Você está na página 1de 26

(INCLUIR LOGO DA ESCOLA)

PLANO DE DESENVOLVIMENTO INDIVIDUAL – PDI

I. DADOS INSTITUCIONAIS

1. Datada elaboração: / /
2. SRE: Nova Era
3. Nome daescola E.E. Coronel Francisco Rolla
4. Código:
5. Endereço: Rua Getúlio Vargas – 126 – Centro
6. Etapas da Educação Básica oferecidas pela escola: (x) EF anos iniciais (x) EF anos finais ( ) EnsinoMédio
7. A Escola possui acessibilidade física: ( ) Sim (x) Não
8. Possui Sala de recursos: (x) Sim ( ) Não – Escola encaminhada:
9. Diretor(a) :Luciana
10. ViceDiretor(a): Simone
11. Responsáveis pela elaboração PDI: (cargo, nome eMASP)

CARGO NOME MASP


Especialista Renata
Professor de Apoio (quando houver) Lúcio Flávio Miranda
Guia Intérprete (quando houver)
TILS (quando houver)
Professor de Sala de Recursos (quando houver)
Regente(s) de turma/aula
História Márcia
Geografia Gisele Almeida
Matemática Marilac
Português Katiúscia
Ciências Gleidismara
Inglês Irani
Ensino Religioso Kátia
Educação Física

II. DADOS DO(A) ESTUDANTE


1. Nome: Wesley dos Santos Fernades
2. Datadenascimento: 12/06/2008 Idade: 12 anos
3. Responsável pelo estudante/parentesco: Maria Aparecida Brás (mãe)
4. Ano de escolaridade: 7º
5. Deficiência informada: Transtorno Específico do Desenvolvimento das Habilidades Escolares (CID F81)
F.90.0 – Distúrbio da Atividade e da Atenção
6. É acompanhado por um profissional fora da escola? Qual especialidade? Sim – Médico Neurologista
7. Faz uso contínuo de medicamento? Para quê? Causa efeitos colaterais? Quais?
Sim, Ritalina e Risperidona, para controle da sua agitação intensa.Sim, sonolência

8. Possui alguma necessidade específica: Não


9. Tipo deatendimento:
( )GuiaIntérprete ( ) Professor deLIBRAS
( ) IntérpretedeLIBRAS ( ) Sala de Recursos
( ) Professor deACLTA
( x )Outro.Qual? Professor de Apoio

10. Utiliza recurso de Acessibilidade? Descreva: Não


11. Como gosta de sedivertir? Assistindo TV

III. CONSIDERAÇÕES DA FAMILIA:

__

IV. HISTÓRICO DE ESCOLARIZAÇÃO


1. Com que idade o aluno começou a frequentar a escola? 3 anos
2. Onde e como foi o percurso escolar? Começou sua trajetória escolar no C.E.I Efigênia Lopes Viera no 1º periodo da
educação infaltil ao 5º ano dos anos iniciais do ensino fundamental. Desde o 6º ano, encontra-se matriculado na
Escola Estadual Fracisco Rolla.

3. Frequenta saladerecursos? Não Qual a frequência do atendimento(dia/horas)?


4. Frequenta Educação Integral? Não

V. LIMITES E AGRESSIVIDADE

( )Apresenta Auto-agressividade ( ) Apresentaindisciplina


( x )Apresenta Heteroagressividade ( ) Apresenta desobediência às regras e/ou combinados
( ) Apresenta apatia

Obs.: Enquanto o aluno não estiver sob efeito do medicamento, precisa ser observado, caso contrário corre-se o risco
da heteroagressividade.
VI. ASPECTOS PSICOMTORES OBSERVADOS:

APRESENTA NÃO NÃO


ASPECTOS PSICOMOTORES APRESENTA
COM AJUDA APRESENTA OBSERVADO

Esquema corporal – Conhece as partes e funções do corpo? Nomeia as partes do corpo?


X
Consciência corporal –Sabe do uso específico de cada membro do corpo para a realização de
atividades,mesmonoscasosemquehajalimitaçõesdemovimento.Ex.:escrevecomadaptação X
utilizandoospés,mastemconhecimentoqueomembrocomumenteutilizadoparaestaatividade
é a mão.
Expressão corporal – Realizar gestos expressivos (susto, grito, tristeza, raiva)?
X
Imagem corporal - Relação do próprio corpo com o espaço e as pessoas. Ex.: olhar no espelho e
perceber o contorno do corpo. X

Tônus Hipertônico – Apresenta rigidez muscular elevada?


X
Tônus Hipotônico - Apresenta flacidez muscular elevada?
X
Coordenação motora ampla – Controla os movimentos amplos do corpo? Ex.: correr, andar, rolar,
pular, engatinhar, agachar. X
Coordenação motora fina – Controla os pequenos músculos para exercícios refinados? Ex.:
recortar, colar, encaixar, pintar, pentear, jogar bola. X
Equilíbrio dinâmico – Ex.: andar na ponta dos pés, correr com copo cheio de água na mão, andar
de joelhos. X
Equilíbrio estático – Sustenta-se em diferentes situações? Ex.: ficar em pé parado com os olhos
fechados, ficar em pé sobre um pé, ficar de cócoras. X
Lateralidade – Tem capacidade motora de percepção integrada dos dois lados do corpo (direito
e esquerdo)? X
Percepção gustativa – Tem a capacidade de distinguir sabores? Ex.: reconhecer alimentos pelo
gosto, distingue e expressa do que determinado alimento é feito. X
Percepção olfativa – Tem a capacidade de distinguir odores? Ex.: discriminação de duas frutas
ou mais, identificar odores agradáveis e desagradáveis. X
Percepção tátil – Sente as variações de pressão, temperatura, noções de peso, sem a ajuda da
visão? Ex.: reconhecer diferentes texturas, identificar formas. X
Percepção visual – Identifica formas geométricas, junta objetos iguais, compara objetos, monta X
cenas, diz o que falta em desenhos, realiza sequencias?
X
Postura – Posição ou atitude do corpo ligada ao movimento. Ex.: sentar, deitar, ficar de pé.
VII. ASPECTOS PEDAGÓGICOS/COGNITIVOS OBSERVADOS:

