Você está na página 1de 5

Momento de oração penitencial

Núcleo de Jovens – Movimento de Cursilhos de Cristandade


Ged de Taubaté, SP.
08/03/2020

Música (Canção do Publicano)

Eu estou aqui pra Te perguntar Tem misericórdia de mim


O que o meu coração precisa saber Eu não passo de um pecador
As palavras são difíceis de sair Tem misericórdia de mim
Mas eu vou tentar Eu confio no teu grande e doce amor, sim
Tem misericórdia de mim
Eu não posso mais viver assim Porque eu não passo de um pecador
Há um grito preso dentro de mim Tem misericórdia de mim
Um desespero em minh'alma que indaga
E o mal que eu não quero, esse eu faço
Jesus, você ainda pode me amar? E o pecado está sempre em minha porta
Será que ainda pode me usar? Pecar é o que eu faço de melhor
Será que ainda pode me amar? Mas eu não quero mais ser assim
Você pode habitar num coração Então clamo do fundo do abismo
Tão duro e frio como o meu? Da minha existência
Será que ainda pode olhar Jesus me ajuda
Através dos meus olhos
Que tantas vezes se desviaram? E tem misericórdia de mim
Tem misericórdia de mim
Será que ainda pode falar Tem misericórdia de mim
Através dos meus lábios mentirosos?
Será que ainda pode tocar Jesus, você ainda pode me amar?
Com essas minhas mãos que já fizeram tanto Será que ainda pode me usar?
mal Será que ainda pode me amar?
Tem misericórdia de mim

Animador 1 – Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.


A graça, a misericórdia e a paz de Deus Pai e de Jesus Cristo, nosso libertador, estejam conosco.
Todos: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

Animador 1: Queridos jovens, adentramos ao coração de Jesus e já podemos sentir sua presença , o
Deus Vivo e Ressuscitado, que deu a Sua vida na cruz por causa dos nossos pecados. Aproveitemos
este momento para pedir-lhe perdão por nossas faltas.
Façamos um exame de consciência e reflitamos como está nosso relacionamento com Deus; nosso
relacionamento com os outros e o nosso relacionamento conosco mesmo.

(Pausa de minutos para a reflexão).

Animador 2:

-Como está o meu relacionamneto com Deus? Tenho realmente procurado me relacionar com Ele ao
fazer minhas orações diárias?
- Tenho procurado mais a Deus para agradecer ou só para pedir em meu favor os meus interesses , e
muitas vezes interesses egoístas?
- Como está minha caminhada enquanto Cursilhista? Tenho dado bons testemunhos no meu 4ºDia?
Quando estou inserido nos ambientes, tenho realizado o Carisma que o MCC no convida a fazer, a
evangelização?
-Tenho feito com amor ou faço por obrigações as ações que nosso Núcleo de Jovens vem promove?
- A minha espiritualidade (as adorações na Sacramentina, os terços em família, os momentos de
partilha...) está como prioridade ou venho me preocupando com outras coisas e me esquecendo de ser
um cristão de verdade?
- E com os outros irmãos? Tenho criado paciência nos momentos de indiferenças ou sempre agrido
com minhas palavras o meu próximo não criando uma verdaderia empatia?
- Tenho dado respeito ao meu irmão como ele merece?
- E comigo? Tenho respeitado a si mesmo? Tenho me preocupado com a minha imagem? Venho me
corrigindo deixando Deus falar mais em mim do que o meu ego? Tenho procurado fazer minhas
confissões? Quanto tempo você não se confessa? Quando vai à missa, tem procurado Comungar? Se
não, o que vem sendo maior que a Misericórdia de Deus para não procurar a Eucaristia?

Música (Como a ovelha perdida):

Como a ovelha perdida, pelo pecado ferida


Eu te suplico perdão, ó bom pastor

Kyrie eleison, Kyrie eleison, Kyrie eleison

Como o ladrão perdoado, encontro o paraíso ao teu lado


Lembra-te de mim, pecador por tua cruz

Christe eleison, Christe eleison, Christe eleison

Como a pecadora caída, derramo aos teus pés minha vida


Vê as lagrimas do meu coração e salva-me!

Kyrie eleison, Kyrie eleison, Kyrie eleison

(Vela)

Animador 3: Jesus um certo dia nos falou: “Vós sois luz do mundo [...] Assim também brilhe sua luz
diante das pessoas , para que vejam suas boas obras e louvem o vosso Pai que está nos céus.” (Mt.
5,14). Como ser luz, ficando escondido como Adão e Eva, envergonhados em nossos pecados?
Na Páscoa o Círio Pascal é Jesus Ressuscitado, luz do mundo. É Ele que brilhou na escuridão do
mundo. Se por Adão, a morte veio pela desobediência, por Jesus a salvação veio pela Misericórdia de
Deus.
Eu e você precisamos sempre pedir a Jesus essa Luz, para que nós também sejamos luz nos ambientes
que estivérmos.
Nesse momento, vamos pedir a Ele que venha reacender nossa vida.
Só a luz é capaz de nos permitir ver Jesus, ver a sua entrega verdadeira na cruz. Deixemos que toda a
escuridão do nosso coração seje habitada pelos sentimentos de amor, bondade, serviço, solidariedade,
domínio de si, bom exemplo, gratuidade, ...

