Você está na página 1de 9

Ficha de Trabalho de Química

Física e Química A
11.⁰ Ano de Escolaridade

Domínio Equilíbrio químico


Duração: 90 minutos

VERSÃO 1
A ficha inclui uma tabela de constantes, um formulário e uma Tabela Periódica.
As cotações dos itens encontram-se no final do enunciado da ficha.
Eu e a Química 11

Tabela de constantes

• Constante de Avogadro NA = 6,02  1023 mol−1

• Volume molar PTN Vm = 22,4 dm3 mol−1

Formulário

• Quantidade de matéria e massa molar

n – Quantidade de matéria
m – Massa m
n=
M
M – Massa molar

• Número de entidades e constante de Avogadro

N – Número de entidades
n – Quantidade de matéria N = n  NA
NA – Constante de Avogadro

• Rendimento de uma reação química

 ( %) – Rendimento
nobtido
nobtido – Quantidade de produto obtido  (%) =  100
nprevisto
nprevisto – Quantidade de produto previsto

• Quantidade de matéria e volume molar

n – Quantidade de matéria
V – Volume V
n=
Vm
Vm – Volume molar
Eu e a Química 11
Eu e a Química 11

Grupo I
Um dos processos típicos de síntese do amoníaco consiste na reação de hidróxido de cálcio com cloreto de
amónio, sob aquecimento, traduzido pelo seguinte esquema químico:
2 NH4C ( s ) + Ca ( OH)2( aq) → x CaC 2 (aq) + 2 NH3( g ) + y H2O( )
Considere que a reação tem um rendimento de 100%.

1. Selecione a opção que apresenta os valores correspondentes às letras x e y, que permitem acertar o
esquema químico.
(A) x =2; y =1
(B) x =2; y =2
(C) x =1; y =5
(D) x =1; y =2

2. Foram adicionados 53,5 g de cloreto de amónio, NH4C , a 200,0 mL de uma solução aquosa de hidróxido
de cálcio, Ca ( OH)2 , de concentração mássica 14,8 g dm−3 .
−1
( )
Dados: M (NH4C ) = 53,50 g mol ; M Ca( OH)2 = 74,10 g mol ; M (NH3 ) = 17,04 g mol
−1 −1

2.1. Selecione a afirmação verdadeira relativa a esta reação.


(A) Se a reação for completa, a massa de NH4C que reage é igual à massa de NH3 que se forma.
(B) Se a reação for completa, por cada mol de NH4C que reage, formam-se 17,04 g de NH3 .
(C) A massa de hidróxido de cálcio que reage é sempre metade da massa de cloreto de amónio
utilizada.
(D) Para que a reação seja completa, a massa dos dois reagentes da reação terá de ser a mesma.
2.2. Selecione a opção que apresenta a expressão que permite obter o valor da concentração molar da
solução de hidróxido de cálcio utilizada.
14,8  74,10 (B) 14,8  74,10 mol dm−3
(A) mol dm−3
200,0
14,8 14,8
(C) mol dm−3 (D) mol dm−3
74,10 74,10  200,0

2.3. Comprove que o hidróxido de cálcio, Ca ( OH)2 , é o reagente limitante.


2.4. Calcule o volume de amoníaco obtido, medido nas condições PTN.

3. Num outro processo é possível obter amoníaco, por reação da água com nitreto de magnésio, Mg3N2 , de
acordo com a seguinte equação química:
Mg3N2( s ) + 6 H2O ( ) → 3 Mg ( OH)2(aq) + 2 NH3(aq)
A economia atómica percentual associada ao processo de obtenção de amoníaco, inicialmente
apresentado (reação de hidróxido de cálcio com cloreto de amónio), é 18,82%.
Atendendo apenas ao critério economia atómica percentual, indique, sob o ponto de vista da Química
Verde, qual dos dois processos parece ser mais sustentável, considerando que as duas reações ocorrem
com um rendimento de 100%.
Dados: M (Mg3N2 ) = 100,95 g mol−1 ; M (H2O) = 18,02 g mol−1 ; M (NH3 ) = 17,04 g mol−1
Eu e a Química 11