APRESENTA NÃO NÃO


ASPECTOS PEDAGÓGICOS/COGNITIVOS APRESENTA
COM AJUDA APRESENTA OBSERVADO
Memória de Curto Prazo – lembra-se de acontecimentos cotidianos ocorridos num período de
até 6 horas? X
Memória de Longo Prazo – lembra-se de fatos ocorridos ao longo da vida e os utiliza no
cotidiano? Ex.: reconhecer letras e números, pessoas. X
Memória Auditiva – memoriza o que escuta?
X
Memória Visual – memoriza o que vê?
X
Percepção Auditiva – escuta e interpreta os estímulos sonoros?
X
Percepção Corporal – tem consciência do próprio corpo?
X
Percepção Espacial – compreende as dimensões do entorno e dos objetos?
X
Percepção Tátil – reconhece formas, texturas, tamanhos pelo tato?
X
Percepção Temporal – Tem a capacidade de situar-se em função da sucessão dos
acontecimentos? Ex.: ontem, hoje, amanhã, antes, durante, após, hora, semana, mês. X
Percepção Visual - enxerga e interpreta os estímulos visuais (claro, escuro, cores, formas,
objetos)? X
Atenção Alerta – responde imediatamente a um estímulo apresentado?
X
Atenção Alternada – realiza atividade proposta e conversa ao mesmo tempo?
X
Atenção Seletiva – concentra-se em uma atividade ignorando os demais estímulos?
X
Atenção Sustentada – concentra-se por um longo período de tempo na atividade proposta?
X
Raciocínio Lógico Abdutivo – busca novas ideias e conhecimentos que possam validar uma
conclusão? Ex.: Pela manhã observo o telhado e ele está molhado. Logo, a noite deve ter X
chovido.
Raciocínio Lógico Dedutivo – parte de um fato geral para um particular, concluindo-o? Ex.:
Todasasmaçãsdaquelacaixasãoverdes.Essasmaçãssãodaquelacaixa.Logo,essasmaçãs X
são verdes.
Raciocínio Lógico Intuitivo – parte de um fato específico para o geral, concluindo-o? A
conclusão nem sempre será verdadeira. Ex.: Klaus é alemão de olhos azuis, Peter é alemão X
de olhos azuis, Tom é alemão de olhos azuis, Joseph é alemão de olhos azuis. Logo todo
alemão tem olhos azuis.
APRESENTA NÃO NÃO
ASPECTOS PEDAGÓGICOS/COGNITIVOS APRESENTA
COM AJUDA APRESENTA OBSERVADO
Pensamento Analítico – separa o todo em partes com as mesmas características? Ex.: Em X
uma caixa de brinquedos separa bolas, bonecas e carrinhos.
Pensamento Criativo – baseado em seus conhecimentos cria ou modifica algo existente?
X
Pensamento Crítico – examina, analisa ou avalia?
X
Pensamento de Síntese – sintetiza, resume histórias ou fatos em poucas palavras?
X
Pensamento Questionador – propõe perguntas e busca respondê-las?
X
Pensamento Sistêmico – considera vários elementos e os relaciona? Ex.: Separa o material
escolar do material de higiene pessoal. X
Compreende Ordens Simples? Ex.: Sentar, levantar, sair, entrar.
X
Compreende Ordens Complexas? Ex.: Transmitir um recado à alguém. X

Relata situações vividas por ele?


X

Nos itens VI e VII, caso o estudante apresente 50% ou mais de marcações “ Não Apresenta” e “Não Observado” descreva as habilidades que ele demonstra:
VIII. COMUNICAÇÃO E LINGUAGEM
1. Apresenta intençãocomunicativa:
( x )Sim ( )Não

2. Utiliza a comunicação:
(x) para fazercomentários (x) para obter atenção
( (x) para (x) realizar escolhas
fazersolicitações ( ) realizar pequenas narrativas
(x) para necessidades básicas

3. Recursos utilizados pelo estudante para Comunicação SuplementarAlternativa:


( ) Alfabeto Móvel (x) Não Faz uso de nenhum recurso suplementar
( ) AltaTecnologia para a comunicação
( ) Baixa Tecnologia ( ) Pictograma
( ) Figuras Avulsas ( ) Prancha de Comunicação
( )Fotos ( ) PranchaTemática
( ) Numerais

4. Expressa-se por/como/com:
( ) Gestos caseiros ( ) Gagueira
( ) Língua de Sinais Brasileira - Libras ( ) Lentidão na fala
(x) Palavras (x) Nomeia objetos
( ) Sons
( ) Omite fonemas
( ) Demonstra timidez ao se expressar
( ) Troca fonemas
(x) Descreve gravuras
( ) Distorce fonemas
( ) Ecolalia
( ) Conversa espontaneamente
(x) Expressa-se com clareza
( ) Reconta histórias
( ) Expressa-se muito rápido
( ) Repete a fala dos adultos
( ) Expressa-se pelo som final das palavras
( ) Demonstra entender o que é proposto
( ) Frases completas
( ) Tom de voz baixo
(x) Frases curtas
(x) Tom de voz alto

5. Escrita:
( ) Garatujas (x) Observa e relaciona parte dos nomes
( ) Escrita pré-silábica ( ) Procura formar palavras e tenta ler
( ) Escrita silábica (x) Escreve frases
( ) Escrita silábica-alfabética ( ) Escreve textos
(x) Escrita alfabética (x) Letracursiva
( ) Diferencia desenho da escrita e dos números ( ) Letra impressa
(x) Identifica rótulos (x) Letra legível
( ) Conhece algumas letras (x ) Relaciona letras de vários tipos e tamanhos
(x) Conhece todas as letras ( ) Tenta atribuir um sentido num texto por meio
(x) Identifica letras iguais de pistas
(x) Reconhece a letra inicial do seu nome ( ) Escreve com apoio/adaptação
(x) Reconhece seu nome em frases ( ) Recusa escrever dizendo que não sabe
(x) Reconhece o nome dos pais e colegas
(x) Escreve nome de familiares eamigos

6. Leitura
(x) Lê palavras (x) Leitura fonética (silabada) com dificuldade no
(x) Lê frases entendimento da palavra
( x) Lê textos (x) É capaz de imitar a leitura a partir de um texto
( ) Leitura global (compreensão,inferência, conhecido oralmente (música/parlenda/poesia)
comparação) ( ) Não lê
IX. PLANEJAMENTO BIMENSTRAL

ESTUDANTE:Wesley dos Santos Fernandes TURMA: 7ºano


DISCIPLINA: Ensino Religioso PROFESSOR(A): Kátia Maria
BIMESTRE: (x )1º( )2º ( )3º ( ) 4º
Objetivo geral da disciplina para a turma: investigar a manifestação dos fenômenos religiosos em diferentes culturas e sociedades, enquanto bens simbólicos
resultantes da busca humana por respostas aos enigmas do mundo, da vida e da morte .
Objetivo geral da disciplina para o(a) estudante: entendimento do fenômeno religioso à luz da relação entre culturas e tradições religiosas, a fim de conhecer os
componentes básicos desse objeto de estudo.
Qual o conteúdo será Qual a habilidade a ser Descreva a metodologia de trabalho e os materiais a serem Qual habilidade/aprendizado adquirida
trabalhado na disciplina? construída/desenvolvida? utilizados para que o estudante adquira a habilidade ou pelo(a) estudante no final deste bimestre
aprendizado.
CRENÇAS RELIGIOSAS E - Reconhecer e respeitar as práticas - Caderno do aluno - O aluno adquiriu a percepção do fenômeno religioso,
FILOSOFIAS DE VIDA de comunicação com as divindades isto é, a capacidade, atitude e habilidade de saber ler as
Msíticas e Espiritualidades em distintas manifestações e tradições - data show manifestações do sagrado com respeito e admiração.
religiosas
- quadro/gis
- Identificar práticas de espiritualidade
utilizadas pelas pessoas em - xerox
determinadas situações
(doenças,acidentes,fenômenos - jornais, revistas,
climáticos)
- midias

- computador

- trabalho em grupo

- aula expositiva

- esposição de trabalhos

- leitura dinâmica
*CORREÇÃO DE RUMOS: Os conteúdos trabalhados e não assimilados pelo estudante, deverão ser constantemente avaliados e revistos ao longo do bimestre, de
forma que possam ser apresentadas novas propostas didático-pedagógicas, possibilitando a consolidação da habilidade/aprendizado durante o bimestre. Caso o
aprendizadodoconteúdonãoseconsolideduranteobimestre,deveráserapresentadapropostadeIntervençãoPedagógicaparaauxílionoprocessodeaprendizado
doestudante.

