Você está na página 1de 2

Ficha de trabalho − Geografia A 10.

º ano
A especificidade do clima de Portugal | Estação seca estival

1. A figura 1 representa uma situação meteorológica característica do verão em Portugal.

1.1. Defina isóbara.

1.2. Identifique o tipo de centro barométrico


que influencia o estado de tempo em
Portugal, representado na figura com a
letra X.
1.3. Na carta sinóptica da figura 1:

a) Substitua o X por uma letra: _________

b) Atribua o valor de pressão da isóbara


assinalada com o número 1: _________
Fig. 1

1.4. Refira como variam os valores de pressão atmosférica no centro barométrico X.

1.5. Descreva e elabore um esquema com a circulação do ar no centro barométrico X.

1.6. O estado do tempo em Portugal sentido em determinado dia de agosto, representado na figura 1, ter-se-á
caracterizado por
A. Céu limpo, vento fraco e seco e temperatura elevada.
B. Precipitação intensa e descida da temperatura.
C. Céu muito nublado, aguaceiros e aumento da temperatura.
D. Céu nublado, vento moderado e húmido e descida da temperatura.

1.7. Justifique o estado de tempo selecionado na questão anterior.

1.8. Selecione a massa de ar que influencia as condições meteorológicas de Portugal Continental, na figura 1, e
as respetivas características:
Massa de ar Características da massa de ar
A. Polar continental 1. Elevadas temperaturas, baixo conteúdo de
humidade.
B. Polar marítima 2. Baixas temperaturas que aumentam com o
movimento, humidade muito alta.
C. Tropical marítima 3. Temperaturas moderadamente altas, humidade
elevada.
D. Tropical continental 4. Baixas temperaturas e baixa humidade.

2. Observe a figura 2, que representa a situação meteorológica do dia 22 de julho de 2011, a carta sinóptica da
figura 3 e leia, com atenção, o excerto da entrevista ao meteorologista.
«A nortada é um fenómeno que
normalmente se intensifica durante o
período da tarde, resultando da
combinação de um anticiclone na
região dos Açores e de uma
depressão de origem térmica na
Península Ibérica», explica Nuno
Moreira, do Instituto Nacional de
Meteorologia. «Estes dois centros de
ação dão origem a uma corrente de
quadrante norte, que será mais ou
menos intensa dependendo de dois
fatores: da posição relativa dos
centros de ação, ou seja, da região
anticiclónica no Atlântico face à
região depressionária no meio da
península; e da intensidade desses
centros de ação», desenvolve.

http://www.surfportugal.pt/noticias-surf-
portugal/ambiente/297-descodificando-a-
nortada

Fig. 2 e Fig. 3

2.1. Atendendo à figura 2, identifique o tipo de centro barométrico que influencia o estado de tempo em
Portugal Continental, do dia 22 de julho de 2011.
2.2. Explique a formação de uma depressão de origem térmica.
2.3. Refira o tipo de chuvas que pode ocorrer em resultado da formação de uma depressão de origem térmica.
2.4. Mencione o nome dos ventos existentes no litoral ocidental, geralmente da parte da tarde, durante um dia
típico do verão português.

2.5. Explique a formação desses ventos.

Você também pode gostar