Grupo II
O processo de síntese do ácido acetilsalicílico (AAS), a partir do ácido salicílico (AS) e anidrido acético (AA)
pode ser representado pela seguinte equação química:

Colocou-se, num balão de Erlenmeyer de 100 cm3 , 1,87 g de ácido salicílico (AS), medidos numa balança
digital, 4,23  10−2 mol de anidrido acético (AA) e foram adicionadas ainda 5 gotas de ácido sulfúrico
concentrado. De seguida, a mistura foi agitada e aquecida em banho-maria (50-60 °C) durante 20 minutos
tendo-se observado a formação de um precipitado branco.
Após arrefecimento em banho frio e eliminado o excesso de anidrido acético, procedeu-se à filtração a
pressão reduzida deste precipitado utilizando um funil de Buchner.
Por fim, depois de secos, os cristais de AAS foram colocados numa balança digital, que indicou o valor
1,95 g .

Dados: M ( AS ) = 138,13 g mol ; M ( AAS) = 180,17 g mol


–1 –1

1. Selecione a opção que apresenta a medida da massa de ácido salicílico utilizada.


(A) m = (1,87  0,01) g

(B) m = (1,870  0,005) g

(C) m = (1,87  0,05) g

(D) m = (1,87  0,1) g

2. Determine o rendimento do processo de síntese apresentado.


Comece por identificar o reagente limitante.
Eu e a Química 11

Grupo III
O iodeto de hidrogénio pode ser preparado por reação das substâncias elementares di-hidrogénio, H2 , e
diiodo, I2 , de acordo com a seguinte equação química:

H2( g ) + I2( g ) 2 HI( g )


Incolor Violeta Incolor

O gráfico que se segue representa a variação da concentração dos componentes do sistema, no decorrer do
processo, num reator com 5,0 L de capacidade, à temperatura de 450 °C.

1. Selecione a opção que apresenta a expressão da constante de equilíbrio para a reação apresentada.

HIe HIe HIe HIe


2 2

(A) K c = (B) K c = (C) K c = (D) K c =


H2 e + I2 e H2 e  I2 e H2 e + I2 e H2 e  I2 e

2. A partir dos valores do gráfico, comprove que o valor da constante de equilíbrio desta reação, à
temperatura de 450 °C, é igual a 54,0 e indique qual das reações, direta ou inversa, é mais extensa.

3. No mesmo recipiente, mantendo a temperatura e num momento em que a cor ainda não estava
estabilizada, a composição do sistema era a seguinte:

Componente H2 I2 HI

Concentração (mol dm–3) 1,000 0,600 2,000

Selecione a opção que contém os termos que completam corretamente a frase seguinte.
No instante considerado, o valor do quociente da reação é ________ o valor da constante de equilíbrio,
por isso, até atingir o equilíbrio químico, a cor violeta do sistema continuou a _________.
(A) menor do que … acentuar-se
(B) menor do que … atenuar-se
(C) maior do que … acentuar-se
(D) maior do que … atenuar-se

4. Num outro sistema em equilíbrio, com o mesmo volume e à mesma temperatura, as concentrações de
di-hidrogénio e de diiodo são iguais a 0,200 mol dm−3 .
Determine a quantidade química de iodeto de hidrogénio presente nesse sistema.
Eu e a Química 11

Grupo IV
O monóxido de nitrogénio, NO , é um dos principais poluentes troposféricos e pode formar-se por reação
entre o dinitrogénio, N2 , e o dioxigénio, O2 , a elevadas temperaturas, de acordo com a seguinte equação
química:
N2( g ) + O2( g ) 2 NO( g )

O gráfico seguinte apresenta valores da constante de equilíbrio correspondentes a diferentes temperaturas.