ESTUDANTE:Wesley dos Santos Fernandes TURMA: 7ºano


DISCIPLINA: História PROFESSOR(A): Márcia
BIMESTRE: (x)1º( )2º ( )3º ( ) 4º
Objetivo geral da disciplina para a turma: compreender o gênero humano, nas múltiplas dimensões, contemplando as diversidades, suas vivências e experiências que
perpassam o campo das relações humanas, contribuindo para a construção física, afetiva, cultural, intelectual e social.
Objetivo geral da disciplina para o(a) estudante: Desenvolver a capacidade de reconhecer a si e ao outro como identidades diferentes: que ele possa compreender
eventos no tempo e no espaço, fazendo a devida contextualização e identificar possibilidades de transformação espaciais, sociais, culturais a partir da intervenção dos
seres humanos na natureza e na sociedade em que viveram e vivem.
Qual o conteúdo será Qual a habilidade a ser Descreva a metodologia de trabalho e os materiais a serem Qual habilidade/aprendizado adquirida
trabalhado na disciplina? construída/desenvolvida? utilizados para que o estudante adquira a habilidade ou pelo(a) estudante no final deste bimestre
aprendizado.
LÓGICAS DE ORGANIZAÇÃO - Identificar e analisar diferentes - textos complementares; - O aluno colocou em sequência, no tempo e no espaço,
POLÍTICA formas de contato, adaptação ou acontecimentos históricos e processos de transformação
exclusãoentre populações em - seminários; e manutenção das estruturas sociais, políticas,
- A passagem do mundo antingo diferentes tempos e espaços; econômicas e culturais, bem como criticou os significados
para o mundo medieval. - produção de textos; das lógicas de organização cronológica.
- Descrever as dinânicas de de
- A fragmentação do poder circulação de pessoas, produtos e- data show;
político na Idade Média; culturas no Mediterrâneo e seu
significado. - traballhos em grupo;
- O Mediterrâneo como espaço
de interação entre as sociedades - aula expositiva e dialogada.
da Europa, da África e do Oriente
Médio
LÓGICAS DE ORGANIZAÇÃO - Descrever as dinânicas de circulação - textos complementares;
POLÍTICA de pessoas, produtos e colturas no
Mediterrâneo e seu significado; - seminários;
- O Mediterrâneo como espaço
de interação entre as sociedades - produção de textos;
da Europa, da África e do Oriente
Médio. - data show;

- traballhos em grupo;
TRABALHGO DE FORMAS DE
ORGANIZAÇÃO SOCIAL E - aula expositiva e dialogada.
CULTURAL - Caracterizar e comparar as dinânicas
- Senhores e servos no mundo de abastecimento e as formas de
antigo e no medieval. organização do trabalho e da vida
- Escravidão e trabalho livre em social em diferntes sociedades e
diferentes temporalidades e períodos, com destaque para as
espaços (Roma Antiga, Europa relações de conflito e poder entre
Medieval e África). senhores e servos.

TRABALHGO DE FORMAS DE - Diferenciar escravidão, servidão e - textos complementares;


ORGANIZAÇÃO SOCIAL E trabalho livre no mundo antigo, fazendo
CULTURAL uma analogia com os tiPos de trabalho - seminários;
na sociedade brasileira atual;
- Lógicas comerciais na - produção de textos;
Antiguidade romana e no - Analizar o papel da religião cristão na
munodo medieval; cultura e nos modos de organização - data show;
social no período medieval,
- O papel da religião cristã, dos desconstruindo generalizações - traballhos em grupo;
mosteiros e da cultura na Idade relacionados a esse período.
média - aula expositiva e dialogada.

*CORREÇÃO DE RUMOS: Os conteúdos trabalhados e não assimilados pelo estudante, deverão ser constantemente avaliados e revistos ao longo do bimestre, de
forma que possam ser apresentadas novas propostas didático-pedagógicas, possibilitando a consolidação da habilidade/aprendizado durante o bimestre. Caso o
aprendizadodoconteúdonãoseconsolideduranteobimestre,deveráserapresentadapropostadeIntervençãoPedagógicaparaauxílionoprocessodeaprendizado
doestudante.

ESTUDANTE:Wesley dos Santos Fernandes TURMA: 7ºano


DISCIPLINA: Matemática PROFESSOR(A): Marilac
BIMESTRE: (x)1º( )2º ( )3º ( ) 4º
Objetivo geral da disciplina para a turma: Identificar os conhecimentos matemáticos como meios para compreender e transformar a realidade a sua volta, bem como
estimular o interesse, a curiosidade, o espírito de investigação e o desenvolvimento da capacidade para resolver problemas, tornando o aluno apto para
enfrentar os desafios das séries
Objetivo geral da disciplina para o(a) estudante: obter/ampliar a capacidade de formular, empregar e interpretar a matemática em vários contextos, incluindo o
raciocinar matematicamente e a utilização de conceitos, procedimentos, fatos e ferramentas matemáticas com intuito de descrever, explicar e predizer fenômenos.
Qual o conteúdo será Qual a habilidade a ser Descreva a metodologia de trabalho e os materiais a serem Qual habilidade/aprendizado adquirida
trabalhado na disciplina? construída/desenvolvida? utilizados para que o estudante adquira a habilidade ou pelo(a) estudante no final deste bimestre
aprendizado.
NÚMEROS - Comparar e ordenar números inteiros - Utilizar a aula expositiva para introduzir o assunto; -Construiu significados para os números naturais,
- Números inteiros: usos, história, em diferentes contextos, incluindo o inteiros, racionais e reais reconheceu os diferentes
ordenação, associação com histórico, associá-los a pontos da reta significados e representações dos números e operações;
pontos da reta numérica e numérica e utilizá-los em situações que - Resolução de exercícios do livro didático e exercicios complementares;
operações envolvam adição e subtração; - resolveu situação-problema e avaliou resultados
numéricos,
- Reconhecer a necessidade da- Correção dos exercícios para eliminar as dúvidas;
ampliação do conjunto dos números
naturais por meio de situações
contextualizadas e/ou resolução de- Assistência Individual.
problemas;

- Operar com números inteiros:


adicionar, multiplicar, subtrair, divbidir,
calcular potências e raiz nésima de
números inteiros que são potências de
n.

NÚMEROS - Resolver problemas que envolvam - Utilizar a aula expositiva para introduzir o assunto;
operações com números inteiros.
- Números inteiros: usos, história,
ordenação, associação com- Elaborar problemas que envolvam- Resolução de exercícios do livro didático e exercicios complementares;
pontos da reta numérica eoperações com números inteiros
operações
- Correção dos exercícios para eliminar as dúvidas;
- Múltiplos e divisores de um- Resolver problemas com números
número natural. naturais, envolvendo as noções de
. divisor e de múltiplo, podendo incluir- Assistência Individual.
máximo divisor comum ou mínimo
múltiplo comum, por meio de
estratégias diversas, sem a aplicação
de algoritmos.

-Elaborar problemas com números


naturais, envolvendo as noções de
divisor e de múltiplo, podendo incluir
máximo divisor comum ou mínimo
múltiplo comum, por meio de
estratégias diversas sem a aplição de
algoritmos.
GEOMETRIA - Verificar relações entre os ângulos - Utilizar a aula expositiva para introduzir o assunto; aprendeu as transformações geométricas de polígonos
formados por retas paralelas cortadas no plano cartesiano, identificando as simetrias de
- Relações entre os ângulos por uma transversal, com e sem uso de translação, rotação e reflexão;
formados por retas paralelas softwares de geometria dinâmica. - Resolução de exercícios do livro didático e exercicios complementares;
intersectadas por uma - Reconheceu as propriedades da circunferência,
transversal. - Utilizar termos ângulo, retas paralelas, investigou as relações entre ângulos formados por retas
transversais e perpendiculares para- Correção dos exercícios para eliminar as dúvidas; paralelas e transversais;
descrever situações do mundo físico ou
objetos. - investigou propriedades de triângulos e analisou
- Assistência Individual. ângulos internos e externos de polígonos.

