Você está na página 1de 7

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA

CURSO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA

RELATÓRIO DE ESTÁGIO

Local, data .

Nome do Aluno: Cássio Vinícius do Nascimento Santos


Introdução

Este projeto de pesquisa científica e tecnológica tem como atividades


principais, desenvolvimento de um sistema conversor serial paralelo baseado
em FPGA (Field Programmable Gate Array) para ser utilizado em um sistema
de aquisição de dados de telemetria. Com este trabalho pretende-se
desenvolver uma plataforma que permita a utilização de sistemas já adquiridos
pelo IAE que não possuem interface serial, apenas paralela. Este trabalho,
portanto permite a capacitação de pessoas para trabalhar na área aeroespacial
e também possibilita economia de gastos, pois o sistema disponível não
precisará ser descartado para a compra de um novo.

Descrição conceitual
Utilizou-se de um circuito baseado em FPGA desenvolvido pelo IAE com
conexões seriais RS-232 e uma conexão paralela. O circuito foi alimentado
através de uma fonte de 28 V. Sua programação é feita através de um
computador e um cabo usb blaster. O hardware utilizado pode ser visto nas
figuras 1 e 2.

Figura 1: Vista superior placa FPGA


Figura 2: Vista frontal placa FPGA
Programação

Desenvolveu-se no programa Quartus todos os componentes responsáveis


pelo funcionamento do sistema através da linguagem Verilog. Foram
desenvolvidos os módulos de transmissão e recepção serial, através do
protocolo Avalon da Altera, além da lógica de conversão serial em paralelo.
Na figura a seguir é possível ver a estrutura básica do sistema.

Figura 3: Desenvolvimento do programa no Quartus


O conhecimento mais importante no desenvolvimento desse programa foi a
utilização da interface Avalon da Altera, que pode ser usado com os protocolos
SPI, Serial e I2C.
O Avalon é construído através do programa Qsys, que é uma ferramenta
auxiliar do Quartus.A estrutura montada pode ser vista a seguir:

Figura 4: Estrutura do Avalon em Qsys


RS232 Avalon
O Avalon possui registradores responsáveis pelo seu funcionamento que
permitem uma transmissão serial de forma simplificada.

Quando o Avalon recebe uma informação serial, a leitura do registrador data


permite obter a informação, já a transmissão serial é feita através da escrita
nesse mesmo registrador.
O registrador control permite a configuração das interrupções do FPGA e para
o projeto não foi utilizado.
A definição do comprimento da informação (8 bits), número de bits de parada
(1 bit) e paridade (nenhuma), foram definidos através do programa Qsys e não
podem ser modificados após a programação do dispositivo. Já a taxa de
transmissão pode ser configurada através de um registrador que controla a
taxa mesmo que o programa esteja em execução. Para isso basta escrever no
registrador o divisor específico para a taxa desejada dado pela fórmula a
seguir:
Testes
O circuito foi testado inicialmente através da transmissão de serial de um
contador que pode ser acompanhada no monitor para verificar o seu correto
funcionamento, conforme Figura 5. Pode-se perceber a correta transmissão de
forma serial e sua conversão em paralelo que é mostrada na primeira linha da
figura.

Figura 5: Resultado da simulação de transmissão

O teste de utilização real foi feito no laboratório do IAE, utilizando os


equipamentos disponíveis, simulando o voo real de um foguete.
Na figura 6 é possível ver o dado serial sendo transmitido. Essa informação é
passada para o FPGA, que converte em uma saída paralela, insere um
contador na informação, que é necessário para o correto funcionamento do
sistema, e envia para o receptor.

Figura 6: Transmissor serial


Na figura 7 é possível ver o contador inserido pelo FPGA que forma uma onda
dente de serra e na figura 8 observa-se corretamente o sinal transmitido, que
representa um contador, onde cada número se repete cinco vezes.

Figura 7: Resultado dos testes de transmissão

Figura 8: Informação recebida


FUNCIONAMENTO DO DISPOSITIVO

COMENTÁRIOS E CONCLUSÕES

Através do estágio foi possível conhecer melhor o IAE e os trabalhos


desenvolvidos na AEL – Divisão de Eletrônica, onde foi realizado o estágio. A
partir do desenvolvimento do projeto foi possível obter conhecimento na área
de telemetria e aprofundar o conhecimento de programação em FPGA na área
aeroespacial.

Você também pode gostar