Você está na página 1de 5

MATEMÁTICA

E SUAS TECNOLOGIAS
Frente: Matemática I
EAD – MEDICINA
Professor(a): Jorge Júnior

AULA 17

Assunto: Progressão Aritmética (P.A.)

Resumo Teórico Exercícios

01. (Enem) O número mensal de passageiros de uma determinada


Definição empresa aérea aumentou no ano passado nas seguintes condições:
Toda sequência numérica em que cada termo, a partir do em janeiro foram vendidas 33 000 passagens: em fevereiro,
segundo, é igual à soma do termo precedente (anterior) com uma 34 500; em março, 36 000. Esse padrão de crescimento se mantém
constante r chama-se Progressão Aritmética (P.A.), ou seja, P.A. para os meses subsequentes.
é uma sequência determinada por uma fórmula de recorrência do
seguinte tipo: Quantas passagens foram vendidas por essa empresa em julho
do ano passado?
a1 = a (dado) A) 38 000

an = an −1 + r, ∀n ∈ N , n ≥ 2
*
B) 40 500
C) 41 000
A constante r é chamada de razão da progressão aritmética D) 42 000
e pode ser obtida através da diferença entre dois termos consecutivos E) 48 000
quaisquer da P.A., isto é:
02. (Unicamp-Adaptada) Considere a sucessão de figuras apresentadas
Razão da P.A. = a2 − a1 = a3 − a2 = ... = an − an − 1 = r
a seguir, em que cada figura é formada por um conjunto de palitos
(Note que a Lei de Recorrência an = an − 1 + r nos permite deduzir que de fósforo.
an − an − 1 = r)

Exemplos:
A) (2, 5, 8, 11, 14, ...) é uma P. A. crescente (r > 0) de razão r = 3 e
a1 = 2, cuja lei de recorrência é:

a1 = 2
a = a + 3, ∀n ∈ N* , n ≥ 2, que nos dá:
 n n −1

a1 = 6
B) A Lei de Recorrência a = a − 4 , para n ≥ 2, representa uma Suponha que essas figuras representam os três primeiro termos de
 n n −1
uma sucessão de figuras que seguem a mesma Lei de Formação.
progressão aritmética decrescente de razão r = − 4. Nesse caso, o número de fósforo da 50ª figura é igual a:
A) 388 B) 392
Essa Lei de Formação nos dá: C) 396 D) 400
a1 = 6, a2 = 2, a3 = − 2, ..., a100 = 10 − 400 = − 390, ... E) 404
Trata-se, portanto, da sequência decrescente (6, 2, −2, −6, ...).
03. (IFBA/2017) A Meia Maratona Shopping da Bahia Farol a Farol foi
C) (5, 5, 5, 5, ...) é uma P.A. estacionária (r = 0). criada pela Personal Club e mais uma vez contará com a parceria
do Shopping da Bahia.

Fórmula do termo geral Tradicional no mês de outubro, a maior e mais esperada corrida
de rua da Bahia, que já se encontra em sua sexta edição e será
realizada nos percursos de 5 km, 10 km e 21 km, com largada no
an = a1 + (n − 1) ⋅ r → Fórmula do termo geral (Lei de Formação)
Farol de Itapuã e chegada no Farol da Barra, dois dos principais
cartões postais da cidade de Salvador.
Extraído de: <http://www.meiamaratonafarolafarol.com.br/> em 26/08/2016

F B O NLINE.COM.BR OSG.: 119182/17

//////////////////
Módulo de Estudo

Um atleta, planejando percorrer o percurso de 21 km, fez um plano 05. (Fatec/2017) Com relação à Ninhada II, e adotando o ano de 1996
de treinamento, que consistia em correr 1 000 m no primeiro dia como o 1º termo (a1) de uma Progressão Aritmética, a expressão
e, a cada dia subsequente, percorreria a distância do dia anterior algébrica que melhor representa o termo geral (an) da sequência
acrescida de 400 m. Sendo assim, esse atleta irá atingir a distância de anos em que essas cigarras sairão à superfície, com n ∈ *, é
diária de 21 km no: dada por
A) 54º dia A) an = 17 · n + 1979
B) 53º dia B) an = 17 · n + 1998
C) 52º dia C) an = 17 · n + 2013
D) 51º dia D) an = 1996 · n + 17
E) 50º dia E) an = 1979 · n + 17