*CORREÇÃO DE RUMOS: Os conteúdos trabalhados e não assimilados pelo estudante, deverão ser constantemente avaliados e revistos ao longo do bimestre, de
forma que possam ser apresentadas novas propostas didático-pedagógicas, possibilitando a consolidação da habilidade/aprendizado durante o bimestre. Caso o
aprendizadodoconteúdonãoseconsolideduranteobimestre,deveráserapresentadapropostadeIntervençãoPedagógicaparaauxílionoprocessodeaprendizado
doestudante.

ESTUDANTE:Wesley dos Santos Fernandes TURMA: 7ºano


DISCIPLINA: Inglês PROFESSOR(A): Irani
BIMESTRE: (x)1º( )2º ( )3º ( ) 4º
Objetivo geral da disciplina para a turma: Desenvolver o reconhecimento, a compreensão e a produção de diferentes gêneros textuais em Língua Inglesa, incentivando
a criatividade, bem como o trabalho com temas atuais pertencentes à realidade dos alunos
Objetivo geral da disciplina para o(a) estudante: Possilitar ao aluno ampliar horizontes de comunicação e de intercâmbio cultural, científico e acadêmico e, nesse
sentido, abre novos percursos de acesso, constução de conhecimentos e participação social.
Qual o conteúdo será Qual a habilidade a ser Descreva a metodologia de trabalho e os materiais a serem Qual habilidade/aprendizado adquirida
trabalhado na disciplina? construída/desenvolvida? utilizados para que o estudante adquira a habilidade ou pelo(a) estudante no final deste bimestre
aprendizado.
INTERAÇÃO DISCURSIVA - Interagir em situações de intercânbio - Caderno do aluno Linguístico-comunicativa
oral para realizar as atividades em sala Lexical
- Funções e usos da língua de aula, de forma respeitosa e - data show Vocabulário
inglesa: convivência e colaborativa, trocando ideias e Gramatical
colaboração em sala de aula engajando-se em brincadeiras e jogos; - quadro/gis Fonológica
Semântica
 Review (revisão greetings, - xerox Ortográfica.
family, colors, animals,
numbers, verb to be - entrevistar os colegas conhecer suas - jornais, revistas,
histórias de vida ;
- midias

- computador
ESTRATÉGIAS DE LEITURA
- Antecipar o sentido global de textos - trabalho em grupo
- Compreensão geral e em lingua inglesa por inferências, com
específica: leitura rápida base em leitura rápida Observando - aula expositiva
(skinning, scanning) títulos, primeiras e últimas frases de
parágrafos, palavras-chave repetidas e - esposição de trabalhos
palavras cognatas
- musica
PRÁTICAS DE LEITURA E - Selecionar, em um texto de lingua
PESQUISA inglesa, a informação desejada como
objetivo de leitura.

- Escolher, em ambientes virtuais,


textos em língua inglesa, de fontes
cofiáveis, para estudo/pesquisas
escolares
ESTRATÉGIA DE ESCRITA: - Planejar a escrita de textos simples
PRÉ-ESCRITA E ESCRITA em função do contexto (público,
finalidade, layout e suporte
-Pré-escrita: planejamento de
produção escrita, com mediação - Organizar com a ajuda do professor
do professor; texto em unidades de sentido,
dividindo-o em parágrafos ou tópicos e
- Escrita: organização em subtópicos, explorando as
parágrafos ou tópicos, com possibilidades de organização gráfica
mediação do professor de, de suporte e de formato do texto.

COMPREENSÃO ORAL - Estratégias de compreensão de


textos orais: conhecimentos prévios
- A língua inglesa no cotidiano da
sociedade brasileira/comunidade - Compreensão de textos orais de
cunho descritivo ou narrativo

- Presença da língua inglesa no


cotidiano

*CORREÇÃO DE RUMOS: Os conteúdos trabalhados e não assimilados pelo estudante, deverão ser constantemente avaliados e revistos ao longo do bimestre, de
forma que possam ser apresentadas novas propostas didático-pedagógicas, possibilitando a consolidação da habilidade/aprendizado durante o bimestre. Caso o
aprendizadodoconteúdonãoseconsolideduranteobimestre,deveráserapresentadapropostadeIntervençãoPedagógicaparaauxílionoprocessodeaprendizado
doestudante.

ESTUDANTE:Wesley dos Santos Fernandes TURMA: 7ºano


DISCIPLINA: Geografia PROFESSOR(A): Gisele Almeida
BIMESTRE: (x)1º( )2º ( )3º ( ) 4º
Objetivo geral da disciplina para a turma: Entender o espaço geográfico como resultado da dinâmica da sociedade e da natureza, ressaltando o papel das sociedades
na pordução do território, da paisagem e do lugar e reconhecer as questões geográficas como relação complexa de fragmentação e globalização
Objetivo geral da disciplina para o(a) estudante: Desenvolver a capacidade leitora adotando uma abordagem que contribua para a formação de um aluno participativo e
critico e que reconheça a importância da geografia para a compreensão do lugar onde vive, desenvolvendo atitudes sociais na busca da construção da cidadania e da
ética
Qual o conteúdo será Qual a habilidade a ser Descreva a metodologia de trabalho e os materiais a serem Qual habilidade/aprendizado adquirida
trabalhado na disciplina? construída/desenvolvida? utilizados para que o estudante adquira a habilidade ou pelo(a) estudante no final deste bimestre
aprendizado.
O SUJEITO E SEU LUGAR NO - Avaliar por meio de exemplos - data show - Apredeu a fazer leitura interpretativa, reflexiva e crítica
MUNDO extraidos dos meios de comunicação do mundo e das relações entre a sociedade e a natureza,
ideias e estereótipos acerca das assim como conheceu, compreendeu e analisou as
- Idéias e concepções sobre a paisagens e da formação territorial do relações sociais bem como suas interferências no
formação territorial do Brasil Brasil; espaço.
- atividades xerografadas

- Analisar a influência dos fluxos


FORMAS DE REPRESENTAÇÃO econômicos e polulacionais na
PENSAMENTO ESPACIAL formação socieconômica e territorial do
Brasil, comprreendendo os conflitos e - dever
- Idéias e concepções sobre a as tensões histórias e
formação territorial do Brasil contemporâneas;

- Mapas temáticos do Brasil


- Interpretar e elaborar mapas - livro didático
- Produção, circulação e temáticos e históricos, inclusive
consumo de mercadorias utilizando tecnologias digitais, com
informações demográficas e
econômicas do Brasil (cartogramas),
identificando padrões espaciais, - mapas
regionalizações e analogias espaciais;

MUNDO DO TRABALHO - Identificar e analisar faos e situações


representativas das alterações - musica
- Produção, circulação e ocorridas entre o período mercantilista
consumo de mercadorias; (expansão ultramarinha) e o advento
- Desigualdade social e o do capitalismo no Brasil e no mundo;
trabalho;
- Identificar e discuitr em que medida a
- Redes virtuais e relações produção, a circulação e o consumo de
sociais. mercadorias provocam impactos
ambientais, assim como influem na
distribuição de riquesas, nas relações
de trabalho formais e informais em
diferentes lugares;

- Analisar a influência e o papel das


redes de trnsporte e comunicação na
configuração do território brasileiro;

- Identificar e discutir o papel das redes


virtuais na vida dos adolescentes e
analisar a exclusão digital.

