explicar o tema, dividir grupos, sortear os temas a 1ͣ aula
serem trabalhados.
Planejamento
Discussão dos temas e elaboração dos conteúdos da 2ͣ aula
pesquisa.
Resumo dos conteúdos pesquisados e previamente 3ͣ aula
discutidos.
Confecção do design, escrever e imprimir as matrizes 4ͣ aula
Execução
do jornal.
Publicação da primeira edição cujo tema – 5ͣ aula
Trovadorismo

Após a 5ͣ aula, os outros temas poderão ser publicados nas próximas


semanas consecutivas, sem necessidade de interrupção da aula em curso, uma vez
que todos os trabalhos estarão prontos, apenas ficaram no aguardo para a
publicação na semana correspondente.
14

9 RECURSOS

Os itens abaixo serão necessários para a conclusão dos trabalhos até a


publicação do jornal:

 Computador conectado à internet;


 Software programa para criação, formatação e escrita do jornal a ser
publicado;
 Papel A4 para impressão;
 Impressora;
 Quanto ao software para a criação do jornal, é necessário que na época de
aplicabilidade prática do projeto, seja pesquisado o melhor software para tal
atividade.
 Será necessário o auxílio da secretária da escola, para reproduzir as cópias
do Jornal, de acordo com a tiragem de cada uma das 4 edições (2 edições
para o assunto Trovadorismo e 2 edições para o tema Humanismo).
15

10 AVALIAÇÃO

O intuito da avaliação não é medir conhecimento, mas medir o interesse no


aprendizado, o empenho do aluno em buscar o conhecimento, em discutir, participar
do Projeto. Na avaliação observar-se-á o envolvimento dos alunos nas etapas e
atividades de realização do projeto, o convívio com os colegas de classe, o aceite
das opiniões diferentes, a troca de ideias e a especialmente a colaboração. Uma vez
que é um Projeto relativamente extenso, para ser construído em poucas horas/aulas.
Através desta medição de interesses no aprendizado, podem-se verificar
inclusive a falha mediadora docente e tentar a aplicação de outras metodologias
mais eficazes, para obtenção de melhores resultados.
16

CONSIDERAÇÕES FINAIS

A produção de um Jornal Escolar, independente do tema proposto, requer


uma preparação muito específica junto aos alunos, tendo em vista que é necessário
desenvolver lhes a capacidade de letramento, escrita, linguagem, interação e
especialmente a comunicação. Todos os fatores citados devem ser trabalhados de
modo a despertar a criticidade e principalmente a autonomia. É uma maneira de
construir um novo formato de aprendizado, ou seja, um aprendizado dinâmico e
contextualizado.
Realizar um projeto de ensino, cujo objetivo é o jornal escolar literário, é uma
forma eficaz de incentivar a pesquisa e o trabalho de modo coletivo. O jornal ganha
destaque, pelo trabalho conjunto entre professores e alunos, além do
reconhecimento de um trabalho que pode ser valorizado pela comunidade. O aluno
evolui ao construir um trabalho que será apreciado por muitas pessoas, passando de
mero agente passivo para agente produtor de conhecimento.
As dificuldades serão encontradas caso não se trabalhe em conjunto,
professores e alunos deverão ser entrosados para momentos de dúvidas e
sugestões de melhorias, momentos de pesquisa e revisão.
17

REFERÊNCIAS
BONINI, A. Jornal Escolar: Gêneros e Letramento Midiático no Ensino-
aprendizagem de Linguagem. Belo Horizonte: RBLA, v. 11, n. 1, p. 149-175, 2011.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental.


Parâmetros Curriculares Nacionais: Terceiro e Quarto Ciclos do Ensino
Fundamental: Língua Portuguesa. Brasília: MEC/SEF, 1998.

Literaturas de Língua Portuguesa I – Material disponibilizado no curso de Letras


Língua Portuguesa. Biblioteca UNOPAR/Londrina 2020.

Literaturas de Língua Portuguesa II – Material disponibilizado no curso de Letras


Língua Portuguesa. Biblioteca UNOPAR/Londrina2020.

GRUBLER, Luiz Carlos. – A utilização do Jornal como um Importante Recurso


Pedagógico nas Escolas. Disponível em:
https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/95677/000916585.pdf. Acessado
em 23 de agosto de 2020

MOISÉS, Massaud. A Literatura Portuguesa. 34. ed. São Paulo: Cultrix, 2006.

MOISÉS, Massaud. A Literatura Portuguesa através dos Textos. 29. ed. São Paulo:
Cultrix, [2004].

VIEIRA. Sebastião da Silva e Sergio Paulino Abranches – O Jornal Escolar e sua


Importância no Processo de Construção de Saberes Discentes. III Conedu
Congresso Nacional de Educação da Universidade Federal de Pernambuco.
www.conedu.com.br