04. (Unesp/2017) A figura indica o empilhamento de três cadeiras 06. (Fac. Albert Einstein - Medicina/2016) Suponha que, em certo país,
idênticas e perfeitamente encaixadas umas nas outras, sendo h observou-se que o número de exames por imagem, em milhões
a altura da pilha em relação ao chão. por ano, havia crescido segundo os termos de uma progressão
aritmética de razão 6, chegando a 94 milhões/ano, ao final de
10 anos. Nessas condições, o aumento percentual do número de
tais exames, desde o ano da observação até ao final do período
considerado, foi de
A) 130%.
B) 135%.
C) 136%.
D) 138%.

07. (FGVRJ/2016) Em um teatro, cada fila tem 50 poltronas.


As poltronas de uma fila estão ocupadas de tal modo que a
próxima pessoa a se sentar nessa fila ocupará obrigatoriamente
um assento ao lado de alguma pessoa.

O número mínimo de pessoas que podem estar sentadas nessa


Disponível em: <www.habto.com>. Adaptado.
fila é
A) 25. B) 18.
A altura, em relação ao chão, de uma pilha de n cadeiras
C) 17. D) 24.
perfeitamente encaixadas umas nas outras, será igual a 1,4 m se
E) 16.
n for igual a
A) 14.
08. (IFPE/2016) Na fabricação de mesas de reunião, uma fábrica
B) 17.
trabalha com vários modelos e tamanhos. As mesas redondas são
C) 13.
todas acompanhadas com uma certa quantidade de poltronas a
D) 15.
depender do tamanho da mesa, conforme a figura abaixo:
E) 18.
Modelo 3
• Texto para a próxima questão: Modelo 2
Modelo 1
Leia o texto publicado em maio de 2013 para responder à(s)
questão(ões) a seguir.

OS ESTADOS UNIDOS SE PREPARAM PARA


UMA INVASÃO DE INSETOS APÓS 17 ANOS

Elas vivem a pelo menos 20 centímetros sob o solo há O primeiro modelo acompanha 3 poltronas, o segundo
17 anos. E neste segundo trimestre, bilhões de cigarras modelo acompanha 6 poltronas, o terceiro, 9 poltronas e assim
(Magicicada septendecim) emergirão para invadir partes da Costa sucessivamente, isto é, sempre um modelo de mesa acompanha
Leste, enchendo os céus e as árvores, e fazendo muito barulho. 3 poltronas a mais em relação ao modelo anterior.
Há mais de 170 espécies de cigarras na América do Norte,
e mais de 2 mil espécies ao redor do mundo. A maioria aparece Um cliente adquiriu uma unidade de cada um dos 10 primeiros
todos os anos, mas alguns tipos surgem a cada 13 ou 17 anos. modelos de mesa circular.
Os visitantes deste ano, conhecidos como Brood II (Ninhada II, em
tradução livre) foram vistos pela última vez em 1996. Os moradores Como todo patrimônio da sua empresa é identificado a partir de
da Carolina do Norte e de Connecticut talvez tenham de usar uma etiqueta adesiva, quantos adesivos devem ser confeccionados
rastelos e pás para retirá-las do caminho, já que as estimativas do para que cada uma das mesas e poltronas adquiridas seja
número de insetos são de 30 bilhões a 1 trilhão. devidamente etiquetada?
Um estudo brasileiro descobriu que intervalos baseados em A) 165
números primos ofereciam a melhor estratégia de sobrevivência B) 175
para as cigarras. C) 30
D) 40
Disponível em: <http://tinyurl.com/zh8daj6> Acesso em: 30.08.2016. Adaptado. E) 10