*CORREÇÃO DE RUMOS: Os conteúdos trabalhados e não assimilados pelo estudante, deverão ser constantemente avaliados e revistos ao longo do bimestre, de
forma que possam ser apresentadas novas propostas didático-pedagógicas, possibilitando a consolidação da habilidade/aprendizado durante o bimestre. Caso o
aprendizadodoconteúdonãoseconsolideduranteobimestre,deveráserapresentadapropostadeIntervençãoPedagógicaparaauxílionoprocessodeaprendizado
doestudante.

ESTUDANTE:Wesley dos Santos Fernandes TURMA: 7ºano


DISCIPLINA: Ciências PROFESSOR(A): Gleidsmara
BIMESTRE: (x)1º( )2º ( )3º ( ) 4º
Objetivo geral da disciplina para a turma: Compreender a natureza como um todo dinâmico, sendo o ser humano parte integrante e agente de transformações do
mundo em que vivem em relação com os demais seres vivos e outros componentes do ambiente.
Objetivo geral da disciplina para o(a) estudante: conhecer a formação do planeta, identificando suas camadas e movimentos que provocam alterações na superfície
terrestre, influenciando diretamente na vida dos seres vivos.
Qual o conteúdo será Qual a habilidade a ser Descreva a metodologia de trabalho e os materiais a serem Qual habilidade/aprendizado adquirida
trabalhado na disciplina? construída/desenvolvida? utilizados para que o estudante adquira a habilidade ou pelo(a) estudante no final deste bimestre
aprendizado.
TERRA E UNIVERSO - Demonstrar que o ar é uma mistura - Explicação comdata show - Apredeu a descrever as principais características
de gases, identificando sua apresentadas pela crosta terrestre assim como as
- Composição do ar composição, camadas da atmosfera, e estruturas internas da Terra.
discutir fenômenos naturais ou
antrópicos que podem alterar essa
composição.
- atividades xerografadas
- Efeito estufa - Descrever o mecanismo natural do
Efeito Estufa, seu papel fundamental
para o desenvolvimento da vida na
Terra.

- Discutir as ações humanas


responsáveis pelo aumento artificial do - dever
Efeito Estufa (queima dos
combustíveis fósseis, desmatamento,
queimadas etc.

- Selecionar e implementar propostas


para a reversão ou conrole do Efeito
Estufa. - livro didático

- Camada de Ozônio - Justificar a importância da camada de


ozônio para a vida na Terra,
identificando os fatores que aumentam
ou diminuem sua presença na
atmosfera, e discutir propostas - Trabalhos em grupo e didividuais (aulas práticas)
individuais e coletivas para seus
prevenção.

- Placas Tectônicas e Deriva - Justificar o formato das costas


Continental brasileira e africana com base na
teoria da deriva dos continentes.

- Fenômenos naturais (vulcões, - Interpretar fenômenos naturais


terremotos e tsunamis) ( como vulcões, teremotos e
tsunamis)e justificar a rara ocorrência
desses fenômenos no Brasil, com base
no modelo das placas tectônicas.
*CORREÇÃO DE RUMOS: Os conteúdos trabalhados e não assimilados pelo estudante, deverão ser constantemente avaliados e revistos ao longo do bimestre, de
forma que possam ser apresentadas novas propostas didático-pedagógicas, possibilitando a consolidação da habilidade/aprendizado durante o bimestre. Caso o
aprendizadodoconteúdonãoseconsolideduranteobimestre,deveráserapresentadapropostadeIntervençãoPedagógicaparaauxílionoprocessodeaprendizado
doestudante.

ESTUDANTE:Wesley dos Santos Fernandes TURMA: 7ºano


DISCIPLINA: Português PROFESSOR(A): katiúscia
BIMESTRE: (x)1º( )2º ( )3º ( ) 4º
Objetivo geral da disciplina para a turma: Compreender a língua portuguesa em seus conceitos básicos como instrumento de comunicação, análise e reflexão
necessário ao desenvolvimento pessoal e sociolinguistico.
Objetivo geral da disciplina para o(a) estudante: proporcionar experiências de práticas sociais diversas, mas considerando as “dimensões éticas, estéticas e políticas”
dessas práticas e ter reflexão sobre os usos delas na internet ou não. Diante disso, a escola torna-se um dos lugares que pode garantir esses saberes, principalmente
com a diversidade e com a diferença.
Qual o conteúdo será Qual a habilidade a ser Descreva a metodologia de trabalho e os materiais a serem Qual habilidade/aprendizado adquirida
trabalhado na disciplina? construída/desenvolvida? utilizados para que o estudante adquira a habilidade ou pelo(a) estudante no final deste bimestre
aprendizado.
CAMPO JORNALÍSTICO/MIDIÁTICO - Analisar e comparar peças - Aulas expositivas e dialogadas; . Adquiriu a capacidade de usar adequadamente a
(LEITURA) publicitárias variadas (cartazes, língua materna, em suas modalidades escrita e oral, e
folhetos, autdoor, anúncios e refletir criticamente sobre o que lêem e escrevem.
- Apreciação e réplica; propagandas em diferentes mídias,
- Relação entre gêneros e spots, jingle, vídeos etc.), de forma a
mídias. perceber a articulação entre elas em
campanhas, as especificidades das - Estudos de textos do gênero selecionado
várias semiises e mídias, a adquação
dessas peças ao público-alvo, aos
objetivos do anunciane e/ou da
campanha e à construção
composicional e estilo dos gêneros em
questão, como forma de ampliar suas
possibilidades de compreendão (e - Compreensão oral e escrita dos textos estudados;
produção) de textos pertencentes e
esses gêneros.

- Estratégias de leitura: aprender - Identificar, em notícias, o fato central,


os sentidos globais do texto. suas principais circunstâncias e - Produção de texto;
eventuais decorrências em
reportagens e fotorreportagens o fato
ou a temática retratada e a perspectiva
de abordagem, em entrevistas os
principais temas/subtemas abordados,
explicações dadas ou teses defendidas - Leitura de obras literárias;
em relação a esses subtemas em
tirinhas, memes, charge, a crítica,
ironica ou humor presente.