1. Indique como varia a temperatura de um vaso reacional isolado que contenha inicialmente apenas
reagentes.

2. Suponha que ao sistema em equilíbrio é adicionado dinitrogénio, mantendo a temperatura constante.


2.1. Seleciona a opção correta.
(A) O valor da constante de equilíbrio mantém-se.
(B) O valor do rendimento da reação mantém-se.
(C) O valor da constante de equilíbrio diminui.
(D) O valor do rendimento passará a ser igual ao valor do quociente da reação após ser atingido o
equilíbrio químico.
2.2. Selecione a opção que completa corretamente a frase seguinte.
Em consequência da perturbação referida,…
(A) … o valor da constante de equilíbrio aumenta.
(B) … a quantidade de óxido de nitrogénio produzido aumenta.
(C) … a extensão da reação direta diminui.
(D) … o equilíbrio químico é atingido mais rapidamente.

3. Indique o valor da concentração de dioxigénio que existe num reator, à temperatura de 2500 K, quando,
no sistema, as concentrações de NO e de N2 são iguais a 1,5  10−3 mol dm−3 e 1,0  10−2 mol dm−3 ,
respetivamente.
Eu e a Química 11

4. Suponha que o conteúdo do reator foi transferido para outro de menor capacidade, mantendo a
temperatura constante.
Selecione a afirmação verdadeira, referente ao comportamento do sistema.
(A) A reação direta foi favorecida em consequência da diminuição do volume.
(B) A reação direta foi favorecida pelo facto de, nos produtos da reação, figurar apenas uma espécie
química.
(C) A extensão da reação inversa foi favorecida pelo aumento da pressão.
(D) Nenhuma das reações, direta ou inversa, foi favorecida em consequência da alteração introduzida
ao sistema.

5. Elabore um pequeno texto no qual explique, com base no Princípio de Le Châtelier, os seguintes efeitos
sobre o sistema reacional:
I – aumento da temperatura;
II – utilização de catalisadores.

Grupo V
Com o objetivo de investigar, experimentalmente, alterações de equilíbrios químicos em sistemas aquosos
por variação da concentração de reagentes e produtos, um grupo de alunos realizou uma atividade
laboratorial, utilizado as seguintes soluções aquosas:

Foram adicionadas 4 gotas de cada uma das soluções 1 e 2 a 4 cavidades de uma placa de microescala (I, II,
III e IV). A mistura adquiriu um aspeto avermelhado devido à formação do catião tiocianoferrato(III),
FeSCN2+ , resultante do equilíbrio químico estabelecido, traduzido por:

Fe3+( aq ) + SCN−( aq ) FeSCN2+ ( aq )


Amarelo Incolor Vermelho

Posteriormente, foram realizados os seguintes ensaios.

Ensaio 1 Colocação de 3 gotas de solução 1 na cavidade II da placa.

Ensaio 2 Colocação de 3 gotas de solução 2 na cavidade III da placa.

Ensaio 3 Colocação de 3 gotas de solução 3 na cavidade IV da placa.


Eu e a Química 11

1. Elabore um pequeno texto no qual justifique:


• a necessidade da existência de uma amostra de controlo;
• o facto de a atividade ser realizada em microescala.

2. Relativamente ao ensaio 1, selecione a opção que contém os termos que completam corretamente a
frase seguinte.
A perturbação ao estado de equilíbrio fez ____________ a cor avermelhada da solução, pois o
equilíbrio evoluiu no sentido ____________.
(A) acentuar … direto
(B) acentuar … inverso
(C) atenuar … direto
(D) atenuar … inverso

3. Selecione a opção que identifica o(s) ensaio(s) em que os alunos observariam a alteração de cor de
vermelho para amarelado.
(A) Ensaios 1 e 2.
(B) Ensaios 2 e 3.
(C) Ensaio 2.
(D) Ensaio 3.

– COTAÇÕES –

Item
Grupo
Cotação (em pontos)

1. 2.1. 2.2. 2.3. 2.4. 3.


I
8 8 8 12 12 12 60

1. 2.
II
8 12 20

1. 2. 3. 4.
III
8 12 8 12 40

1. 2.1. 2.2. 3. 4. 5.
IV
8 8 8 8 8 12 52

1. 2. 3.
V
12 8 8 28

TOTAL 200