F B O NLINE.COM.BR 2 OSG.: 119182/17

//////////////////
Módulo de Estudo

09. (Enem 2ª aplicação/2016) Com o objetivo de trabalhar a 12. (IFSUL/2015) Uma das maneiras mais utilizadas para expor latas
concentração e a sincronia de movimentos dos alunos de uma de produtos nos supermercados é o empilhamento, formando
de suas turmas, um professor de educação física dividiu essa uma torre, conforme figura abaixo.
turma em três grupos (A, B e C) e estipulou a seguinte atividade:
os alunos do grupo A deveriam bater palmas a cada 2s, os alunos
do grupo B deveriam bater palmas a cada 3s e os alunos do grupo
C deveriam bater palmas a cada 4s.

O professor zerou o cronômetro e os três grupos começaram


a bater palmas quando ele registrou 1s. Os movimentos
prosseguiram até o cronômetro registrar 60s.

Um estagiário anotou no papel a sequência formada pelos


instantes em que os três grupos bateram palmas simultaneamente.

Qual é o termo geral da sequência anotada?


A) 12n, com n um número natural, tal que 1 ≤ n ≤ 5.
B) 24n, com n um número natural, tal que 1 ≤ n ≤ 2.
C) 12 (n – 1), com n um número natural, tal que 1 ≤ n ≤ 6.
D) 12 (n – 1) + 1, com n um número natural, tal que 1 ≤ n ≤ 5.
E) 24 (n – 1) + 1, com n um número natural, tal que 1 ≤ n ≤ 3. Suponha que, ao fazer um empilhamento, tenham sido utilizadas
100 latas na base. E, em cada fileira seguinte, sejam sempre
10. (Enem/2016) Sob a orientação de um mestre de obras, João e utilizadas 8 latas a menos que na fileira inferior.
Pedro trabalharam na reforma de um edifício. João efetuou reparos
na parte hidráulica nos andares 1, 3, 5, 7, e assim sucessivamente, A quantidade máxima de fileiras e latas na fileira do topo que
de dois em dois andares. Pedro trabalhou na parte elétrica nos esse empilhamento pode ter são, respectivamente
andares 1, 4, 7, 10, e assim sucessivamente, de três em três A) 8 e 6.
andares. Coincidentemente, terminaram seus trabalhos no último B) 9 e 1.
andar. Na conclusão da reforma, o mestre de obras informou, em C) 13 e 4.
seu relatório, o número de andares do edifício. Sabe-se que, ao D) 14 e 4.
longo da execução da obra, em exatamente 20 andares, foram
realizados reparos nas partes hidráulica e elétrica por João e Pedro. 13. (UFRGS/2014) Nas malhas de pontos da figura abaixo, dois pontos
adjacentes, na horizontal ou vertical, encontram-se a distância de
Qual é o número de andares desse edifício? 1 centímetro.
A) 40
B) 60
C) 100
D) 115
E) 120

11. (Fatec/2015) Observe a sequência de figuras.

Etapa 1 Etapa 2 Etapa 3

Considerando a sucessão de quadriláteros desenhados em cada


etapa da figura, a área do quadrilátero da vigésima etapa, em cm2, é
A) 100.
B) 200.
C) 400.
D) 800.
1ª figura 2ª figura 3ª figura 4ª figura 5ª figura E) 1.600.