- Relação do texto com o - Produzir e publicar notícias, - Ortografia;


contexto de produção e fotodenúncias, fotoreportagens,
experimentação de papéis reportagens multimídiáticas.
sociais. Infográficos, podcasts noticiosos,
entrevistas, cartas de leitor,
comentários, aritigos de opinião de
interesse local ou global, textos de -Atividades diversificadas e interativas;
apresentação e apreciação de
produção cultural resenhas e outros
prórprios das formas de expressão das
culturas juvenis, tais como vlogs e
podcasts culturais, gameplay, - Atividades em dupla/grupo;
detonado etc, e cartazes, anúncios,
propagandas, spots, jingles de
campanhas sociais, dentre outros em
várias mídias, vivenciando de forma
significativa o papel de repórter, de - Livro didático;
comentador, de analistas, de crítico, de
editor ou articulisa, de booktuber,
devlogger (vlogueiro) etc, como forma
de compreender as condições de
produção que envolvem a circulação - Slides (data show)
desses textos e poder participar e
vislumbrar possibilidades de
participação nas práticas de linguagem
do campo jornalístico e do campo
midiático de forma ética e responsável, - Vídeos
levando-se em consideração o
contexto da Web 2.0, que amplia a
possibilidade de circulação desses
textos.
- Som;

CAMPO DAS PRÁTICAS DE - Grifar as partes essenciais do texto,


ESTUDO E PESQUISA tendo em vista os objetivos de leitura,
produzir marginálias (ou tomar notas
- Estratégias de procedimentos em outro suporte), sinteses - Obras literárias;
de leitura Relação do verbal com organizadas em itens, quadro
outras semioses; sinóptico, quadro comparativo,
esquema, resumo ou resenha do texto
Procedimentos e gêneros de lido (com ou sem comentário/análise),
apoio à compreensão. mapa conceitual, dependendo do que - Músicas;
for mais adequado, como forma de
possibilitar uma maior compreensão do
texto, a sistematização de conteúdos e
informações e um posicionamento
frente aos textos, se esse for o caso. - Jornais orais/impressor/on line;

- Filmes;

- Celular para fins pedagógicos;


CAMPO DAS PRÁTICAS DE
ESTUDO E PESQUISA - Usar adequadamente ferramentas de
(ANÁLISE apoio a apresentações orais,
LINGUÍSTICA/SEMIÓTICA) escolhedo e usando tipos e tamanhos
de fontes que permitam boa
- Usar adequadamente visualização, - Ditados.
topicalizando e/ou
ferramentas de apoio a organizando o conteúdo em itens,
apresentações orais.) inserindo de forma adequada imagens,
gráticos, dimensionando a quantidade
d texto (e imagem) por slide, usando
progressivamente e de forma
harmônica recursos mais sofisticados
como efeitos de transição, slides
mestres, layouts personalizados etc.

- Inferir a presença de valores sociais,


CAMPO ARTISTICO LITERÁRIO culturais e humanos e de diferentes
(LEITURA)
visões de mundo, em textos literários,
reconhecendo nesses textos formas de
- Reconstrução das condições de estabelecer múltiplis olhares sobre as
produção, circulação e recepção identidades, sociedades e culturas e
considerando a outoria e o contexto
– Apreciação de réplica social e histórico de sua produção.

- Elaborar texto teatral a partir da


adaptaçãode romances, contos, mitos,
narrativas de enigma e de aventura,
CAMPO ARTISTICO LITERÁRIO
novelas, biografias romanceadas,
(PRODUÇÃO DE TEXTO)
crônicas, dentre outros, indicando as
- Relação entre textos rubricas para caracterizaçãodo cenário,
do espaço, do tempo; explicitando a
caracterização física e psicológica dos
personagens e dos seus modos de
ação, reconfigurando a inserção do
discurso direto e dos tipos de narrador,
explicitanto as marcas de variação
linguítica (dialetos, registros e jargões)
e retextualizando o tratamento da
temática.

- Representar cenas ou textos


dramáticos, considerando na
caracterização dos personagens os
aspectos linguísticos e paralinguísticos
CAMPO ARTISTICO LITERÁRIO das falas (timbre e tom de voz, pausas
(ORALIDADE)
e hesitações, entonalção e
- Produção de textos orais. expressividade, variedades e registros
linguisticos), os gestos e os
deslocamentos no espaço cênico, o
figurino e a maquiagem e elaborando
as rubricas indicadas pelo autor por
meio do cenário, da trilhas sonora e da
exploração dos modos de
interpretação.
- Identificar os efeitos de sentido
provocados pela seleção lexical,
topicalização de elementos, seleção e
hierarquização de informações, uso de
3ª pessoa etc.
- Identificar os efeitos de sentido
devidos à escolha de imagens
CAMPO JORNALÍSTICO/MIDIÁTICO estáticas, sequenciação ou
(LEITURA)
sobreposição de imagens, definição de
figura/fundo, ângulo, profundidade e
- Efeitos de sentido; foco, cores/tonalidades, relação com o
escrito (relações de reiteração,
- Efeitos de sentido – exploração complementação ou oposição) etc, em
da multissemiose. notícias, reportagens, fotorreportagens,
foto-denúncias, memes, gifs, anúncios
publicitários e propagandas publicados
em jornais, revistas, sites na internet
etc

- Realizar pesquisa a partir de recortes


e questões definidos previamente,
usando fontes indicadas e abertas.

- Respeitar os turnos de fala na


participação em conversações e em
discussões ou atividades coletvas na
sala de aula e na escola e formular
perguntas coerentes e adequadas em
CAMPO DAS PRÁTICAS DE
momentos oportunos em situações de
ESTUDO E PESQUISA
(LEITURA) aulas, apresentação oral, seminário
etc.
- Curadoria e informação
- Ler de forma autônoma e
compreender selecionando
CAMPO DAS PRÁTICAS DE procedimentos e estratégias de leitura
ESTUDO E PESQUISA adequados a diferentes objetivos e
(ORALIDADE) levando em conta características dos
gêneros e suportes, romances infanto-
- Conversação Espontânea juvenis, contos populares, contos de
terror, lendas brasileiras, indígenas e
africanas, narrativas de aventuras,
narrativas de enigma, mitos , crônicas,
autobiografias, histórias em
quadrinhos, mangás, poemas de forma
livre e fixa (como sonetos e cordéis),
vídeos-poemas, poemas visuais dentre
CAMPO ARTISTICO LITERÁRIO outros, expressando avaliação sobre o
(LEITURA) texto ligo e estabelecendo preferências
por gêneros, temas, autores.
- Estratégias de leitura –
apreciação e réplica. - Respeitar os turnos de fala na
participação em conversações e em
discussões ou atividades coletvas na
sala de aula e na escola e formular
perguntas coerentes e adequadas em
momentos oportunos em situações de
aulas, apresentação oral, seminário
etc.

- Ler de forma autônoma e


compreender selecionando
procedimentos e estratégias de leitura
adequados a diferentes objetivos e
levando em conta características dos
gêneros e suportes, romances infanto-
juvenis, contos populares, contos de
terror, lendas brasileiras, indígenas e
africanas, narrativas de aventuras,
CAMPO DAS PRÁTICAS DE
narrativas de enigma, mitos , crônicas,
ESTUDO E PESQUISA
(ORALIDADE) autobiografias, histórias em
quadrinhos, mangás, poemas de forma
- Conversação Espontânea livre e fixa (como sonetos e cordéis),
vídeos-poemas, poemas visuais dentre
outros, expressando avaliação sobre o
texto ligo e estabelecendo preferências
por gêneros, temas, autores.

- Respeitar os turnos de fala na


participação em conversações e em
CAMPO ARTISTICO LITERÁRIO discussões ou atividades coletvas na
(LEITURA) sala de aula e na escola e formular
perguntas coerentes e adequadas em
- Estratégias de leitura momentos oportunos em situações de
(apreciação e réplica.) aulas, apresentação oral, seminário
etc.
- Distinguir diferentes propostas
edioriais – sensacionalismo, jornalismo
investigativo etc – de forma a identificar
os recursos utilizados para
impactar/chocar o leitor que pode
compreender uma análise crítica da
notícia e do fato noticiado.
- Comparar notícias e reportagens
sobre um mesmo fato divulgadas em
diferentes mídias, analisando as
especificidades das mídias, os
porcessos de (re)elaboraçãodos textos
e a convergência das mídias em
notícias ou reportagens
CAMPO DAS PRÁTICAS DE
multissemióticas.
ESTUDO E PESQUISA
(ORALIDADE)
- Formar, com base em palavras
- Conversação Espontânea primitivas, palavras derivadas com os
prefixos e sufixos mais produtivos no
português.

