Você está na página 1de 4

Mensagem semanal 79 / 2018

Tema: RADIESTESIA CÓSMICA - GEOMETRIA UNIVERSAL


MOVIMENTOS RETILINEOS

Amados Filhos da Luz.


Bem vindos à nova espécie de vida... o Homo Lux, desde de 04.03.2018.

Todos os movimentos da Radiestesia cósmica, em todos os instrumentos


(pêndulo, varinhas, aurímetro, bastão, etc.), são reflexos do Ser de Luz que
somos, ou seja, a mente humana está conectada à mente do Ser de Luz e este
emite as informações que são processadas e transformadas em linguagem
geométrica.

A Radiestesia Cósmica é praticada com a consciência de Ser de Luz do


operador, nesta forma não temos qualquer interferência de outros planos, ou
de interesses pessoais, ou de relacionamentos interpessoais, neutralidade
sábia é a condição de trabalho.

Sempre reforçar que o movimento do instrumento é um reflexo da mensagem


geométrica do Ser de Luz e não ao contrário, ou seja, não é o pêndulo que nos
diz algo e sim nós a ele, e seu movimento deve ser motivo de ampliação de
percepções e da leitura plena da mensagem, decodificamos a geometria da
verdadeira Luz.
Na humanidade encarnada e desencarnada 36% das pessoas consegue ter
percepções para a conexão com o Ser de Luz e quanto mais se aproxima das
elipses em menor numero, frequências, melhor a conexão. Para estes os
movimentos dos instrumentos terão sentido e mensagens a serem
decodificadas.

Movimentos retilíneos dos pêndulos:

Os pêndulos são meros instrumentos de identificação de geometria, não sendo


necessária sua “limpeza” ou preparo. Podem ser confeccionados com qualquer
material, encontrados em pedras, madeiras, metais, resinas ou outros
materiais. Usamos a medida de 25 cm comprimento neste instrumento, ou seja,
dos dedos que seguram até a ponta do pêndulo, isso para eliminar uma
variável nas nossas equações e obtermos resultados semelhantes entre todos
os operadores, sendo estes com 3 elipses, horárias ou anti-horárias, a variação
de resultados entre os operadores será desprezível para nossos atuais
trabalhos. Os pêndulos de cristais são adequados a observar a aplicação em
casos com intenso fluxo negativo, poderão sofrer danos com trinas e
rachaduras a ponto de se desfazerem em pedaços.

. Perpendicular ao operador – significa entre outras coisas: equilíbrio, pesquisa


completada das frequências em estudos, limite de ação do operador, cenário
de interstício de uma pessoa desencarnada, e mais do que tudo perceber a
mensagem refletida em um simples movimento.

. Paralelo ao operador – conexão com o inconsciente coletivo, ou seja, com as


mentes humanas, logo, propiciando o uso da telepatia. Como a telepatia é uma
troca de mensagem mental, podemos buscar informações de qualquer ordem
nas mentes humanas, a telepatia é aplicada a pessoas com 12, 10 e 8 elipses.
Pessoas com 3 elipses horárias ou anti-horárias, esse movimento é o contato
com a Egrégora, ou seja, conexão entre os Seres de Luz Despertos,
encarnados ou desencarnados, nos leva a ter contato com o todo da
humanidade e do planeta, todos conhecimentos registrados desde sempre. No
futuro haverá a conexão com o cosmos, ampliando os conhecimentos da
humanidade.

. Ângulo de 45 graus à esquerda – nos remete a estar em outros planos físicos


e mentais, nos transportando em essência para outros cenários deste plano
humano. Podemos estar em diversos pontos do planeta simultaneamente.
Acompanhar alguém doente ou com outras necessidades distantes de nossa
existência local. Estabelecer uma linha de contato para aprendizados. Avaliar
física e mentalmente pessoas, bem como os animais, os vegetais e os
minerais. Literalmente podemos realizar um “scanner” físico e perceber os
impactos de doenças ou patógenos.

. Ângulo de 45 graus à direita – nos remete ao plano espiritual ou ao de Luz.


Propiciando o contato com espíritos no interstício, no plano espiritual e com
Seres no plano de Luz. Este movimento também traduz a migração para o
plano onde se encontram os Seres em trevas, diga-se é o mesmo plano do
interstício, porém em condições adaptadas àqueles Seres.

Movimentos retilíneos das varinhas:

As varinhas são confeccionadas em forma de L, sendo a parte maior com cerca


de 40 cm e a menor com cerca de 10 cm, sendo que estas medidas não são
exatas, devem ser confortáveis nas mãos do operador. Confeccionadas com
qualquer material, sendo as metálicas mais firmes e propiciando um manuseio
melhor. Poderá ser usado um cano de suporte na haste menor da varinha para
segura-la, sem prejuízo aos trabalhos, porém sugerimos o uso sem tais
complementos, habilitando o operador ao uso de qualquer instrumento, até os
rudimentares com materiais obtidos em qualquer lugar.

. Duas varinhas – quando elas se abrem e formam uma reta entre si


observamos que as mesmas estão identificando a direção do fluxo em
pesquisa, podendo ser qualquer elemento, basta fazer a pergunta perfeita.
Podendo encontrar: água subterrânea, canos de usos gerais, basta mencionar
o elemento que ele transporta, tipo: água, esgotos, gases, produtos químicos,
etc. Encontrará a aura de uma pessoa, ou os limites de qualquer elemento de
pesquisas, tipo: áreas contaminadas, áreas com metais diferentes, etc..

. Uma varinha – esta indicará o sentido do fluxo em pesquisa, ou o caminho a


seguir quando buscamos algo, incluindo um vazamento de água na edificação
ou em tubos enterrados, nestes casos usamos a varinha para identificar o local
do vazamento e o pêndulo para a localização fina. Quando usada uma varinha
na cabeça humana se observa que o sentido de fluxo da entrada das
comunicações se dará na terceira visão e a saída na base do cérebro. Para
identificar o sentido do fluxo observe que será da ponta da haste maior para a
mão que segura a varinha. Para identificar o local ou objeto procurada ela o
indicará com a haste maior, sua ponta dirigindo a pesquisa.

Estes movimentos que lhes coloco são poucos frente a infinitas informações
que podem obter em suas pesquisas, desde que aberto a perceber sem
preconceitos ou julgamentos, copo vazio. Qualquer movimento de instrumentos
contém em si infinitas informações, basta se abrir a perceber, para isso é
necessário muito exercício e perseverança, tudo com muita disciplina.

Poderemos obter resultados semelhantes a estes com outros instrumentos, por


exemplo, o aurímetro que nos limita e poucos usos, ou o bastão que dará uma
percepção boa, porém inadequado para os iniciantes.

Como Ser de Luz vos envio nossas saudações de Luz, de Paz e de Harmonia
e sabedoria para seus estudos e praticas no seu dia a dia.

ASH

Ash/Sergio Hornink
22.05.2018
Nos reconhecemos como Luz, eu os reconheço como Luz, somos Seres de
Luz Divina, a verdadeira Luz.

Nós acolhemos e nos saudamos através da Luz, da Paz e da Harmonia.


A Luz – aquele que nós somos, a Paz – o nosso interior, e a Harmonia –
aquela que exteriorizamos.

ORDEM/ARTE SHITALL – PRINCIPIO N.º 9

Compadecer com a dor do outro com simplicidade e


serenidade, a bem do todo Uno;

Você também pode gostar