A primeira figura é um triângulo retângulo cinza. A partir da 14. (UPE-SSA 1/2017) No dia 01/08/2016, os saldos nas contas
segunda, cada nova figura foi obtida por uma composição, poupança de Carlos e Marco eram de, respectivamente,
utilizando a figura imediatamente anterior na sequência, R$ 8.400,00 e R$ 2.800,00. Se, no primeiro dia de cada mês
seguindo sempre o mesmo critério. Nessas condições, o número subsequente a agosto de 2016, Carlos retira R$ 240,00 e Marco
de triângulos brancos da oitava figura, independentemente do deposita R$ 200,00, desconsiderando a correção monetária,
tamanho deles, é quando é que o saldo na conta poupança de Marco irá ultrapassar
o saldo na conta poupança de Carlos?
A) 121.
A) Janeiro de 2017
B) 364.
B) Fevereiro de 2017
C) 1.093.
C) Março de 2017
D) 3.280.
D) Agosto de 2017
E) 9.841.
E) Setembro de 2017
OSG.: 119182/17
3 F B O N L I NE .C O M . B R
//////////////////
Módulo de Estudo

15. (UEG/2016) No primeiro semestre de 2015, a empresa “Aço 06. Calculando o primeiro elemento da PA, de acordo com os dados
Firme” fabricou 28000 chapas metálicas em janeiro; em fevereiro do enunciado, tem-se:
sua produção começou a cair como uma progressão aritmética an = a1 + (n − 1) ⋅ r
decrescente, de forma que em julho a sua produção foi de 8800 a10 = 94
chapas. Nessas condições, a produção da empresa nos meses de n = 10
maio e junho totalizou r=6
A) 33.600 chapas
94 = a1 + (10 − 1) ⋅ 6 ⇒ a1 = 40
B) 32.400 chapas
C) 27.200 chapas Ao final de 10 anos, o número de exames por imagem aumentou
D) 24.400 chapas de 40 milhões por ano para 94 milhões por ano. Isso representa
E) 22.600 chapas um aumento de:
94 − 40 54
= = 1, 35 ⇒ 135%
Resoluções 40 40

Resposta: B
01. Em cada mês, a partir do segundo, vendem-se 1 500 passagens
a mais que no mês anterior. Sendo assim, temos uma P.A. de 07. A distribuição das pessoas deverá ser feita da seguinte maneira:
Uma pessoa deverá ocupar a segunda poltrona, uma outra pessoa
razão R = 1 500 e primeiro termo a1 = 33 000 (vendas de janeiro).
a quinta poltrona, uma outra a oitava poltrona e assim por diante,
Queremos as vendas do mês 7 (julho), ou seja, queremos o a7. de três em três poltronas. Observemos que a sequência formada
Daí, temos: é uma P.A de razão 3. (2, 5, 8, ...)
a7 = a1 + 6R Temos, então a seguinte equação:
a7 = 33 000 + 6 · (1 500) 50 = 2 + (n – 1) · 3 ⇒ 48 = (n – 1) · 3 ⇒ 16 = n – 1 ⇒ n = 17
a7 = 42 000 Resposta: C

Resposta: D 08. A sequência definida pelas cadeiras é uma P.A., logo temos:

02. As respectivas quantidades de fósforos formam a PA de razão an = a1 + (n − 1) ⋅ r ⇒ a10 = a1 + 9r ⇒ a10 = 3 + 9 ⋅ 3 ⇒ a10 = 30


R = 8: (4, 12, 20, 28, ...). Daí, temos:
a50 = a1 + 49 R Portanto, a mesa de modelo 10 possui 30 cadeiras.
a50 = 4 + 49 · (8)
O total de cadeiras é: (3 + 6 + 9 + ... + 30) =
(3 + 30)10 =
a50 = 4 + 392 2
a50 = 396
165 cadeiras.
Desta forma, o total de etiquetas é:
Resposta: C 10 (mesas) +165 (cadeiras) = 175 etiquetas.