- Identificar, em notícias, o fato central,


suas principais circunstâncias e
eventuais decorrências; em
reportagens e fotorreportagens o fato
CAMPO JORNALÍSTICO/MIDIÁTICO ou a temática retratada e a perspectiva
(LEITURA) de abordagem, em entrevistas os
principais temas/subtemas abordados,
- Reconstrução do contexto de explicações dadas ou teses defendidas
produção, circulação e recepção em relação a esses subtemas; em
de textos tirinhas, memes, charge, a crítica,
ironia ou humor presente.

- Caracterização do campo - Inferir e justificar, em textos


jornalístico e relação entre os multissemióticos – tirinhas, charges,
gêneros em circulação, mídias ememes, gifs etc. –, o efeito de humor,
práticas da cultura digital. ironia e/ou crítica pelo uso ambíguo de
palavras, expressões ou imagens
ambíguas, de clichês, de recursos
iconográficos, de pontuação etc.

- Produzir e publicar notícias,


fotodenúncias, fotorreportagens,
reportagens, reportagens
multimidiáticas, infográficos, podcasts
TODOS OS CAMPOS DE ATUAÇÃO noticiosos, entrevistas, cartas de leitor,
ANÁLISE LINGUÍSTICA/SEMIÓTICA comentários, artigos de opinião de
interesse local ou global, textos de
- Léxico-morfológica apresentação e apreciação de
produção cultural – resenhas e outros
próprios das formas de expressão das
culturas juvenis, tais como vlogs e
CAMPO JORNALÍSTICO/MIDIÁTICO podcasts culturais, gameplay, detonado
(LEITURA)
etc.– e cartazes, anúncios,
propagandas, spots, jingles de
- Estratégia de Leitura: aprender campanhas sociais, dentre outros em
os sentidos globais do texto. várias mídias, vivenciando de forma
significativa o papel de repórter, de
comentador, de analista, de crítico, de
editor ou articulista, de booktuber, de
vlogger (vlogueiro) etc., como forma de
compreender as condições de
produção que envolvem a circulação
desses textos e poder participar e
vislumbrar possibilidades de
participação nas práticas de linguagem
CAMPO JORNALÍSTICO/MIDIÁTICO
do campo jornalístico e do campo
(LEITURA)
midiático de forma ética e responsável,
levando-se em consideração o contexto
- Efeitos de sentido
da Web 2.0, Relação do texto com o
contexto de produção e
experimentação de papéis sociais 33
que amplia a possibilidade de
circulação desses textos e “funde” os
papéis de leitor e autor, de consumidor
e produtor.
CAMPO JORNALÍSTICO/MIDIÁTICO - Revisar/editar o texto produzido –
(PRODUÇÃO DE TEXTOS) notícia, reportagem, resenha, artigo de
opinião, dentre outros –, tendo em vista
- Relação do texto com o sua adequação ao contexto de
contexto de produção e produção, a mídia em questão,
experimentação de papéis características do gênero, aspectos
sociais. relativos à textualidade, a relação entre
as diferentes semioses, a formatação e
uso adequado das ferramentas de
edição (de texto, foto, áudio e vídeo,
dependendo do caso) e adequação à
norma culta.

- Desenvolver estratégias de
planejamento, elaboração, revisão,
edição, reescrita/ redesign (esses três
últimos quando não for situação ao
vivo) e avaliação de textos orais, áudio
e/ou vídeo, considerando sua
adequação aos contextos em que
foram produzidos, à forma
composicional e estilo de gêneros, a
clareza, progressão temática e
variedade linguística empregada, os
elementos relacionados à fala, tais
como modulação de voz, entonação,
ritmo, altura e intensidade, respiração
etc., os elementos cinésicos, tais como
postura corporal, movimentos e
gestualidade significativa, expressão
facial, contato de olho com plateia etc

- Engajar-se e contribuir com a busca


de conclusões comuns relativas a
problemas, temas ou questões
polêmicas de interesse da turma e/ou
de relevância social.

CAMPO JORNALÍSTICO/MIDIÁTICO - Formular perguntas e decompor, com


(PRODUÇÃO DE TEXTOS) a ajuda dos colegas e dos professores,
tema/questão polêmica, explicações e
- Revisão/edição de texto ou argumentos relativos ao objeto de
informativo e opinativo.
discussão para análise mais 34
minuciosa e buscar em fontes diversas
informações ou dados que permitam.

- Apresentar argumentos e contra-


argumentos coerentes, respeitando os
turnos de fala, na participação em
discussões sobre temas controversos
e/ou polêmicos.
CAMPO JORNALÍSTICO/MIDIÁTICO
- Analisar e utilizar as formas de
(ORALIDADE)
composição dos gêneros jornalísticos
da ordem do relatar, tais como notícias
- Planejamento e produção de
(pirâmide invertida no impresso X
textos jornalísticos orais
blocos noticiosos hipertextuais e
hipermidiáticos no digital, que também
pode contar com imagens de vários
tipos, vídeos, gravações de áudio etc.),
da ordem do argumentar, tais como
artigos de opinião e editorial
(contextualização, defesa de
tese/opinião e uso de argumentos) e
das entrevistas: apresentação e
contextualização do entrevistado e do
tema, estrutura pergunta e resposta
etc.

- Posicionar-se de forma consistente e


sustentada em uma discussão,
assembleia, reuniões de colegiados da
CAMPO JORNALÍSTICO/MIDIÁTICO escola, de agremiações e outras
(ORALIDADE) situações de apresentação de
propostas e defesas de opiniões,
- Participação em discussões respeitando as opiniões contrárias e
orais de temas controversos de propostas alternativas e
interesse da turma e/ou de fundamentando seus posicionamentos,
relevância social. no tempo de fala previsto, valendo-se
de sínteses e propostas claras e
justificadas.
CAMPO JORNALÍSTICO/MIDIÁTICO
(ORALIDADE) - Tomar nota em discussões, debates,
palestras, apresentação de propostas,
- Participação em discussões reuniões, como forma de documentar o
orais de temas controversos de evento e apoiar a própria fala (que
interesse da turma e/ou de pode se dar no momento do evento ou
relevância social. posteriormente, quando, por exemplo,
for necessária a retomada dos
assuntos tratados em outros contextos
públicos, como diante dos
representados).
CAMPO JORNALÍSTICO/MIDIÁTICO
(ORALIDADE) - Selecionar informações e dados
relevantes de fontes diversas
- Participação em discussões (impressas, digitais, orais etc.),
orais de temas controversos de avaliando a qualidade e a utilidade
interesse da turma e/ou de dessas fontes, e organizar,
relevância social. esquematicamente, com ajuda do
professor, as informações necessárias
(sem excedê-las) com ou sem apoio de
CAMPO JORNALÍSTICO/MIDIÁTICO
(ANÁLISE LINGUÍSTICA
SEMIÓTICA ferramentas digitais, em quadros,
tabelas ou gráficos.
- Construção composicional
- Definir o recorte temático da
entrevista e o entrevistado, levantar
informações sobre o entrevistado e
sobre o tema da entrevista, elaborar
roteiro de perguntas, realizar entrevista,
a partir do roteiro, abrindo
possibilidades para fazer perguntas a
partir da resposta, se o contexto
permitir, tomar nota, gravar ou salvar a
entrevista e usar adequadamente as
informações obtidas, de acordo com os
objetivos estabelecidos.