Música (Ó luz do Senhor...) :


Ó luz do senhor,
que vem sobre a terra,
inunda meu ser,
permanece em nós
(Jarra com água)

Animador 4 : Jesus na Quinta- feira Santa ,estando sozinho com os seus amigos, quis lavar os pés
como sinal de igualdade. Assim nos canta a canção. O Lava pés retrata a tamanha grandeza do servir
aos necessitados. O verdaderio servir nasce da experiência do amor que um dia fizemos. E é por isso
que não podemos fazer as boas obras somente nesse períordo quaresmal. Constantemente, em nosso
coração, devemso ter essa espiritualidade que a Qauresma nos oriena a ter : a de silenciar-se ,olhar para
dentro de si e ajeitar o coração para aquele que um dia venceu a Morte; e , vitorioso pela Ressureição,
nos motiva a fazer a experiência do servir sempre e com amor.
Lembremos agora, de tantos irmãos, a começar dos irmãos Cursilhsia daqui do meio de nós, que
precisam ser servidos, não por capricho, mas por estarem precisando de nós. Não sejamos ignorantes de
querer fazer as obras nos mais diversos ambientes se, hoje, não fazemos aqui no meio de nós.

Música:

O amor nasceu em meio ao frio de uma noite Simplesmente amar


Sem um lugar para ficar, desaconchego sim O amor cresceu em meio a nós e ao homem se
Palhas para deitar e ao seu redor os animais igualou
que ali moravam Não procurou seus interesses, não
Mesmo sendo Rei, pobre se fez, só por amor Do próximo quis lavar os pés como sinal de
Simplesmente amar igualdade
É o que importa para quem quiser servir Na cruz se entregou e perdoou só por amor
Simplesmente amar Simplesmente amar
É a condição maior suprema do servir É o que importa para quem quiser servir…
Eis a verdadeira vocação

Animador 5:

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus


(M t 25, 31-46)

Naquele tempo, disse Jesus aos seus dissípulos


«Quando o Filho do homem vier na sua glória com todos os seus Anjos,
sentar-Se-á no seu trono glorioso.
Todas as nações se reunirão na sua presença e Ele separará uns dos outros,
como o pastor separa as ovelhas dos cabritos;
e colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda. Então o Rei dirá aos que estiverem à sua
direita:
‘Vinde, benditos de meu Pai; recebei como herança o reino
que vos está preparado desde a criação do mundo. Porque tive fome e destes-Me de comer;
tive sede e destes-Me de beber; era peregrino e Me recolhestes; não tinha roupa e Me vestistes; estive
doente e viestes visitar-Me; estava na prisão e fostes ver-Me’. Então os justos Lhe dirão:
‘Senhor, quando é que Te vimos com fome e Te demos de comer,
ou com sede e Te demos de beber?
Quando é que Te vimos peregrino e Te recolhemos, ou sem roupa e Te vestimos?
Quando é que Te vimos doente ou na prisão e Te fomos ver?’.
E o Rei lhes responderá:
‘Em verdade vos digo: Quantas vezes o fizestes a um dos meus irmãos mais pequeninos,
a Mim o fizestes’.
Dirá então aos que estiverem à sua esquerda:
‘Afastai-vos de Mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o demónio e os seus anjos.
Porque tive fome e não Me destes de comer; tive sede e não Me destes de beber;
era peregrino e não Me recolhestes; estive sem roupa e não Me vestistes;
estive doente e na prisão e não Me fostes visitar’. Então também eles Lhe hão-de perguntar:
‘Senhor, quando é que Te vimos com fome ou com sede, peregrino ou sem roupa, doente ou na prisão,
e não Te prestámos assistência?’ E Ele lhes responderá:
‘Em verdade vos digo: Quantas vezes o deixastes de fazer a um dos meus irmãos mais pequeninos,
também a Mim o deixastes de fazer’.
Estes irão para o suplício eterno e os justos para a vida eterna».
Palavra da salvação.

(Momento de Reflexão)

(Preces Espontâneas ou pode ser feita essas )

Os jovens são o futuro, mas, sobretudo, já são o presente da Igreja. Como batizados evangelizam,
testemunham Jesus, comprometendo-se com Ele como discípulos e missionários. Para que a juventude
encontre na Palavra de Deus força e fortaleza para prosseguir a sua caminhada de fé, façamos nossas
preces.

Todos: Senhor, atentei a nossa prece!

1. Pela força do Cristo Crucificado e Ressuscitado rogamos que a nossa juventude construa
relacionamentos de amizade saudáveis e autênticos. Rezemos:

2. Pelo poder de Cristo Redentor da humanidade rogamos que a nossa juventude encontre a sua
verdadeira vocação. Rezemos:

3. Pelo testemunho de amor de Nosso Senhor Jesus Cristo rogamos que nossa juventude seja
plenamente amada pelos seus familiares e sinta-se acolhida no seio da Igreja. Rezemos:

4. Pelo testemunho de fé das gerações formadoras rogamos que nossa juventude busque crescer em
sabedoria e graça diante de Deus e dos homens. Rezemos:

5. Para que nunca nos esqueçamos da vossa incansável misericórdia, que sempre nos aceita e nos
perdoa. Rezemos.

Animador: Façamos agora um profundo silêncio, para que na fecundidade deste relacionamento íntimo
com Deus possamos dar a Ele o que somente a Ele devemos dar: a nossa adoração. “Adoremos somente
ao Senhor nosso Deus, com todo o nosso coração, com todas as nossas forças”.

(Silêncio)