03. Resposta: B
a1 = 1000
a2 = 1400 ⇒ PA ⇒ r = 400 09. Os grupos batem palmas simultaneamente a cada m.m.c (2, 3, 4) = 12
a3 = 1800 segundos. Logo, se o primeiro registro corresponde a 1s, então o
termo geral da sequência anotada é 1 + (n – 1) · 12, com n sendo
an = 21000 = a1 + (n – 1) · r ⇒ 21000 = 1000 + (n – 1) · 400 ⇒ um número natural e 1 ≤ n ≤ 5.
20400 = 400 n ⇒ n = 51
Resposta: D
Resposta: D
10. É fácil ver que os andares 1, 7, 13, 19, ..., a20, com a20 sendo o
04. Tem-se que a altura h, em centímetros, de uma pilha de n cadeiras, último andar do edifício, foram aqueles que receberam reparos
n ≥ 1, em relação ao chão, é dada por de João e Pedro. Portanto, como tal sequência é uma progressão
aritmética de razão 6 e primeiro termo 1 temos a20 = 1 + 19 · 6 = 115.
h = 48 + 3(n – 1) + 44 = 3n + 89.
Resposta: D
Portanto, se h = 140 cm, então 140 = 3n + 89 ⇔ n = 17. 11. É fácil ver que o número de triângulos brancos na n-ésima (n ≥ 2)
figura é dado por an = 3 · an–1 + 1, com a1 = 0. Portanto, sabendo
Resposta: B que a5 = 40, temos
a8 = 3 ⋅ a7 + 1
05. Aplicando a fórmula do termo geral da P.A., temos: = 3 ⋅ (3 ⋅ a6 + 1) + 1
an = a1 + (n − 1) ⋅ r
= 9 ⋅ a6 + 4
an = 1.996 + (n − 1) ⋅ 17
= 9 ⋅ (3 ⋅ a5 + 1) + 4
an = 17 ⋅ n + 1979
= 27 ⋅ a5 + 13
= 27 ⋅ 40 + 13
Resposta: A
= 1093.

F B O NLINE.COM.BR 4 OSG.: 119182/17

//////////////////
Módulo de Estudo

12. Temos uma P.A. de primeiro termo 100, razão r = –8 e número Portanto, a soma pedida será:
de termos n. a5 + a6 = 15200 + 12000 = 27200 chapas.
Portanto, o último termo desta P.A poderá ser escrito por:
an = 100 + (n – 1) · (–8) Resposta: C

Como o número de latas na última fila é um número positivo,


podemos escrever que:
an > 0

100 + (n – 1) · (– 8) > 0
– 8 n > – 108
n < 13,5

Portanto, a quantidade máxima de fileiras é 13 e o número de


latas nesta fileira será dada por:
a13 = 100 + (13 – 1) · (–8)
a13 = 4

Resposta: C

13.

x
1

O lado do quadrado da figura 1: x


Portanto:
x2 = 12 + 12 ⇒ x = 2 cm
Os lados dos quadrados formam uma P.A de razão r = 2.
Logo, o lado do vigésimo quadrado é 20 2 cm.
Sua área então será dada por 800.

Resposta: D

14. Calculando:
8400 – 240n = 2800 + 200n ⇒ 5600 = 440n ⇒ n ≈ 12,73 meses

Assim, pode-se escrever:


Carlos ⇒ 8400 − 12 ⋅ 240 = 5520
agosto / 2017 → n = 12 ⇒
Marco ⇒ 2800 + 12 ⋅ 200 = 5200
Carlos ⇒ 8400 − 13 ⋅ 240 = 5280
setembro / 2017 → n = 13 ⇒
Marco ⇒ 2800 + 13 ⋅ 200 = 5400

Resposta: E

15. Considerando que an representa o número de chapas metálicas


fabricadas no mês n, e que n = 1 indica o mês de janeiro, n = 2
o mês de fevereiro e assim por diante, temos:

a7 = a1 + 6 · r
8800 = 28000 + 6r
– 19200 = 6r
r = – 3200
Logo:
a5 = a1 + 4r = 28000 + 4 · (– 3200) = 15200
a6 = a1 + 5r = 28000 + 5 · (– 3200) = 12000 SUPERVISOR/DIRETOR: MARCELO PENA – AUTOR: JORGE JÚNIOR
DIG.: SAMUEL – 03/10/17 – REV.: LUCELENA

OSG.: 119182/17
5 F B O N L I NE .C O M . B R
//////////////////

Você também pode gostar