- Inferir a presença de valores sociais,


culturais e humanos e de diferentes
CAMPO DE ATUAÇÃO NA VIDA visões de mundo, em textos literários,
PÚBLICA reconhecendo nesses textos formas de
(ORALIDADE) estabelecer múltiplos olhares sobre as
identidades, sociedades e culturas e
- Discussão oral considerando a autoria e o contexto
social e histórico de sua produção.

- Analisar, em textos narrativos


ficcionais, as diferentes formas de
composição próprias de cada gênero,
os recursos coesivos que constroem a
passagem do tempo e articulam suas
partes, a escolha lexical típica de cada
gênero para a caracterização dos
cenários e dos personagens e os
efeitos de sentido decorrentes dos
CAMPO DE ATUAÇÃO NA VIDA tempos verbais, dos tipos de discurso,
PÚBLICA
dos verbos de enunciação e das
(ORALIDADE)
variedades linguísticas (no discurso
direto, se houver) empregados,
- Registro
identificando o enredo e o foco
narrativo e percebendo como se
estrutura a narrativa nos diferentes
gêneros e os efeitos de sentido
decorrentes do foco narrativo típico de
cada gênero, da caracterização dos
espaços físico e psicológico e dos
tempos cronológico e psicológico, das
diferentes vozes no texto (do narrador,
CAMPO DAS PRÁTICAS DE de personagens em discurso direto e
ESTUDO E PESQUISA indireto), do uso de pontuação
(LEITURA) expressiva, palavras e expressões
conotativas e processos figurativos e
- Estratégias e procedimentos de do uso de recursos linguístico-
leitura gramaticais próprios a cada gênero
narrativo.
- Relação do verbal com outras
semioses; - Engajar-se ativamente nos processos
- Procedimentos e gêneros de de planejamento, textualização,
apoio à compreensão. revisão/ edição e reescrita, tendo em
vista as restrições temáticas,
composicionais e estilísticas dos textos
CAMPO DAS PRÁTICAS DE
pretendidos e as configurações da
ESTUDO E PESQUISA
situação de produção – o leitor
(ORALIDADE)
pretendido, o suporte, o contexto de
circulação do texto, as finalidades etc.
- Estratégia de produção
– e considerando a imaginação, a
estesia e a verossimilhança próprias ao
texto literário.

- Ler em voz alta textos literários


diversos – como contos de amor, de
humor, de suspense, de terror; crônicas
líricas, humorísticas, críticas; bem
como leituras orais capituladas
(compartilhadas ou não com o
CAMPO ARTISTICO LITERÁRIO professor) de livros de Produção de
(LEITURA) textos orais Oralização 40 maior
extensão, como romances, narrativas
- Reconstrução das condições de de enigma, narrativas de aventura,
produção, circulação e recepção- literatura infanto-juvenil, –
apreciação e réplica. contar/recontar histórias tanto da
tradição oral (causos, contos de
esperteza, contos de animais, contos
de amor, contos de encantamento,
piadas, dentre outros) quanto da
tradição literária escrita, expressando a
compreensão e interpretação do texto
por meio de uma leitura ou fala
CAMPO ARTISTICO LITERÁRIO expressiva e fluente, que respeite o
(LEITURA) ritmo, as pausas, as hesitações, a
entonação indicados tanto pela
- Reconstrução da textualidade e pontuação quanto por outros recursos
compreensão dos efeitos de gráfico-editoriais, como negritos,
sentidos provocados pelos usos itálicos, caixa-alta, ilustrações etc.,
de recursos linguísticos e gravando essa leitura ou esse
multissemióticos. conto/reconto, seja para análise
posterior, seja para produção de
audiobooks de textos literários diversos
ou de podcasts de leituras dramáticas
com ou sem efeitos especiais e ler e/ou
declamar poemas diversos, tanto de
forma livre quanto de forma fixa (como
quadras, sonetos, liras, haicais etc.),
empregando os recursos linguísticos,
paralinguísticos e cinésicos
necessários aos efeitos de sentido
pretendidos, como o ritmo e a
entonação, o emprego de pausas e
prolongamentos, o tom e o timbre
vocais, bem como eventuais recursos
de gestualidade e pantomima que
convenham ao g gênero poético e à
situação de compartilhamento em
questão.

- Fazer uso consciente e reflexivo de


regras e normas da norma-padrão em
situações de fala e escrita nas quais
ela deve ser usada.
CAMPO ARTISTICO LITERÁRIO
(PRODUÇÃO DE TEXTOS)

- Consideração das condições de


produção estratégias de
produção: planejamento
textualização e revisão/edição

CAMPO ARTISTICO LITERÁRIO


(ORALIDADE)
TODOS OS CAMPOS DE ATUAÇÃO
ANÁLISE LINGUÍSTICA/SEMIÓTICA

- Variação linguística

*CORREÇÃO DE RUMOS: Os conteúdos trabalhados e não assimilados pelo estudante, deverão ser constantemente avaliados e revistos ao longo do bimestre, de
forma que possam ser apresentadas novas propostas didático-pedagógicas, possibilitando a consolidação da habilidade/aprendizado durante o bimestre. Caso o
aprendizadodoconteúdonãoseconsolideduranteobimestre,deveráserapresentadapropostadeIntervençãoPedagógicaparaauxílionoprocessodeaprendizado
doestudante.

X. AVALIAÇÃO:
AVALIAÇÃO
Grau de autonomia para realizar
Nota Metodologia utilizada (descrever Qual o diagnóstico pedagógico do estudante
Etapa Valor a atividade
alcançada como foi realizada a avaliação) nessa habilidade? (descreva potenciais e desafios)
( ) muito suporte ( ) alta compreensão
( ) pouco suporte ( ) pouca compreensão

1º Bimestre ( ) muito suporte ( ) alta compreensão


( ) pouco suporte ( ) pouca compreensão

( ) muito suporte ( ) alta compreensão


( ) pouco suporte ( ) pouca compreensão

( ) muito suporte ( ) alta compreensão


( ) pouco suporte ( ) pouca compreensão

2º Bimestre ( ) muito suporte ( ) alta compreensão


( ) pouco suporte ( ) pouca compreensão

( ) muito suporte ( ) alta compreensão


( ) pouco suporte ( ) pouca compreensão

( ) muito suporte ( ) alta compreensão


( ) pouco suporte ( ) pouca compreensão

( ) muito suporte ( ) alta compreensão


3º Bimestre ( ) pouco suporte ( ) pouca compreensão

( ) muito suporte ( ) alta compreensão


( ) pouco suporte ( ) pouca compreensão

( ) muito suporte ( ) alta compreensão


( ) pouco suporte ( ) pouca compreensão

( ) muito suporte ( ) alta compreensão


4º Bimestre ( ) pouco suporte ( ) pouca compreensão

( ) muito suporte ( ) alta compreensão


( ) pouco suporte ( ) pouca compreensão
XI. RELATÓRIO PEDAGÓGICO DO DESENVOLVIMENTO DO ESTUDANTE / SEMESTRAL

Relatório Pedagógico DESCRITIVO de até uma lauda, elencando os aspectos cognitivos, sociais, comunicacionais e motores de desenvolvimento do
estudante durante o semestre:

Você também pode gostar