Você está na página 1de 1

“...

e como dos ídolos vos convertestes a Deus,


para servi ao Deus vivo e verdadeiro”

Ao lermos a primeira carta de Paulo aos tessalonicenses alguns fatos nos saltam aos olhos, pois
parece impossível não elaborarmos comparações com nossas vidas.

Conforme colocado na última aula podemos fazer algumas divisões no estudo desta carta.
1 – Saudação ( I Tessalonicenses 1)

Paulo, com modéstia, inclui em sua saudação inicial o nome de seus companheiros, talvez com a
intenção de mostrar que ele, Paulo, não era o único a realizar a obra, evitando assim, que os convertidas
de Tessalônica criassem uma certa dependência de sua vida.

2 – A Qualidade dos crentes em Tessalônica ( I Tes. 1- 2 – 10).

É visível que aqueles novos convertidos adquiriram qualidades muito importantes para a vida
espiritual e tomaram uma posição firme diante de Deus e de todas as adversidades do mundo da época.
Eles cresceram, tiveram sua fé fortalecida e se tornaram imitadores de Paulo, em meio a
grandes tribulações (I Tes. 1.6; 2.14; 3.2-4). Podemos ver que Paulo foi o exemplo em I Tes. 2.1-2.
Tiveram uma conversão tão genuína em impressionante que rapidamente tornaram-se exemplo
para outras igrejas (I Tes. 1.7) e esta fé tornou-se conhecido em muitos lugares!! (I Tes. 1.7-10). A igreja
de tessalônica realmente assumiu uma posição de fé em Deus que nos impressiona e deve nos motivar a
buscar esta mesma entrega e submissão ao Deus altíssimo!!. Esta entrega também levou a igreja em
tessalônica a viver na prática o amor cristão (I Tes. 3.6) É importante lembrarmos que devemos sempre
buscarmos em Deus o aumento deste amor em nosso meio, conforme Paulo orienta aos novos crentes da
Macedônia (I Tes. 3.12; 5.8, 13).
Sem dúvida um dos pontos que levaram esta nova igreja a ter esta atitude foi a fé e esperança
depositados na volta de Jesus (I Tes. 1.3). Com certeza esta esperança fez com que estes irmãos
suportassem qualquer tipo de perseguição.
Outro fator muito importante para esta postura da igreja ( e até mesmo para o grande número de
convertidos) está em I Tes 1.5. Hoje em dia temos ouvido e estudo sobre várias técnicas, planos para que
possamos realizar um evangelismo de impacto, de resultados. É claro que muitas destas técnicas e
planejamento são extremamente úteis, mas o que realmente faz a diferença é mostrarmos este evangelho
com “...com poder, e no Espírito Santo, e em muita certeza,...” . Como já dissemos anteriormente, Paulo
pregou o evangelho em Tessalônica e mostrou na prática como viver este evangelho! Os novos crentes
viram e decidiram aplicar em suas vidas este mesmo exemplo! Não desanimaram nem mesmo quando
Paulo precisou deixar a cidade às pressas. Eles já não dependiam mais de Paulo, eles sabiam que
dependiam era do Deus vivo! Aleluia! Como receberam o evangelho com poder, eles se converteram
genuinamente e com alegria, mesmo na tribulação (I Tes 1.6), e demonstraram um fé que serve de
exemplo ( I Tes. 1.7-10), e tinham uma grande esperança, a vinda de Jesus (I Tes. 1.10).

Conclusão

A mensagem da aula de hoje revela que a Igreja do Senhor, quando fundamentada nos santos e
verdadeiros ensinos da Palavra de Deus, mesmo diante de grandes tribulações, permanece firme,
esperando a sua vinda!

Sugestão de leitura para esta semana:


Segunda = At. 16.22 (Açoitados por amor a Cristo) - Terça = At. 16.25 (Louvor na prisão)
Quarta = At. 16.26 (Libertos para pregar) Quinta = Jo 15.16 (Produzindo frutos para Deus)
Sexta = I Jo 4.6 (Aquele que conhece a Deus) Sábado = I Pe. 5.2 (Apascentando sem ganância).